Anda di halaman 1dari 11

FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ

SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO


MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

1 - IDENTIFICAÇÃO

NOME COMERCIAL: D300 – NEUKLINCOZ

PRINCIPAIS USOS RECOMENDADOS


PARA A SUBSTÂNCIA OU MISTURA: Secante para lavagem mecânica de louças, uniformiza o enxágue e realça o bilho
das louças e utensílios.

NOME DA EMPRESA: MAKROQUÍMICA PRODUTOS QUÍMICOS LTDA.


(MS 3.01392-6MA 038/99-PR)
ENDEREÇO DA SEDE: ROD CELSO GARCIA CID (PR445) – Km 63 – Londrina/PR
TELEFONE PARA CONTATO: (43) 3375-6565 FAX(43) 3375-6579
E-mail: makroquimica@makroquimica.com.brwww.makroquimica.com.br

TELEFONE PARA EMERGÊNCIA: BOMBEIROS 193

ABIQUIM: 0800-118270
2 - IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS

Perigos mais importantes:Contém solventes.

Efeitos do produto: Pode causar irritação das mucosas e olhos.

Efeitos adversos à saúde humana: Leve risco de irritação.

Efeitos ambientais: Pode causar dano moderado.

Perigos físicos / químicos: N.A.

Perigos físicos específicos: Ação de solvente sobre os locais sensíveis.

Principais sintomas: Irritação, tosse, náusea.

Página 1 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

CLASSIFICAÇÃO DO PRODUTO:

NFPA HMIS

Risco a saúde: 1 Risco a saúde: 1

Inflamabilidade: 0 Inflamabilidade: 0

Reatividade: 0 Reatividade: 0

Perigo especial: COR EPI: D

Classificado como perigoso de acordo com a norma NBR 147725-2, como emendada.
CLASSIFICAÇÃO DE PERIGO Toxidade aguda: Categoria 4
DO PRODUTO QUÍMICO: Corrosão / Irritação a pele: Categoria 2
Butilglicol Danos / Irritação séria aos olhos: Categoria 2A
SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO Norma ABNT-NBR 14725-2:2009 – versão corrigida 2:2010;
UTILIZADO: Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos,
ONU.
OUTROS PERIGOS QUE NÃO O produto não possui outros perigos.
RESULTAM EM UMA
CLASSIFICAÇÃO:

Elementos apropriados da rotulagem


Pictogramas:

PALAVRA DE ADVERTÊNCIA: ATENÇÃO


FRASES DE PERIGO: H303 Pode ser nocivo se ingerido.
H313 Pode ser nocivo em contato com a pele.
H316 Provoca irritação moderada à pele.

Página 2 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

H315 Provoca irritação à pele.


H320 Provoca irritação ocular.
H335 Pode provocar irritação das vias respiratórias.
FRASES DE PRECAUÇÃO: PREVENÇÃO
P234 Conserve somente no recipiente original.
P280 Use luvas de proteção (látex), roupa de proteção (botas em PVC ou borracha), proteção
ocular (óculos de ampla visão) e proteção facial.
P301 + P 312 EM CASO DE INGESTÃO: Caso sinta indisposição, contate um CENTRO DE
INFORMAÇÃO TOXICOLÓGICA/médico.
P303 + P352 EM CASO DE CONTATO COM A PELE (ou cabelos): Lave com água e sabão
em abundância.
P305 + P351 + P338 EM CASO DE CONTATO COM OS OLHOS: Enxágue
cuidadosamente com água durante vários minutos. No caso de uso de lentes de contato,
remova-as, se for fácil. Continue enxaguando.
P337 + P313 Caso a irritação ocular persista: Consulte um médico.
ARMAZENAMENTO:
P403 + P235Armazene em local seco e bem ventilado. Mantenha em local fresco
DESCARTE:
P501 Descarte o conteúdo e o recipiente em conformidade com as regulamentações locais.
OUTROS PERIGOS QUE NÃO Dados não disponíveis.
RESULTAM EM
CLASSIFICAÇÃO:

3 - COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES

SUBSTÂNCIA: Preparação para em solução tensoativos e solventes.


