Anda di halaman 1dari 5

DIREITOS HUMANOS

d. O sistema universal de proteção aos direitos humanos


UNIDADE 2 – OS SISTEMAS DE PROTEÇÃO INTERNACIONAL DE compreende, além dos mecanismos convencionais
DIREITOS HUMANOS
relacionados aos Tratados, mecanismos

SEÇÃO 2.1 O SISTEMA UNIVERSAL DE PROTEÇÃO DOS DIREITOS extraconvencionais, como o Conselho de Direitos
HUMANOS Humanos, a Assembleia Geral e o Conselho de

ATIVIDADE DIAGNÓSTICA
Segurança.
1. O Conselho de Direitos Humanos veio substituir a Comissão de Direitos
e. O sistema universal de proteção dos direitos humanos formou-se a partir da
Humanos, criticada por sua falta de legitimidade. O Brasil é parte do Conselho
Organização dos Estados Americanos após as Guerras Mundiais.
e já passou por três Revisões Periódicas Universais. O Conselho é um
mecanismo político que procura dar visibilidade às violações de direitos
humanos cometidas pelos Estados partes.
3. No âmbito das Nações Unidas foram elaborados Tratados Internacionais de
Proteção aos Direitos Humanos que compõem o conjunto normativo ao qual
Quanto ao Conselho de Direitos Humanos assinale a alternativa
correspondem os mecanismos convencionais.
correta.

Em relação a esses aos mecanismos convencionais de


Escolha uma:
proteção aos direitos humanos, assinale a alternativa correta:

a. No Conselho de Direitos Humanos, as ONGs possuem Escolha uma:

status de membros observadores e também podem


a. Indivíduos não podem denunciar Estados a esses Comitês, pois essa
competência cabe apenas aos demais Estados partes dos Tratados.
apresentar relatórios sobre os Estados partes.
b. O Brasil pode ser denunciado ao Comitê dos Direitos Econômicos, Sociais
b. O Conselho de Direitos Humanos pode oferecer recomendações para os e Culturais por violações acerca das normas referentes ao tratado
Estados partes que, em caso de não cumprimento, podem ser encaminhadas correspondente.
à Corte Internacional de Justiça.
c. Os Comitês baseiam no monitoramento das violações de direitos humanos
c. A Revisão Periódica Universal é realizada pela Relatoria Especial do no qual os Estados partes avaliam seus pares por meio de uma revisão
Conselho, que envia seus relatores aos Estados partes para avaliar a situação periódica universal.
de direitos humanos nestes países.
d. As Organizações Internacionais não-governamentais
d. O Conselho de Direitos Humanos é um mecanismo convencional destinado podem oferecer relatórios sobre a situação de direitos
a monitorar a aplicação do Pacto dos Direitos Civis e Políticos.

e. O Conselho de Direitos Humanos é um organismo ligado a Organização dos humanos nos Estados-partes.
Estados Americanos para monitorar a implementação da Convenção
Americana de Direitos Humanos. e. O Brasil ratificou a Convenção sobre os Direitos dos Trabalhadores
Migrantes e submete-se ao monitoramento de seu Comitê

2. A construção do Sistema Universal de Proteção aos Direitos Humanos é uma ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM
expressão do princípio da universalidade destes direitos que devem ser
protegidos para além da jurisdição dos Estados. 1. O Sistema Universal de Proteção aos Direitos Humanos é uma conquista da
comunidade internacional, que criou instrumentos normativos e institucionais

No que se refere ao Sistema Universal de proteção aos Direitos para afirmar a universalidade de tais direitos.

Humanos, assinale a alternativa correta.


No que se refere à formação do Sistema Universal de proteção

Escolha uma: aos Direitos Humanos, assinale a alternativa correta:

a. O sistema universal de proteção aos direitos humanos é formado por Escolha uma:
mecanismos convencionais baseados na Declaração Universal de Direitos
Humanos e extraconvencionais baseados, exemplificado pelos Comitês. a. O Conselho de Segurança das Nações Unidas atua na proteção de direitos
humanos, contudo suas decisões não são vinculativas.
b. O Sistema Universal de Proteção dos Direitos Humanos tem como
instrumento a Comissão de Direitos Humanos da ONU onde os Estados b. A Organização das Nações Unidas possui mecanismos institucionais para a
violadores são avaliados. proteção de direitos humanos, dentre eles o Tribunal Penal Internacional.

c. O sistema universal de proteção dos direitos humanos tem lugar na estrutura c. A Assembleia geral é o órgão responsável por autorizar as intervenções
das Nações Unidas e é composto por organismos judiciais que julgam Estados humanitárias.
violadores de direitos humanos.
d. O Sistema universal, também chamado e Onusiano, é composto de Cortes e. A Responsabilidade de proteger é uma doutrina
Internacionais que julgam Estados violadores de Direitos Humanos. adotada pela ONU formada por três pilares: a

e. O Conselho de Direitos Humanos é um organismo responsabilidade de evitar o conflito; a responsabilidade

político que se destina a monitorar violações de direitos de proteger as vítimas durante o conflito; e a
responsabilidade de reconstruir.

humanos cometidas por seus Estados membros.


