Anda di halaman 1dari 32

INSS – INSTITUTO NACIONAL CONCURSO PÚBLICO

2018
PREVIDÊNCIA SOCIAL
INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL
DO SEGURO SOCIAL

NÍVEL MÉDIO
TÉCNICO DO SEGURO
SOCIAL

CADERNO DE PROVA OBJETIVA


LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.
1 Ao receber este caderno de provas, confira inicialmente se os seus dados pessoais e os dados referentes
ao cargo ao qual você concorre, transcritos acima, estão corretos e coincidem com o que está registrado na
sua folha de respostas. Confira, também, o seu nome em cada página numerada do seu caderno de provas.
Em seguida, verifique se ele contém a quantidade de itens indicada em sua folha de respostas, correspondentes à
prova objetiva. Caso o caderno esteja incompleto, tenha qualquer defeito ou apresente divergência quanto aos seus
dados pessoais ou aos dados do cargo ao qual você concorre, solicite ao fiscal de sala mais próximo que tome as
providências cabíveis, pois não serão aceitas reclamações posteriores nesse sentido.
2 Quando autorizado pelo chefe de sala, no momento da identificação, escreva, no espaço apropriado da folha de
respostas, com a sua caligrafia usual, a seguinte frase:
"É o seu esforço contínuo e determinado que quebra a resistência e vence os obstáculos."
(Gabriel Granjeiro)
Conforme previsto em edital, o descumprimento dessa instrução implicará a anulação da sua prova e a sua elimi-
nação do concurso.
3 Durante a realização das provas, não se comunique com outros candidatos nem se levante sem autorização de
fiscal de sala.
4 Não serão distribuídas folhas suplementares para rascunho.
5 Na duração das provas, está incluído o tempo destinado à identificação – que será feita no decorrer da prova – e
ao preenchimento da folha de respostas.
6 Ao terminar as provas, chame o fiscal de sala mais próximo, devolva-lhe a sua folha de respostas e deixe o local
de prova.
7 A desobediência a qualquer uma das determinações constantes em edital, no presente caderno ou na folha de
respostas, poderá implicar a anulação da sua prova.

OBSERVAÇÕES:

Não serão conhecidos recursos em desacordo com o estabelecido em edital.


É permitida a reprodução deste material apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte.
INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

0(XX) 64 3448-0100
www.cespe.unb.br | sac@cebraspe.org.br
Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

• De acordo com o comando a que cada um dos itens a seguir se refira, marque, na folha de respostas,
para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado
com o código E, caso julgue o item ERRADO. A ausência de marcação ou a marcação de ambos os
campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para as devidas marcações,
use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas.
• Nos itens que avaliam noções de informática, a menos que seja explicitamente informado o contrário,
considere que todos os programas mencionados estão em configuração-padrão, em português, e que
não há restrições de proteção, de funcionamento e de uso em relação aos programas, arquivos, diretó-
rios, recursos e equipamentos mencionados.
• Sempre que utilizadas, as siglas subsequentes devem ser interpretadas conforme a significação asso-
ciada a cada uma delas, da seguinte forma: ADC = ação declaratória de constitucionalidade; ADPF =
arguição de descumprimento de preceito fundamental; CF = Constituição Federal de 1988; CLT = Con-
solidação das Leis do Trabalho; CNMP = Conselho Nacional do Ministério Público; CPC = Código de
Processo Civil; MP = Ministério Público; MPDFT = Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios;
MPT = Ministério Público do Trabalho; MPU = Ministério Público da União; OAB = Ordem dos Advogados
do Brasil; STF = Supremo Tribunal Federal; STJ = Superior Tribunal de Justiça; TST = Tribunal Superior
do Trabalho.

CONHECIMENTOS BÁSICOS

Julgue os itens a seguir à luz do disposto nos 6 O STF reconhece a impossibilidade de extensão
Decretos n. 1.171/1994 e 6.029/2007. do benefício de prestação continuada (BPC),
previsto na Lei Orgânica da Previdência Social, a
1 Marcos, estagiário de serviço social do INSS, estrangeiros, em razão da carência de recursos
cometeu uma falta ética a mando do seu supe- para atender aos próprios brasileiros.
rior, servidor concursado do órgão. Segundo o
exposto no Decreto n. 1.171/1994, Marcos não Dentro do regramento relativo aos direitos sociais
poderá receber penalidade da comissão de ética e aos direitos da nacionalidade, analise as assertivas
do órgão, pois não é servidor concursado, mas o a seguir.
gestor poderá receber a penalidade de censura.
7 Mesmo brasileiros natos podem perder a con-
2 Fernanda, perita do INSS, foi acusada de receber dição de brasileiro caso optem voluntariamente
propina de pessoas fora da repartição para fa- pela naturalização a outro país. Em tal situação,
cilitar acesso a aposentadoria por invalidez. Du- seria possível a extradição.
rante o procedimento de apuração da conduta de
Fernanda, a comissão de ética deverá garantir- 8 A previdência social e a saúde estão entre os di-
-lhe proteção à sua honra e à sua imagem. reitos sociais explicitamente previstos no artigo
6º da Constituição, situação que não se repete
3 É vitalício o mandato de membro integrante da com a assistência social aos desamparados.
Comissão de Ética Pública, em razão da rele-
vância do serviço público prestado, o que evita Julgue o item a seguir sobre a Administração
interferências externas na atuação da comissão. Pública.

Tendo em vista o tratamento constitucional e juris- 9 O STF declarou a possibilidade de agentes po-
prudencial dado aos direitos e garantias fundamen- líticos se submeterem à Lei de Improbidade Ad-
tais, julgue os itens a seguir. ministrativa, sendo julgados nesses casos no
mesmo foro competente para as infrações penais
4 O STF reconheceu a possibilidade de pessoas comuns.
trans modificarem seu nome e sexo nos assen-
tamentos de registro, mesmo sem a realização 10 Os cargos, empregos e funções públicas são
da cirurgia de redesignação sexual, desde que as acessíveis aos brasileiros e aos estrangeiros,
alterações sejam feitas na via judicial. nas hipóteses previstas em lei.

5 Em regra, para que seja admitida ação judicial 11 Embora sem previsão expressa no ordenamento
pleiteando benefício previdenciário contra o jurídico brasileiro, o princípio da legalidade deter-
INSS, se faz necessário prévio indeferimento na mina que o agente público só poderá fazer o que
via administrativa. a lei autoriza.

Técnico do Seguro Social 2


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

12 Situação hipotética: o prefeito de determinado do bem? Nada disso – informou o Diabo. Ele ia
município promoveu campanha publicitária para embora da Terra porque sua atividade tornara-se
combate ao mosquito da dengue. Nos panfletos, 30 supérflua com o advento da Internet. Procurava
constava sua imagem, além do símbolo da sua agora um planeta em estágio tecnológico menos
campanha eleitoral. Assertiva: no caso, há ofen- avançado do que o nosso, sem um tipo de comu-
sa ao princípio da publicidade. nicação onde qualquer um pode fazer um estrago
bem maior do que ele na comunidade internacional
13 A instituição de fundação pública de direito pú- 35 e na vida de cada um.
blico, igualmente às autarquias, se dá por meio Carlos Heitor Cony
de edição de lei, não exigindo a inscrição de seu
ato constitutivo junto ao registro civil das pessoas Sobre o texto e seus aspectos semânticos, sintáti-
jurídicas. cos e morfológicos, julgue as assertivas a seguir.
14 Os órgãos não possuem de personalidade jurí- 18 O texto, predominantemente descritivo, apresen-
dica. ta o diálogo entre um ser real e uma entidade fic-
tícia, ocorrido no espaço cósmico.
15 É ato de improbidade que causa lesão ao erário
frustrar a licitude de concurso público. 19 Com a introdução “Não foi um sonho, muito me-
nos uma visão”, o autor antecipa que os fatos a
Tendo em vista as disposições da Lei n. serem apresentados são a expressão da verdade
9.784/1999, julgue o item abaixo. que lhe foi transmitida.

16 Conforme o princípio do informalismo que está 20 O astronauta mostra-se insubmisso às ordens


presente no processo administrativo, os atos do do comando, porque deveria estar descansando
processo administrativo não dependem de forma junto a seus colegas e se encontrava na cabine
determinada, inclusive podem ser produzidos em de controle.
idioma estrangeiro.
21 Segundo o texto, a partir do momento em que o
17 A autorização é ato administrativo discricionário diabo deixar o planeta Terra, o bem acabará com
praticado pela Administração Pública. a desgraça, melhorando a espécie humana e
confirmando o propósito da revolução dos anjos.
O Diabo no espaço
1 Não foi um sonho, muito menos uma visão. Mas 22 Depreende-se do texto que a tecnologia mal utili-
consta que um astronauta, em uma dessas naves zada pode ser mais perniciosa que, ou tão nefas-
tripuladas que passeiam pelo espaço, enquanto ta como, as forças demoníacas.
seus colegas, obedecendo aos horários da base
5 de Houston, dormiam em complicados leitos, mon- 23 A substituição da expressão “apesar de”, no tre-
tava guarda na cabine de comando e viu o diabo, cho “Apesar de ser considerado o inventor da
em passeio, sem ajuda de qualquer equipamento, Mentira, o Diabo falou a verdade”, por a despei-
apenas com seus chifres, rabo e pés fendidos, cami- to de manteria a correção gramatical e a ideia
nhando pelo cosmos, aparentemente procurando original do texto.
10 alguma coisa.
 Sabendo que o Pai das Trevas, desde o início do 24 No trecho “onde qualquer um pode fazer um es-
mundo, domina uma boa tecnologia, o astronauta trago bem maior do que ele na comunidade inter-
tentou comunicar-se com ele. Para sua surpresa, nacional”, a retirada do vocábulo “do” na expres-
o Diabo entrou na faixa sonora da cabine e os dois são “do que” prejudicaria a correção gramatical e
15 conversaram. O diálogo está nos arquivos secretos o sentido original do texto.
da NASA, esperando hora propícia para divulgação.
 Após considerações gerais sobre os destinos da 25 No trecho “Estava deixando o planeta Terra,
humanidade, o astronauta quis saber do destino onde, desde a revolta dos anjos, antes da cria-
do próprio Diabo, o que fazia ele ali sozinho, ção do Mundo, tinha decidido implantar o Mal e a
20 aparentemente perdido no espaço, desorientado Desgraça na obra de Deus”, a substituição da ex-
e deprimido. Apesar de ser considerado o inventor pressão “tinha decidido” por “decidira” preserva
da Mentira, o Diabo falou a verdade. Estava dei- a correção gramatical e a ideia básica do texto.
xando o planeta Terra, onde, desde a revolta dos
anjos, antes da criação do Mundo, tinha decidido
25 implantar o Mal e a Desgraça na obra de Deus.
 O astronauta quis saber a razão de tão humilhan-
te retirada. Seria uma derrota diante das forças

Técnico do Seguro Social 3


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

Polícia 55 a definição de Polícia acima apresentada, já que a


1 É uma função do Estado que se concretiza em defesa da segurança pública é, na realidade, uma
uma instituição de administração positiva e visa atividade orientada a consolidar a ordem pública
pôr em ação as limitações que a lei impõe à liber- e, consequentemente, o estado das relações de
dade dos indivíduos e dos grupos, para salva- força entre classes e grupos sociais.
5 guarda e manutenção da ordem pública, em suas Norberto Bobbio. Dicionário de Política. Edi-
várias manifestações: da segurança das pessoas tora UnB. 12ª Ed. 1989.
à segurança da propriedade, da tranquilidade dos
agregados humanos à proteção de qualquer outro A respeito das ideias e das estruturas linguísticas
bem; tutelado com disposições penais. Esta definição do texto POLÍCIA, julgue os itens seguintes.
10 de Polícia não abrange o sentido que o termo teve
no decorrer dos séculos: derivando de um primeiro 26 A definição de polícia, ao longo da história, pas-
significado diretamente etimológico de conjunto sou por apenas um período de transição.
das instituições necessárias ao funcionamento e
à conservação da cidade-Estado, o termo indicou, 27 Depreende-se do texto que tanto a defesa da
15 na Idade Média, a boa ordem da sociedade civil, da ordem pública quanto a segurança pública são
competência das autoridades políticas do Estado, exercícios da polícia, que busca garantir a se-
em contraposição à boa ordem moral, do cui- gurança da comunidade em relação aos perigos
dado exclusivo da autoridade religiosa. Na Idade internos.
Moderna, seu significado chegou a compreender
20 toda a atividade da administração pública. Este 28 A partícula “se” é empregada, no trecho “É nes-
termo voltou a ter um significado mais restrito, se sentido que se confirma a definição de Polícia
quando, no início do século XIX, passou a iden- acima apresentada (…)”, como índice de indeter-
tificar-se com a atividade tendente a assegurar a minação do sujeito, o que confere maior formali-
defesa da comunidade dos perigos internos. Tais dade ao texto.
25 perigos estavam representados nas ações e situ-
ações contrárias à ordem pública e à segurança 29 A forma verbal “consentiu” (l. 45) poderia ser cor-
pública. A defesa da ordem pública se exprimia na retamente substituída, no texto, pelo seu sinôni-
repressão de todas aquelas manifestações que mo permitiu.
pudessem desembocar em uma mudança das
30 relações político-econômicas entre as classes
30 Os vocábulos “É” e “que” poderiam ser suprimi-
sociais; enquanto que a segurança pública com- dos simultaneamente do trecho “É nesse senti-
preendia a salvaguarda da integridade física da do que se confirma a definição de Polícia acima
população, nos bens e nas pessoas, contra os ini- apresentada (…)” sem prejuízo para a correção
migos naturais e sociais. Estas duas atividades da gramatical, uma vez que desempenham função
35 polícia são apenas parcialmente distinguíveis do
de partícula de realce ou expletiva.
ponto de vista político: na sociedade atual, carac-
terizada por uma evidente diferenciação de clas- 31 Os pronomes relativos “que”, nas suas duas ocor-
ses, a defesa dos bens da população, que poderia rências (linhas 1 e 3), embora retomem elemen-
parecer uma atividade destinada à proteção de tos distintos do texto, desempenham a mesma
40 todo o agregado humano, se reduz à tutela das
função sintática nos períodos em que ocorrem.
classes possuidoras de bens que precisam de
defesa; quanto à defesa da ordem pública, ela se 32 No trecho “que poderia parecer uma atividade
resume também na defesa de grupos ou classes destinada à proteção de todo o agregado huma-
particulares. A orientação classista da atividade no”, caso o vocábulo “proteção” fosse emprega-
45 de polícia consentiu, além disso, que normas
do no plural, o acento indicativo de crase deveria
claramente destinadas à salvaguarda da integri- ser mantido.
dade física da população contra inimigos natu-
rais tenham sido utilizadas com fins repressivos: 33 No trecho “Na Idade Moderna, seu significado
pensemos, por exemplo, nas normas sobre a chegou a compreender toda a atividade da ad-
50 funcionalidade dos locais destinados a espetácu-
ministração pública”, a vírgula logo após o termo
los públicos (cinemas, teatros, estádios etc.) e no
“moderna” poderia ser eliminada sem prejuízo
uso que deles se fez em tempos e países diver-
para a correção gramatical do período no qual
sos para impedir manifestações ou reuniões anti-
ela aparece.
governamentais. É nesse sentido que se confirma

Técnico do Seguro Social 4


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

Considerando os aspectos estruturais e linguísti- 43 A Internet possui como base para seu funciona-
cos das correspondências oficiais previstos no Manual mento o conjunto de protocolos TCP/IP, que foi
de Redação da Presidência da República, julgue os projetado no início do projeto que deu origem à
itens que se seguem. internet na década de 70. Esses protocolos exis-
tem até os dias atuais e foram projetados para
34 O documento conhecido como exposição de mo- trabalhar em um modelo de rede centralizado, ou
tivos tem duas formas básicas de estrutura, de seja, em que toda a comunicação deve passar
acordo com sua finalidade. por um único servidor para depois ser distribuída
para toda a rede mundial, e, se esse servidor pa-
35 Informar o destinatário sobre determinado assun- rar, toda a rede para de se comunicar.
to, propor alguma medida e submeter projeto de
ato normativo à consideração desse destinatá-
44 Jeferson Bogo, servidor do INSS, está editando
rio são alguns dos propósitos comunicativos da
uma planilha no LibreOffice Calc, configuração
mensagem.
padrão, português do Brasil, conforme ilustra a
imagem abaixo. Os resultados apresentados,
36 No memorando, que se caracteriza como comu-
respectivamente, nas células “D9” e “D10” po-
nicação interna, dispensa-se, ao contrário do ofí-
cio, a indicação de endereçamento do destinatá- dem ter sido obtidos a partir das seguintes fun-
rio no cabeçalho ou no rodapé da página. ções: em “D9” =PROCV(E8;A2:C6;2;0) e em
“D10” =PROCV(E8;A2:C6;3;0).
37 Por ser suscetível a falsificações, o correio ele-
trônico (e-mail) não tem valor documental nos
órgãos do Poder Executivo, sendo usado apenas
nas comunicações de caráter particular entre ser-
vidores.

