Anda di halaman 1dari 10

EAD 5844 – REFORÇO 23_04_2017

ANOVA - Fator Único

Teste de Hipóteses:
H0: µ1 = µ2 =... µn
HA: nem todas as médias µi são iguais

Pressupostos:
1. Distribuição normal da variável resposta;
2. Todas as populações têm a mesma variância da variável resposta.
3. Todas as observações são independentes.

01. Complete a tabela ANOVA a seguir:

Fonte de variação GL SQ MQ F* Fc p-value

Entre grupos 2

Dentro dos grupos 76,38

Total 126 95,21

02. Um estudo sobre os efeitos dos exercícios físicos sobre as variáveis e psicológicas
comparou quatro grupos de indivíduos do sexo masculino. O grupo de tratamento (T)
consistiu em 10 participantes de um programa de exercícios. Um grupo controle (C) de 5
sujeitos apresentou-se voluntariamente para o programa, porém acabou não
comparecendo por diversos motivos. Os sujeitos dos dois outros grupos foram
selecionados de forma a serem semelhantes aos dois primeiros grupos quanto à idade e
outras características, e 11 eram pacientes de corridas (J) e 10, indivíduos sedentários
(S), que não se exercitavam regularmente.

1
a) Uma das variáveis medidas ao fim do programa era um escore de condicionamento
físico, cuja parte da tabela ANOVA para esses dados é:

Fonte de variação GL SQ MQ F* Fc p-value

Grupos 104.855,87

Erro 32

Total 35 175.356,46

b) Uma outra variável medida no experimento foi um escore de depressão, e altos


valores desse escore indicam um nível maior de depressão. Eis uma parte da tabela
ANOVA para esses dados:

Fonte de variação GL SQ MQ F* Fc p-value

Grupos 158,96

Erro 32 62,81

Total 35

i) Preencha os espaços em branco de cada uma das tabelas.


ii) Enuncie H0 e HA para cada experimento.
iii) Escreva uma breve conclusão.

2
3. Três diferentes métodos de montagem foram propostos para um novo produto. Um
planejamento experimental completamente aleatorizado foi escolhido para determinar
qual método de montagem resulta no maior número de peças produzidos por hora, e 30
empregados foram selecionados aleatoriamente e designados a utilizar um dos métodos
propostos. Segue o número de unidades produzidas por empregado.

Método

A B C

97 93 99

73 100 94

93 93 87

100 55 66

73 77 59

91 91 75

100 85 84

86 73 72

92 90 88

95 83 86

i) Formule o teste de hipótese para este experimento.


ii) Use a ANOVA para analisar o experimento, considerando γ = 0,95.
iii) Quais são as suas conclusões.

3
Teste de Hipóteses para uma Proporção Populacional

Teste de Cauda Teste de Cauda Teste


Inferior Superior Bicaudal

Hipótese H0: p ≥ p0 H0: p ≤ p0 H0: p = p0

HA: p < p0 HA: p > p0 HA: p ≠ p0

Estatística do teste 𝑧=
𝑝̅ − 𝑝0
𝑧=
𝑝̅ − 𝑝0
𝑧=
𝑝̅ − 𝑝0

√𝑝0 (1 − 𝑝0 ) √𝑝0 (1 − 𝑝0 ) √𝑝0 (1 − 𝑝0 )


𝑛 𝑛 𝑛

Regra de rejeição: Rejeitar H0 se o p- Rejeitar H0 se o p- Rejeitar H0 se o p-


value ≤ α value ≤ α value ≤ α
Critério p-value

Regra de rejeição: Rejeitar H0 se Rejeitar H0 se Rejeitar H0 se

Critério p-value z* ≤ -zα z* ≥ zα z* ≤ -zα/2 ou z* ≥ zα/2

4. Um estudo realizado pela Consumer Reports mostrou que 64% das pessoas que fazem
compras em supermercados acreditam que as marcas dos próprios supermercados são
tão boas quanto as marcas de renome nacional. Para investigar se esse resultado se
aplica ao seu próprio produto, o fabricante de uma marca de ketchup reconhecida
nacionalmente perguntou a uma amostra de compradores se eles acreditavam que o
ketchup de supermercado era tão bom quanto aquele de renome nacional.
a) Formule as hipóteses que poderiam ser usadas para determinar se a porcentagem de
pessoas que fazem compras no supermercado e que acreditam que o ketchup de
supermercado era tão bom quanto o ketchup de marca nacional diferia de 64%.
b) Se uma amostra de 100 compradores revelasse 52 pessoas que declaram que a
marca de supermercado era tão boa quanto a marca nacional, qual é o p-value?
c) Com α = 0,05, qual é a sua conclusão?
d) O fabricante de ketchup de marca nacional deve ficar satisfeito com essa conclusão?
Explique.

