Anda di halaman 1dari 12

XIII SIMPÓSIO DO PROGRAMA DE

PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICANÁLISE DA UERJ


Rio de Janeiro, de 5 a 7 de novembro de 2018
Campus Maracanã

Tarsila do Amaral – Operários

PROGRAMA
A Psicanálise e os paradoxos da
política da diferença
Plenárias: CAPELA ECUMÊNICA

2a feira, 5 de novembro de 2018.

8:00 às 8:30 – Entrega de credenciais

8:30 às 10:00 – ABERTURA


Professora Marcia Motta – Diretora do Instituto de Psicologia – IP
Professora Heloisa Caldas – Coordenadora Geral do Programa de Pós-graduação em Psicanálise (PGPSA) do IP/UERJ
Coordenadores do XIII Simpósio do PGPSA – Professores Marco Antonio Coutinho Jorge e Sonia Alberti

10:00 às 11:30 – PSICOLOGIA DAS MASSAS, AINDA.


Coordenação: Marco Antonio Coutinho Jorge (UERJ)
Betty Fuks (Universidade Veiga de Almeida) - Freud e o político: o homem porco-espinho e o estrangeiro
Doris Rinaldi (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) - Psicologia das massas, mais ainda: ódio e segregação
Carlos Alberto de Mattos Ferreira - Adolescência em tempos líquidos.

11:30 às 13:30 – DESEJO DO ANALISTA NA PÓLIS E NA CLÍNICA.


Coordenação: Sonia Alberti (UERJ)
Ana Laura Prates (Pesquisadora colaboradora do LABEUB/UNICAMP) - Esse território topológico chamado Discurso do Psicanalista e sua
solidariedade ao Discurso da Histérica
Antonio Quinet (Universidade Veiga de Almeida) - Por que o ódio à diferença?
Andrea Guerra (Universidade Federal de Minas Gerais) - A (im)possível tarefa de fazer o objeto a passar à história
Fernanda Costa Moura (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e Francisco Leonel Fernandes (Universidade Federal Fluminense) – Destinos do
Um e desatinos do sujeito na contemporaneidade: do pai... ao pior

14:00 às 15:30 Mesas Simultâneas


15:30 às 17:00 Mesas Simultâneas
17:00 às 18:30 Mesas Simultâneas
18:30 às 20:00 Mesas Simultâneas
Plenárias: Auditório 91

3a feira, 6 de novembro de 2018.

8:30 às 10:00 – A POLÍTICA DA PSICANÁLISE E A AFIRMAÇÃO DA DIFERENÇA.


Coordenação: Nadiá Ferreira (UERJ)
Rosana Coelho - Psicanálise e democracia: da demanda política do Outro ao desejo do sujeito
Denise Maurano (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) - A função da criação na política da afrmação da diferença
Romildo do Rêgo Barros - Diferença absoluta, diferença relativa

10:00 às 11:00 – Conferência de Sidi Askofaré (Université de Toulouse II/França) : A psicanálise colocada à prova da diferença / das diferenças – 1

11:00 às 12:30 - O SINGULAR E O COLETIVO.


Coordenação: Sonia Altoé (UERJ)
Ana Cristina Figueiredo (Universidade Federal do Rio de Janeiro) – Entre o singular e o coletivo: por uma política do 'não todo'
Felipe Castelo Branco (Universidade Federal Fluminense) – Os nacionalismos e seu povo: a construção do sentimento nacional
Luciano Elia (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) – A estrutura coletiva do inconsciente freudiano: persistências e novos desdobramentos

13:00 às 14:30 Mesas Simultâneas


14:30 às 16:00 Mesas Simultâneas
16:00 às 17:30 Mesas Simultâneas

18:00 às 20:00 - A SEXUALIDADE É DIVERSA.


Coordenação: Luciana Marques (UERJ)
Vera Pollo (Universidade Veiga de Almeida) - O psicanalista e a era trans
Julio Hoyos (Universidade de Antióquia) – Transexualidades
Alejandro Bilbao (Universidad de los Lagos – Chile) - ¿Cómo pensar hoy las prácticas instituyentes de lo común? Psicoanálisis y política del
neoliberalismo.
Rodrigo Lyra Carvalho - Identidades e redes
Plenárias: Auditório 91

4a feira, 7 de novembro de 2018.

