Anda di halaman 1dari 5

CIC – Catecismo da Igreja Católica

PORQUÊS... AT – Antigo Testamento

NT – Novo Testamento

que nunca se calam! EN – Evangelii Nuntiandi

LG – Lumen Gentium
Sobre a Igreja | sobre a fé | saiba o porquê...
Por que outubro é o mês das missões? Por que Igreja Católica Apostólica Romana?
A palavra MISSÃO vem do latim MITTO e significa ENVIAR. No NT, Voltando um pouco na história. A palavra CRISTÃO denominação
Jesus emprega uma outra palavra com o mesmo significado – a palavra aplicada aos discípulos, remonta ao ano 37 da era cristã, em Antioquia,
APÓSTOLO (do grego APOSTELLO). que se tornou um centro de difusão do evangelho para o mundo pagão.

Suscintamente, podemos dizer que MISSÃO significa ENVIAR. “Tendo-o encontrado, levou-o a Antioquia. Passaram um ano inteiro
trabalhando juntos naquela Igreja, e instruíram uma numerosa
Mas voltemos ao ano de 1922, quando D.Achille Ratti, cardeal de Milão, multidão. Em Antioquia, os discípulos foram, pela primeira vez,
Itália, foi eleito Papa. Ele escolheu como nome “Pio XI” e pontificou de chamados com o nome de “cristãos”. At 11,26
1922-1939. Possuía um ardor missionário notável, e, por isso esperam
dele um grande impulso para a missão. “Então Agripa disse a Paulo: “Ainda um pouco, e me convences a
tornar-me cristão!” At 26,28
Em 1922, Pio XI constituiu como pontifícias as Obras Missionárias
existentes, e recomendou-as como instrumentos principais e oficiais “Se, porém, alguém sofrer por ser cristão, não se envergonhe. Antes,
da cooperação missionária de toda a Igreja. Também estimulou a glorifique a Deus por este nome.” 1Pd 4,16
criação de novas missões e ordenou os primeiros bispos indianos(1923)
e chineses(1926). No Ano Santo de 1925, abriu no Vaticano uma Nesse ano desencadeou uma grande perseguição sobre a Comunidade
Exposição Missionária Mundial; no ano seguinte Pio XI publicou a de Jerusalém, que acabou trazendo um bem: a rápida difusão da Igreja
Encíclica Rerum Ecclesiae, sobre as missões. por outras regiões. Os cristão se expandiram, a Igreja cresceu
rapidamente, tão logo começaram a surgir os hereges, seguindo outras
A ideia de um dia mundial das missões surgiu em Sássari, na Sardenha, doutrinas, embora, também se denominavam de cristãos e diziam crer
Itália, durante um Círculo Missionário do Seminário Arquidiocesano, em Jesus.
realizado de 14 a 16 de abril de 1925. Evento que se repetiu no seguinte.
Logo, houve a necessidade da Igreja de Cristo se distinguir dos hereges.
Mons. Luigi Drago (Secretário da Congregação para a Evangelização Daí veio o nome CATÓLICA [palavra grega, que traduzida para o
dos Povos) enviou um pedido ao Papa, para a possível criação de um português significa] UNIVERSAL, a Igreja que está espalhada por toda
dia dedicado à missão. Roma acenou positivamente e, disse que tal parte.
pedido era uma “inspiração que veio do céu.”
Santo Inácio de Antioquia, foi contemporâneo dos apóstolos, pois
Em 1926, o Santo Padre oficializou o dia das missões seria celebrado nasceu aproximadamente no ano 35 da era cristã. Foi bispo de
anualmente no penúltimo domingo do mês de outubro. Antioquia e entre os anos 70-107, fala abertamente da Igreja Católica,
na sua Epístola aos Esmirnenses n. 8,2: “Inácio, o primeiro na literatura
O primeiro dia Mundial das Missões aconteceu em 1927. É celebrado cristã, atribui à Igreja o adjetivo "católica", isto é "universal": "Onde
até os dias atuais. estiver Jesus Cristo", afirma ele, "ali está a Igreja". [é o texto mais antigo
que se tem notícia que utiliza a expressão católica].