Julgue os itens seguintes, relativos à lógica pro-


posicional e à lógica de argumentação.

38 A sentença é uma tauto- 45 Um servidor do INSS está editando um documen-


logia. to no LibreOffice Writer, configuração padrão,
português do Brasil, conforme ilustra a imagem a
39 Para um conjunto qualquer X, n(X) representa a seguir. Considerando a imagem, é possível afir-
quantidade de elementos de X. Nesse sentido,
mar que, para selecionar o trecho “Saiba como se
considere que os conjuntos A, B e C tenham as
filiar ao Regime Geral da Previdência Social para
seguintes propriedades:
garantir seu seguro social.”, foram necessários
• n(A) = n(B) = n(C) = 80;
três cliques dentro do respectivo período, e, ain-
• n(A∩B) = n(A∩C) = n(B∩C) = 20;
da, que, ao clicar no botão , o respectivo pe-
• n(A∩B∩C) = 0.
Nessa situação, n(A∪B∪C) é inferior a 175. ríodo selecionado ficará em negrito, sendo pos-
sível aplicar esse efeito com o atalho CTRL+B.
Considerando a proposição “Se Joana não é apo-
sentada, ela não tem 50 anos”, julgue os itens seguintes.

40 A proposição considerada equivale à proposição


“Se Joana é aposentada, então ela tem mais de
50 anos”.

41 A negação da referida proposição pode ser ex-


pressa pela proposição “Joana não é aposenta-
da, mas ela tem 50 anos”.

42 A proposição em apreço equivale à proposição


“Joana não tem 50 anos ou ela é aposentada”.

Técnico do Seguro Social 5


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

46 Um usuário, ao receber por e-mail informações Com fundamento na Lei n. 8.112/1990, julgue os
sobre o novo site do INSS, decidiu clicar no link itens abaixo.
contido no corpo do e-mail, acessando um site
que parecia ser legítimo. Na barra de endereços 48 Situação hipotética: Sócrates é professor em
do navegador, conforme imagem abaixo, retirada Universidade Federal. Por ser muito estudioso,
do navegador Google Chrome, ao clicar no cade- pretende realizar novo concurso para Analista do
ado verde, conseguiu acessar o certificado digital INSS. Assertiva: sendo aprovado no novo con-
da página, confirmando, assim, estar acessando curso, Sócrates apenas poderá acumular se o
a página verdadeira do INSS. novo cargo for de técnico ou científico.

49 Recondução é o retorno à atividade de servidor


aposentado por invalidez, quando, por junta mé-
dica oficial, ficar comprovada a sua reabilitação.
47 Atualmente há inúmeras ameaças virtuais, que po-
dem afetar diretamente o desempenho da máquina. 50 Situação hipotética: determinado servidor públi-
Entres essas ameaças, os Worms e os vírus pos- co está respondendo a processo administrativo
suem como semelhança o fato de usarem um ar- por ter, supostamente, se apropriado de dinheiro
quivo como hospedeiro, porém os Worms não pre- público. Além disso, há investigação criminal em
cisam ser executados, ao passo que os vírus sim, curso pela prática do mesmo delito. Assertiva:
para iniciarem o seu processo de contaminação. poderá ser afastado preventivamente de suas
funções pelo prazo de até sessenta dias, sem
prejuízo da sua remuneração.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

O exercício da postulação política deu a Eloy centes a famílias de baixa renda, garantindo-lhes
Chaves a precisa visão das exigências sociais de seu acesso a benefícios de valor igual a um salário
tempo. Graças a essa circunstância e ao extraordiná- mínimo. Esse sistema especial de inclusão pre-
rio senso de equilíbrio e previsibilidade, que lhe era videnciária terá alíquotas e carências superiores
inato, dotou o país de medidas que muito convinham às vigentes para os demais segurados do regime
ao seu futuro, sobrelevando-se com isso, ele próprio, geral de previdência social.
à esfera dos realizadores que dignificam todo um
povo, toda uma nacionalidade. Situou-se, em verdade, 54 A cobertura do risco de acidente do trabalho de-
e assim permanece, entre as mais insignes persona- verá ser atendida pelo regime geral de previdên-
lidades de sua geração e que hoje figuram, sem favor cia social, mas poderá ser atendida pelo setor
algum, como valores exponenciais de nossa terra. privado, nos termos da lei.
(Pio Vieira, Hermes. Eloy Chaves: precursor da Previ-
dência Social no Brasil. Editora Civilização Brasileira) Acerca do Regime Próprio de Previdência dos
Com base no texto acima, julgue o próximo item. Servidores Públicos, julgue o item a seguir.

51 Considerada o marco do surgimento da previdên- 55 Aos servidores titulares de cargos efetivos da


cia no Brasil, a Lei Eloy Chaves não foi o primeiro União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Mu-
instrumento normativo a prever iniciativas rela- nicípios, incluídas suas autarquias, fundações, em-
cionadas à proteção social. presas públicas e sociedades de economia mista
é assegurado regime de previdência de caráter
Com base na Constituição e na legislação previ- contributivo e solidário, mediante contribuição do
denciária, julgue os itens a seguir. respectivo ente público, dos servidores ativos e
inativos e dos pensionistas, observados critérios
52 A irredutibilidade do valor dos benefícios é um que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial.
objetivo da seguridade social que não se aplica
à assistência social. Sobre a seguridade social, julgue o item a seguir.

53 Lei disporá sobre sistema especial de inclusão 56 Compete ao Poder Público, nos termos da lei,
previdenciária para atender a trabalhadores de organizar a seguridade social, com base nos se-
baixa renda e àqueles sem renda própria que se guintes objetivos relacionados ao seu financia-
dediquem exclusivamente ao trabalho doméstico mento: irredutibilidade do valor dos benefícios;
no âmbito de sua residência, desde que perten-

Técnico do Seguro Social 6


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

equidade na forma de participação no custeio e Período de carência é o número mínimo de con-


diversidade da base de financiamento. tribuições mensais indispensáveis para que o benefi-
ciário faça jus ao benefício, consideradas a partir do
Considerando a jurisprudência do Supremo Tribu- transcurso do primeiro dia dos meses de suas com-
nal Federal, julgue o item a seguir. petências.
De acordo com o acima disposto, julgue o item a
57 É viável o recálculo do valor da aposentadoria seguir.
por meio da chamada desaposentação.
64 Márcia começou a trabalhar em janeiro de de-
A seguridade social será financiada por toda a terminado ano; sendo assim, a carência para o
sociedade, de forma direta e indireta, nos termos da auxílio-doença será completada em dezembro do
lei, mediante recursos provenientes dos orçamentos mesmo ano.
da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Muni-
cípios, e das contribuições sociais. Período de carência é o número mínimo de con-
Considerando o texto acima, julgue o item a tribuições mensais indispensáveis para que o benefi-
seguir. ciário faça jus ao benefício, consideradas a partir do
transcurso do primeiro dia dos meses de suas com-
58 São isentas de contribuição para a seguridade so- petências.
cial as entidades beneficentes de assistência social. De acordo com o acima disposto, julgue o item a
seguir.
Em relação ao custeio da seguridade social e de
acordo com a Lei n. 8.212/1991, julgue o item a seguir. 65 Independe de carência a concessão do salário-
-maternidade para as seguradas empregada, tra-
59 Considera-se empresa a firma individual ou so- balhadora avulsa e empregada doméstica.
ciedade que assume o risco de atividade econô-
mica urbana ou rural, com fins lucrativos ou não,
Com base no disposto na Lei n. 8.213/1991, julgue
bem como os órgãos e entidades da Administra-
o item a seguir, acerca dos segurados do RGPS.
ção pública direta, indireta e fundacional.
66 O brasileiro civil que trabalha no exterior para or-
De acordo com a Lei n. 8.212/1991, julgue o item
ganismo oficial internacional do qual o Brasil é
a seguir.
membro efetivo, ainda que lá domiciliado e con-
tratado, salvo quando coberto por regime próprio
60 Constituem outras receitas da Seguridade Social
de previdência social, é considerado contribuinte
50% (cinquenta por cento) do resultado dos lei-
individual.
lões dos bens apreendidos pelo Departamento
da Polícia Federal.
Julgue o item seguinte, relativo aos segurados do
Regime Geral de Previdência Social.
Acerca do regramento constitucional da previdên-
cia complementar, julgue o item a seguir.
67 A inscrição do segurado especial será feita de
forma a vinculá-lo ao respectivo grupo familiar e
61 As contribuições do empregador, os benefícios e
as condições contratuais previstas nos estatutos, conterá, além das informações pessoais, a iden-
regulamentos e planos de benefícios das entida- tificação da propriedade em que desenvolve a
des de previdência privada integram o contrato atividade e a que título, se nela reside ou o Mu-
de trabalho dos participantes. nicípio onde reside e, quando for o caso, a iden-
tificação e inscrição da pessoa responsável pelo
Acerca dos crimes contra a previdência social, grupo familiar.
julgue o item a seguir.
Julgue o item seguinte, relativo aos beneficiários
62 Constitui apropriação indébita previdenciária do Regime Geral de Previdência Social.
apropriar-se de coisa alheia móvel, de que tem a
posse ou a detenção. 68 Incumbe ao segurado promover a inscrição do
dependente quando do requerimento do benefí-
Nos termos da Lei n. 8.213/1991, julgue o item a cio a que estiver habilitado.
seguir.
Pedro, aposentado pelo INSS, foi preso em razão
63 Somente pessoas físicas podem ser beneficiá- de ter sido condenado por crime hediondo. Nesse
rias do Regime Geral de Previdência Social.

Técnico do Seguro Social 7


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

caso, seu filho, de 17 anos, dirigiu-se a uma agência da data do desligamento do emprego, quando
da previdência social para se informar acerca do auxí- requerida até essa data ou até 90 (noventa) dias
lio-reclusão. depois dela.
Nessa situação hipotética,
Julgue o item seguinte, de acordo com a legisla-
69 O servidor do INSS deve orientar Pedro no sen- ção previdenciária.
tido da impossibilidade de concessão do auxílio-
-reclusão, tendo em vista que Pedro não é de 76 A aposentadoria por idade pode ser requerida
baixa renda. pela empresa, desde que o segurado empregado
tenha cumprido o período de carência e comple-
A aposentadoria por invalidez, uma vez cumprida, tado 70 (setenta) anos de idade, se do sexo mas-
quando for o caso, a carência exigida, será devida culino, ou 65 (sessenta e cinco) anos, se do sexo
ao segurado que, estando ou não em gozo de auxí- feminino, sendo compulsória, caso em que será
lio-doença, for considerado incapaz e insusceptível garantida ao empregado a indenização prevista
de reabilitação para o exercício de atividade que lhe na legislação trabalhista, considerada como data
garanta a subsistência, e ser-lhe-á paga enquanto da rescisão do contrato de trabalho a imediata-
permanecer nesta condição. mente anterior à do início da aposentadoria.
Acerca do regramento da aposentadoria por inva-
lidez, julgue os itens seguintes. A respeito do Regime Geral da Previdência Social
(RGPS), julgue o item que se segue, considerando a
70 A concessão de aposentadoria por invalidez de- legislação previdenciária.
penderá da verificação da condição de incapaci-
dade mediante exame médico-pericial a cargo da 77 Os pais de segurado do RGPS serão seus de-
Previdência Social, não podendo o segurado fa- pendentes independentemente de comprovação
zer-se acompanhar de médico de sua confiança. da dependência econômica.

71 O segurado em gozo de auxílio-doença, aposen- A respeito do Regime Geral da Previdência Social


tadoria por invalidez e o pensionista inválido es- e do custeio da seguridade social, julgue o item que se
tão obrigados, sob pena de suspensão do bene- segue, considerando a legislação previdenciária.
fício, a submeter-se a exame médico a cargo da
Previdência Social, processo de reabilitação pro- 78 O segurado especial terá direito a aposentado-
fissional por ela prescrito e custeado e tratamen- ria por idade com redução de 5 anos, desde que
to dispensado gratuitamente, exceto o cirúrgico comprove o exercício da atividade rural por tem-
e a transfusão de sangue, que são facultativos. po igual ao número de meses exigidos para a ca-
rência do benefício.
72 Concluindo a perícia médica inicial pela existência
de incapacidade total e definitiva para o trabalho, a Em relação ao cálculo dos benefícios previdenci-
aposentadoria por invalidez será devida ao segu- ários do RGPS, julgue o próximo item.
rado empregado, a contar do décimo sexto dia do
afastamento da atividade ou a partir da entrada do 79 O segurado que preencher o requisito para a
requerimento, se entre o afastamento e a entrada aposentadoria por tempo de contribuição poderá
do requerimento decorrerem mais de trinta dias. optar pela não incidência do fator previdenciário
no cálculo de sua aposentadoria, quando o total
73 Durante os primeiros quinze dias de afastamen- resultante da soma de sua idade e de seu tem-
to da atividade por motivo de invalidez, caberá à po de contribuição, incluídas as frações, na data
empresa pagar ao segurado empregado o salário. de requerimento da aposentadoria, for igual ou
superior a noventa e cinco pontos, se homem,
74 O valor da aposentadoria por invalidez do segu- observando o tempo mínimo de contribuição de
rado que necessitar da assistência permanente trinta e cinco anos; ou igual ou superior a oiten-
de outra pessoa será acrescido de 25% (vinte e ta e cinco pontos, se mulher, observado o tempo
cinco por cento), desde que o valor da aposenta- mínimo de contribuição de trinta anos.
doria não atinja o limite máximo legal.
80 No Regime Geral da Previdência Social (RGPS),
Acerca da aposentadoria por idade, no âmbito do aposentadoria por tempo de contribuição e a
RGPS, julgue o item a seguir. pensão por morte são benefícios acumuláveis.

75 A aposentadoria por idade será devida ao segu- 81 Gabriel, segurado do RGPS há mais de dez anos,
rado empregado, inclusive o doméstico, a partir foi demitido do emprego em fevereiro de 2018,

Técnico do Seguro Social 8


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

interrompendo o recolhimento das contribuições – Cadastro Nacional de Informações Sociais. Sobre o


sociais. Nesse caso, Gabriel manterá a qualidade CNIS, julgue o item a seguir de acordo com a previsão
de segurado, pelo menos, por 36 meses. da Lei n. 8.213/1991.

