Anda di halaman 1dari 39

TEATRO

A procura
de emprego
Peça em 30 trechos

Michel Vinaver

1970

Paris - França

1
A procura de emprego

Personagens

WALLACE - diretor de recursos humanos da CIVA

FAGE

LOUISE - sua esposa

NATHALIE - filha deles

A peça foi escrita em 1970, isto é: dois anos após as agitações estudantis de maio de 68 e os
eventos políticos decorrentes que quase derrubaram a quinta república francesa; a ação radical
persistiu pelos anos seguintes, principalmente nas escolas e universidades; dois anos após a
legalização do aborto no Reino Unido, e cinco anos antes que uma lei semelhantes fosse votada na
França. A ação da peça se desenrola em Paris, na época em que foi escrita.

12 de abril de 1989

Essa “Nota do Autor” não consta da edição francesa, mas da edição Vinaver, Michel (editado por David
Bradby) – Michel Vinaver. Play:1. London, Methuen Drama, 1997. Achamos oportuno reproduzi-la na edição
brasileira.

MICHEL VINAVER
La Demande d´emploi
théâtre complet, vol. 3
© 2005, L`Ache, Paris.

Coleção Palco Sur Scène


Tradução de Jean-Claude Bernardet – Rubens Rewald (colaboração de Heloisa Jahn)
AllianceFrançaise – Consulado Geral da França em São Paulo – Imprensa Oficial de São Paulo –
Governo de São Paulo – 2008

2
UM
Fage – 67 quilos
Wallace – O senhor nasceu no dia 14 de junho
de 1927 em Madagascar Wallace – Para uma altura de

Louise – Meu bem Fage – Um metro e 71 casado uma criança só


uma filha de 165 anos 17 quase tivemos um
Fage – Sou fisicamente garoto também mas morreu num acidente de
carro
Wallace – É óbvio
DOIS
Louise – Que horas são?
Fage – Fisicamente em plena forma
Nathalie – Pai não faça isso comigo
Wallace – Dá para perceber o senhor tem uma
Fage – É um ideal que a gente constrói junto constituição robusta
quer dizer que não se trabalha só pelo holerite
Fage – Tá tudo certo meu bem consegui tuas
Louise – Você deveria ter me acordado duas passagens para Londres

Fage – É o que eu ia fazer mas você dormia tão Wallace – E quanto aos nervos?
relaxada
Louise – Ela se recusa a ir
Wallace – O que faziam seus pais em
Madagascar em 1927? Fage – Eu mesmo vou pegá-la pelo pescoço e
enfiá-la no avião
Fage – Com teu braço dobrado ficava um belo
quadro Louise – Mas meu bem

Nathalie – Se você fizer isso comigo pai Fage – E quanto aos nervos?

Louise – Não engraxei teus sapatos Louise – No aeroporto de Orly você não pode
passar do controle policial
Fage – Meu pai era médico militar
Fage – é só dar para ela um ou dois
Louise – Você saiu com lama nos sapatos comprimidos

Nathalie – Pai me responde Louise – Que comprimidos meu Deus?

Fage – Na época estava servindo num quartel Fage – Meus nervos são a toda prova tem que
em Tananarive ser

Wallace – Na nossa empresa Nathalie – Pai eu queria te dizer uma coisa que
cê precisa saber
Fage – Mas não guardei nenhuma lembrança
Fage – Então fala
Wallace – Nós damos muita importância ao
homem Nathalie – Estou esperando um bebezinho papai

Louise – eu também queria dar uma passadinha Fage – De quem?


no vinco da tua calça
Nathalie – De um tal de Mulawa
Fage – É uma das razões pelas quais respondi
ao seu anúncio é a razão pela qual a sua Wallace – Assim o senhor resolveu entregar a
empresa me interessa sua carta de demissão

Wallace – O senhor pesa Louise – Muitas vezes são as pequenas coisas

3
que contam meu bem num primeiro contato são
elas que podem ser decisivas se as unhas estão Nathalie – Deixei isso a teu cargo
limpas se tomou o cuidado de engraxar os
sapatos Louise – Terça-feira às 14 horas em Courbevoie

Fage – Já sei se o nó da gravata está bem no Fage – Vamos ver do que se trata é uma boa
meio do colarinho empresa pelo menos série pra dizer a verdade
eu não esperava receber uma resposta positiva
Louise – Se a camisa
Wallace – O senhor pediu a sua demissão
Wallace – Conte porque

Nathalie – Você já viu ele pai eu o trouxe duas ou Nathalie – Você não me fala nada
três vezes aqui em casa
Louise – Mas por que não meu bem?
Fage – Se o vinco da calça
Wallace – Compreendo o senhor não foi feito só
Wallace – O que é essencial no homem que nós para tarefas repetitivas
procuramos é o controle da situação de que ele é
capaz quero dizer o controle de que ele é capaz Fage – Nessas grandes firmas internacionais
da situação normalmente eles não admitem com mais de 35
anos
Fage – Não se deixar levar
TRÊS
Wallace – Assumir
Wallace – O senhor fuma?
Fage – Se tivesse que lembrar de todos os
namoradinhos que passaram pelo teu quarto Fage – Obrigado eu não fumo

Nathalie – Mas este cê poderia lembrar ele é Wallace – Porque o senhor também
negro
Fage – O senhor também parou de fumar?
Louise – A correspondência meu bem Bolachas
Lu lamentamos informá-lo que o cargo pleiteado Wallace – Há três anos
já foi preenchido Meias Dim agradecemos por
sido infelizmente Philips acusamos recebimento Fage – Eu também há mais ou menos dois anos
de seu currículo que não corresponde a Mobilier e meio
de France em resposta a seu pedido de emprego
a Uclaf-Roussel o senhor teve a gentileza Wallace – O senhor ainda tem os dedos um
pouco amarelados
Fage – Como assim negro?
Fage – De jeito nenhum
Nathalie – Como ébano
Wallace – Um pouco
Louise – Toda essa gente poderia pelo menos se
esforçar para dar às suas circulares Fage – Esta carta é datada de 3 de fevereiro
mimeografadas um tom um pouco mais pessoal hoje é 16 quando ela chegou?
mas tem uma carta pra valer vem da Colgate-
Palmolive uma resposta de verdade parece Wallace – O senhor é sincero?

Wallace – Conte como foi essa demissão Louise – Não sei na verdade eu nunca vi este
envelope antes de gritar comigo pergunte a
Fage – Negro de verdade? Nossa que surpresa Nathalie quase sempre é ela que desce para
eu nunca teria pensado falou com a tua mãe? apanhar a correspondência

Louise – Eles querem te ver o quanto antes meu Fage – Uma convocação das Águas Évian mas é
bem além disso a carta é bem simpática tarde demais

4
cartas as outras você larga em qualquer canto e
Nathalie – Pai cê não viu meu livro de daí a gente só as encontra por acaso duas
matemática? semanas depois ou mesmo nunca ofertas como
essa sabe quantas eu recebi até agora? Cê
Wallace – Nós procuramos uma personalidade sabe?
não só particularmente dinâmica
Wallace – Eu gostaria agora que o senhor me
Fage – A convocação era para anteontem dissesse por que acha que é capaz de dar cento
nesse cargo
Louise – Telefone para eles explique pra eles
Louise – Telefone para eles as Águas Évian
Nathalie – Este envelope? Sei lá não me diz
nada Fage – Eles vão adorar

Fage – Nathalie eu procuro um emprego um só Louise – Talvez tenha sido o correio que atrasou
entendeu? Cada carta que chega pode ser meu bem quem sabe na sacola do carteiro
exatamente esse emprego único que eu estou
procurando Fage – Tou te falando a menina nem liga

Nathalie – Quero fabricá-lo papai e ficar com ele Louise – Ah não é uma tragédia

Fage – Um emprego um só é só isso Wallace – Sim me diga quais são os seus


objetivos pessoais?
Louise – Meu bem quando foi que ela te falou
isso? Cê tem certeza de que não era Fage – Profissionalmente ou na vida em geral?
brincadeira?
Louise – Mas ela não tem senso nenhum de
Fage – você ainda está na escola Nathalie realidade

Nathalie – Não vou ficar com ele a vida toda um Wallace – Qual é seu objetivo? Onde o senhor
ano ou dois até ele dizer sua primeira palavra quer chegar?

Wallace – A combinação de um real dinamismo e Louise – Ela quer ver ele andar e depois doá-lo?
de uma personalidade intensamente criativa
Nathalie – Não vou para Londres
Fage – Sim precisam de alguém que seja uma
fonte de ideias não um imitador mas um Louise – Muito amadurecida no plano intelectual
empreendedor digamos que isso corresponde talvez quando se trata de abstrações mas no
bastante ao que eu sou plano da verdadeira inteligência da vida real

Wallace – Entenda bem não basta gerar ideias Nathalie – Meu livro de matemática mãe

Fage – É necessário concretizá-las Louise – Não é aquele que ontem ficou largado
na cozinha?
Wallace – Não só isso senhor Fage é necessário
uma compreensão da empresa para que as Wallace – Nada além disso? Por quê? O que eu
ideias que se possam ter sejam orientadas de gostaria de entender são os seus limites
uma forma específica
Louise – Ela quer ver ele pronunciar sua primeira
Fage – Não estou te pedindo muito Nathalie palavra e depois tchau como se ela não
soubesse que a primeira palavra é mamãe
Wallace – E se organizem conforme um
determinado esquema percebe? Fage – E se você tentasse falar com ela?

Fage – Um pouco mais de atenção não é assim Louise – Como se você não soubesse que ela
tão difícil mas quando você vai buscar a recusa qualquer contato comigo
correspondência só se interessa pelas tuas

5
QUATRO Wallace – O senhor parece estar mastigando tem
alguma coisa na boca?
Fage – Isso realmente faz minha cabeça ah isso
me deduz bastante Fage – Para mim foi um grande alívio

Nathalie – Você toma muito cuidado pai você faz Wallace – Em sete anos o senhor triplicou a
a curva bem rende do outro lado é o precipício receita reorganizou as vendas estruturou a
clientela introduziu métodos promocionais
Wallace – Se for verdade que o senhor é
excelente nos contatos humanos Fage – Quando esse homem franco que é o
senhor Bergognan quando com um sorriso
Nathalie – Não se deixe desviar siga bem a patético ele me fez entrar no escritório dele
curva do vale
Wallace – Porque essa demissão
Fage – Não dá para comparar
Fage – Sim tudo isso foi maquiado desse jeito
Louise – O único jeito de levá-la a Londres é porque era vantajoso para eles e para mim
você ir com ela comigo ela não irá também mas na verdade eles me jogaram na rua
do dia para a noite como um contínuo no
Nathalie – Depois tem um muro de uns 40 envelope as contas tinhas sido feitas o senhor
metros ele é estreito você é obrigado a segui-lo é sabe como é eles já tinham mandado datilografar
uma descida radical a minha carta de demissão pediram que eu a
assinasse em pé no corredor
Fage – Numa situação dessas seria mais o papel
da mãe Louise – Me dá um beijo

Louise – Tudo bem mas comigo ela se fecha Nathalie – É bem legal o Griffith o professor de
culpa minha aliás sempre lhe disse a verdade na inglês hoje de manhã
cara quanto você
Louise – Me aperta forte
Fage – Meu amor sou mais severo com ela do
que você Fage – Claro que o Gergognan era teleguiado
Louise – Você é severo sim e você rasteja a seus
pés Louise – Preciso que você me dê forças

Nathalie – E depois fica tudo fácil Nathalie – Hoje ele nos fez sentar em círculo
para uma introdução à meditação budista sabe
Fage – Você grita com ele engraçado você que que existem verdadeiras técnicas de meditação
em geral se controla tão bem mas as meninas são umas idiotas

Louise – Porque eu sinto que ela me rejeita Louise – Sim estou com um pouco de medo

Nathalie – Você vai? Nathalie – Algumas ficavam rindo

Fage – Não vai você abrindo o caminho Fage – Depois de 23 anos mas eu vou lhe dizer
uma coisa que vai surpreendê-lo não me
Nathalie – Era maravilhoso pai arrependo

CINCO Louise – Não não tenho medo de que você não


encontre trabalho eu sei que quando o dia
Nathalie – Ah ir a Londres com você? A gente vai chegar vai encontrar exatamente o cargo que
passear na Kings Road e na Carnaby Street e procuramos
esvazias as lojas vamos fazer o circuito dos pubs
Nathalie – Os meninos em geral acharam bem
Fage – Meu chuchuzinho ir a Londres agora legal
fazer turismo
Louise – Tenho medo de que você se afaste de