8:30 às 10:00 – A POLÍTICA E A FALTA-A-SER, HOJE


Coordenação: Ademir Pacelli (UERJ)
Roseane Freitas Nicolau (Universidade Federal do Pará) - Quem quer saber da falta? A psicanálise em tempos sombrios.
Anna Carolina Lo Bianco (Universidade Federal do Rio de Janeiro) - A positivação do falo e as milícias.
Marcus André Vieira - Notas para o livro de bolso do analista cidadão.

10:00 às 11:00 – Conferência de Sidi Askofaré (Université de Toulouse II/França) : A psicanálise colocada à prova da diferença / das diferenças – 2

11:00 às 12:30 - ... OU PIOR.


Coordenação: Marcos Eichler (UERJ)
Joel Birman (Universidade do Estado do Rio de Janeiro/ Universidade Federal do Rio de Janeiro) – Psicanálise, política e diferença.
Paulo Vidal (Universidade Federal Fluminense) – Das Paixões e dos afetos no contemporâneo.
Mario Eduardo da Costa Pereira (Universidade Estadual de Campinas ) – O sujeito da psicanálise nos tempos do pós-humano e da superinteligência
artifcial.

13:00 às 14:30 Mesas Simultâneas


14:30 às 16:00 Mesas Simultâneas
16:00 às 17:30 Mesas Simultâneas
17:30 às 19:00 Mesas Simultâneas

19:30 – ENCERRAMENTO.
2a feira, 5/11/2018 Mesas Simultâneas
2a feira, 5 de novembro de 2018: MESAS SIMULTÂNEAS.

