Anda di halaman 1dari 78

SEGURO AUTOMÓVEL

CONDIÇÕES GERAIS
E ESPECIAIS

(+244) 225 300 068 WWW.MASTERSEGUROS.CO.AO


SEGURO
INTELIGENTE
WWW.MASTERSEGUROS.CO.AO
ÍNDICE Capítulo IV
Pagamento, Fraccionamento e Alteração
CONDIÇÕES GERAIS de Prémios
.17 Artigo 18° - Pagamento e
PARTE I - DO SEGURO OBRIGATÓRIO DE Fraccionamento dos Prémios
RESPONSABILIDADE CIVIL .17 Artigo 19° - Alteração e Estorno do
CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE Prémio

.05 Artigo Preliminar Capítulo V


Agravamentos e Bonificações por
Capítulo I Sinistralidade
Definições, Objecto e Garantias do .18 Artigo 20° - Agravamentos e
Contrato, Coberturas Facultativas, Bonificações por Sinistralidade
Âmbito Territorial, Âmbito da Cobertura e
Exclusões. Capítulo VI
.05 Artigo 1 ° - Definições Obrigações das Partes Contratantes
.06 Artigo 2° - Objecto e Garantias do .18 Artigo 21° - Obrigações da Seguradora
Seguro Obrigatório de Responsabilidade .19 Artigo 22° - Obrigações do Tomador de
Civil Seguro
.07 Artigo 3° - Coberturas Complementares .20 Artigo 23° - Ressarcimento dos Danos -
Artigo 4° - Âmbito Territorial Coberturas Complementares
.07 Artigo 5° - Âmbito de Cobertura .20 Artigo 24° - Valor da Indemnização
.07 Artigo 6° - Exclusões - Regra Proporcional - Coberturas
Complementares
Capítulo II .21 Artigo 25° - Redução e/ou Reposição de
Formação e Início, Duração e Resolução, Capital - Coberturas Complementares
Caducidade e Nulidade do Contrato, .21 Artigo 26° - Direitos Ressalvados -
Alienação do Veículo e Transmissão de Coberturas Complementares
Direitos.
.10 Artigo 7° - Formação e Início do Capítulo VII
Contrato Disposições Diversas
.11 Artigo 8° - Duração do Contrato .21 Artigo 27° - Penalidade por Falta de
.11 Artigo 9° - Resolução, Redução e Outras Participação em Caso de Reclamação de
Modificações do Contrato Terceiro
.12 Artigo 10° - Alienação do Veículo .21 Artigo 28° - Comunicações e
.12 Artigo 11° - Nulidade do Contrato Notificações entre as Partes
.13 Artigo 12° - Transmissão de Direitos .21 Artigo 29° - Direito de Regresso
.22 Artigo 30º - Sub-rogação
Capítulo III .22 Artigo 31° - Prova de Seguro
Agravamento do Risco, Valor Seguro, .22 Artigo 32º- Pluralidade de Veículos
Franquia, Insuficiência de Capital, .23 Artigo 33° - Documentos Válidos para o
Pluralidade de Seguros. Seguro Obrigatório de Responsabilidade
.13 Artigo 13° - Agravamento do Risco Civil
.14 Artigo 14° - Valor Seguro .23 Artigo 34º- Participação Amigável
.16 Artigo 15° - Franquia .23 Artigo 35° - Legislação Aplicável e
.16 Artigo 16° - Insuficiência de Capital Arbitragem
.16 Artigo 17° - Pluralidade de Seguros .23 Artigo 36° - Casos Omissos

3
.23 Artigo 37° - Foro .73 I - Serviço de Pronto-Socorro
.73 J - Transporte de Matérias Perigosas
ANEXOS .74 K - Exclusão dos Riscos de Laboração
.74 L - Suspensão do Seguro
.24 Anexo A - Sistema de Bonificações e .74 M - Seguro de Frota
Agravamento por Sinistralidade (Bónus/ .74 N - Inclusão de Serviço de Reboque
Malus) .74 O - Exclusão de Serviço de Reboque
.26 Anexo B - Tabela de Incapacidades .74 P - Reboques Agrícolas
.31 Anexo C - Tabela de Desvalorização .75 Q - Franquia em Responsabilidade Civil
.43 Anexo D – Garantias e Limites Protecção .75 R – Salvados
Jurídica .75 S - Veículo de Matrícula Estrangeira
.54 Anexo E – Garantias de Assistência em .75 T - Falta de Pagamento de Prémios
Viagem e Seus Limites .75 U - Seguro de Automóveis e Motociclos
Antigos
CONDIÇÕES ESPECIAIS .75 V - Incêndios Ocasionados por
Máquinas Agrícolas/Industriais
PARTE II – GARANTIAS .75 W - Veículo Adaptado a Deficiente
COMPLEMENTARES Motor
.75 X – Veículos em Trânsito
.32 AU2 - Responsabilidade Civil .76 Y – Veículos de Provas Desportivas
Facultativa
.33 AU3 - Choque, Colisão e Capotamento
.36 AU4 - Incêndio Raio e Explosão
.37 AU5 - Furto ou Roubo
.38 AU6 - Protecção Jurídica
.43 AU7 - Assistência em Viagem
.57 AU8 - Ocupantes do Veículo
.61 AU9 - Riscos Catastróficos da Natureza
.63 AU10 - Perda Total 62
.64 AU11 - Quebra Isolada de Vidros
.65 AU12 - Privação Temporária de Uso
.66 AU13 - Valor de Substituição em Novo
.67 AU14 - Veiculo de Substituição
.69 AU15 - Prejuízos Adicionais

CLAÚSULAS ESPECIAIS

.72 A – Extras
.72 B - Danos Ocasionados na Pintura de
Letras
.72 C - Prémios Fraccionados
.72 D - Credor Hipotecário
.72 E - Exclusão de Serviço de Aluguer
.72 F - Passageiros Transportados em
Ambulâncias
.72 G - Seguro de Automobilista
.73 H - Seguro de Garagista

4
CONDIÇÕES GERAIS Capítulo I - Definições, Objecto e Garantias
do Contrato, Coberturas Complementares,
PARTE I - DO SEGURO OBRIGATÓRIO DE Âmbito Territorial, Âmbito de Cobertura e
RESPONSABILIDADE CIVIL Exclusões
CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE
Artigo 1º - Definições
ARTIGO PRELIMINAR
A - Comuns ao Seguro Obrigatório de
1. Entre a MASTER SEGUROS SA, adiante Responsabilidade Civil e às Coberturas
designada por Seguradora, e o Tomador Complementares
de Seguro mencionado nas Condições
Particulares, estabelece-se um contrato Para efeitos do presente contrato entende-
de seguro que se regula pelas Condições se por:
Gerais, Especiais e Particulares desta
Apólice, de harmonia com as declarações Seguradora: A entidade legalmente
constantes da Proposta que lhe serviu de autorizada para exercer a actividade
base e da qual faz parte integrante. seguradora e que subscreve com o
Tomador de Seguro o presente contrato.
2. Constitui objecto principal do presente
contrato, dar cumprimento à obrigação de Tomador de Seguro: A pessoa ou entidade
segurar a responsabilidade civil decorrente que contrata com a Seguradora, sendo
da circulação do veículo ou veículos responsável pelo pagamento dos prémios.
mencionados nas Condições Particulares.
Segurado: A pessoa ou entidade no
3. De acordo com o previsto no Artigo 3º, interesse da qual o contrato é celebrado.
poderão, também, ser objecto do contrato
outros riscos ou garantias das coberturas Terceiro: Aquele que, em consequência de
complementares, nos termos e condições um Sinistro coberto por este contrato, sofra
estipulados nas Condições e Cláusulas uma lesão que origine danos susceptíveis
Especiais que expressamente sejam de, nos termos da lei civil e desta Apólice,
contratadas. serem reparados ou indemnizados.

4. A cobertura correspondente ao Seguro Sinistro: O evento ou série de eventos


de Responsabilidade Civil Automóvel é resultantes de uma mesma causa
regulada pelo estatuído na respectiva susceptível de fazer funcionar as garantias
legislação aplicável e pelo disposto nas do contrato.
Condições Gerais da Apólice.
Lesão Corporal: Ofensa que afecte a saúde
5. As coberturas complementares física ou mental causando um dano.
ficam sujeitas e são reguladas pelo
estipulado nas Condições Particulares Lesão Material: Ofensa que afecte
e nas Condições ou Cláusulas Especiais qualquer coisa móvel, imóvel ou animal,
aplicáveis, bem como pelo estabelecido causando um dano.
nas Condições Gerais, na medida em
que não contrariem o especificamente Dano Patrimonial: Prejuízo que, sendo
estipulado naquelas. susceptível de avaliação pecuniária, deve
ser reparado ou indemnizado.
Dano Não Patrimonial: Prejuízo que, não marca, modelo, antiguidade e estado de
sendo susceptível de avaliação pecuniária, conservação do Veículo Seguro.
deve, no entanto, ser compensado através
do cumprimento de uma obrigação Valor Venal: O valor comercial médio
pecuniária. cotado no mercado de veículos usados,
para venda por parte do Tomador de
Franquia: Valor fixo ou percentual que, em Seguro no momento do Sinistro, de um
caso de Sinistro, fica a cargo do Tomador veículo da mesma marca, modelo e
de Seguro e se encontra estipulado nas antiguidade do veiculo seguro.
Condições Particulares, não sendo, no
entanto, oponível a Terceiros. Perda Total: Desaparecimento do Veículo
Seguro ou destruição do mesmo quando
Nas Coberturas Complementares a se verifique uma das seguintes situações:
Franquia é, salvo acordo em contrário,
dedutível à indemnização a pagar e a) A reparação seja possível, mas o
poderá ser contratada em montante seu custo exceda 75% (setenta e cinco
fixo ou em percentagem, nos termos por cento) do valor seguro do veículo
estipulados nas Condições Especiais ou determinado pela aplicação da Tabela
Particulares. de Desvalorização.

Apólice: Documento ou conjunto de b) A reparação não seja materialmente


documentos que contém as condições possível ou tecnicamente aconselhável,
reguladoras do contrato de seguro e do de modo a cumprir com os requisitos
qual fazem parte integrante as Condições de segurança.
Gerais, as Condições ou Cláusulas
Especiais, as Condições Particulares que Danos Parciais: Danos causados ao
individualizam os riscos cobertos e as Actas Veículo Seguro, em consequência de
Adicionais emitidas para complementar Sinistro coberto pelo contrato, passíveis
ou modificar o contrato. de reparação por não se enquadrarem na
definição de Perda Total.
B - Específicas das Coberturas
Complementares Beneficiário: Pessoa, singular ou colectiva,
destinatária da prestação da Seguradora.
Valor em Novo: Preço de venda ao
público do Veículo Seguro, em Angola, Artigo 2º - Objecto e Garantias do Seguro
no mês e ano da sua primeira matrícula, Obrigatório de Responsabilidade Civil
considerando todos os impostos e
encargos aplicáveis e sem quaisquer 1. O presente contrato corresponde ao
descontos comerciais, acrescido do valor legalmente exigido quanto à obrigação
dos extras não integrados de origem, se se de segurar a Responsabilidade Civil (AU1)
pretender inclui-los no seguro. decorrente da circulação de veículos
terrestres a motor, seus reboques ou semi-
Valor de Substituição: O valor comercial reboques perante Terceiros, transportados
médio cotado no mercado de veículos ou não, por danos patrimoniais e não
usados, para a aquisição por parte do patrimoniais decorrentes de lesões
Tomador de Seguro, no momento corporais ou materiais, nos termos da lei.
do Sinistro, de um veículo da mesma

6
2. O presente contrato garante: 3. As Coberturas Complementares poderão
ser contratadas individualmente ou
a) A Responsabilidade Civil do agrupadas em módulos, abrangendo riscos
proprietário do veículo, usufrutuário, isolados ou conjunto de riscos, nos termos
adquirente com reserva de e limites enunciados nas Condições ou
propriedade ou locatário em regime de Cláusulas Especiais respectivas e nas
locação financeira, bem como dos seus Condições Particulares.
legítimos detentores e condutores,
pelos prejuízos causados a Terceiros Artigo 4º - Âmbito Territorial
em virtude da circulação do Veículo
Seguro, até aos limites e nas condições O presente contrato de seguro abrange o
legalmente estabelecidas; território de Angola.

b) Os danos causados a Terceiros, Artigo 5º - Âmbito de Cobertura


provenientes de acidentes de
viação dolosamente provocados ou O presente contrato de seguro abrange
resultantes de furto, roubo ou furto de relativamente a acidentes ocorridos
uso. no território de Angola, a obrigação de
indemnizar estabelecida na Lei, até ao
Artigo 3º - Coberturas Complementares montante do Capital Seguro, por Sinistro
e por veículo causador, e relativamente
1. Mediante convenção expressa nas aos danos emergentes de acidentes não
Condições Particulares, poderão ser excepcionados na legislação angolana
objecto do presente contrato outros aplicável.
riscos e/ou garantias, de harmonia com
as coberturas e exclusões constantes Artigo 6º - Exclusões
nas respectivas Condições Especiais que
tiverem sido contratadas. A – Exclusões Gerais

2. Constituem, designadamente, 1. Excluem-se da garantia do seguro os


Coberturas Complementares susceptíveis danos decorrentes de lesões corporais
de serem contratadas: sofridos pelo condutor do Veículo Seguro.

AU2 - Responsabilidade Civil Facultativa 2. Excluem-se também da garantia do


AU3 - Choque, Colisão e Capotamento seguro quaisquer danos decorrentes de
AU4 - Incêndio Raio e Explosão lesões materiais causados às seguintes
AU5 - Furto ou Roubo pessoas:
AU6 - Protecção Jurídica
AU7 - Assistência em Viagem a) Condutor do veículo e Tomador de
AU8 - Ocupantes do Veículo Seguro;
AU9 - Riscos Catastróficos da Natureza
AU10 - Perda Total b) Todos aqueles cuja responsabilidade
AU11- Quebra Isolada de Vidros é, nos termos legais, garantida,
AU12 - Privação Temporária de Uso nomeadamente em consequência da
AU13 - Valor de Substituição em Novo co-propriedade do Veículo Seguro;
AU14 - Veiculo de Substituição
AU15 - Prejuízos Adicionais c) Representantes legais de pessoas

7
colectivas ou sociedades responsáveis acidente por danos não patrimoniais.
pelo acidente, quando no exercício das
suas funções; 4. Excluem-se igualmente da garantia do
seguro:
d) Cônjuge, ascendentes, descendentes
ou adoptados das pessoas referidas a) Os danos causados no próprio
nas alíneas a) e b), assim como outros Veículo Seguro;
parentes ou afins até ao 3º grau das
mesmas pessoas, mas, neste último b) Os danos causados nos bens
caso, só quando com elas coabitem ou transportados no Veículo Seguro, quer
vivam a seu cargo; se verifiquem durante o transporte,
quer em operações de carga e
e) Aqueles que, nos termos dos descarga;
Artigos. 495°, 496° e 499° do Código
Civil, beneficiem de uma pretensão c) Quaisquer danos causados a
indemnizatória decorrente de vínculos Terceiros em consequência de
com alguma das pessoas referidas nas operações de carga e descarga;
alíneas anteriores;
d) Os danos devidos, directa ou
f) Aos passageiros, quando indirectamente, a explosão, libertação
transportados: de calor ou radiação, provenientes de
desintegração ou fusão de átomos,
i) Em número ou de modo a aceleração artificial de partículas ou
comprometer a sua segurança ou a radioactividade;
segurança da condução;
e) Quaisquer danos causados por
ii) Fora dos assentos, salvo nas Veículos e Equipamentos que laboram
condições excepcionais legalmente em obras de construção civil quando
autorizadas; não estiverem licenciadas para
circularem na via pública;
iii) No banco da frente, desde
que tenham idade inferior a 12 f) Quaisquer danos causados por
(doze) anos de idade, salvo se o Veículos de aluguer para transporte de
veículo não dispuser de banco na passageiros;
retaguarda ou se tal transporte
se fizer utilizando acessório g) Quaisquer danos causados por
devidamente homologado; Veículos de prestação de serviços nos
aeroportos;
iv) Em motociclos e ciclomotores,
desde que tenham idade inferior a f) Quaisquer danos ocorridos durante
7 (sete) anos. provas desportivas e respectivos
treinos oficiais, salvo tratando-se de
3. No caso de falecimento, em seguros celebrados especificamente
consequência do acidente, de qualquer para esse fim, de harmonia com a lei
das pessoas referidas nas alíneas d) e e) em vigor, caso em que se aplicarão as
do número anterior, é excluída qualquer presentes Condições Gerais com as
indemnização ao responsável culposo do devidas adaptações que constarem nas

8
Condições Particulares. se encontrar por decisão judicial,
temporária ou definitivamente, inibido
5. Nos casos de roubo, furto ou furto de de conduzir ou pelo facto da respectiva
uso de veículos e de acidentes de viação carta não ser válida para a condução
dolosamente provocados, o seguro não de Veículo Seguro.
garante a satisfação das indemnizações
devidas pelos respectivos autores e Porém, quando contratada a
cúmplices para com o proprietário, cobertura complementar de “Furto
usufrutuário, adquirente com reserva ou Roubo”, os direitos do Segurado,
de propriedade ou locatário em regime provenientes dessa cobertura, não
de locação financeira, nem para com os serão prejudicados.
autores ou cúmplices ou para com os
passageiros transportados que tivessem 6.4. Ocorridos quando o Veículo Seguro
conhecimento da posse ilegítima do se encontre a ser utilizado em serviço
veículo e de livre vontade nele fossem diferente ou de maior risco do que
transportados. aquele que estiver contratado ou a
circular em locais reconhecidos como
B – Exclusões das Coberturas não acessíveis ao mesmo;
Complementares
6.5. Ocorridos quando o Veículo
6. Ficam excluídos do âmbito das Seguro se encontre sujeito a riscos de
Coberturas Complementares os prejuízos laboração, no local ou área em que
ou danos que sejam consequência, directa a respectiva actividade – industrial,
ou indirecta, dos seguintes eventos: agrícola ou de outra natureza – estiver a
ser desenvolvida;
6.1. Causados, de forma intencional ou
voluntária, pelo Tomador de Seguro, 6.6. Ocorridos quando o Veículo
pelo Segurado, pelo condutor, pelos Seguro participe em concursos,
restantes ocupantes, ou por pessoa provas desportivas e respectivos
que com qualquer deles coabite ou por treinos, excepto se se tratar de seguro
quem qualquer deles seja civilmente celebrado especificamente para esse
responsável; fim;

6.2. Ocorridos quando o Veículo Seguro 6.7. Causados por objectos


seja conduzido por pessoa que se transportados ou durante operações de
encontre sob o efeito do álcool, isto é, carga e descarga bem como os danos
com uma taxa de alcoolémia superior causados aos objectos e mercadorias
à legalmente permitida, sob o efeito de transportadas no Veículo Seguro, ainda
estupefacientes, de outras drogas, de que sejam propriedade dos respectivos
produtos tóxicos, ou, ainda, em estado passageiros;
de demência, anomalia psíquica,
surdez-mudez ou cegueira; 6.8. Causados por excesso ou mau
acondicionamento de carga ou,
6.3. Produzidos quando o condutor do ainda, por transporte de objectos
Veículo Seguro não esteja legalmente ou participação em actividades que
habilitado para o conduzir por não ponham em risco a estabilidade e
possuir carta de condução, por domínio do veículo;

9
6.9. Verificados quando tenha ocorrido 6.13. Produzidos enquanto o Veículo
furto, roubo, furto de uso ou qualquer Seguro, com carácter permanente
outra forma de subtracção ilegítima ou ou temporário, esteja em regime de
utilização abusiva do Veículo Seguro. confiscação, requisição ou custódia
devida a qualquer imposição do poder
Porém, quando contratadas as legal ou usurpado.
Coberturas Complementares de
“Furto ou Roubo”, “Choque, Colisão Capítulo II – Formação e Início, Duração,
e Capotamento”, “Perda Total”, ou Resolução, Caducidade e Nulidade
“Privação Temporária de Uso”, os do Contrato, Alienação do Veículo e
direitos do Segurado, provenientes Transmissão de Direitos
dessas coberturas, não serão
prejudicados. Artigo 7º - Formação e Início do Contrato

6.10. Ocasionados durante o transporte 1. O contrato baseia-se nas declarações


de combustíveis, outras matérias feitas pelo Tomador de Seguro e pela
inflamáveis, explosivas ou tóxicas, Pessoa Segura na respectiva proposta,
sempre que o Veículo Seguro não na qual devem estar mencionados,
esteja legalmente autorizado a com veracidade, todos os factos ou
realizar tais transportes e não haja sido circunstâncias essenciais à exacta
contratada, cobertura específica para apreciação do risco, e que possam influir
tal risco; na aceitação do seguro e na correcta
determinação do prémio aplicável.
6.11. Verificados quando não tiverem
sido cumpridas as disposições 2. O presente contrato produz os seus
regulamentares sobre inspecção efeitos a partir do dia registado na
obrigatória, revisões técnicas Apólice, desde que seja feito o pagamento
periódicas, ou outras relativas à do prémio respectivo, nos termos da
homologação do Veículo Seguro, regulamentação aplicável, e vigorará
excepto se for feita prova de que entre pelo prazo estabelecido nas Condições
o Sinistro e as infracções cometidas Particulares da Apólice.
não existiu qualquer nexo de
causalidade; 3. A proposta, quando devidamente
preenchida, considera-se aceite - e o
6.12. Ocorridos quando se verifiquem contrato concluído nos termos propostos
actos de inimigo externo e situações – no 15º (décimo quinto) dia posterior à
de guerra, declarada ou não, guerra sua recepção na Seguradora, a menos que,
civil, invasão, usurpação de poder civil dentro desse prazo, a Seguradora notifique
ou militar, revolução, desminagem, o proponente da recusa da aceitação
guerrilha, rebelião, insurreição, actos antecipada ou da necessidade de recolher
de terrorismo, greves, assaltos, lock- elementos adicionais sobre os riscos a
out, tumultos, motins, distúrbios garantir.
laborais ou outras alterações da ordem
pública, sabotagem, acções maliciosas, 4. As Coberturas Complementares, quando
actuação das forças armadas ou das aceites, entram em vigor na data acordada.
forças de segurança;
5. Se da proposta, ou da correspondência

