Anda di halaman 1dari 5

Raciocínio Lógico

Argumentos III

Argumento

Na lógica proposicional ou sentencial, entendemos como argumento uma


sequência lógica de declarações que levam a uma conclusão.
Essa sequência lógica de declarações chamamos de Premissas. Elas são
compostas por conectivos lógicos e por esse fato, o bom entendimento da tabela
verdade é essencial.
Exemplos
Declaração 1: Todo homem é Mortal. (Premissa)
Declaração 2: Roberto é um homem. (Premissa)
Conclusão: Roberto é Mortal. (Conclusão)
P1: todo cachorro é verde.
P2: tudo o que é verde é vegetal.
Conclusão: todo cachorro é vegetal.

Observe que não estamos interessados no conteúdo do argumento, isto é, não


queremos discutir se realmente todo cachorro é um vegetal, e sim analisar a
estrutura, a formação do argumento.
Para uma melhor adaptação, é necessário saber algumas classificações, são
elas:

Argumento Válido
Um argumento é válido sempre que a veracidade das declarações iniciais
(premissas) garante a veracidade da conclusão. Em outras palavras, se as premissas
forem todas verdadeiras, a conclusão necessariamente deve ser verdadeira.

Argumento Inválido
Um argumento é inválido quando todas as premissas são verdadeiras e a
conclusão é falsa.

Silogismo
Argumento formado por apenas duas premissas e uma conclusão.

Prof.Jhoni Zini www.focusconcursos.com.br 1


Raciocínio Lógico
Argumentos III

Argumento hipotético
As premissas e a conclusão são proposições simples ou compostas, que utilizam
os conectivos lógicos.
Veja a análise de alguns argumentos:
Exemplo 1
Daniel é aluno (premissa 1)
Todo aluno é aprovado (premissa 2)
Daniel é aprovado (conclusão)

Notamos que quando a conclusão é lida, ela é uma consequência natural das
premissas. Ela é óbvia. Por esse motivo, o argumento é Válido.
Exemplo 2
São Paulo é uma cidade
O brasil é um país.
A Itália fica na Europa

Note que a conclusão não tem sentido, não tem conexão com as premissas.
Não tem nada a ver a Itália ficar na Europa com São Paulo ser uma cidade e o Brasil
um país. Esse argumento é Inválido.
Exemplo 3
O Brasil fica na África.
Todo país da África é desenvolvido.
O Brasil é desenvolvido.

Nesse argumento, embora as premissas sejam falaciosas, isto é, erradas, pois


analisando com a realidade, o Brasil não fica na África, tampouco os países da áfricas
são desenvolvidos, o argumento é válido. Lendo as premissas, a conclusão faz
sentido.

Exercícios
1. O fato de determinado argumento ser válido implica, certamente, que todas as
suas premissas são proposições verdadeiras.
Comentário: Errado!

Prof.Jhoni Zini www.focusconcursos.com.br 2


Raciocínio Lógico
Argumentos III

Não há relação entre válido e verdadeiro.


2. Toda premissa de um argumento válido é verdadeira.
Comentário: Errado!!
Não há relação entre válido e verdadeiro.
3. Se a conclusão é falsa, o argumento não é válido.
Comentário: Errado!!
Não há relação entre inválido e falso.
4. Se a conclusão é verdadeira, o argumento é válido.
Comentário: Errado!!
Não há relação entre válido e verdadeiro.

Técnica de análise de argumentos


Embora pareça fácil as vezes identificar quando o argumento é válido,
dependendo da estrutura, das premissas e do número de premissas, esta análise
pode ficar bem complicada e portanto precisamos de uma técnica de análise. Vamos
pontuar alguns passos para chegar à conclusão correta.
Passo 1: simbolização
Todas as premissas e a conclusão deverão ser simbolizadas.

Passo 2: Todas as premissas são verdadeiras.


Em outras palavras, toda e qualquer premissa deverá ser considerada verdadeira,
independentemente de seu conteúdo.

Passo 3: conclusão é falsa.


Toda conclusão, independente do conteúdo deverá ser considerada falsa.

Passo 4:Fecha o argumento com V (verdadeiro) e F (falso).


Começando pela conclusão, devemos ir substituindo os V ou F que encontramos e
com isso ir “fechando” o argumento.

Passo 5: análise
Se tudo der certo, isto é, se fechar o argumento, ele será INVÁLIDO.

Prof.Jhoni Zini www.focusconcursos.com.br 3


Raciocínio Lógico
Argumentos III

Se aparecer algum erro, isto é, se for impossível fechar o argumento, ele será
VÁLIDO.

Exemplo
Premissa 1: Se Carla estuda, então ela consegue ser aprovada no inglês.
Premissa 2: Carla foi aprovada no inglês.
Conclusão: Carla estudou.
Passo 1: simbolização
P1: E  A

P2: A
C: E

Passos 2 e 3: premissas = V, conclusão = F


P1: E  A = V

P2: A = V
C: E = F

Passo 3:Fecha o argumento com V (verdadeiro) e F (falso).


P1: E  A = V

P2: A = V

C: E = F (começa pela conclusão, E = F)

Reorganizando,
P1: E  A = V
F  V = V (tudo certo)
P2: A = V
C: E = F

Prof.Jhoni Zini www.focusconcursos.com.br 4


Raciocínio Lógico
Argumentos III

Veja que deu certo, fechamos o argumento sem problemas, e com isso, nossa análise
é de que o argumento é INVÁLIDO.
Exemplo:
P1: Se Fred é policial, então ele tem porte de arma.
P2: Fred mora em São Paulo ou ele é engenheiro.
P3: Se Fred é engenheiro, então ele faz cálculos estruturais.
P4: Fred não tem porte de arma.
C: Se Fred mora em São Paulo, então ele é policial.

Prof.Jhoni Zini www.focusconcursos.com.br 5