NOME QUÍMICO COMUM OU D 300
NOME TÉCNICO:
SINÔNIMOS: N.A.
COMPOSIÇÃO: Tensoativo não iônico, álcool, glicóis e veículo.
NÚMERO DE REGISTRO CAS: N.A.

Ingredientes ou impurezas que contribuem para o perigo:


NOME QUÍMICO CAS % NAMISTURA EFEITO
Butilglicol 111-76-2 <10 DL₅₀ (ingestão): 2400 mg/kg

4 – MEDIDAS DE PRIMEIROSSOCORROS

INALAÇÃO: Remova a vítima para local ventilado e mantenha em repouso numa posição que não dificulte
Página 3 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

a respiração. Em caso de paragem respiratória: proceder imediatamente à ventilação


cardiopulmonar, eventualmente suporte de oxigênio. CONTATE UM CENTRO DE
INFORMAÇÃO TOXICOLÓGICAou um médico.Leve esta FISPQ.
CONTATO COM A PELE: EM CASO DE CONTATO COM A PELE (ou cabelo): Remova imediatamente o vestuário,
as joias, e os sapatos contaminados. Lave as áreas contaminadas com sabão neutro e água.
Enxague imediatamente as áreas contaminadas / tome uma ducha. Lave e seque
meticulosamente as roupas e os sapatos contaminados antes de reusá-los. Contate um
CENTRO DE INFORMAÇÃO TOXICOLÓGICA ou um médico.LeveestaFISPQ.
CONTATO COM OS OLHOS: Enxague cuidadosamente com a água durante vários minutos (no mínimo 15 minutos)
mantendo os olhos bem abertos. No caso de uso de lentes de contato, remova-as se for fácil.
Continue enxaguando. Contate um CENTRO DE INFORMAÇÃO TOXICOLÓGICA ou
um médico. Leve esta FISPQ.
INGESTÃO Nunca administre nada pela boca de um indivíduo inconsciente ou em convulsão. Se ingerido,
não induza ao vômito. Dê quantidades enormes de água. Se o vômito ocorrer
espontaneamente, mantenha as vias aéreas desobstruídas. Ofereça mais água quando o vômito
parar. Não oferecer leite ou outro produto a fim de neutralizar a ação do NEUKLIND300,
aplicar pomadas ou colírios somente com orientação médica. Contate imediatamente um
CENTRO DE INFORMAÇÃO TOXICOLÓGICA ou um médico.Leve esta FISPQ.
SINTOMAS E EFEITOS MAIS Descrição breve dos principais sintomas: Náuseas, irritação, tosse, conjuntivites.
IMPORTANTES, AGUDOS E
TARDIOS:
NOTAS PARA O MÉDICO: Tratar o choque sofrido, tratar a inalação com oxigênio medicinal. O tratamento é
sintomático, o alívio imediato e efeitos dos sintomas é o objetivo principal.

5 – MEDIDAS E COMBATE A INCÊNDIO

MEIOS DE EXTINÇÃO: Apropriados:


Utilizar pó químico, CO₂, água de pulverização (névoa) ou espuma.
Não recomendados:
Quantidade elevada de água diretamente sobre o líquido em chamas.
PERIGOS ESPECÍFICOS DA Não há.
MISTURA OU SUBSTÂNCIA: Produto não é inflamável.
MEDIDAS DE PROTEÇÃO DA Evacuar a área. Utilizar equipamentos de proteção respiratória do tipo autônomo (SCBA) com
EQUIPE DE COMBATE pressão positiva e vestuário protetor completo, usar EPI completo. Fazer uso da proteção
INCÊNDIO: respiratória com filtro contra gases ácidos, luvas em PVC, calçados de borracha e óculos de
segurança. Contêineres e tanques envolvidos no incêndio devem ser resfriados com neblina
d’água. Para evitar contato com a pele, mantenha uma distância de segurança e utilize
vestuário protetor adequado. Evitar a contaminação da água de superfície e da água
subterrânea com a água de combate a incêndios.

