Anda di halaman 1dari 47

TEORIA E QUESTÕES – ANAC

Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

Aula 00 - INGLÊS

Hi, everybody!
Olá, pessoal!

I am thrilled to be starting this course today!


Eu estou entusiasmada por estarmos iniciando este curso hoje!

You have a big test ahead and I will do my best to prepare you
all to be successful.
Vocês têm um grande teste pela frente e eu farei o meu melhor para
prepará-los para terem sucesso.

Vou iniciar nossa aula demonstrativa com uma breve apresentação.

Meu nome é Gabriela Battisti Knoblauch e resido em Vitória/ES.


Comecei minha carreira de professora bem cedo, aos 17 anos.
Lecionei por quatro anos e meio no curso de idiomas CCAA.

Sou bacharel em Comunicação Social / Jornalismo pela Universidade


Federal do Espírito Santo – UFES. Formei-me em 2006.

Quando me graduei, decidi ingressar no mundo dos concursos. Logo


percebi o quão árduo seria o caminho, mas também o quão
recompensador.

Em 2006, fui aprovada em 10° lugar no concurso da Transpetro


para o cargo de Jornalista Pleno. Ainda em 2006, fui também
classificada em 16° lugar no concurso do Instituto de Defesa
Agropecuária e Florestal do Espírito Santo – IDAF.

Nessa época, interrompi minhas atividades como professora. Foquei-


me apenas na preparação para concursos.

Retomei a função de professora em 2010, dessa vez no curso de


idiomas Wizard. Lecionei até abril de 2011, quando logrei aprovação
em 8° lugar no concurso do Tribunal de Justiça do Espírito Santo
para o cargo de Analista Judiciário.

Em janeiro de 2012, fui aprovada em 12° lugar para o cargo de


Analista de Comunicação Social da Assembleia Legislativa do
Espírito Santo, função que exerço atualmente. No fim do mesmo
ano, fui a 23° colocada no concurso para Auditor de Controle Externo
do TCE/ES.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 1


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

É uma grande satisfação lançar mais este curso online aqui no Ponto.
Espero ajudá-los a alcançar a tão sonhada aprovação e a intensa
alegria de ver seus nomes estampados no Diário Oficial.

Feitas as devidas apresentações, agora é a hora de determinarmos as


estratégias a serem adotadas e criarmos um verdadeiro “plano de
guerra”.

Pergunta fundamental n° 1: O que diz o edital?

Nosso edital oferece 150 VAGAS IMEDIATAS + CADASTRO DE


RESERVA! Sem dúvida, uma excelente oportunidade.

São 60 vagas para candidatos com nível médio completo e 90 para


candidatos de nível superior. O melhor? É possível se inscrever para
técnico administrativo e analista ao mesmo tempo, já que as provas serão
aplicadas em horários diferentes.

Todas as vagas são para Brasília/DF.

As remunerações iniciais são de R$ 6.062,52 para técnico


administrativo, R$ 6.330,52, para técnico em regulação, R$ 11.444,29
para analista administrativo (nível superior em qualquer área) e R$
12.347,29 para especialista em regulação (graduação em qualquer área
ou áreas específicas, como Economia ou Ciências Contábeis, Engenharia
Civil ou Engenharia de Produção ou Arquitetura, Engenharia Mecânica ou
Engenharia Aeronáutica ou Engenharia de Produção).

As provas (objetivas e discursivas) serão aplicadas no dia 20 de março


de 2016 em todas as capitais e no Distrito Federal. Haverá também
prova de títulos e curso de formação profissional para nível superior. O
certame tem validade de um ano, prorrogável por igual período.

O regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 2


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

Pergunta fundamental n° 2: O que “cai” na prova?

Vejamos o que o examinador exigirá:

LÍNGUA INGLESA:

1. Compreensão e interpretação de textos. 1.1. Compreensão geral do


texto. 1.2. Reconhecimento de informações específicas. 1.3.
Capacidade de análise e síntese. 1.4. Inferência e predição. 1.5.
Coesão e coerência. 1.6. Falsos cognatos.

2. Itens gramaticais relevantes para a compreensão de conteúdos


semânticos. 2.1. Verbos. 2.2. Preposições. 2.3. Conjunções. 2.4.
Pronomes. 2.5. Coordenação e subordinação. 2.6. Discurso direto e
indireto. 2.7. Voz passiva.

Precisamos entender o que há por trás do que diz o edital. É sabido


que o tipo de certame tem profunda relação com os textos que
aparecerão na prova e, principalmente, com o vocabulário técnico
com o qual precisamos nos familiarizar.

No caso da prova da ANAC, preparem-se para encontrar textos


de grandes jornais americanos sobre os temas relativos à
aviação, sem deixar de lado assuntos clássicos como política e
economia.

Outro ponto importante é observar de quais jornais a banca retira


seus textos de prova. De nada adianta estudarmos textos com
vocabulário corriqueiro se na prova o texto será com vocabulário
mais complexo – retirado de jornais como The Economist,
Washington Post, The NY Times, Businessweek, entre outros.

Com isso em mente, fornecerei a vocês em cada aula, além das


provas traduzidas e comentadas, a tradução de textos
jornalísticos que tratem de temas com grandes chances de serem
explorados no certame da ANAC. O objetivo é extrair deles uma
verdadeira “listinha” de termos técnicos.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 3


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

Pergunta fundamental n° 3: Qual a importância da


disciplina de inglês para este certame?

Para o cargo de Analista Administrativo, Inglês representa 10 das


60 questões da P1. São 16,6% das questões e 12,5% dos pontos da
prova de Conhecimentos Básicos. Bastante, não? Os números são
ainda mais significativos se levarmos em conta que a P1 e a P2 têm o
mesmo peso.

Já para o cargo de Especialista em Regulação da Aviação Civil,


Inglês também soma 16,6% das questões, mas 11,11% dos pontos
da P1. Trata-se de uma pontuação relevante, principalmente se
considerarmos que a P1 vale 90 pontos e a P2 vale 100.

Língua Inglesa não cai para Técnico Administrativo, mas será


cobrada para Técnico em Regulação da Aviação Civil,
representado 20% das questões e 14,28% dos pontos da Prova de
Conhecimentos Básicos. Para esse cargo, curiosamente, a P1 (70
pontos) tem mais peso do que a P2 (40 pontos).

Pergunta fundamental n° 4: Como será o curso?

Nosso curso tem como objetivo primordial poupar o tempo de


vocês, que já têm tantas matérias para estudar.

Com isso em mente, trarei muitas traduções de assuntos-foco para o


certame da ANAC.

O objetivo das traduções não é fornecer uma lista desconexa de


palavras para memorização, mas sim apresentá-las traduzidas dentro
de um contexto. Assim, pode-se aumentar absurdamente o
vocabulário e capacidade de entendimento do aluno em um curto
espaço de tempo.

Teremos listinha de vocabulário técnico sim, mas depois de vermos


todas estas palavras apresentadas em um texto.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 4


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

É fato que para resolver a prova, ou mesmo entender o texto, não é


preciso conhecer todas as palavras. Inclusive, estudaremos
técnicas de leitura e interpretação nesta aula demo. Entretanto,
quanto maior nosso vocabulário, maiores a chances de não
tropeçarmos no dia D, right?

Sendo assim, todas as nossas aulas seguirão o mesmo formato.