6
mim Fage – Dias melhores

Fage – Principalmente quando a gente ainda Louise – Você tá cansado?


está no auge das suas forças e tem vontade de
tocar para a frente Fage – Na correspondência

Nathalie – Tem um que conseguiu se machucar Louise – Vem dormir


de verdade
SEIS
Louise – Você precisa me dizer
Fage – Sim é um choque isso derruba qualquer Wallace – Para esse cargo? Devemos ter
um mas se conseguir se reerguer recebido entre 150 e 200 candidatos

Louise – Meu bem uma mulher precisa Louise – Contando as passagens de avião a
clínica o quarto do hotel as pequenas despesas
Fage – E então pronto é excelente eu vejo nisso diárias
a oportunidade da minha vida e ainda mais com
essa brutalidade toda isso revigora qualquer um Fage – Mas não temos escolha

Wallace – Em suas orações o senhor agrade ao Louise – Eu sei


senhor Bergognan
Nathalie – Meu papai tá todo carrancudo eu sei
Fage – Um pobre coitado esse aí de onde ele tá chegando com essa cara de cu

Wallace – Por ter lhe ensinado que as coisas Wallace – Esta primeira seleção permite
mais seguras são precárias? identificar uns 30 candidatos sérios que são
submetidos pelo meu departamento a uma
Nathalie – Ficamos todos em círculo em volta entrevista preliminar
dele foi genial o professor até ficou com medo
Louise – Eu estou apalpando a carteiro só isso
Louise – Como você foi fazer essa mancha na
tua capa de chuva meu bem? Nathalie – Ele acaba de receber seu salário-
desemprego
Fage – Meu amor de nós dois é você
Louise – Nathalie quando você fala do teu pai
Louise – O quê?
Nathalie – Quando ele volta é sempre essa
Fage – A mais forte mesma cara de cu

Nathalie – Esperamos ele se recompor Louise – Não diga cara de

Fage – A mais corajosa Fage – Muito organizada percebe-se que


lidamos com profissionais
Nathalie – Foi tão intenso
Louise – É muito penoso para o teu pai tem que
Fage – Claro que nada mudou fazer fila durante horas misturam todo mundo
empregados operários profissionais de nível
Louise – Não to conseguindo superior

Fage – Não se preocupe Wallace – Neste caso em particular


selecionamos seis para uma entrevista mais
Louise – Não é uma mancha de gordura aprofundada

Fage – Vai sair com ácido Louise – Vamos comer

Louise – Experimentei tudo Nathalie – Tenho a impressão de viver num conto


de fadas

7
Wallace – É o único setor onde nãos e pode errar
Louise – Por que essa careta? de forma nenhuma é também o setor onde é
mais difícil não errar
Nathalie – Você sabe dobradinha
Louise – Para qualquer mulher fisiologicamente e
Wallace – Sou eu mesmo que as faço no plano psíquico
pessoalmente
Wallace – Há tantos fatores imponderáveis
Nathalie – Era uma vez numa pequena cabana
Louise – Ainda mais para uma mocinha da idade
Louise – Os miúdos estavam em oferta hoje dela

Fage – Uma delícia Wallace – O erro é uma verdadeira obsessão


entende a importância da subjetividade é enorme
Nathalie – Uma família de papais- aliás nem se deve tentar eliminá-la entre a
desempregados havia o senhor papai- empresa e o recém-chegado deve existir algo
desempregado a senhora papai-desempregado e como um casamento por amor
sua filhinha que se chamava senhorita papai-
desempregado como era gostosa a sua Fage – Vou levá-la para uma semana de esqui
cabaninha a senhora voltada da feira onde tinha pra ela se restabelecer
comprado todas as boas ofertas o senhor
escarafunchava o jornal Nathalie – Quando cês tão bundando na fila cês
devem ficar contando piadas de bunda
Fage – Você exagera o lado psicológico
Louise – Nathalie
Louise – Você tá enganado essa menina é
extremamente sensível Nathalie – Não tenho o direito de imaginar?

Wallace – Dos seis pretendo eliminar quatro de Louise – Uma semana em Courchevel? Mas
modo a apresentar apenas dois ao diretor do como que dinheiro?
departamento para uma entrevista final mas
pode acontecer que eu apresente três ou apenas Wallace – Cada candidato
um ou até mesmo nenhum nesse caso tem que
recomeçar do zero Louise – Londres e depois Couchevel? Já tá
parecendo lua-de-mel
Louise – Mesmo que ela exteriorize pouco ou
nada seus sentimentos Wallace – O senhor por exemplo

Nathalie – A senhorita papai-desempregado Fage – Eu?


escutava um disco deitada de bruços no chão
com os pés pra cima quando de repente Wallace – Eu o considero potencialmente o
próximo diretor-geral da empresa
Fage – Não é o senhor?
Fage – Porque eu?
Wallace – Não é sempre o chefe do
departamento que decida às vezes o diretor- Wallace – É assim que eu considero cada
geral quando se trata de um cargo ao qual ele candidato
atribui especial importância participa dessa
entrevista final Fage – Não se preocupe meu bem

Louise – É um trauma Louise – Eu não me preocupo mas que o nosso


pequeno capital vai minguando
Fage – Primeiro eles dão um calmante para
dormir depois tudo bem Fage – Estou otimista

Louise – Você é que pensa Louise – Essa pequena brincadeira

8
Fage – Já vejo uma luz no fim do túnel ativistas um francês e um americano

Louise – O que ela vai nos custar Fage – Tenho 43 anos nasci em Madagascar

Fage – Pssss Louise – De onde cê tá voltando tão tarde?

SETE Fage – Eles me fizeram esperar pra


absolutamente nada foi humilhante
Wallace – Considerando que a CIVA é uma
empresa jovem moderna dinâmica Louise – Você parece esgotado

Fage – De onde vem esse nome CIVA? Fage – Umas pessoas tão grossas

Wallace – Deixo para o senhor adivinhar Louise – Você não se enquadrava?

Fage – Há um deus hindu Nathalie – Na minha lição de grego pai

Wallace – Sim o senhor sabe tudo o que o Fage – Não é isso era um empreguinho de nada
Ocidente vai buscar atualmente no Oriente
quando se trata de encontrar energias espirituais Nathalie – Um texto de Tucídides bem obsceno
necessária para resistir aos aspectos mais
esterilizantes de nossa sociedade tecnocrática Fage – Com um salário ridículo
CIVA – C.I.V.A Comunidade Internacional
Louise – Talvez não se deva ser tão exigente
Fage – De Viagens Agradáveis?
Nathalie – Eu fiz dois errinhos e a professora
Wallace – Agradáveis? Não disse que tava tudo errado foi ela que não
entendeu
Fage – De Viagens Autogeridas? De Viagens
Assistidas? Louise – Pode ser que desta vez você não tire o
primeiro lugar
Louise – Tá na hora de sair
Nathalie – É bem chato ter que ver vocês dois
Fage – Vamos Nathalie todos os dias

Nathalie – Você não vai me obrigar a entrar Fage – Eles têm a coragem de chamar isso de
nessa clínica diretor de promoção de vendas quando o que
eles procuram não passa de um designer gráfico
Fage – Teremos muito tempo para falar disso no para criar folhetos
avião
Wallace – Além de esqui e do tênis que outro
Nathalie – Ele obriga a filha a ir a Londres para esporte o senhor pratica?
fazer um aborto você imagina essa manchete
nos jornais de domingo? Fage – Para um lançamento de queijos

Fage – Comunidade Internacional Louise – Cuida bem

Wallace – De Viagens Alternativas a partir de um Fage – Prometo


tronco central criado há seis anos não passa
mês ou mesmo semana sem que novas Louise – Que Deus os abençoe
ramificações no início inspirado no modelo do
Clube Méditerranée dando além disso um OITO
destaque todo especial à busca da paz no
mundo conforme o espírito de seus fundadores Fage – Pode-se dizer que remodelei totalmente
CIVA tinha como meta graças a uma mistura de essa equipe nos primeiros seis meses expulsei
pessoas de todos os países e de todos os meios toda a velharia que se aninhava lá contratei
sociais porque CIVA nasceu do encontro de dois jovens feras sujeitos com dentes afiados prontos

9
para morder Nathalie – Eu o ajudei a procurar seu livro juntos
reviramos as estantes
Nathalie – eu o encontrei na livraria das Presses
Universitaires de France no boulevard Saint- Louise – Estou ainda mais convencida disso hoje
Michel na seção de mitologia do que quando te conheci

Fage – Em dois reverti totalmente a situação Fage – Então o senhor me pergunta se tenho um
porque sabe o senhor Bergognan caráter empreendedor mas não se trata apenas
de empreender
Nathalie – Ele me confundiu com uma vendedora
Louise – Somente você que é um grande
Louise – Meu bem você me assusta um pouco especialista das vendas meu bem se somente
ultimamente você aprendesse a dar valor a si mesmo

Fage – É um homem com um talento artístico Nathalie – Ele me disse que era descendente de
incontestável ele mesmo desenha todos os uma tribo antropófaga e que o avô dele era rei
produtos mas vai falar com ele sobre
administração e gestão Louise – Você precisaria se autopromover um
pouco de vez em quando
Nathalie – Ele me perguntou se tínhamos o Cru e
o Cozido do Lévi-Strauss Fage – Foi preciso fé foi preciso uma energia
enorme porque o Bergognan o senhor acha que
Wallace – O senhor tem mudanças brusca de ele encorajava as minhas iniciativas?
humor?
Louise – Você tem grandes sucessos no teu
Louise – Eu sei que isso já dura quatro meses currículo
podemos aguentar seis meses se quisermos
Nathalie – Ele me convidou para tomar um suco
Wallace – O senhor é suscetível?
Fage – E olhe agora a dimensão que isso tudo
Nathalie – Respondi que eu não trabalhava na tomou
livraria
Wallace – O senhor mantém o sangue-frio?
Fage – Ele teve a sorte de ter três colaboradores
de valor que acreditaram Nathalie – Perguntei o que ele fazia

Wallace – Perseverante? Wallace – O senhor se descontrola às vezes?


Acontece de lamentar ter dito determinadas
Fage – Que perceberam o potencial um palavras?
publicitário um economista e eu mergulhei de
cabeça Fage – No ano passado quando lançamos a
linha Macho alcançamos o segundo lugar no
Nathalie – Ele se desculpou mercado logo atrás da Petit BBateauele ficou
com medo o senhor Bergognan isso lhe deu
Louise – Contanto que a cabeça aguente meu vertigem
bem não duvido das tuas capacidades
Nathalie – Ele estuda e vende maconha
Nathalie – Eu ri
Louise – É necessário paciência e sangue frio
Fage – Porque no momento em que o senhor até o momento em que você vai ver você será
Bergognan me confiou a direção das vendas impulsionado pra mais alto ainda

Louise – Você sabe que sempre me orgulhei de Wallace – Decisões tomadas pelo senhor o
você é sim é verdade eu te admiro deixam às vezes inquieto? É perfeccionista?

Fage – Não existia nenhuma política um vazio Fage – Disseram a ele que era pequeno demais
para se defender que era melhor ele vender num

10
momento de pico havia muito tempo que os
tubarões estavam de olho um alemão um italiano Fage – Duro quanto às exigências mas generoso
dois americanos
Wallace – Justo?
Wallace – E sua mulher?
Fage – Sim justo
Fage – Minha mulher é engraçado minha mulher
não é nem de longe o tipo de mulher Wallace – Ponderado?

Wallace – O senhor gosta de planejamento? NOVE

Louise – você não tem nenhum autoridade sobre Wallace – E sua filha?
ela
Nathalie – Você não entende que é o máximo
Fage – Somos felizes fazer uma criança?

Louise – Cego Fage – É uma grande coisa sim uma decisão


Fage – Um casal unido séria

Wallace – O senhor lida bem com os números? Wallace – Que idade?

Fage – Mas é uma esquiadora magnífica de Fage – Já é uma moça está acabando o colegial
classe ela é de uma audácia às vezes inteligente com ela não temos problemas vou
passar uma semana com ela em Courchevel
Louise – Eu me pergunto se quando você a olha para a sua convalescença
com teus olhos um pouco úmidos
Wallace – Doente?
Wallace – O senhor é rápido?
Fage – Um pequeno acidente
Fage – Eu me deixo levar por ela a cada lugar
Wallace – Eu também aprecio Courchevel
Wallace – Quando começa alguma coisa o
senhor vai até o fim? Fage – O que você quer?

