Anda di halaman 1dari 9

Ensaios em revestimentos cerâmicos

Ortogonalidade dos lados:

Retitude lateral:

Curvatura central:

Curvatura lateral:
Empeno:
Execução de revestimento cerâmico

Tipos de argamassas para assentamento

Seção genérica da estrutura de um piso

Revestimento de piso com placas cerâmicas

A execução do piso com revestimento cerâmico deve ser iniciada após terem sido concluídos os
serviços:

a) Revestimento de paredes;

b) Revestimento de tetos;

c) Fixação de caixilhos;

d) Execução da impermeabilização;

e) Instalação de tubulações embutidas nos pisos;

f) Ensaios das tubulações quanto à estanqueidade.


O assentamento das placas cerâmicas só deve ocorrer após um período mínimo de cura da base ou
do contrapiso. No caso de não se empregar nenhum processo de cura, o assentamento deve ocorrer
no mínimo 28 dias após a concretagem da base ou 14 dias após a execução do contrapiso.

Camada de regularização

Deve ser empregada sempre que a base apresentar irregularidades, ou sempre que houver
necessidade de corrigir a declividade da base para se atingir o caimento especificado para o piso.
Traço em volume: 1 : 6 (cimento : areia)

A espessura da camada de regularização deve ser de 10 a 30mm. Para espessuras mais elevadas, a
regularização pode ser feita em mais de uma camada.

Execução de camada de regularização

O nível da camada de regularização pode ser obtido com o auxílio de taliscas (tacos retangulares de
madeira com aproximadamente 1cm de espessura).

Após posicionar as mestras, deve-se lançar a argamassa entre elas, sempre em excesso e sempre
adensamento a argamassa.

O nivelamento final da camada de regularização será obtido com o deslocamento da régua sobre
duas mestras consecutivas.

1 – Mestras;

2 – Argamassa lançada;

3 – Régua apoiada sobre duas mestras.


Preparação de argamassa colante para assentamento

O preparo da argamassa colante deve seguir as recomendações do fabricante. Após a preparação, a


argamassa deve ser protegida do sol, chuva e vento.

O uso da argamassa deve ser feito até 2h30min após seu preparo, não podendo ser adicionada água
ou aditivo. Esses cuidados são adotados para garantir a aderência da argamassa colante !

Tardoz é a face da placa cerâmica que fica em contato com a argamassa. Para tardoz que tenha
reentrâncias de altura maior que 1mm, deve-se fazer o preenchimento prévio desse tardoz com a
argamassa colante.
Aplicação da argamassa colante

A argamassa colante deve ser estendida em faixas de aproximadamente 60cm de largura, para
facilitar a colocação das placas cerâmicas.

A extensão da faixa de espalhamento da argamassa colante deve ser determinada para cada caso e
depende das condições locais de temperatura, insolação, ventilação e umidade do ar. Esse cuidado
deve ser adotado para garantir o tempo em aberto descrito para cada tipo de argamassa colante
(AC).

Uso de espaçadores

A aplicação das placas cerâmicas deve ser auxiliada com o uso de espaçadores tipo cruz, para
proporcionar o espaçamento necessário para a aplicação do rejunte.

Após a fixação de cada uma das placas cerâmicas, deve-se aplicar leves golpes de martelo de
borracha para melhor fixação das placas cerâmicas.

Tempo em aberto: Maior intervalo de tempo para o qual uma placa cerâmica pode ser assentada
sobre a pasta de argamassa colante.
Rodapé

Em ambientes fechados por paredes ou muretas, recomenda-se a colocação de rodapé com altura
mínima de 70mm, em todo o contorno do piso acabado e nivelado, superposto ao piso .

Pisos antiderrapantes

 Usar em pisos diretamente expostos às intempéries;

 Usar em escadas, ou rampas com caimentos maiores que 3%.

Caimento de pisos

Rejunte cerâmico

O rejunte tem por função absorver as deformações que os revestimentos sofrem devido a ação de
calor, frio, trânsito e, também, as deformações que as peças sofrem pelo impacto, evitando trincas,
rachaduras e quebra das peças. O rejuntamento das placas cerâmicas deve ser feito no mínimo 3
dias após o assentamento das placas.

Revestimento argamassado