14:00 às 15:30: Auditório 91


O DESEJO DO ANALISTA. Coordenador: Vinícius Anciães Darriba (UERJ)
Algumas considerações sobre a obesidade no hospital geral - Jahyne Carvalho (UERJ)
Do discurso do mestre ao discurso do analista: a prática da psicanálise no Hospital - Monica Marchese Swinerd (UERJ)
Psicanálise e prática multidisciplinar no hospital: clínica e transmissão - Vinícius Anciães Darriba – (UERJ)
14:00 às 15:30: Sala 1
PSICOSE E GOZO. Coordenação: Thomas Speroni (UERJ)
Apresentação clínica de pacientes como direção de tratamento na psicose: um relato de experiência - Beatriz Alves Viana, Camilla Araújo Lopes Vieira,
Kemylle Mesquita Brito (UFC-Campus Sobral)
Amor e democracia na era do gozo neoliberal - Janaina Bianchi (UERJ)
Sobre as ofcinas terapêuticas segundo a metodologia de Nise da Silveira e sua contribuição para a clínica das psicoses: uma leitura psicanalítica -
Mariana Rodrigues Festucci Grecco e Ivan Estevão (IPUSP)
14:00 às 15:30: Sala 2
OLHAR, CORPO, IDENTIDADE NAS TRANSEXUALIDADES. Coordenadora: Nelma de Mello Cabral (UNESA)
O corpo trans – entre a construção estético-política e a normalização – Leila RipolI (UFRJ)
Transexualidades: clínica, identidade e diferença - Mariana Pombo (UFRJ)
Mulheres trans: entre a invídia e a pulsão escópica - Nelma de Mello Cabral (UNESA)
14:00 às 15:30: Sala 3
VICISSITUDES DO FEMININO. Coordenador: Lauro Barbosa (UFRJ-UFSSP)
Histérica, a primeira mulher - Kizzy Amiuna e Maria Cristina Poli (UFRJ)
O fantasma de gravidez e de procriação em Schreber - Lauro Barbosa e Maria Cristina Poli (UFRJ)
O feminino e a sublimação na dimensão ética do desejo – Maria Cristina Bion Cardoso (UFRJ)
15h30 às 17h00: Auditório 91
OS EFEITOS DA SEGREGAÇÃO E O FUTURO DE MERCADOS COMUNS. Coordenador: Marcos Vinícius Brunhari (UERJ)
A aliança entre a ciência e o capitalismo e seu efeito de segregação - Lívia Beatriz Lisboa Pereira (UERJ)
Efeito de segregação e Discurso do Capitalismo: a fundação de um indivíduo efcaz - Marcos Vinícius Brunhari (UERJ)
Como responderemos nós, os psicanalistas... - Vinicius Anciães Darriba (UERJ)
15h30 às 17h00: Sala 1
CORPO, GOZO E SEGREGAÇÃO NA CONTEMPORANEIDADE. Coordenador: Fabio Malcher (UFRJ)
O “Outro curtiu isso” – A psicanálise entre corpos, gozos e segregação nas redes sociais - Danielle Cervino (UFRJ)
A aliança entre ciência e capitalismo: segregação na contemporaneidade - Fabio Malcher (UFRJ)
Psicose, gozo e segregação: a clínica como direção ao laço social – Rafaela Amaral C. do Nascimento (UFRJ)
15h30 às 17h00: Sala 2
VIOLÊNCIA. Coordenadora: Mônica Bernardo.
O lugar da militância na clínica: sobre a ética psicanalista - Alice da Silva Moreira; Maria Andresa Navega (UFF)
2a feira, 5/11/2018 Mesas Simultâneas
O divã é um lugar de fala? - Karine Xavier Cavalcante Ferreira (UFRJ)
Psicanálise e feminismo - Raquel Jardim Pardini (UERJ) e Maria Anita Carneiro Ribeiro (UVA)
15h30 às 17h00: Sala 3
O PSICANALISTA E O TRATAMENTO NA TOXICOMANIA E NA PSICOSE. Coordenador: Lucas Guilherme (UERJ).
O lugar do analista como anteparo na melancolia – Lucas Guilherme (UERJ) e Doris Rinaldi (UERJ)
Segregação e toxicomania: uma questão para a psicanálise - Luísa Brand (UERJ) e Doris Luz Rinaldi (UERJ)
O secretário do alienado e a direção do tratamento na psicose - Rafael de Moraes Gomes dos Santos (UERJ) e Doris Luz Rinaldi (UERJ)
17h00 às 18h30: Auditório 91