10
trocada entre o Tomador de Seguro e a seguinte, o prémio a devolver em caso
Seguradora não constar expressamente a de cessação do seguro será calculado
data acordada para a produção de efeitos proporcionalmente ao período de tempo
das Coberturas Complementares, estas que falta decorrer até ao vencimento do
consideram-se em vigor a partir das zero contrato.
horas do dia posterior ao da conclusão do
contrato. 4. Quando a resolução se operar nos
termos do número 1, a Seguradora poderá
Artigo 8º - Duração do Contrato reter, para fazer face aos custos fixos,
50% (cinquenta por cento) do prémio
1. O contrato pode ser celebrado por um correspondente ao tempo não decorrido.
período certo e determinado (seguro
temporário) ou por um ano a continuar 5. A devolução de prémio em
pelos anos seguintes. consequência da resolução do contrato,
prevista nos números anteriores implica a
2. Quando o contrato for celebrado por um entrega, por parte do Tomador de Seguro,
período de tempo determinado os seus da Apólice e do dístico comprovativos da
efeitos cessam às 24 (vinte e quatro) horas existência de seguro.
do último dia.
6. A resolução do contrato produz os seus
3. Quando o contrato for celebrado por um efeitos às 24 (vinte e quatro) horas do dia
ano a continuar pelos seguintes, considera- em que se verifique.
se sucessivamente renovado por períodos
anuais, excepto se qualquer das partes 7. Sempre que o Tomador de Seguro
o denunciar por correio registado com a não coincida com o Segurado, este
antecedência mínima de 30 (trinta) dias deve ser avisado, com 30 (trinta) dias
em relação ao termo da anuidade. de antecedência, da resolução ou não
renovação do contrato.
Artigo 9º - Resolução, Redução e Outras
Modificações do Contrato B – Das Coberturas Complementares

A – Do Seguro Obrigatório de 1. Qualquer das partes contratantes


Responsabilidade Civil pode, a todo o tempo, reduzir ou retirar
do contrato as coberturas contratadas,
1. O Tomador de Seguro pode, a todo o mediante comunicação escrita coma
tempo, resolver o contrato, mediante aviso antecedência mínima de 30 (trinta) dias
registado à Seguradora, com antecipação em relação à data em que se pretenda
de, pelo menos, 30 (trinta) dias. que a cessação ou modificação da
cobertura produza efeitos.
2. A Seguradora só pode resolver o seguro
obrigatório no vencimento do contrato, 2. Salvo convenção expressa em contrário:
com 30 (trinta) dias de antecedência em
relação ao vencimento anual, ou, fora a) Quando a redução ou extinção for
daquele vencimento, com fundamento da iniciativa da Seguradora, o prémio
previsto na lei. a devolver ao Tomador de Seguro
será calculado proporcionalmente ao
3. Sem prejuízo do disposto no número período de tempo que falta decorrer

11
até ao vencimento do contrato; prazo de 8 (oito) dias, a Apólice e o dístico
comprovativo da existência de seguro.
b) Quando a redução ou extinção for
da iniciativa do Tomador de Seguro, 3. Na falta de cumprimento da obrigação
a Seguradora poderá reter até 50% prevista no número anterior, a Seguradora
(cinquenta por cento) do prémio tem direito a uma indemnização de
correspondente ao tempo não valor igual ao montante do prémio
decorrido. correspondente ao período de tempo que
decorre entre o momento da alienação do
3. No caso de Perda Total ou venda do veículo e o termo da anuidade do seguro
veículo sinistrado por facto originado em que esta se verifique, sem prejuízo de
em responsabilidade de Terceiros, com terem cessado os efeitos do contrato, nos
resolução do contrato e anulação do termos do disposto no número 1.
valor seguro, a Seguradora devolverá ao
Tomador de Seguro a parte do prémio 4. Na comunicação da alienação do veículo
cobrado proporcional ao tempo que à Seguradora, o Tomador de Seguro da
medeia entre a referida perda e o termo Apólice poderá solicitar a suspensão dos
do período de vigência do contrato. efeitos do contrato, até à substituição
do veículo, com prorrogação do prazo
4. O disposto no número anterior não se de validade da Apólice. Não se dando
aplica caso a Seguradora tenha efectuado a substituição do veículo dentro de 120
qualquer pagamento em consequência do (cento e vinte) dias contados da data
Sinistro. do pedido de suspensão, não haverá
lugar à prorrogação do prazo, pelo que
5. Sempre que o Tomador de Seguro a Apólice se considerará anulada desde
não coincida com o Segurado, este a data do início da suspensão, sendo o
deve ser avisado, com 30 (trinta) dias de prémio a devolver pela Seguradora igual
antecedência, da redução ou extinção das a 50% (cinquenta por cento) do prémio
coberturas contratadas. correspondente ao período não decorrido.

6. No caso de haver direitos ressalvados Artigo 11º - Caducidade e Nulidade do


nos termos do Artigo 26º, a comunicação Contrato
deverá também ser enviada às pessoas ou
entidades respectivas. 1. O contrato de seguro deixa de produzir
os seus efeitos no momento em que
Artigo 10º - Alienação do Veículo ocorrer a cessação de risco.

1. O contrato de seguro não se transmite 2. Verificando-se a cessação de risco, o


em caso de alienação do veículo, cessando prémio devido pelo Tomador de Seguro é
os seus efeitos às 24 (vinte e quatro) horas calculado proporcionalmente ao período
do próprio dia da alienação, salvo se for de tempo em que o risco decorreu.
utilizado pelo próprio Tomador de Seguro
para segurar novo veículo. 3. Este contrato considera-se nulo e,
consequentemente não produzirá
2. O Tomador de Seguro avisará, no prazo quaisquer efeitos em caso de Sinistro,
de 24 (vinte e quatro) horas, a Seguradora quando da parte do Tomador de Seguro
da alienação do veículo, e devolverá, no ou do Segurado tenha havido declarações

12
inexactas assim como reticências e/ou danos, independentemente de poder ter
omissões de factos ou circunstâncias de pagar o sobre prémio a que haja lugar,
dele conhecidas, e que teriam podido o qual não poderá, no entanto, exceder um
influir sobre a existência ou condições do montante equivalente ao prémio de base.
contrato.
2. Sem prejuízo do disposto no número
4. Se as referidas declarações ou reticências anterior, o agravamento do risco
e/ou omissões tiverem sido feitas de má decorrente do transporte de matérias
fé, a Seguradora terá direito ao prémio, perigosas ou outro que não tenha
sem prejuízo da nulidade do contrato nos possibilidade de cobertura de resseguro,
termos do número anterior. constitui a Seguradora no direito de
resolver o contrato, nos termos legais em
5. Ainda para o efeito do estabelecido vigor.
no número 1 deste artigo, e
independentemente dos conhecimentos B – Das Coberturas Complementares
técnicos que permitam ao Tomador
de Seguro ou à Pessoa Segura avaliar 1. Durante a vigência do contrato,
correctamente o risco ou a extensão do incumbe ao Tomador de Seguro e/ou
prejuízo causado à Seguradora, torna- ao Segurado o dever de comunicar, por
se relevante o conhecimento razoável escrito, à Seguradora, no mais breve prazo
que, normalmente, deveriam ter sobre a possível - que não deverá exceder 8 (oito)
importância ou gravidade de qualquer dias - todos os factos ou circunstâncias
situação objecto de declaração viciosa nos conhecidos, ou que devessem conhecer,
termos daquele número. susceptíveis de agravar o risco e a
responsabilidade por esta assumida.
Artigo 12° - Transmissão de Direitos
2. Se tais factos ou circunstâncias se
O falecimento do Tomador de Seguro revelarem susceptíveis de influir na decisão
ou do Segurado não anula esta Apólice, de subsistência das coberturas contratadas
passando os respectivos direitos e facultativamente, ou nas respectivas
obrigações para os seus herdeiros, em condições, a Seguradora terá a faculdade
conformidade com a lei. de:

Capítulo III - Agravamento do Risco, Valor a) Modificar o âmbito do contrato,


Seguro, Franquia, Insuficiência de Capital, através da cessação da garantia ou
Pluralidade de Seguros garantias relacionadas com o risco
agravado ou da limitação do respectivo
Artigo 13º - Agravamento do Risco âmbito;

A – Do Seguro Obrigatório de b) Apresentar novas condições


Responsabilidade Civil formulando a exigência de sobre
prémio adequado.
1. O Tomador de Seguro é obrigado
a comunicar à Seguradora, no prazo 3. Caso a Seguradora opte pela
de 8 (oito) dias, todas as alterações de modificação do contrato, nos termos
circunstâncias susceptíveis de agravarem o da alínea a) do número anterior deverá
risco, sob pena de responder por perdas e comunicar o tal facto ao Tomador de

13
Seguro e ao Segurado, com pré-aviso de 30 o prémio do seguro a indemnização,
(trinta) dias. em caso de Sinistro, será reduzida
proporcionalmente à diferença entre o
4. Optando a Seguradora pela prémio cobrado e ao que haveria lugar se
apresentação de novas condições, nos fossem conhecidos da Seguradora, com
termos da alínea b) do número 2, deverá exactidão, todas os contornos e natureza
fazê-lo no prazo de 15 (quinze) dias a do risco.
contar do conhecimento do agravamento.
10. Se, entre a data de comunicação do
5. O Tomador disporá de um prazo de agravamento, mas antes da modificação,
15 (quinze) dias para aceitar ou recusar alteração ou decisão de não alteração
as novas condições apresentadas, do contrato, ocorrer um Sinistro, aplicar-
presumindo-se que as aceita se nada se-á, na determinação do montante
disser. indemnizável, a regra proporcional do
prémio, nos mesmos termos previstos no
6. Recusando o Tomador as novas número anterior.
condições, assistirá então à Seguradora o
direito de fazer cessar as garantias conexas Artigo 14º - Valor Seguro
com o agravamento do risco, com pré-
aviso de 30 (trinta) dias, havendo lugar ao A – Do Seguro Obrigatório de
estorno do respectivo prémio calculado Responsabilidade Civil
pro-rata temporis.
1. A responsabilidade da Seguradora é
7. Se a Seguradora, nos 60 (sessenta) sempre limitada à importância máxima
dias subsequentes ao conhecimento fixada nas Condições Particulares da
do agravamento, não exercitar uma das Apólice, seja qual for o número de pessoas
faculdades previstas no número 2, deste lesadas por um Sinistro, e corresponde,
Artigo, considera-se o risco agravado aceite em cada momento, ao capital mínimo
sem qualquer alteração do contrato. obrigatório, com o limite máximo por
lesado legalmente fixado.
8. A não comunicação ou a prestação de
declarações inexactas ou reticentes sobre 2. Salvo convenção em contrário:
os factos ou circunstâncias a que o número
1 se refere e que, a serem conhecidas da a) Quando a indemnização atribuída
Seguradora, conduziriam à não aceitação aos lesados for igual ou exceder o
das Coberturas Complementares, tornam Capital Seguro, a Seguradora não
o seguro ineficaz e, consequentemente, responderá pelas despesas judiciais;
de nenhum efeito em caso de Sinistro
emergente do risco agravado. b) Se for inferior, a Seguradora
responderá pela indemnização e pelas
9. Se a obrigação de declarar o mesmas despesas até ao limite do
agravamento do risco não for Capital Seguro;
tempestivamente cumprida ou a
comunicação sofra de qualquer c) O Tomador de Seguro obriga-se
inexactidão, reticência ou omissão a reembolsar a Seguradora pelas
incidindo sobre factos relevantes mas despesas judiciais em que esta tiver
que apenas sejam susceptíveis de afectar incorrido, desde que, juntamente com

14
a indemnização atribuída, excedam no Artigo 1º, deduzido da
a importância máxima fixada nas percentagem de desvalorização
Condições Particulares da Apólice. constante da Tabela de
Desvalorização anexa ao presente
3. A Seguradora responde por honorários contrato.
de advogados e solicitadores desde que
tenham sido por ela escolhidos. b) Nos meses e anuidades seguintes
aos da celebração do contrato, o valor
4. Quando a indemnização devida ao seguro do veículo é automaticamente
lesado consistir numa renda, a Seguradora actualizado, de acordo com a Tabela
afectará à constituição da respectiva de Desvalorização anexa ao presente
provisão matemática a parte disponível do contrato, pelo que o respectivo prémio
Capital Seguro, de acordo com as bases é calculado sobre o capital actualizado.
técnicas oficialmente estabelecidas para
o efeito. c) Os critérios de actualização do
valor do Veículo Seguro adoptados
B – Das Coberturas Complementares na elaboração da Tabela de
Desvalorização anexa ao contrato são
1. O Capital Seguro correspondente a o Valor em Novo, tal como definido no
cada uma das coberturas contratadas é o Artigo 1º, e a idade das viaturas (ano de
estabelecido nas Condições Particulares e/ construção).
ou nas respectivas Condições ou Cláusulas
Especiais, constituindo o limite máximo da 4. Para os veículos usados, mediante
responsabilidade da Seguradora. convenção expressa nas Condições
Particulares, pode ser estipulado um valor
2. A descrição do objecto seguro e a sua seguro diferente do que resultaria da
valorização, ainda que feita em obediência aplicação das regras do número 3, alinha a)
aos critérios enunciados no presente do presente Artigo.
contrato, não implicam, para a Seguradora,
o reconhecimento da existência desses 5. O Capital Seguro pode, em qualquer
objectos ou do valor que lhes é atribuído. dos casos e mediante convenção expressa
nas Condições Particulares, manter-se
3. Salvo convenção em contrário expressa inalterado durante a anuidade, sendo o
nas Condições Particulares, aplicam-se ao respectivo prémio calculado com base
presente contrato as seguintes regras: nesse valor.

a) A determinação do valor seguro 6. O Tomador de Seguro ou a Seguradora


deve obedecer aos seguintes critérios: pode, por acordo entre as partes, modificar
o regime estabelecido no contrato -
Veículos Novos: O valor seguro actualização automática ou estipulação
deverá corresponder ao seu Valor por acordo do valor seguro - mediante
em Novo, tal como definido no comunicação escrita com a antecedência
Artigo 1º. mínima de 60 (sessenta) dias em relação
ao vencimento do contrato.
Veículos Usados: O valor seguro
deverá corresponder ao respectivo 7. A Seguradora pode igualmente propor
Valor em Novo, tal como definido ao Tomador de Seguro, no prazo previsto

15
no número anterior, alterações à Tabela de lhe competiria, nos termos do número
Desvalorização vigente ou a aplicação de anterior, não fica obrigada para com os
uma nova tabela. outros lesados senão até à concorrência da
parte restante do Capital Seguro.
Artigo 15º - Franquia
3. O disposto nos números anteriores
1. Mediante convenção expressa, pode ficar aplica-se, com as devidas adaptações,
a cargo do Tomador de Seguro uma parte às Coberturas Complementares,
da indemnização devida a Terceiros, não designadamente às que garantam
sendo, porém, esta limitação de garantia responsabilidades ou confiram
oponível aos lesados ou aos seus herdeiros, directamente direitos a Terceiros.
no âmbito do seguro obrigatório.
4. Se o Capital Seguro pelo presente
2. No caso previsto no número anterior, contrato for, na data do Sinistro, inferior
compete à Seguradora, em caso de ao determinado nos termos do artigo
reclamação de Terceiros, responder anterior, o Segurado responderá pela parte
integralmente pela indemnização devida, proporcional dos prejuízos, como se fosse
sem prejuízo do direito a ser reembolsada Segurador do excedente. Sendo, pelo
pelo Tomador de Seguro do valor da contrário tal quantia superior, o seguro só
Franquia aplicada. é válido até à concorrência dos capitais
definidos pelos critérios estabelecidos no
3. No âmbito das Coberturas artigo 14º.
Complementares, a Franquia ou Franquias
contratadas serão sempre deduzidas 5. O disposto no número anterior aplica-se,
no momento do pagamento da com as devidas adaptações, às coberturas
indemnização, ainda que a Seguradora complementares.
o realize directamente à entidade
reparadora ou a qualquer outra. Artigo 17º - Pluralidade de Seguros

Artigo 16º - Insuficiência ou Excesso de 1. No caso de, relativamente ao mesmo


Capital veículo, existirem vários seguros, responde,
em primeiro lugar e, para todos os efeitos
1. No caso de coexistirem vários lesados legais, o seguro de garagistas ou, em
pelo mesmo Sinistro e o montante dos caso de inexistência deste, o seguro de
danos exceder o Capital Seguro por automobilistas ou, em caso de inexistência
Sinistro, a responsabilidade da Seguradora destes dois, o contrato celebrado nos
relativamente a cada um deles reduzir- termos da legislação aplicável sobre
se-á proporcionalmente em relação ao o seguro de Responsabilidade Civil
montante dos respectivos danos sofridos, Obrigatório.
até à concorrência desse capital, tendo
em conta o limite referido no número 1 do 2. A existência de dois ou mais contratos
Artigo 14°. garantindo, simultaneamente, os efeitos
dos mesmos riscos abrangidos pelas
2. A Seguradora que, de boa fé e por Coberturas Complementares contratadas,
desconhecimento da existência de outras regular-se-á pelo disposto na legislação
pretensões, tiver liquidado a um lesado aplicável. Constitui obrigação do Tomador
uma indemnização de valor superior à que de Seguro dar conhecimento à Seguradora

16
da pluralidade de seguros, sob pena de a liquidar à Seguradora o montante
responder por perdas e danos. do prémio ou fracções em dívida,
correspondentes ao período em que o
Capítulo IV – Pagamento, Fraccionamento contrato esteve em vigor, bem como a
e Alteração de Prémios indemnizar, a título de penalidade, a
Seguradora em montante para o efeito
Artigo 18º - Pagamento e Fraccionamento contratualmente estabelecido, acrescidos
dos Prémios dos respectivos juros moratórios.

1. O pagamento de seguro é devido por 8. A penalidade prevista no número


inteiro, salvo quando entre a Seguradora e anterior nunca poderá exceder 50%
o Tomador de Seguro haja sido acordado o (cinquenta por cento) da diferença entre
pagamento por fracções. o prémio devido para o período de tempo
inicialmente contratado e as fracções
2. O prémio ou fracção inicial é devido na eventualmente já pagas.
data da celebração do contrato, pelo que
a eficácia deste depende do pagamento 9. Salvo estipulação em contrário, em
respectivo no prazo estipulado para o caso de extinção antecipada do contrato
efeito. de seguro, o prémio ou fracção devido
pelo Tomador de Seguro será calculado
3. Os prémios ou fracções seguintes proporcionalmente ao período de tempo
são devidos nas datas estabelecidas na decorrido até ao momento da extinção e
Apólice, sendo aplicável, neste caso, o se o Tomador de Seguro já houver pago
regime previsto nos números seguintes. a totalidade do prémio ou da fracção
receberá o estorno correspondente ao
4. A Seguradora encontra-se obrigada, período de tempo não decorrido.
até 30 (trinta) dias antes da data em que
o prémio ou fracção seguinte é devido, a Artigo 19º - Alteração e Estorno do Prémio
avisar, por escrito, o Tomador de Seguro,
indicando essa data e o valor a pagar e a 1. Não havendo alteração no risco, qualquer
forma de pagamento. alteração do prémio aplicável ao contrato
apenas poderá efectivar-se no vencimento
5. Na falta de pagamento do prémio ou anual seguinte, mediante aviso prévio ao
fracção referidos no número anterior na Tomador de Seguro com a antecedência
data indicada no aviso, o Tomador de mínima de 30 (trinta) dias.
Seguro constitui-se em mora e, decorridos
que sejam 30 (trinta) dias após aquela 2. A alteração do prémio por aplicação
data, o contrato será automaticamente dos agravamentos ou das bonificações por
resolvido, sem possibilidade de ser reposto sinistralidade apenas poderá ser aplicada
em vigor. no vencimento seguinte à constatação do
facto.
6. Durante o prazo referido no número 4,
o contrato mantém-se plenamente em 3. Quando, por força da modificação do
vigor. contrato, houver lugar a estorno do prémio,
este será calculado pro-rata temporis,
7. Sem prejuízo da resolução do contrato, podendo a Seguradora deduzir ao valor
o Tomador de Seguro fica obrigado a estornar as despesas e encargos que

17
comprovadamente tiver suportado. 5. Para cumprimento do número anterior,
a Seguradora obriga-se a entregar ao
4. Em caso de anulação da Apólice, Tomador de Seguro, até 20 (vinte) dias
do valor a estornar será deduzido 50% antes da data da resolução ou da não
(cinquenta por cento). renovação do contrato, um certificado
de tarifação elaborado nos termos
Capítulo V - Agravamentos e Bonificações oficialmente aprovados sobre a situação
por Sinistralidade tarifária do contrato.