82 Tratando-se de cálculo de aposentadorias do 87 O INSS utilizará as informações constantes no


RGPS, o salário de benefício será dividido pelo Cadastro Nacional de Informações Sociais –
fator previdenciário nas aposentadorias por idade CNIS sobre os vínculos e as remunerações dos
e por tempo de contribuição. segurados, para fins de cálculo do salário de be-
nefício, comprovação de filiação ao Regime Ge-
83 De acordo com a Lei n. 8.213/1991, o valor do ral de Previdência Social, tempo de contribuição
benefício de prestação continuada, inclusive e relação de emprego. Nesse caso, o INSS terá
o regido por norma especial e o decorrente de até 30 (trinta) dias, contados a partir da solicita-
acidente do trabalho, exceto o salário-família e o ção do pedido, para fornecer ao segurado as in-
salário-maternidade, será calculado com base no formações previstas no caput do art. 29-A.
salário de benefício.
Julgue o item a seguir, de acordo com a Lei n.
84 De acordo com a Lei n. 8.213/1991, serão con- 8.213/1991.
siderados para cálculo do salário de benefício
os ganhos habituais do segurado empregado, a 88 Os salários de contribuição considerados no cál-
qualquer título, sob forma de moeda corrente ou culo do valor do benefício serão corrigidos mês a
de utilidades, sobre os quais tenha incidido con- mês de acordo com a variação integral do Índice
tribuições previdenciárias, inclusive o décimo ter- Nacional de Preços ao Consumidor − INPC, cal-
ceiro salário (gratificação natalina). culado pela Fundação Instituto Brasileiro de Ge-
ografia e Estatística − IBGE.
A primeira reforma da previdência não aprovou
uma idade mínima para a aposentadoria no RGPS. O segurado que preencher o requisito para a apo-
sentadoria por tempo de contribuição poderá optar pela
Por essa razão, a Lei n. 9.876/1999 criou o fator pre-
não incidência do fator previdenciário no cálculo de sua
videnciário, cujo objetivo é reduzir o valor das aposen-
aposentadoria, quando o total resultante da soma de
tadorias por tempo de contribuição dos segurados que
sua idade e de seu tempo de contribuição, incluídas as
se aposentam precocemente.
frações, na data de requerimento da aposentadoria, for
Acerca do fator previdenciário, julgue o item a
igual ou superior a noventa e cinco pontos, se homem,
seguir.
observando o tempo mínimo de contribuição de trinta e
cinco anos.
85 Para efeito da aplicação do fator previdenciário,
De acordo com a Lei n. 8.213, julgue o item abaixo.
ao tempo de contribuição do segurado serão
adicionados cinco anos, quando se tratar de mu-
89 Para os fins do disposto no enunciado da ques-
lher, cinco anos, quando se tratar de professor
tão, não serão somadas as frações em meses
que comprove exclusivamente tempo de efetivo
completos de tempo de contribuição e idade.
exercício das funções de magistério na educação
infantil e no ensino fundamental e médio, e dez
Julgue o item a seguir, de acordo com a Lei n.
anos, quando se tratar de professora que com-
8.213/1991.
prove exclusivamente tempo de efetivo exercício
das funções de magistério na educação infantil e 90 O valor mensal do auxílio-acidente não integra o
no ensino fundamental e médio. salário de contribuição, para fins de cálculo do
salário de benefício de qualquer aposentadoria.
Considerando o tratamento dado pela Lei n.
8.213/1991 ao auxílio-doença, julgue o item a seguir. Em relação ao reajustamento dos benefícios do
RGPS, julgue o item a seguir de acordo com a Lei n.
86 O auxílio-doença não poderá exceder a média 8.213/1991.
aritmética simples dos últimos 12 (doze) salários
de contribuição, inclusive em caso de remunera- 91 O valor dos benefícios em manutenção será rea-
ção variável, ou, se não alcançado o número de justado, anualmente, na mesma data do reajuste
12 (doze), a média aritmética simples dos salá- do salário mínimo, pro rata, de acordo com suas
rios de contribuição existentes. respectivas datas de início ou do último reajusta-
mento, com base no Índice Nacional de Preços ao
Os dados fornecidos ao INSS na ocasião da ins- Consumidor − INPC, apurado pela Fundação Ins-
crição do segurado alimentam o banco de dados CNIS tituto Brasileiro de Geografia e Estatística − IBGE.

Técnico do Seguro Social 9


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

José requereu sua aposentadoria por tempo de 100 Em relação ao auxílio-acidente, a perda da audi-
contribuição em 17 de maio de 2018. No ato, apresen- ção, em qualquer grau, somente proporcionará a
tou toda a documentação necessária à concessão do concessão do auxílio-acidente quando ficar com-
benefício. provado o reconhecimento de causalidade entre
Considerando o texto acima, julgue o item a o trabalho e a doença.
seguir.
101 A empresa com 200 (duzentos) empregados está
92 O primeiro pagamento do benefício será efetua- obrigada a preencher 3% (três por cento) dos
do até trinta dias após a data da apresentação, seus cargos com beneficiários reabilitados ou
pelo segurado, da documentação necessária a pessoas portadoras de deficiência, habilitadas.
sua concessão.
De acordo com a Lei n. 8.213/1991, julgue o item
Em relação à aposentadoria especial prevista na a seguir.
Lei n. 8.213/1991, julgue o item a seguir.
102 O segurado em gozo de auxílio-doença, apo-
93 A relação dos agentes nocivos químicos, físicos e sentadoria por invalidez e o pensionista inválido
biológicos ou associação de agentes prejudiciais estão obrigados, sob pena de suspensão do be-
à saúde ou à integridade física considerados para nefício, a submeter-se a exame médico a cargo
fins de concessão da aposentadoria especial do da Previdência Social, processo de reabilitação
RGPS será definida pelo Poder Legislativo. profissional por ela prescrito e custeado e trata-
mento dispensado gratuitamente, inclusive o ci-
João está afastado de suas atividades habituais, rúrgico e a transfusão de sangue.
recebendo auxílio-doença do INSS. Todavia, diante
da oportunidade de exercer outra atividade, sem rela- De acordo com a Lei n. 8.213/1991, julgue o item
ção com a incapacidade que deu origem ao auxílio- a seguir.
-doença, João começou a trabalhar como autônomo.
103 O aposentado por invalidez e o pensionista in-
94 Diante da situação descrita, João terá seu auxí- válido que não tenham retornado à atividade
lio-doença cancelado. estarão isentos do exame pericial do INSS após
completarem cinquenta e cinco anos ou mais de
95 Ivan Lucas e Rodrigo Cardoso mantêm união idade e quando decorridos quinze anos da data
homoafetiva há muitos anos. Tendo em vista a da concessão da aposentadoria por invalidez ou
solidez do relacionamento, resolvem adotar uma do auxílio-doença que a precedeu.
criança de 4 anos. Considerando que Ivan é pro-
fessor de escola particular, e Rodrigo funcionário De acordo com a Lei n. 8.213/1991, julgue o item
do Poder Judiciário Federal, ambos terão direito a seguir.
ao salário-maternidade.
104 Podem ser descontados dos benefícios: con-
96 De acordo com a Lei n. 8.213/1991, o salário- tribuições devidas pelo segurado à Previdência
-maternidade para as seguradas consistirá numa Social; pagamento de benefício além do devido;
renda mensal igual a sua remuneração integral. Imposto de Renda retido na fonte; pensão de
alimentos decretada em sentença judicial; men-
97 João, segurado do INSS, faleceu. Nesse caso, salidades de associações e demais entidades de
seus dependentes terão 30 dias para pedir a aposentados legalmente reconhecidas, desde
pensão por morte, de modo a receber o benefício que autorizadas por seus filiados.
desde o óbito.
Julgue o item a seguir de acordo com a Lei n.
98 De acordo com a Lei n. 8.213/1991, perde o direi- 8.213/1991.
to à pensão por morte o condenado pela prática
105 O segurado que sofreu acidente de trabalho tem
de crime de que tenha dolosamente resultado a
garantida, pelo prazo mínimo de doze meses, a
morte do segurado.
manutenção do seu contrato de trabalho na em-
presa, após o seu retorno ao trabalho, indepen-
99 O auxílio-reclusão, para sua manutenção, requer
dentemente de percepção de auxílio-acidente.
a apresentação mensal da certidão de recolhi-
mento à prisão.
106 De acordo com o plano simplificado de previdên-
cia, a alíquota de contribuição incidente sobre o

Técnico do Seguro Social 10


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

limite mínimo mensal do salário de contribuição 113 O benefício de prestação continuada deve ser re-
será de 5% (cinco por cento) no caso do micro- visto anualmente para avaliação da continuidade
empreendedor individual. das condições que lhe deram origem.

Nos termos da Constituição de 1988, julgue o item 114 Nos termos da Constituição de 1988, é facultado
a seguir. aos Estados e ao Distrito Federal vincular a pro-
grama de apoio à inclusão e promoção social até
107 Nenhum benefício ou serviço da seguridade so- cinco décimos por cento de sua receita tributária
cial poderá ser criado, reajustado ou estendido líquida, vedada a aplicação desses recursos no
sem a correspondente fonte de custeio total. pagamento de despesas com pessoal e encar-
gos sociais, serviço da dívida e qualquer outra
Julgue o item a seguir, considerando o disposto despesa corrente não vinculada diretamente aos
na Constituição de 1988. investimentos ou ações apoiados.

108 O produtor, o parceiro, o meeiro e o arrendatário Analise a assertiva abaixo, nos termos da Lei n.
rurais, o garimpeiro e o pescador artesanal, bem 8.742/1993.
como os respectivos cônjuges, que exerçam suas
atividades em regime de economia familiar, sem 115 O benefício de prestação continuada não será
empregados permanentes, contribuirão para a se- suspenso pelo órgão concedente quando a pes-
guridade social mediante a aplicação de uma alí- soa com deficiência exercer atividade remunera-
quota sobre o resultado da comercialização da pro- da na condição de microempreendedor individual.
dução e farão jus aos benefícios nos termos da lei.
Julgue o item a seguir, nos termos da Legislação
Julgue o item a seguir de acordo com o disposto Previdenciária.
na Constituição.
116 A assistência social, direito do cidadão e dever
109 O salário-família e o auxílio-reclusão serão devi-
do Estado, é Política de Seguridade Social Con-
dos aos dependentes de baixa renda dos segu- tributiva, que provê os mínimos sociais, realizada
rados. através de um conjunto integrado de ações de
iniciativa pública e da sociedade, para garantir o
110 Nos termos da Constituição de 1988, lei com- atendimento às necessidades básicas.
plementar disciplinará a cobertura do risco de
acidente do trabalho, a ser atendida concorren- 117 De acordo com a Lei n. 8.742/1993, a assistência
temente pelo regime geral de previdência social social é organizada por meio de proteção social
e pelo setor privado. básica e proteção social especial.

Julgue o item a seguir de acordo com a Lei n. Julgue o item a seguir, de acordo com a Lei n.
8.742/1993. 8.742/1993.

111 O benefício de prestação continuada é a garan- 118 As proteções sociais, básica e especial, serão
tia de um salário mínimo mensal à pessoa com ofertadas exclusivamente no Centro de Referên-
deficiência e ao idoso com 65 (sessenta e cinco) cia de Assistência Social (Cras).
anos ou mais que comprovem não possuir meios
de prover a própria manutenção nem de tê-la pro- 119 De acordo com a Lei n. 8.742/1993, o funciona-
vida por sua família. mento das entidades e organizações de assis-
tência social independe de prévia inscrição no
112 De acordo com a Lei n. 8.742/1993, o Cras é a respectivo Conselho Municipal de Assistência
unidade pública estadual, de base territorial, lo- Social, ou no Conselho de Assistência Social do
calizada em áreas com maiores índices de vulne- Distrito Federal.
rabilidade e risco social, destinada à articulação
dos serviços socioassistenciais no seu território 120 De acordo com a Lei Orgânica da Assistência
de abrangência e à prestação de serviços, pro- Social, entendem-se por benefícios eventuais as
gramas e projetos socioassistenciais de proteção provisões suplementares e provisórias que inte-
social básica às famílias. gram organicamente as garantias do Suas e são
prestadas aos cidadãos e às famílias em virtude
Em relação ao benefício de prestação continu- de nascimento, morte, situações de vulnerabilida-
ada disciplinado pela Lei n. 8.742/1993, julgue o item de temporária, mas não de calamidade pública.
a seguir.

Técnico do Seguro Social 11


INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL (INSS)
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE
VAGAS DO CARGO DE TÉCNICO DO SEGURO

Aplicação: 2018
Técnico do Seguro Social
Gabarito

Questão 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

Gabarito E C E E C E C E E C E E C C E E C E C E

Questão 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40

Gabarito E C C E C E C E C C E E E C E C E C E E

Questão 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

Gabarito C C E C C C E C E C C E E C E E E E C E

Questão 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80

Gabarito E E C C C C C E E E C C C E C C E C C C

Questão 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100

Gabarito E E C E C C E C E E C E E E E E E E E E

Questão 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120

Gabarito E E C C E C E E E E C E E C E E C E E E
Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

CONHECIMENTOS BÁSICOS

Julgue os itens a seguir à luz do disposto nos 5 Em regra, para que seja admitida ação judicial
Decretos n. 1.171/1994 e 6.029/2007. pleiteando benefício previdenciário contra o
INSS, se faz necessário prévio indeferimento na
1 Marcos, estagiário de serviço social do INSS, via administrativa.
cometeu uma falta ética a mando do seu supe-
rior, servidor concursado do órgão. Segundo o Certo.
exposto no Decreto n. 1.171/1994, Marcos não Uma série de pessoas, cansadas de terem seus pe-
poderá receber penalidade da comissão de ética didos negados junto ao INSS, passaram a não mais
do órgão, pois não é servidor concursado, mas o ingressar na esfera administrativa, pleiteando direta-
gestor poderá receber a penalidade de censura. mente no Judiciário.
Inúmeras decisões da Justiça Federal, então, recusa-
Errado. vam o recebimento da ação, sob a alegação de que a
A definição de servidor público do Decreto n. parte não tinha passado antes pela via administrativa
1.171/1994 é ampla e alcança quaisquer pessoas vin- (INSS).
culadas a órgão público da Administração direta e indi- Sob a alegação de violação ao princípio da inafastabi-
reta, ainda que trabalhem sem remuneração. Marcos lidade, a questão foi submetida ao STF.
e o superior poderão, após apuração, receber a pena O Tribunal entendeu que não haveria a violação men-
de censura. cionada, pois era possível o estabelecimento de con-
dições da ação, ou seja, regras para o regular exercí-
2 Fernanda, perita do INSS, foi acusada de receber cio do direito de ingressar em juízo.
propina de pessoas fora da repartição para fa- Desse modo, a concessão de benefícios previdenciá-
cilitar acesso a aposentadoria por invalidez. Du- rios dependeria de requerimento do interessado, não
rante o procedimento de apuração da conduta de se caracterizando ameaça ou lesão a direito antes de
Fernanda, a comissão de ética deverá garantir- sua apreciação e indeferimento pelo INSS.
-lhe proteção à sua honra e à sua imagem. No entanto, a exigência de prévio requerimento ad-
ministrativo não deveria prevalecer quando o entendi-
Certo. mento da Administração for notória e reiteradamente
Essa previsão está clara no Decreto n. 6.029/2007. contrário ao pleito do autor (STF, RE 631.240).