Fage – ah sim sempre Nathalie – Saber o que é parir amamentar guiar


a criança até os primeiros passos depois a gente
Wallace – Pontual? passa pra frente tá cheio de casais querendo
uma criança
Fage – Respeitar os horários isso
Fage – Ah os Três Vales é uma região
Wallace – Bem humorado com os colegas? excepcional para esquiar

Fage – Em geral Wallace – Atualmente temos um projeto lá em


andamento dois bilhões e meio
Wallace – Acessível?
Fage – Eu não te entendo
Fage – Sem dúvida
Nathalie – Porque você só me vê de um lado
Wallace – Capaz de decisões impopulares? nossa vida tem vários lados

Fage – Aprendi a ser Fage – De onde saiu esse cinto?

Wallace – Duro? Nathalie – Comprei

Fage – Como assim duro? Fage – Com que dinheiro?

Wallace – Com seus subordinados Nathalie – Peguei na bolsa da mamãe

11
Fage – Você sabe muito bem como sua mãe e Fage – Eu mostrarei a eles o Coliseu Notre-
eu nos esforçamos ara economizar Dame claro o Big Ben porque são coisas que
eles precisar ver mas também o velho bairro
Nathalie – Eu gostaria que a gente não tivesse excêntrico com seus lavadouros públicos seus
nem mais um centavo gostaria que fossemos jogadores de baralho nos terraços
muitos pobres ou muito ricos (cortando o cinto
com um canivete) é pra dar aos passarinhos o DEZ
dinheiro é o trabalho
Fage – Você é uma moça ponderada Nathalie
Wallace – No tocante à organização a não é uma tonta como é que isso foi acontecer?
especificidade da CIVA é ser uma empresa de
duas cabeças uma em Nova Iorque e outra em Nathalie – O que aconteceu não existe
Paris o senhor fala inglês fluentemente não é
Fage – Mas aconteceu assim mesmo
Fage – Eu me viro
Nathalie – ah olha é um vestido?
Wallace – O cargo que tentamos preencher
nasce da necessidade de se criar uma fórmula Fage – Parece mais uma camisola
nova para a grande massa de turistas
americanos que só podem escolher entre uma Nathalie – Mas com punhos de pele
viagem particular que sempre fracassa e o
pacote organizado por agências tipo manadas Fage – É completamente
este novo departamento ele também será
bicéfalo um representante em Nova Iorque Nathalie – Sim transparente
encarregado das vendas e das partidas dos
grupos um representante em Paris encarregado Louise – Mas então
dos itinerários e da animação ele também tem
que ser um vendedor pois é ele graças ao Nathalie – Não foi comigo que isso aconteceu
sucesso das viagens que animou que vai
transformar cada um dos seus clientes em Louise – O que vocês fizeram em Londres?
publicidade viva para as viagens CIVA é preciso
que a Mrs Jones de volta a seu bairro do Fage – Então com quem?
Brooklin contando sua noite no Hilton de Ankara
seu cuscuz etc recrute a clientela das viagens Nathalie – Com uma outra quer dizer eu ou uma
seguintes é por isso que a priori o fato do senhor outra
ter formação de vendedor
Fage – Então você não gosta desse rapaz?
Fage – O senhor falou do Hilton hospedaremos
realmente o nosso pessoal no Hilton? Louise – Vocês ficaram três dias

Wallace – Por que não? O senhor terá um poder Fage – Eu tentei


de compra que lhe permitirá alugar os Hilton
inteiros na baixa estação com tarifas de hotéis de Louise – Como?
terceira categoria e assim poderá oferecer a
pessoas modestas a lua e as estrelas Fage – Eu fiz tudo o que eu pude

Fage – Mil ideias já estão passando pela minha Nathalie – Não quero ter memória
cabeça faço as reservas com um ou dois anos
de antecedência que hotel até o mais sofisticado Louise – O que vocês fizeram?
não ficaria tentado a comprar um seguro contra a
conjuntura? Fage – Passeamos

Wallace – O senhor terá que fazê-los visitar a Wallace – O senhor tem


maior quantidade de países e cidades no menor
tempo possível eles deverão ter a impressão de Fage – Eu sabia que o senhor ia falar da idade
descobrir o que ninguém nunca viu mas sabe a idade é uma coisa bem relativa uns

12
ficam velhos aos 25 anos eu sempre fiz o que
precisava para permanecer jovem a primeira Wallace – Mas o senhor está satisfeito
coisa meia hora de ginástica toda manhã
Louise – Não me espanta que ele tenha
Wallace – Sua idade não é necessariamente um conseguido se livrar de você tão facilmente
problema
Wallace – O senhor gosta de si mesmo e faz o
Fage – Esporte muito esporte deitar cedo dormir que for preciso para se amar sempre um pouco
bastante mais

Nathalie – eu quero ou melhor eu tento viver de Fage – Você quer aquele vestido?
um modo desconectado a gente faz uma coisa
plenamente uma outra plenamente não se tenta Nathalie – Pai cê ficou louvo?
ligar as duas senão
Louise – Ele deve ter ficado pasmo Bergognan
Wallace – Dormir sim se o senhor quer dormir e então você nem se defendeu? Você não fez valer
dorme é um homem cheio de vontade toca pra teus direitos? Não disse pra ele que a empresa a
frente o queixo erguido você tanto quanto a ele? Que não era em vão
que você tinha dedicado 23 anos da tua vida
Louise – E você comprou pra ele esse vestido para consolidá-la? Cê nem teve vontade de
pegar ele pelo colarinho e sacudi-lo até ele dizer
Fage – Você foge das responsabilidades
Fage – Até ele dizer
Nathalie – A responsabilidade é obscena
Wallace – Há outros meios sabe de conservar a
Fage – Era uma oferta juventude menos egocêntricos como não pensar
nela esquecer
Louise – Como?
Nathalie – Por que você está rindo?
Fage – Uma liquidação
Fage – O que vamos dizer pra mamãe?
Wallace – O senhor constrói a sua vida
ONZE
Fage – Na Kings Road
Nathalie – O papai tá ficando um inferno
Nathalie – É essa coisa da responsabilidade que
cria este mundo nojento que faz dos pais o que Louise – Você não tem nenhuma ideia para
eles são animá-lo?

Fage – Nathalie se teus pais não fossem Nathalie – Vou comprar um revólver pra ele me
pessoas responsáveis já pensou parece tão infeliz

Nathalie – Você não vai me fazer pensar Wallace – Excelente excelente

Fage – O que vai acontecer com essa criança Fage – Mas não é só isso tornar cada grupo de
escuta um pouco turistas uma micros sociedade que pratica
autogestão
Nathalie – Olha como é bonito
Louise – O que cê quer? Ele não foi feito para
Wallace – O senhor é um ser absolutamente ficar em casa o dia inteiro
satisfeito
Fage – Sem dúvida mas minha ideia vai mais
Fage – Ah não eu acho que sempre dá para longe
melhorar
Nathalie – E se eu ensinasse pra ele a
Louise – Se você foi tão covarde com o meditação budista?
Bergognan quanto com a menina

13
Fage – Preste atenção introduzir o aleatório não está assinada

Louise – Meu bem se em vez de ir e vir como um Fage – Meu pai era médico num regimento da
urso você arrumasse os seus gibis? infantaria colonial

Fage – Cada viagem começa com um brain- Louise – Não é uma carta de Mulawa?
storm na primeira noite na chegada no hotel o
animador expõe as várias opções de viagem que Nathalie – Não Mulawa não escreve
podem ser combinadas a Roma antiga os fjords
da Noruega Soho by night o muro de Berlim há Louise – Onde ele está?
um número ilimitado de combinações e agora
vocês é que vão decidir Nathalie – Não sei

Nathalie – Pai dá uma olhado você se senta de Louise – Na Casa Poclain eles estudaram
pernas cruzadas atentamente eles procuraram alguém de nível
inferior ao seu pelo menos tiveram a gentileza de
Fage – Cada viagem será única e expressará a responder
personalidade do grupo
Fage – Eles me obrigaram a cavar minha própria
Nathalie – mas primeiro eu preciso te ensinar o sepultura quando atiraram eu já não era mais
princípio da respiração nada

Fage – Viagem aleatório uma fórmula inédita que Louise – Esta é uma boa carta
se diferencia claramente da fórmula das
agências tradicionais Fage – Bastou assoprar para eu cair

Wallace – Mas talvez o senhor esteja Wallace – Como?


esquecendo a questão das reservas
Fage – Dois meses e meio depois da venda eles
Louise – Com esses mocassins sujos? Desse enviaram um de seus Johns um rapaz muito
jeito eles não vão ficar com uma boa impressão simpático ele vinha estudar o mercado francês
de você meu bem ao cabo de dez dias ele tinha entendido o
mercado francês e me dava conselhos precisava
Fage – Enquanto nada indicava que ela já se suprimir dois terços dos atacadistas reduzir a
interessava pelos rapazes margem dos varejistas aumentar em
contrapartida as cadeias de supermercados eu
Wallace – O fato de ter nascido em Madagascar lhe explicava por que o pequeno atacadista na
França ainda é indispensável por que o varejista
Louise – Mas não não é uma questão de ser tradicional quinze dias depois John era nomeado
elegante é uma questão de ser bem cuidado diretor geral de vendas eu permanecia diretor de
vendas pedi uma descrição precisa das duas
Fage – Pelo contrário funções me responderam que nada tinha
mudado John olharia a situação de cima aos
Wallace – Talvez fosse uma predestinação poucos comecei a me perguntar como podia
ocupar meu tempo até o fim do dia tudo
Fage – Eu sou assim não esquento cadeira escapava das minhas mãos na distribuição das
ordens de serviço me esqueciam eu era
Louise – Com esses sapatos fica muito melhor testemunha do processo de desmantelamento de
tudo o que eu tinha construído no decorrer dos
Nathalie – A Casa Poclair a Livraria Hachette a anos
Pré-Natal
Louise – Mas meu bem você parece tão distante
Fage – Viagens isso está no meu sangue
Fage – Encontrei algo para fazer
Louise – Na Hachette eles já encontraram na
Pré-Natal eles acusam recebimento e te Louise – Vou te incomodar mas você precisa tirar
convocação numa data posterior é uma circular todos esses papéis e por que você tirou pra fora

14
todos os teus cachimbos? Eu queria pôr a Wallace – Ah seu pai fumava
mesma o que você tá fazendo?
Fage – Por quê?
Fage – Catalogando minha coleção
Wallace – É interessante
DOZE
Fage – Foi ele que começou a coleção ah ele só
Wallace – é claro que o senhor não tentou matar tinha alguns poucos comprados aqui e ali ao
o senhor Bergognan nem a sua mulher acaso das peregrinações de seu regimento mais
como lembrança ou para uso próprio há um ou
Fage – Matar minha mulher? dois cachimbos estranhos que ele mesmo
batizou
Wallace – O senhor associa estreitamente a sua
mulher ao senhor Bergognan Wallace – Percebe-se que o senhor ainda tem
sentimentos muito vivos quando evoca seu pai
Fage – Somo um casal muito unido me diga se já cachimbo o senhor nunca fumou?
encontrou por aí muitos casais unidos depois de
21 anos de casamento Fage – Não só cigarro e agora nem isso mais

Wallace – Do que o senhor se defende? Wallace – sim o senhor parou há dois anos e
meio
Fage – Bergognan nem vale a pena falar não é
nada não vale mais do que um pano sujo que se Fage – Para dizer a verdade tive uma recaída
joga no lixo depois

Wallace – Aí o senhor se traiu Wallace – Que durou muito tempo?