Página 4 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

6 – MEDIDAS DE CONTROLE DE DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO

PRECAUÇÕES PESSOAIS: Usar óculos de proteção contra respingos, luvas, botas e avental. Utilize EPI adequado
conforme recomendado na seção 8.
PARA O PESSOAL QUE NÃO Evitar contato com a pele, mucosas e olhos. Utilizar equipamentos de proteção individual
FAZ PARTE DOS SERVIÇOS DE recomendado. Assegurar a ventilação adequada. Evacuar a área de perigo, observar os
EMERGÊNCIA: procedimentos de emergência. Se necessário consultar um especialista. Não toque nos
recipientes danificados ou material derramado sem o uso de vestimentas adequadas. Utilize
equipamentos de proteção individual conforme descrito na seção 8.
PARA O PESSOAL DO SERVIÇO Utilizar EPI completo.
DE EMERGÊNCIA: Produto não combustível.
Controle de poeira: não aplicável por se tratar de um produto líquido.
PRECAUÇÕES AO MEIO Conter em caso de vazamento. Não oferece perigo.
AMBIENTE:
MÉTODO E MATERIAIS PARA A Diluir com água.
CONTENÇÃO E LIMPEZA: Disposição:Enviar para confinamento. Os dejetos devem ser descartados em conformidade
com a Legislação Ambiental vigente. Mantenha as substâncias químicas em seus recipientes
originais. Não misturar com outros dejetos. O manuseio de recipientes sujos deve ser
realizado da mesma forma que o do produto em si. Para destinação final, proceder de acordo
com a Seção 13 desta FISPQ.
DIFERENÇAS NAAÇÃO DE Não há distinção entre as ações de grandes e pequenos vazamentos para este produto.
GRANDES E PEQUENOS
VAZAMENTOS:

7 - MANUSEIO E ARMAZENAMENTO:

MEDIDAS TÉCNICAS APROPRIADAS PARA O MANUSEIO


PRECAUÇÕES PARA O Manuseie em uma área ventilada ou com sistema geral de ventilação/ exaustão local, com boa
MANUSEIO SEGURO: iluminação e em local limpo. Evite respirar o vapor produzido pelo produto. Evite contato
com materiais incompatíveis. Produtos químicos só devem ser manuseados por pessoas
capacitadas e habilitadas. Utilizar os equipamentos de proteção individual (EPI) indicado,
luvas de proteção, roupa de proteção, proteção ocular e/ou proteção facial como indicado na
Seção 8. Certificar-se que as embalagens estão identificadas e isentas de contaminação.
MEDIDAS DE HIGIENE: Evite contato com a pele, olhos e roupas. Lave bem as mãos e o rosto cuidadosamente após o
manuseio e antes de comer, beber, fumar ou ir ao banheiro. Roupas contaminadas devem ser
trocadas e lavadas antes de sua reutilização. Remova a roupa e o equipamento de proteção
contaminado antes de entrar nas áreas de alimentação. Nunca coma, beba ou fume em área de
trabalho. Pratique a boa higiene pessoal principalmente antes de comer ou beber, evite o
fumo. Manusear de acordo com as boas práticas industriais de higiene e segurança.
CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO SEGURO, INCLUINDO QUALQUER INCOMPATIBILIDADE.
PREVENÇÃO DE INCÊNDIO E Não é combustível, nem explosivo.