Sempre serão subdivididas em 04 partes:

Teoria

Provas traduzidas e comentadas

Reportagem traduzida + Vocabulário técnico

Resumo do vocabulário da aula

Em nossas aulas, sempre oferecerei material para que vocês alunos


possam criar 3 bancos:

Banco de provas

Banco de textos

Banco de vocabulário

Conheçam agora o cronograma do nosso curso.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 5


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

CRONOGRAMA

AULA 0: Técnicas de leitura e interpretação de textos.


Pronomes. Artigos.
Analista de Finanças e Controle – CGU – ESAF – 2012
Analista de Comércio Exterior – MDIC – ESAF – 2012

AULA 1: Conectivos (Conjunções e Marcadores do discurso). Advérbios.


APO – MPOG – ESAF – 2015 PROVA NOVA

AULA 2: Tempos verbais.


Auditor Fiscal da Receita Federal – ESAF - 2014
Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental – ESAF -
2013

AULA 3: Quantificadores. Modais. Preposições.


Analista de Finanças e Controle – ESAF - 2013
Analista Técnico de Políticas Sociais – ESAF - 2012

AULA 4: Comparativos e superlativos. Condicionais.


Auditor Fiscal da Receita Federal – ESAF – 2012
Analista Tributário da Receita Federal – ESAF 2012

AULA 5: Cognatos e falsos cognatos. Prefixos e sufixos.


Auditor Fiscal do Trabalho – MTE - ESAF - 2010
Analista – CMV – ESAF – 2010

AULA 6: Discurso direto e indireto. Voz ativa e voz passiva.


Analista de Planejamento e Orçamento – MPOG – ESAF – 2010
Analista Técnico – SUSEP – ESAF - 2010

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 6


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

Conteúdo
TÉCNICAS DE LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS ......................................... 8
ESTRATÉGIAS DE LEITURA............................................................................................. 8
ESTRATÉGIAS DE INTERPRETAÇÃO .......................................................................... 13
PRONOMES.............................................................................................................................. 14
ARTIGOS .................................................................................................................................. 18
CGU ............................................................................................................................................ 19
TRADUÇÃO E COMENTÁRIOS....................................................................................... 22
MDIC .......................................................................................................................................... 28
TRADUÇÃO E COMENTÁRIOS....................................................................................... 31
REPORTAGEM ......................................................................................................................... 37
TRADUÇÃO .......................................................................................................................... 39
VOCABULÁRIO DA AULA .................................................................................................... 43

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 7


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

TÉCNICAS DE LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE


TEXTOS

Antes de começarmos a dissecar as questões, é importante


sabermos como abordá-las.

Eis aqui um material que pode auxiliá-los nos primeiros


passos.

ESTRATÉGIAS DE LEITURA

Um dos problemas mais comuns no que tange à leitura do texto é o


estado de apavoramento que o aluno fica quando não entende meia
dúzia de palavras. Já aviso de antemão: as chances disso acontecer –
por mais que vocês estudem ou tenham conhecimento do idioma –
são enoooormes! Essa é a má notícia que eu tinha para dar a vocês.

A boa é que vocês NÃO PRECISAM entender palavra por palavra


do texto para matar as questões.

Ok, mas como conseguir tal façanha?

Elementar, meu caro Watson... rs. Estratégias de leitura!!!

Há, basicamente, 3 estratégias de leitura:

1. Skimming

2. Scanning

3. Reading for detail

O skimming consiste em ler o texto com o intuito de apreender suas


ideias principais. Procura responder “do que o texto trata?”. É uma
leitura superficial para entender o sentido geral do texto. Uma dica é
grifar as keywords (palavras-chave) e frases que resumem as ideias
principais do texto.

Já o scanning é a estratégia de leitura não-linear que objetiva


encontrar dados específicos no texto. Você vai em busca de
determinadas informações.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 8


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

Por fim, o reading for detail, como o nome já nos diz (ler em busca
de detalhes), é a busca pelas minúcias no texto. Fazemos tal leitura
quando precisamos compreender o texto profundamente.

Allright, mas eis que surge a dúvida: quando usar cada uma
delas?

Eu sugiro a seguinte ordem:

1. Comecem pelo “skimming”.

2. Leiam as questões

3. Retornem ao texto e façam o “scanning”. Provavelmente


nesse estágio você já terá conseguido matar a questão.

4. Caso a pergunta seja muito complicada, retornem ao


texto usando a técnica “reading for detail”.

Na aula de hoje, mais à frente, traduzi 2 provas e uma reportagem.


Peço que antes de lerem a tradução, apliquem o que aprendemos
hoje de técnicas de leitura. Customizem as dicas aqui dadas. Criem
um plano de resolução de provas que se aplique bem às suas
facilidades e dificuldades. Algumas pessoas preferem começar pela
leitura das questões, por exemplo, deixando de lado o skimming.

Quando o fiscal coloca a prova na sua mesa, não é hora de criar


estratégias! Você precisa chegar lá com um plano na cabeça. O
tempo de prova é curto demais para você gastar preciosos minutos
pensando em como você vai resolver a prova.

Além das estratégias, fiquem atentos aos seguintes MACETES:

 Atenção aos cognatos. Cuidado com os falsos cognatos.

Palavras cognatas são aquelas que se parecem com a nossa língua.

Elas são uma mão na roda na hora de entender o texto. Os cognatos


são como âncoras na sua leitura.Há 3 tipos de palavras cognatas:

Cognatos idênticos
Ex: piano, hospital, nuclear, hotel, social, total...

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 9


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

Cognatos bastante parecidos


Ex: gasoline, inflation, bank, intelligent, population, history,
television...

Cognatos vagamente parecidos


Ex: electricity, responsible, stable, explain, activity…

Mas calma lá!!! Ainda temos que estar atentos aos inimigos do bom
entendimento do texto: os famigerados falsos cognatos. Eles são
verdadeiras armadilhas na hora da prova. Eles se parecem com o
português, mas não têm o mesmo significado.

Observem alguns exemplos:

College = universidade, faculdade (e não colégio)


Deception = fraude, trapaça (e não decepção)
Exit = saída (e não êxito)
Costume = fantasia, roupa (e não costume)

”Mas teacher, como eu vou saber diferenciar os cognatos dos


falsos cognatos? É impossível!”

Eita turminha de pouca fé... rs... Treino resolve esse tipo de


problema. RELAX! Além do mais, abordaremos este assunto ao longo
do curso.

 Estrangeirismos

Sabem aquelas palavras em inglês que usamos no dia-a-dia como se


fossem em português? Pois bem. Na hora da prova, elas também nos
ajudam bastante. Eis um exemplo da globalização trabalhando a
nosso favor! 

Vocês têm um conhecimento prévio do idioma maior do que


imaginam. Somem os cognatos aos estrangeirismos e você, que
pensava saber zero de inglês, percebe que não está tão zerado
assim.

Vejam alguns exemplos: Coffee break, outdoor, delivery, self-service,


play, off, drive-thru, shopping, free, delete, link, software, fitness…

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 10


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

 Lembre-se da estrutura das frases. Identifique sujeito e


verbo

O bom do inglês é que raramente você irá se deparar com uma frase
sem sujeito. Isso ajuda a não se embananar na leitura. Já em nosso
querido português vemos de tudo, não é mesmo? É um tal de sujeito
oculto, sujeito inexistente e por aí vai.

