Anda di halaman 1dari 17

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC

COLEGIADO DE BIOLOGIA - MODALIDADE EaD


CURSO DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA - MODALIDADE EaD

MÓDULO V – PROCESSOS REPRODUTIVOS


BLOCO IV

CADERNO DE ATIVIDADES

1o semestre de 2012
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC
COLEGIADO DE BIOLOGIA - MODALIDADE EaD
CURSO DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA - MODALIDADE EaD

APRESENTAÇÃO
Prezados(as) alunos(as),

Apresentamos o caderno de atividades, contendo as atividades a distância e as atividades


presenciais, relativas a cada unidade que integra os três eixos temáticos do Módulo V –
Processos Reprodutivos, a serem desenvolvidas no Bloco IV.

A data limite de postagem é única para todas as atividades à distância, entretanto você
poderá postar suas atividades antes da data limite, caso as tenha concluído. Caso você só
possa postar suas atividades na data limite e houver problemas relacionados a internet,
envie as mesmas pelo correio dentro do prazo de postagem. Por outro lado, informamos
que as atividades presenciais continuam a ser apresentadas e entregues na data relativa ao
encontro presencial.

Ressaltamos que antes de você efetuar a postagem de suas atividades é importante que
você esclareça suas duvidas e busque orientação junto aos seus tutores. Para a realização
das atividades de forma adequada e produtiva é importante que você, caso tenha
necessidade, as envie previamente para os tutores, visando orientação e recondução do
processo de elaboração das mesmas. O tutor a distância poderá a partir de uma análise
prévia de suas atividades identificar erros ou equívocos, necessidade de complementação
ou detalhamento das atividades, orientando-o a reelaborá-las. Este é um passo
imprescindível para que possamos assegurar uma avaliação processual das atividades,
conduzindo você a uma aprendizagem significativa.

Bom estudo!

Equipe da Coordenação de Curso – Turma UAB


UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC
COLEGIADO DE BIOLOGIA - MODALIDADE EAD
CURSO DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA - MODALIDADE EAD

ORIENTAÇÕES GERAIS

1. Antes de desenvolver as atividades, leia o texto relativo as respectivas unidades,


apresentados no Módulo V;
2. Lembre de resgatar conhecimentos relacionados ao conteúdo em estudo, nos módulos
anteriores fazendo a correlação necessária;
3. Amplie seus conhecimentos lendo os capítulos de livros, artigos e/ou textos
complementares, bem como consultando sites indicados pelo professor no plano de
ensino ou pelo seu tutor;
4. Estude os conteúdos específicos do eixo biológico relacionando-os a figuras ou a
animações. Isto facilita a compreensão da estrutura e dos processos biológicos;
5. Faça pesquisa na internet, usando palavras-chave relativas ao conteúdo em estudo;
6. Assista às vídeo aulas gravadas pelos professores;
7. Participe dos chats e fóruns de discussão. Estas são ferramentas importantes para
esclarecimentos de dúvidas e compreensão dos temas em estudo;
8. Estude e discuta as atividades (individuais) em grupos de estudo, se possível. Por meio
desta estratégia cada aluno poderá a partir de suas competências específicas contribuir
para o processo de aprendizagem de todos, entretanto é importante que cada aluno
desenvolva o seu próprio processo de construção das atividades;
9. Busque, sempre que necessário orientação junto aos tutores (AVA (Plataforma Moodle,
0800, e-mail);
10. Lembre que a data limite para a postagem de atividades é sua última oportunidade de
fazê-lo, entretanto você pode antecipar esta postagem dentro do prazo estipulado.
11. Leia, estude, assista as vídeoaulas e tente resolver as atividades, de preferência antes
do encontro presencial para que você tenha condições de discutir, buscar
esclarecimentos, ampliar seus conhecimentos e compreender melhor os temas em
estudo.
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC
COLEGIADO DE BIOLOGIA - MODALIDADE EaD
CURSO DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA - MODALIDADE EaD

