Anda di halaman 1dari 102

ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO

FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)


Prof. Carlos R. Frick Ferreira

PARTE 01
MICROFUSÃO
Tecnologia para o futuro

Perseu e a cabeça da Medusa,


Bronze : 3,5 toneladas.
Séc. XV.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Regra prática dos projetistas e dos fundidores

“ Quanto mais complexo for o


formato ou o processo de
fabricação de uma peça,
tanto mais econômico será
produzi-la por microfusão”.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

TÓPICOS:

1 – INTRODUÇÃO
DEFINIÇÃO DO PROCESSO DE MICROFUSÃO

ESTADO DA ARTE

2 – CONSIDERAÇÕES TECNOLÓGICAS
O PROCESSO

 O MODELO DE CERA
 O MOLDE CERÂMICO
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

O QUE É MICROFUSÃO?
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

É UM PROCESSO DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO QUE GARANTE:

FLEXIBILIDADE DE PROJETO;
PEÇAS NA FORMA FINAL (NET-SHAPE);
OPERAÇÕES DE USINAGEM REDUZIDAS OU ELIMINADAS;
LIBERDADE PARA PROJETAR PEÇAS COM QUALQUER FORMA, EM
QUASE TODOS OS TIPOS DE METAIS E LIGAS;

PRODUZIR DETALHES COM


BOA PRECISÃO
DIMENSIONAL EM PEÇAS
COM POUCAS GRAMAS
ATÉ A TONELADAS.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

“Investment casting”, cera perdida ou microfusão


é de origem antiguíssima, conhecido desde 4000 a. C.,
é provavelmente o primeiro sistema que o homem
utilizou para fundir metais.
Evidencias encontradas na Mesopotâmia, Egito e
Grécia, comprovam o conhecimento da técnica.
Na China a técnica já era conhecida desde a dinastia
Shang. Na Europa, durante a Idade do Bronze, teve um
rápido desenvolvimento, pelos Celtas.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

É uma técnica avançada,


que mediante vazamento em molde cerâmico
único, permite a obtenção de peças moldadas
com características dimensionais, acabamento
superficial e resistência mecânica para a maioria
dos metais e ligas, como nenhum outro
processo industrial.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Benim Bronze Fundidos de Fundidos colunares


14 aC engenharia e Monocristais
1960 1990
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

O PROCESSO
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Principais Vantagens

Economia:
Fundem-se, por microfusão, peças cada vez maiores e
com ligas cada vez mais complexas
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Principais Vantagens:

•• Flexibilidade de forma
•• Tolerâncias dimensionais apertadas
•• Grande produtividade
•• Elevado rigor dimensional
•• Excelente acabamento superficial
•• Grande variedade de metais e ligas
•• Peças sem linhas de partição
•• Espessuras mínimas inferiores às
obtidas por Shell Molding
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Desvantagens

•Peças de pequenas e médias dimensões


• Processo lento e exigente na obtenção dos modelos
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Mercado:
Crescente com taxas de 5 a 10 % ao ano

Classificado em três grandes grupos:

 Aeroespacial
 Comercial
 Cativa
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Mercado aeroespacial

Fundidos aeroespaciais são


tecnicamente mais exigentes.

 Os componentes quase sempre


são produzidos com ligas “exóticas”
e tolerâncias estreitas.

Requer qualidade metalúrgica e


microestrutural assegurada.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

EX:
Palhetas de turbinas e rotores aerodinâmicos,

geralmente, são produzidos com superligas a base de


Ni, Co e Cr.

a solidificação precisa ser rigorosamente controlada para


produzir a microestrutura desejada. Geralmente equiaxial,
monocristal ou colunar.

Atende de 15 a 30 % do mercado.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Three-dimensional grain
selection process com-
puted with the cellular
automaton±®nite
element
(CAFE) model in a
single crystal turbine
blade casting.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Fundidos aeroespaciais

base de Ni, Co e Cr.


ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Mercado comercial

Atende os mais diversos segmentos


fundindo em ligas ferrosas e não
ferrosas de todos os tamanhos e
formas.
Implantes
A ênfase está na…..
 flexibilidade do processo,
 economia,
 qualidade dimensional e
 acabamento final rugosidade

Atende de 60 a 75 % do mercado.

Indústria química Segurança


ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Peças marinhas

Mercado cativo

A fundição catíva fornece


componentes para plantas de
corporações ou grupos.

A ênfase está na….


reprodutibilidade,
economia e
velocidade.

Menos do que 25% das fundições


são catívas.

Aço inoxidável, Monel e alumínio


ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

MODELOS TECNOLÓGICOS
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

 O processo inicia com a obtenção de um modelo consumível


Este modelo pode ser obtido por diferentes técnicas:

MANUAL VAZADO POR GRAVIDADE EM


MATRIZ DE SILICONE
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Por injeção em matriz metálica

No projeto da matriz devem ser introduzidas as correções dimensionais


necessárias a compensar a contração e expansão da cera, do molde e do próprio
metal.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

A qualidade da matriz, tem grande influência no preço e na


qualidade da peça.

É essencial que:

O CLIENTE COMPRADOR ESPECIFIQUE


DETALHADAMENTE, NO DESENHO E OU NO PEDIDO
DE COMPRA, REQUISITOS TÉCNICO-QUALITATIVOS DA
PEÇA EM QUESTÃO, QUANTO A:
• Tolerâncias dimensionais e geométricas
• Acabamento superficial
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

MATRIZES:
São construídas com duas ou mais partes,
Com uma ou múltiplas cavidades
 podem ser de operação manual ou automática.

A escolha do material e do método de fabricação da matriz,


depende da quantidade requerida e da complexidade da peça.

Os materiais mais comuns são o aço, o latão, ligas de alumínio,


liga de estanho-bismuto, polímeros, gesso, borracha, etc...
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

INGETORAS DE CERAS
A cera é normalmente injetada na matriz,
através de máquinas adequadas.
a pressão que varia de 275 kPa até 10,3 MPa
(2,8 kgf/cm2 a 105 kgf/cm2 ),
temperaturas usuais na faixa de 43 a 80 0C.
Pode ser injetada no estado líquido, pastoso
ou sólido.
Quando injetadas no estado sólido, são
referidas como cera extrudada.
Ceras líquidas são injetadas a temperaturas
mais altas e pressões menores, enquanto nas
ceras sólidas a pressão é maior e a
temperatura mais baixa.
Ingetora de cera de 22 toneladas
Pode injetar pelo lado ou por baixo.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

• Modelos em resina obtidos por Stereolitografia (SLA)


ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Modelo em Policarbonato
Modelo sólido CAD

Modelo em Peça fundida em


Policarbonato Alumínio A356
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira
Modelo Quick Cast
Casca cerâmica
Com modelo Modelo sólido CAD
Quick Cast

Modelo
Quick Cast
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

MODELOS TECNOLÓGICOS
Defeitos em modelos de cera e solução recomendada

Defeitos Solução recomendada

Aumentar Aumentar Baixar a Aumentar Diminuir a Aumentar Diminuir Aumentar Aquecer


o canal de a T T a P P o tempo o tempo o bico a matriz
descida da cera da cera de injeção de injeção de de injetor
pressão pressão
Sobre medida X X X X

Sub medida X X X

Linhas de fluxo X X X X X

Abaulamento X X X X X

Enchimento X X X X
incompleto
Acabamento X X X
superficial
empenamento X X X

desmoldagem X X X
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

MONTAGEM DA ÁRVORE DE MODELOS EM CERA


Os modelos são unidos por canais de ataque a canais de descida e
distribuição e a uma bacia de alimentação.
Este conjunto é referido como árvore ou cacho de modelos em cera.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

FABRICAÇÃO DA CASCA CERÂMICA


ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Esta operação consiste em mergulhar a árvore de modelos de cera,


previamente limpa, em uma lama cerâmica, retirar e drenar.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Aplica-se sobre a lama ainda úmida


uma camada de refratário granulado
seco.

