Anda di halaman 1dari 6

...............................................................................................................................

MECATRÔNICA INDUSTRIAL – M1AUTO

KAYQUE COSTA RALPH - 222622017

POTFÓLIO
ANALISE E SÍNTESE DE TEXTOS TÉCNICOS

...............................................................................................................................
Guarulhos - SP
2018
KAYQUE COSTA RALPH
POTFÓLIO
ANALISE E SÍNTESE DE TEXTOS TÉCNICOS

Trabalho apresentado ao Curso (Mecatrônica


Industrial) do Centro Universitário ENIAC para a
disciplina [Pneumática e Hidráulica].

Prof. SEBASTIÃO GARCIA JUNIOR

Guarulhos - SP
2018
Respostas

Livro: STEWART, Harry L. Pneumática & Hidráulica – volume 1. São Paulo: Ed.
Hemus, 1990.

Capítulo III

CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS MÁQUINAS

Uma grande variedade de dispositivo é ultilizado na prática nas indústrias. A


familiaridade com certas caracteristicas básicas ou comuns desses dispositivos
pode auxiliar na obtenção de um melhor entendimento de equipamento
hidráulicos e pneumáticos, e pode ser util na istalação, operação e manutenção
desses equipamentos.

MÁQUINAS E MECANISMO

Em uma máquina, a energia pode ser convertida de uma forma para outra.
Uma máuqina é um dispositivo para realização de trabalho. Um motor elétrico,
por exemplo, converte energia elétrica em energia mecânica. A energia elétrica
entra no motor por meio de fios; a saída do motor (energia mecânica) é
distribuida através de um eixo que gira quando a corrente é ligada.
Os dispositivos industrias podem, de um modo geral, ser classificados em
dois grupos: (1) máquinas e (2) mecanismo. A palavra mecanismo indica um
dispositivo inicialmente envolvendo somente movimento. O motor de um
refigerador doméstico. por exemplo, diferente de uma mola da relógio de pulso
por esta superar uma pequena quantidade de atrito, embora o propósito
princinpal seja de obter um movimento explícito. O termo mecanismo é
utilizado em conjunto com vários dispositivos de controle.
MÁQUINAS A FLUIDO

No gerador elétrico, a nergia mecânica é convertida em energia elétrica. Na


bomba a fluido, a energia mecânica é convertida em energia fluida. O gerador
elétrico e a bomba são, assim, similares.
Uma bomba a fluido pode envolver ou uma ação de reciprocação ou uma
ação de rotação; da mesma forma, um motor a fluido pode envolver ou uma
ação de reprocação ou uma ação de rotação.

TIPOS GERAIS DE MÁQUINAS A FLUIDO

As máquinas a fluido são divididas em dois grupos principais, segundo tipo


de ação de fluido: (1) o tipo de velocidade, ou dinâmica, e (2) o tipo de
deslocamento positivo, ou de pressão. No tipo dinâmico, ação entre uma peça
mecânica e o fluido envolve variações apreciáveis de velocidade. O tipo
comum de propulsor de aleta ou pá é um exemplo do tipo de velocidade. Na
máquina a fluido do tipo de deslocamento positivo ou de pressão, ação
característica é uma variação volumétrica ou uma ação de deslocamento.
A construção geral das máquinas de deslocamento positivo é dividida nos
dois grupos seguintes, segundo o tipo de movemento mecânico: (1) máquinas
de reciprocação; e (2) máquinas rotativas.

Máquinas de reciprocação
A máquina consiste em um cilindro que inclui um êmbolo ou pistão de
reciprocação, e válvulas para dirigir o fluido para dentro e para fora do cilindro;
este é também um exemplo da ação de uma bomba. Quando a máquina usa
um líquido, como óleo, é chamada normalmente de bomba; quando a máquina
usa gás ou ar, é chamada compressor.
Uma máquina de deslocamento positivo pode ser do tipo de deslocamento
fixo ou do tipo de deslocamento variável, segundo o arranjo de suas peças. Na
máquina de deslocamento fixo, o arranjo de suas peças não pode ser mudado
para variar o deslocamento; na máquina de deslocamento variável, o arranjo de
suas peças pode ser mudado para variar o deslocamento.
Máquinas rotativas
Em uma máquina rotativa, há um movimento de rotação em torno de um
eixo. As máquinas rotativas são classificadas normalmente com relação à peça
de máquina ou elemento mecânico que gira. Um par de engrnagens
entrelaçadas é contido em um envoltório. Quando as engrenagens giram, o
fluido fica preso entre os dentes das engrenagens e o envoltório, e é levado da
entrada para a saída. Durante cada revolução das engrenagens, um dado
volume de fluido é transferido da entrada para a saída. Essa é uma máquina de
deslocamento fixo.

Atuadores
Atuadores pode ser definido como um dispositivo que converte energia
fluida em movimento mecânico. Os atuadores podem envolver movimento
linear e/ ou movimento rotativo. Em um cilindro de atuação dupla, o fluido sob
pressão pode ser aplicado em qualquer lado do pistão para provocar
movimento no sentido correspondente. Em um cilindro de atuação simples, o
fluido sob pressão só pode ser aplicado em um dos lados do pistão, e uma
mola, ou a gravidade, é utilizada para retorna o pistão à sua posição orignal.

CAVITAÇÃO

Quando um líquido flui travéis de uma passagem ou de uma máquina, uma


ação imprópria, chamada cavitação, pode ocorrer se certas condições
predominarem. A propria palavra já indica cavidade ou vazio. Além de as peças
apresentarem cavidade, a cavitação poderá ser a causa de uma queda no
desepenho de uma bomba hidráulica, motor, ou outro dispositivo, Ar ou gás
dissolvidos no líquido hidráulico, por exemplo, poderão causar dificuldades se o
gás ou ar formarem bolhas e colapsos quando a pressão do fluido variar.
COMCLUSÃO
Com o resumo deste livro pude aprender um pouco sobre como fuciona os
atuadores de ação simples que será ultilizado no meu projeto integrador , com
essas informaçoes foram enssencias para meu desenvolvimento com base a
essas informaçoes usarei alguns trechos para meu tcm.