Artigo 20º - Agravamentos e Bonificações 6. Em caso de substituição do Veículo


por Sinistralidade Seguro, manter-se-á a bonificação ou
agravamento existente à data, desde que
1. Os agravamentos por sinistralidade e não haja alteração do condutor habitual.
as bonificações por ausência de Sinistros
(Bonus/Malus) regem-se pela tabela e 7. Em caso de alteração do condutor
disposições anexas, as quais fazem parte habitual, o novo condutor será
integrante destas Condições Gerais. enquadrado no sistema de bonificações
e agravamentos como se de um novo
2. Para efeitos da aplicação deste regime, contrato se tratasse.
só serão considerados os Sinistros que
tenham dado lugar ao pagamento de Capítulo VI - Obrigações das Partes
indemnizações ou à constituição de Contratantes
uma provisão, desde que, neste último
caso, a Seguradora tenha assumido a Artigo 21º - Obrigações da Seguradora
responsabilidade perante Terceiros.
A – No Âmbito do Seguro Obrigatório de
3. Em caso de constituição de provisão, a Responsabilidade Civil
Seguradora poderá suspender a atribuição
de bónus durante o período de 2 (dois) 1. A Seguradora substituirá o Segurado
anos, devendo, findo esse prazo, o mesmo na regularização amigável ou litigiosa
ser devolvido e reposta a situação tarifária de qualquer Sinistro que, ao abrigo do
sem prejuízo para o Tomador de Seguro, presente contrato, ocorra durante o
caso a Seguradora não tenha, entretanto, período de vigência do mesmo.
assumido a responsabilidade perante
Terceiros. 2. As averiguações e peritagens
necessárias ao reconhecimento do
4. No caso de transferência de contratos Sinistro e à avaliação dos danos, deverão
entre Seguradoras os agravamentos e ser efectuadas pela Seguradora com
bonificações a aplicar serão determinados prontidão e diligência, sob pena de esta
pela tabela e pelas regras de passagem responder por perdas e danos.
entre classes da nova Seguradora,
tendo em consideração a experiência 3. Sem prejuízo do disposto no Artigo
de sinistralidade nos 5 (cinco) anos 14º a Seguradora suportará as despesas,
imediatamente anteriores, expressa no incluindo as judiciais, decorrentes da
certificado de tarifação referido no número regularização de Sinistros referida nos
5. números anteriores.

18
4. A indemnização deve ser paga logo que tempo possível, nunca superior a 8
concluídas as investigações e peritagens (oito) dias a contar do dia da ocorrência
necessárias ao reconhecimento da ou do dia em que tenha conhecimento
responsabilidade do Segurado e à fixação da mesma.
do montante dos danos.
b) A tomar todas as medidas ao seu
5. Se decorridos 30 (trinta) dias, a alcance no sentido de evitar ou limitar
Seguradora, de posse de todos os as consequências do Sinistro.
elementos indispensáveis à reparação dos
danos ou ao pagamento da indemnização 2. O Tomador de Seguro não poderá
acordada, não tiver realizado essa também, sob pena de responder por
obrigação, por causa não justificada ou perdas e danos:
que lhe seja imputável, incorrerá em mora,
vencendo a indemnização juros à taxa a) Abonar extra-judicialmente a
legal em vigor. indemnização reclamada ou adiantar
dinheiro, por conta, em nome ou sob a
6. A Seguradora notificará o Tomador de responsabilidade da Seguradora, sem
Seguro das reclamações apresentadas por sua expressa autorização;
Terceiros, mencionando expressamente
que, caso não seja efectuada a b) Dar ocasião, ainda que por omissão
participação de Sinistro, lhe será aplicada a ou negligência, a sentença favorável
cominação prevista no Artigo 27°. a Terceiro ou, quando não der
imediato conhecimento à Seguradora,
B – No Âmbito das Coberturas a qualquer procedimento judicial
Complementares intentado contra ele por motivo de
Sinistro a coberto da Apólice.
A regularização dos Sinistros enquadráveis
nas Coberturas Complementares far- 3. O Tomador de Seguro, sob pena de
se-á em obediência ao estipulado nas responder por perdas e danos, obriga-
Condições Especiais contratadas, e, sendo se a conceder à Seguradora o direito
estas omissas, aplicar-se-á, com as devidas de orientar e resolver os processos
adaptações, o regime estabelecido nos resultantes de Sinistros cobertos pela
números anteriores. Apólice, outorgando por procuração
bastante os necessários poderes, bem
Artigo 22º - Obrigações do Tomador de como, fornecendo e facilitando todos os
Seguro documentos, testemunhas e outras provas
e elementos ao seu alcance.
A – No Âmbito do Seguro Obrigatório de
Responsabilidade Civil B – No Âmbito das Coberturas
Complementares
1. Em caso de Sinistro coberto pelo
presente contrato, o Tomador de Seguro, 1. Em caso de Sinistro enquadrável
sob pena de responder por perdas e numa das Coberturas Complementares
danos, obriga-se: contratadas, o Tomador e/ou o Segurado
ficam vinculados a:
a) A comunicar tal facto, por escrito,
à Seguradora, no mais curto prazo de 1.1. Comunicar por escrito à Seguradora,

19
no mais curto prazo possível, que não Segurado, por perdas e danos.
deverá exceder 8 (oito) dias a contar
do conhecimento, a verificação de Artigo 23º - Ressarcimento dos Danos –
qualquer facto ou acontecimento Coberturas Complementares
susceptível de fazer funcionar qualquer
das garantias facultativamente 1. A Seguradora pode optar pela reparação
contratadas, indicando o dia, hora, do veículo, pela sua substituição, ou pela
local, e demais circunstâncias atribuição de uma indemnização em
envolventes, natureza e montante dinheiro, sem prejuízo da aplicação do
provável dos prejuízos, bem como disposto no Artigo seguinte.
quaisquer outros elementos julgados
úteis para a boa caracterização da 2. As reparações serão da responsabilidade
ocorrência; da Seguradora e feitas de maneira a repor
a parte danificada do Veículo Seguro no
1.2. Providenciar pela adopção de estado anterior ao Sinistro.
todas as medidas ao seu alcance
aptas a evitar ou reduzir os prejuízos 3. Nas reparações que exijam substituição
decorrentes do Sinistro; de peças ou sobresselentes e o Tomador
de Seguro não queira sujeitar-se à demora
1.3. Facultar à Seguradora, com para a sua obtenção, a Seguradora não
prontidão, todas as provas de que é responsável pelos prejuízos directa ou
disponha ou venha a dispor com indirectamente daí resultantes, limitando-
referência ao Sinistro; se à obrigação de indemnizar pelo custo
das peças ou sobresselentes, na base dos
1.4. Providenciar a guarda e preços fixados na última tabela de venda
conservação dos salvados; ao público ou dos preços do mercado,
quando possam ser fabricados pela
1.5. Cumprir as obrigações enunciadas indústria nacional.
nos números 2 e 3 do ponto A deste
Artigo, bem como todas as demais Artigo 24º - Valor da Indemnização
constantes das Condições ou Cláusulas e Regra Proporcional – Coberturas
Especiais contratadas. Complementares

2. O não cumprimento, meramente Nos termos da lei, a indemnização


culposo, das obrigações previstas garantida para ressarcir os danos que
nos números anteriores, determina a sobrevenham ao Veículo Seguro, será
responsabilidade por perdas e danos do calculada da seguinte forma:
Tomador de Seguro e/ou do Segurado.
1. Quando o Valor Venal for superior
3. Havendo declarações inexactas sobre ao valor seguro, o Tomador de Seguro
as circunstâncias ou causas do Sinistro responderá por uma parte proporcional
com o propósito de gerar ou agravar dos danos;
a responsabilidade da Seguradora,
a cobertura invocada não produzirá a) Em caso de Perda Total, o valor da
quaisquer efeitos, podendo, ainda, indemnização corresponderá ao valor
a Seguradora, resolver o contrato e seguro à data do Sinistro, nos termos
responsabilizar o Tomador de Seguro ou o do Artigo l4º, deduzido da Franquia

20
contratualmente aplicável e, se for o Capítulo VII - Disposições Diversas
caso, o valor proporcional do salvado.
Artigo 27º - Penalidade por Falta de
b) Em caso de Dano Parcial, a Participação em Caso de Reclamação de
Seguradora indemnizará o Tomador Terceiro
de Seguro pela parte proporcional dos Em caso de reclamação por Terceiro,
danos, correspondente à percentagem se o Tomador de Seguro não efectuar
do Capital Seguro em relação ao Valor a participação decorridos 8 (oito) dias
Venal do veículo. após ter sido notificado para o efeito
pela Seguradora, e sem prejuízo da
2. Quando o Valor Venal for igual ou regularização do Sinistro com base na
inferior ao valor seguro, a Seguradora prova apresentada pelo reclamante,
apenas responderá até à concorrência do bem como nas averiguações e
Valor Venal. peritagens que se revelem necessárias,
constitui-se imediatamente, salvo
Artigo 25º - Redução e/ou Reposição de impossibilidade absoluta, na obrigação
Capital – Coberturas Complementares de pagar à Seguradora uma penalidade
correspondente ao prémio comercial do
1. O montante da indemnização será seguro obrigatório da anuidade em que
abatido ao Capital Seguro, ficando este ocorreu o Sinistro.
reduzido daquele valor desde a data do
Sinistro até ao vencimento do contrato. Artigo 28º - Comunicações e Notificações
entre as Partes
2. O Tomador de Seguro pode repor o
capital através do pagamento de um 1. É condição suficiente para que,
prémio suplementar correspondente ao quaisquer comunicações ou notificações
capital reposto e ao período de tempo não entre as partes previstas nesta Apólice se
decorrido, até ao vencimento do contrato. considerem válidas e plenamente eficazes,
que as mesmas sejam feitas por correio
Artigo 26º - Direitos Ressalvados – registado, ou por outro meio do qual fique
Coberturas Complementares registo escrito, para a última morada do
Tomador de Seguro ou da Pessoa Segura
Quando a Seguradora haja aceite a constante do contrato ou para a sede
ressalva de direitos desta Apólice a favor social da Seguradora.
de pessoas ou entidades indicadas nas
Condições Particulares, com domicílio 2. Todavia, a alteração de morada ou sede
também aí mencionado, e enquanto do Tomador de Seguro ou do Segurado
tal situação se mantiver, a liquidação deve ser comunicada à Seguradora, nos
dos Sinistros por Perda Total não poderá 30 (trinta) dias subsequentes à data em
ser efectuada sem o prévio acordo das que se verifiquem, por carta registada
referidas pessoas ou entidades. com aviso de recepção, sob pena de
as comunicações ou notificações que
a Seguradora venha a efectuar para a
morada desactualizada se terem por
válidas e eficazes.

21
Artigo 29º - Direito de Regresso pelos prejuízos, podendo exigir que a sub-
rogação seja expressamente outorgada
1. Satisfeita a indemnização, a Seguradora, no acto de pagamento e recusar este, se
no âmbito do Seguro Obrigatório de tal lhe for negado, bem como exigir que
Responsabilidade Civil, apenas tem direito lhe seja entregue quitação legalmente
de regresso: autenticada.
a) Contra o causador do acidente que o
tenha provocado dolosamente; Artigo 31º - Prova De Seguro

b) Contra os autores e cúmplices de 1. Constitui documento comprovativo do


roubo, furto ou furto de uso do veículo seguro obrigatório:
causador do acidente;
a) Relativamente a veículos
c) Contra o condutor, se este não matriculados em Angola, o certificado
estiver legalmente habilitado ou internacional de seguro, a Apólice ou o
tiver agido sob a influência do álcool, recibo, quando válidos;
estupefacientes ou outras drogas ou
produtos tóxicos, ou quando haja b) Relativamente a veículos
abandonado o sinistrado; matriculados no estrangeiro, o
certificado internacional de seguro,
d) Contra o responsável civil por danos quando válido;
causados a Terceiros em virtude
de queda de carga decorrente de c) Relativamente a veículos
deficiência de acondicionamento; provenientes de um Estado Membro
da SADC, um documento justificativo
e) Contra o responsável pela da subscrição, nesse Estado Membro,
apresentação do veículo a inspecção de um seguro de fronteira, quando
periódica que não tenha cumprido a válido para o período de circulação
obrigação decorrente do disposto no no território nacional e garantindo o
Código da Estrada e diplomas que capital obrigatoriamente seguro;
o regulamentam, excepto se provar
que o Sinistro não foi provocado ou d) Relativamente a veículos
agravado pelo mau estado do veículo. matriculados fora do território de
Angola e que não provenham de
2. No âmbito das Coberturas um Estado Membro da SADC, o
Complementares, sem prejuízo do documento justificativo de subscrição,
disposto no número anterior, assiste à quando válido para o período de
Seguradora, em todos os demais casos em circulação no território nacional e
que, por lei ou contrato, esse direito possa garantindo o capital obrigatoriamente
existir, a faculdade de, por via de regresso, seguro.
agir contra qualquer pessoa ou entidade.
Artigo 32º - Pluralidade De Veículos
Artigo 30º - Sub-Rogação
Sempre que a Apólice cubra mais do que
A Seguradora que haja indemnizado fica um veículo, com excepção dos seguros
subrogada nos direitos do lesado contra para conjuntos de veículos rebocador e
os causadores ou outros responsáveis reboque, e dos seguros de garagista e

22
de automobilista previsto na legislação 2. Nos litígios surgidos ao abrigo
aplicável, cada veículo será tratado, para desta Apólice, poderá haver recurso à
efeitos de garantia e comprovação do arbitragem, que será feita nos termos da
seguro obrigatório, e para fins estatísticos, lei.
como se de contrato separado se tratasse.
Artigo 36º - Casos Omissos
Artigo 33º - Documentos Válidos para o
Seguro Obrigatório de Responsabilidade Nos casos omissos no presente contrato
Civil recorrer-se-á à legislação aplicável.

1. Nenhum mediador se presume Artigo 37º - Foro


autorizado a celebrar ou extinguir
contratos de seguro, a contrair ou alterar as O foro competente para dirimir qualquer
obrigações dele emergentes ou a validar litígio emergente deste contrato é do local
declarações adicionais, salvo o disposto no da emissão da Apólice.
número seguinte.

2. É válido o contrato ou a alteração


ao mesmo que dê origem à emissão
da Apólice, ainda que emitido por um
mediador a quem o mesmo tenha sido
facultado, sem prejuízo deste responder
por perdas e danos em caso de abuso.

3. O seguro considera-se em vigor sempre


que o documento comprovativo do
seguro tenha sido entregue ao Tomador
de Seguro por mediador com poder de
cobrança.

Artigo 34º - Participação Amigável

A Seguradora, sempre que tiver aderido


a um acordo de indemnização directa
ao Segurado, baseado na participação
amigável de acidente, prestará ao Tomador
de Seguro e ao Segurado todos os
esclarecimentos necessários ao correcto
entendimento do seu funcionamento
prático.

Artigo 35º - Legislação Aplicável e


Arbitragem

1. A lei aplicável a este contrato é a lei


angolana.

23
ANEXO A contratadas e referidas no número 1, será
modificado na anuidade seguinte, de
SISTEMA DE BONIFICAÇÕES E acordo com a tabela constante no número
AGRAVAMENTO POR SINISTRALIDADE 8, deste anexo.
(BÓNUS/MALUS) UTILIZADO PELA
SEGURADORA 4. Tratando-se de uma situação de
tentativa ou acto consumado de fraude,
Definições desde que devidamente comprovada,
haverá lugar a um agravamento de 200%
1. Para efeitos de bonificação e/ou (duzentos por cento) que será adicionado
agravamento do prémio apenas se a anteriores agravamentos, quando for o
consideram os Sinistros que afectem, pelo caso.
menos, uma das seguintes coberturas:
Transferência de contratos entre
AU1 - Responsabilidade Civil Obrigatória Seguradoras
AU2 - Responsabilidade Civil Facultativa
AU3 - Choque, Colisão e Capotamento 5. No caso de transferência de contratos
AU4 - Incêndio, Raio ou Explosão entre Seguradoras os agravamentos e
AU5 - Furto ou Roubo bonificações a aplicar serão determinados
AU8 - Seguro de Ocupantes pela tabela e pelas regras de passagem
AU9 - Riscos Catastróficos da Natureza entre classes desta Seguradora,
AU11 – Quebra Isolada de Vidros tendo em consideração a experiência
de sinistralidade nos 5 (cinco) anos
Bonificações por Ausência de Sinistro imediatamente anteriores, expressa no
certificado de tarifação.
2. O Tomador de Seguro terá direito a
redução do prémio base referente às 6. Ao novo contrato será atribuído
coberturas atrás indicadas, passando para o escalão a que corresponder a
o escalão imediatamente anterior, desde experiência de sinistralidade constatada
que em cada anuidade não se verifique na anterior Seguradora podendo o
nenhuma das situações seguintes: desconto/agravamento a que, assim,
lhe corresponder na nossa Tabela ser
a) Ocorrência de Sinistro que tenha melhorado até um máximo de 10% (dez
dado lugar ao pagamento de qualquer por cento), absorvível no decurso dos anos
indemnização; subsequentes de acordo com as regras
aqui expressas.
b) Ocorrência de Sinistro que dê lugar
à constituição de provisão, desde que Contratos novos
a Seguradora tenha, expressamente,
aceite a responsabilidade. 7. Sempre que a um contrato novo tenha
sido atribuída uma percentagem de
Agravamento por Sinistralidade bonificação, esta será absorvida em caso
de Sinistro na primeira anuidade. Caso
3. Ocorrendo Sinistro ou Sinistros que não se tenha verificado qualquer Sinistro
tenham dado lugar a indemnização ou que dê lugar a pagamento ou provisão
provisão nos termos do número anterior conforme as regras anteriores, o contrato
o prémio base referente às coberturas passará ao escalão seguinte, mantendo

2
aquela bonificação até atingir o escalão TABELA DE REDUÇÃO DE PRÉMIO
que lhe corresponda.
Sinistralidade (%) Redução (%)
8. Tabela de bonificação e agravamento do
prémio: Mais de 0 até 5 17,5

8.1. Responsabilidade Civil (AU1 - Mais de 5 até 10 15,0


Responsabilidade Civil Obrigatória; AU2 Mais de 10 até 15 12,5
- Responsabilidade Civil Facultativa)
Mais de 15 até 20 10,0
TABELA DE REDUÇÃO DE PRÉMIO
Mais de 20 até 25 8,5
Sinistralidade (%) Redução (%)
Mais de 25 até 30
Mais de 0 até 5 17,5

Mais de 5 até 10 15,0

Mais de 10 até 15 12,5 Sinistralidade (%) Agravamento (%)


Mais de 15 até 20 10,0
Mais de 30 até 35 20,0
Mais de 20 até 25 8,5
Mais de 35 até 40 30,0
Mais de 25 até 30 5,0
Mais de 40 até 45 35,0

Mais de 45 até 50 40,0


TABELA DE AGRAVAMENTO DE PRÉMIO
Mais de 50 até 55 70,0
Sinistralidade (%) Agravamento (%)
Mais 60 80,0
Mais de 30 até 35 20,0

Mais de 35 até 40 45,0

Mais de 40 até 45 60,0

Mais de 45 até 50 80,0

Mais de 50 até 55 100,0


Mais 60 150,0

8.2. Danos próprios (Choque, Colisão e


Capotamento; AU4 - Incêndio, Raio ou
Explosão; AU5 - Furto ou Roubo; AU8
- Seguro de Ocupantes; AU9 - Riscos
Catastróficos da Natureza; AU11 – Quebra
Isolada de Vidros)

25
ANEXO B

TABELA DE INCAPACIDADES

Tabela para servir de Base ao Cálculo das Indemnizações devidas por Invalidez
Permanente como consequência de Acidente

A) INVALIDEZ PERMANENTE TOTAL

Percentagem de
Lesão
Desvalorização

Perda Total dos dois olhos ou da visão dos dois olhos 100%
Perda completa do uso dos dois membros inferiores ou
100%
superiores
Alienação mental incurável e total, resultante directa e
exclusivamente de um Acidente, pela Condição Especial 100%
‘’Seguros de Ocupantes’
Perda completa das duas mãos ou dos dois pés 100%

Perda completa de um braço e de uma perna ou de uma mão


100%
e de uma perna
Perda completa de um braço e de um pé ou de uma mão e de
100%
um pé
Hemiplegia ou paraplegia completa 100%

26
B) INVALIDEZ PERMANENTE PARCIAL

1. CABEÇA

Percentagem de
Lesão
desvalorização
Perda completa de um olho ou redução a metade da visão
25%
biocular
Surdez total 60%
Surdez total completa de um ouvido 15%
Síndroma pós-comocional dos traumatismos cranianos, sem
5%
sinal objectivo
Epilepsia generalizada pós-traumática, uma ou duas crises
50%
convulsivas por mês com tratamento
Anosmia absoluta 4%

Fractura dos ossos próprios do nariz ou do septo nasal com 3%


mal-estar respiratório
Estenose nasal total, unilateral 4%

Fractura não consolidada do maxilar inferior 20%

Perda total ou quase total dos dentes:


- com possibilidades de prótese 10%
- sem possibilidades de prótese 35%
Abalação completa do maxilar inferior 70%
Perda de substância do crânio interessando as duas tábuas e
com um diâmetro máximo:
- superior a 4 cm 35%
- superior a 2 cm e igual ou inferior a 4 cm 25%
- de 2 cm 15%

27
2. MEMBROS SUPERIORES E ESPÁDUAS

Lesão DireitoEsquerdo

Fractura da clavícula com sequela nítida 5% 3%

Rigidez do ombro, pouco acentuada 5% 3%


Rigidez do ombro, projecção para a frente e a abdução
15% 11%
não atingindo 90º
Perda completa do movimento do ombro 30% 25%

Amputação do braço pelo terço superior ou perda


70% 55%
completa do uso do braço
Perda completa do uso dum braço 60% 50%

Fractura não consolidado de um braço 40% 30%

Pseudoartrose dos dois ossos do antebraço 25% 20%

Perda completa do uso do movimento do cotovelo 20% 15%

Amputação do polegar:
- perdendo o metacarpo 25% 20%
- conservando o metacarpo 20% 15%