Após a secagem, a operação é repetida sucessivamente, usando-se refratários com


granulometria cada vez mais grossa, até que se atinja uma casca com espessura
suficiente para garantir a resistência mínima para sustentar a pressão metalostática do
metal líquido.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

A árvore capeada é deixada secar em ambiente com


temperatura e umidade relativa do ar controladas.

A umidade é crítica no que diz


respeito a minimização da
probabilidade de formação de
trincas.

A temperatura constante é
fundamental para evitar a
contração/expansão da cera.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

MATERIAIS
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

CERAS

A cera de abelha é o mais antigo material de modelagem utilizado


pelo homem para a fabricação de modelos consumíveis no
processo de Microfusão.

Modernamente, foi substituída por outros materiais igualmente


chamados ceras.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

A combinação da matéria prima base e os aditivos deve ser tal que


propicie as ceras para modelos características únicas tais como:
- Resistência
- Dureza
- Viscosidade
- Compatibilidade com os materiais de moldagem.
- Bom acabamento superficial
- Baixa quantidade de cinzas, máximo 0,05 %.
- Contração mínima, aceitável entre 4,5 e 10 %.
- Estabilidade dimensional
- Tenacidade
- Desmoldabilidade
- Ponto de fusão baixo, ótimo entre 55 a 85 0C.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

As ceras podem ser naturais ou sintéticas;

São misturas complexas, compostas por ingredientes relativamente


caros, formuladas para fim específico; produzir modelos de ótima
qualidade.

A maior parte das ceras para modelo são feitas por mistura de ceras
de petróleo, resinas e aditivos selecionados para fornecer
características especiais.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Ceras de petróleo
Parafina e Cera Microcristalina.
• A parafina por ser a mais barata, é geralmente a base da maioria
das formulações de cera usadas em microfusão.
É disponível numa variada faixa de ponto de fusão, normalmente
selecionada para controlar a temperatura de injeção.
• Cera microcristalina, também disponível com diversos ponto de
fusão.
Característica principal: fornecer dureza, resistência e melhorar o
controle de fluxo.

Infelizmente, uma mistura simples de parafina e cera


microcristalina tende a ser farinhenta e sem consistência
na etapa de injeção do modelo..
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Ceras de petróleo

Ponto de fusão (P.F.) e composição química média de


hidrocarbonetos normais(n), ramificados (iso) e cíclicos (ciclo)
de ceras de petróleo.

Tipo de cera P.F. (oC) %n % iso % ciclo


INTERMEDIÁRIA 59 68 08 24
PARAFÍNICA 132 94 36 03,4
MICROCRISTALINA 175 50 14 36
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Resinas

São derivadas de fontes naturais, tais como:

 pinheiros,
 petróleo,
 alcatrão
ou
 produzidas com base totalmente sintéticas.

São disponíveis numa vasta faixa de ponto de fusão, dureza e


cristalinidade.
Reduzem a contração de solidificação e tem influência na
resistência, rigidez e dureza das misturas de cera.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Aditivos

Os mais comuns são:


 Cera de carnaúba,
 polietileno,
 EVA e
 sintéticos.

Cada qual tem características próprias e influem de maneira


diversa as misturas de ceras.
Normalmente sua função principal é melhorar as características
superficiais dos modelos.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Características das ceras utilizadas para


elaboração de ceras de modelagem
CERA Ponto de Cinzas Expansão/ Densidade Dureza Índice de
fusão (% em Contração (g/cm3, shore Refração
(oc) peso) 15oc) (15) (20oc)
Parafínicas 85 até 0,14 9% 0,909 76 1,450

Microcristalina
140 - 4,5 % - - 1,437

Ozocerita 91 - 0,001/grau 0,796 53 -


Carnaúba 85,5 até 0,20 baixo 1,00 100 1,454
Montana 97 até 0,50 - 0,9808 98 -
Resinas 73 0,10 baixo 1,20 - -
(Breu)
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Composição típica de cera para modelos.