DO AMOR COMO SUPLÊNCIA À NÃO-RELAÇÃO SEXUAL: LITERATURA. Coordenadora: Maria Cristina Candal Poli (UFRJ)
Três tempos do amor em Max Martins - Marcela Maria de Paiva Azevedo e Maria Cristina Candal Poli (UFRJ)
Da cena da impossibilidade à imagem do impossível: o risco como prática da letra em Marguerite Duras - Marina Gorayeb Sereno (UFRJ)
A Mulher no amor: devastação ou saber-fazer com o gozo Outro - Rafaela Schneider Brasil e Maria Cristina Candal Poli (UFRJ)
17h00 às 18h30: Sala 1
FORMAÇÕES SINTOMÁTICAS NA FÓRMULA DO “EU SOU...”. Coordenadora: Fernanda Pimentel (UERJ)
A Recusa de Alimento à Serviço da Desvitalização: Uma Hipótese de Desencadeamento na Anorexia – Debora Assis de Souza (UFF)
Considerações Psicanalíticas Sobre a Toxicomania no Contemporâneo – Julia da Silva Cunha (UFF)
Cortes na Pele e o Contemporâneo: O Cutting como Tentativa de Estabilização da Angústia – Thalles Cavalcanti dos Santos Mendonça (UFF)
17h00 às 18h30: Sala 2
O PSICANALISTA NA FAVELA. Coordenador: André Henrique Godinho Morse (UERJ/Jacarezinho)
Impasses para a psicanálise na favela - André Henrique Godinho Morse (UERJ/Jacarezinho)
Uma difculdade no caminho da psicanálise no Jacarezinho - André Luís Neves Mendonça (Psicanálise no Jacarezinho)
A experiência da escuta para além do medo - Marta Maria de Oliveira (Psicanálise no Jacarezinho)
17h00 às 18h30: Sala 3
CLÍNICA E PÓLIS: EXPERIÊNCIA DE DOIS CAPSIS. Coordenador: Marçal Vale da Rocha (UERJ)
Rua, Tráfco, Milícias, Adolescência, Clínica e CAPSi - Marçal Vale da Rocha (UERJ)
Estruturas e deslocamentos: o CAPSi incidindo no discurso - Mariana Botelho Weil (UERJ)
A clínica do CAPSi e a Pólis - Rosemary Fiães Pinto (UERJ)
18h30 às 20h00: Auditório 91
ANALISTA EM REDE NA PÓLIS. Coordenadora: Maria Rita Manso de Barros (UERJ/UNIRIO).
Refexões a partir do trabalho com jovens em cumprimento de medidas socioeducativas - Andréa Martello (UNIRIO)
Em nome do sujeito, o que pode a psicanálise tecer no laço social em prol de uma sociedade menos violenta? - Lucia Maria de Freitas Perez (UNIRIO)
Que direção de trabalho oferecer a um Serviço de Psicologia em vara infracional da capital? - Marlise Eugenie D´Icarahy (TJ-RJ/UNIRIO)
18h30 às 20h00: Sala 1
A LEI E A RUA. Coordenadora: Rosane Melo (UFRRJ)
O adolescente em confito com a lei e os Discursos do Mestre e do Analista - Alexandre Théo de Almeida Cruz e Roseane Freitas Nicolau (UFPA)
Quando uma carta chega a seu destino: articulações sobre Psicanálise e Justiça - Aline Lima Tavares (TJ-SP)
Abrigada ou abandonada? As marcas de uma escolha - Ana Luiza Ribeiro Moreira (UVA) e Luciana Marques (UERJ)
2a e 3a feira, 5 e 6/11/2018 Mesas Simultâneas
18h30 às 20h00: Sala 2
CORPO, GOZO E SEGREGAÇÃO NA CONTEMPORANEIDADE. Coordenador: Leonardo Lopes Miranda (UERJ)
O abrigo, a casa e o laço social - Alfredo da Conceição Chamma (UERJ)
A política da psicanálise face à segregação das ruas - Clarisse Boechat (UERJ)
Psicanálise e política na clínica atual - Leonardo Lopes Miranda (UERJ)
18h30 às 20h00: Sala 3
DA LÓGICA DAS MASSAS À POLÍTICA DA PSICANÁLISE. Coordenadora: Luciana Gageiro Coutinho (UFF e UFRJ)
A clínica da política do um-a-um e a aposta em um desejo não puro - Denise de Fátima Pinto Guedes (UFRJ) e Maria Cristina Candal Poli (UFRJ)
Guerra e Contemporaneidade: sobre Freud e Biopoder - Paula Bretanha Mendonça Vieira (UFRJ)
Entre tirania e submissão: duas análises para um contexto - Tatiane de Andrade (UFRJ)