Em inglês, o sujeito está quase sempre explícito na frase, sendo –


portanto - de fácil identificação.

Sendo assim, é bom lembrarmos a ordem direta da frase:

SUJEITO VERBO COMPLEMENTO

Com essa estrutura em mente, podemos enxergar a frase em


bloquinhos. Vejam:

Stephen reads a lot. (Stephen lê muito.)

Sei que vocês já devem estar exclamando: “Ué... mas não é sempre
que a frase estará na ordem direta!”. Bom, de fato vocês estão com a
razão. Não é sempre. Mas será quase sempre (observem os textos
das provas). E quase sempre já nos quebra um galhão, certo?

 Muita atenção aos Conectivos

Mas, entretanto, portanto, por conseguinte, logo, assim, além disso,


em primeiro lugar, antes de mais nada, principalmente, devido a, por
outro lado, em suma...

Dá para ler um texto em português sem entender o que palavrinhas


como essas significam? Fica complicado, né? Imagine em inglês!

Sabendo bem esses camaradas, você ficará muito menos perdido.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 11


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

REFRESH NA MEMÓRIA: RESUMO DAS ESTRATÉGIAS DE LEITURA

 Skimming

 Scanning

 Reading for detail

 Cognatos. Cuidado com os falsos!

 Estrangeirismos

 Estrutura da frase

 Atenção aos conectivos

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 12


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

ESTRATÉGIAS DE INTERPRETAÇÃO

Vocês certamente estão estudando português para o concurso. Ou,


pelo menos, já estudaram. As técnicas de interpretação de texto
aprendidas nessa disciplina aplicam-se à nossa.

Sendo assim, vamos a uma breve revisão dos principais erros de


interpretação para que ninguém caia nas “pegadinhas” do
examinador.

São eles:

 Extrapolação
 Redução
 Contradição

A extrapolação consiste em acrescentar ideias que não estão


presentes no texto. Você vai além. Ultrapassa os limites do texto.
Você “viaja” demais.

A redução é o oposto da extrapolação. Você particulariza


indevidamente trechos do texto. Privilegia um elemento que é uma
condição verdadeira, mas não suficiente para se afirmar algo. Retira
trechos do contexto. Rompe com as relações apresentadas no texto.

Já a contradição ocorre quando nos deparamos com uma conclusão


contrária ao texto. Parece fácil de perceber, né? Mas desde quando o
examinador nos dá sossego? Desde nunca. O que ele geralmente faz
é repetir trechos do texto nas alternativas para você sentir uma falsa
segurança. “Mas tá igualzinho no texto”. CUIDADO! Ele normalmente
coloca uma palavrinha, coisa discreta, no meio do trecho conhecido
para alterar o significado. Ele espera que - na pressa - você não
perceba a mudança de sentido.

Sabe aquele velho problema de ficar sempre entre 2


alternativas e - invariavelmente - marcar a errada?Tendo esses
3 possíveis erros de interpretação em mente na hora de avaliá-las,
garanto que esse incômodo será muito menos frequente.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 13


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

PRONOMES

Conceito:Pronome é a palavra que substitui ou acompanha um


substantivo, relacionando-o à pessoa do discurso.

Tipos de pronomes

1. Pessoal do caso reto


2. Pessoal do caso oblíquo
3. Adjetivo possessivo
4. Substantivo possessivo
5. Demonstrativos
6. Interrogativos

1. Pronome pessoal do caso reto

I eu
You tu, você
He ele
She ela
It ele, ela (neutro)
We nós
You vós, vocês
They eles, elas

Obs: It

Usamos o IT para nos referirmos a objetos, coisas e animais


no singular. Caso estejam no plural, usaremos THEY.

Observem:
It is a dog. (Ele é um cachorro.)
They are dogs. (Eles são cachorros.)

Ex:
I am a teacher. (Eu sou uma professora.)
She is happy. (Ela está feliz.)
We are students. (Nós somos estudantes.)

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 14


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

2. Pronome pessoal do caso oblíquo

Me me, mim
You te, ti, o, a, lhe
Him o, lhe
Her a, lhe
It o, a
Us nos, conosco
You vos, os, as, lhes
Them os, as, lhes

Ex:
Tell me about your job. (Conte-me sobre seu trabalho.)
He saw her last week. (Ele a viu semana passada.)
They are waiting for us. (Eles estão nos esperando.)

3. Pronome adjetivo possessivo – Acompanha o substantivo.

My meu, minha, meus, minhas


Your teu, tua, seu, sua
His Dele
Her Dela
Its dele, dela (neutro)
Our nosso, nossa, nossos, nossas
Your teus, tuas, seus, suas
Their deles, delas

Ex:
This is my book. (Este é meu livro.)
His dad is tall. (O pai dele é alto.)
This is my dog. (Esse é o meu cachorro.)
That is its bone. (Aquele é o osso dele.)

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 15


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

4. Pronome substantivo possessivo - Evita a repetição do


substantivo, que está implícito.

Mine meu, minha, meus, minhas


Yours teu, tua, seu, sua
His dele
Hers dela
Its dele, dela (neutro)
Ours nosso, nossa, nossos, nossas
Yours teus, tuas, seus, suas
Theirs deles, delas

Ex:
Those books are mine. (Aqueles livros são meus.)
Usamos mine no lugar de my book.
Those books are my books. ou Those books are mine.

Mine are here. Yours are there. (Os meus estão aqui. Os seus estão lá.)
This house is not theirs. (Esta casa não é deles.)

5. Demonstrativos - Usados para apontar/indicar um elemento


(coisa, lugar, pessoa ou objeto) seja no espaço, no tempo ou dentro
do discurso.

este, esta, isto


This
Usamos para algo que está perto e no singular.
esse, essa, isso, aquele, aquela, aquilo
That
Usamos para algo que está longe e no singular.
estes, estas
These
Usamos para algo que está perto e no plural.
esses, essas, aqueles, aquelas
Those
Usamos para algo que está longe e no plural.

Ex:
No espaço: This is my car. (Este é meu carro.)
No tempo: That day was wonderful. (Aquele dia foi maravilhoso.)
No discurso:I bought some flowers and a book. Those were beautiful.
(Eu comprei flores e um livro. Aquelas eram lindas.)
Those refere-se ao substantivo flowers.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 16


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

6. Interrogativos - Usados para formação de perguntas, bem como


para conectar sentenças.

What o que, qual


qual (quando há um número mais restrito
Which
de opções)
Who quem
quem (quando acompanhado de
Whom
preposição)
Whose de quem, de qual
Where onde
When quando
How como
Why Por que

Ex:
Who is that boy? (Quem é aquelemenino?)
Whom is this news about? (Sobre quem é essa notícia?)
Which one do you prefer: the blue or the white shirt?
(Qual você prefere: a camisa azul ou a branca?)

Os pronomes interrogativos também podem aparecer sob a forma de


expressões interrogativas, tais como:

How long quanto tempo


How much quanto
How many Quantos
How often com que frequência
What about que tal

Pausa para resolver uma dúvida comum... A diferença entre How


many e How much.

How many How many toys are there in the box?


(Quantos brinquedos há na caixa?)
usado para coisas How many pens did you buy?
contáveis (Quantas canetas você comprou?)

How much How much sugar do you need for the cake?
(De quanto açúcar você precisa para o bolo?)
usado para coisas How much wine did she drink?
incontáveis (Quanto vinho ela bebeu?)

