Anda di halaman 1dari 24

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA


UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA ELÉTRICA

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE MANUTENÇÃO PARA


MOTORES ELÉTRICOS DE UMA PLANTA FABRIL

Antonio Fernando dos Santos Neto


Orientador: Célio Anésio da Silva, D. Sc.

Campina Grande - PB
MAPEAMENTO DA APRESENTAÇÃO

• MOTIVAÇÃO
• OBJETIVOS
• INTRODUÇÃO
• LOCAL DO ESTUDO
• FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
• FALHAS EM MOTORES ELÉTRICOS
• INSTRUMENTOS UTILIZADOS PARA PREDIÇÃO DE FALHAS
• ELABORAÇÃO DO PLANO DE MANUTENÇÃO
• CONSIDERAÇÕES FINAIS
02/24
MOTIVAÇÃO

• Utilizar os conhecimentos adquiridos em alguma atividade que gerasse


retorno.
• Aproveitar a passagem que tive na indústria e aplicar os conhecimentos
visto durante a graduação.
• Trazer uma discussão de uma problemática em evidência.

03/24
OBJETIVOS

• Elaborar um plano de manutenção voltado para os motores elétricos de


uma planta fabril.
• Proporcionar maior confiabilidade e durabilidade na produção.
• Reduzir o tempo de inatividade hora da produção.

04/24
INTRODUÇÃO

• Mercado cada vez mais competitivo.


• Gerenciamento estratégico da manutenção.
• Maximização dos lucros e redução das perdas.
• Técnicas de manutenção que venha garantir a integridade da máquina.

05/24
LOCAL DO ESTUDO Figura 1: Máquina de produção de macarrão.

• O estudo foi realizado na fábrica da


Vitamassa.
• Máquina de produção de Macarrão.
• Produção: 2.200 Kg/h de massa pronta.
• 114 motores elétricos.
• Capacidade de produção total da planta
• Ampliação futura.

Fonte: Próprio Autor (2018)

06/24
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

.• Conceito de Manutenção.
• Evolução e tipos de manutenção.
• Contribuição dos avanços tecnológicos para a manutenção.
• Dificuldades de implementar um Plano de Manutenção.

07/24
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

.
Figura 2: Evolução temporal da manutenção industrial.

Fonte: Benício (2017)

08/24
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

• Manutenção corretiva: interver, só após a apresentação da falha.

• Manutenção Preventiva: fazer intervenções, com objetivo de prolongar o


aparecimento de falhas.

• Manutenção Preditiva: fazer inspeções, com intuito de identificar falhas


incipientes e prolongar aparecimento de falhas.

09/24
FALHAS EM MOTORES ELÉTRICOS

SUPERAQUECIMENTO
• Linha
• Operador
• Falha do Motor
• Ausência de manutenção

10/24
FALHAS EM MOTORES ELÉTRICOS

• Superaquecimento.

Figura 3: Imagem termográfica de um motor elétrico.

Fonte: Fluke (2018)

11/24
FALHAS EM MOTORES ELÉTRICOS Figura 4: Curto-circuito entre espiras.

• Curto-circuito.

Causas: Abrasão, vibração ou surtos de


tensão.

Fonte: Silva (2012)

12/24
PROBLEMAS GERAIS

• Cabos rompidos

• Desarmes dos motores

• Desgastes das bobinas

13/24
INSTRUMENTOS PARA PREDIÇÃO
Figura 5: Analisador de qualidade de energia Fluke 438-II.
DE FALHAS

• Falhas incipientes.
• Tensão, corrente, fator de potência e
potência.
• Utilização na fábrica.

Fonte: Fluke (2017)

14/24
INSTRUMENTOS PARA PREDIÇÃO
Figura 6: Termovisor FLUKE Ti30.
DE FALHAS

• Registro de imagens.
• Fazer relação do registro de imagens
com os dados do analisador de
qualidade de energia.
• Atenção em motores específicos.

Fonte: Fluke (2018)

15/24
ELABORAÇÃO DO PLANO

• .O que é o plano de manutenção: conjunto de sugestões que devem ser


adotadas para que se tenha sucesso na gestão da manutenção tendo
reflexo direto nos motores elétricos.
• Familiarização com planta fabril.
• Sugestões para acompanhamento dos motores.
.

16/24
ELABORAÇÃO DO PLANO

17/24
ELABORAÇÃO DO PLANO

Figura 7: Motor elétrico sem placa de identificação.

Fonte: Próprio Autor.

18/24
ELABORAÇÃO DO PLANO
Figura 8: Motor elétrico sem placa de identificação.

• Referência
• Potência
• Tensão
• Corrente
• Velocidade
• Rendimento
• Fator de potência
Fonte: Próprio Autor.

19/24
ELABORAÇÃO DO PLANO

Quadro 2: Cronograma de atividades.

Fonte: Próprio Autor.

20/24
ELABORAÇÃO DO PLANO

PRONTUÁRIO DA MANUTENÇÃO
• Horário da parada e retorno da máquina.
• Motivo da parada.
• Houve reparo ou substituição de peça.
• Informar a data da última inspeção realizada no motor.

21/24
ELABORAÇÃO DO PLANO

MUDANÇA NO COMPORTAMENTO DOS COLABORADORES


• Comunicação em duas vias.
• Operadores alinhados aos técnicos da manutenção.
• Técnicos de turno distintos informados sobre as paradas existentes.
• Informar a data da última inspeção realizada no motor.

22/24
CONSIDERAÇÕES FINAIS

• Sugestão de aquisição de equipamentos.


• Importância no contato direto com os responsáveis pela manutenção
elétrica da máquina.
• Integração do corpo técnico com o operacional.
• Importância das disciplinas do curso para desenvolvimento do trabalho.

23/24
AGRADECIMENTOS

Obrigado pela Atenção.

24/24