Anda di halaman 1dari 819

1001 QUESTÕES

SOLDADO PM MG

MONSTER CONCURSOS TURMA ELITE PM MG


Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Sumário
Português e redação .................................................................................................... 4
1.Linguagem: como instrumento de ação e interação presente em todas as
atividades humanas; funções da linguagem na comunicação; diversidade
linguística (língua padrão, língua não
padrão). Desenredo .................................................. 4
2. Leitura: capacidade de compreensão e interpretação do contexto social,
econômico e cultural (leitura de mundo). ........................................................... 46
3. Texto: os diversos textos que se apresentam no cotidiano, escritos nas mais
diferentes linguagens verbais e não-verbais (jornais, revistas, fotografias,
esculturas, músicas, vídeos, entre outros)........................................................... 132
4. Estrutura textual: organização e hierarquia das ideias: ideia principal e
ideias secundárias; relações lógicas e formais entre elementos do texto: a
coerência e a coesão textual; defesa do ponto de vista: a argumentação e
a intencionalidade; elementos da narrativa; discurso direto; discurso indireto
e indireto livre; semântica: o significado das palavras e das sentenças:
linguagem denotativa e conotativa; sinonímia, antonímia e polissemia. .... 182
DIREITO PENAL............................................................................................................. 223
Interpretação da lei penal ................................................................................... 223
Lei penal no tempo, A lei penal no espaço. ..................................................... 237
Infração penal: espécies,Sujeito ativo e sujeito passivo da infração penal. 264
Tipicidade, ilicitude, culpabilidade, punibilidade, ............................................ 277
Imputabilidade penal, Concurso de pessoas.................................................... 289
Das Penas ................................................................................................................ 302
Crimes contra a pessoa, Crimes contra o patrimônio...................................... 314
Crimes contra a administração pública. ............................................................ 339
DIREITO CONSTITUCIONAL ......................................................................................... 351
Dos princípios fundamentais................................................................................. 351
Dos direitos e garantias fundamentais (direitos e deveres individuais e
coletivos). ................................................................................................................ 363
Da organização do Estado (organização político-administrativa, União,
Estados Federados, Municípios, Distrito Federal e Territórios, militares dos
Estados, Distrito Federal e Territórios). .................................................................. 415
Da organização dos poderes (poder legislativo, poder executivo, poder
judiciário). ................................................................................................................ 439
Da defesa do Estado e das Instituições Democráticas (estado de defesa e
estado de sítio, Forças Armadas, segurança pública). ................................... 452

1
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Da administração pública. ................................................................................... 463
DIREITO PENAL MILITAR .............................................................................................. 476
Aplicação da lei penal militar. ............................................................................. 476
Do Crime. ................................................................................................................. 490
Ação penal. ............................................................................................................ 509
Dos crimes militares em tempo de paz. .............................................................. 522
Dos crimes contra a autoridade ou disciplina militar. ...................................... 532
Dos crimes contra a Administração Militar. ........................................................ 537
DIREITOS HUMANOS .................................................................................................. 542
Declaração Universal dos Direitos Humanos, aprovada pela ONU, em 10 de
dezembro de 1948. ................................................................................................ 542
Lei nº 9.459, de 10 de março de 1997, define os crimes de preconceito de
raça e de cor. ......................................................................................................... 567
Lei nº 9.455, de 07 de abril de 1997, define os crimes de tortura e dá outras
providências............................................................................................................ 575
Lei nº 10.741, de 01 de outubro de 2003, Estatuto do Idoso, Art. 1º ao 10, 15 ao
25, 33 ao 42 e 95 ao 118. ....................................................................................... 588
LEGISLAÇAO EXTRAVAGANTE .................................................................................. 601
Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826/03). ................................................. 601
Crimes resultantes de preconceitos de raça ou de cor (Lei nº 7.716/89). .... 628
Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90). ................................ 654
Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Lei nº 11.343/06). ...... 669
Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, dispõe sobre os crimes hediondos. ..... 685
Lei nº 11.340, de 07 de agosto de 2006, cria mecanismos para coibir a
violência doméstica e familiar contra a mulher: Art. 1º ao 7º, 10 ao 12, 22 ao
24 e 34 ao 45. .......................................................................................................... 699
NOCOES ESTATÍSTICAS .............................................................................................. 743
Amostragem x Amostra, Experimento Aleatório, Amostragem Aleatória;
Método Estatístico). ............................................................................................... 743
Tipos de Séries Estatísticas. .................................................................................... 752
Medidas de Tendência Central. .......................................................................... 753
Modo, Análise e Interpretação Matemática de Gráficos Estatísticos. .......... 781
Gráfico de Colunas; 5.02. Gráfico Pictórico; 5.03. Gráfico de Setores; Gráfico
deLinhas). ................................................................................................................ 799
GABARITO .................................................................................................................... 811
Português..................................................................................................................... 811
Funções de linguagem ,figuras de linguagem ,vicio de linguagem ............. 811

2
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
INTERPRETAÇAO DE TEXTO .................................................................................... 812
VARIAÇAO LINGUISTICA ........................................................................................ 812
Coesão e coerência Denotação e Conotação Significação Contextual de
Palavras e Expressões ............................................................................................ 812
DIREITO PENAL............................................................................................................. 813
Interpretação lei penal ......................................................................................... 813
Lei penal no tempo ,lei penal o espaço ............................................................ 813
Sujeito ativo ,passivo da infração penal ............................................................ 813
Tipicidade, ilicitude, culpabilidade, punibilidade ............................................. 813
Imputabilidade penal, concurso de pessoas .................................................... 813
Das penas ................................................................................................................ 813
Crimes contra pessoa ,crime contra patrimônio ............................................... 813
Crimes contra administração publica ................................................................ 814
DIREITOS CONSTITUCIONAL ....................................................................................... 814
Direitos fundamentais ............................................................................................ 814
Direitos e deveres indidividuas ............................................................................. 814
Organização politica administrativa ................................................................... 814
Poderes: legislativo, executivo, judiciário ........................................................... 814
DEFESA DO ESTADO INSTITUICOES DEMACRATICAS .......................................... 814
ADMINISTRAÇAO PUBLICA .................................................................................... 815
DIREITO PENAL MILITAR .............................................................................................. 815
Aplicação da lei penal militar .............................................................................. 815
Ação penal ............................................................................................................. 815
Militares em tempo de paz ................................................................................... 815
Crimes contra autoridade ou disciplina militar ................................................. 815
Crimes contra a administração militar ................................................................ 815
DIREITOS HUMANOS ................................................................................................... 815
Declaraçao universal dos direitos........................................................................ 816
Crimes preconceito ,raça , cor ............................................................................ 816
Crimes tortura.......................................................................................................... 816
Estatuto do idoso .................................................................................................... 816
LEGISLAÇAO EXTRAVAGANTE .................................................................................. 816
Estatuto do desarmamento .................................................................................. 816
Crimes resultantes de preconceito ..................................................................... 816
Estatuto da criança do adolescente .................................................................. 817
Sobre drogas ........................................................................................................... 817

3
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Crimes hediondos................................................................................................... 817
Violência domestica e familiar contra a mulher ............................................... 817
Estatística ..................................................................................................................... 817
Amostragem x amostra ......................................................................................... 817
Tipos de series estatísticas ..................................................................................... 817
Medidas e tendência central .............................................................................. 818
Modo analise e interpretação ............................................................................. 818
Gráficos de colunas ............................................................................................... 818

Português e redação

1.Linguagem: como instrumento de ação e interação presente em


todas as atividades humanas; funções da linguagem na
comunicação; diversidade linguística (língua padrão, língua não
padrão). Desenredo

QUESTÃO 01

Do narrador seus ouvintes:


- Jó Joaquim, cliente, era quieto, respeitado, bom como o cheiro de cerveja. Tinha
o para não ser célebre. Como elas quem pode, porém? Foi Adão dormir e Eva nascer.
Chamando-se Livíria, Rivília ou Irlívia, a que, nesta observação, a Jó Joaquim apareceu.
Antes bonita, olhos de viva mosca, morena mel e pão. Aliás, casada. Sorriram-se,
viram-se. Era infinitamente maio e Jó Joaquim pegou o amor. Enfim, entenderam-se.
Voando o mais em ímpeto de nau tangida a vela e vento. Mas tendo tudo de ser secreto,
claro, coberto de sete capas.
Porque o marido se fazia notório, na valentia com ciúme; e as aldeias são a alheia
vigilância. Então ao rigor geral os dois se sujeitaram, conforme o clandestino amor em
sua forma local, conforme o mundo é mundo. Todo abismo é navegável a barquinhos de
papel.
Não se via quando e como se viam. Jó Joaquim, além disso, existindo só retraído, m
inuciosam ente. E sperar é reconhecer-se incompleto. Dependiam eles de enorme
milagre. O inebriado engano.
Até que deu-se o desmastreio. O trágico não vem a conta-gotas. Apanhara o marido a
mulher: com outro, um terceiro... Sem mais cá nem mais lá, mediante revólver,
assustou-a e matou-o. Diz-se, também, que a ferira, leviano modo.
[...]

4
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Ela - longe - sempre ou ao máximo mais formosa, já sarada e sã. Ele exercitava-se a
aguentar-se, nas defeituosas emoções.
Enquanto, ora, as coisas amaduravam. Todo fim é impossível? Azarado fugitivo, e
como à Providência praz, o marido faleceu, afogado ou de tifo. O tempo é engenhoso.
[...]
Sempre vem imprevisível o abominoso? Ou: os tempos se seguem e parafraseiam-se.
Deu-se a entrada dos demônios.
Da vez, Jó Joaquim foi quem a deparou, em péssima hora: traído e traidora. De amor
não a matou, que não era para truz de tigre ou leão. Expulsou-a apenas, apostrofando-se,
como inédito poeta e homem. E viajou a mulher, a desconhecido destino.
Tudo aplaudiu e reprovou o povo, repartido. Pelo fato, Jó Joaquim sentiu-se histórico,
quase criminoso, reincidente. Triste, pois que tão calado. Suas lágrimas corriam atrás
dela, como formiguinhas brancas. Mas, no frágio da barca, de novo respeitado, quieto.
Vá-se a camisa, que não o dela dentro. Era o seu um amor meditado, a prova de
remorsos. Dedicou-se a endireitar-se.
[...] Celebrava-a, ufanático, tendo-a por justa e averiguada, com convicção manifesta.
Haja o absoluto amar- e qualquer causa se irrefuta.
Pois produziu efeito. Surtiu bem. Sumiram-se os pontos das reticências, o tempo
secou o assunto. Total o transato desmanchava-se, a anterior evidência e seu nevoeiro.
O real e válido, na árvore, é a reta que vai para cima. Todos já acreditavam. Jó Joaquim
primeiro que todos.
Mesmo a mulher, até, por fim. Chegou-lhe lá a notícia, onde se achava, em ignota,
defendida, perfeita distância. Soube-se nua e pura. Veio sem culpa. Voltou, com dengos
e fofos de bandeira ao vento.
Três vezes passa perto da gente a felicidade. Jó Joaquim e Vilíria retomaram-se, e
conviveram, convolados, o verdadeiro e melhor de sua útil vida.
E pôs-se a fábula em ata.

ROSA, João Guimarães. Tutameia - Terceiras estórias. Rio de Janeiro: José Olympio,
1967. p. 38-40.
Vocabulário
frágio: neologismo criado a partir de naufrágio, ufanático: neologismo: ufano+fanático.
A frase “Suas lágrimas corriam atrás dela”, como efeito expressivo, mostra o(a):
a)
presença de eufemismo.
b)
uso de linguagem denotativa.
c)
tendência ao exagero.
d)
presença de personificação.
e)
ênfase na ação de viver.

QUESTÃO 02

5
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O “ Ou: os temp os se seguem e PARAFRASEIAM-SE.” poderia ser explicado com o seguinte
adágio popular:
a)
“Não se faz uma omelete sem quebrar os ovos.”
b)
"Na natureza, no homem e na sociedade nade se cria, nada se transforma... tudo se repete.”
c)
“Cada um sabe o sapato onde aperta.”
d)
"Coração de homem é terra que ninguém mora.”
e)
“Formiga quando quer se perder cria asa.”

QUESTÃO 03
"-Jó Joaquim, cliente, era quieto, respeitado, bom como o cheiro de cerveja.”
A comparação feita confere ao fragmento um caráter:
a)
comparativo,
b)
onomatopaico.
c)
pleonástico.
d)
hiperbólico.
e)
metafórico.

QUESTÃO 04
Desenredo
Do narrador seus ouvintes:
– Jó Joaquim, cliente, era quieto, respeitado, bom como o cheiro de cerveja. Tinha o
para não ser célebre. Como elas quem pode, porém? Foi Adão dormir e Eva nascer.
Chamando-se Livíria, Rivília ou Irlívia, a que, nesta observação, a Jó Joaquim apareceu.
Antes bonita, olhos de viva mosca, morena mel e pão. Aliás, casada. Sorriram-se,
viram-se. Era infinitamente maio e Jó Joaquim pegou o amor. Enfim, entenderam-se.
Voando o mais em ímpeto de nau tangida a vela e vento. Mas tendo tudo de ser secreto,
claro, coberto de sete capas.
Porque o marido se fazia notório, na valentia com ciúme; e as aldeias são a alheia
vigilância. Então ao rigor geral os dois se sujeitaram, conforme o clandestino amor em

6
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
sua forma local, conforme o mundo é mundo. Todo abismo é navegável a barquinhos de
papel.
Não se via quando e como se viam. Jó Joaquim, além disso, existindo só retraído,
minuciosamente. Esperar é reconhecer-se incompleto. Dependiam eles de enorme
milagre. O inebriado engano.
Até que deu-se o desmastreio. O trágico não vem a conta-gotas. Apanhara o marido
a mulher: com outro, um terceiro... Sem mais cá nem mais lá, mediante revólver,
assustou-a e matou-o. Diz-se, também, que a ferira, leviano modo.
[...]
Ela – longe – sempre ou ao máximo mais formosa, já sarada e sã. Ele exercitava-se a
aguentar-se, nas defeituosas emoções.
Enquanto, ora, as coisas amaduravam. Todo fim é impossível? Azarado fugitivo, e
como à Providência praz, o marido faleceu, afogado ou de tifo. O tempo é engenhoso.
[...]
Sempre vem imprevisível o abominoso? Ou: os tempos se seguem e parafraseiam-
se. Deu-se a entrada dos demônios.
Da vez, Jó Joaquim foi quem a deparou, em péssima hora: traído e traidora. De amor
não a matou, que não era para truz de tigre ou leão. Expulsou-a apenas, apostrofando-se,
como inédito poeta e homem. E viajou a mulher, a desconhecido destino.
Tudo aplaudiu e reprovou o povo, repartido. Pelo fato, Jó Joaquim sentiu-se
histórico, quase criminoso, reincidente. Triste, pois que tão calado. Suas lágrimas
corriam atrás dela, como formiguinhas brancas. Mas, no frágio da barca, de novo
respeitado, quieto. Vá-se a camisa, que não o dela dentro. Era o seu um amor meditado,
a prova de remorsos.
Dedicou-se a endireitar-se.
[...]
Celebrava-a, ufanático, tendo-a por justa e averiguada, com convicção manifesta.
Haja o absoluto amar – e qualquer causa se irrefuta.
Pois produziu efeito. Surtiu bem. Sumiram-se os pontos das reticências, o tempo
secou o assunto. Total o transato desmanchava-se, a anterior evidência e seu nevoeiro.
O real e válido, na árvore, é a reta que vai para cima. Todos já acreditavam. Jó Joaquim
primeiro que todos.
Mesmo a mulher, até, por fim. Chegou-lhe lá a notícia, onde se achava, em ignota,
defendida, perfeita distância. Soube-se nua e pura. Veio sem culpa. Voltou, com dengos
e fofos de bandeira ao vento.
Três vezes passa perto da gente a felicidade. Jó Joaquim e Vilíria retomaram-se, e
conviveram, convolados, o verdadeiro e melhor de sua útil vida.
E pôs-se a fábula em ata.
ROSA, João Guimarães.Tutameia – Terceiras estórias . Rio de Janeiro: José Olympio,
1967. p. 38-40.
Vocabulário
frágio: neologismo criado a partir de naufrágio.
ufanático: neologismo: ufano+fanático.
A frase “Suas lágrimas corriam atrás dela”, como efeito expressivo, mostra o(a):
a)
uso de linguagem denotativa.
b)
tendência ao exagero.

7
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)
presença de personificação.
d)
ênfase na ação de viver.
e)
presença de eufemismo.

QUESTÃO 05
“– Jó Joaquim, cliente, era quieto, respeitado, bom como o cheiro de cerveja.”
A comparação feita confere ao fragmento um caráter:
a)
pleonástico.
b)
onomatopaico.
c)
metafórico.
d)
comparativo.
e)
hiperbólico.

QUESTÃO 06
Desenredo

Do narrador seus ouvinte:

- Jó Joaquim, cliente, era quieto, respeitado, bom como o cheiro de cerveja. Tinha o
para não ser célebre. Como elas quem pode, porém? Foi Adão dormir e Eva nascer.
Chamando-se Livíria, Rivília ou Irlívia, a que, nesta observação, a Jó Joaquim apareceu.

Antes bonita, olhos de viva mosca, morena mel e pão. Aliás, casada. Sorriram-se,
viram-se. Era infinitamente maio e Jó Joaquim pegou o amor. Enfim, entenderam-se.
Voando o mais em ímpeto de nau tangida a vela e vento. Mas tendo tudo de ser secreto,
claro, coberto de sete capas.

Porque o marido se fazia notório, na valentia com ciúme; e as aldeias são a alheia
vigilância. Então ao rigor geral os dois se sujeitaram, conforme o clandestino amor em
sua forma local, conforme o mundo é mundo. Todo abismo é navegável a barquinhos de
papel.

Não se via quando e como se viam. Jó Joaquim, além disso, existindo só retraído,
minuciosamente. Esperar é reconhecer-se incompleto. Dependiam eles de enorme

8
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
milagre. O inebriado engano.

Até que deu-se o desmastreio. O trágico não vem a conta-gotas. Apanhara o marido
a mulher: com outro, um terceiro... Sem mais cá nem mais lá, mediante revólver,
assustou-a e matou-o. Diz-se, também, que a ferira, leviano modo.

[...]

Ela - longe - sempre ou ao máximo mais formosa, já sarada e sã. Ele exercitava-se a
aguentar-se, nas defeituosas emoções.

Enquanto, ora, as coisas amaduravam. Todo fim é impossível? Azarado fugitivo, e


como à Providência praz, o marido faleceu, afogado ou de tifo. O tempo é engenhoso.

[...]

Sempre vem imprevisível o abominoso? Ou: os tempos se seguem e parafraseiam-


se. Deu-se a entrada dos demônios.

Da vez, Jó Joaquim foi quem a deparou, em péssima hora: traído e traidora. De amor
não a matou, que não era para truz de tigre ou leão. Expulsou-a apenas, apostrofando-se,
como inédito poeta e homem. E viajou a mulher, a desconhecido destino.

Tudo aplaudiu e reprovou o povo, repartido. Pelo fato, Jó Joaquim sentiu-se


histórico, quase criminoso, reincidente. Triste, pois que tão calado. Suas lágrimas
corriam atrás dela, como formiguinhas brancas. Mas, no frágio da barca, de novo
respeitado, quieto. Vá-se a camisa, que não o dela dentro. Era o seu um amor meditado,
a prova de remorsos. Dedicou-se a endireitar-se.

[...]

Celebrava-a, ufanático, tendo-a por justa e averiguada, com convicção manifesta.


Haja o absoluto amar- e qualquer causa se irrefuta.

Pois produziu efeito. Surtiu bem. Sumiram-se os pontos das reticências, o tempo
secou o assunto. Total o transato desmanchava-se, a anterior evidência e seu nevoeiro.
O real e válido, na árvore, é a reta que vai para cima. Todos já acreditavam. Jó Joaquim
primeiro que todos.

Mesmo a mulher, até, por fim. Chegou-lhe lá a notícia, onde se achava, em ignota,
defendida, perfeita distância. Soube-se nua e pura. Veio sem culpa. Voltou, com dengos
e fofos de bandeira ao vento.

Três vezes passa perto da gente a felicidade. Jó Joaquim e Vilíria retomaram-se, e


conviveram, convolados, o verdadeiro e melhor de sua útil vida.

E pôs-se a fábula em ata.

ROSA, João Guimarães. Tutameia - Terceiras estórias. Rio de Janeiro: José Olympio,
1967,p.38-40.

9
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Vocabulário

frágio: neologismo criado a partir de naufrágio,


ufanático: neologismo: ufano+fanático.

O “ Ou: os tempos se seguem e PARAFRASEIAM-SE." poderia ser explicado com o seguinte


adágio popular:

a)
“Cada um sabe o sapato onde aperta."
b)
“Na natureza, no homem e na sociedade nada se cria, nada se transforma... tudo se repete."
c)
“Não se faz uma omelete sem quebrar os ovos."
d)
“Coração de homem é terra que ninguém mora."
e)
“Formiga quando quer se perder cria asa."

QUESTÃO 07
"- Jó Joaquim, cliente, era quieto, respeitado, bom como o cheiro de cerveja."

A comparação feita confere ao fragmento um caráter:


a)
hiperbólico.
b)
metafórico.
c)
onomatopaico.
d)
pleonástico.
e)
comparativo.

QUESTÃO 08
Notícia de Jornal
(Fernando Sabino)
Leio no jornal a notícia de que um homem morreu de fome. Um homem de cor
branca, 30 anos presumíveis, pobremente vestido, morreu de fome, sem socorros, em

10
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
pleno centro da cidade, permanecendo deitado na calçada durante 72 horas, para
finalmente morrer de fome.
Morreu de fome. Depois de insistentes pedidos e comentários, uma ambulância do
Pronto Socorro e uma radiopatrulha foram ao local, mas regressaram sem prestar auxílio
ao homem, que acabou morrendo de fome.
Um homem que morreu de fome. O comissário de plantão (um homem) afirmou que
o caso (morrer de fome) era da alçada da Delegacia de Mendicância, especialista em
homens que morrem de fome. E o homem morreu de fome.
O corpo do homem que morreu de fome foi recolhido ao Instituto Anatômico sem
ser identificado. Nada se sabe dele,senão que morreu de fome.
Um homem morre de fome em plena rua, entre centenas de passantes. Um homem
caído na rua. Um bêbado. Um vagabundo. Um mendigo, um anormal, um tarado, um
pária,um marginal, um proscrito, um bicho, uma coisa - não é um homem. E os outros
homens cumprem seu destino de passantes, que é o de passar. Durante setenta e duas
horas todos passam, ao lado do homem que morre de fome, com um olhar de nojo,
desdém, inquietação e até mesmo piedade, ou sem olhar nenhum. Passam, e o homem
continua morrendo de fome, sozinho, isolado, perdido entre os homens, sem socorro e
sem perdão.
Não é da alçada do comissário, nem do hospital, nem da radiopatrulha, por que
haveria de ser da minha alçada? Que é que eu tenho com isso? Deixa o homem morrer
de fome.
E o homem morre de fome. De trinta anos presumíveis. Pobremente vestido. Morreu
de fome, diz o jornal. Louve-se a insistência dos comerciantes, que jamais morrerão de
fome,pedindo providências às autoridades. As autoridades nada mais puderam fazer
senão remover o corpo do homem. Deviam deixar que apodrecesse, para escarmento
dos outros homens.Nada mais puderam fazer senão esperar que morresse de fome.
E ontem, depois de setenta e duas horas de inanição, tombado em plena rua, no
centro mais movimentado da cidade do Rio de Janeiro, Estado da Guanabara, um
homem morreu de fome.

Em “Deviam deixar que apodrecesse, para escarmento dos outros homens.” (7º§), pode-se
reconhecer a seguinte figura de linguagem:
a)
Metonímia
b)
Paradoxo
c)
Antítese
d)
Ironia
e)
Eufemismo

QUESTÃO 09

11
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Notícia de Jornal
(Fernando Sabino)
Leio no jornal a notícia de que um homem morreu de fome. Um homem de cor
branca, 30 anos presumíveis, pobremente vestido, morreu de fome, sem socorros, em
pleno centro da cidade, permanecendo deitado na calçada durante 72 horas, para
finalmente morrer de fome.
Morreu de fome. Depois de insistentes pedidos e comentários, uma ambulância do
Pronto Socorro e uma radiopatrulha foram ao local, mas regressaram sem prestar auxílio
ao homem, que acabou morrendo de fome.
Um homem que morreu de fome. O comissário de plantão (um homem) afirmou que
o caso (morrer de fome) era da alçada da Delegacia de Mendicância, especialista em
homens que morrem de fome. E o homem morreu de fome.
O corpo do homem que morreu de fome foi recolhido ao Instituto Anatômico sem
ser identifcado. Nada se sabe dele,senão que morreu de fome.
Um homem morre de fome em plena rua, entre centenas de passantes. Um homem
caído na rua. Um bêbado. Um vagabundo. Um mendigo, um anormal, um tarado, um
pária,um marginal, um proscrito, um bicho, uma coisa - não é um homem. E os outros
homens cumprem seu destino de passantes, que é o de passar. Durante setenta e duas
horas todos passam, ao lado do homem que morre de fome, com um olhar de nojo,
desdém, inquietação e até mesmo piedade, ou sem olhar nenhum. Passam, e o homem
continua morrendo de fome, sozinho, isolado, perdido entre os homens, sem socorro e
sem perdão.
Não é da alçada do comissário, nem do hospital, nem da radiopatrulha, por que
haveria de ser da minha alçada? Que é que eu tenho com isso? Deixa o homem morrer
de fome.
E o homem morre de fome. De trinta anos presumíveis. Pobremente vestido. Morreu
de fome, diz o jornal. Louve-se a insistência dos comerciantes, que jamais morrerão de
fome,pedindo providências às autoridades. As autoridades nada mais puderam fazer
senão remover o corpo do homem. Deviam deixar que apodrecesse, para escarmento
dos outros homens.Nada mais puderam fazer senão esperar que morresse de fome.
E ontem, depois de setenta e duas horas de inanição, tombado em plena rua, no
centro mais movimentado da cidade do Rio de Janeiro, Estado da Guanabara, um
homem morreu de fome.

O Bicho
(Manuel Bandeira)

Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.

Quando achava alguma coisa,


Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,


Não era um gato,
Não era um rato.

12
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O bicho, meu Deus, era um homem.

Tanto na crônica (Texto I) quanto no poema (Texto II) os enunciadores não se limitam a
apresentar o fato; eles também buscam causar comoção em seus leitores. A função de
linguagem que melhor retrata esse objetivo e os trechos que podem representar esse aspecto são,
respectivamente:
a)
Função metalinguística; “Morreu de Fome” (texto I) e “ Meu Deus” (texto II).
b)
Função fática; “Leio no jornal” (texto I ) e “Vi ontem um bicho” (texto II).
c)
Função poética; “Leio no jornal” (texto I ) e “Vi ontem um bicho” (texto II).
d)
Função conativa, “Morreu de Fome” (texto I) e “ Meu Deus” (texto II).
e)
Função referencial; “Um homem de cor branca” (texto I); Na imundície do pátio”” (texto II)

QUESTÃO 10
Corrida contra o ebola

Já faz seis meses que o atual surto de ebola na África Ocidental despertou a atenção
da comunidade internacional, mas nada sugere que as medidas até agora adotadas para
refrear o avanço da doença tenham sido eficazes.
Ao contrário, quase metade das cerca de 4.000 contaminações registradas neste ano
ocorreram nas últimas três semanas, e as mais de 2.000 mortes atestam a força da
enfermidade. A escalada levou o diretor do CDC (Centro de Controle e Prevenção de
Doenças) dos EUA, Tom Frieden, a afirmar que a epidemia está fora de controle.
O vírus encontrou ambiente propício para se propagar. De um lado, as condições
sanitárias e econômicas dos países afetados são as piores possíveis. De outro, a
Organização Mundial da Saúde foi incapaz de mobilizar com celeridade um contingente
expressivo de profissionais para atuar nessas localidades afetadas.
Verdade que uma parcela das debilidades da OMS se explica por problemas
financeiros. Só 20% dos recursos da entidade vêm de contribuições compulsórias dos
países-membros – o restante é formado por doações voluntárias.
A crise econômica mundial se fez sentir também nessa área,e a organização perdeu
quase US$ 1 bilhão de seu orçamento bianual, hoje de quase US$ 4 bilhões. Para
comparação, o CDC dos EUA contou, somente no ano de 2013, com cerca de US$ 6
bilhões.
Os cortes obrigaram a OMS a fazer escolhas difíceis. A agência passou a dar mais
ênfase à luta contra enfermidades globais crônicas, como doenças coronárias e
diabetes.O departamento de respostas a epidemias e pandemias foi dissolvido e
integrado a outros. Muitos profissionais experimentados deixaram seus cargos.
Pesa contra o órgão da ONU, de todo modo, a demora para reconhecer a gravidade
da situação. Seus esforços iniciais foram limitados e mal liderados.
O surto agora atingiu proporções tais que já não é mais possível enfrentá-lo de
Genebra, cidade suíça sede da OMS. Tornou-se crucial estabelecer um comando central

13
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
na África Ocidental, com representantes dos países afetados.
Espera-se também maior comprometimento das potências mundiais, sobretudo
Estados Unidos, Inglaterra e França, que possuem antigos laços com Libéria, Serra Leoa
e Guiné, respectivamente.
A comunidade internacional tem diante de si um desafio enorme, mas é ainda maior
a necessidade de agir com rapidez. Nessa batalha global contra o ebola, todo tempo
perdido conta a favor da doença.

A função da linguagem predominante no texto “Corrida contra o ebola” é a:


a)
metalinguística
b)
emotiva
c)
fática
d)
referencial
e)apelativa
TEXTO I
QUESTÃO 11
A violência não é uma fantasia

A violência nasce conosco. Faz parte da nossa bagagem psíquica, do nosso DNA,
assim como a capacidade de cuidar, de ser solidário e pacífico. Somos esse novelo de
dons. O equilíbrio ou desequilíbrio depende do ambiente familiar, educação, exemplos,
tendência pessoal, circunstâncias concretas, algumas escolhas individuais. Vivemos
numa época violenta. Temos medo de sair às ruas, temos medo de sair à noite, temos
medo de ficar em casa sem grades, alarmes e câmeras, ou bons e treinados porteiros. As
notícias da imprensa nos dão medo em geral. Não são medos fantasiosos: são reais. E,
se não tivermos nenhum medo, estaremos sendo perigosamente alienados. A segurança,
como tantas coisas, parece ter fugido ao controle de instituições e autoridades.
Nestes dias começamos a ter medo também dentro dos shoppings, onde, aliás, há
mais tempo aqui e ali vêm ocorrendo furtos, às vezes assaltos, raramente noticiados. O
que preocupa são movimentos adolescentes que reivindicam acesso aos shoppings para
seus grupos em geral organizados na internet.
(...)

(Revista Veja. Editora ABRIL. Edição 2358 - ano 47 - nº 5. 29 de janeiro


de 2014. Por Lya Luft - p. 20)

A linguagem por meio da qual interagimos no nosso dia a dia pode revestir-se de nuances as
mais diversas: pode apresentar-se em sentido literal, figurado, metafórico. A opção em cujo
trecho utilizou-se linguagem metafórica é

14
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)
O equilíbrio ou desequilíbrio depende do ambiente familiar.
b)
Temos medo de sair às ruas.
c)
Nestes dias começamos a ter medo também dentro dos shoppings.
d)
Somos esse novelo de dons.
e)
As notícias da imprensa nos dão medo em geral.

QUESTÃO 12
Sempre que produzimos enunciados nas modalidades oral ou escrita da língua, a nossa
linguagem, considerando-se os fatores implicados nessa produção linguística, realiza- se
segundo determinadas funções. Assim sendo, no texto acima predomina a função da linguagem
reconhecida como
a)
expressiva.
b)
metalinguística.
c)
fática.
d)
poética.
e)
referencial.

QUESTÃO 13
Texto 1
A amoreira gigante está à sua frente. O tronco destaca-se do sincretismo da mata e o
homem percorre seu tronco com os olhos: a folhagem da árvore mistura-se à profusão
de tons verdes que o encerra na mata. Só o tronco da árvore se destaca, se individualiza.
Tal é o Mayombe: os gigantes só o são em parte, ao nível do tronco, o resto confunde-se
na massa. Tal o homem. As impressões visuais são menos nítidas e a mancha verde
predominante faz esbater progressivamente a claridade do tronco da amoreira gigante.
As manchas verdes são cada vez mais sobrepostas, mas, num sobressalto, o tronco da
amoreira ainda se afirma, debatendo-se. Tal é a vida.
PEPETELA. Mayombe. Luanda: Edições Maianga, 2004. p. 266.

15
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A cadeia coesiva do texto é estabelecida por recursos linguísticos, expressos em etapas
descritivas sucessivas, que contribuem para a progressão do texto. Os recursos linguísticos que
concorrem para a construção dos sentidos do texto são:
a)
metonímia e paragoge.
b)
paráfrase e paródia.
c)
metáfora e hiperônimo.
d)
paranomásia e antítese.

QUESTÃO 14

No texto da publicidade, qual a função da linguagem predominante?

a)
Fática.
b)
Conativa.
c)
Expressiva.
d)
Referencial.
e)
Metalinguística.

16
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 15
A questão refere-se ao texto abaixo.

Eu não pedi pra nascer


Eu não pedi pra perder
Nem vou sobrar de vítima
Das circunstâncias
Eu tô plugado na vida
Eu tô curando a ferida
Às vezes eu me sinto
Uma mola encolhida
(Toda forma de amor – Lulu Santos)

Qual a figura de linguagem no trecho “uma mola encolhida"?


a)
comparação.
b)
eufemismo.
c)
hipérbole.
d)
metáfora.
e)
ironia.

QUESTÃO 16
A questão refere-se à tirinha abaixo.

17
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Observando o desfecho do texto na tirinha da Turma da Mônica, percebe-se que o pedido de


Cebolinha foi interpretado por Mônica com sentido
a)
fático.
b)
emotivo.
c)
apelativo.
d)
conotativo.
e)
denotativo.
QUESTÃO 17
“Encostei-me a ti, sabendo bem que eras somente onda.
Sabendo bem que eras nuvem, depus a minha vida em ti.
Como sabia bem tudo isso, e dei-me ao teu destino frágil,
Fiquei sem poder chorar, quando caí.”

Nesse poema, a fim de caracterizar a transitoriedade dos sentimentos, dos afetos, o eu lírico se
vale de
a)
hipérbole, intensificando, por meio de expressões exageradas, o relacionamento amoroso.
b)
eufemismo, empregando termos como encostei-me e depus para amenizar a desilusão amorosa.
c)

18
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
antítese, apresentando expressões de sentido oposto, como Sabendo bem e sem poder chorar, a
fim de realçar os sentimentos do eu lírico.
d)
metáfora, empregando palavras com sentido que não lhes é comum, para mostrar a fragilidade
dos sentimentos da pessoa amada.
e)
pleonasmo, intensificando o sentimento amoroso do ser amado por meio da redundância.

QUESTÃO 18
Retratos de família

FOTOGRAFIAS: haverá coisa mais preciosa? Em tempos arcaicos, talvez. A minha


avó costumava contar que o maior tesouro que trouxe da casa dos pais eram as fotos de
família. Álbuns com fotos em preto e branco algumas coloridas (manualmente, claro) e
impressas em cartão grosso. Todas elas insubstituíveis. Estranho tempo, esse, em que os
retratos valiam tanto como ouro.
Hoje vivemos o supremo paradoxo: nunca se tiraram tantas fotos; nunca elas
tiveram tão pouco valor.
O jornal “Guardian” avisa que 2014 será o ano em que o mundo vai bater recordes
no número de fotos tiradas: qualquer coisa como 3 trilhões. Esse excesso não pode ser
coisa boa: a facilidade com que hoje se tiram fotos é diretamente proporcional à
facilidade com que nos esquecemos delas.
Uma amiga, aliás, contava-me há tempos uma história instrutiva: em três anos de
maternidade, ela acumulara mais de mil fotos do primogênito. Até descobrir que não
tinha nenhuma para mostrar em papel ou em moldura permaneciam todas na memória
do laptop, ou na câmera, ou no celular. À espera de melhores dias.
Três trilhões de fotos para 2014, diz o “Guardian”. E, no fim de contas, é como se o
mundo não tirasse uma única foto que realmente importe.

(João Pereira Coutinho. Folha de S.Paulo, 07 de janeiro de 2014)

Na frase – Hoje vivemos o supremo paradoxo: nunca se tiraram tantas fotos; nunca elas
tiveram tão pouco valor. –, a palavra paradoxo expressa ideia de
a)
contradição.
b)
padronização.
c)
igualdade.
d)
modéstia.
e)

19
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
descontentamento.

QUESTÃO 19
Leia o texto para responder à questão.

A classe média vai ao inferno

Era uma vez o sonho de morar na grande cidade. O paraíso das oportunidades, do
emprego bem remunerado, do hospital equipado e do acesso mais amplo aos serviços
públicos. O centro do lazer cultural e do bem-estar. A promessa da mobilidade social e
funcional.
A metrópole virou megalópole e, hoje, São Paulo e Rio de Janeiro se tornaram
ambientes hostis ao cidadão de qualquer classe social que precise se deslocar da casa
para o trabalho. As “viagens” diárias dificultam conciliar família e profissão.
Hoje, mais da metade da população (54%) tem algum carro. O Brasil privilegiou a
indústria automobilística, facilitou a compra de veículos, e a classe média aumentou em
tamanho e poder de consumo. Todos acreditaram que chegariam ao paraíso. Ficaram
presos no congestionamento.
Quem mais fica engarrafada nas ruas é a classe média, segundo o Ipea (Instituto de
Pesquisa Econômica Aplicada). A pesquisa, com base em dados de 2012, revela que os
muito pobres e os muito ricos gastam menos tempo no deslocamento casa-trabalho do
que a classe média. Os ricos, porque podem morar perto do trabalho – sem contar os
milionários, que andam de helicóptero. Os muito pobres, sem dinheiro para a passagem,
tendem a se restringir a trabalhar bem perto de onde moram ou acordam às 4 horas da
manhã para evitar congestionamento. Como não se investiu em trem e metrô – muito
menos em sistemas inteligentes de transporte –, estouramos os limites da civilidade. E
que se lixem os impactos ambientais, a poluição e a rinite.
(Época, 28.10.2013. Adaptado)
Considere as frases:

– A classe média vai ao inferno. (título)


– Todos acreditaram que chegariam ao paraíso. (terceiro parágrafo)

Os termos destacados nos enunciados estão empregados em sentido


a)
próprio, estabelecendo-se entre eles uma relação de comparação.
b)
figurado, estabelecendo-se entre eles uma relação de equivalência.
c)
próprio, estabelecendo-se entre eles uma relação de consequência.
d)
próprio, estabelecendo-se entre eles uma relação de causa.
e)
figurado, estabelecendo-se entre eles uma relação de oposição.

20
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

QUESTÃO 20
Leia o texto.

No colo da mulher, o Duquinha, também só osso e pele, levava, com um gemido abafado, a
mãozinha imunda, de dedos ressequidos, aos pobres olhos doentes.
E com a outra tateava o peito da mãe, mas num movimento tão fraco e tão triste que era mais
uma tentativa do que um gesto.
Lentamente o vaqueiro voltou as costas; cabisbaixo, o Pedro o seguiu.
E foram andando à toa, devagarinho, costeando a margem da caatinga.
(Rachel de Queiroz, O Quinze)

Usa-se o diminutivo em “a mãozinha imunda” para expressar, em linguagem figurada,


a)
a fragilidade de Duquinha.
b)
a indiferença da mãe.
c)
o repúdio do narrador.
d)
o tamanho da criança.
e)
a ironia do pai e de Pedro.

QUESTÃO 21

Minador do Negrão, no interior de Alagoas, está acostumada a conviver com o


drama da seca. A recente estiagem secou os reservatórios de água, comeu o verde das
pastagens e dizimou 20% do gado. A planície avermelhada, pontuada por mandacarus e
palmas, é a mesma de 50 anos atrás, quando o município serviu de cenário para o longa-
metragem Vidas Secas, inspirado no romance de Graciliano Ramos. Apesar da
paisagem desoladora, o comércio local prospera como em nenhum outro momento de
sua história. Muitos moradores atribuem o feito ao Bolsa Família, programa de
transferência de renda do governo federal. “As pessoas aqui sobrevivem da agricultura.
Se não chove, não tem nada. Agora, a mulher recebe o benefício, faz uma feirinha na
cidade e alimenta a economia”, afirma a prefeita. Os repasses federais contemplam 872
famílias na cidade, mais de dois terços da população. “Não fosse essa renda, muita
gente teria morrido de fome”.
O programa atende atualmente 13,8 milhões de famílias brasileiras, o equivalente a
um quarto da população. O valor médio do benefício é de 152 reais. Para 2013, o
orçamento previsto chega a 24 bilhões de reais. O elevado investimento tem retorno.

21
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Cada real transferido pelo governo gera 2,4 reais no consumo final das famílias,
segundo um estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) no
dia 15. O efeito multiplicador não para por aí. Cada real gasto pelo programa resulta no
incremento de 1,78 real no PIB. “Ao garantir uma renda mínima aos mais pobres, há um
aumento do consumo que faz a economia prosperar”, afirma o economista Marcelo
Neri, presidente do Ipea.

(CartaCapital, 30.10.2013.
Adaptado)
Assinale a alternativa em que o termo em destaque está empregado em sentido figurado.
a)
A recente estiagem secou os reservatórios de água, comeu o verde das pastagens…
b)
… quando o município serviu de cenário para o longa-metragem Vidas Secas…
c)
… o comércio local prospera como em nenhum outro momento de sua história.
d)
Cada real transferido pelo governo gera 2,4 reais no consumo final das famílias…
e)
Cada real gasto pelo programa resulta no incremento de 1,78 real no PIB.

QUESTÃO 22

É preciso ter fé nesse Brasil


nesse pau-brasil
nessas matas despovoadas
nessas praias sem pescadores
É preciso ter fé
Nesse norte de secas
e de literatura
A esperança vem do sul
Vem de mansinho
contagiosa e sutil
vem no café que produzimos
vem nas indústrias que criamos
A esperança vem do sul
do coração calmo de São Paulo
É preciso ter caridade
e ter carinho
perdoar o ódio que nos cerca
que nos veste
e trabalhar para os irmãos pobres...
(Poetas do Modernismo. INL-MEC, Rio de Janeiro, 1972)

22
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A linguagem figurada é uma importante ferramenta na construção de sentidos nos textos.
Considerando o contexto em que estão inseridos, nos versos “Vem de mansinho” e “do coração
calmo de São Paulo”, temos, respectivamente, as seguintes figuras de linguagem:

a)
metonímia e eufemismo
b)
comparação e ironia
c)
hipérbole e metonímia
d)
prosopopeia e metáfora
e)
metonímia e ironia

QUESTÃO 23

Considerando a estrutura lingüística do texto da Folha de São Paulo, observa-se que a Função
da Linguagem predominante nele é:

a)
Referencial
b)
Metalinguística
c)

23
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Fática
d)
Conativa
e)
Emotiva

QUESTÃ0 24

24
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Ao utilizar a palavra “cordeirinho” em “As lágrimas diminuíam a testosterona em seu


organismo, privando- o da natural agressividade do sexo masculino, transformando- o
num cordeirinho” (3º parágrafo), o narrador utiliza a linguagem conotativa, por meio de
uma:
a)
metáfora
b)
metonímia
c)
antonomásia
d)
apóstrofe

25
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)
ironia

QUESTÃ0 25
O texto II é um fragmento de uma notícia, publicada pela Folha de São Paulo, cujo
objetivo é divulgar para a população uma descoberta científica. Sendo assim, de acordo
com a pretensa ideia da imparcialidade jornalística, o repórter que a redigiu deveria
mantê- la isenta de comentários pessoais. Assinale a alternativa que representa uma
utilização referencial da linguagem, própria do discurso jornalístico.

a)
“Atenção, mulheres, está demonstrado pela ciência: chorar é golpe baixo” (1º parágrafo)
b)
“Os cientistas queriam ter certeza de que isso acontece em função de alguma molécula liberada
- e não, digamos, pela cara de sofrimento feminina (...)” (2º parágrafo)
c)
“Os cientistas molharam pequenos pedaços de papel em lágrimas de mulher e deixaram que
fossem cheirados pelos homens” (2º parágrafo)
d)
“O contato com as lágrimas fez a concentração da testosterona deles cair quase 15%, em certo
sentido, deixando- os menos machões” (2º parágrafo)
e)
”(...) com sua reputação de derrubar até o mais insensível dos durões” (2º parágrafo)

26
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

A representação da Monalisa identificada como “after mantém com a obra fonte, uma
relação de:

a)
paráfrase
b)
literalidade
c)
complementariedade
d)
hiperonímia
e)
paródia

QUESTÃO 26

27
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Ao fazer referência ao silêncio no texto IV, o autor confere ao tema um sentido expressivo
em virtude, especialmente, do uso recorrente de uma figura de linguagem conhecida como:

a)
metonímia
b)
personificação
c)

28
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
hipérbole
d)
eufemismo
e)
gradação

QUESTÃO 27

29
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Em relação ao uso da palavra tsunami pela autora do texto, analise as afirmações abaixo.

30
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
I - Conforme a autora, seu conhecimento inicial da palavra veio através de sua
experiência específica no campo culinário.

II - A partir da tragédia lailandesa. a autora generalizou o uso da palavra para abranger abalos
emocionais e infortúnios em geral.

III - A partir da assistência ao filme O impossível, a autora enuncia o propósito de restringir o


uso metafórico da palavra.

Quais estão de acordo com o texto?


a)
Apenas a I.
b)
Apenas a II.
c)
Apenas a I e a III.
d)
Apenas a II e a III.
e)
Apenas I.a l I e a III.

QUESTÃO 29
Uma companhia aérea lançou o seguinte slogan: “Às vezes, um pouquinho a mais faz muita
diferença". (Veja, set. 2012). A figura de linguagem presente nesse slogan é
a)
Eufemismo.
b)
Antítese.
c)
Ironia.
d)
Hipérbole.

QUESTÃO 30

[...]
Enquanto apontamos os dedos para adolescentes infratores, milícias e esquadrões
da morte formados, inclusive, por agentes públicos, continuam impunes.
A redução da maioridade penal pode ser defensável sob o ponto de vista da

31
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
racionalidade instrumental pós-moderna, do minimalismo midiático, das emoções
pessoais e mesmo do sentimento coletivo de vingança e punição. Porém, não se sustenta
sob o ponto de vista de uma ética da alteridade, da generosidade e da responsabilidade
de todos nós, adultos, que devemos reconhecer que o segmento mais vulnerável da
nossa população, os adolescentes - tratados como "futuro do país" -, não tem seus
direitos garantidos no presente.
A querela acerca da redução da maioridade penal em boa medida é fruto do
sensacionalismo e do desconhecimento em relação à ampliação descomunal do Estado
penal. Lastreado na exploração da emoção e na desinformação da maioria dos
brasileiros sobre a baixa eficiência das políticas públicas protetivas - que deveriam
preceder qualquer medida punitiva -, esse debate sustenta, lamentavelmente, o discurso
oportunista e eleitoreiro de políticos que descumprem impunemente aquilo que tanto
atacam o ECA.
A relação entre a violência e a imputabilidade penal é um sofisma. O debate sobre o
tempo da pena ou da idade do infrator é secundário. Serve para lançar uma nuvem de
fumaça a encobrir a questão fulcral: quais são condições objetivas que favorecem a
criminalidade em nosso país?
Nossas crianças e adolescentes demandam por mais Estado constitucional e menos
Estado penal.

(Excerto do Artigo publicado no Jornal Estado de Minas, de 25/05/2013,Caderno


"Pensar e Agir").

A alternativa que contém exemplo de metáfora é:


a)
A querela acerca da redução da maioridade penal [...].
b)
Porém, não se sustenta sob o ponto de vista de uma ética da alteridade, [...].
c)
A relação entre a violência e a imputabilidade penal é um sofisma.
d)
Serve para lançar uma nuvem de fumaça a encobrir a questão fulcral: [...].

QUESTÃO 31

Quanto à classificação das figuras de linguagem presentes nas seguintes propagandas, a


alternativa INCORRETAé:
a)
HIPÉRBOLE: Vem que aqui cabe um país inteiro. (Automóvel)
b)
IRONIA: A gente faz um mundo para você voar mais. (Empresa aérea)

32
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)
METÁFORA: Leve sua paixão para passear em Veneza. (Cosméticos)
d)
METONÍMIA: Um passeio infinito pelas curvas de Oscar Niemeyer. (Joias)

QUESTÃO 32
Uma companhia aérea lançou o seguinte slogan: “Às vezes, um pouquinho a mais faz muita
diferença”. (Veja, set. 2012). A figura de linguagem presente nesse slogan é
a)
Eufemismo
b)
Antítese
c)
Ironia
d)
Hipérbole

QUESTÃO 33

33
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

34
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
No texto, o trecho “Nenhum de nós pode se lisonjear de não ser um criminoso relativamente a
um estado social dado, passado, futuro ou possível” (linhas 8-9) é um exemplo de
a)
metáfora
b)
paráfrase
c)
intertextualidade
d)
intratextualidade

QUESTÃO 34

35
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

36
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Para enfatizar a situação de perplexidade e desamparo em que se encontra, o narrador insiste, no
terceiro parágrafo, em recorrer à seguinte figura de sintaxe:
a)
hipérbole.
b)
anacoluto.
c)
polissíndeto.
d)
anáfora.
e)
pleonasmo.

QUESTÃO 35

37
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

38
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
As figuras de linguagem são usadas como recursos estilísticos para dar maior valor expressivo à
linguagem.
No seguinte trecho “Tu és a chuva e eu sou a terra [...]” predomina a figura, denominada:
a)
onomatopeia.
b)
hipérbole.
c)
metáfora.
d)
catacrese.
e)
sinestesia.

QUESTÃO 36

39
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Emprega-se a linguagem figurada na seguinte passagem do texto:


a)
... o Código Civil, que garante ao cidadão o direito à privacidade e o protege de agressões à sua
honra e intimidade.
b)
... mas os copos e garrafas afastados para os lados, abrindo espaço para a luta, não param em
cima da mesa.
c)
A Constituição provê que os historiadores e biógrafos se voltem para a história do país e
reconstituam seu passado ou presente...
d)
... a Constituição, que garante a liberdade de expressão, de imprensa e de acesso à informação.
e)

40
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
É a que se propõe a Associação Nacional dos Editores de Livros: arguir no Supremo Tribunal
Federal a inconstitucionalidade do artigo 20 do Código Civil.
QUESTÃO 37

41
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

42
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Qual função da linguagem predomina no texto?


a)
Conativa
b)
Referencial
c)
Emotiva
d)
Poética

QUESTÃO 38
Pelo ralo

Este conto foi inspirado nos atentados de 11 de setembro de 2001 às torres gêmeas do
World Trade Center, em Nova York.

Os pratos estão empilhados de um dos lados da pia numa torre irregular, equilibrando-se
uns sobre os outros de forma precária, como os destroços de um prédio bombardeado
ameaçando cair. Estão sujos. Muito sujos. Foram deixados ali já faz algum tempo, e os
pedaços de detritos sobre eles se cristalizaram, tomando formas absurdas, surreais. Há
grãos e lascas, restos de folhas amontoados de uma indefinida massa de cor acinzentada.
Copos e tigelas de vidro, também empilhados num desenho caótico, exibem a superfície
maculada, cheia de nódoas, e o metal das panelas, chamuscado e sujo em vários pontos,
lembra a fuselagem de um avião incendiado. Mas há mais do que isso. Há talheres por
toda parte, lâminas, cabos, extremidades pontiagudas que surgem por entre os pratos,
em sugestões inquietantes. E há ainda a cratera da pia, onde outros tantos pratos e
travessas, igualmente sujos, estão quase submersos numa água escura, como se, num
campo de batalha, a chuva tivesse caído sobre as cinzas. O cenário é desolador. A
mulher se aproxima, os olhos fixos na pia. Suas mãos, cujos dedos exibem dobras
ressecadas, resultado de muitos anos de contato com água e detergente, movem-se em
torno da cintura e caminham até as costas, levando as tiras do avental vermelho e
branco. Com gestos rápidos, ágeis, faz-se a laçada, que ajusta o avental em seu lugar. E
a mulher abre a torneira. Encostada à pia, espera, tocando a água de vez em quando com
a ponta dos dedos. Ligou o aquecedor no máximo, pois sabe que precisará dela
fumegante, para derreter as crostas formadas depois de tantas horas. Logo o vapor
começa a subir. Emana da pia, primeiro lentamente, depois numa nuvem mais
encorpada, quase apocalíptica, enquanto o jato d'água chia contra a superfície da louça
suja. A mulher despeja algumas gotas de detergente na esponja e começa a lavar.
Esfrega com vigor, começando pelas travessas que estavam imersas na água parada,
pegando em seguida os copos e, por fim, a pilha de pratos. Vai acumulando-os, já
envoltos em espuma, de um dos lados da pia, num trabalho longo, árduo. E só depois se
põe a enxaguá-los, deixando que a água escoe, levando consigo o que resta dos detritos.
De repente, a mulher sorri. As pessoas não acreditam, mas ela gosta de lavar louça.
Sempre gostou. A sensação da água quente nas mãos, seu jato carregando as impurezas,

43
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
são para ela um bálsamo. “É bom assistir a essa passagem, à transformação do sujo em
limpo", ouviu dizer um dia um poeta que também gostava de lavar louça. Ficara feliz ao
ouvir aquilo. Só então se dera conta do quanto havia de beleza e poesia nesses gestos
tão simples. Mas agora a mulher suspira. Queria poder também lavar os erros do
mundo, desfazer seus escombros, apagar-lhe as nódoas, envolver em sabão todos os
ódios e horrores, as misérias e mentiras. Porque, afinal, do jeito que as coisas andam, é
o próprio mundo que vai acabar – ele inteiro – descendo pelo ralo. (SEIXAS, Heloísa. ,
Rio de Janeiro, 23 de set. 2001. Revista de Domingo, Seção Contos Mínimos.
Disponível em: ).
Na composição do texto, a figura de linguagem que garante a associação entre a narrativa e o
atentado no qual o conto foi inspirado é a:
a)
comparação.
b)
apóstrofe.
c)
aliteração.
d)
sinestesia.
e)
prosopopeia.

QUESTÃO 39

44
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

45
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Na composição do texto, a figura de linguagem que garante a associação entre a narrativa e o


atentado no qual o conto foi inspirado é a:
a)
aliteração.
b)
sinestesia.
c)
prosopopeia.
d)
comparação.
e)
apóstrofe.

QUESTÃO 40
Em “Criança, tivera pavor às trevas; homem feito tinha medo da luz.” (J. A. Almeida) ocorre
a)
pleonasmo (emprego de palavras redundantes).
b)
personificação (empresta-se vida e ações a seres inanimados ou irracionais).
c)
eufemismo (substituição de uma expressão por outra para suavizar uma ideia desagradável).
d)
antítese (aproximação de palavras ou expressões com sentido oposto).
e)
anáfora (repetição de palavras no início de orações, períodos, versos ou estrofes).

2. Leitura: capacidade de compreensão e interpretação do


contexto social, econômico e cultural (leitura de mundo).

QUESTÃO 01

46
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Visando manter o sentido original do contexto de ocorrência, o vocábulo


‘párias’ (l.08) e ‘primordiais’ (l.09) só poderiam ser substituídos,
respectivamente, por:

a)

excluídos – principais

b)

obstáculos – fundamentais

c)

47
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
objetos – basilares

d)

obsolescências – intrínsecas

e)

desejos – inerentes

QUESTÃO 02

Considerando as ocorrências da forma verbal ‘Há’ nas linhas 09 e 37, avalie as seguintes
assertivas, assinalando V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) Nas duas ocorrências, a referida forma verbal poderia ser substituída por Existem, mantendo-
se a correção dos respectivos períodos.
( ) Em ambas as ocorrências, o verbo haver assume a forma de 3ª pessoa do singular, visto ser
impessoal.
( ) Se as expressões “três críticas primordiais” (l.09) e “algumas boas respostas” (l.37) fossem
passadas para o singular, nenhuma alteração ocorreria com as respectivas formas verbais.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:


a)

F – F – F.

b)

F – F – V.

c)

V – V – F.

d)

F – V – F.

e)

V – V – V.

QUESTÃO 03

48
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Sobre as três críticas feitas no texto e às companhias de tecnologia, analise as seguintes
assertivas:

I. A primeira relaciona-se às redes sociais, que garantem ligações pessoais mais intensas,
complexas e duradouras.
II. A segunda diz respeito ao fato de que essas empresas são encorajadoras de uma horda de
impulsivos.
III. A terceira afirma que há um monopólio empresarial que tem poder para dominar a vida
daqueles que usam a tecnologia.

Quais estão INCORRETAS?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 04

Sobre a frase “Esses alunos que são usuários constantes de redes sociais têm um risco 27%
maior de desenvolver depressão” retirada do texto, avalie as assertivas que seguem, assinalando
V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) Caso os termos ‘Esses alunos’ fosse passado para o singular, outras quatro palavras deveriam
sofrer ajustes para fins de concordância.
( ) Mais da metade dos alunos que usam redes sociais podem ficar deprimidos.
( ) O risco de alunos usuários de redes sociais desenvolverem depressão constante extrapola o
índice dos 27%.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

49
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

V – V – V.

b)

F – V – F.

c)

V – F – F.

d)

F – F – V.

e)

F – F – F.

QUESTÃO 05

Sobre o uso de pronomes no texto, é correto dizer que:

a)

‘Todos’ (l.01) refere-se àqueles que trabalham na Google, no Facebook e na


Apple.

b)

‘alguns’ (l.03) refere-se àqueles que constituem a indústria do tabaco.

c)

'suas’ (l.08) informa que o possuidor das empresas é o próprio mundo.

d)

‘que’ (l.18) refere-se a ‘Adolescentes’ (l.18).

e)

‘ela’ (l.22) faz referência à ‘depressão’ (l.22).

QUESTÃO 06

Considere as seguintes assertivas relativamente a propostas de alteração em situações textuais:

50
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
I. A substituição de ‘milhares’ (l.05) por muitas.
II. Inserção de vírgulas antes e após o termo ‘na verdade’ (l.11).
III. A expressão ‘poços sem fundo’ (linhas 27- 28) poderia ser substituída por ‘poços
artesianos’.

Quais das propostas NÃO provoca alteração de sentido ou necessidade de ajustes nas frases em
que se inserem?
a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas III.

d)

Apenas I e II.

e)

Apenas II e III.

QUESTÃO 07

51
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Qual das seguintes propostas de substituição vocabular pode ser realizada


sem causar qualquer incorreção ao texto?

a)

virtual (l.05) por irreal.

b)

pessoa (l.05) por ser.

c)

sequer (l.06) por ao menos.

d)

habitar (l.07) por residir.

e)

sequencial (l.16) por circunspecto.

QUESTÃO 08

52
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A expressão ‘demande’ (l.16), sem causar alteração de sentido ao texto, pode
ser substituída por

a)

precise de

b)

precisaria de

c)

prescinde de

d)

prescindiria de

e)

precisará de

QUESTÃO 09

Avalie as propostas de reescrita do seguinte trecho retirado do texto.

Qualquer pessoa poderá inventar mundos que não existem, e trazê-los na velocidade da luz
para habitar o mesmo espaço e tempo em que ela se encontra.

I. Qualquer pessoa poderá inventar mundos que não existem, e trazer eles na velocidade da luz
para habitá-lo ao mesmo espaço e tempo em que ela se encontra.
II. Mundos que não existem poderão ser inventados por qualquer pessoa, que os trará na
velocidade da luz para habitar o mesmo espaço e tempo em que ela se encontra.
III. Ser trazido por eles para habitar o mesmo espaço e tempo em que ela se encontra, qualquer
pessoa deverá inventar mundos nos quais não existem nem velocidade nem luz.

Quais das propostas estão gramaticalmente corretas e mantêm o mesmo sentido que o fragmento
original tem?
a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

53
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Apenas III.

d)

Apenas I e II.

e)

Apenas II e III.

QUESTÃO 10

Em relação a determinados vocábulos do texto e às relações gramaticais e de sentido que


estabelecem no texto, analise as seguintes assertivas:

I. Aliás (l.09) – tem a função de amplificar a ideia expressa.


II. além de (l.18) – liga enunciados que constituem argumentos para uma mesma conclusão.
III. porque (l.22) – introduz um enunciado de valor conclusivo em relação aos que o antecedem.

Quais estão corretas?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 11

Considere as seguintes propostas de alteração no texto, desconsiderando-se, nestes casos, a


necessidade de uso de maiúsculas ou minúsculas:

54
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

I. Supressão do adjetivo rápido (l.01).


II. Troca do ponto final da linha 03, imediatamente antes de E, por um pontoe-vírgula.
III. Supressão de até mesmo (l.12).

Quais das propostas NÃO alteram o sentido original nem provocam alteração na estrutura?
a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas III.

d)

Apenas I e II.

e)

Apenas II e III.

QUESTÃO 12

Analise as assertivas que seguem:

I. Caso o termo o futuro (l.10) fosse transformado em forma pronominal em relação ao


verbo vislumbrar, a reescrita do fragmento seria vislumbrá-lo.
II. A forma pronominal la (l.12) em vendê-la refere-se à Amazon.
III. Se na linha 19 fosse suprimido o advérbio não, estariam criadas as condições para o uso do
pronome enclítico.

Quais estão corretas?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

55
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Apenas III.

d)

Apenas I e II.

e)

Apenas II e III.

QUESTÃO 13

Em relação a certos vocábulos utilizados no texto, afirma-se que:

I. Na linha 01, nunca poderia ser substituído por jamais sem provocar alteração do sentido.
II. certamente (l.03), visando à manutenção do sentido, seria adequadamente substituído por
de modo indubitável.
III. sem fios (l.14) poderia ser adequada e corretamente substituído por inafiançável.

Quais estão INCORRETAS?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas III.

d)

Apenas I e II.

e)

Apenas II e III.

QUESTÃO 14

Levando em conta as informações que a precedem, analise as assertivas a seguir sobre a frase
‘Não é nova, mas pode ser muito inovadora e revolucionária’ (l.23-24):

56
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
I. Pode-se inferir, a partir da expressão ‘não é nova’, que ela já existia.
II. É possível dizer que, mesmo não sendo nova, é inovadora e revolucionária.
III. Apesar de ser inovadora e revolucionária, não é nova.

Quais estão corretas?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas III.

d)

Apenas I e II.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 15

A expressão ‘esta tecnologia’ (l.17) é retomada no parágrafo pelos seguintes mecanismos:

I. Pronome oblíquo a, nas linhas 18 e 19.


II. Pronome pessoal reto ela (l.22).
III. Pronomes possessivos Sua (l.21) e seu (l.23), que indicam a posse em relação aos termos
que acompanham.
IV. Pela reiteração lexical na linha 20.
V. Pela elipse do sujeito da forma verbal utilizar (l.18).

Quais estão corretos?


a)

Apenas I e II.

b)

Apenas III, IV e V.

c)

57
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Apenas I, II, III e IV.

d)

Apenas II, III, IV e V.

e)

I, II, III, IV e V.

QUESTÃO 16

Ao se analisar a frase “Aliás, com esta tecnologia poderosa, não existe o hoje e o agora.
Qualquer ser humano irá para frente ou para trás, poderá olhar um fato histórico, invadir
planetas ou vislumbrar o futuro centenas de anos à frente”, analise as seguintes assertivas:

I. A tecnologia é tão poderosa que o tempo não é empecilho para que se conheçam os fatos
presentes, passados e futuros.
II. O homem é o senhor do tempo, apesar da tecnologia e do poder que ela tem sobre os fatos.
III. Prever o futuro e reviver o passado são ações que a tecnologia permite que o homem
execute.

Quais estão INCORRETAS?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas III.

d)

Apenas I e II.

e)

Apenas II e III.

QUESTÃO 17

58
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

De acordo com o texto, a cultura da paz depende, entre outras coisas,

a)

do controle da liberdade de expressão.

59
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

da passividade e da permissividade.

c)

de instituições democráticas fortes.

d)

da rejeição ao desenvolvimento social.

e)

da inexistência de conflitos.

QUESTÃO 18

O texto , essencialmente expositivo-argumentativo, estrutura-se a partir da

a)

definição de conceitos e do uso de recursos retóricos.

b)

construção de personagens e cenas concretas.

c)

utilização de recursos textuais descritivos.

d)

mescla entre elementos textuais ficcionais e jornalísticos.

e)

expressão de sentimentos e vivências pessoais.

QUESTÃO 19

De acordo com o texto , os elementos “gestão de conflitos” (ℓ.39) e “erradicar


a pobreza” (ℓ.46) devem ser concebidos como

a)

ℓobstáculos para a construção da cultura da paz.

60
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

dispensáveis para a construção da cultura da paz.

c)

irrelevantes na construção da cultura da paz.

d)

etapas para a construção da cultura da paz.

e)

consequências da construção da cultura da paz.

QUESTÃO 20

Com relação a aspectos linguísticos do texto , assinale a opção correta.

a)

61
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A correção gramatical do texto seria mantida se a expressão “foram
registrados” (ℓ.7) fosse substituída por registrou-se.

b)

O vocábulo “deles” (ℓ.4) remete à expressão “dez acidentes” (ℓ.3).

c)

A substituição do termo “que” (ℓ.11) por o qual prejudicaria a correção


gramatical do texto.

d)

A correção gramatical do texto seria preservada caso se substituísse a forma


verbal “Foram” (ℓ.3) por Houveram.

e)

O sentido do segundo período do segundo parágrafo seria preservado caso


as vírgulas que sucedem as palavras “desastre” (ℓ.11) e “novembro” (ℓ.12)
fossem suprimidas.

QUESTÃO 21

62
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
As opções a seguir apresentam propostas de reescrita do período “Se um colega
constrange o outro, em tese, não há crime, embora tal comportamento possa dar
causa a reparação por dano moral.” (l. 21 a 23). Assinale a opção que apresenta
proposta de reescrita que, além de manter o sentido original da informação,
preserva a correção gramatical do texto.

a)

Em tese, embora não seja crime, o fato de um colega constranger o outro


pode justificar reparação por dano moral.

b)

Quando um colega molesta o outro é crime, ou seja, esse ato pode ensejar
reparação por dano moral.

c)

Caso um colega constrange o outro, em tese, não é crime, mas pode gerar
reparação por dano moral.

d)

Hipoteticamente, à medida que um colega constrange o outro, não há crime,


logo não pode haver reparação por dano moral.

e)

Teoricamente, se um colega constrange o outro, há vantagem sexual, o que


pode causar reparação por dano moral.

QUESTÃO 22

63
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Com relação a aspectos linguísticos do texto , assinale a opção correta.

a)

A correção gramatical do texto seria preservada caso se substituísse a forma


verbal “Foram” (ℓ.3) por Houveram.

b)

O sentido do segundo período do segundo parágrafo seria preservado caso


as vírgulas que sucedem as palavras “desastre” (ℓ.11) e “novembro” (ℓ.12)
fossem suprimidas.

c)

A correção gramatical do texto seria mantida se a expressão “foram


registrados” (ℓ.7) fosse substituída por registrou-se.

d)

O vocábulo “deles” (ℓ.4) remete à expressão “dez acidentes” (ℓ.3).

e)

64
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A substituição do termo “que” (ℓ.11) por o qual prejudicaria a correção
gramatical do texto.

QUESTÃO 23

As opções a seguir apresentam propostas de reescrita do período “Se um


colega constrange o outro, em tese, não há crime, embora tal
comportamento possa dar causa a reparação por dano moral.” (ℓ. 21 a 23).
Assinale a opção que apresenta proposta de reescrita que, além de manter o
sentido original da informação, preserva a correção gramatical do texto.

a)

Teoricamente, se um colega constrange o outro, há vantagem sexual, o que


pode causar reparação por dano moral.

b)

Em tese, embora não seja crime, o fato de um colega constranger o outro


pode justificar reparação por dano moral.

65
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Quando um colega molesta o outro é crime, ou seja, esse ato pode ensejar
reparação por dano moral.

d)

Caso um colega constrange o outro, em tese, não é crime, mas pode gerar
reparação por dano moral.

e)

Hipoteticamente, à medida que um colega constrange o outro, não há crime,


logo não pode haver reparação por dano moral.

QUESTÃO 24

As opções a seguir apresentam propostas de reescrita do período “Se um


colega constrange o outro, em tese, não há crime, embora tal
comportamento possa dar causa a reparação por dano moral.” (ℓ. 21 a 23).
Assinale a opção que apresenta proposta de reescrita que, além de manter o
sentido original da informação, preserva a correção gramatical do texto.

66
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

Caso um colega constrange o outro, em tese, não é crime, mas pode gerar
reparação por dano moral.

b)

Hipoteticamente, à medida que um colega constrange o outro, não há crime,


logo não pode haver reparação por dano moral.

c)

Teoricamente, se um colega constrange o outro, há vantagem sexual, o que


pode causar reparação por dano moral.

d)

Em tese, embora não seja crime, o fato de um colega constranger o outro


pode justificar reparação por dano moral.

e)

Quando um colega molesta o outro é crime, ou seja, esse ato pode ensejar
reparação por dano moral.

QUESTÃO 25

Nenhum outro pintor captou e soube transmitir a luz e a energia do Sol como Vincent
van Gogh (1863-1890). Cansado e desgostoso de Paris, Van Gogh passou os dois
últimos anos de sua vida no sul da França, que os franceses chamam de Midi. Ele queria
pintar ao ar livre, em um contexto mais luminoso. Em uma carta ao seu irmão Theo, em
1888, ele escreveu: "Vim ao Midi por muitas razões. Por querer ver outra luz, crer que
a contemplação da natureza sob um céu mais claro pode me dar um ideia mais exata da
maneira de sentir e desenhar dos japoneses. Querer, enfim, ver este sol mais intenso,
porque pressinto que, sem conhecê-lo, não é possível compreender desde o ponto de
vista da realização e da técnica, as obras de Delacroix, e porque me intuiu que as cores
do prisma se velam com as brumas do norte".
Após uma violenta discussão com seu amigo pintor Paul Gauguin (1848-1903), e que
teve como consequência a famosa mutilação de parte da orelha, Van Gogh foi internado
no sanatório de Saint-Rémy. Lá, o Sol continuava presente em suas criações.
Em seus últimos meses de vida, e durante uma das várias internações de Van Gogh no
sanatório de SaintRémy, ele descobriu na França meridional uma fonte de inspiração
inesgotável: as oliveiras. Com elas compartilhou os últimos dias de sua vida turbulenta.
Talvez uma destas obras mais significativas que tenha pintado foi Oliveiras com céu
amarelo e Sol. Recentemente, esta obra foi uma das escolhidas em um projeto para
sofrer um corte virtual de suas árvores como forma criativa de chamar a atenção para o
desmatamento.
Van Gogh era fascinado pelos astros. Sol, Lua, estrelas. Procurava a luz à sua volta.
Talvez para iluminar o seu interior sombrio. Ele precisava de todas as luzes da natureza
para fazer germinar a natureza da sua Arte.

67
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
BELTRÃO, C. Disponível em: <http://artenarede.com.br/blog/index.php/o-sol-na-
obra-de-van-googh/> Acesso em: 12/11/2017. [Adaptado]
Assinale a alternativa correta, de acordo com o texto 1.

a)

Os elementos da natureza são evocados com sentido figurado, conotativo,


simbolizando a criatividade linguística de Van Gogh.

b)

Trata-se de um texto argumentativo, cujas estratégias discursivas são


fundamentadas em elementos ficcionais e literários, caracterizando-se como
um exemplar de gênero artístico.

c)

O texto intercala três vozes autorais: a voz do autor, a voz de Van Gogh e a
voz de Theo, irmão do pintor.

d)

Trata-se de um texto que mescla relato de acontecimentos com elenco de


avaliações, em que a voz de Van Gogh é trazida, reforçando o efeito de
verdade produzido.

e)

Paul Gauguin representa, intencionalmente, uma virada artística na vida de


Van Gogh, tendo influenciado diretamente a mudança de estilo deste na
pintura.

QUESTÃO 26

Assinale a alternativa que completa corretamente a frase abaixo, de acordo


com o texto 1.

Entre as razões expostas pelo pintor na carta a Theo para ter ido ao Midi,
está...

a)

o desejo de conhecer o sol do sul da França, para compreender as obras de


Delacroix.

b)

68
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a certeza de que olhar para o prisma de outra perspectiva teria efeito
imediato na descoberta da técnica de velar as cores em suas pinturas.

c)

a urgência em analisar comparativamente suas telas sob os efeitos da luz do


sul e da luz do norte da França.

d)

a intenção de radicar-se definitivamente na França meridional, para tratar-se


e ficar mais próximo do irmão.

e)

o projeto de ter uma velhice tranquila e saudável em um lugar bucólico,


repleto de ar puro e de luz solar.

QUESTÃO 27

Assinale a alternativa correta, de acordo com o texto 1.

a)

Van Gogh teve que abandonar Paris, sua principal fonte de energia, prazer e
inspiração, para ser internado em um sanatório, situação que o deprimiu e
tolheu sua criatividade.

b)

O sanatório de Saint-Rémy estimulou o espírito criador de Van Gogh, pois foi


em uma das internações que ele descobriu as oliveiras como fonte de
inspiração, as quais o acompanharam até o fim de seus dias.

c)

O fascínio de Van Gogh pelos astros é explicado como uma projeção natural
de sua vida sempre ao ar livre e puro, em contato direto com a luz e a energia
solar, que se confundiam com a luz vibrante que irradiava constantemente de
sua vida interior.

d)

Os primeiros anos da vida de Van Gogh foram marcados pela turbulência e


pelo auge de sua criação no seio da sociedade parisiense; os anos finais
foram de uma vida calma e interiorana, o que se refletiu em cores veladas e
esmaecidas impressas em suas últimas pinturas.

69
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

No século XIX, Van Gogh já demonstrava preocupação explícita com o meio


ambiente, o que fica evidenciado em sua forma criativa de chamar a
atenção para o desmatamento por meio da obra Oliveiras com céu amarelo
e Sol.

QUESTÃO 28

Nenhum outro pintor captou e soube transmitir a luz e a energia do Sol como Vincent van Gogh
(1863-1890). Cansado e desgostoso de Paris, Van Gogh passou os dois últimos anos de sua vida no
sul da França, que os franceses chamam de Midi. Ele queria pintar ao ar livre, em um contexto mais
luminoso. Em uma carta ao seu irmão Theo, em 1888, ele escreveu: "Vim ao Midi por muitas razões.
Por querer ver outra luz, crer que a contemplação da natureza sob um céu mais claro pode me dar um
ideia mais exata da maneira de sentir e desenhar dos japoneses. Querer, enfim, ver este sol mais
intenso, porque pressinto que, sem conhecê-lo, não é possível compreender desde o ponto de vista da
realização e da técnica, as obras de Delacroix, e porque me intuiu que as cores do prisma se velam
com as brumas do norte". Após uma violenta discussão com seu amigo pintor Paul Gauguin (1848-
1903), e que teve como consequência a famosa mutilação de parte da orelha, Van Gogh foi internado
no sanatório de Saint-Rémy. Lá, o Sol continuava presente em suas criações. Em seus últimos meses
de vida, e durante uma das várias internações de Van Gogh no sanatório de SaintRémy, ele
descobriu na França meridional uma fonte de inspiração inesgotável: as oliveiras. Com elas
compartilhou os últimos dias de sua vida turbulenta. Talvez uma destas obras mais significativas que
tenha pintado foi Oliveiras com céu amarelo e Sol. Recentemente, esta obra foi uma das escolhidas
em um projeto para sofrer um corte virtual de suas árvores como forma criativa de chamar a atenção
para o desmatamento. Van Gogh era fascinado pelos astros. Sol, Lua, estrelas. Procurava a luz à sua
volta. Talvez para iluminar o seu interior sombrio. Ele precisava de todas as luzes da natureza para
fazer germinar a natureza da sua Arte. BELTRÃO, C. Disponível em: Acesso em 12/11/2017.
[Adaptado]

Texto 2
Um gafanhoto esteve incrustado mais de um século em um Van Gogh
Os restos de um gafanhoto com mais de um século foram encontrados na espessa
pintura As Oliveiras, de Vincent van Gogh (parte de uma série de 18 pinturas que o
artista fez sobre o tema em 1889). Uma restauradora do Museu de Arte Nelson-Atkins,
na cidade de Kansas, nos Estados Unidos, onde a obra está exposta, descobriu o inseto
enquanto trabalhava numa pesquisa sobre a tela. Segundo um comunicado dessa
pinacoteca, o achado é apenas um dos resultados emocionantes que surgiram quando o
estudo científico e a investigação histórica da arte se combinaram no museu para
compreender melhor o processo do artista holandês.
"As Oliveiras é uma pintura muito querida no NelsonAtkins e esse estudo científico não
faz mais do que aumentar nossa compreensão de sua riqueza', afirmou o diretor do
museu, Julián Zugazagoitia. "Van Gogh trabalhou ao ar livre, e sabemos que ele, como
outros artistas plein air, lidou com o vento e o pó, a grama e as árvores, e as moscas e os
gafanhotos."
A equipe de pesquisadores entrou em contato com o paleoentomologista Michael S.
Engel, professor da Universidade de Kansas, para seu estudo posterior. Engel observou
que faltavam o tórax e o abdômen do gafanhoto e que não se via nenhum sinal de
movimento na pintura circundante. Isso indica que o inseto estava morto antes de

70
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
aterrissar na tela de Van Gogh. O gafanhoto não pode servir para uma datação mais
precisa da pintura.

