Anda di halaman 1dari 3

O Cultivo das Qualidades e Virtudes Pessoais – Como Instrumentos de Saúde e de Cura 1.

Dalai Lama em um de seus textos mais valiosos diz o seguinte: “—Se você quer transformar o mundo
– comece dando prioridade ao seu aperfeiçoamento pessoal. Promovendo inovações no seu próprio
interior – e fortalecendo as suas virtudes. Essas atitudes vão criar energias positivas no seu ambiente
familiar – e na sua comunidade. A partir daí as mudanças – se expandirão em proporções cada vez
maiores – pelo mundo afora. E os efeitos positivos dessas mudanças – são incalculáveis. ” 2.
O desenvolvimento das qualidades e virtudes pessoais – é essencial ao bem-estar emocional, à saúde
e a qualidade de vida – de todas as pessoas no seu entorno. A medicina e a espiritualidade vêm
estudando o assunto com resultados muito convincentes – nesse sentido. O Dr. Alex Lickerman M.D.
médico, escritor e professor de Medicina da Universidade de Chicago EUA é autor do livro “A Mente
Invencível: A Construção de um EU Indestrutível.” 3. Nesse livro, o Dr. Lickerman convida o
refletir sobre conceitos – sobre as grandes virtudes humanas – como por exemplo: (1.) O que
significa a vitória para você? E como ficam os outros – quando você é o vencedor? Que vitória é essa
– que OS exclui – dos benefícios, dos frutos dela? (2.) Como anda a sua busca – pela sua
inexorável Missão de Vida? Aquela que você vai levar para a eternidade? (3.) O que – de
importante – você tem feito de verdade – para encorajar as pessoas que você mais ama – na evolução
pessoal delas? 4. Segundo o Dr. Lickerman – compartilhar as qualidades e virtudes pessoais
– precisa ser uma ação – sempre – e essencialmente inclusiva. Precisa incluir – e beneficiar as
pessoas. Todas as pessoas. Sem restrições. Caso contrário, essas qualidades estarão viciadas. E as
virtudes imperfeitas. Incompletas. E portanto, em grande parte ineficazes. 5. SE as
imperfeições da pessoa – se sobrepõe às suas virtudes, então cria-se aí – um campo fértil para a
intoxicação da sua espiritualidade. E a presença de impurezas no seu campo espiritual leva à
perturbação – em seu âmbito mental – e gera em consequência, a doença física. A medicina já sabe
que muitas vezes – a doença física – tem sua verdadeira origem – na realidade espiritual do
indivíduo. E nesses casos – é só lá – que ela pode – começar a ser curada. 6. As nossas
virtudes – assim como também os nossos vícios – representam a essência das nossas escolhas. E
fazem de nós as pessoas que somos. Identificam nossa personalidade. E junto com outras
características pessoais – definem o nosso perfil social. A forma como somos vistos pelos outros. É
assim que nós podemos avaliar até que ponto – somos bons e úteis – para conosco – mesmos e
também para com a sociedade. 7. Quando você – põe à disposição das pessoas no seu
entorno – as suas qualidades e virtudes pessoais, então você se torna um Agente de Transformação
da Sociedade. E abre as portas da sua existência – para receber a energia – da saúde e da cura –
ADENTRANDO o seu inteiro ser. Depois do intervalo – nós vamos ver como isso acontece. Até já.
Estamos e volta com o assunto: O Cultivo das Qualidades e Virtudes Pessoais – Como Instrumentos
de Saúde e de Cura. 8. Agora eu começo convidando você – a dar uma olhada – mais de
perto – em suas qualidades pessoais. É mais do que apenas – os seus bons hábitos – do dia-a-dia. São
aquelas habilidades específicas que lhe permitem – fazer com facilidade – o que é mais difícil para os
outros. 9. E quanto às virtudes? As virtudes são mais do que qualidades pessoais. São
posturas de vida, incorporadas em sua personalidade. São os grandes valores humanos –
transformados em ações – em benefício dos outros. São a expressão de como o mundo realmente
deve ser. 10. As virtudes – fortalecem – os fundamentos da vida ética, do sucesso e da
realização pessoal – ao longo da vida. Procure ler e conhecer mais – sobre as grandes virtudes
humanas. Quais são e porque são tão valorizadas. Essa é uma daquelas jornadas que cada um de nós
precisa empreender. 11. Tenha claro para você – quantas e quais são as suas qualidades
pessoais. E também as suas virtudes. Examine cada uma delas – mais de perto. Conheça-as bem.
