Anda di halaman 1dari 7

Cursinho Alternativo da UEPa 2017

Ciências da Natureza - Química


Reações Orgânicas (Adição, Substituição e Eliminação)
Aula 08 e 09

REAÇÕES DE ADIÇÃO
Cisão homolítica: ocorre quando há uma quebra de ligação
1. INTRODUÇÃO de forma igual, gerando radicais livres.
Cisão heterolítica: quando há uma quebra de ligação de
As reações de adição são aquelas onde um átomo proveniente forma desigual, formando íons (cátions e ânions).
de uma substância orgânica ou inorgânica se adiciona a uma
substância orgânica. Ocorrem em hidrocarbonetos insaturados, Quanto aos intermediários da reação, podemos observar
como os alcenos e os alcinos. melhor no decorrer da reação, após a quebra da ligação pi,
veremos melhor na frente. Mas a diferença de
eletronegatividade determina isso.

Carbocátion: é nome dado ao intermediário (o que está


São caracterizadas pela quebra das ligações duplas e triplas. sofrendo a quebra de ligação) que possui carga positiva.
Nos hidrocarbonetos insaturados, a quebra ocorre na ligação Carbânion: é nome dado ao intermediário que possui carga
mais fraca (ligação π) e ocorre a formação de duas novas negativa.
ligações (ligações δ). Exemplo:
3. REAÇÕES DE HALOGENAÇÃO
CH2 = CH2 + H2 → CH3 – CH3
A halogenação é uma reação de adição onde se adiciona
Para esta reação ocorrer, houve a quebra da ligação dupla, na halogênio (Cl2, Br2, I2, F2) a um alceno ou alcino. Exemplos:
ligação pi, especificamente.
As principais reações de adição são:
 Halogenação;
 Adição de HX;
 Adição de água;
 Adição a aromático.

2. CONCEITOS IMPORTANTES
Abaixo, segue, a reação passo a passo, após a quebra da
Os conceitos destacados a seguir, fundamentam-se do dupla ligação, formando como produto o 2,3-dicloro-pentano.
conceito de ácidos e bases de Lewis:

Ácidos de Lewis são definidos como toda espécie química


(pode ser molécula ou íon) capaz de doar par eletrônico.
Bases de Lewis são definidas como espécie química capaz de
receber par eletrônico. Exemplo:

HCl (aq) + NaOH (aq) → NaCl (aq) + H2O (l)

O HCl é um ácido de Lewis e o NaOH é uma base de Lewis.


Para a melhor compreensão, podemos colocar a reação acima,
na sua forma iônica:

Eletrófilo: é nome dado ao ligante que possui afinidade com


cargas negativas (elétrons), comporta-se com um ácido de
Lewis. Abaixo, segue as etapas após a cisão da insaturação, para a
Nucleófilo: é nome dado ao ligante que possui afinidade com obtenção do 2,3-dibromobutano, nesse caso.
cargas positivas (prótons), comporta-se como uma base de
Lewis.

Os conceitos em relação à quebra de uma ligação estão


destacados a seguir:
1

Facebook: Cursinho Alternativo Uepa 2017


Esta reação de adição também conhecida como hidratação de
alcenos. É semelhante à reação de adição anterior.
É uma por ácido e também segue a regra de Markovnikov.
Portanto, o hidrogênio se liga ao carbono mais hidrogenado
enquanto que a hidroxila se liga ao carbono menos
hidrogenado.
Os produtos formados podem ser álcoois primários e
secundários. Exemplos:

4. REAÇÕES DE HIDROHALOGENAÇÃO

A hidrohalogenação é uma reação de adição onde se adiciona 6. ADIÇÃO A AROMÁTICO


uma substância formada por um átomo de hidrogênio ligado a
um halogênio (ex.: HCl e HBr) a um alceno ou alcino. Como os Os compostos aromáticos, normalmente, sofrem reações de
elementos envolvidos na adição possuem uma diferença de substituição, porém em alguns casos pode ocorrer uma adição
eletronegatividade (Halogênios são mais eletronegativos que o na presença de um catalisador. Quando há hidrogenação total
H), temos umas regrinhas para o mecanismo da adição por do anel benzênico, a reação é de adição. Exemplo:
meio da hidro-halogenação:

Regra de Markovnikov: O hidrogênio deve se ligar ao átomo


de carbono mais hidrogenado, enquanto que o halogênio deve
se ligar ao átomo de carbono menos hidrogenado da dupla
ligação. Exemplo:

Regra Antimarkovnikov/ Reação Kharash: O hidrogênio


deve se ligar ao átomo de carbono menos hidrogenado, 7. ADIÇÕES À CARBONILA
enquanto que o Bromo (Br) deve se ligar ao átomo de carbono
mais hidrogenado da dupla ligação. Sob a condição de As reações vistas para adição à carbonila se aplicam, aos
ocorrer em presença de peróxido orgânico e na aldeídos e cetonas, bastante reativos. Estabelecendo uma
utilização de HBr. Exemplo: comparação, os aldeídos são mais reativos que as cetonas.

7.1. Adição de Hidrogênio (H2)

A adição de hidrogênio à carbonila caracterizando um aldeído


produz um álcool primário:

5. ADIÇÃO DE ÁGUA (HIDRATAÇÃO)

2
Facebook: Cursinho Alternativo Uepa 2017
Reação anterior passo a passo: C) Hexano + Cloro.
D) Metilpropeno + água.
E) Ciclobuteno + Cloreto de Hidrogênio.

O Texto I refere-se à questão 02.


O estireno é uma substância utilizada na produção do isopor,
um isolante térmico, e como matéria prima para produção de
outras substâncias de interesse para a indústria química.
Considere as equações químicas (I), (II) e (III) representadas
abaixo.

Nas cetonas, a adição de H2 forma um álcool secundário:

02. (UEPa) Sobre a Equação III, do Texto I, é correto


afirmar que a substância Y é:

7.2. Adição de Compostos de Grignard ( - RMgX) A) um álcool primário.


B) um álcool terciário.
Nesta reação, se adiciona o composto de Grignard, em que o R C) o 2-hidroxi-1-feniletano.
se refere à cadeia carbônica adicionada aos composto e X se D) o 2-feniletan-2-ol.
refere à um halogênio (Br, Cl ou outros halogênios). E) um álcool secundário.

O Texto II refere-se à questão 3


A certeza da presença de CFC na estratosfera, em 1974, levou
Mario Molina e Sherwood Rowland a propor um mecanismo
detalhando a destruição do ozônio pelo CFC. Duas etapas do
mecanismo de formação do cloro livre e ataque ao ozônio
estão representadas pelas equações 1 e 2.

. .
CF2Cl2 + UV → Cl + CF2Cl (equação 1)
. .
O produto obtido é importante, pois ao reagir com a água, Cl + O3 → ClO + O2 (equação 2)
sofre hidratação e produz um álcoois como produto principal:
Extraído e adaptado de: QMCWEB. Fora CFC.
Disponível em http://www.qmc.ufsc.br/qmcweb/
exemplar 26.html, acessado em: 03/10/09.

03. (UEPa) Com relação ao mecanismo de destruição da


camada de ozônio por CFC proposto por Molina e Rowland é
correto afirmar que:

8. EXERCÍCIOS PROPOSTOS 1 A) a radiação UV destrói as moléculas de ozônio.


.
01. (UPE-PE) Assinale dentre as alternativas abaixo aquela B) a formação do radical Cl ocorre por cisão homolítica.
que não caracteriza uma reação de adição. .
C) a formação do radical Cl ocorre por cisão heterolítica.
D) na cisão homolítica do CF2Cl2 ocorre a formação de íons.
A) Acetileno + Brometo de Hidrogênio.
B) 1,3-Butadieno + Iodo.
3
Facebook: Cursinho Alternativo Uepa 2017
E) os íons formados na cisão heterolítica do CF2Cl2 destroem E) formada por cisão homolítica.
a camada de ozônio.
REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO
Leia o Texto III para responder à questão 4
A indústria química utiliza substâncias simples para a obtenção 1. INTRODUÇÃO
de substâncias mais complexas que serão empregadas como
medicamentos, aditivos de alimentos, fragrâncias, etc. O As reações de substituição são aquelas onde um átomo ou um
conhecimento das reações de síntese orgânica é fundamental grupo de átomos de uma molécula orgânica é substituído por
para atingir esses objetivos. No esquema abaixo, a substância outro átomo ou grupo de átomos.
A sofre reação de oxidação enérgica, formando a substância B As principais reações de substituição são:
(caminho 1), e reação de desidratação, formando a substância  Halogenação;
C mais água (caminho 2).  Nitração;
 Sulfonação

2. CONCEITOS PRELIMINARES

Substituição eletrofílica: é aquela na qual um eletrófilo,


átomo ou grupo de carga elétrica positiva (afinidade por
elétrons), substitui outro grupo de mesma característica.
Substituição nucleofílica: é aquela na qual um nucleófilo,
átomo ou grupo de carga elétrica negativa (afinidade por
prótons), substitui outro grupo de mesma característica.