Amputação do indicador 15% 10%

Amputação do médio 8% 6%

Amputação do anelar 8% 6%
Amputação do dedo mínimo 8% 6%

Perda completa dos movimentos do punho 12% 9%

Pseudo-artrose de um só osso do antebraço 10% 8%


Fractura do 1º metacarpo com sequelas que determinem
4% 3%
incapacidade Funcional
Fractura do 5º metacarpo com sequelas que determinem
2% 1%
incapacidade Funcional

28
3. MEMBROS INFERIORES

Percentagem de
Lesão desvalorização

Desarticulação de um membro inferior pela articulação coxo- 60%


femular ou perda completa do uso de um membro inferior
Amputação da coxa pelo terço médio 50%

Perda completa do uso de uma perna abaixo da articulação do 40%


joelho
Perda completa do pé 40%

Fractura não consolidada da coxa 45%

Fractura não consolidada da perna 40%

Amputação parcial de um pé, compreendendo todos os dedos 25%


e uma parte do Pé
Perda completa do movimento da anca 35%

Perda completa do movimento do joelho 25%

Anquilose completa do tornozelo em posição favorável 12%

Sequelas moderadas de fractura transversal da rótula 10%

Encurtamento de um membro inferior em:


- 5 cm ou mais 20%
- 3 cm a 5 cms 15%
- 2 cm a 3 cms 10%

Amputação do dedo grande do pé com o seu metacarpo 10%

Perda completa de qualquer dedo do pé, com exclusão do 3%


dedo grande

29
4. RAQUIS – TÓRAX

Percentagem de
Lesão
desvalorização
Fractura da coluna vertebral cervical sem lesão medular 10%
Fractura da coluna vertebral dorsal ou lombar:
- compreensão com rigidez raquidiana nítida, sem sinais 10%
neurológicos
Cervicalgias com rigidez raquidiana nítida 5%
Lombalgias com rigidez raquidiana nítida 5%

Paraplegia fruste, marcha possível, espasmodicidade


20%
dominando a paralisia
Algias radiculares com irradiação (forma ligeira) 2%

Fractura isolada do esterno com sequelas pouco importantes 3%

Fractura unicostal com sequelas pouco importantes 1%

Fracturas múltiplas de costelas com sequelas importantes 8%

Resíduos dum derrame traumático com sinais radiológicos 5%

5. ABDÓMEN

Percentagem de
Lesão
desvalorização
Abalação do braço, com seqüelas hematológicas, sem
10%
manifestações Clínicas
Nefrectomia 20%

Cicatriz abdominal de intervenção cirúrgica com eventração de


15%
10 cm, não operável

30
ANEXO C

TABELA DE DESVALORIZAÇÃO

Carro Novo Valor de Stand em Angola

Carro com 1 ano 20% de desvalorização

Carro com 2 anos 30% de desvalorização

Carro com 3 anos 35% de desvalorização

Carro com 4 anos 40% de desvalorização

Carro com 5 anos 45% de desvalorização

Carro com 6 anos 50% de desvalorização


Carro com 7 anos 55% de desvalorização
Carro com 8 anos 60% de desvalorização
Carro com 9 anos 65% de desvalorização
Carro com 10 anos 70% de desvalorização

31
CONDIÇÕES ESPECIAIS da mesma classe, e até ao limite de US$
150 000,00 (cento e cinquenta mil dólares
PARTE II - GARANTIAS COMPLEMENTARES dos EUA) por Sinistro e por anuidade de
vigência da Apólice, independentemente
As garantias adiante consignadas, estão do número de Sinistros e Terceiros lesados.
também sujeitas às disposições contidas
nas Condições Gera Esta garantia é subsidiária e só funciona
is, desde que as mesmas não contrariem o em caso de insuficiência do capital da
estipulado nas Condições Especiais. Apólice que garante a responsabilidade
civil decorrente da circulação do veículo
AU2 - Responsabilidade Civil Facultativa autorizado, ou, para além do valor do
seguro obrigatório, se a viatura não
Âmbito da Cobertura beneficiar, à data do sinistro, de qualquer
seguro válido ou eficaz.
Cobertura complementar de
responsabilidade civil para além do Responsabilidade por danos causados por
montante legalmente exigido quanto filhos menores
à obrigação de segurar ou a que for
contratada para veículos não sujeitos 3. Renúncia com prejuízo do disposto no
àquela obrigação. número 2, até ao montante de US$ 100
000,00 (cem mil dólares dos EUA), ao
Extensão do Capital Seguro direito de reembolso contra o Segurado,
enquanto responsável a título de culpa,
1. A Seguradora, quando contratada a por incumprimento do dever de vigilância
presente Condição Especial, garante, dos seus filhos menores, do valor dos
dentro dos limites do capital fixados nas prejuízos suportados pela Seguradora
Condições Particulares, em excesso da causados por estes, em consequência
cobertura do seguro de responsabilidade de condução não autorizada da viatura.
civil obrigatória e dentro dos limites Fica todavia a cargo do Segurado uma
fixados nas Condições Particulares da Franquia de 10% (dez por cento) do valor
Apólice, o pagamento das indemnizações da indemnização.
que, nos termos da lei, sejam exigíveis
ao Segurado ou ao condutor autorizado, Responsabilidade pela utilização de
a título de responsabilidade civil reboques
extracontratual, por danos causados a
Terceiros, em consequência da circulação 4. Garante, a responsabilidade civil em
do veículo ou veículos seguros. que incorra o Segurado, pela utilização
de reboques até 300 (trezentos) kg e com
Responsabilidade por condução de matrícula coincidente com a do Veículo
veículos de Terceiros Seguro.

2. Sendo o Tomador de Seguro uma Esta garantia é subsidiária e funcionará


pessoa singular, esta cobertura é extensível complementarmente ao seguro de
à responsabilidade que lhe possa ser Responsabilidade Civil contratado para
imputada, decorrente da condução o referido veículo, e acima do respectivo
ocasional, devidamente autorizada, de capital, não se substituindo ao seguro
viatura diversa da indicada na Apólice, mas obrigatório de Responsabilidade Civil

32
Automóvel na falta de seguro válido. Franquia

Exclusões Os Sinistros ao abrigo da presente


Condição Especial estão sujeitos à
5. Ficam excluídos do âmbito desta dedução da Franquia mencionada nas
cobertura, além de todas as exclusões Condições Particulares.
previstas para o seguro obrigatório e para
as coberturas complementares, no Artigo Disposições Diversas
6° das Condições Gerais, os danos:
Para as matérias não expressamente
a) Causados às coisas transportadas ou reguladas nesta Condição Especial
pelas coisas transportadas no veículo, vigoram, na parte aplicável, as Condições
ainda que se encontrem em poder ou Gerais da Apólice do Ramo Automóvel,
à guarda do Segurado ou do condutor designadamente as respeitantes às
ou de pessoas por quem estes sejam Coberturas Complementares e as comuns
responsáveis; a estas e ao Seguro Obrigatório.

b) Patrimoniais ou não patrimoniais AU3 - Choque, Colisão e Capotamento


causados às pessoas referidas nas
alíneas a) a f) do número 2 do Artigo 6° Âmbito da Cobertura
das Condições Gerais;
Esta cobertura, quando contratada,
c) Patrimoniais ou não patrimoniais compreende, dentro dos limites
causados a pessoas transportadas, estabelecidos nas condições da Apólice,
quando se trate de um veículo não os danos sofridos pelo Veículo Seguro em
oficialmente autorizado para o consequência de um acidente devido a
transporte de pessoas; uma causa súbita, fortuita e violenta, alheia
à vontade do Tomador, do Segurado e do
d) Causados pelo veículo rebocado ao condutor, cobrindo, designadamente, os
veículo rebocador. danos resultantes de Choque, Colisão e
Capotamento, independentemente do
6. Ficam ainda excluídas as despesas facto do veículo se encontrar ou não em
efectuadas com a defesa do Segurado circulação.
em processos de natureza penal ou
contraordenacional, bem como o Definições
pagamento de multas, coimas ou outras
sanções impostas por tribunais ou Para efeitos da presente cobertura
autoridades competentes. considera-se:

Bonificações por Ausência de Sinistros e Choque: Danos resultantes ao veículo do


Agravamentos por Sinistralidade embate contra qualquer corpo fixo, ou
sofrido por aquele quando imobilizado.
As bonificações por ausência de Sinistros e
os agravamentos por sinistralidade (Bónus/ Colisão: Danos resultantes ao veículo do
Malus) regem-se pela tabela e disposições embate com qualquer outro corpo em
anexas às Condições Gerais, as quais fazem movimento.
parte integrante desta Condição Especial.

33
Capotamento: Danos resultantes ao que empunhem, arremessem ou
veículo em que este perca a sua posição derramem;
normal e não resultem de Choque ou
Colisão. f) Resultantes da circulação em locais
reconhecidos como não acessíveis ao
Perda Total: Situação adveniente de veículo, excepto se houver convenção
acidente em consequência do qual o expressa em contrário;
veículo sofra danos de valor igual ou
superior ao valor seguro do veículo g) Causados por objectos
determinado pela aplicação da Tabela de transportados;
Desvalorização ou quando a reparação
não seja materialmente possível ou h) Causados em pinturas de letras,
tecnicamente aconselhável, de modo a desenhos, emblemas, dísticos
cumprir com os requisitos de segurança. alegóricos ou de reclamos ou
propaganda no Veículo Seguro,
Exclusões quando não for feita a sua menção e
valorização na Apólice;
1. Para além de todas as exclusões
previstas no Artigo 6º das Condições i) Causados em acessórios ou
Gerais, a garantia concedida pela presente em aparelhos e instrumentos
Condição Especial não abrange os danos: não incorporados de origem no
veículo (extras), a menos que sejam
a) Provenientes do mau estado das expressamente discriminados e
estradas ou caminhos, quando deste valorizados na Apólice;
facto não resulte Choque, Colisão ou
Capotamento; j) Danos causados exclusivamente
pelo veículo rebocado ao veículo
b) Directa e exclusivamente rebocador ou por este àquele, ainda
provenientes de defeito de construção, que se aplique a Cláusula de ‘’Inclusão
montagem, afinação, vício próprio do do Serviço de Reboque”, excepto se a
material, deficiente conservação ou presente cobertura tiver sido subscrita
manutenção do Veículo Seguro; em relação a ambas as unidades;

c) Produzidos directamente por lama k) Traduzidos em lucros cessantes ou


e por alcatrão ou outros materiais perdas de benefícios ou resultados
empregues na construção das vias; advindos ao Segurado em virtude
de privações de uso, gastos de
d) Nas jantes, câmaras de ar e pneus, substituição ou depreciação do
excepto se resultarem do Choque, Veículo Seguro em razão do Sinistro ou
Colisão ou Capotamento e quando provenientes de depreciação, desgaste
acompanhados de outros danos no ou consumo natural;
veículo;
l) Ocasionados no Veículo Seguro,
e) Causados intencional ou quando, e em consequência do
involuntariamente ao Veículo Seguro, transporte do mesmo, por qualquer
pelos ocupantes ou por quaisquer meio;
outras pessoas, com objectos

34
m) Ocasionados pela congelação de Extras do Veículo
água no motor e quaisquer outras
avarias mecânicas. Fica convencionado e aceite pelo Tomador
de Seguro ou Segurado e pela Seguradora
Capital Seguro que as garantias consignadas nas
Condições Particulares somente abrangem
1. O Capital Seguro corresponde, em cada os extras que tenham sido discriminados
anuidade do contrato ao valor do veículo, pelo Tomador de Seguro ou Segurado
calculado de acordo com o estabelecido com indicação do respectivo valor,
na tabela de desvalorização, que constitui entendendo-se como extras todos aqueles
o Anexo C, com actualizações automáticas, aparelhos, acessórios e instrumentos
salvo se as partes, por acordo, houverem não incorporados de origem no veículo
estabelecido outro valor segurável. e que não façam parte integrante do
equipamento standard do mesmo,
2. Para efeitos de aplicação da tabela a que nomeadamente: jantes, tampões de rodas,
se refere o número 1, o Valor em Novo do câmaras de ar e pneus, porta bagagens,
Veículo Seguro corresponderá ao seu preço faróis, projectores, buzinas e espelhos,
de venda ao público, segundo a tabela, aparelhos de T.S.F., leitores de cassetes,
no mês e ano da primeira matrícula, sem leitores de CD, respectivas antenas e/ou
quaisquer descontos comerciais. instalações sonoras.

Franquia Reposição de Capital

Tendo sido contratada a Franquia Em caso de Sinistro a indemnização


indicada nas Condições Particulares paga pela Seguradora será abatida
da Apólice, fica convencionado e ao Capital Seguro, ficando assim este
aceite que, nas indemnizações devidas reduzido do valor correspondente ao
por Sinistro, resultante de qualquer das indemnizações pagas, relativamente
dos riscos indicados, a Seguradora só à anuidade em apreço. O Tomador de
será responsável pelo pagamento da Seguro poderá todavia repor o capital
importância que exceda o valor da referida através do pagamento de um prémio
Franquia. suplementar correspondente à facção do
capital reposto e ao período de tempo não
Valor da Indemnização em Caso de decorrido até ao vencimento do contrato.
Sinistro
Bonificações por Ausência de Sinistros e
A Seguradora pagará: Agravamentos por Sinistralidade

a) Em caso de Perda Total - o valor do As bonificações por ausência de Sinistros e


Capital Seguro; os agravamentos por sinistralidade (Bónus/
Malus) regem-se pela tabela e disposições
b) Em caso de Perda Parcial - o custo anexas às Condições Gerais, as quais fazem
da reparação da viatura segura, por parte integrante desta Condição Especial.
incorporação de peças novas, até ao
limite do Capital Seguro. Disposições Diversas

Para as matérias não expressamente

35
reguladas nesta Condição Especial substituição ou de depreciação do
vigoram, na parte aplicável, as Condições Veículo Seguro em razão do sinistro ou
Gerais da Apólice do Ramo Automóvel, provenientes de depreciação, desgaste
designadamente as respeitantes às ou consumo naturais do Veículo
coberturas complementares e as comuns a Seguro;
estas e ao seguro obrigatório.
e) ocasionados na instalação eléctrica
AU4 - Incêndio, Raio e Explosão da caixa isotérmica, se existir, desde
que provenientes de corrente anormal,
Âmbito de Cobertura tensão excessiva, imperfeição e
isolamento ou outra, ainda que na
Através da presente cobertura, quando mesma se produza um incêndio;
contratada, a Seguradora cobre os
prejuízos ou danos sofridos pelo Veículo e) Abrangidos por todas as demais
Seguro em consequência de queda de exclusões previstas no Artigo 6° das
raio, incêndio ou explosão ocasionais, Condições Gerais para as Coberturas
quer o veículo se encontre em marcha ou Complementares.
parado, quer recolhido em garagem ou
noutro local. Franquia

Exclusões Tendo sido contratada a Franquia


indicada nas Condições Particulares
Ficam excluídos do âmbito desta da Apólice, fica convencionado e
cobertura, os danos: aceite que, nas indemnizações devidas
por Sinistro, resultante de qualquer
a) Em pinturas de letras, desenhos, dos riscos indicados, a Seguradora só
emblemas, dísticos alegóricos, será responsável pelo pagamento da
reclamos ou propaganda no Veículo importância que exceda o valor da referida
Seguro, excepto quando estejam Franquia.
expressamente discriminados e
valorizados na Apólice; Bonificações por Ausência de Sinistros e
Agravamentos por Sinistralidade
b) Em acessórios ou em aparelhos e
instrumentos não incorporados de As bonificações por ausência de Sinistros e
origem no veículo (extras), excepto os agravamentos por sinistralidade (Bónus/
quando estejam expressamente Malus) regem-se pela tabela e disposições
discriminados e valorizados na Apólice; anexas às Condições Gerais, as quais fazem
parte integrante desta Condição Especial.
c) Em aparelhagem ou na instalação
eléctrica, desde que não resultem de Disposições Diversas
incêndio ou explosão;
Para as matérias não expressamente
d) Que se traduzam em lucros reguladas nesta Condição Especial
cessantes, perda de benefícios ou vigoram, na parte aplicável, as Condições
resultados advindos ao Tomador de Gerais da Apólice, designadamente
Seguro ou ao Segurado, ou decorrentes as respeitantes às Coberturas
da privação de uso, de gastos de Complementares e as comuns a estas e ao

36
Seguro Obrigatório. d) Os danos resultantes de subtracção
que tenha origem ou seja imputável a
AU5 - Furto ou Roubo dolo ou culpa grave do Segurado, do
Tomador ou do Condutor, de pessoas
Âmbito de Cobertura que com eles coabitem ou que
deles dependam economicamente,
A Seguradora, quando contratada a incluindo trabalhadores;
presente cobertura, garante, dentro dos
limites fixados na Apólice, a reparação e) Os prejuízos ou danos abrangidos
dos prejuízos ou danos derivados da pelas exclusões previstas no Artigo
subtracção ilegítima do Veículo Seguro, 6° das Condições Gerais para as
por motivo de roubo, furto ou furto Coberturas Complementares.
de uso, tentado ou consumado, que
se traduzam no desaparecimento, na Franquia
destruição, na danificação ou deterioração
do veículo, na subtracção de peças Tendo sido contratada a Franquia
fixas ou indispensáveis à sua utilização indicada nas Condições Particulares
e na subtracção de acessórios, estes da Apólice, fica convencionado e
últimos na condição de se encontrarem aceite que, nas indemnizações devidas
expressamente descritos e valorizados nas por Sinistro, resultante de qualquer
Condições Particulares. dos riscos indicados, a Seguradora só
será responsável pelo pagamento da
Exclusões importância que exceda o valor da referida
Franquia.
1. Ficam excluídos do âmbito desta
cobertura: Recuperação do Veículo Roubado

a) Os lucros cessantes de qualquer 1. Se o veículo roubado for recuperado


natureza e gastos de substituição ou dentro dos 60 (sessenta) dias seguintes
depreciação do Veículo Seguro, em à participação, o Tomador de Seguro ou
resultado do Sinistro; Segurado terá que aceitar a sua devolução
e a Seguradora indemnizará os danos
b) Os danos sofridos em pinturas causados ao veículo em consequência do
de letras, desenhos, emblemas, desaparecimento, suportando ainda as
dísticos alegóricos ou em reclamos despesas do seu repatriamento.
ou propaganda no Veículo
Seguro, excepto quando estejam 2. Se a recuperação tiver lugar depois
expressamente discriminados e deste prazo, o veículo ficará propriedade
valorizados na Apólice; da Seguradora, comprometendo-se
o Tomador de Seguro ou Segurado a
c) Os danos causados em acessórios subscrever os documentos necessários
ou em aparelhos e instrumentos não para o efeito, salvo se este desejar manter
incorporados de origem no veículo o veículo recuperado na sua propriedade,
(extras), excepto quando estejam caso em que devolverá à Seguradora
expressamente discriminados e o que, a título de indemnização, haja
valorizados na Apólice; recebido.

