Anda di halaman 1dari 4

IFÁ E ORIXÁ: QUE MOTIVOS SERIAM A CAUSA DE SE

MODIFICAR A MITOLOGIA IORUBA, PARA QUE UM TIPO


DE SACERDÓCIO QUEIRA PARECER SUPERIOR AOS
DEMAIS ?

Baba Osvaldo Omotobatalá


12/10/2016

Publicado como postagem na página Owó Ero Merindinlogun, Facebook.

JOGO DE BÚZIOS NÃO NASCEU DE IFÁ

A história que jogo de búzios vem ou "nasceu" Ifá, um sistema posterior na terra iorubá
que foi trazida pelos africanos arabizados, levando as pessoas da diáspora a acreditarem
que, graças a Ifá, é que existe o jogo de búzios e, portanto, o babalaô e odu Ifá teriam um
status mais elevado, não é verdade.

Dizem alguns: "se você não é babalaô não pode acessar o conhecimento oracular
completo com caracóis, e será limitado". Uma frase comum com a qual discordamos.

O conhecimento é exatamente o mesmo, mas como as pessoas não tem esclarecimento


do assunto, vão querer ser iniciados em Ifá para "ganhar conhecimento" que,
supostamente, só através de Ifá seria a melhor maneira para determinar o Orixá protetor.
TODOS OS BABALORIXÁS PODEM FAZER ESENTAYE E ISOMOLORUKO

A história que "só babalaô pode" fazer esentaye, isomoloruko ou outras cerimônias
pertencentes à cultura Yoruba também é falsa, pois, qualquer sacerdote de qualquer orixá
pode fazer, desde que saiba como se procede.

SÃO OS BABALORIXAS QUE DEVEM ASSENTAR ORIXAS, NÃO BABALAÔS

Isso que só Babalaô são os mais adequados para assentar Exu e Ogún, ou em outros casos
Exu, Ogún e Oxóssi (guerreiros) também é falso, pois os mais aptos, na Iorubalândia são,
e sempre serão, os sacerdotes daqueles Orixás, um babalorixá de Exu, um de Ogún e um
de Oxóssi, etc. Então os mais qualificados são os sacerdotes de Orixá, também na
diáspora, e que possuam essas divindades.

JOGO DE BÚZIOS VEIO POR OBATALÁ, NÃO POR ORÚNMILA

A história que algumas famílias de babalaôs divulgam que Orúnmila deu a jogo de búzios
de Oxun, e presumivelmente, a outros Orixá, porque o jogo de búzios teria saído de Ifá,
é uma tentativa de ofuscar os cultos de Orixá, ou colocá-los em uma situação submissão
ao culto de Ifá.

A maioria das linhagens Orixá na Iorubalândia, e mesmo babalaôs, dizem que o primeiro
dono do oráculo jogo de búzios foi Obatalá e que ele foi quem deu o sistema oracular
para a maioria dos Orixá, incluindo Orúnmila, a quem deu a profissão de adivinho,
quando ele não tinha trabalho definido para fazer e, claro, foi Obatalá quem entregou o
jogo de búzios para Osun.

DONO DA FACA É OGÚN, NÃO ORÚNMILA

A história que Orúnmila é o dono da faca que faz sacrifícios aos Orixá, e que babalaô
seria o mais apto para essa necessidade, porque supostamente Orúnmila guardou as armas
de Ogún, é outra grande mentira, porque Ogún sempre foi e será o dono todas as lâminas
com que sacrifícios são feitos. É Ogún, o ferreiro divino.

FUNÇÃO DE BABALAÔ NÃO É ENTREGAR ORIXÁ

A história que há Orixá que são entregues por babalaô, e outros por Olorixá, esta
afirmação é tão falsa como a que há um Jesus que está no lado do evangelista e outro do
lado católico. Uma tentativa dos babalaôs de ganharem os espaços no culto Orixá e de
tornarem-se importantes naquilo que realmente não são sua função.

NÃO É NECESSÁRIO FAZER IFÁ PARA CULTUAR ÒRÌSÀ

A fusão de Orixá-Ifá por algumas linhagens Babalaô é mais uma tentativa de querer
monopolizar todos Orixá e centraliza-los sob sua liderança e monopólio. Desejam obter
seguidores da diáspora que estavam acostumados a receber todos os Orixá por um
babalorixá ou uma ialorixá.

Fazem as pessoas acreditarem na diáspora que é necessário primeiro fazer Ifá, que
ninguém pode fazer Orixá sem itefá, porque não recebeu seu odu pessoal, etc. e que deve
haver a presença indispensável de um babalaô em sua iniciação Orixá.

No entanto, aqueles que dizem isso parecem ignorar, ou subestimar, o fato de que cada
pessoa que iniciada em Orixá recebe odu, tabus, nome, etc, através jogo de búzios sem
precisar iniciar-se em Ifá.

Há também a história de que, por Ifá, você já faz idosu em Orixá, fazendo com que as
pessoas acreditarem na diáspora, que esta é a maneira correta de proceder na terra ioruba.

É mentira de que um babalaô pode entregar qualquer Orixá, só porque o conhecimento


estaria no odu-ifá. Ninguém pode dar o que não tem, não importa quanto conhecimento
tenha.
TÍTULOS EM IFÁ SÓ TEM VALOR DENTRO DO IFÁ

As mulheres na diáspora tem sido as mais exploradas, pois foram levadas a acreditar que,
se iniciarem em Ifá, terão "o mais alto título" na religião: "iyanifa".

No entanto, nem "iyanifa", nem "babalaô", nem mesmo título de "Araba" são os mais
altos na religião Yoruba, e esses títulos só têm valor dentro do culto Ifá. Nenhum desses
títulos tem relevância em outros cultos de Orixá. No culto de Xangô, por exemplo, um
dos títulos mais altos é geralmente o de Mogba.

SÓ TER IGBÁ-ODÙ NÃO DÁ DIREITO A DAR ORIXÁ

A história de que um babalaô que tem igba-odu pode entregar qualquer Orixá porque
Orixá nasceria de odu [outra mentira]. Mesmo que tenha igbá-odu, se não tiver Orixá, não
pode dar.

Transcrição, revisão e adaptação de Luiz L. Marins – www.luizlmarins.com.br


A postagem original pode ser encontrada no Facebook, endereço abaixo:
https://www.facebook.com/eerindinlogun/posts/544098242451177:0