Composição, % em peso
Ingredientes

Ceras, normalmente mais do 30 a 70


que uma

Resinas, uma ou duas 20 a 60


Plástico, um 0 a 20
Outros 0a5
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

As ceras para microfusão podem ser divididas


em três grupos principais, a saber:

 Ceras para modelos


Sem enchimento
Com enchimento (ácido, neutro,
ácido/neutro)

Ceras solúveis

Ceras especiais
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Ceras com enchimentos

Apresentam 15 a 50% de enchimentos que lhes


conferem características mais adequadas às
diferentes aplicações.

Os enchimentos devem apresentar granulometria


fina e estável, consistência do talco em pó,
insolubilidade na cera, formando dispersões ou
emulsões estáveis, baixo teor de cinzas e a
possibilidade de redução do tempo de injeção
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Ceras com enchimentos

Os principais enchimentos são:


os ácidos cianúricos, funárico,
 uréia,

pentaeritritol,
ftalamida,
 bisfenol A,
 decaclorobifenil,
 poliestireno,
 dicarboxamidas e,
 água.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Efeito do material de carga na expansão volumétrica de cera para


modelos
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Ceras solúveis

As ceras solúveis em água ou em soluções


fracamente ácidas são destinadas a produzir
cavidades internas difíceis de obter por outros
meios.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Ceras solúveis
Para se produzir uma cera solúvel em água
são necessários no mínimo três ingredientes,
a saber:

 Um ligante, geralmente polietileno glicol;

 Um enchedor, que pode ser pó de sílica,


mica, cloreto de sódio ou fibra de vidro;

 Um agente efervescente, normalmente um


carbonato.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Ceras solúveis
A lixividade de uma cera solúvel depende
principalmente

 do ácido e da concentração deste na água,

 da quantidade de carbonato e

 do tipo de polietileno glicol usado na


formulação.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

CERAS
As vantagens da utilização de ceras na fundição por modelo perdido
residem no fato de:

 Facilmente ajustáveis às diferentes exigências das fundições e


serem compatíveis com outros materiais inerentes do processo.

 O baixo ponto de fusão e a baixa viscosidade facilitam a injeção, a


preparação e soldagem do modelo, sendo facilmente extraídos do
molde cerâmico.

 A injecção da cera a baixas temperaturas e baixas pressões,


associadas ao baixo atrito deste material diminuem os custos dos
equipamentos e da sua manutenção.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

CERAS

 Facilidade de conformação e superfície de baixa rugosidade,


permitem obter fundidos com uma excelente qualidade superficial e
elevada reprodutibilidade de detalhe.

 A Possibilidade de reciclagem da cera, confere ao processo


inerentes vantagens econômicas e tecnológicas.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Controle de qualidade da cera

 Teor de cinza

 Viscosidade

 Ponto de fusão

Contração linear
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Teor de cinza PROCEDIMENTO


a) Coloca-se um cadinho de porcelana refratária, limpo e seco, em
um forno mufla a 1000oC por um tempo de 1 hora.
b) Resfria-se o cadinho em dessecador por um tempo de 2 horas.
c) Pesa-se o cadinho vazio. Este peso será (P1).

d) Coloca-se, no cadinho, uma amostra de cera de +/- 1 g e


repesar. Este peso será (P2).
e) Colocar o cadinho com a cera, sob chama fraca de um bico de
Bunsen até completar a combustão da cera. Tal operação deve ser
realizada em uma capela.
f) Colocar o cadinho com cera residual em um forno mufla a
1000oC por um tempo de 3 horas.
g) Resfriar em dessecador por 2 horas.
h) Pesar o cadinho com cinza. Este peso será (P3).
Cálculo : % de cinza = P3 - P1 x 100
P2 - P1
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Controle de qualidade da cera


CONTRAÇÃO LINEAR
PROCEDIMENTO

a) A cera a ser avaliada deve ser injetada em uma coquilha com uma cavidade interna de um
paralelepípedo retangular com um comprimento bem definido. Vamos supor 50 +/- 0,05 mm.
Esta medida será (C).

b) Os corpos de prova injetados devem ser medidos após 24 horas de descanso.