3 É vitalício o mandato de membro integrante da 6 O STF reconhece a impossibilidade de extensão


Comissão de Ética Pública, em razão da rele- do benefício de prestação continuada (BPC),
vância do serviço público prestado, o que evita previsto na Lei Orgânica da Previdência Social, a
interferências externas na atuação da comissão. estrangeiros, em razão da carência de recursos
para atender aos próprios brasileiros.
Errado.
São 3 anos, permitida uma recondução. Errado.
Ao contrário. O STF entendeu que o fato de a pessoa
ser estrangeira não vedaria que ela gozasse do BPC,
Tendo em vista o tratamento constitucional e juris-
desde que atendidos os requisitos previstos na LOAS.
prudencial dado aos direitos e garantias fundamen-
tais, julgue os itens a seguir.
Dentro do regramento relativo aos direitos sociais
4 O STF reconheceu a possibilidade de pessoas e aos direitos da nacionalidade, analise as assertivas
trans modificarem seu nome e sexo nos assen- a seguir.
tamentos de registro, mesmo sem a realização
da cirurgia de redesignação sexual, desde que as 7 Mesmo brasileiros natos podem perder a con-
alterações sejam feitas na via judicial. dição de brasileiro caso optem voluntariamente
pela naturalização a outro país. Em tal situação,
Errado. seria possível a extradição.
De fato, o STF reconheceu que as pessoas trans po-
dem mudar o nome e o sexo de seus documentos, Certo.
ainda que não tenham se submetido à cirurgia de re- Por opção voluntária, a pessoa pode perder a condi-
designação sexual. No entanto, a mudança pode ser ção de brasileiro (nato ou naturalizado). Em conse-
feita diretamente nos cartórios, sem a necessidade de quência, não sendo mais brasileiro, seria possível a
ingressar no Poder Judiciário. extradição, salvo por crimes políticos ou de opinião.

Técnico do Seguro Social 13


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

8 A previdência social e a saúde estão entre os di- Errado.


reitos sociais explicitamente previstos no artigo Foi violado o princípio da IMPESSOALIDADE.
6º da Constituição, situação que não se repete
com a assistência social aos desamparados. 13 A instituição de fundação pública de direito pú-
blico, igualmente às autarquias, se dá por meio
Errado. de edição de lei, não exigindo a inscrição de seu
O artigo 6º da Constituição dispõe que são direitos so- ato constitutivo junto ao registro civil das pessoas
ciais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a jurídicas.
moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdên-
cia social, a proteção à maternidade e à infância, a assis- Certo.
tência aos desamparados, na forma desta Constituição. Por ser a fundação de direito público equiparável à au-
tarquia, será criada diretamente pela lei.
Julgue o item a seguir sobre a Administração
Pública. 14 Os órgãos não possuem de personalidade jurí-
dica.
9 O STF declarou a possibilidade de agentes po-
líticos se submeterem à Lei de Improbidade Ad- Certo.
ministrativa, sendo julgados nesses casos no Órgão público não é pessoa jurídica. Assim, não tem
mesmo foro competente para as infrações penais personalidade jurídica própria.
comuns.

15 É ato de improbidade que causa lesão ao erário


Errado.
frustrar a licitude de concurso público.
Por um lado, o item está certo quando afirma que os
agentes políticos (exceto o Presidente da República)
Errado.
podem estar sujeitos à LIA. Contudo, nessas ações
É ato de improbidade que ATENTA CONTRA PRINCÍ-
não haverá foro especial, previsto somente para cri-
PIO ADMINISTRATIVO frustrar a licitude de concurso
mes comuns e crimes de responsabilidade.
público.

10 Os cargos, empregos e funções públicas são


Tendo em vista as disposições da Lei n.
acessíveis aos brasileiros e aos estrangeiros, 9.784/1999, julgue o item abaixo.
nas hipóteses previstas em lei.
16 Conforme o princípio do informalismo que está
Certo. presente no processo administrativo, os atos do
O item corresponde ao texto constitucional. Vê-se que processo administrativo não dependem de forma
os estrangeiros podem ocupar cargos de professor, determinada, inclusive podem ser produzidos em
técnico e cientista, em universidades e centros de idioma estrangeiro.
pesquisa.
Errado.
11 Embora sem previsão expressa no ordenamento Art. 22. Os atos do processo administrativo não de-
jurídico brasileiro, o princípio da legalidade deter- pendem de forma determinada senão quando a lei ex-
mina que o agente público só poderá fazer o que pressamente a exigir.
a lei autoriza. § 1º Os atos do processo devem ser produzidos por
escrito, em vernáculo, com a data e o local de sua
Errado. realização e a assinatura da autoridade responsável.
O princípio da legalidade está previsto na CF de 1988,
art. 37. 17 A autorização é ato administrativo discricionário
praticado pela Administração Pública.
12 Situação hipotética: o prefeito de determinado
município promoveu campanha publicitária para Certo.
combate ao mosquito da dengue. Nos panfletos, A autorização é ato administrativo discricionário pra-
constava sua imagem, além do símbolo da sua ticado pela Administração Pública, em que ela pode
campanha eleitoral. Assertiva: no caso, há ofen- fazer um juízo de conveniência e oportunidade com
o fim de encontrar a solução mais adequada ao caso
sa ao princípio da publicidade.
concreto.

Técnico do Seguro Social 14


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

O Diabo no espaço Certo.


1 Não foi um sonho, muito menos uma visão. Mas Depreende-se, a partir da introdução “Não foi um so-
consta que um astronauta, em uma dessas naves nho, muito menos uma visão”, que o autor do texto tra-
tripuladas que passeiam pelo espaço, enquanto rá a verdade. Se não é um sonho, nem uma visão, só
seus colegas, obedecendo aos horários da base pode ser uma realidade. Portanto, o item está correto.
5 de Houston, dormiam em complicados leitos, mon-
tava guarda na cabine de comando e viu o diabo,
20 O astronauta mostra-se insubmisso às ordens
em passeio, sem ajuda de qualquer equipamento,
do comando, porque deveria estar descansando
apenas com seus chifres, rabo e pés fendidos, cami-
junto a seus colegas e se encontrava na cabine
nhando pelo cosmos, aparentemente procurando
10 alguma coisa. de controle.

 Sabendo que o Pai das Trevas, desde o início do


Errado.
mundo, domina uma boa tecnologia, o astronauta
Conclui-se que o astronauta se mostra submisso às
tentou comunicar-se com ele. Para sua surpresa,
ordens do comando, pois consta que ele estava obe-
o Diabo entrou na faixa sonora da cabine e os dois decendo aos horários quando montava guarda. Logo,
15 conversaram. O diálogo está nos arquivos secretos
o item está errado.
da NASA, esperando hora propícia para divulgação.
 Após considerações gerais sobre os destinos da
humanidade, o astronauta quis saber do destino 21 Segundo o texto, a partir do momento em que o
do próprio Diabo, o que fazia ele ali sozinho, diabo deixar o planeta Terra, o bem acabará com
20 aparentemente perdido no espaço, desorientado a desgraça, melhorando a espécie humana e
e deprimido. Apesar de ser considerado o inventor confirmando o propósito da revolução dos anjos.
da Mentira, o Diabo falou a verdade. Estava dei-
xando o planeta Terra, onde, desde a revolta dos Errado.
anjos, antes da criação do Mundo, tinha decidido Conforme o texto, a atividade do Diabo havia se torna-
25 implantar o Mal e a Desgraça na obra de Deus. do supérflua, pois já não teria mais a necessidade dele
 O astronauta quis saber a razão de tão humilhan- para fazer um estrago na comunidade internacional.
te retirada. Seria uma derrota diante das forças Agora, existe a internet para substituí-lo.
do bem? Nada disso – informou o Diabo. Ele ia
embora da Terra porque sua atividade tornara-se 22 Depreende-se do texto que a tecnologia mal utili-
30 supérflua com o advento da Internet. Procurava zada pode ser mais perniciosa que, ou tão nefas-
agora um planeta em estágio tecnológico menos ta como, as forças demoníacas.
avançado do que o nosso, sem um tipo de comu-
nicação onde qualquer um pode fazer um estrago Certo.
bem maior do que ele na comunidade internacional Podemos depreender isso a partir da leitura do último
35 e na vida de cada um. período do texto: “Procurava agora um planeta em es-
Carlos Heitor Cony tágio tecnológico menos avançado do que o nosso,
sem um tipo de comunicação onde qualquer um pode
Sobre o texto e seus aspectos semânticos, sintáti- fazer um estrago bem maior do que ele na comunida-
cos e morfológicos, julgue as assertivas a seguir. de internacional e na vida de cada um”.
Por isso, o item está correto.
18 O texto, predominantemente descritivo, apresen-
ta o diálogo entre um ser real e uma entidade fic-
23 A substituição da expressão “apesar de”, no tre-
tícia, ocorrido no espaço cósmico.
cho “Apesar de ser considerado o inventor da
Mentira, o Diabo falou a verdade”, por a despei-
Errado.
to de manteria a correção gramatical e a ideia
Por mais que haja alguns traços de descrição no texto,
original do texto.
o objetivo principal é narrar a história do astronauta
que se encontra com o Diabo no espaço. Podemos
Certo.
entender que se trata de uma narrativa ficcional. Por-
Tanto “apesar de” quanto “a despeito de” são locuções
tanto, o item está errado.
prepositivas com valor semântico de concessão. Sen-
do assim, o item está correto.
19 Com a introdução “Não foi um sonho, muito me-
nos uma visão”, o autor antecipa que os fatos a
24 No trecho “onde qualquer um pode fazer um es-
serem apresentados são a expressão da verdade trago bem maior do que ele na comunidade inter-
que lhe foi transmitida. nacional”, a retirada do vocábulo “do” na expres-

Técnico do Seguro Social 15


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

são “do que” prejudicaria a correção gramatical e 30 relações político-econômicas entre as classes
o sentido original do texto. sociais; enquanto que a segurança pública com-
preendia a salvaguarda da integridade física da
Errado. população, nos bens e nas pessoas, contra os ini-
É possível utilizar tanto “do que” quanto apenas “que”. migos naturais e sociais. Estas duas atividades da
Na construção apresentada, tal expressão desempe- 35 polícia são apenas parcialmente distinguíveis do
nha papel de conjunção subordinativa comparativa. E ponto de vista político: na sociedade atual, carac-
ambas as formas estão corretas. O item permanece er- terizada por uma evidente diferenciação de clas-
rado por afirmar que prejudicaria a correção e o sentido. ses, a defesa dos bens da população, que poderia
parecer uma atividade destinada à proteção de
40 todo o agregado humano, se reduz à tutela das
25 No trecho “Estava deixando o planeta Terra,
onde, desde a revolta dos anjos, antes da cria- classes possuidoras de bens que precisam de
ção do Mundo, tinha decidido implantar o Mal e a defesa; quanto à defesa da ordem pública, ela se
Desgraça na obra de Deus”, a substituição da ex- resume também na defesa de grupos ou classes
pressão “tinha decidido” por “decidira” preserva particulares. A orientação classista da atividade
45 de polícia consentiu, além disso, que normas
a correção gramatical e a ideia básica do texto.
claramente destinadas à salvaguarda da integri-
Certo. dade física da população contra inimigos natu-
A expressão verbal “tinha decidido” se trata de um rais tenham sido utilizadas com fins repressivos:
pretérito mais-que-perfeito do indicativo composto, as- pensemos, por exemplo, nas normas sobre a
50 funcionalidade dos locais destinados a espetácu-
sim como também a forma verbal “decidira” indica um
pretérito mais-que-perfeito do indicativo. Por isso, será los públicos (cinemas, teatros, estádios etc.) e no
possível tal substituição. uso que deles se fez em tempos e países diver-
sos para impedir manifestações ou reuniões anti-
governamentais. É nesse sentido que se confirma
55 a definição de Polícia acima apresentada, já que a
Polícia defesa da segurança pública é, na realidade, uma
1 É uma função do Estado que se concretiza em
atividade orientada a consolidar a ordem pública
uma instituição de administração positiva e visa e, consequentemente, o estado das relações de
pôr em ação as limitações que a lei impõe à liber- força entre classes e grupos sociais.
dade dos indivíduos e dos grupos, para salva- Norberto Bobbio. Dicionário de Política. Edi-
5 guarda e manutenção da ordem pública, em suas
tora UnB. 12ª Ed. 1989.
várias manifestações: da segurança das pessoas
à segurança da propriedade, da tranquilidade dos A respeito das ideias e das estruturas linguísticas
agregados humanos à proteção de qualquer outro do texto POLÍCIA, julgue os itens seguintes.
bem; tutelado com disposições penais. Esta definição
10 de Polícia não abrange o sentido que o termo teve
26 A definição de polícia, ao longo da história, pas-
no decorrer dos séculos: derivando de um primeiro sou por apenas um período de transição.
significado diretamente etimológico de conjunto
das instituições necessárias ao funcionamento e Errado.
à conservação da cidade-Estado, o termo indicou, No decorrer da leitura do texto, percebemos que o
15 na Idade Média, a boa ordem da sociedade civil, da
significado do termo polícia foi sendo alterado desde
competência das autoridades políticas do Estado, a Idade Média até a Idade Moderna. O erro do item
em contraposição à boa ordem moral, do cui- consiste em afirmar que foi apenas um período de
dado exclusivo da autoridade religiosa. Na Idade transição.
Moderna, seu significado chegou a compreender
20 toda a atividade da administração pública. Este
termo voltou a ter um significado mais restrito, 27 Depreende-se do texto que tanto a defesa da
quando, no início do século XIX, passou a iden- ordem pública quanto a segurança pública são
tificar-se com a atividade tendente a assegurar a exercícios da polícia, que busca garantir a se-
defesa da comunidade dos perigos internos. Tais gurança da comunidade em relação aos perigos
25 perigos estavam representados nas ações e situ- internos.
ações contrárias à ordem pública e à segurança
pública. A defesa da ordem pública se exprimia na Certo.
repressão de todas aquelas manifestações que Com base no trecho “Tais perigos (…) classes particu-
pudessem desembocar em uma mudança das lares.” (linhas 24 até 44), notamos que as duas ativida-
des da polícia, defesa da ordem pública e segurança

Técnico do Seguro Social 16


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

pública, tendem a assegurar a defesa da comunidade Certo.


