Anda di halaman 1dari 41

o

2. ano
ATIVIDADES PARA

TURMAS
MISTAS
OUTono - setembro 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto com atenção.

Outono
Vou ter de deixar o ninho.
Ele vem devagarinho…

Traz menos luz do dia,


espalha as folhas secas nos pés,
com uma melodia.

Vai-se embora o calor,


mas enche-se tudo de cor.

Os raios vêm pincelados


mostrar vermelho e dourado.
E na cozinha há cheiros açucarados
e com dióspiros fico todo lambuzado.

Começa a ficar mais frio.


E a luz tem outro brilho!

O outono chega assim:


sem pressas e sem demoras.
E nas tuas folhas vais escrever,
agora, uma nova história.
As autoras

2. A que estação do ano se refere o texto?


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3. Copia do texto um verso que mostre como fica o estado do tempo nessa estação
do ano.

1
4. Assinala com  a frase que tem um significado semelhante à expressão:

«mas enche-se tudo de cor».

Um pintor faz uma pintura colorida.

As roupas são mais coloridas.

A Natureza fica com cores diferentes.

5. Transcreve as palavras que rimam com as seguintes:

n§i§n§ho / ca§lor /
p§i§nce§ladoß / g§lór§ia /

6. Pinta da mesma cor as etiquetas com as palavras com significado oposto.

dia frio devagar alegria começar

depressa noite acabar tristeza calor

7. Continua e escreve os seguintes versos no singular.

O ra§io ,
mos§t§ra§r √æ§r§me§l§ho @e dou§rado.
E na coz§i§n§ha há
E com fico ™odo la§m§bu§zado.
8. Escreve seis frases sobre o outono, iniciando por cada letra da palavra.

O
U
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

T
O
N
O

2
OUTono - SETEMBRO 2.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do poema «Outono» e responde às questões.


1. «Vai-se embora o calor, mas enche-se tudo de cor.» Usando as cores de outono,
pinta da mesma cor as figuras geometricamente iguais.

2. «Os raios vêm pincelados mostrar vermelho e dourado.» Representa os


segmentos de reta [BM], [DO], [EP], [GR] e [HS] e completa os raios de sol.
Pinta a ilustração ao teu gosto.

L
S
I
A
H B M
K
G C N

R J
F D
E
Q O

3. Observa a quantidade representada por cada folha e completa as operações,


usando a estratégia de cálculo mais adequada.

= 20 = 10 = 37 = 23
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

+ + = + + = + = + =

– = – = + = + =

– = – = + = + =

3
OUTono - SETEMBRO 2.o ano
ESTUDO DO MEIO

O Outono começa assim: sem pressas e sem demoras.


1. No outono começa a escola. Já conheces algumas regras.
Classifica as regras como corretas (C) ou incorretas (I).

Estar atento nas aulas. Não emprestar nenhum material.

Falar quando quero. Respeitar todos.

Deixar a sala limpa e arrumada. Participar nas tarefas da turma.

2. Rodeia os animais a vermelho e as plantas a verde.

3. Pinta a imagem que corresponde à estação do ano em que nos encontramos.

Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Expressões físico-motora e plástica


• Faz um percurso ao ar livre, alternando marcha e corrida. Observa a Natureza e
descreve o que vês. Desenha na areia ou em terra molhada.
• Recolhe elementos naturais para uma composição plástica com colagem de
diferentes materiais.

4
dia da alimentação - outubro 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto silenciosamente.

A família Bisnau vivia só para


almoçar. E lanchar. E cear. E comer
a todas as horas do dia.
Não usavam talheres! Metiam as
mãos, quer dizer, metiam as patas
pelo tacho dentro e enchiam a boca
de tudo o que conseguiam apanhar.
Mastigavam a correr e deixavam-se
engasgar.
Comiam até se fartarem, quer a comida estivesse muito quente ou
muito fria e, num instante a panela ficava completamente vazia.
– Venha mais! Venha Mais! – Gritavam eles numa berraria enorme.
Gostavam de tudo o que fazia mal e comiam em grandes quantidades
fritos, guisados, molhos muito gordurentos, carnes muito salgadas,
pasteis e queijadas, refrigerantes e colas às litradas. Ao acabar de almoçar
já eram horas de lanchar.
Com tanta comida, os pássaros Bisnau começaram a engordar, a
engordar, a engordar, com a barriga a inchar e a aumentar.
José Fanha, O dia em que a barriga rebentou,
3.a edição, Edições Gailivro, 2010 (excerto adaptado, com supressões)

2. Como se chama a família que participa na história?

3. Completa as frases, de acordo com os hábitos alimentares da família do texto.

A fa§m§í§l§ia B‰§i§s§na§u vi§via pa§ra .


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

N£ão †§sa§va§m ™a§l§he§re§ß, ma§s§t§iga§va§m a @e


de§i§xa§va§m-se .
E‰§s§va§z§ia§va§m a @e ne§m se i§m§por§ta§va§m
q§ue a com§ida @e§s§t§i§√æ§s§se ou .
1
4. Devido aos seus maus hábitos alimentares, o que aconteceu aos Bisnau?