Esta medida será (C1).

d) Os valores da contração variam segundo temperatura e pressão de injeção.

3.0 - Cálculo do percentual de contração linear da cera.

% de contração linear = C - C1 x 100


C
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

MOLDE CERÂMICO
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

A produção de moldes cerâmicos com qualidade assegurada


pode evitar uma serie de defeitos de fundição. Este tema tão
abrangente pode ser arbitrariamente dividido em três grandes
grupos principais, a saber:

1 Preparo e controle da lama primária.

2 Operações de drenagem da lama e posterior estucagem.

3 Interação lama e estuco primário.


ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Lama – Um banho cerâmico homogêneo composto por um


ligante, um solvente e um refratário em pó.

A composição é determinada em função do metal que será vazado.

Uma boa composição com preparação inadequada, produz maus


resultados.
A lama está misturada quando cada partícula refratária estiver
completamente molhada pela solução ligante – sem ar entre a
partícula e o ligante.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Uma boa técnica de preparação é aquela que atinge uma lama estável,
pronta para o uso.
A estabilização é determinada pela viscosidade.

Técnica improdutiva Técnica recomendada

 Medir o ligante por uma  Pesar todo o material


linha no misturador
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Técnica improdutiva
Técnica recomendada

Medir o pó refratário  Peneirar ou adicionar o


por 1/2 sacos pó refratário lentamente

Despejar o refratário e Ligar e desligar o misturador


desmanchar os torrões para liberar gases aprisionados
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Viscosidade x tempo
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Fatores que afetam o tempo de estabilização

 Tipo de misturador

 Quantidade adicionada

 composição da lama

Procedimento de preparo
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Teste visual da qualidade da lama

Lama
cremosa Lama se
Boa rasga
qualidade durante a
drenagem.

qualidade
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Tipo de misturador

Sem cisalhamento

o Container fechado

o Tambor sobre roletes

o Longo tempo de estabilização

o Pode demorar dias


ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Tipo de misturador

Pouco cisalhamento

 Misturador rotativo

Recomendado somente para


lama estabilizada -
misturador de trabalho
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Tipo de misturador

Cisalhamento Moderado
< 2000 RPM – misturador apoiado

 Recomendado para
preparação de lama nova e
para trabalho.

 Equipado com temporizador


e velocidade controlada
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Tipo de misturador

Cisalhamento elevado
> 2000 RPM

 Recomendado somente para


preparação de lama nova.

 Pode aquecer e degradar os


componentes da lama.

 tempo de estabilisação muito


curto – da ordem de minutos.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Misturador com cisalhamento elevado

 O diâmetro do rotor de cisalhamento


elevado tem 1/3 do diâmetro do tanque .
A altura é ajustada durante o uso, tal que
forme um pequeno vortex em torno do
eixo.
 rotores de plástico custam 3X mais do
que os de aço inox, mas resistem 10X +.
 O tempo para misturar centenas de litros
de lama pode variar de ½ a 3 horas.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Composição da lama

 Lama primária ou outras que utilizam grande proporção


de refratário demoram mais para estabilizar.

 Refratários de baixa densidade demoram mais para


estabilizar.

 Lamas com mais de um refratários, o primeiro a ser


adicionado é o de menor densidade.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Composição da lama

• A lama primária estará em contato direto com o metal líquido.

• Por isso, deverá ser formulada com um ligante e um refratário em


pó que tenham baixa reatividade com o metal, além de possuírem
propriedades tais que resistam a penetração do metal.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

MATERIAIS REFRATÁRIOS
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

São muitos os materiais refratários e ligantes


disponíveis para fabricação de cascas
cerâmicas.