dos perigos internos (linha 24). Os verbos consentir e permitir apresentam a mesma
ideia. Ambos significam não colocar obstáculo.
28 A partícula “se” é empregada, no trecho “É nes-
se sentido que se confirma a definição de Polícia 30 Os vocábulos “É” e “que” poderiam ser suprimi-
acima apresentada (…)”, como índice de indeter- dos simultaneamente do trecho “É nesse senti-
minação do sujeito, o que confere maior formali- do que se confirma a definição de Polícia acima
dade ao texto. apresentada (…)” sem prejuízo para a correção
gramatical, uma vez que desempenham função
Errado. de partícula de realce ou expletiva.
No trecho “que se confirma a definição de Polícia”, ob-
servamos que a forma verbal “confirma” é transitiva Certo.
direta, ou seja, quem confirma, confirma algo; e, ao A expressão “é que”, como partícula de realce ou ex-
inserir o vocábulo “se” junto ao verbo transitivo direto, pletiva, é empregada para enfatizar um termo da ora-
o objeto direto se tornará sujeito. Portanto, o vocábulo ção. Observe que, no trecho “É nesse sentido que se
“se” desempenhará função de partícula apassivadora. confirma a definição de Polícia acima apresentada
(…)”, a supressão do “é” e do “que” não modifica as
DICA IMPORTANTE relações semânticas do contexto. Portanto, também
será possível a seguinte redação: Nesse sentido se
1 − ÍNDICE DE INDETERMINAÇÃO DO confirma a definição de Polícia acima apresentada
SUJEITO: conhecido também como pronome impes- (…).
soalizador, símbolo de indeterminação do sujeito, ou
ainda como pronome indeterminador do sujeito,
sempre aparece junto ao verbo intransitivo, transi- 31 Os pronomes relativos “que”, nas suas duas ocor-
tivo indireto ou de ligação. Pode até aparecer junto rências (linhas 1 e 3), embora retomem elemen-
ao verbo transitivo direto, contanto que o objeto direto tos distintos do texto, desempenham a mesma
venha preposicionado. Como o próprio nome já diz, função sintática nos períodos em que ocorrem.
quando exerce essa função, a palavra SE indetermina
ou não indica o sujeito da oração. Esse tipo de oração Errado.
não admite a transposição para a voz passiva analí- No trecho “É uma função do Estado que se concretiza
tica, e o verbo ficará sempre na 3ª pessoa do singular. em uma instituição de administração positiva e visa
Ex.: pôr em ação as limitações que a lei impõe à liberdade
Vive-se bem naquele país. (V.I.) dos indivíduos e dos grupos”, as duas ocorrências do
Necessita-se de ética na política. (V.T.I.) vocábulo “que” desempenham função de pronome re-
É-se infeliz neste país? (V.L.) lativo e, de fato, retomam termos distintos do texto. No
Respeitou-se às normas. (V.T.D. + O.D. preposi- entanto, exercem funções sintáticas diferentes, visto
cionado) que, na primeira ocorrência, será o sujeito da forma
verbal “concretiza”, enquanto que, na segunda ocor-
2 − PARTÍCULA APASSIVADORA OU PRO- rência, desempenhará função de objeto direto da for-
NOME APASSIVADOR: apresenta-se na formação da ma verbal “impõe”.
voz passiva sintética, com verbos transitivos diretos
ou transitivos diretos e indiretos; com verbos transiti-
32 No trecho “que poderia parecer uma atividade
vos indiretos, intransitivos ou de ligação, não há pos-
destinada à proteção de todo o agregado huma-
sibilidade de caracterizar a partícula apassivadora. Na
no”, caso o vocábulo “proteção” fosse emprega-
prática, a frase pode ser transposta para a voz passiva
do no plural, o acento indicativo de crase deveria
analítica (com locução verbal).
ser mantido.
Ex.:
Vendem-se carros seminovos. (= Carros semino-
Errado.
vos são vendidos)
Ao se usar a palavra proteção no plural no trecho “que
Entregou-se a medalha ao atleta que obteve o
poderia parecer uma atividade destinada à proteção de
melhor desempenho. (= A medalha foi entregue ao
todo o agregado humano”, deve-se retirar o acento gra-
atleta que obteve o melhor desempenho)
ve ou empregar o artigo no plural. Portanto, teríamos
duas possibilidades de escrita: atividade destinada a
29 A forma verbal “consentiu” (l. 45) poderia ser cor- proteções de todo o agregado humano ou atividade
retamente substituída, no texto, pelo seu sinôni- destinada às proteções de todo o agregado humano.
mo permitiu.

Técnico do Seguro Social 17


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

33 No trecho “Na Idade Moderna, seu significado 37 Por ser suscetível a falsificações, o correio ele-
chegou a compreender toda a atividade da ad- trônico (e-mail) não tem valor documental nos
ministração pública”, a vírgula logo após o termo órgãos do Poder Executivo, sendo usado apenas
“moderna” poderia ser eliminada sem prejuízo nas comunicações de caráter particular entre ser-
para a correção gramatical do período no qual vidores.
ela aparece.
Errado.
Errado. O correio eletrônico terá sim valor documental. É claro
A expressão “Na Idade Moderna” desempenha a fun- que, para que a mensagem de correio eletrônico tenha
ção de adjunto adverbial de tempo de longa extensão, valor documental, isto é, para que possa ser aceita
ou seja, apresenta três ou mais palavras. Quando como documento original, é necessário existir certifi-
houver adjunto adverbial de longa extensão, a vírgula cação digital que ateste a identidade do remetente, na
será obrigatória. Por essa razão, o item está errado. forma estabelecida em lei.

Considerando os aspectos estruturais e linguísti- Julgue os itens seguintes, relativos à lógica pro-
cos das correspondências oficiais previstos no Manual posicional e à lógica de argumentação.
de Redação da Presidência da República, julgue os
itens que se seguem. 38 A sentença é uma tauto-
logia.
34 O documento conhecido como exposição de mo-
tivos tem duas formas básicas de estrutura, de Certo.
acordo com sua finalidade. A tabela-verdade da expressão acima é toda verdadei-
ra, condição para que se tenha uma tautologia.
Certo.
Conforme o Manual de Redação da Presidência da
39 Para um conjunto qualquer X, n(X) representa a
República (MRPR), a exposição de motivos, de acor-
quantidade de elementos de X. Nesse sentido,
do com sua finalidade, apresenta duas formas básicas
considere que os conjuntos A, B e C tenham as
de estrutura: uma para aquela que tenha caráter ex-
seguintes propriedades:
clusivamente informativo e outra para a que proponha
• n(A) = n(B) = n(C) = 80;
alguma medida ou submeta projeto de ato normativo.
• n(A∩B) = n(A∩C) = n(B∩C) = 20;
• n(A∩B∩C) = 0.
35 Informar o destinatário sobre determinado assun- Nessa situação, n(A∪B∪C) é inferior a 175.
to, propor alguma medida e submeter projeto de
ato normativo à consideração desse destinatá- Errado.
rio são alguns dos propósitos comunicativos da
mensagem.
= 80 + 80 + 80 – 20 – 20 – 20 + 0 = 180

Errado.
Informar o destinatário sobre determinado assunto, pro- Considerando a proposição “Se Joana não é apo-
por alguma medida e submeter projeto de ato normati- sentada, ela não tem 50 anos”, julgue os itens seguintes.
vo à consideração desse destinatário são alguns dos
propósitos comunicativos da exposição de motivos. 40 A proposição considerada equivale à proposição
“Se Joana é aposentada, então ela tem mais de
50 anos”.
36 No memorando, que se caracteriza como comu-
nicação interna, dispensa-se, ao contrário do ofí-
Errado.
cio, a indicação de endereçamento do destinatá-
As expressões A→B e ~A→~B não são equivalentes.
rio no cabeçalho ou no rodapé da página.

Certo. 41 A negação da referida proposição pode ser ex-


De acordo com o MRPR, o memorando, quanto a sua pressa pela proposição “Joana não é aposenta-
estrutura, segue o modelo do padrão ofício, com a di- da, mas ela tem 50 anos”.
ferença de que o seu destinatário deve ser mencio-
nado pelo cargo que ocupa. E, como se trata de uma Certo.
comunicação interna, não há endereçamento em seu A negação de A→B é A∧~B. Vale lembrar que o “mas”
destinatário. faz o papel do “e”.

Técnico do Seguro Social 18


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

42 A proposição em apreço equivale à proposição de “0” poderia ser escrita a palavra “Falso” ou se usar
“Joana não tem 50 anos ou ela é aposentada”. o valor “1” ou a palavra “Verdadeiro”, que, nesse caso,
admitiria um valor aproximado.
Certo.
A equivalência do A→B é ~A∨B, que pode ser escrito 45 Um servidor do INSS está editando um documen-
como B∨~A. to no LibreOffice Writer, configuração padrão,
português do Brasil, conforme ilustra a imagem a
43 A Internet possui como base para seu funciona- seguir. Considerando a imagem, é possível afir-
mento o conjunto de protocolos TCP/IP, que foi mar que, para selecionar o trecho “Saiba como se
projetado no início do projeto que deu origem à filiar ao Regime Geral da Previdência Social para
internet na década de 70. Esses protocolos exis- garantir seu seguro social.”, foram necessários
tem até os dias atuais e foram projetados para três cliques dentro do respectivo período, e, ain-
trabalhar em um modelo de rede centralizado, ou da, que, ao clicar no botão , o respectivo pe-
ríodo selecionado ficará em negrito, sendo pos-
seja, em que toda a comunicação deve passar
sível aplicar esse efeito com o atalho CTRL+B.
por um único servidor para depois ser distribuída
para toda a rede mundial, e, se esse servidor pa-
rar, toda a rede para de se comunicar.

Errado.
O conjunto de protocolos TCP/IP foi criado no início da
Internet e existe até hoje. Mas a Internet foi projetada
para ser uma rede descentralizada, ou seja, mesmo
se grande parte dela parar de funcionar, a outra conti-
nua normalmente.

44 Jeferson Bogo, servidor do INSS, está editando Certo.


uma planilha no LibreOffice Calc, configuração Alguns cliques no Writer são diferentes do Word. Os
padrão, português do Brasil, conforme ilustra a três cliques, por exemplo, no Writer selecionam o pe-
imagem abaixo. Os resultados apresentados, ríodo clicado; no Word, o parágrafo; e no Writer, para
respectivamente, nas células “D9” e “D10” po- selecionar o parágrafo, são necessários quatro cliques.
dem ter sido obtidos a partir das seguintes fun-
ções: em “D9” =PROCV(E8;A2:C6;2;0) e em
46 Um usuário, ao receber por e-mail informações
“D10” =PROCV(E8;A2:C6;3;0).
sobre o novo site do INSS, decidiu clicar no link
contido no corpo do e-mail, acessando um site
que parecia ser legítimo. Na barra de endereços
do navegador, conforme imagem abaixo, retirada
do navegador Google Chrome, ao clicar no cade-
ado verde, conseguiu acessar o certificado digital
da página, confirmando, assim, estar acessando
a página verdadeira do INSS.

Certo.
Na função PROCV, temos a seguinte sintaxe: “E8” é o
valor a ser buscado, na primeira coluna à esquerda Certo.
do intervalo determinado – “A2:C6” é o intervalo em Ao clicar no cadeado, serão exibidas as opções mos-
que será procurado o valor informado e também o re- tradas na figura a seguir; e, ao clicar na opção “Certi-
sultado, conforme o índice da coluna – 2 é o índice da ficado”, será exibido o respectivo certificado digital da
página, por meio do qual é possível confirmar a “iden-
coluna. Nesse exemplo, a coluna “A” é a coluna 1, “B”
tidade” do site.
a 2 e “C” a 3 – “0” significa que o valor buscado tem
que ser exato, ou seja, não pode ser um valor aproxi-
mado; por exemplo, nessa situação, se fosse digitado
para busca o valor 6, a resposta seria “#N/D”, no lugar

Técnico do Seguro Social 19


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

A CF autoriza acumulação de cargo professor com ou-


tro técnico ou científico. É o que consta no art. 37 da
CF: XVI – é vedada a acumulação remunerada de car-
gos públicos, exceto, quando houver compatibilidade
de horários, observado em qualquer caso o disposto
no inciso XI. (...) b) a de um cargo de professor com
outro técnico ou científico. 

49 Recondução é o retorno à atividade de servidor


aposentado por invalidez, quando, por junta mé-
dica oficial, ficar comprovada a sua reabilitação.

Errado.
47 Atualmente há inúmeras ameaças virtuais, que po-
Reversão é o retorno à atividade de servidor aposen-
dem afetar diretamente o desempenho da máquina.
tado por invalidez, quando junta médica oficial decla-
Entres essas ameaças, os Worms e os vírus pos-
suem como semelhança o fato de usarem um ar- rar insubsistentes os motivos da aposentadoria (art.
quivo como hospedeiro, porém os Worms não pre- 25 da Lei n. 8.666/1993).
cisam ser executados, ao passo que os vírus sim,
para iniciarem o seu processo de contaminação. 50 Situação hipotética: determinado servidor públi-
co está respondendo a processo administrativo
Errado. por ter, supostamente, se apropriado de dinhei-
Apenas os vírus usam arquivo hospedeiro, os Worms não. ro público. Além disso, há investigação criminal
Os Worms não precisam ser executados, os vírus sim. em curso pela prática do mesmo delito. Asserti-
va: poderá ser afastado preventivamente de suas
Com fundamento na Lei n. 8.112/1990, julgue os funções pelo prazo de até sessenta dias, sem
itens abaixo. prejuízo da sua remuneração.

48 Situação hipotética: Sócrates é professor em Certo.


Universidade Federal. Por ser muito estudioso, Consta no artigo 147 da Lei n. 8.112/1990 que “como
pretende realizar novo concurso para Analista do medida cautelar e a fim de que o servidor não venha a
INSS. Assertiva: sendo aprovado no novo con- influir na apuração da irregularidade, a autoridade ins-
curso, Sócrates apenas poderá acumular se o tauradora do processo disciplinar poderá determinar o
novo cargo for de técnico ou científico. seu afastamento do exercício do cargo, pelo prazo de
até 60 (sessenta) dias, sem prejuízo da remuneração”.
Certo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

O exercício da postulação política deu a Eloy Certo.


Chaves a precisa visão das exigências sociais de seu Antes da Lei Eloy Chaves, por exemplo, a Constitui-
tempo. Graças a essa circunstância e ao extraordiná- ção de 1891 já previa aposentadoria por invalidez ao
rio senso de equilíbrio e previsibilidade, que lhe era servidor que se acidentasse em serviço.
inato, dotou o país de medidas que muito convinham
ao seu futuro, sobrelevando-se com isso, ele próprio,
à esfera dos realizadores que dignificam todo um Com base na Constituição e na legislação previ-
povo, toda uma nacionalidade. Situou-se, em verdade, denciária, julgue os itens a seguir.
e assim permanece, entre as mais insignes persona-
lidades de sua geração e que hoje figuram, sem favor 52 A irredutibilidade do valor dos benefícios é um
algum, como valores exponenciais de nossa terra. objetivo da seguridade social que não se aplica
(Pio Vieira, Hermes. Eloy Chaves: precursor da Previ- à assistência social.
dência Social no Brasil. Editora Civilização Brasileira)
Com base no texto acima, julgue o próximo item. Errado.
Os objetivos da seguridade social (art. 194 da CF/1988)
51 Considerada o marco do surgimento da previdên- devem ser aplicados aos três subsistemas: saúde, as-
cia no Brasil, a Lei Eloy Chaves não foi o primeiro sistência social e previdência social.
instrumento normativo a prever iniciativas rela-
cionadas à proteção social.

Técnico do Seguro Social 20


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

53 Lei disporá sobre sistema especial de inclusão A irredutibilidade do valor dos benefícios não está re-
previdenciária para atender a trabalhadores de lacionada com o financiamento da seguridade social,
baixa renda e àqueles sem renda própria que se e sim com os benefícios.
dediquem exclusivamente ao trabalho doméstico
no âmbito de sua residência, desde que perten- Considerando a jurisprudência do Supremo Tribu-
centes a famílias de baixa renda, garantindo-lhes nal Federal, julgue o item a seguir.
acesso a benefícios de valor igual a um salário
mínimo. Esse sistema especial de inclusão pre- 57 É viável o recálculo do valor da aposentadoria
videnciária terá alíquotas e carências superiores por meio da chamada desaposentação.
às vigentes para os demais segurados do regime
geral de previdência social. Errado.
O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), em
Errado. sessão nesta quarta-feira (26), considerou inviável
Nos termos dos parágrafos 12 e 13 do artigo 201 da o recálculo do valor da aposentadoria por meio da
CF/1988, o sistema especial de inclusão previdenciá- chamada desaposentação. Por maioria de votos, os
ria deverá ter alíquotas e carências inferiores às pra- ministros entenderam que apenas por meio de lei é
ticadas no RGPS. possível fixar critérios para que os benefícios sejam
recalculados com base em novas contribuições de-
54 A cobertura do risco de acidente do trabalho de- correntes da permanência ou volta do trabalhador ao
mercado de trabalho após concessão da aposentado-
verá ser atendida pelo regime geral de previdên-
ria. (RE 381367)
cia social, mas poderá ser atendida pelo setor
privado, nos termos da lei.
A seguridade social será financiada por toda a
Certo. sociedade, de forma direta e indireta, nos termos da
CF/1988, Art. 201, § 10. Lei disciplinará a cobertura do lei, mediante recursos provenientes dos orçamentos
risco de acidente do trabalho, a ser atendida concor- da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Muni-
rentemente pelo regime geral de previdência social e cípios, e das contribuições sociais.
pelo setor privado. Considerando o texto acima, julgue o item a
seguir.