Módulo V – Processos Reprodutivos


Cronograma de execução do Bloco IV
Bloco IV Prazos

Período de desenvolvimento 09/07 à 05/08/2012

Encontro Presencial 28 e 29/07/2012

Data limite para postagem das atividades a 31/07/2012


distância de todas as unidades

Prova Presencial 04/08/2012

Módulo V – Processos Reprodutivos


Unidades e Professores do Bloco III

Bloco III Código Unidades CH Professor

EB3 História de vida dos organismos 15 Talita Fontoura

EB9 Genética de populações 25 Fernanda


Gaiotto
BSC3 Engenharia genética Livia Lima

EP1 As políticas públicas em educação 10 Indaiara Célia


da Silva
UES Estágio Supervisionado I 25 Alexandra Pitolli
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC
COLEGIADO DE BIOLOGIA - MODALIDADE EAD
CURSO DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA - MODALIDADE EAD

MÓDULO V – PROCESSOS REPRODUTIVOS


EIXO TEMÁTICO BIOLÓGICO

Unidade – História de vida dos organismos


Profa. Talita Fontoura

ATIVIDADE A DISTÂNCIA:

1- O fogo é um fenômeno relativamente comum no Cerrado brasileiro e algumas espécies


de plantas são altamente adaptadas a este fenômeno, só florescendo depois de passarem
pela estação das queimadas que normalmente ocorre durante o inverno. Como a elevação
da temperatura do meio ambiente mundial é um fato, algumas regiões do Cerrado têm
passado por mais períodos de incêndios. Discuta com seus colegas o que pode acontecer
com populações de plantas do Cerrado.

2- Observe os organismos abaixo e pense. Você pode responder de maneira intuitiva ou


consultar a Internet para responder às perguntas abaixo:

a- Rato (Mus musculus) -


Quantidade estimada de filhotes a cada parição -
Quantidade estimada de filhotes por mês -
Quantidade de filhotes por ano –
Tamanho médio –
Idade (anos) -

b- Jequitibá-rosa (Cariniana legalis)


Quantidade estimada de sementes –
Tamanho estimado –
Idade (anos) –
c- Dente-de-leão (Taraxacum officinale)
Quantidade estimada de sementes –
Tamanho estimado –
Idade (anos) –

d- Pulga (Ctenocephalides felis felis)


Quantidade estimada de filhotes a cada parição -
Quantidade estimada de filhotes por mês -
Quantidade de filhotes por ano –
Tamanho médio –
Idade (anos) -

Por favor, faça uma classificação destes organismos de acordo com as estratégias “r” e
“K”.

ATIVIDADE PRESENCIAL

Objetivos da Unidade:
- Compreender os aspectos ambientais que influenciam a história de vida dos organismos
- Reconhecer as características da história de vida dos organismos: maturidade sexual,
fecundidade, parição e senescência
- Identificar alguns aspectos do sucesso reprodutivo e sua aplicação aos estudos de
interações entre organismos
- Identifiar estratégias das curvas de sobrevivência e suas aplicações para estudos de
populações de interesse econômico.

Objetivos da atividade presencial


 É importante notar que o estudo de história de vida dos organismos envolve várias
áreas do conhecimento pois o estudo da história de vida dos organismos pode ser
focado em indivíduos de uma população, diferentes populações ou como uma
espécie tem seu desenvolvimento e reprodução.
 Existem estudos que focam a quantidade de energia gasta na formação de ovos de
fêmeas de uma determinada população até estudos que envolvem o padrão geral
de mortalidade/sobrevivência de uma determinada espécie
 A atividade presencial terá dois focos: 1- a apresentação de artigos na forma de um
seminário possibilitará que os alunos apreendam os aspectos necessários para o
desenvolvimento e reprodução de diferentes organismos; 2- a apresentação de “r e
K estrategistas” tem o objetivo de fazer com que o aluno pense nos padrões gerais
que regem a reprodução de organismos .
 Na apresentação dos artigos, não é objetivo nem é necessário que os alunos
expliquem com detalhes sobre os aspectos estatísticos mas é necessário que eles
pesquisem para que serve, por exemplo, um Teste de t ou o que quer dizer
estatisticamente significativo.