3. HALOGENAÇÃO
04. (UEPa) Com relação ao Texto III, é correto afirmar que:
Os halogênios mais utilizados nas reações de substituição são
A) a substância B é o 3-metil-pentanal. cloro (Cl) e Bromo (Br). As reações com flúor (F) são muito
B) a substância C é 2-metil-pent-2-eno. perigosas devido à alta reatividade deste elemento e com iodo
C) a substância B é o ácido 1-metil-1-butanoico. (I) as reações tornam-se muito lentas e, por esses motivos,
D) a substância C é 2-metil-pent-1-eno. não são tão utilizados. Exemplo:
E) a substância B é o ácido 1-metilpentanoico.

05. (PUC-MG) Na reação do metilpropeno com HCl, há


formação de:

A) But-1-eno.
B) Isobutano.
C) 2-cloro-metilpropano.
O exemplo acima mostra um ataque eletrofílico ao benzeno.
D) 1-cloro-metilpropano.
Uma molécula de gás cloro sofre uma cisão heterolítica,
E) 1-cloro-metilpropano.
formando íons (cátion e ânion). O cátion substitui o hidrogênio
produzindo o clorobenzeno, enquanto que o ânion se liga ao
O Texto IV refere-se às questões de número 1, 2 e 3.
hidrogênio substituído, produzindo o ácido clorídrico.
O Trinitrotolueno (TNT) é um potente explosivo que, ao
contrário da nitroglicerina, é relativamente insensível à fricção,
4. NITRAÇÃO
impacto e agitação. O TNT pode ser sintetizado por diversas
rotas sintéticas, sendo uma delas esquematizada abaixo:
Esta reação ocorre entre um hidrocarboneto e o ácido nítrico
(HNO3), produzindo um nitro composto. Exemplo:

O exemplo acima mostra um ataque eletrofílico ao benzeno.


Uma molécula de ácido nítrico sofre uma cisão heterolítica,
06. (UEPa) Considere que, numa das etapas do mecanismo
+ formando íons (cátion e ânion). O grupo nitro (cátion) substitui
da reação 1, a espécie H3C seja formada. Com relação a o hidrogênio produzindo o nitrobenzeno, enquanto que a
essa espécie, é correto afirmar que é: hidroxila (ânion) se liga ao hidrogênio substituído, produzindo
água.
A) um radical de Carbono (radical livre).
B) um íon carbônio (carbocátion). 5. SULFONAÇÃO
C) um carbânion.
D) um carbeno.

4
Facebook: Cursinho Alternativo Uepa 2017
Esta reação ocorre entre um hidrocarboneto e o ácido sulfúrico
(H2SO4). Exemplo: A) 5
B) 3
C) 4
D) 2
E) 6

04. (CESGRANRIO-RJ) No 3-metil-pentano, cuja estrutura


está representada abaixo, o hidrogênio mais facilmente
substituível por halogênio está situado no carbono de número:

O exemplo acima mostra um ataque eletrofílico ao benzeno.


Uma molécula de ácido sulfúrico sofre uma cisão heterolítica,
formando íons (cátion e ânion). O grupo sulfônico (cátion)
substitui o hidrogênio produzindo o benzeno sulfônico,
enquanto que a hidroxila (ânion) se liga ao hidrogênio
substituído, produzindo água.