SEÇÃO 2.2 SISTEMAS REGIONAIS DE PROTEÇÃO AOS DIREITOS
HUMANOS

2. As Nações Unidas produziram importantes tratados internacionais que


ATIVIDADE DIAGNÓSTICA
formam um conjunto de normas que se destinam à proteção internacional dos
Direitos Humanos. Esses Tratados possuem Comitês direcionados ao
1. O Sistema Interamericano de Direitos Humanos tem tido, apesar das críticas
monitoramento do cumprimento de suas normas pelos Estados signatários.
a ele dispensada, um papel importante na punição da violação de direitos
humanos cometida pelos Estados na região. Inicialmente criado apenas para
No que se refere à atuação dos Comitês na proteção dos manter a influência política dos Estados Unidos no continente, hoje o Sistema
Direitos Humanos, assinale a alternativa correta: é uma alternativa para as vítimas de violações contra a irresponsabilidade dos
Estados.

Escolha uma:
Em relação ao Sistema Interamericano de Proteção aos
a. Os Comitês são órgãos políticos, por isso as pessoas não podem denunciar
Direitos Humanos, aponte qual a alternativa correta:
casos a esses órgãos, somente os Estados.

Escolha uma:
b. O Brasil é signatário do Pacto dos Direitos Econômicos Sociais e Culturais
e se submete ao monitoramento de seu Comitê.
a. Cabe à Corte Interamericana realizar o chamado juízo de admissibilidade
das denúncias a ela encaminhadas.
c. Os Comitês possuem função judicial, julgando Estados violadores de
Direitos Humanos e que tenham ratificado as Convenções correspondentes.
b. O Brasil já foi denunciado diversas vezes perante a Corte, mas nunca
condenado até o caso Gomes Lund.
d. Os Comitês possuem relatorias que se avaliam o
cumprimento das normas dos Tratados correspondentes c. Caso o Estado não cumpra as recomendações impostas pela Comissão, sua
única alternativa é encaminhar a questão para a Assembleia Geral da OEA, já
que a Comissão não possui relação com a Corte Interamericana.
pelos Estados partes.

d. A Comissão pode fazer recomendações aos Estados,


e. Os Comitês são órgãos políticos que dão visibilidade às violações de direitos
humanos cometidas pelos Estados partes, mas não podem fazer nenhuma
recomendação a eles. que se acatadas, podem encerrar o caso.

e. A Comissão, uma vez recebida a denúncia, deve, obrigatoriamente,


3. Quando se trata das intervenções humanitárias, a atuação das Nações encaminhá-la à Corte Interamericana para ser julgada.
Unidas é sempre digna de críticas, não apenas pela sua seletividade, mas
também pela sua incapacidade de colocar em prática os princípios basilares da
ONU de manutenção da paz e proteção aos direitos humanos universais. 2. Os Sistemas Regionais de Proteção aos Direitos Humanos foram criados a
partir da tradição normativa, cultural e social características de cada região.
No que se refere às Intervenções Humanitárias, assinale a alternativa Também, podemos dizer que existem evidentes questões políticas que

correta: motivaram a criação de tais sistemas. O Europeu, como uma forma de


reconstruir-se moralmente a partir dos escombros da Segunda Guerra e o

Escolha uma: Interamericano, como uma forma de monitorar os países da região diante da
“ameaça” do comunismo.
a. As Missões de Paz são autorizadas pela Assembleia Geral, por 2/3 de seus
membros. Considerando os Sistemas Regionais de Proteção aos Direitos

Humanos, assinale a alternativa correta:


b. As Intervenções só podem ser autorizadas pela Assembleia Geral, órgão
máximo da ONU.
Escolha uma:

c. O Conselho de Segurança não pode autorizar intervenções humanitárias,


a. Os indivíduos possuem acesso direto ao Sistema Interamericano podendo,
em razão do princípio da não-intervenção previsto na Carta da ONU.
com auxílio de um Defensor Interamericano, levar o caso diretamente à Corte

d. A responsabilidade de proteger refere-se a um tratado internacional que Interamericana.