Acerca do Regime Próprio de Previdência dos


58 São isentas de contribuição para a seguridade so-
Servidores Públicos, julgue o item a seguir.
cial as entidades beneficentes de assistência social.

55 Aos servidores titulares de cargos efetivos da


Errado.
União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Mu- Somente estão isentas das contribuições para a segu-
nicípios, incluídas suas autarquias, fundações, em- ridade social as entidades beneficentes de assistência
presas públicas e sociedades de economia mista social que atendam às exigências estabelecidas em
é assegurado regime de previdência de caráter lei. Portanto, não são todas, e sim as que atendam às
contributivo e solidário, mediante contribuição do exigências estabelecidas em lei.
respectivo ente público, dos servidores ativos e
inativos e dos pensionistas, observados critérios
que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial. Em relação ao custeio da seguridade social e de
acordo com a Lei n. 8.212/1991, julgue o item a seguir.
Errado.
Empresa pública e sociedade de economia mista vin- 59 Considera-se empresa a firma individual ou so-
culam-se ao RGPS, e não ao RPPS. ciedade que assume o risco de atividade econô-
mica urbana ou rural, com fins lucrativos ou não,
bem como os órgãos e entidades da Administra-
Sobre a seguridade social, julgue o item a seguir. ção pública direta, indireta e fundacional.

56 Compete ao Poder Público, nos termos da lei, Certo.


organizar a seguridade social, com base nos se- Lei n. 8.213/1991, Art. 15. Considera-se:
guintes objetivos relacionados ao seu financia- I − empresa a firma individual ou sociedade que as-
mento: irredutibilidade do valor dos benefícios; sume o risco de atividade econômica urbana ou ru-
equidade na forma de participação no custeio e ral, com fins lucrativos ou não, bem como os órgãos
diversidade da base de financiamento. e entidades da administração pública direta, indireta
e fundacional.
Errado.

Técnico do Seguro Social 21


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

De acordo com a Lei n. 8.212/1991, julgue o item e dependentes, nos termos das Seções I e II deste
a seguir. capítulo”.

60 Constituem outras receitas da Seguridade Social Período de carência é o número mínimo de con-
50% (cinquenta por cento) do resultado dos lei- tribuições mensais indispensáveis para que o benefi-
lões dos bens apreendidos pelo Departamento ciário faça jus ao benefício, consideradas a partir do
da Polícia Federal. transcurso do primeiro dia dos meses de suas com-
petências.
Errado. De acordo com o acima disposto, julgue o item a
Segundo o art. 27 da Lei n. 8.212/1991, o percentual é seguir.
de 40% e não se trata de apreensão da Polícia Fede-
ral, e sim da Receita Federal. 64 Márcia começou a trabalhar em janeiro de de-
terminado ano; sendo assim, a carência para o
Acerca do regramento constitucional da previdên- auxílio-doença será completada em dezembro do
cia complementar, julgue o item a seguir. mesmo ano.

61 As contribuições do empregador, os benefícios e Certo.


as condições contratuais previstas nos estatutos, A carência é contada a partir do transcurso do primei-
regulamentos e planos de benefícios das entida- ro dia dos meses de suas competências (artigo 24 da
des de previdência privada integram o contrato Lei n. 8.213/1991), ou seja, a carência de dezembro é
de trabalho dos participantes. contada no próprio mês, e não no mês seguinte, quan-
do efetivamente ocorre o recolhimento da competên-
Errado. cia anterior. Assim, em dezembro, a segurada já terá
CF/1988, Art. 202, § 2° As contribuições do emprega- as 12 contribuições de carência computadas.
dor, os benefícios e as condições contratuais previstas
nos estatutos, regulamentos e planos de benefícios Período de carência é o número mínimo de con-
das entidades de previdência privada não integram o tribuições mensais indispensáveis para que o benefi-
contrato de trabalho dos participantes, assim como, à ciário faça jus ao benefício, consideradas a partir do
exceção dos benefícios concedidos, não integram a transcurso do primeiro dia dos meses de suas com-
remuneração dos participantes, nos termos da lei. petências.
De acordo com o acima disposto, julgue o item a
Acerca dos crimes contra a previdência social, seguir.
julgue o item a seguir.
65 Independe de carência a concessão do salário-
62 Constitui apropriação indébita previdenciária -maternidade para as seguradas empregada, tra-
apropriar-se de coisa alheia móvel, de que tem a balhadora avulsa e empregada doméstica.
posse ou a detenção.
Certo.
Errado. Lei n. 8.213/1991, Art. 26. Independe de carência a
A definição apresentada na questão é da apropriação concessão das seguintes prestações:
indébita simples, e não da apropriação indébita previ- VI – salário-maternidade para as seguradas emprega-
denciária descrita no art. 168-A do Código Penal: da, trabalhadora avulsa e empregada doméstica.
Art. 168-A. Deixar de repassar à previdência social as
contribuições recolhidas dos contribuintes, no prazo e Com base no disposto na Lei n. 8.213/1991, julgue
forma legal ou convencional: o item a seguir, acerca dos segurados do RGPS.
Pena – reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa.
66 O brasileiro civil que trabalha no exterior para or-
Nos termos da Lei n. 8.213/1991, julgue o item a ganismo oficial internacional do qual o Brasil é
seguir. membro efetivo, ainda que lá domiciliado e con-
tratado, salvo quando coberto por regime próprio
63 Somente pessoas físicas podem ser beneficiá- de previdência social, é considerado contribuinte
rias do Regime Geral de Previdência Social. individual.

Certo. Certo.
Lei n. 8.213/1991: “Os beneficiários do Regime Geral Lei n. 8.213/1991, Art. 11. São segurados obrigatórios
de Previdência Social classificam-se como segurados da Previdência Social as seguintes pessoas físicas:

Técnico do Seguro Social 22


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

V − como contribuinte individual: gozo de auxílio-doença, de aposentadoria ou de abo-


e) o brasileiro civil que trabalha no exterior para organis- no de permanência em serviço.
mo oficial internacional do qual o Brasil é membro efeti- Como o segurado já é aposentado, seus dependentes
vo, ainda que lá domiciliado e contratado, salvo quando não podem pleitear o auxílio-reclusão.
coberto por regime próprio de previdência social.
A aposentadoria por invalidez, uma vez cumprida,
Julgue o item seguinte, relativo aos segurados do quando for o caso, a carência exigida, será devida
Regime Geral de Previdência Social. ao segurado que, estando ou não em gozo de auxí-
lio-doença, for considerado incapaz e insusceptível
67 A inscrição do segurado especial será feita de de reabilitação para o exercício de atividade que lhe
forma a vinculá-lo ao respectivo grupo familiar e garanta a subsistência, e ser-lhe-á paga enquanto
conterá, além das informações pessoais, a iden- permanecer nesta condição.
tificação da propriedade em que desenvolve a Acerca do regramento da aposentadoria por inva-
atividade e a que título, se nela reside ou o Mu- lidez, julgue os itens seguintes.
nicípio onde reside e, quando for o caso, a iden-
tificação e inscrição da pessoa responsável pelo 70 A concessão de aposentadoria por invalidez de-
grupo familiar. penderá da verificação da condição de incapaci-
dade mediante exame médico-pericial a cargo da
Certo. Previdência Social, não podendo o segurado fa-
Lei n. 8.213/1991, Art. 17, § 4º A inscrição do segurado zer-se acompanhar de médico de sua confiança.
especial será feita de forma a vinculá-lo ao respectivo
grupo familiar e conterá, além das informações pesso- Errado.
ais, a identificação da propriedade em que desenvolve De acordo com o § 1º do artigo 42 da Lei n. 8.213/1991,
a atividade e a que título, se nela reside ou o Município o segurado pode, sim, às suas expensas, fazer-se
acompanhar de médico de sua confiança na perícia
onde reside e, quando for o caso, a identificação e ins-
do INSS.
crição da pessoa responsável pelo grupo familiar.

71 O segurado em gozo de auxílio-doença, aposen-


Julgue o item seguinte, relativo aos beneficiários
tadoria por invalidez e o pensionista inválido es-
do Regime Geral de Previdência Social.
tão obrigados, sob pena de suspensão do bene-
fício, a submeter-se a exame médico a cargo da
68 Incumbe ao segurado promover a inscrição do
Previdência Social, processo de reabilitação pro-
dependente quando do requerimento do benefí-
fissional por ela prescrito e custeado e tratamen-
cio a que estiver habilitado.
to dispensado gratuitamente, exceto o cirúrgico
e a transfusão de sangue, que são facultativos.
Errado.
Lei n. 8.213/1991, Art. 17, § 1º Incumbe ao dependen- Certo.
te promover a sua inscrição quando do requerimento Lei n. 8.213/1991, Art. 101. O segurado em gozo de
do benefício a que estiver habilitado. auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e o pen-
sionista inválido estão obrigados, sob pena de sus-
Pedro, aposentado pelo INSS, foi preso em razão pensão do benefício, a submeter-se a exame médico
de ter sido condenado por crime hediondo. Nesse a cargo da Previdência Social, processo de reabilita-
caso, seu filho, de 17 anos, dirigiu-se a uma agência ção profissional por ela prescrito e custeado, e trata-
da previdência social para se informar acerca do auxí- mento dispensado gratuitamente, exceto o cirúrgico e
lio-reclusão. a transfusão de sangue, que são facultativos.
Nessa situação hipotética,
72 Concluindo a perícia médica inicial pela existência
69 O servidor do INSS deve orientar Pedro no sen- de incapacidade total e definitiva para o trabalho, a
tido da impossibilidade de concessão do auxílio- aposentadoria por invalidez será devida ao segu-
-reclusão, tendo em vista que Pedro não é de rado empregado, a contar do décimo sexto dia do
baixa renda. afastamento da atividade ou a partir da entrada do
requerimento, se entre o afastamento e a entrada
Errado. do requerimento decorrerem mais de trinta dias.
Lei n. 8.213/1991, Art. 80. O auxílio-reclusão será
devido, nas mesmas condições da pensão por morte, Certo.
aos dependentes do segurado recolhido à prisão, que Lei n. 8.213/1991, Art. 42, § 1º Concluindo a perícia
não receber remuneração da empresa nem estiver em médica inicial pela existência de incapacidade total e

Técnico do Seguro Social 23


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

definitiva para o trabalho, a aposentadoria por invali- culino, ou 65 (sessenta e cinco) anos, se do sexo
dez será devida: feminino, sendo compulsória, caso em que será
a) ao segurado empregado, a contar do décimo sexto garantida ao empregado a indenização prevista
dia do afastamento da atividade ou a partir da entrada na legislação trabalhista, considerada como data
do requerimento, se entre o afastamento e a entrada da rescisão do contrato de trabalho a imediata-
do requerimento decorrerem mais de trinta dias. mente anterior à do início da aposentadoria.

Certo.
73 Durante os primeiros quinze dias de afastamen-
Lei n. 8.213/1991, Art. 51. A aposentadoria por idade
to da atividade por motivo de invalidez, caberá à
pode ser requerida pela empresa, desde que o segu-
empresa pagar ao segurado empregado o salário.
rado empregado tenha cumprido o período de carên-
cia e completado 70 (setenta) anos de idade, se do
Certo.
sexo masculino, ou 65 (sessenta e cinco) anos, se do
Lei n. 8.213/1991, Art. 42, § 2º Durante os primeiros
sexo feminino, sendo compulsória, caso em que será
quinze dias de afastamento da atividade por motivo de
garantida ao empregado a indenização prevista na le-
invalidez, caberá à empresa pagar ao segurado em-
gislação trabalhista, considerada como data da resci-
pregado o salário.
são do contrato de trabalho a imediatamente anterior
à do início da aposentadoria.
74 O valor da aposentadoria por invalidez do segu-
rado que necessitar da assistência permanente
A respeito do Regime Geral da Previdência Social
de outra pessoa será acrescido de 25% (vinte e
(RGPS), julgue o item que se segue, considerando a
cinco por cento), desde que o valor da aposenta-
legislação previdenciária.
doria não atinja o limite máximo legal.
77 Os pais de segurado do RGPS serão seus de-
Errado.
pendentes independentemente de comprovação
Lei n. 8.213/1991, Art. 45. O valor da aposentadoria
da dependência econômica.
por invalidez do segurado que necessitar da assistên-
cia permanente de outra pessoa será acrescido de
Errado.
25% (vinte e cinco por cento).
Somente para os dependentes da primeira classe a
Parágrafo único. O acréscimo de que trata este artigo:
dependência econômica é presumida.
a) será devido ainda que o valor da aposentadoria
atinja o limite máximo legal.
A respeito do Regime Geral da Previdência Social
e do custeio da seguridade social, julgue o item que se
75 Acerca da aposentadoria por idade, no âmbito do
segue, considerando a legislação previdenciária.
RGPS, julgue o item a seguir.
A aposentadoria por idade será devida ao segu-
rado empregado, inclusive o doméstico, a partir 78 O segurado especial terá direito a aposentado-
da data do desligamento do emprego, quando ria por idade com redução de 5 anos, desde que
requerida até essa data ou até 90 (noventa) dias comprove o exercício da atividade rural por tem-
depois dela. po igual ao número de meses exigidos para a ca-
rência do benefício.
Certo.
Lei n. 8.213/1991: A aposentadoria por idade será de- Certo.
vida: Lei n. 8.213/1991, Art. 48. A aposentadoria por ida-
I − ao segurado empregado, inclusive o doméstico, a de será devida ao segurado que, cumprida a carên-
partir: cia exigida nesta Lei, completar 65 (sessenta e cinco)
a) da data do desligamento do emprego, quando re- anos de idade, se homem, e 60 (sessenta), se mulher.
querida até essa data ou até 90 (noventa) dias de- § 1º Os limites fixados no caput são reduzidos para
pois dela. sessenta e cinquenta e cinco anos no caso de traba-
lhadores rurais, respectivamente homens e mulheres,
referidos na alínea a do inciso I, na alínea g do inciso
Julgue o item seguinte, de acordo com a legisla-
V e nos incisos VI e VII do art. 11.
ção previdenciária.
§ 2º Para os efeitos do disposto no § 1º deste artigo,
o trabalhador rural deve comprovar o efetivo exercício
76 A aposentadoria por idade pode ser requerida
de atividade rural, ainda que de forma descontínua,
pela empresa, desde que o segurado empregado
no período imediatamente anterior ao requerimento
tenha cumprido o período de carência e comple-
do benefício, por tempo igual ao número de meses de
tado 70 (setenta) anos de idade, se do sexo mas-

Técnico do Seguro Social 24


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

contribuição correspondente à carência do benefício cionado o desemprego involuntário e seu registro no


pretendido, computado o período a que se referem os órgão competente, o que não ocorreu.
incisos III a VIII do § 9º do art. 11 desta Lei.
82 Tratando-se de cálculo de aposentadorias do
Em relação ao cálculo dos benefícios previdenci- RGPS, o salário de benefício será dividido pelo
ários do RGPS, julgue o próximo item. fator previdenciário nas aposentadorias por idade
e por tempo de contribuição.
79 O segurado que preencher o requisito para a
aposentadoria por tempo de contribuição poderá Errado.
optar pela não incidência do fator previdenciário O fator previdenciário deve ser multiplicado pelo salá-
no cálculo de sua aposentadoria, quando o total rio de benefício.
resultante da soma de sua idade e de seu tem-
po de contribuição, incluídas as frações, na data
83 De acordo com a Lei n. 8.213/1991, o valor do
de requerimento da aposentadoria, for igual ou
benefício de prestação continuada, inclusive
superior a noventa e cinco pontos, se homem,
observando o tempo mínimo de contribuição de o regido por norma especial e o decorrente de
trinta e cinco anos; ou igual ou superior a oiten- acidente do trabalho, exceto o salário-família e o
ta e cinco pontos, se mulher, observado o tempo salário-maternidade, será calculado com base no
mínimo de contribuição de trinta anos. salário de benefício.