3a feira, 6 de novembro de 2018: MESAS SIMULTÂNEAS.


13h00 às 14h30: Auditório 91
LGBTTQI: ENTRE CLÍNICA E POLÍTICA. Coordenadora: Sonia Alberti (UERJ)
Interrogando gênero: transexualidade e adolescência - Camila Cardozo (UERJ) e Sonia Alberti (UERJ)
A verdade na clínica do intersexo: velamentos e desvelamentos - Heloene Ferreira (UERJ) e Sonia Alberti (UERJ)
Um estranho sexuado: refexões clínicas e políticas acerca dos corpos queer - Maria Cristina Poli (UFRJ)
13h00 às 14h30: Sala 1
CIRCULANDO: UM DISPOSITIVO CLÍNICO DE TRATAMENTO DO OUTRO. Coordenador: Fabio Malcher (UFRJ)
O autista em trabalho no tratamento do gozo: um dispositivo de acompanhamento terapêutico - Leonardo da Silva Santos; Mariana Corrêa e Natália
Dib Guimarães Davidovich (UFRJ)
Do igual ao semelhante: a cópia como invenção de um sujeito autista - Luca Zingali Meira; Nicholas Alvares; Nicole Eroles (UFRJ)
A música como mediador do laço social na clínica do autismo - Stephanye de Almeida Soares (UFRJ)
13h00 às 14h30: Sala 2
ARTE E POLÍTICA. Coordenadora: Rita Maria Manso de Barros (UERJ/UNIRIO)
Do real para o real – pequenas refexões sobre a obra de arte nos dias de hoje - Alexandre Sá (UERJ)
‘Pixação’ e psicanálise: possíveis articulações - Brena Vilella e Rita Maria Manso de Barros (UERJ/Unirio)
Do particular ao universal: em que se pauta o tocante da arte? - Talita Baldin (UFF) e Janaina Marins (UFF)
13h00 às 14h30: Sala 3
PARA ALÉM DO FALO: O FEMININO E A PSICOSE. Coordenador: Lucas Guilherme (UERJ)
O percurso da sexualidade feminina: da mãe ao pai - Carolina Fröede (UERJ)
Estrutura e erotomania, discussão acerca do amor feminino - Ivy França Carvalho (UERJ); Heloisa Caldas (UERJ) e Angélica Cantarella Tironi (UERJ)
Da Verwerfung à foraclusão: o mecanismo psíquico da psicose - Lucas Guilherme (UERJ), Ivy França Carvalho (UERJ), Bruna Pinto Martins Brito
(UERJ) e Marina Alonso de Rezende Gripp (UERJ)
3a feira, 6/11/2018 Mesas Simultâneas