5. Rodeia apenas os nomes na frase seguinte.

Estes pássaros comiam carnes muito salgadas, pasteis e queijadas.

6. Liga de forma a construíres frases com sentido.


A família Bisnau tinha molhos gordurentos.
Eles nunca estava satisfeita.
A comida gritavam por mais comida.

7. Legenda as imagens com frases e continua a contar a história que leste.

Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

2
dia da alimentação - outubro 2.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do texto «O dia em que a barriga rebentou» e responde


às questões.
1. «A família Bisnau vivia só para almoçar. E lanchar. E cear. E comer a todas as
horas do dia.» Ordena os principais momentos em que ocorrem as refeições
usando os ordinais do 1º (primeiro) ao 6º (sexto). Observa o exemplo.

Pequeno-almoço – 1º, primeiro Jantar


Lanche da tarde Almoço
Lanche da manhã Ceia
1.1 Observa os alimentos que o pai Bisnau e o filho Bisneco comeram ao
pequeno-almoço. Pinta os alimentos repetidos em ambos os conjuntos.
Alimentos do pai Bisnau Alimentos do filho Bisneco

1.2 Risca a palavra que não torna a afirmação verdadeira.


REUNIÃO
Os alimentos pintados anteriormente formam o conjunto .
INTERSEÇÃO

2. O pássaro Bisnau também preparou tostas mistas. Forma grupos com uma fatia
de queijo e uma fatia de fiambre e completa as frases.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Com as fatias de queijo e de fiambre o Bisnau preparou tostas


mistas.
O número é um número par.

3
dia da alimentação - outubro 2.o ano
ESTUDO DO MEIO

Não devemos fazer como a família Bisnau. É necessário ter cuidados com a
alimentação.
1. Procura o nome de 12 alimentos na sopa de letras e rodeia-os.

F I T M L O B E B A N A N A
G P E I X E A S V L U I Z P
U V O P L X R E U F T O N U
M T V G O M A J I A F V C G
A F H U D L B Q D C N O H M
S G T U A I C S I E T N O X
S O C A R N E V B A N A C U
A L M O V R I X O P A V O A
B T U M T A N U L E O M L R
O L E I T E V Q O T R I A R
N B T U S I P L C Z U V T O
R E F R I G E R A N T E E Z
1.1 Pinta na sopa de letras:
• de verde – os nomes dos alimentos saudáveis;
• de vermelho – os nomes dos alimentos que devemos evitar.
2. Assinala com  a resposta correta.
Que nome se dá à água tratada e analisada que é própria para consumo?
Filtrada. Tratada. Potável. Limpa.

3. Observa a imagem e responde.


Podes consumir este alimento? Porquê?
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Expressão plástica
• Recorta de revistas e de jornais imagens de diferentes alimentos.
• Desenha, com os teus colegas, a Roda dos Alimentos e cola as imagens nos grupos
a que pertencem.

4
Magusto - novembro 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto.

Maria Castanha
O céu estava cinzento e quase nunca aparecia o sol, mas enquanto
não chovia os meninos iam brincar para o jardim. E mesmo sem haver
sol, os meninos sentiam os pés quentinhos e ficavam com as bochechas
encarnadas de tanto correr e saltar.
Uma vez apareceu no jardim uma menina diferente: não tinha
bochechas encarnadas, mas uma carinha redonda, castanha, com dois
grandes olhos escuros e brilhantes.
– Como te chamas? – perguntaram-lhe.
– Maria. Às vezes chamam-me Maria Castanha.
– Que engraçado, Maria Castanha!
Queres brincar?
– Quero.
Foram brincar ao jogo do apanhar.
A Maria Castanha corria mais do que
todos.
Corria tanto que nem viu o carrinho
do vendedor de castanhas que estava à
porta do jardim, e foi de encontro a ele.
Pimba!
Maria Isabel Mendonça Soares, Contos no jardim,
1.a edição, Verbo, 1977 (excerto adaptado, com supressões)

2. Assinala com  as opções que indicam:


o local onde se passa esta história. em que época do ano aconteceu.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Numa escola. Na primavera.

Num jardim. No verão.

Na cidade. No outono.

Numa selva. No inverno.

1
3. Numera de 1 a 5 os momentos da história.

Apareceu uma menina diferente.


Os meninos convidaram a menina para brincar.
Os meninos foram brincar para o jardim.
Ela chocou com o carrinho do vendedor de castanhas.
A Maria Castanha era a mais rápida.

4. Lê as frases e assinala com V de verdadeiro ou F de falso, de acordo com o texto.

Estava um dia lindo de sol.


Um dia apareceu no jardim uma menina diferente.
Foram jogar ao jogo das escondidinhas.
A Maria Castanha corria mais do que todos.
4.1 Corrige as afirmações falsas, de modo que fiquem verdadeiras.

5. Completa o quadro com nomes do texto. Observa o exemplo.

Nomes femininos Nomes masculinos


me§n§i§na me§n§i§noß

5.1 Sublinha, no quadro, os nomes escritos no plural.

6. Escreve, à frente de cada palavra, outra com significado oposto (antónimo).


quente nunca
diferente escuros
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

7. Escreve algumas frases sobre o que conheces da estação do outono.

2
Magusto - novembro 2.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do texto «Maria Castanha» e responde às questões.