vincula seus Estados membros a proteger as vítimas de conflitos internacionais.


b. O Sistema Europeu baseia-se no parâmetro de casos exemplares, que são a. A demora injustificada na decisão não é motivo suficiente para afastar o
selecionados a partir da atuação da Comissão Europeia para serem princípio da complementaridade.
encaminhados à Corte Europeia de Direitos Humanos
b. O recurso inútil ou inidôneo não pode ensejar a admissibilidade da denúncia.
c. O Sistema Islâmico é baseado na Sharia, a Lei
c. Barreiras ao acesso à justiça por si só não é causa para considerar
desnecessário o esgotamento dos recursos internos.
Muçulmana, que está fundamentada no Al Corão.
d. O esgotamento dos recursos internos significa buscar todos os tipos de
d. O Sistema Interamericano foi criado a partir do Mercosul, inicialmente como recursos jurídico como embargos, recurso especial, recurso extraordinário, etc,
uma forma de integração econômica e, posteriormente, construindo outras e mesmo assim perder a causa.
instituições como a Comissão e a Corte Interamericana de Direitos Humanos.
e. A inexistência do devido processo legal quanto ao
e. O Sistema Africano conta apenas com mecanismos políticos de
direito violado, é um dos motivos que torna
monitoramento de violações de direitos humanos, não possuindo ainda uma
Corte, a exemplo dos Sistemas Europeu e Interamericano. desnecessário o esgotamento dos recursos internos.

3.O Processo Internacional que avalia eventuais violações de direitos humanos


2. A justiça internacional não é como a justiça nacional, na qual impera uma
representa um passo importante na efetividade destes direitos. A possibilidade
ótica de subordinação. A justiça internacional só pode ser acionada uma vez
de judicialização internacional dos direitos humanos demonstra que os Estados
que a justiça nacional não possa ou não queira responder a determinada
podem ser responsabilizados por não cumprirem as normas internacionais às
violação.
quais se comprometeram, ou seja, os países não podem mais eximir-se diante
de violações cometidas alegando apenas sua soberania como desculpa.
No que se refere à jurisdição da Corte Interamericana de

Considerando o processo internacional contra violações de Direitos Humanos em relação ao Brasil, assinale a alternativa correta:

Direitos Humanos, aponte qual a alternativa correta:


Escolha uma:

Escolha uma:
a. As decisões da Corte somente repercutem sobre o Estado condenado, não
constituindo jurisprudência vinculante para os demais Estados.
a. No Sistema Interamericano, somente Estados e Organizações podem
denunciar outros Estados perante a Corte.
b. O Estado Brasileiro não se submete à Corte Interamericana de Direitos
Humanos por entender que a decisão de uma corte externa violaria sua
b. A existência de litispendência internacional não impede o julgamento pela
soberania.
Corte Interamericana.

c. A Competência da Corte Interamericana de Direitos


c. A Corte possui apenas a competência contenciosa, mas não consultiva, pois
cabe apenas à Comissão emitir pareceres que estabelecem parâmetros de
Humanos é complementar a dos Estados
interpretação da Convenção Americana de Direitos Humanos.

Membros.
d. A morosidade da decisão judicial que leve à
impossibilidade de satisfação da justiça, pode acarretar a d. O Brasil não aderiu voluntariamente à jurisdição da Corte Interamericana,
essa foi uma imposição ao ratificar a Convenção Americana de Direitos
Humanos.
admissão da denúncia pela Comissão.
e. As decisões da Corte Interamericana não são obrigatórias para o Brasil, pois
e. O princípio da complementaridade deve ser obrigatoriamente observado,
trata-se de uma jurisdição internacional.
não se permitindo exceções para considerar a admissibilidade da denúncia pela
Comissão.

SEÇÃO 2.3 MECANISMOS INTERNACIONAIS DE PROTEÇÃO E


MONITORAMENTO DE DIREITOS HUMANOS
ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM

ATIVIDADE DIAGNÓSTICA
1. A jurisdição da Corte Interamericana é complementar à Jurisdição de seus
Estados membros. Isso significa que deve-se primeiro buscar o esgotamento
dos recursos internos, para só depois buscar a justiça internacional
1. Os Tribunais Penais Internacionais representam a aplicação do chamado
Direito Penal Internacional e representam a face punitiva dos Direitos
Com base nas exceções possíveis ao princípio da Humanos, para alguns teóricos.
complementaridade, assinale a opção correta.
No que se refere aos Tribunais Penais Internacionais assinale a
Escolha uma: alternativa correta:
Escolha uma:
b. Os Tratados Onusianos de Direitos Humanos fazem parte do que chamamos
a. Esses Tribunais julgam Estados que tenham cometido violações do Direito de Direito Humanitário e regulam a proteção dos direitos das pessoas em
Humanitário. situação de conflito.