Página 5 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

EXPLOSÃO:
CONDIÇÕES ADEQUADAS: Manter este produto em uma área coberta e seca, ventilada, longe de luz direta e fonte de
calor na sua embalagem original e fechada.
MATERIAIS PARA Recomendados: polietileno.
EMBALAGENS:

8 – CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL

PARÂMETROS DE CONTROLE
LIMITES DE EXPOSIÇÃO Balizar pela matéria-prima de risco.
OCUPACIONAL:
INDICADORES BIOLÓGICOS: N.D.
OUTROS LIMITES E VALORES: N.D.
MEDIDAS DE CONTROLE DE Promova ventilação mecânica e sistema de exaustão direta para o meio exterior. Estas
ENGENHARINHA: medidas auxiliam na redução da exposição ao produto. É recomendado tornar disponíveis
chuveiros de emergência e lava olhos na área de trabalho. Manter as concentrações da
substância ou mistura no ar abaixo dos limites de exposição ocupacional indicados.
MEDIDAS DE PROTEÇÃO PESSOAL
PROTEÇÃO DOS OLHOS/FACE: Óculos de proteção facial.
PROTEÇÃO DA PELE E DO Uniforme e luvas.
CORPO E DAS MÃOS:
PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA: Máscaras.
PERIGOS TÉRMICOS N.A
CONTROLE DE RISCOS Não informado.
AMBIENTAIS

9 – PROPRIEDADESFÍSICO-QUÍMICOS

ASPECTO (estado físico, forma e Líquido, transparente, verde.


cor):
ODOR E LIMITE DE ODOR: Característico
pH (100%): 4,5 a 4,8
pKa Não disponível
PONTO DE FUSÃO / PONTO DE <0ºC
CONGELAMENTO:
PONTO DE EBULIÇÃO INICIAL >103ºC
E FAIXA DE TEMPERATURA DE
EBULIÇÃO:
PONTO DE FULGOR Não disponível
TAXA DE EVAPORAÇÃO Não disponível.
INFLAMABILIDADE: (sólido; gás) Não aplicável.
Página 6 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

LIMITE INFERIOR/SUPERIOR Não aplicável.


DE INFLAMABILIDADE:
PRESSÃO DO VAPOR: Não disponível
DENSIDADE DE VAPOR: Não disponíveis
DENSIDADE: 1,020 a 1,025
SOLUBILIDADE: Solúvel
COEFICIENTE DE PARTIÇÃO – Não disponível
N-OCTANO/ÁGUA:
TEMPERATURA DE N.A.
AUTOIGNIÇÃO:
TEMPERATURA DE Não disponível
DECOMPOSIÇÃO:
VISCOSIDADE: Não disponível.
OUTRAS INFORMAÇÕES:

10 –ESTABILIDADE E REATIVIDADE

ESTABILIDADE E Estável nas condições especificadas de armazenagem.


REATIVIDADE:
POSSIBILIDADE DE REAÇÕES Não há.
PERIGOSAS:
CONDIÇÕES A SEREM Temperaturas altas e contato com produtos ácidos e álcalis.
EVITADAS:
MATERIAIS INCOMPATÍVEIS: Ácidos e álcalis.
PRODUTOS PERIGOSOS DA Cianureto.
DECOMPOSIÇÃO:

11 – INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS

TOXIDADE AGUDA: − DL₅₀ (ingestão) 2.400 mg/kg.


CORROSÃO / IRRITAÇÃO DA Empessoas com alta sensibilidade pode ocorrer irritação.
PELE:
SE INGERIDO Pode ser nocivo por ingestão. Causa náuseas e vômitos.
A ingestão por toxidade aguada não é comum, mas se ocorrer causará irritação no trato
gastrointestinal.
LESÕES OCULARES GRAVES / Causa dor e irritação.
IRRITAÇÃO OCULAR:
SENSIBILIZAÇÃO Por inalação: Causa tosse, sufocação e irritação.
RESPIRATÓRIA OU À PELE: Na pele: É irritante.
MUTAGENICIDADE EM Não é mutagênico em bateria de testes de toxicologia genética.
CÉLULAS GERMINATIVAS:
Página 7 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

CARCINOGENICIDADE: Não disponível.