1. «O céu estava cinzento e quase nunca aparecia o sol…»
No céu, surgiram 80 nuvens, depois mais 20 e, finalmente
mais 60. Quantas nuvens ficaram no céu?

2. Completa o gráfico de pontos pintando um por cada letra encontrada na


seguinte frase.

C‰or§r§ia ™a§n§to q§ue ne§m vi§u o ca§r§r§i§nho do √æ§ndedor


de ca§s§ta§n§ha§ß…

A E I O U C R T N Q M V D S H

3. Nas escolas, o magusto é realizado no recreio. Completa a ilustração


representando os elementos indicados abaixo. No fim, pinta-a a teu gosto.
• uma fogueira à direita da professora;
• na parede: 2 quadriláteros diferentes e 1 pentágono.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3
Magusto - novembro 2.o ano
ESTUDO DO MEIO

«enquanto não chovia, os meninos iam brincar para o jardim»


1. Repara no jogo representado nas imagens A e B.

A B
Dois passos para a direita…
um para a frente…

1.1 Responde:

• Que sentido não pode ser usado em ambos os casos?

• Qual é o órgão que está tapado?

• O que está a criança vendada a fazer em cada situação?

Na situação A, .

Na situação B, .
• Na imagem A, que sentido está a ser usado? E na imagem B?

EXPRESSÃO FÍSICO-MOTORA • jogos tradicionais


jogo do lenço
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Como jogar: A turma é dividida em duas equipas e estas atribuem a cada elemento
um número, que permanece em segredo. Define-se um espaço e, no centro deste,
um elemento que não pertence às equipas segura um lenço com o braço esticado.
Quando este anuncia um número, o elemento de cada equipa com esse número
corre para o lenço e tenta alcançá-lo primeiro e fugir para junto da sua equipa sem
ser tocado pelo adversário.

4
Natal - dezembro 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto.

Ninguém dá prendas ao Pai Natal


Estava o Pai Natal a remendar o cobertor das
suas renas quando se ouviu uma voz melodiosa
a chamar:
– Pai Natal! Pai Nataaal!
O Pai Natal abriu a porta e deu com uma
bela menina, muito mal vestida, e com um par
de sapatinhos de cristal na mão, que lhe disse:
– Pai Natal, trago-te estes sapatinhos do mais
fino cristal. Aceita esta prenda, que te dou eu,
a Gata Borralheira.
Ana Saldanha, Ninguém dá prendas ao Pai Natal, 2.a edição, Campo das Letras, 2002 (excerto)

2. Completa as frases de acordo com o texto.

O P¶a§i @e§s§ta§va a ®e§me§nda§r o


da§ß s§ua§ß , q§ua§ndo ou§vi§u †§ma
a c§ha§ma§r por s§i.
E‰§ra †§ma bæ§la , q§ue l§he q§ue§r§ia oƒæ§rece§r †§n§ß
de c§r§i§s§ta§l.
3. Pinta as personagens da história.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

1
4. Assinala com  as opções que completam as frases.

A gata borralheira ofereceu A menina estava


um bolo ao Pai Natal. muito mal vestida.

uma manta para as renas. com um bonito vestido.

uns sapatos ao Pai Natal. de fato de banho.

5. Será que o Pai Natal gostou daquela prenda? Porquê?

6. Escreve, no local correto, as palavras sublinhadas no texto.

Feminino Masculino
singular plural singular plural

7. Liga as palavras aos seus sinónimos.


prendas reparar
remendar oferecer
melodiosa presentes
dar harmoniosa
8. Se pudesses dar uma prenda ao Pai Natal, o que seria? E qual seria a sua
reação? Imagina esse momento e conta-o, completando o texto.

N£§u§m d§ia , @e§u fu§i de


a§té à ca§sa do P‰a§i N£a§tal. L‰e§√æ§i-l§he de p§re§se§n§te ,
porq§ue .
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Q‰§ua§ndo @e§le vi§u o p§re§se§n§te, .


D¶e§poi§ß, con§√æ§r§sa§moß †§m bocad§i§n§ho. E‰§u d§i§s§se-lhe q§ue

@e @e§le con§tou-me q§ue .


2
Natal - DEZEMBRO
NATAL 2.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do texto «Ninguém dá prendas ao Pai Natal» e


responde às questões.
1. «Estava o Pai Natal a remendar o cobertor das suas renas quando se ouviu
uma voz melodiosa a chamar…» Pinta os remendos do cobertor, seguindo o
código de cores indicado, conforme a sua forma.

Código de cores
vermelho: triângulo
azul: quadrilátero
amarelo: pentágono
verde: hexágono

1.1 As renas estavam numeradas. Pinta de verde as renas com números pares
e de vermelho as renas com números ímpares.

A B C D E F G
236 354 367 198 207 13

1.2 Ordena por ordem crescente os números anteriores.

< < < < <


1.3 Usa a tua régua e traça, na imagem, o segmento de reta AG.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

2. Cada rena tem 4 patas. Quantas patas têm as renas que aparecem na imagem?

x =
As renas têm, ao todo, patas.