37
Regularização de Sinistros decorrente de acidentes de circulação
em que intervenha o Veículo Seguro
1. Em caso de Sinistro, e querendo o identificado nas Condições Particulares.
Segurado usar dos direitos que o contrato
de seguro lhe confere, deverá apresentar Âmbito Territorial
imediatamente queixa às autoridades
competentes e promover todas as As garantias são válidas para os eventos
diligências ao seu alcance conducentes ocorridos no espaço territorial estabelecido
à descoberta do veículo e dos autores do para a Apólice de Seguro Automóvel.
crime.
Definições
2. A indemnização só será devida
decorridos que sejam 60 (sessenta) dias Tomador de Seguro: titular da Apólice de
sobre a data da participação da ocorrência Seguro Automóvel.
à autoridade competente, se, até ao fim
desse período, o veículo ainda não tiver Beneficiários da Garantia ou Pessoas
sido encontrado. Seguras:

Bonificações por Ausência de Sinistros e a) O Segurado e /ou Tomador de


Agravamentos por Sinistralidade Seguro;

As bonificações por ausência de Sinistros e b) O Condutor, autorizado pelo


os agravamentos por sinistralidade (Bónus/ Segurado, do Veículo Seguro;
Malus) regem-se pela tabela e disposições
anexas às Condições Gerais, as quais fazem c) Qualquer passageiro, autorizado
parte integrante desta Condição Especial. pelo Segurado, transportado
gratuitamente no Veículo Seguro.
Disposições Diversas
Se o Segurado for uma pessoa colectiva, as
Para as matérias não expressamente garantias previstas serão aplicáveis a quem
reguladas nesta Condição Especial aquela certifique, documentalmente, ser o
vigoram, na parte aplicável, as Condições condutor habitual do Veículo Seguro.
Gerais da Apólice do Ramo Automóvel,
designadamente as respeitantes às Veículo Seguro: Qualquer veículo a motor,
Coberturas Complementares e as comuns bem como a caravana ou reboques que
a estas e ao Seguro Obrigatório. sejam propriedade do Segurado e que
no momento da ocorrência do evento
AU6 - Protecção Jurídica estejam atrelados ao veículo identificado
nas Condições Particulares.
Disposições Preliminares
Evento: Verificação do conjunto de
Fica expressamente convencionado que, circunstâncias que dão lugar a que a
nos termos, Condições e limites a seguir Seguradora confira a obrigação assumida;
descritos, a presente cobertura garante eventuais períodos de carência poderão
aos Beneficiários as despesas, até aos ser previstos na presente Condição
limites fixados no Anexo D, desta Condição Especial.
Especial, com a Protecção Jurídica

38
Âmbito da Cobertura Pessoas Seguras em qualquer processo
penal por crime ou infracção de
1. Através da presente Condição Especial natureza involuntária que lhe for
e até aos limites fixados nas Condições movido em consequência daquele
Particulares, a Seguradora garante as acidente.
seguintes coberturas:
A presente cláusula não se aplica aos
a) Protecção Jurídica, incluindo: casos de infracções que motivem a
instauração de simples processo de
> Defesa em processo penal em contra-ordenação contra a Pessoa
consequência de acidente de Segura.
viação;
> Reclamações por danos corporais; b) Reclamação por Danos Corporais
> Reclamações por danos materiais.
A Seguradora garante, até ao limite
b) Cauções penais. fixado nas Condições Particulares, o
pagamento das despesas inerentes
2. Os limites máximos pelos quais a à regulação extrajudicial ou judicial
Seguradora responderá em cada uma das dos Sinistros com vista à obtenção,
prestações acima indicadas e definidas de Terceiros responsáveis, das
nos pontos 4 e 5, serão os estabelecidos no indemnizações devidas às Pessoas
Anexo D, desta Condição Especial. Seguras ou à sua família e herdeiros
em caso de lesões corporais ou morte
3. As garantias previstas nos pontos 4 e causadas àquelas, em consequência de
5 não se aplicam quando, no momento acidente de circulação que envolva o
da ocorrência do evento, o condutor do Veículo Seguro.
veículo:
A Pessoa Segura obriga-se a facultar à
i) Não possua carta de condução ou Seguradora os documentos necessários
não possua carta de condução válida; para levar a cabo a reclamação.

ii) Não possua carta de condução que o c) Reclamação por Danos Materiais
habilite a conduzir o Veículo Seguro;
i) A Seguradora garante, até
iii) Não esteja autorizado a conduzir o ao limite fixado nas Condições
Veículo Seguro. Particulares, o pagamento das
despesas inerentes à regulação
4. Protecção Jurídica extrajudicial ou judicial dos
Sinistros com vista à obtenção,
a) Defesa em Processo Penal em de Terceiros responsáveis, das
consequência de Acidente de Viação indemnizações devidas por danos
causados ao Veículo Seguro em
Em caso de acidente de viação, a consequência de acidente de
Seguradora garante, até ao limite viação.
fixado nas Condições Particulares, o
pagamento das despesas necessárias ii) Se o Segurado tiver subscrito
e razoáveis inerentes à defesa das um contrato que garanta os

39
danos próprios do Veículo Seguro, Exclusões
a Seguradora só garante o
pagamento das despesas inerentes 1. Para além das exclusões previstas no
à reclamação com vista à obtenção Artigo 6º das Condições Gerais para as
da indemnização de danos não coberturas complementares, ficam ainda
cobertos por aquele contrato, ou de excluídos do âmbito desta cobertura:
danos cobertos por aquele seguro
quando a garantia nele prevista a) As acções ou litígios entre as Pessoas
não tenha funcionado por causa Seguras, incluindo o Tomador de
alheia à vontade do Segurado. Seguro e o Segurado;

iii) Esta garantia abrange ainda o b) As acções ou litígios entre qualquer


pagamento das despesas inerentes das Pessoas Seguras, incluindo o
à reclamação, a favor da Pessoa Tomador de Seguro e o Segurado, e a
Segura, de indemnização por Seguradora, sem prejuízo do disposto
danos causados em mercadorias no número 1 dos “Direitos das Pessoas
transportadas no Veículo Seguro Seguras”;
assim como por danos causados
em objectos pessoais que a Pessoa c) Quaisquer importâncias a que
Segura transporte consigo desde a Pessoa Segura seja condenada
que tais danos sejam consequência judicialmente a título de:
de acidente de viação.
i) Pedido de indemnização de
5. Cauções Penais Terceiros na acção e respectivos
juros;
a) A Seguradora garante, com respeito
do estipulado nesta Condição Especial, ii) Procuradoria e custas do
a constituição de caução que seja processo devidos à parte contrária;
exigida às Pessoas Seguras no âmbito
de um processo de natureza penal ou d) Quaisquer montantes relativos a
necessária para garantir a sua liberdade multas, coimas, impostos ou outros de
provisória, até ao limite fixado no natureza fiscal e impostos de justiça
Anexo D, desta Condição Especial. em processo crime, salvo os devidos
pelo assistente em processo penal;
b) A constituição de qualquer caução
será feita sob forma de empréstimo, e) A defesa penal ou civil da Pessoa
ficando o seu responsável com a Segura emergente de conduta
obrigação de reembolsar a Seguradora intencional e conhecida da mesma,
do montante da mesma, logo que salvo tratando-se de contravenção,
a entidade depositária se proponha ou acção em que a Pessoa Segura
devolver esse valor, ou se torne seja acusada de crime dolosamente
definitivo que não o devolverá. A praticado;
obrigação de reembolso será titulada
em declaração de dívida assinada pelo f) A defesa da Pessoa Segura em litígios
responsável. que ocorram após o evento e tenham
por base direitos cedidos, subrogados,
ou emergentes de créditos solidários;

40
g) Os eventos relacionados com danos Condições Gerais da Apólice, as Pessoas
já existentes à data do Sinistro. Seguras ficam igualmente, obri¬gadas a:

Direitos das Pessoas Seguras a) Transmitir à Seguradora, no prazo


máximo de 48 (quarenta e oito)
1. A Pessoa Segura tem direito a: horas após a sua recepção, todos os
avisos, citações, requerimentos, cartas,
a) Escolher livremente um advogado notificações e, em geral, todos os
ou qualquer outra pessoa com documentos judiciais ou extrajudiciais
qualificações legalmente aceites, para relacionados com o Sinistro;
a defender, representar ou servir os
seus interesses em caso de processo b) Consultar a Seguradora sobre
judicial ou administrativo, ou ainda eventuais propostas de transacção que
quando exista conflito de interesses lhes sejam dirigidas, sob pena de, não
entre si e a Seguradora; o fazendo, perder os direitos relativos
às coberturas de Protecção Jurídica
b) Recorrer ao processo de garantidos por esta Condição Especial;
arbitragem nos termos do Artigo 35º
das Condições Gerais, em caso de c) Reembolsar a Seguradora, dentro
diferendo que resulte de divergência dos prazos estabelecidos nesta
de opiniões suas e da Seguradora, sem Condição Especial de todo e qualquer
prejuízo de, a expensas suas, prosseguir adiantamento concedido ao abrigo das
a acção ou recurso desaconselhado garantias da mesma;
pela Seguradora, sendo no entanto
indemnizado na medida em que a d) Fornecer à Seguradora os
decisão arbitral lhe seja favorável; justificativos detalhados das despesas
garantidas.
c) Ser atempadamente informada
pela Seguradora, sempre que surja Sinistros e Indemnizações
um conflito de interesses ou que
exista desacordo quanto à resolução 1. Uma vez recebida a participação de
do litígio, dos direitos referidos nas Sinistro a coberto da presente Condição
alíneas anteriores e da possibilidade de Especial, a Seguradora procederá à sua
atempadamente recorrer ao processo apreciação e informará o Beneficiário, com
arbitral, nos termos da lei; a maior brevidade possível, por escrito e
de forma fundamentada, se concluir que o
d) O conflito de interesses decorre, evento participado não está contemplado
nomeadamente, do facto de a pelas garantias da Apólice ou se a
Seguradora garantir a cobertura de pretensão não apresenta probabilidades
Protecção Jurídica a ambas as partes de sucesso, designadamente pela
em litígio ou de, simultaneamente, dar inexistência de prova suficiente.
cobertura ao próprio Segurado através
de qualquer outro Ramo. 2. Caso a participação seja aceite, a
Seguradora promoverá as diligências
Obrigações das Pessoas Seguras adequadas a uma resolução extrajudicial
do litígio.
1. Além das obrigações constantes das

41
3. Os profissionais eventualmente
nomeados pela Pessoa Segura gozarão
de toda a liberdade na direcção técnica
do litígio, sem dependerem de quaisquer
instruções da Seguradora, a qual também
não responde pela actuação daqueles
nem pelo resultado final dos seus
procedimentos.

Não obstante, os profissionais nomeados


deverão manter a Seguradora informada
da sua actuação e da evolução do
respectivo processo, enviando cópia de
todas as peças processuais.

Efeitos do Contrato

1. No âmbito da defesa da Pessoa Segura


derivada da sua Responsabilidade Civil,
apresente Condição Especial produz
os seus efeitos em relação a processos
judiciais ou extrajudiciais, emergentes de
Sinistros ocorridos durante a vigência da
Apólice que garante o Veículo Seguro.

2. No âmbito da cobertura de danos ao


próprio veículo garantido, a cobertura
do seguro será actuada durante a
vigência da Apólice, ou quando tal não
seja materialmente possível, até 6 (seis)
meses após a resolução do contrato de
seguro, sob pena de cessação dos efeitos
contratuais.

Casos Omissos

1. Nos casos omissos nesta Condição


Especial recorrer-se-á à legislação aplicável.

42
ANEXO D

GARANTIAS E LIMITES

Garantias Limites de Indemnização (USD$)

1 - Protecção Jurídica:

1.1. Defesa em processo penal em 2.000,00


consequência de acidente de viação
1.2. Reclamação por danos corporais 2.000,00

1.3. Reclamação por danos materiais 1.000,00

2 - Adiantamento de Cauções Penais 3.000,00

AU7 - Assistência em Viagem legais representantes das sociedades


seguradas, durante deslocações em
Definições que utilizem o Veículo Seguro como
meio de transporte;
1. Para efeitos da presente Condição
Especial entende-se por: e) Os restantes ocupantes do Veículo
Seguro, mas apenas quando sofram
Beneficiários da Garantia ou Pessoas lesões corporais em consequência
Seguras: de acidente de viação em que seja
interveniente o Veículo Seguro.
a) O Segurado ou o Tomador de
Seguro, quando se tratem de pessoas Serviço de Assistência: A entidade através
físicas e residentes em Angola; da qual a Seguradora se encarrega de
prestar os serviços consignados nesta
b) O condutor habitual do veículo Condição Especial.
abrangido pela Apólice do seguro
automóvel; Veículo Seguro: O veículo a coberto da
Apólice automóvel, abrangendo a caravana
c) O cônjuge, ou pessoa em ou atrelado.
situação idêntica, os ascendentes e
descendentes do Segurado ou do Âmbito Territorial e Duração
Tomador de Seguro, até ao primeiro
grau desde que com eles vivam 2. Validade das garantias
ou coabitem ou simplesmente
a seu cargo, ainda que viajem 2.1. As garantias de Assistência às
separadamente e qualquer que seja o Pessoas e suas Bagagens são válidas:
meio de transporte utilizado;
a) Em Angola, a partir da residência
d) Os empregados ou assalariados do do Segurado e/ou Tomador
Segurado e/ou Tomador de Seguro e os de Seguro, com excepção das

43
consignadas no número 4.1., 4.3., cirúrgica, farmacêutica ou hospitalar,
4.6., e 4.13.; a Seguradora suportará, até aos
limites fixados no quadro anexo desta
b) Nos restantes países da SADC. Condição Especial:

2.2. As garantias de Assistência ao a) As despesas e honorários


Veículo e seus Ocupantes são válidas: médicos e cirúrgicos;

a) Em Angola, a partir da residência b) Os gastos com produtos


do Segurado e/ou Tomador farmacêuticos prescritos pelo
de Seguro, com excepção das médico;
consignadas em 5.2.4. e 5.2.5.;
c) As despesas de hospitalização.
b) Nos restantes países da SADC.
4.2. Acompanhamento da Pessoa
2.3. As garantias caducarão Segura Hospitalizada
automaticamente na data em que o
Segurado e/ou Tomador de Seguro Verificando-se a hospitalização de
deixar de ter residência habitual em uma Pessoa Segura e se o seu estado
Angola, ou se a sua permanência no não aconselhar o repatriamento ou
estrangeiro for superior a 60 (sessenta) regresso imediato, a Seguradora
dias por viagem ou deslocação. suportará as despesas de estadia num
hotel de um familiar ou outra pessoa
Âmbito da Cobertura por ela indicada, que se encontre
presente no local, para ficar junto de si,
3. Nos termos estabelecidos na presente até aos limites fixados no quadro anexo
Condição Especial, a Seguradora desta Condição Especial.
garante às Pessoas Seguras a assistência
decorrente da verificação dos riscos 4.3. Despesas com Prolongamento de
previstos ocorridos durante as deslocações. Estadia em Hotel para a Pessoa Segura
e Acompanhante, incluindo Regresso
As despesas médicas, cirúrgicas, (válidas só no estrangeiro)
medicamentos e hospitalares prescritas
e/ou efectuadas em Angola não se Se, após a ocorrência da doença
encontram garantidas pela presente ou acidente, o estado da Pessoa
cobertura. Segura não justificar hospitalização
ou transporte sanitário e se o seu
4. Garantias de Assistência às Pessoas e regresso não se puder realizar na data
suas Bagagens inicialmente prevista, a Seguradora
suportará, se a elas houver lugar, as
4.1. Despesas Médicas Cirúrgicas, despesas realizadas com a sua estadia
Farmacêuticas e de Hospitalização em hotel bem como com as de uma
(válidas só no estrangeiro) pessoa que a fique a acompanhar,
até aos limites fixados no quadro
Se, em consequência de doença anexo desta Condição Especial.
ou acidente, a Pessoa Segura Quando o estado de saúde da Pessoa
necessitar de assistência médica, Segura o permitir, a Seguradora

44
suportará as despesas referentes ao de envio, para o local onde a Pessoa
seu regresso, bem como do eventual Segura se encontra, dos medicamentos
acompanhante, pelo meio mais indispensáveis de uso habitual e não
adequado, caso não possa regressar existentes localmente ou que aí não
pelos meios inicialmente previstos. tenham sucedâneos.

4.4. Bilhete de Ida e Volta para um 4.7. Transporte ou Repatriamento


Familiar e Despesas de Hotel Sanitário de Feridos ou Doentes

Quando a Pessoa Segura se encontra No caso da Pessoa Segura adoecer ou


hospitalizada, e o seu internamento se sofrer acidente, a Seguradora tomará a
preveja de duração superior a 5 (cinco) seu cargo:
dias, e não se encontrando no local
outra Pessoa que a possa acompanhar, a) As despesas de transporte
a Seguradora porá à disposição de em ambulância até à clínica ou
um seu familiar um bilhete de ida hospital mais próximo;
e volta para a sua visita, suportando
igualmente as despesas de estadia b) O controlo através da sua
do familiar, contra a apresentação equipa médica, em contacto
dos documentos justificativos até aos com o médico assistente da
limites fixados no quadro anexo desta Pessoa Segura ferida ou doente,
Condição Especial. para determinar as medidas
convenientes ao melhor tratamento
4.5. Adiantamento de Fundos a seguir e o meio mais adequado a
utilizar numa eventual transferência
Em caso de internamento hospitalar, para outro centro hospitalar mais
em consequência de lesão ou doença apropriado ou até ao seu domicílio;
abrangida pela garantia referida
no número 2 a), que se preveja c) O custo desta transferência,
prolongado, a Seguradora poderá pelo meio de transporte mais
efectuar o adiantamento do montante adequado, do ferido ou doente,
necessário aos pagamentos dessas até ao centro hospitalar prescrito
despesas, até aos limites fixados no ou até ao domicílio habitual. Se a
quadro anexo desta Condição Especial. Pessoa Segura for transferida para
Após o seu regresso, a Pessoa Segura centro hospitalar distante do seu
a quem tenha sido concedido o domicílio, a Seguradora suportará
adiantamento de fundos fica obrigada igualmente as despesas da sua
a demonstrar perante a Seguradora oportuna transferência até ao
a despesa efectiva, para que se faça mesmo.
o correspondente acerto de contas,
nomeadamente pela aplicação do O meio de transporte a utilizar em
disposto na ‘’Complementaridade’’. Angola e nos países da SADC, quando
a urgência e a gravidade do caso o
4.6. Envio urgente de Medicamentos exigirem e a disponibilidade o permitir,
(válido só no estrangeiro) será o avião sanitário especial.

A Seguradora suportará as despesas Com excepção dos casos referidos

45
no parágrafo anterior, tal transporte Contratadas ou de um Familiar
far-se-á por avião comercial ou por
qualquer outro meio adequado às A Seguradora suportará as despesas
circunstâncias. com todas as formalidades a efectuar
no local do falecimento da Pessoa
4.8. Acompanhamento durante o Segura, bem como as relativas ao seu
Transporte ou Repatriamento Sanitário transporte ou repatriamento até ao
local do funeral em Angola, incluindo
Mediante parecer favorável dos comparticipação no custo da urna, até
respectivos serviços clínicos, a aos limites fixados no quadro anexo
Seguradora sempre que tal se desta Condição Especial.
revele aconselhável, custeará o
acompanhamento da Pessoa No caso das Pessoas Seguras
Segura durante o seu transporte ou acompanhantes no momento do
repatriamento, por parte de outra falecimento não poderem regressar
Pessoa Segura que se encontre pelos meios inicialmente previstos,
presente no local. ou por impossibilidade de utilização
do bilhete de transporte já adquirido,
4.9. Transporte ou Repatriamento das a Seguradora suportará as despesas
Pessoas Seguras Acompanhantes de transporte para o regresso das
mesmas até ao local do funeral ou até
Tendo havido repatriamento ou ao domicílio.
transporte de uma ou mais Pessoas
Seguras por motivo de doença ou Se as Pessoas Seguras a que se refere
acidente, em conformidade com o parágrafo anterior forem menores
a alinha g), e tal facto impeça às de 15 (quinze) anos e não dispuserem
restantes o regresso ao domicilio, de um familiar ou pessoa de confiança
pelo meio inicialmente previsto, a para acompanhá-las em viagem, a
Seguradora suportará as despesas de Seguradora suportará as despesas
transporte para regresso das mesmas inerentes à contratação de uma pessoa
até ao seu domicílio ou até onde que viaje com elas até ao local do
esteja hospitalizada a Pessoa Segura funeral ou até ao seu domicílio.
transportada ou repatriada. Se as
Pessoas Seguras a que se refere o Se por motivos administrativos, for
parágrafo anterior forem menores de necessária a inumação provisória ou
15 (quinze) anos e não dispuserem de definitiva localmente, a Seguradora
um familiar ou pessoa de confiança suportará as despesas de transporte
para acompanhá-las em viagem, a de um familiar, se um deles não se
Seguradora suportará as despesas encontrar presente no local, pagando
inerentes à contratação de uma pessoa as despesas de uma passagem de
que viaje com elas até ao local do seu ida e volta, pelo meio de transporte
domicílio ou até onde se encontre mais adequado, para se deslocar
hospitalizada a Pessoa Segura. até ao local da inumação, pagando
ainda as despesas de estadia até aos
4.10. Formalidades, Transporte ou limites fixados no quadro anexo desta
Repatriamento de Falecidos, das Condição Especial.
Pessoas Seguras Acompanhantes, das 4.11. Regresso antecipado da Pessoa

46
Segura por motivo de Falecimento ou como no da perda ou extravio dos
Doença de um Familiar em Angola ditos pertences, caso encontrados, a
Seguradora suportará os custos da sua
Se, no decurso de uma viagem, falecer entrega à Pessoa Segura, desde que se
em Angola o cônjuge, ou pessoa em encontrem devidamente embalados e
situação idêntica, ou ascendente ou transportáveis até ao limite máximo de
descendente até ao 2° grau, adoptados, 100 Kg.
irmãos, sogros, ou cunhados da Pessoa
Segura, e no caso de o meio utilizado 4.13. Furto ou Roubo de Valores
para a sua viagem ou bilhete adquirido Monetários (válido só no estrangeiro)
não lhe permitir a antecipação do
regresso, a Seguradora suporta as Ocorrendo extravio, furto ou roubo
despesas com a passagem de comboio de valores monetários, em país
em 1ª classe ou de avião em classe estrangeiro, não recuperados num
turística, desde o local de estadia até prazo de 24 (vinte e quatro) horas,
ao seu domicílio ou até ao local da que deixe as Pessoas Seguras
inumação em Angola. momentaneamente sem recursos
que lhes permitam regressar a Angola,
Esta garantia funciona ainda no caso a Seguradora adiantará a quantia
de o cônjuge da Pessoa Segura ou necessária para o transporte, até aos
pessoa com quem coabite em termos limites fixados no quadro anexo desta
de permanência, ascendente ou Condição Especial, ficando a Pessoa
descendente até ao 2° grau, ser vítima Segura obrigada, após o regresso a
de acidente ou doença imprevisível reembolsar a Seguradora da quantia
em Angola, cuja gravidade, a confirmar recebida.
pelo médico da Seguradora depois
de contacto com o médico assistente, Estas importâncias adiantadas serão
exija a sua presença urgente e reembolsadas à Seguradora no prazo
imperiosa. Se, em consequência da máximo de 60 (sessenta) dias.
vinda prematura, for indispensável o
regresso ao local de estadia da Pessoa 4.14. Transmissão de Mensagens
Segura para permitir o regresso do Urgentes
veículo ou das outras Pessoas Seguras
pelos meios inicialmente previstos, a A Seguradora encarregar-se-á de
Seguradora põe à sua disposição para transmitir as mensagens urgentes
esse efeito uma passagem, nos meios de que seja incumbida pela Pessoa
atrás descritos, suportando os custos Segura, resultantes da ocorrência de
respectivos. algum acontecimento coberto pelas
presentes garantias.
4.12. Procura e Transporte de Bagagens
e/ou Objectos Pessoais 5. Garantias de Assistência ao Veículo e
seus Ocupantes
No caso de roubo de bagagens e/
ou objectos pessoais, a Seguradora A validade destas garantias é condicionada
assistirá, se requerida, a Pessoa à utilização do Veículo Seguro.
Segura na respectiva participação
às autoridades. Tanto neste caso 5.1. Assistência ao Veículo Seguro