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 17


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

Agora o ponto polêmico: Dinheiro (money) é incontável! Não


contamos “um dinheiro, dois dinheiros”, certo? Já dólares, reais,
euros e similares são contáveis. Um dólar, dois dólares.

Veja:
How much money do you have? (Quanto dinheiro você tem?)
How many dollars do you have? (Quantos dólares você tem?)

ARTIGOS

Conceito:são palavras que precedem os substantivos para determiná-


los ou indeterminá-los quanto a gênero e número.

1. Definido
THE o, a, os, as

Ex:
That is the girl I told you about. (Essa é A garota sobre a qual lhe falei.)
The blue car is parked over here. (O carro azul está estacionado aqui.)
The red roses are beautiful. (As rosas vermelhas são bonitas.)

2. Indefinido
A ou AN um, uma, uns, umas

Antes de mais nada, é preciso entender que A e AN têm o mesmo


sentido. Usaremos um ou outro de acordo com o primeiro som da
palavra que o sucede. Atenção! Não é a primeira letra como muitos
pensam! É o primeiro som!

Ex:
A pen
A book
AN eraser
AN MP3 (observe que ao falarmos “MP3”, soletramos a letra M. O primeiro
som, portanto, é de ê – som de vogal)

Ressalto que duvido muito que cobrem o assunto na prova de modo


explícito. O conhecimento do tópico é importante SIM, mas para a
compreensão do texto.

Afinal, sem o entendimento da Grammar, o texto é apenas um


conjunto de palavras desconectadas.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 18


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

PROVA 1
Sugiro que imprimam a prova toda e criem o banco de provas
Banco de provas
PROVA

CGU
Cargo: Analista de Finanças e Controle
Ano: 2012

Another one bites the dust


Source: www.economist.com
Apr 27th, 2012 (Adapted)

Less than three months after it took office, Romania´s government


has fallen. The centre-right administration lost a no-confidence vote fi
led by the left-wing opposition. When the motion was originally fi led
few thought the government was in danger. But in recent weeks it
has been weakened by a series of defections.

“Today there was justice,” celebrated Victor Ponta, leader of the


centre-left Social-Liberal Union (USL), after securing 235 votes in
favour of his motion, four more than he needed. “We don´t want any
more dubious firms, no more selling under the market price and huge
bribes,” he said in a five-hour long debate that preceded the vote.

Traian Basescu, the president and main political player in Romania,


proposed Mr Ponta as prime minister back in February when the
previous government, led by Emil Boc, resigned after three weeks of
street protests denouncing party cronyism, incompetence and harsh
austerity measures. Mr Ponta refused, but now he seems more willing
to step in thanks to the fair-weather politicians who have flocked to
his party from the centre-right.

The International Monetary Fund (IMF), which began an official visit


to Romania earlier this week to review the country´s performance
linked to a 5 billion euro credit line it was granted last year,
announced it would suspend its mission until a new government is in
place. That may not take long. But with Romanian governments
showing the longevity of mayflies, and the European Union (EU)
weary of a country that seems unable or unwilling to make serious
progress on the corruption problems that continue to plague it five
years after it was accepted into the club, it will take a good deal

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 19


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
longer for Romania to acquire the clout that should come naturally to
an EU country with 22m people.

21- According to paragraph 1, Romania´s government

a) is on the verge of taking office.

b) has been defeated.

c) is likely to fall.

d) has strengthened its political support.

e) will leave office in three months.

22- At the opening of paragraph 2, the leader of the centre-


left USL, Victor Ponta, expressed his

a) contentment.

b) resentment.

c) rage.

d) hopelessness.

e) disappointment.

23- According to paragraph 3, Mr Ponta

a) took office as prime minister in February.

b) unfortunately resigned as prime minister.

c) may soon join a centre-right party.

d) might still run for a political post.

e) led decisive street protests for weeks.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 20


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

24- In paragraph 4, the European Union is said to be “weary”


as regards Romania´s attitude towards corruption. In other
words,

a) hopeful.

b) not certain.

c) very tired.

d) quite optimistic.

e) rather doubtful.

25- According to paragraph 4,

a) Romanians have succeeded in their struggle against corrupt


practices.

b) the IMF has denied the 5 billion euro credit line agreed upon.

c) the new government will have to be recognized by the IMF.

d) the EU recognizes the steps taken by Romania so as to fight


corruption.

e) Romania has still not obtained the political influence it could.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 21


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
TRADUÇÃO E COMENTÁRIOS

Another one bites the dust


Mais um come poeira
Source: www.economist.com
Apr 27th, 2012 (Adapted)

Less than three months after it took office, Romania´s government


has fallen. The centre-right administration lost a no-confidence vote
filed by the left-wing opposition. When the motion was originally filed
few thought the government was in danger. But in recent weeks it
has been weakened by a series of defections.
Menos de três meses depois de tomar posse, o governo da Romênia
caiu. A administração de centro-direita perdeu um voto de não-
confiança apresentado pela ala esquerda oposicionista. Quando a
proposta foi originalmente apresentada, poucos pensaram que o
governo estava em perigo. Mas nas últimas semanas ele tem se
enfraquecido por uma série de deserções.

“Today there was justice,” celebrated Victor Ponta, leader of the


centre-left Social-Liberal Union (USL), after securing 235 votes in
favour of his motion, four more than he needed. “We don´t want any
more dubious firms, no more selling under the market price and huge
bribes,” he said in a five-hour long debate that preceded the vote.
“Hoje houve justiça”, celebrou Victor Ponta, líder da centro-
esquerdista União Social Liberal (USL), depois de garantir 235 votos a
favor de sua proposta, quatro além do que ele precisava. “Nós não
queremos mais empresas duvidosas, não queremos mais vendas
abaixo do preço de mercado e enormes subornos”, ele disse em um
debate de cinco horas de duração que precedeu o voto.

Traian Basescu, the president and main political player in Romania,


proposed Mr Ponta as prime minister back in February when the
previous government, led by Emil Boc, resigned after three weeks of
street protests denouncing party cronyism, incompetence and harsh
austerity measures. Mr Ponta refused, but now he seems more willing
to step in thanks to the fair-weather politicians who have flocked to
his party from the centre-right.
Traian Basescu, o presidente e principal figura política na Romênia,
propôs o senhor Ponta como primeiro-ministro em fevereiro quando o
governo anterior, liderado por Emil Boc, resignou depois de três
semanas de protestos nas ruas denunciando o nepotismo de partido,
incompetência e duras medidas de austeridade. O senhor Ponta
recusou, mas agora ele parece mais disposto a intervir graças aos
políticos interesseiros que migraram para seu partido vindos da
posição centro-direita.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 22


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

The International Monetary Fund (IMF), which began an official visit to


Romania earlier this week to review the country´s performance linked to a
5 billion euro credit line it was granted last year, announced it would
suspend its mission until a new government is in place. That may not take
long. But with Romanian governments showing the longevity of mayflies1,
and the European Union (EU) weary of a country that seems unable or
unwilling to make serious progress on the corruption problems that continue
to plague it five years after it was accepted into the club, it will take a good
deal longer for Romania to acquire the clout that should come naturally to
an EU country with 22m people.
O Fundo Monetário Internacional (FMI), que começou uma visita oficial à
Romênia no início desta semana para avaliar o desempenho do país ligado a
uma linha de crédito de 5 bilhões de euros que foi concedida no ano
passado, anunciou que suspenderia sua missão até que um novo governo
estivesse no lugar. Isso pode não demorar muito. Mas com os governos
romenos mostrando a longevidade de libélula, e a União Europeia (UE)
cansada de um país que parece incapaz ou sem vontade de fazer sérios
progressos no que tange aos problemas relativos à corrupção que
continuam a atormentá-lo cinco anos após ser aceito no clube, levará um
bom tempo a mais para a Romênia adquirir a influência que deveria vir
naturalmente para um país da UE com 22 milhões de pessoas.