3
Natal - DEZEMBRO
NATAL 2.o ano
Estudo do meio

O Natal é a festa da família! É a nossa família que conhecemos melhor.


1. Completa as frases com algumas informações sobre ti.

• Comecei a andar quando tinha anos.


• Com anos disse a primeira palavra.
• Fui para o Jardim de Infância aos anos.
• Entrei para a Escola com anos.
1.1 Regista essas informações na linha de tempo.

0 2 4 6 8 10

2. Escreve a data do teu aniversário.

Dia: Mês: .

3. Classifica as frases como verdadeiras (V) ou falsas (F), assinalando com .

V F
Um ano comum tem 365 dias.
Chama-se bissexto ao ano que tem 366 dias.
Os meses do ano são 10.
Abril vem depois de março.
O nono mês do ano é outubro

EXPRESSÃO plástica
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Modela um presépio utilizando plasticina.


Observa um exemplo na imagem ao lado.

Foto de Ana Rute Cavaco, blogue Por aqui e por ali, dezembro 2010

4
inverno - janeiro 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê com atenção o texto.

A lua de janeiro
Há muitos, muitos anos, quando
o mês de janeiro chegou à Floresta
Verde, os animais começaram a
ficar impacientes. Estavam fartos de
noites tão longas! E por mais que
o mocho Sabichão lhes explicasse
que os dias já haviam começado a
crescer, sentiam-se inconsoláveis.
– Não falta muito tempo para o Sol ficar connosco até mais tarde! –
dizia ele, com toda a ciência e sabedoria.
Quem não estava pelos ajustes era a ovelha Anafada:
– O inverno bem que podia ser um pouco mais simpático... – comentava,
muito irritada.
Rosário Alçada Araújo, Brincar às escondidas e outras histórias da Mãe Natureza,
2.a edição, Edições Gailivro, 2010 (excerto adaptado, com supressões)

2. Onde aconteceu esta conversa? Rodeia a imagem que indica esse local.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

2.1 Pinta-a utilizando apenas a cor que dá nome a esse lugar.

3. Que animais conversaram?

1
4. Assinala com  a opção que completa a frase, de acordo com o texto.
Esta história aconteceu
hoje. este mês. há muito tempo atrás.

5. Escreve V de verdadeiro ou F de falso, de acordo com o texto.

Os animais estavam cansados dos dias de inverno.


No inverno as noites são mais curtas.
O mocho explicou que os dias já estavam a ficar maiores.
A ovelha Anafada estava contente.

5.1 Corrige as afirmações erradas, de forma a se tornarem verdadeiras e escreve-as.

6. Muda uma das letras das palavras e transforma-as noutras. Observa o exemplo.
inverno i§n§te§r§no dias
ovelha mocho
7. Pinta o conjunto de palavras que tem apenas nomes.

anos noites dias


chegou Sol ovelha
animais inverno simpático

8. Completa com os adjetivos que, no texto, caracterizam os seguintes nomes:


Floresta animais
noites ovelha
9. E tu? Gostas do inverno? Preenche a planificação e escreve, no teu caderno, um
pequeno texto sobre esta estação.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Que festas celebras?


Quando começa?
Qual é a tua
Quando termina?
preferida?
Como fica a paisagem?
O que costumas
Como se vestem fazer?
as pessoas?

2
inverno - janeiro 2.o ano
Matemática

1. O texto que trabalhaste em português fala sobre um dos meses do ano. Escreve
o nome dos restantes meses.

2. No inverno está mais frio e temos de nos agasalhar melhor. Pinta as camisolas
de acordo com as indicações.
• A camisola amarela é a que tem menos
estrelas;
• A camisola verde está à esquerda da
vermelha;
• A camisola azul não é a que tem mais
estrelas;
• A camisola amarela está por baixo da
vermelha.

3. Durante o inverno alguns animais como os ouriços hibernam. Observa a


sequência formada por ouriços, uns que já estão a hibernar e outros que ainda
estão acordados.

3.1 Pinta o grupo que se repete na sequência.

3.2 Assinala com  a opção que representa os elementos seguintes da sequência.

3.3 Considerando a sequência anterior, assinala com  a afirmação falsa.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

O total de olhos corresponde sempre a um número par.


Existem mais olhos fechados do que abertos.
O total de olhos fechados é sempre metade do total de olhos abertos.
3.4 Escreve de novo a afirmação que assinalaste de modo a torná-la verdadeira.

3
inverno - janeiro 2.o ano
ESTUDO DO MEIO

Os animais da Floresta Verde não gostavam nada do inverno, pois não podiam
brincar. Então, o Inverno resolveu fazer experiências para mostrar aos animais
como é divertido brincar com o ar.

1. Primeiro, explicou-lhes o que era o vento. Completa a sua explicação.

O vento é o em .

2. Depois, fizeram uma experiência com bolas. Observa as figuras.

2.1 Assinala com  o que os animais


concluíram.

O ar não tem peso, mas ocupa espaço.

O ar tem peso e não ocupa espaço.