Obs: A ordem de prioridade com que o hidrogênio é A) 1


substituído no hidrocarboneto é: B) 2
C) 3
CTERCIÁRIO > CSECUNDÁRIO > CPRIMÁRIO D) 4
E) 6
7. SUBSTITUIÇÃO NUCLEOFÍLICA
05. (Mackenzie-SP) No sistema de equações a seguir, as
substâncias A e B são, respectivamente:
A reação nucleofílica ocorre quando o composto reagente
(normalmente um haletos) sofre um ataque de um nucleófilo
(afinidade por cargas positivas). Exemplo:

A) metano e bromo-metano.
B) etano e bromo-etano.
8. EXERCÍCIOS PROPOSTOS 2 C) eteno e bromo-etano.
D) propeno e 2-bromo-propeno.
01. (FCC-CE) Numa reação de 2-metilbutano com Cl2(g), E) eteno e etino.
ocorreu substituição de hidrogênio. Qual o composto clorado
obtido em maior quantidade? 06. (UEPG-PR) Quando derivados do benzeno sofrem
reações de substituição no anel aromático, os grupos ligados
A) 1,2,3-tricloropentano. ao anel influem na formação dos produtos, agindo como
B) 1-cloro-2-metilbutano. orientadores das posições onde ocorrerão as substituições.
C) 1-cloro-3-metilbutano. Entre as alternativas, determine a que contém apenas grupos
D) 2-cloro-2-metilbutano. que, ligados ao anel, agirão preferencialmente como
E) 2,2-dicloropentano. orientadores orto-para-dirigentes.

02. (FEI) Quanto ao mecanismo a reação representada pela A) – NO2; – CN; – OH.
equação a seguir pode ser classificada: B) – NH2; – COOH; – CH3.
- - C) – Cl; – CHO; – COOH.
CH3Cl + OH → CH3OH + Cl
D) – SO3H; – CHO; – COOH.
A) substituição por radicais livres. E) – OH; – NH2; – Cl.
B) substituição nucleófila.
C) adição nucleófila. REAÇÕES DE ELIMINAÇÃO
D) adição eletrófila.
E) eliminação. 1. INTRODUÇÃO

03. (UEPB) Os haletos orgânicos têm estado atualmente em São as reações onde alguns átomos ou grupos de átomos são
evidência, devido aos problemas ambientais causados pelo uso eliminados da uma molécula orgânica. É o inverso das reações
indiscriminado de certas substâncias pertencentes a essa de adição. Tem grande importância para a indústria química,
classe de compostos orgânicos. na produção de polietileno que é a matéria-prima para a
A partir da reação de monocloração do 2,4-dimetil-pentano, obtenção de plásticos.
podem-se obter diferentes produtos halogenados. Quantos As principais reações de eliminação são:
produtos monoclorados podem ser obtidos a partir dessa  Eliminação de hidrogênio (desidrogenação);
reação?  Eliminação de halogênios (de-halogenação);
5
Facebook: Cursinho Alternativo Uepa 2017
 Eliminação de halogenidreto;
 Eliminação de água (desidratação de álcool).

2. ELIMINAÇÃO DO HIDROGÊNIO (Desidrogenação)

Ocorre quando há uma transformação de alcano em um


alceno. Exemplo:

No primeiro exemplo acima, houve a eliminação de uma


molécula de água do etanol. O ácido sulfúrico funciona como
catalisador. Em seguida, os produtos formados foram eteno e
água. Esta desidratação é classificada como intramolecular.
No segundo exemplo, houve a eliminação de uma molécula de
água de duas moléculas de etanol. O ácido sulfúrico funciona
No exemplo acima, houve a eliminação de dois átomos de como catalisador. Em seguida, os produtos formados foram
hidrogênio do etano, que se tornou eteno, formando uma éter e água. Esta desidratação é classificada como
dupla ligação após a perda. intermolecular.

3. ELIMINAÇÃO DE HALOGÊNIOS (De-halogenação) 6. EXERCÍCIOS PROPOSTOS 3

Ocorre quando há halogênios ligados a carbonos vicinais 01. (CESGRANRIO) Considere as seguintes reações
(vizinhos), produzindo alceno e sal. Exemplo: orgânicas. Podemos classificá-las, respectivamente, como:

No exemplo anterior, houve a eliminação de dois átomos de


um halogênio (bromo – Br) do dibromoetano após reagir com
o zinco – Zn que é altamente eletropositivo e consegue atrair
A) adição, substituição, eliminação.
os dois átomos do halogênio (eletronegativos). Em seguida,
B) adição, eliminação, substituição.
produziu-se eteno e brometo de zinco.
C) eliminação, adição, substituição.
D) eliminação, substituição, adição.
4. ELIMINAÇÃO DE HALOGENIDRETO
E) substituição, adição, eliminação.
Os halogenidretos, como HCl, HBr e HI podem ser eliminados a
partir de um haleto de alquila, catalisado por uma base, que 02. (UFPI) Indique, entre as alternativas abaixo, o alceno que
pode ser o KOH e um álcool. Exemplo: é obtido a partir da reação de eliminação (desidratação) do 3-
metil-1-butanol, cuja fórmula molecular é C5H12O.