Assinale a alternativa correta, com base nos textos 1 e 2.

a)

O texto 2 é escrito em linguagem informal e apresenta uma série de


avaliações subjetivas do redator, diferentemente do texto 1, que é construído
em linguagem formal, objetiva e rebuscada.

b)

O texto 2 foi escrito a partir do texto 1, sendo que os argumentos apresentados


no primeiro texto são retomados pelo redator do texto 2.

c)

Os textos apresentam uma linearidade que segue a seguinte sequência:


apresentação de fatos passados sobre a vida do artista, identificação de
elementos atuais na arte de Van Gogh, projeção de aspectos futuros acerca
do estilo do pintor.

d)

A criação da obra As Oliveiras sofreu influência de Paul Gauguin, amigo de


Van Gogh, conforme nos revela o texto 2.

e)

Os dois textos abordam aspectos relacionados à pintura de Van Gogh: o


primeiro menciona o efeito da luz e da energia solar na capacidade criadora
do pintor, e o segundo noticia uma consequência palpável do trabalho ao ar
livre em sua obra.

QUESTÃO 29

Assinale a alternativa correta, considerando as frases em seu contexto (texto 2)


e a norma culta da língua escrita.

a)

Em "Segundo um comunicado dessa pinacoteca" (1º parágrafo), a expressão


sublinhada é um recurso coesivo que faz referência a Museu de Arte Nelson-
Atkins.

b)

71
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Em "Uma restauradora do Museu de Arte Nelson-Atkins, na cidade de Kansas,
nos Estados Unidos, onde a obra está exposta" (1º parágrafo), o pronome
relativo pode ser substituído por "aonde".

c)

Em "As Oliveiras é uma pintura muito querida" (2º parágrafo), o verbo deveria
estar no plural, em concordância com As Oliveiras.

d)

Em "não se via nenhum sinal de movimento na pintura circundante" (3º


parágrafo), o pronome oblíquo átono pode ser posposto ao verbo.

e)

Em "o inseto estava morto antes de aterrissar na tela de Van Gogh (3º
parágrafo), a oração reduzida pode ser desenvolvida como "antes que
aterrissou na tela de Van Gogh".

QUESTÃO 30

Analise os trechos abaixo extraídos do texto 2.

1. Os restos de um gafanhoto com mais deum século foram encontrados na


espessa pintura As Oliveiras, de Vincent van Gogh. (1º parágrafo)

2. Van Gogh trabalhou ao ar livre, e sabemos que ele, como outros


artistas plein air, lidou com o vento e o pó. (2º parágrafo)

Assinale a alternativa que explica corretamente os efeitos de sentido do uso


do itálico nas expressões sublinhadas nos trechos.

a)

Em 1, o itálico é usado para indicar o título da obra e em 2, para sinalizar que


se trata de palavra estrangeira.

b)

Em 1, o itálico é usado para indicar que se trata de uma citação; em 2, para


realçar ironicamente a expressão.

72
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Em 1, o itálico acentua o valor significativo da expressão; em 2, indica que se


trata da fala direta de outra pessoa.

d)

Em 1 e 2, o itálico é usado para enfatizar as expressões, destacando-as entre


outras de uma série com características similares.

e)

Em 1 e 2, o itálico assinala o uso metalinguístico das expressões, colocando em


evidência o código escrito.

QUESTÃO 31

"A crônica não é um gênero maior" já escreveu Antônio Cândido. Graças a Deus,
completou o próprio crítico, porque, "sendo assim, ela fica perto de nós" Na sua
despretensão, humaniza. Fruto do jornal, onde aparece entre notícias efêmeras, a crônica
é um gênero literário que se caracteriza por estar perto do dia a dia, seja nos temas,
ligados à vida cotidiana, seja na linguagem despojada e coloquial do jornalismo. Mais
do que isso, surge inesperadamente, como um instante de alívio para o leitor fatigado
com a frieza da objetividade jornalística.

De extensão limitada, essa pausa se caracteriza exatamente por ir contra as tendências


fundamentais do meio em que aparece - o jornal diário. Se a notícia deve ser sempre
objetiva e impessoal, a crônica é subjetiva e pessoal. Se o jornal é frio, na crônica
estabelece-se uma atmosfera de intimidade entre o leitor e o cronista, que refere
experiências pessoais ou expende juízos originais acerca dos fatos versados. A crônica
não é, portanto, apenas filha do jornal. Trata-se do antídoto que o próprio jornal produz.
Só nele pode sobreviver, porque se nutre exatamente do caráter antiliterário do
jornalismo diário.
O leitor pressuposto da crônica é urbano e, em princípio, um leitor de jornal ou de
revista. A preocupação com esse leitor é que faz com que, entre os assuntos tratados, o
cronista dê maior atenção aos problemas do modo de vida urbano, do mundo
contemporâneo, dos pequenos acontecimentos do dia a dia comuns nas grandes cidades.
Por esse motivo, é uma leitura agradável, pois o leitor interage com os acontecimentos
e, por muitas vezes, se identifica com as ações tomadas pelas personagens.
NISKIER, A. Disponível em: <http://www.academia.org.br/artigos/arte-de-fazer-
cronicas> Acesso em 12/11/2017. [Adaptado]
Assinale a alternativa correta, de acordo com o texto 3.

a)

O texto é um exemplar de gênero instrucional, fornecendo regras de como


construir, esteticamente, uma crônica.

b)

73
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Trata-se de uma matéria jornalística, escrita em primeira pessoa do singular,
que traz argumentos fundamentados em dados empíricos.

c)

O autor explora uma relação de contraste entre, de um lado, a crônica e, de


outro, a notícia, apontando para a potencialidade da crônica criar uma
relação de identificação com o leitor.

d)

O cronista busca sua inspiração na leitura de textos literários, o que confere à


crônica um estilo ficcional, diferente dos demais gêneros jornalísticos.

e)

Segundo o autor, jornais são raramente lidos atualmente, devido a sua


linguagem fatigante, subjetiva e fria.

QUESTÃO 32

Considere o período extraído do texto 3.

Fruto do jornal, onde aparece entre notícias efêmeras, a crônica é um gênero


literário que se caracteriza por estar perto do dia a dia, seja nos
temas, ligados à vida cotidiana, seja na linguagem despojada e coloquial do
jornalismo. (1º parágrafo)

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de palavras que


substituem as sublinhadas no período acima, sem prejuízo de significado e sem
ferir a norma culta da língua escrita.

a)

em cujo • transitórias • ou • atrelados • ou

b)

no qual • temporárias • tanto • unidos • também

c)

que • circunstanciais • não só • submetidos • mas também

d)

74
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
em que • passageiras • quer • associados • quer

e)

o qual • curtas • tanto • conectados • bem como

QUESTÃO 33

Considere os excertos extraídos do texto 3.


1. [...] a crônica é um gênero literário que se caracteriza por estar perto do dia a dia. (1º
parágrafo)
2. De extensão limitada, essa pausa se caracteriza exatamente por ir contra as tendências
fundamentais do meio em que aparece – o jornal diário. (2º parágrafo)
3. Se o jornal é frio, na crônica estabelece-se uma atmosfera de intimidade entre o leitor e o
cronista. (2º parágrafo)
Assinale a alternativa correta, considerando a norma culta da língua escrita.
a)

Em 1, o pronome oblíquo átono pode ser posposto ao verbo.

b)

Em 1, a expressão dia a dia pode ser grafada como dia-a-dia.

c)

Em 2, o travessão pode ser substituído por dois-pontos, pois anuncia uma


enumeração.

d)

Em 2 e 3, há um caso de variação linguística: o pronome oblíquo átono "se"


pode ser anteposto ou posposto ao verbo em cada uma das ocorrências.

e)

Em 3, o vocábulo "Se" que inicia o período pode ser substituído por "Caso", pois
se trata de uma oração subordinada que expressa uma condição.

QUESTÃO 34

– Este seu Guignard é falso ou verdadeiro? - perguntou-lhe o visitante, coçando o


queixo, de um modo ainda mais suspeitoso do que a pergunta.
– Ora essa, por que duvida?
– Eu não duvido nada, só que existem por aí uns cinquenta quadros falsos de Guignard,
e então...
– Então o quê?
75
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
– Esse também podia ser. Só isso.
– Pois não é, não senhor. Qualquer um vê logo que se trata de Guignard autêntico,
Guignard da melhor época.
– Não ponho em dúvida sua palavra, Deus me livre. Mas nunca se sabe se um quadro é
autêntico ou não. Nunca. Não há prova irrefutável.
– Mesmo que se tenha visto o pintor trabalhando nele?
– Em geral, o pintor não trabalha à vista dos outros. No máximo dá uma pincelada, um
toque. Até os retratos, não sabia? São feitos em grande parte na ausência dos retratados.
Todo artista tem um auxiliar, espécie de primo pobre, que imita à perfeição a maneira
do mestre...
– Guignard tinha alunos; e daí? Vai me dizer que os alunos pintavam e ele assinava?
– O senhor é que parece estar insinuando isso. Eu digo apenas que assinatura pode ser
autêntica num quadro falso. Veja Picasso. Picasso assina falsos Picassos por blague ou
para ajudar pobres-diabos. Pode parecer maluquice, mas para mim o pintor é o primeiro
falsificador de sua obra, ele se copia e manda os outros copiarem .
– Não diga uma besteira dessas.
[...]
– Fiquei com medo do senhor ter um falso Guignard, e preveni. Não há razão para se
queimar.
– Está bem.
– Talvez tenha feito mal em alertá-lo. O senhor vai ficar preocupado, cismado. Não
desejo isso. Vamos fazer uma coisa? Para o senhor não se chatear, eu compro o seu
quadro, mesmo tendo as maiores dúvidas sobre a autenticidade. Repare bem: a fluidez
da pintura é demasiado fluida para ser original. Um mestre nunca vai ao extremo de sua
potencialidade; deixa que os outros exacerbem sua maneira. Este Guignard é tão leve,
tão aéreo, que só mesmo de alguém muito habilidoso, que procurasse ser mais Guignard
do que o próprio Guignard. Não há dúvida, para mim não é Guignard. Quanto quer por
isto?
– Quero que o senhor vá para o inferno, sim?
ANDRADE, C. D. de. 70 historinhas. 13 ed. Rio de Janeiro: Record,2009. p.195-197.
No revezamento de falas do diálogo (texto 4), é possível depreender características pessoais e
do comportamento linguístico do dono quadro e do visitante.
Assinale a alternativa correta.
a)

A fala do dono do quadro é, em geral, mais sucinta, direta e pouco amigável


que a fala do visitante; este, por sua vez, usa mais frases longas, modalizadas e
com rodeios, colocando a autenticidade da obra sob suspeita.

b)

Os interlocutores se tratam com sinceridade e respeito, o que fica evidente no


tratamento dispensado um ao outro: senhor.

c)

O dono do quadro tinha interesse em vendê-lo, mas o visitante não


demonstrava interesse em comprá-lo.

76
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

Ambos os interlocutores fazem uso de frases com ponto de interrogação e


com reticências, como sinal ora de aproximação entre eles, ora de
interrupção do pensamento e hesitação.

e)

O dono do quadro faz descrições detalhadas e fundamentadas acerca do


contexto espaço-temporal da obra modernista de Guignard, enquanto o
visitante empenha-se em desqualificá-las, uma a uma.

QUESTÃO 35

Assinale a alternativa correta, com base no texto 4.

a)

Em "Eu não duvido nada, só que existem por aí uns cinquenta quadros falsos
[...]" e "Esse também podia ser. Só isso", a partícula "só" pode ser substituída por
"apenas', nas duas ocorrências, sem prejuízo de significado.

b)

Em "Não diga uma besteira dessas." e "Quero que o senhor vá para o inferno,
sim?', as formas verbais sublinhadas encontram-se no modo imperativo.

c)

Em "Não há dúvida, para mim não é Guignard", a expressão sublinhada


funciona como objeto indireto.

d)

O texto faz uma crítica explícita ao modo brasileiro de se fazer negócios,


focalizando a estratégia persuasiva que é usada igualmente pelo vendedor (o
dono do quadro) e pelo comprador (o visitante).

e)

A frase "Mesmo que se tenha visto o pintor trabalhando nele?" pode ser
reescrita, sem prejuízo de significado e sem ferir a norma culta da língua
escrita, como: "Mesmo que o pintor tenha sido visto trabalhando nele?"

77
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 36

Considere as frases extraídas do texto 4.

1. – Este seu Guignard é falso ou verdadeiro? – perguntou-lhe o visitante.

2. Mas nunca se sabe se um quadro é autêntico ou não. Nunca.

3. Até os retratos, não sabia? São feitos em grande parte na ausência dos
retratados.

Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras (V) e as falsas (F).

( ) Em 1, os pronomes "seu" e "lhe" são elementos coesivos que fazem


referência ao pintor do quadro.

( ) Em 1 e 2, a partícula "ou" tem valor inclusivo e exprime equivalência dos


conceitos envolvidos na alternância.

( ) Em 2, o segundo "se" funciona como conjunção integrante e introduz uma


oração subordinada que complementa o verbo transitivo saber.

( ) Em 2, a segunda ocorrência de "nunca', em uma frase isolada, tem valor de


ênfase.

( ) Em 3, "não sabia?" é uma expressão interrogativa que está intercalada no


interior de uma informação declarativa.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

78
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

V•V•V•F•F

b)

V•F•F•F•V

c)

F•V•F•V•V

d)

F•F•V•V•V

e)

F•F•F•V•F

QUESTÃO 37

Foi nos bailes da vida ou num bar


Em troca de pão
Que muita gente boa pôs o pé na profissão
De tocar um instrumento e de cantar
Não importando se quem pagou quis ouvir
Foi assim
Cantar era buscar o caminho
Que vai dar no sol
Tenho comigo as lembranças do que eu era
Para cantar nada era longe tudo tão bom
Até a estrada de terra na boleia de caminhão
Era assim
Com a roupa encharcada e a alma
Repleta de chão
Todo artista tem de ir aonde o povo está
Se for assim, assim será
Cantando me disfarço e não me canso
De viver nem de cantar
NASCIMENTO, M. Disponível em: <https://www.letras.mus.br/milton-nascimento/47438/ Acesso
em 12/11/2017.
Assinale a alternativa correta, com base no texto 5.
a)

O texto é permeado por formas verbais no infinitivo, que remetem à primeira e


à segunda pessoa do discurso.

b)

79
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O texto apresenta uma forte dimensão avaliativa, o que se evidencia pelo uso
reiterado de adjetivos, conforme se percebe na primeira estrofe,

c)

O texto apresenta uma sequência cronológica de fatos, temporalmente


delimitados nas estrofes: na primeira, relatam-se episódios passados, na
segunda, enfoca-se o presente e na terceira, faz-se uma projeção para o
futuro.

d)

O texto tem sonoridade, o que se evidencia, por exemplo, pelo uso de rimas,
com a repetição do último segmento fônico, conforme se percebe em
algumas palavras oxítonas dispostas em diferentes versos na primeira estrofe.

e)

O texto contrasta, explicitamente, duas realidades: a do músico bem-sucedido


que toca em bailes e em ambientes elitizados, e a do cantor empobrecido
que canta em bares populares e decadentes.

QUESTÃO 38

Lembro bem dos dias que antecederam a minha primeira viagem à Europa. Era como se
eu estivesse prestes a embarcar para outra galáxia. Quê! Surpresas minhas. Tanto que,
quando aterrissei em Londres, não foram os monumentos históricos que me causaram
impacto, e sim o fato de me deparar com farmácias, paradas de ônibus e escolas. Meu
devaneio não havia previsto o lugar-comum. Sei lá o que imaginava encontrar de tão
insólito, só sei que caí na real: as cidades, pelo menos as ocidentais, têm estrutura muito
similar: o que nos encanta, na verdade, é o confronto com o nosso outro eu, aquela parte
de nós que nunca se conformou com a vida em prisão domiciliar.
Viajar é correr atrás do nosso eu ancestral, aquele rebelde que escapou da domesticação
e que não vê a hora do reencontro com sua alma peregrina. Quando pensamos em todas
as opções que o planeta oferece, dá uma certa vertigem. Qual o melhor lugar para
arrancar a gravata, tirar o salto alto e ficar desnudo para si mesmo? Diante de quais das
sete maravilhas do mundo conseguiremos redimensionar o nosso próprio tamanho e
passar a viver com mais humildade, prazer e leveza?
Sem ilusões: estamos falando de turismo, e não de um retiro espiritual. O melhor local
para conhecer a si mesmo é onde se está todos os dias da semana em todos os anos da
vida, uma viagem que não termina e que acontece dentro da gente. O processo é interno,
sempre foi. Viajar é apenas o tubo de oxigênio que nos permite mergulhar mais fundo
na nossa estranheza e insegurança. Mesmo por uma semana? Que seja. É mais do que
dura uma viagem lisérgica. E dessa droga ninguém deveria prescindir, o vício incurável
no deslumbre.

80
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Martha Medeiros
Fonte: Revista Viagem e Turismo. Fevereiro de 2017. Texto Adaptado.
Assinale a alternativa que completa corretamente o texto abaixo com base no texto 1.

A autora, a fim de argumentar sobre como viagens podem ser um tubo de oxigênio para se
mergulhar mais fundo nas estranhezas e inseguranças subjetivas, ...
a)

elenca algumas das possibilidades de viagem para o exterior. Ademais,


considera que viajar é viver com mais humildade, prazer e leveza.

b)

explica algumas das problemáticas de se viajar para o exterior. Além disso,


considera que viajar é uma droga e um vício incurável.

c)

refuta a possibilidade de brasileiros viajarem para o exterior. Além disso, considera que viajar é
uma atividade lisérgica.
d)

narra algumas de suas impressões pessoais no exterior. Ademais, considera que


viajar é uma prática turística e não de retiro espiritual.

e)

ratifica a importância de se viajar para o exterior. Ademais, considera que


viajar é um reencontro com a alma peregrina.

QUESTÃO 39

Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras ( V ) e as falsas ( F ) de acordo com o texto 1.

( ) Nas orações "Meu devaneio não havia previsto o lugar-comum." (1º parágrafo) e "Viajar é
correr atrás do nosso eu ancestral [...]". (2° parágrafo) há o uso de pronomes que fazem
referência direta à autora do texto.
( ) No texto, a autora se encanta com as novidades que só Londres tem.
( ) Em "Meu devaneio não havia previsto o luqar-comum" (1° parágrafo) e "É mais do que dura
uma viagem lisérgica." (3° parágrafo), as expressões grifadas ratificam a ideia de viagem como
algo trivial.
( ) A afirmativa "Quando pensamos em todas as opções que o planeta oferece, dá uma certa
vertigem." (2° parágrafo) reitera as alternativas plurais de destinos possíveis para se viajar.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

81
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

F•V•F•V

b)

V•V•V•F

c)

F•F•F•V

d)

V•V•F•F

e)

F•F•V•V

QUESTÃO 40

No texto 1, a autora se utiliza de vários vocábulos para marcar as informações implícitas e


explícitas ao texto.

Um exemplo, no texto 1, de vocábulo que se refere à "viagem'; de forma implícita, é:


a)

prisão. (1° parágrafo)

b)

droga. (3° parágrafo)

c)

ilusões. (3° parágrafo)

d)

insegurança. (3° parágrafo)

e)

domesticação. (2° parágrafo)

QUESTÃO 41

82
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

No texto 2, a fim de produzir um tom de humor para a tirinha, o autor se utiliza da distribuição
de informações implícitas no texto.

Assinale a alternativa que exemplifique corretamente o uso dessa estratégia.


a)

"Ah, é mesmo!" (2° quadrinho)

b)

"Acho que não." (3° quadrinho)

c)

"A gente tem um mapa?" (2° quadrinho)

d)

"Agora vamos procurar os Estados Unidos." (4° quadrinho)

e)

"Aqui está. Olha como é perto! Será uma viagem curta!" (4° quadrinho)

QUESTÃO 42

83
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

No texto 3, a relação de sentido entre o 1° e o 2° quadrinho se dá por meio


de:

a)

hipótese.

b)

dedução.

c)

ratificação.

d)

concessão.

e)

conclusão.

QUESTÃO 43

Texto 4

Explosão estelar

84
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Em meio à imensidão escura do universo, a principal fonte de informações utilizada até


agora pelos cientistas para descortinar os mistérios do cosmo havia sido a luz. Pelo
brilho das estrelas e outros corpos afins, os astrofísicos montaram teorias acerca de
sistemas planetários e buracos negros.
Contudo, uma descoberta anunciada na segunda-feira 16 provou que é possível observar
o espaço por meio de outro elemento: o som. No caso, a forma como se registra, em
arquivo de áudio, a propagação das ondas gravitacionais - a primeira detecção desse
tipo, ocorrida em 2015, rendeu o Nobel de Física deste ano ao alemão Rainer Weiss e
aos americanos Barry Barish e Kip Thorne. A novidade agora trazida à tona pelo
laboratório em que trabalham os laureados, o americano Ligo, em parceria com o
italiano Virgo, é a seguinte: pela primeira vez se registrou a colisão de duas estrelas de
nêutrons (astros muito, muito densos que restam da explosão de outras estrelas), graças
ao uso de uma técnica que combina a detecção da luz com o barulho emitido pelas
ondas gravitacionais. Essa forma de estudar o cosmo, por meio da luz e do som, foi
chamada de "astronomia multimensageira". O nome, inspirador, já pegou.
Fonte: Revista Veja. 25/10/2017. Texto adaptado.
Assinale a alternativa correta, no que se refere à temática do texto 4:

a)

A observação do choque de dois astros por meio de uma técnica que mistura
luz e som.

b)

A descoberta de um novo planeta no sistema solar por meio da observação


do choque entre estrelas.

c)

A explicação de uma nova abordagem teórica da astrofísica: a


desconsideração da luz e o foco no som.

d)

A colisão de dois asteroides por meio da propagação de ondas


gravitacionais.

e)

O estudo do buraco negro por meio de uma investigação que combina ondas
sonoras radioativas.

QUESTÃO 44

85
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Assinale a alternativa que traz uma referência direta à "astronomia
multimensageira" no texto 4.

a)

"o som" (2° parágrafo)

b)

"teorias" (1° parágrafo)

c)

"fonte de informações" (1° parágrafo)

d)

"forma de estudar o cosmo" (2° parágrafo)

e)

"propagação das ondas gravitacionais" (2° parágrafo)

QUESTÃO 45

Assinale a alternativa que é um exemplo de recurso linguístico usado para


sinalizar um subsequente detalhamento ou explicação do conteúdo de um
termo precedente, no texto 4.

a)

"Contudo" (2° parágrafo)

b)

"a seguinte" (2° parágrafo)

c)

"primeira vez" (2° parágrafo)

d)

"em parceria com" (2° parágrafo)

e)

"a primeira detecção" (2° parágrafo)

86
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 46

O texto 4, ao explorar o conteúdo temático em um dado estilo, organização e


construção textual típicos, é considerado um exemplar do gênero discursivo:

a)

crônica.

b)

editorial.

c)

artigo de opinião.

d)

relatório.

e)

notícia.

QUESTÃO 47

Compreende-se do texto, que o ser humano tem direito

a)

de agir de forma autônoma, em nome da lei da sobrevivência das espécies.

87
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

de ignorar o direito do outro se isso lhe for necessário para defender seus
interesses.

c)

de demandar ao sistema judicial a concretização de seus direitos.

d)

à institucionalização do seu direito em detrimento dos direitos de outros.

e)

a uma vida plena e adequada, direito esse que está na essência de todos os
direitos.

QUESTÃO 48

Em cada uma das opções a seguir é apresentada uma proposta de reescrita


do segundo parágrafo do texto . Assinale a opção em que a proposta de
reescrita mantém o sentido e a correção gramatical do referido texto.

a)

É em torno da substância que é o direito à vida que todos os direitos


combinam-se, desdobram-se, somam-se para que o sistema se aproxime cada
vez mais da ideia concretizável de justiça social.

b)

O direito à vida é substância em torno da qual todos os direitos se conjugam,


se desdobram, se somam para o sistema ficar cada vez mais próximo da ideia
de justiça social que se concretiza.

c)

O direito à vida é a substância em cujo torno todos os direitos conjugam-se, se


desdobram, se somam para que o sistema fique mais e mais próximo da ideia
de justiça social concretizável.

d)

É o direito à vida componente pelo qual todos os direitos são conjugados,


desdobrados e somados para que o sistema fique cada dia mais aproximado
da ideia de concretização da justiça social.

e)

88
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O direito à vida é a matéria em volta de quem os direitos se conjugam,
desdobram-se e somam para a ideia concretizável de justiça social ficar mais
próxima do sistema.

QUESTÃO 49

No texto , o período “Mais valeria que a vida atravessasse as páginas da Lei


Maior a se traduzir em palavras que fossem apenas a revelação da justiça”
(ℓ.12 a 14) expressa

a)

um pedido.

b)

um anseio.

c)

um compromisso.

d)

uma condição.

e)

uma frustração.

QUESTÃO 50

Sem prejuízo para a coerência e para a correção gramatical do texto , a


conjunção “Quando” (ℓ.14) poderia ser substituída por

a)

Se.

b)

Caso.

c)

À medida que.

89
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

Mesmo se.

e)

Apesar de.

QUESTÃO 51

Conforme as ideias do texto ,

a)

o Poder Judiciário brasileiro desempenha seu papel com fundamento no


princípio da soberania popular.

b)

os magistrados do Brasil deveriam ser escolhidos pelo voto popular, como


ocorre com os representantes dos demais poderes.

c)

os magistrados italianos, ao contrário dos brasileiros, exercem o poder que lhes


é conferido em nome de seus nacionais.

d)

há incompatibilidade entre o autogoverno da magistratura e o sistema


democrático.

e)

os magistrados brasileiros exercem o poder constitucional que lhes é atribuído


em nome do governo federal.

90
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

QUESTÃO 52

No texto, o vocábulo ‘emana’ (ℓ.2) foi empregado com o sentido de

a)

trata.

b)

provém.

c)

manifesta.

d)

pertence.

e)

cabe.

QUESTÃO 53

No texto , o termo “isso” (ℓ.9) retoma as ideias anteriormente expostas,


especialmente a ideia de que

a)

o poder popular é exercido pelos representantes eleitos pelo povo.

b)

os juízes são “autênticos agentes do poder popular” (ℓ.8).

c)

o poder dos juízes é legítimo por ser compatível com “as regras do Estado de
direito” (ℓ. 7 e 8).

d)

os juízes italianos pronunciam a sentença em nome do povo, porque assim


determina a Constituição.

91
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

o Estado distribui o poder popular entre os juízes.

QUESTÃO 54

Infere-se do texto que

I- a injustiça faz que as “gerações que vêm nascendo” (ℓ.3) sejam mais desonestas e rudes que
as gerações passadas.
II- a injustiça é considerada um empecilho à atuação íntegra e idônea das gerações futuras.
III- a injustiça é responsável pela degradação dos homens, que, desanimados, ficam à mercê do
destino.

Assinale a opção correta.


a)

Apenas o item I está certo.

b)

Apenas o item II está certo.

c)

Apenas os itens I e III estão certos.

d)

Apenas os itens II e III estão certos.

92
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

Todos os itens estão certos.

QUESTÃO 55

No que se refere ao gênero textual, o texto,classifica-se como

a)

resenha.

b)

discurso.

c)

verbete.

d)

notícia.

e)

relato histórico.

Questão 56

No texto , o verbo corroborar, em “corroborada pela ação dos homens


públicos” (ℓ.15), foi empregado com o sentido de

a)

reforçar.

b)

aplacar.

c)

sanear.

d)

elaborar.

e)

mitigar.

93
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

QUESTÃO 57

No último parágrafo do texto , a forma pronominal “la”, em “apontá-la” (ℓ.19),


retoma

a)

“a ruína da justiça” (ℓ.14).

b)

“autoria incontroversa” (ℓ.18).

c)

“ação dos homens públicos” (ℓ.15).

d)

“falta de punição” (ℓ. 17 e 18).

e)

“a mais grave de todas as ruínas” (ℓ.16).

QUESTÃO 58

Da morte para a vida

Um velho professor e médico cardiologista foi abordado pelo jovem aluno: −


Mestre, dizem as estatísticas que é altíssima a incidência de mortes por causas
cardíacas. O professor respondeu prontamente: − E do que você preferiria que as
pessoas morressem? Lembrava ao discípulo, com isso, os limites do homem e da
ciência, que fazem frente às aspirações ideais das criaturas, ao seu anseio de
imortalidade.
Sendo inevitável, nem por isso deixa a morte de prestar algum serviço aos vivos.
Não, não me refiro à morte dos monstros antropomórficos que volta e meia põem em
risco nossa humanidade; falo dos corpos que continuam de alguma forma vivos nos
órgãos transplantados, nas aulas de anatomia, corpos que, investigados, ajudam a
esclarecer os caminhos da moléstia que os vitimou. Falo dos préstimos que os homens
sabem tomar da morte.
Também no plano filosófico a morte pode surgir como estímulo para viver melhor.
É o que afirmavam os velhos pensadores estoicos, quando lembravam que o bem viver é
também a melhor preparação possível para a morte. Lembrarmo-nos sempre de nossa
finitude é mais do que uma lição de humildade: é um convite para intensificar o sentido
do tempo de que dispomos para seguir na vida. É de Sêneca esta lição: “Vivo de modo

94
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
que cada dia seja para mim a vida toda; e não me apego a ele como se fosse o último,
mas o contemplo como se pudesse também ser o último”.
(Anastácio Fontes Ribeiro, inédito)
Entende-se que no contexto do segundo e do terceiro parágrafos devem ser
considerados préstimos que os homens sabem tomar da morte

a)

os justos serviços que nos presta a morte quando decide afastar do nosso
convívio o que se figura como monstros antropomórficos.

b)

as reais possibilidades que temos de encontrar algum alento religioso depois


que experimentamos as perdas dos nossos entes queridos.

c)

as oportunidades que passamos a ter de exercitar nossa humildade assim


como as de alimentar os mais altos ideais filantrópicos.

d)

os benefícios que podem advir de uma observação científica dos corpos e de


uma intensificação do sentido mesmo do que seja viver.

e)

os estímulos que nos levam à leitura dos autores clássicos, em cujos textos
encontramos o menosprezo pela nossa condição de mortais.

QUESTÃO 59

De acordo com os estoicos, cuja posição diante da morte está resumida na


citação de Sêneca, deve-se viver

a)

de modo a desgarrar-se da ideia de morrer, para que cada dia seja


aproveitado como se propiciasse uma abertura para a eternidade.

b)

como se cada dia fosse uma preparação para o que haverá de melhor nos
dias seguintes, em vez de se afligir com a possibilidade de morrer.

c)

95
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
evitando alimentar toda e qualquer aspiração a um futuro melhor, assumindo-
se com coragem e resignação as provações do cotidiano.

d)

desapegando-se do sentido mesmo da vida, o que significa prepararmo-nos


para morrer com a dignidade de quem sabe ser humilde.

e)

intensificando-se o sentido de cada dia, de modo que cada experiência


cotidiana seja ao mesmo tempo uma totalidade e uma ultimação.

QUESTÃO 60

Considerando-se o contexto, traduz-se adequadamente o sentido de um


segmento do texto em:

a)

é altíssima a incidência (1° parágrafo) // é superlativa a injunção

b)

fazem frente às aspirações (1° parágrafo) // confrontam as idealizações

c)

moléstia que os vitimou (2° parágrafo) // insanidade que os degenerou

d)

Também no plano filosófico (3° parágrafo) // Adstrito ao patamar cognitivo

e)

convite para intensificar (3° parágrafo) // indução para radicalizar

QUESTÃO 61

Atenção: A questão refere-se a este fragmento de uma obra célebre, escrita na segunda
década do século XVI.

De um poder concedido

Aqueles que somente por sorte se tornam príncipes pouco trabalho têm para isso, é
claro, mas se mantêm assim muito penosamente. Não têm dificuldade nenhuma em
alcançar o posto, porque para aí voaram; surge, porém, toda sorte de dificuldades
depois da chegada. (...) É o que acontece quando o Estado foi concedido ao príncipe ou

96
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
por dinheiro ou por graça de quem o concede. Tais príncipes estão na dependência
exclusiva da vontade e da boa situação de quem lhes propiciou o poder, isto é, de duas
coisas extremamente volúveis e instáveis.
(MAQUIAVEL, Nicolau. O Príncipe. Trad. de Lívio Xavier. São Paulo: Abril Editora,
Os Pensadores, 1973, p. 33)
O pensador Maquiavel trata, neste fragmento, do específico poder de um
príncipe que,

a)

tendo chegado a esse posto por méritos pessoais, encontra sérias dificuldades
para manter seu poder valendo-se exclusivamente desses méritos.

b)

ao assumir pela graça de alguém sua posição de poder, imagina que deverá
livrar-se com facilidade da influência de seu benfeitor.

c)

tendo devido a um terceiro a graça que o levou a esse alto posto, passa a
depender de quem o agraciou com o poder para de fato conseguir exercê-
lo.

d)

sentindo-se obrigado a retribuir o favor dos poderosos, acaba por se esquecer


dos direitos daqueles que deveria governar com lealdade.

e)

ao pretender que seus reais méritos de governante sejam reconhecidos, verá


que todos o acusarão de ter sido bafejado pela sorte ou pelo dinheiro.

QUESTÃO 62

Esclarece-se adequadamente, em redação correta e clara, o sentido de um


segmento do texto em:

a)

somente por sorte se tornam príncipes = a menos que por previlégio cheguem
a um principado

b)

97
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
se mantêm assim muito penosamente = permanecem desta feita em extrema
penúria

c)

toda sorte de dificuldades = todos os asares possíveis

d)

por graça de quem o concede = por obra intrínsica de quem lhe tem
condescendência

e)

na dependência exclusiva da vontade = na restrita subordinação ao desejo

QUESTÃO 63

Crônicas contemporâneas

O gênero da crônica, entendida como um texto curto de periódico, que se aplica


sobre um acontecimento pessoal, um fato do dia, uma lembrança, um lance narrativo,
uma reflexão, tem movido escritores e leitores desde os primeiros periódicos. No
pequeno espaço de uma crônica pode caber muito, a depender do cronista. Se ele se
chamar Rubem Braga, pode caber tudo: esse mestre maior dotou a crônica de uma
altura tal que pôde dedicar-se exclusivamente a ele ocupando um lugar entre os nossos
maiores escritores, de qualquer gênero.
Jovens cronistas de hoje, com colunas nos grandes jornais, vêm demonstrando
muita garra, equilibrando-se entre as miudezas quase inconfessáveis do cotidiano
pessoal, às quais se apegam sem pudor, e a uma espécie de investigação crítica que
pretende ver nelas algo de grandioso. É como se na padaria da esquina pudesse de
repente representar-se uma cena de Hamlet ou de alguma tragédia grega; é como se,
no banheiro do apartamento, o espelhinho do armário pudesse revelar a imagem-
síntese dos brasileiros. Talvez esteja nesse difícil equilíbrio um sinal dos tempos
modernos, quando, como numa crônica, impõe-se combinar a condição mais pessoal de
cada um com a responsabilidade de uma consciência coletivista, que a todos nos
convoca.
(Diógenes da Cruz, inédito)
Os jovens cronistas de hoje, referidos no segundo parágrafo.
a)

distinguem-se dos cronistas antigos pelo fato de não considerarem os


incidentes domésticos como assunto digno de uma crônica.

b)

98
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
devem a Rubem Braga a orientação para se dedicarem exclusivamente ao
gênero da crônica, uma vez que querem tratar de grandes temas universais.

c)

preferem confinar na estreiteza do cotidiano seu espaço de inspiração, em


crônicas em que exercitam uma linguagem de alto teor político.

d)

buscam combinar seu interesse pela realidade pessoal e imediata com o voo
mais alto de uma crônica de maior alcance crítico.

e)

exploram a possibilidade de reduzir os temas mais grandiosos à dimensão risível


de um cotidiano onde eles não possam ter lugar.

QUESTÃO 64

Considerando-se o contexto, traduz-se adequadamente o sentido de um


segmento do texto em:

a)

dotou a crônica de uma altura tal (1° parágrafo) // elevou o gênero a um


patamar tão alto

b)

pôde dedicar-se exclusivamente (1° parágrafo) // fez tudo por merecer


exclusividade

c)

miudezas quase inconfessáveis (2° parágrafo) // peripécias praticamente


ocultas

d)

às quais se apegam sem pudor (2° parágrafo) // das quais pouca vergonha
assimilam

e)

impõe-se combinar (2° parágrafo) // torna-se compulsório negociar

99
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 65

Está clara e correta a redação deste livre comentário sobre o texto:

a)

Ao frequentarem os periódicos, através de colunas regulares, a crônica


sempre esteve no agrado do público, onde o gosto é agraciado pela
linguagem informal.

b)

Detectam-se, naquele texto, profundas diferenças entre as crônicas de Rubem


Braga, um mestre no gênero, e aquelas assinadas pelos jovens escritores de
hoje.

c)

É comum que nas crônicas da contemporaniedade, os temas mais


corriqueiros, busquem ganhar altura e importância, segundo requerem os
jovens cronistas.

d)

Não há porquê um cronista contemporâneo deixar de se referir à mitos


clássicos, embora as crônicas sejam consideradas de acordo com um gênero
menor.

e)

Um dos desafios de nosso tempo aos cronistas jovens, está na dificuldade de


se conciliar o interesse extritamente individual com o interesse coletivista.

QUESTÃO 66

Máquinas monstruosas

À medida que foram surgindo, muitas máquinas despertaram terror nos homens.
Multiplicando a força dos órgãos humanos, elas acentuavam-lhes a potência, de modo
que a engrenagem oculta que as fazia funcionar resultava lesiva para o corpo: feria-se
quem descuidasse das próprias mãos. Mas aterrorizavam sobretudo porque atuavam
como se fossem coisas vivas: era impossível não ver como viventes os grandes braços
dos moinhos de vento, os dentes das rodas dos relógios, os dois olhos ardentes da
locomotiva à noite. As máquinas pareciam, portanto, quase humanas, e é nesse
“quase” que residia a sua monstruosidade.

100
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
(Adaptado de: ECO, Umberto (org.) História da beleza. Trad. Eliane Aguiar. Rio de
Janeiro: Record, 2014, p. 382)
Ao surgirem na História humana, as máquinas já chegaram a despertar terror
nas pessoas pelo fato de

a)

substituírem os membros humanos, demonstrando que fôramos despojados de


partes dos nossos corpos.

b)

funcionarem como simulacros dos órgãos humanos, aparentando ter vida


própria e assemelhada à do nossos corpos.

c)

ostentarem grande hostilidade ao desempenhar funções que eram quase


incompreensíveis para a maioria das pessoas.

d)

se tornarem monstruosas graças à eficácia e à velocidade com que


desempenhavam as funções para as quais foram planejadas.

e)

imprimirem aos nossos sentidos e sensações um tipo de bloqueio que lhes era
inteiramente desconhecido até então.

QUESTÃO 67

Ações e limites

Quem nunca ouviu a frase “Conte até dez antes de agir”? Não é comum que se
respeite esse conselho, somos tentados a dar livre vasão aos nossos impulsos, mas a
recomendação tem sua utilidade: dez segundos são um tempo precioso, podem ser a
diferença entre o ato irracional e a prudência, entre o abismo e a ponte para um outro
lado. Entre as pessoas, como entre os grupos ou grandes comunidades, pode ser
necessário abrir esse momento de reflexão e diplomacia, que antecede e costuma evitar
os desastres irreparáveis.
Tudo está em reconhecer os limites, os nossos e os alheios. Desse reconhecimento
difícil depende nossa humanidade. Dar a si mesmo e ao outro um tempo mínimo de
consideração e análise, antes de irromper em fúria sem volta, é parte do esforço
civilizatório que combate a barbárie. A racionalidade aceita e convocada para moderar o
tumulto passional dificilmente traz algum arrependimento. Cansamo-nos de ouvir: “Eu

101
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
não sabia o que estava fazendo naquela hora”. Pois os dez segundos existem exatamente
para nos dar a oportunidade de saber.
O Direito distingue, é verdade, o crime praticado sob “violenta emoção” daquele
“friamente premeditado”. Há, sim, atenuantes para quem age criminosamente sob o
impulso do ódio. Mas melhor seria se não houvesse crime algum, porque alguém se
convenceu da importância de contar até dez.
(Décio de Arruda Tolentino, inédito)
A recomendação de se distinguir entre o ato irracional e a prudência, no
primeiro parágrafo, é retomada nesta outra formulação do texto:

a)

Não é comum que se respeite esse conselho (1° parágrafo).

b)

Tudo está em reconhecer os limites, os nossos e os alheios (2° parágrafo).

c)

é parte do esforço civilizatório que combate a barbárie (2° parágrafo).

d)

consideração e análise, antes de irromper em fúria sem volta (2° parágrafo).

e)

atenuantes para quem age criminosamente sob o impulso do


ódio (3°parágrafo).

QUESTÃO 68

Considerando-se o contexto, traduz-se adequadamente o sentido de um


segmento do texto em:

a)

nos dar a oportunidade de saber (2° parágrafo) // ensejar-nos a ocasião de ter


ciência

b)

antecede [...] os desastres irreparáveis (1° parágrafo) // precede os


sobressaltos desconcertados

c)

é parte do esforço civilizatório (2° parágrafo) // participa do arremedo cultural

d)

102
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
convocada para moderar (2° parágrafo) // instaurada para mediar

e)

dar livre vasão aos nossos impulsos (1° parágrafo) // impulsionar nossos desejos

QUESTÃO 69

Está clara e correta a redação deste livre comentário sobre o texto:

a)

Não ocorrendo algum espaço de tempo entre o nosso impulso instintivo e


alguma reflexão, incorreremos na violência da absoluta irracionalidade.

b)

A menos que se deixe haver um momento de reflexão, é forte nosso risco de se


arrepender por conta da natureza dos nossos instintos.

c)

Os que se deixam levar pelas emoções, via de regra irão se arrepender por
conta do gesto irrefletido de cujos efeitos serão abalados.

d)

Não fossem aqueles segundos necessários à uma boa avaliação, muitos se


arrependeriam por se haver deixados dominar pelos impulsos de fúria.

e)

Seremos mártires de nossos próprios impulsos, no caso de nos pormos à prova


de barbárie, quando respondemos de forma instintiva a uma provocação.

QUESTÃO 70

Os impulsos instintivos são brutais.


A irracionalidade marca os impulsos instintivos.
Precisamos dominar nossos impulsos instintivos.

As orações acima estão articuladas, de modo claro, coerente e correto, no seguinte período:
a)

Dado que os instintos sejam brutais, em razão de sua irracionalidade, sendo


necessário que nos urge dominá-los.

b)

103
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Os brutais impulsos instintivos caracterizam-se pela irracionalidade, motivo pelo
qual se impõe que os dominemos.

c)

Urge que venhamos a dominar aos nossos impulsos instintivos, conquanto


marcam nossa brutalidade.

d)

O domínio dos impulsos instintivos mais brutais precisam de se impor diante de


sua irracionalidade.

e)

Sendo brutais, os impulsos instintivos cuja a marca é a irracionalidade, impõe-


se que sejam dominados.

QUESTÃO 71

O lugar-comum

O lugar-comum, ou chavão, nos faculta falar e pensar sem esforço. Ninguém é


levado a sério com ideias originais, que desafiam nossa preguiça. Ouvem-se aqui e ali
frases como esta, dita ainda ontem por um político:
− Este país não fugirá de seu destino histórico!
O sucesso de tais tiradas é sempre infalível, embora os mais espertos possam
desconfiar que elas não querem dizer coisa alguma. Pois nada foge mesmo ao seu
destino histórico, seja um império que desaba ou uma barata esmagada.
(Adaptado de: QUINTANA, Mário. Caderno H. Porto Alegre: Globo, 1973, p. 52)
Segundo o escritor Mário Quintana, é próprio do lugar-comum

a)

acionar os mais espertos para que estes venham a descobrir o significado que
o chavão costuma encerrar.

b)

deixar-se impregnar de um tipo de originalidade que acaba enfadando as


pessoas mais acomodadas.

c)

dever o sucesso de sua propagação ao fato de parecer dizer muito quando


na realidade nada significa.

104
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

provocar em quem o ouça uma reação positiva, marcada pela surpresa do


ineditismo de sua formulação.

e)

atuar sobre nós como uma forma concentrada de sabedoria, que a poucos se
dá a compreender.

QUESTÃO 72

No segmento

a)

Ninguém é levado a sério com ideias originais, que desafiam nossa preguiça, a
exclusão da vírgula altera o sentido da frase.

b)

O lugar-comum, ou chavão, nos faculta falar e pensar sem esforço, o


elemento sublinhado tem o mesmo sentido de involuntariamente.

c)

Ouvem-se aqui e ali frases como esta, a forma verbal é exemplo de voz ativa.

d)

embora os mais espertos possam desconfiar, o elemento sublinhado tem o


mesmo valor semântico de uma vez que.

e)

nada foge mesmo ao seu destino histórico, a substituição de foge por se


exclui permite manter o restante da frase tal e qual se apresenta.

QUESTÃO 73

105
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

106
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Assinale a alternativa cuja afirmação esteja INCORRETA em relação a
determinadas situações textuais.

a)

O nexo no entanto (l. 06) exprime ideia de oposição.

b)

Embora (l. 23) poderia ser substituído por conquanto, sem que isso provocasse
erro ou alteração de significado no parágrafo.

c)

mas também (l. 38) poderia ser substituído por no entanto, sem provocar erro
estrutural ou alteração de significado.

d)

Sem tardança poderia substituir correta e adequadamente logo (l. 46).

e)

A expressão Mas (l. 47) poderia ser substituída por Todavia, sem que isso
provocasse alteração no parágrafo em que está inserida.

QUESTÃO 74

Analise as seguintes afirmações acerca do parágrafo contido entre as linhas 41 e 45 do texto,


assinalando V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) Na linha 41, identifica-se uma oração adverbial intercalada, cujo nexo poderia ser substituído
por desde que, sem que haja necessidade de ajustes ao período.
( ) O referente dos vocábulos eles (l. 43) e deles (l.43) é o mesmo: os pais (l. 42).
( ) Na linha 42, o nexo Quando introduz uma oração adverbial temporal, podendo, sem causar
qualquer alteração ao sentido original do período, ser substituído por À medida que.
( ) Consoante poderia substituir correta e adequadamente Conforme (l. 43), sem provocar
qualquer alteração no período.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:


a)

F – F – F – V.

b)

107
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
F – V – V – F.

c)

F – F – F – F.

d)

V – V – F – V.

e)

V – V – V – V.

QUESTÃO 75

Considere as propostas de reescrita dos complementos verbais das seguintes frases do texto:
• A ONU tem como objetivo erradicar a pobreza até 2030. (l. 26).
• temos uma chance considerável de virtualmente eliminar os males (l. 27 e 28).

I. A ONU tem como objetivo erradicá-la até 2030.


II. A ONU tem como objetivo erradicar-lhe até 2030.
III. Temos uma chance considerável de virtualmente eliminar-los.
IV. Temos uma chance considerável de virtualmente eliminar-lhes.

Desconsiderando-se aspectos relacionados ao processo de referenciação dos pronomes nos


respectivos períodos, quais das propostas de reescritura estão INCORRETAS?
a)

Apenas I e II.

b)

Apenas III e IV.

c)

Apenas I, II e III.

d)

Apenas II, III e IV.

e)

I, II, III e IV.

108
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 76

Analise o seguinte fragmento retirado do texto e as afirmações que são feitas a seguir:
Agora, pensa-se que essa mesma proporção seja inferior a 10%, e a queda continua. “Essa é a
melhor notícia do mundo atual”, disse Jim Yong Kim, presidente do Banco Mundial. (l. 17- 19)

I. A frase sublinhada representa o sujeito da forma verbal pensa, a qual se encontra na voz
passiva sintética.
II. No fragmento, o uso das aspas tem como função indicar uma citação.
III. É possível inferir que há outras notícias que não são tão boas como a referida no fragmento.

Quais estão corretas?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 77

Considere as ocorrências no último parágrafo do texto e as seguintes propostas de reescritura:

I. que seja reconhecido em lugar de reconhecer. (l. 48).


II. isso nos inspirar em lugar de que isso nos inspire (l. 49).
III. que incentive em lugar de incentivar (l. 49).

Quais propostas NÃO mantêm o sentido e a correção dos trechos originais?


a)

Apenas I.

b)

109
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Apenas II.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 78

Analise as afirmações que seguem, relativamente ao uso de pronomes entre as linhas 30 e 35.

I. Na linha 33, os pronomes eu e me têm o mesmo referente, no entanto, têm funções diferentes
na frase em que estão inseridos.
II. O pronome nós (l. 33) funciona como sujeito, responsável pela flexão dos verbos perguntar,
errar, dedicar e dar.
III. O pronome relativo a qual (l. 35) refere-se à expressão impressão equivocada a (l. 35).

Quais estão INCORRETAS?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 79
110
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Analise as afirmações que seguem:

I. flexibilidade poderia substituir a locução de inflexão (l. 09), sem que isso provocasse
alteração de significado.
II. A expressão contra diarreia (l. 13) poderia ser substituída por antidiarreico sem provocar
erro ao texto.
III. centrados substituiria adequada e corretamente de concentração (l. 36).
IV. A expressão sem solução (l. 39) poderia ser substituída por insolúvel, mantendo o sentido
original do texto.

Quais estão INCORRETAS?


a)

Apenas I e IV.

b)

Apenas II e III.

c)

Apenas I, II e III.

d)

Apenas II, III e IV.

e)

I, II, III e IV.

QUESTÃO 80

Analise as seguintes afirmações a respeito do penúltimo parágrafo do texto:

I. A taxa de natalidade pode diminuir à medida que a educação e o conhecimento sobre os


métodos de contracepção forem sendo oferecidos às meninas.
II. Mais educação e mais acesso aos métodos contraceptivos são fatores que podem auxiliar no
declínio da taxa de mortalidade.
III. A garantia de vida dos filhos é uma alavanca para a manutenção das famílias.
IV. Os eventos mundiais de pobreza e de fome estão relacionados ao fato de haver muitas
crianças que vão continuar a reproduzir suas experiências em família.

Quais estão INCORRETAS?


a)

111
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Apenas I e II.

b)

Apenas III e IV.

c)

Apenas I, II e III.

d)

Apenas II, III e IV.

e)

I, II, III e IV.

QUESTÃO 81

112
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

A boa notícia é que aprender novas línguas significa quebrar essa barreira, nos
tornando capazes de perceber nuances que não conseguiríamos antes. (l.40-
41).

113
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Considerando o contexto de ocorrência, a palavra ‘nuances’ poderia ser
substituída, sem acarretar alteração de sentido, por:

a)

sutilezas.

b)

neutralidades.

c)

discrepâncias.

d)

anuências.

e)

assimetrias.

QUESTÃO 82

114
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Analise as seguintes propostas de alteração de expressões do texto:

I. ‘comentar’ (l.03) por ‘reclamar’.


II. ‘influenciar’ (l.07) por ‘moldar’.
III. ‘tem relação’ (l.27) por ‘se relaciona’.

115
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Quais acarretam mudança na estrutura da frase em que estão inseridas?


a)

Apenas I.

b)

Apenas III.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 83

Em relação às ocorrências do pronome ‘eles’ no texto, analise as seguintes assertivas:

I. A ocorrência da linha 13 faz referência aos espanhóis e suecos (l.11) participantes do estudo.
II. A ocorrência da linha 19 se refere aos pesquisadores (l.18).
III. A ocorrência da linha 26 faz referência aos espanhóis (l.24).

Quais estão corretas?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas I e III.

d)

Apenas II e III.

e)

116
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
I, II e III.

QUESTÃO 84

Em relação ao texto, analise as seguintes assertivas:

I. Através do texto, percebe-se que podemos ter mais ou menos sucesso em uma determinada
tarefa devido às línguas que falamos.
II. Em relação aos falantes monolíngues, os falantes bilíngues demostraram ter menos aptidão
nos experimentos realizados, já que demandam mais atenção devido à troca da “chavezinha” das
línguas no cérebro.
III. De acordo com o texto, o objetivo principal do estudo científico era comparar as línguas
espanhola e sueca e a fluência dos respectivos participantes.

Quais estão INCORRETAS?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas III.

d)

Apenas I e II.

e)

Apenas II e III.

QUESTÃO 85

117
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

118
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Assinale a alternativa cuja afirmação esteja INCORRETA em relação a
determinadas situações textuais.

a)

O nexo no entanto (l. 06) exprime ideia de oposição.

b)

Embora (l. 23) poderia ser substituído por conquanto, sem que isso provocasse
erro ou alteração de significado no parágrafo.

c)

mas também (l. 38) poderia ser substituído por no entanto, sem provocar erro
estrutural ou alteração de significado.

d)

Sem tardança poderia substituir correta e adequadamente logo (l. 46).

e)

A expressão Mas (l. 47) poderia ser substituída por Todavia, sem que isso
provocasse alteração no parágrafo em que está inserida.

QUESTÃO 86

Analise as seguintes afirmações acerca do parágrafo contido entre as linhas 41 e 45 do texto,


assinalando V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) Na linha 41, identifica-se uma oração adverbial intercalada, cujo nexo poderia ser substituído
por desde que, sem que haja necessidade de ajustes ao período.
( ) O referente dos vocábulos eles (l. 43) e deles (l.43) é o mesmo: os pais (l. 42).
( ) Na linha 42, o nexo Quando introduz uma oração adverbial temporal, podendo, sem causar
qualquer alteração ao sentido original do período, ser substituído por À medida que.
( ) Consoante poderia substituir correta e adequadamente Conforme (l. 43), sem provocar
qualquer alteração no período.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:


a)

F – F – F – V.

b)

119
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
F – V – V – F.

c)

F – F – F – F.

d)

V – V – F – V.

e)

V – V – V – V.

QUESTÃO 87

Considere as propostas de reescrita dos complementos verbais das seguintes frases do texto:

• A ONU tem como objetivo erradicar a pobreza até 2030. (l. 26).
• temos uma chance considerável de virtualmente eliminar os males (l. 27 e 28).

I. A ONU tem como objetivo erradicá-la até 2030.


II. A ONU tem como objetivo erradicar-lhe até 2030.
III. Temos uma chance considerável de virtualmente eliminar-los.
IV. Temos uma chance considerável de virtualmente eliminar-lhes.

Desconsiderando-se aspectos relacionados ao processo de referenciação dos pronomes nos


respectivos períodos, quais das propostas de reescritura estão INCORRETAS?
a)

Apenas I e II.

b)

Apenas III e IV.

c)

Apenas I, II e III.

d)

Apenas II, III e IV.

e)

I, II, III e IV.

120
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 88

Analise o seguinte fragmento retirado do texto e as afirmações que são feitas a seguir:

Agora, pensa-se que essa mesma proporção seja inferior a 10%, e a queda continua. “Essa é a
melhor notícia do mundo atual”, disse Jim Yong Kim, presidente do Banco Mundial. (l. 17- 19)

I. A frase sublinhada representa o sujeito da forma verbal pensa, a qual se encontra na voz
passiva sintética.
II. No fragmento, o uso das aspas tem como função indicar uma citação.
III. É possível inferir que há outras notícias que não são tão boas como a referida no fragmento.

Quais estão corretas?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 89

Considere as ocorrências no último parágrafo do texto e as seguintes propostas de reescritura:

I. que seja reconhecido em lugar de reconhecer. (l. 48).


II. isso nos inspirar em lugar de que isso nos inspire (l. 49).
III. que incentive em lugar de incentivar (l. 49).

Quais propostas NÃO mantêm o sentido e a correção dos trechos originais?


a)

Apenas I.

b)

121
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Apenas II.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 90

Analise as afirmações que seguem, relativamente ao uso de pronomes entre as linhas 30 e 35.

I. Na linha 33, os pronomes eu e me têm o mesmo referente, no entanto, têm funções diferentes
na frase em que estão inseridos.
II. O pronome nós (l. 33) funciona como sujeito, responsável pela flexão dos verbos perguntar,
errar, dedicar e dar.
III. O pronome relativo a qual (l. 35) refere-se à expressão impressão equivocada a (l. 35).

Quais estão INCORRETAS?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 91
122
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Analise as afirmações que seguem:

I. flexibilidade poderia substituir a locução de inflexão (l. 09), sem que isso provocasse alteração
de significado.
II. A expressão contra diarreia (l. 13) poderia ser substituída por antidiarreico sem provocar
erro ao texto.
III. centrados substituiria adequada e corretamente de concentração (l. 36).
IV. A expressão sem solução (l. 39) poderia ser substituída por insolúvel, mantendo o sentido
original do texto.

Quais estão INCORRETAS?


a)

Apenas I e IV.

b)

Apenas II e III.

c)

Apenas I, II e III.

d)

Apenas II, III e IV.

e)

I, II, III e IV.

QUESTÃO 92

Analise as seguintes afirmações a respeito do penúltimo parágrafo do texto:

I. A taxa de natalidade pode diminuir à medida que a educação e o conhecimento sobre os


métodos de contracepção forem sendo oferecidos às meninas.
II. Mais educação e mais acesso aos métodos contraceptivos são fatores que podem auxiliar no
declínio da taxa de mortalidade.
III. A garantia de vida dos filhos é uma alavanca para a manutenção das famílias.
IV. Os eventos mundiais de pobreza e de fome estão relacionados ao fato de haver muitas
crianças que vão continuar a reproduzir suas experiências em família.

Quais estão INCORRETAS?

123
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

Apenas I e II.

b)

Apenas III e IV.

c)

Apenas I, II e III.

d)

Apenas II, III e IV.

e)

I, II, III e IV.

QUESTÃO 93

Olhador de anúncio

Eis que se aproxima o inverno, pelo menos nas revistas, cheias de anúncios de
cobertores, lãs e malhas. O que é desenvolvimento! Em outros tempos, se o indivíduo
sentia frio, passava na loja e adquiria os seus agasalhos. Hoje são os agasalhos que lhe
batem à porta, em belas mensagens coloridas.
E nunca vêm sós. O cobertor traz consigo uma linda mulher, que se apresta para se
recolher debaixo de sua “nova textura antialérgica”, e a legenda: “Nosso cobertor
aquece os corpos de quem já tem o coração quente”. A mulher parece convidar-nos:
“Venha também”. Ficamos perturbados. Faz calor, um calor daqueles. Mas a página
aconchegante instala imediatamente o inverno, e sentimo-nos na aflita necessidade de
proteger o irmão corpo sob a maciez desse cobertor, e...
Não. A mulher absolutamente não faz parte do cobertor, que é que o senhor estava
pensando? Nem adianta telefonar para a loja ou para a agência de publicidade, pedindo
endereço da moça do cobertor antialérgico de textura nova. Modelo fotográfico é
categoria profissional respeitável, como outra qualquer. Tome juízo, amigo. E leve só o
cobertor.
São decepções de olhador de anúncios. [...].
Mas sempre é bom tomar conhecimento das mensagens publicitárias. É o mundo
visto através da arte de vender. “As lojas fazem tudo por amor". Já sabemos, pela
estória do cobertormulher (uma palavra só) que esse tudo é muito relativo. "Em nossas
vitrinas a japona é irresistível”. Então, precavidos, não passaremos diante das vitrinas. E
essa outra mensagem é, mesmo, de alta prudência: “Aprenda a ver com os dois olhos”.
Precisamos deles para navegar na maré de surrealismo que cobre outro setor da
publicidade: “Na liquidação nacional, a casa x tritura preços”. Os preços virando pó,
num país inteiramente líquido: vejam a força da imagem. Rara espécie animal aparece
de repente: “Comprar na loja y é supergalinha-morta”.

124
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Prosseguimos, invocados, sonhando “o sonho branco das noites de julho”. “Ponha
uma onça no seu gravador". “A alegria está no açúcar”. “Pneu de ombros arredondados
é mais pneu”. “Tip-Tip tem sabor de céu”. “Use nossa palmilha voadora". “Seus pés
estão chorando por falta das meias Rouxinol, que rouxinolizam o andar”. “Neste
relógio, você escolhe a hora”. “Ponha você neste perfume”. “Toda a sua família cabe
neste refrigerador e ainda sobra lugar para o peru de Natal". “Sirva nossa lingerie como
champanha; é mais leve e mais espumante”.
O olhador sente o prazer de novas associações de coisas, animais e pessoas; e esse
prazer é poético. Quem disse que a poesia anda desvalorizada? A bossa dos anúncios
prova o contrário. E ao vender-nos qualquer mercadoria, eles nos dão de presente “algo
mais”, que é o produto da imaginação e tem serventia, as coisas concretas, que também
de pão abstrato se nutre o homem.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Rio de Janeiro: Record, 2005. p. 151-2.


Sobre o texto, leia as afirmativas.
I. É escrito em linguagem-padrão; possui um tom do discurso que varia entre o ligeiro e o
polêmico, comum em crônicas.
II. Há nele caráter reflexivo e interpretativo, que parte de um assunto do cotidiano, um
acontecimento banal.
III. Tem como intuito convencer o leitor, persuadi-lo a concordar com a ideia ou ponto de vista
exposto.
IV. É injuntivo, pois possui a maioria dos verbos no imperativo.
Está correto apenas o que se afirma em:
a)

I, II e III

b)

II e III.

c)

I e III.

d)

II, III e IV.

e)

I e II.

QUESTÃO 94

Verifica-se a interação do locutor em relação ao interlocutor na seguinte


passagem do texto:

125
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

"O olhador sente o prazer de novas associações de coisas, animais e pessoas;


e esse prazer é poético."

b)

"O que é desenvolvimento!"

c)

"E ao vender-nos qualquer mercadoria, eles nos dão de presente 'algo mais’”.

d)

Modelo fotográfico é categoria profissional respeitável, como outra


qualquer.”

e)

" Quem disse que a poesia anda desvalorizada?"

QUESTÃO 95

Texto para responder à questão.

O Dia da Consciência Negra

[...]

O assunto é delicado; em questão de raça, deve-se tocar nela com


dedos de veludo. Pode ser que eu esteja errada, mas parece que no tema de
raça, racismo, negritude, branquitude, nós caímos em preconceito igual ao
dos racistas. O europeu colonizador tem - ou tinha - uma lei: teve uma parte
de sangue negro - é negro. Por pequena que seja a gota de sangue negro no
indivíduo, polui-se a nobre linfa ariana, e o portador da mistura é "declarado
negro”. E os mestiços aceitam a definição e - meiões, quarteirões, octorões - se
dizem altivamente “negros", quando isso não é verdade. Ao se afirmar “negro”
o mestiço faz bonito, pois assume no total a cor que o branco despreza. Mas
ao mesmo tempo está assumindo também o preconceito do branco contra o
mestiço. Vira racista, porque, dizendo-se negro, renega a sua condição de
mulato, mestiço, half-breed, meia casta, marabá, desprezados pela
branquidade. Aliás, é geral no mundo a noção exacerbada de raça, que não
afeta só os brancos, mas os amarelos, vermelhos, negros; todos desprezam o
meia casta, exemplo vivo da infração à lei tribal.

126
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Eu acho que um povo mestiço, como nós, deveria assumir tranquilamente
essa sua condição de mestiço; em vez de se dizer negro por bravata, por
desafio - o que é bonito, sinal de orgulho, mas sinal de preconceito também.
Os campeões nossos da negritude, todos eles, se dizem simplesmente negros.
Acham feio, quem sabe até humilhante, se declararem mestiços, ou meio
brancos, como na verdade o são. “Black is beautiful” eu também acho. Mas
mulato é lindo também, seja qual for a dose da sua mistura de raça. Houve um
tempo, antes de se desenvolver no mundo a reação antirracista, em que até
se fazia aqui no Rio o concurso “rainha das mulatas”. Mas a distinção só valia
para a mulata jovem e bela. Preconceito também e dos péssimos, pois a
mulata só era valorizada como objeto sexual, capaz de satisfazer a
consciência dos homens.

A gente não pode se deixar cair nessa armadilha dos brancos. A gente
tem de assumir a nossa mulataria. Qual brasileiro pode jurar que tem sangue
“puro” nas veias, - branco, negro, árabe, japonês? Vejam a lição de
Gilberto Freyre, tão bonita. Nós todos somos mestiços, mulatos, morenos, em
dosagens várias. Os casos de branco puro são exceção {como os de índios
puros - tais os remanescentes de tribos que certos antropólogos querem
manter isolados, geneticamente puros - fósseis vivos - para eles estudarem...).
Não vale indagar se a nossa avó chegou aqui de caravela ou de navio
negreiro, se nasceu em taba de índio ou na casa-grande. Todas elas somos
nós, qualquer procedência Tudo é brasileiro. Quando uma amiga minha,
doutora, participante ilustre de um congresso médico, me declarou orgulhosa
“eu sou negra” - não resisti e perguntei: “Por que você tem vergonha de ser
mulata?” Ela quase se zangou. Mas quem tinha razão era eu. Na paixão da
luta contra a estupidez dos brancos, os mestiços caem justamente na posição
que o branco prega: negro de um lado, branco do outro. Teve uma gota de
sangue africano é negro - mas tendo uma gota de sangue branco será
declarado branco? Não é.

Ah, meus irmãos, pensem bem. Mulata, mulato também são bonitos e
quanto! E nós todos somos mesmo mestiços, com muita honra, ou morenos,
como o queria o grande Freyre. Raça morena, estamos apurando. Daqui a
500 anos será reconhecida como “zootecnicamente pura" tal como se diz de
bois e de cavalos. Se é assim que eles gostam!

QUEIROZ, Rachel. O Dia da Consciência Negra. O Estado de S. Paulo, São


Paulo, 23nov. 2002. Brasil, caderno 2, p. D16,

Vocabulário:

half-bread:mestiço.

marabá: mameluco.

127
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
meião, quarteirão e octorão: pessoas que têm, respectivamente, metade, um
quarto e um oitavo de sangue negro.

“Black is beautiful”: “O negro é bonito

Sobre o texto leia as afirmativas a seguir.

I. A autora mostra sua opinião sobre uma questão de cidadania a fim de fazer
com que o leitor pare para refletir e valorize o mestiço como raça, não como
estereótipo de beleza ou de sexualidade.

II. A referência ao europeu colonizador norteia a discussão e aponta para a


importância da data além de enfatizaro orgulho do negro.

III. A autora conta os acontecimentos, situando-os no tempo e no espaço,


chamando atenção para uma verdade peculiar ao século passado.

Está correto o que se afirma em:

a)

I. II e III.

b)

II e III. apenas.

c)

I, apenas.

d)

I e III apenas.

e)

I e II, apenas.

QUESTÃO 96

A invenção da escrita tornou possível a um ser humano criar num dado tempo
e lugar uma série de sinais, a que pode reagir outro ser humano, noutro tempo
e lugar. Portanto, é verdadeiro afirmar que alguns textos literários promovem
interação autor/leitor. Aponte a alternativa que possui uma transcrição que
comprova que o texto dialoga diretamente com o leitor.

a)

128
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
"O europeu colonizador tem - ou tinha - uma lei: teve uma parte de sangue
negro - é negro."

b)

"Preconceito também e dos péssimos, pois a mulata só era valorizada como


objeto sexual, capaz de satisfazer a consciência dos homens.”

c)

"Ao se afirmar "negro" o mestiço faz bonito, pois assume no total a cor que o
branco despreza."

d)

“Não vale indagar se a nossa avó chegou aqui de caravela ou de navio


negreiro, se nasceu em taba de índio ou na casa-grande.”

e)

“O assunto é delicado; em questão de raça, deve-se tocar nela com dedos


de veludo.”

QUESTÃO 97

Rachel de Queiroz inicia o quarto parágrafo fazendo referência ao escritor


Gilberto Freyre, recorrendo a um recurso comum a textos dissertativo s
argumentativos.

Esse recurso constitui um argumento de:

a)

contraposição.

b)

autoridade.

c)

causalidade.

d)

contestação

e)

129
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
proporcionalidade.

QUESTÃO 98

“(como os de índios puros - tais os remanescentes de tribos que certos


antropólogos querem manter isolados, geneticamente puros - fósseis vivos -
para eles estudarem...)". Em relação à “como os de índios puros”, o trecho
entre travessões tem o objetivo principal de apresentar uma:

a)

contradição

b)

comparação.

c)

enumeração

d)

especificação.

e)

ressalva.

QUESTÃO 99

O trecho “Aliás, é geral no mundo a noção exacerbada de raça, que não


afeta só os brancos, mas os amarelos, vermelhos, negros; todos desprezam o
meia casta, exemplo vivo da infração à lei tribal.” poderia ser reescrito, sem
prejuízo de significado nem do uso adequado da norma-padrão, da seguinte
forma:

a)

Na verdade, é geral no mundo a noção exacerbada de raça, a qual não


afeta só os brancos, mas os amarelos, vermelhos, negros; todos desprezam o
meia casta, exemplo vivo da infração à lei tribal.

b)

130
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Embora seja geral no mundo, a noção exacerbada de raça, afeta tão
somente os brancos, à medida que, amarelos, vermelhos, negros, todos
desprezam o meia casta, exemplo vivo da infração à lei tribal.

c)

Porquanto, é geral no mundo a noção exacerbada de raça, que não afeta só


os brancos, mas também os amarelos, vermelhos, negros; todos desprezam o
meia casta, exemplo vivo da infração à lei tribal.

d)

No entanto, no mundo geral, a noção exacerbada de raça, que não afeta só


os brancos, mas, sobretudo, os amarelos, vermelhos, negros; todos desprezam
o meia casta, exemplo vivo da infração à lei tribal.

e)

Aliás, é geral no mundo a noção exacerbada de raça, onde afeta não só os


brancos, mas os amarelos, vermelhos, negros; todos desprezam o meia casta,
exemplo vivo da infração à lei tribal.

QUESTÃO 100

Considere as seguintes afirmações sobre aspectos da construção do texto:

I. Em “mas parece que no tema de raça, racismo, negritude, branquitude, nós


CAÍMOS em preconceito... Por pequena que seja a gota de sangue negro do
INDIVÍDUO”, as palavras destacadas recebem acento pela mesma regra de
acentuação.

II. Passando-se para o plural o trecho destacado em “todos desprezam o meia


casta, EXEMPLO VIVO DA INFRAÇÃO À LEI TRIBAL.”, mantendo-se o A no
singular, o sinal indicativo de crase, obrigatoriamente, não poderia ser usado.

III. Em “E os mestiços aceitam a definição e - meiões, quarteirões, octorões - se


dizem altivamente 'negros', quando ISSO não é verdade.”, o elemento
destacado se refere a uma ideia anteriormente expressa.

Está correto apenas o que se afirma em:

a)

131
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
I e II.

b)

II e III.

c)

I.

d)

I e III.

e)

II.

3. Texto: os diversos textos que se apresentam no cotidiano,


escritos nas mais diferentes linguagens verbais e não-verbais
(jornais, revistas, fotografias, esculturas, músicas, vídeos, entre
outros).

QUESTÃO 01

Texto 3
A arte de fazer crônicas
"A crônica não é um gênero maior" já escreveu Antônio Cândido. Graças a Deus,
completou o próprio crítico, porque, "sendo assim, ela fica perto de nós" Na sua
despretensão, humaniza. Fruto do jornal, onde aparece entre notícias efêmeras, a crônica
é um gênero literário que se caracteriza por estar perto do dia a dia, seja nos temas,
ligados à vida cotidiana, seja na linguagem despojada e coloquial do jornalismo. Mais
do que isso, surge inesperadamente, como um instante de alívio para o leitor fatigado
com a frieza da objetividade jornalística.
De extensão limitada, essa pausa se caracteriza exatamente por ir contra as tendências
fundamentais do meio em que aparece - o jornal diário. Se a notícia deve ser sempre
objetiva e impessoal, a crônica é subjetiva e pessoal. Se o jornal é frio, na crônica
estabelece-se uma atmosfera de intimidade entre o leitor e o cronista, que refere
experiências pessoais ou expende juízos originais acerca dos fatos versados. A crônica
não é, portanto, apenas filha do jornal. Trata-se do antídoto que o próprio jornal produz.
Só nele pode sobreviver, porque se nutre exatamente do caráter antiliterário do
jornalismo diário.
O leitor pressuposto da crônica é urbano e, em princípio, um leitor de jornal ou de
revista. A preocupação com esse leitor é que faz com que, entre os assuntos tratados, o
cronista dê maior atenção aos problemas do modo de vida urbano, do mundo
contemporâneo, dos pequenos acontecimentos do dia a dia comuns nas grandes cidades.
Por esse motivo, é uma leitura agradável, pois o leitor interage com os acontecimentos
e, por muitas vezes, se identifica com as ações tomadas pelas personagens.

132
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
NISKIER, A. Disponível em: <http://www.academia.org.br/artigos/arte-de-fazer-
cronicas> Acesso em 12/11/2017. [Adaptado]
Considere os excertos extraídos do texto 3.
1. [...] a crônica é um gênero literário que se caracteriza por estar perto do dia a dia. (1º
parágrafo)
2. De extensão limitada, essa pausa se caracteriza exatamente por ir contra as tendências
fundamentais do meio em que aparece – o jornal diário. (2º parágrafo)
3. Se o jornal é frio, na crônica estabelece-se uma atmosfera de intimidade entre o leitor e o
cronista. (2º parágrafo)
Assinale a alternativa correta, considerando a norma culta da língua escrita.
a)

Em 1, o pronome oblíquo átono pode ser posposto ao verbo.

b)

Em 1, a expressão dia a dia pode ser grafada como dia-a-dia.

c)

Em 2, o travessão pode ser substituído por dois-pontos, pois anuncia uma


enumeração.

d)

Em 2 e 3, há um caso de variação linguística: o pronome oblíquo átono "se"


pode ser anteposto ou posposto ao verbo em cada uma das ocorrências.

e)

Em 3, o vocábulo "Se" que inicia o período pode ser substituído por "Caso", pois
se trata de uma oração subordinada que expressa uma condição.

QUESTÃO 02

Muito presente na esfera jornalística, a charge busca despertar nos leitores a reflexão sobre
problemas que afetam a sociedade. A moradia, tema da charge abaixo, é um deles. Sob o
aspecto linguístico, normalmente, esse gênero de texto apresenta estruturas simples, com
vocabulário e linguagem acessíveis; mas é preciso atentar para o fato de que a compreensão de
um texto depende também da recuperação de informações implícitas.