Figura 1 Figura 2 O ar tem peso e ocupa espaço.

3. Por fim, levou-os num passeio de balão. Observa e responde.

• O ar aquecido contrai ou expande-se?

• O ar aquecido sobe ou desce?

Expressão dramática • Sombras chinesas


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Preparação: escurecer a sala e fazer incidir a luz de um projetor numa superfície


branca.
• Realiza as sombras exemplificadas ao lado.
• Improvisa com os teus colegas diálogos
entre as personagens.
• Inventem uma história ou recriem histórias
que já conheçam. aranha cão pássaro

4
Carnaval - fevereiro 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto atentamente.

O Carnaval dos animais


O cuco, que era o arauto do leão,
anunciou a festa de Carnaval a todos
os animais, explicando que se iriam
mascarar de homens, e acrescentando:
– Vai chamar-se «O Baile de Máscaras
dos Amigos da Mãe Natureza»!
O dia da festa foi um sucesso e houve
máscaras para todos os gostos. Os coelhos, de pá e ancinho na mão,
mascararam-se de jardineiros. Os esquilos levavam mangueiras
debaixo do braço e fizeram-se passar por bombeiros. O leão não quis
deixar de ser importante, nem por um dia, e disfarçou-se de D. Dinis,
que foi um rei que viveu em tempos e ajudou muito a Mãe Natureza.
As tartarugas, com óculos apoiados na ponta do nariz, faziam de
biólogos, e os hipopótamos levavam estetoscópios ao pescoço,
fingindo ser veterinários.
Rosário Alçada Araújo, Brincar às escondidas e outras histórias da Mãe Natureza,
2.a edição, Edições Gailivro, 2010 (excerto)

2. Assinala com  as personagens do texto.

cuco esquilos Mãe Natureza tartarugas

leão coelhos hipopótamos bombeiros

3. A que festa se refere esta história?

4. Ordena, de 1 a 4, os momentos da história.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Os coelhos mascararam-se de jardineiros.


O leão mascarou-se de D. Dinis.
O cuco anunciou a festa de Carnaval.
Havia vários tipos de máscaras.

1
5. Liga as imagens dos animais ao que usaram para se mascararem.

6. Como correu o dia da festa?

6.1 Copia a frase do texto que justifica a tua resposta.

7. Completa as frases com


• determinantes artigos definidos.

Foram à festa de Carnaval: cuco, coelho, esquilos,


leão, tartarugas e hipopótamos.

• determinantes artigos indefinidos.

animal disse aos outros que iria haver festa. animais


mascararam-se de profissões. Havia máscaras muito engraçadas.
8. Escreve um texto no teu caderno sobre o que gostarias de fazer, ou o que fizeste,
neste Carnaval. Preenche a seguinte planificação para organizares as tuas ideias.

Local
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Pessoas com
quem estiveste
O teu disfarce
O que mais
te divertiu

2
Carnaval - fevereiro
CARNAVAL
CARNaval 2.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do texto «O Carnaval dos animais» e responde às


questões.
1. «O dia da festa foi um sucesso e havia máscaras para todos os gostos.»
De acordo com o código de cores, pinta a máscara.

Código de cores: Números pares - vermelho; Números ímpares - azul

9 10 10 9
8 11 11 8
12
11 + 4 13 + 2
7 10 + 2 13 6+6 7

6 6
5 5

4 0 4
1 3
3 2 1 2

2. Preenche o gráfico de pontos, pintando um por cada dois disfarces de cada


tipo que encontras na figura (borboleta, palhaço e índio).

borboletas
palhaços
índios
3
Carnaval - fevereiro
CARNaval
CARNAVAL 2.o ano
ESTUDO DO MEIO

Os animais foram a um concurso de máscaras no pavilhão gimnodesportivo da


cidade da Inês.
1. Observa a planta do bairro da Inês e traça o itinerário que ela vai fazer.
AGEM
PAR

A
RI
PA
DA Pavilhão gimnodesportivo

7 OLA
8 ESC S
4 6 REIO
3 5 AGEM COR
2
PAR
AGEM
PAR

COR
REIO
S REIO
COR S

AGEM
PAR

O
AD
ERC
AGEM
PAR

M
PER
Casa da Inês SU
PAR
AGEM

PAR
AGEM

1.1 Indica:
• o ponto de partida -
• o ponto de chegada -
• dois pontos de passagem -
1.2 Que meios de transporte poderá usar a Inês para se deslocar?

EXPRESSÃo plástica • Máscara de leão


Material: Prato de papel; tesoura; cola; cartolina castanha e preta; papel de seda
amarelo, laranja e castanho; tinta amarela e castanha.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Procedimento: Pinta de amarelo a base do prato e as bordas


e de castanho o feitio da cabeça. Recorta os olhos. Rasga
tiras de papel de seda e cola nas bordas do prato, alternando
as 3 cores. Recorta o focinho em cartolina castanha e o
nariz e os bigodes em preta e cola-os no prato. Com tinta
castanha faz as pintas do focinho. Fura dos lados e coloca
um elástico.

4
primavera - março 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto.