21- According to paragraph 1, Romania´s government


De acordo com o parágrafo 1, o governo da Romênia

a) is on the verge of taking office.


está prestes a tomar posse.

b) has been defeated.


foi derrotado.

c) is likely to fall.
é provável que caia.

d) has strengthened its political support.


fortaleceu seu apoio político.

e) will leave office in three months.


deixará o cargo em três meses.

Letra A – Errada. O texto fala que o governo da Romênia assumiu (took


office) há menos de três meses (less than three months). Não fala que está

1
Mayfly – inseto de vida bastante curta cuja aparência é similar a uma libélula

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 23


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

prestes a (on the verge of) assumir.

Letra B – Correta. Se o governo caiu (has fallen), ele foi derrotado (defeated).

Letra C - Errada. Já caiu (has fallen).

Letra D – Errada. Ao contrário, enfraqueceu (has been weakened).

Letra E - Errada. Já deixou o posto, onde permaneceu por menos de três meses.

22- At the opening of paragraph 2, the leader of the centre-


left USL, Victor Ponta, expressed his
Na abertura do parágrafo 2, o líder da centro-esquerdista USL, Victor
Ponta, expressou seu

a) contentment.
contentamento

b) resentment.
ressentimento

c) rage.
raiva

d) hopelessness.
desespero

e) disappointment.
desapontamento

Se Mr. Ponta celebrou (celebrated) o fato de ter havido justiça, ele


expressou contentamento (contentment). Letra A.

23- According to paragraph 3, Mr Ponta


De acordo com o parágrafo 3, o senhor Ponta

a) took office as prime minister in February.


tomou posse como primeiro-ministro em fevereiro.

b) unfortunately resigned as prime minister.


infelizmente renunciou ao cargo de primeiro-ministro.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 24


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
c) may soon join a centre-right party.
pode em breve entrar em um partido de centro-direita.

d) might still run for a political post.


pode ainda concorrer a um cargo político.

e) led decisive street protests for weeks.


liderou decisivos protestos por semanas.

Traian Basescu ofereceu ao Mr Ponta o cargo de primeiro ministro (prime


minister) em fevereiro, depois que Emil Boc resignou (resigned). Primeiro,
Ponta recusou (refused), mas agora parece estar disposto a intervir, a
entrar em cena (but now he seems more willing to step in).

Logo, pode ainda concorrer a um cargo político (might still run for a political
post). Letra D.

24- In paragraph 4, the European Union is said to be “weary”


as regards Romania´s attitude towards corruption. In other
words,
No parágrafo 4, a União Europeia é dita estar “weary” no que diz
respeito à atitude da Romênia frente à corrupção. Em outras
palavras,

a) hopeful.
esperançosa.

b) not certain.
incerta.

c) very tired.
muito cansada.

d) quite optimistic.
bastante otimista.

e) rather doubtful.
muito em dúvida.

WEARY significa
 Cansado

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 25


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

 Fatigado
 Exausto

Assim, a resposta correta é very tired (muito cansado) – letra C.

Dica: Em provas da ESAF sobre o conhecimento de uma palavra específica,


o dicionário Macmillan costuma matar a questão.

Vejam:http://www.macmillandictionary.com/dictionary/british/weary

25- According to paragraph 4,


De acordo com o parágrafo 4,

a) Romanians have succeeded in their struggle against corrupt


practices.
romenos foram bem-sucedidos em sua luta contra práticas corruptas.

b) the IMF has denied the 5 billion euro credit line agreed upon.
o FMI negou a linha de crédito de 5 bilhões de euros acordada.

c) the new government will have to be recognized by the IMF.


o novo governo terá que ser reconhecido pelo FMI.

d) the EU recognizes the steps taken by Romania so as to fight


corruption.
a UE reconhece os passos dados pela Romênia para combater a
corrupção.

e) Romania has still not obtained the political influence it


could.
a Romênia ainda não obteve a influência política que poderia obter.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 26


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
Letra A - Errada. O autor nos diz que o país parece incapaz ou pouco disposto
(unable or unwilling) a fazer um progresso sério sobre os problemas de corrupção
que continuam a atormentá-lo (plague it).

Letra B - Errada. Essa linha de crédito foi concedida (granted) no ano passado
(last year).

Letra C - Errada. O texto não afirma isso.

Letra D – Errada. O texto diz que a UE está cansada (weary) da Romênia pois o
país parece (seems) incapaz ou pouco disposto (unable or unwilling) a fazer um
progresso sério sobre os problemas de corrupção que continuam a atormentá-lo
(plague it).

Letra E - Correta. Obter tal influência ainda levará um tempo.

… it will take a good deal longer for Romania to acquire the clout that should come
naturally to an EU country with 22m people.
... levará um bom tempo a mais para a Romênia adquirir a influência que deveria vir
naturalmente para um país da UE com 22 milhões de pessoas.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 27


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

PROVA 2
Sugiro que imprimam a prova toda e criem o banco de provas
Banco de provas
PROVA

MDIC
Cargo: Analista de Comércio Exterior
Ano: 2012

Read the text below entitled “Currency disunion” in order to answer


questions 21 to 25:

Currency disunion
Source: www.economist.com (Adapted)
Apr 7th, 2012

The Irish left the sterling zone. The Balts escaped from the rouble.
The Czechs and Slovaks left each other. History is littered with
currency unions that broke up. Why not the euro? Had its fathers
foreseen turmoil, they might never have embarked on currency
union.

The founders of the euro thought they were forging a rival to the
American dollar. Instead they recreated a version of the gold
standard abandoned by their predecessors long ago. Unable to
devalue their currencies, struggling euro countries are trying to
regain competitiveness by “internal devaluation”, ie, pushing down
wages and prices. That hurts: unemployment in Greece and Spain is
above 20%. And resentment is deepening among creditors. So why
not release the yoke? The treaties may declare the euro
“irrevocable”, but treaties can be changed.

One reason the euro holds together is fear of financial and economic
chaos on an unprecedented scale. Another is the impulse to defend
the decades-long political investment in the European project. So,
despite many bitter
words, Greece has a second rescue.

So the euro zone remains vulnerable to new shocks. Markets still


worry about the risk of sovereign defaults, and of a partial or total
collapse of the euro. Common sense suggests that leaders should
think about how to manage a break-up.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 28


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

21- In paragraph 1, the author claims that if the euro´s


fathers had foreseen turmoil, they would never have

a) begun a currency union.

b) replaced the euro.

c) maintained the euro zone currencies.

d) turned down a currency union.

e) devalued the euro.

22- In paragraph 2, the author points out that “struggling


euro countries” are

a) steadily recuperating competitiveness.

b) currently devaluing their currencies.

c) expected to value their currencies.

d) incapable of devaluing their currencies.

e) not allowed to push down wages and prices.