PÁGINA 1
Nesta carta Inácio combate a heresia do docetismo, que negava a 174. Porque é que a Igreja é apostólica? A Igreja é apostólica pela sua
realidade carnal de Cristo. origem, sendo construída sobre o «fundamento dos Apóstolos» (Ef
2,20); pelo ensino, que é o mesmo dos Apóstolos; pela sua estrutura,
NOTA enquanto instruída, santificada e governada, até ao regresso de Cristo,
Cf. CIC 811-870 pelos Apóstolos, graças aos seus sucessores, os Bispos em comunhão,
com o sucessor de Pedro.
Compêndio do Catecismo:
“Este carácter de universalidade que distingue o Povo de Deus é dom
161. Porque é que a Igreja é una? A Igreja é una porque tem como do Senhor; por Ele a Igreja católica tende eficaz e constantemente à
origem e modelo a unidade na Trindade das Pessoas de um só Deus; recapitulação total da humanidade com todos os seus bens sob a
porque tem como fundador e cabeça Jesus Cristo, que restabelece a cabeça, Cristo, na unidade do Seu Espírito.” LG n.13
unidade de todos os povos num só corpo; e porque tem como alma o
Espírito Santo, que une todos os fiéis na comunhão em Cristo. Ela tem O título de APOSTÓLICA. Cf. CIC 857-865.
uma só fé, uma só vida sacramental, uma única sucessão apostólica, Obviamente você irá responder: “porque foi fundada sobre os
uma comum esperança e a mesma caridade. apóstolos”. Tudo bem! Mas vamos aprofundar um pouco mais....
165. Em que sentido a Igreja é santa? A Igreja é santa, porque Deus Partiremos de 3 pontos:
Santíssimo é o seu autor; Cristo entregou-se por ela, para a santificar
e fazer dela santificadora; e o Espírito Santo vivifica-a com a caridade. 1.A Igreja foi e continua sendo construída sobre o fundamento dos
Nela se encontra a plenitude dos meios de salvação. A santidade é a apóstolos [testemunho],  depósito da fé.
vocação de cada um dos seus membros e o fim de cada uma das suas
atividades. A Igreja inclui no seu interior a Virgem Maria e 2.A Igreja conserva e transmite [com a assistência do Espírito Santo] o
inumeráveis Santos, como modelos e intercessores. A santidade da depósito da fé, escutado diretamente da boca dos apóstolos, 
Igreja é a fonte da santificação dos seus filhos, que, aqui, na terra, se Sagrada Tradição e Sagrada Escritura.
reconhecem todos pecadores, sempre necessitados de conversão e de
3. São os apóstolos por meio de seus sucessores [a comunidade
purificação.
eclesial], que continuam a guiar a Igreja em sua missão pastoral [sendo
166. Porque é que a Igreja se chama católica? A Igreja é católica, isto é, santificada, ensinada e guiada até a 2ª vinda de Cristo],  Sagrado
universal, porque nela está presente Cristo: «Onde está Cristo Jesus, aí Magistério.
está a Igreja católica» (S. Inácio de Antioquia). Ela anuncia a totalidade
Isso é dito e repetido na Bíblia. Vejamos o que ela diz na segunda Carta
e a integridade da fé; leva e administra a plenitude dos meios de
aos Tessalonicenses:
salvação; é enviada em missão a todos os povos, em todos os tempos e
qualquer que seja a cultura a que eles pertençam. “Portanto, irmãos, ficai firmes e guardai cuidadosamente os
ensinamentos que vos transmitimos, de viva voz ou por carta.” 2Ts 2,15