4
Teste de Hipóteses para uma Média Populacional com σ desconhecido

Teste de Cauda Teste de Cauda Teste


Inferior Superior Bicaudal

Hipótese H0: µ ≥ µ0 H0: µ ≤ µ0 H0: µ = µ0

HA: µ < µ0 HA: µ > µ0 HA : µ ≠ µ 0

Estatística do teste 𝑥̅ − 𝜇0
𝑡= 𝑠
𝑥̅ − 𝜇0
𝑡= 𝑠
𝑥̅ − 𝜇0
𝑡= 𝑠
⁄ 𝑛 ⁄ 𝑛 ⁄ 𝑛
√ √ √

Regra de rejeição: Rejeitar H0 se o p- Rejeitar H0 se o p- Rejeitar H0 se o p-

Critério p-value value ≤ α value ≤ α value ≤ α

Regra de rejeição: Rejeitar H0 se Rejeitar H0 se Rejeitar H0 se

Critério p-value t* ≤ -tα t* ≥ tα t* ≤ -tα/2 ou t* ≥ tα/2

5. A Joan’s Nursery é especialista em paisagismo personalizado para áreas residenciais. O


custo de mão de obra estimado de uma proposta de paisagismo em particular se baseia
no número de plantações de árvores, arbustos, etc. Para fins de estimação do custo, os
gerentes utilizam duas horas de mão de obra para o plantio de uma árvore de tamanho
médio. Os tempos reais de uma amostra de dez plantações durante o mês passado são
apresentados a seguir. O tempo está expresso em horas.

1,7 1,5 2,6 2,2 2,4 2,3 2,6 3,0 1.4 2,3

Com um nível de significância de 0,05, teste se o tempo médio de plantio das árvores
difere de duas horas.
a) Escreva as hipóteses nula e alternativa.
b) Calcule a média amostral.
c) Calcule o desvio padrão amostral.
d) Qual é o p-value?
e) Qual é a sua conclusão.

5
Teste de Hipóteses para uma Média Populacional com σ conhecido

Teste de Cauda Teste de Cauda Teste


Inferior Superior Bicaudal

Hipótese H0: µ ≥ µ0 H0: µ ≤ µ0 H0: µ = µ0

HA: µ < µ0 HA: µ > µ0 HA : µ ≠ µ 0

Estatística do teste 𝑥̅ − 𝜇0
𝑧= 𝜎
𝑥̅ − 𝜇0
𝑧= 𝜎
𝑥̅ − 𝜇0
𝑧= 𝜎
⁄ 𝑛 ⁄ 𝑛 ⁄ 𝑛
√ √ √

Regra de rejeição: Rejeitar H0 se o p- Rejeitar H0 se o p- Rejeitar H0 se o p-

Critério p-value value ≤ α value ≤ α value ≤ α

Regra de rejeição: Rejeitar H0 se Rejeitar H0 se Rejeitar H0 se

Critério p-value z* ≤ -zα z* ≥ zα z* ≤ -zα/2 ou z* ≥ zα/2

6. As declarações de imposto de renda individuais entregues antes do dia 31 de março


obtiveram uma restituição média de $ 1.056,00. Considere a população de declarantes de
última hora que entregam suas declarações durante os cinco últimos dias do período de
entrega das declarações do imposto de renda (tipicamente, de 10 a 15 de abril).
a) Um pesquisador sugere que uma razão para que as pessoas esperem até os cinco
últimos dias é que em média essas pessoas têm menores restituições a receber do
que aquelas que entregam as declarações primeiro. Desenvolva as hipóteses
apropriadas de tal forma que a rejeição de H0 sustente a argumentação do
pesquisador.
b) Para uma amostra de 400 indivíduos que entregam suas declarações entre 10 e 15
de abril, a restituição média foi de $ 910,00. Baseando-se em experiências anteriores,
pode-se supor um desvio padrão populacional de σ = $ 1.600,00. Qual é o p-value?
c) Com α = 0,05, qual é a sua conclusão?
d) Com α = 0,01, qual é a sua conclusão?
e) Repita o teste de hipóteses do item b usando o critério do valor crítico. Para α = 0,05
e α = 0,01.