133
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Analise o que se afirma a seguir, em torno do enunciado proferido por um dos personagens.

I- O pronome pessoal “a gente” já se incorporou à nossa língua, em referência à primeira pessoa


do plural, na linguagem coloquial; como a charge circula na esfera jornalística, o autor tem de
primar pelo uso formal, daí esse emprego ser inapropriado.
II- O pretérito imperfeito representa ação contínua no passado; logo a flexão verbal empregada
pelo autor, associado ao uso do advérbio “sempre”, reforça a ideia de que a falta de moradia é
uma condição permanente.
III- Dada a intenção de interagir com o leitor, o chargista opta pelo uso do pronome “a gente”,
pois o uso de “nós” conduziria a marcar o plural no verbo “nós ficávamos...”, causando certa
artificialidade no modo de falar do personagem, enquanto o “a gente sempre ficava” representa
melhor a linguagem coloquial, adequada ao cenário apresentado.

É CORRETO o que se afirma apenas em


a)

I.

b)

II.

c)

II e III.

d)

III.

e)

134
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
I e III.

QUESTÃO 03

TEXTO 1.

Por que sentimos calafrios e desconforto ao ouvir certos sons


agudos – como unhas arranhando um quadro-negro?

Esta é uma reação instintiva para protegermos nossa audição. A cóclea (parte interna
do ouvido) tem uma membrana que vibra de acordo com as frequências sonoras que ali
chegam. A parte mais próxima ao exterior está ligada à audição de sons agudos; a região
mediana é responsável pela audição de sons de frequência média; e a porção mais final,
por sons graves. As células da parte inicial, mais delicadas e frágeis, são facilmente
destruídas – razão por que, ao envelhecermos, perdemos a capacidade de ouvir sons
agudos. Quando frequências muito agudas chegam a essa parte da membrana, as células
podem ser danificadas, pois, quanto mais alta a frequência, mais energia tem seu
movimento ondulatório. Isso, em parte, explica nossa aversão a determinados sons
agudos, mas não a todos. Afinal, geralmente não sentimos calafrios ou uma sensação
ruim ao ouvirmos uma música com notas agudas.
Aí podemos acrescentar outro fator. Uma nota de violão tem um número limitado e
pequeno de frequências – formando um som mais “limpo”. Já no espectro de som
proveniente de unhas arranhando um quadro-negro (ou de atrito entre isopores ou entre
duas bexigas de ar) há um número infinito delas. Assim, as células vibram de acordo
com muitas frequências e aquelas presentes na parte inicial da cóclea, por serem mais
frágeis, são lesadas com mais facilidade. Daí a sensação de aversão a esse sons agudos e
“crus”.
Ronald Ranvaud, Ciência Hoje,
nº 282.
Em São Paulo diz-se “bexigas”, enquanto no Rio de Janeiro diz-se “balões”.

Essa diferença é um exemplo de


a)

linguagem coloquial.

b)

gíria.

c)

regionalismo.

d)

linguagem erudita.

135
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

arcaísmo.

QUESTÃO 04
Prova: Técnico Judiciário - Área Administrativa

Texto 2

Na entrevista de um jornal mineiro apareciam os depoimentos de dois jovens:

Jovem 1 – Uma luta de boxe é muito mais chocante quando a gente está presente no
ginásio. Nós vemos os golpes e é divertido ver um deles cair à sua frente. Na TV não
tem emoção.
Jovem 2 – Numa luta de boxe, as câmeras filmam todos os detalhes. Quando um dos
lutadores é ferido, o sangue é mostrado na nossa cara. É impressionante. Ver a luta de
perto não é a mesma coisa, os espectadores não veem nada.
No texto 2, a presença de traços da linguagem coloquial é visível nos
depoimentos; a frase que mostra variante formal é:

a)

Uma luta de boxe é muito mais chocante...

b)

...quando a gente está presente no ginásio.

c)

...é divertido ver um deles cair à sua frente.

d)

Na TV não tem emoção.

e)

O sangue é mostrado na nossa cara.

QUESTÃO 05

Controle o colesterol.
Sua saúde agradece!

Você já parou pra pensar em tudo que o seu coração aguenta? Ele bate mais forte
quando estamos apaixonadas, vibra de alegria com uma conquista, fica apertado quando
a tristeza dá as caras e cheio de orgulho quando resolvemos ouvi-lo e, logo depois,
descobrimos que foi a melhor decisão. E, acredite, pior do que decepcioná-lo por uma
136
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
escolha errada ou feri-lo pelo término de um relacionamento seu é não cuidar de seu
bem-estar físico. Desses baques impostos pela vida – mesmo que demore um pouco –
ele se recupera, mas nem sempre tem a mesma sorte quando sofre os impactos negativos
dos nossos maus hábitos. E entre as maiores ameaças à saúde do seu amigo do peito está
o desequilíbrio das taxas de colesterol – principalmente na sua versão ruim, o LDL.
Apesar de essa substância ser fundamental para diversos processos do organismo,
quando ela circula em excesso pela corrente sanguínea é capaz de causar grandes
problemas, como o infarto.
(...)
(REVISTA PENSE E LEVE. O JEITO MAIS GOSTOSO DE SER SAUDÁVEL. X
ano 25-nº 299-junho 2017. Cá entre nós. Editorial. Por Paula Bueno, com pequenas
adaptações para esta prova).
No texto em questão observam-se acentuadas marcas de informalidade na
linguagem utilizada. Em virtude disso, essa linguagem é

a)

inadequada uma vez que na escrita não se admitem marcas linguísticas de


informalidade tão acentuadas.

b)

adequada, apesar das marcas de informalidade, o que não interfere na


compreensão da mensagem.

c)

inadequada porque deveria ter sido elaborada numa linguagem mais formal,
já que é dirigido a um público de especialistas.

d)

adequada porque o público a quem se dirige não poderia entender a


mensagem se escrito em registro um pouco mais formal.

e)

inadequada porque subentende-se que não foi elaborada por especialista.

QUESTÃO 06

O irresistível sotaque dos mineiros me encanta.

Sei que deveria ir mais a Minas Gerais do que vou, umas duas, três vezes ao
ano. Pra rever meus parentes, meus amigos, pra não perder o sotaque.
Sotaque que, acho eu, fui perdendo ao longo dos anos, desde aquele 1973,
quando abandonei Belo Horizonte pra ir morar a mais de dez mil quilômetros de
lá.

137
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Senti isso quando, outro dia, pousei no aeroporto de Uberlândia e fui direto na
lanchonete comer um pão de queijo que, fora de brincadeira, é mesmo o mais
gostoso do mundo.
- Cê qué qui eu isquento um tiquinho procê?
Foi assim que a mocinha me recebeu, quase de braços abertos, como se fosse
uma amiga íntima de longo tempo.
Sei não, mas eu acho que o sotaque mineiro aumentou – e muito – desde que
parti. Quando peguei o primeiro avião com destino à felicidade, todos chamavam o
centro de Belo Horizonte de cidade. O trólebus subia a Rua da Bahia, as pessoas
tomavam Guarapan, andavam de Opala, ouviam Fagner cantando Manera Fru
Fru, Manera, chamavam acidente de trombada e a polícia de Radio Patrulha.
Como pode, meu filho mais velho, que nasceu tão longe de Beagá, e, que hoje
mora lá, me ligar e perguntar:
- E ai pai, tudo jóia, tudo massa?
A repórter Helena de Grammont, quando ainda trabalhava no Show da Vida,
voltou encantada de lá e veio logo me perguntar se o sotaque mineiro era mesmo
assim ou se estavam brincando com ela. Helena estava no carro da Globo,
procurando um endereço perto de Belo Horizonte, quando perguntou para um
guarda de trânsito se ele poderia ajudá-la. A resposta veio de imediato.
- Cê ségui essa istrada toda vida e quando acabá o piche, cê quebra pra lá e
continua siguino toda vida!
Já virou folclore esse negócio de mineiro engolir parte das palavras. Debaixo da
cama é badacama, conforme for é confórfô, quilo de carne é kidicarne, muito
magro é magrilin, atrás da porta é trádaporta, ponto de ônibus é pôndions, litro de
leite é lidileiti, massa de tomate é mastumati e tira isso daí é tirisdaí.
Isso é verdade. Um garoto que mora em São Paulo foi a Minas Gerais e voltou
com essa: Lá deve ser muito mais fácil aprender o português porque as palavras
são muito mais curtas.
Mineiro quando para num sinal de trânsito, se está vermelho, ele pensa: Péra.
Se pisca o amarelo: Prestenção. Quando vem o verde: Podií.
Mas não é só esse sotaque delicioso que o mineiro carrega dentro dele. Carrega
também um jeitinho de ser.
A Gabi, amiga nossa mineira, que mora em São Paulo há anos, toda vez que
vem, aqui em casa, chega com um balaio de casos de Minas Gerais.
Da última vez que foi a Minas, ela viu na mesa de café da tia Teresa uma
capinha de crochê, cobrindo a embalagem do adoçante. Achou aquilo uma graça e
comentou com a tia prendada. Pra quê? Tem dias que Teresa não dorme,
preocupada querendo saber qual é a marca do adoçante que a Gabi usa, pra ela
fazer uma capinha igual, já que ela gostou tanto. Chega a ligar interurbano pra
São Paulo:
- Num isquéci de mi falá a marca do seu adoçante não, preu fazê a capinha de
crocrê procê...
Coisa de mineiro.
Bastou ela contar essa história que a Catia, outra amiga mineira – e praticante
– que estava aqui em casa também, contar a história de um doce de banana divino
que comeu na casa da mãe, dona Ita, a última vez que foi lá. Depois de todos
elogiarem aquele doce que merecia ser comido de joelhos, ela revelou o segredo:
- Cês criditam que eu vi um cacho de banana madurin, bonzin ainda, no lixo do
vizinho, e pensei: Genti, num podêmo dispidiçá não!

138
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Mais de quarenta anos depois de ter deixado minha terra querida, o jeito
mineiro de ser me encanta e cada vez mais.
Quer saber o que é ser mineiro? No final dos anos 80, quando o meu primeiro
casamento se acabou, minha mãe, que era uma mineira cem por cento, queria
saber se eu já “tinha outra”, como se diz lá em Minas Gerais. Um dia, cedo ainda,
ela me telefonou e, ao invés de perguntar assim, na lata, se eu já tinha um novo
amor, usou seu modo bem mineiro de ser:
- Eu tava pensâno em comprá um jogo de cama procê, mas tô aqui sem sabê. Sua
cama nova é di casal ou di soltero?

ADAPTADO. VILLAS, Alberto. Oh! Minas Gerais. In: Carta Capital. Publicado em
10 fev. 2017. Disponível em https://www.cartacapital.com. br/cultura/oh-
minas-gerais.

Considerando o texto Oh! Minas Gerais, em relação à variedade linguística,


assinale a alternativa correta.

a)

A variedade predominante é a diatópica, que expressa a diversidade


linguística-cultural entre regiões geográficas distintas.

b)

A variedade predominante é a diastrática, em que há a utilização de


linguagem escrita e falada.

c)

A variedade dominante é a diafásica, que representa a diversidade


linguística-cultural entre classes sociais.

d)

A variedade predominante é a diamésica, em que há a redução no padrão


morfológico de realização das palavras.

e)

A variedade dominante é a paramétrica, uma vez que o autor emprega tanto


a variedade formal como a informal.

QUESTÃO 07

139
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Disponível em: <http://www.cartacapital.com.br/cultura>. Acesso em: 23 jan. 2017.


[Adaptado]
GLOSSÁRIO:
Adamastor: figura mitológica grega citada na Odisseia, de Homero, na Eneida, de
Virgílio, e em Os Lusíadas, de Camões.
Camões: poeta português do século XVI.
Tétis: deusa grega das águas, amada por Adamastor.
A variedade linguística dominante no texto apresenta-se, simultaneamente,

a)

140
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
informal e caracterizada por regionalismo.

b)

tensa e caracterizada por formalidade.

c)

descontraída e tendente à norma-padrão.

d)

sofisticada e tendente à erudição.

QUESTÃO 08

Assinale a alternativa correta de acordo com a norma culta.

a)

Entrego a Vossa Senhoria vosso pedido.

b)

Há algum tempo, havia mais pedidos de material de escritório.

c)

Refiro-me à Vossa Excelência com deferência.

d)

Fiz várias versões do ofício, onde fica claro a intenção dos funcionários.

e)

O relatório, que segue por malote não precisa ser revisto.

QUESTÃO 09

Leia o Texto 1 para responder a questão


Texto 1
O anúncio
São Paulo amanheceu com centenas de outdoors estampando uma mensagem
desesperada. As pessoas passavam, liam e comentavam umas com as outras. Uns
achavam engraçado, riam, meneavam a cabeça e seguiam. Nos pontos de ônibus,
enquanto aguardavam a condução, apontavam para o painel, esticando o braço. A
ninguém que lesse passava despercebido e as mulheres, especialmente as mais

141
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
românticas, as que ainda sonham com o príncipe, não continham, ainda que
disfarçadamente, um suspiro de inveja, desejando ser o motivo daquele texto. De dentro
do carro, os casais, ao lerem, não resistiam em comentar e apontar o cartaz ao parceiro.
As brincadeiras tentando imaginar o que se passava eram inevitáveis [...].
Simultaneamente, as duas rádios paulistanas de maior audiência, com ouvintes
absolutamente distintos, uma bastante popular e a outra elitizada, começaram a divulgar
várias vezes por dia uma chamada com o mesmo texto dos painéis.
Em uma semana, não havia segmento da sociedade paulistana que não tivesse ao menos
comentado o anúncio. Virou bordão a frase: “Onde está você, Melanie? Sem ti ensande-
ço!” Ninguém sabia se era anúncio de alguma campanha publicitária ou um apaixonado
e desesperado apelo de amor.
De tanto aparecer na mídia, chamou a atenção de um programa sensacionalista de
televisão que investigando o contrato chegou ao anunciante. Recusou-se a dar qualquer
explica- ção sobre o assunto e ameaçou processar os veículos que forneceram os dados
do contrato. Mesmo assim, não pode evitar as chacotas envolvendo sua mensagem.
Apesar do ridículo da exposição, a publicidade servira a seu intento.
Melanie, seu nick, já deletado do site, era tudo o que sabia dela. Nenhuma outra
referência para um contato, entretanto, mantivera o seu, na esperança de que ela pudesse
localizá- lo. Além disso, ela tinha o número do celular. Não conseguia admitir que ela
não quisesse mais vê-lo. Apostava nos anúncios suas últimas esperanças de encontrá-la.
Seu tempo de mídia esgotou-se e ela não veio.
CASTRO, Cláudio de. O que ela é capaz de fazer. Goiânia: Kelps, 2008. p. 25-26.
No enunciado “Onde está você, Melanie? Sem ti ensandeço!” registra-se variação
linguística na

a)

expressão pronominal da segunda pessoa.

b)

forma do verbo estar no presente do indicativo.

c)

prosódia e na entonação das frases utilizadas.

d)

construção sintática das orações empregadas.

QUESTÃO 10

Leia o Texto 1 e leia os Textos 2 e 3 para responder a questão


Texto 1
O anúncio
São Paulo amanheceu com centenas de outdoors estampando uma mensagem
desesperada. As pessoas passavam, liam e comentavam umas com as outras. Uns
achavam engraçado, riam, meneavam a cabeça e seguiam. Nos pontos de ônibus,
enquanto aguardavam a condução, apontavam para o painel, esticando o braço. A
ninguém que lesse passava despercebido e as mulheres, especialmente as mais

142
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
românticas, as que ainda sonham com o príncipe, não continham, ainda que
disfarçadamente, um suspiro de inveja, desejando ser o motivo daquele texto. De dentro
do carro, os casais, ao lerem, não resistiam em comentar e apontar o cartaz ao parceiro.
As brincadeiras tentando imaginar o que se passava eram inevitáveis [...].
Simultaneamente, as duas rádios paulistanas de maior audiência, com ouvintes
absolutamente distintos, uma bastante popular e a outra elitizada, começaram a divulgar
várias vezes por dia uma chamada com o mesmo texto dos painéis.
Em uma semana, não havia segmento da sociedade paulistana que não tivesse ao menos
comentado o anúncio. Virou bordão a frase: “Onde está você, Melanie? Sem ti ensande-
ço!” Ninguém sabia se era anúncio de alguma campanha publicitária ou um apaixonado
e desesperado apelo de amor.
De tanto aparecer na mídia, chamou a atenção de um programa sensacionalista de
televisão que investigando o contrato chegou ao anunciante. Recusou-se a dar qualquer
explica- ção sobre o assunto e ameaçou processar os veículos que forneceram os dados
do contrato. Mesmo assim, não pode evitar as chacotas envolvendo sua mensagem.
Apesar do ridículo da exposição, a publicidade servira a seu intento.
Melanie, seu nick, já deletado do site, era tudo o que sabia dela. Nenhuma outra
referência para um contato, entretanto, mantivera o seu, na esperança de que ela pudesse
localizá- lo. Além disso, ela tinha o número do celular. Não conseguia admitir que ela
não quisesse mais vê-lo. Apostava nos anúncios suas últimas esperanças de encontrá-la.
Seu tempo de mídia esgotou-se e ela não veio.
CASTRO, Cláudio de. O que ela é capaz de fazer. Goiânia: Kelps, 2008. p. 25-26

143
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

.
Texto 3
Menos Luiza Que Está No Canadá
(Composição: Bonilha)

Rubinho vai de Ferrari


Luan vai de Santana
Eu vou de van pra levar minhas barangas
E vai rolar a festa todo mundo vai tá lá
Menos a Luiza que está no Canadá
Tcha tcha tcha, tcha tcha tcha tcha tcha...
Menos a Luiza que está no Canadá.

Tcha tcha tcha, tcha tcha tcha tcha tcha...


Menos a Luiza que está no Canadá.
Rubinho vai de Ferrari
Luan vai de Santana
Eu vou de van pra levar minhas barangas

144
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
E vai rolar a festa todo mundo vai tá lá
Menos a Luiza que está no Canadá

Tcha tcha tcha, tcha tcha tcha tcha tcha...


Menos a Luiza que está no Canadá.
Tcha tcha tcha, tcha tcha tcha tcha tcha...

Menos a Luiza que está no Canadá.


Disponível em:<https://www.letras.mus.br;bonilha-music/menos-luiza-que-esta-no-
canada/> . Acesso em: 20 jan. 2017.
O Texto 2 é escrito numa linguagem diferente dos Textos 1 e 3. A linguagem do
Texto 2 tipifica a variação

a)

diacrônica.

b)

diastrática

c)

diafásica.

d)

diatópica

QUESTÃO 11

Amor de passarinho
Desde que mandei colocar na minha janela uns vasos de gerânio, eles começaram a
aparecer. Dependurei ali um bebedouro, desses para beija-flor, mas são de outra espécie
os que aparecem todas as manhãs e se fartam de água açucarada, na maior algazarra.
Pude observar então que um deles só vem quando os demais já se foram.
Vem todas as manhãs. Sei que é ele e não outro por um pormenor que o distingue dos
demais: só tem uma perna. Não é todo dia que costuma aparecer mais de um passarinho
com uma perna só.
[...]
Ao pousar, equilibra-se sem dificuldade na única perna, batendo as asas e deixando à
mostra, em lugar da outra, apenas um cotozinho. É de se ver as suas passarinhices no
peitoril da janela, ou a saltitar de galho em galho, entre os gerânios, como se estivesse
fazendo bonito para mim. Às vezes se atreve a passar voando pelo meu nariz e vai-se
embora pela outra janela.
[...]
Enquanto escrevo, ele acaba de chegar. Paro um pouco e fico a olhá-lo. Acostumado a
ser observado por mim, já está perdendo a cerimônia. Finge que não me vê, beberica um
pouco a sua aguinha, dá um pulo para lá, outro para cá, esvoaça sobre um gerânio, volta

145
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
ao bebedouro, apoiando-se num galho. Mas agora acaba de chegar outro que,
prevalecendo-se da superioridade que lhe conferem as duas pernas, em vez de
confraternizar, expulsa o pernetinha a bicadas, e passa a beber da sua água. A um canto
da janela, meio jururu, ele fica aguardando os acontecimentos, enquanto eu enxoto o seu
atrevido semelhante. Quer dizer que até entre eles predomina a lei do mais forte! De
novo senhor absoluto da janela, meu amiguinho volta a bebericar e depois vai embora,
não sem me fazer uma reverência de agradecimento.
[...]
Chamei-o de amiguinho, e entendo agora por que Jayme Ovalle, que chegou a ficar
noivo de uma pomba, dizia que Deus era Poeta, sendo o passarinho o mais perfeito
soneto de Sua Criação. Com sua única perninha, este é o meu pequenino e sofrido
companheiro, a me ensinar que a vida é boa e vale a pena, é possível ser feliz.
Desde então muita coisa aconteceu. Para começar, a comprovação de que não era
amiguinho e sim amiguinha – segundo me informou o jardineiro: responsável pelos
gerânios e pelo bebedouro, seu Lourival entende de muitas coisas, e também do sexo
dos passarinhos.
A prova de que era fêmea estava no companheiro que arranjou e com quem logo
começou a aparecer. Este, um pouco maior e mais empombadinho, tomava conta dela,
afastando os concorrentes. E os dois ficavam de brincadeira um com o outro, de cá para
lá, ou mesmo de namoro, esfregando as cabecinhas. Às vezes ela se afastava desses
afagos, voava em minha direção e se detinha no ar a um metro de minha cabeça,
agitando as asas, para em seguida partir feito uma seta janela afora. Não sei o que
procurava exprimir com o ritual dessa proeza de colibri. Alguma mensagem de amor,
em código de passarinho? Talvez não mais que um recado prosaico, vou ali e volto já.
E assim a Pernetinha, como se tornou conhecida entre os meus amigos – alguns
chegaram a conhecê-la pessoalmente –, não passou mais um só dia sem aparecer.
Mesmo durante minhas viagens continuou vindo, segundo seu Lourival, que se
encarrega de manter cheio o bebedouro na minha ausência.
Só de uns dias para cá deixou de vir. Fiquei apreensivo, pois a última vez que veio foi
num dia de chuva, estava toda molhada, as peninhas do peito arrepiadas. Talvez tivesse
adoecido. Não sei se passarinho pega gripe ou morre de pneumonia. Segundo me
esclareceu Rubem Braga, o sádico, costuma morrer é de gato. Ainda mais sendo
perneta. Hoje pela manhã conversei com o jardineiro sobre a minha apreensão: vários
dias sem aparecer! Ele tirou o boné, coçou a cabeça, e acabou contando o que vinha
escondendo de mim, uma pequena tragédia. Debaixo do bebedouro fica um prato
fundo, de plástico, para aparar a água que os passarinhos deixam respingar – mesmo os
bem-educados como a Pernetinha. Numa dessas manhãs, ele a encontrou caída no fundo
do prato, as penas presas num resto pegajoso de água com açúcar. Provavelmente
perdeu o equilíbrio, tombou ali dentro e não conseguiu mais se desprender com a única
perninha.
Compungido, seu Lourival preferiu não me contar nada, porque me viu triste com a
morte do poeta, também meu amigo.
Naquele mesmo dia.
(SABINO, Fernando. 1923-2004 – As melhores crônicas – 14ª ed. – Rio de Janeiro:
Record, 2010. Adaptado.)
“É de se ver as suas passarinhices no peitoril da janela,...” (3º§) A
palavra “passarinhices” deve ser designada como

a)

146
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
dialeto.

b)

idiotismo.

c)

neologismo.

d)

regionalismo.

QUESTÃO 12

Viver para postar


Gregório Duduvier
Amo fazer aniversário. Quando era pequeno (continuo pequeno, eu sei, mas nessa
época era bem pequeno), lembro da frase mágica: "Hoje você pode fazer o que você
quiser" – e o que eu queria era muita coisa. Queria o Tívoli Park, o chico cheese, o
Parque da Mônica, tudo ao mesmo tempo. Sempre acabava optando pelo Tívoli Park –
Pasárgada da minha infância, onde era feliz – e sabia.
Hoje já não tem Tívoli Park – minha Pasárgada fechou depois de diversos casos de
assalto dentro do trem-fantasma – mas a memória dessa liberdade plena e irrestrita volta
sempre que faço aniversário. Por isso, não reclamem se esta coluna flertar com a
autoajuda. Hoje esse é o meu Tívoli Park.
Ser feliz é a melhor maneira de parecer um idiota completo. Para muita gente, a
felicidade dos outros é um acinte. E não estou falando dos invejosos. Não consigo
acreditar que existam invejosos de mim, para mim essa paranoia com a inveja alheia é
delírio narcísico.
Estou falando dos cronicamente insatisfeitos – esses sim existem, e são muitos.
Experimenta dizer que está feliz. O olhar vai ser fulminante, assim como a resposta
mental: "Como é que esse imbecil pode ser feliz num país desses, num calor desses,
com um dólar desses?".
Aprendi que reclamar do calor ou do dólar não reduz a temperatura nem o dólar.
Aprendi que a lei de Murphy só existe pra quem acredita nela. E aprendi que reparar na
felicidade te ajuda a reconhecê-la quando esbarrar com ela de novo – e acho que isso foi
o mais importante.
"A gente só reconhece a felicidade pelo barulhinho que ela faz quando vai embora",
dizia o Jacques Prévert. Dificílimo reconhecer a felicidade quando ela ainda está no
recinto. Caso reconheça, é fundamental fotografar, escrever, desenhar, filmar. Para isso
servem nossos smartphones: para estocar os mais diversos tipos de felicidade em pixels,
áudios e blocos de nota. Às vezes a necessidade de registro pode parecer uma fuga do
presente, mas, pelo contrário, é a documentação da felicidade que estica o presente para
a vida toda.
Sempre que se depara com os melhores momentos da vida – e no caso dele isso
acontece quase todo dia – meu padrasto exclama, com voz de barítono: "Felicidade é
isso aqui". Aproveito para dizer: hoje faço 29 anos e estou irremediavelmente feliz.
147
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Desculpem todos. Vai passar. Mas enquanto isso, aproveito para exclamar, antes que
passe: "Felicidade é isso aqui”.
Disponível
em:http://www1.folha.uol.com.br/colunas/gregorioduvivier/2015/04/1615741-viver-
parapostar.shtml Acesso em:7 set. 2016.
Vocabulário:
Tivoli Park foi um parque de diversões localizado no bairro da Lagoa, na cidade do Rio
de Janeiro, no Brasil. Funcionou de 1973 a 1995.
Há traços de linguagem oral em:

a)

“A gente só reconhece a felicidade pelo barulhinho que ela faz [...]”.

b)

“Aprendi que reclamar do calor ou do dólar não reduz a temperatura o


dólar”.

c)

“Às vezes a necessidade de registro pode parecer uma fuga do presente [...]”.

d)

“Estou falando dos cronicamente insatisfeitos –esses sim existem, e são muitos”.

QUESTÃO 13

Indique se as afirmativas abaixo são verdadeiras (V) ou falsas (F) de acordo com o Texto 3 e
com a norma padrão escrita.
( ) A palavra “recém-nascido” é um advérbio.

148
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
( ) O texto é formado a partir de linguagem verbal e não verbal.
( ) O vocábulo “recebeu” indica que o verbo está flexionado na segunda pessoa do singular, no
pretérito perfeito do indicativo.
( ) A expressão “na vida” exerce a função de complemento indireto do verbo receber.
( ) O emprego do termo “notícia” pode se referir a mais de um contexto.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.
a)

F–V–F–F–V

b)

V–V–F–F–V

c)

V–F–F–V–F

d)

F–V–V–V–F

e)

F–F–V–F–V

QUESTÃO 14

Com relação ao Texto 4, analise as afirmativas abaixo.


I. Nos três primeiros quadrinhos, é utilizada uma variedade linguística característica de
situações informais de comunicação.

149
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
II. As palavras “delinquente” e “traste” são antônimos.
III. No último quadrinho, Calvin sugere que a variedade linguística empregada no seriado é
artificial.
IV. O uso da conjugação de segunda pessoa, a ocorrência de inversão sintática e a escolha do
vocabulário contribuem para o estranhamento causado no leitor nos três primeiros quadrinhos,
por se tratar de um uso informal da língua.
Assinale a alternativa CORRETA.
a)

Somente as afirmativas I e III estão corretas.

b)

Somente as afirmativas I, II e IV estão corretas.

c)

Somente as afirmativas I e II estão corretas.

d)

Somente as afirmativas III e IV estão corretas.

e)

Somente as afirmativas II e IV estão corretas.

QUESTÃO 15

O poder do cérebro em evitar distrações

Diante de um estímulo relevante, nossa mente recorre a um “truque”: a


reação a distrações tende a diminuir, de modo que, comparativamente, o
alvo de interesse ganha destaque em relação aos demais

Por Ferris Jabr

Você está dirigindo por uma rodovia por onde não costuma transitar e sabe
que a saída está em algum lugar desse trecho da estrada, mas nunca a
utilizou antes e não quer perdê-la. Enquanto olha atentamente para um lado
em busca do sinal de saída, numerosas distrações se intrometem em seu
campo visual: cartazes, um conversível charmoso, o toque do celular. Como o
seu cérebro se concentra na tarefa que está realizando? Para responder a
essa pergunta, neurocientistas em geral estudam o modo como o cérebro
reforça sua resposta para o que você está procurando, condicionando-se
com um impulso elétrico especialmente forte quando vê o que procura. Outro
“truque” neurológico pode ser igualmente importante: segundo um estudo

150
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
divulgado pelo periódico científico Journal of Neuroscience, o cérebro
enfraquece sua reação, deliberadamente, perante tudo o mais, de modo
que, comparativamente, o alvo de interesse ganhe destaque. E o mais
curioso: fazemos isso sem sequer perceber.

Os neurocientistas cognitivos John Gaspar e John McDonald, ambos


pesquisadores da Universidade Simon Fraser, na Colúmbia Britânica, Canadá,
chegaram a essa conclusão depois de pedirem a 48 universitários que fizessem
testes de atenção em um computador. Os voluntários deveriam identificar
rapidamente um círculo amarelo isolado em meio a um conjunto de círculos
verdes sem serem distraídos por um círculo vermelho ainda mais chamativo.
Durante todo esse tempo, os pesquisadores monitoraram a atividade elétrica
no cérebro dos estudantes por meio de uma rede de eletrodos conectados a
seu couro cabeludo. Como primeira evidência direta desse processo neural
em ação, os padrões registrados revelaram que o cérebro dos participantes
do experimento consistentemente suprimia reações a todos os círculos, exceto
quando se referia àquelas formas geométricas que estavam procurando.
“Neurocientistas estão cientes da supressão há algum tempo, mas ela não tem
sido tão estudada quanto mecanismos que aumentam a atenção”, salienta
McDonald. “A novidade é que, com esse trabalho, determinamos como é
possível evitar distração por meio da supressão”.

O neurocientista acredita que pesquisas desse tipo, algum dia, poderão ajudar
os cientistas a entender o que ocorre no cérebro de pessoas com problemas
de atenção, como o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
(TDA/H). Em um mundo cada vez mais permeado de distrações, o que é um
importante fator para acidentes de trânsito, qualquer insight sobre como o
cérebro concentra atenção deve despertar também a nossa.

No texto predomina

a)

a variante de caráter histórico.

b)

o registro informal da língua.

c)

a variante de caráter geográfico.

d)

o registro formal da língua.

151
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 16

Texto I

Pesquisa inédita realizada pela CNDL e SPC Brasil buscou avaliar o perfil dos
brasileiros adimplentes e inadimplentes, sendo considerados como: a)
adimplentes: aqueles que pagam regularmente suas compras e dificilmente
têm seu nome negativado nos sistemas de proteção ao crédito. b)
inadimplentes: aqueles que não pagam regularmente suas compras e,
possivelmente, têm seu nome negativado nos sistemas de proteção ao
crédito.

[...]

Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2016.

Texto II

[...]

Pare de acumular dívidas. Corte os cartões de crédito e jogue os cheques


fora, para não soltar uma borracha. Não peça mais cartões ou
financiamentos. Fique longe de empréstimos consignados. Se não pode
comprar algo hoje, também não pode amanhã [...].

Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2016.

Considerando a linguagem desses dois fragmentos textuais, verifica-se que

a)

a função da linguagem, no texto I, centra-se no referente e, no texto II, centra-


se no receptor.

b)

a linguagem utilizada no texto I é informal, enquanto, no texto II, predomina a


linguagem formal.

c)

a função da linguagem, centrada no código, está presente tanto no texto I,


quanto no texto II.

d)

a linguagem utilizada no texto I é conotativa, enquanto, no texto II, predomina


a linguagem denotativa.

e)

152
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a função da linguagem, no texto I, centra-se no referente e, no texto II, centra-
se no relato de informações reais.

QUESTÃO 17

Quem são nossos ídolos?

Claudio de Moura Castro

Eu estava na França nos idos dos anos 80. Ligando a televisão, ouvi por acaso
uma entrevista com um jovem piloto de Fórmula 1. Foi-lhe perguntado em
quem se inspirava como piloto iniciante. A resposta foi pronta: Ayrton Senna. O
curioso é que nessa época Senna não havia ganho uma só corrida
importante. Mas bastou ver o piloto brasileiro se preparando para uma corrida:
era o primeiro a chegar no treino, o único a sempre fazer a pista a pé, o que
mais trocava ideias com os mecânicos e o último a ir embora. Em outras
palavras, sua dedicação, tenacidade, atenção aos detalhes eram tão
descomunais que, aliadas a seu talento, teriam de levar ao sucesso.

Por que tal comentário teria hoje alguma importância?

Cada época tem seus ídolos, pois eles são a tradução de anseios, esperanças,
sonhos e identidade cultural daquele momento. Mas, ao mesmo tempo,
reforçam e ajudam a materializar esses modelos de pensar e agir.

Já faz muito tempo, Heleno de Freitas foi um grande ídolo do futebol. Segundo
consta, jactava-se de tomar uma cachacinha antes do jogo, para aumentar a
criatividade. Entrava em campo exibindo seu bigodinho e, após o gol, puxava
o pente e corrigia o penteado. O ídolo era a genialidade pura do futebol-arte.

Mais tarde, Garrincha era a expressão do povo, com sua alegria e


ingenuidade. Era o jogador cujo estilo brotava naturalmente. Era a
espontaneidade, como pessoa e como jogo, e era facilmente amado pelos
brasileiros, pois materializava as virtudes da criação genial.

Para o jogador "cavador", cabia não mais do que um prêmio de consola- ção.
Até que veio Pelé. Genial, sim. Mas disciplinado, dedicado e totalmente
comprometido a usar todas as energias para levar a cabo sua tarefa. E de
atleta completo e brilhante passou a ser um cidadão exemplar.

É bem adiante que vem Ayrton Senna. Tinha talento, sem dúvida. Mas tinha
mais do que isso. Tinha a obsessão da disciplina, do detalhe e da dedicação
total e completa. Era o talento a serviço do método e da premeditação, que
são muito mais críticos nesse desporto.

153
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Há mais do que uma coincidência nessa evolução. Nossa escolha de ídolos
evoluiu porque evoluímos. Nossos ídolos do passado refletiam nossa
imaturidade. Era a época de Macunaíma. Era a apologia da genialidade
pura. Só talento, pois esforço é careta. Admirávamos quem era talentoso por
graça de Deus e desdenhávamos o sucesso originado do esforço.
Amadurecemos. Cresceu o peso da razão nos ídolos. A emoção ingênua
recuou. Hoje criamos espaço para os ídolos cujo êxito é, em grande medida,
resultado da dedicação e da disciplina – como Pelé e Senna.

Mas há o outro lado da equação, vital para nossa juventude. Necessitamos de


modelos que mostrem o caminho do sucesso por via do esforço e da
dedicação. Tais ídolos trazem um ideário mais disciplinado e produtivo.

Nossa educação ainda valoriza o aluno genial, que não estuda – ou que,
paradoxalmente, se sente na obrigação de estudar escondido e jactar-se de
não fazê-lo. O cê-dê-efe é diminuído, menosprezado, é um pobre-diabo que
só obtém bons resultados porque se mata de estudar. A vitória comemorada é
a que deriva da improvisação, do golpe de mestre. E, nos casos mais tristes,
até competência na cola é motivo de orgulho.

Parte do sucesso da educação japonesa e dos Tigres Asiáticos provém da


crença de que todos podem obter bons resultados por via do esforço e
da dedicação. Pelo ideário desses países, pobres e ricos podem ter sucesso, é
só dar duro.

O êxito em nossa educação passa por uma evolução semelhante à que


aconteceu nos desportos – da emoção para a razão. É preciso que o sucesso
escolar passe a ser visto como resultado da disciplina, do paroxismo de
dedica- ção, da premeditação e do método na consecução de objetivos.

A valorização da genialidade em estado puro é o atraso, nos desportos e na


educação. O modelo para nossos estudantes deverá ser Ayrton Senna, o
supremo cê-dê-efe de nosso esporte. Se em seu modelo se inspirarem, vejo
bons augúrios para nossa educação.

Disponível em:
http://veja.abril.com.br/idade/educacao/060601/ponto_de_vista.html. Acesso
em: jul. 2016.

Sobre a constituição do texto, é correto afirmar, EXCETO:

a)

No 1º parágrafo, o autor faz uso da 1ª pessoa do singular, o que não atrapalha


a confiabilidade de seu texto.

154
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

No 3º parágrafo, apresenta-se a tese que será defendida ao longo do texto.

c)

Utiliza-se de uma linguagem formal, o que dá ao leitor a ideia de um


batepapo.

d)

Utiliza-se da exemplificação, para melhor compreensão do tema a ser tratado.

QUESTÃO 18

A questão refere-se ao texto reproduzido a seguir.


O futuro do trabalho
Thomaz Wood Jr.
Quando se observam carreiras e profissões, tem-se a sensação de que tudo que era
sólido agora se desmancha no ar. O mago, ou vilão transformador, costuma ser a
tecnologia, força capaz de abalar indústrias e desestruturar trajetórias.
O impacto é especialmente visível nas carreiras das indústrias criativas e da mídia.
Nos últimos 20 anos, as indústrias musicais, as editoras de livros, as revistas e os jornais
foram impactados pelas novas tecnologias da informação e de comunicação. Mudaram
as formas de produzir e de trabalhar. Para melhor ou para pior? Há controvérsias.
Os arautos do fim do mundo denunciam a precariedade galopante das novas relações
de trabalho. Os profetas do admirável mundo novo advogam que as novas tecnologias
turbinam a criatividade e escancaram as portas do mercado para as mentes mais
brilhantes.
Steve Johnson é um escritor norte-americano dedicado a temas relacionados à
ciência, tecnologia e inovação. Situa sua pena no último grupo. Em um longo texto
publicado no jornal The New York Times, em agosto de 2015, Johnson escreve sobre a
emergência da economia digital e suas consequências sobre a cultura, as indústrias
criativas e seus profissionais.
Argumenta que o apocalipse anunciado algumas décadas atrás não se materializou.
Muitas empresas e empregos desapareceram, mas, segundo ele, a produção cultural está
em alta e os profissionais do campo têm, hoje, mais oportunidades de trabalho do que
antes.
Nas indústrias musicais, a tecnologia barateou a produção e transformou a
distribuição. As gravadoras e as lojas de discos deixaram o palco. Empregos foram
perdidos, mas não necessariamente aqueles dos artistas. Os músicos deixaram de ganhar
dinheiro com discos e voltaram seu foco para as apresentações ao vivo.
A queda de renda de uma atividade foi compensada pelo aumento de renda na outra.
Além disso, a redução dos custos de produção e distribuição permitiu aos músicos
gravar e disponibilizar suas obras com facilidade e baixo preço.
A história da indústria editorial apresenta similaridades com a das indústrias
musicais. A venda de livros impressos continuou a aumentar, mesmo depois da
introdução dos e-books. Além disso, os livros impressos seguem sustentando uma fatia
substancial do mercado. Novos autores e obras surgem todos os dias.

155
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Para os artistas, o novo mundo do trabalho traz oportunidades e desafios. Favorece os
profissionais que conseguem se adaptar a um portfólio amplo de atividades, em lugar de
buscar especialização em um único caminho de carreira. De fato, as possibilidades de
inserção comercial se multiplicaram.
Músicos podem hoje compor jingles para publicidade, trilhas para cinema, tevê,
teatro, videogames e uma infinidade de aplicativos para smartphones e tablets. Podem
dar cursos presenciais, em escolas, e virtuais, por meio do YouTube. E mantêm a
possibilidade de se apresentar em casas noturnas, teatros e salas de concerto.
As inúmeras opções abertas pelas novas tecnologias e seus desdobramentos no
mercado de trabalho tornaram a carreira musical, como outras do setor artístico, mais
factível. No entanto, sobreviver nesse novo mundo exige novas competências,
relacionadas à gestão da própria carreira, como se esta fosse um negócio. E todo esse
mar de oportunidades não significa que pagar as contas ficou mais fácil. O jogo
continua desigual, com uma base numerosa e mal remunerada e um topo restrito e
milionário.
A tendência da chamada “carreira portfólio”, na qual o profissional é empreendedor
de si mesmo e gerencia diferentes atividades e projetos, não é nova ou exclusiva das
indústrias criativas. Muito antes da internet, músicos e outros artistas dividiam seu
tempo entre diferentes atividades. Médicos e consultores há anos administram múltiplas
frentes de trabalho.
Não há novidade, mas há intensificação e aceleração do fenômeno, para o bem e para
o mal. O novo contexto cria novas oportunidades, porém demanda mudanças que
comumente se situam além da capacidade dos profissionais. Com isso, gera ansiedade e
frustração, criando com frequência dramas pessoais de difícil superação e que tendem a
s e multiplicar, à medida que outras indústrias e profissões são afetadas.
Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2016.
Glossário

• Arautos: aqueles que proclamam ou anunciam algo.


• Factível: o que pode acontecer ou ser feito, realizável.

No texto, a linguagem apresenta marcas


a)

do português escrito padrão, com excesso de jargão profissional, o que


caracteriza um gênero discursivo de circulação restrita a um grupo específico.

b)

do português oral, sem uso de jargão profissional, o que caracteriza um gênero


discursivo de circulação ampla.

c)

do português escrito padrão, sem uso de jargão profissional, o que caracteriza


um gênero discursivo de circulação ampla.

d)

156
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
do português oral, com excesso de arcaísmos, o que caracteriza um gênero
discursivo de circulação restrita a um grupo específico.

QUESTÃO 19

Leia o texto para responder à questão.


Texto I
Educar para colher
Adriana Gomes
Responsabilidade, autoconfiança, habilidades no relacionamento interpessoal, boa
comunicação, versatilidade, espírito de equipe, realização de trabalhos com qualidade,
automotivação e autogestão são atributos dos bons profissionais e características
altamente desejáveis no mercado de trabalho. Entretanto, encontrar todas essas
competências em uma só pessoa está cada vez mais difícil.

De qualquer maneira, fica a dica para quem deseja ter sua empregabilidade
aumentada em tempos de crise. A mensagem serve também para empresas e instituições
de ensino que estejam interessadas em desenvolver seus potenciais (colaboradores e
alunos). As competências comportamentais, ou "soft skills", são tão ou mais desejadas
que as técnicas. O problema é que elas não são tão fáceis de serem desenvolvidas.

Um trabalho em conjunto entre aqueles que querem aprender e aqueles que podem
ensinar só resultaria num círculo virtuoso. Escolas, universidades e a experiência
profissional em uma organização favorecem o processo de socialização e a
aprendizagem.

Imagine a responsabilidade e a oportunidade que essas instituições, seus gestores e


líderes têm nas

mãos de fazer um excelente trabalho, no sentido de informar sobre as melhores práticas,


motivar, influenciar e desenvolver o espírito do que é ser um excelente profissional.

O que eu vejo, entretanto, é que falta a muitas empresas e instituições de ensino essa
visão de

propósito, de fazer o melhor. Muitos se perdem no caminho, realizando a sua atividade


de maneira estanque: aos olhos do aprendiz, as ações parecem sem sentido e
desconectadas. As pessoas atuam como reprodutores, sem sentido e sem emoção.

Educar vai muito além do ato de transmitir conhecimento: implica estimular o


raciocínio, ajudar a

aprimorar o senso crítico e as faculdades intelectuais e morais. Quem educa deve


oferecer o necessário para que a outra pessoa consiga desenvolver plenamente a sua
personalidade.

Agindo como educadores, empresa e escolas poderão contribuir imensamente para o


aprimoramento
das competências comportamentais tão desejadas. Essa é uma visão de longo prazo. É preciso
investir para poder colher.

157
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Disponível em:http://www1.folha.uol.com.br/colunas/adrianagomes/2014/12/1558384
educar-para-colher.shtml>- . Acesso em: 15 abr. 2016.
Uma expressão que confere ao texto um tom de informalidade é

a)

“boa comunicação”.

b)

“fica a dica”.

c)

“o problema é que”.

d)

“fazer o melhor”.

QUESTÃO 20

Atenção: A questão refere-se ao texto abaixo.


Ofertas do Google
Uma das coisas que admiro nas pessoas que sabem muito é o desapego. Elas não se
contentam em saber − espalham generosamente o que sabem, vivem prontas a ensinar
e fazem isso de graça, pelo prazer de ajudar. O conhecimento não é para ser guardado
a ferros, mas dividido − aliás, a única maneira de multiplicá-lo.
Tive a sorte de trabalhar ou conviver com alguns verdadeiros arquivos vivos, gente
capaz de responder na lata sobre muitos assuntos além dos de sua área − entre outros,
Otto Maria Carpeaux e Franklin de Oliveira. Uma pergunta a um deles era a garantia
de uma aula.
De 15 anos para cá, o Google se esforça para substituir as sumidades do
conhecimento. É o maior banco de dados do mundo e ameaça tornar ociosos os
dicionários, enciclopédias e compêndios − já absorvidos por ele, ao alcance de
consultas rápidas e, melhor ainda, grátis.
Ou não? Posso estar errado, mas tenho visto que, de algum tempo para cá, ao
procurar por qualquer assunto no Google, ele nos cumula de pechinchas comerciais
sobre o dito assunto. Se você pesquisar “sorvete”, “livro” ou “apartamento”, ele
aproveitará para apregoar um irritante varejo desses produtos.
(Adaptado de: CASTRO, Ruy. “Ofertas do Google”. Disponível
em: www.folha.uol.com.br/colunas/ruycastro/2016/03/1748685-ofertas-
dogoogle.shtml)
O autor faz uma crítica

a)

ao fato de o Google ter feito com que os homens sábios parecessem


charlatões.

158
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

à maneira como o Google divulga informações sem dar crédito aos autores.

c)

à superficialidade do conteúdo do Google comparado com os livros


tradicionais.

d)

à falta de variedade de conteúdo disponível para pesquisas rápidas no


Google.

e)

à divulgação de conhecimento no Google aliada a interesses comerciais.

QUESTÃO 21

Festejando no precipício

Gregório Duvivier

Quando pequeno, a primeira coisa que fazia ao comprar uma agenda era
escrever em letras garrafais no dia 11 de abril: "MEU NIVER". Depois ia pro dia 11
de março: "FALTA UM MÊS PRO MEU NIVER". E depois me esquecia da
existência da agenda, até porque não tinha muitos compromissos naquela
época. Tenho umas cinco agendas que só contêm essas duas informações
fundamentais.

O aniversário era o grande dia do ano, a maior festa popular do planeta, um


Natal em que o Jesus era eu. Pulava da cama e marcava minha altura no
batente da porta. Era o dia de comemorar cada milímetro avançado nessa
guerra que travo desde pequeno contra a gravidade.

Meu pai abria a porta: "Hoje a gente vai pro lugar que você quiser". "Oba!
Vamos pro Tivoli Park!" "Não, filho, pro Tivoli Park não." "Mas você falou qualquer
lugar." "No Tivoli Park tem assalto no trem fantasma." Era um argumento forte.

Acabava me levando pro clube, e depois minha mãe dava uma festa lá em
casa na qual eu era o centro das atenções e podia comer brigadeiro e tomar
litros de refrigerante — ambos artigos proibidos, classificados como "porcaria"
— e assistir ao show do meu artista predileto — o mágico Almik. Na hora do
parabéns, me escondia debaixo da mesa quando cantavam "Com Quem
Será?", mas até que gostava da ideia de que um dia alguém talvez fosse
querer se casar comigo. Para um garoto com cabelo de cuia e uma dentição
anárquica, um relacionamento amoroso era um sonho tão distante quanto um

159
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
McDonalds dentro de casa. O tempo passou e a verdade veio à tona: ambas
as coisas talvez sejam possíveis, mas será que são desejáveis?

Hoje faço trinta. Dizem que com o passar dos anos deixa de fazer sentido
comemorar o passar dos anos. Afinal, cada ano a mais é um ano a menos e
na vida adulta não há nem mais a esperança de crescer algum centímetro.
No batente da porta, estacionei no 1.69 m, entre minha prima Helena e minha
irmã Barbara. Para piorar, o Brasil tá um caos, todo o mundo se odeia, e a
temperatura do mundo não para de esquentar.

Lembro que a revista "The Economist" ficou chocada que o Brasil teria
Carnaval mesmo na crise —estaríamos "festejando no precipício". A revista
pode entender de crise, mas não entende nada de Carnaval — acha que
serve para comemorar a opulência. Toda festa boa serve pra esquecer, nem
que seja por um momento, o precipício. Debaixo da mesa do bolo, a
felicidade parece tão possível, tão desejável.

O uso da expressão “MEU NIVER”, no primeiro parágrafo, é um caso de:

a)

adequação comunicativa.

b)

impropriedade vocabular.

c)

uso de estrangeirismo.

d)

variação regional da língua.

QUESTÃO 22

Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras ( V ) e as falsas ( F ) em relação à


língua e suas variações.

( ) As variações linguísticas são próprias da língua e estão alicerçadas nas


várias intenções comunicativas.

160
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
( ) A variedade linguística é um importante elemento de inclusão.

( ) A língua oficial deve ser preservada e utilizada como um instrumento de


opressão.

( ) Nenhuma variante é superior à outra. Todas possuem sua função dentro de


um determinado grupo social.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

a)

V•V•V•F

b)

V•V•F•V

c)

V•F•F•V

d)

F•V•V•F

e)

F•F•V•F

QUESTÃO 23

Banquete dos mendigos


Lindolfo Paoliello
As grandes cidades do Brasil de hoje, como Paris do século XIX, têm suas ruelas, seu
mundo ____ as pontes (aqui se chamam viadutos), sua vida subterrânea.
Aqui, como lá, vivem nesse submundo criaturas que vagueiam pelas ruas, dormem ao
relento, removem aqui e ali os monturos, latas de lixo, vivendo de dejetos da sociedade.
São seres que há muito tempo desceram da condição de pobreza para um outro
patamar, onde se vive em estado habitual de privação dos bens necessários ____ vida.
A essas criaturas, Victor Hugo dedicou, há um século, um romance – Os miseráveis –
onde as conceituou assim: “Esse querubim do enxurro possui às vezes uma camisa, mas

161
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
nunca mais do que uma; possui às vezes um albergue a que consagra afeição, porque
nele vive sua mãe, mas prefere a rua, porque vive nela a liberdade.”
Em uma rua de São Paulo, próxima ___ Praça da Sé, ligando as zonas Leste e Norte
ao centro da cidade, fica o Viaduto do Glicério. É _____ suas marquises bolorentas e
imundas que, ____quartas-feiras, se realiza o banquete dos mendigos.
Eles vêm _____ dezenas, catadores de papeis, pedintes, aleijados, e logo que se vão
os consumidores da feira-livre, por volta do meio-dia, uma outra atividade começa a
agitar ____ rua, que é a de recolher os restos para o preparo do banquete.
Logo vão sendo lançados ____ um velho tambor de gasolina, montado _______ uma
grande fogueira, os ingredientes que cada um recolheu: carcaça de peixe, tomates,
cenoura, vagens, sobras de carne, tudo mexido com uma concha improvisada com um
cabo de vassoura.
Algum tempo depois, em meio ____ muita alegria, é servida a sopa que cheira a
cebola e alho. Dela vão se servindo os mendigos em velhas latas de leite em pó.
Sorvem-na com vontade, repetem, sabem que só na outra quarta-feira vão ter outra
refeição como essa.
A muitos deles a sopa cheirosa e quente traz lembranças de uma outra vida. São
antigas empregadas domésticas, operários desempregados, motoristas que se
acidentaram.
Esses costumam sentar-se no meio-fio, após o banquete, e vão passar os olhos nos
jornais que cataram na jornada da manhã.
Um repórter entrevistou alguns desses _________ brasileiros que vivem nos
subterrâneos de São Paulo.
- Só o que está congelado neste país é a madrugada mesmo – falou um deles.
- Quando o governo diz que é aquilo, tem que ser aquilo – disse um outro.
- Devem parar de mentir para o povo – acrescentou o terceiro.
E detrás do repórter, cutucando timidamente o ombro, um dos comensais do banquete
dos mendigos pediu licença para dar sua opinião:
- Olha, moço, a gente anda muito, sente na carne tudo o que aconteceu e, mesmo
assim, a gente quer acreditar. Mas hoje em dia, eu vou dizer pra você uma coisa, torço
para o Brasil como antigamente torcia para o Corinthians: com uma vontade danada de
acreditar. Mas sabendo que têm umas coisas boas que nunca vão acontecer com a gente.
Assinale a afirmação incorreta:

a)

Em “...As grandes cidades do Brasil de hoje, como Paris do século XIX, têm suas
ruelas...” o verbo destacado recebeu acento circunflexo por estar na terceira
pessoa do plural do presente do indicativo.

b)

Na frase “...têm suas ruelas...”, o termo destacado é um substantivo flexionado


no grau diminutivo analítico.

c)

No trecho “...a gente anda muito, sente na carne tudo o que aconteceu e,
mesmo assim, a gente quer acreditar” há presença de linguagem informal.

162
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

Na frase: “...vivem nesse submundo criaturas...”, o sujeito classifica-se


como simples.

QUESTÃO 24

Analise o texto a seguir, disponível em www.ivoviuauva.com.br/tag/flashback,


acesso em 22/04/2016 e, com relação à escolha lexical, assinale a alternativa
correta.

a)

Os termos “Ué” e “Peraí” são formas dicionarizadas cujo emprego se dá


apenas regionalmente para designar dúvidas.

b)

Em suas duas ocorrências no diálogo, o termo “Flashback” pertence à mesma


classe gramatical.

c)

Em suas duas ocorrências no diálogo, o termo “Flashback” é um estrangeirismo


empregado sinestesicamente em referência à hiperinflação.

d)

O termo “Peraí” é uma variante reduzida/contraída, que denota espanto.

e)

163
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O termo “hiperinflação” aparece negritado por se tratar de um empréstimo
linguístico.

QUESTÃO 25

Que é Segurança do Trabalho?


Segurança do trabalho pode ser entendida como os conjuntos de medidas que são
adotadas visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como
proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador.
A Segurança do Trabalho estuda diversas disciplinas como Introdução à Segurança,
Higiene e Medicina do Trabalho, Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas,
Equipamentos e Instalações, Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e
Treinamento, Administração aplicada à Engenharia de Segurança, O Ambiente e as
Doenças do Trabalho, Higiene do Trabalho, Metodologia de Pesquisa, Legislação,
Normas Técnicas, Responsabilidade Civil e Criminal, Perícias, Proteção do Meio
Ambiente, Ergonomia e Iluminação, Proteção contra Incêndios e Explosões e Gerência
de Riscos.
O quadro de Segurança do Trabalho de uma empresa compõe-se de uma equipe
multidisciplinar composta por Técnico de Segurança do Trabalho, Engenheiro de
Segurança do Trabalho, Médico do Trabalho e Enfermeiro do Trabalho. Estes
profissionais formam o que chamamos de SESMT - Serviço Especializado em
Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho. Também os empregados da empresa
constituem a CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, que tem como
objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tomar
compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da
saúde do trabalhador.
A Segurança do Trabalho é definida por normas e leis. No Brasil, a Legislação de
Segurança do Trabalho compõe-se de Normas Regulamentadoras, leis complementares,
como portarias e decretos e também as convenções Internacionais da Organização
Internacional do Trabalho, ratificadas pelo Brasil.
http://www.areasea.com/sea/ - acesso em 24/04/2016
Hoje em dia, muito se fala sobre as variantes linguísticas e a valorização de todos os
falares, levando em consideração a situação da fala. Com base nesta teoria, assinale a
alternativa que completa corretamente a lacuna:
O texto acima apresentado foi escrito em uma linguagem___________ , levando ao leitor
informações sobre Segurança do trabalho.
a)

Formal

b)

Regional

c)

Científica

164
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

Literária

QUESTÃO26

COMUNIDADES - DAS PRIMEIRAS ÀS NOVAS LEITURAS DO CONCEITO


(...)
Por meio dos autores reunidos por Fernandes, percebe-se que a ideia de comunidade
remete ao sentimento de vida em comum fundado nas relações de parentesco e
vizinhança, baseado na reciprocidade, norteado por laços afetivos que ligam indivíduos
que convivem em um mesmo espaço físico e nele adquirem os recursos básicos para a
sua subsistência. Cada um dos autores apresentados por Fernandes atribui valor a um ou
outro dos atributos. Mas, se pudéssemos identificar um tipo ideal de comunidade, no
sentido weberiano do termo, a partir dos diversos autores reunidos por Fernandes, esta
teria: base territorial comum, fortes laços afetivos, reciprocidade, autonomia política e
econômica e subordinação do individual ao social.
Já uma sociedade seria definida por relações voluntárias e contratuais. Na medida em
que compartilham determinado interesse, indivíduos podem se associar para alcançar
objetivos relacionados ao mesmo, embora não necessariamente tenham outros aspectos
de suas vidas compartilhados, tais como relações de parentesco, interdependências
econômicas ou convivam numa mesma base territorial. Portanto, o conceito de
sociedade é mais amplo e inclui o de comunidade.
Essa diferenciação conceituai vem à tona a partir do aprofundamento do processo da
divisão social do trabalho. A fragmentação das atividades laborais, a prevalência do
contrato sobre o status, a multiplicação dos grupos formais, a passagem da família para
o Estado como forma de organização social predominante e a ampliação e
internacionalização das trocas comerciais são algumas condições sociais que promovem
modos de vida societários e fundamentam a separação conceituai entre comunidade e
sociedade; e, mesmo, sugerem a passagem da primeira forma à segunda como modo
predominante de agrupamento social, embora a bibliografia seja quase unânime em
afirmar a coexistência entre as duas formas sociais ao longo da História. (...)
http://www.revistas.usp.br/comueduc/article/view/78561/83089 - acesso em
02/05/2016.
Após a leitura do texto acima, assinale a alternativa que indica a variante
linguística presente.

a)

Regional

b)

Vulgar

c)

Culta

165
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

Literária

QUESTÃO 27

166
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

167
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Das afirmações seguintes:

I. A variedade linguística utilizada no artigo foi a variedade padrão da língua.


II. A pessoa verbal mais utilizada no texto foi a 3ª pessoa do singular e do plural.
III. Na frase “Mas ela (a tecnologia) sempre foi um instrumento, e não um fim em si”, o
articulista quis dizer que, de modo geral, a tecnologia representa um meio para melhorar a vida
das pessoas, mas que, isolada, ela nada significa.
a)

Estão corretos apenas os itens I e III.

b)

Estão corretos apenas os itens I e II.

c)

Estão corretos apenas os itens II e III.

d)

Todos estão corretos.

e)

Apenas o item I está correto.

QUESTÃO 28

UM PAÍS SE FAZ COM SAPATOS E LIVROS

Leo Cunha

Outro dia, numa palestra, eu escutei uma frase genial do Pedro Bandeira,
aquele escritor que você deve estar cansado de conhecer. [...]

Pois bem: o Pedro estava num colégio carérrimo e chiquérrimo de São Paulo
quando uma madame veio reclamar do preço dos livros. Nosso caro escritor -
carérrimo, segundo a madame - olhou pros filhos dela e viu que os dois
estavam de tênis importado.

Então o Pedro – que, apesar do nome, não costuma dar bandeira – virou pra
ela e soltou a seguinte frase: “Ô, minha senhora, não é o livro que é caro. É a
senhora que prefere investir no pé do que na cabeça dos seus filhos”.

O auditório aplaudiu de pé aquela história. Palmas, gritos, gargalhadas. Eu,


disfarçadamente, olhei pra baixo pra ver se não estava calçando meu bom e
velho Nike branco. Não tenho a menor intenção de fazer propaganda pra

168
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
ninguém, pelo contrário: não perco uma chance de comentar aquelas
acusações que a Nike vive recebendo, de explorar o trabalho infantil na Ásia.
Mas não posso negar que me bateu um sentimento de culpa ao escutar
aquela frase. Felizmente eu estava calçando um discretíssimo mocassim preto,
então pude aplaudir com mais entusiasmo a tirada do Pedro.

Tirada, aliás, que me fez lembrar um caso divertido da minha infância. Foi no
início da década de 80, eu e minha irmã estávamos entrando na
adolescência e estudávamos num grande colégio de BH.

Um dia, estávamos em casa quando a mãe de um colega da minha irmã


bateu a campainha. Abrimos a janela e vimos a tal senhora debruçada sobre
o portão, em lágrimas. Pronto, morreu alguém!, pensamos logo.

Mas não. A coitada começou a explicar, aos soluços: “Eu não estou dando
conta dos meus serviçais, eles não param de brigar!”. Juro, foi assim que ela
falou: “meus serviçais”. Se eu me lembro bem, a casa dessa senhora era
imensa e ocupava quase um quarteirão. Para manter o castelo em ordem, ela
precisava de pelo menos uns oito “serviçais”. Era aí que o negócio
complicava, pois controlar tanta gente se mostrava uma tarefa árdua, que
exigia muito preparo e psicologia.

Ficamos muito consternados com a pobrezinha, ela agradeceu o apoio moral,


mas completou que esse não era o motivo da visita. O que era então? E foi aí
que veio a bomba. O colégio tinha mandado os meninos lerem um livro assim
assim (esqueci o título) e ela queria saber se minha irmã já tinha terminado, pra
poder emprestar pro filho dela!

Minha mãe ficou congelada, não sabia se tinha ouvido direito. Então quer
dizer que a madame podia contratar oito serviçais pra se engalfinharem e não
podia comprar um livro, um mísero livro, coitadinho, que nunca brigou com
ninguém?

Minha mãe era livreira, professora, escrevia resenhas para a imprensa e tinha
uma biblioteca imensa, inclusive com alguns livros repetidos. Deve ser por isso
que, se não me falha a memória, nós não apenas emprestamos, como demos
o livro para a mulher.

A frase do Pedro Bandeira completa perfeitamente o caso, e vice-versa.


Ninguém está negando que o livro, ou alguns livros, poderiam ser mais baratos,
mas de que adianta baixar o preço do produto se nós não dermos valor a ele,
se ele não for importante em nossas vidas? Se a gente prefere entrar numa
sapataria e investir no pé de nossos filhos. Se a gente entra num McDonald’s
da vida e pede pelo número, pede pelo número deixando as letras para
depois, ou para nunca.

Há predomínio de linguagem oral, EXCETO em:

169
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

“A frase do Pedro Bandeira completa perfeitamente o caso, e vice-versa.”

b)

“Eu, disfarçadamente, olhei pra baixo pra ver se não estava calçando meu
bom e velho Nike branco.”

c)

“Nosso caro escritor - carérrimo, segundo a madame - olhou pros filhos dela e
viu que os dois estavam de tênis importado.”

d)

“Se a gente prefere entrar numa sapataria e investir no pé de nossos filhos.”

QUESTÃO 29

A Velha Contrabandista

Diz que era uma velhinha que sabia andar de lambreta. Todo dia ela passava
pela fronteira montada na lambreta, com um bruto saco atrás da lambreta. O
pessoal da Alfândega - tudo malandro velho - começou a desconfiar da
velhinha.

Um dia, quando ela vinha na lambreta com o saco atrás, o fiscal da


Alfândega mandou ela parar. A velhinha parou e então o fiscal perguntou
assim pra ela: - Escuta aqui, vovozinha, a senhora passa por aqui todo dia,
com esse saco aí atrás. Que diabo a senhora leva nesse saco?

A velhinha sorriu com os poucos dentes que lhe restavam e mais outros, que
ela adquirira no odontólogo, e respondeu: - É areia! Aí quem sorriu foi o fiscal.
Achou que não era areia nenhuma e mandou a velhinha saltar da lambreta
para examinar o saco. A velhinha saltou, o fiscal esvaziou o saco e dentro só
tinha areia. Muito encabulado, ordenou à velhinha que fosse em frente. Ela
montou na lambreta e foi embora, com o saco de areia atrás.

Mas o fiscal ficou desconfiado ainda. Talvez a velhinha passasse um dia com
areia e no outro com muamba, dentro daquele maldito saco. No dia seguinte,
quando ela passou na lambreta com o saco atrás, o fiscal mandou parar
outra vez. Perguntou o que é que ela levava no saco e ela respondeu que era
areia, uai! O fiscal examinou e era mesmo. Durante um mês seguido o fiscal
interceptou a velhinha e, todas as vezes, o que ela levava no saco era areia.

170
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Diz que foi aí que o fiscal se chateou: - Olha, vovozinha, eu sou fiscal de
alfândega com 40 anos de serviço. Manjo essa coisa de contrabando pra
burro. Ninguém me tira da cabeça que a senhora é contrabandista. - Mas no
saco só tem areia! - insistiu a velhinha. E já ia tocar a lambreta, quando o fiscal
propôs: - Eu prometo à senhora que deixo a senhora passar. Não dou parte,
não apreendo, não conto nada a ninguém, mas a senhora vai me dizer: qual
é o contrabando que a senhora está passando por aqui todos os dias? - O
senhor promete que não "espáia"? - quis saber a velhinha. - Juro - respondeu o
fiscal. - É lambreta.

(Stanislaw Ponte Preta. Dois amigos e um chato. 8ed. São Paulo, Moderna,
1986)

Na oração: “Manjo essa coisa de contrabando pra burro.”, o autor utiliza:

a)

Linguagem coloquial, que é a linguagem cotidiana que utilizamos em


situações informais, por exemplo, na conversa com os amigos, familiares,
vizinhos, dentre outros.

b)

Linguagem coloquial, a qual não engloba as preocupações com a norma


culta. Porém essa linguagem não permite estrangeirismos, abreviar e criar
palavras.

c)

Linguagem coloquial, aquela que faz parte do cotidiano das pessoas de todos
os lugares do mundo. A ideia é que ela seja substituída pela linguagem
formal.

d)

Nenhuma das alternativas.

QUESTÃO 30

Se fosse possível transcrever a oração: “Manjo essa coisa de contrabando pra


burro.”, em linguagem formal, como ela seria escrita sem alterar seu sentido?

a)

“Tenho pouca experiência no seguimento de contrabando.”

171
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

“Tenho vasta experiência no seguimento de contrabando.”

c)

“Sou muito incompetente no seguimento de contrabando.”

d)

Nenhuma das alternativas.

QUESTÃO 31

Assinale a alternativa que NÃO apresenta ambiguidade.

a)

Quebraram a mesa da sala em que eu costumava estudar.

b)

Um grupo de assaltantes rendeu uma família e levou o carro dela.

c)

Sendo mal-educado, o diretor repreendeu o aluno.

d)

Josefa se encontrou com o namorado e foi à casa de seu pai.

172
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

173
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Na frase: “A culminância foi a observação de uma crítica berlinense...” (linhas
35-36), o termo destacado exprime

a)

superioridade na relação de comparação com algo dito anteriormente.

b)

inferioridade na relação de comparação com algo dito anteriormente.

c)

igualdade na relação de comparação com algo dito anteriormente.

d)

divergência nas ideias, uma vez que sugere descontinuidade do que foi dito
antes.

QUESTÃO 33

“Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos.


Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em
espírito de fraternidade. Todo indivíduo tem direito à vida, à liberdade e à
segurança pessoal. Toda a pessoa tem direito ao trabalho, à livre escolha do
trabalho, a condições equitativas e satisfatórias de trabalho e à proteção
contra o desemprego”.

O trecho acima foi extraído da Declaração Universal dos Direitos Humanos. A


respeito da linguagem empregada nesse texto, é correto afirmar que se trata:

a)

de linguagem informal e escrita, como uma fala entre pessoas com bastante
familiaridade.

b)

de linguagem formal e falada, inacessível à compreensão dos cidadãos.

c)

de linguagem formal e escrita, respeitando a norma padrão da língua


portuguesa.

d)

de linguagem informal e oral, acessível à compreensão de qualquer cidadão.

174
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

QUESTÃO 34

[1º§] A crise que embala o jornalismo não é de hoje. Críticas a aspectos conceituais,
morais, editoriais e até financeiros já rondam esse importante pilar da democracia há um
bom tempo. O digital, então, acabou surgindo para dar um empurrãozinho – tanto para o
bem como para o mal – nas redações mundo afora. Prédios
esvaziados, startups revolucionárias, crise existencial e um suposto adversário invisível:
o próprio leitor.
[2º§] O leitor – e suas mídias sociais digitais conectadas em rede – passou a ser visto
como um inimigo a ser combatido, um mal necessário para que o jornalismo
conseguisse sobreviver. Não mais se fazia jornalismo para a sociedade, mas se fazia um
suposto jornalismo dinâmico e frenético para que os grandes nomes da imprensa
sobressaíssem diante dos “jornalistas cidadãos”. Esse era um dos primeiros e mais
graves erros – dentro de uma sucessão – que seriam seguidos.
[3º§] As redações continuaram a ser esvaziadas, a crise existencial tornou-se mais
aguda e o suposto adversário invisível cada vez se tornava mais forte. Havia um clima
de que os “especialistas de Facebook” superariam a imprensa. Não era mais necessário
investir em jornalismo, já que as mídias sociais supririam toda a nossa fome por
conhecimento e informação. O mito – surgido nas próprias redes sociais – parecia ter
sido absorvido de tal maneira que a imprensa não mais reagia. Mesmo com o crescente
número de startups sobre jornalismo, o canibalismo jornalístico parecia mais
importante.
[4º§] Agora, outros erros tão graves quanto os citados estão sendo cometidos pela
imprensa. O comportamento infantilizado de muitos veículos através das mídias sociais,
por exemplo, demonstra imaturidade e desestruturação de pensamento. A aposta em
modismos – e não mais em jornalismo – tem causado um efeito em cadeia que faz com
que tanto canais grandes como pequenos se comportem de maneira duvidosa – pelo
menos perante os conceitos do que se entendia como jornalismo.
[5º§] O abuso de listas, o uso de “especialistas de Facebook” como fonte, pautas
sendo construídas com base em timelines alheias ou o frenesi encantador
de likes e shares têm feito com que uma das maiores armadilhas das redes sociais
abocanhe o jornalismo. O jornalismo, como instituição e pilar da democracia, agora se
comporta como um usuário de internet, jovem, antenado, mas que não tem como
privilégio o foco ou a profundidade. A armadilha se revela justamente no momento em
que “ser um usuário” passa a valer como entendimento de “dialogar com o usuário”.
[6º§] As mídias sociais digitais conectadas em rede trouxeram a “midiatização da
mídia”, ou a “facebookização do jornalismo”. Quando se falava em jornalismo cidadão
e em participação do usuário, muitos pensavam em um jornalismo global-local, com o
dinamismo e velocidade que a internet exige. Porém o que temos visto não vai ao
encontro desse pensamento, já que o espaço do cidadão no jornalismo é medido apenas
pelo seu humor, a participação do usuário é medida em curtidas e o jornalismo, muitas
vezes, não é jornalismo, é apenas uma mera isca para likes e shares.

Fonte: Observatório da Imprensa, edição 886 - 19/01/2016. Disponível


em: <http://observatoriodaimprensa.com.br/jornal-de-debates/a-facebookizacao-do-
jornalismo> . Acesso em 20 jan. 2016. Fragmento de texto adaptado.

175
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
VOCABULÁRIO DE APOIO:
1- Startup: iniciar uma empresa e colocá-la em funcionamento.
2- Facebook: é um site e serviço de rede social, lançado em 2004, operado pela
Facebook Inc.
3- Facebookização: neologismo (nova palavra) criado a partir de facebook.
4- Timeline: (linha do tempo): espaço para compartilhamento de dados, imagens e ideias
nas redes sociais.
5- Like (curtir) e share (compartilhar): opções de interação e compartilhamento
disponíveis nas redes sociais
Em relação à estrutura textual elaborada, é correto afirmar que o texto 1 é
um(a)

a)

notícia, por apresentar o desdobramento analítico de um fato.

b)

editorial jornalístico, por desenvolver reflexões de caráter impessoal.

c)

artigo de opinião, por apresentar uma crítica sobre um tema específico.

d)

reportagem, por apresentar uma abordagem informativa sobre um dado


tema.

QUESTÃO 35

O uso de termos como ‘empurrãozinho’ (1º§) e ‘abocanhe’ (5º §) demonstra


que o registro linguístico, no texto 1, apresenta marcas de

a)

modismo.

b)

formalidade.

c)

popularismo.

d)

rebuscamento.

176
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 36

Rio Doce: não foi acidente. Foi violência

Rosana Pinheiro-
Machado

Sempre que eu vou a Porto Alegre, é a mesma coisa. O taxista reclama


que não pode fazer o caminho que ele quer, porque um trecho da Avenida
Anita Garibaldi ainda está fechado. Uma rua ia ser alargada para a Copa do
Mundo, mas, no meio da obra, descobriu-se que não se podia mais continuar
perfurando, porque encontravam (veja bem) uma rocha no meio do
caminho. Tudo ficou mais caro.

A Prefeitura dizia que é culpa da empresa, que deveria ter previsto o


problema, mas a empresa queria que a prefeitura cobrisse o valor extra da
obra. Aquele velho empurra-empurra. O buraco e seus desvios já viraram parte
da paisagem da cidade. A obra está ali, já fazendo aniversário de três anos. E
a sensação de todos que passam por tantas obras inacabadas ou malfeitas
no Brasil é que elas nunca serão plenamente concluídas. E quem tem a sua
vida transtornada somos todos nós.

A velha aliança que se perpetua entre o Estado brasileiro e o capital – às


vezes competindo, às vezes cooperando, mas sempre lucrando – é uma
máquina de matar e deixar morrer. A estrutura burocrática e reguladora
brasileira nos irrita, nos machuca e nos desrespeita. Mas esse modus
operandi causa muito mais do que horas trancadas no trânsito ou a desilusão
de ver uma cratera estampada. Ele também produz dor, sofrimento e morte.

Valores para as campanhas? Licitações facilitadas. Mais uma ponte caiu. A


obra está cara? O Estado não fiscaliza? Mais uma barragem se rompeu. A
empresa aérea sofre uma crise e cortam-se os custos da manutenção? Quem
fiscaliza? Mais um avião caiu.

Choveu e abriu buraco na estrada? Passe-se aquele cimento mais barato.


Assim, quando chover de novo, o Estado paga para tapar os buracos, e a
empresa ganha sempre. Afinal de contas, para que investir em material
duradouro se o Brasil é país tropical em que quase nunca chove forte? O
resultado dessa ganância é perverso: acidentes, corpos mutilados e vidas
interrompidas por causas que poderiam ter sido evitadas, mas que são
naturalizadas como “acidente”.

177
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Não se trata de acidente. Trata-se de um crime praticado pelo Estado e
pelas empresas que deveriam ser controladas pelo Estado, mas que, na
verdade, controlam o Estado.

Trata-se, portanto, de violência estrutural – conceito adotado por


antropólogos como Veena Das, Arthur Kleinman, Paulo Farmer e Akhil Gupta
para dar visibilidade a uma forma de sofrimento causado por estruturas sociais:
pelo descaso, pela corrupção e pela ausência do Estado na fiscalização (o
mesmo Estado que sabe fazer-se onipresente e ostensivo quando se trata de
correr atrás de camelô porque os lojistas da cidade estão pressionando).