Metodologia
Serão utilizados 4 artigos disponíveis no Scielo realizados por pesquisadores brasileiros. A
dinâmica abaixo é sugerida para que todos estejam muito envolvidos com o texto. Mesmo
que ocorram repetições na apresentação de artigos, elas nunca são exatamente iguais. As
respostas às perguntas também nunca são exatamente as mesmas.

Artigos:

1. Fenologia de Lafoensia pacari A. St.-Hil. (Lythraceae) em Barra do Graças, Mato


Grosso, Brasil.
2. Reprodução de Nycticorax nycticorax (Linnaeus) no litoral de Santa Catarina, Brasil.
3. Recuperação populacional e fecundidade dos Kamaiurá, povo Tupi do Alto do Xingu,
Brasil Central;
4. Investimento reprodutivo e produção de ovos em desovas consecutivas do caranguejo
Aratus pisoni (H. Milne Edwards)

Formação dos grupos


Deverão ter preferencialmente 3 alunos.
Os alunos serão responsáveis por responder às perguntas que serão feitas (veja abaixo).

Apresentações
Os alunos deverão ser incentivados a usarem mapas, figuras e pouco texto para a
apresentação. Isto é interessante principalmente em Material e Métodos para que figuras
ilustrativas possam representar os vários passos ao invés de texto corrido.

Para o artigo dos Kamaiurá é extremamente importante que os apresentadores tomem


extremo cuidado com o texto pois existem muitos aspectos antropológicos que podem ser
apresentados mas *não são* o foco principal da apresentação.

Perguntas para os textos


As perguntas deverão ser enviadas para os grupos com antecedência pois envolverão
conceitos ecológicos que estão implícitos no texto, conceitos *básicos* e simples de
estatística e perguntas sobre o texto em si. Desta maneira, os alunos que estiverem
assistindo à apresentação terão uma “tradução simultânea” do que cada termo significa.

Os alunos devem ser incentivados a escreverem para os autores dos artigos para tirarem
dúvidas

1-TEXTO DA Lafoensia pacari A.St.-Hil.


1- O que fenologia tem a haver com história de vida?

2- O que é Percentual de intensidade de Fournier ou índice de atividade?

3- Para que serve o teste de correlação de Spearman?

4- Leias sobre as características da espécie analisada. Pensando que esta espécie estará
enquadrada como “vulnerável à extinção”, explique como deveriam ser feitas as medidas
que promovam a conservação da espécie (p. ex. evitar queimadas que comprometam as
populações, coleta de frutos e sementes para viveiros, etc) ? Explique sua resposta.

5- Por favor, explique melhor.

2- TEXTO DO Nycticorax
1- Para que serve o teste de Análise de Variância (ANOVA)?

2- Para que serve o teste de Tuckey?

3- Para que serve o Teste de t?

4- Digamos que esta espécie esteja ameaçada de extinção devido à alta exploração dos
ovos por populações humanas locais. Para controlar a atividade extrativista, os
pesquisadores pensaram em permitir a extração controlada de ovos. Baseando-se no
tamanho dos ninhos, qual seria a sua recomendação para diminuir a extração
indiscriminada de ovos?

5- Numa situação hipotética oposta, digamos que N. nycticorax esteja em altas


densidades populacionais, sendo necessário o controle populacional da espécie.
Pensando no tamanho dos ninhos e no tamanho dos ovos, quais seriam as medidas de
controle populacional que você adotaria?
3- TEXTO DOS Kamaiurá
1- Observando a Tabela I, é possível dizer que a norma de reação permaneceu imutável
ao longo do tempo? Explique a sua resposta

2- “A reprodução tardia é favorecida porque, ao aumentar a expectativa de vida, os


indivíduos jovens podem obter um maior aumento do seu crescimento e ou, um maior
acúmulo de experiência, ou também serem férteis ao final da vida”. Quais são os
mecanismos que os Kamaiurá utilizam sem necessitarem ler esta definição?