b. Os Tribunais híbridos são assim denominados por c. Os Comitês Onusianos são formados por membros da Sociedade Civil e tem

mesclarem estruturas nacionais e internacionais, com o a função de monitorar violações de direitos humanos cometidos por indivíduos.

objetivo de reconstruir o Estado Democrático de d. A jurisdição dos Tribunais Internacionais Penais, ao contrário das demais
Cortes Internacionais não é complementar a dos Estados, mas sobrepõe-se a

Direito. esta.

e. O Direito Humanitário refere-se apenas a conflitos internacionais.


c. Os Tribunais ad hoc são criados pelo Tribunal Penal Internacional em locais
onde o TPI não tem jurisdição.

ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM
d. O Tribunal Penal Internacional não tem jurisdição sobre crimes cometidos
fora dos territórios de seus Estados membros.

e. Os Tribunais Penais Internacionais julgam indivíduos que cometeram graves 1. O Direito Internacional dos Direitos Humanos é um conjunto de normas

violações, mas não aqueles que simplesmente as autorizaram ou comandaram. formado por três vertentes: o Direito Internacional dos Direitos Humanos stricto
sensu, o Direito Internacional dos Refugiados e o Direito Internacional
Humanitário

2. Os Tribunais Penais Internacionais representam a aplicação do chamado


Direito Penal Internacional e representam a face punitiva dos Direitos Considerando as três vertentes do Direito Internacional dos
Humanos, para alguns teóricos. Direitos Humanos lato sensu, responda qual a alternativa correta:

No que se refere aos Tribunais Penais Internacionais assinale a Escolha uma:


alternativa correta:
a. Existe uma relação de complementaridade entre as
Escolha uma: normas das três vertentes do Direito Internacional dos

a. Esses Tribunais julgam Estados que tenham cometido violações do Direito


Humanitário. Direitos Humanos.

b. Os Tribunais híbridos são assim denominados por b. As três vertentes do Direito Internacional dos Direitos Humanos são ramos

mesclarem estruturas nacionais e internacionais, com o especiais e suas normas não se comunicam, pois tratam de assuntos e
questões de origem diversas
objetivo de reconstruir o Estado Democrático de
c. O Direito Internacional dos Direitos Humanos stricto sensu está relacionado

Direito. foi criado pelas Convenções de Genebra e protege pessoas em situação de


conflito armado.

c. Os Tribunais ad hoc são criados pelo Tribunal Penal Internacional em locais


d. O Direito Internacional dos Refugiados surgiu após as atrocidades
onde o TPI não tem jurisdição.
cometidas durante a Primeira Guerra Mundial, no âmbito da Liga das Nações.

d. O Tribunal Penal Internacional não tem jurisdição sobre crimes cometidos


e. O Direito Internacional Humanitário protege apenas os civis e não os
fora dos territórios de seus Estados membros.
beligerantes.

e. Os Tribunais Penais Internacionais julgam indivíduos que cometeram graves


violações, mas não aqueles que simplesmente as autorizaram ou comandaram.

2. O Tribunal Penal Internacional foi considerado um grande avanço para


3. Os mecanismos internacionais de proteção aos direitos
combater a impunidade daqueles que perpetravam violações de direitos
humanos são essenciais a sua efetividade, uma vez que, frequentemente
humanos. Desde os Tribunais de Nuremberg e Tokyo que a comunidade
são os Estados ou seus agentes aqueles que perpetram as violações. internacional buscava um tribunal permanente e independente e isso se
concretizou em 1998 com o Estatuto de Roma.
Em relação a esses mecanismos responda a alternativa correta:

A respeito do Tribunal Penal Internacional, assinale a alternativa


Escolha uma:
correta.

a. A Cruz Vermelha Internacional é a única Organização


Escolha uma:
Não-governamental que possui personalidade jurídica de
a. O Brasil não ratificou o Estatuto de Roma, pois ele contraria disposições de
seu direito interno como a previsão de prisão perpétua aos condenados.
direito internacional público.
b. A jurisdição do Tribunal é complementar à jurisdição a. Indivíduos e ONGs podem levar a denúncia de violações para a Comissão
Interamericana, porém só os Estados podem levar a denúncia diretamente à
Corte Interamericana.
dos Estados.
b. Nem todos os Estados membros da OEA podem
c. O Tribunal não pode julgar indivíduos que exercem função oficial em razão
figurar como réus perante a Corte Interamericana de
da imunidade por prerrogativa de função.

