Anda di halaman 1dari 3

GRAMÁTICA: classes e funções

Classe: potencial funcional semelhante que um conjunto de palavras possui.

Função: definida conforme o contexto.

O léxico da língua se distribui então em classes, definidas de acordo com propriedades


semânticas, morfológicas e distribucionais.

Cada classe pode desempenhar determinadas funções na estrutura das sentenças.

Exemplo:

1. As paredes foram construídas por um operário


2. O operário não pode finalizar a obra.
3. É necessário contratar outro operário.

O termo, da classe dos nominais, é núcleo de sintagmas com diferentes funções:

1 - agente da passiva

2 – sujeito

3 - objeto direto

Na classificação encontrada na GT, baseada na NGB, as palavras do português se dividem


em 10 classes, que podem, na estruturação das orações, assumir a função de núcleo dos
seguintes sintagmas (além de outras funções, quando não em posição nuclear):

Classes Função de núcleo

Substantivos
Sintagma nominal (SN)
Pronomes

Adjetivos Sintagma adjetival (SAdj)

Advérbios Sintagma adverbial (SAdv)

Verbos Sintagma Verbal (SV)

Preposições Sintagma preposicionado


(SPrep)

Artigos

Conjunções

Interjeições
Artigos, conjunções e interjeições, devido às suas propriedades semânticas e sintáticas,
não exercem função de núcleo.

Análise sintagmática

Um sintagma compreende seu núcleo e todas as unidades por ele dominadas, que estão
em relação de dependência sintático-semântica com ele. Os termos em um sintagma
apresentam uma relação de dependência, na qual temos um elemento determinante
(subordinado) e outro determinado.

A propriedade da recursividade da língua permite que sintagmas sejam sucessivamente


encaixados um ao outro, então, um sintagma pode ser composto por outros sintagmas.

Identificação de sintagmas

As restrições estruturais da língua fazem com que somente constituintes inteiros possam
ser movidos dentro da estrutura da sentença, sem prejudicar sua gramaticalidade. Há dois
testes estruturais que podem ser realizados para delimitar e identificar os sintagmas.

- Teste do movimento

- Teste da clivagem (ser... que)

Funções sintáticas

1) Termos essenciais da oração

Função Tipo Composição

Simples

Composto
Sujeito SN
Indeterminado

Oculto

Verbal V + Complementos

Verbo-nominal (Verbo:

-Transitivo direto

-Transitivo indireto
Predicado
-Intransitivo

-Impessoal)

Nominal V + complementos

(Verbo de ligação)
Do sujeito
Predicativo SAdj
Do objeto

2) Termos integrantes da oração

Função Tipo Composição

Complemento nominal SPrep

Complemento verbal Objeto direto SN

Objeto indireto SPrep

Agente da passiva SN

3) Termos acessórios da oração

Função Composição

Adjunto adnominal Determinantes e modificadores


do núcleo do SN

(artigos, demonstrativos,
quantificadores, adjetivos,
advérbios)

Adjunto adverbial SAdv

Aposto SN

4) Vocativo
SN

A oração é necessariamente formada por um sintagma verbal, acompanhado dos sintagmas a


ele subordinados.

As relações sintáticas de subordinação são sempre da mesma natureza (termo subordinante e


termo subordinado) independente da complexificação.

Assim, no período composto, as mesmas relações sintáticas ocorrem.