Fage – Como? Fage (aos gritos) – Tou te falando que eu não


quero do teu bolo de aniversário
Wallace – É o que estou procurando
Louise – Meu bem ele foi comprado vamos
Fage – O senhor procura como eu me traí? comê-lo

Wallace – Não estou tentando levá-lo a se trair o Fage – Sim?


mais frequente e o mais seriamente possível
todo o foco da minha entrevista reside aí não me Ele joga no chão o prato com o bolo.
interesso pelos fatos que o senhor me conta nem
pelas afirmações que faz Louise – Desculpe meu bem eu deveria ter
imaginado
Fage – Nem pelas ideias que eu expresso?
Fage – Imaginado o quê meu Deus?
Wallace – Tampouco mas prossigamos dizíamos
então que o senhor é um colecionador Louise – Essas questões de contracepção eu
não tinha nenhum motivo para pensar que
Fage – Tenho uma coleção de cachimbos de podiam ter um interesse imediato para ela mas
todos os países me ocorreu que se a gente esperasse muito
corria o risco de chegar tarde demais ela se
Wallace – O que o levou a iniciá-la? negou a conversar mas com um desses silêncios
violentos que você conhece
Fage – Sempre a mesma coisa o desejo de estar
em outros lugares cada cachimbo evoca um TREZE
lugar
Wallace – O entrevistado a princípio é como um
Wallace – Cachimbo o senhor mesmo não fuma campo de neve virgem deixo minha marca uma
tela em branco
Fage – Meu pai fumava
Louise – Entende meu bem? Tudo o que nós

15
construímos Louise – Pra mim e pra você para nós três

Fage – E daí? Wallace – Fazer com que a verdade venha à


tona as camadas profundas
Louise – Vou valor a isso
Louise – Não quero deixar tudo isso se
Wallace – O pintor diante do seu cavalete com desmanchar
seu pincel ele começa a tirar o branco é essa a
ação tirar aos poucos todo aquele branco Fage – Não Nathalie

Louise – Não estou pensando no nosso padrão Nathalie – Se essa for sua palavra final
de vida não estou pensando na situação social
de forma alguma eu estaria pronta a recomeçar Fage – Sim exatamente minha palavra final
do zero com você se fosse necessário você sabe
que sou menos apegada às coisas materiais do Nathalie – Vou procurar em outro lugar
que você desde que tenhamos o que comer e
onde dormir um cantinho bem quente porque sou Fage – Me diga onde se encontra dinheiro eu
friorenta tem que ter aquecimento meu bem é costumo pensar que ele se ganha
tudo o que eu peço e mesmo se for necessário
sentir um pouco de frio Nathalie – Não necessariamente

Wallace – Para chegar a um sentimento global Louise – Quanto a isso não tenho nenhuma
uma evidência que não se pode decompor em preocupação estou certa de que você vai
cada um dos elementos que a constituem reencontrar a posição que merece estou mais
segura do que você mais paciente também
Louise – A gente vai se encostar um no outro
bem juntinhos né Wallace – Não contrataria nunca um candidato
que não mente seria um sinal de anormalidade
Wallace – E nós não acreditamos nos testes de ausência de defesa

Louise – Diga que você me ama Louise – Porque eu confio em você

Wallace – É uma maneira de abrir mão da Wallace – O candidato elabora portanto ele
intuição acredita-se que a objetividade vai ser mente ele precisa se ele fizer bem o seu trabalho
alcançado quando na verdade se projetam dizer o que deve ser útil para ele e calar o que
preconceitos sobre gadgets aos quais se faz poderia acredita ele prejudicá-lo
dizer o que já se sabe
Louise – É Nathalie que me apavora e você
Louise -Se a deixarmos ter essa criança Wallace – Uma entrevista bem conduzida é
sempre uma agressão mas pode ser também a
Wallace – Entrevistar aproxima-se do ato criador fonte de uma grande ternura íntima

Louise – O que os outros vão dizer? Não vai ser Louise – Você se vangloria de suas proezas
muito agradável mas isso também pode ser escolares sem dúvida no plano intelectual
superado
Fage – Ela me pediu uma nota de 100 francos
Wallace – Não é olhando o candidato de fora para a Solidariedade Vermelha

Louise – Os vizinhos vão comentar e eles Wallace – Um candidato que acabou não sendo
acabarão se cansando talvez virem a cara pois selecionado me escreveu um tempo depois para
que virem não é o que me apavora o que me me agradecer não sei a entrevista lhe deu a
apavora? Eu sinto uma ameaça em tudo isso possibilidade de enxergar a si próprio para além
de suas múltiplas máscaras
Wallace – Agindo com simpatia colocando-se a si
próprio entre parênteses entrando na pele do Louise – Sim eu sei não podemos ficar com raiva
outro dela ela se comportou como os outros hoje tudo
leva a isso os pais ficam sem saber o que fazer

16
um de meus traços essenciais
Fage – Mas que é?
Nathalie – Eu disse que ia levar 100 francos
Nathalie – Um colega da escola
Fage – Já de cara eu sou um vencedor
Fage – O que ele tava fazendo?
Wallace – No centro da cidade uma piscina
Nathalie – Pintando um muro olímpica a céu aberto com as geleiras ao fundo

Fage – O quê? Louise – A Germaine me pediu para não divulgar


o nome dele nem mesmo pra você
Nathalie – Palavras
Nathalie – Para pagar os advogados
Wallace – Para mim foi mais do que uma simples
satisfação profissional Wallace - Chega-se de esqui até dentro do
recinto da piscina
Louise – Mas quando ela chega e nos diz eu
quero fazer esta criança é a palavra que ela usou Fage – Ah é extraordinário
não é? Fazer? Fazer durante as férias ficar com
ela durante um anos e depois passar adiante Nathalie – É necessário

Nathalie – Nós conseguimos nos dispersar Wallace – As pessoas usam maiô debaixo das
suas roupas de esqui
Louise – Sei muito bem que você disse que não
concorda Fage – Elas abaixam as calças e vupt na água

Nathalie – Os tiras o pegaram Louise – Não é um médico suspeito pelo


contrário é um idealista ela me disse que ele faz
Louise – Mas então o que aconteceu em isso por convicção e somente quando está
Londres? intimamente convencido

QUATROZE Fage – Não meu problema é que eu venho de


uma área profissional tão diferente
Fage – O senhor se engana completamente
Louise – Porque os riscos não devem ser
Nathalie – Você foi receber seu salário- ignorados
desemprego?
Nathalie – Então pai?
Fage – Não não
Fage – Vou ter que aprender tudo
Nathalie – Porque eu preciso de dinheiro ainda
hoje Wallace – Em algumas semanas um homem
como o senhor dá conta do problema
Fage – Se o senhor pensa isso é que eu me
expressei mal expliquei mal Nathalie – O papai ficou a manhã toda prostrado
nessa poltrona
Nathalie – Para um colega uma vaquinha
Louise – O que é essa história de Solidariedade
Louise – Telefonei para a Germaine que conhece Vermelha?
um médico que fará isso
Nathalie – Quando um militante da escola está
Fage – Pelo contrário na cadeia

Wallace – Estamos fazendo isso 450 metros Louise – Sabe que não acho nem um pouco
acima de Courchevel engraçado

Fage – Eu sou essencialmente um otimista é até Wallace – Vender é universal

17
Louise – Seu pai ficou muito afetado por isso Nathalie – Não grita

Wallace – Quanto a isso não tenho a menor Fage – Tinha a esperança de que eles abririam
preocupação a minha preocupação os olhos

Louise – Que você lhe peça dinheiro bem agora Wallace – O senhor pensou que era um mau
momento que iria passarinhos
Nathalie – Que
Fage – Ficar ligado esperar aguardar
Louise – É infantil
Wallace – No fundo o senhor tinha medo
Nathalie – Somos animais?
Fage – Eles temiam pelo futuro deles eu pelo
Wallace – O senhor ficou 23 anos contrário

Fage – Sim Wallace – Medo de se afastar o senhor gostava


demais da empresa
Wallace – É muita fidelidade talvez demais
Fage – Tinha que proteger meus colaboradores
Fage – Quando se criou uma equipe quando se
acredita na missão que se cumpre e que não Wallace – Otimista e generoso
está nunca acabada tenho talvez uma
concepção da dignifidade humana que não é Fage – E além do mais eu não desprezo a
mais comum hoje em dia mas não não me fidelidade
considero uma mercadoria
Wallace – Claro é uma virtude tão rara
Wallace – Quando depois da compra pela firma
americana Fage – Meu pai que tinha conseguido estudar
medicina sendo que o pai dele era professor
Fage – Estávamos no meio de uma promoção primário
muito importante eu não podia largar tudo
Louise – Já acabou meu bem de catalogar tua
Louise – Você deveria ter me acordado coleção

Fage – você dormia tão profundamente Fage – Seu desencanto quando entrei na firma
de Bergognan como representante de vendas de
Wallace – Mas o senhor suspeitava camisetas

Louise – Teus sapatos Louise – E se você organizasse agora todos


esses gibis já que não quer jogá0los fora de jeito
Fage – No fundo no fundo eu esperava nenhum

Wallace – Quer dizer? Wallace – Ele não entendeu?

Fage – Eu lhe disse eu sou um otimista Fage – Ele achava que era uma decadência e no
entanto
Louise – Choveu ontem
Louise – Ache alguma coisa pra fazer
Fage – Meu amor
Fage – Nos últimos anos eu o convenci de que o
Louise – Teus sapatos estão sujos comércio não é menos nobre que a atividade
militar mas ele justamente só entrou no exército
Nathalie – Pai estou tentando fazer a minha lição porque seus pais não tinha como ajudá-lo a
de matemática montar um consultório se fosse hoje ele seria
médico num hospital público ele não tinha
Fage – E daí? nenhuma noção de concorrência

18
tudo o que vou ter que fazer durante o dia
Wallace – O que ele queria que o senhor
fizesse? Wallace – Fica muito tempo debaixo do
chuveiro?
Fage – Estudar aprender mas eu é a vida que
me interessava por logo a mão na massa Fage – Estou esquecendo na verdade antes de
tomar banho
QUINZE
Wallace – Ah
Wallace – A sua mulher o acompanha?
Fage – Claro faço ginástica começo pela
Fage – Raramente ela esquia um pouquinho não saudação ao sol é um movimento de ioga muito
muito simples que permite desabrochar uma maneira
de tomar o impulso para o dia
Wallace – eu não faço muito esqui de pista mas
passeios Wallace – Antes de se barbear?

Fage – Nós também fazemos verdadeiras Fage – Não consigo fazer a barba antes de
façanhas passar a noite nos refúgios dias inteiros minha xícara de café
na total ah eu o levaria com prazer conheço
trilhas que bem poucos conhecem Wallace – O senhor pratica ioga?

Wallace – Descobri no ano passado alguns Fage – Encontrei esse movimento num programa
recantos quem sabe não teremos a oportunidade de TV achei curioso experimentei
mas para o senhor é uma verdadeira paixão
Wallace – Estávamos no banho
Fage – Quando se leva uma vida como a minha
Fage – Desculpe no banho muitas vezes eu
Wallace – Acelerada descubro a solução de meus problemas as
decisões irrompem chego a esquecer o tempo
Fage – O esqui é uma ruptura com tudo o que é isso até que um escarcéu na porta me traga de
confuso mesquinho é se libertar da gravidade volta é a minha filha Nathalie querendo usar o
voar penetra-se no desconhecido controlamos banheiro antes de ir à escola
todos os músculos há uma espécie de harmonia
entre a imensidão que nos envolve e o interior do Wallace – Se esse Mulawa quiser casar com a
corpo e é a minha filha com ela nos esquis sua filha
somos unidos formamos uma dupla célebre em
Courchevel ah o Fage e a filha dele Fage – Nathalie tem dezesseis anos e aliás ela
não quer saber de casamento nem de aborto
Wallace – A que horas costuma acordar?
Wallace – E o senhor?
Fage – Cedo estou de pé entre cinco e seis
Fage – Tem filhos o senhor?
Wallace – O que faz entre o momento em que se
levanta e o momento em que sai para o Wallace – Se o pai fosse branco
escritório?
Fage – E talvez pense que eu sou racista?
Fage – Desculpe mas não estou entendendo
Wallace – É interessante no seu caso essa
Wallace – Sou eu que me desculpo se a minha passividade assim como se deixou reduzir a pó
pergunta não foi clara na empresa do Bergognan

Fage – Tomo um banho Fage – Como?

Wallace – Muito bom quente? Wallace – Eles lhe pediram para baixar as calças
e depois para andar de quatro de bunda
Fage – Morno debaixo do chuveiro recapitulo empinada e foi o que o senhor fez

19
Wallace – Projetos é o que não nos falta
Fage – Como?
Nathalie – Ah mas pai eu sou feliz feliz
Wallace – Sou eu que lhe pergunto não foi por
covardia congênita até pode se dizer que o Louise – Começo segunda-feira
senhor tem uma personalidade corajosa foi a
necessidade de se sentir protegido o senhor tem Nathalie – Toda esta cidade não não é a cidade é
alguma coisa infantil o universo todo põe a mão aqui sente como meu
coração bate?
Fage – Eu lhe asseguro que fiquei aliviado
quando acabou Wallace – Saiba que se o seu trabalho der certo
se o nosso pequeno empreendimento de turismo
Wallace – Exatamente deixou que eles fizessem americano deslanchar bem
o que o senhor sabia que devia fazer mas não
ousava fazer o senhor se aliviou como bem disse Louise – Claro fiquei um pouco com medo meu
bem mas tudo foi tão fácil
Fage – Esses rapazes que recrutei formei com
eles eu tinha uma responsabilidade Nathalie – Agora põe a mão aqui não mais
embaixo lá onde outro coraçãozinho está
Wallace – E o senhor tenta encontrar na sua batendo não dá pra ouvir mas eu tou sentindo
noção de dever um álibi para a sua covardia o
que aliás duplica a covardia Louise – Além disso um salário nada desprezível
sabe estou contente bem contente
Fage – Senhor eu tenho um outro encontro
Wallace – Não o deixaremos muito tempo nesse
Wallace – Sente-se cargo porque precisaremos do senhor para
lançar um ou outro projeto mais importante
Fage – Engula suas palavras poderia ser em arqueologia como também
poderia ser nas peregrinações onde tudo está
Wallace – Vamos quieto por fazer no setor das férias para delinquentes e
deficientes
Fage – Você também cala a sua boca
Louise – E assim não vai ser necessário pelo
Wallace – Bem estou anotando suas diferentes menos não agora vender tua coleção
reações capacidade de aguentar golpes controle
sobre si arroubo de dignidade Nathalie – Ah pai não aguento mais

DEZESSEIS Fage – Você não tá se sentindo bem?