14h30 às 16h00: Auditório 91


DIREÇÃO DE TRATAMENTO NO AUTISMO: DO PRÓXIMO INASSIMILÁVEL AO LAÇO COLETIVO POSSÍVEL. Coordenadora: Ana Beatriz Freire (UFRJ)
Articulações entre Lalíngua e holófrase na clínica do autismo - Beatriz Alves Viana e Juliana de Carvalho Serfaty (UFRJ)
O fenômeno do duplo na clínica do autismo - Rafaela Amaral C. do Nascimento (UFRJ)
Trabalho e Conversação dos pais - Rafaela Sampaio de Oliveira (UFRJ)
14h30 às 16h00: Sala 1
AUTISMO. Coordenadora: Deborah Klajnman (UERJ)
O sujeito habitado pela loucura - Deborah Klajnman (UERJ)
O autismo entre a psicanálise e a genética: rumo à diferença - Fernanda Cristina Gomes de Carvalho e Léia Priszkulnik (USP)
O desejo do analista na clínica do autismo na infância e a prática entre vários - Ramayana Correia Mello (UERJ)
14h30 às 16h00: Sala 2
FEMININO, HISTERIA E CORPO: DAS REFERÊNCIAS CLÁSSICAS ÀS FORMAS ATUAIS DE MAL-ESTAR. Coordenadora: Fernanda Pimentel (UERJ)
Um percurso histórico-conceitual da relação entre histeria e feminino - Fernanda Pimentel (UERJ) e Rita Maria Manso de Barros (UERJ)
Histeria feminina e atuação do supereu na contemporaneidade - Maria Stela Costa Vliese Zichtl Campos (UERJ)
O câncer de mama e suas consequentes mutilações orgânicas e subjetivas – Uma escuta analítica – Patrícia Teixeira Pereira
14h30 às 16h00: Sala 3
A ESCOLA E A PSICANÁLISE. Coordenadora: Luciana Torres (UERJ)
Considerações Psicanalíticas Sobre o Projeto de Lei Escola Sem Partido - Carolina Dutra (UFF) e Marina Sodré (UERJ)
As Identifcações na constituição do sujeito e seus efeitos na segregação - Luciana Torres (UERJ)
Entre o singular e o coletivo: um psicanalista na escola - Renata Mendes Guimarães Geofroy (UNIGRANRIO)
16h00 às 17h30: Auditório 91
DIREÇÃO DO TRATAMENTO PSICANALÍTICO E DESEJO DO ANALISTA. Coordenadora: Angélica Bastos (UFRJ)
Da angústia ao sintoma frente à morte na clínica psicanalítica - Danielle Cervino (UFRJ)
Alíngua na clínica: língua estrangeira, gozo e escrita - Deborah Tenenbaum (UFRJ)
Tempo Lógico e Ato: articulações entre a temporalidade em psicanálise e a intervenção do psicanalista - Fernando Schimidt El-Jaick (UFRJ)
16h00 às 17h50: Sala 1
INSTITUIÇÃO PÚBLICA. Coordenadora: Roseane Freitas Nicolau (UFPA)
Da condução do paciente à direção do tratamento: transferência e resistência no trabalho em saúde mental - Enzo Cléto Pizzimenti & Ivan Ramos
Estêvão (USP)
Desejo e carecimento: sobre a ética das práticas de saúde mental no contexto da Atenção Psicossocial - Waldir Périco (UERJ)
A importância da supervisão na sustentação da clínica do sujeito em um ambulatório público - Renata Fidelis (UERJ)
O psicanalista na instituição pública de saúde: entre a ética do cuidado e a ética do desejo - Rúdrissa do Couto Abreu Pamplona, Ana Ilki Meireles
Oliveira, Amanda Brasil de Araújo e Roseane Freitas Nicolau (UFPA)
3a e 4a feira, 6 e 7/11/2018 Mesas Simultâneas
16h00 às 17h50: Sala 2
GOZO, PODER E DROGA. Coordenador: Felipe Augusto Garcia Grillo (UERJ)
Do pai incorruptível aos crimes do pai - Felipe Augusto Garcia Grillo (UERJ)
A construção de um inimigo a se combater: O Outro gozador e o desmedido da pulsão - Nilda Martins Sirelli (UFF – Campus Rio das Ostras)
Da economia política à economia do gozo: a fantasia da mercadoria - Pâmela Mizurini (UFF)
Entre a política e a psicanálise: uma experiência em um grupo de mulheres de um CAPSad – Lorenna Figueiredo de Souza (SES-RJ).
16h00 às 17h30: Sala 3
FANTASIA E DESEJO DO ANALISTA. Coordenadora: Paula Maribondo de Oliveira (UERJ)
Fantasia fundamental e fantasia ideológica - Mayra Carneiro de Carvalho (UERJ)
Algumas refexões sobre a clínica entre o trauma e a fantasia – Paula Maribondo de Oliveira (UERJ)
“Caída de quatro” da instituição à clínica: a ética do bem dizer - Priscila Mählmann (UVA) e Luciana Marques (UERJ)