3- É possível enquadrar a mortalidade infantil dos Kamaiurá em predação, parasitismo ou


competição intra-específica?

4- O que é crescimento vegetativo?

5- Deixe claro na apresentação sobre como os Kamaiurá intencionam melhorar o cuidado


parental para melhorarem o desempenho do grupo.

4 - TEXTO DO CARANGUEJO Aratus


* Os apresentadores devem ter especial atenção na apresentação da discussão deste
artigo. Ele é *totalmente* voltado ao tema “história de vida dos organismos” mostrando
como a espécie estuda investe energia em reprodução.

1- Por favor, mostre como é um gráfico de função potência e um gráfico que caracterize
uma regressão linear.

2- Para que serve um “coeficiente de determinação”? Se a autora escreve que “baixos


valores dos coeficientes de determinação” das equações do tipo função potência ou de
regressão linear, o que isso quer dizer?
Unidade – Genética de Populações
Profa. Fernanda Gaioto

ATIVIDADE A DISTÂNCIA

 Antes de iniciar esta atividade, resolva todas as atividades presentes no seu módulo
impresso e tire dúvidas conosco!

Lista de exercícios:

1) Em uma classe de 25 estudantes, 14 foram incapazes de sentir o gosto da


feniltiocarbamina (genótipo tt). Os outros 11 foram capazes de sentir esta substância
(genótipo TT ou Tt). Entre os 11 sensíveis, quantos eram heterozigotos?

2) Em uma grande população de reprodução aleatória 0,84 é a frequência de indivíduos


que expressam o fenótipo referente ao alelo dominante “A” e 0,16 é aquela referente aos
que expressam o fenótipo do alelo recessivo “a”.
a) Qual a freqüência do alelo dominante?
b) Se os homozigotos AA são 5% menos adaptáveis que os outros dois
genótipos, qual será a freqüência de A na geração seguinte?

3) Cada uma das duas populações isoladas está em EHW com as freqüências genotípicas
mostradas abaixo:

a) Se as populações são iguais em tamanho e se fundem para formar uma única


população grande, preveja as freqüências alélicas e genotípicas na grande
população imediatamente após se juntarem;
b) Se a população mesclada se reproduz aleatoriamente, preveja as freqüências
genotípicas na geração seguinte;
c) Se a população fundida continuar a se reproduzir aleatoriamente, estas
freqüências genotípicas continuarão constantes?
4) A população de Escherbethia galonensis estudada por um geneticista de populações
chamado Marc Von Tweegue no sul da Indonésia, apresentou os seguintes dados:

Genótipos Número de indivíduos observados


Y1Y1 40
Y1Y2 220
Y2Y2 240

Pergunta-se: A população de E. galonensis encontra-se sob proporções de Hardy-


Weinberg?

Dado: Tabela simplificada de 2


p 0,995 0,9 0,5 0,1 0,05 0,01 0,005
G.L.
1 0,000 0,016 0,455 2,706 3,841 6,635 7,879
2 0,010 0,211 1,386 4,605 5,991 9,210 10,597
3 0,072 0,584 2,366 6,251 7,815 11,345 12,838
4 0,207 1,064 3,357 7,779 9,488 13,277 14,860
5 0,412 1,610 4,351 9,236 11,070 15,086 16,750
10 2,156 4,865 9,342 15,987 18,307 23,209 25,188
15 4,601 8,547 14,339 22,307 24,996 30,578 32,801

5) Analise os dados mostrados a seguir referentes números médios relativos aos fenótipos
de várias populações humanas para o sistema ABO.

a) Calcule as frequências alélicas IA, lB e i na população de esquimós.


b) As quatro populações mostram polimorfismo? Justifique sua resposta.
c) Quais os mecanismos que explicam (ou podem explicar) as diferenças alélicas
entre as populações ?
d) A população de indígenas da América do Norte está em equilíbrio de Hardy-
Weinberg ? Justifique sua resposta.