A dor causada a milhares de pessoas e a morte de milhares ou milhões de


animais ao longo do Rio Doce não foram acidentais. Não foi um desastre
natural inevitável. Violência não é apenas o ato deliberado de força mas
também os atos invisíveis da incompetência ou má fé judicial, política e
administrativa. É preciso nomear claramente esta tragédia. Uma vez que
admitimos que o que ocorreu na obra da Samarco (uma parceria da BHP e da
Vale) foi um ato de violência – produzida pelo descaso e pela ganância que
“deixam morrer” – é preciso identificar os culpados, que, neste caso, são
agentes específicos do mercado e das agências controladoras do Estado.

Não foi acidente. Não foi seleção natural. E a população brasileira não faz
parte desse jogo em que se acredita que “os políticos corruptos são reflexo de
um povo corrupto”. O taxista de Porto Alegre continua a se indignar, todos os
dias. Eu me indigno. Você se indigna. Nós nos sentimos desrespeitados e
impotentes.

As mídias sociais encorajam e nos ajudam a encontrar aqueles outros


milhões de perdidos que também não querem esquecer. Não há milagre para
romper com esse ciclo de violência estrutural que se perpetua na sociedade
brasileira. Podemos contar somente com a mobilização e o engajamento no
projeto democrático – que ainda estamos construindo a duras penas, mas de
que não desistiremos tão fácil. Por ora, cabe a nós entoar o grito “não foi
acidente”, pressionar por medidas reparadoras e acompanhar a sua
implementação.

Disponível em:<http://www.cartacapital.com.br/sociedade/nao-foi-acidente-
foi-violencia-635.html>. Acesso em: 7 jan. 2016. [Adaptado]

Quanto à linguagem empregada no texto, optou-se por

a)

um tom informal em razão da necessidade de se atingir o público leitor.

b)

178
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
um tom formal devido à vulgarização da temática discutida.

c)

um registro mais formal em razão das exigências da situação comunicativa.

d)

um registro mais informal devido à natureza do gênero discursivo.

QUESTÃO 37

A alternativa com palavras que NÃO integram uma relação de variação


linguística é:

a)

desgelar - degelar.

b)

rebite - arrebite.

c)

bêbado - bêbedo.

d)

enfarte - infarto.

e)

deferir - diferir.

QUESTÃO 38

Texto I
Atividade humana causa
“marcas evidentes” no registro geológico
A atividade humana alterou os sistemas naturais da Terra a tal ponto e deixou
marcas tão evidentes no registro geológico do planeta que, se os especialistas assim
decidirem, as gerações futuras não deverão ter problemas em identificar o chamado
Antropoceno, a “era dos humanos”. Esta é a conclusão de uma equipe internacional de
cientistas após uma revisão de diversos estudos relacionados ao assunto, publicada na
edição desta semana da revista “Science”.
Cunhado pelo biólogo americano Eugene F. Stoermer no início dos anos 1980, o
termo Antropoceno faz referência à maneira como os geólogos nomeiam os vários éons,
eras, períodos, épocas e idades pelas quais a Terra passou nos seus cerca de 4,6 bilhões

179
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
de anos de existência. De lá para cá, ele tem sido usado com cada vez mais frequência
por pesquisadores e profissionais das mais variadas áreas para destacar como a
Humanidade está mudando nosso planeta.
(Cesar Baima, O Globo, 08/01/2016)
“Cunhado pelo biólogo americano Eugene F. Stoermer no início dos anos 1980,
o termo Antropoceno faz referência à maneira como os geólogos nomeiam os vários éons, eras,
períodos, épocas e idades pelas quais a Terra passou nos seus cerca de 4,6 bilhões de anos de
existência”.
Os termos sublinhados indicam que a informação básica desse segmento do texto é de base
a)

histórica.

b)

geográfica.

c)

geológica.

d)

política.

e)

linguística.

QUESTÃO 39 Sonhos

Sonhar é como ir ao cinema. Seus olhos se fechando são como as luzes do


cinema se apagando, e seu sonho é como um filme projetado na tela. Só
que... Só que, mesmo que você não saiba exatamente o que vai ver no
cinema, tem uma ideia. Leu uma sinopse do filme no jornal, viu o cartaz. Sabe
se vai ser um drama ou uma comédia. Sabe quem são os atores. Sabe que, se
for filme de horror, vai se assustar, se for um filme com o Silvester Stallone, vai ter
soco etc. Quer dizer: você entra no cinema preparado. Mas você nunca
dorme sabendo o que vai sonhar.

(Luís Fernando Veríssimo, fragmento)

No fragmento “Seus olhos se fechando são como as luzes do


cinema se apagando,”, o emprego dos pronomes oblíquos em destaque:

a)

180
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
retrata a variante coloquial

b)

ilustra o padrão culto da língua.

c)

aponta para uma preferência regional.

d)

representa uma exigência da linguagem escrita.

QUESTÃO 40

Texto 3 – Carta do Leitor – Aposentadoria

O governo federal tem que escolher se quer mesmo fazer uma regra de
aposentadoria para valer ou vai fazer outra pequena e de duvidosa justiça
para todos. Se vai ser para valer, terá que acabar com a curiosa aberração
que é a aposentadoria para mulher ser antecipada em cinco anos; absurdo
inexistente em praticamente todo o mundo, além do que, no Brasil, elas vivem
em média 8 anos a mais que os homens. A dupla jornada, antiga alegação,
hoje é compartilhada com seus maridos e companheiros e não serve mais. O
governo terá também que acabar com a aposentadoria de cinco anos
menos para professores, uma vez que não há razão para esse benefício.
Independentemente de sexo ou profissão, todos têm que pagar pelo mesmo
número de anos. (O Globo, 9/10/2015)

A carta do leitor, transcrita no texto 3, mostra exemplos de linguagem


coloquial; o segmento abaixo que exemplifica essa variedade de linguagem
é:

a)

“O governo federal tem que escolher se quer mesmo fazer uma regra de
aposentadoria para valer";

b)

“...vai fazer outra pequena e de duvidosa justiça para todos";

c)

“O governo terá também que acabar com a aposentadoria de cinco anos";

d)

181
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
“Independentemente de sexo ou profissão, todos têm que pagar pelo mesmo
número de anos";

e)

“...absurdo inexistente em praticamente todo o mundo, além do que, no Brasil,


elas vivem em média 8 anos a mais que os homens".

4. Estrutura textual: organização e hierarquia das ideias: ideia


principal e ideias secundárias; relações lógicas e formais entre
elementos do texto: a coerência e a coesão textual; defesa do
ponto de vista: a argumentação e a intencionalidade; elementos
da narrativa; discurso direto; discurso indireto e indireto livre;
semântica: o significado das palavras e das sentenças: linguagem
denotativa e conotativa; sinonímia, antonímia e polissemia.

QUESTÃO 01

No período “Tomara que a revolta que eu e muitos sentiram não morra nas
redes sociais”, a forma verbal “morra” (do verbo morrer) é

a)

usada em sentido denotativo;

b)

3ª. pessoa do singular do pretérito perfeito, do modo indicativo;

c)

uma flexão regular da 3ª. pessoa do singular, do pretérito imperfeito, do modo


subjuntivo;

d)

a flexão de 3ª. pessoa do singular, do futuro do pretérito, do modo indicativo;

e)

usada em sentido conotativo.

QUESTÃO 0 2

182
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Texto 1– Guerra civil
Renato Casagrande, O Globo, 23/11/2017
O 11º Relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostrando o crescimento
das mortes violentas no Brasil em 2016, mais uma vez assustou a todos. Foram 61.619
pessoas que perderam a vida devido à violência. Outro dado relevante é o crescimento
da violência em alguns estados do Sul e do Sudeste.
Na verdade, todos os anos a imprensa nacional destaca os inaceitáveis números da
violência no país. Todos se assustam, o tempo passa, e pouca ação ocorre de fato. Tem
sido assim com o governo federal e boa parte das demais unidades da Federação. Agora,
com a crise, o argumento é a incapacidade de investimento, mas, mesmo em períodos de
economia mais forte, pouco se viu da implementação de programas estruturantes com o
objetivo de enfrentar o crime. Contratação de policiais, aquisição de equipamentos,
viaturas e novas tecnologias são medidas essenciais, mas é preciso ir muito além.
Definir metas e alcançá-las, utilizando um bom método de trabalho, deve ser parte de
um programa bem articulado, que permita o acompanhamento das ações e que incentive
o trabalho integrado entre as forças policiais do estado, da União e das guardas
municipais.
“O 11º Relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostrando o crescimento das
mortes violentas no Brasil em 2016, mais uma vez assustou a todos”.
O senão que se poderia apontar na escritura desse primeiro período do texto 1 é:
a)

a preferência por uma forma de gerúndio (mostrando) em lugar de uma


forma de oração desenvolvida (que mostra);

b)

o emprego desnecessário de acento gráfico sobre uma palavra latina


(Fórum);

c)

a ausência do vocábulo “número” entre “crescimento” e “das mortes


violentas”, que daria mais coerência ao segmento;

d)

a utilização da expressão “em 2016” em lugar de “no ano de 2016”, que traria
mais clareza ao texto;

e)

a colocação inadequada da expressão “mais uma vez”, que deveria ser


colocada ao final do período.

QUESTÃO 03

183
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
“Na verdade, todos os anos a imprensa nacional destaca os inaceitáveis
números da violência no país”.

O vocábulo “inaceitáveis” equivale ao “que não se aceita”.

A equivalência correta abaixo indicada é:

a)

tinta indelével / que não se apaga;

b)

ação impossível / que não se possui;

c)

trabalho inexequível / que não se exemplifica;

d)

carro invisível / que não tem vistoria;

e)

voz inaudível / que não possui audiência.

QUESTÃO 04

Texto 2 – Violência: O Valor da vida


Kalina Vanderlei Silva / Maciel Henrique Silva, Dicionário de conceitos históricos. São
Paulo: Contexto, 2006, p. 412
A violência é um fenômeno social presente no cotidiano de todas as sociedades sob
várias formas. Em geral, ao nos referirmos à violência, estamos falando da agressão
física. Mas violência é uma categoria com amplos significados. Hoje, esse termo denota,
além da agressão física, diversos tipos de imposição sobre a vida civil, como a repressão
política, familiar ou de gênero, ou a censura da fala e do pensamento de determinados
indivíduos e, ainda, o desgaste causado pelas condições de trabalho e condições
econômicas. Dessa forma, podemos definir a violência como qualquer relação de força
que um indivíduo impõe a outro.
Consideremos o surgimento das desigualdades econômicas na história: a vida em
sociedade sempre foi violenta, porque, para sobreviver em ambientes hostis, o ser
humano precisou produzir violência em escala inédita no reino animal.
Por outro lado, nas sociedades complexas, a violência deixou de ser uma ferramenta de
sobrevivência e passou a ser um instrumento da organização da vida comunitária. Ou
seja, foi usada para criar uma desigualdade social sem a qual, acreditam alguns teóricos,
a sociedade não se desenvolveria nem se complexificaria. Essa desigualdade social é o
fenômeno em que alguns indivíduos ou grupos desfrutam de bens e valores exclusivos e
negados à maioria da população de uma sociedade. Tal desigualdade aparece em
condições históricas específicas, constituindo-se em um tipo de violência fundamental
para a constituição de civilizações.

184
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O par de palavras em que a troca de posição acarreta modificação de
sentido é:

a)

amplos significados;

b)

determinados indivíduos;

c)

ambientes hostis;

d)

escala inédita;

e)

sociedades complexas.

QUESTÃO 05

“Hoje, esse termo denota, além da agressão física, diversos tipos de imposição
sobre a vida civil, como a repressão política, familiar ou de gênero, ou a
censura da fala e do pensamento de determinados indivíduos e, ainda, o
desgaste causado pelas condições de trabalho e condições econômicas”.

Sobre os componentes desse segmento do texto 2, é correto afirmar que:

a)

“hoje” se refere ao dia em que foi publicado o texto;

b)

“esse termo” se refere a um termo ainda a ser citado;

c)

“além de” tem valor de localização;

d)

“diversos tipos” é o mesmo que “tipos diversos”;

e)

“repressão” é adjetivado por três termos de valor adjetivo.

185
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

QUESTÃO 06

“Essa desigualdade social é o fenômeno em que alguns indivíduos ou grupos


desfrutam de bens e valores exclusivos e negados à maioria da população de
uma sociedade”.

Nesse segmento do texto 2, o primeiro termo que estabelece coesão com um


termo anterior é:

a)

fenômeno;

b)

em que;

c)

essa desigualdade;

d)

bens e valores;

e)

população.

QUESTÃO 07

Texto 2 – Intercâmbio de alimentos


Renato Mocelline/Rosiane de Camargo, História em debate. São Paulo: Editora do
Brasil, p. 72.

A chegada dos europeus à América foi o começo de uma das transformações mais
revolucionárias nos hábitos alimentares dos seres humanos.
Nos primeiros anos da conquista, os espanhóis resistiram a comer produtos nativos
americanos, por isso trouxeram consigo plantas e animais de sua terra natal. Todavia, os
espanhóis enviavam à Europa todos os alimentos exóticos que os nativos lhes ofereciam
para, de alguma forma, apaziguar a Coroa pelas dificuldades que tinham de encontrar os
tão desejados metais preciosos.
Progressivamente, por meio dessa troca entre América e Europa, a flora e a fauna de
ambos os continentes foram modificadas, pois diversas plantas e animais adaptaram-se
aos novos climas. Com isso, a dieta dos habitantes das duas regiões foi enriquecida.

186
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
“A chegada dos europeus à América foi o começo de uma das transformações mais
revolucionárias nos hábitos alimentares dos seres humanos”.

Com base nesse segmento inicial do texto 2, foram propostas várias modificações no texto; a
opção de mudança que interfere com a correção gramatical ou modifica a mensagem original é:
a)

em lugar de “a chegada dos europeus” poderia estar “a chegada europeia”;

b)

em lugar da expressão “à América” poderia estar “na América”;

c)

em lugar de “uma das transformações mais revolucionárias” poderia estar


“uma transformação das mais revolucionárias”;

d)

em lugar de “hábitos alimentares” poderia estar “hábitos de alimentação”;

e)

em lugar de “dos seres humanos” poderia estar “do Homem”.

QUESTÃO 08

Texto 1 – Prioridade à cultura


Chico D’Ângelo, O Globo, 22/11/2017 (adaptado)

A resistência ao desmonte da cultura em cenário de crises graves não se dá por acaso.


Mesmo num contexto em que o governo trabalhe pela extinção de uma série de políticas
e pilares que sustentam a cultura brasileira, os atos em defesa desta são vistos com
desdém. É muito comum que, em situações diversas, generalize-se a opinião de que
políticas públicas para a cultura não devem ser prioritárias. Combater essa generalização
equivocada é urgente.
O Brasil precisa ampliar as discussões sobre a cultura, em vez de abandoná-las. A
desidratação frequente que a gestão pública do setor vem sofrendo inibe a consolidação
de mecanismos de mapeamento contínuo da economia da cultura, capazes de garantir o
acesso da população aos bens culturais.
Um dos processos de reescritura de frases é a substituição de termos por um só
vocábulo de valor semântico equivalente; a substituição que é INADEQUADA,
entre os casos abaixo, é:

a)

187
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
“A resistência ao desmonte da cultura em cenário de crises graves” / A
resistência ao desmonte da cultura em cenário crítico grave;

b)

“A resistência ao desmonte da cultura em cenário de crises graves” / A


resistência ao desmonte cultural em cenário de crises graves;

c)

“...não se dá por acaso” / não se dá ocasionalmente;

d)

"...os atos em defesa desta são vistos com desdém” / os atos em defesa desta
são vistos desdenhosamente;

e)

“...capazes de garantir o acesso da população aos bens culturais” / capazes


de garantir o acesso populacional aos bens culturais.

QUESTÃO 09

Texto 3 – A produção do conhecimento,


Flávio de Campos

Estudar é semelhante ao trabalho de um detetive que investiga um determinado assunto.


O bom detetive é aquele que considera o maior número de hipóteses e escolhe aquelas
que julgar mais convincentes. Para fazer isso, ao contrário do que se pode pensar, é
importante ter dúvidas. Todos têm dúvidas. Do mais importante cientista ao mais
humilde trabalhador.
O que faz um trabalho de investigação ser bom é a capacidade de organizar essas
dúvidas e tentar solucionar o maior número delas. Em qualquer área profissional, há
sempre questões em aberto, onde as reflexões e as investigações ainda não obtiveram
respostas conclusivas. A pesquisa dá respostas sempre provisórias. Sempre é possível
ampliar e reformular essas respostas obtidas anteriormente.
A observação pertinente sobre a construção do texto 3 é:

a)

em lugar de “determinado assunto” deveria estar escrito “assunto


determinado”;

b)

188
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
em lugar da repetição da palavre “detetive” no segundo período, deveria ser
usado um sinônimo;

c)

em lugar do demonstrativo “aquele” no segundo período, deveria optar-se


pela forma “esse”;

d)

em lugar da expressão “em aberto”, no segundo parágrafo, deveria ter sido


empregada a forma “abertas”;

e)

em lugar de “onde”, no segundo parágrafo, deveria ter sido empregada a


expressão “em que”.

QUESTÃO 10

“Em qualquer área profissional, há sempre questões em aberto, onde as reflexões e as


investigações ainda não obtiveram respostas conclusivas”.

A observação adequada sobre os componentes desse segmento do texto é:


a)

o segmento “Em qualquer área profissional” deveria ser substituído por “Numa
área profissional qualquer”;

b)

o segmento “há sempre” deveria ser substituído por “sempre há”;

c)

o segmento “questões em aberto” deveria ser substituído por “questões


abertas”;

d)

os termos “reflexões” e “investigações” podem trocar de posição sem


modificação de sentido;

e)

o segmento “ainda não obtiveram” deveria ser substituído por “não obtiveram
ainda”.

189
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 11

“Estudar é semelhante ao trabalho de um detetive que investiga um determinado assunto. O


bom detetive é aquele que considera o maior número de hipóteses e escolhe aquelas que julgar
mais convincentes. Para fazer isso, ao contrário do que se pode pensar, é importante ter dúvidas.
Todos têm dúvidas. Do mais importante cientista ao mais humilde trabalhador.
O que faz um trabalho de investigação ser bom é a capacidade de organizar essas dúvidas e
tentar solucionar o maior número delas”.

Nesse segmento do texto 3 há cinco ocorrências do vocábulo QUE, que se encontram


sublinhadas.

Sobre essas ocorrências, é correto afirmar que:


a)

pertencem a duas classes gramaticais diferentes;

b)

relacionam-se a vocábulos anteriores de valor substantivo;

c)

exemplificam casos de anáfora e de catáfora;

d)

substituem palavras ou orações anteriores;

e)

introduzem segmentos de valor adjetivo ou adverbial.

QUESTÃO 12

Texto 4 - Cada um por si


Paula Ferreira, O Globo, 22/11/2017 (adaptado)

Ouvir a opinião do outro, trabalhar em equipe e compartilhar conhecimento são


habilidades desejadas não só no mercado de trabalho, mas no exercício da cidadania e
nas relações interpessoais. Mas valores como este não são bem desenvolvidos nas
escolas do Brasil, indica um relatório divulgado ontem com dados do Programa
Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA). Os estudantes brasileiros estão entre
os piores, em meio a 52 países ou economias com dados disponíveis, em resolver
problemas de maneira colaborativa. De acordo com especialistas, há razões claras para
essa posição. Por um lado, o foco em avaliações de larga escala afetou o que é

190
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
prioridade nas escolas do país. Por outro, o modelo de acesso ao nível superior e a
infinidade de provas desestimulam estudantes a trabalhar coletivamente.
- Os países com bom desempenho nessa habilidade têm estruturas de aula que
promovem maior interação durante o aprendizado das disciplinas comuns. Aulas nas
quais há incentivo para a colaboração entre pares têm impactos positivos sobre essa
competência – afirmou um dos diretores da Instituição, acrescentando ainda que o
Brasil precisa melhorar em áreas essenciais.
“Mas valores como este não são bem desenvolvidos nas escolas do Brasil, indica um relatório
divulgado ontem com dados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA)”.

O problema que pode ser destacado na escritura desse segmento do texto 4 é:


a)

a sigla PISA deveria ter sido escrita antes do programa que a explica;

b)

após a conjunção “mas” deveria haver uma vírgula;

c)

a locução “do Brasil” deveria ser substituída por “brasileiras”;

d)

o demonstrativo “este” deveria ser substituído por “esses”;

e)

o segmento deveria começar, por coerência, pelo nome do programa.

QUESTÃO 13

“Os países com bom desempenho nessa habilidade têm estruturas de aula que promovem maior
interação durante aprendizado das disciplinas comuns”.

O problema estrutural desse segmento do texto 4 é:


a)

a posição do adjetivo “bom” deveria ser após o substantivo;

b)

o demonstrativo “nessa” deveria ser substituído por “nesta”;

c)

o verbo “ter” deveria ser substituído por “possuir”;

191
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

o adjetivo “maior” deveria ser modificado para “mais”;

e)

o substantivo “aprendizado” deveria ser substituído por “aprendizagem”.

QUESTÃO 14

192
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

193
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Considerando o trecho abaixo, transcrito do Texto 1, analise as afirmativas
apresentadas na sequência, conforme a norma padrão escrita, e assinale a
alternativa correta.

– Leve este, menino! Ele “enterte” mais... (linha 10)

I. O verbo “entreter” deveria estar flexionado na forma “entrete”.

II. A flexão de “entreter” na terceira pessoa do singular do presente do


indicativo é entretém”.

III.O pronome pessoal retoma o pronome demonstrativo.

IV.O termo “ele” retoma o substantivo “menino”.

a)

Somente as afirmativas I e III estão corretas.

b)

Somente as afirmativas II e IV estão corretas.

c)

Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas.

d)

Somente as afirmativas II e III estão corretas.

e)

Somente as afirmativas I e IV estão corretas.

QUESTÃO 15

Com base no Texto 1 e na norma padrão escrita, analise as afirmativas abaixo


e assinale a alternativa correta.

I. Os termos “Todavia” (linha 13) e “assim” (linha 17) podem ser substituídos sem
prejuízo de significado por “Contudo” e “desse modo”, respectivamente.

194
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
II. As duas ocorrências da palavra “que” (linha 17) correspondem a, nesta
ordem, conjunção integrante e pronome.

III. Em “lá” (linha 04) e “ele” (linha 13) ocorre coesão lexical por elipse.

IV.Os verbos bitransitivos flexionam-se de dois modos distintos ao mesmo


tempo.

a)

Somente as afirmativas I e III estão corretas.

b)

Somente as afirmativas I e II estão corretas.

c)

Somente as afirmativas I, II e III estão corretas.

d)

Somente as afirmativas III e IV estão corretas.

e)

Somente as afirmativas II e IV estão corretas.

QUESTÃO 16

Texto 2

Disponível em: <https://wordsofleisure.com/tag/mafalda/page/2/>. [Adaptado]. Acesso em: 11


set. 2017.

195
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Com base no Texto 2 e na norma padrão escrita, analise as afirmativas abaixo


e assinale a alternativa correta.

I. O pronome “eu” tem o mesmo referente em todos os balões.

II. O pronome “eu” exerce a função de sujeito da oração em todos os balões.

III. O Texto 2 é um exemplo do gênero “tira” ou “tirinha”.

IV. A principal função do destaque aos termos “mãe” (segundo balão) e


“filha” (terceiro balão) é evitar que o leitor fique em dúvida de quem é a voz
naquele quadro.

a)

Somente as afirmativas II e III estão corretas.

b)

Somente as afirmativas III e IV estão corretas.

c)

Somente as afirmativas I e II estão corretas.

d)

Somente as afirmativas II e IV estão corretas.

e)

Somente as afirmativas I e III estão corretas.

QUESTÃO 17

Com base no Texto 2 e na norma padrão escrita, analise as afirmativas abaixo


e assinale a alternativa correta.

I. Os termos “mas”, “porque”, “se” e “e” (primeiro, segundo, terceiro e quarto


balões, respectivamente) funcionam como elementos coesivos para
relacionar o dado posto como o dado novo.

196
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
II. A conjunção adversativa “mas” (primeiro balão) pode ser substituída por “e”
sem prejuízo de significação.

III. As grafias “por que” e “porque” (primeiro e segundo balões,


respectivamente) são diferentes porque a primeira ocorrência não está no
início da frase e a segunda está.

IV. O termo “se” (terceiro balão) desempenha a função de conjunção


subordinativa causal.

a)

Somente as afirmativas I e III estão corretas.

b)

Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas.

c)

Somente as afirmativas II e IV estão corretas.

d)

Somente as afirmativas I e IV estão corretas.

e)

Somente as afirmativas I e II estão corretas.

QUESTÃO 18

Considerando a sequência textual abaixo e a norma padrão escrita, analise as


afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

Quando eu chegar à universidade e avistar o tamanho do campus, ficarei


encantado, absorto por tudo aquilo que me espera.

I. Ao se substituir os verbos “chegar” e “avistar” por “vir” e “ver”, estes devem


flexionar-se em “vir” e “ver”, respectivamente.

II. Ao se substituir os verbos “chegar” e “avistar” por “vir” e “ver”, estes devem
flexionar-se em “vier” e “vir”, respectivamente.

III. Ao se substituir os verbos “chegar” e “avistar” por “vir” e “ver”, estes devem
flexionar-se em “vim” e “vê”, respectivamente.

197
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
IV. O termo “absorto” por ser substituído por “extasiado” sem prejuízo de
significação.

V. A palavra “quando” exerce a função de conjunção subordinativa adverbial


temporal.

a)

Somente as afirmativas I e IV estão corretas.

b)

Somente as afirmativas II e III estão corretas.

c)

Somente as afirmativas I, III e V estão corretas.

d)

Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas.

e)

Somente as afirmativas II, IV e V estão corretas.

QUESTÃO 19

Crônica de gente pouco importante: Manaus, século XIX

Sei que vocês nunca ouviram falar de Apolinária. Nem poderiam. Ela faz parte de
um conjunto de pessoas que jamais usufruíram de notoriedade.
Era junho de 1855 quando Apolinária, 24 anos, cabinda, africana livre, afinal
desembarcou no porto de Manaus. No início do século XIX, quando o tráfico de
escravos se tornou ilegal como parte de um conjunto de acordos internacionais, os
africanos livres eram os indivíduos que compunham a carga dos navios apreendidos no
tráfico ilícito. Pela lei de 1831, se a apreensão ocorresse em águas brasileiras, eles
ficavam sob tutela estatal e deviam prestar serviços ao Estado ou a particulares por 14
anos até sua emancipação. Com isso, os africanos livres chegaram aos quatro cantos
do Império, inclusive ao Amazonas.
Apolinária foi designada para trabalhar na recém-instalada Olaria Provincial.
Suas crianças foram junto. Ali já estavam outros africanos livres que, além da
fabricação de telhas, potes e tijolos, também eram responsáveis pela supervisão do
trabalho dos índios que vinham das aldeias para servir nas obras públicas. Eram cerca
de 20 pessoas que viviam no mesmo lugar em que trabalhavam e assim foi até 1858,
quando a olaria foi fechada para se transformar em uma nova escola: os Educandos
Artífices.
A rotina na Olaria era dura e foi com alegria que Apolinária soube que seria a
lavadeira dos Educandos. Diferente dos outros, não ia precisar se mudar para o outro
lado do igarapé. Podia continuar ali com os filhos, o marido Gualberto, o cozinheiro
Bertoldo e Severa, filha de Domingos Mina. O salário não era grande coisa, mas a

198
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
amizade antiga com Bertoldo garantia alimento extra à mesa para todos. A
tranquilidade durou pouco. O diretor dos Educandos, certamente mal informado pela
boataria maledicente, a demitiu do cargo alegando que era ladra e dada a bebedeiras.
Menos de 3 meses depois, Apolinária já estava de volta ao trabalho nas obras públicas,
com destino incerto.
Sou incapaz de dizer mais alguma coisa sobre o que aconteceu com Apolinária
porque ela desapareceu da documentação, mas os fragmentos de sua vida que pude
recuperar são poderosos para iluminar cenas da vida desta cidade que estavam nas
sombras. A presença negra no Amazonas é tratada de modo marginal na historiografia
local e só muito recentemente vemos mudanças neste cenário. Há ainda muitas zonas
de silêncio. A história de Apolinária nos ajuda a colocar problemas novos, entre eles, o
fato de que a trajetória dessas pessoas que cruzaram o Atlântico e, depois, o Império
permite acessar um mundo bem pouco visível na história do Brasil: a diversidade de
experiências que uniram índios, escravos, libertos e africanos livres no mundo do
trabalho no século XIX.
Falar dessa gente pouco importante é buscar dialogar com personagens reais e
concretos. Suas vidas comuns foram, de fato, extraordinárias, cada uma a seu modo.
Seres humanos verdadeiros, que fazem a História acontecer todos os dias.
(Adaptado de: Patrícia Sampaio. Disponível em: http://amazoniareal.
com.br. 06.08.2014)
A grafia de história, em minúscula no penúltimo parágrafo, e a de História,
iniciada por maiúscula no último parágrafo, enfatizam a distinção
estabelecida entre os dois usos do vocábulo, empregado, respectivamente,
com os sentidos de

a)

particularidade e coletividade.

b)

invenção e fato.

c)

certeza e dúvida.

d)

universalidade e individualidade.

e)

emoção e razão.

QUESTÃO 20

O comentário que interpreta adequadamente o vocábulo destacado, em seu


contexto, está em:

199
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

Sei que vocês nunca ouviram falar de Apolinária. (1° parágrafo) – refere-se a
um número reservado de historiadores, público-alvo do texto, a quem a autora
se reporta com formalidade e deferência.

b)

[...] deviam prestar serviços ao Estado ou a particulares por 14 anos


até sua emancipação. (2° parágrafo) – refere-se aos senhores de escravos e
expressa ideia de posse.

c)

Diferente dos outros, não ia precisar se mudar para o outro lado do igarapé.
(4° parágrafo) – refere-se a um sujeito indeterminado, que não se pode deduzir
da leitura do texto.

d)

O diretor dos Educandos [...] a demitiu do cargo [...]. (4° parágrafo) – refere-se
a Apolinária e indica que ela sofre a ação do verbo demitir.

e)

[...] iluminar cenas da vida desta cidade que estavam nas sombras. (5°
parágrafo) – refere-se a cidade e poderia ser substituído por a qual.

Respostas 01: 02: 03: 04: 05: 06: 07: 08: 09: 10:
11: 12: 13: 14: 15: 16: 17: 18: 19: 20:

QUESTÃO 21

Crônica de gente pouco importante: Manaus, século XIX

Sei que vocês nunca ouviram falar de Apolinária. Nem poderiam. Ela faz parte de
um conjunto de pessoas que jamais usufruíram de notoriedade.
Era junho de 1855 quando Apolinária, 24 anos, cabinda, africana livre, afinal
desembarcou no porto de Manaus. No início do século XIX, quando o tráfico de
escravos se tornou ilegal como parte de um conjunto de acordos internacionais, os
africanos livres eram os indivíduos que compunham a carga dos navios apreendidos no
tráfico ilícito. Pela lei de 1831, se a apreensão ocorresse em águas brasileiras, eles
ficavam sob tutela estatal e deviam prestar serviços ao Estado ou a particulares por 14
anos até sua emancipação. Com isso, os africanos livres chegaram aos quatro cantos
do Império, inclusive ao Amazonas.
Apolinária foi designada para trabalhar na recém-instalada Olaria Provincial.
Suas crianças foram junto. Ali já estavam outros africanos livres que, além da
fabricação de telhas, potes e tijolos, também eram responsáveis pela supervisão do

200
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
trabalho dos índios que vinham das aldeias para servir nas obras públicas. Eram cerca
de 20 pessoas que viviam no mesmo lugar em que trabalhavam e assim foi até 1858,
quando a olaria foi fechada para se transformar em uma nova escola: os Educandos
Artífices.
A rotina na Olaria era dura e foi com alegria que Apolinária soube que seria a
lavadeira dos Educandos. Diferente dos outros, não ia precisar se mudar para o outro
lado do igarapé. Podia continuar ali com os filhos, o marido Gualberto, o cozinheiro
Bertoldo e Severa, filha de Domingos Mina. O salário não era grande coisa, mas a
amizade antiga com Bertoldo garantia alimento extra à mesa para todos. A
tranquilidade durou pouco. O diretor dos Educandos, certamente mal informado pela
boataria maledicente, a demitiu do cargo alegando que era ladra e dada a bebedeiras.
Menos de 3 meses depois, Apolinária já estava de volta ao trabalho nas obras públicas,
com destino incerto.
Sou incapaz de dizer mais alguma coisa sobre o que aconteceu com Apolinária
porque ela desapareceu da documentação, mas os fragmentos de sua vida que pude
recuperar são poderosos para iluminar cenas da vida desta cidade que estavam nas
sombras. A presença negra no Amazonas é tratada de modo marginal na historiografia
local e só muito recentemente vemos mudanças neste cenário. Há ainda muitas zonas
de silêncio. A história de Apolinária nos ajuda a colocar problemas novos, entre eles, o
fato de que a trajetória dessas pessoas que cruzaram o Atlântico e, depois, o Império
permite acessar um mundo bem pouco visível na história do Brasil: a diversidade de
experiências que uniram índios, escravos, libertos e africanos livres no mundo do
trabalho no século XIX.
Falar dessa gente pouco importante é buscar dialogar com personagens reais e
concretos. Suas vidas comuns foram, de fato, extraordinárias, cada uma a seu modo.
Seres humanos verdadeiros, que fazem a História acontecer todos os dias.
(Adaptado de: Patrícia Sampaio. Disponível em: http://amazoniareal.
com.br. 06.08.2014)
[...] eles ficavam sob tutela estatal e deviam prestar serviços ao Estado ou a particulares por 14
anos até sua emancipação. (2° parágrafo)

A expressão destacada pode ser antecedida – sem prejuízo do sentido, da coesão e da correção
gramatical – por
a)

alcançarem à.

b)

fizerem juz a.

c)

que ocorresse.

d)

lhe sucederem.

e)

201
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
que os fosse concedido.

QUEZSTÃO 22

A palavra excesso (l. 12) pode ter vários sentidos. Assinale a alternativa em
que esse vocábulo apresenta o mesmo significado que tem no texto.

a)

202
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O governante reconheceu que a polícia cometeu excessos na repressão aos
grevistas. DESMANDOS

b)

A costureira, para diminuir o tamanho da roupa, cortou o excesso de tecido e


o descartou. EXCEDENTE

c)

O excesso de gordura pode causar sérios danos à saúde. DEMASIA

d)

Nas guerras, em geral, costuma haver excessos contra prisioneiros. ABUSOS

e)

Após a colheita, o excesso foi distribuído à população mais


pobre. REMANESCENTE

QUESTÃO 23

São palavras que poderiam substituir, no texto, pleitear (l. 06) e demanda (l.
10), sem causar alterações de qualquer tipo:

a)

pautar – ordem

b)

manifestar – pedido

c)

votar – exigência

d)

sugerir – solicitação

e)

reivindicar – necessidade

QUESTÃO 24

Considere as seguintes passagens do texto:

203
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

I. “A partir das cinzas da Guerra Civil” (l. 06).


II. “Um movimento que correu com velocidade expressa” (l. 07).
III. “As pessoas trabalham demais” (l. 11).

Quais delas estão em linguagem figurada?


a)

Apenas I.

b)

Apenas III.

c)

Apenas I e II.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 25

TEXTO I

O Parque das Águas de Caxambu, principal atração turística da cidade localizada no Sul
de Minas Gerais, ganha nova gestão a partir do dia 1º de outubro de 2017. A Companhia
de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), proprietária do
empreendimento, assume a administração do espaço, que estava sob gestão da
Prefeitura Municipal desde 1989. O funcionamento do Parque das Águas e o acesso da
comunidade e dos turistas serão mantidos, permanecendo o valor de R$ 5,00 para os
turistas e R$ 2,50 para a comunidade caxambuense. O plano da Empresa para o
empreendimento, incluindo o balneário, prioriza a recuperação dos ativos, por meio de
melhorias em calhas, telhado, equipamentos (duchas, banheiras, sauna) e instalações
(rede de água quente, louças, metais, bomba, drenagem), além de limpeza geral e
revitalização de pisos e paredes, por exemplo.
Em junho deste ano, o setor de Engenharia da Codemig realizou vistoria no local, para
avaliação das condições das edificações e dos equipamentos do parque, visando o
recebimento do patrimônio público estadual que se encontrava sob gestão da Prefeitura
Municipal. O custo total estimado para colocar em melhores condição de uso foi orçado
em aproximadamente R$ 11 milhões, incluindo serviços no balneário (caldeira,
pinturas, equipamentos, pisos, paredes, telhado, calhas, instalações, limpeza geral), na
área da piscina, nas lojas, na área do pedalinho, nas portarias, nos fontanários e coreto,
além de redes internas, quadras, brinquedos, pavimentações, cercamento, regularização
do AVCB, desassoreamento do lago, iluminação e instalações elétricas, entre outros.

204
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A equipe de trabalho da Codemig assumirá as operações do parque e do balneário a
partir de outubro, em substituição aos servidores da Prefeitura e os de livre nomeação
que até então prestam serviços no espaço e estão vinculados à Administração
Municipal.
Em paralelo, a Codemig está preparando licitação para captar um parceiro privado
visando à formação de uma Sociedade em Conta de Participação para o negócio de
águas minerais e seus correlatos. Dados apresentados pela Prefeitura Municipal de
Caxambu apontaram que o resultado financeiro do Parque é historicamente deficitário:
o resultado de 2013 a 2016 teve déficit acumulado de R$ 1.089.695,64 — parte do
prejuízo deve-se ao número excessivo de empregados contratados pela Administração
Municipal para atuação no Parque e à não cobrança dos aluguéis referentes a cessão de
espaço.
Em meio a esse cenário contábil de reiteradas perdas e frente aos desafios que se
impõem ao alcance e à manutenção da viabilidade econômica em um mercado cada vez
mais competitivo, a Codemig considerou essencial a construção conjunta de uma
solução eficaz e efetiva. A Empresa busca potencializar o dinamismo do
empreendimento, ampliar o público-alvo do local e valorizar a eficiência na prestação
dos serviços à população, além de contribuir para maior projeção de Caxambu e Minas
Gerais no segmento turístico, respeitando sempre as comunidades local e regional.
A Codemig reconhece a importância do Parque das Águas de Caxambu para além das
esferas local e regional, valorizando o espaço como rico e diversificado patrimônio.
Empresa pública indutora do desenvolvimento de Minas Gerais, a Codemig atua em
prol do crescimento econômico sustentável, do bem-estar dos mineiros e da preservação
de acervos turísticos e históricos do estado.
[...]
CODEMIG. Disponível em: <https://goo.gl/VhUow>. Acesso em: 25 set. 2017
[Fragmento adaptado].
Releia o trecho a seguir.

“Em meio a esse cenário contábil de reiteradas perdas e frente aos desafios que se impõem
[...]”

Sem alterar o sentido original do trecho, a palavra destacada pode ser substituída por:
a)

repetidas.

b)

diferentes.

c)

grandes.

d)

incalculáveis.

205
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 26

TEXTO II

Caxambu, a cidade com a maior estância


hidromineral do mundo

A pequena cidade de Caxambu, localizada no sul de Minas Gerais, é a cidade com a


maior estância hidromineral do Brasil. Segundo a prefeitura, é o maior complexo
hidromineral do mundo! A cidade conta com 12 fontes de águas minerais em seu
bucólico Parque das Águas, onde as pessoas podem experimentar as águas e fazer
massagens e banhos com água mineral.
Podemos dizer que Caxambu é uma pacata cidade do interior. Com seus 20 mil
habitantes, o município é tranquilo e possui uma população hospitaleira. Muitos turistas
chegam à cidade com o intuito de descansar, afinal stress não é uma palavra comum no
vocabulário dos moradores da cidade. Por isso, há quem desembarque em Caxambu
fugindo da agitação dos grandes centros urbanos, mas ainda são os aposentados o
principal público que visita a cidade.
O turismo na região é antigo. Já no século XIX, a família real saía do Rio de Janeiro
para visitar Caxambu em busca das propriedades medicinais das águas da cidade.
Devido a visitantes tão importantes, algumas fontes foram batizadas com nomes de
membros da família real, com destaque para a fonte Dom Pedro, em que há uma coroa.
Uma história interessante: a visita da Princesa Isabel a Caxambu, em 1868. Ela visitou a
cidade acompanhada de seu marido, Conde d’Eu, com a intenção de beber das águas
terapêuticas e curar sua infertilidade. A Princesa bebeu águas ricas em ferro e reverteu
seu quadro de anemia. Não se sabe se foi devido a isso, mas ela conseguiu engravidar e,
por gratidão, presenteou a cidade com a Igreja de Santa Isabel.
ZIG, Felipe. Disponível em: < https://goo.gl/ptZorn>. Aceso em: 26 set. 2017
[Fragmento].
Assinale a alternativa em que a palavra destacada não pode ser substituída,
feitas as devidas concordâncias, pela palavra ou locução entre colchetes.

a)

“[...] em seu bucólico Parque das Águas [...]” [CAMPESTRE]

b)

“[...] Caxambu é uma pacata cidade do interior.” [TRANQUILA]

c)

“Segundo a prefeitura, é o maior complexo hidromineral do mundo!”


[BALNEÁRIO]

d)

“[...] com a intenção de beber das águas terapêuticas e curar sua


infertilidade.” [CURATIVAS]

206
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

QUESTÃO 27

O crescimento dos robôs colaborativos é a parte mais visível de uma transição que
vem ocorrendo no mercado de trabalho no mundo todo. A mecanização das linhas de
montagem e a automação de tarefas antes feitas por humanos vêm se acelerando nas
empresas. A cada ano, mais 240000 robôs industriais são vendidos no mundo e esse
número tem crescido a uma taxa média de 16% ao ano desde 2010, puxado
principalmente pela China. Atividades rotineiras nas fábricas, como instalar uma peça,
hoje podem ser feitas usando máquinas como os braços robóticos de baixo custo. Com o
advento de novas tecnologias, como a inteligência artificial, os carros autônomos e a
análise de grandes volumes de dados (o chamado big data), a expectativa é que as
máquinas e os computadores passem a substituir outras tarefas que hoje só podem ser
realizadas por pessoas. Já existem algoritmos que fazem a seleção de candidatos a vagas
de emprego no recrutamento de empresas e também carrinhos autônomos que
transportam produtos dentro de uma central de distribuição. Muito mais está por vir.
Diante desse cenário, muitos especialistas vêm se perguntando se o rápido avanço
da tecnologia chegará a tal ponto que tornará boa parte do trabalho obsoleta. Para os
economistas, o que determina se uma profissão tende a ser substituída por um robô ou
um software não é se o trabalho é manual, mas se as tarefas executadas pelas pessoas
são repetitivas. Um famoso estudo publicado em 2013 por pesquisadores da
Universidade de Oxford, no Reino Unido, analisou 702 profissões nos Estados Unidos e
o risco de elas serem trocadas por computadores e algoritmos nos próximos dez ou 20
anos. O resultado é alarmante. Quase metade dos empregos dos Estados Unidos está
ameaçada, segundo os pesquisadores.
(Exame, 02.08.2017)
Leia as passagens do texto:

– … é a parte mais visível de uma transição que vem ocorrendo no mercado de trabalho… (1°
parágrafo);
– Atividades rotineiras nas fábricas… (1° parágrafo);
– … que tornará boa parte do trabalho obsoleta. (2° parágrafo);
– O resultado é alarmante. (2° parágrafo).

Os termos em destaque significam, correta e respectivamente:


a)

mudança; cotidianas; ultrapassada; inquietante.

b)

alteração; comuns; modernizada; aterrador.

c)

passagem; inusuais; arcaica; provocante.

d)

207
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
deterioração; simples; retrógrada; preocupante.

e)

transformação; relevantes; confusa; pacificador.

QUESTÃO 28

Para se alfabetizar de verdade,


Brasil deve se livrar de algumas ideias tortas

Meses atrás, quando falei aqui do livro de Zinsser, um leitor deixou o seguinte
comentário: “É de uma pretensão sem tamanho, a vaidade elevada ao maior grau, o
sujeito se meter a querer ensinar os outros a escrever”.
Pois é. Muita gente acredita que, ao contrário de todas as demais atividades
humanas, da música à mecânica de automóveis, do macramê à bocha, a escrita não pode
ser ensinada. Por quê?
Porque é especial demais, elevada demais, dizem alguns. É o caso do leitor citado,
que completou seu comentário com esta pérola: “Saber escrever é uma questão de
talento, quem não tem, não vai nunca aprender…”
Há os que chegam à mesma conclusão pelo lado oposto, a ilusão de que toda pessoa
alfabetizada domina a escrita, e o resto é joguinho de poder espúrio.
Talento literário é raro mesmo, mas não se trata disso. Também não estamos falando
só de correção gramatical e ortográfica, aspecto que será cada vez mais delegado à
inteligência artificial.
Estamos falando de pensamento. Escrever com clareza e precisão, sem matar o leitor
de confusão ou tédio, é uma riqueza que deve ser distribuída de forma igualitária por
qualquer sociedade que se pretenda civilizada e justa.
(Sérgio Rodrigues. Folha de S.Paulo, 07.12.2017)
No texto, a passagem cujo termo em destaque exemplifica uso de linguagem
figurada é:

a)

“É de uma pretensão sem tamanho, a vaidade elevada ao maior grau…”.

b)

Porque é especial demais, elevada demais, dizem alguns.

c)

É o caso do leitor citado, que completou seu comentário com esta pérola…

d)

… a ilusão de que toda pessoa alfabetizada domina a escrita…

e)

208
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
… aspecto que será cada vez mais delegado à inteligência artificial.

QUESTÃO 29

A correção gramatical e o sentido original do texto 1A1BBB seriam preservados


caso se substituísse

a)

“orais” (ℓ.23) por comunicativos.

b)

“equivocada” (ℓ.4) por desordenada.

c)

“precedência” (ℓ.13) por preferência.

d)

“intrínseco” (ℓ.16) por inerente.

e)

“inegável” (ℓ.21) por incerta.

209
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

QUESTÃO 30

Texto 1
O Sol na obra de Van Gogh
Nenhum outro pintor captou e soube transmitir a luz e a energia do Sol como Vincent van Gogh
(1863-1890). Cansado e desgostoso de Paris, Van Gogh passou os dois últimos anos de sua vida no
sul da França, que os franceses chamam de Midi. Ele queria pintar ao ar livre, em um contexto mais
luminoso. Em uma carta ao seu irmão Theo, em 1888, ele escreveu: "Vim ao Midi por muitas razões.
Por querer ver outra luz, crer que a contemplação da natureza sob um céu mais claro pode me dar um
ideia mais exata da maneira de sentir e desenhar dos japoneses. Querer, enfim, ver este sol mais
intenso, porque pressinto que, sem conhecê-lo, não é possível compreender desde o ponto de vista da
realização e da técnica, as obras de Delacroix, e porque me intuiu que as cores do prisma se velam
com as brumas do norte". Após uma violenta discussão com seu amigo pintor Paul Gauguin (1848-
1903), e que teve como consequência a famosa mutilação de parte da orelha, Van Gogh foi internado
no sanatório de Saint-Rémy. Lá, o Sol continuava presente em suas criações. Em seus últimos meses
de vida, e durante uma das várias internações de Van Gogh no sanatório de SaintRémy, ele
descobriu na França meridional uma fonte de inspiração inesgotável: as oliveiras. Com elas
compartilhou os últimos dias de sua vida turbulenta. Talvez uma destas obras mais significativas que
tenha pintado foi Oliveiras com céu amarelo e Sol. Recentemente, esta obra foi uma das escolhidas
em um projeto para sofrer um corte virtual de suas árvores como forma criativa de chamar a atenção
para o desmatamento. Van Gogh era fascinado pelos astros. Sol, Lua, estrelas. Procurava a luz à sua
volta. Talvez para iluminar o seu interior sombrio. Ele precisava de todas as luzes da natureza para
fazer germinar a natureza da sua Arte. BELTRÃO, C. Disponível em: Acesso em 12/11/2017.
[Adaptado]

Texto 2
Um gafanhoto esteve incrustado mais de um século em um Van Gogh
Os restos de um gafanhoto com mais de um século foram encontrados na espessa
pintura As Oliveiras, de Vincent van Gogh (parte de uma série de 18 pinturas que o
artista fez sobre o tema em 1889). Uma restauradora do Museu de Arte Nelson-Atkins,
na cidade de Kansas, nos Estados Unidos, onde a obra está exposta, descobriu o inseto
enquanto trabalhava numa pesquisa sobre a tela. Segundo um comunicado dessa
pinacoteca, o achado é apenas um dos resultados emocionantes que surgiram quando o
estudo científico e a investigação histórica da arte se combinaram no museu para
compreender melhor o processo do artista holandês.
"As Oliveiras é uma pintura muito querida no NelsonAtkins e esse estudo científico não
faz mais do que aumentar nossa compreensão de sua riqueza', afirmou o diretor do
museu, Julián Zugazagoitia. "Van Gogh trabalhou ao ar livre, e sabemos que ele, como
outros artistas plein air, lidou com o vento e o pó, a grama e as árvores, e as moscas e os
gafanhotos."
A equipe de pesquisadores entrou em contato com o paleoentomologista Michael S.
Engel, professor da Universidade de Kansas, para seu estudo posterior. Engel observou
que faltavam o tórax e o abdômen do gafanhoto e que não se via nenhum sinal de
movimento na pintura circundante. Isso indica que o inseto estava morto antes de
aterrissar na tela de Van Gogh. O gafanhoto não pode servir para uma datação mais
precisa da pintura.
Assinale a alternativa correta, considerando as frases em seu contexto (texto 2)
e a norma culta da língua escrita.

a)

210
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Em "Segundo um comunicado dessa pinacoteca" (1º parágrafo), a expressão
sublinhada é um recurso coesivo que faz referência a Museu de Arte Nelson-
Atkins.

b)

Em "Uma restauradora do Museu de Arte Nelson-Atkins, na cidade de Kansas,


nos Estados Unidos, onde a obra está exposta" (1º parágrafo), o pronome
relativo pode ser substituído por "aonde".

c)

Em "As Oliveiras é uma pintura muito querida" (2º parágrafo), o verbo deveria
estar no plural, em concordância com As Oliveiras.

d)

Em "não se via nenhum sinal de movimento na pintura circundante" (3º


parágrafo), o pronome oblíquo átono pode ser posposto ao verbo.

e)

Em "o inseto estava morto antes de aterrissar na tela de Van Gogh (3º
parágrafo), a oração reduzida pode ser desenvolvida como "antes que
aterrissou na tela de Van Gogh".

QUESTÃO 31

"A crônica não é um gênero maior" já escreveu Antônio Cândido. Graças a Deus,
completou o próprio crítico, porque, "sendo assim, ela fica perto de nós" Na sua
despretensão, humaniza. Fruto do jornal, onde aparece entre notícias efêmeras, a crônica
é um gênero literário que se caracteriza por estar perto do dia a dia, seja nos temas,
ligados à vida cotidiana, seja na linguagem despojada e coloquial do jornalismo. Mais
do que isso, surge inesperadamente, como um instante de alívio para o leitor fatigado
com a frieza da objetividade jornalística.
De extensão limitada, essa pausa se caracteriza exatamente por ir contra as tendências
fundamentais do meio em que aparece - o jornal diário. Se a notícia deve ser sempre
objetiva e impessoal, a crônica é subjetiva e pessoal. Se o jornal é frio, na crônica
estabelece-se uma atmosfera de intimidade entre o leitor e o cronista, que refere
experiências pessoais ou expende juízos originais acerca dos fatos versados. A crônica
não é, portanto, apenas filha do jornal. Trata-se do antídoto que o próprio jornal produz.
Só nele pode sobreviver, porque se nutre exatamente do caráter antiliterário do
jornalismo diário.
O leitor pressuposto da crônica é urbano e, em princípio, um leitor de jornal ou de
revista. A preocupação com esse leitor é que faz com que, entre os assuntos tratados, o
cronista dê maior atenção aos problemas do modo de vida urbano, do mundo

211
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
contemporâneo, dos pequenos acontecimentos do dia a dia comuns nas grandes cidades.
Por esse motivo, é uma leitura agradável, pois o leitor interage com os acontecimentos
e, por muitas vezes, se identifica com as ações tomadas pelas personagens.
NISKIER, A. Disponível em: <http://www.academia.org.br/artigos/arte-de-fazer-
cronicas> Acesso em 12/11/2017. [Adaptado]
Considere o período extraído do texto 3.

Fruto do jornal, onde aparece entre notícias efêmeras, a crônica é um gênero


literário que se caracteriza por estar perto do dia a dia, seja nos
temas, ligados à vida cotidiana, seja na linguagem despojada e coloquial do
jornalismo. (1º parágrafo)

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de palavras que


substituem as sublinhadas no período acima, sem prejuízo de significado e sem
ferir a norma culta da língua escrita.

a)

em cujo • transitórias • ou • atrelados • ou

b)

no qual • temporárias • tanto • unidos • também

c)

que • circunstanciais • não só • submetidos • mas também

d)

em que • passageiras • quer • associados • quer

e)

o qual • curtas • tanto • conectados • bem como

QUESTÃO 32

Guignard na parede

– Este seu Guignard é falso ou verdadeiro? - perguntou-lhe o visitante, coçando o


queixo, de um modo ainda mais suspeitoso do que a pergunta.
– Ora essa, por que duvida?
– Eu não duvido nada, só que existem por aí uns cinquenta quadros falsos de Guignard,
e então...
– Então o quê?

212
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
– Esse também podia ser. Só isso.
– Pois não é, não senhor. Qualquer um vê logo que se trata de Guignard autêntico,
Guignard da melhor época.
– Não ponho em dúvida sua palavra, Deus me livre. Mas nunca se sabe se um quadro é
autêntico ou não. Nunca. Não há prova irrefutável.
– Mesmo que se tenha visto o pintor trabalhando nele?
– Em geral, o pintor não trabalha à vista dos outros. No máximo dá uma pincelada, um
toque. Até os retratos, não sabia? São feitos em grande parte na ausência dos retratados.
Todo artista tem um auxiliar, espécie de primo pobre, que imita à perfeição a maneira
do mestre...
– Guignard tinha alunos; e daí? Vai me dizer que os alunos pintavam e ele assinava?
– O senhor é que parece estar insinuando isso. Eu digo apenas que assinatura pode ser
autêntica num quadro falso. Veja Picasso. Picasso assina falsos Picassos por blague ou
para ajudar pobres-diabos. Pode parecer maluquice, mas para mim o pintor é o primeiro
falsificador de sua obra, ele se copia e manda os outros copiarem .
– Não diga uma besteira dessas.
[...]
– Fiquei com medo do senhor ter um falso Guignard, e preveni. Não há razão para se
queimar.
– Está bem.
– Talvez tenha feito mal em alertá-lo. O senhor vai ficar preocupado, cismado. Não
desejo isso. Vamos fazer uma coisa? Para o senhor não se chatear, eu compro o seu
quadro, mesmo tendo as maiores dúvidas sobre a autenticidade. Repare bem: a fluidez
da pintura é demasiado fluida para ser original. Um mestre nunca vai ao extremo de sua
potencialidade; deixa que os outros exacerbem sua maneira. Este Guignard é tão leve,
tão aéreo, que só mesmo de alguém muito habilidoso, que procurasse ser mais Guignard
do que o próprio Guignard. Não há dúvida, para mim não é Guignard. Quanto quer por
isto?
– Quero que o senhor vá para o inferno, sim?
ANDRADE, C. D. de. 70 historinhas. 13 ed. Rio de Janeiro: Record,2009. p.195-197.
Considere as frases extraídas do texto 4.

1. – Este seu Guignard é falso ou verdadeiro? – perguntou-lhe o visitante.

2. Mas nunca se sabe se um quadro é autêntico ou não. Nunca.

3. Até os retratos, não sabia? São feitos em grande parte na ausência dos
retratados.

Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras (V) e as falsas (F).

213
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
( ) Em 1, os pronomes "seu" e "lhe" são elementos coesivos que fazem
referência ao pintor do quadro.

( ) Em 1 e 2, a partícula "ou" tem valor inclusivo e exprime equivalência dos


conceitos envolvidos na alternância.

( ) Em 2, o segundo "se" funciona como conjunção integrante e introduz uma


oração subordinada que complementa o verbo transitivo saber.

( ) Em 2, a segunda ocorrência de "nunca', em uma frase isolada, tem valor de


ênfase.

( ) Em 3, "não sabia?" é uma expressão interrogativa que está intercalada no


interior de uma informação declarativa.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

a)

V•V•V•F•F

b)

V•F•F•F•V

c)

F•V•F•V•V

d)

F•F•V•V•V

e)

F•F•F•V•F

QUESTÃO 33

214
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
REFLEXÃO SOBRE BULLYING
Os mais novos precisam de limites – mas só isso não basta

SEMPRE QUE uma tragédia que envolve crianças ocorre, somos instigados a
pensar e a refletir. Os mais novos são nossa responsabilidade, porque é neles que
depositamos o destino da humanidade: serão eles que, num futuro breve, darão os rumos
de nossa sociedade. Por isso, precisamos saber o que podemos fazer melhor, e o que
estamos fazendo de pior para eles, mesmo sem termos consciência disso.
Creio que hoje quase todo mundo sabe que temos um Dia Mundial de combate ao
Bullying – 20 de outubro -, e foi justamente nesse dia que ocorreu uma tragédia em
nosso país, logo associada ao bullying. Um garoto de 14 anos usou uma arma de fogo
para atirar em seus colegas de escola. Dois morreram e outros ficaram feridos.
Mas, afinal, o que é bullying? Em tempos de confusão sobre o tema, é bom
esclarecer: é violência, física ou psicológica, praticada repetidamente por uma pessoa ou
um grupo contra outra pessoa ou grupo. [...]
Por que o bullying ocorre, afinal? Não é uma questão simples, não há uma causa,
mas uma rede formada por vários motivos diferentes. Primeiramente, porque a escola
espelha a sociedade em que está inserida. Vamos reconhecer: vivemos há tempos em
uma sociedade violenta! Pessoas matam outras porque foram abandonadas, por ter sido
traídas, por dinheiro, porque brigaram no trânsito ou no futebol. Pessoas denigrem e
agridem outras porque não concordam com suas posições. Xingamentos humilhantes
tornam-se rotineiros e banais. Perdemos boa parte do que chamamos de civilidade.
[...] De nada adianta apenas dizer para crianças ou adolescentes “não façam isso” ou
“façam aquilo”. É preciso acompanhar o processo. Temos negado nossa presença a eles
porque estamos muito ocupados com nossas traquitanas tecnológicas, com nossa
juventude, com nossos planos, com nossa vida. [...] Também não ensinamos que é
possível lidar com as emoções que surgem repentinamente sem ser de modo
intempestivo, que devemos nos relacionar com as diferenças sem julgar, que precisamos
ter empatia e virtudes. Ensinamos apenas que é preciso ter êxito e sucesso, e ser
popular! Agora, eu pergunto: o que nós, adultos, temos a ver com o bullying entre
crianças e adolescentes? Nosso comportamento já diz: temos TUDO a ver!
(Rosely Sayão - Veja, 1º de
novembro/17)
No que se refere à coerência textual, considerando a distribuição dos tópicos temáticos nos
parágrafos para assegurar o ponto de vista assumido, é possível afirmar que a autora

I- direciona a argumentação no sentido de responsabilizar a escola em conscientizar as crianças


e os adolescentes em relação aos males causados aos seus pares, devido à intolerância, de
qualquer natureza, pois só assim é possível evitar tragédias nesse ambiente.
II- destaca o fato de a escola refletir o comportamento da sociedade, seguindo a argumentação
na direção de alertar sobre a necessidade de cada cidadão dever dar bom exemplo, aprendendo a
conviver com as diferenças, evitar julgamentos e não apenas dizer o que o jovem deve fazer,
mas participar da sua formação.
III- atribui a falta de limites da criança ou do adolescente aos pais, que, estando sempre
ocupados, não orientam os filhos, de modo que a argumentação vai na direção de apontar que a
violência nas escolas decorre da má educação oferecida em casa.

215
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Dentre as asserções, é CORRETO o que se afirma apenas em
a)

II.

b)

I e II.

c)

I e III.

d)

II e III.

e)

III.

QUESTÃO 34

Feita a leitura dos fragmentos expostos de I a V abaixo, responda ao que se pede.

I- “Quer ver desejo? / É o desejo tando desejando/ A lua olhando esse amor na brecha do
telhado” (Jessier Quirino)
II- “Dois risquin de sobrancelha, os ói azul festejado/ Platibandinha de testa, sem franzido ou
pinicado/ Linda não, aquelas tuia/ Dei dois viva de aleluia, nesse sonho iluminado”. (Linda não,
aquelas tuia. Jessier Quirino).
III- “Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo. Porque os corpos se entendem, mas as
almas não”. (Arte de Amar. Manuel Bandeira).
IV- “Tenho em mim todos os sonhos do mundo”. (Fernando Pessoa)
V- “O ex-secretário de Estado da Casa Civil do Rio de Janeiro Régis Fichtner foi preso nesta
quinta-feira (23) em mais uma etapa da Operação Lava Jato realizada em território fluminense.

(Disponível em: > https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/11/23/ex-secretario-
da-casa-civil-do-rio-e-empresarios-sao-alvo-de-esdobramento-da-lava-jato.htm<. Data da
consulta: 22/11/2017.

Há registros de conotação apenas nos fragmentos


a)

I, II, III e IV.

b)

216
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
I e IV.

c)

II, III, IV e V.

d)

I, IV e V.

e)

III, IV e V.

QUESTÃO 35

Texto 1

Antes de iniciar este livro, imaginei construi-lo pela divisão do trabalho. Dirigi-me a
alguns amigos, e quase todos consentiram de boa vontade em contribuir para o
desenvolvimento das letras nacionais. Padre Silvestre ficaria com a parte moral e as
citações latinas; João Nogueira aceitou a pontuação, a ortografia e a sintaxe; prometi ao
Arquimedes a composição tipográfica; para a composição literária convidei Lúcio
Gomes de Azevedo Gondim, redator e diretor do Cruzeiro. Eu traçaria o plano,
introduziria na história rudimentos de agricultura e pecuária, faria as despesas e poria o
meu nome na capa. (Fragmentos do romance São Bernardo, Graciliano Ramos)
Disponível em: > https://veele.files.wordpress.com/2010/02/sc3a3obernardo-
gracilianoramos.pdf<. Data da consulta: 22/11/2017.

Texto 2

No enunciado “Antes de iniciar este livro, imaginei construi-lo pela divisão do


trabalho. Dirigi-me a alguns amigos, e quase todos consentiram de boa
vontade em contribuir para o desenvolvimento das letras nacionais.” os
elementos coesivos “lo” e “quase todos” são marcadores coesivos que se
enquadram na categoria denominada

217
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

pronominalização de natureza anafórica.

b)

lexicalização de natureza catafórica.

c)

referenciação por reiteração.

d)

referenciação por elipse.

e)

referenciação por sinonimização.

QUESTÃO 36
Prova: Técnico Judiciário - Área Administrativa

Toda utopia, desde a criação do termo por Thomas Morus, há quinhentos anos,
anda junto com um projeto de urbanização. É difícil planejar uma cidade e resistir à
tentação de formular um projeto de sociedade. Mais que isso, se Severo Sarduy tem
razão ao afirmar que a cidade passa a ser cartografada, quando, durante a
Renascença, deixa de ser imediatamente visível em sua inteireza, quando escapa ao
olhar direto, então o ato de cartografar a cidade é simultâneo ao de planejá-la. Ver a
cidade como um todo e criá-la nova obedecem a um mesmo movimento.
É conhecida a oposição que, em Raízes do Brasil, Sérgio Buarque de Holanda tece
entre as cidades da América hispânica e as da América portuguesa. As cidades
hispano-americanas são como tabuleiros de xadrez: planejadas, com ruas
perpendiculares. Já as cidades brasileiras são semeadas nas montanhas e nos vales,
seguindo ritmos naturais, que não são os das linhas retas. Pois o Brasil central tem
uma presença mais intensa das retas e perpendiculares, bem como do planejamento
urbano, mas que talvez só uma vez, com a construção da capital federal, esteja
vinculado a um projeto de nova sociedade. O Brasil central e tardio rompe com o
Brasil colonial, “atrasado”. O exemplo mais significativo dessa mudança está no modo
como o antigo estado de Goiás gerou três capitais que correspondem a três momentos
diferentes do planejamento urbano.
A primeira é Goiânia, fundada em 1933. É uma cidade moderna, planejada, mas
não é utópica. A segunda é a capital do país. Construída ao longo da segunda metade
da década de 1950, Brasília é, sim, uma cidade utópica. Desde seu projeto inicial,
pretendeu-se efetuar uma mudança nas relações entre as pessoas que lá fossem viver;
isso se tentou com dificuldade e com fracassos, porém, de qualquer forma, houve, em
Brasília, um projeto utópico. Já a terceira capital retirada do antigo território goiano é
Palmas, fundada em 1989, onde há planejamento, mas a utopia sumiu. Sessenta anos de

218
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
história marcam, assim, a trajetória da utopia no país. Esse período, entre o governo
Vargas e a Constituição de 1988, assinala a ascensão e a queda de um projeto utópico.
A palavra utopia é polissêmica. Salientamos alguns de seus aspectos: o princípio
teórico para a resolução dos males do mundo, o planejamento, a urbanização. Mas a
utopia não se esgota neles. Ela pode ser sinônimo de irrealismo − e, portanto, algo
positivo (o sonho, o impossível) ou negativo (o impossível, o devaneio). Pode ser o que
nos leva a romper com o convencional, impelindo-nos à ação, e pode ser o que nos
impede de agir, prendendo-nos ao imaginário.
(Adaptado de: RIBEIRO, Renato Janine. A boa política: Ensaios sobre a democracia
na era da internet. Edição Digital. São Paulo: Companhia das Letras, 2017)
Pois o Brasil central tem uma presença mais intensa das retas e perpendiculares... (2°
parágrafo)

No contexto, o elemento sublinhado acima pode ser substituído, sem prejuízo do sentido, por:
a)

Por conseguinte, seguido de vírgula.

b)

Porque

c)

No entanto, seguido de vírgula.

d)

Uma vez que

e)

Apesar de

QUESTÃO 38

É compreensível imaginar que, dentro do contexto de uma arte de tantos séculos


como o teatro, o clichê “nada se cria, tudo se copia” já seja uma máxima. Alguns
estudiosos da dramaturgia dizem que tal frase é perfeitamente aplicável. O curioso, no
entanto, é constatar a rapidez com que o cinema, que tem menos de 120 anos de vida,
tem incorporado essa máxima.
No século 21, é em Hollywood que essa tendência aparece com maior força.
Praticamente todos os sucessos de bilheteria da indústria cinematográfica norte-
americana são adaptações de quadrinhos, livros, videogames ou programas de TV que
fizeram sucesso. A indústria da adaptação tornou-se tão forte que existe uma massa de
escritores com contratos fixos com alguns estúdios, o que significa que escrevem obras
literárias já pensando em sua adaptação para o cinema. O roteiro original, portanto,
tornou-se um artigo de luxo no cinema norte-americano.

219
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Em Hollywood, tal fenômeno é compreensível. A razão para que haja uma alta sem
precedentes das adaptações é o medo do risco em tempos de crise econômica, que faz
com que os estúdios apostem em histórias já testadas e aprovadas por leitores. Essa
estratégia, apesar de não garantir êxito de bilheteria, reduz o risco de apostar todas as
fichas em histórias inéditas.
No Brasil, as adaptações também viraram moda, uma vez que, nos primeiros anos
do século 21, os filmes mais comentados vieram de livros e outras formas de expressão
artística.

Substituindo-se o segmento sublinhado pelo que está entre parênteses, sem


que nenhuma outra modificação seja feita, a frase que permanecerá correta
está em:

a)

Alguns estudiosos (Grande parte dos teóricos) da dramaturgia dizem que tal
frase é perfeitamente aplicável.

b)

No Brasil, as adaptações (a tendência a recorrer a adaptações) também


viraram moda...

c)

... os filmes mais comentados (a lista de filmes que gerou mais


comentários) vieram de livros e outras formas de expressão artística.

d)

A indústria da adaptação (Os roteiros adaptados) tornou-se tão forte que...

e)

... existe uma massa de escritores (diversos escritores) com contratos fixos...

QUESTÃO 38

..I.., no cinema, alguns críticos e intelectuais que, como o russo Sergei Eisenstein, ..II..
conhecimento teórico sobre a linguagem cinematográfica e, em determinado momento, ..III..
colocar suas teorias em prática.
(Adaptado de: BALLERINI, Franthiesco. Op.
cit.)

Preenchem corretamente as lacunas I, II e III da frase acima, na ordem dada:


a)

Surge − possuíram − decidirão

220
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

Surgiram − possuíam − decidiram

c)

Surgirão − possuíam − decida

d)

Havia surgido − possuíssem − decidirão

e)

Surgem − possuam − haveria de decidir

QUESTÃO 39

A banalização da cultura é perceptível no mundo atual.

O desejo de escapar do tédio pode ser legítimo.


O entretenimento ocupa lugar de destaque no mundo atual.

As frases acima articulam-se com clareza, coerência e correção em:


a)

Não deixa de ser legítimo o desejo de escapar do tédio, mesmo que o


entretenimento ocupa lugar de destaque, no mundo atual, tornando
perceptível a banalização da cultura.

b)

O entretenimento que ocupa lugar de destaque no mundo atual, cuja


banalização da cultura é perceptível, e onde o desejo de escapar do tédio
pode ser legítimo.

c)

Ainda que o desejo de escapar do tédio pode ser legítimo, o entretenimento,


mesmo assim, ocupa lugar de destaque no mundo atual, onde a banalização
da cultura é perceptível.

d)

221
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Embora possa ser legítimo o desejo de escapar do tédio, é perceptível a
banalização da cultura no mundo atual, em que o entretenimento ocupa
lugar de destaque.

e)

Assim como o entretenimento ocupa lugar de destaque, no mundo atual, cuja


a banalização da cultura é perceptível, o desejo de escapar do tédio pode
ser legítimo.

QUESTÃO 40

TEXTO 5

Há alguns anos circula na internet o “teste do pescoço”, que instiga o leitor a refletir sobre as
desigualdades em nossa sociedade a partir de suas experiências cotidianas, particularmente no
tocante à presença ou ausência de negros e brancos em diferentes atividades e espaços sociais:
qual a cor dos médicos, dos trabalhadores domésticos, dos políticos, de professores, alunos e
funcionários em colégios de elite e nas universidades etc. A ideia é que a contemplação desses
lugares permite uma resposta intuitiva à questão se há ou não discriminação no Brasil: pretos e
pardos são raramente encontrados nas áreas e funções de maior poder aquisitivo e status social,
ao passo que brancos nelas dominam. (...)”
Fragmento inicial, adaptado, do Relatório das desigualdades de raça, gênero e classe / ano 2017
/ Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa | UERJ

Considere este trecho inicial do texto: “Há alguns anos circula na internet o ‘teste do
pescoço’, que instiga o leitor a refletir sobre as desigualdades em nossa sociedade (...)”. Se
quisermos preservar suas coesão e coerência textuais, podemos substituir os termos em
destaque, respectivamente, por:
a)

Fazem – muitos – onde – a cerca das.

b)

Faz – diversos – o qual – acerca das.

c)

Depois de – uns – cujo – acerca das.

d)

Faz – muitos – em que – há cerca das.

222
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

Fazem – numerosos – no qual – a cerca das.

DIREITO PENAL

Interpretação da lei penal

QUESTÃO 01

Considerando que o processo de criminalização está intrinsecamente


relacionado à noção de bem jurídico, assinale a alternativa correta.

a)

A disponibilidade dos bens jurídicos coletivos é ilimitada e, por isso, a


atipicidade material do fato poderá decorrer do consentimento de alguns de
seus titulares.

b)

A teoria da proteção penal proposta por Jakobs tem fundamento na


Constituição e, como tal, refuta a ideia de que a missão do direito penal é a
proteção da vigência da norma.

c)

O paternalismo constitui intervenção estatal na liberdade individual sempre de


acordo com a vontade do titular do bem jurídico, podendo interferir, inclusive,
em suas escolhas morais.

d)

No tipo penal de incesto, previsto expressamente no Código Penal, o


legislador buscou proteger não somente a autodeterminação sexual, senão
igualmente a moral familiar e a saúde pública.

e)

A incriminação da omissão de socorro revela a possibilidade, ainda que


eventual, de a tutela de um bem jurídico nascer diretamente do poder
punitivo.

223
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 02

Com relação aos princípios de Direito Penal e à interpretação da lei penal,


assinale a alternativa correta.

a)

A interpretação autêntica contextual visa a dirimir a incerteza ou obscuridade


da lei anterior.

b)

Não se aplica o princípio da individualização da pena na fase da execução


penal.

c)

A interpretação quanto ao resultado busca o significado legal de acordo com


o progresso da ciência.

d)

O princípio da proporcionalidade tem apenas o judiciário como destinatário


cujas penas impostas ao autor do delito devem ser proporcionais à concreta
gravidade.

e)

A interpretação teleológica busca alcançar a finalidade da lei, aquilo que ela


se destina a regular.

QUESTÃO 03

A sociedade pós-índustrial foi denominada por Ulrich Beck como uma


“sociedade do risco”, ou uma “sociedade de riscos” (Risikogesellschaft). Com
efeito, essa nova configuração social produz reflexos nas searas da teoria do
bem jurídico-penal e dos princípios correlatos. Uma das consequências desse
fenômeno é a chamada “administrativização” do direito penal, sobre a qual é
correto falar que:

a)

exclui do âmbito do direito penal os crimes contra a Administração Pública,


cujas condutas lesivas doravante passam a ser regidas pelo direito
sancionador.

224
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

reconhece a diferenciação entre os ilícitos penais e administrativos


unicamente pelo aspecto quantitativo, sendo estes formas de injusto de menor
reprovabilidade que aqueles.

c)

tem como consequência a caracterização de diversos crimes como delitos de


acumulação, ou seja, infrações penais que tutelam simultaneamente
diferentes bens jurídicos decorrentes dos novos riscos sociais.

d)

transforma tipos penais clássicos, como a desobediência e o desacato, em


meros ilícitos administrativos.

e)

é uma forma de expansão do direito penal, em que este, que normalmente


reage a posteriori quanto ao fato lesivo individualmente delimitado, se
converte em um direito de gestão punitiva de riscos gerais.

QUESTÃO 04

A respeito da analogia, considere:

I. A analogia é uma forma de auto-integração da lei.

II. Pela analogia, aplica-se a um fato não regulado expressamente pela norma
jurídica um dispositivo que disciplina hipótese semelhante.

III. O emprego da analogia para estabelecer sanções criminais é admissível no


Direito Penal.

IV. A analogia não pode ser aplicada contra texto expresso de lei.

Está correto o que se afirma APENAS em

a)

II, III e IV.

b)

I, II e IV.

225
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

I e II.

d)

III e IV.

e)

I e III.

QUESTÃO 05

Sobre a analogia e a interpretação da lei penal, analise as assertivas e indique a alternativa


correta:

I – A analogia consiste em aplicar-se a uma hipótese já regulada por lei uma disposição mais
benéfica relativa a um caso semelhante.

II – Entende-se por analogia o processo de averiguação do sentido da norma jurídica, valendo-se


de elementos fornecidos pela própria lei, através de método de semelhança.

III – Na interpretação analógica, existe uma norma regulando a hipótese expressamente, mas de
forma genérica, o que torna necessário o recurso à via interpretativa.

IV – Não se admite o emprego de analogia para normas incriminadoras, uma vez que não se
pode violar o princípio da reserva legal.
a)

apenas as assertivas I e II são verdadeiras.

b)

apenas as assertivas I e III são verdadeiras.

c)

apenas as assertivas II e III são verdadeiras.

d)

apenas as assertivas II e IV são verdadeiras.

e)

apenas as assertivas III e IV são verdadeiras.