Na primavera
Na primavera,
vou dar-te a mão.
Correr entre as gotas da chuva,
brincar com nuvens de algodão.

Na primavera, Na primavera,
vou dar-te a vida. vou cantar-te uma canção.
Pintar, com as gotas de orvalho, Fazer uma melodia,
uma aguarela florida. de mil bolas de sabão.

Na primavera, Na primavera,
vou dar-te o movimento. vou dar-te uma semente.
Dançar com as andorinhas, Regar, dentro do teu peito,
ao sabor da brisa e do vento. um novo sonho, um presente!
Autoras

2. Sobre que estação do ano é este texto?

3. Completa as ações descritas no texto.

P¶§i§n§ta§r †§ma
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

D¶a§nça§r com
C‰a§n§ta§r †§ma
R‰ega§r †§m

1
4. Seleciona com  o significado da expressão «Dançar com as andorinhas».

Agarrar uma andorinha e dançar com ela.


Dançar na presença de andorinhas.
Fazer uma dança a imitar as andorinhas.
Dançar em cima de uma árvore.

5. Liga as palavras da coluna do meio aos seus antónimos e aos seus sinónimos.

sinónimos antónimos
executar dar velho
oferecer novo desfazer
recente fazer tirar

6. Relê os seguintes versos.


«Correr entre as gotas da chuva,
brincar com nuvens de algodão.»
6.1 Rodeia quatro nomes dos versos anteriores.

7. Faz, no teu caderno, um pequeno texto sobre a primavera. Começa por preencher
a seguinte planificação, respondendo às questões.

O que é a primavera?

Como fica a paisagem?


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Que brincadeiras costumas


fazer? De qual gostas mais?

Opinião (diz se gostas ou


não da primavera e porquê)

2
primavera - março 2.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do poema «Na Primavera» e responde às questões.


1. «Na primavera vou dar-te a vida, pintar com as gotas de orvalho, uma aguarela
florida.» Pinta as pétalas das flores, de acordo com o código.

230

600 850
100

570

220 275 350

Vermelho Amarelo Verde Cor-de-rosa


370 + – 150 900 – 330 +
820 – 350 + + 525 + 300
600 700 800 900
1.1 Pinta o conjunto onde está representada a leitura dos três maiores números
representados nas pétalas.
Quinhentos e setenta | Oitocentos e cinquenta | Seiscentos

Seiscentos e vinte e cinco | Oitocentos e cinquenta | Seiscentos

Quinhentos e setenta | Oitocentos e cinquenta | Seiscentos e vinte e cinco

2. «Na primavera vou dar-te uma semente.» Considerando as unidades de medida


indicadas, completa com a área e o perímetro dos diferentes canteiros.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Área:
Perímetro:

3
primavera - março 2.o ano
ESTUDO DO MEIO

Na primavera tudo floresce.


1. Observa a imagem de uma laranjeira e escreve
o nome das partes que a constituem.
E
A- D

B- C

C- B

D-
A

E-

2. Completa o quadro com um exemplo de nome de planta para cada caso.

Planta Planta Planta que vive Planta que vive


espontânea cultivada na terra na água

3. Escreve o nome de dois animais que:

• se deslocam em terra -
• se deslocam no ar -
• têm o corpo coberto de escamas -
• nascem do ventre da mãe -
• nascem de ovos -
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

EXPRESSÃO PLÁSTICA • Aguarela de primavera


• Desenha um ramo de árvore a ocupar uma folha A4 na horizontal,
como na figura. Molha uma cotonete em água e, depois, na aguarela
cor-de-rosa e vai fazendo as flores, rodando a cotonete na folha,
mas sem a deslocar. No final, faz o mesmo com a cor branca em
algumas zonas, usando o outro lado da cotonete.

4
Páscoa - abril 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto.

– Vovó! Vovó! Amanhã já não


temos aulas! Começam as férias da
Páscoa! – grita o Francisco, correndo
pela casa à frente dos primos e
abraçando a avó.
– Quando é que vamos para
Quiaios, avó? – pergunta a Bárbara.
– Temos de fazer planos para estas
férias, porque ainda são muitos dias
e queremos aproveitá-los.
– Pedimos ajuda à avó, porque assim temos a certeza de que vai correr
tudo bem! – sugere a Mafalda. – Ajudas, pois ajudas, vovó?
– Primeiro vou responder à pergunta da Bárbara: está decidido por
mim e pelos vossos pais irmos todos para Quiaios já depois de amanhã.
Até lá, aproveitam o tempo para fazer os trabalhos de casa que os vossos
professores mandaram. Agora respondo à Mafalda: a vovó está sempre
pronta a ajudar os vossos projetos. Portanto, a resposta é «sim». Só me
parece que há uma pequena conversa que todos devemos ter, antes de
terem qualquer ideia.
Maria Isabel Loureiro, A vovó ensina-te a organizar festas,
Bertrand Editora, 2005 (excerto)

2. Escreve um título para o texto.


2.1 Por que razão escreveste esse título?
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3. Quem são as personagens do texto?

1
4. Assinala com  as frases que estão de acordo com o texto.

Os netos chegaram a casa da tia.

Os netos gostam muito da avó.