ATIVIDADE PRESENCIAL:
Está disponível na plataforma moodle cinco artigos para cada polo, extraídos da revista
“Genética na Escola”. Esta revista tem por objetivo a publicação de jogos que auxiliem a
compreensão de conceitos genéticos, de forma lúdica, através de jogos.

Cada aluno poderá realizar esta atividade individualmente ou em dupla. A cada grupo de 2
(ou individual) será destinado um dos artigos para a realização da atividade.

Cada grupo de 2 (ou individual) será responsável por: i) adquirir o material necessário e ii)
confeccionar os tabuleiros e peças necessárias para aplicar a atividade para um grupo de
alunos, como se fosse realizá-lo numa sala de aula presencial.

A confecção do jogo deverá ser realizada na sua residência, ou no polo, dias antes da aula
prática presencial.

Cada grupo de 2 (ou individual) deverá trazer o jogo pronto no dia da aula presencial (com
todo o material necessário para jogá-lo – por exemplo: tabuleiro, canetas coloridas,
contas, argolas, papel... enfim, o que o artigo estipular que seja necessário).

Meus objetivos com esta prática são:


i. Apresentá-lo a este importante veículo (Genética na Escola) de aulas práticas para
professores de biologia, publicado pela Sociedade Brasileira de Genética;
ii. Fazê-lo produzir um material didático (jogo) que, ao final do curso será seu! E, que
poderá ser utilizado em suas próprias aulas de genética no Ensino Médio;
iii. Auxiliá-lo a fixar os conceitos teóricos apresentados no curso, pela prática de
produzir, simular e manusear o “brinquedo” produzido;
iv. Eliminar qualquer dúvida sobre os conceitos populacionais quando nos
encontrarmos na aula presencial, quando você apresentará para seu polo a
atividade prática, tal como fará em sua sala de aula, quando você estiver
lecionando.

Referência dos artigos que utilizaremos nas práticas desta unidade (www.sbg.org.br):
Klautau-Guimarães, M.N.; Oliveira, S.F.; Moreira, A.; Pedrosa, H.; Correia, A. 2008.
Dinâmica dos alfinetes no ensino da genética de populações. Genética na Escola 3(2):
42-46.
Oliveira, M.V.M.; Araújo, W.S.; Oliveira, A.C.; Soares, T.N. 2008. Jogo Galápagos: a
extinção e a irradiação de espécies na construção da diversidade biológica. Genética
na Escola 3(1): 49-57.
Mori, L.; Miyaki, C.Y.; Arias, M.C. 2009. A seleção natural em ação: o caso das joaninhas.
Genética na Escola 4(2): 41-46.
Souza, R.F. 2006. Maneira lúdica de se entender deriva alélica. Genética na Escola 1(2):
71-74.
Souza, R.F. 2008. A cura - uma simulação da seleção natural na espécie humana.
Genética na Escola 3(2): 20-23.
Lista de material de consumo
para aula prática presencial e atividades práticas à distância – EB9 (Genética de
Populações) – Fernanda Amato Gaiotto

Para a aula prática presencial, cada polo deverá contar com:


 30 botões de pressão prateado (ou de outra cor, a escolha do grupo)
 30 botões de pressão preto (ou de outra cor diferente da anterior, a escolha do grupo)

Observações:
1. Os “botões de pressão” são compostos por duas partes que se encaixam. O material deve ser
adquirido do mesmo fabricante, apenas de cores diferentes (2 cores apenas), de modo que
possamos usá-los encaixados aos pares da mesma cor ou de cores diferentes

2. Este material deverá ser usado para cada grupo de 4 alunos. Portanto, deverá ser multiplicado para
o número de grupos (de 4) que cada polo possuir. Por exemplo: se o polo tiver 20 alunos, serão
necessários 150 botões pretos e 150 botões prata. Recomendo a compra conjunta para todos os
grupos para que os botões possam ser intercambiáveis entre os grupos, o que facilitará a preparação
da aula prática.

