Anda di halaman 1dari 1

DETERMINAÇÃO DA RESISTÊNCIA DO SOLO EM FUNÇÃO DO SPT

São muitas as maneiras de relacionar os números do 6 a 10 Média (o)


SPT, obtidos na sondagem a percussão, com a resistência do solo. 11 a 19 Rija (o)
Uma maneira bastante rápida de correlacionar esses valores é > 19 Dura (o)
usando a fórmula empírica abaixo:

𝝈𝒂𝒅𝒎 = √𝑁 − 1 (𝑘𝑔𝑓/𝑐𝑚² )
Onde:
σ = Tensão admissível do solo; Após a abertura de um furo de 1 metro de profundidade

N = Número de golpes para cravar os últimos 30 cm com auxíl

(denominado SPT). REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Tal relação não leva em conta o tipo de solo, o que é REBELLO, Yopanan C. P. Fundações: Guia Prático de Projeto,

uma falha. Outras fórmulas empíricas e que levam em conta o tipo Execução e Dimensionamento. Editora Zigurate. São Paulo:

de solo, o que lhes confere um caráter mais preciso, são: 2008. [CAPÍTULO 4]
HACHICH et al. Fundações: Teoria e Prática. Editora Pini. São
Argila pura: 𝝈𝒂𝒅𝒎 = 𝑁/4
Paulo: 1996. [PÁGS 119, 120, 121]
Argila siltosa: 𝝈𝒂𝒅𝒎 = 𝑁/5
Argila arenosa siltosa: 𝝈𝒂𝒅𝒎 = 𝑁/7,5
Todos os resultados têm como unidade o kgf/cm².
Valores mais precisos da resistência do solo podem ser
obtidos usando a tabela abaixo, fornecida pelo IPT:
Número de
Tipo de Solo Taxa do Solo (kgf/cm²)
Golpes (N)
0a4 0a1
5a8 1a2
Areia e Silte
9 a 18 2a3
19 a 40 ≥4
0a2 0 a 0,25
3a5 0,5 a 1
Argila 6 a 10 1,5 a 3
11 a 19 3a4
> 19 ≥4
Os valores intermediário deverão ser interpolados.

Índice resist. à
Solo Designação
penetração (N)
≤4 Fofa (o)
5a8 Pouco compacta (o)
Areias e siltes
9 a 18 Medianamente compacta (o)
arenosos
19 a 40 Compacta (o)
>40 Muito compacta (o)
Argilas e siltes ≤2 Muito mole
arenosos 3a5 mole

Minat Terkait