23- In paragraph 2, the author argues that treaties

a) might have been ratified.

b) may be altered.

c) should have been negotiated.

d) ought to bring about changes.

e) must be urgently approved.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 29


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

24- In paragraph 3, the author tries to explain why the euro

a) recovered.

b) devalued.

c) values.

d) collapsed.

e) remains.

25- According to the text, currency unions

a) have invariably strengthened markets.

b) are not supposed to break up.

c) have previously proved unsuccessful.

d) restructure regional markets.

e) prevent long-term damages.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 30


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
TRADUÇÃO E COMENTÁRIOS

Read the text below entitled “Currency disunion” in order to answer


questions 21 to 25:
Leia o texto abaixo intitulado “Desunião monetária” para responder
às questões 21 a 25:
Currency disunion
Desunião monetária
Source: www.economist.com (Adapted)
Apr 7th, 2012

The Irish left the sterling zone. The Balts escaped from the rouble.
The Czechs and Slovaks left each other. History is littered with
currency unions that broke up. Why not the euro? Had its fathers
foreseen turmoil, they might never have embarked on currency
union.
Os irlandeses deixaram a zona de libras esterlinas. Os bálticos
escaparam do rublo. Os tchecos e eslovacos se deixaram. A história
está repleta de uniões monetárias que se separaram. Por que não o
euro? Se seus pais tivessem previsto turbulências, eles talvez nunca
tivessem embarcado em união monetária.

The founders of the euro thought they were forging a rival to the
American dollar. Instead they recreated a version of the gold
standard abandoned by their predecessors long ago. Unable to
devalue their currencies, struggling euro countries are trying to
regain competitiveness by “internal devaluation”, ie, pushing down
wages and prices. That hurts: unemployment in Greece and Spain is
above 20%. And resentment is deepening among creditors. So why
not release the yoke? The treaties may declare the euro
“irrevocable”, but treaties can be changed.
Os fundadores do euro pensaram que estavam criando um rival para
o dólar americano. Em vez disso, eles recriaram uma versão do
padrão ouro abandonado por seus predecessores há muito tempo
atrás. Incapazes de desvalorizar suas moedas, países da zona euro
em dificuldades estão tentando recuperar a competitividade via
"desvalorização interna", ou seja, empurrando para baixo os salários
e preços. Isso machuca: o desemprego na Grécia e na Espanha está
acima de 20%. E o ressentimento está se aprofundando entre os
credores. Então por que não libertar do jugo? Os tratados podem
declarar o euro “irrevogável”, mas tratados podem ser mudados.

One reason the euro holds together is fear of financial and economic
chaos on an unprecedented scale. Another is the impulse to defend
the decades-long political investment in the European project. So,
despite many bitter words, Greece has a second rescue.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 31


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
Uma razão pela qual o euro se mantém é o medo de um caos
financeiro e econômico de escala sem precedentes. Outra é o impulso
de defender o investimento político de décadas no projeto europeu.
Então, apesar de muitas palavras amargas, a Grécia tem um segundo
resgate.

So the euro zone remains vulnerable to new shocks. Markets still


worry about the risk of sovereign defaults, and of a partial or total
collapse of the euro. Common sense suggests that leaders should
think about how to manage a break-up.
Então a zona do euro permanece vulnerável a novos choques.
Mercados ainda se preocupam com o risco de calotes soberanos, e de
um parcial ou total colapso do euro. O senso comum sugere que os
líderes devem pensar sobre como lidar com uma separação.

21- In paragraph 1, the author claims that if the euro´s


fathers had foreseen turmoil, they would never have
No parágrafo 1, o autor afirma que se os pais do euro tivessem
previsto turbulências, eles nunca teriam

a) begun a currency union.


começado uma união monetária.

b) replaced the euro.


substituído o euro.

c) maintained the euro zone currencies.


mantido as moedas da zona do euro.

d) turned down a currency union.


declinado a união monetária.

e) devalued the euro.


desvalorizado o euro.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 32


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
Vejam o trecho:

Had its fathers foreseen turmoil, they might never have embarked on currency union.
Se os pais (do euro) tivessem previsto turbulências, eles talvez nunca tivessem
embarcado em uma união monetária.

might never have embarked on currency union


=
would never have begun a currency union

As demais alternativas fogem ao que diz o texto. Portanto, nossa resposta é


a letra A.

Atenção ao Phrasal Verb2 TO TURN DOWN:

TO TURN DOWN declinar, rejeitar

22- In paragraph 2, the author points out that “struggling


euro countries” are
No parágrafo 2, o autor destaca que “países da zona euro em
dificuldades” estão/são

a) steadily recuperating competitiveness.


firmemente recuperando competitividade.

b) currently devaluing their currencies.


atualmente desvalorizando suas moedas.

c) expected to value their currencies.


esperados que valorizem suas moedas.

d) incapable of devaluing their currencies.


incapazes de desvalorizar suas moedas.

e) not allowed to push down wages and prices.


proibidos de abaixar salários e preços.

2
Verbo + Partícula (que pode ser preposição ou advérbio) que, juntos, formam uma espécie de expressão

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 33


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

Unable to devalue their currencies, struggling euro countries are trying to regain
competitiveness by “internal devaluation”, ie, pushing down wages and prices.
Incapazes de desvalorizar suas moedas, países da zona euro em dificuldades estão
tentando recuperar a competitividade via "desvalorização interna", ou seja,
empurrando para baixo os salários e preços.

Unable to devalue their currencies = Incapable of devaluing their currencies

Letra A - Errada. Há uma extrapolação ao texto. Dizer que os países


estão tentando recuperar competitividade é diferente de afirmar que eles
estão de fato a recuperando. Tentar é diferente de conseguir.

Letra B – Errada. Consiste em uma contradição ao texto. Se os países são


incapazes de desvalorizar suas moedas, como podem estar atualmente
desvalorizando (currently devaluing)?

Letra C – Errada. Países em dificuldades na zona do euro querem


desvalorizar suas moedas. Apenas são incapazes de fazê-lo. Esperar que as
valorizem foge à lógica.

Letra D – Correta. Vide explicação acima.

Letra E – Errada. A alternativa contradiz o texto, uma vez que os países


estão abaixando, empurrando para baixo (pushing down) os salários
(wages) e preços (prices).

Pessoal, viram como aquelas regrinhas de interpretação de texto ajudam?


Contradição, extrapolação e redução. É importante ler a questão com os
possíveis erros de interpretação em mente.

23- In paragraph 2, the author argues that treaties


No parágrafo 2, o autor argumenta que tratados

a) might have been ratified.


podem ter sido ratificados.

b) may be altered.
podem ser alterados.

c) should have been negotiated.


deveriam ter sido negociados.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 34


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

d) ought to bring about changes.


devem acarretar mudanças.

e) must be urgently approved.


precisam ser urgentemente aprovados.

A questão aborda o tópico gramatical MODAIS. Vejam ao final desta


aula o material de apoio sobre o assunto.

O texto nos informa que "treaties can be changed" (tratados podem


ser mudados). CAN e MAY expressam possibilidade. Changed e
Altered são sinônimos. Ambos significam mudança, alteração.

Assim:
Treaties can be changed = treaties may be altered

Letra B.