A Bárbara e o Francisco querem ir para Quiaios.

Chegaram as férias de Natal.

5. Na imagem, pinta as personagens que participam na história.

6. Completa a frase, de acordo com o sentido do texto.

A avó aconselhou os a aproveitarem o tempo, antes


de irem para Quiaios, para fazerem
.

7. Completa o quadro com palavras da seguinte frase:


«- Pedimos ajuda à avó, porque assim temos a certeza de que vai
correr tudo bem!»
Nome Determinante artigo Verbo
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

8. Copia as palavras destacadas do texto conforme as indicações.

Acento agudo Acento grave Til

2
Páscoa - abril 2.o ano
Matemática

Recorda partes do texto «A Vovó ensina-te a organizar festas» e responde às


questões.
1. «– Vovó! Vovó! Amanhã já não temos aulas! Começam as férias da Páscoa!»
Observa as relações de massa entre os ovos grandes, os ovos pequenos e as
amêndoas da Páscoa.

1.1 Desenha na balança da direita o número de amêndoas necessárias para que


a balança fique em equilíbrio.
1.2 Completa considerando as relações de massa anteriores com os números
corretos.

1 ovo grande = ovos pequenos 1 ovo pequeno = amêndoas


12 amêndoas = ovos pequenos 2 ovos grandes = ovos pequenos
1 ovo grande = amêndoas 24 amêndoas = ovos grandes

2. Observa as pratas que embrulham os ovos da páscoa e completa a sua pintura,


de modo que exista simetria de reflexão relativamente aos eixos indicados.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3
Páscoa - abril 2.o ano
ESTUDO DO MEIO

As férias da Páscoa acontecem durante a primavera.


1. Lê as informações e indica de que estação se trata.

Chove, o vento sopra


com intensidade e os dias são É .
curtos, frios e cinzentos.

O tempo está bom:


É . a temperatura é amena, não está
muito frio nem muito calor.

Os longos dias de céu limpo e


temperaturas elevadas permitem-nos É .
aproveitar ao máximo as nossas férias.

Temos de vestir agasalhos porque a


É . temperatura é baixa e há dias com
chuva e algum vento.

2. Associa cada símbolo ao estado do tempo que representa. Pinta o que


corresponde ao dia de hoje.

céu encoberto trovoada céu limpo vento chuva


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

EXPRESSÃO DRAMÁTICA • Conversas Inventadas


O Francisco, a Bárbara e a Mafalda dialogaram sobre
as férias da Páscoa. Observa a imagem ao lado com
três meninos depois de uma caça aos ovos de Páscoa.
Imaginem que cada um de vós é um desses meninos e
improvisem um diálogo entre eles.

4
dia da família – maio 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto.

Atchim
Era uma vez um menino.
Um menino igual a todos os outros
meninos, só que a… a… a… atchim!
(Santinho!). O menino a… a… a… atchim! (Santinho!) espirrava tanto,
mas tanto, que a mãe, salpicada de perdiguelas (quer dizer, perdigotos
mais espirradelas), começou a chamar-lhe isso mesmo. Começou a
chamar-lhe: Atchim. E… todos passaram a chamar-lhe Atchim.
Bem, além do a… a… a… atchim! (Santinho!) e de gostar de perguntar
e cantarolar, o que ele mais queria era que lhe contassem uma historiedade
(quer dizer uma história de verdade).
Até que um dia…
Quando chegou a casa, olhou para a cara da mãe (pareceu-lhe
cansada, enjoada ou…).
Graça Gonçalves, Tchim e o nascimento Pim!,
Âncora Editora, 2012 (excerto adaptado, com supressões)

2. Assinala com  os participantes da história.

3. Assinala com  as frases verdadeiras, de acordo com o sentido do texto.

O menino fazia tudo igual aos outros meninos.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

O Atchim tinha esse nome porque espirrava muito.


A mãe do Atchim não gostava daquele nome.
Quando chegou a casa, a mãe estava com cara de cansada
ou enjoada.

1
4. Liga, de acordo com o sentido das palavras.
espirradela espirradelas e perdigotos
historiedade dar um espirro
perdiguelas história verdadeira

5. Procura, no texto, palavras com as letras indicadas na tabela. Copia-as para o


lugar correto.
h ch nh lh

6. Completa as palavras com ch, nh ou lh.

a§ma ã ba @e§i§ra a§√æ m§i o


bi o n§i ada a§le§i§ra fi o
a§fi ado p§ra§n a pad§r§i o mad§r§i a
7. Por que razão estará a mãe com ar de cansada, enjoada ou…?
Escreve um pequeno texto a contar.

Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

2
Dia da família - Maio 2.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do texto «Tchim e o nascimento Pim!» e responde às


questões.
1. «Era uma vez um menino. Um menino igual a todos os outros meninos». Observa
os meninos representados e preenche a tabela com a quantidade correta.

Narizes Olhos Orelhas Dedos das mãos Botões


Quantidade x = x = 8x2= x = x =

2. «O menino a… a… a… atchim! (Santinho!) espirrava tanto, mas tanto…» Observa


os espirros que o menino deu nos diferentes espaços da escola durante um dia.

Locais Sala de aula Cantina Recreio


Total de espirros 56 34 29

2.1 Qual a diferença entre o número de espirros dados na cantina e o número


de espirros dados no recreio?

2.2 Quantos espirros o menino devia ainda dar na escola para alcançar as duas
dezenas de espirros?

3. «E…todos passaram a chamar-lhe Atchim.» Lê as indicações e descobre o


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

nome de cada menino. Escreve-o no local correto. O Atchim não usa óculos.
O Duarte usa boné. O Francisco, irmão do Santiago, usa laço.

3
Dia da família - Maio 2.o ano
ESTUDO DO MEIO

1. O menino Atchim espirrava tanto! Estaria doente ou com alergias?


Rodeia a letra da instituição que o menino deve procurar.

A B C D
1.1 Como se chama a instituição que assinalaste? Quem trabalha lá?

1.2 Indica o nome de duas outras instituições das imagens e regista os serviços
que prestam à comunidade.

2. Que profissão gostarias de ter quando fores adulto? Porquê?

Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

EXPRESSÃO plástica • Pintura soprada


• Coloca guache de várias cores numa paleta ou em vários recipientes. Se estiverem
muito pastosos, junta umas gotas de água e mexe.
• Numa folha de papel cavalinho, coloca algumas gotas das cores que queiras utilizar.
• Depois, sopra com uma palhinha, para espalhares a tinta o mais possível pela
folha. Deixa secar.

4
verão - junho 2.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto.

Era uma vez um menino


que brincava à beira-mar
com conchinhas e areia.
Tanto brincou e correu,
que por fim adormeceu
e começou a sonhar
com muitas, muitas histórias
que sempre ouvira contar
ao seu avô marinheiro.
Sonhou com a maré cheia
e que iria navegar.
Regina Gouveia, Era uma vez... ciência
e poesia no reino da fantasia, 2.a edição,
Campo das Letras, 2008 (excerto)

2. Assinala com  o elemento com que o menino brincava.

balde ancinho carrinhos conchinhas

3. Onde estava o menino a brincar?

4. Escreve V (verdadeiro) ou F (falso) conforme o sentido do texto.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

O menino adormeceu de cansaço.


O menino adormeceu na sua caminha, no quarto.
O menino sonhou que estava num barco muito grande,
com uma grande chaminé.
O avô do menino era marinheiro.

1
5. Separa as sílabas das palavras.

areia brincava

pernas histórias

6. Completa as palavras com ch ou x.

con a ™§ro @e @e§ia a§i§le má i§mo


7. Preenche a tabela com palavras da seguinte frase:

«O menino sonhador brincou com umas conchinhas lindas.»

Determinantes Nomes Adjetivos Verbo


artigos

8. Repara nas ações praticadas pelo menino.

brincar correr adormecer sonhar


8.1 Escreve uma única frase em que incluas todas as ações do menino.
Usa corretamente a vírgula e o ponto final.

9. E tu, já tiveste muitos sonhos? Escreve um texto a contar um desses sonhos.

Um dia sonhei que


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Depois

2
verão - junho 2.o ano
Matemática

Lê partes do texto «Era uma vez...ciência e poesia no reino da fantasia» e


responde às questões.
1. «Era uma vez um menino que brincava à beira-mar.» Regista na tabela seguinte
o número de vezes que cada letra aparece nesta frase.

Letra M R A U V Z N I O Q B C E
Quantidade 4

1.1 Completa o gráfico seguinte, com a contagem recolhida na tabela anterior.

Número
As letras de uma frase
de letras

0 M R A U V Z N I O Q B C E Letras

1.2 Qual é a letra que aparece nesta frase em maior quantidade.

É a letra .
1.3 Quantas vogais são usadas a mais que consoantes, nesta frase.

São utilizadas mais vogais do que consoantes, nesta frase.

2. Na mão do menino pousou uma joaninha. Completa o desenho de modo que


exista reflexão relativamente ao eixo traçado.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3
verão - junho 2.o ano
ESTUDO DO MEIO

Chegou o verão! Vamos passear, vamos à praia e à piscina!


1. Escreve dois cuidados que deves ter para atravessar a estrada.

2. Pinta as bandeiras e liga-as ao seu significado.

Posso nadar. Posso molhar-me. Não posso tomar banho.

3. Classifica cada afirmação como verdadeira (V) ou falsa (F), assinalando com .

Afirmações V F
Devo expor-me ao sol entre as 11h e as 16h.
Devo usar sempre protetor solar.
Posso tomar banho sempre, mesmo que o local não seja
vigiado.
Só posso nadar se a bandeira estiver verde.

Expressões plástica e físico-motora


Jogo – Lançamento da esponja
Material: esponjas, água e giz para marcar o alvo.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

• No recreio, desenhem um alvo com 3 zonas e atribuam


3 pontuações – centro: 50; círculo intermédio: 20; círculo
exterior: 10.
• Tracem uma linha no local a partir de onde devem lançar a
esponja. Mergulhem a esponja em água e tentem acertar o
mais próximo possível do centro. Ganha quem obtiver mais
pontos em 3 tentativas.