Anda di halaman 1dari 5

1- OBJETIVO -

Apresentar o resultado da ANÁLISE VIBRATÓRIA efetuada no equipamento acima


referenciado.

2 - DADOS DO EQUIPAMENTO I CROQUIS

PONTO ROTAÇÃO ROLAMENTO


1 3480 RPM 6314 C3
MOTOR
2 3480 RPM 6314 C3
3 3480 RPM 7309
BOMBA
4 3480 RPM 6309

3 - ASPECTOS TÉCNICOS
Em cada PONTO (MANCAL) do equipamento, foram analisados os parâmetros
vibratórios de:

- DESLOCAMENTO; em MICRONS - PICO A PICO


- VELOCIDADE RMS; em mm/s
- ACELERAÇÃO; em g (lg = 9,81 m/s2)
- ENVELOPE DE ACELERAÇÃO; em gE (Específico para diagnóstico dos
ROLAMENTOS)
- FREQÜÊNCIA; em CICLOS POR MINUTO - CPM.

4 - TOLERÂNCIA DA VIBRAÇÃO

Foram adotadas as recomendações das normas ISO 2372, VDI 2056, bem como dados
de experiência da VIBROTÉCNICA e recomendações da SKF, para ROLAMENTOS.
S -ANÁLISE

S.l-MOTOR:

PONTO 1 PONTO 2 T()LERÂNCIA


VELOCIDADE (mm/s) 0,8 1,5 7,0 mm/s
ACELERAÇÃO (g) 0,6 0,8 S,Og
ENVELOPE DE ACELERAÇÃO (gE) 1,5 1,9 11,0 gE

Apresenta vibração baixa, não alarmada, com até 1,5 rnm/s de VELOCIDADE
VIBRATÓRIA e 0,8 g de ACELERAÇÃO VIBRATÓRIA, considerado normal para este
tipo de equipamento.

- GRÁFICO (PONTO 2): VELOCIDADE (mmfs)

~i~·;·:!...J~~~~~
75
J.O[1 . =====c.... __ .m •••• _._. ••

e.5
ROrl
5,,,[
53}1
4.5

4.\.

~['
2'.5,
-J
~"VI

l.sf
:::[
0,0 'I' . . ·········· _·m·w·.~
i
23l01nl)~5 2:~~'{)Ú2(11=5 23/(1-1:·2,;;15 ZVO~,l2IJ1~) 2'3f01f i.tlf!) 2~j"I
OÚ,2l)1!j 2~~"ij-1!2{i1{í 2~' l1<'1:;
Z';J1tJ Z~{l(J~'J2015 ?'3'(l1,'(!J.J1!) _<1~Y01,'2t)1!;
i2;4.4~~ i"j:44:~.6 13:44:48 1'2.::44;50 13A452 1:l:;4Jk54 i3:4:4:5'B 13:44:53 1:hi5:00 13;4S.a2 13:45.0~

" ift'~ (Inn''8] 1!T-·304& A ·(~H!2!Tu~l.T;;:s:348õ)íM~~I.:~·j:J~!aIià!EL~~~t.'~j~R~J:.2.g:r~ ..f:i:44:5< 1


1.2 .--------

~r
:RPi.f34S<io;S2Jic<i;; .
1.' ;Mfx-~: ,3.-1&1.0--:CPfJl(1.00 Oflli'Hf\lõ
)"'!!I.Í; o,~ fnr(~ :
1.0 ~OI)Q : "13-..060,00 cjxn {2.O::l (;~clen(I;:
:00)): I.C~nm·r.
O,~

O.~

0,1

0.1;

o.s

Q,4.

O.~

0.2

0.1

(i.i)
5.2 - BOMBA:

PONTO 3 PONTO 4
VELOCIDADE (mm/s) 'w#!&!, 8,8 / 3,6
ACELERAÇÃO (g) 1,2 0,4
ENVELOPE DE ACELERAÇÃO (gE) 3,9 1,2

Observa-se vibração ALARMADA no mancal da BOMBA - Lado Acoplamento, com


8,8 mm/s de VELOCIDADE VIBRATÓRIA na frequência de lx a rotação da BOMBA
(3.480 CPM), caracterizando DESBALANCEAMENTO.

