Anda di halaman 1dari 11

A SAÚDE NO ESTADO

Matérias Jornalísticas - Destaques nos principais jornais e websites

27 de novembro de 2018 (Terça-Feira)


27/11/2018 - AMAZÔNIA JORNAL - GERAIS
Escalpelada chega a Belém
DIÁRIO ON LINE.

Centro de Reabilitação seleciona profissionais para 40 vagas

26/11/2018 19:24

O Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR), em Belém, que presta assistência de média e alta complexidade a Pessoas com
Deficiência (PcD) de todas as faixas etárias, oferece 40 vagas para diversas funções (nível médio e superior), como parte do processo de
expansão de serviços.
Os interessados devem enviar seus currículos, exclusivamente, para o email: ciir-bancodetalentos@indsh.org.br até o dia 3 de dezembro
de 2018, e colocar no assunto a vaga pretendida. Os currículos passarão por triagem, que seguem critérios do setor de Recursos
Humanos (RH) para a vaga ofertada.
Após a seleção, os candidatos que tiverem seus currículos aprovados serão contatados pelo CIIR, que informará local, dia e hora da
realização das provas e entrevistas.
Vagas oferecidas: Coordenador Arte e Cultura (graduado em Artes e áreas afins); supervisor de Arte e Cultura (graduado em
Administração); professor de Artes - Música (graduado em Música); professor de Artes - Dança (graduado em Dança); professor de Artes –
Teatro; bibliotecário (graduado em Biblioteconomia); professor de Artes -Ateliê (graduado em Artes); pedagogo, auxiliar administrativo
cultural (ensino médio); recreador (ensino médio); coordenador de projetos (ensino superior); auxiliar administrativo (ensino médio); auxiliar
administrativo assistencial (ensino médio); supervisor de Oficina Ortopédica (graduado em Administração ou área afins); técnico em
enfermagem (ensino médio); assistente social, psicopedagogo, musicoterapeuta, psicólogo (ensino superior); recepcionista (ensino médio);
auxiliar de farmácia (ensino médio); auxiliar administrativo (ensino médio), intérprete de Libras (ensino médio).
O CIIR é um órgão público do Governo do Pará, administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em
parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).
Aumento da incidência do câncer bucal preocupa cirurgiões-dentistas

27 NOV 2018

Aumento da incidência do câncer bucal preocupa cirurgiões-dentistas


Hoje, 27 de novembro, é o dia nacional de combate ao câncer. A portaria do Ministério da Saúde GM nº 707, de dezembro de 1988,
instituiu a data com a finalidade de mobilizar a população quanto aos aspectos educativos e sociais no controle do câncer. Entre os vários
tipos da doença, destaca-se o câncer bucal. Segundo o Instituto nacional do Câncer (Inca), cerca de 14,7 mil novos casos serão
detectados em 2018. Serão 11,2 mil homens e 3,5 mil mulheres diagnosticados com o quadro.
Entre os mais variados tipos de câncer, o aumento na incidência de câncer bucal tem sido observado pelos dentistas ao longo dos últimos
anos. Segundo a odontóloga, Leila Hanna, doutora em odontopediatria, o fato ocorre devido à interferência que o câncer ocasiona nos
processos mastigatório, gustativo e na estética bucal devido à natureza desfigurante da doença, além da diminuição da qualidade de vida
das pessoas que são acometidas pela doença. “A boca é uma das poucas cavidades corporais de fácil acesso à inspeção e palpação, de
forma que o autoexame realizado pelo paciente e as consultas periódicas ao cirurgião-dentista são fatores importantes para o diagnóstico
precoce da doença”, indica a especialista.
Leila Hanna analisa a situação da incidência desta doença e alerta para fatores de risco e prevenção. “O câncer bucal tem sido
diagnosticado com bastante frequência, ele está na 10ª colocação entre as ocorrências, sendo a Região Norte a mais afetada. Não tem
uma faixa etária exata, porém a maior incidência é em homens acima de 40 anos”, afirma.
A odontóloga cita alguns fatores de risco como principais, a exemplo do uso de bebidas alcoólicas e nicotina, além de exposição ao sol, e
alerta para os sintomas mais comuns “qualquer aparecimento de lesão na boca ou nos lábios, manchas escuras, desconforto na hora de
se alimentar, já pode gerar uma preocupação e o paciente deve procurar o especialista, prevenção é sempre o melhor remédio”, garante
Leila Hanna.

Sesma prorroga prazo para avaliação de saúde de beneficiários do Bolsa Família

26 NOV 2018

Sesma prorroga prazo para avaliação de saúde de beneficiários do Bolsa Família


A Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) prorrogou até o dia 30 de novembro o prazo para que as famílias beneficiárias do
Programa Bolsa Família procurem as unidades de saúde para o cumprimento da condicionalidade de saúde, que consiste na avaliação do
estado nutricional e verificação da cobertura vacinal para crianças menores de sete anos e acompanhamento pré-natal para as gestantes.
Os beneficiários devem realizar a avaliação nas Unidades Municipais de Saúde ou Estratégia Saúde da Família levando o cartão do
programa federal (NIS), a carteira de vacinação das crianças e/ou o cartão da gestante. O acompanhamento é obrigatório para crianças
menores de sete anos, gestantes em qualquer idade, e mulheres na faixa etária de 14 a 44 anos.
Os beneficiários que não comparecerem às Unidades de Saúde para fazer a verificação e, se não tiverem os dados atualizados, terão o
benefício bloqueado ou cancelado.