Certo. Certo.
A questão trata da possibilidade da não aplicação do Lei n. 8.213/1991, Art. 28. O valor do benefício de
Fator Previdenciário em razão do alcance da fórmula prestação continuada, inclusive o regido por norma
85/95. especial e o decorrente de acidente do trabalho, exce-
to o salário-família e o salário-maternidade, será cal-
culado com base no salário-de-benefício.
80 No Regime Geral da Previdência Social (RGPS),
aposentadoria por tempo de contribuição e a
pensão por morte são benefícios acumuláveis. 84 De acordo com a Lei n. 8.213/1991, serão con-
siderados para cálculo do salário de benefício
Certo. os ganhos habituais do segurado empregado, a
Lei n. 8.213/1991, Art. 124. Salvo no caso de direito qualquer título, sob forma de moeda corrente ou
adquirido, não é permitido o recebimento conjunto dos de utilidades, sobre os quais tenha incidido con-
seguintes benefícios da Previdência Social: tribuições previdenciárias, inclusive o décimo ter-
I − aposentadoria e auxílio-doença; ceiro salário (gratificação natalina).
II − mais de uma aposentadoria;
III − aposentadoria e abono de permanência em ser- Errado.
viço; O décimo terceiro salário não entra no cálculo do
IV − salário-maternidade e auxílio-doença; benefício, a teor do seguinte dispositivo da Lei n.
V − mais de um auxílio-acidente; 8.213/1991:
VI − mais de uma pensão deixada por cônjuge ou Art. 29, § 3º Serão considerados para cálculo do sa-
companheiro, ressalvado o direito de opção pela mais lário-de-benefício os ganhos habituais do segurado
vantajosa. empregado, a qualquer título, sob forma de moeda
Parágrafo único. É vedado o recebimento conjunto do corrente ou de utilidades, sobre os quais tenha inci-
seguro-desemprego com qualquer benefício de pres- dido contribuições previdenciárias, exceto o décimo-
tação continuada da Previdência Social, exceto pen- -terceiro salário (gratificação natalina).
são por morte ou auxílio-acidente.
A primeira reforma da previdência não aprovou
81 Gabriel, segurado do RGPS há mais de dez anos, uma idade mínima para a aposentadoria no RGPS.
foi demitido do emprego em fevereiro de 2018, Por essa razão, a Lei n. 9.876/1999 criou o fator pre-
interrompendo o recolhimento das contribuições videnciário, cujo objetivo é reduzir o valor das aposen-
sociais. Nesse caso, Gabriel manterá a qualidade tadorias por tempo de contribuição dos segurados que
de segurado, pelo menos, por 36 meses. se aposentam precocemente.
Acerca do fator previdenciário, julgue o item a
Errado. seguir.
Para alcançar o período de 36 meses de manutenção
da qualidade de segurado, a questão deveria ter men-

Técnico do Seguro Social 25


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

85 Para efeito da aplicação do fator previdenciário, 87 O INSS utilizará as informações constantes no


ao tempo de contribuição do segurado serão Cadastro Nacional de Informações Sociais –
adicionados cinco anos, quando se tratar de mu- CNIS sobre os vínculos e as remunerações dos
lher, cinco anos, quando se tratar de professor segurados, para fins de cálculo do salário de be-
que comprove exclusivamente tempo de efetivo nefício, comprovação de filiação ao Regime Ge-
exercício das funções de magistério na educação ral de Previdência Social, tempo de contribuição
infantil e no ensino fundamental e médio, e dez e relação de emprego. Nesse caso, o INSS terá
anos, quando se tratar de professora que com- até 30 (trinta) dias, contados a partir da solicita-
prove exclusivamente tempo de efetivo exercício ção do pedido, para fornecer ao segurado as in-
das funções de magistério na educação infantil e formações previstas no caput do art. 29-A.
no ensino fundamental e médio.
Errado.
Certo. O prazo é de 180 dias, a teor do seguinte dispositivo
Tendo em vista a diferença na expectativa de vida en-
da Lei n. 8.213/1991:
tre homens e mulheres, associada ao menor tempo de
Art. 29-A. O INSS utilizará as informações constantes
contribuição da mulher e dos professores para se apo-
no Cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS
sentar por tempo de contribuição, a Lei n. 9.876/1999
sobre os vínculos e as remunerações dos segurados,
introduziu o seguinte dispositivo na Lei n. 8.213/1991:
para fins de cálculo do salário-de-benefício, compro-
Art. 29, § 9º Para efeito da aplicação do fator previden-
vação de filiação ao Regime Geral de Previdência
ciário, ao tempo de contribuição do segurado serão
Social, tempo de contribuição e relação de emprego.
adicionados: (Incluído pela Lei n. 9.876, de 26.11.99)
I − cinco anos, quando se tratar de mulher; (Incluído (Redação dada pela Lei Complementar n. 128, de
pela Lei n. 9.876, de 26.11.99) 2008)
II − cinco anos, quando se tratar de professor que § 1º O INSS terá até 180 (cento e oitenta) dias, contados
comprove exclusivamente tempo de efetivo exercí- a partir da solicitação do pedido, para fornecer ao se-
cio das funções de magistério na educação infantil e gurado as informações previstas no caput deste artigo.
no ensino fundamental e médio; (Incluído pela Lei n.
9.876, de 26.11.99) Julgue o item a seguir, de acordo com a Lei n.
III − dez anos, quando se tratar de professora que 8.213/1991.
comprove exclusivamente tempo de efetivo exercí-
cio das funções de magistério na educação infantil e 88 Os salários de contribuição considerados no cál-
no ensino fundamental e médio. (Incluído pela Lei n. culo do valor do benefício serão corrigidos mês a
9.876, de 26.11.99) mês de acordo com a variação integral do Índice
Nacional de Preços ao Consumidor − INPC, cal-
Considerando o tratamento dado pela Lei n. culado pela Fundação Instituto Brasileiro de Ge-
8.213/1991 ao auxílio-doença, julgue o item a seguir. ografia e Estatística − IBGE.

86 O auxílio-doença não poderá exceder a média Certo.


aritmética simples dos últimos 12 (doze) salários Lei n. 8.213/1991, Art. 29-B. Os salários-de-contri-
de contribuição, inclusive em caso de remunera- buição considerados no cálculo do valor do benefício
ção variável, ou, se não alcançado o número de serão corrigidos mês a mês de acordo com a variação
12 (doze), a média aritmética simples dos salá- integral do Índice Nacional de Preços ao Consumidor -
rios de contribuição existentes. INPC, calculado pela Fundação Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística – IBGE.
Certo.
Lei n. 8.213/1991, Art. 29, § 10. O auxílio-doença não
poderá exceder a média aritmética simples dos últi- O segurado que preencher o requisito para a apo-
mos 12 (doze) salários-de-contribuição, inclusive em sentadoria por tempo de contribuição poderá optar pela
caso de remuneração variável, ou, se não alcançado não incidência do fator previdenciário no cálculo de sua
o número de 12 (doze), a média aritmética simples dos aposentadoria, quando o total resultante da soma de
salários-de-contribuição existentes. sua idade e de seu tempo de contribuição, incluídas as
frações, na data de requerimento da aposentadoria, for
igual ou superior a noventa e cinco pontos, se homem,
Os dados fornecidos ao INSS na ocasião da ins-
observando o tempo mínimo de contribuição de trinta e
crição do segurado alimentam o banco de dados CNIS
cinco anos.
– Cadastro Nacional de Informações Sociais. Sobre o
CNIS, julgue o item a seguir de acordo com a previsão De acordo com a Lei n. 8.213, julgue o item abaixo.
da Lei n. 8.213/1991.

Técnico do Seguro Social 26


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

89 Para os fins do disposto no enunciado da ques- 92 O primeiro pagamento do benefício será efetua-
tão, não serão somadas as frações em meses do até trinta dias após a data da apresentação,
completos de tempo de contribuição e idade. pelo segurado, da documentação necessária a
sua concessão.
Errado.
Lei n. 8.213/1991, Art. 29-C, § 1º Para os fins do dis- Errado.
posto no caput, serão somadas as frações em meses O prazo é de até 45 dias, segundo a Lei n. 8.213/1991:
completos de tempo de contribuição e idade. Art. 41-A, § 5º O primeiro pagamento do benefício
será efetuado até quarenta e cinco dias após a data
Julgue o item a seguir, de acordo com a Lei n. da apresentação, pelo segurado, da documentação
8.213/1991. necessária a sua concessão.

90 O valor mensal do auxílio-acidente não integra o Em relação à aposentadoria especial prevista na


salário de contribuição, para fins de cálculo do Lei n. 8.213/1991, julgue o item a seguir.
salário de benefício de qualquer aposentadoria.
93 A relação dos agentes nocivos químicos, físicos e
Errado. biológicos ou associação de agentes prejudiciais
A partir da Lei n. 9.528/1997, o auxílio-acidente pas- à saúde ou à integridade física considerados para
sou a integrar o salário de contribuição para o cálculo fins de concessão da aposentadoria especial do
de qualquer aposentadoria: RGPS será definida pelo Poder Legislativo.
Lei n. 8.213/1991, Art. 31. O valor mensal do auxílio-
-acidente integra o salário-de-contribuição, para fins Errado.
de cálculo do salário-de-benefício de qualquer apo- A definição dos agentes nocivos cabe ao Poder Exe-
sentadoria, observado, no que couber, o disposto no cutivo, de acordo com a Lei n. 8.213/1991:
art. 29 e no art. 86, § 5º. (Restabelecido com nova Art. 58. A relação dos agentes nocivos químicos, físi-
redação pela Lei n. 9.528, de 1997) cos e biológicos ou associação de agentes prejudiciais
à saúde ou à integridade física considerados para fins
Em relação ao reajustamento dos benefícios do de concessão da aposentadoria especial de que trata
RGPS, julgue o item a seguir de acordo com a Lei n. o artigo anterior será definida pelo Poder Executivo.
8.213/1991.
João está afastado de suas atividades habituais,
91 O valor dos benefícios em manutenção será rea- recebendo auxílio-doença do INSS. Todavia, diante
justado, anualmente, na mesma data do reajuste da oportunidade de exercer outra atividade, sem rela-
do salário mínimo, pro rata, de acordo com suas ção com a incapacidade que deu origem ao auxílio-
respectivas datas de início ou do último reajusta- -doença, João começou a trabalhar como autônomo.
mento, com base no Índice Nacional de Preços ao
Consumidor − INPC, apurado pela Fundação Ins- 94 Diante da situação descrita, João terá seu auxí-
tituto Brasileiro de Geografia e Estatística − IBGE. lio-doença cancelado.

Certo. Errado.
O item está de acordo com o seguinte artigo da Lei n. Considerando que a segunda atividade não tem rela-
8.213/1991: ção com a incapacidade que deu origem ao auxílio-
Art. 41-A. O valor dos benefícios em manutenção será -doença, o benefício poderá ser cancelado ou não,
reajustado, anualmente, na mesma data do reajuste de acordo com os seguintes dispositivos da Lei n.
do salário mínimo, pro rata, de acordo com suas res- 8.213/1991:
pectivas datas de início ou do último reajustamento, Art. 60, § 6º O segurado que durante o gozo do au-
com base no Índice Nacional de Preços ao Consumi- xílio-doença vier a exercer atividade que lhe garanta
dor − INPC, apurado pela Fundação Instituto Brasileiro subsistência poderá ter o benefício cancelado a partir
de Geografia e Estatística − IBGE. do retorno à atividade. (Incluído pela Lei n. 13.135, de
2015)
José requereu sua aposentadoria por tempo de § 7º Na hipótese do § 6º, caso o segurado, durante o
contribuição em 17 de maio de 2018. No ato, apresen- gozo do auxílio-doença, venha a exercer atividade diver-
tou toda a documentação necessária à concessão do sa daquela que gerou o benefício, deverá ser verificada
benefício. a incapacidade para cada uma das atividades exercidas.
Considerando o texto acima, julgue o item a
seguir.

Técnico do Seguro Social 27


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

95 Ivan Lucas e Rodrigo Cardoso mantêm união de crime de que tenha dolosamente resultado a
homoafetiva há muitos anos. Tendo em vista a morte do segurado.
solidez do relacionamento, resolvem adotar uma
criança de 4 anos. Considerando que Ivan é pro- Errado.
fessor de escola particular, e Rodrigo funcionário O item não fez referência ao trânsito em julgado, con-
do Poder Judiciário Federal, ambos terão direito dição necessária ao cancelamento do benefício, de
ao salário-maternidade. acordo com a Lei n. 8.213/1991:
Art. 74, § 1º Perde o direito à pensão por morte, após
Errado. o trânsito em julgado, o condenado pela prática de cri-
De acordo com a Lei n. 8.213/1991, salvo no caso de me de que tenha dolosamente resultado a morte do
mãe biológica e mãe adotiva, bem como no caso de
segurado.
falecimento da mãe, o salário-maternidade não será
pago a mais de um segurado, ainda que vinculados a
regimes diversos de previdência. 99 O auxílio-reclusão, para sua manutenção, requer
Lei n. 8.213/1991: a apresentação mensal da certidão de recolhi-
Art. 71-A. Ao segurado ou segurada da Previdência mento à prisão.
Social que adotar ou obtiver guarda judicial para fins
de adoção de criança é devido salário-maternidade Errado.
pelo período de 120 (cento e vinte) dias. A certidão deve ser reapresentada de três em três meses.
§ 2º Ressalvado o pagamento do salário-maternidade Lei n. 8.213/1991, Art. 80. O auxílio-reclusão será
à mãe biológica e o disposto no art. 71-B, não pode- devido, nas mesmas condições da pensão por morte,
rá ser concedido o benefício a mais de um segurado, aos dependentes do segurado recolhido à prisão, que
decorrente do mesmo processo de adoção ou guarda, não receber remuneração da empresa nem estiver em
ainda que os cônjuges ou companheiros estejam sub- gozo de auxílio-doença, de aposentadoria ou de abo-
metidos a Regime Próprio de Previdência Social. no de permanência em serviço.
Parágrafo único. O requerimento do auxílio-reclusão
96 De acordo com a Lei n. 8.213/1991, o salário- deverá ser instruído com certidão do efetivo recolhi-
-maternidade para as seguradas consistirá numa mento à prisão, sendo obrigatória, para a manutenção
renda mensal igual a sua remuneração integral. do benefício, a apresentação de declaração de perma-
nência na condição de presidiário.
Errado.
O salário-maternidade só é equivalente à remunera-
100 Em relação ao auxílio-acidente, a perda da audi-
ção integral para as seguradas empregadas e avulsas.
Lei n. 8.213/1991, Art. 72. O salário-maternidade para ção, em qualquer grau, somente proporcionará a
a segurada empregada ou trabalhadora avulsa con- concessão do auxílio-acidente quando ficar com-
sistirá numa renda mensal igual a sua remuneração provado o reconhecimento de causalidade entre
integral. o trabalho e a doença.