PÁGINA 2
“Ordenamos-vos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que Tal título não implica em nacionalidade, nem particularismo. É apenas
eviteis todo irmão que leve uma vida desordenada e contrária à para indicar o endereço da sede primacial da Igreja.
tradição que de nós recebestes.” 2Ts 3,6
Ora, veja, a Igreja atua no mundo todo, nada mais natural que ela
Quando lemos os evangelhos constatamos duas realidades: a que Jesus tenha um endereço ou sua referência postal, que é o Bispo de Roma, o
se apresenta como o enviado do Pai e Ele, por conseguinte, envia os qual Jesus constituiu chefe visível de sua Igreja.
seus discípulos [Jesus disse, de novo: “A paz esteja convosco. Como o
Pai me enviou também eu vos envio”. Jo 20,21]. O termo ENVIADO em “Por isso, eu te digo: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha
grego deu origem à palavra APÓSTOLO em português. Por sua vez, a Igreja, e as forças do Inferno não poderão vencê-la. 19 Eu te darei as
Igreja é enviada, ou seja, apostólica pelo próprio Deus em missão. chaves do Reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos
céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.” Mt
Quando do surgimento de novas doutrinas ou heresias, nos primeiros 16,18-19
séculos, a Igreja usava como critério de discernimento a
“apostolicidade”, isto é, ela se perguntava se tais ideias estavam em Recordemos que no início do cristianismo os cristãos eram
conformidade com os ensinamentos dos doze e se também perseguidos, caçados, torturados e mortos pelo Império Romano
comungava com a doutrina ensinada pela Igreja de Roma. [maior império da antiguidade clássica e um dos maiores da história]
durante centenas de anos, e desde a liberação do cristianismo pelo
Em Mt 19,28 está escrito: ““Em verdade vos digo, quando o mundo for Imperador Constantino, a sede da verdadeira Igreja fica em Roma,
renovado e o Filho do Homem se sentar no trono de sua glória, como que mostrando para o mundo que os perseguidores sucumbiram
também vós, que me seguistes, havereis de sentar-vos em doze tronos, frente à Igreja de Deus, tendo sido perseguida e martirizada, hoje está
para julgar as doze tribos de Israel.” Veja que o povo de Israel precedeu situada na sede do antigo império.
as 12 tribos [Gn 49,3.5.8.13.14.16.19.20.21.22.27] de Jacó [também
chamado de Israel, cf. Gn 35,9-10. Logo, a Igreja é a posteridade dos “Quanto à Lei, ela interveio para que se multiplicassem as
apóstolos, sucessora de Israel. transgressões. Onde, porém, se multiplicou o pecado, a graça
transbordou.” Rm 5,20
Não obstante, o livro de Apocalipse (Ap 21,12-14), revela a Igreja como
a Jerusalém celeste construída sobre 12 pedras fundamentais. “Quanto ao que está acontecendo agora, dou-vos um conselho: não
vos preocupeis com estes homens e deixaios ir embora. Porque, se este
E por fim, em Ef 2,20, diz São Paulo: “edificados sobre o alicerce dos projeto ou esta atividade é de origem humana, será destruída. 39 Mas,
apóstolos e dos profetas, tendo como pedra angular o próprio Cristo se vem de Deus, não conseguireis destruí-los. Não aconteça que vos
Jesus.” encontreis combatendo contra Deus!” Os membros do conselho
aceitaram o parecer de Gamaliel.” At 5,38-39
O título de ROMANA, aqui é que os protestantes têm dificuldades
para entender kkk... Mas vamos lá!

PÁGINA 3
Referências Bibliográficas

Bíblia – edição CNBB, 2007. 5ª Edição.

CATECISMO da Igreja Católica. Edição típica Vaticana. São Paulo: Edições Loyola.

ROPS, Daniel. Da Academia Francesa. Que é a Bíblia. Sexta parte: Bíblia, livro de
Deus, livro dos homens. São Paulo: Livraria Editora Flamboyant, 1958.

TOTH, Mons.Tihamer. A Igreja Católica. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio


Editora,1942.

CONCÍLIO VATICANO II. Constituição Dogmática Lumen Gentium.

Exortação Apostólica, Evangelii Nuntiandi.

Epístola aos Esmirnenses.

PÁGINA 4