Anda di halaman 1dari 2

IPR de Jaraguá, domingo 04/03/2018 – 2018 EDIFICAÇÃO

Culto de Domingo – Série Cultura Cristã - Ceia

Avisos:
 APRESENTAR OS VISITANTES
 Parabenizar os formandos do Treinamento de Líderes para o Curso de Casais
 Parabenizar os irmãos que foram no Asilo mãe Emília
 Irmã Eunice ficará responsável pela cozinha e despensa
 Reunião de Liderança – FOI UMA BENÇÃO – MISSÃO/VISÃO/VALORES
 Quarta Renovada – 8 quartas de consagração pela família
 Dia da Mulher 10 de março na casa de eventos arruda partir da 8 da manhã –
bingo/almoço/piscina
 Noite Chinesa sábado 24 de março
 Dia 1º de abril apresentação da cantata de páscoa

Texto: I CORÍNTIOS 11:23-26


23Pois recebi do Senhor o que também entreguei a vocês: Que o Senhor Jesus, na noite em que foi
traído, tomou o pão 24e, tendo dado graças, partiu-o e disse: “Isto é o meu corpo, que é dado em
favor de vocês; façam isto em memória de mim”. 25Da mesma forma, depois da ceia ele tomou o
cálice e disse: “Este cálice é a nova aliança no meu sangue; façam isto sempre que o beberem em
memória de mim”. 26Porque, sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês
anunciam a morte do Senhor até que ele venha.

INTRODUÇÃO:
Igreja: Nossa casa
Comunhão: Nossa família
Adoração: Nossa linguagem
Oração: Nosso tempo de relação
Palavra: Nosso educação/instrução
Batismo: Nosso ritual de entrada (na família)
Ceia: Nosso Símbolo memorial (de como fomos entramos na família)
Propagar: Nossa missão
Compartilhar: Nosso compromisso

Hoje estava no velório do pai do presbítero Cairo e percebi que participamos das coisas sem
entender seu significado, defendemos nossa religião, mas nem sabemos o que ela significa.
A fragilidade da fé cristã é resultado da falta de conhecimento (Oséias 4:6), e isso não é recente, ou
seja, não aconteceu depois que saímos da igreja católica romana, mas, enquanto estávamos lá já não
compreendíamos o significado do que fazíamos. (Cruz, Vitrais, Missa, Quaresma, Batismo e Ceia)

TRANSIÇÃO:
 Este texto nos fala sobre a instituição, ou seja, o começo da Ceia do Senhor, Jesus é o autor
deste sacramento
 Jesus traz a interpretação e o cumprimento da refeição da páscoa

TEMA:
O ALIMENTO DA FAMÍLIA

1. A ceia é um alimento celestial (v.23/ Mateus 26:29)


a. Enquanto comiam a páscoa, algo que já parecia sem sentido, Jesus instituiu a ceia
b. Sentamos a mesa do REI
c. É para os filhos de Deus
Aplicação:
 Não podemos transformar a ceia em algo comum
 “Fazer... Sem discernir”
 “A celebração da Ceia do Senhor é a comemoração da maior bênção que o mundo já
desfrutou”, diz Crisóstomo.
 O SENHOR hoje te convida para fazer parte da família e sentar a mesa. Você pode se crer e
for batizado. Após o culto quero orar com você

2. A ceia alimenta nossa memoria (v.24 e 25)


a. Para lembrar o amor do PAI
b. Para lembrar o sacrifício do FILHO

Aplicação:
 Você não pode lembrar aquilo que não conhece (meus avós)
 Qual a lembrança que você tem de Jesus?
 Quanta gratidão você tem por Cristo hoje?

3. A ceia alimenta nossa esperança (v.23/26)


a. “...na noite em que foi traído” Ele tomou a ceia, foi fortalecido
b. A ceia fala de um SALVADOR ressurreto, vivo e que voltará
Aplicação:
 Esta refeição nos abençoa, fortalece
 Esta refeição refresca nossa memória e nossa esperança