24- In paragraph 3, the author tries to explain why the euro


No parágrafo 3, o autor tenta explicar por que o euro

a) recovered.
recuperou-se.

b) devalued.
desvalorizou-se.

c) values.
valoriza.

d) collapsed.
entrou em colapso.

e) remains.
continua.

One reason the euro holds together is fear of financial and economic chaos on an
unprecedented scale.
Uma das razões do euro se manter é o medo do caos financeiro e econômico em uma
escala sem precedentes.

O importante aqui era saber o sentido da expressão TO HOLD TOGETHER.


É bastante comum que a ESAF tire as definições de palavras e expressões
de provas do dicionário MacMillan. Vejamos então como ele explica tal
expressão:

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 35


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

 to remain in one piece and not break apart


permanecer em uma parte e não se quebrar

Conclusão: o autor tenta explicar o motivo pelo qual o euro se mantém


(remains), ou seja, holds together. Letra E.

25- According to the text, currency unions


De acordo com o texto, uniões monetárias

a) have invariably strengthened markets.


invariavelmente fortaleceram mercados.

b) are not supposed to break up.


não devem se separar.

c) have previously proved unsuccessful.


previamente provaram ser malsucedidas.

d) restructure regional markets.


reestruturam mercados regionais.

e) prevent long-term damages.


previnem danos de longo prazo.

The Irish left the sterling zone. The Balts escaped from the rouble. The Czechs and
Slovaks left each other. History is littered with currency unions that broke up. Why not
the euro? Had its fathers foreseen turmoil, they might never have embarked on
currency union.
Os irlandeses deixaram a zona de libras esterlinas. Os bálticos escaparam do rublo. Os
tchecos e eslovacos se deixaram. A história está repleta de uniões monetárias que se
separam. Por que não o euro? Se seus pais tivessem previsto turbulências, eles talvez
nunca tivessem embarcado em união monetária.

A história não está muito favorável às uniões monetárias, certo? Podemos


entender do trecho acima que elas have previously proved unsuccessful (se
mostraram previamente malsucedidas). Letra C.

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 36


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

REPORTAGEM

Banco de Textos

Texto retirado do site www.washingtonpost.com


Parte 1

Wing fragment is from Flight 370, Malaysia says

August 5, 2015

The wing fragment that washed ashore last week on a remote Indian
Ocean beach is a piece of the Malaysia Airlines jetliner that
disappeared under mysterious circumstances more than 16 months
ago, Malaysian Prime Minister NajibRazak said Wednesday.

“The international team of experts have conclusively confirmed that


the aircraft debris found on Reunion Island is indeed from MH370,”
Najib said in a statement. Malaysia Airlines issued a statement calling
the confirmation “a major breakthrough” in the search for the plane.

The piece, known as a flaperon, was being examined in a French


laboratory, and authorities in Paris were more cautious in their
confirmation that it came from a Boeing 777.

There were “very strong indications” that the piece of the wing was
from Flight 370 for “two reasons,” French prosecutor Serge
Mackowiak said at a Paris news conference.

He said that representatives from Boeing “confirmed that the flaperon


did come from a 777 because of its specific characteristics, such as
the structure and the color.” And he said Malaysia Airlines provided
documentation on the plane that allowed French investigators to
“match the piece that we examined and the flaperon of that particular
flight — the characteristics match.”

Confirmation that the wing fragment came from the missing aircraft
establishes that Flight 370 crashed somewhere in the Indian Ocean,

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 37


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
laying to rest conspiracy theories that it had been diverted to a desert
island by hijackers or spirited off to a foreign country for use as some
sort of political bargaining chip.

It does not, however, provide much help to those who are searching
for the rest of the airplane and the remains of the 239 people who
were on board.

Nancy Smyth, dean of the department of social work at the University


at Buffalo called the confirmation important to the families but added,
“There are still many questions because they still don’t know what
happened.”

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 38


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

TRADUÇÃO

Wing fragment is from Flight 370, Malaysia says


Fragmento de asa é do Voo 370, diz Malaysia

The wing fragment that washed ashore last week on a remote Indian
Ocean beach is a piece of the Malaysia Airlines jetliner that
disappeared under mysterious circumstances more than 16 months
ago, Malaysian Prime Minister NajibRazak said Wednesday.
O fragmento da asa que chegou a uma remota praia do Oceano
Índico na semana passada é um pedaço do avião comercial da
Malaysia Linhas Aéreas que desapareceu sob circunstâncias
misteriosas mais de 16 meses atrás, disse o primeiro-ministro malaio
NajibRazak na quarta-feira.

“The international team of experts have conclusively confirmed that


the aircraft debris found on Reunion Island is indeed from MH370,”
Najib said in a statement. Malaysia Airlines issued a statement calling
the confirmation “a major breakthrough” in the search for the plane.
"A equipe internacional de especialistas confirmou conclusivamente
que os destroços da aeronave encontrados na Ilha da Reunião são de
fato do MH370", disse Najib em uma declaração. A Malaysia Linhas
Aéreas emitiu uma declaração chamando a confirmação "um grande
avanço" na busca pelo avião.

The piece, known as a flaperon, was being examined in a French


laboratory, and authorities in Paris were more cautious in their
confirmation that it came from a Boeing 777.
A peça, conhecida como um flaperon, está sendo examinada em um
laboratório francês, e autoridades em Paris estavam mais cautelosas
na confirmação de que ela veio de um Boeing 777.

There were “very strong indications” that the piece of the wing was
from Flight 370 for “two reasons,” French prosecutor Serge
Mackowiak said at a Paris news conference.
Havia "indicações muito fortes" de que a peça da asa era do voo 370
por "duas razões", disse o promotor francês Serge Mackowiak em
uma entrevista coletiva em Paris.

He said that representatives from Boeing “confirmed that the flaperon


did come from a 777 because of its specific characteristics, such as
the structure and the color.” And he said Malaysia Airlines provided

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 39


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
documentation on the plane that allowed French investigators to
“match the piece that we examined and the flaperon of that particular
flight — the characteristics match.”
Ele disse que representantes da Boeing "confirmaram que o flaperon
de fato veio de um 777 em razão de suas características específicas,
tais como a estrutura e a cor." E ele disse que a Malaysia Linhas
Aéreas forneceu documentação sobre o avião que permitiu aos
investigadores franceses "comparar a peça que examinaram e o
flaperon daquele vôo em particular – as características bateram".

Confirmation that the wing fragment came from the missing aircraft
establishes that Flight 370 crashed somewhere in the Indian Ocean,
laying to rest conspiracy theories that it had been diverted to a desert
island by hijackers or spirited off to a foreign country for use as some
sort of political bargaining chip.
A confirmação que de que o fragmento da asa veio da aeronave
desaparecida estabelece que o voo 370 caiu em algum lugar do
Oceano Índico, dando fim às teorias da conspiração de que havia sido
desviado para uma ilha deserta por sequestradores ou levado
secretamente para um país estrangeiro para ser usado como um tipo
de moeda de troca política.

It does not, however, provide much help to those who are searching
for the rest of the airplane and the remains of the 239 people who
were on board.
Isso, no entanto, não provê muita ajuda para aqueles que estão
procurando o resto do avião e os restos das 239 pessoas que
estavam a bordo.