Nathalie – Que torre é essa que se destaca? Nathalie – Sim sim mas vivi tudo isso tão forte

Fage – É o Big Ben Louise – Só de pensar nisso eu ficava doente

Nathalie – E aquela construção? Fage – Eu não quero que você traalhe

Fage – É o Parlamento Louise – Mas já tá feito meu bem já assinei e vai


ser muito bom pra mim sabe
Nathalie – Pai eu sinto enjoo todo dia de manhã
Nathalie – Era como uma brasa tudo ardia
Fage – Já à direita é Westminster
Wallace – Na espeleologia está acontecendo um
Nathalie – Papai por que a gente é feliz? movimento considerável do qual há apenas um
ano ninguém tinha ideia mas nós o tínhamos
Wallace – Se o senhor conseguir previsto e no iatismo no paraquedismo não na
nossa empresa não o deixaremos saborear seus
Louise – Deu certo meu bem sucessos antes de respirar será impulsionado
para mais longe mais alto

20
Fage – Eu gosto Nathalie – Já escutei tudo

Nathalie – Pai cê sabe o que é um momento Fage – Eu tinha um pequeno formigamento nos
privilegiado? dedos da mãe esquerda Wolff me disse que não
é nada estou em plena forma não chegou
Fage – Mas eu quero vendê-los de qualquer correspondência hoje?
forma
Louise – Pronto tua capa de chuva que voltou
Louise – Por quê? novinha da lavanderia a mamãe telefonou ela
tem uma ideia pra você mas por que você tá
Wallace – A humanidade está ociosa o indivíduo rindo?
tem cada vez mais tempo ele sabe cada vez
menos o que fazer com ele essa ociosidade nos Fage – Por nada porque penso que tenho sorte
diz respeito de ter uma mulherzinha como você porque a vida
é fascinante apesar das dificuldades
Fage – Isso não me interessa mais
DEZESSETE
Wallace – Nossa vocação é estimulá-la
Fage – Chegamos à porta da clínica eram umas
Louise – De onde cê tá vindo meu bem? seis e meia da tarde

Fage – Do médico Louise – Vocês entraram?


Fage – Não
Louise – Não para Nathalie?
Wallace – E em relação à política?
Wallace – Mas há fomes e sedes que ainda não
foram saciadas nenhum alimento Fage – Não me preocupo com política sou contra

Louise – Mas qual? Wallace – Em relação à liberdade sexual?

Fage – O doutor Wolff Louise – Por quê? Ficaram muito tempo diante
da porta?
Louise – Mas eu não o conheço
Fage – Não tenho preconceitos mas veja a
Wallace – Nosso presidente nos dizia outro dia minha filha Nathalie ela quer a revolução ela está
numa reunião de diretoria senhores ponham na com dezesseis anos já cansada de fazer o que
cabeça que vendemos no sentido pleno do termo ela quer e quando digo fazer ela não faz ela vai
um produto alimentar sendo levado pelo que aparece quando eu digo o
que ela quer ela não quer nada ela é sujeita a
Fage – Tá na hora vamos Nathalie veleidades só que veleidades isso arrebenta com
a vida familiar não há comunidade que aguente
Nathalie – Aonde? não se pode concordar minha mulher nem fica
mais chocada ela só fica exaurida só isso e
Fage – Fazer um pequeno check-up é um assim ela se exaure nós nos exaurimos uns aos
cardiologista outros eu acredito que haverá uma reviravolta
não há milhões de coisas novas no mundo então
Louise – Você não tá bem? será necessário fazer marcha a ré ah revolução
isso diz exatamente o que quer dizer que gira
Wallace – Trata-se justamente de descobrir os gira e tudo volta ao mesmo ponto
caminhos de um novo humanismo
Nathalie – Era como uma música
Fage – Pelo contrário estou muito bem
Louise – E daí vocês voltaram?
Louise – Então
Wallace – Entre estas duas coisas com qual o
Fage – Na clínica ah escuta senhor se identifica mais facilmente um braço

21
uma perna
Nathalie – foi entre três e quatro da madrugada
Fage – Uma perna
Fage – São bem legais as pessoas de lá
Wallace - Uma cabeça um coraçãozinho
Nathalie – Durante quinze vinte minutos deu pra
Fage – Um coração fazer o negócio sem problema eu estava de
guarda na esquina da rua do Marché
Wallace – Um leopardo uma abelha
Fage – Bem legais
Fage – Não imediatamente
Louise – Estão interessados?
Louise – Acho que tenho o direito de saber
Fage – Muito são pessoas que falam a mesma
Fage – Um leopardo língua que nós eles têm vários outros candidatos
com bons currículos
Wallace – Um vaso um tapete
Nathalie – Uma patrulha apareceu só que do
Fage – Um vaso um tapete? outro lado

Wallace – Um baso um tapete Louise – Come meu bem Nathalie

Fage – Um tapete Nathalie – Logo depois os cassetetes

Wallace – Uma multidão um deserto Louise – Você corta o apetite dele meu bem você
sabe muito bem o quanto mamãe te admira ela
Fage – Já disse pra você pensa que bastaria que pelo menos algumas
empresas soubesse que um homem do seu valor
Louise – foi você que mudou de ideia? Foi ela? está disponível mas como fazer para que fiquem
sabendo? Ela diz que você poderia mandar uma
Fage – Uma multidão carta ao Le Monde relatando as dificuldades
encontradas por um executivo ainda longe de
Louise – E você que estar velho a pouca vergonha das respostas que
se recebe a degradação moral a lenta ascensão
Wallace – O vestido o nu da angústia é possível que o Le Monde publique
você mencionaria toda a sua experiência
Fage – O nu profissional seus méritos seus sucessos

Wallace – O malandro o sádico Fage – E depois o acidente e depois o vazio

Fage – O malandro Louise – Não para você se queixar mas para


ilustrar uma das coisas que não estão
Wallace – Umna lágrima um latido funcionando na nossa sociedade de hoje

Fage – Um latido Fage – Não tou entendendo o que tua mãe quer
comigo não tou entendendo onde ela mete o
Louise – Tá na mesa meus queridos tá na mesa nariz
Louise – Justamente o que precisaremos
Fage – Eu dei uma volta até a praça Saint
Sulpice foi bem agradável Fage – Entulho precisa ter entulho por que não
haveria entulho? 23 anos pra virar entulho
Nathalie – Genial mãe cê faz as melhores
batatas fritas do mundo Nathalie – Desandei a correr nunca corri tão
depressa
Fage – Então qual é a ideia maravilhosa da sua
mãe? Estou na minha melhor forma estou Fage – Que proeza
voltando da Colgate-Palmolive

22
Nathalie – Só que o Roland tropeçou Wallace – A proximidade a distância

Louise – Quem é Roland? Fage – A proximidade a distância a proximidade

Nathalie – Eles o pegaram Wallace – O óleo a gasolina

Fage – 23 anos a gente deveria ser demitido de DEZOITO


dois em dois anos há muito tempo que não
respiro tão bem como agora sabe ainda sou Wallace – Nascido há 43 anos em Madagascar
capaz de saltar meus quatro metros e 95 em de pai médico militar e de mãe sem profissão
distância Nathalie você nunca usou o teu vestido ambos falecidos casado uma filha último
o de Londres emprego diretor de vendas nos
Estabelecimentos Bergognan o senhor não tem
Wallace – O aço a lã títulos universitários

Fage – Queria te ver com aquele vestido Fage – O senhor nada de canudos todos os
meus títulos foram conquistados na vida
Wallace – A lua o sol
Louise – De onde vem isto?
Fage – O sol
Nathalie – Não sei
Wallace – O esperma o cuspe
Fage – Meus títulos são os lucros da empresa
Fage – O esperma multiplicados por dois a cada três anos durante
dez anos é uma receita multiplicada por 15
Wallace – Uma partida uma chega enquanto meus principais concorrentes
estagnavam
Fage – Uma partida
Louise – O que é isto?
Wallace – Uma hiena um rato
Nathalie – Um arco
Fage – Um rato
Louise – Não estou cega
Wallace – Uma barriga um dorso
Fage – É a organização que deixo atrás de mim
Fage – Tudo isso está sendo anotado na minha sólida pronta para enfrentar qualquer coisa é o
ficha? ambiente que eu criei

Wallace – Dou entrada a suas escolhas nesta Louise – E você não sabe?
grade isso leva a um perfil que possibilita alguns
cruzamentos uma barriga um dorso Fage – Um ambiente estimulante um ambiente
fraternal que faz com que para cada um dos
Fage – Me recuso a continuar meus homens os interesses da empresa venham
antes de qualquer outra coisa quando eu dizia
Wallace – Como quiser vamos então íamos quando eu dizia é assim
então era assim
Fage – Uma barriga
Wallace – Quanto ganhava?
Wallace – A perversidade a mediocridade
Fage – Com todas as comissões chegava a
Fage – Qualquer que seja a resposta ela se volta 91.000 bruto por ano
contra mim vou parar
Nathalie – Não estou vendo flechas
Wallace – Não fique na defensiva a perversidade
Wallace – E o senhor está pedindo
Fage – A mediocridade
Fage – Para mim o salário não é o fator mais

23
importante o que procuro antes de mais nada imagem dessa criança de 16 anos se enfiando
debaixo do primeiro negro que escapou da selva
Louise – Um de seus colegas? sem que tenha havido violência sem que tenha
havido paixão emoção nem mesmo precaução
Nathalie – Deve ser papai
Fage – Não é a cor dele
Wallace – Apenas de tudo as pessoas na sua
idade não se demitem sem mais nem menos Wallace – E como deixar essa dado fora do
sem garantir a retaguarda quadro? Com esta outra imagem vem em
seguida a do menininho de lábios grossos cabelo
Fage – De tanto fazer o que é razoável perde-se crespo e o som da voz dele quando o chamar de
a dignidade vovô

Nathalie – Você falou tanto que ele precisava Louise – Mas parece que seria normal Nathalie
achar alguma coisa para fazer
Fage – Sim você poderia convidá-lo para
Wallace – Então explique almoçar

Nathalie – Tá novinho Louise – Ou jantar à noite a gente se sente


Louise – Mas melhor diz mais facilmente o que tem a dizer

Nathalie – E eu que queria comprar pra ele um Fage – Como sabe que será um menino?
revólver
Wallace – O senhor nunca superou a morte de
Louise – Que ideia seu filho

Nathalie – É bonito Nathalie – Se é isso que vocês querem

Fage – Ah uma história banal venda da empresa Wallace – O senhor nunca se perdoou a sua
porque funcionava bem demais americanos que imprudência quando ultrapassou aquele
não entendem nada teria sido necessário que eu caminhão no final da subida de Marly-le-Roi
aceitasse continuar a trabalhar nessa firma onde
tudo o que construí estava sendo desmontado Fage – Normalmente dava para eu passar

Wallace – Sua demissão teve de alguma forma Nathalie – Só que não sei mesmo o que vocês
para o senhor o valor de uma mensagem vão achar pra conversar

Fage – Me diga Nathalie por que a gente Fage – Se o Peugeot atrás de mim não tivesse
trabalha? Para ganhar a vida? Mas que vida? Eu no mesmo instante saído da sua faixa Nathalie
sei que a gente precisa ter uma ocupação eu vou não quer ficar com ele mais de um ano ou dois
me ocupar me ocupar olhando este grão de troca-se de criança como se troca de carro
poeira quando ela quiser alguém lhe fará uma outra que
então ela vai guardar essa talvez me chamará de
DEZENOVE vovô mas o senhor sabe

Nathalie – Se eu amo Mulawa? Você tem cada Nathalie – ele não é de falar muito
pergunta
Fage – Não tenho pressa
Wallace – É essa imagem
Louise – Do que ele gosta?
Louise – Mas você poderia pelo menos
apresentá-lo para a gente Wallace – É o homem por inteiro que temos que
visualização não existe uma balança onde se
Wallace – Há imagens fortes de que não ponha de um lado os pontos fortes do outro os
conseguimos nos livrar quanto menos as pontos fracos o que importa é a totalidade única
suportamos mais insistentes elas ficam e indivisível
naturalmente o senhor sempre esbarra na

24
Nathalie – Ele adora nadar Wallace – O senhor não se interessa pela
Wallace – Difícil de apreender evolução do mundo? Do País?