Para a atividade prática á distância, cada aluno deverá contar com o material específico listado nos artigos
disponíveis para cada polo na plataforma Moodle

MÓDULO V – PROCESSOS REPRODUTIVOS


EIXO TEMÁTICO BIOLÓGICO

Unidade – Engenharia Genética


Profa. Livia Lima

ATIVIDADE A DIATÂNCIA AVALIATIVA

 Textos
o Engenharia Genética: Conceitos básicos, ferramentas e aplicações.
o Biotecnologia - Histórico e Tendências
o Conceitos básicos de técnicas de biologia molecular
o Plantas como Biorreatores
o Reportagens da revista Biotecnologia
 “Pesquisa no Brasil e Patentes”
 “Ciência e Tecnologia - Brasil no caminho da modernidade”
 “Rumos da biotecnologia”
 ”Trangênicos – Plantas produtoras de fármacos”

 Atividades
A. Elaborar um texto de até 30 a 50 linhas sobre as principais descobertas que permitiram
estudos de caracterização, expressão e modificações do material genético dos seres
vivos, as ferramentas utilizadas, uma breve descrição das principais técnicas utilizadas e
algumas aplicações da Engenharia Genética

B. Comente: “Quais os principais obstáculos para o desenvolvimento da biotecnologia no


Brasil?”

C. Ao servir o almoço e querendo agradar o grupo, o jovem barraqueiro dispôs-se a elogiar a


qualidade dos alimentos servidos e, numa linguagem muito própria, afirmou que a salada
era especial, feita com folhas que cresceram na água e os tomates eram daqueles feitos
no laboratório, sendo mais saborosos porque demoravam mais tempo amadurecendo no
pé. Ao compreender que o rapaz falava de alface hidropônica e de tomates geneticamente
modificados (ou transgênicos), estabeleceu-se um clima de incerteza quanto à ingestão ou
não da salada. Considerando que, atualmente, muitas espécies vegetais vêm sendo
aperfeiçoadas pela Engenharia Genética através da manipulação do DNA, como é o caso
do tomate referido pelo barraqueiro, indique as respectivas funções das enzimas de
restrição e dos plasmídeos, no processo de construção de uma molécula de DNA
recombinante.

D. A aplicação intensiva de agrotóxicos a partir da década de 1940 aumentou a produtividade


na agricultura. Atualmente, são produzidas e cultivadas plantas transgênicas, isto é,
geneticamente modificadas para serem resistentes à ação de insetos. Um exemplo
conhecido é o milho geneticamente modificado com um gene da bactéria 'Bacillus
thuringensis' (Bt), o que lhe confere resistência a ataques de insetos. Contudo, alguns
pesquisadores têm observado que diferentes espécies de insetos adquirem resistência às
toxinas bioinseticidas produzidas por essas plantas. Explique como os insetos se tornam
resistentes.

ATIVIDADE A DISTÂNCIA COMPLEMENTAR 1: Engenharia Genética de Plantas

 Texto: Reportagens da revista Biotecnologia


 “Plantas como biorreatores”
 “Trangênicos – Plantas produtoras de fármacos”
 “Plantas que se transformam em fábricas de proteínas”,

 Atividades

A. A partir da leitura dos textos propostos, responda as perguntas abaixo:


a) Porque as plantas têm sido usadas como fazendas moleculares na produção de
metabólitos secundários?
b) Quais as plantas que são mais usadas como biorreatores?
c) Que fatores devem ser levados em consideração a respeito da biossegurança
destas plantas modificadas geneticamente?
B. A partir dos textos e através de pesquisas individuais, fale um pouco sobre o
alcance atual da engenharia genética. O que é realidade hoje dentro da engenharia
genética. Quais os avanços? Quais as possibilidades para o futuro? Quais áreas
que ela atua?

ATIVIDADE A DISTÂNCIA COMPLEMENTAR 2: Ferramentas básicas de Biologia


Molecular

 Textos:
o Extração de DNA
o Eletroforese
o Enzima de restrição

 Atividades:
A. Descreva os principais reagentes utilizados na extração de DNA de plantas, a
aplicação da técnica de eletroforese e qual a função das enzimas de restrição.