Nancy Smyth, dean of the department of social work at the University


at Buffalo called the confirmation important to the families but added,
“There are still many questions because they still don’t know what
happened.”
Nancy Smyth, decana do departamento de serviço social na
Universidade de Buffalo considerou a confirmação importante para as
famílias, mas acrescentou: "Há ainda muitas questões porque eles
ainda não sabem o que aconteceu."

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 40


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

VOCABULÁRIO DA REPORTAGEM

bargaining chip moeda de troca


beach praia
breakthrough ruptura, descoberta importante
cautious cauteloso
color cor
conclusively conclusivamente
confirmation confirmação
conspiracy theories teorias da conspiração
dean decano, reitor
desert island ilha deserta
experts especialistas
foreign country país estrangeiro
fragment fragmento
hijackers sequestradores
indications indicações, evidências
major grande, importante
missing desaparecido
news conference entrevista coletiva
piece pedaço

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 41


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
prosecutor promotor
remains restos, resíduos, restos mortais
remote remoto
search busca, pesquisa, procura
social work serviço social
strong forte
structure estrutura
under mysterious sob circunstâncias misteriosas
circumstances

Verbos, expressões idiomáticas e verbos frasais

to allow permitir
to confirm confirmar
to crash bater, cair
to disappear desaparecer
to divert desviar
to find encontrar
to happen acontecer
to issue a statement emitir uma declaração
to lay to rest dar fim definitivamente
to match combinar, comparar
to provide prover, fornecer
to spirit off ser levado como mágica ou secretamente
to wash ashore chegar à praia trazido pelo mar

VOCABULÁRIO TÉCNICO PRINCIPAL EXTRAÍDO DA REPORTAGEM

aircraft aeronave
airlines Linhas Aéreas
debris destroços
flaperon mistura de aba (flap) e aileron. As abas ficam
localizadas na parte traseira da asa e mantêm a
aeronave voando mesmo em baixa velocidade. São
acionadas para a decolagem e o pouso. Já o aileron
é responsável pelas inclinações laterais na
aeronave, para direita e esquerda.
flight voo
jetliner avião comercial
on board a bordo
plane avião
wing asa

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 42


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

VOCABULÁRIO DA AULA

Banco de vocabulário

according to de acordo com


action ação
after após
A aide assessor
among entre
at issue em voga
attempt tentativa
below abaixo
B bitter amargo
bribe suborno
chief chefe
clout influência
cost custo
C country país
credit line linha de crédito
cronyism nepotismo
currency moeda, monetária
damage dano
danger perigo
D debt crisis crise do débito
defection deserção
despite apesar
employee empregado
E employer empregador
EU (European Union) UE (União Europeia)
failure fracasso
fear medo
F few poucos
fight luta
founder fundador
GDP (Gross Domestic PIB (Produto Interno Bruto)
G Product)
gold standard padrão ouro
H harsh duro, severo, rigoroso
IMF (International
I FMI (Fundo Monetário Internacional)
Monetary Fund)

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 43


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
job emprego
J
jobless rate taxa de desempregados
Labor Department Ministério do Trabalho
labor force força de trabalho
leader líder
L
left-wing ala esquerda, esquerda
long-term longo prazo
lost perdida
main principal
majority maioria
market mercado
M mayfly libélula
measure medida
month mês
motion proposta
O on the verge of prestes a
package pacote
path caminho
payroll tax imposto sobre folha de pagamentos
P player figura, jogador
press imprensa
prime minister primeiro-ministro
proposal proposta
rate taxa
recession recessão
rescue resgate
R
resentment ressentimento
revenue receita
rouble rublo
Senate Senado
Social Security Seguridade Social
speech discurso
S sterling libra esterlina
street rua
support apoio
surtax sobreimposto
tax imposto
to add adicionar
T tomorrow amanhã
treaty tratado
turmoil turbulência, tumulto, desordem
unable incapaz, impossibilitado
U unemployment desemprego
union união, sindicato
wage salário
wealthiest mais abastados, mais ricos
W weary cansado, esgotado, exausto
week semana
White House Casa Branca

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 44


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
willing disposto, propenso, com vontade
year ano
Y
yoke jugo

Verbs

to acquire adquirir
to act agir
to advance avançar
A to allow permitir
to answer responder
to approve aprovar
to argue argumentar
to be littered estar repleto
to be struggling estar em dificuldade, estar lutando
B
to begin começar
to bring trazer
to change mudar
to claim afirmar, alegar
C
to criticize criticar
to cut cortar
to decrease diminuir
D
to devalue desvalorizar
to end terminar
E
to expect esperar
to face enfrentar, encarar
to fall cair
to file apresentar, arquivar
F
to flock migrar
to foresee prever
to forge forjar, criar, inventar
to give dar
G
to grant conceder
to hire contratar
H
to hurt machucar
K to keep manter
to leave deixar
L
to lower reduzir, abaixar
M to manage lidar, administrar
N to need precisar
to offset compensar
O
to oppose opor
P to plague atormentar, afligir, importunar
to raise aumentar
to read ler
R to refuse recusar
to regain recuperar
to remain permanecer

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 45


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch
to replace substituir
to review revisar
to rise subir
to say dizer
to seek buscar
to seem parecer
S to sell vender
to show mostrar
to shrink encolher
to strenght fortalecer
to think pensar
to travel viajar
T
to try tentar
to tweak ajustar
to want querer
to weaken enfraquecer
W
to win ganhar, vencer
to worry preocupar

Phrasal verbs

to break up separar-se
to bring about acarretar
to call for clamar por
to hold together manter-se, unir, manter-se junto
to make up compensar
to point out destacar
to push down empurrar para baixo
to put forward apresentar
to step in intervir, entrar em cena
to take long levar muito tempo
to take office tomar posse
to turn down declinar, rejeitar

Expressões idiomáticas

break-up separação
headwind ventos contrários
sovereign defaults calote soberano
to step on the gas pisar no acelerador
to accelerate the pace acelerar o ritmo
to stand for the
defender uma negociação honesta
square deal
to bite the dust “comer poeira”, ficar para trás
Interesseiro, alguém que só quer ser seu
fair-weather
amigo quando as coisas estão indo bem

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 46


TEORIA E QUESTÕES – ANAC
Aula 00
Profª. Gabriela Knoblauch

MATERIAL DE APOIO - MODAIS

May I have another piece of cake? Pedir permissão


Eu poderia ter outro pedaço de bolo?
may
I may travel in July. Possibilidade futura
Eu talvez vá viajar em Julho.
Don’t call him now, he might be sleeping. Possibilidade presente
Não ligue para ele agora, ele pode estar
dormindo.
might
They might travel with us tomorrow. Possibilidade
Eles talvez vão viajar conosco amanhã. futura
We must eat to stay alive. Necessidade /
must Nós temos que comer para continuarmos Obrigação
vivos.
We ought to be fair. Dizer o que é certo ou
ought to
Nós devemos ser justos. correto
We should do our best. Dizer o que é certo ou
Nós devemos fazer nosso melhor. correto

I think we should go now. Recomendação


should
Eu acho que devemos ir agora.

It should rain next week. Previsão incerta


Deve chover na próxima semana.

GRAU DE PROBABILIDADE

- +
MIGHT COULD MAY / CAN MUST

See you next class, fellows!


Vejo vocês na próxima aula, companheiros!

Hugs
Abraços

Teacher Gabriela

www.pontodosconcursos.com.br | Prof. Gabriela Knoblauch 47