4a feira, 7 de novembro de 2018: MESAS SIMULTÂNEAS.


13h00 às 14h30: Auditório 91
A POLÍTICA DAS DIFERENÇAS: DESAFIOS NA CLÍNICA PSICANALÍTICA. Coordenador: Marco Antonio Coutinho Jorge (UERJ)
O embate de Freud da psiquiatria do século XIX sobre a teoria da sexualidade – Leonardo Tunoda Washington (UERJ)
Que gozo é esse? Refexões sobre a sexualidade feminina e fenômeno psicossomático - Maria Ormy Moraes Madeira (UERJ)
Refexões sobre o sexo e a sublimação – Vivian Martins Ligeiro (UERJ)
13h00 às 14h30: Sala1
AMOR E LOUCURA. Coordenadora: Veline Filomena Simioni da Silva (UERJ)
O amor enquanto acontecimento – uma saída pelo desejo - Ana Suy Sesarino Kuss (UERJ), Fernanda Pimentel (UERJ), Rita Manso (UERJ)
Dos corpos aprisionados, das loucas internadas: questões para clínica psicanalítica na instituição total - Veline Filomena Simioni da Silva (UERJ)
A possível sustentação de uma falta-a-ser no amor hoje - Rebeca Espinosa Cruz Amaral (UFRJ) e Carlos Alberto Ribeiro Costa (UFF-UFRJ)
13h00 às 14h30: Sala 2
O DESEJO DO ANALISTA NA CLÍNICA E NA UNIVERSIDADE. Coordenadora: Fernanda Cabral Samico
O lugar da falta na clínica contemporânea: refexões a partir de um serviço de psicologia aplicada - Camila Rocha Canêdo, Fabiana Valerio, Leticia
Casarin, Thamires Kelly Andrade Barbosa e Cláudia Henschel de Lima (UFF)
A clínica e a psicanálise na universidade a pesquisa - Fernanda Cabral Samico (UERJ) e Lavínia C. Brito Neves
Sobre as supervisões clínicas e a ética que não se transmite pela via do ensino – Leonardo de Miranda Ferreira (UERJ)
13h00 às 14h30: Sala 3
DEMOCRACIA. Coordenadora: Nilda Sirelli (UFF-Campus Rio das Ostras)
Psicanálises nas margens, ruas e praças: aspectos de formação - Augusto Coaraçy (coletivo “Psicanálise na Praça Roosevelt”)
O “analista cidadão” no coletivo – Marina Morena Torres (UFF)
As massas virtuais: o que a psicanálise sabe sobre isso? – Vanuza Monteiro Campos Postigo (UFRJ)
4a feira, 7/11/2018 Mesas Simultâneas
14h30 às 16h00: Sala 4
FUNDAMENTOS. Coordenador: Heloene Ferreira (UERJ)
Transferência, sugestão e a ética da psicanálise - Arthur Candiota (UFRJ)
Divisão sexual, a insistência em não querer saber d’isso - Letícia Soares Zampiêr (UFJF)
O retorno da diferença que se nega como segregação social - Melissa Lifschitz Goichman e Julia Pierezan (UFRJ)
14h30 às 16h00: Auditório 91
ABANDONO, DESINSTITUCIONALIZAÇÃO E CRISE: CONTRIBUIÇÕES DA PSICANÁLISE NAS INSTITUIÇÕES. Coordenadora: Sonia Altoé (UERJ)
Desacolhimento institucional ou abandono? - Andrea da Luz (UERJ)
“Qual sua distinção aqui?” – Narrativa de um processo de desinstitucionalização - Leonardo de Almeida (UERJ)
Da urgência à urgência subjetiva: o manejo da crise no encontro do sujeito adolescente com o analista no CAPSi - Raquel de Andrade Barros (UERJ)
14h30 às 16h00: Sala 1
NEGRITUDE E IDENTIFICAÇÃO. Coordenadora: Adriana Bastos (UERJ)
A clínica com o sujeito negro - Claudina Damasceno Ozório (PUC-Rio)
Luta, resistência e psicanálise. Que lugar é reservado ao negro brasileiro na contemporaneidade? - Jeferson Nascimento (UFF)
A identifcação na psicose e sua prática clínica: um percurso de Freud e Lacan - João Ezequiel Grecco (Centro Universitário Anhanguera/Unia)
14h30 às 16h00: Sala2
TRANS... Coordenadora: Barbara Zenicola (UERJ)
LGBT fobia: quem tem medo da diferença? - Barbara Zenicola (UERJ)
Transidentidades e a descolonização da escuta psicanalítica - José Stona e Andrea Ferrari (UFRGS)
Da patologia transexual ao fenômeno da transexualidade - Mayara Possari e Doris Rinaldi (UERJ)
14h30 às 16h00: Sala 3
FORMAÇÃO, TRANSMISSÃO EM PSICANÁLISE E DESEJO DO ANALISTA. Coordenadora: Bruna Americano
A função do tempo: O impasse da organização racional do tempo no contexto da rede de atenção psicossocial no SUS - Cláudio Francisco Cruz (UFRJ)
O desejo do analista e a travessia da fantasia - Odimar Araújo Feitosa Filho (UFRJ)
A formação do analista e a instituição de psicanálise: o desejo do psicanalista e a experiência de Maud Mannoni - Rebeca de Souza Escudeiro e Laéria
Bezerra Fontenele (UFC)
16h00 às 17h30: Sala 4
ENTRE SENTIDO E EQUÍVOCO. Coordenadora: Cassia Amara Azevedo (UERJ)
As tensões estruturais entre neurose e perversão - Cassia Amara Azevedo (UERJ)
Perversão, política e clínica - Eduardo Paixão (UERJ)