ATIVIDADE A DISTÂNCIA COMPLEMENTAR 3: Biotecnologia Ambiental


o Textos
 “Biotransformação de óleos e gorduras”
 “Fitorremediação de águas e solos poluídos”
 “Recuperação de lagos Tropicais”
 “Dessulfurização bacteriana de combustíveis fósseis”

 Atividades
1. “A biorremediação é a técnica que consiste na aplicação de processos
biodegradáveis no tratamento de resíduos para recuperar e regenerar ambientes
(principalmente água e solo) que sofreram impactos negativos, mantendo o
equilíbrio biológico em ecossistemas. Também é chamada de biotecnologia
ambiental, por usar, de forma controlada, processos microbiológicos que ocorrem
normalmente na natureza para remover poluentes.”
Como a biotecnologia aplica-se aos processos de biorremediação?

2. A partir da leitura dos textos propostos, elabore um pequeno texto de até 30 linhas
sobre os riscos e benefícios do uso de OGM´s para estudos de biorremediação.

ATIVIDADE A DISTÂNCIA COMPLEMENTAR 4: Engenharia Genética e Saúde

 Textos
o Clonagem Humana
o Genoma do câncer
o Vacinas de DNA – Aspectos Gerais
o Vacinas de DNA e Biossegurança
o Vacinas de DNA
o Vacinas Gênicas

 Atividades
o A partir da leitura dos textos propostos, escreva um pequeno texto de até 30
linhas sobre vacinas de DNA, e doenças que podem/poderiam ser tratadas com
esse tipo de tecnologia? Existe alguma vacina de DNA em desenvolvimento no
Brasil?

ATIVIDADE PRESENCIAL:

O encontro presencial será realizado com apresentação de seminários pela turma, que
será dividida em grupos de forma a cada equipe apresentar um dos seguintes temas:

1. Tecnologia do DNA recombinante


2. Clonagem
3. Mapeamento Genético
4. Organismos transgênicos e agricultura
5. Terapia Gênica
6. Engenharia Genética e Bioética

MÓDULO V – PROCESSOS REPRODUTIVOS


EIXO TEMÁTICO PEDAGÓGICO

Unidade – As políticas públicas em educação


Profa. Indaiara Célia da Silva

ATIVIDADES A DISTÂNCIA

1) Com base na leitura do texto 1. “Estado e políticas (públicas) sociais” (site) elaborar um
mapa conceitual

2) Com base na leitura do texto 2. “As políticas Públicas em Educação” (pág. 337 à 338 do
livro texto Processos Reprodutivos) produzir uma resenha crítica.

ATIVIDADE PRESENCIAL:

1. Produção de uma resenha crítica do filme “Ilha das flores”,


(http://www.youtube.com/watch?v=bVjhNaX57iA) relacionando-o aos conceitos de Estado,
sociedade e políticas públicas, às discussões da Rio + 20 e aos desafios da educação
básica para o ensino de Ciências Naturais e de Biologia.
2. Debate sobre os conceitos de estado, sociedade, política pública, política educacional,
as questões colocadas pela Rio + 20 e os objetivos e desafios do ensino de Ciências
Naturais e de Biologia.

Para subsidiar o debate os alunos deverão:


Leitura do texto 3: 7 Questões Críticas da Rio+20.
Leitura dos desafios e objetivos do ensino de Ciências Naturais (PCN Ensino
Fundamental) e de Biologia (Orientações Curriculares do Ensino Médio).

Sites:
http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/ciencias.pdf páginas 32 e 33.
http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/book_volume_02_internet.pdf páginas 17 a
19.
http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v21n55/5539.pdf texto 1.
http://www.rio20.info/2012/7-questoes-criticas-da-rio20 texto 3.
http://www.pucrs.br/gpt/resenha.php (texto complementar para orientar a elaboração
da resenha crítica).
http://www.cecgodoy.pro.br/sc2008/index.php?
option=com_content&view=article&id=57:estrategia-para-elaborar-um-bom-mapa-
conceitual&catid=40:mapas-conceituais&Itemid=58 texto complementar para
orientar a elaboração do MC -mapa conceitual.