226
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 06

Assinale a alternativa correta.

a)

O prazo penal tem contagem diversa da dos prazos processuais e o dia do


começo inclui-se no cômputo do prazo, ainda que se trate de fração de dia.

b)

As regras gerais do Código Penal sempre terão aplicação aos fatos


incriminados por lei especial.

c)

Nas penas privativas de liberdade desprezam-se as frações de dias, o mesmo


não ocorrendo nas penas restritivas de direitos.

d)

A lei penal não contém dispositivo a respeito da prorrogação dos prazos


penais e, assim, podem ser prorrogáveis.

e)

Os prazos prescricionais e decadenciais são prazos de direito processual e não


material.

QUESTÃO 07

A contagem de prazo em matéria penal dá-se do seguinte modo:

a)

o dia do começo e o último excluem-se do cômputo do prazo; contam-se os


dias, os meses e os anos pelo calendário forense.

b)

o dia do começo inclui-se no cômputo do prazo; contam-se os dias, os meses


e os anos pelo calendário forense.

c)

o dia do começo inclui-se no cômputo do prazo; contam-se os dias, os meses


e os anos pelo calendário comum.

227
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

o dia do começo exclui-se do cômputo do prazo; contam-se os dias, os meses


e os anos pelo calendário forense.

e)

o dia do começo exclui-se do cômputo do prazo; contam-se os dias, os meses


e os anos pelo calendário comum.

QUESTÃO 08

As regras gerais do Código Penal aplicam-se aos fatos incriminados por lei
especial?

a)

Sim, sempre.

b)

Sim, mas apenas se a lei especial não dispuser de modo diverso.

c)

Sim, mas desde que a lei especial seja anterior ao Código Penal.

d)

Sim, mas apenas se a lei especial previr expressamente a aplicação subsidiária


do Código Penal.

e)

Não, nunca.

QUESTÃO 09

De acordo com o Código Penal,

a)

considera-se lugar do crime aquele em que o resultado se produziu.

b)

no cômputo do prazo, não se inclui o dia do começo, mas sim o do


vencimento.

228
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

aplica-se a lei brasileira aos crimes praticados a bordo de embarcações


estrangeiras, de propriedade privada, que estejam em porto ou mar territorial
do Brasil.

d)

a sentença estrangeira não pode ser homologada no Brasil para obrigar o


condenado à reparação do dano.

e)

em se tratando de pena cumprida no estrangeiro pelo mesmo crime, caso


sejam diferentes as penas impostas, aquela cumprida no estrangeiro não
atenuará a imposta no Brasil.

QUESTÃO 10

Determinada lei dispõe: “Subtrair objetos de arte. Pena: a ser fixada livremente
pelo juiz de acordo com as circunstâncias do fato".

Para um fato cometido após a sua vigência, é correto afirmar que a referida
lei

a)
fere o princípio da legalidade.

b)

fere o princípio da anterioridade.

c)

fere os princípios da legalidade e da anterioridade.

d)

não fere os princípios da legalidade e da anterioridade.

e)

é uma norma penal em branco.

229
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 11

A respeito do erro de execução, do denominado dolus generalis, das normas


penais em branco e dos crimes previstos na parte especial do CP, assinale a
alternativa correta.

a)

A complementação da Lei de Drogas por portaria do Ministério da Saúde


configura hipótese da chamada norma penal em branco homogênea
heteróloga.

b)

Suponha que “A” coloque sonífero na bebida de “B” a fim de subtrair-lhe os


pertences (celular, bolsa, cartão de crédito). Neste caso, ausente a violência
ou a grave ameaça, “A” responderá por furto ou estelionato, a depender das
circunstâncias concretas e do dolo.

c)

Quanto ao erro de execução, o ordenamento jurídico brasileiro adotou a


teoria da equivalência, e não a teoria da concretização.

d)

Suponha que “A” tenha atirado contra “B” com o propósito de matá-lo. “A”
acredita ter consumado o crime por meio dos tiros. Em seguida, joga o corpo
de “B” em um rio, com a intenção de ocultar o cadáver. Posteriormente,
descobre-se que “B” estava vivo quando foi jogado no rio e que morreu por
afogamento. Nesta hipótese, conforme a doutrina majoritária, “A” poderá
responder, a depender do caso, por homicídio doloso tentado em concurso
material com homicídio culposo ou por homicídio doloso tentado em concurso
material com ocultação de cadáver. Não se admite que “A” responda por
homicídio doloso consumado, porque “A” já não possuía animus necandi no
momento em que arremessou o corpo de “B” no rio.

e)

Desde que esteja fora do expediente, pratica omissão de socorro o policial


que, podendo impedir roubo praticado diante de si, decide permanecer
inerte.

QUESTÃO 12

230
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Assinale a alternativa CORRETA.

a)

Leis penais em branco em sentido estrito são aquelas, cuja norma de


complementação é oriunda da mesma fonte legislativa que editou a norma
que necessita desse complemento.

b)

A lei penal em branco é revogada em conseqüência da revogação de sua


norma de complementação.

c)

Leis penais em branco em sentido amplo são aquelas leis penais, cuja norma
de complementação é oriunda de fonte diversa daquela que a editou.

d)

No crime de uso de documento falso, o Código Penal brasileiro emprega a


técnica de leis penais em branco ao revés, isto é, daquelas leis penais que
remetem a outras normas incriminadoras para especificação da pena.

e)

As leis penais em branco consistem em modalidade de lei temporária.

QUESTÃO 13

Analise as seguintes assertivas acerca da norma penal:

I – Visando à busca de uma solução para situação relacionada ao conflito


aparente de normas, o intérprete pode se valer do princípio da consunção e
do princípio da subsidiariedade.

II – A abolitio criminis faz cessar a execução da pena, os efeitos secundários da


sentença condenatória e os efeitos civis da prática delituosa.

III – A lei penal pode ser revogada durante o período de sua vacatio legis.

IV – A incriminação do agente em virtude de prática de delito de acumulação


constitui violação ao princípio da legalidade.

V – A obrigatoriedade da individualização da pena, considerando a


gravidade do fato e as condições do seu autor, é desdobramento do princípio

231
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
da pessoalidade das penas.

Estão CORRETAS as assertivas:

a)

I, II e III.

b)

I, II e V.

c)

I, III e IV.

d)

II, IV e V.

e)

III, IV e V.

QUESTÃO 14

De acordo com a teoria da aplicação da lei penal, pode-se afirmar:

a)

A lei penal, em razão das suas consequências, não retroage

b)

A analogia, uma das fontes do direito, é vetada, no direito penal, em razão do


princípio da legalidade.

c)

Considera-se o crime praticado no momento do resultado, e não da ação ou


omissão (artigo 4 o , CP).

d)

Considera-se o crime praticado no lugar em que ocorreu a ação ou omissão,


bem como onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado.

e)

232
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
No Brasil, os efeitos da lei penal não podem ultrapassar seus limites territoriais
para regular fatos ocorridos além da sua soberania.

QUESTÃO 15

Analise as seguintes assertivas acerca da norma penal:

I – Após a realização das operações previstas em lei para o cálculo final da


pena, o número não inteiro de dias deve ser desprezado no cálculo da pena
privativa de liberdade, e as frações de real devem ser consideradas no
cálculo da pena de multa.
II – A lei intermediária pode ter, simultaneamente, dupla extra-atividade,
possuindo características de retroatividade e ultra-atividade.
III – Verificamos a incidência do princípio da continuidade normativa típica
quando uma norma penal é revogada, mas sua conduta continua prevista
como crime em outro dispositivo legal.
IV – A norma penal em branco própria homovitelina é aquela em que a norma
incompleta e seu necessário complemento estão contidos na mesma estrutura
legislativa.
V – Na hipótese de crime permanente, diante de duas leis penais vigentes,
uma em cada determinado período de permanência delitiva, sempre deve
ser aplicada a lei penal mais benéfica ao réu.

Estão CORRETAS as assertivas:

a)

I e III.

b)

I e IV.

c)

II e III.

d)

II e V.

e)

IV e V.

QUESTÃO 16

233
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O art. 38 da Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, que dispõe sobre crimes
ambientais, traz o seguinte tipo penal: “Destruir ou danificar floresta
considerada de preservação permanente, mesmo que em formação, ou
utilizá‐ la com infringência das normas de proteção”. Sobre o crime em
análise, assinale a alternativa correta.

a)

Trata‐ se de crime formal

b)

O tipo não admite a forma culposa.

c)

Trata‐ se de uma norma penal em branco.

d)

Trata‐ se de crime próprio em relação ao sujeito ativo

e)

Tem como objeto material a proteção ao meio ambiente.

QUESTÃO 17

No que se refere às Normas Penais, assinale a alternativa CORRETA.

a)

As normas penais em branco podem ser homólogas, ou em sentido amplo, e


heterólogas, ou em sentido estrito, essas últimas, quando o complemento da
norma for oriundo da mesma fonte legislativa que editou a norma que
necessita desse complemento.

b)

As normas penais não incriminadoras podem ser subdivididas em permissivas;


explicativas e complementares. As normas penas permissivas justificantes se
destinam a eliminar a culpabilidade, isentando o agente de pena.

c)

As normas penais incriminadoras possuem os denominados preceitos primários


e secundários, sendo que o preceito primário tem a tarefa de individualizar a
pena, cominando-a em abstrato.

234
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

As normas penais em branco homólogas, ou em sentido amplo, podem ser


homovitelinas e heterovitelinas, sendo que essas últimas são aquelas que têm
suas respectivas normas complementares oriundas de outro ramo do direito.

QUESTÃO 18

O princípio da reserva legal constitui-se na garantia individual de que o poder


de punir do Estado em matéria penal será exercido nos limites da norma
positivada, permitindo a criação de tipos penais incriminadores e a instituição
de penas por intermédio de:

a)
Qualquer espécie normativa, desde que elaborada em observância ao
regular processo administrativo ou legislativo.

b)

Lei ordinária e medida provisória, já que esta última também possui força de lei
até que seja submetida a regular processo legislativo.

c)

Decreto legislativo, já que são funções exclusivas do Poder Legislativo a


criação de direito novo, a imposição de obrigações de caráter geral e a
definição de sanções jurídicas.

d)

Decreto-lei, regularmente elaborado no exercício do poder administrativo-


normativo do chefe do Poder Executivo, já que o ato de legislar encontra-se
no feixe de atribuições típicas deste Poder.

e)

Lei em sentido estrito, entendida esta como a espécie normativa aprovada


em regular processo legislativo levado a efeito no âmbito do Poder Legislativo.

QUESTÃO 19

Quanto ao tempo do crime, é correto afirmar:

a)

235
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Para nosso Código Penal, considera-se praticado o crime quando o agente
atinge o resultado, ainda que seja outro o momento da ação ou omissão, vez
que adotamos a teoria da atividade;

b)

Para nosso Código Penal, vez que adotada a teoria da ubiquidade ou mista,
considera-se praticado o crime quando o agente atinge o resultado nos
crimes materiais, ou no caso dos delitos de mera conduta, no momento da
ação ou omissão;

c)

O adolescente Semprônio, um dia antes de completar 18 anos, querendo


ainda aproveitar-se de sua inimputabilidade, desfere tiros contra a vítima
Heráclito, que somente vem a falecer uma semana após. Neste caso, graças
à adoção da teoria do resultado pelo nosso Código Penal, Semprônio não se
verá livre de responder pelo crime de homicídio;

d)

No caso dos crimes permanentes - exceções que são à teoria do resultado


adotada pelo Código Penal - considera-se praticado o delito no momento do
início da execução;

e)

Para nosso Código Penal, considera-se praticado o crime no momento da


ação ou omissão, mesmo que ainda seja outro o momento do resultado, vez
que adotada a teoria da atividade.

QUESTÃO 21

De acordo com o Código Penal brasileiro, assinale a alternativa incorreta.

a)

O erro sobre a ilicitude do fato, se inevitável, isenta de pena.

b)

O erro sobre a ilicitude do fato, se evitável, poderá diminuir a pena.

c)

É isento de pena o agente que, por embriaguez completa, proveniente de


caso fortuito ou força maior, era, ao tempo da ação ou da omissão,

236
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se
de acordo com esse entendimento.

d)

A lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos
anteriores, ainda que decididos por sentença condenatória.

e)

Considera-se praticado o crime no momento do resultado, ainda que outro


seja o tempo da ação ou omissão que lhe deu causa.

Lei penal no tempo, A lei penal no espaço.


QUESTÃO 01

O princípio

a)

da proporcionalidade é garantido pela Lei de Execução Penal ao punir da


mesma forma a falta disciplinar tentada e consumada.

b)

da taxatividade é observado na previsão legal das faltas disciplinares de


natureza grave, uma vez que a Lei de Execução Penal não prevê tipos de
faltas abertas.

c)

da anterioridade da lei penal é aplicado se sobrevier lei que agrave o lapso


temporal para a progressão de regime, que só passa a valer para os crimes
cometidos a partir de sua vigência.

d)

da humanidade das penas é plenamente cumprido na execução das penas


no Brasil, a despeito da superlotação das unidades prisionais.

e)

237
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
da ampla defesa é garantido pela Lei de Execução Penal ao prever a
possibilidade de indicação de testemunhas e todos os meios de prova em juízo
na apuração de falta disciplinar.

QUESTÃO 02

A regra geral em direito é a aplicação da lei vigente à época dos fatos


(tempus regit actum). No campo penal, não ocorre de maneira diferente, pois,
ao crime cometido em determinada data, aplicar-se-á a lei penal vigente ao
dia do fato. Considerando o conceito e o alcance da lei penal no tempo,
assinale a alternativa INCORRETA.

a)

A exceção à regra geral é a extratividade, ou seja, a possibilidade de


aplicação de uma lei a fatos ocorridos fora do âmbito de sua vigência. O
fenômeno da extratividade, no campo penal, realiza-se em dois ângulos:
retroatividade e ultratividade.

b)

A ultratividade é a aplicação da norma penal benéfica a fato criminoso


acontecido antes do período da sua vigência.

c)

O Código Penal Brasileiro, no artigo 2º, faz referência somente à retroatividade,


pelo fato de estar analisando a aplicação da lei penal sob o ponto de vista da
data do fato. Desta maneira, ou se aplica o princípio regra (tempus regit
actum), se for o mais benéfico, ou se aplica a lei penal posterior, se for a mais
benigna (retroatividade).

d)

Para a definição da lei penal mais favorável, deve-se ter em vista, como
marco inicial, a data do cometimento da infração penal, e, como marco final,
a extinção da punibilidade pelo cumprimento da pena ou outra causa
qualquer. De toda sorte, durante a investigação policial, processo ou
execução da pena, toda e qualquer lei penal favorável, desde que possível a
sua aplicação, deve ser utilizada em favor do réu.

e)

238
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A abolição do delito (abolitio criminis) é um fenômeno que ocorre quando
uma lei posterior deixa de considerar crime determinado fato. Essa hipótese
gera a extinção da punibilidade.

QUESTÃO 03

Em razão da situação política do país, foi elaborada e publicada, em 01.01.2017, lei de conteúdo
penal prevendo que, especificamente durante o período de 01.02.2017 até 30.11.2017, a pena do
crime de corrupção passiva seria de 03 a 15 anos de reclusão e multa, ou seja, superior àquela
prevista no Código Penal, sendo que, ao final do período estipulado na lei, a sanção penal do
delito voltaria a ser a prevista no Art. 317 do Código Penal (02 a 12 anos de reclusão e multa).
No dia 05.04.2017, determinado vereador pratica crime de corrupção passiva, mas somente vem
a ser denunciado pelos fatos em 22.01.2018.

Considerando a situação hipotética narrada, o advogado do vereador denunciado deverá


esclarecer ao seu cliente que, em caso de condenação, será aplicada a pena de:
a)

02 a 12 anos, observando-se o princípio da irretroatividade da lei penal mais


gravosa;

b)

03 a 15 anos, diante da natureza de lei temporária da norma que vigia na


data dos fatos;

c)

02 a 12 anos, observando-se o princípio da retroatividade da lei penal mais


benéfica;

d)

03 a 15 anos, diante da natureza de lei excepcional da norma que vigia na


data dos fatos;

e)

02 a 12 anos, aplicando-se, por analogia, a lei penal mais favorável ao réu.

QUESTÃO 04

Em relação à lei penal no tempo e à irretroatividade da lei penal, é correto


afirmar que à lei penal mais

a)

239
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
severa aplica-se o princípio da ultra-atividade.

b)

benigna aplica-se o princípio da extra-atividade.

c)

severa aplica-se o princípio da retroatividade mitigada.

d)

severa aplica-se o princípio da extra-atividade.

e)

benigna aplica-se o princípio da não ultra-atividade.

QUESTÃO 05

Com relação a lugar do crime e territorialidade e extraterritorialidade da lei


penal, conforme previstos no CP, assinale a opção correta.

a)

Nos crimes tentados, o lugar do crime será onde o agente pretendia que
tivesse ocorrido a consumação do delito.

b)

Nos crimes conexos, não se aplica a teoria da ubiquidade, devendo cada


crime ser julgado pela legislação penal do país em que for cometido.

c)

No concurso de pessoas, o lugar do crime será somente aquele em que


ocorrerem os atos de participação ou coautoria, independentemente do
local do resultado.

d)

No crime continuado, somente será aplicada a lei nacional quando todos os


fatos constitutivos tiverem sido praticados em território brasileiro, por se tratar
de delito unitário.

e)

Nos crimes complexos, não se aplica a teoria da ubiquidade, mesmo que o


delito-meio tenha sido cometido em território brasileiro.

240
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 06

A aplicação do princípio da retroatividade benéfica da lei penal ocorre


quando, ao tempo da conduta, o fato é

a)

típico e lei posterior suprime o tipo penal.

b)

típico e lei posterior provoca a migração do conteúdo criminoso para outro


tipo penal.

c)

típico e lei posterior aumenta a pena correspondente ao crime.

d)

típico e lei posterior acrescenta hipótese de aumento de pena.

e)

atípico e lei posterior o torna típico.

QUESTÃO 07

Sobre a aplicação da lei penal, é correto afirmar que

a)

o Código Penal adotou o princípio da territorialidade, em relação à aplicação


da lei penal no espaço. Tal princípio é absoluto, não admitindo qualquer
exceção.

b)

transitada em julgado a sentença condenatória, compete ao Juízo do


Conhecimento a aplicação da lei mais benigna.

c)

a lei aplicável para os crimes permanentes será aquela vigente quando se


iniciou a conduta criminosa do agente.

d)

241
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
quando a abolitio criminis se verificar depois do trânsito em julgado da
sentença penal condenatória, extinguir-se-ão todos os efeitos penais e
extrapenais da condenação.

e)

a lei excepcional ou temporária, embora decorrido o período de sua duração


ou cessadas as circunstâncias que a determinaram, aplica-se ao fato
praticado durante a sua vigência.

QUESTÃO 08

“João da Silva atira contra ‘X’ no dia 29/5, tendo ‘X’ falecido 20 dias depois.”
Sobre o tempo do crime, o Código Penal adota a teoria:

a)

Ubiquidade.

b)

Da atividade.

c)

Do resultado.

d)

Ambivalência.

QUESTÃO 09

Um estrangeiro foi preso sob a acusação de compartilhar arquivos contendo pornografia infantil
na chamada deep Web (Internet Profunda), cujo conteúdo não é de fácil acesso para a maioria
dos internautas. Segundo a polícia, o estrangeiro é acusado da prática reiterada do crime de
pedofilia e estupro de vulnerável. As investigações concluíram que o material pornográfico foi
produzido pelo agente no exterior e divulgado — inicialmente, já que, posteriormente houve
repasse do material por terceiros — somente por uma troca de email entre o acusado, que residia
no Brasil, e um brasileiro também residente no país. Constatou-se, ainda, que ele próprio
praticava as cenas de sexo explícito com as vítimas.

A respeito dessa situação hipotética, assinale a opção correta.


a)

242
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Verificada a conexão entre o estupro de vulnerável e a produção e a
divulgação do material pornográfico, as penas deverão ser aplicadas
considerando-se as regras do concurso material de crimes.

b)

O local da prática deve ser considerado o território nacional, em razão do


princípio da territorialidade.

c)

Como o agente é estrangeiro e a produção do material ocorreu no exterior,


ele não poderá ser julgado por autoridades brasileiras pela produção do
material.

d)

Mesmo em relação à divulgação do material prevalece o caráter de


internacionalidade do crime, dada a utilização da Internet.

e)

Deverá ser aplicado o princípio da consunção ou da absorção, uma vez que


as condutas de produzir e armazenar são atos preparatórios para a
transmissão via Internet.

QUESTÃO 10

Acerca da aplicação da lei penal no tempo, em especial, abolitio criminis,


assinale a alternativa correta.

a)

A anistia ou cancelamento de infração disciplinar ou criminal de servidor


público estadual configura hipótese de aplicação de abolitio criminis,
estando, portanto, sob competência exclusiva da União para efeito de
concessão do benefício, de acordo com o entendimento do STF.

b)

A Lei nº 11.343/2006, que trata de tráfico de drogas, ao revogar a Lei nº


6.368/1976, anterior, aponta para a existência de abolitio criminis ao deixar de
prever que a associação eventual de menores de 21 (vinte e um) anos incorra
em causa de aumento de pena.

c)

243
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A chamada “despenalização” da conduta de porte de drogas, de acordo
com o entendimento jurisprudencial do STF, constitui hipótese de abolitio
criminis.

d)

Abolitio criminis tem efeito retroativo, atingindo, inclusive, os processos em fase de execução
penal e afastando os efeitos civis de reparação do dano causado.
e)

A revogação do artigo do Código Penal que tratava do delito de atentado


violento ao pudor configuraabolitio criminis, uma vez que a modificação legal
posterior não deteve o condão de unificar este tipo penal com o de estupro.

QUESTÃO 11

No direito brasileiro, adota-se, no âmbito espacial, como regra, o princípio da


territorialidade. Dada, porém, a relevância de certos bens, protege-os o direito até
mesmo contra crimes praticados inteiramente fora do Brasil, em respeito a certos
princípios. É o que chama a doutrina de aplicação extraterritorial condicionada
ou incondicionada, conforme o caso, da lei penal brasileira.

A esse respeito, assinale a alternativa INCORRETA:

a)

A lei brasileira é aplicável, por força do princípio da justiça cosmopolita, ao crime


contra a dignidade sexual de criança praticado no estrangeiro, quando o agente
ou vítima for brasileiro ou pessoa domiciliada no Brasil, falando a doutrina, nesse
caso, de aplicação extraterritorial incondicionada.

b)

A lei brasileira é aplicável, por força do princípio da personalidade, ao crime


praticado no estrangeiro por brasileiro, falando a doutrina, nesse caso, de
extraterritorialidade condicionada.

c)

A lei brasileira é aplicável, por força do princípio da proteção, ao crime praticado


no estrangeiro contra a Administração Pública por quem está a seu serviço,
falando a doutrina, nesse caso, de aplicação extraterritorial incondicionada.

d)

244
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A lei brasileira é aplicável, por força do princípio do pavilhão, ao crime praticado
a bordo de embarcação mercante brasileira, quando em território estrangeiro e aí
não seja julgado, falando a doutrina, nesse caso, de aplicação extraterritorial
condicionada.

QUESTÃO 12

Assinale a opção correta:

a)

A doutrina dominante aponta que, em regra, o crime culposo admite tentativa,


especialmente quando a culpa é própria.

b)

Se “A” determina que “B” aplique uma surra em “C”, e este, ao executar a ação,
excede-se, causando a morte de “C”, o Código Penal Brasileiro determina que
ambos respondam por homicídio, em decorrência da adoção do sistema monista
no concurso de pessoas.

c)

O erro de tipo exclui a ilicitude, mas permite a punição culposa do fato, quando
vencível.

d)

No concurso de crimes, o cálculo da prescrição da pretensão punitiva considera o


acréscimo decorrente do concurso formal, material ou da continuidade delitiva.

e)

Se vigorava lei mais benéfica, depois substituída por lei mais grave, hoje vigente, é
a lei mais grave que será aplicada ao crime continuado ou ao crime permanente,
se a sua vigência foi iniciada antes da cessação da continuidade.

QUESTÃO 13

Em relação à aplicação da lei penal, marque a alternativa CORRETA.

a)

Não há crime sem lei ou decreto anterior que o defina. Não há pena sem
prévia cominação legal.

b)

245
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Ninguém pode ser punido por fato que lei ou decreto posterior deixa de
considerar crime, cessando em virtude dela a execução e os efeitos penais e
civis da sentença condenatória.

c)

A lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos
anteriores, com exceção se houver sentença condenatória transitada em
julgado.

d)

A lei excepcional ou temporária, uma vez decorrido o período de sua duração


ou cessadas as circunstâncias que a determinaram não se aplica ao fato
praticado durante a sua vigência.

e)

Considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão, ainda que


outro seja o momento do resultado.

QUESTÃO 14

Considerando o disposto no Código Penal brasileiro quanto à aplicação da lei


penal, indique a alternativa incorreta:

a)

Não há crime sem lei anterior que o defina, tampouco pena sem prévia
cominação legal;

b)

Ninguém pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar crime, cessando em
virtude dela a execução e os efeitos penais da sentença condenatória;

c)

A lei excepcional ou temporária, se decorrido o período de sua duração ou


cessadas as circunstâncias que a determinaram, não retroage ao fato
praticado durante sua vigência;

d)

246
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão, ainda que
outro seja o momento do resultado;

e)

Considera-se praticado o crime no lugar em que ocorreu a ação ou omissão,


no todo ou em parte, bem como onde se produziu ou deveria produzir-se o
resultado.

QUESTÃO 15

Sobre a aplicação da lei penal, analise as afirmativas a seguir.


I. Considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão, ainda que outro seja o
momento do resultado.
II. Considera-se praticado o crime no lugar em que ocorreu a ação ou omissão, no todo ou em
parte, bem como onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado.
III. O dia do começo inclui-se no cômputo do prazo. Contam-se os dias, os meses e os anos
pelo calendário comum.
Estão corretas as afirmativas
a)

I, II e III.

b)

I e II, apenas.

c)

I e III, apenas.

d)

II e III, apenas.

QUESTÃO 16

Nos termos previstos no Código Penal, é correto afirmar que

a)

se considera praticado o crime no momento do resultado.

b)

a lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos
anteriores, salvo se decididos por sentença condenatória transitada em
julgado.

247
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

o dia do começo deve ser excluído no cômputo do prazo. Contam-se os dias,


os meses e os anos pelo calendário comum.

d)

o funcionário público que se apropria, por negligência, de dinheiro, valor ou


qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em
razão do cargo, ou o desvia, em proveito próprio, comete o crime de
peculato-culposo.

e)

exigir, para outrem, indiretamente, fora da função mas em razão dela,


vantagem indevida caracteriza o crime de concussão.

QUESTÃO 17

De acordo com as assertivas, responda a alternativa INCORRETA:

a)

São requisitos do fato típico a conduta, resultado, nexo causal e tipicidade


penal.

b)

No que diz respeito aos critérios utilizados para verificação da imputabilidade


penal, o Código Penal vigente adotou, em regra, o critério biopscicológico.

c)

Atinente à aplicação da Lei penal, no princípio da representação, a lei penal


brasileira aplica-se aos crimes cometidos em aeronaves e embarcações
privadas quando praticados no estrangeiro e aí não sejam julgados.

d)

Prisão em Flagrante, prisão preventiva e prisão temporária são exemplos de


prisões penais previstas no ordenamento jurídico brasileiro.

QUESTÃO 18

Considerando os princípios constitucionais e legais informadores da lei penal,


assinale a opção correta.

a)

248
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Por adotar a teoria da ubiquidade, o CP reputa praticado o crime tanto no
momento da conduta quanto no da produção do resultado.

b)

A lei material penal terá vigência imediata quando for editada por meio de
medida provisória, impactando diretamente a condenação do réu se a
denúncia já tiver sido recebida.

c)

Considerando os princípios informativos da retroatividade e ultratividade da lei


penal, a lei nova mais benéfica será aplicada mesmo quando a ação penal
tiver sido iniciada antes da sua vigência.

d)

A novatio legis in mellius só poderá ser aplicada ao réu condenado antes do


trânsito em julgado da sentença, pois somente o juiz ou tribunal processante
poderá reconhecê-la e aplicá-la.

e)

Ainda que se trate de crime permanente, a novatio legis in pejus não poderá
ser aplicada se efetivamente agravar a situação do réu.

QUESTÃO 19

Um brasileiro, João, que reside em Buenos Aires, Argentina, decide matar um


desafeto, José, que reside na cidade de Alumínio, SP, Brasil. João, em sua
residência, fabrica uma “carta-bomba”, no dia 10, e, no mesmo dia, posta o
objeto em uma unidade dos correios de Buenos Aires, com destino a Alumínio.
O artefato é recebido por José, em Alumínio, no dia 20. No dia 25 é aberto,
explode e mata José. Com relação à aplicação da Lei Penal, e de acordo
com os arts. 4º e 6º do CP, assinale a alternativa que traz, respectivamente, o
dia do crime e o local em que ele foi praticado.

a)

10; apenas Buenos Aires.

b)

10; Buenos Aires ou Alumínio.

c)

249
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
20; apenas Alumínio.

d)

25; apenas Alumínio.

e)

25; Buenos Aires ou Alumínio.

QUESTÃO 20

Considere que tenha sido cometido um homicídio a bordo de um navio


petroleiro de uma empresa privada hondurenha ancorado no porto de Recife
– PE. Nessa situação hipotética,

a)

o comandante do navio deverá ser compelido a tirar, imediatamente, o navio


da área territorial brasileira e o crime será julgado em Honduras.

b)

o crime será apurado diretamente pelo Ministério Público brasileiro,


dispensando-se o inquérito policial, em função da eventual repercussão nas
relações diplomáticas entre os países envolvidos.

c)

a investigação e a punição do fato dependerão de representação do


comandante do navio.

d)

nada poderá fazer a autoridade policial brasileira: navios e aeronaves são


extensões do território do país de origem, não estando sujeitos às leis brasileiras.

e)

caberá à autoridade policial brasileira instaurar, de ofício, o inquérito policial


para investigar a materialidade e a autoria do delito, que será punido
conforme as leis brasileiras.

Respostas 01: 02: 03: 04: 05: 06: 07: 08: 09: 10:
11: 12: 13: 14: 15: 16: 17: 18: 19: 20:

QUESTÃO 21

250
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Um crime de extorsão mediante sequestro perdura há meses e, nesse período, nova lei penal
entrou em vigor, prevendo causa de aumento de pena que se enquadra perfeitamente no caso em
apreço.
Nessa situação hipotética,
a)

a lei penal mais grave não poderá ser aplicada: o ordenamento jurídico não
admite a novatio legis in pejus.

b)

a lei penal menos grave deverá ser aplicada, já que o crime teve início
durante a sua vigência e a legislação, em relação ao tempo do crime, aplica
a teoria da atividade.

c)

a lei penal mais grave deverá ser aplicada, pois a atividade delitiva
prolongou-se até a entrada em vigor da nova legislação, antes da cessação
da permanência do crime.

d)

a aplicação da pena deverá ocorrer na forma prevista pela nova lei, dada a
incidência do princípio da ultratividade da lei penal.

e)

a aplicação da pena ocorrerá na forma prevista pela lei anterior, mais


branda, em virtude da incidência do princípio da irretroatividade da lei penal.

QUESTÃO 22

No que se refere à aplicação da lei penal no espaço, assinale a opção correta.

a)

De acordo com o princípio da nacionalidade, é possível a aplicação da lei


penal brasileira a fato criminoso lesivo a interesse nacional ocorrido no exterior.

b)

A aplicação da lei penal brasileira a cidadão brasileiro que cometa crime no


exterior é possível, de acordo com o princípio da defesa.

c)

251
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
De acordo com o princípio da representação, a lei penal brasileira poderá ser
aplicada a delitos cometidos em aeronaves ou embarcações brasileiras
privadas, quando estes delitos ocorrerem no estrangeiro e aí não forem
julgados.

d)

De acordo com o princípio da justiça penal universal, a aplicação da lei penal


brasileira é possível independentemente da nacionalidade do delinquente e
do local da prática do crime, se este estiver previsto em convenção ou
tratado celebrado pelo Brasil.

e)

Segundo o princípio da territorialidade, a lei penal brasileira poderá ser


aplicada no exterior quando o sujeito ativo do crime praticado for brasileiro.

QUESTÃO 23

Sobre a aplicação da lei penal, assinale alternativa correta.

a)

Em se tratando de crimes temporários e excepcionais, a nova lei penal mais


benéfica deverá ser aplicada retroativamente em benefício do réu, desde
que encerrado o período de vigência da norma especial.

b)

Em se tratando de crimes permanentes, a nova lei penal mais gravosa não


poderá retroagir em relação aos fatos já realizados pelo agente; todavia, esta
deverá ser utilizada pelo juiz no momento da prolação da sentença, caso se
verifique a permanência delitiva após a sua entrada em vigor.

c)

Segundo dispõe a legislação penal brasileira atualmente em vigor, em


obediência ao princípio do ne bis in idem, não se admite que um cidadão
brasileiro venha a ser processado novamente no território nacional caso tenha
praticado um crime contra o patrimônio da União ou de empresa pública em
um país estrangeiro e lá tenha sido absolvido.

d)

Em se tratando de crimes praticados por estrangeiros contra brasileiros fora do


território nacional, aquele poderá ser punido pela legislação brasileira mesmo

252
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
que a conduta imputada não seja tipificada como ilícito penal no local dos
fatos.

e)

Segundo estabelece a Constituição Federal, vereadores, deputados


estaduais, deputados federais e senadores gozam de imunidade penal
absoluta por todo e qualquer crime decorrente da manifestação de opiniões,
palavras e votos praticado no exercício do mandato eletivo, desde que a
realização da conduta delitiva tenha ocorrido nos limites territoriais do estado
pelo qual foram eleitos.

QUESTÃO 24

O código penal brasileiro considera praticado o crime no lugar em que


ocorreu a

a)

ação ou omissão, no todo ou em parte, bem como onde se produziu ou


deveria produzir-se o resultado.

b)

omissão ou ação dolosa, no todo ou em parte, bem como onde se produziu


ou deveria produzir-se o resultado.

c)

ação ilícita, no todo ou em parte, bem como onde se produziu ou deveria


produzir-se o resultado esperado.

d)

ação ou omissão culposa do agente, no todo ou em parte, bem como onde


se produziu o resultado.

e)

omissão, no todo ou em parte, ainda que seja outro o momento do resultado.

QUESTÃO 25

Sobre a Aplicação da Lei Penal no tempo e no espaço, analise as assertivas e assinale a


alternativa correta:

253
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
I- No que diz respeito à lei penal no tempo e no espaço, pode-se afirmar que a vigência de
norma penal posterior atenderá ao princípio da imediatidade, não incidindo, em nenhum caso,
sobre fatos praticados na forma da lei penal anterior.
II - A lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos anteriores,
ainda que decididos por sentença condenatória transitada em julgado.
III – A exceção ao princípio de que a lei não pode retroagir, salvo para beneficiar o acusado,
restringe-se às normas de caráter penal, não se estendendo às normas processuais penais.
IV - No Brasil adota-se o Princípio da territorialidade temperada, segundo o qual a lei penal
brasileira aplica-se, em regra, ao crime cometido no território nacional. Excepcionalmente,
porém, a lei estrangeira é aplicável a delitos cometidos total ou parcialmente em território
nacional, quando assim determinarem tratados e convenções internacionais.
V – O Princípio da Territorialidade adotado no Brasil não se coaduna com o “Princípio da
passagem inocente”, segundo o qual se um fato fosse cometido a bordo de navio ou avião
estrangeiro de propriedade privada, que esteja apenas de passagem pelo território brasileiro, não
seria aplicada a nossa lei, se o crime não afetasse em nada nossos interesses.
a)

Apenas as assertivas I, II e III são verdadeiras.

b)

Apenas as assertivas I, II e IV são verdadeiras.

c)

Apenas as assertivas II, IV e V são verdadeiras.

d)

Apenas as assertivas II, III e IV são verdadeiras.

e)

Apenas as alternativas II, III e V são verdadeiras.

QUESTÃO 26

I - Em nome do princípio da retroatividade da lei penal mais benéfica, a abolitio criminis e a lex
mitior alcançam todos os fatos delitivos anteriores à sua entrada em vigor, inclusive aqueles
previstos em legislação penal temporária ou excepcional.
II - A lei penal brasileira é aplicável aos crimes cometidos a bordo de embarcações e aeronaves
estrangeiras de propriedade privada que estejam localizadas no mar territorial ou sobrevoando o
espaço aéreo brasileiro, sendo também consideradas como extensão do território nacional as

254
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
embarcações e aeronaves brasileiras, mercantes ou de propriedade privada, localizadas em mar
territorial ou no espaço aéreo de outro país, desde que estejam a serviço do governo brasileiro.
III - Segundo dispõe o princípio da consunção, quando a concretização da prática de um crime
depende direta e necessariamente da prática de uma conduta delitiva antecedente, o juiz, no
momento da sentença, deve afastar o reconhecimento do concurso de infrações, aplicando ao
réu apenas a pena do crime mais grave.
Quais estão corretas?
a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas III.

d)

Apenas I e II.

e)

Apenas II e III.

QUESTÃO 27

Aplica-se a lei penal brasileira ao crime cometido no território nacional. O art.


5° do CP estende a aplicação da lei penal brasileira para fato cometido em

a)

embarcação privada brasileira atracada em portos estrangeiros.

b)

embarcação estrangeira de propriedade privada navegando no mar


territorial do Brasil.

c)

aeronave privada brasileira pousada em aeroportos estrangeiros, desde que o


país respectivo tenha acordo de extradição com o Brasil.

d)

sede de embaixada ou unidade consular do Brasil no estrangeiro.

255
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

residência do embaixador brasileiro em país estrangeiro que faça parte do


Mercosul.

QUESTÃO 28

Em relação à lei penal no tempo, marque V para as afirmativas verdadeiras e F


para as falsas.

( ) Considera-se praticado o crime no lugar em que ocorreu a ação ou omissão,


no todo ou em parte, bem como onde se produziu ou deveria produzir-se o
resultado.

( ) O criminoso pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar
crime, sem cessar em virtude dela a execução e os efeitos penais da sentença
condenatória.

( ) A lei excepcional ou temporária, embora decorrido o período de sua duração


ou cessadas as circunstâncias que a determinaram, aplica-se ao fato praticado
durante sua vigência.

( ) Aplica-se a lei brasileira, sem prejuízo de convenções, tratados e regras de


direito internacional, ao crime cometido no território nacional.

Assinale a sequência correta.


a)

F, V, F, V

b)

V, F, F, F

c)

F, F, V, F

d)

256
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
V, F, V, V

QUESTÃO 29

Sobre a aplicação da lei penal, de acordo com o Decreto Lei n.º 2.848, de 7 de dezembro de
1940, Código Penal, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.
( ) Não há crime sem lei posterior que o defina.
( ) Considera-se praticado o crime no momento da omissão, ainda que outro seja o momento do
resultado.
( ) Considera-se como extensão do território nacional, para efeitos penais, a aeronave de
propriedade privada, que se ache no espaço aéreo correspondente.
( ) Não fica sujeito à lei brasileira, embora cometido no estrangeiro, o crime contra a liberdade
do Presidente da República.
Assinale a sequência correta.
a)

V, F, F, V

b)

F, V, V, F

c)

V, V, F, F

d)

F, F, V, V

QUESTÃO 30

Com relação às regras da hermenêutica penal, conforme a interpretação do


Superior Tribunal de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, assinale a opção
correta.

a)

A responsabilidade da sociedade empresarial e dos sócios pelo ilícito penal


ambiental é objetiva, bastando, para que sejam devidas as sanções, provar o
dano produzido ao meio ambiente.

b)

Para a responsabilização penal da pessoa jurídica nos crimes contra o meio


ambiente, é imprescindível a imputação concomitante da pessoa física que

257
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
agiu em nome da empresa ou em seu benefício, porque a culpa e o dolo
somente podem ser atribuídos à pessoa física.

c)

O crime de embriaguez ao volante, previsto no Código de Trânsito Brasileiro,


classifica-se como crime de perigo concreto, de modo que, para tipificar a
conduta, é obrigatória a prova de que o motorista estava colocando em risco
a incolumidade física de outras pessoas.

d)

Quanto ao crime de abuso de autoridade, configura-se atípica a conduta do


juiz que determina que o preso, ainda que esse não ofereça riscos, seja
mantido algemado durante a audiência de instrução e julgamento, já que lhe
cabe prevenir eventual tentativa de fuga.

e)

Embora previsto na Convenção de Palermo, o tipo penal do crime de


organização criminosa só foi definitivamente incorporado ao ordenamento
jurídico brasileiro com a publicação de legislação penal extravagante, razão
por que apenas as condutas praticadas em momento posterior ao início do
vigor da lei podem ser enquadradas nesse tipo penal.

QUESTÃO 31

Em relação à lei penal no tempo, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.
( ) Considera-se praticado o crime no lugar em que ocorreu a ação ou omissão, no todo ou em
parte, bem como onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado.
( ) O criminoso pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar crime, sem cessar
em virtude dela a execução e os efeitos penais da sentença condenatória.
( ) A lei excepcional ou temporária, embora decorrido o período de sua duração ou cessadas as
circunstâncias que a determinaram, aplica-se ao fato praticado durante sua vigência.
( ) Aplica-se a lei brasileira, sem prejuízo de convenções, tratados e regras de direito
internacional, ao crime cometido no território nacional.
Assinale a sequência correta.
a)

F, V, F, V

b)

V, F, F, F

c)

258
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
F, F, V, F

d)

V, F, V, V

QUESTÃO 32

Em relação à lei penal no tempo, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.
( ) Considera-se praticado o crime no lugar em que ocorreu a ação ou omissão, no todo ou em
parte, bem como onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado.
( ) O criminoso pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar crime, sem cessar
em virtude dela a execução e os efeitos penais da sentença condenatória.
( ) A lei excepcional ou temporária, embora decorrido o período de sua duração ou cessadas as
circunstâncias que a determinaram, aplica-se ao fato praticado durante sua vigência.
( ) Aplica-se a lei brasileira, sem prejuízo de convenções, tratados e regras de direito
internacional, ao crime cometido no território nacional.
Assinale a sequência correta.
a)

F, V, F, V

b)

V, F, F, F

c)

F, F, V, F

d)

V, F, V, V

QUESTÃO 33

Rosa Margarida, apaixonada por Carlos Flores, imaginando que se os dois convivessem por
alguns dias, ele poderia se apaixonar, resolveu sequestrá-lo. Sendo assim, o privou da sua
liberdade e o levou para sua casa. Enquanto Carlos era mantido em cativeiro por Rosa, nova lei
entrou em vigor, agravando a pena do crime de sequestro.

Sobre a possibilidade de aplicação da nova lei, mais severa, ao caso exposto, assinale a
alternativa correta.
a)

Não se aplica, tendo em vista a irretroatividade da lei penal mais severa.

259
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

É aplicável, pois entrou em vigor antes de cessar a permanência.

c)

Não se aplica, tendo em vista o princípio da prevalência do interesse do réu.

d)

É aplicável, pois se trata de crime material e nesses casos deve ser aplicada a
teoria da ubiquidade.

e)

Não de aplica, pois de acordo com a teoria da atividade, a lei a ser aplicada
deve ser aquela em vigor no momento do crime.

QUESTÃO 34

Assinale a alternativa correta.

a)

A lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos
anteriores, desde que não decididos por sentença condenatória transitada
em julgado.

b)

A pena cumprida no estrangeiro atenua a pena imposta no Brasil pelo mesmo


crime, quando diversas, ou nela é computada, quando idênticas.

c)

A lei excepcional ou temporária aplica-se ao fato praticado durante sua


vigência e somente no período de sua duração.

d)

Ficam sujeitos à lei brasileira, embora cometidos no estrangeiro, os crimes


contra a Administração Pública, por quem está a seu serviço, sendo o agente
punido segundo a lei brasileira somente se condenado no estrangeiro.

e)

A sentença estrangeira, quando a aplicação da lei brasileira produz na


espécie as mesmas consequências, pode ser homologada no Brasil, para

260
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
obrigar o condenado à reparação do dano, a restituições e a outros efeitos
civis, prescindindo de pedido da parte interessada.

QUESTÃO 35

Em uma embarcação pública estrangeira, em mar localizado no território do Uruguai, o


presidente do Brasil sofre um atentado contra sua vida pela conduta de João, argentino residente
no Brasil, que conseguiu se infiltrar no navio passando-se por funcionário da cozinha, já
planejando o cometimento do delito. O presidente do Brasil, porém, é socorrido e se recupera,
enquanto João é identificado e preso na Bahia, um mês após os fatos.
Considerando a situação narrada, sobre a aplicação da lei penal no espaço, é correto afirmar que
a João
a)

não pode ser aplicada a lei brasileira, já que o crime foi cometido no
estrangeiro.

b)

poderá ser aplicada a lei brasileira, com base no princípio da territorialidade.

c)

poderá ser aplicada a lei brasileira, ainda que o autor do crime tenha sido
absolvido ou condenado no estrangeiro.

d)

poderá ser aplicada a lei brasileira, desde que o autor do crime não seja
julgado no estrangeiro.

e)

não poderá ser aplicada a lei brasileira, já que o autor do crime é estrangeiro.

QUESTÃO 36

Considera-se praticado o crime no momento

a)

do resultado.

b)

em que o agente inicia os atos preparatórios.

c)

261
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
em que o agente cogita e planeja a prática criminosa.

d)

da ação ou omissão, ainda que outro seja o momento do resultado.

e)

da ação ou omissão, bem como no momento em que se produziu o resultado.

QUESTÃO 37

Atinente à aplicação da Lei penal no tempo e no espaço, é correto afirmar:

a)

No que tange ao tempo do crime, o código penal adotou a teoria da


ubiquidade.

b)

Leis temporárias e excepcional (art. 3, CP) são hipóteses excepcional de ultra


atividade maléfica.

c)

Para os efeitos penais, consideram-se como extensão do território nacional as


embarcações e aeronaves brasileiras, de natureza pública ou a serviço do
governo brasileiro onde quer que se encontrem, bem como as aeronaves e as
embarcações brasileiras, mercantes ou de propriedade privada, que se
achem, respectivamente, no espaço aéreo correspondente ou em alto-mar.
Tal instituto é denominado Extraterritorialidade.

d)

De acordo com o princípio da territorialidade, não é possível, por conta de


regras internacionais, que um crime cometido no Brasil não sofra as
consequências da Lei Brasileira.

QUESTÃO 38

Segundo o Código Penal (Lei 2.848/40) no que se refere à aplicação da lei penal é correto
afirmar:
I. Ninguém pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar crime, cessando em
virtude dela a execução e os efeitos penais da sentença condenatória.
II. Ficam sujeitos à lei brasileira, embora cometidos no estrangeiro contra a administração
pública, por quem está ou não a seu serviço.

262
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
III. O dia do começo inclui-se no cômputo do prazo. Contam-se os dias, os meses e os anos pelo
calendário comum.
IV. Considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão, ainda que outro seja o
momento do resultado.
A sequência correta é:
a)

Apenas as assertivas I e IV estão corretas.

b)

Apenas as assertivas I, III e IV estão corretas.

c)

Apenas as assertivas I e II estão corretas.

d)

Apenas a assertiva II está correta.

QUESTÃO 39

Com relação às fontes e aos princípios de direito penal, bem como à


aplicação e interpretação da lei penal no tempo e no espaço, assinale a
opção correta.

a)

No Código Penal brasileiro, adota-se, com relação ao tempo do crime, a


teoria da ubiquidade.

b)

A lei penal brasileira aplica-se ao crime perpetrado no interior de navio de


guerra de pavilhão pátrio, ainda que em mar territorial estrangeiro, dado o
princípio da territorialidade.

c)

Segundo a doutrina majoritária, os costumes e os princípios gerais do direito


são fontes formais imediatas do direito penal.

d)

Dado o princípio da legalidade estrita, é proibido o uso de analogia em direito


penal.

e)

263
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Dada a ampla margem de escolha atribuída ao legislador no que se refere à
tipificação dos crimes e cominações de pena, é-lhe permitido tipificar crimes
de perigo abstrato e criminalizar atitudes internas das pessoas, como
orientações sexuais.

QUESTÃO 40

João, brasileiro, é vítima de um furto na cidade de Paris, na França. O autor do


delito foi identificado na ocasião, José, um colega brasileiro que residia no
mesmo edifício que João. A Justiça francesa realizou o processo e ao final
José foi definitivamente condenado a uma pena de 2 anos de prisão. Ambos
retornaram ao país e José o fez antes mesmo de cumprir a sua condenação.
Neste caso, conforme o Código Penal brasileiro,

a)

não se aplica a lei penal brasileira, pois José já foi condenado pela justiça
francesa.

b)

aplica-se a lei penal brasileira por ser o furto um delito submetido à


extraterritorialidade incondicionada.

c)

aplica-se a lei penal brasileira, desde que haja requisição do Ministro da


Justiça.

d)

aplica-se a lei penal brasileira, se não estiver extinta a punibilidade segundo a


lei mais favorável.

e)

não se aplica a lei penal brasileira por ter sido o crime cometido em outro país.

Infração penal: espécies,Sujeito ativo e sujeito passivo da infração


penal.

264
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

QUESTÃO 01
Oficial de Justiça, "A", recebe uma mensagem de sua companheira
solicitando que retarde a intimação de uma determinada decisão judicial
para favorecer uma amiga próxima do casal. A fim de atender ao pedido de
sua esposa, "A" retarda o ato de ofício. Considerando esta hipótese, "A"
cometeu

a)

prevaricação.

b)

corrupção passiva.

c)

concussão.

d)

peculato.

e)

extravio, sonegação ou inutilização de livro ou documento.

QUESTÃO 02

O funcionário público que, valendo-se da facilidade que lhe proporciona a


sua qualidade de funcionário, embora não tendo a posse do dinheiro, valor ou
bem, o subtrai, em proveito próprio ou alheio, pratica o crime de

a)

pecu lato-a propriação.

b)

peculato-furto.

c)

peculato culposo.

d)

peculato mediante erro de outrem.

265
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

corrupção passiva.

QUESTÃO 03

Assinale a alternativa que indica o crime praticado por particular contra a


administração em geral, previsto no Código Penal, que se caracteriza por
oferecer ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para
determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício.

a)

Tráfico de influência.

b)

Corrupção ativa.

c)

Usurpação de função pública.

d)

Desobediência.

e)

Sonegação fiscal.

QUESTÃO 04

Assinale a alternativa que apresenta a descrição da conduta típica do crime


de corrupção passiva.

a)

Oferecer ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para


determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício.

b)

Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda


que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem
indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem.

c)

266
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da
função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida.

d)

Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo


contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento
pessoal.

QUESTÃO 05

Quanto aos crimes contra a Administração Pública, é correto dizer que:

a)

apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem


móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou
desviá-lo, em proveito próprio ou alheio, caracteriza o crime de concussão.

b)

exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da


função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida,
caracteriza o crime de peculato.

c)

solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda


que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem
indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem, caracteriza o crime de
corrupção passiva.

d)

retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo


contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento
pessoal caracteriza o crime de condescendência criminosa.

e)

deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que


cometeu infração no exercício do cargo ou, quando lhe falte competência,
não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente caracteriza o
crime de prevaricação.

QUESTÃO 06

267
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Em relação aos crimes praticados contra a Administração Pública, analise o
enunciado proposto e assinale a alternativa correta.

“Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo


contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento
pessoal“, configura o seguinte delito:

a)

prevaricação.

b)

concussão.

c)

advocacia administrativa.

d)

tráfico de influência.

e)

corrupção ativa.

QUESTÃO 07

Acerca dos Crimes contra a Administração Pública, assinale a


alternativa correta.

a)

O crime de Peculato culposo ocorre quando um funcionário público subtrai


bens da Administração que estão na sua posse.

b)

O crime de Concussão estará consumado quando o funcionário público exigir


vantagem indevida ao particular, independentemente do recebimento da
referida vantagem.

c)

O crime de corrupção passiva exige que o funcionário público receba a


vantagem solicitada para que o crime esteja consumado.

268
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

No crime de prevaricação o funcionário deixa de praticar determinado ato de


ofício em razão de pedido ou influência de outrem.

e)

No crime de condescendência criminosa o funcionário deixa de punir outro


servidor em razão do recebimento de vantagem indevida.

QUESTÃO 08

Um detento que oferece ao agente da SUSEPE vantagem indevida,


consistente em determinada quantia em dinheiro, para determinar que o
funcionário público retarde ato de ofício, comete o crime de:

a)

Concussão.

b)

Corrupção ativa.

c)

Corrupção passiva.

d)

Tráfico de influência.

e)

Excesso de exação.

QUESTÃO 09

Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que


cometeu infração no exercício do cargo ou, quando lhe falte competência,
não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente, é considerado
crime de:

a)

Prevaricação.

b)

Corrupção passiva.

269
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Concussão.

d)

Advocacia administrativa.

e)

Condescendência criminosa.

QUESTÃO 10

João foi aprovado em concurso público para ingresso no quadro de


funcionários do Ministério Público, sendo nomeado e tendo tomado posse, e,
apesar de não ter assumido sua função por razões burocráticas, já foi
informado de que seria designado para atuar junto à Promotoria de Justiça
Criminal de Duque de Caxias. Ciente da existência de investigação para
apurar ilícitos fiscais que estariam sendo praticados por empresário da cidade,
colega de seu pai, procura o advogado do investigado e narra que será
designado para atuar na Promotoria com atribuição para o caso, passando a
solicitar a quantia de 50 mil reais para, de alguma forma, influenciar naquela
investigação de maneira favorável ao indiciado. Considerando a situação
narrada, é correto afirmar que a conduta de João, em tese:

a)

configura crime de corrupção passiva;

b)

configura crime de prevaricação;

c)

configura crime de advocacia administrativa;

d)

configura crime de exercício funcional ilegalmente antecipado ou


prolongado;

e)

é atípica, já que nem mesmo havia iniciado o exercício de sua função.

QUESTÃO 11

270
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Roberval, agente penitenciário, atendendo ao pedido de um amigo, retarda
indevidamente a prática de ato de ofício, infringindo dever funcional.
Roberval:

a)

praticou crime de corrupção passiva.

b)

não praticou crime algum, mas apenas infração administrativa.

c)

praticou crime de prevaricação.

d)

praticou crime de corrupção passiva privilegiada.

e)

praticou crime de advocacia administrativa.

QUESTÃO 12

A respeito dos crimes de corrupção ativa e passiva, considere:

I. O delito de corrupção ativa não se caracteriza quando, apesar da solicitação de vantagem


indevida, o resultado pretendido pelo agente não ocorreu.
II. O crime de corrupção passiva só se configura com a ocorrência simultânea do crime de
corrupção ativa.
III. É indispensável para a caracterização do delito de corrupção ativa que a solicitação de
recebimento de vantagem indevida tenha relação com a função pública exercida pelo agente.

Está correto o que consta APENAS em


a)

I e III.

b)

I e II.

c)

II e III.

d)

271
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
III.

e)

II.

QUESTÃO 13

A coluna da esquerda apresenta a classificação dos crimes praticados contra a Administração


Pública e a da direita, as descrições legais das referidas condutas criminais, em conformidade
com o Decreto Lei n.º 2.848, de 7 de dezembro de 1940, Código Penal. Numere a coluna da
direita de acordo com a da esquerda.
1 - Peculato
2 - Prevaricação
3 - Corrupção Ativa
4 - Exploração de Prestígio

( ) Prometer vantagem indevida a funcionário público para determiná-lo a omitir ato de oficio.
( ) Apropriar-se o funcionário público de dinheiro que tem a posse em razão do cargo em
proveito alheio.
( ) Receber dinheiro a pretexto de influir em funcionário da justiça.
( ) Deixar de praticar indevidamente ato de oficio para satisfazer interesse pessoal.
Assinale a sequência correta.
a)

2, 4, 1, 3

b)

3, 1, 2, 4

c)

3, 1, 4, 2

d)

4, 3, 2, 1

QUESTÃO 14

Quanto aos crimes praticados por funcionários públicos, analise as assertivas.

I - O funcionário público retarda ou deixa de praticar ato de ofício, ou o


pratica, violando dever funcional para satisfazer interesse ou sentimento

272
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
pessoal.

II - O agente, em razão de sua função, mesmo que ainda não tenha assumido
ou fora dela (ex. afastado), solicita ou recebe, para si ou outrem, vantagem
indevida ou promessa de vantagem em virtude de fazer ou deixar de fazer
algo.

III - O agente exige para si ou para outrem, direta ou indiretamente, vantagem


indevida, em razão da sua função, da função que irá assumir (nomeado, mas
não empossado) ou mesmo estando fora dela (suspenso ou de licença).

IV - O funcionário público subtrai, concorre para que seja subtraído, desvia, ou


se apropria de dinheiro, valor ou qualquer bem móvel, tanto público quanto
particular, para proveito próprio ou alheio por deter a posse deles em função
do seu cargo.

Os crimes descritos acima, são, de acordo com o Código Penal brasileiro, os


seguintes:

a)
I- peculato; II- corrupção passiva; III- concussão; e IV- prevaricação.

b)

I- prevaricação; II- concussão; III- corrupção passiva; e IV- peculato.

c)

I- prevaricação; II- corrupção passiva; III- concussão; e IV- peculato.

d)

I- concussão; II- prevaricação; III- peculato; e IV- corrupção passiva.

QUESTÃO 15

O funcionário público que se apropriar de dinheiro, valor ou qualquer outro


bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou
desviá-lo, em proveito próprio ou alheio, comete crime de:

a)

peculato mediante erro de outrem.

b)

peculato.

273
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

concussão.

d)

prevaricação.

e)

corrupção passiva.

QUESTÃO 16

Patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração


pública, valendo-se da qualidade de funcionário, corresponde ao seguinte
tipo legal:

a)

peculato

b)

advocacia administrativa

c)

prevaricação

d)

corrupção passiva

QUESTÃO 17

Funcionário público, responsável pelo controle de trânsito em movimentada


avenida de São Paulo, constata que determinado motorista está dirigindo e
falando ao celular. Considerando incorreta a sua conduta, determina a
parada do veículo. Após verificar toda a documentação do carro, o
funcionário explica que não poderia o condutor dirigir falando ao celular.
Acrescenta que, para evitar uma multa, poderia o particular “pagar um
cafezinho, ficando tudo certo". Revoltado, o motorista chama a Polícia Militar
e narra o ocorrido. Diante da situação exposta, é correto afirmar que a
conduta do funcionário público:

a)

configura crime de corrupção ativa consumado;

274
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

configura crime de corrupção passiva consumado;

c)

configura crime de corrupção ativa tentado;

d)

é atípica, pois não houve solicitação direta de vantagem patrimonial;

e)

configura crime de corrupção passiva tentado.

QUESTÃO 18

Considere os seguintes tipos de crimes e suas definições.

Tipo de Crime

( ) Condescendência Criminosa

( ) Peculato

( ) Corrupção passiva

Definição

1. Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem


móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou
desviá-lo, em proveito próprio ou alheio

2. Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda


que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem
indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem.

275
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
3. Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que
cometeu infração no exercício do cargo ou, quando lhe falte competência,
não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente.

A correta relação entre o crime e sua definição, de cima para baixo, está em:

a)

1, 2 e 3.

b)

2, 1 e 3.

c)

3, 2 e 1.

d)

2, 3 e 1.

e)

3, 1 e 2.

QUESTÃO 19

Sobre os crimes praticados por funcionário público contra a Administração em


geral, é correto afirmar:

a)

Os crimes de peculato, corrupção passiva, concussão e excesso de exação


são hediondos.

b)

Crimes funcionais próprios são aqueles que se for excluída a qualidade de


funcionário público, haverá a desclassificação para crime de outra natureza.

c)

Crimes funcionais impróprios são aqueles cuja exclusão da qualidade de


funcionário público torna o fato atípico.

d)

276
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O condenado por crime contra a administração pública terá a progressão de
regime do cumprimento da pena condicionada à reparação do dano que
causou, ou à devolução do produto do ilícito praticado, com os acréscimos
legais.

e)

Após o recebimento da denúncia sempre será adotado o rito sumário.

QUESTÃO 20

De acordo com o expressamente disposto no Código Penal, a conduta de


deixar o funcionário público, por indulgência, de responsabilizar subordinado
que cometeu infração no exercício do cargo ou, quando lhe falte
competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente,
configura crime de:

a)

advocacia administrativa

b)

condescendência criminosa

c)

corrupção passiva

d)

peculato culposo

Tipicidade, ilicitude, culpabilidade, punibilidade,

QUESTÃO 01

De acordo com o Código Penal, o erro sobre a ilicitude do fato, se inevitável:

a)

isenta o agente de pena.

b)

277
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
exclui a ilicitude do fato.

c)

é punível como crime culposo.

d)

é punível apenas com pena de detenção.

e)

desclassifica o crime para forma tentada.

QUESTÃO 02

É correto afirmar sobre o erro de tipo.

a)

O erro sobre o elemento constitutivo do tipo legal exclui o dolo.

b)

O crime praticado com erro de tipo será desclassificado para a forma


tentada.

c)

A prática de crime com erro de tipo somente é possível nos crimes dolosos
contra a vida.

d)

Não se admite o erro de tipo nos crimes contra a administração pública.

e)

O ato delituoso deverá ser apenado como contravenção quando presente o


erro sobre o elemento constitutivo do tipo legal.

QUESTÃO 03

De acordo com o Código Penal, assinale a alternativa correta acerca da


imputabilidade penal.

a)

278
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O menor de dezoito anos é isento de pena para todos os efeitos legais,
quando demonstrado não entender o caráter ilícito do fato.

b)

A embriaguez, quando voluntária, afasta a imputabilidade do agente.

c)

A emoção, quando proveniente de caso fortuito, torna o agente inimputável


se ao tempo da ação ou da omissão não possuía a plena capacidade de
entender o caráter ilícito do fato.

d)

Ao agir sob efeito da paixão, o agente terá reduzida a pena de um a dois


terços.

e)

O agente que por doença mental, ao tempo da ação ou omissão, era


inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato é isento de pena.

QUESTÃO 04

Marcelino, dirigindo seu veículo, é abordado por policiais militares que o


vistoriaram e nada encontraram de irregular, nem com a documentação do
veículo, tampouco com os documentos pessoais, os quais estavam
plenamente válidos. Apenas por precaução, os policiais o convidaram para ir
à Delegacia de Polícia para fazer uma melhor averiguação de sua vida
pregressa já que não simpatizaram com ele. Marcelino se recusa a
acompanhá-los e, os policiais o alertam que o conduzirão à força, caso ele
não concorde. No entanto, ele novamente não aceita acompanhá-los
resistindo à ordem. A conduta de Marcelino

a)

configura crime de desacato e de resistência.

b)

configura crime de resistência, somente.

c)

configura crime de resistência e de desobediência.

d)

279
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
configura crime de desacato e de desobediência.

e)

não configura crime.

QUESTÃO 05

A teoria do erro detém grande importância para avaliação da


responsabilidade penal de indivíduo acusado do cometimento de delito.
Sobre o erro de tipo, assinale a alternativa correta:

a)

Erro de tipo é equívoco de representação, ou seja, o agente atinge terceiro


achando tratar-se de pessoa que visava atingir com sua conduta ilícita

b)

Conhecido como “aberratio ictus”, o erro de tipo se vislumbra quando do


momento da execução do delito terceiro é atingido sem que o agente tenha
vontade de o fazê-lo

c)

O erro de tipo é uma modalidade de erro que, quando verificada, não exclui
o dolo, cabendo ao julgador verificar a ocorrência de engano durante a
execução do delito e aplicar-lhe pena mais branda

d)

Erro verificável quando o agente criminoso supõe que sua conduta recai sobre
determinada coisa e na realidade recai sobre outra

e)

Trata-se de erro sobre elemento constitutivo do tipo legal, excluindo o


elemento subjetivo e permitindo uma condenação por ato culposo, quando
previsto em lei penal

QUESTÃO 06

O sonambulismo exclui o seguinte elemento do crime:

a)

Fato típico.

b)

280
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Punibilidade.

c)

Culpabilidade.

d)

Antijuridicidade.

QUESTÃO 07

De acordo com o Código Penal Brasileiro, quanto à imputabilidade penal e


quanto ao crime e seus aspectos, assinale a alternativa correta.

a)

O crime é doloso quando o agente deu causa ao resultado por imprudência,


negligência ou imperícia.

b)

Entende-se em legítima defesa quem repele injusta agressão, atual ou


iminente, a direito seu ou de outrem.

c)

O estrito cumprimento do dever legal é causa legal de exclusão da ilicitude.

d)

É isento de pena o agente que, por doença mental ou desenvolvimento


mental incompleto ou retardado, era, ao tempo da ação, relativamente
incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo
com esse entendimento.

e)

A embriaguez completa, voluntária ou culposa, pelo álcool ou substância de


feitos análogos, exclui a imputabilidade penal.

QUESTÃO 08

Nos termos previstos no Código Penal, é correto afirmar que

a)

se considera praticado o crime no momento do resultado.

b)

281
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos
anteriores, salvo se decididos por sentença condenatória transitada em
julgado.

c)

o dia do começo deve ser excluído no cômputo do prazo. Contam-se os dias,


os meses e os anos pelo calendário comum.

d)

o funcionário público que se apropria, por negligência, de dinheiro, valor ou


qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em
razão do cargo, ou o desvia, em proveito próprio, comete o crime de
peculato-culposo.

e)

exigir, para outrem, indiretamente, fora da função mas em razão dela,


vantagem indevida caracteriza o crime de concussão.

QUESTÃO 09

Considera-se o crime consumado, quando nele se reúnem todos os elementos


de sua definição legal. Entretanto, a tentativa de crime pode gerar várias
repercussões jurídicas. Nessa matéria, o código penal determina que

a)

a tentativa é punível mesmo quando, por ineficácia absoluta do meio ou por


absoluta impropriedade do objeto, é impossível consumar-se o crime.

b)

o crime é tentado, quando, iniciada a execução, não se consuma por


circunstâncias decorrentes da vontade do agente.

c)

a tentativa é punida, salvo disposição expressa em contrário, com pena


correspondente ao crime consumado, diminuída de um a dois terços.

d)

o ajuste, a determinação ou instigação mesmo sem disposição expressa em


contrário, são puníveis, ainda que o crime não chegue a ser tentado.

QUESTÃO 10

282
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Conforme a ideia de imputabilidade penal, como condição para atribuir a
alguém a aplicação de uma pena, só pode sofrer a sanção aquele que, ao
tempo da infração penal, tinha capacidade e autodeterminação para a
análise do fato. Sobre esse tema, o Código Penal estabelece:

a)

a pena pode ser reduzida de dois terços, se o agente, por embriaguez


voluntária, não possuía, ao tempo da ação ou da omissão, a plena
capacidade de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de
acordo com esse entendimento.

b)

é isento de pena o agente que, por embriaguez, voluntária ou culposa, pelo


álcool ou substância de efeitos análogos, era, ao tempo da ação ou da
omissão, totalmente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de
determinar-se de acordo com esse entendimento.

c)

a pena pode ser reduzida de um terço, se o agente, em virtude de


perturbação de saúde mental ou por desenvolvimento mental incompleto ou
retardado não era inteiramente capaz de entender o caráter ilícito do fato ou
de determinar-se de acordo com esse entendimento

d)

é isento de pena o agente que, por doença mental ou desenvolvimento


mental incompleto ou retardado, era, ao tempo da ação ou da omissão,
inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se
de acordo com esse entendimento.

QUESTÃO 11

Segundo o Decreto Lei n.º 2.848 de 7 de dezembro de 1940, Código Penal,


começa a imputabilidade penal aos

a)

dezesseis anos.

b)

dezoito anos.

c)

283
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
quatorze anos.

d)

doze anos.

QUESTÃO 12

Maria, a fim de cuidar do machucado de seu filho que acabou de cair da


bicicleta, aplica sobre o ferimento da criança ácido corrosivo, pensando
tratar-se de uma pomada cicatrizante, vindo a agravar o ferimento. A
situação descrita retrata hipótese tratada no Código Penal como:

a)

erro de proibição.

b)

erro na execução.

c)

estado de necessidade.

d)

exercício regular de direito.

e)

erro de tipo.

QUESTÃO 13

São causas de inimputabilidade previstas no Código Penal, além de doença


mental e desenvolvimento mental incompleto ou retardado:

a)

emoção e paixão; embriaguez completa, decorrente de caso fortuito ou força


maior; idade inferior a 18 anos.

b)

idade inferior a 16 anos; embriaguez voluntária; coação irresistível.

c)

idade inferior a 18 anos; embriaguez completa, decorrente de caso fortuito ou


força maior.

284
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

idade inferior a 21 anos; embriaguez completa, decorrente de caso fortuito ou


força maior; legítima defesa.

e)

emoção e paixão; idade inferior a 18 anos; embriaguez preordenada.

QUESTÃO 14

No dia 25 de fevereiro de 2014, na cidade de Ariquemes, Felipe, nascido em


03 de março de 1996, encontra seu inimigo Fernando na rua e desfere diversos
disparos de arma de fogo em seu peito com intenção de matá-lo. Populares
que presenciaram os fatos, avisaram sobre o ocorrido a familiares de
Fernando, que optaram por transferi-lo de helicóptero para Porto Velho, onde
foi operado. No dia 05 de março de 2014, porém, Fernando não resistiu aos
ferimentos causados pelos disparos e veio a falecer ainda no hospital de Porto
Velho. Considerando a situação hipotética narrada e as previsões do Código
Penal sobre tempo e lugar do crime, é correto afirmar que, em relação a estes
fatos, Felipe será considerado:

a)

inimputável, pois o Código Penal adota a Teoria da Atividade para definir o


tempo do crime, enquanto que o lugar do crime é definido pela Teoria da
Ubiquidade;

b)

inimputável, pois o Código Penal adota a Teoria da Atividade para definir o


tempo do crime, enquanto que o lugar é definido pela Teoria do Resultado;

c)

imputável, pois o Código Penal adota a Teoria do Resultado para definir tanto
o tempo quanto o lugar do crime;

d)

imputável, pois o Código Penal adota a Teoria da Ubiquidade para definir o


momento do crime, enquanto que a Teoria da Atividade determina o lugar;

e)

inimputável, pois o Código Penal adota a Teoria da Atividade para definir


tanto o tempo quanto o local do crime.

285
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 15

A respeito da tentativa, e correto afirmar que Beltrano que efetuou disparos de


arma de fogo contra Ciclano, sem contudo atingi-lo, incorre:

a)

No crime de homicídio consumado, visto que a intenção de Beltrano era ceifar


a vida de Ciclano

b)

Ameaça, visto que os disparos de arma de fogo não atingiram Ciclano.

c)

No crime de disparo de arma de fogo em via pública.

d)

A conduta e atipica, visto que Ciclano não foi atingido.

e)

Em tentativa de homicídio.

QUESTÃO 16

Beltrano e Ciclano saem juntos para comemorar o sucesso obtido em


concurso público. Beltrano não pode ingerir em hipótese alguma bebida
alcoólica. Entretanto, Ciclano coloca as escondidas álcool no refrigerante de
Beltrano. Ao tomar o refrigerante, Beltrano perde a capacidade de se
comportar conforme o direito e de entender inteiramente o caráter ilícito de
seus atos. Totalmente fora de si, Beltrano quebra uma garrafa na cabeça de
Ciclano que falece. Considerando o exposto, e correto afirmar:

a)

Beltrano esta isento de pena porque no momento que ceifou a vida de


Ciclano encontra-se em situação de inimputabilidade.

b)

Beltrano não cometeu nenhum crime, visto que está amparado pela
excludente de estado de necessidade.

c)

286
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Beltrano responderá por homicídio, pois a embriaguez em nenhuma hipótese o
isenta de pena.

d)

Beltrano responderá por homicídio visto que deveria ser mais cuidadoso para
não ingerir bebida alcoólica.

e)

Beltrano está isento de pena porque agiu sob coação irresistivel.

QUESTÃO 17

Sobre o crime culposo É CORRETO afirmar:

a)

negligência é uma atitude positiva arriscada ou perigosa, um agir sem


cautela, sem a atenção necessária e com afoitamento.

b)

negligência é uma inatividade (forma omissiva), a ausência de precaução, a


inércia do agente que, podendo agir para não causar ou evitar o evento
danoso, não o faz por preguiça, desleixo ou desatenção.

c)

para a aplicação da pena restritiva de direito, o crime culposo não pode


ultrapassar o limite de 4 (quatro) anos;

d)

no crime culposo aplica-se a redução pela metade do prazo prescricional,


conforme procedimento adotado para aquele que, ao tempo do crime, era
menor de 21 (vinte um) anos, ou, na data da sentença, maior de 70 (setenta)
anos.

QUESTÃO 18

O autor do fato estava limpando o quintal e deixou um pedaço de madeira


escorada no muro. A vítima estava passando pelo local, momento em que a
madeira caiu e atingiu o seu braço, causando um pequeno hematoma. O
autor do fato tentou se explicar, confessando que agiu com desatenção e que
poderia ter evitado o evento danoso, pois deveria ter colocado a madeira no

287
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
chão. A vítima não aceitou as explicações e foi registrar a notícia crime,
materializada no termo circunstanciado. Qual a tipificação do fato?

a)

lesão corporal dolosa, definida no artigo 129, caput do Código Penal.

b)

lesão corporal culposa, definida no artigo 129, § 6 do Código Penal

c)

atipicidade da conduta

d)

contravenção penal de deixar de colocar na via pública, sinal ou obstáculo,


determinado em lei ou pela autoridade e destinado a evitar perigo a
transeuntes (artigo 36 do Decreto Lei 3688/41) 19

QUESTÃO

Aquele que antes de praticar o fato até hipotetiza que ele pode ocorrer, mas
acredita, sinceramente, que o resultado não se verificará e, portanto, não
admite previamente a possibilidade de o resultado advir, comete crime

a)

premeditado.

b)

doloso.

c)

tentado.

d)

intencional.

e)

culposo.

QUESTÃO 20

Dispõe o parágrafo único do art. 14 do CP que o crime tentado é punido,


salvo exceção, com a pena

288
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

correspondente à prevista para o crime consumado, diminuída de um a dois


terços.

b)

igual à do crime consumado.

c)

correspondente à metade da prevista para o crime consumado.

d)

livremente estabelecida pelo Juiz, mas em patamar obrigatoriamente inferior à


correspondente à prevista para o crime consumado.

e)

correspondente à prevista para o crime consumado, diminuída de um ano.

Respostas 01: 02: 03: 04: 05: 06: 07: 08: 09: 10:
11: 12: 13: 14: 15: 16: 17: 18: 19: 20:

Imputabilidade penal, Concurso de pessoas.

QUESTÃO 01

De acordo com o Código Penal, assinale a alternativa correta acerca da


imputabilidade penal.

a)

O menor de dezoito anos é isento de pena para todos os efeitos legais,


quando demonstrado não entender o caráter ilícito do fato.

b)

A embriaguez, quando voluntária, afasta a imputabilidade do agente.

c)

A emoção, quando proveniente de caso fortuito, torna o agente inimputável


se ao tempo da ação ou da omissão não possuía a plena capacidade de
entender o caráter ilícito do fato.

d)

289
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Ao agir sob efeito da paixão, o agente terá reduzida a pena de um a dois
terços.

e)

O agente que por doença mental, ao tempo da ação ou omissão, era


inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato é isento de pena.

QUESTÃO 02

São elementos caracterizadores do concurso de pessoas (coautoria e


participação em sentido estrito), entre outros:

a)

acordo de vontades entre os agentes e relevância causal das condutas.

b)

pluralidade de agentes e acordo de vontades entre os agentes.

c)

liame subjetivo e pluralidade de infrações penais.

d)

pluralidade de agentes e pluralidade de infrações penais.

e)

liame subjetivo e relevância causal das condutas.