47
5.1.1. Despesas de Reboque do seu transporte até à alfândega
Veículo em consequência de Avaria aeroportuária mais próxima do
ou Acidente local onde se encontre a Pessoa
Segura, assegurando igualmente as
Em caso de avaria ou acidente do despesas de transporte necessárias
Veículo Seguro que o impeça de ao levantamento das mencionadas
circular pelos seus próprios meios, peças, até ao limite correspondente
a Seguradora suportará as despesas ao preço de uma viagem de
de reboque até à oficina mais comboio de 1.º classe.
próxima do local da ocorrência, até
ao valor fixado no quadro anexo Apenas serão de conta da
desta Condição Especial. Seguradora os gastos de transporte,
devendo a Pessoa Segura liquidar
A Seguradora garante em àquela o custo das peças bem
alternativa os gastos com uma como os eventuais direitos
reparação de emergência (menos aduaneiros correspondentes.
de 30 minutos) efectuada no local
da ocorrência que permita ao 5.1.3. Transporte ou Repatriamento
veículo prosseguir a sua marcha, do Veículo em consequência de
excluindo-se o custo das peças que Avaria, Acidente, Roubo e Despesas
serão a cargo da Pessoa Segura. com Recolhas

Excluem-se, neste caso, do serviço Quando o Veículo Seguro, como


de reboque e reparação de consequência de avaria ou
emergência: acidente, necessite de reparação
que implique imobilização
> O arranque à saída do domicilio, superior a 72 (setenta e duas)
desde que a marcha não tenha horas ou mais de 8 (oito) horas de
sido iniciada reparação, segundo o tarifário da
> A falta de combustível; marca ou, em caso de roubo, se
> Os furos de pneus. for recuperado depois do regresso
da Pessoa Segura ao seu domicílio
5.1.2. Envio de Peças de Substituição habitual, antes de decorridos 6
(seis) meses a contar da data de
A Seguradora suportará as roubo, a Seguradora suportará:
despesas do envio, pelo meio mais
adequado, das peças necessárias a) As despesas de transporte
para a reparação do Veículo do veículo até ao domicílio
Seguro e para a segurança dos do Tomador de Seguro ou do
seus ocupantes, desde que seja Segurado, ou até uma oficina
impossível obtê-las no local da próxima por eles indicada. Se
ocorrência. o Valor Venal do veículo no
mercado Angolano, antes do
Quando a entrega das peças acidente ou avaria, for inferior
deva ser feita no estrangeiro e ao custo também em Angola,
revista o carácter de urgência, a da reparação a efectuar, a
Seguradora encarregar-se-á do Seguradora suportará apenas

48
as despesas de abandono legal domicílio.
do veículo no local onde ele se
encontre; Serão da responsabilidade da
Seguradora, exclusivamente
b) As despesas com recolhas as despesas com o motorista,
do veículo relacionadas com exceptuando-se as restantes.
esta garantia, até ao montante
fixado no quadro anexo desta 5.2. Assistência aos Ocupantes do
Condição Especial. Veículo Seguro em consequência de
Avaria ou Acidente
5.1.4. Despesas de Transporte com o
fim de recuperar o Veículo Seguro 5.2.1. Despesas de Estadia em Hotel

No caso de o veículo acidentado No caso do veículo imobilizado não


ou avariado ter sido reparado no poder ser reparado no mesmo dia e
próprio local da ocorrência e não a sua reparação demorar mais de 7
tiver sido feito uso da garantia de (sete) horas, segundo o tarifário da
repatriamento ou transporte do marca, a Seguradora suportará os
mesmo veículo, ou no caso de gastos reais de estadia num hotel,
ter sido roubado e encontrado enquanto aguarda a reparação, até
posteriormente e se verifique estar aos limites fixados no quadro anexo
em bom estado de marcha e desta Condição Especial.
segurança, a Seguradora suportará
as despesas de transporte (pelo 5.2.2. Transporte, Repatriamento
meio mais adequado) da Pessoa ou Continuação da Viagem dos
Segura, condutor do veículo ou da Ocupantes do Veículo Seguro,
pessoa por esta indicada, a fim de incluindo Despesas de Aluguer de
recuperar o mesmo. um Veículo

5.1.5. Envio de Motorista Profissional Quando o veículo não for reparável


no próprio dia da avaria ou
Quando o Condutor do Veículo acidente e a sua reparação demorar
Seguro tiver sido transportado mais de 6 (seis) horas segundo
ou repatriado em consequência o tarifário da marca e não tenha
de doença, acidente ou morte sido utilizada a garantia prevista
ou em caso de incapacidade no número anterior, a Seguradora
de condução por doença e tomará a seu cargo:
quando nenhum dos restantes
ocupantes puder substitui-lo, a a) O transporte ou
Seguradora porá à disposição repatriamento da Pessoa
um motorista profissional, para Segura e dos seus
condução do Veículo Seguro, com acompanhantes até ao
os seus ocupantes, até ao local da domicílio ou se preferirem,
residência em Angola ou, quando até ao local de destino da
solicitado, até ao lugar de destino, sua viagem sempre que,
desde que os gastos não sejam neste último caso, os gastos
superiores aos do regresso ao não sejam superiores aos do

49
regresso ao domicílio. involuntário ou de ofensas
corporais involuntárias, dano
b) Em alternativa, sempre que culposo ou infracção às leis
as Pessoas Seguras sejam duas e regras de circulação em
ou mais, e existindo meios consequência da propriedade,
localmente disponíveis, a guarda ou utilização do Veículo
Seguradora porá à disposição, Seguro.
para todas as pessoas seguras,
um veículo de aluguer, de b) A Seguradora compromete-
cilindrada e categoria similares se ainda a:
às do veículo avariado ou
acidentado, por um máximo de i) reclamar a reparação
48 (quarenta e oito) horas e até pecuniária dos danos
aos limites fixados no quadro corporais e/ou materiais
anexo desta Condição Especial. sofridos pela Pessoa Segura,
desde que resultem de um
A utilização do veículo de acidente em que esteja
aluguer fica limitada ao trajecto envolvido o Veículo Seguro
entre o local da ocorrência e e sejam da responsabilidade
o domicilio da Pessoa Segura de uma pessoa diferente
ou o de destino, desde que do Tomador de Seguro,
neste último caso a distância a Segurado ou de qualquer
percorrer não seja superior à do das Pessoas Seguras pela
regresso ao domicílio. Apólice;

5.2.3. Garantias às Pessoas Seguras, ii) prestar assistência à


em consequência de Roubo do Pessoa Segura no caso de
Veículo litígio com garagistas ou
reparadores de automóveis.
As garantias definidas no número
anterior serão aplicadas às Pessoas Competirá à Seguradora
Seguras no caso de roubo do dirigir todas as diligências,
Veículo Seguro. É indispensável negociações e procedimentos,
a prévia denúncia do roubo às escolher os seu peritos,
autoridades competentes do país médicos, conselheiros,
em que se verificou a ocorrência. advogados.

5.2.4. Defesa e Reclamação Jurídica A Pessoa Segura poderá, no


(válidas apenas no estrangeiro) entanto, associar peritos ou
conselheiros da sua escolha,
a) A Seguradora compromete- com despesas a seu cargo.
se, até aos limites fixados no
quadro anexo desta Condição c) A Seguradora não intentará
Especial, a assegurar a defesa acção judicial ou não recorrerá
da Pessoa Segura perante de uma decisão judicial
qualquer tribunal, se ela quando:
for acusada de homicídio

50
i) considerar que tal não em resultado de procedimento
apresenta suficientes criminal consequente de acidente
probabilidades de sucesso; de viação com o Veículo Seguro.

ii) por informações obtidas, c) Estas importâncias adiantadas


o Terceiro considerado quer para custas processuais
responsável seja insolvente; quer para a garantia de liberdade
provisória, serão reembolsadas
iii) o valor dos prejuízos não à Seguradora, no prazo máximo
exceder o valor do salário de 3 (três) meses ou logo após
mínimo nacional; a sua restituição pelo tribunal,
consoante o que ocorrer primeiro.
iv) considerar justa e Simultaneamente com a prestação
suficiente a proposta feita da caução por parte da Seguradora,
pelo Terceiro. deverá a pessoa assinar documento
de reconhecimento de dívida
A Pessoa Segura pode, no ou prestar garantia bastante
entanto, em todos os casos, para o caso de, por sua culpa, ser
intentar ou prosseguir a quebrada ou perdida a caução.
acção ou os seus recursos a
expensas suas. Se vier a ganhar, Exclusões
a Seguradora reembolsá-la-á
do montante das despesas 6. Para além das exclusões estabelecidas
legitimamente efectuadas. no Artigo 6° das Condições Gerais da
Apólice, encontram-se também excluídas:
5.2.5. Avanço de Cauções Penais (válido
só no estrangeiro) 6.1. Garantias relativas às pessoas

a) A Seguradora prestará as cauções a) Despesas médicas, cirúrgicas,


penais que sejam exigidas ao farmacêuticas e de hospitalização;
Tomador de Seguro, ao Segurado
ou ao Condutor do Veículo Seguro, b) Doenças ou lesões que se
para garantir as custas processuais produzam como consequência
em procedimento criminal que de doença crónica ou prévia,
contra eles seja movido, em relativamente ao início da viagem,
consequência de acidente de assim como as suas consequências
viação com o Veículo Seguro, até ou recaídas;
ao limite fixado no quadro anexo
desta Condição Especial. c) Qualquer tipo de doença mental;

b) Prestará, ainda, a título de d) Estado de embriaguez;


adiantamento, e até ao limite
fixado no quadro anexo desta e) Morte por suicídio ou doença ou
Condição Especial, a caução lesões da sua tentativa ou causadas
que seja exigida para garantia intencionalmente pelo Tomador de
da sua liberdade provisória ou Seguro ou Segurado a si próprio,
comparência no julgamento assim como as que derivem, directa

51
ou indirectamente, de acções Ocupantes
criminais do titular;
a) Despesas de alojamento e/
f) Tratamento de doenças ou ou estadia, salvo os casos
estados patológicos provocados expressamente previstos;
por intencional ingestão de tóxicos
(drogas), narcóticos ou utilização
de medicamentos sem prescrição b) Gastos com gasolina, táxis,
médica; reparações ou conservação do
Veículo Seguro;
g) Despesas com próteses, óculos,
lentes de contacto, bengalas e c) Furto ou roubo do Veículo
similares, assim como as despesas Seguro, seus acessórios, bagagens
de curas termais; e objectos pessoais, salvo os casos
expressamente previstos.
h) Acontecimentos derivados
da prática de desportos em Pedido de Assistência
competição, de alto risco tal
como pára-quedismo, alpinismo 7. Para possibilitar à Seguradora a
e montanhismo, artes marciais e prestação de assistência adequada,
outros desportos de risco, assim o Tomador de Seguro, o Segurado ou
como nos treinos para competições qualquer das outras Pessoas Seguras,
e apostas. comunicará de imediato, de preferência
telefonicamente, qualquer acontecimento
i) Os primeiros US$ 35 (trinta e que dê lugar às prestações garantidas,
cinco) de qualquer tipo de despesa mencionando o tipo de assistência
médica ou despesa farmacêutica; requerida, a identificação das pessoas e do
veículo abrangido, o número da Apólice e
j) Gastos de e com o funeral ou a indicação do lugar onde se encontra e do
cerimónias fúnebres, durante o telefone a contactar.
transporte ou repatriamento de
falecidos, salvo os expressamente Ficam a cargo da Seguradora, mediante
previstos; os respectivos documentos justificativos,
as despesas de comunicação feitas
k) Despesas de alojamento e/ com o objectivo de viabilizar ou facilitar
ou estadia, salvo os casos o exercício das garantias previstas no
expressamente previstos; contrato.

l) Ocorrências que exijam As chamadas telefónicas serão a pagar


operações de salvamento de pelo destinatário e, nos países em que isso
Pessoas Seguras, cujos eventos não seja possível, poderá a Pessoa Segura
ocorram no mar, montanha e obter da Seguradora o reembolso das
deserto; importâncias despendidas.

m) Viagens ou deslocações cuja Complementaridade


duração seja superior a 90 dias.
6.2. Garantias relativas ao Veículo e seus 8. As garantias consignadas nesta

52
Condição Especial são complemento, nos 14. Para tudo o que não for expresso nesta
termos legais estabelecidos, de outros Condição Especial vigoram, na parte
contratos de seguro cobrindo os mesmos aplicável, as Condições Gerais da Apólice.
riscos, da segurança social ou de qualquer
outro regime de prevenção de que a
Pessoa Segura seja beneficiária, porventura
existentes. Neste sentido, as Pessoas
Seguras constituem-se na obrigação de
promover todas as diligências necessárias
à obtenção das respectivas prestações.

Disposições Diversas

9. A Seguradora não se responsabiliza


pelos atrasos e incumprimentos devidos
a causa de força maior ou a características
administrativas ou políticas especiais de
um determinado país.

10. Não ficam abrangidas as garantias


e prestações que não tenham sido
solicitadas à Seguradora e que não
tenham sido efectuadas por ou com o
seu acordo, salvo casos de força maior ou
impossibilidade material demonstrada.

11. As garantias de carácter médico e


de transporte sanitário devem apenas
efectuar-se com o prévio acordo entre o
médico do centro hospitalar que assiste
a Pessoa Segura e a equipa médica da
Seguradora.

12. As Pessoas Seguras e/ou o aderente


que tiverem utilizado prestações de
transportes previstas no presente contrato
ficam obrigadas a promover as diligências
necessárias à recuperação de bilhetes de
transporte não utilizados e a entregar à
Seguradora as importâncias recuperadas.

13. A Seguradora fica subrogada nos


direitos e acções que possam corresponder
à Pessoa Segura, por factos que possam
ter motivado a intervenção daquela e até
ao valor total dos serviços prestados ou
abonados.

53
ANEXO E

GARANTIAS DE ASSISTÊNCIA EM VIAGEM E SEUS LIMITES

GARANTIAS DE ASSISTÊNCIA AS PESSOAS

1. Despesas médicas, cirúrgicas, farmacêuticas e de hospitalização nó estrangeiro:

Por pessoa e por viagem 3.270,00

Limite por viagem 13.635,00

Franquia em qualquer tipo de despesa médica ou despesa farmacêutica 40,00

2. Acompanhamento da Pessoa Segura hospitalizada:

Alojamento por dia 40,00

3. Despesas de prolongamento de estadia em hotel para a Pessoa Segura e


acompanhante, incluindo o regresso (válido só no estrangeiro):

Alojamento por dia e por pessoa 40,00

Limite para alojamento, por pessoa 400,00

Transporte Ilimitado

4. Bilhete de ida e volta para um familiar e despesas de hotel:

Transporte Ilimitado

Alojamento por dia 40,00

Limite para o alojamento 400,0

5. Adiantamento de fundos:

Por pessoa e por viagem 3.273,00

Limite por viagem 13.635,00

6. Envio urgente de medicamentos (válido só no estrangeiro) ..…………...………..……………….Ilimitado

54
7. Transporte ou repatriamento sanitário de feridos ou doentes:

Ambulância Ilimitado

Controlo médico Ilimitado

Transferência Ilimitado

8. Acompanhamento durante o transporte ou repatriamento sanitário.......................Ilimitado

9. Transporte ou repatriamento das pessoas seguras acompanhantes..........................Ilimitado

10. Formalidades, transporte ou repatriamento de falecidos, das pessoas seguras


acompanhantes, das contratadas ou de um familiar:

Limite apenas para:

Alojamento por dia e por pessoa 40,00

Limite para alojamento, por pessoa 400,00

Urna 273,00

11. Regresso antecipado da Pessoa Segura por motivo de falecimento ou doença de um


familiar em Angola ………………………………………………………… .........................................…………………………………………Ilimitado

12. Procura e transporte de bagagens e/ou objectos pessoais………..……....……….……..……..…Ilimitado


.
13. Furto ou roubo de valores monetários (válido só no estrangeiro):

Por pessoa 136,00

Limite 546,00

14. Transmissão de mensagens urgentes ………………..............................…………………………………………… ..Ilimitado

GARANTIAS DE ASSISTÊNCIA AO VEÍCULO E AOS SEUS OCUPANTES

I. ASSISTÊNCIA AO VEÍCULO SEGURO

1. Despesas de reboque do veículo em consequência de avaria ou acidente……......………110,00

2. Envio de peças de substituição…………………………………… .......................................………………………………….Ilimitado

55
3. Transporte ou repatriamento do veículo, em consequência de avaria, roubo e despesas
com recolhas:

Transporte ou repatriamento Ilimitado

Gastos de recolhas 82,00

4. Despesas de transporte a fim de recuperar o veículo ………….............…………………………………Ilimitado

5. Envio de motorista profissional …………………………………………….....................................…………………………Ilimitado

II. ASSISTÊNCIA AOS OCUPANTES DO VEÍCULO EM CONSEQUÊNCIA DE AVARIA OU


ACIDENTE

6. Despesas de estadia em hotel:

Por Pessoa Segura e por dia 40,00

Limite por Pessoa Segura 82,00

7. Transporte, repatriamento ou continuação da viagem dos ocupantes do Veículo


Seguro, incluindo despesas de aluguer de um veículo:

Transporte ou repatriamento Ilimitado

Veículo de aluguer 190,00

8. Garantias a pessoas seguras em consequência de roubo do veículo:

Repatriamento Ilimitado

Veículo de aluguer 190,00

9. Defesa e reclamação jurídica (válidas só no estrangeiro):

Defesa 3.270,00

Reclamação:

Reclamação de danos Ilimitado

Assistência em litígio com garagistas ou reparadores de automóveis Ilimitado

56
10. Avanço de cauções penais (válido só no estrangeiro):

Custas processuais 818,00

Adiantamento para garantia de liberdade provisória ou comparência no


3.270,00
julgamento

AU8 - Ocupantes do Veículo > vitima de atropelamento enquanto


peão na via pública;
Definições:
> utilizador de qualquer veículo
Para efeitos da presente Condição Especial terrestre, rodoviário ou ferroviário, de
entende-se por: transporte público de passageiros, de
superfície ou subterrâneo;
1. Pessoas Seguras: As pessoas cuja vida,
saúde e integridade física se seguram. > no uso de veículos terrestres a motor,
excepto motociclos e ciclomotores,
Consideram-se abrangidas pelo conceito como condutor ou passageiro, e desde
de pessoas seguras: que não participando em competições
desportivas;
a) O Tomador de Seguro, se for uma
pessoa singular > no uso de velocípedes ou de veículos
de tracção animal.
b) O Condutor e restantes Ocupantes
do veículo mencionado nas Condições Âmbito da Cobertura
Particulares, com excepção dos
transportados no exterior da cabine; Através da presente Condição Especial é
garantida a cobertura dos riscos de Morte,
2. Acidente de Viação: O acontecimento Iinvalidez Permanente Total, Invalidez
súbito, fortuito e imprevisto ocorrido na via Permanente Parcial e de Pagamento de
pública ou em locais privados de acesso Despesas de Tratamento das Pessoas
público, em que intervenha o veículo Seguras, quando emergentes do acidente
mencionado nas Condições Particulares, de viação de que sejam vítimas.
e do qual resultem lesões corporais para
as Pessoas Seguras que se encontrem Mediante o pagamento do respectivo
no seu interior, a entrar ou sair dele, sobreprémio poderá ainda ser contratada,
ou, no decurso de viagem, a participar no âmbito desta Condição Especial, a
activamente em trabalhos de pequena cobertura do risco de Subsídio Diário por
reparação ou desempanagem. Internamento Hospitalar.

Considera-se, ainda, como acidente de A cobertura dos riscos a que esta


viação abrangido por esta Condição Condição Especial se refere depende de
Especial, o que atinja, de modo súbito e contratação individualizada a mencionar
imprevisto - causando-lhe lesões corporais nas Condições Particulares da Apólice, e
- o Tomador de Seguro, se pessoa física, está sujeita aos termos, condições e limites
quando numa das seguintes situações: aqui estabelecidos e aos decorrentes

57
do consignado nas Condições Gerais e 3.3. Despesas de Tratamento
Particulares.
Pela presente garantia, a Seguradora
3. Extensão e Âmbito das Garantias pagará, dentro dos limites contratados,
os gastos de assistência médica e/ou
3.1. Garantia de Morte hospitalar que a Pessoa Segura realize
em consequência de acidente coberto.
A presente garantia obriga a
Seguradora a pagar ao Beneficiário Esta garantia compreende:
designado na Apólice a quantia
estabelecida nas Condições a) Os gastos realizados nos 2 (dois)
Particulares, quando o falecimento da anos subsequentes ao acidente
Pessoa Segura, em consequência de com a assistência urgente e/ou
lesões sofridas no acidente, ocorra no primeiros socorros, assistência
prazo máximo de 2 (dois) anos a contar médica em regime ambulatório,
da data do mesmo. medicamentosa e hospitalar,
incluindo meios auxiliares
Quando não haja Beneficiário de diagnóstico e gastos com
designado ou se verifique uma situação reabilitação física quando prescrita.
de morte prévia ou simultânea,
o capital garantido será pago aos b) As despesas realizadas
herdeiros legais da Pessoa Segura, nos com cirurgia estética pós-
termos da Lei. traumática destinadas a corrigir
cirurgicamente defeitos estéticos
Se a Pessoa Segura for menor de consequentes do acidente, quando
14 (catorze) anos, a prestação da realizados nos 12 (doze) meses
Seguradora limitar-se-á ao pagamento seguintes ao termo do processo de
dos gastos com funeral. tratamento.