Procure saber – em que você é bom. E em que – você não é tão bom. Assim você conseguirá exercê-
las com mais intensidade e frequência. Esse é o caminho – para você se tornar uma pessoa
extraordinária. 12. Se você tem CARÁTER – você é uma parte da rocha. O seu
COMPROMETIMENTO distingue – os empreendedores – dos meramente sonhadores. A HUMILDADE
não faz você – ser melhor do que ninguém, mas o faz diferente de muitos. A PACIÊNCIA e a
PERSEVERANÇA têm o efeito mágico – de fazer as dificuldades desaparecerem – e os obstáculos
sumirem. E assim por diante... 13. O Dr. Ben Johnson M.D. escritor e médico oncologista em
San Diego CA EUA é autor do livro “Os Códigos de Cura: Desbloqueando a Sequência Celular da
Vida”. Nesta obra ele expõe na prática – como – as virtudes como – o amor, a alegria, a paz, a
paciência, a gentileza, a generosidade, a verdade, a humildade e o autocontrole – são
poderosos nos processos de cura – até das enfermidades mais importantes. 14.
Atualmente – nem a ciência e nem a medicina – têm dúvidas – de que as qualidades e virtudes
pessoais praticadas pelo indivíduo ao longo da vida – tendem a fortalecer decisivamente – as suas
condições de saúde. Elas protegem – e curam no seu organismo – as suas células imunológicas. Esse
conceito está consolidado na “PSICO NEURO IMUNOLOGIA” – que em palavra simples: – é a ciência
que estuda – a relação entre as emoções e o sistema imunológico do organismo
14. O Dr. Hélio Holperin M.D., médico do Rio de Janeiro tem dito em suas palestras de saúde e
cura que: “—Cada um de nós tem uma responsabilidade sobre o processo de adoecer e, portanto,
também pode ter uma responsabilidade sobre o processo de se curar. Existe um aspecto da cura que
cabe a cada um de nós.” 15. Os cientistas descobriram que que NEM todas as células no
entorno de uma doença, como um tumor, por exemplo – são prejudiciais. Há ali também células
sadias. Que em algum momento podem predominar sobre as doentes – iniciando assim um processo
de cura. 16. Para que isso ocorra é necessário que as atitudes da pessoa sejam alteradas. A
fonte para essa transformação – está dentro de cada um de nós, em seu mundo intuitivo, na alma, na
metafísica, na Espiritualidade. Uma postura por exemplo, mais serena, leve, compreensiva, amorosa e
humilde pode despertar e estimular as células sadias a vencer as doentes. 17. Os conceitos
mais avançados da Medicina Integrativa da atualidade – representada por respeitados cientistas e
médicos da América e da Europa – levam em conta a I N D I V I S I B I L I D A D E – do corpo, da
mente e do espírito do indivíduo. 18. Cura é antes de tudo busca e transformação. Um
comportamento – deliberadamente impróprio do indivíduo – tende a prejudicar um órgão do seu
corpo – que tenha a sua função relacionada com ele. Por exemplo, uma pessoa inflexível – pode
experimentar falta de flexibilidade a rigidez – nos seus músculos. Como o músculo do coração, por
exemplo. 19. Os sofrimentos humanos geram desarmonias celulares – e estas levam a
manifestação das doenças. Tem-se observado que a doença acaba aparecendo no individuo quando o
comportamento dele que a gerou é repetido muito frequentemente ou quando já é predominante
em sua vida. 20. Existe uma estreita relação entre o comportamento humano – e a resposta
celular àquele comportamento. Assim, já é possível – que cada um descubra dentro de si mesmo – as
posturas emocionais e as virtudes curativas de que necessita. 21. E conforme as
necessidades em cada caso, os órgãos e as células são, ora ativados, ora desativados, ora estimulados,
ora desestimulados. Essa alternância é importante a que haja um controle eficiente de todas as
funções do organismo.