QUESTÃO 03

Conforme a ideia de imputabilidade penal, como condição para atribuir a


alguém a aplicação de uma pena, só pode sofrer a sanção aquele que, ao
tempo da infração penal, tinha capacidade e autodeterminação para a
análise do fato. Sobre esse tema, o Código Penal estabelece:

a)

a pena pode ser reduzida de dois terços, se o agente, por embriaguez


voluntária, não possuía, ao tempo da ação ou da omissão, a plena
capacidade de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de
acordo com esse entendimento.

b)

290
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
é isento de pena o agente que, por embriaguez, voluntária ou culposa, pelo
álcool ou substância de efeitos análogos, era, ao tempo da ação ou da
omissão, totalmente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de
determinar-se de acordo com esse entendimento.

c)

a pena pode ser reduzida de um terço, se o agente, em virtude de


perturbação de saúde mental ou por desenvolvimento mental incompleto ou
retardado não era inteiramente capaz de entender o caráter ilícito do fato ou
de determinar-se de acordo com esse entendimento

d)

é isento de pena o agente que, por doença mental ou desenvolvimento


mental incompleto ou retardado, era, ao tempo da ação ou da omissão,
inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se
de acordo com esse entendimento.

QUESTÃO 04

Segundo o Decreto Lei n.º 2.848 de 7 de dezembro de 1940, Código Penal,


começa a imputabilidade penal aos

a)

dezesseis anos.

b)

dezoito anos.

c)

quatorze anos.

d)

doze anos.

QUESTÃO 05

No dia 25 de fevereiro de 2014, na cidade de Ariquemes, Felipe, nascido em


03 de março de 1996, encontra seu inimigo Fernando na rua e desfere diversos
disparos de arma de fogo em seu peito com intenção de matá-lo. Populares
que presenciaram os fatos, avisaram sobre o ocorrido a familiares de
Fernando, que optaram por transferi-lo de helicóptero para Porto Velho, onde

291
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
foi operado. No dia 05 de março de 2014, porém, Fernando não resistiu aos
ferimentos causados pelos disparos e veio a falecer ainda no hospital de Porto
Velho. Considerando a situação hipotética narrada e as previsões do Código
Penal sobre tempo e lugar do crime, é correto afirmar que, em relação a estes
fatos, Felipe será considerado:

a)

inimputável, pois o Código Penal adota a Teoria da Atividade para definir o


tempo do crime, enquanto que o lugar do crime é definido pela Teoria da
Ubiquidade;

b)

inimputável, pois o Código Penal adota a Teoria da Atividade para definir o


tempo do crime, enquanto que o lugar é definido pela Teoria do Resultado;

c)

imputável, pois o Código Penal adota a Teoria do Resultado para definir tanto
o tempo quanto o lugar do crime;

d)

imputável, pois o Código Penal adota a Teoria da Ubiquidade para definir o


momento do crime, enquanto que a Teoria da Atividade determina o lugar;

e)

inimputável, pois o Código Penal adota a Teoria da Atividade para definir


tanto o tempo quanto o local do crime.

QUESTÃO 06

Beltrano e Ciclano saem juntos para comemorar o sucesso obtido em


concurso público. Beltrano não pode ingerir em hipótese alguma bebida
alcoólica. Entretanto, Ciclano coloca as escondidas álcool no refrigerante de
Beltrano. Ao tomar o refrigerante, Beltrano perde a capacidade de se
comportar conforme o direito e de entender inteiramente o caráter ilícito de
seus atos. Totalmente fora de si, Beltrano quebra uma garrafa na cabeça de
Ciclano que falece. Considerando o exposto, e correto afirmar:

a)

Beltrano esta isento de pena porque no momento que ceifou a vida de


Ciclano encontra-se em situação de inimputabilidade.

292
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

Beltrano não cometeu nenhum crime, visto que está amparado pela
excludente de estado de necessidade.

c)

Beltrano responderá por homicídio, pois a embriaguez em nenhuma hipótese o


isenta de pena.

d)

Beltrano responderá por homicídio visto que deveria ser mais cuidadoso para
não ingerir bebida alcoólica.

e)

Beltrano está isento de pena porque agiu sob coação irresistivel.

QUESTÃO 07

Glauco andava de bicicleta numa estrada rural. Caiu do veículo e teve fratura
exposta do osso de uma das pernas. João e José passaram pelo local, viram
Glauco caído e pedindo auxílio, mas deixaram de socorrê-lo, apesar de
poderem fazê-lo sem risco pessoal. Responderão pelo crime de omissão de
socorro

a)

João como autor e José como co-autor, não se caracterizando a


participação.

b)

João e José como partícipes, não se caracterizando a co-autoria.

c)

João como autor e José como partícipe, não se caracterizando a co-autoria.

d)

José como autor e João como partícipe, não se caracterizando a co-autoria.

e)

João e José como autores isolados, não se caracterizando o concurso de


agentes.

QUESTÃO 08

293
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Assinale a alternativa correta em relação à menoridade.

a)

É causa que exclui o crime.

b)

É causa de diminuição da pena.

c)

É causa que exclui a culpabilidade.

d)

Permite a aplicação da atenuante da menoridade.

e)

Permite imediatamente a liberdade mediante fiança.

QUESTÃO 09

Indivíduo que se utiliza de crianças para subtrair bens e valores de pessoas


distraídas, em via pública, responde por furto:

a)
como partícipe moral de menor importância, se a sua colaboração para o
crime ficou meramente no plano psicológico.

b)

como autor direto, se foi dele a iniciativa e seria dele o proveito do crime.

c)

como partícipe material, já que auxiliou a execução material do crime por


terceiros.

d)

como autor mediato, pois cometeu o crime se prevalecendo de executores


inimputáveis

e)

como autor colateral, já que a sua responsabilidade se baseia no Código


Penal e a das crianças, no Estatuto da Criança e do Adolescente.

294
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 10

Para que ocorra o concurso de pessoas, são indispensáveis

a)

autoria

b)

pluralidade de condutas, relevância causal de cada uma das ações

c)

participação e coautoria

d)

coautoria e autoria

QUESTÃO 11

Cleverson, vulgarmente conhecido como “Pão com Ovo”, antigo traficante


de drogas ilícitas, continuou a dar as ordens a sua quadrilha, mesmo estando
encarcerado em um presídio de segurança máxima. Logo, “Pão com Ovo”:

a)

deve responder como autor intelectual do crime de tráfico de drogas, mesmo


não praticando atos de execução deste crime.

b)

deve responder como partícipe por cumplicidade material do crime de tráfico


de drogas, em face de não praticar atos de execução deste crime.

c)

deve responder como autor direito do crime de tráfico de drogas, mesmo não
praticando atos de execução deste crime.

d)

deve responder como partícipe por cumplicidade intelectual do crime de


tráfico de drogas, em face de não praticar atos de execução deste crime.

e)

não pode responder por crime algum, em face de estar preso.

295
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 12

Com relação ao concurso de pessoas, assinale a afirmativa incorreta.

a)
Para a teoria da acessoriedade mínima para que haja participação punível
basta que o autor tenha praticado uma conduta típica; para a da
acessoriedade temperada, adotada pela maioria da doutrina, basta que a
conduta do autor seja típica e ilícita; para a da acessoriedade máxima se
exige que a conduta do autor seja típica, ilícita e culpável.

b)

Para a doutrina majoritária, se o executor desiste voluntariamente da


consumação do crime ou impede que o resultado se produza, responderá
apenas pelos atos já praticados, beneficiando-se dessa circunstância os vários
partícipes, nos termos dos artigos 15 e 29 do Código Penal.

c)

São requisitos para o concurso de pessoas: pluralidade de agentes e de


condutas; relevância causal de cada conduta; liame subjetivo entre os
agentes e identidade de infração penal.

d)

É possível a participação em delitos de mão própria.

e)

Demonstrado que um dos concorrentes quis participar de crime menos grave,


ser-lhe-á aplicada a pena deste com o aumento de metade, se previsível o
resultado mais grave.

QUESTÃO 13

Analise as seguintes hipóteses.


1) Agente que pratica o crime sob o estado de emoção ou paixão.
2) Agente que pratica o crime sob o estado de embriaguez culposa.
3) Agente que pratica o crime sob o estado de embriaguez fortuita completa.
4) Agente que, por desenvolvimento mental incompleto, era, ao tempo da ação, inteiramente
incapaz de entender o caráter ilícito do fato.
São causas que conduzem à inimputabilidade penal as descritas nos itens:
a)

296
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
1 e 2.

b)

1 e 3.

c)

2 e 4.

d)

2 e 3.

e)

3 e 4.

QUESTÃO 14

Marcelo, pessoa com 27 (vinte e sete) anos de idade, agrediu e feriu uma
criança de 10 (dez) anos de idade. Ocorre que Marcelo, em virtude de
perturbação de saúde mental, não era inteiramente capaz de entender o
caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.

Está correto afirmar que Marcelo:

a)

deve ser responsabilizado penalmente, sem qualquer benefício, porque a


agressão foi dolosa

b)

é isento de pena, porque ele é inimputável, ficando sujeito à aplicação de


medida de segurança.

c)

pode ter a pena reduzida de um a dois terços.

d)

deve ser responsabilizado penalmente, sem qualquer benefício, porque era


maior de 18 (dezoito) anos.

e)

é isento de pena, uma vez que a criança maltratada só tinha dez anos de
idade.

297
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 15

João instigou José a praticar um crime de roubo. Luiz forneceu-lhe a arma.


Pedro forneceu-lhe todas as informações sobre a residência da vítima e sobre
o horário em que esta ficava sozinha. No dia escolhido, José, auxiliado por
Paulo, ingressou na residência da vítima. José apontou-lhe a arma, enquanto
Paulo subtraiu-lhe dinheiro e jóias. Nesse caso, são considerados partícipes
APENAS

a)

Luiz e Pedro.

b)

João, Luiz, Pedro e Paulo.

c)

João, Luiz e Pedro.

d)

José, Pedro e João.

e)

João, José, Luiz e Pedro.

QUESTÃO 16

O primeiro requisito da culpabilidade é a “ Imputabilidade”


, ou seja, a capacidade de compreender o caráter criminoso do fato e de ori
entar--
se de acordo com esse entendimento. A imputabilidade possui dois element
os: intelectivo (capacidade de entender) e volitivo (capacidade de quer
er). Faltando um desses elementos, o sujeito não será imputável, ou seja, ini
mputabilidade. Dentre as alternativas, estão os três requisitos da “
inimputabilidade” , EXCETO:

a)

Acidental: é a que deriva de caso fortuito ou força maior. Pode ser completa
ou incompleta. Nesse caso, o sujeito não tinha a intenção de ingerir a su
bstância, portanto, não se pode aplicar a teoria da actio libera in caus
a.

b)

298
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Causal: a inimputabilidade deve ser causada por doença mental,
desenvolvimento mental incompleto, desenvolvimento mental
retardado, dependência química ou embriaguez completa proveniente de
caso fortuito ou força maior. Somente essas causas podem
tirar a capacidade de entender ou de querer.

c)

Cronológico: as causas que levam à inimputabilidade devem existir no tempo


da infração penal.

d)

Consequencial: perda completa da capacidade de entender ou da capacid


ade de querer

QUESTÃO 17

Sobre a imputabilidade penal, marque a alternativa INCORRETA:

a)

Tem sua pena diminuída o Agente que, por doença mental ou


desenvolvimento mental incompleto ou retardado era, ao tempo da ação ou
da omissão, inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de
determinar-se de acordo com esse entendimento.

b)

Não exclui a imputabilidade penal a embriaguez voluntária ou culposa, pelo


álcool ou substância de efeitos análogos.

c)

Não excluem a imputabilidade penal, a emoção ou a paixão.

d)

Os menores de 18(dezoito) anos são penalmente inimputáveis, ficando sujeitos


às normas estabelecidas na legislação especial.

e)

É isento de pena o Agente que, por embriaguez completa, proveniente de


caso fortuito ou força maior era, ao tempo da ação ou da omissão,
inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se
de acordo com esse entendimento.

299
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 18

Marcos e João eram sócios de uma empresa que foi vítima de estelionato
praticado por Otávio, o que ensejou a sua falência. Como vingança, Marcos
resolveu tirar a vida de Otávio. Quando este estava saindo de sua residência,
Marcos disparou em sua direção. Ocorre que João também decidira se vingar
e, coincidentemente, também disparou em direção a Otávio. Apurou-se que
ambos os disparos acertaram Otávio, mas foi o tiro disparado por João que lhe
acertou em região letal, lhe tirando a vida.

Nessa situação hipotética,

a)

configurou-se o concurso de agentes, uma vez que tanto Marcos quanto João
atuaram visando o mesmo resultado.

b)

tem-se um caso de autoria colateral.

c)

considerando o resultado buscado por Marcos e João, ambos responderão


pelo homicídio consumado.

d)

João será considerado autor e Marcos, partícipe do delito.

e)

João será considerado partícipe do crime.

QUESTÃO 19

Marcos Alexandre, nascido às 22:00 do dia 15 de julho de 1990, subtrai no dia


15 de julho de 2008, às 10:00 horas a bolsa de Marinilda Peixoto, sendo
imediatamente detido por Agente Policial, que o conduz a Delegacia de
Polícia. Ao prestar seu depoimento, declara Marcos Alexandre ser menor de
idade, uma vez que somente completaria os 18 anos após as 22:00 horas do
referido dia 15 de julho de 2008. Com relação ao fato narrado é correto
afirmar:

a)
Marcos Alexandre é considerado menor de idade, até as 22:00 horas do dia 15
de julho de 2008

300
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

Marcos Alexandre é considerado maior de idade, se o depoimento tiver sido


prestado após as 22:00 horas do dia 15 de julho de 2008

c)

Marcos Alexandre é considerado maior de idade, porque praticou o ato no


dia em que completou 18 anos

d)

Marcos Alexandre é considerado maior de idade, a partir do dia 16 de julho


de 2008

e)

Marcos Alexandre é considerado menor de idade, uma vez que a maioridade


penal se alcança aos 21 anos

QUESTÃO 20

Em relação à responsabilidade do agente que, voluntariamente, desiste de


prosseguir na execução ou impede que o resultado se produza, é correto
afirmar que:

a)

não há nenhuma responsabilidade criminal possível.

b)

o agente responde apenas pelos atos praticados.

c)

o agente será punido com a pena do crime consumado, reduzida de 1/3 a


2/3.

d)

não obstante a desistência ou o impedimento da produção do resultado, o


agente responderá pelo crime tal como se ele tivesse sido consumado.

e)

se trata de hipótese de erro de tipo, que exclui a responsabilidade penal, salvo


se inescusável.

301
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Das Penas
QUESTÃO 01

Para solucionar o conflito aparente de normas, são empregados os princípios


da

a)

especialidade e da subsidiariedade.

b)

especialidade e da proporcionalidade.

c)

proporcionalidade e da subsidiariedade.

d)

subsidiariedade e da fragmentariedade.

e)

fragmentariedade e da especialidade.

QUESTÃO 02

Henrique, não aceitando o fim do relacionamento, decide matar Paola, sua ex-
namorada. Para tanto, aguardou na rua a saída da vítima do trabalho e, após,
desferiu-lhe diversas facadas na barriga, sendo estas lesões a causa eficiente de
sua morte. Foi identificado por câmeras de segurança, porém, e denunciado pela
prática de homicídio consumado. Em relação ao crime de lesão corporal, é
correto afirmar que Henrique não foi denunciado com base no princípio da:

a)

especialidade;

b)

subsidiariedade expressa;

c)

alternatividade;

d)

302
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
subsidiariedade tácita;

e)

consunção.

QUESTÃO 03

Sobre a aplicação da lei penal, é correto afirmar que

a)

em relação ao tempo do crime, o Código Penal, no artigo 4° , adotou a teoria


da ubiquidade.

b)

para os crimes permanentes, aplica-se a lei nova, ainda que mais severa, pois
é considerado tempo do crime todo o período em que se desenvolver a
atividade criminosa.

c)

em relação ao lugar do crime, o Código Penal, no artigo 6° , adotou a teoria


da atividade.

d)

a nova lei, que deixa de considerar criminoso determinado fato, cessa, em


favor do agente, todos os efeitos penais e civis.

e)

o princípio da retroatividade da lei penal mais benéfica é absoluto, previsto


constitucionalmente, sobrepondo-se até mesmo à ultratividade das leis
excepcionais ou temporárias.

QUESTÃO 04

Os princípios que resolvem o conflito aparente de normas são:

a)

especialidade, legalidade, intranscendência e alternatividade.

b)

especialidade, legalidade, consunção e alternatividade.

c)

303
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
especialidade, subsidiariedade, consunção e alternatividade.

d)

legalidade, intranscendência, consunção e alternatividade.

e)

legalidade, consunção, subsidiariedade e alternatividade.

QUESTÃO 05

Após leitura dos enunciados abaixo, assinale a alternativa falsa:

a)

O princípio da legalidade tem como fundamento o princípio nullum crimen,


nulla poena sine praevia lege.

b)

No tocante ao tempo do crime, o Código Penal Brasileiro adotou a teoria da


atividade, que o considera como o momento da conduta comissiva ou
omissiva.

c)

No tocante ao lugar do crime, o Código Penal Brasileiro adotou a teoria da


atividade, que o considera como o local onde ocorreu a conduta criminosa.

d)

Lei excepcional, por ter ultratividade, pode ser aplicada a fatos praticados
durante sua vigência mesmo após sua revogação.

e)

A lei penal, ao entrar em conflito com lei penal anterior, pode apresentar as
seguintes situações: novatio legis incriminadora, abolitio criminis, novatio legis in
pejus e novatio legis in mellius.

QUESTÃO 06

Constituem princípios que se destinam a solucionar o conflito aparente de


normas:

a)

proporcionalidade e especialidade.

304
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

excepcionalidade e proporcionalidade.

c)

especialidade e fragmentariedade.

d)

subsidiariedade e especialidade.

e)

excepcionalidade e subsidiariedade.

QUESTÃO 07

NA DISCUSSÃO SOBRE CONCURSO APARENTE DE NORMAS PENAIS ASSINALE A


ALTERNATIVA CORRETA:

a)

O concurso de normas penais se confunde com a sucessão de leis ou normas


penais;

b)

A teoria da consunção por uma relação de meio a fim não se compatibiliza


com a agravante do art. 61, II, b, do Cód. Penal.

c)

É indispensável para o tipo do art. 89 da Lei de Licitações que o agente se


utilize de documento ideologicamente falso;

d)

São requisitos da consunção a unidade de agente e a pluralidade de normas


aparentemente incidentes sobre uma determinada situação de fato, abranja
ou não essa situação pluralidade de condutas.

QUESTÃO 08

Acerca do emprego da analogia no âmbito do Direito Penal brasileiro, assinale


a alternativa correta.

a)

305
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A regra é a proibição do emprego da analogia no âmbito penal, por força do
princípio da reserva legal, todavia a doutrina é remansosa em admitir esse
recurso quando se apresentar in bonam partem.

b)

A analogia in malam partem ocorre quando se aplica, ao caso omisso, uma lei
considerada prejudicial ao réu que, segundo o Código Penal,
excepcionalmente, poderá ser admitida, uma vez que deverá ser
salvaguardado o direito da coletividade em face do direito do agressor.

c)

O Direito Penal brasileiro não admite aplicação da analogia.

d)

Segundo a doutrina, analogia legal, ou legis, é aquela em que se aplica ao


caso omisso um princípio geral do Direito.

e)

Estabelece o Código Penal que a analogia somente poderá ser aplicada aos
réus que não sejam reincidentes.

QUESTÃO 09

Pedro subtraiu bem móvel pertencente à Administração pública, valendo-se


da facilidade propiciada pela condição de funcionário público. Pedro
responderá pelo crime de peculato e não pelo delito de furto em decorrência
do princípio da

a)

subsidiariedade.

b)

consunção.

c)

especialidade.

d)

progressão criminosa.

e)

306
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
alternatividade.

QUESTÃO 10

Durante os preparativos para um show nas proximidades do Pelourinho, Pedro


tem sua atenção chamada para Francisco, que transitava com um vistoso
cordão de ouro para fora da camisa e uma mochila recém adquirida.
Abordando a vítima com um revólver calibre .22, Pedro exige que lhe sejam
entregues o cordão e a mochila, tendo Francisco ponderado que o conteúdo
da mochila, expressiva quantia em dinheiro, pertenceria ao seu patrão, Carlos,
responsável pela produção do show. Indiferente ao pleito da vítima, Pedro
reforça a ameaça, dizendo que dispararia contra ela caso os bens não fossem
entregues. Após a entrega do cordão e da mochila, Pedro falou que a vítima
deveria aguardar no mesmo local, pois ele pretendia devolver em breve seus
pertences. Diante desse quadro, é correto afirmar que:

a)

o fato de a conduta ter ocasionado violação de patrimônios distintos não


descaracteriza a ocorrência de crime único, mesmo se todos os bens
subtraídos estiverem na posse de pessoas diversas;

b)

o chamado “roubo de uso” retira a tipicidade da conduta de subtração dos


bens, diante da ausência do ânimo de apossamento definitivo;

c)

o fato de a conduta ter ocasionado violação de patrimônios distintos


descaracteriza a ocorrência de crime único, mesmo que todos os bens
subtraídos estejam na posse de uma única pessoa;

d)

a promessa de devolução dos bens apossados não altera a tipicidade da


conduta, mas tem reflexos no momento da aplicação da pena, na fase inicial
de fixação da sanção penal;

e)

o fato de a conduta ter ocasionado violação de patrimônios distintos não


descaracteriza a ocorrência de crime único se todos os bens subtraídos
estavam na posse de uma única pessoa.

QUESTÃO 11

307
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Com observância das assertivas abaixo, responda:

I. Há progressão criminosa quando o agente, a fim de alcançar o resultado


pretendido pelo seu dolo, obrigatoriamente, produz outro, antecedente e de
menor gravidade, sem o qual não atingiria o seu fim.

II. Há crime progressivo quando o dolo inicial do agente era dirigido a


determinado resultado e, durante os atos de execução, resolve ir além, e
produzir um resultado mais grave.

III. Em relação ao concurso ou conflito aparente de normas, pode-se falar em


princípio da consunção, quando um crime é meio necessário ou normal fase
de preparação ou de execução de outro crime, bem como nos casos de
antefato e pós-fato impuníveis.

IV. Em relação ao concurso ou conflito aparente de normas, pelo princípio da


subsidiariedade, na ausência ou impossibilidade de aplicação da norma
principal mais grave, aplica-se a norma subsidiária menos grave.

QUESTÃO 11

Assinale a alternativa CORRETA.

a)

Somente as assertivas I e II são verdadeiras.

b)

Somente as assertivas III e IV são verdadeiras.

c)

Somente as assertivas I, II e III são verdadeiras.

d)

Somente as assertivas I e III são verdadeiras.

QUESTÃO 12

São princípios que solucionam o conflito aparente de normas penais:

a)

insignificância, consunção, subsidiariedade e alteridade.

308
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

insignificância , alteridade, consunção e alternatividade.

c)

especialidade, alteridade, consunção e subsidiariedade.

d)

especialidade, alternatividade, subsidiariedade e insignificância.

e)

especialidade, consunção, subsidiariedade e alternatividade.

QUESTÃO 13

Com relação às fontes e aos princípios de direito penal, bem como às normas
penais e seu conflito aparente, assinale a opção correta.

a)

Contrair casamento conhecendo a existência de impedimento que lhe cause


a nulidade absoluta constitui crime previsto em norma penal em branco em
sentido estrito.

b)

De acordo com a atual jurisprudência do STJ, a aplicação do princípio da


consunção pressupõe a existência de ilícitos penais que funcionem como fase
normal de preparação ou de execução de outro crime com evidente vínculo
de dependência ou subordinação entre eles.

c)

Em caso de omissão legal, o uso de analogia não é admitido em direito penal,


ainda que seja para favorecer o réu.

d)

Os costumes não são considerados pela doutrina como fonte formal do direto
penal.

e)

O Código Penal, ao tipificar o crime de abandono intelectual, não viola o


princípio da legalidade ou da reserva legal, uma vez que, para a validade da
tipificação penal, é suficiente que esta esteja prevista em lei em sentido estrito.

309
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 14

Em relação aos crimes de violência doméstica e aos crimes definidos no


Estatuto de Desarmamento, no CDC e no CTB, assinale a opção correta.

a)

Se, após trâmite regular da ação penal, o magistrado julgar parcialmente


procedente a acusação e condenar o réu como incurso somente nas penas
do latrocínio, acolhendo tese defensiva de absorção do crime de porte ilegal
de arma pelo de latrocínio, terá ele aplicado o princípio da consunção.

b)

Pratica o crime de lesão corporal qualificada pela violência doméstica o


agente que agride fisicamente sua esposa, caso em que deve incidir a
circunstância agravante decorrente da prática do delito contra o cônjuge.

c)

De acordo com o CDC, constitui crime, punido apenas na modalidade dolosa,


a omissão de dizeres ou sinais ostensivos sobre a nocividade ou periculosidade
do produto na sua embalagem, invólucro, recipiente ou publicidade.

d)

Aquele que, ao trafegar com seu veículo em via pública, avista sua ex-
namorada e atira o carro na direção dela, com a intenção de lesioná-la,
causando-lhe ferimentos leves, pratica crime previsto no CTB.

e)

Conforme o entendimento jurisprudencial que considera o porte ilegal de


arma de fogo crime de perigo abstrato, para a consumação do delito, é
necessária a demonstração do efetivo caráter ofensivo da arma transportada
pelo indivíduo.

QUESTÃO 15

Em relação aos princípios concernentes à aplicação da lei penal, assinale a


alternativa correta.

a)

Reserva legal, anterioridade e retroatividade da lei penal mais benéfica.

b)

310
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Pessoalidade, individualização da pena e humanidade.

c)

Intervenção mínima, fragmentariedade, culpabilidade e taxatividade.

d)

Proporcionalidade, razoabilidade e dignidade da pessoa humana.

e)

Pessoalidade, anterioridade e vedação da dupla punição (este último


introduzido pela Convenção Americana de Direitos Humanos, art. 8º, n.4).

QUESTÃO 16

No tocante à aplicação da lei penal, correto afirmar que :

a)
o dia do começo inclui-se no cômputo do prazo.

b)

a lei penal excepcional ou temporária não se aplica ao fato praticado


durante a sua vigência, se decorido o período de sua duração ou cessadas as
circunstâncias que a determinaram.

c)

se considera praticado o crime no momento do resultado.

d)

as regras gerais do Código Penal aplicam-se aos fatos incriminados por lei
especial, ainda que esta disponha de modo diverso.

e)

a lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos
anteriores, desde que não decididos por sentença condenatória transitada
em julgado.

QUESTÃO 17

No que concerne ao tempo e ao lugar do crime e ao conflito aparente de


normas penais, assinale a opção correta.

a)

311
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
De acordo com o STF, nas hipóteses de crime continuado ou de crime
permanente, a lei penal mais grave não pode ser aplicada, ainda que vigente
antes da cessação da continuidade ou da permanência.

b)

Por se ter adotado, no Código Penal, a teoria da atividade, considera-se


praticado o crime no lugar em que ocorreu a ação ou omissão, no todo ou
em parte.

c)

Aplica-se o princípio da especificidade aos tipos mistos alternativos, já que,


mesmo havendo várias formas de conduta no mesmo tipo, somente um único
delito será consumado, independentemente da quantidade de condutas
realizadas no mesmo contexto.

d)

O princípio da consunção enseja a absorção de um delito por outro, sendo


aplicável aos casos que envolvam crime progressivo, crime complexo,
progressão criminosa, fato posterior não punível e fato anterior não punível.

e)

Na definição do tempo do crime, adota-se, no Código Penal, a teoria do


resultado, considerando-se praticado o crime no momento do resultado,
ainda que outro seja o momento da ação ou omissão.

QUESTÃO 18

Ocorrido um fato criminoso, às vezes duas ou mais normas se apresentam para


regulá-lo, surgindo o chamado conflito aparente de normas.
A respeito de tal questão, assinale a afirmativa incorreta.

a)

A pluralidade de fatos e a pluralidade de normas são pressupostos do conflito,


que aparentemente com eles se identificam.

b)

O princípio da subsidiariedade atua como “soldado de reserva”, aplicando a


norma subsidiária menos grave quando impossível a aplicação da norma
principal mais grave.

c)

312
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A questão da progressão criminosa e do crime progressivo é resolvida pelo
princípio da absorção ou consunção.

d)

Na progressão criminosa, o agente inicialmente pretender praticar um crime


menos grave, e, depois, resolve progredir para o mais grave.

e)

No crime progressivo, o sujeito, para alcançar o crime querido, passa


necessariamente por outro menos grave que aquele desejado.

QUESTÃO 19

Com base na interpretação da lei penal e no conflito aparente de normas


penais, assinale a opção correta.

a)

O princípio da especialidade, aplicado na solução do conflito aparente de


normas penais, tem a finalidade específica de evitar o bis in idem e determina
a prevalência da norma especial em comparação com a geral, ocorrendo
apenas no confronto in concreto das leis que definem o mesmo fato.

b)

Entre o tipo penal básico e os derivados, sejam eles qualificados ou


privilegiados, não há relação de especialidade, o que afasta a aplicação do
princípio da especialidade na solução de conflito aparente de normas penais.

c)

O método filológico, literal, ou gramatical, consiste na reconstrução do


pensamento legislativo por meio das palavras da lei, em suas conexões
linguísticas e estilísticas, e ignora, por completo, a ratio legis.

d)

A interpretação teleológica busca a vontade do legislador, a


chamada voluntas legislatoris, e não a vontade da lei, denominada voluntas
legis.

e)

313
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O fenômeno denominado de interpretação evolutiva ocorre quando a
disposição legal ganha novo sentido, aplicando-se a situações imprevistas ou
imprevisíveis ao legislador.

QUESTÃO 20

Portando ilegalmente, exclusivamente para aquela ação, uma arma de fogo


de calibre permitido, Norberto constrange um transeunte e, mediante grave
ameaça, subtrai para si os seus pertences. Nesse contexto, afirma-se que:

a)

o autor responde somente pelo crime de roubo, não pelo de porte de arma
de fogo, pois a pena do crime patrimonial já engloba a reprovabilidade do
delito previsto na lei especial, consequência da unidade fática entre ambos,
aplicando-se o princípio da consunção.

b)

há apenas crime de roubo, solucionando-se o caso pelo princípio da


especialidade, pois o delito patrimonial, ao estabelecer a grave ameaça
como meio executório, insere o porte de arma em sua estrutura típica,
acrescido de elementos especializantes.

c)

será o porte de arma absorvido pelo crime de roubo em virtude da


substituição do dolo, característica da progressão criminosa, que determina o
reconhecimento do conflito aparente de normas.

d)

aplica-se ao caso o princípio da subsidiariedade, pois nas condutas há


diferentes graus de lesão à mesma objetividade jurídica, em uma relação de
continente e conteúdo.

e)

tutelando bens jurídicos distintos, as normas penais referentes aos crimes de


porte de arma de fogo e roubo figurarão em concurso material de delitos,
aplicando-se ao caso o sistema do cúmulo material das penas.

Crimes contra a pessoa, Crimes contra o patrimônio.


QUESTÃO 01

314
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Sobre o crime de receptação, é correto afirmar que:

a)

aquele que encomenda a prática de crime patrimonial prévio não responde


por receptação ao receber para si o produto do crime.

b)

não é possível a receptação que tenha como crime prévio uma outra
receptação.

c)

cuida-se de crime subsidiário ao delito de favorecimento real.

d)

a receptação qualificada admite a modalidade culposa.

e)

majoritariamente. entende-se que. se a infração penal prévia for um ato


infracional, não há receptação, pois esta tem como objeto material o produto
de um crime.

QUESTÃO 02

Terêncio, em razão da condição de sexo feminino, efetua disparo de arma de


fogo contra sua esposa Efigênia, perceptivelmente grávida, todavia atingindo,
por falta de habilidade no manejo da arma, Nereu, um vizinho, que morre
imediatamente. Desconsiderando os tipos penais previstos no Estatuto do
Desarmamento e levando em conta apenas as informações contidas no
enunciado, é correto afirmar que Terêncio praticou crime(s)de:

a)

feminicídio majorado.

b)

aborto, na forma tentada, e homicídio.

c)

homicídio culposo, feminicídio majorado, na forma tentada, e aborto, na


forma tentada.

315
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

aborto, na forma tentada, e feminicídio majorado.

e)

homicídio culposo e aborto, na forma tentada. O 03

QUESTÃO 03

Desejando roubar um estabelecimento comercial, Celidônio rouba


primeiramente um carro, deixando-o ligado em frente ao estabelecimento
para a facilitação de sua fuga. Quando Celidônio se afasta, Arlindo
casualmente passa pelo local e, vendo o veículo ligado, opta por subtraí-lo,
dirigindo ininterruptamente até ingressar em outro Estado da Federação. Nesse
contexto, é correto falar que Arlindo cometeu crime de:

a)

furto.

b)

roubo.

c)

receptação

d)

roubo majorado

e)

furto qualificado.

QUESTÃO 04

Abigail, depois de iniciado parto caseiro, mas antes de completá-lo, sob


influência do estado puerperal, mata o próprio filho. Abigail praticou crime
de:

a)

homicidio qualificado.

b)

consentimento para o aborto

316
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

homicídio.

d)

autoaborto.

e)

infanticídio.

QUESTÃO 05

A respeito “Dos Crimes contra o Patrimônio”, previstos no Código Penal,


assinale a alternativa correta:

a)

O crime de furto praticado pelo sobrinho em prejuízo do tio, em que ambos


coabitam na mesma residência, somente se procede mediante
representação.

b)

O filho que pratica roubo contra o seu pai somente será processado mediante
representação deste último.

c)

O filho que pratica furto contra o seu pai maior de sessenta anos fica isento de
pena.

d)

Somente se procede mediante representação o crime de extorsão praticado


pela esposa contra o seu marido, na constância da sociedade conjugal.

QUESTÃO 06

Assinale a alternativa que traz as duas hipóteses de aborto legal, praticado por
médico, expressamente previstas no art. 128 do CP.

a)

Se o feto sofre de doença incurável, sendo praticado com o consentimento


da gestante; se há má-formação fetal que inviabilize a vida extrauterina.

b)

317
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Se há má-formação fetal que inviabilize a vida extrauterina; se não há outro
meio de salvar a vida da gestante.

c)

Se não há outro meio de salvar a vida da gestante; se praticado com o


consentimento dela, tendo sido a gravidez resultada de estupro.

d)

Se o feto sofre de doença incurável, sendo praticado com o consentimento


da gestante; se praticado com o consentimento da gestante, tendo sido a
gravidez resultada de estupro.

e)

Se a gestante é menor de idade, sendo o procedimento autorizado pelos


responsáveis; se praticado com o consentimento da gestante, tendo sido a
gravidez resultada de estupro.

QUESTÃO 07

“Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça
ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à
impossibilidade de resistência”. O Código Penal Brasileiro intitula o tipo penal
ora transcrito de

a)

extorsão.

b)

furto de coisa comum.

c)

roubo.

d)

furto qualificado.

e)

furto.

QUESTÃO 08

318
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A conduta de induzir, instigar ou auxiliar outra pessoa a suicidar-se, que tem
como resultado lesão corporal de natureza leve,

a)

tem pena duplicada se cometida por motivo egoístico.

b)

tem pena agravada se a vítima tem diminuída, por qualquer causa, a


capacidade de resistência.

c)

não é prevista como crime.

d)

tem pena aumentada se a vítima for menor de idade.

e)

é punida com pena de 1 (um) a 3 (três) anos.

QUESTÃO 09

Qualifica o crime de furto, nos termos do art. 155, § 4.º do CP, ser o fato
praticado.

a)

em local ermo ou de difícil acesso.

b)

contra ascendente ou descendente.

c)

durante o repouso noturno.

d)

com abuso de confiança.

e)

mediante emprego de arma de fogo.

QUESTÃO 10

319
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Eufrosina, experiente psicóloga e conhecedora profunda das técnicas de
hipnose, propõe a sua amiga Ambrosia hipnotizá-la, sob o argumento de curá-
la de um trauma da infância. Acreditando na cura, Ambrosia aceita a terapia.
Estando sob os efeitos da hipnose e das determinações de Eufrosina, Ambrosia
entrega-lhe um colar de brilhantes, que já era cobiçado pela psicóloga há
anos. Eufrosina vai embora surrupiando a joia. Assim, Eufrosina praticou o crime
de:

a)

roubo próprio.

b)

furto simples.

c)

furto qualificado

d)

roubo impróprio.

e)

apropriação indébita.

QUESTÃO 11

“A”, querendo causar a morte de “B”, descarrega contra este sua arma de
fogo, atingindo-o por seis disparos. “B”, socorrido por populares e levado ao
pronto-socorro, é submetido à cirurgia de emergência e sobrevive.

Diante do exposto, “A” poderá responder pelo crime de:

a)

homicídio culposo tentado, pois “B” somente não morreu por circunstâncias
alheias à vontade de “A”.

b)

lesão corporal dolosa, uma vez que “B”, apesar de ser atingido, não morreu.

c)

lesão corporal dolosa e homicídio doloso tentado, pois “B” somente não
morreu por circunstâncias alheias à vontade de “A”.

320
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

homicídio doloso consumado, pois “B” somente não morreu por circunstâncias
alheias à vontade de “A”.

e)

homicídio doloso tentado, pois “B” somente não morreu por circunstâncias
alheias à vontade de “A”.

QUESTÃO 12

“A”, querendo causar a morte de “B”, descarrega contra este sua arma de
fogo, atingindo-o por seis disparos. “B”, socorrido por populares e levado ao
pronto-socorro, é submetido à cirurgia de emergência e sobrevive.

Das alternativas a seguir, assinale a correta, acrescentando ao texto dado a


seguinte informação: ao perceber que “A” estava atirando em sua direção,
“B”, mesmo lesionado pelos disparos, sacou de sua arma e repeliu a agressão,
atingindo mortalmente o agressor.

a)

“B” não praticou crime, pois agiu em legítima defesa.

b)

“B” praticou homicídio culposo, em razão de estar no estrito cumprimento do


dever legal.

c)

“B” praticou homicídio culposo, em razão de estar em legítima defesa.

d)

“B” não praticou crime, pois agiu no exercício regular de direito.

e)

“B” não praticou crime, pois agiu no estrito cumprimento do dever legal

QUESTÃO 13

Em relação aos crimes patrimoniais, deve ser indiciado:

321
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)
por estelionato o agente que, fazendo-se passar por auditor fiscal, subtrai do
escritório de uma empresa dois notebooks que estavam sobre mesas de
trabalho, enquanto os funcionários se afastam para buscar os livros contábeis
por ele exigidos.

b)

por apropriação indébita, o funcionário que retira do cofre da empresa certa


quantia em dinheiro, sem saber que havia no local uma câmera, instalada
justamente para monitorar o comportamento dos funcionários.

c)

por receptação, o comerciante que faz um acordo com assaltantes de seu


bairro, por meio do qual se compromete a comprar, para fins de revenda,
peças de celulares que eles roubarem dali por diante.

d)

por extorsão mediante sequestro o indivíduo que, após tomar um casal de


namorados como reféns, libera o rapaz para buscar dinheiro, como condição
para libertar a moça que continuará em seu poder até o recebimento dos
valores.

e)

por extorsão, o indivíduo que chantageia seu concorrente em um concurso


público, ameaçando apresentar provas de um crime por ele cometido, como
forma de forçá-lo a desistir da vaga, que assim será destinada ao coator.

QUESTÃO 14

Sobre os crimes contra a pessoa, é correto afirmar que:

a)
responde por crime de maus-tratos o vizinho que, para castigar crianças que
subiram em seu telhado e quebraram algumas telhas, as obriga a ficar
sentadas em chão de cimento, na hora mais quente do dia.

b)

mulher que leva a própria filha de doze anos para uma clínica clandestina,
onde a menina é submetida a um abortamento, deve responder por

322
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
abortamento consensual, se ficar provado que a adolescente concordou com
o ato.

c)

aprendiz de marceneiro que, por grave imperícia, amputa os dedos de um


colega que o auxiliava deve responder por lesão corporal grave, já que houve
debilidade permanente de membro.

d)

integrantes de duas torcidas organizadas rivais, que trocaram agressões físicas


na saída de um jogo de futebol, devem ser indiciados pelo crime de rixa.

e)

indivíduo que esquece o próprio filho dentro de um automóvel sob sol forte,
implicando em morte da criança, comete homicídio culposo, mas pode
receber o perdão judicial.

QUESTÃO 15

Elpídio, conhecido corretor, alugou uma casa para seu amigo Márcio.
Quando a inadimplência do locatário já somava quatro meses, o locador
procurou Márcio e solicitou que ele pagasse pelo menos dois meses, relatando
a importância dos aluguéis para sua subsistência. Na ocasião, Márcio solicitou
mais dez dias para saldar seu débito, no que foi atendido. Entretanto, o prazo
se esgotou sem que ele efetivasse o pagamento. Indignado com a
inadimplência de seu amigo, Elpídio ameaçou Márcio com um revólver calibre
38, levando sua TV de 42”, seu DVD, seu relógio Rolex, objetivando compensar
seu prejuízo.Assim, Elpídio praticou o crime de:

a)

furto.

b)

roubo.

c)

extorsão.

d)

ameaça.

323
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

exercício arbitrário das próprias razões.

Num período em que faltam corpos humanos para estudo nos institutos de
anatomia das universidades de medicina, Claudionor, funcionário de uma
universidade privada, vende um cadáver desta universidade para outra, sem
o conhecimento dos administradores da instituição em que trabalha. Assim,
Claudionor:

a)

não praticou nenhum crime, haja vista o cadáver não poder ser objeto de
crime.

b)

praticou o crime de destruição, subtração ou ocultação de cadáver.

c)

praticou o crime de vilipêndio a cadáver.

d)

praticou o crime de violação de sepultura.

e)

praticou o crime de furto.

QUESTÃO 17

Vitorina, ex-funcionária da empresa de fornecimento de energia elétrica,


vestindo um uniforme antigo, foi até a casa de Pauliana dizendo que estava
ali para receber os valores da conta mensal de fornecimento de energia
elétrica. Acreditando em Vitorina, Pauliana, pagou os valores a esta, que
utilizou o dinheiro para comprar alguns vestidos. Entretanto, como sempre, as
contas dessa empresa eram e deveriam ser pagas na rede bancária. Logo,
Vitorina praticou o crime de:

a)

furto.

b)

roubo.

c)

324
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
estelionato.

d)

apropriação indébita.

e)

extorsão.

QUESTÃO 18

Maria, que estava sob a influência do estado puerperal, em face de ter


acabado de dar à luz, estando sonolenta pela medicação que lhe fora
ministrada, ao revirar na cama, acabou sufocando seu filho, que se
encontrava ao seu lado na cama, matando-o. Logo,Maria:

a)

deverá responder pelo crime de homicídio doloso.

b)

deverá responder pelo crime de homicídio culposo.

c)

deverá responder pelo crime de infanticídio doloso.

d)

deverá responder pelo crime de infanticídio culposo.

e)

não deverá responder por crime algum, pois foi um acidente.

QUESTÃO 19

Um profissional foi contratado para cuidar de um homem muito idoso. Certo


dia, deixou o idoso sentado em uma praça pública para pegar sol. Em
determinado momento, o idoso saiu andando, pensando que tinha sido
esquecido pelo cuidador. O cuidador ficou inerte ao ver o idoso cruzar a rua
próxima, mesmo vendo avançar um veículo, que estava a toda marcha,
concebendo-se, portanto, o propósito de deixá-lo morrer, o que ocorreu. O
cuidador:

a)

325
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
não praticou crime algum, pois não houve nexo de causalidade da sua
conduta e amorte do idoso.

b)

praticou crime de omissão de socorro, com pena triplicada pela morte.

c)

praticou crime de homicídio doloso namodalidade omissão imprópria.

d)

praticou o crime de omissão de socorro (artigo 135 doCP) na modalidade


omissão imprópria.

e)

praticou crime de homicídio culposo na modalidade omissão própria.

QUESTÃO 20

Crisântemo, Advogado, recebeu, simultaneamente, procurações do


inventariante de um espólio e de um credor deste, emcujo nome lhe move
ação executiva. Assim, o crime praticado por Crisântemo foi:

a)

falsidade ideológica.

b)

tergiversação.

c)

estelionato.

d)

fraude à execução.

e)

falimentar (Lei nº 11.101/1995).

QUESTÃO 21

326
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Carlindo, médico, conseguiu e utilizou o conteúdo da prova do concurso
público para provimento do cargo de médico do governo estadual, sendo o
primeiro colocado no concurso público. Logo, Carlindo:

a)

praticou o crime de estelionato (artigo 171 doCP).

b)

praticou o crime de impedimento, perturbação ou fraude de concorrência


(artigo 335 do CP).

c)

praticou o crime de violação do sigilo de proposta de concorrência (artigo 326


do CP).

d)

praticou o crime de fraude em certames de interesse público (artigo 311-Ado


CP).

e)

não praticou crime.

QUESTÃO 22

Manoel estava cortando uma laranja com um canivete em seu sítio, distraído,
quando seu primo, Paulo, por mera brincadeira, veio por trás e deu um grito.
Em razão do susto, Manoel virou subitamente, ferindo Paulo no pescoço,
provocando uma lesão que o levou a óbito. Logo,Manoel:

a)

não praticou crime, pois agiu por ato reflexo.

b)

praticou o crime de homicídio culposo.

c)

praticou o crime de homicídio doloso por dolo direto.

d)

praticou crime de homicídio doloso por dolo eventual.

327
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

praticou crime de lesão corporal seguida de morte.

QUESTÃO 23

João, que morava com o irmão do seu pai, subtraiu R$ 1.000,00 da carteira
dele. Assim, a ação penal será:

a)
pública incondicionada.

b)

pública condicionada à representação.

c)

privada simples.

d)

privada personalíssima.

e)

privada subsidiária da pública.

QUESTÃO 24

Imagine que João confunda seu aparelho de telefone celular com o de seu
colega Pedro e, descuidadamente, leve para sua casa o aparelho de Pedro.
Ao perceber o equívoco, João imediatamente comunica-se com Pedro e
informa o ocorrido.
No dia seguinte, João devolve o aparelho ao colega sem qualquer dano.
Analisando a hipótese narrada, é possível afirmar que João

a)
cometeu crime de furto, mas não será punido em vista do instituto da
desistência voluntária.

b)

não cometeu crime algum.

c)

cometeu crime de apropriação indébita, mas não será punido em vista do


instituto da desistência voluntária.

328
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

cometeu crime de furto, mas não será punido em vista do instituto do


arrependimento eficaz.

e)

cometeu crime de apropriação indébita, mas não será punido em vista do


instituto do arrependimento eficaz.

QUESTÃO 25

No que concerne ao crime de receptação, analise as seguintes assertivas:

I. Não é punível se desconhecido o autor do crime de que proveio a coisa.

II. Não é punível se isento de pena o autor do crime de que proveio a coisa.

III. A pena para a figura simples dolosa (CP, art. 180, caput) é aplicada em
dobro caso se trate de bem da União.

As assertivas estão, respectivamente:

a)
correta; correta; incorreta.

b)

incorreta; correta; incorreta.

c)

correta; correta; correta.

d)

incorreta; incorreta; incorreta.

e)

incorreta; incorreta; correta.

QUESTÃO 26

O crime de fraude no pagamento por meio de cheque (CP, art. 171, § 2.º, VI)
tem expressa previsão de aumento de pena, na razão de um terço, se

a)

329
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
cometido em detrimento de entidade de direito público.

b)

cometido por funcionário público.

c)

causa qualquer prejuízo à vítima.

d)

consumado.

e)

causa vultoso prejuízo à vítima.

QUESTÃO 27

Estabelece o art. 155, § 2.º do CP como requisitos necessários para que, no


crime de furto, o juiz aplique somente a pena de multa, ser o criminoso

a)
confesso e de insignificante valor a coisa subtraída.

b)

primário e de pequeno valor a coisa furtada.

c)

não reincidente e portador de condições pessoas favoráveis, como domicílio


fixo e ocupação lícita.

d)

menor de 21 (vinte e um) anos ou maior de 70 (setenta) anos e que proceda à


restituição voluntária da coisa subtraída.

e)

confesso e que proceda à restituição voluntária da coisa subtraída.

QUESTÃO 28

Assinale a alternativa que contém o crime que tem expressa causa de


aumento de pena se praticado por motivo egoístico.

a)

330
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Homicídio culposo.

b)

Aborto provocado pela gestante ou com seu consentimento.

c)

Induzimento, instigação ou auxílio ao suicídio.

d)

Aborto provocado por terceiro com consentimento da gestante.

e)

Infanticídio.

QUESTÃO 29

Assinale a alternativa correta no que tange aos crimes contra a pessoa e a


dignidade sexual previstos no Código Penal.

a)

O homicídio será qualificado se for praticado por milícia privada, sob o


pretexto de prestação de serviço de segurança, ou por grupo de extermínio.

b)

Constranger um homem, mediante violência ou grave ameaça, a praticar ou


permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso diverso da conjunção
carnal, caracteriza o crime de atentado violento ao pudor e não de estupro.

c)

Constranger alguém com o intuito de obter vantagem ou favorecimento


sexual, prevalecendo-se o agente da sua condição de superior hierárquico ou
ascendência inerentes ao exercício de emprego, cargo ou função,
caracteriza o crime de assédio sexual.

d)

Se o agente comete o crime de homicídio impelido por motivo de relevante


valor social ou moral, ou sob o domínio de violenta emoção,
independentemente de injusta provocação da vítima, o juiz pode reduzir a
pena de um sexto a um terço.

e)

331
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Não se caracteriza o crime de aborto provocado por terceiro aquele
praticado pelo médico, se a gravidez resulta de estupro, ainda que sem o
consentimento da gestante capaz.

QUESTÃO 30

No que diz respeito aos crimes contra o patrimônio previstos no Código Penal,
é correto afirmar que

a)

subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça
ou violência a pessoa, e mantendo a vítima em seu poder, restringindo sua
liberdade, caracteriza o crime de extorsão mediante sequestro.

b)

o crime de furto é qualificado se praticado com destruição ou rompimento de


obstáculo à subtração da coisa.

c)

sequestrar pessoa com o fim de obter, para si ou para outrem, qualquer


vantagem, como condição ou preço do resgate, caracterizará o crime de
roubo mediante sequestro se este durar menos do que 24 (vinte e quatro)
horas.

d)

o crime de furto é qualificado se praticado durante o repouso noturno.

e)

quem acha coisa alheia perdida e dela se apropria, deixando de restituí-la ao


dono ou legítimo possuidor ou de entregá-la à autoridade competente, dentro
do prazo de 15 (quinze) dias, não comete crime se desconhece a identidade
do proprietário do objeto.

QUESTÃO 31

Após com animus necandi esfaquear por diversas vezes seu vizinho somente
pelo fato dele ter vibrado com o gol do seu time de coração, Juliano se
arrepende e leva a vítima para o hospital sendo a mesma salva por força do
atendimento médico realizado. Todavia, em razão das lesões causadas, a
vítima ficou impossibilitada de exercer suas ocupações habituais por 40 dias, o

332
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
que foi reconhecido por laudo médico complementar.Diante deste quadro,
Juliano deverá:

a)
responder por tentativa de homicídio simples.

b)

responder por tentativa de homicídio qualificado pelo motivo fútil.

c)

responder por lesão corporal de natureza grave.

d)

responder por lesão corporal simples.

e)

ser absolvido, por ter desistido de prosseguir no crime.

QUESTÃO 32

O advogado Juarez, que se encontrava suspenso pela OAB em razão de


diversas reclamações de clientes, contrata novo serviço profissional para dar
início à ação cível respectiva, recebendo certa importância em dinheiro
como honorários e para pagar as despesas processuais respectivas. Depois de
vários meses sem dar qualquer noticia ao cliente, este descobre que o
profissional nunca deu início à ação respectiva, tendo ficado com a quantia
que se recusa a devolver.

Efetuado o registro próprio,Juarez deve responder :

a)
pelo crime de apropriação indébita (Art. 168 CP), tendo em tese direito à
suspensão do processo.

b)

pelo crime de estelionato (Art. 171 CP), tendo em tese direito à suspensão do
processo.

c)

pelo crime de apropriação indébita majorada (Art. 168, § 1º CP), com direito à
suspensão do processo.

333
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

pelo crime de apropriação indébita majorada (artigo 168 § 1º CP), sem direito
à suspensão do processo.

e)

pelo crime de estelionato (Art. 171 CP), sem direito à suspensão do processo.

QUESTÃO 33

Sobre o crime de homicídio, assinale a alternativa correta.

a)

Incorre na pena prevista para o homicídio aquele que auxilia alguém a matar-
se, por exemplo, emprestando-lhe arma de fogo.

b)

Constitui hipótese de qualificadora do homicídio ter este sido cometido de


forma premeditada.

c)

inexistindo, no Código Penal, a previsão para a modalidade culposa do


homicídio, apenas incide na pena a ele cominada aquele que o pratica com
dolo, direto ou eventual.

d)

É qualificado o homicídio quando o agente o pratica para ocultar outro crime.

e)

É isento de pena quem pratica o homicídio sob o domínio de violenta


emoção, logo em seguida a injusta provocação da vítima.

QUESTÃO 34

Sobre outros crimes contra a pessoa, assinale a alternativa correta.

a)

A pena prevista para um médico que provoque o aborto, fora das hipóteses
legalmente admitidas, em gestante que o consente é maior para aquele do
que para esta.

b)

334
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O crime de infanticídio é caso típico de delito comum, uma vez que não exige
qualquer condição específica do agente.

c)

O aborto é punido, em qualquer caso, pela legislação penal.

d)

A lesão corporal seguida de morte é exemplo clássico de crime de homicídio


praticado com dolo eventual, no qual, embora o agente não deseje matar a
vítima, assume o risco da produção do resultado morte.

e)

No caso de lesões corporais recíprocas, é lícito ao juiz isentar os agentes de


pena, independentemente da gravidade das lesões.

QUESTÃO 35

Numa avenida de grande circulação de pessoas, João, valendo-se do uso de arma de brinquedo,
utilizada para ameaçar de morte Maria, tentou subtrair desta a bolsa que ela carregava. Tal ação
foi, entretanto, impedida por dois policiais militares que passavam pelo local.
Acerca dos fatos hipotéticos acima narrados, assinale a alternativa que contém apenas
conclusões corretas sobre o caso.
a)

João cometeu tentativa do crime de furto e o uso da arma, embora seja de


brinquedo, implica aumento de sua pena, nos termos do Código Penal.

b)

João cometeu a tentativa do crime de furto e o uso da arma de brinquedo


não implica aumento de sua pena, consoante a atual jurisprudência do
Superior Tribunal de Justiça sobre o tema.

c)

João cometeu tentativa do crime de roubo e o uso da arma, embora seja de


brinquedo, implica aumento de sua pena, nos termos do Código Penal.

d)

João cometeu a tentativa do crime de roubo e o uso da arma de brinquedo


não implica aumento de sua pena, consoante a atual jurisprudência do
Superior Tribunal de Justiça sobre o tema.

335
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

A hipótese narrada é exemplo típico de crime impossível, o qual não se


consumou por circunstância alheia à vontade do agente.

QUESTÃO 36

No que respeita aos crimes contra o patrimônio, considere as afirmativas a seguir:


I. O concurso de pessoas majora a pena do crime de furto, bem como qualifica o crime de
roubo e o crime de extorsão.
II. Nos termos da jurisprudência do Superior Tribunal da Justiça, quando o falso se
exaure no estelionato, sem potencialidade lesiva, é por este absorvido.
III. A Lei nº 11.923, de 17 de abril de 2009, enquadrou a figura do ‘sequestro relâmpago’
entre as hipóteses do crime de extorsão, cominando-lhe pena de reclusão, de seis a doze
anos, além da multa. Se, da conduta, resultar lesão corporal grave, a pena será de
reclusão, de dezesseis a vinte e quatro anos, e, se resultar morte, a pena será de reclusão,
de vinte e quatro a trinta anos.
IV. Nos termos da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, há crime de latrocínio,
quando o homicídio se consuma, ainda que não realize o agente a subtração dos bens da
vítima.
Assinale a alternativa correta.
a)

Somente as afirmativas I e II são corretas.

b)

Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c)

Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d)

Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e)

Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

QUESTÃO 37

Acerca dos crimes contra o patrimônio, assinale a opção correta.

a)

336
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A fraude eletrônica para transferir valores de conta bancária por meio da
internet constitui crime de estelionato.

b)

A obtenção da vantagem indevida é condição indispensável para a


consumação do crime de extorsão.

c)

Mesmo que o agente não obtenha sucesso na subtração de bens da vítima,


haverá crime de latrocínio se o homicídio for consumado.

d)

No crime de furto em residência, para efeitos de aplicação da pena, é


irrelevante o horário em que o agente pratica o delito.

QUESTÃO 38

Assinale a opção incorreta acerca dos crimes contra o patrimônio.

a)

Comete o crime de sequestro o agente que priva a vítima da liberdade,


visando obter, para si ou para outrem, qualquer vantagem, como condição
ou preço do resgate.

b)

Para que se configure o crime de latrocínio, a morte da vítima pode ter sido
causada de forma dolosa ou culposa.

c)

Ocorre o roubo impróprio quando o agente subtrai a coisa e em seguida


emprega violência ou grave ameaça com o objetivo de garantir sua posse ou
assegurar a impunidade do crime.

d)

Se o agente subtrai energia elétrica, desviando a corrente de energia antes


que ela passe pelo registro, comete o crime de furto.

e)

No crime de apropriação indébita, o agente recebe de boa-fé o bem e,


posteriormente, resolve dele se apropriar.

337
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 39

A mãe que, em depressão decorrente do estado puerperal, mata seu filho


durante o parto comete o crime de

a)

aborto.

b)

homicídio privilegiado.

c)

homicídio qualificado em razão do parentesco com a vítima.

d)

homicídio qualificado em razão da idade da vítima.

e)

infanticídio.

QUESTÃO 40

A respeito dos crimes contra o patrimônio, assinale a opção correta.

a)

Considere a seguinte situação hipotética. Roberto tinha a intenção de praticar


a subtração patrimonial não-violenta do automóvel de Geraldo. No entanto,
durante a execução do crime, estando Roberto já dentro do veículo, Geraldo
apareceu e foi correndo em direção ao veículo. Roberto, para assegurar a
detenção do automóvel, ameaçou Geraldo gravemente, conseguindo, assim,
cessar a ação da vítima e se evadir do local. Nessa situação, Roberto
responderá pelos crimes de ameaça e furto, em concurso material.

b)

Considere a seguinte situação hipotética. Fernando, pretendendo roubar,


com emprego de arma de fogo municiada, R$ 20.000,00 que Alexandre
acabara de sacar em banco, abordou-o no caminho para casa. Alexandre,
no entanto, reagiu, e Fernando o matou mediante o disparo de seis tiros,
empreendendo fuga em seguida, sem consumar a subtração patrimonial.
Nessa situação, Fernando responderá por crime de latrocínio tentado.

338
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Considere a seguinte situação hipotética. Renato, valendo-se de fraude


eletrônica, conseguiu subtrair mais de R$ 3.000,00 da conta bancária de
Ernane por meio do sistema de Internet banking da Caixa Econômica Federal.
Nessa situação, Renato responderá por crime de estelionato.

d)

Uma das distinções entre o crime de concussão e o de extorsão é que, no


primeiro tipo penal, o funcionário público deve exigir a indevida vantagem
sem o uso de violência ou de grave ameaça, que são elementos do segundo
tipo penal referido.

e)

No crime de extorsão mediante seqüestro, faz jus à delação premiada o co-


autor que delatou os comparsas e indicou o local do cativeiro, ainda que reste
comprovado que a vítima tenha sido liberada após configurada a
expectativa de êxito da prática delituosa, isto é, após o recebimento do
dinheiro exigido como preço do resgate.

Crimes contra a administração pública.


QUESTÃO 01

Nos crimes contra a administração, existe uma gama de crimes praticados por
funcionários públicos. Nesse contexto, é primordial definir o que é funcionário
público para efeitos penais e suas consequências, inclusive para efeito de
majoração da pena. Sobre essa questão, o código Penal estabelece:

a)

considera-se funcionário público, para os efeitos penais, quem está


legalmente investido em cargo público efetivo perante a administração
direta.

b)

considera-se funcionário público, para os efeitos penais, quem, apenas


permanentemente, exerce cargo, emprego ou função pública.

c)

339
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
será aumentada a pena da terça parte quando os autores dos crimes
previstos no código penal forem ocupantes de cargos efetivos de direção,
assessoramento e consultoria de órgão da administração direta, indireta, suas
autarquias e fundações.

d)

equipara-se a funcionário público quem exerce cargo, emprego ou função


em entidade paraestatal, e quem trabalha para empresa prestadora de
serviço contratada ou conveniada para a execução de atividade típica da
Administração Pública.

QUESTÃO 02

Funcionário público, responsável por receber cadáveres no Instituto Médico


Legal, que se apropria de relógio que estava no pulso de pessoa falecida
encaminhada à necrópsia comete

a)

peculato.

b)

corrupção ativa.

c)

prevaricação.

d)

concussão.

e)

corrupção passiva.

QUESTÃO 03

Funcionário público que estende intencional e desautorizadamente o período


de tempo reservado para seu almoço, a fim de durante esse “período de
folga” dedicar-se a atividades pessoais não urgentes, deixando de praticar,
indevidamente, uma série de atos de ofício, comete

a)

corrupção passiva.

340
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

peculato.

c)

concussão.

d)

prevaricação.

e)

corrupção ativa.

QUESTÃO 04

No que se refere aos crimes praticados por funcionário público contra a


administração pública em geral, analise o item a seguir:

I. Aquele que patrocina,direta ou indiretamente,interesse privado perante


concessionária de serviço público, valendo-se da qualidade de funcionário
comete o crime de advocacia pública.
II. Não é considerado crime a conduta do agente que se apropria de dinheiro
recebido de outrem no exercício do cargo,mesmo que decorrente do erro do
particular.
III.Ocorre a concussão quando o agente exige a vantagem indevida,mesmo
antes de assumir a função,mas desde que seja em razão dela.

Está CORRETO o que se afirma em:

a)

I, apenas.

b)

III, apenas.

c)

I e II, apenas.

d)

II e III, apenas.

QUESTÃO 05

341
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Tício ocupa cargo de assessor em sociedade de economia mista e está sendo


processado pela prática de peculato culposo. Sobre essa afrmativa, indique a
alternativa INCORRETA:

a)

Tício não pode ser punido pela prática de ato de crime praticado por
funcionário público contra a administração pública em geral, pois é
empregado de sociedade de economia mista, não sendo considerado
funcionário público para efeitos do Código Penal.

b)

A punibilidade de Tício será extinta se ele reparar o dando antes de prolatada


a sentença irrecorrível.

c)

A pena imposta será reduzida da metade, se Tício reparar o dano após o


trânsito em julgado da sentença condenatória.

d)

O Código Penal prevê que a pena de Tício será aumentada de um terço, pois
ocupa cargo de assessoramento em sociedade de economia mista.

QUESTÃO 06

No tocante aos crimes praticados por funcionário público contra a


Administração em geral, assinale a alternativa que menciona o crime o qual a
legislação penal expressamente admite sua prática na modalidade culposa.

a)

Modificação ou alteração não autorizada de sistema de informações.

b)

Peculato.

c)

Inserção de dados falsos em sistema de informações.

d)

Corrupção passiva.

342
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

Concussão.

QUESTÃO 07

Quem oferece ou promete vantagem indevida a servidor público para que


ele pratique ou retarde ações relativas ao seu cargo comete o crime de

a)

desacato.

b)

sonegação.

c)

corrupção ativa

d)

usurpação de função pública.

e)

violação de sigilo profissional.

QUESTÃO 08

Assinale a alternativa correta em relação aos crimes contra a Administração


Pública

a)

O funcionário público que desvia dinheiro ou se apropria do que não lhe


pertence utilizando o cargo que ocupa, beneficiando a si ou qualquer outra
pessoa, comete o crime de peculato.

b)

Demorar ou deixar de fazer indevidamente um ato funcional, ou praticar ato


contra a lei para tirar vantagem pessoal, para si ou para outra pessoa, é
corrupção passiva.

c)

O funcionário público que se afasta do seu cargo, independentemente do


motivo, comete o crime de abandono de função

343
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

Condescendência criminosa é patrocinar interesse privado perante a


Administração Pública, valendo-se da função.

e)

Prevaricação é solicitar ou receber vantagem indevida.

QUESTÃO 09

Funcionário público membro de equipe que faz a análise de pedidos de


alvará recebe um pedido formulado por um desafeto pessoal seu, que
pretende abrir um comércio. O funcionário público, pretendendo prejudicar
seu desafeto, não analisa o pedido, guardando o processo em armário em
que não pudesse ser visto pelos demais. Considerando o que dispõe o Código
Penal sobre os crimes praticados por funcionários públicos contra a
Administração em Geral, o funcionário do caso praticou crime de

a)

advocacia administrativa.

b)

peculato.

c)

excesso de exação.

d)

prevaricação.

e)

corrupção passiva.

QUESTÃ0 10

Imagine que um policial, em abordagem de rotina, identifique e efetue a


detenção de um indivíduo procurado pela Justiça. Assim que isso ocorre e
antes de apresentar o indivíduo à autoridade de Polícia Judiciária (Delegado
de Polícia), o policial recebe verbalmente, do detido, a seguinte proposta:
soltar o indivíduo para que ele vá até o caixa eletrônico e busque R$ 500,00, a
serem entregues ao policial em troca de sua liberdade. O policial aceita a

344
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
proposta e solta o detido, que não retorna e não cumpre com a promessa de
pagamento. Diante dessa hipótese, o policial.

a)

cometeu crime de prevaricação (CP, art. 319).

b)

cometeu crime de corrupção passiva (CP, art. 317).

c)

cometeu o crime de condescendência criminosa (CP, art. 320).

d)

cometeu o crime de concussão (CP, art. 316)

e)

não cometeu crime algum, pois não chegou a receber o dinheiro

QUESTÃO 11

A esposa que comprovadamente ludibria autoridade policial e auxilia marido,


autor de crime de roubo, a subtrair-se à ação da autoridade pública.

a)

deve cumprir pena por exercício arbitrário das próprias razões (CP, art. 345).

b)

deve cumprir pena por favorecimento real (CP, art. 349).

c)

fica isenta de pena.

d)

deve cumprir pena por crime de favorecimento pessoal (CP, art. 348)

e)

deve cumprir pena por fuga de pessoa presa (CP, art. 351).

QUESTÃO 12

Midas Barros é funcionário público e, para atender a um pedido de seu pai,


patrocinou, diretamente, assunto de interesse pessoal, mas legítimo, do seu

345
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
genitor perante a repartição pública onde trabalha, valendo-se da qualidade
de funcionário. Nessa situação, considerando o que dispõe o Código Penal, é
correto afirmar que Midas.

a)

não cometeu crime algum, tendo em vista que o interessado era seu pai.

b)

não cometeu crime, tendo em vista que sua conduta não tem previsão no
Código Penal.

c)

cometeu o crime de advocacia administrativa.

d)

cometeu crime previsto no Código Penal, mas ficará livre da pena por ser
funcionário público.

e)

cometeu o crime de peculato.

QUESTÃO 13

Assinale a alternativa que indica conduta típica que corresponde ao crime de


corrupção passiva prevista no Código Penal.

a)

Subtrair para si ou para outrem coisa alheia móvel

b)

Dar às verbas ou rendas públicas aplicação diversa da estabelecida em lei.

c)

Modificar ou alterar, o funcionário, sistema de informações ou programa de


informática sem autorização ou solicitação de autoridade competente.

d)

Revelar fato de que tem ciência em razão do cargo e que deva permanecer
em segredo, ou facilitar-lhe a revelação.

e)

346
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda
que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem
indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem

QUESTÃO 14

Iona Prosérpina, ocupante de função de direção em uma sociedade de


economia mista, cometeu crime contra a Administração Pública previsto no
Código Penal. Consequentemente, é correto afirmar que Iona

a)

ficará livre da pena por ser mulher.

b)

deverá ser punida com a obrigação de pagar cestas básicas.

c)

terá a pena aumentada em virtude de ser ocupante de função de direção

d)

responderá pelo crime, mas terá a pena reduzida em virtude de ser


funcionária pública.

e)

terá a pena reduzida por exercer função em sociedade de economia mista.

QUESTÃO 15

Umbelino, policial civil encarregado de efetuar o transporte de inquéritos


policiais da delegacia para o fórum, por descuido, não percebeu quando um
dos procedimentos caiu da pilha que transportava no percurso entre a
delegacia e o fórum, motivando a instauração de um procedimento de
polícia judiciária para apurar o desaparecimento do inquérito policial. Uma
vez provada todas essas circunstâncias, Umbelino:

a)

Incidiu no crime de extravio, sonegação ou inutilização de livro ou documento


previsto no artigo 314 do Código Penal.

b)

não praticou crime.

347
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

incidiu no crime de sonegação de papel ou objeto de valor probatório


previsto no artigo 356 do Código Penal.

d)

incidiu no crime de subtração ou inutilização de livro ou documento previsto


no artigo 337 do Código Penal.

e)

incidiu no crime de supressão de documento previsto no artigo 305 do Código


Penal.

QUESTÃO 16

Servidor Público que exige dinheiro de cidadão para fornecer documento que
teria, por disposição expressa de lei, que entregar gratuitamente por ato de
ofício comete o crime de:

a)

prevaricação

b)

peculato

c)

corrupção passiva.

d)

concussão

e)

excesso de exação

QUESTÃO 17

Sobre os crimes contra a Administração Pública, é correto afirmar que:

a)
policial que sai da sala deixando em cima da mesa um revólver apreendido,
de modo que um visitante da delegacia consegue subtraí-lo

348
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
clandestinamente, responde por peculato culposo desde que o autor da
subtração seja também funcionário público.

b)

médico que atua exclusivamente como profissional liberal, chamado a


funcionar como perito em uma cidade onde não existem peritos oficiais, não
pode ser considerado funcionário público e por isso não responde pelo crime
de falsa perícia, caso aceite dinheiro para fraudar o laudo.

c)

responde por emprego irregular de verbas públicas e não por peculato o


delegado de polícia que usa para reformar os banheiros dos policiais verba
destinada especificamente ao conserto da área da carceragem.

d)

responde por crime de desobediência o particular que descumpre ordem


judicial para a qual foi cominada multa diária, em caso de descumprimento.

e)

o crime de desacato constitui ofensa à dignidade do serviço público e, por


isso, reveste-se de especial gravidade, motivo pelo qual deve o ofensor ser
preso em flagrante.

QUESTÃO 18

Marinaldo, por ser inimigo deNando, espalhou junto à vizinhança em que


moram que Nando furta toca-fitas de veículos, o que é falso. Logo, Marinaldo
deverá responder pelo crime de:

a)

calúnia (artigo 138 do CP).

b)

difamação (artigo 139 do CP).

c)

injúria (artigo 140 do CP).

d)

denunciação caluniosa (artigo 339 do CP).

349
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

comunicação falsa de crime (artigo 340 do CP).

QUESTÃO 19

Elpídio, conhecido corretor, alugou uma casa para seu amigo Márcio.
Quando a inadimplência do locatário já somava quatro meses, o locador
procurou Márcio e solicitou que ele pagasse pelo menos dois meses, relatando
a importância dos aluguéis para sua subsistência. Na ocasião, Márcio solicitou
mais dez dias para saldar seu débito, no que foi atendido. Entretanto, o prazo
se esgotou sem que ele efetivasse o pagamento. Indignado com a
inadimplência de seu amigo, Elpídio ameaçou Márcio com um revólver calibre
38, levando sua TV de 42”, seu DVD, seu relógio Rolex, objetivando compensar
seu prejuízo.Assim, Elpídio praticou o crime de:

a)

furto.

b)

roubo.

c)

extorsão.

d)

ameaça.

e)

exercício arbitrário das próprias razões.

QUESTÃO 20

Felizberto procurou o Delegado de Polícia da sua cidade e acusou-se de um


crime que não havia existido.Assim, pode-se afirmar:

a)

Não há objeto jurídico violado por Felizberto, uma vez que o crime é
inexistente.

b)

O sujeito passivo eventual é o próprio autor da autoacusação.

350
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Não há objeto material, em face do crime praticado por Felizberto.

d)

O sujeito ativo desse crime é o Estado.

e)

Ocorreu o crime de comunicação falsa de crime ou de contravenção.

DIREITO CONSTITUCIONAL

Dos princípios fundamentais.

Questão 01
De acordo com os princípios fundamentais estabelecidos na CF, assinale a
opção que apresenta, respectivamente, as formas de Estado e de governo
adotadas no Brasil.

a)

Federação e República

b)

Federação e presidencialismo

c)

presidencialismo e República

d)

República e Federação

e)

República e presidencialismo

QUESTÃO 02

Com base na Constituição Federal, a República Federativa do Brasil, formada


pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-
se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:

351
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
1. a autonomia.

2. a cidadania.

3. a dignidade da pessoa humana.

4. o pluralismo político.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a)

São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.

b)

São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 4.

c)

São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.

d)

São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.

e)

São corretas as afirmativas 1, 2, 3 e 4

QUESTÃO 03

“O título I da Constituição brasileira de 1988, composto por quatro artigos, é dedicado aos
princípios fundamentais do Estado brasileiro. O nosso constituinte utilizou essa expressão
genérica para traduzir a ideia de que nesses primeiros quatro artigos já se estabelecem a forma
do nosso Estado e de seu governo, proclama-se o regime político democrático fundado na
soberania popular e institui a garantia da separação de funções entre os poderes. Também neles
encontram-se os valores e os fins mais gerais orientadores de nosso ordenamento constitucional,
funcionando como diretrizes para todos os órgãos mediante os quais atuam os poderes
constituídos.” (Paulo e Alexandrino, 2008, p. 83).

Nos termos da Constituição Federal de 1988, sobre os princípios fundamentais, é correto


afirmar que:
a)

352
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
são poderes da União, dependentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o
Executivo e o Judiciário.

b)

a República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelo


princípio da proibição de asilo político.

c)

a República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelo


princípio da intervenção.

d)

a República Federativa do Brasil tem como fundamento o pluralismo político.

e)

constitui objetivo fundamental da República Federativa do Brasil erradicar a


pobreza e a marginalidade e reduzir somente as desigualdades regionais.

QUESTÃO 04

Em determinado seminário sobre os rumos jurídicos e políticos do Oriente Médio, dois


professores debateram intensamente sobre a atual situação política da Síria. Hugo, professor de
relações internacionais, defendeu que o Brasil deveria realizar uma intervenção militar com fins
humanitários. José, professor de direito constitucional, argumentou que essa ação não seria
possível conforme os princípios constitucionais que regem as relações internacionais da
República Federativa do Brasil.

Nessa situação hipotética, com base na Constituição Federal de 1988 (CF),


a)

Hugo está correto, pois a intervenção humanitária é um dos princípios


constitucionais que rege as relações internacionais do Brasil.

b)

José está correto, pois a não intervenção e a solução pacífica dos conflitos
são princípios constitucionais que orientam as relações internacionais do Brasil.

c)

Hugo está errado, pois a defesa da paz e dos direitos humanos não são
princípios constitucionais que regem as relações internacionais do Brasil.

d)

353
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Hugo está correto, pois a dignidade da pessoa humana é um dos
fundamentos constitucionais do estado brasileiro e uma das causas que
autorizam a intervenção militar do Brasil em outros Estados soberanos.

e)

José está errado, pois a declaração de guerra é ato político discricionário e


unilateral do presidente da República, não estando sujeito a limites jurídicos.

QUESTÃO 05

Assinale a alternativa que contém um dos objetivos fundamentais da


República Federativa do Brasil, segundo a Constituição Federal de 1988.

a)

Enaltecer os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.

b)

Defender a solução pacífica dos conflitos.

c)

Facilitar a cooperação entre os povos para o progresso da humanidade.

d)

Promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade
e quaisquer outras formas de discriminação.

QUESTÃO 06

Considerando os fundamentos da República Federativa do Brasil, assinale (V) para a afirmativa


verdadeira e (F) para a falsa.

