Anda di halaman 1dari 3

SEMINARIO TEOLOGICO HASHEM

Pr. Edivaldo Pereira de Souza

Resumo do Livro: Ética Cristã – Norman L. Geisler

Disciplina: Ética Cristã

Professor: Edivaldo Pereira

GUARULHOS - SP

ABRIL – 2018
Livro:
Ética Cristã

Autor:
Norman L. Geisler

Editora:
Vida Nova

Local e Data:
São Paulo, 2006.

O livro obedece a seguinte estrutura:

Primeira Parte: Alternativas Éticas


- Introdução: Abordagens e alternativas éticas básicas;
- O Antinomismo: Não há normas;
- O Generalismo: Não há normas universais;
- O Situacionismo: Há uma só norma universal;
- O Absolutismo não conflitante: Há muitas normas universais não conflitantes;
- O Absolutismo Ideal: Há muitas normas universais hierarquicamente ordenadas

Segunda Parte: Questões Éticas

- O cristão e o amor próprio;


- O cristão e a guerra;
- O cristão e a responsabilidade social;
- O cristão e o sexo;
- O cristão, o controle da natalidade e o aborto;
- O cristão e a eutanásia, o suicídio e a pena capital;
- O cristão e a ecologia.

Destaques:

Argumento Central: Há uma discussão acerca das ideologias

Pontos Valiosos:
- É preciso ler, explicar e aplicar o texto;
- A tarefa de pregar é o chamado mais alto, maior e mais glorioso que alguém
pode ter;
- A explicação sobre os tipos de sermão;
- As inúmeras vantagens para o pregador e para os ouvintes;
- O detalhamento sobre o sermão expositivo (análise do texto, grande ideia do
sermão, estrutura, aplicação, etc.);
- A vida do ministro é a vida do seu ministério;
- O pregador deve ter fome pela Palavra de Deus e manter um relacionamento
íntimo com Ele;
- Deve deixar o Espírito Santo ser o agente da unção e condução do processo de
elaboração e exposição do sermão;
- O crescimento bíblico da igreja é proporcional ao crescimento e importância
dada a Palavra de Deus.

Deficiências e Objeções: como o livro anterior que fizemos o resumo, percebi certa
repetição de assuntos, além de a leitura ser dificultada devido alguns assuntos do livro
não despertar tanto interesse por seu caráter técnico e filosófico.

Ideias Principais:

- Apesar de existirem várias metodologias para o crescimento da igreja, é


extremamente necessário e urgente que se volte à essência da pregação expositiva, pois
o que se tem visto está mais para inchaço do que crescimento;
- A falta de zelo pela Palavra de Deus e do seu estudo sistemático está fazendo
com que as igrejas apelem para o pragmatismo religioso, ao invés de compreenderem a
vontade de Deus descrita em sua Palavra;
- Pregar expositivamente não dá margem para conversas paralelas, carapuças,
etc. Não é o ponto de vista do pregador acerca de uma passagem bíblica que está sendo
exposto e sim, a própria mensagem de Deus;
- Se não dedicarmos ao estudo, a uma boa exegese e interpretação bíblica,
certamente falharemos na missão de pregar expositivamente;
- O instrumento utilizado na Reforma Protestante foi a pregação expositiva.
Precisamos da mesma forma, utilizar esta ferramenta nas igrejas para voltarmos a
essência do cristianismo bíblico.