Nathalie – Para encontrá-lo é só percorrer as Nathalie – As histórias de sacanagem formam


piscinas os bares os parques e lá que ele mais da metade do corpus
encontra sua clientela mais fiel
Wallace – As grandes questões de interesse
Louise – De esquerda só pode ser? público? A moradia a escola as explosões
atômicas?
Fage – Foi ele que encheu a tua cabeça com
essas ideias de guerrilha urbana? Fage – eu queria dizer

Nathalie – Ele é totalmente inconsciente em Nathalie – Tem histórias de padres de fantasmas


termos de política o marxismo só o interessa de de judeus de loucos
um ponto de vista semântico mesmo a luta anti
imperialista e anticolonialista não é que eu não Wallace – O senhor se envolver com política? A
tenha tentado explicar ele só boceja política é melhor deixar para os outros não é?

Louise – Vai ser um jantar encantador Nathalie – Tem histórias de militares de médicos
e de pacientes de coveiros e de cadáveres
Nathalie – Ele se interessa muito por tudo o que
tem a ver com rango Wallace – Não é mesmo senhor Fage?

Fage – Você vai ter que se superar meu bem Fage – Então ele deve conhecer um monte?

Louise – Ele come de tudo? Nathalie – Tá estudando a maior quantidade


possível de variações o que ele pesquisa é a
Fage – Do que ele gosta? invariante o que não muda

Nathalie – O que ele mais gosta é rins flambados Louise – O que você tem meu bem?

Fage – O que ele faz? Ele faz alguma coisa? Fage – Mas nada

Nathalie – Ele coleciona piadas ele está Louise – Você sabe essa menina é bastante
preparando uma tese sobre a estrutura das mitômana começo a me perguntar
piadas ele é genial mas completamente
silencioso Fage – O Bergognan nunca entendeu nada do
espírito de equipe
Wallace – É lamentável mas compreensível
Wallace – O pontapé na bunda não é?
Fage – Devo lhe assegurar
Louise – Eu me pergunto mas isso não é
Wallace – De tanto ficar inativo possível

Fage – Piadas como assim piadas? Fage – Mulawa Mulawa

Nathalie – Histórias sabe que os homens contam Louise – Na verdade eu me pergunto


com o único fim de fazer rir
Nathalie – Mãe por que o papai tá rindo sozinho?
Fage – Se o senhor estiver tentando me fazer
dizer o contrário do que eu disse Fage – Saindo do banho Mulawa?

Wallace – O senhor não disse que é contra a Louise – Acrescenta a isso o prazer que ela tem
política? em nos colocar em situações ridículas

Fage – Eu disse Fage – Não foi tão simples assim conseguir um


quarto por mais que eles estejam construindo

25
hotéis procuramos um papaizinho bem bacaninha
Louise – É até o caso de se perguntar se tem Wallace – Mas isto não pressupõe nenhum juízo
uma só palavra verdadeira em tudo isso a priori não descarto nem o don juan o que se
chamaria vulgarmente o comedor
Fage – Londres está lotada
Nathalie – São alegres esses classificados em
Louise – Desde o início que as pessoas se oferecem a todo mundo dá
vontade de colhê-las
Fage – Finalmente consegui um quarto com uma
cama sem banheiro Wallace – Nem o impotente nem aliás o mês
passado contratei um homossexual
Louise – Esse encontro na livraria esse bebê me
pergunto se tudo isso não passa de invencionice Nathalie – O que eu sou lhes ofereço venham
se não foi ela quem imaginou tudo seria bom que venham que eu vou degluti-los
ela fosse examinada
Louise – Você poderia pegar o carro e largá-los
Fage – Eles dizem que é uma cama de casal num depósito de lixo

Louise – Então meu bem não precisamos de Wallace – Tratava-se de um cargo de confiança
nada além disso ainda mais se ela der entrada mas sua homossexualidade confessa era
na clínica no mesmo dia cê tá com as adequada à estrutura dinâmica na qual as
passagens? Cê vai nos levar ao aeroporto? tensões se equilibram harmonicamente pelo
contrário às vezes diante de um indivíduo normal
VINTE fico desconfiado

Wallace – Sua vida privada Fage – Ir para o interior e enterrá-los

Louise – Vamos jogá-los fora? Louise – Seria mais simples jogar no Sena

Fage – Queimá-los? Wallace – O indivíduo normal é frequentemente


um recalcado cujas energias se esgotam nas
Wallace – Quero ser muito claro ela não nos diz batalhas sempre renovadas no nível do
respeito subconsciente

Louise – Se os jogarmos Nathalie – Pai esses cem francos

Wallace – A não ser pela influência que ela possa Louise – Mas sempre tem gente que fica olhando
ter sobre sua atividade profissionalmente
Nathalie – Vou te devolver
Nathalie – Procuramos administrador
excepcionalmente capacitado ao qual Wallace – Geralmente nele se escondem as
oferecemos angústias mais difíceis de controlar

Fage – Não na lixeira alguém poderia encontrá- Nathalie – Temos que levantar 1.500 francos até
los hoje à noite pra pagar a gráfica

Wallace – Se queremos ter alguma informação a Wallace – O neurótico não falo do psicopata
respeito se por exemplo é importante para nós
saber se o candidato tem uma vida privada Fage – O senhor é um executivo audacioso tem
turbulenta ou ao contrário tranquila sede de grandes responsabilidade tem dentes
afiados deseja se inserir
Louise – Mas queimá-los? Não temos lareira
Wallace – O senhor
Fage – Mesmo na lareira
Nathalie – Então vêm ou não vêm esses cem
Nathalie – Esse anúncio no Le Monde paizinho paus pai por favor?
você não respondeu? Você deveria oferecemos

26
Wallace – O senhor se considera um homem Nathalie – Os tiras receberam ordem de fazer
normal? provocações daí eles ficam fazendo hora perto
da escola vestidos de civis
VINTE E UM
Wallace – A conjuntura sócio-econômica
Wallace – E à noite o que o senhor faz? incluindo um comentário sobre o momento
político
Louise – Gostaria tanto que você pusesse ordem
nesses gibis velhos Louise – Comprei com meu primeiro salário meu
bem
Wallace – amigos o senhor tem muitos?
Wallace – E o senhor está vendo este pequeno
Nathalie – Que que cê tá escondendo aí? campo?

Louise – Pssss é uma surpresa para o papai Louise – Ele data da Revolução Francesa

Fage – É raro que eu não leve uma pasta ou Fage – Realmente ele cabe bem na mão
duas para casa à noite bem que minha mulher
gostaria que passássemos mais tempo vendo Wallace – Neste pequeno campo o senhor vai
televisão anotar tudo o que não funciona bem na empresa
tudo o que emperra o movimento tudo o que
Louise – Uma surpresa pra você pode provocar atrasos paralisar a tomada de
decisões
Wallace – O senhor redigirá um relatório mensal
resultados de vendas movimento financeiro Louise – Mas onde você guardou?
comportamento da concorrência
Fage – O quê?
Louise – Você não vai abrir?
Louise – A tua coleção
Fage (abrindo o pacote) – Pronto
Fage – Ah ela não está mais aqui
Wallace – Reações e queixas de consumidores
Louise – Não me diga que a vendeu?
Louise – Você gostou? Pertenceu ao capitão
Bodington que comandava um navio na Fage – Não não
esquadra do almirante Nelson nunca foi fumado
desde o naufrágio em que ele faleceu Louise – Ah

Fage – Quem? Nathalie – Papai desceu pra rua

Louise – Quem? O capitão Bodington Wallace – é assim que uma empresa pode
preservar a sua juventude evitar toda e qualquer
Fage – Ah esclerose retificações constantes da trajetória

Louise – É o sarro original Nathalie – ele fez plantão na praça Saint Sulpice
na entrada do cinema Bonaparte ele ficava
Wallace – Relações com as cadeias de hotéis as distribuindo seus cachimbos às pessoas que
companhias de transporte entravam e saíam

Fage – Não gosto de ver você metida nessas Fage – Eu gostaria de rever Madagascar
histórias Nathalie
Louise – Mas você nunca foi lá meu bem
Nathalie – Mas é bem divertido pai ele tá ficando
nervoso o Mané Fage – Abir uma oficina mecânica

Fage – Seria melhor se você Louise – Mas você nunca foi capaz de consertar
nada sou sempre eu

27
Fage – Sim sempre você Wallace – O senhor compra livros? O senhor lê?

Nathalie – Parece que era de morrer de rir as Fage – Tua mãe e eu te deixamos fazer o que
pessoas não ousavam você que me parece

Louise – O quê? Louise – Aqui também é a nossa casa

Nathalie – Pegar estender a mão elas pensavam Fage – Não quer mais saber de você guardar
que era um truque uma armadilha além disso a panfletos em casa tá claro?
delegacia ficava ao lado
Wallace – Ao teatro talvez? Ao estádio? O boxe a
Fage – Caças caracóis em Madagascar luta livre?

Nathalie – tinha um com a patroa era justamente Louise – Quero que tudo isso saia daqui hoje
um cara que fumava cachimbo ele foi chamar um mesmo
tira o tira pediu explicações pro papai disse pro
papai cair fora Fage – Você ouviu o que a mamãe falou?

Fage – Nadas no meio dos cardumes Nathalie – Não tem problema hoje à tarde
mesmo a gente já vai distribuir todos eles
Nathalie – Você vai me levar?
Louise – Meu bem foi você que fumou isso? Não
Fage – Quando se moldou uma empresa com as vai me dizer que foi a Nathalie
próprias mãos
Nathalie – Eu quando fumo não me escondo
Nathalie – Vou tomar conta das cabras como o papai

VINTE E DOIS Fage – Precisamos admirar alguém acredito que


é humano como nós mesmos precisamos ser
Wallace – Mas além do trabalho e além do esqui admirados respeitados seguidos
e de seu interesse pela família
Louise – Esse monte de grosserias leia leia para
Fage – É verdade que no início eu admirava o fazer explodir esta sociedade
senhor Bergognan
Fage – No trabalho na família a gente precisa
Nathalie – Este classificado você respondeu? seguir como precisa ser seguida

Fage – Mamãe encontrou estes dois pacotes no Wallace – Sim é importante esta cadeia ela tem
teu quarto Nathalie que resistir a tempestades e vendavais

Nathalie – O que é que a mamãe foi fuçar no Fage – Para fazer explodir esta sociedade só há
meu quarto? um jeito contra a merda fétida que nos governa
contra o fascismo apático que abafa a verdadeira
Louise – Porque ele voltou a fumar? vida contra os ritmos alucinantes nas fábricas do
capital contra a complacente obscenidade do
Nathalie – E eu sei? consumo que nos empanturra contra a infecta
lavagem cerebral nas escolas do regime contra a
Fage – Desde quando a mamãe não tem o proliferação das larvas policiais que nos oprimem
direito de entrar no teu quarto? contra tudo o que se opõe ao amor na sua
espontaneidade total contra esta sociedade que
Louise – Essas duas baganas meu bem você tenta cooptar os jovens abraçando-os com o
teve uma recaída? afeto de um polvo só há um jeito camaradas
baixar suas calças e obrigá-la a cagar até que
Nathalie – Homem combativo entre 32 e 38 anos ela exploda inscreva-se no comitê de ação direta
com experiência comprovada em venda de das escolas parisienses
produtos de grande consumo

28
Wallace – Maior tendência para poupar ou para não tem perdão pois bem tive uma hesitação
gastar? meus esquis se abriram um nada o senhor sabe
que tudo se dá num centésimo de segundo
Nathalie - Você não comprou flechas?
Nathalie – O que cê tá fazendo?
Fage – O que foi que ela te fez esta sociedade?
De quem se deve baixas as calças? Fage – Eu procuro

Louise – Não me diga que você os vendeu Nathalie – Que erro pai?