3.2. Garantia de Invalidez Permanente c) As despesas realizadas, dentro


dos primeiros 6 (seis) meses
Considera-se Invalidez Permanente, sobre a data do acidente com
a situação de incapacidade física ou assistência domiciliária por
mental, total ou parcial, de carácter pessoal especializado, quando
irreversível, que afecte as Pessoas prescrita pelo médico assistente e
Seguras em consequência de lesões reconhecida pelos Serviços Clínicos
sofridas no acidente e manifestadas no da Seguradora.
prazo máximo de 2 (dois) anos a contar
da data do mesmo. 3.4. Subsídio Diário em caso de
Internamento
Quando o grau de Invalidez, calculado
nos termos da referida Tabela, iguale Por esta garantia, a Seguradora
ou exceda 50% (cinquenta por pagará o subsídio diário expresso nas
cento), a prestação da Seguradora Condições Particulares da Apólice
corresponderá a 100% (cem por cento) quando ocorra internamento hospitalar
do Capital Seguro desta garantia. da Pessoa Segura, imediatamente
após o acidente ou nos 8 (oito) dias

58
subsequentes. competente carta de condução ou
Este subsídio será devido pelo prazo durante a posse ou utilização abusiva
máximo de 30 (trinta) dias seguidos, do veículo;
não havendo lugar a qualquer
pagamento em caso de segundo e) Hérnias, qualquer que seja a sua
internamento qualquer que seja o natureza
tempo de duração do primeiro.
Sinistros
3.5. Protecção Especial Condutor
4. Além das obrigações previstas nas
Quando contratada e mediante Condições Gerais, incumbe à Pessoa
pagamento de sobreprémio, os Segura ou ao Tomador:
capitais para o Condutor do Veículo
Seguro nas garantias de Morte ou a) Promover o envio, até 8 (oito)
Invalidez Permanente, são elevados ao dias após a Pessoa Segura ter
dobro. sido clinicamente assistida, de
uma declaração do médico onde
Esta garantia não funciona quando conste a natureza das lesões, o seu
o Condutor tenha idade inferior a diagnóstico e a percentagem de
25 (vinte e cinco) anos e/ou carta de invalidez permanente eventualmente
condução há menos de 2 (dois) anos constatada;
e tal situação não esteja contemplada
na Apólice, mediante pagamento do b) Facultar, para o reembolso a que
respectivo sobreprémio. houver lugar, todos os documentos
justificativos das despesas de
Exclusões tratamento;

Para além de todas as exclusões previstas c) Cumprir as prescrições médicas;


no Artigo 6° das Condições Gerais para
as coberturas complementares, ficam, d) Sujeitar-se a exame por médico
expressamente excluídos da presente designado pela Seguradora;
garantia os danos:
e) Autorizar os médicos a prestar
a) Resultantes de cataclismos da todas as informações solicitadas pela
natureza; Seguradora;

b) Causados intencionalmente pelo f) Comunicar à Seguradora o recomeço


Tomador de Seguro, Segurado ou por da sua actividade.
pessoas por quem ele seja civilmente
responsável; 4.1. Se do acidente resultar a morte
da Pessoa Segura, deverá em
c) Sobrevindos de provas desportivas, complemento da participação do
desafios, concursos ou apostas, ou acidente, ser enviada à Seguradora
durante os respectivos treinos; uma certidão de óbito e, quando
considerados necessários, outros
d) Ocorridos quando o veículo documentos elucidativos do acidente e
seja conduzido por pessoas sem a das suas consequências.

59
4.2. As indemnizações fixadas nas tomados em consideração ao
Condições Particulares são atribuídas fixar-se o grau de desvalorização
por Pessoa Segura, até ao limite proveniente do acidente que
máximo de lotação consignado corresponderá à diferença entre a
no livrete de circulação do veículo invalidez já existente e aquela que
designado nas Condições Particulares passou a existir;
da Apólice.
d) A incapacidade funcional parcial
No caso de no momento do acidente ou total de um membro ou órgão é
o limite máximo de lotação autorizado assimilada à correspondente Perda
para o veículo estar excedido, as Parcial ou total;
indemnizações expressas nas
Condições Particulares a liquidar a e) Em relação a um membro
cada Pessoa Segura serão obtidas ou órgão as desvalorizações
por rateio do Capital Seguro para o acumuladas não podem exceder
limite máximo de lotação autorizado, aquela que corresponderia à Perda
pela lotação efectiva no momento do Total desse membro ou órgão;
acidente.
f) Sempre que de um acidente
Os passageiros transportados fora da resultem lesões em mais de um
cabine não têm direito a qualquer membro ou órgão, a indemnização
indemnização, nem contam para o total obtém-se somando o valor
efeito da contagem da lotação efectiva. das indemnizações relativas a cada
uma das lesões sem que o total
4.3. As indemnizações a atribuir por possa exceder o Capital Seguro.
Invalidez Permanente Parcial serão
calculadas com base na tabela anexa 4.4. Em relação às Despesas de
às Condições Gerais da Apólice, em Tratamento a Seguradora procederá ao
obediência às regras seguintes: reembolso, até à quantia para o efeito
fixada nas Condições Particulares,
a) As lesões não enumeradas das despesas incorridas e abrangidas
na referida tabela, mesmo pela Condição Especial, mediante a
de importância menor, são apresentação de documentos originais.
indemnizadas em proporção da
sua gravidade, comparada com a 4.5. Em caso de desacordo quanto à
dos casos enumerados, sem ter em fixação da indemnização, a divergência
conta a profissão exercida; será dirimida por arbitragem, nos
termos previstos nas Condições Gerais.
b) Se a Pessoa Segura for canhota,
as percentagens de invalidez para 4.6. Os capitais seguros para os riscos
o membro superior do lado activo de Morte ou Invalidez Permanente
aplicam-se ao membro superior do não são cumuláveis, pelo que, se
lado passivo, e reciprocamente; a Pessoa Segura vier a falecer em
consequência de acidente, ao capital
c) Em qualquer membro ou órgão, por Morte será deduzido o valor do
os defeitos físicos de que a Pessoa capital por Invalidez Permanente
Segura já era portadora serão que eventualmente lhe tenha sido

60
atribuído ou pago relativamente ao barragens e, ainda, de enxurrada ou
mesmo acidente. transbordamento do leito de cursos de
água naturais ou artificiais;
Disposições Diversas
h) Queda de granizo;
Para tudo o que não for expresso nesta
Condição Especial vigoram, na parte i) Tromba de água ou queda de chuvas
aplicável, as Condições Gerais da Apólice. torrenciais: a precipitação atmosférica
de intensidade superior a 10 (dez)
AU9 - Riscos Catastróficos da Natureza milímetros em 10 (dez) minutos no
pluviómetro;
Âmbito da Cobertura
j) Tempestades: tufões, ciclones,
1. Através da presente cobertura, quando furacões, tornados e toda a acção
contratada, a Seguradora garante, nos directa de ventos fortes ou Choque de
termos e limites previstos na Apólice, os objectos arremessados ou projectados
prejuízos ou danos causados ao Veículo pelos mesmos (quando de intensidade
Seguro em consequência directa de: superior a 100 (cem) km/hora ou
sempre que a sua violência destrua ou
a) Aluimento de terras, deslizamentos, danifique objectos ou árvores num raio
derrocadas e afundimentos de de 5 (cinco) km envolventes dos bens
terrenos, devidos a fenómenos seguros).
geológicos;
2. A contratação desta cobertura
b) Abatimento de túneis, pontes ou é complementar das previstas nas
outras obras de arte; Condições Especiais “Choque, Colisão
e Capotamento”, “Incêndio, Raio ou
c) Queda de aeronaves: o Choque ou a Explosão” e “Furto ou Roubo”, e cessará,
queda de todo ou parte de aparelhos automaticamente, quando alguma destas
de navegação aérea e engenhos cessar.
espaciais ou objectos deles caídos ou
alijados; Exclusões

d) Queda de telhas, chaminés, muros, 3. Para além de todas as exclusões


árvores ou outros objectos; previstas no Artigo 6° das Condições Gerais
para as coberturas complementares, ficam,
e) Fenómenos sísmicos: tremores de expressamente excluídos da presente
terra, terramotos, erupções vulcânicas, garantia quaisquer perdas ou danos já
maremoto e fogo subterrâneo; existentes à data do Sinistro.

f) Queda de raio: impacto produzido 4. Ficam ainda, excluídos do âmbito desta


por uma descarga eléctrica na cobertura os danos:
atmosfera;
a) Causados em acessórios e
g) Inundações: as consequências equipamentos não incorporados de
danosas do rebentamento de origem no veículo (extras), salvo se
adutores, colectores, drenos, diques e expressamente descritos e valorizados

61
na Apólice; Fenómenos Sísmicos, considera-se
como um único e mesmo Sinistro todos
b) Causados em pinturas de letras, os prejuízos com a mesma origem
desenhos, emblemas, dísticos sofridos pelo Veículo Seguro nas 72
alegóricos ou de reclamos ou (setenta e duas) horas posteriores às
propaganda no Veículo Seguro, primeiras manifestações danosas.
quando não for feita a sua menção e Ainda complementarmente à mesma
valorização na Apólice; definição, e para efeitos da Cobertura
de Tempestades, considera-se como um
c) Resultantes de roubo, com ou sem único e mesmo Sinistro todos os prejuízos
arrombamento, furto, furto de uso, ou com a mesma origem sofridos pelo Veículo
qualquer outra forma de subtracção Seguro nas 48 (quarenta e oito) horas
ilegítima, directa ou indirectamente posteriores às primeiras manifestações
relacionados com os riscos garantidos danosas. Fica ainda estipulado que a prova
por esta Condição Especial; de que os ventos atingiram a velocidade
de 100 (cem) km/hora só poderá ser feita
d) Resultantes da circulação em locais por documento emitido pela estação
não reconhecidos como acessíveis ao meteorológica mais próxima.
Veículo Seguro;
Franquia
e) Causados ao Veículo Seguro em
consequência de incêndio ou explosão 6. Tendo sido contratada a Franquia
casual, salvo se originado por queda indicada nas Condições Particulares
de raio, quer o veículo se encontre da Apólice, fica convencionado e
em marcha ou parado, recolhido aceite que, nas indemnizações devidas
em garagem ou em qualquer outro por Sinistro, resultante de qualquer
edifício; dos riscos indicados, a Seguradora só
será responsável pelo pagamento da
f) Causados por acção do mar, importância que exceda o valor da referida
incluindo marés vivas e subidas de Franquia.
marés, mesmo que em resultado de
temporal; Disposições Diversas

g) Que se traduzam em lucros 7. Em tudo o que for omisso nesta


cessantes, perda de benefícios ou Condição Especial vigoram, na parte
resultados, advindos do Tomador de aplicável, as Condições Gerais da Apólice
Seguro ou ao Segurado, ou decorrentes do Ramo Automóvel, designadamente
de privação de uso, de gastos de as que são próprias das Coberturas
substituição, de depreciação, desgaste Complementares e as comuns a estas
ou consumo naturais do Veículo e ao seguro obrigatório, bem como as
Seguro. Condições Especiais enunciadas no ponto
2. do ‘’Âmbito da Cobertura’’, das quais
Definição de Sinistro esta cobertura é complemento.

5. Complementarmente à definição
constante do Artigo 1° das Condições
Gerais, e para efeitos da Cobertura de

62
AU10 - Perda Total Sinistro, ter-se-á em linha de conta, como
base de cálculo, o último Valor de Catálogo
Definições que o referido modelo teve no mercado de
veículos novos.
1. Para efeitos da presente cobertura,
considera-se: 3. Quando for a versão ou sub-modelo
que já não se encontra à venda em estado
Perda Total: O desaparecimento ou a novo, à data do Sinistro, ter-se-á em linha
destruição total do veículo, ou a sua de conta, como base de cálculo, a versão
danificação parcial em condições que vigente do sub-modelo mais semelhante
impeçam, técnica e materialmente, a sua ao Veículo Seguro, no que diz respeito à
reparação ou, quando esta seja possível, o potência, cilindrada e acessórios de série.
respectivo custo ultrapasse 75% (setenta e
cinco por cento) do Valor de Substituição, 4. Não serão contabilizados para efeitos de
à data do Sinistro. apuramento do custo das reparações e do
montante da indemnização os danos em
Antiguidade do Veículo: O número de pintura de letras, desenhos, emblemas,
meses ou anos contados da data de dísticos alegóricos ou de reclamos ou
registo da primeira matrícula, inscrita propaganda no Veículo Seguro, bem
no livrete, entendendo-se, para este fim, como em acessórios ou em aparelhos
qualquer fracção de mês como um mês e instrumentos não incorporados de
completo. origem no veículo (extras), salvo quando
constem expressamente discriminados
Valor de Substituição: O valor comercial nas Condições Particulares da Apólice com
médio cotado no mercado de veículos indicação dos respectivos valores.
usados, para a aquisição por parte do
Tomador de Seguro, no momento 5. Os salvados ficarão propriedade da
do Sinistro, de um veículo da mesma Seguradora, ou, quando tal for acordado,
marca, modelo, antiguidade e estado de poderão manter-se propriedade do
conservação do Veículo Seguro. Segurado.

Âmbito da Cobertura Neste último caso, o respectivo valor dos


salvados será deduzido a indemnização a
1. Através da presente cobertura quando pagar.
expressamente contratada, fica acordado
que, em caso de Sinistro enquadrável nas Exclusões
Condições Especiais “Choque, Colisão
e Capotamento”, “Incêndio, Raio ou 6. A presente Condição Especial encontra-
Explosão” e “Furto ou Roubo”, a Seguradora se sujeita às exclusões previstas no Artigo
indemnizará o Segurado, exclusivamente 6.° das Condições Gerais e às invocáveis no
quando ocorra Perda Total do Veículo âmbito das Condições Especiais “Choque,
Seguro, com respeito pelas regras Colisão e Capotamento “, “Incêndio, Raio
constantes do número seguinte. ou Explosão” e “Furto ou Roubo”.

2. Quando o modelo do Veículo Seguro Franquia


sinistrado já não se encontrar em
comercialização em estado novo, à data do 7. Tendo sido contratada a Franquia

63
indicada nas Condições Particulares do Tomador de Seguro ou Segurado ou
da Apólice, fica convencionado e de empregados seus. A indemnização
aceite que, nas indemnizações devidas incluirá o valor dos gastos de reposição e
por Sinistro, resultante de qualquer colocação do pára-brisas, do óculo traseiro
dos riscos indicados, a Seguradora só e dos vidros laterais, em caso de quebra ou
será responsável pelo pagamento da rotura isoladas dos mesmos, não resultante
importância que exceda o valor da referida de evento abrangido por qualquer outra
Franquia. cobertura de danos próprios.

Disposições Diversas Exclusões

8. Para tudo o que for omisso nesta 3. Ficam excluídos do âmbito desta
Condição Especial vigoram, na parte cobertura os danos:
aplicável, as Condições Gerais da Apólice
do Ramo Automóvel, e as Condições a) Causados, intencional ou
Especiais enunciadas no número 1 do involuntariamente, pelos ocupantes ou
‘’Âmbito da Cobertura’’ outras pessoas não identificadas, com
quaisquer objectos que empunhem ou
9. A presente garantia é valida para arremessem;
veículos com o máximo de 6 (seis) anos de
antiguidade, cessando automaticamente b) Causados por objectos
no vencimento seguinte à data em que o transportados ou durante operações
veículo perfaça 72 (setenta e dois) meses de carga e descarga; c) causados nos
de antiguidade. retrovisores e blocos ópticos;

AU11 - Quebra Isolada de Vidros d) Causados aquando da colocação


ou remoção ou em consequência de
Definições instalação defeituosa.

1. Considera-se rotura ou quebra e) Abrangidos pelas exclusões


a danificação total ou parcial dos constantes do Artigo 6° das Condições
componentes abaixo mencionados, que Gerais.
os, tornem insusceptíveis de utilização,
e resultantes de acontecimento súbito, Sinistros
fortuito e violento, exterior à vontade do
proprietário, do Tomador de Seguro, do 4. A indemnização máxima pagável ao
Segurado e do Condutor, não coberto por abrigo da presente garantia não poderá
outra garantia de Danos Próprios. exceder, em nenhum caso, 25% (vinte e
cinco por cento) do Valor de Substituição
Âmbito da Cobertura do Veículo Seguro.

2. Pela presente cobertura, quando 5. O Capital Seguro relativo à presente


contratada, a Seguradora garante os cobertura deverá corresponder ao valor
prejuízos pela quebra de vidros da viatura total de todos os vidros do veículo. Caso tal
segura, causados por imprevidência de não se verifique, haverá lugar, em caso de
Terceiros, desordem ou arremesso de Sinistro, à aplicação da regra proporcional
objectos sólidos, ou ainda imprevidência nos termos previstos na lei e nas Condições

64
Gerais. das Condições Particulares pelo número
de dias de reparação ou desaparecimento
Disposições Diversas do veículo, sendo este período contado a
partir do 3º dia após o início da reparação
6. Para as matérias não expressamente ou do desaparecimento do veículo
reguladas nesta Condição Especial são com os limites de 20 (vinte) dias por
aplicáveis as cláusulas das Condições anuidade, seguidos ou interpolados, no
Gerais que se mostrem invocáveis, caso de “Choque, Colisão e Capotamento”,
designadamente as que respeitem às Incêndio, Raio ou Explosão”, “Quebra
Coberturas Complementares. Isolada de Vidros”, e de 30 (trinta) dias por
anuidade, seguidos ou interpolados, no
AU12 - Privação Temporária de Uso caso de “Furto ou roubo”.

Âmbito da Cobertura Outros limites poderão ser contratados


quando expressamente referidos nas
1. Pela presente cobertura, quando Condições Particulares da Apólice.
contratada, ficam garantidos os prejuízos
decorrentes da privação de uso do Veículo Exclusões
Seguro, durante o período de reparação
ou desaparecimento, em consequência 5. Ficam excluídos desta cobertura os
de Sinistro abrangido por qualquer danos causados por:
uma das Condições Especiais “Choque
Colisão e Capotamento”, “Incêndio, a) Furto ou roubo ou furto de uso
Raio ou Explosão”, “Furto ou Roubo” ou em que intervenham, na qualidade
“Quebra Isolada de Vidros”, e que origine a de autores ou cúmplices, pessoas
paralisação temporária do mesmo. que coabitem com o proprietário
do veículo, com o Condutor, com
2. O período de reparação é entendido o Tomador de Seguro ou com o
como o número de dias, acordado entre Segurado, assim como os sócios ou
o perito da Seguradora e a entidade dependentes destas pessoas;
reparadora, necessários à reparação.
b) Furto ou roubo ou furto de uso que
3. Se durante a imobilização do veículo não sejam denunciados às entidades
para que se proceda à sua reparação se policiais competentes;
constatar que esta se não iniciou nos 5
(cinco) dias posteriores à peritagem, assiste c) Privação de uso do Veículo Seguro
à Seguradora o direito de escolher oficina no caso da sua Perda Total após
alternativa para se efectuar tal reparação, acidente;
sem que o Segurado a isso se possa opor,
sob pena de não ser exigível a prestação d) Em caso de reparação quando o
abrangida por esta garantia de privação período estimado da mesma seja igual
de uso. ou inferior a dois dias úteis.