6
Além do Básico

Teste para comparação de duas Proporções

Teste de Hipótese

H0: p1 = p2

HA: p1 ≠p2

Estatística z:

𝑝̂1 − 𝑝̂ 2
𝑧=
𝐸𝑃𝐷𝑝

EP – Erro Padrão Combinado:

1 1
𝐸𝑃𝐷𝑝 = √𝑝̂ (1 − 𝑝̂ ) ( + )
𝑛1 𝑛2

Estimativa combinada:
𝑥1 + 𝑥2
𝑝̂ =
𝑛1 + 𝑛2

Exercício Resolvido – Um estudo sugeriu a existência de uma diferença entre os sexos na


proporção dos que valorizavam a etiqueta. Eis um resumo dos dados, onde x refere-se ao número
de pessoas que valorizam a etiqueta.

População n x ̂ = 𝒙/𝒏
𝒑
1 (mulheres) 296 63 0,213
2 (homens 251 37 0,108

Será que homens e mulheres têm probabilidades iguais de se atentarem para as


etiquetas?

7
a) Teste de hipótese:
H0: p1 = p2
HA: p1 ≠p2
b) Estimativa combinada:

𝑥1 + 𝑥2 63 + 27
𝑝̂ = = 𝑝̂ = = 0,1645
𝑛1 + 𝑛2 296 + 251

c) Erro padrão combinado:

1 1 1 1
𝐸𝑃𝐷𝑝 = √𝑝̂ (1 − 𝑝̂ ) (𝑛 + 𝑛 ) = 𝐸𝑃𝐷𝑝 = √0,1645(0,8355) (296 + 251) = 0,03181
1 2

d) Estatística z:

𝑝̂1 −𝑝̂2 0,213 −0,108


𝑧= = 𝑧= = 3,3
𝐸𝑃𝐷𝑝 0,03181

e) Conclusão:
Considerando α = 0,05 → zc = 1,96
Como z* > zc, rejeita-se H0. Portanto há diferença na valorização das etiquetas entre
os sexos.

8
Tabelas de Duas Entradas

Considere a tabela de duas entradas classificando os consumidores quanto ao sexo


e também quanto ao fato de valorizarem ou não a etiqueta:

Valorizador de Sexo
etiqueta
Mulheres Homens Total

63 27 90
Sim
233 224 457
Não
296 251 547
Total

Esta tabela fornece as mesmas informações, de uma nova maneira, do exercício


resolvido anteriormente.
Interessa saber como o sexo influencia a valorização da etiqueta. Sexo é uma
variável explicativa (esta é a razão porque sexo está nas colunas) e a valorização
da marca como uma variável de resposta (esta é a razão pela qual a atitude em
relação à etiqueta está nas linhas).

A Hipótese Nula: NENHUMA ASSOCIAÇÃO

A hipótese nula H0 que nos interessa na tabela de dupla entrada é a de nenhuma


associação entre a variável de linha e a variável de coluna.
A hipótese nula H0 diz que valorização de etiqueta e sexo não são relacionadas. A
hipótese alternativa HA diz que existe uma associação entre a valorização da etiqueta
e sexo. HA não especifica direção para a associação, pois tabelas com linhas vs
colunas, em geral, há alternativa inclui diversas possibilidades diferentes. Desta
forma, não se pode dizer que HA seja unilateral ou bilateral.
Neste exemplo, H0 de nenhuma associação entre valorização de etiqueta e sexo é
equivalente à afirmação de que as distribuições da variável valorização da etiqueta
são as mesmas para mulheres e homens.
Em tabelas linhas (l) vs colunas (c), onde as colunas correspondem a amostras
independentes de populações distintas, existem c distribuições para a variável de
linha, uma para cada população. A hipótese nula afirma que as c distribuições da
variável de linha são idênticas. A hipótese alternativa diz que as distribuições não são
todas iguais.
Moore, D.S., McCabe, G.P. Duckworth, W.M & Sclove, S.L. 2006. A prática da
estatística empresarial: como usar dados para tomar decisões. Tradução de Luís
Antônio Fajardo. Rio de Janeiro: LTC.

9
Exercício proposto:

No exercício resolvido, a estatística z para a hipótese de igualdade das proporções


populacionais foi z = 3,30 (p < 0,001).
a) Encontre a estatística ² para esta tabela de duas entradas e verifique se ela é
igual a z² (desconsidere erros de arredondamento).
b) Verifique se o valor crítico 0,001 da distribuição ² com gl = 1 é o quadrado do
valor crítico 0,0005 para a distribuição normal padronizada. O valor crítico 0,0005
corresponde ao p value de 0,001 para o teste z bilateral.
c) Explique por que as duas hipóteses

H0: p1 = p2 → (teste z)
H0: não existe associação entre valorização de etiqueta e sexo → (teste ²)

afirmam o mesmo sobre a população.

10