TOXICIDADE A REPRODUÇÃO: Não disponível.
TOXICIDADE AO ÓRGÃO-ALVO Não disponível.
ESPECÍFICO – EXPOSIÇÃO
ÚNICA:
TOXICIDADE AO ÓRGÃO-ALVO Não disponível.
ESPECÍFICO – EXPOSIÇÃO
REPETIDA:
PERIGO POR ASPIRAÇÃO: Não disponível.

12 – INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS

EFEITOS AMBIENTAIS, COMPORTAMENTO E IMPACTOS DO PRODUTO.


ECOTOXICIDADE: Aumenta o DQOda água.
PERSISTÊNCIA Não disponível.
DEGRADABILIDADE:
POTENCIAL Não disponível.
BIOACUMULATIVO:
MOBILIDADE NO SOLO: Não disponível.
OUTROS EFEITOS ADVERSOS: Não disponível.

13 – CONSIDERAÇÕES SOBRE DESTINAÇÃO FINAL

MÉTODOS RECOMENDADOS PARA DESTINAÇÃO FINAL


PRODUTO: Deve ser eliminado como resíduo perigoso de acordo com a legislação local. O tratamento e a
disposição devem ser avaliados especificamente para cada produto. Devem ser consultadas
legislações federais, estaduais e municipais, dentre estas: Resolução CONAMA 005/1993, Lei
nº 12.305 de 02 de agosto de 2010 (Política Nacional de Resíduos Sólidos).
RESTOS DE PRODUTO: Diluir com água. Resíduos que não mais serão utilizados devem ser descartados conforme
legislação local vigente. Manter restos do produto em suas embalagens originais e
devidamente fechadas. O descarte deve ser realizado conforme o estabelecido para o produto.
EMBALAGEM USADA: Dispor adequadamente como resíduo ou enviar para recuperação em locais credenciados. Não
reutilize embalagens vazias. Estas podem conter restos do produto e devem ser mantidas
fechadas e encaminhadas para descarte apropriado conforme estabelecido para o produto.

14 – INFORMAÇÕES SOBRE O TRANSPORTE

REGULAMENTAÇÕES NACIONAIS E INTERNACIONAIS


TERRESTRE: Resolução nº 420 de 12 de fevereiro de 2004 da Agência Nacional de Transportes Terrestres
(ANTT), Aprova as Instruções Complementares ao Regulamento do Transporte Terrestre de
Página 8 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

Produtos Perigosos e suas modificações.


Número ONU: N.A
Nome apropriado para embarque: NEUKLINCOZ – D300
Classe ou subclasse de risco 9
principal:
Classe ou subclasse de risco N.A
subsidiário:
Número de risco: 9
Grupo de embalagem: N.A
HIDROVIÁRIO: DPC – Diretoria de Portos e Costas (Transportes em águas brasileiras) Normas de Autoridade
Marítima (NORMAM)
NORMAM 01/DCP: Embarcações Empregadas na Navegação em Mar Aberto.
NORMAM 02/DCP: Embarcações Empregadas na Navegação Interior.
IMO – “InternationalMaritimeOrganization” (Organização Marítima Internacional).
“International Maritime Dangerous Goods Code” (IMDG “Code”)
Número ONU: N.A.
Nome apropriado para embarque: NEUKLINCOZ – D300
Classe ou subclasse de risco 9
principal:
Classe ou subclasse de risco N.A
subsidiário:
Grupo de embalagem N.A
EmS N.A
Perigo ao meio ambiente: O produto não é considerado poluente marinho.
AÉREO: ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – Resolução nº 129 de 8 de dezembro de 2009.
RBAC Nº 175 – (Regulamento Brasileiro da Aviação Civil) – Transporte de Artigos
Perigosos em Aeronaves Civis
IS Nº 175-001 Instruções Suplementares – IS
ICAO – “International Civil AviationOrganization” (Organização da Aviação Civil
Internacional) – Doc9284-NA/905
IATA – “International Air TransportAssociation” (Associação Internacional de Transporte
Aéreo)
“DangerousGoodsRegulation” (DGR)
Número da ONU: N.A
Nome apropriado para embarque: NEUKLINCOZ – D300
Classe ou subclasse de risco 9
principal:
Classe ou subclasse de risco N.A
subsidiário:
Grupo de embalagem: N.A

Página 9 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

15 - REGULAMENTAÇÕES

REGULAMENTAÇÕES Decreto Federal nº 2657, de 3 de julho de 1998. Relativa a Segurança na Utilização de


ESPECÍFICAS PARA O Produto Químico no trabalho.
PRODUTO QUÍMICO Lei 12.305, de 02de agosto de 2010. Política Nacional de Resíduos Sólidos.
Decreto nº 7404, de 23 de dezembro de 2010. Política Nacional de Resíduos Sólidos.
Portaria nº 229, de 24 de maio de 2011 – Altera a Norma Regulamentadora nº 26 que trata
Sinalização de Segurança.
Norma ABNT-NBR 14725-4:2012
Norma ABNT-NBR 14725-3:2012 versão corrigida 14.05.2013
Norma ABNT-NBR 14725-2:2009 versão corrigida 26.07.2010
Norma ABNT-NBR 14725-1:2009 versão corrigida 26.01.2010
Decreto Lei nº 96044 de 18 de maio de 1988, que trata da regulamentação do transporte de
produtos perigosos.
Resolução nº 420 de 12 de fevereiro de 2004, que trata de instruções complementares ao
regulamento do transporte terrestre de produtos perigosos.
NBR-7500 da ABNT, que normatiza os símbolos de riscos e manuseio para o transporte e
armazenagem de materiais.
NBR-7501 da ABNT, que normatiza a terminologia utilizada no transporte de produtos
perigosos.
NBR-7502 da ABNT, que normatiza a classificação do transporte de produtos perigosos.
NBR-7503 da ABNT, que normatiza a ficha de emergência para o transporte de produtos
perigosos – características e dimensões.
NBR-9735 da ABNT, que normatiza o conjunto de equipamento para emergências no
transporte de produtos perigosos.

16 – OUTRAS INFORMAÇÕES

INFORMAÇÕES IMPORTANTES, MAS NÃO ESPECIFICAMENTE DESCRITAS ÀS SEÇÕES ANTERIORES:


As informações contidas nesta FISPQ, as quais não representam uma confirmação das características, são oferecidas com boa fé e
como instrumento de orientação e são baseadas dentro do nosso conhecimento atual, sem que incorra em responsabilidade expressa ou
implícita e não isentam os usuários de suas responsabilidades pelo referido manuseio e armazenamento. O consumidor do nosso
produto é responsável pela observação das leis, patentes e normas existentes. No local de trabalho cabe à empesa usuária do produto
promover o treinamento de seus empregados e contratados quanto aos possíveis riscos advindos da exposição ao produto químico.
Caso haja necessidade de esclarecimento ou informações adicionais, consulte o fabricante.
Recomenda-se a leitura desta FISPQ antes do manuseio do produto. O treinamento sobre o produto é de suma importância para o
manuseio seguro do mesmo.

Fonte de Informações -
1. Internet
2. Dados de desenvolvimentos
Página 10 de 11
FICHA DE INFORMAÇÃO E FISPQ
SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO
MAKROQUÍMICAPRODUTOSQUÍMICOSLTDA Nº 124
Em conformidade com a NBR 14725:2012
PRODUTO ELABORAÇÃO REVISÃO DATA
D 300 04/08/2008 04 15/05/2015

3. Informações de matéria prima

N.A. Nãoaplicável LCLo Menorconcentraçãoletal


MS Ministério da Saúde DL50 Dose letal para 50% da população
MA Ministério da Agricultura N.D. Nãodisponível
LT Limite de tolerância

Página 11 de 11