Errado.
97 João, segurado do INSS, faleceu. Nesse caso,
A perda auditiva depende de duas condições para pro-
seus dependentes terão 30 dias para pedir a
porcionar o auxílio-acidente:
pensão por morte, de modo a receber o benefício
a) reconhecimento de causalidade entre o trabalho e
desde o óbito.
a doença; e
Errado. b) comprovadamente resultar na redução ou perda da
O atual prazo para requerimento da pensão por morte capacidade para o trabalho que habitualmente exercia.
é de 90 dias. Como o item não mencionou o item “b”, está errado.
Lei n. 8.213/1991, Art. 74. A pensão por morte será Lei n. 8.213/1991, Art. 86, § 4º A perda da audição, em
devida ao conjunto dos dependentes do segurado que qualquer grau, somente proporcionará a concessão
falecer, aposentado ou não, a contar da data: do auxílio-acidente, quando, além do reconhecimento
I − do óbito, quando requerida até noventa dias depois de causalidade entre o trabalho e a doença, resultar,
deste; comprovadamente, na redução ou perda da capacida-
II − do requerimento, quando requerida após o prazo de para o trabalho que habitualmente exercia.
previsto no inciso anterior;
III − da decisão judicial, no caso de morte presumida.
101 A empresa com 200 (duzentos) empregados está
obrigada a preencher 3% (três por cento) dos
98 De acordo com a Lei n. 8.213/1991, perde o direi- seus cargos com beneficiários reabilitados ou
to à pensão por morte o condenado pela prática pessoas portadoras de deficiência, habilitadas.

Técnico do Seguro Social 28


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

Errado. § 1º O aposentado por invalidez e o pensionista in-


O número de empregados indica que o percentual se- válido que não tenham retornado à atividade estarão
ria de 2%. isentos do exame de que trata o caput deste artigo:
Lei n. 8.213/1991, Art. 93. A empresa com 100 (cem) I − após completarem cinquenta e cinco anos ou mais
ou mais empregados está obrigada a preencher de 2% de idade e quando decorridos quinze anos da data da
(dois por cento) a 5% (cinco por cento) dos seus car- concessão da aposentadoria por invalidez ou do auxí-
gos com beneficiários reabilitados ou pessoas portado- lio-doença que a precedeu.
ras de deficiência, habilitadas, na seguinte proporção:
I − até 200 empregados..................................2%; De acordo com a Lei n. 8.213/1991, julgue o item
II − de 201 a 500.............................................3%; a seguir.
III − de 501 a 1.000.........................................4%;
IV − de 1.001 em diante..................................5%. 104 Podem ser descontados dos benefícios: con-
tribuições devidas pelo segurado à Previdência
De acordo com a Lei n. 8.213/1991, julgue o item Social; pagamento de benefício além do devido;
a seguir. Imposto de Renda retido na fonte; pensão de
alimentos decretada em sentença judicial; men-
102 O segurado em gozo de auxílio-doença, apo- salidades de associações e demais entidades de
sentadoria por invalidez e o pensionista inválido aposentados legalmente reconhecidas, desde
estão obrigados, sob pena de suspensão do be- que autorizadas por seus filiados.
nefício, a submeter-se a exame médico a cargo
da Previdência Social, processo de reabilitação Certo.
profissional por ela prescrito e custeado e trata- Lei n. 8.213/1991, Art. 115. Podem ser descontados
mento dispensado gratuitamente, inclusive o ci- dos benefícios:
rúrgico e a transfusão de sangue. I − contribuições devidas pelo segurado à Previdência
Social;
II − pagamento de benefício além do devido;
Errado.
III − Imposto de Renda retido na fonte;
Lei n. 8.213/1991, Art. 101. O segurado em gozo de
IV − pensão de alimentos decretada em sentença ju-
auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e o pen-
dicial;
sionista inválido estão obrigados, sob pena de sus-
V − mensalidades de associações e demais entidades
pensão do benefício, a submeter-se a exame médico
de aposentados legalmente reconhecidas, desde que
a cargo da Previdência Social, processo de reabilita-
autorizadas por seus filiados.
ção profissional por ela prescrito e custeado, e trata-
mento dispensado gratuitamente, exceto o cirúrgico e
a transfusão de sangue, que são facultativos. Julgue o item a seguir de acordo com a Lei n.
8.213/1991.

De acordo com a Lei n. 8.213/1991, julgue o item


105 O segurado que sofreu acidente de trabalho tem
a seguir.
garantida, pelo prazo mínimo de doze meses, a
manutenção do seu contrato de trabalho na em-
103 O aposentado por invalidez e o pensionista in-
presa, após o seu retorno ao trabalho, indepen-
válido que não tenham retornado à atividade
dentemente de percepção de auxílio-acidente.
estarão isentos do exame pericial do INSS após
completarem cinquenta e cinco anos ou mais de Errado.
idade e quando decorridos quinze anos da data A estabilidade começa a contar do fim do auxílio-doen-
da concessão da aposentadoria por invalidez ou ça, conforme a Lei n. 8.213/1991, Art. 118. O segura-
do auxílio-doença que a precedeu. do que sofreu acidente do trabalho tem garantida, pelo
prazo mínimo de doze meses, a manutenção do seu
Certo. contrato de trabalho na empresa, após a cessação do
Lei n. 8.213/1991, Art. 101. O segurado em gozo de auxílio-doença acidentário, independentemente de
auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e o pen- percepção de auxílio-acidente.
sionista inválido estão obrigados, sob pena de sus-
pensão do benefício, a submeter-se a exame médico
106 De acordo com o plano simplificado de previdên-
a cargo da Previdência Social, processo de reabilita-
cia, a alíquota de contribuição incidente sobre o
ção profissional por ela prescrito e custeado, e trata-
limite mínimo mensal do salário de contribuição
mento dispensado gratuitamente, exceto o cirúrgico e
será de 5% (cinco por cento) no caso do micro-
a transfusão de sangue, que são facultativos.
empreendedor individual.

Técnico do Seguro Social 29


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

Certo. CF/1988, Art. 201. A previdência social será organizada


Lei n. 8.212/1991, Art. 21, § 2º No caso de opção pela sob a forma de regime geral, de caráter contributivo e de
exclusão do direito ao benefício de aposentadoria por filiação obrigatória, observados critérios que preservem o
tempo de contribuição, a alíquota de contribuição inci- equilíbrio financeiro e atuarial, e atenderá, nos termos da
dente sobre o limite mínimo mensal do salário de con- lei, a: IV − salário-família e auxílio-reclusão para os de-
tribuição será de: pendentes dos segurados de baixa renda.
II − 5% (cinco por cento): a) no caso do microempreen-
dedor individual, de que trata o art. 18-A da Lei Com-
110 Nos termos da Constituição de 1988, lei com-
plementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.
plementar disciplinará a cobertura do risco de
acidente do trabalho, a ser atendida concorren-
Nos termos da Constituição de 1988, julgue o item temente pelo regime geral de previdência social
a seguir. e pelo setor privado.

107 Nenhum benefício ou serviço da seguridade so- Errado.


cial poderá ser criado, reajustado ou estendido A Constituição de 1988 não exige lei complementar,
sem a correspondente fonte de custeio total. e sim lei.
CF/1988, Art. 201, § 10. Lei disciplinará a cobertura
Errado. do risco de acidente do trabalho, a ser atendida con-
O reajustamento não depende de fonte de custeio, só correntemente pelo regime geral de previdência social
a majoração. e pelo setor privado.
CF/1988, Art. 195, § 5º Nenhum benefício ou serviço
da seguridade social poderá ser criado, majorado ou
Julgue o item a seguir de acordo com a Lei n.
estendido sem a correspondente fonte de custeio total.
8.742/1993.

Julgue o item a seguir, considerando o disposto 111 O benefício de prestação continuada é a garan-
na Constituição de 1988. tia de um salário mínimo mensal à pessoa com
deficiência e ao idoso com 65 (sessenta e cinco)
108 O produtor, o parceiro, o meeiro e o arrendatário anos ou mais que comprovem não possuir meios
rurais, o garimpeiro e o pescador artesanal, bem de prover a própria manutenção nem de tê-la pro-
como os respectivos cônjuges, que exerçam suas vida por sua família.
atividades em regime de economia familiar, sem
empregados permanentes, contribuirão para a se- Certo.
guridade social mediante a aplicação de uma alí- Lei n. 8.742/1993, Art. 20. O benefício de prestação
quota sobre o resultado da comercialização da pro- continuada é a garantia de um salário-mínimo mensal
dução e farão jus aos benefícios nos termos da lei. à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 (sessenta
e cinco) anos ou mais que comprovem não possuir
Errado. meios de prover a própria manutenção nem de tê-la
O garimpeiro não é mencionado no texto constitucional. provida por sua família.
CF/1988, Art. 195, § 8º O produtor, o parceiro, o meei-
ro e o arrendatário rurais e o pescador artesanal, bem
112 De acordo com a Lei n. 8.742/1993, o Cras é a
como os respectivos cônjuges, que exerçam suas ati-
vidades em regime de economia familiar, sem empre- unidade pública estadual, de base territorial, lo-
gados permanentes, contribuirão para a seguridade calizada em áreas com maiores índices de vulne-
social mediante a aplicação de uma alíquota sobre o rabilidade e risco social, destinada à articulação
resultado da comercialização da produção e farão jus dos serviços socioassistenciais no seu território
aos benefícios nos termos da lei. de abrangência e à prestação de serviços, pro-
gramas e projetos socioassistenciais de proteção
social básica às famílias.
Julgue o item a seguir de acordo com o disposto
na Constituição.
Errado.
O Cras é municipal.
109 O salário-família e o auxílio-reclusão serão devi-
Lei n. 8.742/1993, Art. 6º-C. As proteções sociais,
dos aos dependentes de baixa renda dos segu-
básica e especial, serão ofertadas precipuamente no
rados.
Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e
no Centro de Referência Especializado de Assistên-
Errado.
cia Social (Creas), respectivamente, e pelas entidades
O certo é dependente de segurado de baixa renda.
sem fins lucrativos de assistência social de que trata o
Não existe dependente de baixa renda, e sim segura-
art. 3º desta Lei.
do de baixa renda.

Técnico do Seguro Social 30


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

§ 1º O Cras é a unidade pública municipal, de base § 1º Extinta a relação trabalhista ou a atividade empre-
territorial, localizada em áreas com maiores índices de endedora de que trata o caput deste artigo e, quando
vulnerabilidade e risco social, destinada à articulação for o caso, encerrado o prazo de pagamento do segu-
dos serviços socioassistenciais no seu território de ro-desemprego e não tendo o beneficiário adquirido
abrangência e à prestação de serviços, programas e direito a qualquer benefício previdenciário, poderá ser
projetos socioassistenciais de proteção social básica requerida a continuidade do pagamento do benefício
às famílias. suspenso, sem necessidade de realização de perícia
médica ou reavaliação da deficiência e do grau de in-
capacidade para esse fim, respeitado o período de re-
Em relação ao benefício de prestação continu-
visão previsto no caput do art. 21.
ada disciplinado pela Lei n. 8.742/1993, julgue o item
a seguir.
Julgue o item a seguir, nos termos da Legislação
113 O benefício de prestação continuada deve ser re- Previdenciária.
visto anualmente para avaliação da continuidade
das condições que lhe deram origem. 116 A assistência social, direito do cidadão e dever
do Estado, é Política de Seguridade Social Con-
Errado. tributiva, que provê os mínimos sociais, realizada
Lei n. 8.742/1991, Art. 21. O benefício de prestação através de um conjunto integrado de ações de
continuada deve ser revisto a cada 2 (dois) anos para iniciativa pública e da sociedade, para garantir o
avaliação da continuidade das condições que lhe de- atendimento às necessidades básicas.
ram origem.
Errado.
A assistência social não é contributiva. Lei n.
114 Nos termos da Constituição de 1988, é facultado
8.742/1993, Art. 1º A assistência social, direito do ci-
aos Estados e ao Distrito Federal vincular a pro-
dadão e dever do Estado, é Política de Seguridade
grama de apoio à inclusão e promoção social até
Social não contributiva, que provê os mínimos sociais,
cinco décimos por cento de sua receita tributária
realizada através de um conjunto integrado de ações
líquida, vedada a aplicação desses recursos no
de iniciativa pública e da sociedade, para garantir o
pagamento de despesas com pessoal e encar-
atendimento às necessidades básicas.
gos sociais, serviço da dívida e qualquer outra
despesa corrente não vinculada diretamente aos
investimentos ou ações apoiados. 117 De acordo com a Lei n. 8.742/1993, a assistência
social é organizada por meio de proteção social
Certo. básica e proteção social especial.
CF/1988, Art. 203, parágrafo único. É facultado aos
Estados e ao Distrito Federal vincular a programa de Certo.
apoio à inclusão e promoção social até cinco décimos Lei n. 8.742/1993, Art. 6º-A. A assistência social or-
por cento de sua receita tributária líquida, vedada a ganiza-se pelos seguintes tipos de proteção: (Incluído
aplicação desses recursos no pagamento de: pela Lei n. 12.435, de 2011)
I − despesas com pessoal e encargos sociais; I − proteção social básica: conjunto de serviços, pro-
II − serviço da dívida; gramas, projetos e benefícios da assistência social
III − qualquer outra despesa corrente não vinculada que visa a prevenir situações de vulnerabilidade e ris-
diretamente aos investimentos ou ações apoiados. co social por meio do desenvolvimento de potencia-
lidades e aquisições e do fortalecimento de vínculos
familiares e comunitários;
Analise a assertiva abaixo, nos termos da Lei n.
II − proteção social especial: conjunto de serviços, pro-
8.742/1993.
gramas e projetos que tem por objetivo contribuir para
a reconstrução de vínculos familiares e comunitários, a
115 O benefício de prestação continuada não será
defesa de direito, o fortalecimento das potencialidades
suspenso pelo órgão concedente quando a pes-
e aquisições e a proteção de famílias e indivíduos para
soa com deficiência exercer atividade remunera-
o enfrentamento das situações de violação de direitos.
da na condição de microempreendedor individual.

Errado. Julgue o item a seguir, de acordo com a Lei n.


Lei n. 8.742/1993, Art. 21-A. O benefício de presta- 8.742/1993.
ção continuada será suspenso pelo órgão concedente
quando a pessoa com deficiência exercer atividade 118 As proteções sociais, básica e especial, serão
remunerada, inclusive na condição de microempreen- ofertadas exclusivamente no Centro de Referên-
dedor individual. cia de Assistência Social (Cras).

Técnico do Seguro Social 31


Nome do candidato: Futuro(a) Servidor CESPE | CEBRASPE – INSS – Aplicação: 2018

Errado.
Lei n. 8.742/1993, Art. 6º-C. As proteções sociais,
básica e especial, serão ofertadas precipuamente no
Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e
no Centro de Referência Especializado de Assistên-
cia Social (Creas), respectivamente, e pelas entidades
sem fins lucrativos de assistência social de que trata o
art. 3º desta Lei.

119 De acordo com a Lei n. 8.742/1993, o funciona-


mento das entidades e organizações de assis-
tência social independe de prévia inscrição no
respectivo Conselho Municipal de Assistência
Social, ou no Conselho de Assistência Social do
Distrito Federal.

Errado.
Lei n. 8.742/1993, Art. 9º O funcionamento das enti-
dades e organizações de assistência social depende
de prévia inscrição no respectivo Conselho Municipal
de Assistência Social, ou no Conselho de Assistência
Social do Distrito Federal, conforme o caso.

120 De acordo com a Lei Orgânica da Assistência


Social, entendem-se por benefícios eventuais as
provisões suplementares e provisórias que inte-
gram organicamente as garantias do Suas e são
prestadas aos cidadãos e às famílias em virtude
de nascimento, morte, situações de vulnerabilida-
de temporária, mas não de calamidade pública.

Errado.
Lei n. 8.742/1993, Art. 22. Entendem-se por benefí-
cios eventuais as provisões suplementares e provisó-
rias que integram organicamente as garantias do Suas
e são prestadas aos cidadãos e às famílias em virtude
de nascimento, morte, situações de vulnerabilidade
temporária e de calamidade pública.

Técnico do Seguro Social 32