Para moldes que irão trabalhar a altas


temperaturas silicato de zircônio, ZrSiO4‚ é o
refratário menos reativo, seguindo se
alumina fundida, os alumino silicatos e a
sílica fundida.

Qual escolher irá depender da aplicação, da


liga a ser usada e algumas vezes econômica.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Propriedades de alguns refratários


Sílica fundida Zirconita Alumino Alumina
silicato
Composição SiO2 ZrSiO4 3Al2O3.2SiO2 Al2O3
T de fusão (0C) 1710 (Tg = 1200) 2420 1810 2050
Densidade 2,21 4,2 – 4,6 3,14 3,9
(g/cm2)
Coeficiente de
Expanção 0,5x10-6/C 4,5x10-6/C 6,0x10-6/C 9,5x10-6/C
térmica
Fusão de sílica e Calcinação de
Fonte quartzito Praia de mar alumina hidratada
Vantagem Excelente resistência Alta absorção de Estável até
ao choque térmico calor 1700 0C
Desvantagem Converte-se em Dissocia-se em Disponível em
cristobalita entorno zircônia entorno de várias formas,
de 1200 0C 1600 0C contém álcalis
Tg = Temperatura de transformação vítria
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Coeficiente linear de expansão térmica


ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Granulometria
Tyler mm
Chamote fino 36/80 0,417/0,175
32/65 0,495/0,208

Chamote grosso 16/35 0,991/0,417


15/31 1,00/0,50
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Sílica Coloidal
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Definição

Sílicas Coloidais são constituídas de sílica


amorfa com tamanho de partículas menores
do que 150 nm, ou seja, maiores que as
moléculas, mas de tamanho suficientemente
pequeno para manter-se em suspensão em
um meio fluido, sem ocorrer precipitação
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Escala

Areia
(600 mesh)
Sílica Precipitada
(2000 nm agregada)

Sílica Eletrofundida
(1000 nm agregada)

Partícula Coloidal
(7-13 nm)
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Como ligante líquido são usados basicamente dois tipos, ambos a


base de água.
(Devido a problemas com o meio ambienter, ligantes a base de álcool
não são mais usados).

 Silica coloidal padrão


 silica coloidal de alto desempenho.

Se diferenciam pela quantidade do estabilizador Sódio (Na) e


pelo tamanho da partícula da silica sol.

– grande 11-16 nm
_ pequena 7-9 nm
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

• Cria ligações cerâmicas, mantendo as partículas


refratárias juntas.
• Tamanho de Partícula e Concentração afetam a
reologia da lama, a resistência e a espessura da
casca.
• Promove a resistência ao calor necessária pelo
metal líquido.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Uma das maiores buscas dentro da pesquisa de


modificações de propriedades do sol de sílica é o fato de que
sua secagem é lenta, e a aplicação das camadas requer a
secagem das anteriores. Este é o principal motivo da demora
na entrega de peças microfundidas. Esta constante busca leva
ao surgimento de produtos comerciais nos quais a modificação
para a agilização da secagem é feita na superfície do estuque,
ou a partir da inclusão de polímero de látex no ligante e
aditivos que fazem com que a evaporação inicial do solvente
seja seguida de uma reação interna que desenvolve uma
ligação anidra.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

LIGANTES
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Instabilidade da Sílica Coloidal

Energia

Dispersa Agregada
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Estabilidade do Sistema depende do tamanho da partícula.