A) 2-metil-3-buteno.
B) 3-metil-2-buteno.
C) 2-metil-2-buteno.
D) 3-metil-1-buteno.
E) 2-metil-1-buteno.

-
No exemplo acima, houve a eliminação de dois átomos, um de 03. (Enem 2016) Nucleófilos (Nu ) são bases de Lewis que
hidrogênio e outro de bromo. O hidróxido de potássio e o reagem com haletos de alquila, por meio de uma reação
álcool funcionam como catalisadores. Em seguida, os produtos chamada substituição nucleofílica (SN), Como mostrado no
formados foram um alceno e um ácido (bromídrico). esquema:

5. ELIMINAÇÃO DE ÁGUA (Desidratação de álcool)


R – X + Nu- → R – Nu + X-
A desidratação intramolecular de álcool catalisada por ácido
sulfúrico concentrado e calor (170°C) ocorre com a produção (R = grupo alquila e X = halogênio)
de água e alceno. - -
Outra desidratação que pode ocorrer é a intermolecular de dois A reação de SN entre o metóxido de sódio (Nu = CH3O ) e
álcoois formando éter e água. A reação deve ser catalisada por brometo de metila fornece um composto orgânico pertencente
ácido sulfúrico concentrado e calor (140°C). Exemplo: à função

A) éter.
6
Facebook: Cursinho Alternativo Uepa 2017
B) éster. D) Na Equação III, o intermediário de reação é um
C) álcool. carbocátion secundário.
D) haleto. E) O intermediário de reação na Equação III é formado por
E) hidrocarboneto. clivagem homolítica.

04. (UEPa) A substância de estrutura química representada 06. (UEPa) A substância A pode sofrer reação química
abaixo é a responsável pelo odor agradável do morango. conforme a equação química representada abaixo:

Sobre as estruturas acima, julgue as afirmativas abaixo.


Sobre a estrutura acima, assinale a alternativa correta.
I. A reação segue a regra de Markovnikov.
A) A substância pode ser obtida pela reação do ácido acético II. O produto da reação é o propenal.
com o 2-metilpropan-1-ol. III. A substância C é o 1-hidroxi-propanal.
B) A substância pode ser obtida pela reação do etanol com o IV. O intermediário de reação é um carbocátion.
ácido acético.
C) A reação de hidrólise da substância produz acetaldeído e De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:
álcool isobutílico.
D) A substância pertence à função cetona.
E) A substância pode ser obtida pela reação do ácido A) I, III e IV
propanoico com o álcool isobutílico. B) II, III e IV
C) I e IV
O Texto I refere-se à questão 5. D) I e III
O estireno é uma substância utilizada na produção do isopor, E) III
um isolante térmico, e como matéria prima para produção de
outras substâncias de interesse para a indústria química. 07. (UEPa) Ainda com relação ao Texto II “aditivos
Considere as equações químicas (I), (II) e (III) representadas alimentares” e as estruturas abaixo; avalie as afirmativas.
abaixo.

I. Partindo-se do fenol, não substituído, o grupamento Hidroxi


(OH) é orto e para dirigente nas reações de substituição
eletrofílica.
II. O grupamento na posição para na estrutura I, chama-se
etil.
III. O grupamento na posição para na estrutura II, chama-se
metóxi.
IV. Partindo-se do fenol, não substituído, o grupamento na
posição para na estrutura I, pode ser obtido por alquilação.
V. Partindo-se do fenol, não substituído, o grupamento na
posição orto na estrutura II é um butil.

A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é:

A) I, II, III e IV
B) I, II, III e V
05. (UEPa) De acordo com o Texto I, é correto afirmar: C) I, III, IV e V
A) Na Equação I, um dos intermediários de reação é um D) II, III, IV e V
carbânion. E) I, II, IV e V
B) A Equação II é uma reação de hidrogenação.
C) O estireno é um alceno de configuração trans.

7
Facebook: Cursinho Alternativo Uepa 2017