I. A lei que concede às pessoas carentes e aos portadores de deficiência o chamado “passe livre”
em transporte interestadual é compatível com o princípio da dignidade da pessoa humana.
II. Uma ordem ilegal, se emanada de autoridade judicial, deve ser cumprida, em respeito ao
princípio da soberania do Poder Judiciário.
III. A cidadania, como fundamento da República Brasileira, ressalta a relevância do processo
eleitoral no regime democrático brasileiro.
IV. O princípio da livre iniciativa, que regula o ambiente econômico brasileiro, prevalece sobre
as regras que regulamentam a defesa do consumidor.

Assinale a opção que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.


a)

354
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
F – V – V – F.

b)

F – F – V – V.

c)

V – V – F – F.

d)

V – F – F – V.

e)

V – F – V – F.

QUESTÃO 07

A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos


seguintes princípios, EXCETO:

a)

Solução pacífica dos conflitos.

b)

Autodeterminação dos povos.

c)

Proibição de concessão ao asilo político.

d)

Repúdio ao terrorismo e ao racismo.

QUESTÃO 08

As afirmativas a seguir apresentam alguns deveres do cidadão, à exceção de


uma. Assinale-a.

a)

Respeitar os direitos sociais de outras pessoas.

b)

Cumprir as leis.

355
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Colaborar com as autoridades.

d)

Impedir a livre manifestação do pensamento.

e)

Proteger a natureza.

QUESTÃO 09

De acordo com Marcelo Novelino, na obra Manual de Direito Constitucional:


“Uma série de obstáculos dificulta a tarefa de definir com precisão o que seja
a dignidade da pessoa humana, mas não impede a identificação de
hipóteses nas quais ocorre sua violação no plano jurídico. Como já dito
anteriormente, a dignidade é uma qualidade intrínseca de todo ser humano, e
não um direito conferido às pessoas pelo ordenamento jurídico. A sua
consagração como fundamento do Estado brasileiro não significa, portanto, a
atribuição de dignidade às pessoas, mas, sim, a imposição aos poderes
públicos do dever de respeito, proteção e promoção dos meios necessários a
uma vida digna.” Segundo o autor, o dever que “impede a realização de
atividades prejudiciais à dignidade” é o de:

a)

Promoção.

b)

Amparo.

c)

Proteção.

d)

Respeito.

e)

Agir.

QUESTÃO 10

356
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Segundo oArt. 1º da Constituição, a República Federativa do Brasil é formada
pela união indissolúvel dos estados e municípios e do Distrito Federal,
constituindo-se em Estado democrático de direito que se baseia nos seguintes
fundamentos:

a)

soberania, cidadania, dignidade da pessoa humana, valores sociais do


trabalho e da livre iniciativa e pluralismo político.

b)

soberania, participação popular direta, dignidade da pessoa humana e


liberdade associativa e partidária.

c)

cidadania, pluralismo político, fraternidade e transitoriedade do exercício do


poder político

d)

soberania, solidariedade e justiça, defesa da paz e autodeterminação dos


povos.

QUESTÃO 11

Os objetivos fundamentais da república brasileira são metas que o Estado


deve promover com força vinculante e imediata, servindo como norte a ser
seguido em toda e qualquer atividade estatal. Nessa acepção, a Constituição
Federal aponta, expressamente, como objetivo fundamental a promoção

a)

do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo e cor.

b)

de uma sociedade livre, justa e solidária com repúdio ao racismo e ao


terrorismo.

c)

da erradicação da miséria e da marginalização e da redução da


desigualdade nacional.

d)

da autodeterminação dos povos e dos direitos humanos.

357
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 12

Considere:

I. O Presidente da República exerce o papel de Chefe de Estado e de Chefe de Governo.


II. Os Ministros são auxiliares do Chefe do Executivo e demissíveis por ele a qualquer
momento.
III. O Presidente da República tem longa participação no processo legislativo.
IV. O povo é quem elege, direta ou indiretamente, o Chefe do Executivo para o cumprimento de
um mandato.

No que concerne às características do presidencialismo, está correto o que consta APENAS em


a)

I e III.

b)

II.

c)

I, II e III.

d)

III e IV.

e)

I, II e IV.

QUESTÃO 13

No sistema parlamentarista,

a)

o Parlamento não poderá destituir o Gabinete (conjunto de Ministros) por


razões exclusivamente de ordem política.

b)

o Poder Legislativo, representado pelo Parlamento Nacional, além de fazer leis,


também é responsável pelo controle do governo, tomando posições políticas
fundamentais.

c)

358
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
as funções executivas serão desempenhadas por um Primeiro-Ministro, que
poderá ou não ser escolhido pelo partido com maior representação no Poder
Legislativo.

d)

os países com sistemas parlamentares são sempre monarquias constitucionais,


não se admitindo, no parlamentarismo, a forma de governo republicana.

e)

Chefe de Estado e Chefe de Governo são cargos exercidos necessariamente


pela mesma pessoa.

QUESTÃO 14

Considere:

I. Elegibilidade dos representantes, ou seja, as autoridades são investidas no poder pela eleição,
que poderá ser direta ou indireta.
II. Temporariedade do mandato.
III. Responsabilidade dos governantes, os quais devem prestar contas de seus atos.
IV. Trata-se da mais antiga forma de governo ainda em vigor.

No que concerne às características da forma de governo republicana, está correto o que consta
APENAS em
a)

I e IV.

b)

II e III.

c)

I, II e III.

d)

I, II e IV.

e)

III e IV.

QUESTÃO 15

359
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Com referência na Constituição da República Federativa do Brasil TÍTULO I DOS
PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união
indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado
Democrático de Direito e tem como fundamentos:

Assinale a alternativa CORRETA que apresenta os fundamentos:


a)

a soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais


do trabalho e da livre iniciativa; o pluralismo político.

b)

prevalência dos direitos humanos; a soberania; a cidadania; a dignidade da


pessoa humana; os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.

c)

prevalência dos direitos humanos; a soberania; a cidadania; solução pacífica


dos conflitos; repúdio ao terrorismo e ao racismo.

d)

Nenhuma das alternativas.

QUESTÃO 16

Sobre a Constituição da República Federativa do Brasil TÍTULO I DOS PRINCÍPIOS


FUNDAMENTAIS Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do
Brasil:

I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;


II - garantir o desenvolvimento nacional;
III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer
outras formas de discriminação.
V - igualdade entre os Estados;
VI - defesa da paz;

Estão CORRETOS:
a)

Os incisos I- II- IV e V.

b)

360
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Os incisos I- II- III e IV.

c)

Os incisos II- IV- V e VI.

d)

Nenhuma das alternativas.

QUESTÃO 17

NÃO é um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil

a)

garantir o desenvolvimento nacional.

b)

construir uma sociedade livre, justa e solidária.

c)

constituir uma supremacia perante os países da América Latina.

d)

erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e


regionais.

e)

promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade
e quaisquer outras formas de discriminação.

QUESTÃO 18

Sobre a Constituição da República de 1988:

I. A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados


e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de
Direito.

II. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes
eleitos ou diretamente, nos termos da Constituição.

III. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política,


social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma
comunidade latino-americana de nações.

361
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
IV. Conceder-se-á habeas corpus sempre que alguém sofrer ou se achar
ameaçado de sofrer violação aos seus direitos de elegibilidade.

Estão corretas as afirmativas

a)

I e III.

b)

III e IV.

c)

I, II e III.

d)

I, II e IV.

e)

I, II, III e IV.

QUESTÃO 19

É um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, previsto no art.


3o da Constituição Federal,

a)

garantir uma renda mínima a todo cidadão.

b)

combater à fome.

c)

promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e
quaisquer outras formas de discriminação.

d)

erradicar o analfabetismo.

e)

garantir a paz no território nacional.

QUESTÃO 20

362
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O fundamento do Estado Democrático de Direito, previsto no art. 1o da
Constituição Federal, que torna o cidadão titular de direitos e o qualifica como
participante da vida do Estado é

a)

a livre iniciativa e os valores sociais do trabalho.

b)

a soberania.

c)

a dignidade da pessoa humana.

d)

a cidadania.

e)

o pluralismo político.

Dos direitos e garantias fundamentais (direitos e deveres


individuais e coletivos).

QUESTÃO 01

A ordem econômica, fundada na valorização do trabalho humano e na livre-


iniciativa, tem por fim assegurar a todos

existência digna, conforme os ditames da justiça social, observados os


seguintes princípios, EXCETO:

a)

Defesa do consumidor.

b)

Defesa do meio ambiente, inclusive mediante tratamento diferenciado


conforme o impacto ambiental dos produtos e serviços e de seus processos de
elaboração e prestação.

c)

363
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Autodeterminação dos povos.

d)

Soberania nacional.

e)

Função social da propriedade.

QUESTÃO 02

A federalização dos crimes contra os direitos humanos, conforme prevista na


Constituição Federal,

a)

pode ser suscitada de ofício pelo magistrado originariamente competente,


pelo Procurador-Geral de Justiça ou pelo Defensor Público-Geral do Estado
onde se deu a violação.

b)

implica o deslocamento vertical da competência originária da primeira


instância estadual para as cortes supraestaduais (Tribunais Regionais Federais
ou Superior Tribunal de Justiça) em casos que versem sobre graves violações
de Direitos Humanos.

c)

consiste na possibilidade de o Conselho Nacional de Justiça fixar,


excepcionalmente, em vara federal de outro Estado da federação, a
competência para conhecer e julgar casos emblemáticos de violação de
direitos humanos que tramitem na justiça estadual.

d)

por violar o princípio do juiz natural, não pode ser promovida sem a expressa
concordância do juiz estadual ordinariamente competente para conhecer o
caso.

e)

é suscitada pelo Procurador-Geral da República, perante o Superior Tribunal


de Justiça, em qualquer fase do inquérito ou processo.

QUESTÃO 03

364
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Considerando as normas constitucionais que garantem o direito à igualdade,
é INCOMPATÍVEL com a Constituição Federal a edição de lei que estabeleça

a)

incentivos específicos para a proteção do mercado de trabalho da mulher.

b)

idade mínima da mulher inferior à idade mínima do homem, como requisito


para aquisição da aposentadoria voluntária por servidor público titular de
cargo efetivo.

c)

prestação alternativa a ser cumprida pelo indivíduo que recusar-se, por motivo
de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, a cumprir
obrigação legal a todos imposta.

d)

o direito à gratuidade do habeas corpus e do habeas data apenas aos


reconhecidamente pobres.

e)

que a sucessão de bens de estrangeiros situados no País será regulada pela lei
brasileira em benefício do cônjuge ou dos filhos brasileiros, sempre que não
lhes seja mais favorável a lei pessoal do de cujus.

QUESTÃO 04

A respeito do direito de associação, é correto afirmar:

a)

A criação de associações independe de autorização estatal, salvo expressa


determinação legal.

b)

A associação de caráter paramilitar somente pode ser constituída nos casos


previstos em lei e mediante prévia autorização do poder público.

c)

As entidades associativas, independentemente de autorização expressa, têm


legitimidade para representar seus filiados judicial ou extrajudicialmente.

365
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

As associações só poderão ser compulsoriamente dissolvidas ou ter suas


atividades suspensas por decisão judicial, exigindo-se, no primeiro caso, o
trânsito em julgado.

e)

Ninguém pode ser compelido a associar-se ou a permanecer associado, salvo


expressa determinação legal.

QUESTÃO 05

Marque a alternativa CORRETA.

a)

Ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou


degradante, exceto quando violar direito da pessoa idosa ou criança em
situação de risco.

b)

É livre a manifestação do pensamento e permitido o anonimato, sempre que


necessário para ressalvar interesse público.

c)

É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo e vedada à


indenização por dano material, moral ou à imagem, se praticada por meio de
programa de rádio ou TV.

d)

Ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de


convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de
obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa,
fixada em lei.

QUESTÃO 06

Após amplas apurações, determinado fiscal constatou a possível prática, por um grupo de
pessoas, de crimes contra a ordem tributária, encaminhando peças de informação ao Ministério
Público, que realizou novas investigações, desta feita sob o prisma criminal. Foi apurado que
existiam provas da prática dos referidos crimes na casa de João, um dos suspeitos.

366
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
À luz da sistemática constitucional afeta aos direitos e deveres individuais, é correto afirmar que
os agentes do Ministério Público
a)

poderiam ingressar a qualquer momento na casa de João, sem o seu


consentimento, independentemente de ordem judicial.

b)

somente poderiam ingressar na casa de João com o seu consentimento.

c)

poderiam ingressar na casa de João, sem o seu consentimento, com ordem


judicial e somente durante o dia.

d)

poderiam ingressar na casa de João, sem o seu consentimento, com ordem


judicial, de dia ou à noite.

e)

poderiam ingressar na casa de João, sem sua autorização, com ordem


judicial, que deve indicar o horário da diligência.

QUESTÃO 07

Sobre os direitos e deveres individuais e coletivos previstos na Constituição


Federal de 1988, assinale a alternativa correta.

a)

É plena a liberdade de associação para fins lícitos, inclusive a de caráter


paramilitar.

b)

É livre a manifestação do pensamento, sendo permitido o anonimato.

c)

É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de


comunicação, mediante autorização ou licença.

d)

É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, sendo vedada a


exigência de qualificações profissionais.

367
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

É assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte,


quando necessário ao exercício profissional.

QUESTÃO 08

Considere a seguinte situação hipotética:

Determinado grupo de pessoas, com o intuito de protestar contra o governo, reuniu-se em


determinado local público da cidade. Minutos depois, foi designado um coletivo policial para
dispersar o grupo, em razão de este não ter pedido autorização ao Poder Público para fazer essa
manifestação. Ao chegar no referido local, um dos representantes dos manifestantes alegou que
não existiam motivos para sair do local, pois não havia ninguém portando arma de fogo naquele
instante, e não havia notícia de que haveria outra manifestação previamente designada para o
local naquele momento.

Supondo que as alegações do representante dos manifestantes são verídicas, e com base nos
preceitos constitucionais de liberdade de reunião, pode-se afirmar, apenas, que a autoridade
policial
a)

está correta em determinar a dispersão dos manifestantes, pois segundo a


Constituição, o direito de reunião é uma garantia dos brasileiros, mas o seu
exercício deve ser previamente autorizado pela autoridade competente para
que não haja qualquer constrangimento durante o protesto, principalmente,
com relação aos indivíduos que são de opinião contrária aos manifestantes.

b)

só estaria certa em dispersar o grupo se uma outra manifestação tivesse sido


comunicada anteriormente para aquela hora e local à autoridade
administrativa competente, e aqueles estivessem sendo impedidos de fazer
sua reunião pelo outro grupo que chegou primeiro e não tinha feito a
comunicação.

c)

está errada no seu procedimento, pois o correto é confirmar que não há


manifestantes armados, através de revistas pessoais prévias em todas as
pessoas. Tal procedimento é necessário para que não ocorra violência e
“quebra-quebra” causados por indivíduos integrantes de grupos radicais. Após
isso, confirmando que estão desarmados, a reunião será restabelecida.

368
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

está correta em realizar a dispersão, desde que possua uma ordem escrita da
autoridade administrativa determinando a retirada dos manifestantes,
fundamentada no princípio constitucional da supremacia do interesse público
sobre os dos particulares.

e)

estará certa em impedir a reunião dos protestantes, caso essa aglomeração


esteja sendo realizada após às 19:00h, pois a norma constitucional só permite
que o direito de reunião seja realizado sem comunicação à autoridade
competente se for durante o dia.

QUESTÃO 09

REYNARD ILLARY reuniu várias peças de seu acervo de artes plásticas (telas
retratando trabalhadores em plena atividade laboral) e produziu um
documentário, com imagens e sons, em relação a elas. É correto afirmar que a
divulgação dessa atividade artística:

a)

precisa ser submetida à aprovação do órgão público responsável pela


censura de obras de arte.

b)

é livre e independe de censura ou licença.

c)

não precisa ser submetida à aprovação de órgão público responsável pela


censura de obras de arte, mas reclama autorização.

d)

não precisa ser submetida à aprovação de órgão público responsável pela


censura de obras de arte, mas reclama licença.

e)

não precisa ser submetida à aprovação de órgão público responsável pela


censura de obras de arte, mas reclama licença no caso de utilização de
veículos de comunicação de massa.

QUESTÃO 10

369
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Sobre os direitos e garantias fundamentais, consagrados na Constituição
Federal de 1988, é correto afirmar que:

a)

conceder-se-á mandado de injunção para assegurar o conhecimento de


informações relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou
banco de dados de entidades governamentais ou de caráter público.

b)

todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-
se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do
direito à vida, à liberdade, à segurança e à propriedade.

c)

é assegurado, mediante pagamento de taxas, o direito de petição aos


Poderes Públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de
poder.

d)

nenhuma pena passará da pessoa do condenado e a obrigação de reparar o


dano não pode ser estendida aos sucessores, tampouco contra eles
executada.

e)

a lei não poderá restringir a publicidade dos atos processuais, ainda que a
defesa da intimidade ou o interesse social o exijam.

QUESTÃO 11

A trajetória dos Correios acompanha a evolução histórica e social da nossa


sociedade. Por terem uma atuação direta com correspondências e
comunicações telegráficas às legislações, em ordem constitucional e
infraconstitucional, os Correios sempre levaram em conta previsões quanto à
proteção às comunicações e ao seu sigilo. A respeito do sigilo de
correspondências e de comunicações, nos termos da Constituição Federal de
1988, assinale a alternativa correta.

a)

É inviolável o sigilo das correspondências e das comunicações telegráficas, de


dados e das comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem

370
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de
investigação criminal ou instrução processual penal.

b)

O sigilo das correspondências e das comunicações telegráficas, de dados e


das comunicações telefônicas é absoluto, não havendo qualquer exceção a
essa regra, pois trata de direitos fundamentais da pessoa.

c)

É inviolável apenas o sigilo das comunicações telefônicas. As


correspondências e comunicações telegráficas não detêm da mesma
proteção, pois se trata de formas diferentes de comunicação.

d)

É inviolável o sigilo das correspondências e das comunicações telegráficas, de


dados e das comunicações telefônicas, salvo quando a autoridade policial,
em investigação criminal, entender necessário, para a apuração dos fatos,
afastar o referido sigilo, fazendo-o com ordem do delegado geral de polícia.

e)

A Constituição Federal de 1988 não previu qualquer proteção ao sigilo das


correspondências e das comunicações telegráficas, de dados e das
comunicações telefônicas, não sendo, dessa forma, considerado um direito
fundamental.

QUESTÃO 12

A respeito dos direitos e das garantias fundamentais, julgue os itens a seguir, de acordo com a
CF.

I O direito à liberdade de reunião é garantido pela CF, desde que exercido de forma pacífica,
sem armas, em locais abertos ao público e mediante prévia autorização do poder público.
II As atividades das associações podem ser suspensas por decisão judicial, mesmo que ainda
não tenha ocorrido o trânsito em julgado.
III A pequena propriedade rural, desde que trabalhada pela família, usufrui de
impenhorabilidade no que se refere ao pagamento dos débitos decorrentes de sua atividade
produtiva.
IV O brasileiro naturalizado não poderá ser extraditado, ainda que tenha cometido crime comum
antes de ter adquirido a nacionalidade brasileira.

Estão certos apenas os itens


371
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

I e II.

b)

I e III.

c)

II e III.

d)

II e IV.

e)

III e IV.

QUESTÃO 13

Fernando passou mal de manhã em sua residência e, como estava sozinho,


tentou sair para buscar ajuda, mas não conseguiu nem abrir o portão de casa.
Fernando teve tempo apenas de pedir auxílio ao seu vizinho, Paulo,
desmaiando logo em seguida, ali mesmo no jardim. Paulo, desesperado,
rapidamente telefonou ao Corpo de Bombeiros. Nessa situação, à luz da
Constituição Federal, os bombeiros

a)

não poderão penetrar no imóvel de Fernando, já que ele estava desacordado


e por ser a casa asilo inviolável do indivíduo, apenas se pode nela penetrar
sem o consentimento do morador em caso de desastre.

b)

deverão aguardar uma determinação judicial para penetrar no imóvel de


Fernando, já que apenas com referida ordem é possível adentrar em casa
alheia.

c)

não poderão penetrar no imóvel de Fernando, já que ele estava desacordado


e por ser a casa asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela pode penetrar sem
o consentimento do morador.

d)

372
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
não poderão penetrar no imóvel de Fernando, já que ele estava desacordado
e por ser a casa asilo inviolável do indivíduo, apenas se pode nela penetrar
sem o consentimento do morador, durante o dia, em caso de flagrante delito.

e)

estarão autorizados a adentrar no imóvel de Fernando, assim que chegarem,


já que para a prestação de socorro pode-se penetrar na casa do morador,
sem o seu consentimento, a qualquer hora.

QUESTÃO 14

Determinado indivíduo requer, perante Secretaria Municipal de Educação,


que lhe seja informado o número de faltas ao trabalho, nos últimos 12 meses,
dos servidores públicos ocupantes de cargos efetivos lotados na escola junto à
qual funciona Associação de Pais e Mestres de que faz parte. Nessa situação,
à luz da Constituição Federal, cabe ao órgão da Administração

a)

exigir que o pedido seja justificado pelo requerente, antes de fornecer a


resposta, a fim de averiguar se os motivos oferecem risco à segurança do
Estado ou à intimidade e vida privada dos servidores.

b)

recusar-se a prestar a informação, sob a justificativa de se tratar de


informação cujo sigilo é imprescindível à segurança do Estado e de seus
agentes.

c)

recusar-se a prestar a informação, a que somente se assegura acesso se disser


respeito ao próprio interessado, sob pena de ofensa ao direito à intimidade e
à vida privada.

d)

atender ao pedido, que pode ser formulado independentemente de


justificativa, por se tratar de informação de interesse geral, a que todos têm
acesso assegurado.

e)

atender ao pedido, ficando o requerente, no entanto, sujeito ao ônus da


sucumbência, se comprovada má-fé.

373
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 15

Servidores públicos ocupantes de cargos efetivos em órgão legislativo de


determinado Estado, reunidos em praça pública para se manifestarem contra
a falta de ética na política, deliberaram constituir um sindicato, bem como
promover uma paralisação de suas atividades, tão logo organizados em
associação sindical. Nos termos da Constituição Federal, referidos servidores
públicos

a)

não poderiam estar reunidos para a manifestação, sem autorização prévia,


mas estão autorizados a constituir sindicato e a realizar greve.

b)

não poderiam estar reunidos para a manifestação, sem autorização prévia,


nem estão autorizados a constituir sindicato, mas sim a realizar greve.

c)

poderiam estar reunidos para a manifestação, independentemente de


autorização, desde que pacífica e mediante aviso prévio à autoridade
competente, mas não estão autorizados a constituir sindicato, nem a realizar
greve.

d)

poderiam estar reunidos para a manifestação, independentemente de


autorização ou aviso prévio à autoridade competente, desde que pacífica,
mas não estão autorizados a constituir sindicato, nem a realizar greve.

e)

poderiam estar reunidos para a manifestação, independentemente de


autorização, desde que pacífica e mediante aviso prévio à autoridade
competente, assim como estão autorizados a constituir sindicato e,
observados os termos e limites definidos em lei, a realizar greve.

QUESTÃO 16

Com base no princípio da igualdade, o STF julgou constitucional a Lei das


Cotas Raciais (Lei n.° 12.990/2014), que reserva para negros o percentual de
vinte por cento das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento
de cargos efetivos e empregos públicos. De acordo com o STF, contudo, tal
percentual abrange apenas a administração

374
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo federal.

b)

pública federal direta e indireta, no âmbito dos três Poderes.

c)

pública federal, estadual, distrital e municipal, no âmbito do respectivo Poder


Executivo.

d)

direta do Poder Executivo federal.

e)

direta e indireta do Poder Executivo federal.

QUESTÃO 17

Considere a situação hipotética descrita.

Veridiana, de religião x, ao tentar matricular seu filho Nelson, também de religião x, no 6° ano
do ensino fundamental, em tradicional Colégio particular com ênfase na religião y, tem a
matrícula recusada pela Diretora daquele estabelecimento que demonstra claro menosprezo à
religião professada por Veridiana e Nelson e alega que Nelson não se enquadraria no perfil de
alunos daquele colégio, pois, pelo regulamento interno da escola, é vedada a matrícula de
alunos não praticantes da religião y.

Neste caso,
a)

será necessário analisar administrativamente a validade do regulamento


interno da instituição de ensino particular para fins de aplicação de sanção,
pelo MEC, de descredenciamento definitivo.

b)

será necessário, analisar a validade do regulamento interno da instituição de


ensino particular para fins de aplicação de sanção, pelo MEC, de suspensão
das atividades por até 1 ano.

c)

375
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
é punível a recusa da inscrição do aluno no 6° ano do Ensino Fundamental,
baseado no preconceito à religião x, sob a alegação de que o perfil de alunos
da escola é somente de religião y, independentemente de se tratar de
estabelecimento público ou privado de ensino.

d)

trata-se apenas de afronta ao princípio da isonomia, não se assemelhando em


nada ao crime de preconceito ou discriminação.

e)

é punível a recusa da inscrição do aluno no 6° ano do Ensino Fundamental,


baseado no preconceito à religião x, sob a alegação de que o perfil de alunos
da escola é somente de religião y, somente se for em estabelecimento público
de ensino.

QUESTÃO 18

Com relação aos direitos e às garantias individuais, assinale a alternativa


correta.

a)

O direito à inviolabilidade do domicílio alcança os quartos de hotéis e os


compartimentos privados onde alguém exerce atividade profissional.

b)

É lícita a prisão civil de depositário infiel, qualquer que seja a modalidade do


depósito.

c)

A interceptação telefônica é uma medida reservada à competência da


autoridade policial e (ou) do Ministério Público.

d)

É livre o exercício de qualquer profissão, independentemente de qualquer


restrição legal.

e)

Os tratados e as convenções internacionais de direitos humanos são


equivalentes às emendas constitucionais.

QUESTÃO 19

376
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A Constituição Federal assegura e protege, expressamente, o direito à vida.
Nesse sentido, o texto constitucional estabelece, em relação à pena de morte,
que

a)

é vedada, como regra, mas pode ser aplicada em casos excepcionais


quando o crime foi praticado com extrema violência e causou grande
comoção social.

b)

é totalmente vedada, tendo em vista que o direito à vida é absoluto e


inviolável.

c)

não pode ser aplicada, salvo em caso de guerra declarada, nos termos da
Constituição Federal.

d)

é admitida, excepcionalmente, em casos de crimes hediondos em que o réu é


reincidente.

e)

não é admitida, atualmente, mas a Constituição Federal permite que o


legislador possa implementá-la para crimes hediondos e inafiançáveis.

QUESTÃO 20

Considerando a teoria dos direitos e das garantias fundamentais julgue os itens a seguir a
respeito das determinações inscritas no texto constitucional brasileiro.

I- Apenas os direitos individuais explícitos são garantidos pela Constituição Federal, não sendo
admitida a invocação de direitos constitucionais implícitos.
II- Admite-se a possibilidade de tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos
terem força de emenda constitucional, desde que observado o procedimento específico e
qualificado para a sua aprovação.
III- A livre manifestação do pensamento deve ser ampla, sendo protegido o anonimato.

Assinale a opção correta.


a)

Está certo apenas o item I.

377
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

Está certo apenas o item II.

c)

Estão certos apenas os itens I e III.

d)

Estão certos apenas os itens II e III.

QUESTÃO 21

Acerca dos princípios, direitos e garantias fundamentais previstos na CF,


assinale opção correta.

a)

Conforme entendimento do STF, o direito fundamental à liberdade de


pensamento e de livre expressão da atividade intelectual,
independentemente de censura, deve ser interpretado à luz do mandamento
constitucional que prevê a preservação da vida privada e da imagem da
pessoa, de modo a ser exigível o consentimento do interessado no caso de
publicação de biografia que possa causar sério agravo à intimidade.

b)

As relações internacionais da República Federativa do Brasil são regidas pelos


princípios da prevalência da ordem democrática e do respeito à separação
dos poderes.

c)

Ao julgar ação direta de inconstitucionalidade em face da Lei de


Biossegurança, o STF firmou entendimento acerca do descabimento de
pesquisa com células-tronco embrionárias, como decorrência do direito à
vida.

d)

Não cabe habeas corpus para o trancamento de processo por crime de


responsabilidade atribuído ao presidente da República, uma vez que as
sanções para tal espécie de infração são de índole político-administrativa.

QUESTÃO 22

378
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Acerca dos princípios, direitos e garantias fundamentais previstos na CF,
assinale opção correta.

a)

Conforme entendimento do STF, o direito fundamental à liberdade de


pensamento e de livre expressão da atividade intelectual,
independentemente de censura, deve ser interpretado à luz do mandamento
constitucional que prevê a preservação da vida privada e da imagem da
pessoa, de modo a ser exigível o consentimento do interessado no caso de
publicação de biografia que possa causar sério agravo à intimidade.

b)

As relações internacionais da República Federativa do Brasil são regidas pelos


princípios da prevalência da ordem democrática e do respeito à separação
dos poderes.

c)

Ao julgar ação direta de inconstitucionalidade em face da Lei de


Biossegurança, o STF firmou entendimento acerca do descabimento de
pesquisa com células-tronco embrionárias, como decorrência do direito à
vida.

d)

Não cabe habeas corpus para o trancamento de processo por crime de


responsabilidade atribuído ao presidente da República, uma vez que as
sanções para tal espécie de infração são de índole político-administrativa.

QUESTÃO 23

Cidadão é aquele que se identifica culturalmente como parte de um território, usufrui dos
direitos e cumpre os deveres estabelecidos em lei, ou seja, tem consciência de suas obrigações e
luta para que o que é justo e correto seja colocado em prática. Os direitos e deveres não podem
andar separados, afinal, só quando cumprimos com nossas obrigações permitimos que os outros
exercitem seus direitos.

As afirmativas a seguir listam direitos do cidadão, à exceção de uma. Assinale-a.


a)

Cumprir as leis.

b)

379
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O sigilo da correspondência é inviolável.

c)

Ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude


de lei.

d)

A liberdade de consciência e de crença é inviolável, sendo assegurado o livre


exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos
locais de culto.

e)

Homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações.

QUESTÃO24

São direitos fundamentais dispostos na Constituição da República, exceto:

a)

Irretroatividade absoluta da lei penal, independentemente de sua natureza

b)

Inviolabilidade da vida privada

c)

Privilégio temporário ao autor para exploração de inventos industriais

d)

Obtenção de certidões em repartições públicas, independente do


pagamento de taxas

e)

Associação para fins pacíficos

QUESTÃO 25

O acesso à informação previsto constitucionalmente compreende os seguintes


direitos, exceto o de:

a)

380
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
obter orientação jurídica sobre o ingresso em juízo contra particular para
reparação por danos decorrentes do uso de arquivo pessoal

b)

obter informação pertinente à administração do patrimônio público

c)

obter informação primária, íntegra, autêntica e atualizada

d)

obter orientação sobre os procedimentos para a consecução de acesso

e)

obter informação contida em registros ou documentos, produzidos ou


acumulados por seus órgãos ou entidades, recolhidos ou não a arquivos
públicos

QUESTÃO 26

Acerca das disposições contidas no texto da Constituição Federal, assinale a


alternativa correta.

a)

Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa consistem em um dos


objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, assim previstos
expressamente na Constituição Federal.

b)

É livre a manifestação do pensamento, sendo garantido o direito ao


anonimato.

c)

O pluralismo político é um dos princípios, previstos de maneira expressa na


Constituição, que regem as relações internacionais da República Federativa
do Brasil.

d)

A inviolabilidade do domicílio, prevista de forma expressa no texto


constitucional, é excepcionada no caso de flagrante delito ou desastre.

QUESTÃO 27

381
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Todas as afirmativas a seguir referem-se ao título II, Capítulo I, da Constituição
Federal/1988 (Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos), EXCETO:

a)

Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação
legal.

b)

A lei só poderá restringir a publicidade dos atos processuais quando a defesa


da intimidade ou o interesse social o exigirem.

c)

Ninguém será obrigado a filiar-se ou a manter-se filiado a sindicato.

d)

É garantido o direito de herança.

QUESTÃO 28

No artigo 5° da Constituição Federal/1988, estão garantidos os seguintes


direitos, EXCETO

a)

De propriedade.

b)

De herança.

c)

De livre exercício do trabalho.

d)

De livre associação para fins paramilitares.

QUESTÃO 29

Considerando o previsto na Constituição Federal, assinale a


alternativa INCORRETA:

a)

382
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem
consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou
para prestar socorro, ou, durante a noite, por determinação judicial.

b)

A obtenção de certidões em repartições públicas, para defesa de direitos e


esclarecimento de situações de interesse pessoal, é assegurada a todos,
independentemente do pagamento de taxas.

c)

O direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos em lei
específica.

d)

O prazo de validade do concurso público será de até dois anos, prorrogável


uma vez, por igual período.

QUESTÃO 30

Em rede social da internet uma pessoa publicou mensagem acusando outra


de ter praticado atos de corrupção. A acusada sentiu-se moralmente
ofendida e obteve êxito em comprovar, judicialmente, que a imputação de
prática de crime era falsa, tendo sido divulgada por motivo de vingança
pessoal. Em casos como este, ficando comprovados os danos sofridos e a
responsabilidade do autor da ofensa, a Constituição Federal garante ao
ofendido o direito de

a)

resposta, proporcional ao agravo sofrido, sem prejuízo de indenização por


danos morais e materiais.

b)

ajuizar ação popular para que o ofensor seja condenado a reparar os danos
morais e materiais causados.

c)

impetrar mandado de injunção para que o ofensor seja obrigado a retirar a


mensagem da internet, sem prejuízo de indenização por danos morais e
materiais.

d)

383
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
impetrar mandado de segurança contra o ato que violou seu direito líquido e
certo de não ter sua honra violada.

e)

ajuizar, perante o Tribunal de Justiça, ação direta de inconstitucionalidade


contra o ato que violou seu direito à honra.

QUESTÃO 31

As manifestações populares nas vias públicas, sob a forma de passeatas, para


expressar, por exemplo, protestos políticos ou defesa de direitos, têm, em tese,
amparo em algumas normas sobre direitos fundamentais acolhidas na
Constituição Federal, dentre as quais a que prevê

a)

liberdade de manifestação de pensamento, que não poderá ser exercida em


relação a temas previamente vedados pela autoridade judicial competente
para o exercício da censura.

b)

liberdade de locomoção, a qual, nos termos da Constituição, tem preferência


quando exercida por pedestres em relação à locomoção por meio de
veículos automotores.

c)

liberdade de consciência, devendo, no entanto, os organizadores da


manifestação comunicar previamente à autoridade pública a ideologia a ser
defendida pelos manifestantes.

d)

habeas corpus, para garantir a liberdade de ir e vir, devendo ser impetrado


pela organização da passeata previamente à sua convocação.

e)

liberdade de reunião, a qual deve ser exercida sem armas, em locais abertos
ao público, independentemente de autorização, desde que não frustre outra
reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido
aviso prévio à autoridade competente.

QUESTÃO 32

384
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Acerca dos direitos e deveres consagrados pelo art. 5º da Constituição Federal
de 1988, assinale a alternativa correta.

a)

É livre a manifestação do pensamento, sendo autorizado o anonimato.

b)

É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da


indenização por dano material, não comportando, no entanto, indenização
por dano moral ou à imagem.

c)

São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas,


assegurado o direito à indenização pelo dano material ou moral decorrente
de sua violação.

d)

É plena a liberdade de associação para fins lícitos, inclusive a de caráter


paramilitar.

e)

Aos autores, pertence o direito exclusivo de utilização, publicação ou


reprodução de suas obras, direito este de caráter personalíssimo, sendo
intransmissível, mesmo aos herdeiros.

QUESTÃO 33

Sobre os Direitos Humanos e acerca dos Direitos Fundamentais é CORRETO


afirmar que:

a)

Os Direitos Fundamentais são absolutos no sentido de que, devido sua


importância, não podem sofrer quaisquer limitações válidas.

b)

Pela teoria dos “custos dos direitos”, desenvolvida por Cass Sunstein e Stephen
Holmes, apenas a proteção dos denominados Direitos de 1º geração não
implicaria em um custo econômico para o Estado. Tratar-se-iam (os Direitos de
1ª geração) de Direitos negativos, ou seja, sua proteção estaria condicionada
apenas a um não fazer estatal.

385
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Acerca do aborto, o Supremo Tribunal Federal, em recente julgado de sua 1ª


Turma, afirmou ser necessário conferir interpretação conforme a Constituição
aos arts. 124 a 126 do Código Penal (que tipificam o crime de aborto) para
excluir do seu âmbito de incidência a interrupção voluntária da gestação
efetivada no primeiro trimestre do período gestacional.

d)

Acerca das denominadas ações afirmativas, o Supremo Tribunal Federal


deixou assentado, no caso das universidades públicas, que a metodologia de
seleção diferenciada pode levar em consideração critérios étnico-raciais ou
socioeconômicos, de modo a assegurar que a comunidade acadêmica e a
própria sociedade sejam beneficiadas pelo pluralismo de ideias. Decidiu,
ainda, o mesmo STF, que as vantagens decorrentes das Ações Afirmativas
poderiam perdurar indefinidamente no tempo.

QUESTÃO 34

As afirmativas a seguir apresentam alguns deveres do cidadão, à exceção de


uma. Assinale-a.

a)

Respeitar os direitos sociais de outras pessoas.

b)

Cumprir as leis.

c)

Colaborar com as autoridades.

d)

Impedir a livre manifestação do pensamento.

e)

Proteger a natureza.

QUESTÃO 35

De acordo com o Art. 5º da Constituição Federal de 1988, “todos são iguais perante a lei, sem
distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no

386
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à
propriedade”.

Tal sentença se expressa, entre outros, nos termos apresentados nas afirmativas a seguir, à
exceção de uma. Assinale-a.
a)

Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em


virtude de lei.

b)

É plena a liberdade de associação de caráter civil, militar ou paramilitar, para


fins lícitos.

c)

São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas,


assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente
de sua violação.

d)

É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da


indenização por dano material, moral ou à imagem.

e)

É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

QUESTÃO 36

Sobre os direitos dos cidadãos, avalie as afirmativas a seguir.

I. É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações


profissionais que a lei estabelecer.
II. É assegurado a todos o acesso à informação, resguardado o sigilo da fonte quando necessário
ao exercício profissional.
III. É livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos
termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens.

Está correto o que se afirma em:


a)

I, somente.

387
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

I e II, somente.

c)

I e III, somente.

d)

II e III, somente.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 37

Diante da disciplina constitucional do dever de respeito ao sigilo e do direito à


informação,

a)

a ação de impugnação de mandato não poderá tramitar em segredo de


justiça.

b)

a segurança da sociedade e do Estado não são critérios válidos para que o


órgão público negue ao indivíduo o acesso às informações de seu interesse
particular, ou de interesse coletivo ou geral.

c)

as votações do Júri não podem ser sigilosas, sob pena de contrariar os


princípios da ampla defesa e do contraditório.

d)

a preservação do direito à intimidade não pode ser invocada validamente


para impedir que terceiros presenciem a prática de atos processuais.

e)

o sigilo das comunicações telefônicas não pode ser afastado por decisão
judicial proferida em sede de ação popular, proposta para anular ato lesivo
ao patrimônio ou à moralidade pública.
QUESTÃO 38

388
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Osmar estava em sua residência e foi informado de que deveria permitir a entrada de um policial
que estava portando um mandado judicial de busca e apreensão, a ser cumprido justamente em
sua residência.

À luz da sistemática constitucional, é correto afirmar que o ingresso na residência de Osmar,


sem o seu consentimento, para o cumprimento do referido mandado:
a)

poderia ocorrer em qualquer dia ou horário;

b)

deveria ocorrer em certo horário, que deve ser indicado pela autoridade
judicial;

c)

deveria ocorrer à noite, se autorizado pela autoridade judicial;

d)

não poderia ser realizado à noite, ainda que Osmar seja muito perigoso;

e)

não poderia ocorrer no final de semana.

QUESTÃO 39

Com relação aos direitos e às garantias fundamentais, julgue os itens a seguir.

I O direito individual fundamental à vida possui duplo aspecto: sob o prisma biológico, traduz o
direito à integridade física e psíquica; em sentido mais amplo, significa o direito a condições
materiais e espirituais mínimas necessárias a uma existência condigna à natureza humana.
II O princípio da igualdade veda ao legislador prestar tratamento diferenciado a pessoas em
virtude do gênero ou da idade.
III O anonimato é constitucionalmente protegido, em razão da garantia de liberdade de
expressão e da livre manifestação do pensamento.
IV A garantia de inviolabilidade de domicílio abrange tanto a residência do indivíduo quanto
qualquer compartimento privado não aberto ao público onde ele exerça profissão ou atividade,
tais como escritórios e consultórios profissionais.

Estão certos apenas os itens


a)

I e II.

389
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

I e III.

c)

I e IV.

d)

II e III.

e)

II ,III e IV.

QUESTÃO 40

Assinale a alternativa INCORRETA:

a)

A Constituição de 1988 é estruturada mediante princípios e regras jurídicas,


ambos com natureza normativa. Há, em seu interior, princípios constitucionais
amplos, mas que ostentam também importante repercussão no campo das
relações trabalhistas. A seu lado, existem princípios jurídicos eminentemente
trabalhistas, e que foram incorporados pela Constituição.

b)

Os princípios constitucionais do trabalho são aqueles que, oriundos do Direito


do Trabalho, foram incorporados pela Constituição da República. Os princípios
constitucionais que colocam a pessoa humana no vértice e no centro da
ordem jurídica não podem, tecnicamente, ser englobados no rol dos princípios
constitucionais do trabalho, pois não há essa referência explícita, nem lógica
ou teleológica, na Constituição Federal.

c)

A ideia de igualdade comparece em diversos tópicos do conteúdo


constitucional de 1988, estruturando-se como um princípio jurídico de, pelo
menos, dupla dimensão: a igualdade em sentido formal, oriunda do antigo
constitucionalismo; e a igualdade em sentido material, de impacto profundo e
abrangente na Constituição da República.

d)

390
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Os direitos trabalhistas apresentam natureza de direitos individuais e sociais
daqueles que vivem de seu trabalho empregatício e de outras relações
sociojurídicas equiparadas, como o trabalho avulso. Nessa medida, ostentam
também o caráter de direitos fundamentais da pessoa humana.

e)

Não respondida.

QUESTÃO 41

Analise as seguintes assertivas:

I - À luz da teoria do impacto desproporcional, há ofensa ao princípio da igualdade, ainda que


não haja intenção de discriminar, se houver real impacto, de modo desproporcional, de medidas
teoricamente neutras, colocando determinados grupos em situação desvantajosa em relação a
outros segmentos.
II - As ações afirmativas objetivam corrigir distorções resultantes de uma aplicação puramente
formal do princípio da igualdade, de modo a permitir a grupos sociais determinados a superação
de desigualdades decorrentes de situações históricas particulares.
III - Segundo jurisprudência dominante do Supremo Tribunal Federal, a Convenção para a
Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial, da Organização das Nações Unidas,
ao prever a transitoriedade das ações afirmativas, ofende o princípio constitucional da igualdade
material, aplicando-se, ao caso, interpretação conforme a Constituição.
IV - As noções de discriminação indireta e do impacto desproporcional foram objeto de análise
pelo Supremo Tribunal Federal, que, ao interpretar norma que estabelece limite máximo para o
valor dos benefícios previdenciários, excluiu de sua aplicação o salário da licença à gestante,
respondendo a Previdência Social pela integralidade do pagamento.

Assinale a alternativa CORRETA:


a)

Todas as assertivas estão corretas.

b)

Apenas as assertivas I, II e IV estão corretas.

c)

Apenas as assertivas I e II estão corretas.

d)

Apenas as assertivas III e IV estão corretas.

391
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

Não respondida.

QUESTÃO 42

Considerando os direitos e garantias fundamentais previstos na Constituição


da República, assinale a alternativa INCORRETA:

a)

As associações só poderão ser compulsoriamente dissolvidas ou ter suas


atividades suspensas por decisão judicial, exigindo-se, em ambos os casos, o
trânsito em julgado.

b)

A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem


consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou
para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial.

c)

É inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de


dados e das comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem
judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de
investigação criminal ou instrução processual penal.

d)

Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao


público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra
reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido
prévio aviso à autoridade competente.

e)

Não respondida.

QUESTÃO 43

No julgamento histórico da ADI 4.277 e da ADPF 132, o Supremo Tribunal Federal reconheceu
como constitucional a união está- vel entre pessoas do mesmo sexo. A respeito do tema,
considere:

392
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
I. O Supremo Tribunal Federal conferiu interpretação conforme à Constituição para excluir
qualquer significado do artigo 1.723 do Código Civil que impossibilite o reconhecimento da
união entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar.
II. O Supremo Tribunal Federal reconheceu, na decisão em questão, a eficácia contramajoritária
inerente aos direitos fundamentais.
III. O fundamento jurídico central que conduziu o julgamento diz respeito à adoção de ações
estatais de natureza afirmativa.
IV. Além do princípio da dignidade da pessoa humana, também serviram de fundamento
jurídico para a decisão adotada o direito à intimidade, o direito à igualdade e o direito a não
discriminação.

Está correto o que se afirma APENAS em


a)

III e IV.

b)

IV.

c)

I, II e III.

d)

I, II e IV.

e)

II e IV.

QUESTÃO 44

De acordo com o artigo 5° da Constituição Federal, todos são iguais perante a


lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros, EXCETO:

a)

A livre manifestação do pensamento, permitido o anonimato.

b)

O direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano


material, moral ou à imagem.

c)

393
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao
exercício profissional.

d)

A livre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de


comunicação, independentemente de censura ou licença.

e)

A liberdade de associação para fins lícitos, vedada a de caráter paramilitar.

QUESTÃO 45

“Em uma situação de iminente perigo público, a autoridade policial arrombou


a porta da casa de um morador do Município de Nova Friburgo visando prestar
socorro a uma pessoa em situação emergência no imóvel vizinho.” Nos termos
da Constituição Federal, a conduta da autoridade policial

a)

tem amparo nos direitos e garantias fundamentais, sendo cabível posterior


indenização em face dos danos causados.

b)

afronta o direito fundamental de propriedade, posto que o policial precisaria


de autorização judicial para adentrar ao imóvel.

c)

é abusiva, posto que a autoridade policial deveria ter chamado um chaveiro


de modo a não danificar o imóvel do morador.

d)

fere direito fundamental, pois a casa é asilo inviolável do indivíduo, e a


autoridade não pode penetrar sem consentimento do morador.

QUESTÃO 46

A respeito da temática dos direitos e garantias fundamentais, analise as afirmativas a


seguir.
I. O habeas corpus pode ser formulado sem advogado, não tendo de obedecer a formalidades
processuais ou instrumentais, sendo, por força do Art. 5.º, LXXVII, da Constituição Federal,
gratuita.

394
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
II. A segurança pública é não apenas dever do Estado, como também direito e responsabilidade
de todos, sendo exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e
do patrimônio.
III. A lei considerará crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia a prática da
tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o terrorismo e os definidos como crimes
hediondos, por eles respondendo os mandantes, os executores e os que, podendo evitá-los, se
omitirem.
Estão corretas as afirmativas
a)

I, II e III.

b)

I e II, apenas.

c)

I e III, apenas.

d)

II e III, apenas.

QUESTÃO 47

Quanto aos Direitos Fundamentais, na visão do ordenamento jurídico constitucional


brasileiro, analise as afirmativas a seguir.
I. A prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão,
nos termos da lei.
II. Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal.
III. A lei regulará a individualização da pena e adotará, entre outras, a de trabalhos forçados.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)
a)

I.

b)

III.

c)

I e II.

d)

I e III.

395
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 48

A Constituição da República reconhece a instituição do júri, com a


organização que lhe der a lei, assegurados, EXCETO:

a)

Sigilo das votações.

b)

Plenitude de defesa.

c)

Soberania dos veredictos.

d)

Participação de parentes do réu.

QUESTÃO 49

Quanto à Constituição Federal de 1988, analise as afirmativas a seguir.


I. Às presidiárias serão asseguradas condições para que possam permanecer com seus filhos
durante o período de amamentação.
II. A pena será cumprida em estabelecimentos distintos, de acordo com a natureza do delito, a
idade e o sexo do apenado.
III. Será vedada ação privada nos crimes de ação pública, mesmo se esta não for intentada no
prazo legal.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)
a)

I.

b)

III.

c)

I e II.

d)

I e III.

QUESTÃO 50

Nos termos da Constituição Federal de 1988, a pena de banimento

396
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

é vedada no Brasil.

b)

equivale à perda de bens.

c)

aplica-se aos crimes hediondos.

d)

depende de regulamentação em lei.

QUESTÃO 51

Sobre os direitos e garantias fundamentais previstos pela Constituição Federal,


é correto afirmar:

a)

A todos os litigantes, exceto no âmbito administrativo, são assegurados a


razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua
tramitação.

b)

É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, vedada a fixação


de restrições ou exigências de qualificação profissional diversas daquelas já
estabelecidas pela norma constitucional.

c)

Aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral


são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a
ela inerentes.

d)

É livre a manifestação de pensamento, constitucionalmente assegurado o


anonimato para proteção geral dos cidadãos contra retaliações em virtude
de eventuais denúncias.

QUESTÃO 52

Assinale a alternativa correta sobre a proteção constitucional do domicílio,


inclusive quanto a todas as ressalvas previstas expressamente.

397
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela pode penetrar sem


consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou
para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial

b)

A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela pode penetrar sem


consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre

c)

A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela pode penetrar sem


consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou
para prestar socorro

d)

A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela pode penetrar sem


consentimento do morador, salvo para prestar socorro, ou, durante o dia, por
determinação judicial

QUESTÃO 53

No tocante aos direitos e às garantias fundamentais previstas na Constituição Federal de 1988,


analise as afirmativas abaixo e marque (V) para verdadeiro ou (F) para falso.

( ) Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei.
( ) É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano
material, moral ou à imagem.
( ) É livre a manifestação do pensamento, sendo admitido o anonimato.
( ) A criação de associações e de cooperativas depende de autorização estatal para seu
funcionamento.

Com relação às afirmações, a sequência correta é


a)

F, V, V, F.

b)

V, F, V, F.

c)

F, V, F, V.

398
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

V, F, F, V.

e)

V, V, F, F.

QUESTÃO 54

Assinale a alternativa correta sobre a proteção constitucional da pequena


propriedade rural, inclusive, quanto às ressalvas previstas expressamente.

a)

A pequena propriedade rural, assim definida em lei, desde que trabalhada


pela família, não será objeto de penhora para pagamento de débitos
decorrentes de sua atividade produtiva, dispondo a lei sobre os meios de
financiar o seu desenvolvimento

b)

A pequena propriedade rural, assim definida em lei, desde que trabalhada


pela família, só será objeto de penhora para pagamento de débitos
decorrentes de sua atividade produtiva, dispondo a lei sobre os meios de
financiar o seu desenvolvimento

c)

A pequena propriedade rural, assim definida pelas regras de mercado, desde


que trabalhada pela família e destinada exclusivamente à produção de
alimentos consumidos por ela, não será objeto de penhora para pagamento
de débitos decorrentes de sua atividade produtiva, dispondo a lei sobre os
meios de financiar o seu desenvolvimento

d)

A pequena propriedade rural, assim definida pelas regras de mercado, desde


que trabalhada pela família e destinada exclusivamente à produção de
alimentos consumidos por ela, só será objeto de penhora para pagamento de
débitos decorrentes de sua atividade produtiva, dispondo a lei sobre os meios
de financiar o seu desenvolvimento

QUESTÃO 55

Luiz, após aprovação em concurso público foi convocado para assumir a


vaga de Pesquisador numa Fundação Pública do Governo do Estado de São

399
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Paulo, a qual tem por atribuição a realização de trabalhos estatísticos. Na
primeira semana de trabalho, realizando pesquisa nas ruas para subsidiar
determinado banco de dados da Fundação, se depara com um morador que
se nega a responder às perguntas por ele formuladas. Notando que o portão
não estava trancado, Luiz adentra na residência sem consentimento do
morador com o propósito de que ele respondesse a suas perguntas. Pode-se
dizer que Luiz violou qual direito fundamental do morador, prescrito pela
Constituição Federal de 1988?

a)

Liberdade de crença.

b)

Inviolabilidade do domicílio.

c)

Liberdade de locomoção.

d)

Sigilo da correspondência.

e)

Igualdade.

QUESTÃO 56

Considerando que a liberdade de expressão é uma importante garantia fundamental protegida


pela CF em seu artigo 5.º, inciso IV, julgue os itens a seguir.
I Segundo entendimento do STF, a CF permite a manifestação pública pela descriminalização
de determinados tipos penais sem que se configure apologia ao crime.
II A liberdade de expressão protege discursos racistas e antissemitas, desde que eles não incitem
a violência, de acordo com entendimento do STF.
III Lei que proíba manifestações anônimas deverá ser declarada inconstitucional por violação à
liberdade de expressão.
Assinale a opção correta.
a)

Apenas o item I está certo.

b)

Apenas o item II está certo.

400
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Apenas o item III está certo.

d)

Todos os itens estão certos.

QUESTÃO 57

A cerca dos instrumentos de tutela das liberdades, previstos na CRFB/88,


afirma-se corretamente:

a)

Direito de petição e direito de ação são expressões sinônimas, segundo o


entendimento do STF.

b)

O pagamento de custas judiciais e do ônus da sucumbência é devido em


sede de habeas corpus.

c)

A repartição pública que obstruir o direito de certidão deverá ser compelida,


mediante habeas data, a concedê-lo, sob pena de os seus titulares serem
responsabilizados civil e criminalmente.

d)

O mandado de injunção pode ser ajuizado coletivamente, embora inexista


previsão expressa na CRFB/88.

e)

Os brasileiros naturalizados não possuem legitimidade ativa para propor ação


popular, direito este resguardado somente aos brasileiros natos.

QUESTÃO 58

Leia a assertiva a seguir sobre o tema “liberdade de expressão” e responda.

“A crítica jornalística, quando inspirada pelo interesse público, dirigida a figuras públicas, com
alto grau de responsabilidade na condução dos negócios do Estado, não se revela suscetível, em
situações de caráter ordinário, à possibilidade de sofrer qualquer repressão estatal”.

401
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
(CHEQUER, Cláudio. A liberdade de expressão como direito fundamental preferenciai prima
facie. Ed. Lumen Júris, 2011).

A afirmação acima reflete a(o):


a)

interpretação do STF em reiteradas oportunidades.

b)

entendimento da doutrina majoritária brasileira, mas não do STF.

c)

posição da doutrina minoritária brasileira, não albergada pelo STF.

d)

interpretação do STJ. em alguns julgados. com base na teoria interna dos


limites dos direitos fundamentais.

e)

posição da doutrina estrangeira, não recepcionada pelo Direito Constitucional


Brasileiro.

QUESTÃO 59

Assinale a alternativa INCORRETA:

a)

A lei assegurará aos autores de inventos industriais privilégio temporário para


sua utilização, bem como proteção às criações industriais, à propriedade das
marcas, aos nomes de empresas e a outros signos distintivos, tendo em vista o
interesse social e o desenvolvimento tecnológico e econômico do País.

b)

A pequena propriedade rural, assim definida em lei, desde que trabalhada


somente pela família, poderá ser objeto de penhora para pagamento de
débitos decorrentes de sua atividade produtiva, dispondo a lei sobre os meios
de financiar o seu desenvolvimento.

c)

São assegurados, nos termos da lei: a proteção às participações individuais em


obras coletivas e à reprodução da imagem e voz humanas, inclusive nas

402
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
atividades desportivas; o direito de fiscalização do aproveitamento
econômico das obras que criarem ou de que participarem aos criadores, aos
intérpretes e às respectivas representações sindicais e associativas.

d)

No caso de iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar


de propriedade particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se
houver dano.

QUESTÃO 60

O direito de propriedade é garantido pela Constituição Federal, de forma que


para a construção de uma rodovia, determinado Estado da Federação

a)

depende, para realização da obra, da concordância dos proprietários das


áreas cujo traçado sobreporá.

b)

precisa adquirir as áreas, em razão do direito de propriedade constar do rol de


direitos individuais, desde que pelo valor determinado pelos proprietários.

c)

depende de autorização do Poder Judiciário para aquisição das áreas, o que,


se deferido, viabilizará a compra das áreas ou a desapropriação das mesmas.

d)

pode exigir as propriedades dos particulares somente se estiverem


descumprindo sua função social.

e)

pode lançar mão da desapropriação, mediante justa e prévia indenização


aos proprietários, direito que também consta do rol de direitos individuais.

QUESTÃO 61

À luz do entendimento do STF, assinale a opção correta, a respeito dos direitos


e garantias fundamentais.

a)

403
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A licença-maternidade não é garantida à mulher adotante.

b)

Lei para alteração de processo eleitoral pode ser aplicada no mesmo ano das
eleições, desde que seja editada cento e oitenta dias antes do pleito.

c)

O direito de reunião e o direito à livre expressão do pensamento legitimam a


realização de passeatas em favor da descriminalização de determinada
droga.

d)

As prerrogativas constitucionais de investigação das CPIs possibilitam a quebra


de sigilo imposto a processo sujeito ao segredo de justiça.

QUESTÃO 62

A respeito da ordem e dos direitos sociais previstos na CF, assinale a opção


correta.

a)

É constitucional norma que obriga escolas privadas a oferecer atendimento


adequado a pessoas com deficiência, vedado o repasse do custo financeiro da
adaptação às mensalidades escolares.

b)

Segundo o STF, a liberdade de expressão e informação asseguradas na CF é


compatível com a criação, pelo Estado, de um conselho de regulação e
fiscalização da profissão jornalística.

c)

Em virtude da proibição constitucional da comercialização de órgãos e tecidos


humanos para fins de transplante, o STF entende ser inconstitucional lei estadual
que concede meia-entrada aos doadores regulares de sangue.

d)

Em razão do princípio da reserva do possível, não cabe ao Poder Judiciário


determinar a construção de creches e pré-escolas pelos municípios.

QUESTÃO 63

404
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Quanto aos direitos fundamentais, assinale a alternativa INCORRETA:

a)

A Constituição Federal não dispõe sobre o início da vida humana e, por isso, a
capacidade para ser titular de direitos fundamentais é informada pela lei civil.

b)

É admissível a renúncia ao exercício dos direitos fundamentais como corolário do


livre desenvolvimento da personalidade.

c)

A necessidade é um dos elementos que compõem o princípio da


proporcionalidade, tendo por critérios o interesse público e a promoção do bem
comum.

d)

O princípio da proporcionalidade, amplamente utilizado na jurisdição constitucional, liga-se ao


preceito da finalidade legítima, bem como é critério definidor daquilo que compõe o núcleo
essencial de um direito fundamental.

QUESTÃO 64
A associação dos metalúrgicos aposentados da cidade X está causando grande
tumulto na cidade em razão das suas reivindicações e manifestações realizadas
semanalmente na praça pública central. Assim, o Prefeito da cidade, através de
Decreto, determinou que a associação será compulsoriamente dissolvida,
devendo seus associados pagarem uma multa em caso de funcionamento após a
data prevista para a sua dissolução. Neste caso, de acordo com a Constituição
Federal,

a)

o Prefeito agiu corretamente uma vez que as associações podem ser


compulsoriamente dissolvidas por decreto do Chefe do Poder Executivo Municipal
quando praticarem atos ilegais ou perturbarem a ordem.

b)

a referida associação só poderá ser compulsoriamente dissolvida por decisão


judicial transitada em julgado.

c)

405
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a referida associação só poderá ser compulsoriamente dissolvida por decisão
judicial, não sendo exigido o trânsito em julgado.

d)

o Prefeito agiu corretamente uma vez que as associações podem ser


compulsoriamente dissolvidas, em qualquer hipótese, por decreto do Chefe do
Poder Executivo Municipal, sendo permitida a aplicação de multa na hipótese
narrada.

e)

o Prefeito agiu corretamente uma vez que as associações podem ser


compulsoriamente dissolvidas mediante decreto do Chefe do Poder Executivo
Municipal, sendo vedado, porém, a previsão de multa na hipótese narrada.

QUESTÃO 65

Framboesa pretende criar a associação “X” e Ludmila pretende criar a


cooperativa “S”. Consultando a Constituição Federal, elas verificaram que

a)

a criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas, independem de


autorização, sendo vedada a interferência estatal em seu funcionamento.

b)

a criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas, dependem de


autorização, mas é vedada a interferência estatal em seu funcionamento.

c)

somente a criação de associações depende de autorização, sendo, inclusive,


permitida a interferência estatal em seu funcionamento.

d)

somente a criação de associações depende de autorização, sendo, porém,


vedada a interferência estatal em seu funcionamento.

e)

somente a criação de cooperativa depende de autorização, sendo, porém,


vedada a interferência estatal em seu funcionamento.

QUESTÃO 66

406
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Silmara, brasileira naturalizada, verificou a Constituição Federal brasileira a respeito
de possível extradição de brasileiro naturalizado. Assim, constatou que, dentre os
direitos e deveres individuais e coletivos, está previsto que

a)

nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime


comum, praticado antes ou depois da naturalização, ou de comprovado
envolvimento em milícia armada e grupos guerrilheiros.

b)

a extradição de qualquer brasileiro, seja ele naturalizado ou não, consta em


diversas hipóteses taxativas do artigo 5o da Carta Magna.

c)

a extradição de qualquer brasileiro, seja ele naturalizado ou não, somente poderá


ocorrer em caso de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes
e drogas afins.

d)

nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime


comum, praticado antes da naturalização, ou de comprovado envolvimento em
tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na forma da lei.

e)

a extradição de qualquer brasileiro, seja ele naturalizado ou não, somente poderá


ocorrer em caso de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes
e drogas afins, envolvimento em milícia armada e grupos guerrilheiros e prática de
ato de terrorismo.

QUESTÃO 67

Em seu Art. 5º, item I- homens e mulheres são iguais em


____________________________, nos termos desta Constituição.
A alternativa que preenche corretamente a lacuna é:
a)

Liberdade e igualdade.

b)

Direitos e obrigações.

c)

407
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Assistência religiosa e liberdade.

d)

Tratamento humano e degradante.

e)

Convicção filosófica ou política.

QUESTÃO 68

Art. 5º, Item IV- é livre a manifestação do pensamento, sendo _______________.

a)

Aceito o direito de resposta.

b)

Consentido o sigilo da correspondência.

c)

Permitido o livre exercício de culto religioso.

d)

Vedado o anonimato.

e)

Permitido o anonimato.

QUESTÃO 69

Art. 6.º As autoridades e os agentes fiscais tributários da União, dos estados, do


Distrito Federal e dos municípios somente poderão examinar documentos, livros
e registros de instituições financeiras, inclusive os referentes a contas de
depósitos e aplicações financeiras, quando houver processo administrativo
instaurado ou procedimento fiscal em curso e tais exames forem considerados
indispensáveis pela autoridade administrativa competente.

Conforme o entendimento do STF, o dispositivo anteriormente transcrito

a)

408
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
fere o direito à privacidade e à intimidade.

b)

é inconstitucional, pois o acesso a dados bancários pelo fisco depende de


autorização judicial.

c)

não ofende o direito ao sigilo bancário.

d)

trata especificamente da quebra de sigilo bancário.

e)

baseia-se no princípio da transparência dos tributos.

QUESTÃO 70

Considerando o que dispõe a Constituição Federal sobre os direitos e


garantias fundamentais, se um cidadão brasileiro se recusar a prestar o serviço
militar obrigatório, alegando que sua religião não permite essa prática, é
correto afirmar, nessa hipótese, que esse cidadão

a)

não poderá ser dispensado do serviço militar, uma vez que essa é uma
obrigação imposta a todos os cidadãos brasileiros.

b)

poderá ser dispensado de prestar o serviço militar, mas perderá,


automaticamente, os seus direitos políticos.

c)

terá como consequência da recusa de prestar o serviço militar a sua prisão por
tempo fixado em lei.

d)

será dispensado do serviço militar obrigatório, sem a imposição de penas ou


outras obrigações, pois a Constituição Federal garante a liberdade religiosa.

e)

poderá obter a dispensa do serviço militar obrigatório, mas terá que cumprir
prestação alternativa se não quiser perder seus direitos políticos.

409
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 71

Ressalvados os casos previstos na Constituição Federal, a lei estabelecerá o


procedimento para desapropriação por necessidade ou utilidade pública, ou
por interesse social, mediante

a)

títulos da dívida pública.

b)

justa e prévia indenização em dinheiro.

c)

títulos da dívida agrária.

d)

precatórios judiciais.

e)

ordens de pagamento do Tesouro.

QUESTÃO 72

De acordo com o art. 5° da Carta Magna, todos são iguais perante a lei, sem
distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros
residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade,
à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

a)

ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de


convicção filosófica ou política, mesmo se as invocar para eximir-se de
obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa,
fixada em lei.

b)

as associações so poderão ser compulsoriamente dissolvidas ou ter suas


atividades suspensas por decisão judicial, independentemente do trânsito em
julgado.

c)

livre a manifestação do pensamento, inclusive sob o anonimato.

410
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

é plena a liberdade de associação de caráter paramilitar para fins lícitos.

e)

a criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas independem


de autorização, sendo vedada a interferência estatal em seu funcionamento.

QUESTÃO 73

Estatui o artigo 5º, XII, da CRFB/88: “é inviolável o sigilo da correspondência e


das comunicações telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas,
salvo, no último caso, por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a lei
estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução processual penal”.
Sobre o tema, assinale a alternativa correta.

a)

A administração penitenciária, corn fundamento em razões de segurança


pública, de disciplina prisional ou de preservação da ordem jurídica, pode,
sempre excepcionalmente, e desde que respeitados os direitos previstos na Lei
de Execuções Penais, proceder à interceptação das correspondências
remetidas pelos sentenciados.

b)

A gravação ambiental de conversa entre presos durante o banho de sol viola


o sigilo das comunicações telefônicas.

c)

A apreensão de computador para extração de dados gravados no hard


disk viola a norma prevista no artigo 5.°, XII, da CRFB/88.

d)

A utilização em processo judicial de gravação telefônica realizada por


terceiro, sem autorização judicial, permitida tão somente pela vítima de
extorsão praticada por detento mediante contato telefônico, é ilícita.

e)

O direito ao sigilo da correspondência é absoluto, razão pela qual o Poder


Público não pode quebrar o sigilo da correspondência postal.

QUESTÃO 74

411
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Sobre os direitos e deveres individuais e coletivos assegurados pela
Constituição Federal, assinale a alternativa correta.

a)

Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao


público, desde que com autorização e não frustrem outra reunião
anteriormente convocada para o mesmo local.

b)

É livre a manifestação do pensamento, não se admitindo o anonimato.

c)

As normas definidoras dos direitos e garantias fundamentais não têm


aplicação imediata, devendo ser regulamentadas por lei complementar.

d)

É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão,


independentemente das qualificações profissionais que a lei estabelecer.

e)

A expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação é


livre, estando contudo sujeita à censura ou licença.

QUESTÃO 75

Sobre o direito à vida, assinale a alternativa correta.

a)

A permissão do aborto de feto anencéfalo foi incluída no ordenamento


jurídico por meio de emenda constitucional.

b)

Em tempos de guerra é permitida a pena de morte.

c)

O latrocínio, crime contra a vida, é julgado pelo Tribunal do Júri.

d)

A proteção do direito à vida inicia-se com o nascimento da pessoa.

e)

412
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
É permitida a extradição de indivíduo condenado à pena de morte.

QUESTÃO 76

Sobre o direito de privacidade, o sigilo bancário e fiscal, assinale a alternativa


correta.

a)

A quebra do sigilo fiscal exige prévia oitiva do investigado.

b)

O Suprem o Tribunal Federal firmou o entendimento de que as Comissões


Parlamentares de Inquérito não podem deliberar a quebra de sigilo bancário.

c)

Processos judiciais com afastamento de sigilo bancário e fiscal devem tramitar


sob segredo de justiça para preservação da privacidade daquele que teve
contra si a quebra deferida.

d)

O Supremo Tribunal Federal consente que a autoridade policial compartilhe


com a Receita Federal informações que obteve por meio de quebra de sigilo
bancário em inquérito policial em qualquer hipótese.

e)

O Ministério Público não precisa de autorização judicial para requisitar


informações bancárias ao Banco Central do Brasil.

QUESTÃO 77

A propriedade tem especial tratamento na Constituição da República


vigente. Sobre este direito, é correto afirmar:

a)

Os entes públicos também podem ser titulares de propriedade.

b)

O direito autoral sobre obras intelectuais cai em domínio público com o


falecimento do autor, ainda que ele deixe herdeiros.

413
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

A desapropriação em casos de necessidade e utilidade pública ou interesse


social exige prévia e justa indenização em título da dívida pública.

d)

A lei estabeleceu a impenhorabilidade do bem de família do fiador em


contrato de locação.

e)

A reparação do dano e a decretação do perdimento de bens, no termos da


lei, podem ser estendidas aos sucessores além do valor do patrimônio
transferido.

QUESTÃO 78

Sobre o direito à vida, assinale a alternativa correta.

a)

O latrocínio, crime contra a vida, é julgado pelo Tribunal do Júri.

b)

Em tempos de guerra é permitida a pena de morte.

c)

A proteção do direito à vida inicia-se com o nascimento da pessoa.

d)

A permissão do aborto de feto anencéfalo foi incluída no ordenamento


jurídico por meio de emenda constitucional.

e)

É permitida a extradição de indivíduo condenado à pena de morte.

QUESTÃO 79

Sobre o direito à vida, assinale a alternativa correta.

a)

O latrocínio, crime contra a vida, é julgado pelo Tribunal do Júri.

b)

414
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Em tempos de guerra é permitida a pena de morte.

c)

A proteção do direito à vida inicia-se com o nascimento da pessoa.

d)

É permitida a extradição de indivíduo condenado à pena de morte.

e)

A permissão do aborto de feio anencéfalo foi incluída no ordenamento jurídico


por meio de emenda constitucional.

QUESTÃO 80

Sobre o direito à vida, assinale a alternativa correta.

a)

Em tempos de guerra é permitida a pena de morte.

b)

O latrocínio, crime contra a vida, é julgado pelo Tribunal do Júri.

c)

É permitida a extradição de indivíduo condenado à pena de morte.

d)

A proteção do direito à vida inicia-se com o nascimento da pessoa.

e)

A permissão do aborto de feto anencéfalo foi incluída no ordenamento jurídico


por meio de emenda constitucional.

Da organização do Estado (organização político-administrativa,


União, Estados Federados, Municípios, Distrito Federal e Territórios,
militares dos Estados, Distrito Federal e Territórios).

QUESTÃO 01

415
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Determinado Município do Estado da Bahia tem população de dois milhões,
seiscentos e setenta e cinco mil habitantes e ocupa uma área territorial de
seiscentos e noventa e três quilômetros quadrados.

Em tema de organização do Poder Legislativo Municipal, a Constituição da


República de 1988 estabelece que a Câmara do citado Município deve
observar o limite máximo de:

a)

vinte e um Vereadores, diante de seu número de habitantes e de sua extensão


territorial;

b)

vinte e cinco Vereadores, diante de seu número de habitantes;

c)

trinta e cinco Vereadores, diante de seu número de habitantes e de sua


extensão territorial;

d)

quarenta e três Vereadores, diante de seu número de habitantes;

e)

cinquenta e cinco Vereadores, diante de seu número de habitantes e de sua


extensão territorial.

QUESTÃO 02

A fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal,


mediante controle externo, e pelos sistemas de controle interno do Poder
Executivo Municipal.

Nesse sentido, a Constituição da República de 1988 dispõe que o parecer


prévio, emitido pelo órgão competente sobre as contas que o Prefeito deve
anualmente prestar:

a)

vinculará o julgamento pela Câmara Municipal, exceto se os vereadores


apontarem vício de legalidade;

b)

deverá ser aprovado pela maioria simples dos membros da Câmara Municipal;

416
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

poderá deixar de prevalecer por decisão da maioria absoluta dos membros


da Câmara Municipal;

d)

apenas será afastado pela Câmara Municipal por decisão do Tribunal de


Contas;

e)

só deixará de prevalecer por decisão de dois terços dos membros da Câmara


Municipal.

QUESTÃO 03

Quanto à Organização do Estado, analise as seguintes assertivas:

I. Os Territórios Federais integram a União, e sua criação, transformação em Estado ou


reintegração ao Estado de origem serão reguladas em lei complementar.
II. Os Estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para se anexarem a
outros, ou formarem novos Estados ou Territórios Federais, mediante aprovação da população
diretamente interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional, por lei ordinária.
III. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios criar distinções entre
brasileiros ou preferências entre si.

Quais estão corretas?


a)

Apenas I.

b)

Apenas I e II.

c)

Apenas I e III.

d)

Apenas II e III.

e)

I, II e III.

417
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 04

Analise as seguintes assertivas em relação ao que compete à União:

I. Permitir, nos casos previstos em lei ordinária, que forças estrangeiras transitem pelo território
nacional ou nele permaneçam temporariamente.
II. Elaborar e executar planos nacionais e regionais de ordenação do território e de
desenvolvimento econômico e social.
III. Explorar, diretamente ou mediante autorização, concessão ou permissão os serviços e
instalações de energia elétrica e o aproveitamento energético dos cursos de água, em articulação
com os Municípios onde se situam os potenciais hidroenergéticos.

Quais estão corretas?


a)

Apenas I.

b)

Apenas II.

c)

Apenas III.

d)

Apenas I e III.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 05

A União detém competência comum para:

a)

preservar as florestas, a fauna e a flora.

b)

decretar estado de defesa.

c)

estabelecer o ordenamento da Polícia Civil do Distrito Federal.

d)

418
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
legislar sobre direito penal.

e)

emitir moeda.

QUESTÃO 06

Compete privativamente à União legislar sobre:

a)

os serviços de transporte rodoviário interestadual e internacional de


passageiros.

b)

emissão da moeda.

c)

exploração de serviços e instalações de energia elétrica e o aproveitamento


energético dos cursos de água.

d)

desapropriação.

e)

a navegação aérea, aeroespacial e a infraestrutura aeroportuária.

QUESTÃO 07

Segundo o texto constitucional, para que as unidades federativas estaduais


possam se desmembrar, são necessárias

a)

a aprovação da população diretamente interessada, por meio de plebiscito;


e a edição de lei complementar pelo Congresso Nacional.

b)

a aprovação popular, mediante referendo nacional; e a edição de lei


estadual pelo estado a ser desmembrado.

c)

419
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a aprovação da população diretamente interessada, mediante plebiscito ou
referendo; e a edição de emenda à Constituição Federal.

d)

a aprovação popular, mediante referendo nacional; e a edição de resolução


do Senado Federal.

QUESTÃO 08

Conforme a CF, os municípios são

a)

dotados de soberania no âmbito nacional.

b)

regidos por constituição municipal.

c)

regidos por lei orgânica municipal.

d)

dotados de soberania no âmbito municipal.

QUESTÃO 09

A organização político-administrativo do Brasil é tema central no texto da


Constituição da República. Sobre esse tema, assinale a alternativa correta.

a)

É de competência exclusiva da União legislar sobre matérias referentes ao


acesso à cultura, educação, ciência, tecnologia, pesquisa e inovação

b)

Os Estados são organizados por meio de Lei Orgânica aprovada em suas


respectivas Assembleias Legislativas

c)

O número de vereadores é variável de acordo com o número de habitantes


do Município. Nas cidades com até 300.000 (trezentos mil) habitantes esse
número está limitado a 22 (vinte e dois) vereadores

d)

420
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O número de Deputados à Assembleia Legislativa corresponderá ao triplo da
representação do Estado na Câmara dos Deputados

e)

Compete aos Estados legislarem sobre trânsito e transporte

QUESTÃO 10

Como regra, na Federação Brasileira a União, os Estados, Distrito Federal e os


Municípios são todos considerados entes autônomos. Isso não impede, no
entanto, que a mesma Constituição Federal estabeleça diferenças de regimes
jurídicos entre eles. É exemplo dessas diferenças

a)

os Municípios não terem competência para prestar serviços públicos próprios.

b)

as contas municipais não estarem sujeitas à fiscalização de Tribunal de


Contas.

c)

os Municípios não possuírem competências legislativas próprias.

d)

os Municípios não possuírem Poder Judiciário, nem mesmo de primeira


instância.

e)

os Municípios poderem arrecadar, mas não instituir tributos próprios.