20% SiO2
20 nm

Estabilidade
20% SiO2
15 nm

20% SiO2
10 nm
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira
Instabilidade do Sistema pela Temperatura

Alta
Vira gell temperatura

99 o C

estável

0 oC

precipitação congelamento
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Aditivos
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Tensoativo
• Promove melhor cobrimento e adesão da lama na
superfície do modelo de cera.
• Reduz a tensão superficial da lama.
• Promove uma melhor cobertura e dispersão do
refratário na lama
• Sua eficiência diminui com o envelhecimento da
lama.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Antiespumante
• Base de Emulsão de Silicone
• Prevenir a formação de bolhas de ar
• Quebrar bolhas que já existam
• Diminuí a vida útil da Lama
• 6 meses de vida de prateleira
• Concentração é importante
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Agentes Nucleantes

Compostos de Cobalto

• Aluminato de Cobalto
• Zirconato de Cobalto
• Silicato de Cobalto
• Óxido de Cobalto
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Efeito dos Agentes Nucleantes

• Modificar a microestrutura da peça fundida

• Reduz a vida útil da lama


Diminui o pH
Aumenta a condutividade
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Polímeros
• Polímeros obtidos por Solução
– Solúveis em Água
– Solúveis depois da Secagem

• Polímeros obtidos por Emulsão


– Dispersos em Água
– Insolúveis depois da Secagem
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Aditivos poliméricos
• Aumentam a resistência a verde e a quente da
casca.
• Promovem melhor flexibilidade e tenacidade da
casca.
• Reduzem o tempo do ciclo de operação.
• Polímeros possuem uma grande influência na
reologia da lama.
• A concentração do polímero é importante
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira
Polímeros obtidos por Emulsão
Látex

Diâmetro da Partícula
200 - 300 nm
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Propriedades do Látex

• Adesão ou Força de Ligação


– Adesão da casca a cera
– Adesão do ligante ao refratário
• Coesão ou resistência a tração
– A própria resistência do polímero
• Flexibilidade
– Firmeza do revestimento cerâmico
• Reologia da lama
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Testes das lamas


• Viscosidade - Zahn Cup
A viscosidade pode ser vista como um bom indicador
da qualidade de lamas cerâmicas.
Por exemplo se uma determinada lama com densidade
na faixa especificada apresenta-se com uma
viscosidade muito elevada isto pode ser uma clara
indicação que esteja ocorrendo gelificação e,
portanto , esta lama pode estar em fim de vida.
Ou por outro lado quando no caso de utilização de
aditivos uma indicação que estes estejam perdendo
efeito
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Testes das lamas


Densidade

A medida da densidade fornece


uma indicação da razão dos componentes sólido/líquido da lama.
Uma densidade alta por exemplo indica que a lama esta
provavelmente com um alto teor de refratário em pó.
A densidade pode ser determinada por diversos métodos
O método gravimétrico é um dos mais simples e portanto um dos
mais utilizados no controle de lamas cerâmicas para microfusão
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Testes das lamas


• Peso placa - g/cm2

Com este teste pode-se determinar a quantidade de


lama retida em uma placa de metal
vidro, cera, etc.., com área conhecida e desta forma ter uma
indicação das propriedades de fluxo da lama bem como o grau de
contaminação a que se encontra.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Testes das lamas


pH

• A monitoria do pH é normalmente realizada com


auxílio de um pH metro ou fita de pH.
• Para lamas a base de água, um pH abaixo
de 9, indica um provável envelhecimento,
gelificação e ou contaminação química.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Testes das lamas


• Temperatura da Lama
O controle da temperatura é um fator importante no que diz
respeito a manutenção das características de
uma lama por um maior tempo possível.
Lamas a base de sílica sol quando sujeitas a temperaturas
superiores a 25 C, principalmente aquelas
que usam aditivos plastificantes, ocorre um crescimento
bacteriológico que reduz significativamente sua vida útil.
A medida da temperatura é feita com o auxílio de termômetro
de mercúrio.
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Testes do Ligante - Líquido


• pH
• Peso Específico
• Porcentagem de Sílica (SiO2)
ENG06101 - PROCESSOS DE FABRICAÇÃO POR FUNDIÇÃO
FUNDIÇÃO DE PRECISÃO (Microfusão)
Prof. Carlos R. Frick Ferreira

Continua.....