Partilha do Imaginário, constituição de identidades e ética da alteridade - Victor Galdino Alves de Souza (UFRJ)
16h00 às 17h30: Auditório 91
PSICANÁLISE, POLÍTICA E DIFERENÇA. Coordenadora: Nadiá Paulo Ferreira (UERJ)
O extermínio da diferença – Dercirier Freire (UERJ)
Diferença e segregação - Nadiá Paulo Ferreira (UERJ)
Psicanálise, despolitização e ódio: uma análise da atualidade brasileira - Thomas Speroni e Lara Silveira (UERJ)
4a feira, 7/11/2018 Mesas Simultâneas
16h00 às 17h30: Sala 1
PSICANÁLISE E SAÚDE MENTAL: QUE POLÍTICA? Coordenadora: Camila Quinteiro Kushnir (UFRJ)
A psicanálise no campo da saúde mental: enfrentamentos e conexões - Ana Paola Frare (UFRJ) e Juliana Landim Lopes (UFRJ)
O analista como cidadão: novas formas de intervenção social e a ética da psicanálise - Camila Quinteiro Kushnir (UFRJ)
Medicina e capitalismo – que lugar resta para o inconsciente? - Joyce Medeiros Guasque de Mesquita (UERJ)
16h00 às 17h30: Sala 2
ATUALIDADES SOBRE O SEXO NA INFÂNCIA. Coordenadora: Luciana Piza (UERJ)
A política de proteção à criança e a política da psicanálise - Luciana Piza (UERJ)
Me chame pelo meu nome - Natália Pereira Travassos (UERJ)
Considerações psicanalíticas sobre o processo transexualizador na infância - Nathalia Rocha Leite (UNESA-Fortaleza)
16h00 às 17h30: Sala 3
INCONSCIENTE E DISCURSO. Coordenadora: Angélica Cantarella Tironi (UFRJ)
O discurso politicamente correto é capaz de intervir no inconsciente estruturado como uma linguagem? - Angélica Cantarella Tironi (UFRJ)
“Bandido bom é bandido morto”: refexões sobre a emergência do fascismo no discurso do homem comum - Giselle Falbo & Olga Veridiano (UFF)
A Solidão e o Comum: alguns apontamentos para pensar as políticas em Lacan - Gustavo Fonseca (UFF)
17h30 às 19h00: Auditório 91
O SINGULAR E O COLETIVO: A PSICANÁLISE E O CAMPO PÚBLICO. Coordenadora: Ana Paola Frare (IPUB-UFRJ)
Em descontinuidade com o íntimo: a dimensão pública da práxis psicanalítica - Ana Paola Fraree Thaysa Vasconcelos (IPUB-UFRJ)
Como tratar o gozo racista? - Mariana Mollica da Costa Ribeiro de Araujo (UERJ)
O uso do conceito de território como ferramenta clínica pela psicanálise - Mingnon Pereira Lins (UERJ)
17h30 às 19h00: Sala 1
LOUCURA E INSTITUCIONALIZAÇÃO. Coordenadora: Camila Cardozo Melo Sales (UERJ)
Comunidades terapêuticas: tratamento ou segregação? - Adriana Dias de Assumpção Bastos, Irene Moura Beteille, Mônica Bernardo de Oliveira e
Sonia Alberti (UERJ)
A droga como ponto de certeza no campo da psicopatologia: um contraponto da teoria psicanalítica - Maycon Torres (UFF)
Dos manicômios de outrora à rede de atenção psicossocial: o horror à loucura permanece - Rita Meurer Victor (UERJ)
17h30 às 19h00: Sala 2
SUPEREU. Coordenador: Cezar Augusto Lima Santos
O supereu na experiência depressiva contemporânea - Caroline Gomes e Rogério Quintella (UFF)
Refexões sobre o supereu e o discurso politicamente correto - Daniela de Oliveira Martins Mendes Daibert (UERJ)
Infuências socio-culturais na formação do Super-eu - Raphael Ferreira Andrade (UERJ)
17h30 às 19h00: Sala 3
MULHER. Coordenador: Pablo Bismarck Varjão Almeida (UVA)
Aforismos lacanianos: a mulher como “causa” e “sintoma” - Flávia Bonfm e Paulo Vidal (UFRJ/UFF)
Feminino: Vetor rumo ao infnito - Pablo Bismarck Varjão Almeida (UVA)
De quem é esse corpo? a catástrofe na relação mãe-flha - Taylane Siqueira (UVA) e Luciana Marques (UERJ)
AGRADECIMENTOS

EQUIPE DE TRABALHO:
Barbara Giarrante, Barbara Zenícola, Camilla Lopes, Cassia Amara Azevedo, Deborah Klajnman, Dercirier Freire, Felipe
Grillo, Heloene Ferreira, Leonardo Miranda, Luciana Torres, Maria Ormy Moraes Madeira, Mônica Bernardo de Oliveira,
Quezia Oliveira e Thomas Speroni.

SECRETARIA:
Fabio de Mendonça Santos.
Ana Maria e Carla

Aos Colegas do Programa de Pós-graduação em Psicanálise, ao Instituto de Psicologia e à Professora Rosana Glatt, do
Instituto de Educação. Ao Mestrado em Clínica e política em psicanálise, co-partícipe.

... e pelos constantes incentivos ao Programa:

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICANÁLISE


UNIVESIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Rua São Francisco Xavier, 524 – sala 10024.
https://www.pgpsa.uerj.br/
E-mail pgpsa@uerj.br