QUESTÃO 11

Resolução editada por Assembleia Legislativa determinou que os Deputados


estaduais passarão a receber remuneração em valor idêntico ao percebido
pelos Ministros do Supremo Tribunal Federal − STF. A matéria

a)

pode ser objeto de Resolução, uma vez que cabe à Assembleia Legislativa,
por ato interno, dispor sobre a remuneração dos Deputados estaduais,
podendo ser equivalente à remuneração dos Ministros do STF, que configura o
limite remuneratório máximo para o serviço público.

421
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

pode ser objeto de Resolução, uma vez que cabe à Assembleia Legislativa,
por ato interno, dispor sobre a remuneração dos Deputados estaduais, que,
todavia, apenas poderá ser equivalente à remuneração dos Deputados
federais, e não à remuneração dos Ministros do STF.

c)

não pode ser objeto de Resolução, uma vez que cabe à lei, de iniciativa da
Assembleia Legislativa, dispor sobre a remuneração dos Deputados estaduais,
que, todavia, poderá ser, no máximo, setenta e cinco por cento daquele
estabelecido, em espécie, para os Deputados Federais.

d)

não pode ser objeto de Resolução, uma vez que cabe à lei, de iniciativa da
Assembleia Legislativa, dispor sobre a remuneração dos Deputados estaduais,
podendo ser equivalente à remuneração dos Ministros do STF, que configura o
limite remuneratório máximo para o serviço público.

e)

não pode ser objeto de Resolução, uma vez que cabe à lei, de iniciativa da
Assembleia Legislativa, dispor sobre a remuneração dos Deputados estaduais,
devendo ser equivalente à remuneração do Governador, que configura o
limite remuneratório máximo para o serviço público estadual.

QUESTÃO 12

Dentre as competências a seguir, qual alternativa corresponde a(s)


competência(s) restrita(s) do Município?

a)

Promover, no que couber, adequado ordenamento territorial, mediante


planejamento e controle do uso, do parcelamento e da ocupação do solo
urbano.

b)

Seguridade social.

c)

Organização, garantias, direitos e deveres das polícias civis.

422
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

Combater as causas da pobreza e os fatores de marginalização, promovendo


a integração social dos setores desfavorecidos.

e)

Operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de


serviços de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação, ainda
que as operações e as prestações se iniciem no exterior.

QUESTÃO 13

No âmbito da repartição vertical de competências, compete à União


estabelecer normas gerais, vale dizer, diretrizes essenciais de comportamento.
Com base nesta afirmação, assinale a alternativa correta.

a)

Se a União não editar as normas gerais, os demais entes federativos poderão


legislar de forma plena sobre a matéria. Contudo, caso a União edite
posteriormente as normas gerais, as normas estaduais que lhe forem contrárias
serão revogadas.

b)

Os Estados e o Distrito Federal não possuem competência suplementar


complementar.

c)

Os Municípios são dotados de competência suplementar complementar, no


que for cabível.

d)

A CRF3/88 não adotou a teoria da repartição vertical concorrente não


cumulativa, mas sim a teoria da repartição vertical concorrente cumulativa.

e)

Caso a União não edite as normas gerais, os demais entes federados devem
impetrar mandado de segurança perante o STF para que seus direitos sejam
resguardados.

QUESTÃO 14

423
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Com referência à organização político-administrativa do Estado, assinale a
opção correta.

a)

De acordo com a CF, o Distrito Federal — unidade federada indivisível em


municípios — é a capital federal do país.

b)

Os municípios são subordinados administrativamente aos estados em que


estiverem localizados.

c)

Do ponto de vista político-administrativo, os estados federados são


subordinados à União.

d)

É permitido à União, mas vedado aos estados, recusar fé aos documentos


públicos.

e)

É vedado a todos os entes da Federação estabelecer cultos religiosos.

QUESTÃO 15

Incluem-se entre os bens do estado da Federação

a)

os terrenos de marinha.

b)

os recursos minerais, inclusive os do subsolo.

c)

as áreas, nas ilhas oceânicas e costeiras, que estiverem no seu domínio.

d)

o mar territorial.

e)

os potenciais de energia hidráulica.

424
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 16

Determinado Prefeito Municipal pretende criar um Tribunal de Contas no


Município para melhor fiscalizar as contas do Executivo e do Legislativo.
Conforme reza a Constituição Federal, essa pretensão do Prefeito

a)

não poderá ser concretizada, pois a Constituição veda a criação de Tribunais,


Conselhos ou órgãos de Contas Municipais.

b)

é viável e poderá ser concretizada, pois atende aos princípios constitucionais


da Administração Pública, em especial o da moralidade.

c)

poderá ser concretizada, desde que por meio de projeto de lei complementar
a ser apreciado e aprovado pela Câmara de Vereadores.

d)

não poderá ser aprovada, uma vez que não é admitida a criação de Tribunais
de Contas Municipais, mas apenas de Conselho de Contas.

e)

poderá ser viabilizada por meio de projeto de lei ordinária, mas apenas para
fiscalizar as contas do Executivo, e não do Legislativo.

QUESTÃO 17

Sobre a Organização Político-Administrativa dos Municípios, analise as


alternativas e indique a INCORRETA:

a)

A eleição do Prefeito, do Vice-Prefeito e dos Vereadores, terá mandato de


quatro anos, mediante pleito direto e simultâneo realizado em todo o País.

b)

O subsídio dos Vereadores será fixado pelas respectivas Câmaras Municipais


em cada legislatura para a subsequente, observado o que dispõe
esta Constituição, observados os critérios estabelecidos na respectiva Lei
Orgânica.

425
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

A fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal,


mediante controle externo, e pelos sistemas de controle interno do Poder
Executivo Municipal.

d)

O controle externo da Câmara Municipal será exercido com o auxílio dos


Tribunais de Contas dos Estados ou do Município ou dos Conselhos ou Tribunais
de Contas dos Municípios, onde houver.

e)

As contas dos Municípios poderão ficar, durante noventa dias,


semestralmente, à disposição de qualquer contribuinte, para exame e
apreciação, o qual poderá questionar-lhes a legitimidade.

QUESTÃO 18

Recentemente, um jornal noticiou a criação de um Grupo de Trabalho para salvar


o Pantanal, bioma que é constituído pela microrregião do Alto do Pantanal, do
Estado de Mato Grosso e pela microrregião do Baixo Pantanal, do Estado do Mato
Grosso do Sul. As microrregiões são constituídas por agrupamentos de Municípios
limítrofes, para integrar a organização, o planejamento e a execução de funções
públicas de interesse comum e, de acordo com a Constituição Federal, podem
ser instituídas

a)

pelos Municípios.

b)

pelos Estados.

c)

pela União.

d)

pela União e pelos Estados.

e)

pelos Estados e pelos Municípios.

QUESTÃO 19

426
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A organização político-administrativa da República Federativa do Brasil
compreende a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, todos
autônomos, nos termos da Constituição Federal. Com relação à organização
do Estado no Brasil, pode-se afirmar que:

a)

os Estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para


se anexarem a outros, mediante aprovação da população diretamente
interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional, por lei ordinária.

b)

a criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de Municípios,


serão feitos por meio de lei federal, e dependerão de consulta prévia,
mediante plebiscito, às populações dos Municípios envolvidos.

c)

é vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios


estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o
funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de
dependência ou aliança, mesmo as colaborações de interesse público.

d)

é vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios recusar fé


aos documentos públicos.

e)

é permitido à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios promover


distinções entre brasileiros ou preferências entre si.

QUESTÃO 20

Compete ao Município a prestação dos seguintes serviços:

a)

Energia elétrica e iluminação pública.

b)

Transportes coletivos estritamente municipais e iluminação pública.

c)

427
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Transportes coletivos intermunicipais e energia elétrica.

d)

Transportes coletivos intermunicipais e iluminação pública.

QUESTÃO 21

Acerca da liberdade religiosa em face do município, é CORRETO afirmar:

a)

É vedado ao município estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-


los, embaraçar- lhes o funcionamento ou manter com eles ou com seus
representantes relações de dependência ou aliança;

b)

É vedado ao Município estabelecer qualquer colaboração de interesse


público com organizações religiosas.

c)

Pode o Município definir sua religião oficial e impor a realização de cultos.

d)

Pode o Município determinar o fechamento de igrejas, centros espíritas e


outras instituições similares.

QUESTÃO 22

Sobre a organização das funções e competências do Município,


é CORRETO afirmar:

a)

A Câmara Municipal é composta de Vereadores eleitos, pelo sistema


proporcional, como representantes do povo, com mandato de quatro anos.

b)

Em caso de impedimento do Prefeito e do Vice-Prefeito, ou vacância do


cargo, assumirá a Administração Municipal o Juiz da Comarca.

c)

O Município pode instituir e majorar tributos através de decretos, portarias e


resoluções.

428
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

O Poder Executivo Municipal é chefiado pelo Prefeito ou pelo Secretário de


Go23verno.

QUESTÃO 23

A Lei Orgânica do Município deve seguir, entre outros preceitos previstos na


Constituição Federal, o preceito que determina que a iniciativa popular de
projetos de lei de interesse específico do Município, da cidade ou de bairros
ocorrerá por meio de manifestação de, pelo menos,

a)

5% (cinco por cento) do eleitorado.

b)

10% (dez por cento) do eleitorado.

c)

15% (quinze por cento) do eleitorado.

d)

20% (vinte por cento) do eleitorado.

e)

25% (vinte e cinco por cento) do eleitorado.

QUESTÃO 24

Dentre as competências asseguradas ao Município, em decorrência de sua


autonomia prevista na Constituição Federal de 1988, encontra-se a
competência de

a)

planejar e promover a defesa permanente contra as calamidades públicas,


especialmente as secas e as inundações.

b)

organizar, manter e executar a inspeção do trabalho.

c)

legislar sobre trânsito e transporte.

429
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

manter, com a cooperação técnica e financeira da União e do Estado,


programas de educação infantil e de ensino fundamental.

e)

exercer a classificação, para efeito indicativo, de diversões públicas e de


programas de rádio e televisão.

QUESTÃO 25

Acerca do regime dispensado ao Prefeito e ao Vice-Prefeito Municipais, é


correto afirmar que a Constituição Federal prevê que

a)

os subsídios do Prefeito, do Vice-Prefeito e dos Secretários Municipais sejam


fixados por lei de iniciativa do Chefe do Poder Executivo Municipal.

b)

a eleição do Prefeito, do Vice-Prefeito e dos Vereadores, para mandato de


três anos, seja feita mediante pleito direto e simultâneo realizado em todo o
País.

c)

a eleição do Prefeito e do Vice-Prefeito deve ser realizada no último domingo


de outubro do ano anterior ao término do mandato dos que devam suceder.

d)

não perderá o mandato o Prefeito que assumir outro cargo ou função na


administração pública direta ou indireta.

e)

o julgamento do Prefeito deverá ocorrer perante o Tribunal de Justiça,


preceito a ser observado pela Lei Orgânica Municipal.

QUESTÃO 26

É competência da Câmara Municipal, nos termos da Constituição Federal de


1988,

a)

430
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
votar a Lei Orgânica Municipal, em dois turnos, com o interstício mínimo de dez
dias, e aprová-la por 2/3 (dois terços) de seus membros.

b)

emitir parecer sobre as contas que o Prefeito deve anualmente prestar, sendo
estas julgadas, posteriormente, pelo Tribunal de Contas competente.

c)

disciplinar sua organização, observado o limite máximo de 10 (dez)


Vereadores, nos Municípios de mais de 50.000 (cinquenta mil) habitantes e de
até 80.000 (oitenta mil) habitantes.

d)

fixar o subsídio dos Vereadores para a legislatura, em sua primeira sessão


legislativa, observado, nos Municípios de 50.000 (cinquenta mil) a 100.000 (cem
mil) habitantes, como teto 30% (trinta por cento) do subsídio dos Deputados
Estaduais.

e)

aprovar o plano diretor, o instrumento básico da política de desenvolvimento e


de expansão urbana, obrigatório para cidades com mais de 10 (dez mil)
habitantes.

QUESTÃO 27

Segundo o art 29, da CF/88, para a composição das Câmaras Municipais, será
observado o limite máximo de, exceto:

a)

10 (dez) Vereadores, nos Municípios de até 15.000 (quinze mil) habitantes.

b)

11 (onze) Vereadores, nos Municípios de mais de 15.000 (quinze mil) habitantes


e de até 30.000 (trinta mil) habitantes.

c)

13 (treze) Vereadores, nos Municípios com mais de 30.000 (trinta mil) habitantes
e de até 50.000 (cinquenta mil) habitantes.

d)

431
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
21 (vinte e um) Vereadores, nos Municípios de mais de 160.000 (cento e
sessenta mil) habitantes e de até 300.000 (trezentos mil) habitantes.

QUESTÃO 28

A Constituição da República Federativa do Brasil estabelece alguns


parâmetros para a política de desenvolvimento urbano, sempre com o
objetivo de ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e
garantir o bem-estar dos seus habitantes. Esses parâmetros serão desenvolvidos
pela legislação infraconstitucional. A esse respeito, é correto afirmar que:

a)

somente a União pode legislar sobre a matéria;

b)

somente o Estado pode legislar sobre a matéria;

c)

somente o Município pode legislar sobre a matéria;

d)

a lei municipal deve seguir as diretrizes fixadas na lei editada pelo Estado;

e)

a lei municipal deve seguir as diretrizes fixadas na lei editada pela União.

QUESTÃO 29

Segundo a Constituição Federal de 1988, art.30, são competências dos


Municípios:

a)

Manter relações com Estados estrangeiros e participar de organizações


internacionais.

b)

Legislar privativamente, sobre direito civil, comercial, penal, administrativo e


militar.

c)

432
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Instituir e arrecadar os tributos de sua competência, bem como aplicar suas
rendas, sem prejuízo da obrigatoriedade de prestar contas e publicar
balancetes, nos prazos fixados em lei.

d)

São reservadas aos Municípios as competências que não lhes sejam vedadas
pela Constituição Federal de 1988.

e)

Dispor sobre a divisão dos Estados criando e extinguindo limitações de terra.

QUESTÃO 30

Em relação à organização político-administrativa, nos termos da Constituição


Federal, é incorreto afirmar:

a)

A reintegração de território será regulada por lei complementar.

b)

Os municípios podem ser incorporados por meio de lei estadual dentro do


período determinado por Lei Complementar Federal.

c)

O desmembramento de estado está sujeito à consulta prévia à população


envolvida mediante referendo.

d)

Os territórios federais integram a União.

e)

Faz-se necessária a divulgação de estudos de viabilidade municipal a fim de


viabilizar eventual fusão de município.

QUESTÃO 31

O Município “Y” possui 14.500 (quatorze mil e quinhentos) habitantes e o


Município “Z” 10.000.000 (dez milhões) de habitantes. De acordo com a
Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, para os Municípios “Y”

433
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e “Z”, na composição das Câmaras Municipais serão observados os limites
máximos de vereadores, respectivamente:

a)

12 e 65

b)

09 e 55

c)

20 e 70

d)

13 e 60

QUESTÃO 32

Os Territórios Federais integram a União e sua criação, transformação em


Estado ou reintegração ao Estado de origem serão reguladas em

a)

Autorização Legislativa.

b)

Decreto Legislativo.

c)

Emenda Constitucional.

d)

Lei Complementar.

e)

Medida Provisória.

QUESTÃO 33

São disposições da Constituição Brasileira de 1988 sobre a organização dos


municípios, EXCETO:

a)

434
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A fiscalização do município será exercida pelo Poder Legislativo municipal,
mediante controle externo e sistemas de controle interno do Poder Executivo
municipal.

b)

Cabe aos municípios, entre outras atribuições, instituir e arrecadar tributos de


sua competência.

c)

Compete ao Tribunal de Justiça o julgamento do prefeito.

d)

Compete privativamente ao município legislar, entre outras matérias, sobre


trânsito e transporte.

QUESTÃO 34

Tomando como base o artigo 25 da Constituição Federal do Brasil (1988), os


Estados organizam-se e regem-se pelas Constituições e leis que adotarem,
desde que observados os princípios da Constituição Federal brasileira. Nesse
sentido, sobre a Administração Pública, é correto afirmar que

a)

a fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo federal,


mediante controle interno, e pelos sistemas de controle externo do Poder
Executivo municipal, na forma da lei.

b)

a administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União,


dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de
legalidade, pessoalidade, moralidade, publicidade, propaganda e eficiência.

c)

a República Federativa do Brasil é formada pela união indissolúvel dos Estados


e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se, portanto, em Estado
democrático de direito e tem como fundamentos a soberania; a cidadania; a
dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e da livre
iniciativa; o pluralismo político.

d)

435
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a administração pública direta ou centralizada é o conjunto de pessoas
administrativas que, vinculadas à respectiva Administração Direta, tem o
objetivo de desempenhar atividades de forma descentralizada, fazendo a
transferência de serviços de uma pessoa para outra pessoa jurídica.

e)

as autarquias, empresas públicas, sociedade de economia mista e as


fundações são entes dependentes, subordinados de forma hierárquica à
respectiva Administração Direta e fiscalizados pela Administração Indireta.

QUESTÃO 35

O Município se rege por Lei Orgânica, votada em dois turnos, e aprovada pelo
seguinte quantitativo de membros da Câmara Municipal:

a)

2/5

b)

1/5

c)

1/3

d)

2/3

QUESTÃO 36

No que se refere aos entes federativos, assinale a opção correta.

a)

Os estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para


se anexarem a outros, ou formarem novos, desde que haja aprovação da
população interessada, por referendo, e do Congresso Nacional, por lei
aprovada por maioria simples.

b)

Para que ocorra o desmembramento do território de um estado, é necessário


que a população da área a ser desmembrada e a população do território
remanescente sejam consultadas.

436
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

Cabe à União o exercício de atribuições da soberania do Estado brasileiro,


razão por que esse ente se confunde com o próprio Estado federal.

d)

Compete à União, aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios assegurar a


defesa nacional.

e)

O município é dotado de capacidade de auto-organização e de


autoadministração, no exercício das competências administrativas e tributárias
conferidas pela constituição do estado no qual se localiza.

QUESTÃO 37

Assinale a opção correta em relação à organização do Estado.

a)

Compete à União, aos estados e aos municípios legislar concorrentemente


sobre direito eleitoral.

b)

Nos municípios, é possível a iniciativa popular de projetos de lei de interesse


específico da cidade mediante a manifestação de, pelo menos, cinco por
cento do eleitorado do respectivo ente federativo.

c)

A abolição da forma federativa de Estado é possível, mediante emenda


constitucional proposta por dois terços dos membros da Câmara dos
Deputados ou do Senado Federal.

d)

O ordenamento jurídico constitucional brasileiro admite o direito de secessão,


que se refere à descentralização político-administrativa.

e)

Em se tratando de competência legislativa concorrente, no caso de inexistir lei


federal sobre normas gerais, os estados exercerão a competência legislativa
plena, mas a superveniência de lei federal sobre normas gerais
revoga automaticamente a lei estadual sobre o tema.

437
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 38

Leia atentamente as afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA:

I - O Controle Jurisdicional é um tipo de sistema de controle de


constitucionalidade que é exercido pelo próprio Poder Judiciário, a quem
compete declarar a inconstitucionalidade de uma lei ou ato normativo, sendo
no Brasil exercido através do controle difuso e controle concentrado.

II - O objeto do Mandado de Injução será sempre a correção de ato ou


omissão de autoridade, desde que ilegal e ofensivo, de direito individual ou
coletivo, líquido e certo, do impetrante.

III - Os Municípios não possuem o Poder Judiciário, apenas o Legislativo e o


Executivo.

a)

Apenas a afirmativa I é verdadeira.

b)

Apenas a afirmativa II é falsa.

c)

Apenas a afirmativa III é falsa.

d)

Todas as afirmativas são falsas.

QUESTÃO 39

Atenção! Nessa questão de legislação, será consideradas as leis e suas


alterações até a data do início das inscrições deste concurso.

Com base na Constituição Federal e considerando-se o que está disposto no capítulo sobre os
Municípios, analisar a sentença abaixo:
A fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal, mediante controle
externo, e pelos sistemas de controle interno do Poder Executivo Municipal, na forma da lei (1ª
parte). O controle externo da Câmara Municipal será exercido com o auxílio dos Tribunais de
Contas dos Estados ou do Município ou dos Conselhos ou Tribunais de Contas dos Municípios,
onde houver (2ª parte).
A sentença está:
a)

438
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Totalmente correta.

b)

Correta somente em sua 1ª parte.

c)

Correta somente em sua 2ª parte.

d)

Totalmente incorreta.

QUESTÃO 40

O Vereador Eudésio, logo após tomar posse no cargo, decidiu estudar as


competências municipais para melhor exercer as suas funções. Considerando
a sistemática adotada pela Constituição da República Federativa do Brasil, é
correto afirmar que o Município pode:

a)

legislar sobre águas e energia, desde que tenham origem em seu território;

b)

legislar sobre direito econômico e financeiro, enquanto não editadas normas


gerais pela União;

c)

legislar sobre direito civil e comercial, observadas as normas gerais editadas


pela União;

d)

criar, organizar e suprimir distritos, observada a legislação estadual;

e)

criar parques nacionais, observadas as normas de proteção ao meio


ambiente.

Da organização dos poderes (poder legislativo, poder executivo,


poder judiciário).

QUESTÃO 01

439
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Com respeito à organização administrativa da administração pública, assinale
a opção correta.

a)

O Poder Executivo, além da sua função administrativa típica, pratica atos no


exercício da função jurisdicional quando aplica penalidades administrativas
aos servidores.

b)

A legislação infraconstitucional pode autorizar que os poderes da União


desempenhem funções atípicas, prestigiando o sistema de freios e
contrapesos estabelecido pela Constituição Federal de 1988.

c)

No regime federativo nacional, todos os componentes da federação


materializam o Estado, cada um deles atuando dentro dos seus limites de
competência traçados por lei complementar.

d)

O Poder Legislativo, além da função normativa própria, exerce a função


administrativa quando processa e julga o presidente da República nos crimes
de responsabilidade.

e)

O Poder Judiciário, além de sua função jurisdicional típica, pratica atos no


exercício de função normativa, como na elaboração dos regimentos internos
dos tribunais.

QUESTÃO 02

Nos termos da Constituição Federal, a convocação de plebiscito é


competência exclusiva

a)

do Senado Federal.

b)

do Presidente da República.

c)

440
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
do Congresso Nacional.

d)

da Câmara dos Deputados.

e)

do Procurador-Geral da República.

QUESTÃO 03

Conforme dispõe a Constituição Federal em relação aos Princípios


Fundamentais, assinale a alternativa correta.

a)

A cidadania e a soberania são princípios que regem as relações internacionais


do Brasil.

b)

Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de seus representantes
eleitos indiretamente, nos termos da Constituição.

c)

São Poderes da União, dependentes e interligados entre si, o Legislativo e o


Judiciário.

d)

Os valores sociais do trabalho e o repúdio ao terrorismo constituem objetivos


da República Federativa do Brasil.

e)

A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política,


social e cultural entre os povos da América Latina, visando à formação de
uma comunidade latino-americana de nações.

QUESTÃO 04

A respeito dos princípios fundamentais da Constituição Federal de 1988 (CF),


assinale a opção correta.

a)

441
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A soberania nacional pressupõe a soberania das normas internas fixadas pela
CF sobre os atos normativos das organizações internacionais nas situações em
que houver conflito entre ambos.

b)

A dignidade da pessoa humana não representa, formalmente, um


fundamento da República Federativa do Brasil.

c)

Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa visam proteger o trabalho


exercido por qualquer pessoa, desde que com finalidade lucrativa.

d)

Em decorrência do pluralismo político, é dever de todo cidadão tolerar as


diferentes ideologias político-partidárias, ainda que, na manifestação dessas
ideologias, haja conteúdo de discriminação racial.

e)

A forma federativa do Estado pressupõe a repartição de competências entre


os entes federados, que são dotados de capacidade de auto-organização e
de autolegislação.

QUESTÃO 05

Considere as seguintes situações à luz da Constituição da República e da


jurisprudência do Supremo Tribunal Federal:

I. Constituição estadual que estabelece a possibilidade de reexame, pelo


Tribunal de Contas estadual, das decisões administrativas fazendárias de
última instância contrárias ao erário, tomadas em processos administrativos nos
quais se discuta questão tributária.

II. Lei estadual que, ao dispor sobre a organização e estruturação de órgão da


Administração pública que desempenha funções afetas ao Poder Executivo,
impõe à Assembleia Legislativa o dever de indicar um representante para
integrar referido órgão.

III. Estabelecimento de multa diária contra o Poder Público em virtude de


descumprimento de obrigação de fornecimento de tratamento médico
individual, que lhe tenha sido imposta por força de decisão judicial.

442
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões

Há ofensa ao princípio constitucional da separação dos poderes em

a)
I, apenas.

b)

III, apenas.

c)

I e II, apenas.

d)

II e III, apenas.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 06

“A democracia é o governo do povo, o governo em que o povo manda, em que o povo decide.
No regime democrático é ele que comanda os destinos da organização política, o supremo juiz
das coisas do Estado.”
(VELLOSO, Carlos Mário da Silva; AGRA, Walber de Moura. 4ª edição. São Paulo, 2014, p.
19)
Qual o poder que melhor representa o governo do povo?
a)

Executivo.

b)

Legislativo.

c)

Judiciário.

d)

Moderador.

QUESTÃO 07

443
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
A atual Constituição Federal adota o Sistema de Tripartição de Poderes. A
respeito desse tema, assinale a alternativa correta.

a)

Os Poderes da União são entre si independentes e harmônicos.

b)

Os Poderes da União são interdependentes e harmônicos entre si.

c)

Os Poderes da União são: o Executivo, o Legislativo e o Moderador.

d)

Os Poderes Executivo e Judiciário são autônomos e dependentes entre si.

e)

O Poder Executivo centraliza as decisões políticas e administrativas dos demais


poderes.

QUESTÃO 08

O Legislativo, o Executivo e o Judiciário são

a)

poderes governamentais.

b)

órgãos da Administração Pública.

c)

poderes da União.

d)

órgãos executores das políticas públicas estatais.

e)

órgãos soberanos do Estado.

QUESTÃO09

444
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
No que concerne às relações entre as esferas do poder político no Brasil, é
correto afirmar:

a)

Há uma relação de subordinação dos Estados e Municípios em relação à


União.

b)

Não há hierarquia entre o Governo Federal e os Estados e Municípios, uma vez


que ambos são soberanos, por conta de sua autonomia protegida pela
Constituição Federal de 1988.

c)

Apenas o Estado Federal é soberano, cabendo aos Estados federados


autonomia protegida pela Constituição Federal de 1988.

d)

Os Estados e Municípios são entes autônomos que se originam da


desconcentração territorial/política.

e)

O Estado Federal não pode impor limites aos ordenamentos dos Estados
federados quanto à solução de litígios na ordem judiciária, pois não há
restrições ou limitações constitucionais a respeito da autonomia dos Estados-
membros.

QUESTÃO 10

Dadas as afirmativas a respeito dos Poderes da República,

I. O Poder Executivo é representado pelo Presidente da República e seu


Gabinete de Ministérios e Secretários.

II. A principal função do Poder Legislativo é a elaboração de leis que regulam


a vida da sociedade.

III. O Poder Judiciário pode tomar decisões legais, ainda que sejam contrárias
aos interesses do governo ou de outros grupos envolvidos em determinado
caso.

445
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
verifica-se que está(ão) correta(s)

a)

I, apenas.

b)

II, apenas.

c)

III, apenas.

d)

II e III, apenas.

e)

I, II e III.

QUESTÃO 11

Adão é deputado federal e pretende concorrer ao cargo de Governador do


Estado W, onde nasceu, educou-se e seguiu sua carreira política. Ao ser
proclamado vencedor na eleição, apresentou requerimento à Câmara dos
Deputados para exercer os dois cargos de forma concomitante, tendo em
vista a ausência de con?itos de interesse ou de qualquer outro tipo nessa
situação. Tal requerimento terá por impedimento o princípio da:

a)

eleição

b)

república

c)

democracia

d)

separação de poderes

e)

governança

446
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 12

“... Quando, na mesma pessoa ou no mesmo corpo de magistratura, o poder


legislativo está reunido ao poder executivo, não
existe liberdade; porque se pode temer que o mesmo monarca ou o mesmo
senado crie leis tirânicas para executá-las
tiranicamente. Tampouco existe liberdade se o poder de julgar não for
separado do poder legislativo e do executivo. Se
estivesse unido ao poder legislativo, o poder sobre a vida e a liberdade dos
cidadãos seria arbitrário, pois o juiz seria legislador.
Se estivesse unido ao poder executivo, o juiz poderia ter a força de um
opressor.

Tudo estaria perdido se o mesmo homem, ou o mesmo corpo dos principais,


ou dos nobres, ou do povo exercesse os três
poderes: o de fazer as leis, o de executar as resoluções públicas e o de julgar
os crimes ou as querelas entre os particulares....”
(MONTESQUIEU. O Espírito das Leis. Livro XI, Capítulo VI)

No texto acima transcrito, o autor defende a ideia contida no princípio da

a)

dignidade da pessoa humana.

b)

separação de poderes.

c)

prevalência dos direitos humanos.

d)

igualdade.

e)

soberania do Estado.

QUESTÃO 13

Em relação aos Princípios Fundamentais estabelecidos na Constituição


Brasileira, as seguintes afirmativas estão corretas, EXCETO Uma, que está
ERRADA. Assinale-a.

447
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e


Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito.

b)

São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o


Executivo e o MInisterial.

c)

A República Federativa do Brasil tem como fundamentos a soberania. a


cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do trabalho e
da livre iniciativa e o pluralismo político.

d)

Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes


eleitos ou diretamente.

e)

Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: construir


uma sociedade livre, justa e solidária, garantir o desenvolvimento nacional,
erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e
regionais.

QUESTÃO 14

São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si,

a)

a Federação brasileira, os Estados e os Municípios.

b)

o Ministério Público, a Defensoria Pública e a Procuradoria Geral do Estado.

c)

o Congresso Nacional, o Senado e a Câmara dos Deputados.

d)

o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.

e)

448
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
o Presidente da República, os Governadores e os Pre- feitos.

QUESTÃO 15

São poderes ou órgãos que existem, obrigatoriamente, na União, nos Estados e


em todos os Municípios:

a)

Poder Executivo e Poder Legislativo

b)

Poder Executivo, Poder Legislativo e Poder Judiciário.

c)

Poder Executivo, Poder Legislativo e Tribunal de Contas

d)

Poder Executivo, Poder Legislativo e Forças Armadas.

e)

Poder Executivo, Poder Legislativo e Poder Judiciário e Forças Armadas.

QUESTÃO 16

São poderes ou órgãos que existem, obrigatoriamente, na União, nos Estados e


em todos os Municípios:

a)

Poder Executivo, Poder Legislativo e Forças Armadas.

b)

Poder Executivo, Poder Legislativo e Poder Judiciário e Forças Armadas.

c)

Poder Executivo e Poder Legislativo.

d)

Poder Executivo, Poder Legislativo e Poder Judiciário.

e)

Poder Executivo, Poder Legislativo e Tribunal de Contas.

449
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 17

Nos termos do artigo 2º da Constituição da República Federativa do Brasil, é


correto afirmar que:

a)

os poderes da União são dependentes e harmônicos entre si.

b)

o poder da União se concentra nas forças armadas, que se dividem em


Exército, Marinha e Aeronáutica.

c)

o único poder da União é o Poder Executivo, representado pelo Presidente da


República.

d)

são poderes da União: Executivo, Legislativo e Judiciário.

e)

são poderes da União: a Presidência da República, o Senado Federal e o


Tribunal de Contas da União.

QUESTÃO 18

A organização dos Poderes do Estado já foi estabelecida de diferentes formas


nas diversas Constituições Federais que vigoraram no Brasil. O artigo 2º da
Constituição Federal de 1998 prevê que são Poderes da União, independentes
e harmônicos entre si, o

a)

Legislativo, Executivo, Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas.

b)

Legislativo, Executivo, Judiciário e Ministério Público.

c)

Legislativo, Executivo e Judiciário.

d)

Legislativo, Executivo, Judiciário e as Forças Armadas.

450
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

Legislativo, Executivo, Judiciário e o Moderador.

QUESTÃO 19

Considerando o que dispõe a Constituição Federal de 1988 (CF) acerca de


princípios fundamentais, assinale a opção correta.

a)

Não é fundamento da República Federativa do Brasil a soberania.

b)

A República Federativa do Brasil é formada pela união dissolúvel dos estados,


municípios e do Distrito Federal (DF).

c)

O pluralismo político não é fundamento da República Federativa do Brasil.

d)

Os Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário são poderes da União,


dependentes e harmônicos entre si.

e)

Constitui objetivo fundamental da República Federativa do Brasil, expresso no


texto constitucional, a construção de uma sociedade livre, justa e solidária.

QUESTÃO 20

São poderes da União, independentes e harmônicos entre si:

a)

o Congresso Nacional, a Presidência da República e o Supremo Tribunal


Federal.

b)

o Legislativo, o Executivo e o Judiciário..

c)

o Congresso Nacional, a Presidência da República, os Ministérios e os Tribunais


federais.

d)

451
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a Assembleia Legislativa, a Governadoria do Estado e o Tribunal de Justiça.

e)

a Assembleia Legislativa, a Governadoria do Estado e os Tribunais de Justiça e


de Alçada.

Da defesa do Estado e das Instituições Democráticas (estado de


defesa e estado de sítio, Forças Armadas, segurança pública).

QUESTÃO 01

A segurança viária, nos termos da Constituição Federal,

a)

compreende a educação, engenharia e fiscalização de trânsito, bem como a


execução de atividades de polícia judiciária e apuração de infrações penais
em matéria de trânsito, além de outras atribuídas em lei aos agentes de
trânsito.

b)

compete, no âmbito dos Municípios, às guardas municipais, que poderão


cumular com essa outras atividades destinadas à proteção de bens, serviços,
instalações municipais e de polícia ostensiva e preservação da ordem
pública.

c)

é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das


pessoas e do seu patrimônio nas vias públicas, competindo, no âmbito dos
Estados, aos respectivos órgãos ou entidades executivos e seus agentes de
trânsito.

d)

compreende atividades previstas em lei, que assegurem ao cidadão o direito


à mobilidade urbana eficiente, de competência, no âmbito da União, das
polícias rodoviária e ferroviária federal.

e)

452
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
compete, no âmbito da União, à polícia federal, instituída por lei como órgão
permanente, organizado e estruturado em carreira.

QUESTÃO 02

Incumbem às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira, nos


termos da Constituição Federal:

a)

ressalvada a competência dos Municípios, as funções de polícia judiciária e a


apuração de infrações penais, inclusive as militares.

b)

ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a


apuração de infrações penais, inclusive as militares.

c)

ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a


apuração de infrações penais, exceto as militares.

d)

ressalvada a competência dos Municípios, as funções de polícia ostensiva e a


apuração de infrações penais, exceto as militares.

e)

ressalvada a competência da União, as funções de polícia ostensiva e a


apuração de infrações penais, inclusive as militares.

QUESTÃO 03

Assinale a alternativa correta acerca do estado de defesa e do estado de sítio,


conforme disposto na Constituição Federal.

a)

O Presidente da República pode decretar estado de defesa por tempo


indeterminado.

b)

Na vigência do estado de defesa, a prisão por crime contra o Estado só pode


ser determinada pelo juiz competente.

c)

453
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O Presidente da República pode, independentemente de autorização do
Congresso, decretar o estado de sítio.

d)

O decreto do estado de sítio indicará sua duração, as normas necessárias a


sua execução e as garantias constitucionais que ficarão suspensas, e, depois
de publicado, o Presidente da República designará o executor das medidas
específicas e as áreas abrangidas.

QUESTÃO 04

Acerca das disposições constitucionais sobre segurança pública, assinale a


alternativa correta.

a)

O STF definiu o rol do artigo 144, CRFB/88 como exemplificativo, de modo que
é permitida, aos Estados, a instituição de polícias penitenciárias ou outros
modelos de policiamento desde que, em Constituição Estadual.

b)

É proibida a instituição, pela União, de órgãos com propósito de coordenar as


políticas de segurança e de integrá-las com outras ações do governo, de
modo que se contesta a instituição da secretária nacional antidrogas.

c)

As leis sobre segurança nos três planos federativos de governo devem estar em
conformidade com a CRFB/88, assim como as respectivas estruturas
administrativas e as próprias ações concretas das autoridades policiais.

d)

A polícia marítima é exercida pela Policia Rodoviária Federal e tem atuação


em portos prestando-se, ao controle da entrada e da saída de pessoas e bens
do país.

e)

As polícias militares são forças auxiliares e reservas do exército, embora


subordinadas aos governadores de Estado, e têm como atribuição
constitucional, entre outras, a lavratura de termos circunstanciados e, nos
crimes militares, a investigação policial.

454
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 05

Atente ao que se diz a respeito dos órgãos de segurança pública do Brasil,


previstos na Constituição Federal de 1988, e assinale com V o que for verdadeiro e
com F o que for falso.

( ) A Polícia Federal é mantida pela União e tem por destinação, dentre outras,
prevenir e reprimir o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins.

( ) Nas rodovias federais, a Polícia Federal fiscaliza, prioritariamente, veículos que


transportam cargas.

( ) As Polícias Civis Estaduais incumbem-se, ressalvada a competência da União,


das funções, dentre outras, de apuração de infrações penais, inclusive infrações
militares.

( ) As Polícias Militares Estaduais são subordinadas aos governadores dos estados e


são responsáveis pelo policiamento ostensivo e preventivo, e pela manutenção
da ordem pública.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a)

V, F, F, V.

b)

F, V, F, V.

c)

V, F, V, F.

d)

F, V, V, F.

QUESTÃO 06

Nos termos da Constituição Federal, os policiais militares estaduais têm, entre


suas funções,

a)

a segurança nacional, se o caso.

b)

a garantia dos poderes constitucionais.

455
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
c)

a preservação da ordem pública.

d)

a de polícia judiciária.

e)

a apuração de infrações penais.

QUESTÃO 07

De acordo com o exposto na Constituição Federal de 1988, o Presidente da


República pode, ouvidos o Conselho da República e o Conselho de Defesa
Nacional, decretar estado de defesa para preservar ou prontamente
restabelecer, em locais restritos e determinados, a ordem pública ou a paz
social ameaçadas por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas
por calamidades de grandes proporções na natureza. Diante disso, na
vigência do estado de defesa, a Constituição determina que

a)

pode haver restrições ao sigilo de comunicação telegráfica e telefônica.

b)

é impossível se estabelecer restrições aos direitos de reunião.

c)

a prisão ou detenção de qualquer pessoa poderá ser superior a dez dias.

d)

é permitida a incomunicabilidade do preso.

QUESTÃO 08

A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é


exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das
pessoas e do patrimônio, por meio de órgãos variados, dentre eles a polícia
federal, cujas competências envolvem

a)

exercer, sem exclusividade, as funções de polícia judiciária da União e atuar


no patrulhamento ostensivo das ferrovias federais.

456
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

prevenir e reprimir o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, não


cabendo a esse órgão atuar para prevenir e reprimir o contrabando e o
descaminho.

c)

executar as funções de polícia marítima, aeroportuária e de fronteiras e


exercer as atividades de patrulhamento ostensivo das rodovias federais.

d)

apurar infrações penais contra a ordem política e social ou em detrimento de


bens, serviços e interesses da União ou de suas entidades autárquicas e
empresas públicas.

QUESTÃO 09

Além da polícia federal, outros órgãos atuam para promover a segurança


pública no âmbito do território brasileiro, como é o caso das polícias civis, das
polícias militares e corpos de bombeiros militares. A Constituição, tratando das
diretrizes referentes a esses entes, determinou que

a)

às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira, incumbem,


ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a
apuração de infrações penais, exceto as militares.

b)

às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira, incumbem,


ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a
apuração de infrações penais, inclusive das militares.

c)

as polícias militares e corpos de bombeiros militares, forças auxiliares e reserva


do Exército, subordinam-se, juntamente com as polícias civis, aos Prefeitos e
Governadores dos Estados.

d)

as polícias militares e corpos de bombeiros militares, forças auxiliares e reserva


do Exército, subordinam-se, juntamente com as polícias civis, ao Presidente da
República, Prefeitos e Governadores dos Estados.

457
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 10

Qual destinação da Polícia Federal está INCORRETA, dentro das atribuídas


pela Constituição Federal?

a)

Exercer as funções de polícia marítima.

b)

Executar atividade de defesa civil.

c)

Exercer, com exclusividade, as funções de polícia judiciária da União.

d)

Apurar infrações penais em detrimento de bens, serviços e interesses da União.

e)

Exercer as funções de polícia de fronteiras.

QUESTÃO 11

Segundo a Constituição da República Federativa do Brasil, os membros das Forças Armadas


são denominados militares.
São disposições constitucionais aplicáveis aos membros das Forças Armadas, EXCETO:
a)

Ao militar, são proibidas a sindicalização e a greve.

b)

O militar, enquanto em serviço ativo, não pode estar filiado a partido político.

c)

Ao militar da ativa não é deferido o direito de liberdade de associação.

d)

As patentes, com prerrogativas, direitos e deveres a elas inerentes, são


conferidas pelo Presidente da República.

QUESTÃO 12

Respeitadas a legislação e a competência federal e estadual, a Guarda


Municipal poderá, nos limites de suas atribuições, EXCETO:

458
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

Coordenar a manutenção e operacionalização das viaturas colocadas à


disposição.

b)

Colaborar nas atividades dos postos de polícia comunitária.

c)

Atuar com firmeza e dedicação na proteção e segurança do cidadão.

d)

Coordenar as atividades da defesa civil.

QUESTÃO 13

A Guarda Municipal, de caráter civil, exercerá vigilância diurna e noturna dos


bens de uso comum, assim entendidos como, EXCETO:

a)

Unidades de saúde.

b)

Hospitais privados.

c)

Vias públicas.

d)

Cemitérios.

QUESTÃO 14

Incumbe às guardas municipais, instituições de caráter civil, uniformizadas e


armadas conforme previsto em lei, a função de proteção municipal
preventiva, ressalvadas as competências da União, dos Estados e do Distrito
Federal. Todas as alternativas abaixo apresentam princípios mínimos de
atuação das guardas municipais, EXCETO:

a)
Proteção dos direitos humanos fundamentais, do exercício da cidadania e das
liberdades públicas.

459
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

Patrulhamento preventivo.

c)

Compromisso com a evolução social da comunidade.

d)

Uso excessivo da força.

QUESTÃO 15

Pedro e Ivo, guardas municipais e estudantes de Direito, travaram intensa


discussão a respeito do denominado princípio da separação dos poderes,
bem como a que estrutura de poder estariam vinculados e subordinados. A
esse respeito, é correto afirmar que a guarda municipal está:

a)

funcionalmente vinculada ao Poder Judiciário, pois deve cumprir as ordens


judiciais;

b)

administrativamente vinculada aos órgãos de segurança pública, pois deve


proteger o patrimônio municipal;

c)

funcionalmente subordinada ao Poder Judiciário e administrativamente


vinculada ao Poder Executivo;

d)

administrativa e funcionalmente subordinada ao Poder Executivo, devendo


cumprir suas ordens;

e)

funcionalmente subordinada aos órgãos de segurança pública e


administrativamente vinculada ao Poder Judiciário.

QUESTÃO 16

A Constituição de 1988 atribuiu a diversos órgãos o dever de zelar pela


segurança pública. A respeito da divisão de competências entre esses órgãos,
é correto afirmar que:

460
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

a polícia federal deve realizar o patrulhamento ostensivo das rodovias federais;

b)

a polícia marítima federal é responsável pelas funções de polícia portuária;

c)

a polícia aeronáutica federal é responsável pelas funções de polícia


aeroportuária;

d)

à guarda municipal incumbe a preservação da incolumidade das pessoas e


do seu patrimônio;

e)

as polícias militares realizam a polícia ostensiva e a preservação da ordem


pública.

QUESTÃO 17

Acerca da segurança pública, da organização do Estado e


da nacionalidade, na forma como previstas na Constituição Federal de 1988
(CF), assinale a alternativa correta.

a)

Considere que Paulo tenha cometido um crime de roubo no Banco de Brasília


(BRB). Nesse caso, competirá à Polícia Federal apurar tal crime.

b)

Aos agentes de trânsito compete, no âmbito dos estados e do DF, a


segurança viária, exercida para a preservação da ordem pública e da
incolumidade das pessoas e do seu patrimônio nas vias públicas.

c)

Compete privativamente à União legislar a respeito da proteção à infância e


à juventude.

d)

Suponha-se que o governador do DF não esteja assegurando os princípios


constitucionais sobre os direitos da pessoa humana. Nesse caso, a

461
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
intervenção da União no DF dependerá de solicitação da Câmara Legislativa
do DF.

e)

Suponha-se que Pedro, que é filho de Antônio e de Maria, tenha nascido na


Alemanha quando sua mãe estava a trabalho para a República Federativa
do Brasil. Nesse caso, Pedro poderá naturalizar-se como brasileiro.

QUESTÃO 18

Sobre Segurança Pública, considerando o texto constitucional vigente no País,


é CORRETO afirmar:

a)

Ressalvadas a competência da União, cabe à Polícia Civil as funções de


polícia judiciária e a apuração de infrações penais, inclusive as militares.

b)

Compete às polícias militares a polícia ostensiva e a preservação da ordem


pública

c)

A prevenção e a repressão ao tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins é


de competência da Polícia Rodoviária Federal.

d)

Incumbe às guardas municipais a atividade de policiamento ostensivo na área


territorial de seus respectivo município, além da proteção dos bens, serviços e
instalações da municipalidade.

e)

É de competência da Polícia Rodoviária Federal o patrulhamento ostensivo


das rodovias federais e estaduais.

QUESTÃO 19

A respeito do capítulo “Das Forças Armadas”, previsto na Constituição Federal,


assinale a alternativa INCORRETA:

a)

462
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
O militar, enquanto em serviço ativo, somente pode se filiar a partidos políticos
após dez anos em atividade.

b)

As polícias militares e corpos de bombeiros militares são forças auxiliares e


reserva do Exército.

c)

As mulheres e os eclesiásticos ficam isentos do serviço militar obrigatório em


tempo de paz, sujeitos, porém, a outros encargos que a lei lhes atribuir.

d)

O oficial só perderá o posto e a patente se for julgado indigno do oficialato ou


com ele incompatível, por decisão de tribunal militar de caráter permanente,
em tempo de paz, ou de tribunal especial, em tempo de guerra.

QUESTÃO 20

Presidente da República constara no decreto que instituir o estado de defesa,


as medidas adiante coercitivas que poderão restringir direitos, exceto:

a)

Reunião, ainda que exercida no seio das associações.

b)

Sigilo de correspondência.

c)

Sigilo de comunicacão telegráfica.

d)

Sigilo de comunicação te!efônica.

e)

Violabilidade domiciliar.

Da administração pública.

QUESTÃO 01

463
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Para Alexandre de Moraes (2015) Administração pública e seus agentes devem perseguir o bem
comum, de forma eficaz, sem burocracia, sempre buscando a qualidade, otimizando o uso dos
recursos públicos de maneira a evitar- se desperdícios e garantir-se uma maior rentabilidade
social.

O princípio Constitucional da Administração pública que o autor se refere no texto acima é:


a)

Rentabilidade.

b)

Moralidade.

c)

Legalidade.

d)

Eficiência.

e)

Impessoalidade.

QUESTÃO 02

Lei de determinado Estado da Federação dispõe que:

“Art. 1º. Fica incluído no calendário de eventos oficiais do Estado Delta o Festival de Música
Delta, a ser realizado anualmente, no mês de outubro, fruto da iniciativa privada do grupo
publicitário Ômega.
Art. 2º. Anualmente, o Poder Executivo destinará à Secretaria de Cultura os recursos
necessários à montagem e à realização do Festival de Música Delta, como forma de incentivo à
livre iniciativa e à geração de empregos.
§ único: O aparato de segurança e o controle de trânsito necessário à realização dessa festa,
ficarão a cargo da Secretaria de Segurança Pública.”

A lei acima transcrita é


a)

constitucional, por servir de instrumento de garantia ao desenvolvimento


nacional.

b)

464
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
inconstitucional, por ferir os princípios da impessoalidade e da moralidade
administrativa.

c)

constitucional, por obedecer ao fundamento da República de apoiar a livre


iniciativa.

d)

inconstitucional, por não obedecer ao princípio da eficiência na alocação de


verba pública.

e)

constitucional, por dar suporte à iniciativa que irá gerar empregos com
redução de desigualdades.

QUESTÃO 03

A Constituição Federal estabelece bases para o bom exercício da


Administração Pública. Neste contexto, assinale a alternativa que não reflete
mandamento constitucional relacionado ao tema.

a)

Os vencimentos dos cargos dos Poderes Legislativo e Judiciário não podem ser
superiores aos pagos pelo Executivo

b)

O direito de greve no serviço público é permitido, nos limites instituídos em lei


específica

c)

Apenas aos brasileiros natos há acesso a cargos, funções e empregos


públicos, desde que preenchidos requisitos estabelecidos em lei

d)

É possível a contratação de servidor público temporário, devendo existir lei


específica tratando sobre o tema e sua excepcionalidade

e)

As funções de confiança são destinadas apenas àquelas de chefia,


assessoramento e direção

465
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
QUESTÃO 04

Assinale a alternativa correta acerca do estado de defesa e do estado de sítio,


conforme disposto na Constituição Federal.

a)

O Presidente da República pode decretar estado de defesa por tempo


indeterminado.

b)

Na vigência do estado de defesa, a prisão por crime contra o Estado só pode


ser determinada pelo juiz competente.

c)

O Presidente da República pode, independentemente de autorização do


Congresso, decretar o estado de sítio.

d)

O decreto do estado de sítio indicará sua duração, as normas necessárias a


sua execução e as garantias constitucionais que ficarão suspensas, e, depois
de publicado, o Presidente da República designará o executor das medidas
específicas e as áreas abrangidas.

QUESTÃO 05

Assinale a alternativa correta, de acordo com a Constituição Federal de 1988.

a)

Na publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos


públicos, é obrigatória a promoção pessoal de autoridades ou servidores
públicos por meio da indicação de nomes, símbolos ou imagens.

b)

Não cabe às pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado,


prestadoras de serviços públicos, responder pelos danos que seus agentes,
nessa qualidade, causarem a terceiros.

c)

Os atos de improbidade administrativa importarão a suspensão dos direitos


políticos, a perda da função pública, a indisponibilidade dos bens e o

466
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
ressarcimento ao erário, na forma e gradação previstas em lei, sem prejuízo da
ação penal cabível.

d)

A contratação, por tempo determinado, para atender a necessidade


temporária de excepcional interesse público se aplica apenas aos cargos de
professor de instituições federais de ensino.

e)

Um servidor público da administração direta, autárquica e fundacional, no


exercício de mandato eletivo federal, estadual ou distrital, não poderá afastar-
se de seu cargo, emprego ou função.

QUESTÃO 05

Quando um servidor público, no exercício de suas funções, aceita presente de


uma empresa ganhadora de um processo licitatório, está infringindo qual
princípio da administração pública?

a)

Legalidade

b)

Impessoalidade

c)

Moralidade

d)

Publicidade

QUESTÃO 06

No art. 37 da Constituição Federal de 1988, estão estabelecidos alguns


princípios que deverão ser obedecidos pela administração pública direta e
indireta de qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e
dos Municípios. São princípios a serem obedecidos os abaixo relacionados,
EXCETO:

a)

legalidade.

467
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

moralidade

c)

efetividade.

d)

publicidade.

e)

eficiência.

QUESTÃO 08

Os princípios da administração pública que encontramse estampados


no caput do art. 37 da Constituição Federal são os seguintes:

a)

Princípios do contraditório, da compensação, da imoralidade e eficácia.

b)

Princípios da ilegalidade, comunicabilidade, sigilo e pessoalidade.

c)

Princípios do sigilo, privacidade, eficácia e ilegalidade.

d)

Princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.

QUESTÃO 09

Os princípios da administração pública que encontram-se estampados


no caput do art. 37 da Constituição Federal são os seguintes:

a)

Princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.

b)

Princípios do sigilo, privacidade, eficácia e ilegalidade.

c)

468
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Princípios da ilegalidade, comunicabilidade, sigilo e pessoalidade.

d)

Princípios do contraditório, da compensação, da imoralidade e eficácia.

QUESTÃO 10

Assinale como “V” as assertivas verdadeiras e “F” as falsas, de acordo com o


art. 37 da Constituição Federal, que regula a administração pública:

I. Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que


preencham os requisitos estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na
forma da lei.

II. A investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia


em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a
natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei,
ressalvadas as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre
nomeação e exoneração.

III. O prazo de validade do concurso público será de até dois anos, prorrogável
uma vez, por igual período.

IV. Durante o prazo prorrogável previsto no edital de convocação, aquele


aprovado em concurso público de provas ou de provas e títulos será
convocado com prioridade sobre novos concursados para assumir cargo ou
emprego, na carreira.

a)

Apenas as assertivas III e IV são falsas.

b)

Somente as assertivas II e III são verdadeiras.

c)

Somente as assertivas I e IV são verdadeiras.

d)

Apenas as assertivas I, II e III são verdadeiras.

QUESTÃO 11

469
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
São princípios da administração pública expressamente previstos no artigo 37
da Constituição Brasileira:

a)

Finalidade, eficácia, legalidade, publicidade e impessoalidade.

b)

Legalidade, eficiência, moralidade, publicidade e impessoalidade.

c)

Finalidade, eficácia, moralidade, publicidade e impessoalidade.

d)

Legalidade, impessoalidade, motivação, publicidade e eficácia.

QUESTÃO 12

A Administração Pública direta e indireta de qualquer dos poderes da União,


dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios obedecerá aos seguintes
princípios (Constituição Federal, Art.37):

a)

impessoalidade, obediência, publicidade e eficiência.

b)

legalidade, pessoalidade, moralidade, transparência e eficiência.

c)

legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.

d)

legalidade, impessoalidade, probidade administrativa, publicidade e


eficiência.

e)

legalidade, impessoalidade, probidade administrativa, publicidade e


eficiência.

QUESTÃO 13

Os princípios da Administração Pública, expressos no art. 37 da Constituição


Federal, são:

470
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a)

legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.

b)

legalidade, impessoalidade, transparência, publicidade e economicidade.

c)

legalidade, solidariedade, moralidade, publicidade e eficácia.

d)

legalidade, solidariedade, ética, transparência e eficiência.

e)

legalidade, impessoalidade, ética, publicidade e economicidade.

QUESTÃO 14

A Reforma do Estado, em 1998, que culminou na Emenda Constitucional nº 19,


incluiu na Constituição da República regras que são consequência direta do
princípio da eficiência. Assim, analise as afirmativas abaixo e assinale a
alternativa correta .

I. A autonomia gerencial, orçamentária e financeira dos órgãos e entidades


da administração direta e indireta poderá ser ampliada mediante contrato, a
ser firmado entre seus administradores e o poder público, que tenha por objeto
a fixação de metas de desempenho para o órgão ou entidade

II. O servidor público estável poderá perder o cargo mediante procedimento


de avaliação periódica de desempenho, na forma de lei complementar,
assegurada ampla defesa.

III. A União, os Estados e o Distrito Federal manterão escolas de governo para a


formação e o aperfeiçoamento dos servidores públicos, constituindo-se a
participação nos cursos um dos requisitos para a promoção na carreira,
facultada, para isso, a celebração de convênios ou contratos entre os entes
federados.

Estão corretas as afirmativas:

a)

I e II, apenas

471
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
b)

I, II e III

c)

I e III , apenas

d)

II e III , apenas

QUESTÃO 15

De acordo com o exposto na Constituição Federal de 1988, o Presidente da


República pode, ouvidos o Conselho da República e o Conselho de Defesa
Nacional, decretar estado de defesa para preservar ou prontamente
restabelecer, em locais restritos e determinados, a ordem pública ou a paz
social ameaçadas por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas
por calamidades de grandes proporções na natureza. Diante disso, na
vigência do estado de defesa, a Constituição determina que

a)

pode haver restrições ao sigilo de comunicação telegráfica e telefônica.

b)

é impossível se estabelecer restrições aos direitos de reunião.

c)

a prisão ou detenção de qualquer pessoa poderá ser superior a dez dias.

d)

é permitida a incomunicabilidade do preso.

QUESTÃO 16

Sobre os princípios da Administração Pública, podemos afirmar:

I – A Administração deve manter-se numa posição de neutralidade em


relação aos administrados, ficando proibida de estabelecer discriminações
gratuitas. Só pode fazer discriminações que se justifiquem em razão do
interesse coletivo, pois as gratuitas caracterizam abuso de poder e desvio de
finalidade, que são espécies do gênero ilegalidade.

472
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
II – A Administração deve atuar com moralidade, isto é de acordo com a lei.
Tendo em vista que tal princípio integra o conceito de legalidade, decorre a
conclusão de que ato imoral é ato ilegal, ato inconstitucional e, portanto, o
ato administrativo estará sujeito a um controle do Poder Judiciário.

III – A Administração tem o dever de manter plena transparência de todos os


seus comportamentos, inclusive de oferecer informações que estejam
armazenadas em seus bancos de dados, quando sejam solicitadas, em razão
dos interesses que ela representa quando atua.

IV – A Administração Pública deve buscar um aperfeiçoamento na prestação


dos serviços públicos, mantendo ou melhorando a qualidade dos serviços,
com economia de despesas.

Estão corretas:

a)

I, III e IV, apenas.

b)

II, III e IV, apenas.

c)

I e III, apenas.

d)

Todas as afirmativas.

QUESTÃO 17

Considerando o disposto no texto constitucional, a Administração Pública


direta e indireta da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios
obedecerá a alguns princípios, exceto:

a)

legitimidade.

b)

publicidade.

c)

moralidade

473
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
d)

impessoalidade.

e)

eficiência.

QUESTÃO 18

Assinale a opção correta a respeito dos princípios da administração pública.

a)

Em decorrência do princípio da hierarquia, nega-se o direito de greve e de


livre associação sindical para funcionários do Poder Judiciário.

b)

Em decorrência do princípio da legalidade, é permitido ao agente público


praticar atos administrativos que não sejam expressamente proibidos pela lei.

c)

A observância dos princípios da eficiência e da legalidade é obrigatória


apenas à administração pública direta.

d)

A proibição de nomear parentes para ocupar cargos comissionados na


administração pública é expressão da aplicação do princípio da moralidade.

e)

O princípio da publicidade não está expressamente previsto na CF.

QUESTÃO 19

Considerando que a administração pública é o conjunto das normas, leis e


funções desempenhadas para organizar a administração do Estado em todas
as suas instâncias e tem como principal objetivo o interesse público, seguindo
os princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade, moralidade,
publicidade e eficiência (art. 37, Constituição Federal de 1988), anote a
alternativa ERRADA:

a)

474
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Os cargos, empregos e funções da Administração Pública são acessíveis
exclusivamente aos brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em
lei.

b)

A Administração pública pode assumir duas vertentes: a primeira é a ideia de


servir e executar; a segunda envolve a ideia de direção ou gestão. Nas duas
visões há a presença inarredável, da relação de subordinação e hierarquia.

c)

A organização da administração pública brasileira divide-se em administração


direta e indireta.

d)

A administração indireta do Estado é o conjunto de pessoas administrativas


que, vinculadas à administração direta, têm o objetivo de desempenhar as
atividades administrativas de forma descentralizada.

e)

A Administração Pública exerce suas funções por meio de seus agentes,


órgãos, entes e atividades públicas, garantindo a direta e imediata realização
plena dos fins alçados pelo Estado.

QUESTÃO 20

De acordo com a Constituição Federal de 1988, a administração pública


direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios obedecerá, dentre outros, ao princípio de

a)

objetividade.

b)

legalidade.

c)

exclusividade.

d)

conveniência.

475
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
e)

direcionamento.

DIREITO PENAL MILITAR

Aplicação da lei penal militar.

QUESTÃO 01

Acompanhe o caso hipotético. Um Capitão da Polícia Militar do Estado de São


Paulo, inativo e com 65 (sessenta e cinco) anos de idade comete uma
transgressão disciplinar. Considerando o teor da Súmula 56 do Supremo
Tribunal Federal: “Militar reformado não está sujeito à pena disciplinar”, é
correto afirmar que

a)

os policiais militares ativos e inativos (reserva e agregados) poderão ser


submetidos ao Regulamento Disciplinar, porém o Capitão, em razão de sua
idade, encontra-se reformado, portanto, aplicando-se a Súmula, não poderá
ser submetido à Procedimento Disciplinar.

b)

os policiais militares inativos, no Estado de São Paulo, somente serão


submetidos a Procedimento Disciplinar na hipótese de cometimento, quando
ainda na ativa, de transgressão disciplinar.

c)

o Regulamento Disciplinar da Polícia Militar do Estado de São Paulo determina


a sua aplicação aos militares inativos (reformados e agregados) do Estado,
porém, em razão do Capitão encontrar-se na reserva, poderá ser submetido a
Procedimento Disciplinar.

d)

476
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a invocação da Súmula 56 do STF revela-se indevida para os inativos, pois o
Regulamento Disciplinar determina a sua aplicação aos militares do Estado do
serviço ativo, da reserva remunerada, aos reformados e aos agregados.

e)

o Regulamento Disciplinar da Polícia Militar do Estado de São Paulo determina


a sua aplicação aos militares do Estado do serviço ativo, da reserva
remunerada, aos reformados, excetuando-se apenas os agregados.

QUESTÃO 02

O Direito Penal Militar consagra, no Código Penal Militar, o Princípio da Reserva


Legal como um dos direitos individuais fundamentais. São princípios
decorrentes deste:

a)

o princípio da legalidade, o princípio da ultra-atividade da lei penal e o


princípio da territorialidade.

b)

o princípio da irretroatividade da lei penal, o princípio da legalidade e o


princípio da extraterritorialidade.

c)

o princípio da anterioridade da lei penal, o princípio da irretroatividade da lei


penal e o princípio da retroatividade da lei mais benéfica ao réu.

d)

o princípio da retroatividade da lei penal, o princípio da aplicação da lei


excepcional e o princípio da legalidade.

QUESTÃO 03

REFERÊNCIAS LEGISLATIVAS PARA SOLUÇÃO DA QUESTÃO.

Constituição Federal:

Art. 84 Compete privativamente ao Presidente da República:

XIX- declarar guerra, no caso de agressão estrangeira, autorizado pelo


Congresso Nacional ou referendado por ele, quando ocorrida no intervalo das
sessões legislativas, e, nas mesmas condições, decretar total ou parcialmente,

477
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
a mobilização nacional.

Código Penal Militar:


Crimes militares em tempo de paz

Art. 9°.

parágrafo único. Os crimes de que trata este artigo quando dolosos contra a
vida e cometidos contra civil serão da competência da justiça comum, salvo
quando praticados no contexto de ação militar realizada na forma do artigo
303 da Lei 7.565, de 19 de dezembro de 1986- Código Brasileiro de
Aeronáutica.

Crimes militares em tempo de guerra

Art. 10. Consideram-se crimes militares em tempo de guerra:

I- os especialmente previstos neste Código para o tempo de guerra;


II- os crimes militares para o tempo de paz;
III- os crimes previstos neste Código, embora também o sejam com igual
definição na lei penal comum ou especial, quando praticados, qualquer que
seja o agente:
a) em território nacional, ou estrangeiro, militarmente ocupado;
b) em qualquer lugar, se comprometem ou podem comprometer a
preparação, a eficiência ou as
operações militares ou, de qualquer forma, atentam contra a segurança
externa do País ou podem
expô-lo a perigo;
IV- os crimes definidos na lei penal comum ou especial, embora não previstos
neste Código, quando praticados em zona de efetivas operações militares ou
em território estrangeiro, militarmente ocupado.

Tempo de guerra

Art. 15. O tempo de guerra, para os efeitos da aplicação da lei penal militar,
começa com a declaração ou o reconhecimento do estado de guerra, ou
com o decreto de mobilização se nele estiver compreendido aquele
reconhecimento; e termina quando ordenada a cessação das hostilidades.

Hostilidade contra país estrangeiro

Art. 136. Praticar o militar ato de hostilidade contra país estrangeiro, expondo o
Brasil a perigo de guerra:

478
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
Pena – reclusão, de 08 (oito) a 15 (quinze) anos.

Resultado mais grave

§ 1º Se resulta ruptura de relações diplomáticas, represália ou retorsão:

Pena- Reclusão, de 10 (dez) a 24 (vinte e quatro) anos.

§ 2° Se resulta guerra:

Pena- reclusão, de 12 (doze) a 30 (trinta) anos.

Espionagem

Art. 366. Praticar qualquer dos crimes previstos nos arts. 143 e seu § 1º , 144 e
seus §§ 1º e 2°, e 146, em favor do inimigo ou comprometendo a preparação,
a eficiência ou as operações militares:

Pena- morte, grau máximo; reclusão, de 20 (vinte) anos, grau mínimo.

Caso de concurso:

parágrafo único. No caso de concurso por culpa, para execução do crime


previsto no art. 143, § 2°, ou de revelação culposa (art. 144, § 3º ):

Pena- reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos.

Evasão de prisioneiro

Art. 395. Evadir-se o prisioneiro de guerra e voltar a tomar armas contra o Brasil
ou Estado aliado:

Pena- morte, grau máximo; reclusão, de 20 (vinte) anos, grau mínimo.

Parágrafo único. Na aplicação deste artigo, serão considerados os tratados e


as convenções
internacionais aceitos pelo Brasil relativamente ao tratamento dos prisioneiros
de guerra.

Lei nº 7.565, de 19 de dezembro de 1986.

Art. 14. No tráfego de aeronaves no espaço aéreo brasileiro, observam-se as


disposições estabelecidas nos Tratados, Convenções e Atos Internacionais de
que o Brasil seja parte (artigo 1º, § 1º), neste Código (artigo 1º, § 2°) e na

479
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
legislação complementar (artigo 1º, § 3º).

§ 1º Nenhuma aeronave militar ou civil a serviço de Estado estrangeiro e por


este diretamente utilizada (artigo 3º , I) poderá, sem autorização, voar no
espaço aéreo brasileiro ou aterrissar no território subjacente.

§ 2° É livre o tráfego de aeronave dedicada a serviços aéreos privados (artigos


177 a 179), mediante informações prévias sobre o vôo planejado (artigo 14, §
4°).

§ 3º A entrada e o tráfego no espaço aéreo brasileiro, da aeronave dedicada


a serviços aéreos públicos (artigo 175), dependem de autorização, ainda que
previstos em acordo bilateral (artigos 203 a 213).

§ 4° A utilização do espaço aéreo brasileiro, por qualquer aeronave, fica


sujeita às normas e condições estabelecidas, assim como às tarifas de uso das
comunicações e dos auxílios à navegação aérea em rota (artigo 23)

§ 5° Estão isentas das tarifas previstas no parágrafo anterior as aeronaves


pertencentes aos aeroclubes.

§ 6° A operação de aeronave militar ficará sujeita às disposições sobre a


proteção ao vôo e ao tráfego aéreo, salvo quando se encontrar em missão de
guerra ou treinamento em área específica.

Art. 303. A aeronave poderá ser detida por autoridades aeronáuticas,


fazendárias ou da Polícia Federal, nos seguintes casos:

I- se voar no espaço aéreo brasileiro com infração das convenções ou atos


internacionais, ou das autorizações para tal fim;
II- se, entrando no espaço aéreo brasileiro, desrespeitar a obrigatoriedade de
pouso em aeroporto internacional;
III- para exame dos certificados e outros documentos indispensáveis;
IV- para verificação de sua carga de restrição legal (artigo 21) ou de porte
proibido de equipamento (parágrafo único do artigo 21);
V- para averiguação de ilícito.

§ 1º A autoridade aeronáutica poderá empregar os meios que julgar


necessários para compelir a aeronave a efetuar o pouso no aeródromo que
lhe for indicado.

§ 2° esgotados os meios coercitivos legalmente previstos, a aeronave será


classificada como hostil, ficando sujeita à medida de destruição, nos casos dos
incisos do caput deste artigo e após autorização do Presidente da República

480
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
ou autoridade por ele delegada.

§ 3º A autoridade mencionada no § 1º responderá por seus atos quando agir


com excesso de poder ou com espírito emulatório.

ESTATUTO DE ROMA:

Artigo 8°

Crimes de Guerra

1. O Tribunal terá competência para julgar os crimes de guerra, em particular


quando cometidos como parte integrante de um plano ou de uma política ou
como parte de uma prática em larga escala desse tipo de crimes.

2. Para os efeitos do presente Estatuto, entende-se por "crimes de guerra":

a) as violações graves às Convenções de Genebra, de 12 de agosto de 1949,


a saber, qualquer um dos seguintes atos, dirigidos contra pessoas ou bens
protegidos nos termos da Convenção de Genebra que for pertinente:

iv) destruição ou a apropriação de bens em larga escala, quando não


justificadas por quaisquer necessidades militares e executadas de forma ilegal
e arbitrária;

b) outras violações graves das leis e costumes aplicáveis em conflitos armados


internacionais no âmbito do direito internacional, a saber, qualquer um dos
seguintes atos:

ii) dirigir intencionalmente ataques a bens civis, ou seja bens que não sejam
objetivos militares;

v) atacar ou bombardear, por qualquer meio, cidades, vilarejos, habitações


ou edifícios que não estejam defendidos e que não sejam objetivos militares;

ix) dirigir intencionalmente ataques a edifícios consagrados ao culto religioso,


à educação, às artes, às ciências ou à beneficência, monumentos históricos,
hospitais e lugares onde se agrupem doentes e feridos, sempre que não se
trate de objetivos militares;

xiii) destruir ou apreender bens do inimigo, a menos que tais destruições ou


apreensões sejam imperativamente determinadas pelas necessidades da
guerra;

481
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
xxiii) utilizar a presença de civis ou de outras pessoas protegidas para evitar
que determinados pontos, zonas ou forças militares sejam alvo de operações
militares;

xxiv) dirigir intencionalmente ataques a edifícios, material, unidades e veículos


sanitários, assim como o pessoal que esteja usando os emblemas distintivos das
Convenções de Genebra em conformidade com o direito internacional;

xxv) provocar deliberadamente a inanição da população civil como método


de guerra, privando-a dos bens indispensáveis à sua sobrevivência, impedindo,
inclusive, o envio de socorros, tal como previsto nas Convenções de Genebra;

ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA:

I - O conceito de conflito armado internacional dado pelos tratados de direito


internacional dos conflitos armados encontra plena correspondência no
Código Penal Militar, como se pode observar dos artigos 10 e 15 do CPM.
Dessa forma, o crime do artigo 366 do CPM pode se caracterizar em sede de
ataque de uma força militar estrangeira contra organizações militares das
Forças Armadas brasileiras, dentro do território nacional, ainda que não haja
declaração de guerra.
II - O crime do artigo 136 do CPM se aplica ao militar das Forças Armadas
brasileiras que, mesmo não atuando em nome da República Federativa do
Brasil, ultrapasse as nossas fronteiras, e realize um ataque contra uma
organização militar estrangeira de país vizinho. Perante o direito internacional
dos conflitos armados, contudo, o ataque, para caracterizar uma situação de
conflito armado internacional, deve ser realizado em nome do Estado
beligerante ou organização equivalente capaz de desencadear um ataque.
III - No caso do item anterior, mesmo não tendo o ataque sido realizado em
nome da República Federativa do Brasil, caso a resposta do Estado vítima do
ato de hostilidade praticado pelo agente do crime do artigo 136 do CPM
constitua em contra-ataque, ainda que não caracterizado o estado de
guerra, tal como exigido pela ordem jurídica brasileira, configurada estará a
condição de maior punibilidade do § 2° do referido dispositivo.
IV - a condição pessoal de militar das Forças Armadas brasileiras, servindo em
alguma unidade da fronteira, que atue na conformidade das elementares do
artigo 136 do CPM, atacando uma unidade estrangeira do país vizinho, porém

482
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
assim fazendo em nome próprio, sem qualquer autorização da República
Federativa do Brasil, não permite a caracterização do conflito armado
internacional e, pela mesma razão, não preenche as elementares do tipo
mencionado.

a)

I e II estão corretas.

b)

II, III e IV estão corretas

c)

apenas a II está correta.

d)

apenas a IV está correta.

QUESTÃO 04

IMAGINE-SE UM CENÁRIO DE CONFLITO ARMADO INTERNACIONAL EM QUE O


BRASIL SEJA UM PAÍS NEUTRO E O NOSSO ESPAÇO AÉREO FOI INVADIDO POR
UMA AERONAVE SANITÁRIA MILITAR DE UM DOS PAÍSES BELIGERANTES,
INEXISTINDO ACORDO ENTRE O BRASIL E A REFERIDA POTÊNCIA BELIGERANTE
SOBRE SOBREVOO DO TERRITÓRIO NACIONAL NESSAS CIRCUNSTÂNCIAS.
EMBORA DEVIDAMENTE SINALIZADA A AERONAVE SANITÁRIA, O PILOTO, UM
OFICIAL AVIADOR, INVADIU O ESPAÇO AÉREO BRASILEIRO DE FORMA
CONSCIENTE, E DELIBERADAMENTE RECUSOU-SE A ATENDER TODAS AS ORDENS
DO AVIADOR MILITAR BRASILEIRO DE SE IDENTIFICAR E ATERRISSAR PARA
INSPEÇÃO, MESMO TENDO-O AVISTADO E OUVIDO OS AVISOS VIA RÁDIO.
ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA COM RELAÇÃO ÀS POSSÍVEIS PROVIDÊNCIAS
ADOTADAS PELA FORÇA AÉREA BRASILEIRA E SEUS REFLEXOS NO DIREITO
INTERNACIONAL DOS CONFLITOS ARMADOS E NO DIREITO PENAL MILITAR:

I - O aviador da Força Aérea Brasileira, mesmo diante da recalcitrância do


piloto do avião militar sanitário do inimigo, não poderia efetuar o tiro de
destruição dessa aeronave, pois se trata de pessoa e bem protegido, não se
aplicando os §§1° e 6° do artigo 14 da Lei 7.565/86.
II - O piloto brasileiro que realizar o tiro de destruição na situação acima
descrita, embora no contexto de ação militar em hipótese de conflito armado
internacional, deve fazê-lo observando as disposições do artigo 303 da Lei
7.565/86, do contrário, cometerá crime comum, na conformidade do

483
Turma Elite Soldado PM MG
Monster Concursos
Caderno 1001 Questões
parágrafo único do artigo 9° do CPM, com a redação dada pela Lei
12.432/11.
III - Caso seja realizado o tiro de destruição contra a aeronave sanitária militar,
este ato será considerado ato hostil para todos os efeitos do direito
internacional dos conflitos armados, caracterizando outro conflito armado
internacional, tornando o Brasil parte e, portanto, abandonando a posição de
país neutro.
IV - a aeronave estrangeira militar, no caso mencionado, de acordo com o
direito de guerra, está navegando por sua conta e risco.

a)

todas estão erradas.

b)

apenas a IV está correta.

c)

apenas a II está correta.

d)

apenas a I está correta.

QUESTÃO 05

Com relação a tempo e lugar do crime, bem como à territorialidade e


extraterritorialidade da lei penal militar, assinale a opção correta à luz do CPM
e da doutrina de referência.

a)

No que se refere à aplicação da lei penal militar no espaço, adota-