Valor Seguro 6. Ficam, ainda, excluídos os danos


abrangidos pelas exclusões previstas no
4. O Capital Seguro é o que resulta do Artigo 6º. das Condições Gerais para as
produto da indemnização diária constante Coberturas Complementares e pelas

65
exclusões estabelecidas nas Condições Colisão e Capotamento’’, ‘’Incêndio,
Especiais referidas no número 1 do Raio e Explosão’’, ‘’Furto ou Roubo’’,
‘’Âmbito da Cobertura’’. ‘’Perda Total’’, ‘’Riscos Catastróficos da
Natureza’’, fica garantido, em caso de
Disposições Diversas Sinistro, de que resulte a Perda Total
do Veículo Seguro, uma indemnização
6. Esta cobertura é contratada como adicional correspondente à diferença
complemento de qualquer uma das entre o Valor de Substituição em novo do
coberturas de “Choque, Colisão e Veículo Seguro e a indemnização a que
Capotamento”, “Furto ou Roubo”, “Incêndio, o Segurado teria direito nos termos das
Raio ou Explosão” e “Quebra Isolada Condições Gerais da Apólice.
de Vidros”, e cessará automaticamente
quando estas cessarem. 2. Se o Capital Seguro for inferior ao Valor
de Substituição em novo no momento
7. Para tudo o que não for expresso nesta do Sinistro, a Seguradora pagará apenas o
Condição Especial vigoram, na parte Capital Seguro por esta Condição Especial,
aplicável, as Condições Gerais da Apólice deduzido do valor proporcional do salvado.
e as Condições Especiais referidas no
número 1, supra. 3. Compete ao Segurado actualizar o
Capital Seguro quando se registarem
AU13 - Valor de Substituição em Novo alterações no Valor de Substituição
em novo do veículo. Se no vencimento
Definições anual da Apólice o Capital Seguro estiver
devidamente actualizado e corresponder
Para efeitos da presente garantia ao Valor de Substituição em novo do
considera-se: veículo, considera-se que a actualização
do Capital Seguro é automaticamente
Valor de Substituição: O Valor em Novo, no feita relativamente a aumentos que
dia do Sinistro, de um veículo da mesma ocorram até ao vencimento seguinte, sem
marca, modelo ou tipo, de características prejuízo do direito da Seguradora cobrar o
e qualidade não superiores às do Veículo correspondente prémio, pro-rata temporis.
Seguro quando novo.
Aplicação
Perda Total: A Perda Total efectiva ou a
situação em que o Veículo Seguro tenha 4. Salvo acordo expresso em contrário,
sofrido danos cujos custos de reparação a presente Condição Especial aplica-se
para o repor integralmente no estado apenas nos 2 (dois) primeiros anos de vida
anterior ao Sinistro excedam o valor do Veículo Seguro contadas desde a data
seguro deduzido do valor do salvado na da primeira matrícula.
data de ocorrência deste, ou quando essa
reparação não seja tecnicamente possível. Valor da Indemnização em Caso de
Sinistro
Âmbito da Cobertura
5. O valor da indemnização em caso de
1. Mediante a contratação desta garantia Sinistro de Perda Total é o valor do Capital
fica expressamente convencionado que Seguro.
para cobertura dos riscos de ‘’Choque,

66
Franquia ligeiros de passageiros ou mistos de peso
bruto não superior a 3.500 Kg.
6. Tendo sido contratada a Franquia
indicada nas Condições Particulares Conceito de Imobilização: Situação
da Apólice, fica convencionado e adveniente de avaria ou acidente
aceite que, nas indemnizações devidas que importe para o Veículo Seguro
por Sinistro, resultante de qualquer a impossibilidade de circular pelos
dos riscos indicados, a Seguradora só seus próprios meios em condições de
será responsável pelo pagamento da segurança e de respeito pela legislação em
importância que exceda o valor da referida aplicável.
Franquia.
Veículo de Substituição
Disposições Diversas
2. Em caso de imobilização do Veículo
7. Para tudo o que não for expresso nesta Seguro até ao limite das garantias
Condição Especial vigoram, na parte estabelecidas no número 6, a Seguradora
aplicável, as Condições Gerais da Apólice põe à disposição da Pessoa Segura
e as Condições Especiais referidas no uma viatura de substituição, ligeira de
número 1 do ‘’Âmbito da Cobertura’’. passageiros de acordo com o Grupo
escolhido*, até ao máximo de 1.800
AU14 - Veículo de Substituição c.c. durante o período de imobilização
do veículo compreendido entre a data
Definições da efectiva imobilização do veículo,
coincidente ou não com a data do
1. Para efeitos de garantia, entende-se por: acidente, e a data da entrega do veículo
pela oficina, pressupondo-se sempre
Pessoa Segura: que esta última corresponde ao termo
das reparações consequentes do evento
a) O condutor do veículo quando seja englobado das garantias.
pessoa diferente do Segurado;
3. Em caso de Sinistro se a oficina indicada
b) Os empregados, assalariados e pelo proprietário ou Seguradora não tiver
representantes legais de empresas disponibilidade imediata para iniciar os
seguradas quando ao serviço, trabalhos de reparação, cabe à Seguradora
utilizando o Veículo Seguro; indicar oficina alternativa suportando
as despesas de reboque inerente a este
c) Os ocupantes do Veículo Seguro em trajecto.
caso de Sinistro ocorrido com o mesmo
não se encontram abrangidos pelas 4. Entende-se sempre que a oficina
garantias deste seguro os ocupantes alternativa será a mais próxima.
transportados em auto-stop.
* Caso não haja disponibilidade no
Veículo Seguro: A viatura abrangida mercado, será posta à disposição uma
pela Apólice do Seguro Automóvel, não viatura de categoria imediatamente
destinada exclusivamente ao transporte inferior; não obstante a Seguradora
de mercadorias ou serviços públicos, promoverá todos os esforços no sentido
desde que se trate de veículos automóveis da obtenção do veículo de substituição

67
equivalente ao subscrito. do manual do condutor, ou erro de
utilização, especialmente em caso
Exclusões de não verificação de níveis de óleo,
água ou lubrificantes, ou pela não
6. Exclusões relativas ao veículo imobilização imediata do veículo
aquando da detecção de qualquer
Não são igualmente da responsabilidade anomalia mecânica assinalada ou não
da Seguradora as prestações resultantes por indicador luminoso, no painel de
de: instruções do veículo;

a) Acidentes ou avarias, ocorridos e) As reparações de furos, bolhas e


durante a prática de competições rachas nos pneus bem como danos
desportivas, quer oficiais quer privadas, nas jantes;
bem como durante os treinos em
consequência de apostas; f) Acidentes ou avarias resultante da
circulação do veículo com pneus em
b) Gastos de hotel e restaurante não mau estado, ou com estado irregular
previstos nas garantias do seguro, táxis, face ao determinado pelo Código de
combustíveis, reparações e roubo de Estradas;
acessórios incorporados no veículo;
g) Furto ou roubo não participado às
c) Roubo do Veículo Seguro, se não autoridades competentes;
tiver sido feita participação imediata às
autoridades competentes. h) Deficientes manutenções das
oficinas que impliquem posterior
7. Exclusões relativas ao veículo referentes intervenção;
à garantia de veículo de substituição
i) A Seguradora não será responsável
A Seguradora não será responsável pelas em caso algum por prestações
prestações que impliquem imobilização pecuniárias ou não referentes aos
do veículo resultantes de: custos de mão-de-obra de oficina,
peças ou órgãos de motor, nem
a) Não cumprimento das Condições de assume qualquer responsabilidade
Utilização do Veículo de acordo com o pela qualidade dos trabalhos
manual do fabricante; executados pelas oficinas
intervenientes;
b) Lavagens, substituição de estofos,
tapetes e almofadas; j) A Seguradora não assumirá em
qualquer situação períodos de
c) Manutenção e reparação de imobilização já decorridos por não
acessórios instalados pelo Segurado e comunicação do evento por parte do
ou Pessoa Segura; Segurado, Pessoa Segura, Condutor ou
qualquer outra entidade envolvida no
d) Reparações resultantes de presente contrato;
culpa ou negligência do condutor,
nomeadamente as consequentes do k) Não aceitação dos critérios de
não cumprimento das recomendações reparação do veículo por parte dos

68
técnicos e peritos da Seguradora; salvo nos casos de força maior ou de
impossibilidade material demonstrada.
l) Falta de peças ou órgãos do
veículo necessários à reparação, 11. Para as matérias não expressamente
independentemente da entidade reguladas nesta Condição Especial são
responsável. aplicáveis as cláusulas das Condições
Gerais que se mostrem invocáveis,
8. Limites e Garantias designadamente as que respeitem às
Coberturas Complementares.
Por Sinistro
AU15 - Prejuízos Adicionais
Máximo de 15 (quinze) dias por Sinistro e
no máximo de 30 (trinta) dias por ano. Âmbito de Cobertura

Por Perda Total 1. Através da presente cobertura, quando


contratada, a Seguradora cobre, nos
Máximo de 15 (quinze) dias por Sinistro e termos, e limites estipulados na Apólice:
no máximo de 30 (trinta) dias por ano.
a) Os danos materiais causados a
Por roubo bagagens pessoais dos ocupantes
do Veículo Seguro, guardadas ou
Máximo de 60 (sessenta) dias por ano. transportadas no interior deste, em
consequência directa de Sinistro
Por avaria coberto pela Apólice ao abrigo das
coberturas de ‘’Choque, Colisão e
Até ao limite máximo [1 a 5 (um a cinco)] Capotamento’’, “Incêndio, Raio ou
dias de três ocorrências por ano e de Explosão” e “Furto ou Roubo”;
acordo com a opção escolhida pelo
Cliente. b) As despesas em que o Segurado
haja razoavelmente de incorrer
9. Sub-Rogação para limpeza do Veículo Seguro
em consequência de transporte
Sempre que as prestações satisfeitas ao circunstancial de sinistrados;
abrigo deste seguro corresponderem
a direitos da Pessoa Segura contra c) Adiantamento de Franquia.
Terceiros responsáveis, a Seguradora ficará
subrogada, após o cumprimento, nos 2. Esta cobertura é contratada como
correspondentes direitos, acções e recursos complemento das coberturas ‘’Choque,
contra os citados Terceiros, salvo se estes Colisão ou Capotamento’’, ‘’Incêndio, Raio
forem também pessoas seguras. e Explosão’’, ’’Furto ou Roubo’’, e cessará
automaticamente quando alguma destas
Disposições Diversas cessar.

10. Não ficam garantidas por este seguro Exclusões


as prestações que não tenham sido
solicitadas à Seguradora e que não 3. Ficam excluídos do âmbito desta
tenham sido efectuadas com o seu acordo, cobertura:

69
a) Os danos abrangidos por todas as Sinistros
exclusões previstas no Artigo 6° das
Condições Gerais para as coberturas 4. A garantia de adiantamento de Franquia
complementares e pelas exclusões funcionará sempre que, na sequência
enumeradas nas Condições Especiais de Sinistro com Terceiro identificado, a
referidas no ponto 2 supra; respectiva Seguradora reconheça, por
escrito, a sua responsabilidade civil e
b) Os danos resultantes de furto ou o Veículo Seguro por esta Apólice se
roubo que não ocorra conjuntamente encontre abrangido pelas garantias de
com o desaparecimento do Veículo Choque, Colisão ou Capotamento, sujeita
Seguro ou de furto ou roubo de a uma Franquia. Verificando-se tais
bagagens não guardadas na mala pressupostos, a Seguradora não procederá
do veículo, quando esta não estiver ao desconto da Franquia na indemnização
fechada à chave; devida ao abrigo da cobertura de
danos no veículo ficando, entretanto,
c) Os danos resultantes de furto subrogada nessa medida, nos direitos do
ou roubo ou furto de uso em que Segurado e/ou do Tomador de Seguro,
intervenham, na qualidade de autores contra a Seguradora reconhecidamente
ou cúmplices, pessoas que coabitem responsável.
com o proprietário do veículo, com o
Condutor, com o Tomador de Seguro Disposições Diversas
ou com o Segurado, assim como os
sócios ou dependentes destas pessoas; 5. Em tudo o que for omisso nesta
Condição Especial vigoram, na parte
d) Os danos resultantes de furto ou aplicável, as Condições Gerais da Apólice
roubo ou furto de uso que não sejam do Ramo Automóvel, designadamente
denunciados às entidades policiais as que são próprias das coberturas
competentes; facultativas e as comuns a estas e
ao seguro obrigatório, bem como as
e) Os danos resultantes de furto ou Condições Especiais enunciadas no
roubo de dinheiro, jóias, documentos, número 2 supra, das quais esta cobertura é
valores, mostruários ou colecções, e complemento.
todos aqueles objectos pessoais que,
pela sua natureza, não devam ser
abandonados no interior do veículo
ou da sua mala como por exemplo,
relógios, canetas, óculos, câmaras
fotográficas e de vídeo, calculadoras
e computadores pessoais, pastas
de negócios, casacos de peles ou
abafos, bem como apetrechos ou
instrumentos de caça, pesca, ténis ou
golfe;

f) O desaparecimento, destruição
ou desvio inexplicável dos objectos
considerados como bagagem.

70
6. Garantias e Limites

Garantias Limites de Indemnização (USD$)

100% do valor das despesas, com o limite


a) Defesa em processo penal em
máximo de US$ 270,00 por pessoa e
consequência de acidente de viação
US$ 1 300,00 por Sinistro
100% do valor das despesas, com o limite
b) Reclamação por danos corporais
de US$ 270,00 por Sinistro
100% do valor da Franquia
estipulada para a Condição Especial
c) Reclamação por danos materiais
‘’Choque, Colisão e Capotamento’’,
indicada nas Condições Particulares.

71
CLÁUSULAS ESPECIAIS prestações liquidadas adiantadamente.

Fazem parte integrante do presente Consideram-se, porém, imediatamente


contrato, as Cláusulas Especiais que se vencidas todas as prestações devidas, em
encontrem mencionadas nas Condições consequência de:
Particulares.
> Ocorrência de Sinistro;
A – Extras > Resolução do contrato, solicitada pelo
Tomador de Seguro, que não ocorra no
1. Consideram-se abrangidos por este seu vencimento.
contrato os Extras colocados no veículo
e que se encontram discriminados nas D – Credor Hipotecário
Condições Particulares da Apólice.
A entidade indicada nas Condições
2. Os aparelhos de som e/ou telemóveis Particulares tem interesse neste seguro na
e respectivos acessórios consideram-se qualidade de Credora Hipotecária.
abrangidos pelo seguro, desde que:
E – Exclusão de Serviço de Aluguer
a) Mesmo fazendo parte do
equipamento normal do veículo, em Por formal declaração do Tomador de
conformidade com os catálogos e Seguro, o Veículo Seguro destina-se a
preços em vigor no momento da sua serviço Particular, pelo que, no caso de
aquisição, se encontrem discriminados se verificar que o mesmo se encontra
nas Condições Particulares da Apólice; averbado ou em serviço de Aluguer, esta
Apólice se considera nula e de nenhum
b) Não fazendo parte do equipamento efeito.
normal do veículo, a sua discriminação
e valorização constem expressamente F - Passageiros Transportados em
nas Condições Particulares da Apólice. Ambulâncias

B – Danos Ocasionados na Pintura de A Seguradora garante por esta Apólice


Letras os prejuízos ou danos sofridos pelos
passageiros transportados no Veículo
A Seguradora garante por esta Apólice, Seguro, até ao montante indicado e tendo
ao abrigo do disposto nas Condições em consideração o disposto nos Artigos° 6°
Especiais, a pintura de letras, desenhos, e 16°, das suas Condições Gerais.
emblemas, dísticos alegóricos ou de
reclamos de propaganda no Veículo Excluem-se desta cobertura os doentes ou
Seguro, desde que se encontrem feridos transportados.
devidamente identificados nas Condições
Particulares. G - Seguro de Automobilista

C – Prémios Fraccionados 1. A Seguradora garante por esta Apólice


os riscos e capitais máximos fixados nas
Apesar do prémio total relativo a um ano Condições Particulares quanto a Sinistros
ser devido antecipadamente, a Seguradora ocorridos com qualquer veículo isento de
aceita que o seu pagamento se faça em seguro, do tipo e cilindrada e/ou potência

72
nelas indicados, desde que seja conduzido detenham em regime de usufruto,
pelo portador da carta de condução aquisição ou reserva de propriedade ou
mencionada nas referidas Condições locação financeira.
Particulares, no exercício da sua actividade
profissional. 4. Tratando-se de seguros realizados por
pessoas ao serviço de empresas de compra
2. Desde que o titular da carta segura e venda de automóveis e desde que
seja também o Tomador de Seguro, expressamente solicitado, o seguro produz
a Seguradora garante igualmente os igualmente os seus efeitos, quando os
riscos e importâncias máximas fixadas veículo sejam conduzidos pelo presumível
relativamente aos Sinistros ocasionados comprador, devidamente encartado,
pelo veículo averbado em seu nome, desde que se encontre a seu lado a Pessoa
quando por ele conduzido. Segura, possuidora da carta de condução
indicada nas Condições Particulares e
3. O Tomador de Seguro deverá, ao desde que esses veículos se encontrem em
participar o Sinistro, fazer prova de que o regime de venda.
veículo era conduzido pelo titular da carta
segura. 5. O Tomador de Seguro deverá, ao
participar o Sinistro, fazer prova de que o
H - Seguro de Garagista veículo era conduzido pelo titular da carta
segura.
1. A Seguradora garante por esta Apólice
os riscos e capitais máximos fixados nas I - Serviço de Pronto-Socorro
Condições Particulares quanto a Sinistros
ocorridos com qualquer veículo do tipo e Ficam expressamente excluídos do âmbito
cilindrada e/ou potência nelas indicados, da cobertura da presente Apólice os danos
desde que seja conduzido pelo portador causados ao veículo rebocado, por Sinistro
da carta de condução mencionada nas ocorrido nas operações de reboque.
referidas Condições Particulares, quando
no exercício de qualquer das seguintes J - Transporte de Matérias Perigosas
actividades:
Este contrato garante os riscos e
> Garagista, fabrico, montagem ou importâncias fixadas nas Condições
transformação, compra e venda, Particulares, quanto a Sinistros ocorridos
desempanagem, reparação ou controlo com o Veículo Seguro, mesmo que
do bom funcionamento dos veículos. este transporte matérias perigosas, tais
como: matérias explosivas, munições,
2. Excluem-se das garantias deste seguro matérias incendiárias e peças de fogo de
os acidentes ocasionados por veículos artifício, gases comprimidos, liquefeitos
cujo registo de propriedade se encontre ou dissolvidos sob pressão, matérias que
averbado em nome do titular da carta em contacto com a água libertem gases
segura. inflamáveis, matérias sujeitas a combustão
espontânea, matérias sólidas inflamáveis,
3. Excluem-se, também, das garantias comburentes, venenosas, radioactivas,
desta Apólice os acidentes ocasionados corrosivas e matérias repugnantes ou
por veículo propriedade do Tomador susceptíveis de produzirem infecção.
de Seguro e/ou Segurado, ou que estes

73
K - Exclusão dos Riscos de Laboração 3. A presente Cláusula Especial aplica-se
em relação ao conjunto de Apólices do
A cobertura conferida por este contrato mesmo Segurado e independentemente
garante apenas e exclusivamente os do funcionamento da tarifa no que se
acidentes de viação produzidos pela refere a bónus e agravamentos.
viatura segura quando em trânsito nas vias
públicas, ficando, portanto, expressamente 4. Esquema de Participação nos
excluído todo e qualquer acidente que Resultados
ocorra durante a execução de quaisquer
trabalhos que lhe sejam inerentes.
Sinistralidade (%) Desconto (%)
L - Suspensão do Seguro
Até 10 25
Em consequência da venda do Veículo
Mais de 10 até 20 20
Seguro e sua presumível substituição, os
efeitos desta Apólice ficam suspensos Mais de 20 até 30 15
por um período máximo de 120 (cento e
vinte) dias - não prorrogável - a contar da Mais de 30 até 40 10
data da referida venda. Este contrato fica
nulo e de nenhum efeito, desde o início Mais de 40 até 50 5
da suspensão, se o Tomador de Seguro
durante o referido período não declarar N - Inclusão de Serviço de Reboque
à Seguradora, por escrito, ter procedido à
substituição da viatura. A Seguradora garante por esta Apólice
a Responsabilidade Civil, pelos danos
M - Seguro de Frota ocasionados pelo(s) atrelado(s)
mencionado(s) nas suas Condições
1. Considera-se Seguro de Frota, o Particulares.
contrato de seguro através do qual o
Tomador de Seguro transfere para a O - Exclusão de Serviço de Reboque
Seguradora, mediante o pagamento de
quantia determinada, a responsabilidade Por formal declaração do Tomador de
civil decorrente da circulação de uma Seguro, este contrato se destina a dar
pluralidade de veículos a motor e seus cobertura à “serviço de reboque” pelo que
reboques perante Terceiros, podendo cessa os efeitos sempre que o Veículo
incluir as respectivas coberturas Seguro circule rebocando qualquer viatura.
facultativas quando expressamente
acordadas, nos termos das Condições P - Reboques Agrícolas
Gerais, Especiais e Particulares da Apólice
e do Protocolo celebrado. Fica coberta por este contrato a
Responsabilidade Civil, pelos danos
2. Fica expressamente convencionado ocasionados pelos reboques agrícolas
que, nos termos desta cláusula, o presente ou alfaias, quando rebocados pelo
contrato poderá sofrer uma redução no Veículo Seguro e desde que utilizados na
prémio pela aplicação do esquema de actividade agrícola.
Participação nos Resultados estabelecidos
no número 4. Por formal declaração do Tomador de

74
Seguro, este contrato não se destina a dar U - Seguro de Automóveis e Motociclos
cobertura a «serviço de reboque», pelo que Antigos
cessa os seus efeitos sempre que o Veículo
Seguro circule rebocando qualquer viatura. Por formal declaração do Tomador de
Seguro, o veículo garantido pelo presente
Q - Franquia em Responsabilidade Civil contrato encontra-se classificado como
Automóvel Antigo, pelo que, no caso de
O presente contrato vigora com a Franquia se verificar que o mesmo é utilizado como
indicada nas Condições Particulares, meio de transporte habitual, esta Apólice
aplicável ao risco de responsabilidade civil se considera nula e de nenhum efeito.
obrigatória, nos termos do Artigo 15°, das
Condições Gerais da Apólice. V - Incêndios Ocasionados por Máquinas
Agrícolas/Industriais
R - Salvados
Não se encontram abrangidos por esta
Em caso de Sinistro, de que resulte Perda Apólice os prejuízos ou danos resultantes
Total do Veículo Seguro, o Segurado de incêndio ocasionado pela máquina
ficará sempre na posse do salvado, sendo agrícola e/ou industrial segura.
o seu valor deduzido ao montante da
indemnização. W - Veículo Adaptado a Deficiente Motor

S - Veículos de Matrícula Estrangeira Por formal declaração do Tomador de


Seguro, o veículo garantido pelo presente
Quando contratadas as garantias de contrato foi especialmente adaptado para
danos no próprio veículo e ocorra Perda condução por deficiente motor, pelo que,
Total, o valor da indemnização terá por no caso de se constatar que o mesmo é
base o Valor de Substituição no país da conduzido por pessoa que não se encontre
matrícula, não podendo em caso algum devidamente habilitada para o efeito, esta
ultrapassar o valor seguro, acrescido de Apólice é considerada nula e de nenhum
impostos e outros custos pagos no âmbito efeito.
do processo de registo para matrícula
portuguesa, tudo limitado ao valor seguro. X - Veículos em Trânsito

T - Falta de Pagamento de Prémios Este seguro destina-se às empresas de


montagem, fabrico, transporte, utilizando
Na falta de pagamento do prémio ou o próprio veículo, importação ou venda de
fracções na data indicada nos respectivos veículos e/ou caravanas novos e ainda às
avisos, o Tomador de Seguro constitui- empresas encarregadas da rodagem de
se em mora nos termos da lei e das veículos novos por conta das entidades
Condições Gerais desta Apólice, fixando- proprietárias dos mesmos, garantindo
se a penalidade ali prevista em 50% qualquer veículo automóvel pertença do
(cinquenta por cento) da diferença entre Tomador de Seguro, Segurado ou à sua
o prémio devido para o período de tempo consignação, durante o trajecto para o
inicialmente contratado e das fracções stand, armazém, cais de embarque ou
eventualmente já pagas. outro local determinado.

75
Y - Seguro de Provas Desportivas

Este seguro é celebrado mediante Apólice


Especial, de acordo com a lei em vigor, e
responde pela responsabilidade civil dos
organizadores, do proprietário do veículo
e dos seus detentores e condutores, em
virtude de acidentes causados pelos
mesmos veículos, excluindo os danos
causados aos participantes e respectivas
equipas de apoio e aos veículos por eles
utilizados, bem como os causados à
entidade organizadora e pessoal ao seu
serviço ou a quaisquer seus colaboradores.

76
© MASTER SEGUROS SA.