d. As normas do Tribunal Penal Internacional estão contidas nas Convenções Direitos Humanos
de Genebra e se aplicam em situação de conflito.

c. O Sistema Interamericano possui caráter complementar ao sistema legal


e. O Tribunal é competente para julgar Estados que violam os direitos humanos
nacional, o que significa que suas decisões não podem contrariar as decisões
de sua população.
da justiça nacional.

d. A mera demora nas decisões judiciais nacionais, ou morosidade da justiça,


AVALIAÇÃO DA UNIDADE 2
não é razão suficiente para buscar o sistema interamericano.

e. Todos os Estados membros da OEA fazem parte da Jurisdição da Corte


1. O Direito Internacional dos Direitos Humanos tem três vertentes que o Interamericana de Direitos Humanos.
compõem: o Direito Internacional dos Direitos Humanos stricto sensu; o Direito
Internacional dos Refugiados; e o Direito Internacional Humanitário. A teoria
das três vertentes estabelece que esses três ramos são interdependentes e 2. A Proteção dos Direitos Humanos internacionalizou-se após a Segunda
complementares. Isso significa que, apesar de sua especialidade e Guerra Mundial, com a criação das Nações Unidas. Após a frustração com a
características próprias, além de compartilharem os mesmos princípios gerais, Liga das Nações, que não conseguiu evitar um novo conflito mundial, os países
podem ser invocadas normas complementares para proteger de forma mais vencedores da Segunda Grande Guerra construíram uma Instituição com apoio
ampla os direitos humanos das pessoas envolvidas. político e com uma forte base normativa. Nessa base, temos a Declaração
Universal dos Direitos Humanos, a qual juntamente com o Pacto Universal dos
Considerando as três vertentes do Direito Internacional dos Direitos Civis e Políticos e o Pacto dos Direitos Econômicos e Sociais e

Direitos Humanos lato sensu, responda qual a alternativa correta: Culturais, formam a Carta Internacional dos Direitos Humanos. Esses
documentos, juntamente com outros sete tratados internacionais de direitos
humanos elaborados no âmbito da ONU formam o Sistema Universal de
Escolha uma:
Proteção aos Direitos Humanos.

a. O Direito Internacional Humanitário é composto pela convenção de Genebra


sobre o Estatuto dos Refugiados e seu Protocolo Adicional. Considerando a importância do Sistema Universal de
Proteção aos Direitos Humanos, os organismos e normas
b. O Direito Internacional dos Direitos Humanos stricto
que o compõem, assinale a alternativa correta:
sensu é composto pelos tratados onusianos e seus
Escolha uma:

respectivos comitês de monitoramento.


a. O Conselho de Segurança da ONU baseia-se na Responsabilidade de
Proteger que é um Tratado Internacional de Direitos Humanos promulgado no
c. O Direito Internacional dos Refugiados protege os civis e beligerantes em
âmbito das Nações Unidas.
tempo de Guerra.

b. Cabe à Assembleia Geral das Nações Unidas autorizar as intervenções


d. O Direito Internacional Humanitário protege apenas a população civil em
humanitárias.
tempos de guerra e não os beligerantes.

e. O Direito Internacional dos Direitos Humanos stricto sensu é composto pelos


c. O Brasil faz parte do Conselho de Direitos Humanos da
Sistemas Regionais de Direitos Humanos, por isso o aspecto estrito de suas ONU, órgão político que dá visibilidade a violações de
normas apenas à região a qual pertencem. direitos humanos cometidas por seus Estados
2. O Sistema Interamericano de Direitos Humanos teve seus primeiros passos
no seio da Organização dos Estados Americanos, com a criação da Comissão
Interamericana de Direitos Humanos. A Convenção Americana de Direitos membros.
Humanos, ou Pacto de San José da Costa Rica, é seu principal instrumento
normativo. Mas, sem dúvida, a consolidação do Sistema ocorreu com a criação d. Os mecanismos extraconvencionais são aqueles mecanismos de proteção
da Corte Interamericana de Direitos Humanos, a partir da Convenção. Com a aos direitos humanos que não fazem parte do Sistema ONU.
Corte, o Sistema passou a ter um mecanismo judicial para apurar a
responsabilidade internacional do Estado por violação de direitos humanos. e. Os Comitês Onusianos estão ligados a Tratados Internacionais elaborados
pela ONU e que vinculam a todos os Estados membros da organização.

Em relação ao Sistema Interamericano de Direitos Humanos,


responda qual a alternativa correta:

Escolha uma: