Anda di halaman 1dari 13

Olá, amiguinhos,

Estamos iniciando mais um tema de estudos de nossa EDB e DCC e é muito bom ter vocês
por perto. Aliás, a revista Vivendo só existe por causa de vocês.

É possível que alguém já tenha lhe perguntado o motivo de você ir à igreja, ou até mesmo
o significado de acreditar em Jesus. Pode ser que, em algum momento, você já tenha se per-
guntado as razões de sua fé.

É possível que você tenha muitas dúvidas e, pensando nisso, neste trimestre estudaremos
sobre O VALOR DO QUE CREMOS. Será muito importante para seu crescimento espiritual
a leitura das lições. Estude com atenção e anote suas dúvidas para apresentá-las a seu pro-
fessor.

Além disso, nossa revista está recheada de muitas informações importantes e interes-
santes.

Vale a pena conferir!

Vivendo aluno 1
Escola Bíblica Dominical

Estudo 1 – O valor do que cremos ...................................8 ISSN 1984-8579


Estudo 2 – Deus, Criador e Pai ......................................... 10
Estudo 3 – Jesus, o Filho de Deus ................................... 12 LITERATURA BATISTA
Estudo 4 – O Espírito Santo, Ajudador .......................... 14
Estudo 5 – A Bíblia – A Palavra de Deus ........................ 16
Estudo 6 – O plano de Deus para o homem................. 18 Vivendo aluno é uma revista preparada especialmente para
Estudo 7 – A vida cristã ..................................................... 20 Escolares II (9 a 12 anos), contendo lições bíblicas para a Escola Bíblica
Estudo 8 – A igreja de Jesus Cristo ................................. 22 Dominical, estudos para a União de juniores, passatempo bíblico,
Estudo 9 – Mordomia cristã ............................................. 24 educação musical e outras matérias que favorecem o crescimento
Estudo 10 – O amor cristão .............................................. 26 do pré-adolescente nas mais diferentes áreas
Estudo 11 – A vida eterna ................................................. 28
Estudo 12 – A segunda vinda de Jesus ......................... 30
Estudo 13 – Vivendo o que cremos ................................ 32 Copyright © Convicção Editora
Todos os direitos reservados

Divisão de Crescimento Cristão – DCC


Proibida a reprodução deste texto total ou parcial por quaisquer
Divisão de Crescimento Cristão ....................................... 39 meios (mecânicos, eletrônicos, fotográficos, gravação, estocagem
em banco de dados etc.), a não ser em breves citações, com ex-
UNIDADE 1 – A união faz a força plícita informação da fonte

Estudo 1 – Todos juntos somos um ................................ 40


Publicado com autorização
Estudo 2 – Pertencemos à família de Deus .................. 42 por Convicção Editora
Estudo 3 – Somos o corpo de Cristo............................... 44 CNPJ (MF): 08.714.454/0001-36
Estudo 4 – Vivendo em harmonia ................................... 46

UNIDADE 2 – Lições de sabedoria Endereços


Caixa Postal, 13333 • CEP: 20270-972
Estudo 5 – Nem tudo que reluz é ouro.......................... 48 Rio de Janeiro, RJ
Estudo 6 – Olho por olho, dente por dente.................. 50 Telegráfico – BATISTAS
Estudo 7 – Quem canta seus males espanta................ 52 Eletrônico – literatura@batistas.com
Estudo 8 – Quem conta um conto aumenta um ponto... 54
Editor
UNIDADE 3 – Cantemos o Natal Sócrates Oliveira de Souza

Estudo 9 – Uma promessa preciosa ............................... 56


Estudo 10 – Por que Jesus veio?...................................... 58 Coordenação Editorial
Estudo 11 – Cantando o Natal de Jesus......................... 60 Solange Cardoso de Abreu d’Almeida (RP/16897)
Estudo 12 – Vamos celebrar o Ano Novo ..................... 62

Variedades Redação
Cleudair Godoi
Conversando com você ....................................................... 1
Para memorizar ...................................................................... 3 Produção Editorial
Dica especial ......................................................................... 4 Oliverartelucas
Vamos cantar ......................................................................... 5
Brincadeiras.............................................................................. 6 Produção e Distribuição
Tema do trimestre ................................................................ 7 Convicção Editora
Curiosidades bíblicas ..................................................................34 Tel.: (21) 2157-5567
A reunião no céu ..........................................................................35 Rua José Higino, 416 – Prédio 16
Palavras do Natal ..........................................................................36 Sala 2 – 1º Andar
Jotinha Pé-na-estrada .................................................................37 Tijuca – Rio de Janeiro, RJ
CEP 20510-412
Galeria ..............................................................................................38 literatura@conviccaoeditra.com.br
Cantinho apetitoso ......................................................................64

2 Vivendo aluno
Para memorizar

Lucas 19.10
Porque o Filho do homem veio buscar e
salvar o que se havia perdido
Vivendo aluno 3
Dica especial

Você gosta de ficar parado?


Passar as férias sentado no sofá não tem a menor graça. E, como nesse período as
guloseimas geralmente estão mais liberadas, é bom lembrar que as calorias não serão
eliminadas sem algum esforço. Portanto, além dos tradicionais e indispensáveis passeios
de bicicleta, ds caminhadas até a lojinha da esquina e das idas à piscina e à praia, uma
dica para movimentar é criar, em casa, uma caça ao tesouro.
Mãe da rua – Na brincadeira desenvolve-se equilíbrio e rapidez, fugindo do pegador
com uma perna só ao tentar atravessar até o outro lado da rua. Se pega, você ajuda o
pegador a capturar os outros, ganha o último a ser pego.
Caça ao tesouro – Organizar uma busca por um tesouro que valha a pena (guloseimas
podem ser ótimas pedidas) dentro de casa, ou no quintal do prédio estimula você a pensar
e é ótimo entretenimento para as férias. Com pistas inteligentes e lógicas, a brincadeira
desenvolve o raciocínio.
Pique bandeira – Se a turma estiver completa, vale a pena organizar um pique ban-
deira, jogo que não exige nada mais que delimitar o espaço de cada time e um pedaço
de pano. Além de fazer você se movimentar, a brincadeira cria uma disputa saudável que
envolve muita correria e estratégia.
Cabra-cega – Em um pátio ou um ambiente sem obstáculos, pode-se brincar de cabra-
cega. Enquanto quem está vendado aprimora a audição, os outros se espalham em volta
do pegador que, por meio da voz, tenta encontrá-los.
Barra-manteiga – Com apenas quatro pessoas, a brincadeira já pode acontecer. Duas
linhas paralelas distantes marcam o limite do território de cada time. Quando um inte-
grante de um grupo bater na palma da mão de cada um recitando “Barra-manteiga/Na
fuça da nega/Minha mãe/Mandou bater/Nesta daqui/Um, dois, três”, todos devem ficar
atentos e o último que for tocado sai correndo para tentar pegar o adversário. O jogo
faz todos correrem bastante e trabalha o conceito de equipe.
Corrida de saco – Também chamada de corrida de canguru, ganha quem chegar mais
rápido com os sacos nas pernas. É uma ótima ideia para reunir os amigos e faz todos se
exercitarem bastante.

4 Vivendo aluno
Vamos cantar

FELIZ NATAL! FELIZ ANO NOVO

Letra e música de Lêda Mainhard


Trascrição e harmonização de Elsie Cardoso

Feliz Natal! Feliz Ano Novo!


É o que nos desejamos
a toda a gente de boa vontade,
a quem todos nós amamos.

[refrão]
Blim, blom, blim, blom repicam os sinos
e os corações alegram-se em paz!
Nasceu o Rei Jesus, Deus menino que nossos
passos ao bem conduz!

Feliz Natal! Feliz Ano Novo!


Vamos nós todos saudar
aquele que ama todo povo e,
a nós veio abençoar.

Vivendo aluno 5
Brincadeiras

Reúna os seus amigos e comemore a chegada do novo ano com muitas brincadeiras.
Para começar, estamos sugerindo brincadeiras que podem ser feitas o ano inteiro em
qualquer lugar e sempre junto com outras pessoas. Aproveite e desafie a sua família.

ADIVINHE O QUE É
O que precisa? Papel e lápis.
Desafio – Olhe a sua volta e escolha um objeto; escreva o nome do objeto de trás para
frente na folha de papel, sem mostrar para ninguém. Diga a palavra que escreveu. Quem
adivinhar o nome certo será o próximo a desafiar os outros. Se ninguém acertar, você
escolhe um novo objeto.

A LÍNGUA DO PÊ
O que precisa? Bíblia.
Desafio – Escolha um versículo da Bíblia e leia na língua do pê. Quem descobrir será o
próximo a ler um versículo na língua do pê. Exemplo de como se lê na língua do pê: OPO
SEPENHORPO ÉPE OPO MEUPE PASPATORPO; NAPADAPA MEPE FALPATAPARAPÁ (Sal-
mo 23.1).

OBRA DE ARTE DO PÉ
O que precisa? Papel e lápis cera colorido.
Desafio – Cada pessoa recebe uma folha, que será colocada no chão. Perto estão os
lápis cera coloridos. Cada um fará um desenho com os pés. Depois, todo os desenhos são
apresentados e o grupo escolhe um para ser o vencedor.

QUEM FICA SEM RIR


O que precisa? De pelo menos três pessoas.
Desafio – Ficar sem rir. Uma pessoa deita-se no chão; a segunda coloca a cabeça sobre
a barriga dela; a terceira coloca a cabeça na barriga da segunda e assim sucessivamente.
A primeira pessoa diz “ha”; a segunda diz “ha, ha”; a terceira diz “ha, ha, ha”; cada pessoa
seguinte acrescenta mais um “ha”. O vencedor é quem consegue ficar sem rir.

6 Vivendo aluno
Tema do trimestre

O VALOR DO QUE CREMOS

A igreja batista sempre se caraterizou por sua fidelidade à Bíblia. Através dos tem-
pos, os batistas têm se destacado pela defesa de princípios fundamentais para fé cristã.
Dentre esses, os principais são:

1) A aceitação das Escrituras Sagradas como única regra de fé e prática;


2) O conceito de igreja como sendo uma comunidade local democrática e autônoma, for-
mada de pessoas regeneradas e biblicamente batizadas;
3) A separação entre igreja e Estado;
4) A absoluta liberdade de consciência;
5) A responsabilidade individual diante de Deus.
Durante este trimestre, estudaremos alguns dos principais fundamentos desta fé.
Todos os domingos você poderá conhecer um pouco mais sobre o valor do que cremos.

Saber as razões do que se crê é fundamental para o crescimento espiritual e a busca


por uma vida digna diante de Deus.

Por isso, para os batistas, a Bíblia, em especial o Novo Testamento, constitui como a
única regra de fé e prática. Entretanto, quando no dia a dia somos perguntados sobre
nossa fé, o que podemos responder?

A proposta destes estudos é dar a você uma orientação bíblica sobre em que creem os
batistas, nos assuntos relacionados ao valor desta doutrina, sobretudo sobre Deus Pai, o
Filho e o Espírito Santo.

Além disso, você entenderá a razão por que acreditamos que a Bíblia seja a Palavra de
Deus e também a respeito do plano que Deus tem para resgatar o homem perdido.

Todos esses estudos farão com que vocês percebam a necessidade de uma vida cristã
sadia, prevalecendo um estilo de vida que seja moldado pelo amor a Deus e ao próximo.

Ao final do trimestre, espera-se que vocês possam dar testemunho público desta fé,
respondendo com segurança e sabedoria a todos os que lhe perguntarem a razão de sua
crença, como nos diz o apóstolo Pedro: “Estejam sempre preparados para responder a
qualquer que lhes pedir a razão da fé que há em vocês” (1Pedro 3.15).

Vivendo aluno 7
O valor do
que cremos
Texto bíblico para este estudo: Atos 16.1

Neste trimestre, nós estudaremos as doutrinas bíblicas. Você sabe o que é doutrina
bíblica?

Você pode dizer que é um conjunto de ensinos bíblicos, que também chamamos de
princípios ou normas, ou de uma maneira mais simples: doutrina é o que nós cremos e
ensinamos como cristãos.
Desde muito cedo a igreja cristã “agrupou” os ensinos bíblicos em doutrinas para faci-
litar o ensino das verdades bíblicas e combater falsos ensinos. Assim, nós temos hoje as
doutrinas sobre Deus, Jesus, salvação, homem, pecado etc.
Ensinar as verdades bíblicas é um dever cristão (Mateus 28.20); e combater os falsos
ensinos é um dever e uma necessidade. A própria Bíblia alerta a respeito do surgimento
de falsas doutrinas e falsos mestres (Hebreus 13.9; Gálatas 1.7,8; 1Timóteo 1.3). Como é
que você pode saber se uma doutrina é falsa? A melhor maneira de estarmos preparados
para distinguir uma doutrina falsa é termos um bom conhecimento da Bíblia, das doutri-
nas bíblicas corretas, que na Bíblia é chamada de sã doutrina.
Timóteo é um bom exemplo da importância de conhecermos as doutrinas bíblicas mes-
mo sendo ainda criança. Leia Atos 16.1,2 e 2Timóteo 1.5. Timóteo era um jovem pastor,
que se converteu ao cristianismo ainda novo, mas antes disso havia recebido de sua mãe,
Eunice, e de sua avó, Loide, que eram judias, um sólido ensino das Escrituras. Ele foi com-
panheiro do apóstolo Paulo em suas viagens missionárias e, mesmo sendo ainda jovem,
Paulo encarregou-o de importantes responsabilidades: 1Coríntios 4.17: representá-lo na
igreja em Corinto e, possivelmente, verificar como a igreja estava; 1Timóteo 1.3: comba-
ter os falsos ensinso na igreja em Éfeso e instruir líderes.
Você sabe quem era o outro jovem pastor que Paulo encarregou de ensinar a sã dou-
trina e combater falsos ensinos? Leia Tito 1.4,9 e 2.1 e descubra: .
Os nossos dias não são muito diferentes dos tempos de Timóteo e do apóstolo Paulo.
Há muitas doutrinas falsas sendo ensinadas por aí. Os falsos ensinos de um falso mestre
poderiam demorar meses ou até anos para chegar a uma igreja. Por isso nós, quer seja-
mos juniores, adolescentes, jovens ou adultos, devemos cuidadosamente estudar a Bíblia,
conhecer bem as doutrinas bíblicas e estar atentos para que não sejamos presas fáceis
daqueles que distorcem as verdades da Palavra de Deus.
___________
Glossário: Sã doutrina – ensino correto, puro e verdadeiro do evangelho, de forma
mais específica; e de toda a Bíblia, de forma mais abrangente.

8 Vivendo aluno
,
Use o código do quadro abaixo e decubra o que o versículo fala sobre os ensinos bíblicos:

(Salmo 119.24)

Jesus “Faça todo o possível para conseguir a completa aprovação de Deus, como um
@mail trabalhador que não se envergonha do seu tabalho, mas ensina corretamente
a verdade do evangelho” – 2Timóteo 2.15

Converse com
Jesus por meio
da oração

Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo


2Timóteo Mateus Colossenses Gálatas Hebreus 2Timóteo Atos
2.15 28.20 2.8 1. 7-9 13.9 3.15-17 16.1,2

Vivendo aluno 9
Deus, Criador
e Pai

Texto bíblico para este estudo: Gênesis 1.1; Salmo 119.137; Lucas 6.35; 1João 4.16

Como podemos conhecer a Deus? Isso parece bem difícil, não é? Mas Deus mesmo
resolveu este problema para nós. A Bíblia nos fala das duas principais formas que temos
para conhecer Deus. Leia os versículos abaixo e tente descobrir quais são essas formas:
Salmo 19.1; Romanos 1.19,20
Hebreus 1.1-3; João 1.1,14,18
Deus Criador – Por meio da observação do universo nós podemos ver claramente a
existência e o poder de Deus. Ou seja, olhando e observando as coisas lindas que Deus
criou nós podemos saber que ele existe: a correnteza de um riacho, a beleza do pôr-do-
sol, do mar, do céu, das estrelas, a majestade das montanhas, a metamorfose da borbo-
leta, a inteligência humana e muito mais. A ordem e os detalhes maravilhosos da criação
falam da existência de um Criador poderoso e glorioso. Dessa maneira todas as pessoas,
em qualquer lugar e em quaquer tempo, podem conhecer Deus.
Mas é pela Bíblia que nós podemos realmente aprender a respeito de Deus. Ele esco-
lheu, também, revelar-se de maneira especial. A Bíblia registra Deus falando a pessoas
por meio de anjos, sonhos e visões. Deus guiou de forma milagrosa os escritores da Bíblia
para registrarem corretamente tudo o que precisamos saber sobre ele, o que ele quer e
o que tem feito por nós.
Deus Pai – Mas a grande revelação especial de Deus é a pessoa de Jesus Cristo. Por
meio de Jesus Cristo nós podemos conhecer o Pai, pois ele mesmo disse: “Eu e o Pai so-
mos um” (João 10.30). Deus se tornou um ser humano na pessoa de Jesus Cristo para se
identificar conosco, para ser um exemplo para nós, para nos ensinar, para Se revelar a
nós e, mais importante, para nos providenciar a salvação.
É por meio de Jesus que nos tornamos filhos de Deus. Leia o que a Bíblia diz: “Aos que
creram nele e o receberam, a estes ele deu o direito de se tornarem filhos de Deus (...)
não pelos meios naturais, isto é, não nasceram como nascem os filhos de um pai humano;
o próprio Deus é que foi o Pai deles” (João 1.12,13).
Não é maravilhoso conhecer Deus, o Criador poderoso e o Pai amoroso? Continue estu-
dando sua Bíblia, com certeza você irá descobrir verdades surpreendentes!
______________
Glossário: Atributo – aquilo que é próprio de alguém ou alguma coisa; qualidade. Reve-
lação – descobrir ou revelar algo que estava escondido ou desconhecido.

10 Vivendo aluno
,
Leia Gênesis 1.1 a 2.4 e faça um desenho representando as coisas que o Senhor Deus criou
em cada dia:

1º dia 2º dia 3º dia

4º dia 5º dia 6º dia

7º dia

Jesus “Pois por meio da fé em Cristo Jesus, todos vocês são filhos
@mail
de Deus” – Gálatas 3.26

Converse com
Jesus por meio
da oração

Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo


Gênesis Salmo João Hebreus Lucas 1João 1João
1.1,2 119.137,138 1.1-3,12,14,18 1.1-3 6.35 3.1-3 4.16

Vivendo aluno 11
Jesus, o Filho
de Deus

Texto bíblico para este estudo: Mateus 16.13-17

Quem é Jesus? Esta pergunta tem sido feita por muitas pessoas desde o primeiro
século até os nossos dias. E diversas respostas são dadas a esta pergunta. Leia o nosso
texto indicado acima e escreva pelo menos uma das respostas que o povo dava (v. 14):
.

Como cristãos responder corretamente às perguntas “quem é Jesus?” e “o que Jesus


fez?” é muito importante, pois somos seguidores de Jesus. É na Bíblia que encontramos
as respostas corretas para essas questões.

No texto lido vemos que Pedro responde corretamente: “O Senhor é o Messias, o Filho
do Deus vivo”. Jesus disse a Pedro que essa resposta lhe foi dada diretamente por Deus.
Por isso, nós sabemos que é a única resposta certa para essa pergunta. Vamos ler mais
alguns versículos e descobrir o que mais a Bíblia fala sobre Jesus:

João escreveu (1.1) que Jesus já existia antes da criação do mundo, ele chama Je-
sus de a Palavra (Verbo), e que Jesus estava com e que ele era
.

Jesus disse em João 10.11 que ele é o Bom Pastor, e que o bom pastor dá a
pelas ovelhas. Foi isso que ele fez! Ele morreu na cruz para nos
salvar de nossos pecados.

Em outro versículo de João (14.6), Jesus disse que ele é o , e


a ,ea ; disse também que ninguém pode
chegar a Deus se não for por meio dele.

O apóstolo Pedro, em seu discurso em Atos 4.12, disse a respeito de Jesus: “E não há
em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe ne-
nhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos.”

Jesus morreu na cruz pelos pecadores, mas não ficou morto, ele ressuscitou. É por isso
que ele é o único caminho até Deus. E ele voltará para reunir todos os salvos. E no final
dos tempos ele será o perfeito juiz, que julgará os homens pelos seus pecados.

Jesus proporcionou perdão para os nossos pecados com sua morte na cruz. Se você
ainda não orou pedindo perdão a Deus pelos seus pecados, você pode orar agora mesmo
aceitando essa salvação que é um presente de Deus para todos nós.

12 Vivendo aluno
,
Ajude os juniores a encontrar o único caminho que leva a Deus:
RELIGIÃO
BOAS
OBRAS

IGREJA

Jesus
@mail “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito,
para que todo o que nele crê não morra, mas tenha a vida eterna” – João 3.16

Converse com
Jesus por meio
da oração

Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo


Lucas Mateus João João Hebreus João Mateus
1.26-35 17.1-5 1.1-3 1.12-14,18 1.1-4 14.1-9 16.13-17

Vivendo aluno 13