- GRÁFICO (PONTO 3): VELOCIDADE (mm/s)


v rnl'T\lr~ (ki:3ii:.ti'iA ...·:i(6(~i~üi;j'ijiyÁji:M;B;;j4ii6)i~OOMBAdüjfilíFÜGA\jH ······:iRÓCijii9ji;vElOOiúÁúi!.\Üi:ÓBAC I
lO,O r ······iRPM : o _._ .
!),!J! iM(x)
9,0 I
$;~S 1
8,0 1
1"& I
7'oH;------------------------------------i
s.s ·1
G,O I
5,5 1
5,_1) !
,>,5 iI
a.o I
35 !
3:0 I
2.5 I
2,0 1
1,5" í
1.0 l
~:~L-",-.,.- __ ._._", _-~-_._._.__ I
ZliQ1!2D15 2:\ieÚ:2i\1S:
23/Q-l~;C.~·S---_
"" "" " ..
··2310·1;'2015 .
._._ _~
I

lN6:20 13:4~::25 13:46:30 13!46:35


tJel&

v 1m!\: t:;"rtl\,'sj i"ift::áõ4ifA ..··


'0.0 •.................................................................................................

9,5 i'l4âO.C!:! I M8~


9,u 1
i

::~i
7.... ~
1,L' I
(',~i
6,0 1
5;t~ j
5,C' !
.t,~ I
4,0 i
3'!;' i
3,0 í
2.~ i
!
2.C
1,!) I ,
1.0
0.5
í

l
I,
0,1) ~.~._. __-_._.. ... .._ , • 1\.,,- ".....-J'<-.Jt ~ . .r-.A _ ... ..!:=-" . i
O 'SI)JO 100.:10 1-5000 2obDo "2~~OO 30000 3~OO 40(-'0 4S000 .5000c. 55UClG et.ÓC()t
!!e~-nV
Embora não apresente valores alarmados de ACELERAÇÃO e/ou ENVELOPE DE
ACELERAÇÃO, durante a coleta dos dados foi observado um leve ruído metálico no
mancal da BOMBA - LA. O ESPECTRO VIBRATÓRIO de ENVELOPE DE ACELERAÇÃO
deste PONTO apresenta a frequência principal de 13.895 CPM e suas harmônicas
(freqüências múltiplas), coincidindo com as freqüências calculadas de DEFEITO NOS
CORPOS ROLANTES (BSF) para o rolamento 7309.

- GRÁFICO (PONTO 3): ENVELOPE DE ACELERAÇÃO (gE)


~ [91 [e'' 'T'"·3;:;;-(}4:;-;;.G·A-:('' (e'' C-:-;:M'' l.J"'LTr;!Jl;;;T~J\wH~''-t='' ,B_=-~3~4e"".O:"')j\7.B""OMO;<B"'.""<:;"'·§N::T'.T"'R"'IP"'t)h(jA;;oo,"':J,HJ. ---;J=R9L73(I~l\ENV§L9PEPflLlF\9.LOflÂCI
13 _........................ : APtA; Q .- ..........•............•.••.........••.....•..•...

;Mc<)
12
t~M
1110--·--

10

13;46:lC' 13:,:16:1:5 1;3;:l6::W


dere

)
:Mr,(~~3695,'00CP!i,<t:3.s-~ OId~1I
'Mift:O.l0;' o
! 01)) ; 4 !(if$,tl<) cem (I'! 51B Ordar.r(l :
:.eStJ;:>gJ~~=.;r~-~'==~,=~.(:'@~ j
u.

D.16 '"
di

0.12

0.10

O,lU

lOiJJO 3ooC>3 dOOO~ 4500D

, f [<pfr'
6 - CONCLUSÃO I COMENTÁRIOS

Com base nas AMPLITUDES e ESPECTROS VIBRATÓRIOS apresentados no ítem 5,


concluímos o que segue:

- Recomendamos balancear o conjunto rotativo da BOMBA (SEMI-ACOPLAMENTO,


EIXO, ROTORES) em máquina balanceadora de precisão, obedecendo aos critérios
das Normas VDI 5046 e ISO 1940, com grau de qualidade G2.5;

- O parâmetro de ENVELOPE DE ACELERAÇÃO no PONTO 3 acusa DESGASTE nos


CORPOS ROLANTES do rolamento 7309 da BOMBA (Mancal Lado Acoplamento),
contudo em nível ainda incipiente, com valor de ACELERAÇÃO VIBRATÓRIA ainda
baixo (1,2 g);

Recomendamos lubrificar de imediato o MANCAL da BOMBA (Lado Acoplamento)


e substituir este rolamento quando a vibração atingir 5,0 g de ACELERAÇÃO ou
11,0 gE de ENVELOPE DE ACELERAÇÃO.

Recomendamos manter o EQUIPAMENTO em MONITORAMENTO VIBRACIONAL


PREDITIVO, com medições de vibração mensais, visando acompanhar o
desenvolvimento de defeitos e evitar desgastes ou quebras inesperadas.