Fage – Nathalie isso que você sentiu em Londres Fage – O problema é que há tanta desordem
nisso tudo
Wallace – Hoje o senhor está endividado?
Nathalie – Teu erro é ficar tenso é só relaxar
Fage – Aquele arrebatamento
Fage – Assim fica ainda mais difícil procuraram
Louise – A tua geração me parece que ela é a
mais favorecida engraçado quando se tem tudo
para ser feliz Nathalie – Em física eles estão criando a
antimatéria é o máximo o professor se confunde
Fage – Me diga como era? todo

Wallace – O senhor nunca teve problemas de Fage – é bom te verdadeira


saúde? Nathalie – Você tá com uma cara boa

Louise – Você vai aprender a atirar? Louise – Você tá se sentindo bem?

Fage – Meu pai era Fage – Se for um caminho

Wallace – Como o senhor teve Wallace – Então sua mulher

VINTE E TRÊS Fage – Ela ainda se mexe

Fage – Essa pergunta é traiçoeira Wallace – Então o que o senhor fez?

Wallace – Não seja tão desconfiado Fage – Espero um pouco

Fage – Digamos que eu escolha um objetivo vou Wallace – Interessante o senhor não vai
em frente mas isso não quer dizer que eu não
seja excessivamente prudente esse lançamento Fage – Não antes de trinchá-la
não tenho medo de afirmar que foi pode acreditar
de todos os pontos de vista a equipe toda Wallace – Ah porque o senhor vai
galvanizada 18 horas por dia durante três meses
nem um domingo o meu alvo era a Petit Bateau Fage – Salgá-la
atirar no ponto onde eles eram vulneráveis
merchandising promoções estratégia para Wallace – Como nos contos de fadas
estimular a distribuição deslanchar a venda nos
supermercados o preço junto surpreender Fage – Nathalie me contou um não me lembro
estimular a fidelidade passar por cima de tudo a bem como era quem está aqui?
única coisa que eu não previ era que ao fazer
isso eu estava cavando minha própria sepultura Wallace – O senhor Bergognan

Nathalie – Foi um erro esse seu bolo Fage – Peça para ele esperar um pouco

Louise – Teu pai é hoje o aniversário dele Wallace – Ele está com as mãos amarradas nas
costas ele anda com a cabeça enfiada nos
Fage – Uma manobra errada nessa velocidade ombros

29
Fage – Debaixo do chuveiro bem cedo de manhã
Fage – Ah é o senhor até que a minha filha Nathalie

Wallace – Como é que se faz? Louise – Posso apagar meu bem?

Fage – Onde está todo mundo? Eu quero gene VINTE E QUATRO


muita gente
Louise – É você que tem que levá-la a Londres
Louise – Não se canse meu bem meu bem comigo não vai dar certo

Fage – No clarão das tochas Nathalie – Você não sente dores pai? Ai como
fiquei assustada achei que ia te encontrar em
Wallace – Onde elas estão? pedacinhos

Fage – Todos eles carregam tochas o cheiro dos Louise – Você estão levando os dois
porcos degolados passaportes? Não está esquecendo nada?

Nathalie – O senhor tem uma capacidade de Nathalie – É um milagre


inovação
Louise – Tenho certeza de que tudo vai dar muito
Fage – Tire a roupa dele certo tchau

Nathalie – O senhor é um líder nato Papai – O senhor está demorando

Fage – Amarre-o com arame farpado Louise – Bom sinal

Nathalie – O senhor tem certeza de que é o Nathalie – Estou com fome


nosso homem?
Louise – A entrevista era hoje de manhã na
Fage – Eu trincho Companhia Geral dos Queijos Reunidos vou
bater na madeira ele saiu com muita esperança é
Wallace – Ainda importante

Louise – Com o meu primeiro salário Nathalie – Ele vai passar das camisetas e
cuecas para o roquefort e o creme de gruyère
Fage – A boca
Louise – Se der certo
Nathalie – Este cinco eu comprei
Nathalie – Sabe mãe estou com ânsia de vômito
Louise – Mas você sabe muito bem
Louise – Apesar de tudo me parece normal
Fage – Eu a colo ela não diz mais nada trincho Nathalie que ele nos seja apresentado
uma bochecha e eu a colo Bergognan
Bergognan Wallace – E depois?

Wallace – O quê? Fage – E depois por que eu não me sentiria um


pouco orgulhoso disso?
Fage – Eu não lhe disse?
Wallace – Sem dúvida o senhor tem no seu ativo
Wallace – Não sucessos nada desprezíveis porém o que mais
importa é essa satisfação consigo mesmo
Fage – é um homem bochechudo agora só é
bochechudo de um lado e o calor está subindo Fage – A gente deve se desprezar?
Bergognan
Wallace – Não estou dizendo
Wallace – Debaixo do chuveiro
Fage – Minha confiança em mim mesmo se eu

30
não confiasse em mim posso ter cometido erros acrescentou nem no que dizem o ruivo ele queria
eles imaginavam que eu lhes serviria de capacho saber da minha competência como desenhista e
e que poderiam me espezinhar quais eram meus conhecimentos em matéria de
embalagem
Louise – Então o que vamos fazer?
Wallace – Estou tentando entender no fundo não
Fage – Mas é muito simples nem pensar que ela houve nenhuma grande limpeza
o tenha afinal de contas isto é demais ela não
está sozinha nós também estamos aqui no Louise – Fiz frango pra você você gosta de
interesse dela principalmente no interesse dela é frango
nosso dever protegê-la essa criança pode ser
brilhantes nos estudos ela está com uma idade Fage – O que ele faz para viver o teu Mulawa?
mental de cinco anos mas isso não é um
problema você a leva a Londres onde eles Wallace – O senhor foi a única vítima pelo menos
resolvem isso num vapt vupt no topo da pirâmide

Louise – E como foi bem bem? Você deveria Fage – Eles vão botá-los para fora nos próximos
comer pelo menos um pouquinho seis meses eu preferi respeitar a ideia que faço
de mim mesmo e me mandar logo nem todo
Wallace – Mas esses dois outros colaboradores mundo tem esse rigor moral
de valor que acompanhavam o Bergognan desde
o início o economista Wallace – Ou a mesma rigidez portanto os
americanos não destituíram a diretoria só
Fage – Esse aí soube puxar o saco dos eliminavam alguém quando constatavam que se
americanos tratava de um peso morto de certa forma

Wallace – Certo e o outro Fage – O senhor quer dizer

Fage – Não mas imagine você que ele pediu Wallace – Não quero dizer nada senhor
para ver o meu RG? Fage eu faço perguntas

Louise – Não fica rindo assim comentário VINTE E CINCO

Wallace – E o publicitário o que aconteceu com Nathalie – Quando éramos répteis e


ele? Ele também sentiu o vento mudar? abandonamos os pântanos

Fage – Uma hora e meia esperando numa Fage – Recomeçar do zero


espécie de depósito que cheirava a camembert
até que um ruivo com cara de nada veio me Wallace – Depois de ter permanecido tanto
atender ele saía no meio de uma frase para tempo no mesmo molho
reaparecer com um novo monte de papel
dizendo pode continuar ele me interrompia sem Nathalie – Foi um marco
parar dizendo tá bom ele corrigia relatórios
enquanto eu tentava fazer com que prestasse Louise – Não é que seja interessante do ponto
atenção em mim uma mulher entrou com um de vista do trabalho em si mas se você soubesse
pano na mão achei que era a faxineira claro que isso me faz um bem enorme querido não sou
ele nem se apresentou mais a mesma

Wallace – Resumindo os dois souberam dar a Nathalie – Porque um dia isso tinha que
virada enquanto o senhor acontecer

Fage – Ela me perguntou se eu tinha sido Fage – O quê?


despedido várias vezes de empregos anteriores
eu lhe perguntei se ela tinha tido o cuidado de Nathalie – Que a gente desse esse passo
consultar minha ficha ela me respondeu que não
se devia acreditar em tudo o que as pessoas Wallace – é essa ociosidade que nos diz respeito
escrevem ela olhou pra mim sorrindo e esse vazio

31
pedir que fizessem menos barulho tavam
Nathalie – O nosso professor de zoologia que no fazendo um comício chinês com guitarras cê
início a gente considerava um banana é um cara sabe o que eu descobri ela mandou fazer não
bem genial a seu modo ele se identifica com as seis quantas cópias da chave do apartamento cê
espécies de que fala não fala nada tou ficando louca isso não pode
continuar assim
Wallace – Quando tudo começou nossos dois
fundadores intuíram que era possível explodir os Fage – Para seguir um grão de poeira basta que
limites da coisa que se pode vender haja um raio de sol que o ilumine enviesado me
diga Nathalie cê não pode responder quando eu
Louise – eu não ficaria surpresa se no mês que te chamo?
vem eles já me dessem uma pequena promoção
o diretor me chamou ontem para uma conversa Nathalie – Que foi?
particular
Fage – Mas eu também fico escandalizado com
Nathalie – Ontem a gente estava estudando os a injustiça fiscal a lentidão nas rodovias a
brontossauros ele ficava assim dificuldade que têm os filhos de operários para
entrar na universidade e os pequenos
Fage – Ah isso está no meu sangue comerciantes para conseguir sobreviver a
destruição dos Halles a feiúra dos arranha-céus
Wallace – Aí estão os germes do novo no centro de Paris o desperdício das finanças
humanismo o senhor não imagina a quantidade públicas em armas atômicas a venda dos
de psicopatas que vemos desfilar neste escritório Mirages à Líbia
é um fenômeno relacionado com uma paz que já
dura demais Nathalie – É só por isso que cê tem pra me dizer
pai?
Fage – Sinceramente acho que eu daria certo
nesse cargo Fage – Não tem mais

Louise – A Germaine explicou tudo a ele ele é Nathalie – Então diga logo porque eu tenho que
adorável aprece um rapagão não estou sair
autorizada a te dizer o nome dele
Fage – Onde você vai?
Nathalie – É um vestido?
Nathalie – Eu tenho um comício
Fage – Parece uma camisola
Fage – Fica aqui temos que conversar
Wallace – As pessoas não se entusiasmam com
nada acabam criando minhocas na cabeça Nathalie – Mas sobre o quê?

Louise – Ele não disse que sim nem não Fage – Você vai ver
primeiros ele vai examiná-la eu falei que nós
nem sabemos com certeza se ela está grávida Nathalie – Não posso

Wallace – Nossa ideia é propor uma alternativa à Fage – Os teus panfletos é uma criancice
guerra por que o lazer não poderia entusiasmar aterradora e que pode custar bem caro
às pessoas?
Nathalie – Realmente imprimir custa caro
Fage – Tenho uma esposa que me entendendo
VINTE E SEIS
Nathalie – Pai siga bem a curva do vale
Louise – Meu bem desde hoje de manhã que
Fage – Eles me esmagaram você não se mexe

Louise – Não sabemos mais quem entra e quem Wallace – Os turistas americanos não passam de
sai de casa no quarto dela é um vaivém sem fim crianças grandes
ontem à noite abri um pouco a porta dela para

32
Louise – Faça alguma coisa
Fage – Estou fazendo estou pensando na Louise – Vamos acrescentá-lo à coleção mas
convocação das Águas Évian que Nathalie não onde você os guardou? Meu bem você está me
me entregou escondendo alguma coisa

Wallace – Então a sua ideia de autogestão pode Fage – Decidi não esconder mais nada não ter
não ser a ideia mais nada daqui a pouco

Louise – Nathalie bem que você podia ter Louise – Onde eles estão?
alguma ideia
Fage – Vou ter que sair para esse encontro tão
Wallace – O que eles querem? A ilusão de que importante
estão andando sozinhos
Nathalie – Ele os distribuiu
Fage – É isso mesmo eu digo que nas Águas
Évian teria dado certo Fage – Já que eles parecem me querer tanto
aqui estão os sapatos bem engraxados a capa
Nathalie – Não enche agora é fácil falar de chuva

Fage – Eu sei tenho certeza Louise – Se ele te falou isso é que tava
brincando
Nathalie – Culpa minha de quem mais?
Fage – O colarinho bem passado a gravata bem
Fage – você nem liga você faz de propósito ou ajustada
nem isso simplesmente eu não existo pra você
Louise – Meu bem por que você não me diz a
Nathalie – Não grite verdade?

Wallace – O senhor parece estar mastigando Fage – Com um nó bem no meio você sabe o
alguma coisa que ele me disse aquele senhor

Louise – Muitas vezes são as pequenas coisas Louise – Deixa eu verdadeira


que importam meu bem
Fage – Com a patroa que segurava o braço dele
Fage – Nunca me senti tão em forma bem firme como se receasse que de repente de
repente ele levantasse voo então eu falei mas
Wallace – Abra a boca por favor pegue e ele me disse com que direito?
Um agrado respondi pois é meu direito e a
Fage – Uma liquidação uma oferta patroa interveio dizendo vamos ver era um
agrado
Wallace – Mostre os dentes
Louise – Você vendeu
Nathalie – Pai me siga
Wallace – Talvez eu não tenha entendido bem
Wallace – Mas relaxe os maxilares
Fage – Foi quando os três tiras apareceram
Nathalie – Vamos contornar esse
desmoronamento Wallace – Há no seu relato algumas pequenas
contradições às quais seria útil voltar
Wallace – Abra bem
Fage – E logo surgiu mais um tava bonita a
Nathalie – Cuidado a neve pode ceder vamos praça Saint Sulpice grande a ingreja tinha sido
pegar aquele atalho entre os pinheiros lavada brilhante com suas pedras brancas ao sol
eles tinham recolocado o monumento no meio
VINTE E SETE ele também todo branco novinho em folha falei
aos tiras que pagava um chope pra eles
Fage – Ele me agrada esse capitão

33
Nathalie – Não pros tiras? quando? O discernimento? Se preocupa com o
Fage – Para todos os tiras a delegacia também prazer delas? Se retrai sobre si mesmo depois
tinha sido lavada vamos eu falei pra ele do prazer? Que coisa lhe dão mais prazer? Até
onde o desejo o leva? Qual é seu desejo mais
Louise – Ele quem? intenso?

Wallace – O senhor não se lembra de ter me dito VINTE E OITO

Fage – Para um dos tiras vamos vamos tomar Louise – Eu perguntei pra ele como tinha sido a
esse chope seus documentos por favor vamos entrevista
tomar um chope RG ele quis ver meu RG ah
quer dizer que o senhor nasceu no dia 14 de Fage – Logo atrás de mim na fila um velho
junho de 1927 em Madagascar? E os cachimbos operário tipógrafo
são seus de onde eles vêm e por que é que?
Não acredito o senhor vai confiscá-los? E por Nathalie – Os desempregados ficam contando
que o senhor não está trabalhando hoje? Ele piadas às vezes quando estão juntos?
quis ver meu último recibo de salário-
desemprego eram os quatro bem bonitinhos mas Louise – Ele me olhou como se não entendesse
o que me surpreendeu é que eles são a pergunta
terrivelmente teóricos eles explicam eles logo
querem todos juntos explicar tudo pra gente Wallace – Gostaria que fizéssemos o
levantamento de suas limitações se o senhor
Wallace – Não vamos elucubrar mas não é considerar que tem alguma é claro
possível que o senhor não tenha objetivos
pessoais o dinheiro? Fage – Quando eles abriram as portas houve um
pequeno empurra-empurra ele foi jogado sobre
Fage – Não faço muita questão de dinheiro mim ele se desculpou começamos a conversar

Wallace – A felicidade? Nathalie – Piadas em que um desempregado dia


a outro desempregados
Fage – É sempre ela que buscamos
Wallace – O senhor me disse que era religioso
Wallace – O poder? por natureza

Fage – Eu gosto de mandar mas não quero o Louise – Já estávamos deitados


poder pelo poder
Nathalie – Um desempregado encontro outro
Wallace – A consideração? desempregado e diz por que tu olha os carro
passar? O outro diz mas não o trânsito tá parado
Fage – Ah isso simplesmente
Wallace – Desde que sua crença não altere seu
Wallace – Já lhe aconteceu de sentir vergonha juízo por exemplo
de si mesmo?
Fage – Vou anotá-las caso seja útil para Mulawa
Fage – Vergonha?
Louise – Esse senhor Garin como ele é? Eu
Wallace – Já aconteceu de sentir nojo da sua simplesmente perguntei pra ele como era esse
própria pessoa? Quando o senhor foi covarde senhor Garin
com um dos seus colaboradores? Covarde com
sua mulher? Covarde com sua filha? Quando Nathalie – Quando ele vier jantar você poderá
sabe que traiu um certo ideal de si mesmo? Isso contar pra ele
acontece com todo mundo não é? Quando era
criança já tinha esse costume de mastigar? Tem Fage – Nada fará de mim um cínico todas as
dificuldade para se controlar? Quer que eu abra minhas grandes decisões sempre foram tomadas
um pouco a janela? Quando está com mulheres em função de um ideal
na intimidade o que mais lhe importa é a
performance? Perde a paciência de vez em Louise – Não lhe perguntei mais nada

34
Fage – Meu operário tipógrafo me dizia
Fage – A de deixar o Bergognan Louise – Mas desta vez sou eu que vou cuidar
disso marquei consulta para sábado com a
Louise – ele tava com a cabeça enfiada no menina
travesseiro
Fage – É um militante sindicalista era delegado
Fage – A de casar com Louise nossas duas de fábrica
famílias não queriam não levei em conta
Nathalie – É uma piada?
Louise – Você tá zangado? Cê não gosta que eu
trabalhe? Wallace – Só isso?

Fage – Do que ele vive? Fage – Ele tinha fomentado uma greve há dois
anos por um problema de segurança no trabalho
Louise – Sonde um pouco a situação Nathalie ele me contou como a empresa levou todo o
comigo ele não fala mais tempo que precisava para se livrar dele eles não
o despediram mas depois de dois anos puxaram
Wallace – Mas o senhor sabe conter o seu o tapete dele
impulso?
VINTE E NOVE
Nathalie – Ele tem uma bolsa de estudos do país
dele mas ele tem muitos gastos Wallace – O senhor verá é um mundo por
demais carniceiro
Louise – Será que tem alguma esperança?
Louise – A menina foi presa
Nathalie – A maconha lhe rende algum dinheiro
Wallace – Terá de enfrentar gigantes
Fage – Ele é de gastar muito?
Fage – Não parece complicado no entanto
Nathalie – Ele compra todos os livros que saem
ele tem várias mulheres que vivem em Wallace – Toa a selva dos charters
comunidade com ele no apartamento dele
Nathalie – Não vou dizer
Louise – Sim ou não você sabe não tou pedindo
nada mais do que uma palavrinha Wallace – Vai aprender a comprar

Fage – Há palavrinhas que sufocam Fage – Pé direito ou pé esquerdo primeiro

Wallace – Uma decisão nunca é perfeita Louise – Em flagrante delito

Fage – Par3ece ser uma figura e tanto não Wallace – Se esforçará


vamos nos entediar nesse jantar
Nathalie – Não sei mais
Louise – ele vai nos contar piadas
Wallace – Descobrirá os pontos de menor
Fage – É disso que estamos precisando resistência por onde poderá se infiltrar

Louise – Esse médico amigo da Germaine não Louise – Assalto à Casa do Caviar nos Champs-
posso te fizer o nome dele é uma sorte é tão Elysées
difícil na França
Fage – Tensionar soltar
Nathalie – Ele não fala já disse pra vocês
Louise – Só ela
Louise – Você sabe como é horrível o jeito que
isso é feito em geral em condições de higiene Wallace – E as grandes corporações de hotéis
que são um pesadelo elas mesmas intimamente interligadas as
companhias aéreas em filigrana os bancos

35
Nathalie – Se quiser mas cuidado com a minha
Nathalie – Já lhe falei tudo barriga

Fage – A corda é escorregadia Louise – Está levemente ferida

Wallace – Intrincadas umas nas outras de forma Fage – Onde?


movediça
Louise – Na cabeça
Louise – Um telefonema da polícia
Wallace – Não deixar esmorecer essa dinâmica
Wallace – Suar por todos os poros vibrante

Louise – Os outros conseguiram escapar Nathalie – Gostaria de poder ajudá-lo

Fage – O polegar aqui o indicador aí entre o Wallace – É evidente que o senhor tem a maioria
polegar e o indicador das qualidades

Nathalie – Não tenho nada pra dizer Fage – Conheço bem os meus defeitos e me
sinto perfeitamente capaz
Wallace – Houve investimentos tão vultosos é
uma espiral desenfreada custe o que custar tem Nathalie – Não sei não lembro
que encher os hotéis vender assentos vender
camas Louise – Hospitalizado no Hotel-Dieu nas
dependências da polícia com escolta visitas da
Nathalie – Eu não sabia os nomes deles família não são autorizadas

Louise – eles levaram o estoque e o dinheiro da Fage – Eu sou bem maleável quando a fé nos
caixa inspira

Fage – O que devemos fazer? Wallace – O senhor cuida da sua musculatura


tem uma boa massa muscular
Louise – Você tem que ir meu bem
Fage – A flecha parte o dedo nem a sente partir
Fage – Sem fazer a barba?
TRINTA
Louise – Eles disseram imediatamente
Wallace – O seu marido é um homem ao mesmo
Nathalie – Ah faça isso tempo dinâmico e organizado mas de forma
alguma é um prazer recebê-la
Wallace – Ficará de cabeça fria os nervos de aço
Louise – Não vim para lhe pedir
Nathalie – Faça se tiver coragem
Wallace – Posso lhe dizer que as chances dele
Louise – Vai estar nas manchetes hoje à noite são da ordem de 50% só ficaram dois mas a que
vem a calhar quando é que vão tomar uma devo a honra?
decisão sobre seu emprego?
Louise – Então agora é só uma questão de
Wallace – Com esses grandes grupos o senhor sorte?
negociará de igual para igual
Wallace – Sorte?
Nathalie – Pode bater mais forte se quiser
Nathalie – Não pode mais nada
Fage – Tem a Solidariedade Vermelha
Wallace – Eu escrevi ontem para ele eis a cópia
Wallace – No ponto em que forem vulneráveis o da carta mas a senhora está se sentindo
senhor vai atirar cansada?

36
Louise – Já vai passar me desculpe Wallace – A senhora sabe que eles podem
prender por engano mas quando se tem boas
Wallace – O senhor Garçon com quem ele vai relações
almoçar terça-feira
Louise – Quando ele deixou seu escritório ontem
Nathalie – Já falei tudo que horas eram?

Louise – Portanto será na próxima terça-feira Nathalie – Não me faça mais perguntas não vale
a pena
Wallace – Às 13 horas a entrevista final ocorre
sempre num almoço fica-se mais à vontade sim Louise – Não o vi mais desde então ele nunca
a que devo a honra anda com muito dinheiro

Fage – Ele não parava de olhar o mar sabe era o Fage – É de brincadeira
tenente preferido do almirante Nelson ele
afundou sem dizer uma palavra Nathalie – Sim minha barriga foi um pouco bruto
com ela
Nathalie – Não sei quem é
Louise – Ele vai ficar com raiva por eu ter vindo
Wallace – ele fala da senhora como vou dizer? incomodá-lo
Percebe-se que quando ele zarpa a senhora está
presente para assegurar a estabilidade Fage – O que vamos dizer para mamãe?

Nathalie – Não sei mais Nathalie – Toca aí não aí mais embaixo

Fage – Ele engoliu muita água e depois fechou Fage – Até que ele diga sua primeira palavra
os olhos Bodington é um artista
Louise – Ainda mais um homem ativo como ele
Louise – Estava difícil então arranjei um emprego
numa firma de pesquisa de mercado isso me Wallace – O senhor nasceu
transformou eles acham que eu tenho um
espírito rápido metódico dia primeiro do mês que Louise – Meu bem
vem vão me promover a fiscal
Fage – Essa pasta senhorita ande logo me
Wallace – O que é sedutor nele é que se percebe esperam na sala de reunião então minha querida
um envolvimento totalidade achou?

Louise – Mas temos um probleminha com nossa Wallace – É evidente


filha
Louise – Que horas são?
Fage – aquele Peugeot não deveria ter saído da
faixa dele Nathalie – Pai não faça isso comigo

Wallace – Eu sei houve esse pequeno acidente Fage – A esse ofício responda não ponto
de percurso parágrafo nossa empresa já fez contato no mais
alto nível
Louise – Um acidente?
Louise – Você deveria ter me acordado
Wallace – Os jovens de hoje sente uma
necessidade de volta às origens portanto de uma Wallace – O que faziam seus pais?
certa selvageria no comportamento
principalmente quanto ao sexo os pais não têm Fage – Um risco? Sim mas que pode ser
muito poder mas bastará um fim de semana em calculado
Courchevel
Nathalie – Se você fizer isso comigo pai
Louise – Ah sim ele e ela em Courchevel mas ela
está presa e ele Louise – Não engraxei seus sapatos você saiu

37
com eles sujos

Nathalie – Pai me responderam

Fage – A operação poderia dar um lucro nada


desprezível

Wallace – Na nossa empresa

Louise – Eu também queria dar uma passadinha


no vinco da sua calça

Wallace – O senhor pesa para uma altura de

Setembro 1970 / outubro 1971

38
39