Anda di halaman 1dari 4

SINOPSE

ACOLHA
Assista esta mensagem LINK

INTRODUÇÃO

Louvado seja o Senhor! Já estamos na quinta parte da série Pare de Ir à Igreja. O título é forte
de propósito, para impactar mesmo. Tem muita gente que está acostumada a vir aos cultos
como se vai a um restaurante: sente uma “fome” espiritual, algo lá dentro gritando por Deus, aí
vai à reunião, satisfaz sua “fome”, e vai embora viver sua vida. E é esse o problema: a igreja é
apenas parte da sua vida, uma parte em outras mil. Por isso, nossa intenção aqui é ter uma
experiência diferente da igreja; uma que se estende e ocupa toda a sua vida; em que você não
é um mero cliente, mas um membro do corpo de Cristo. Queremos que você pare de ir à igreja
e seja igreja com outros.

[oração de súplica]

REVISÃO

Nas últimas semanas, Rogério nos mostrou algumas coisas que podemos fazer para ter essa
experiência completa da igreja. Isso está inspirado em Romanos 12, 13 e 14. Tudo começa
com apresentar o nosso corpo como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus. Ou seja,
precisamos nos entregar a Deus, deixar ele nos MUDAR. Você sabe o que Deus quer mudar
em você, não sabe? Você pode dar uma de desentendido e viver “indo à igreja”. Agora se um
dia você se apresentar a Deus como sacrifício, ah! Nesse dia você vai começar a saber o que é
viver a igreja. Mas não para por aí, Rogério também mostrou que precisamos OBEDECER. E
isso é uma decisão radical, afinal todo mundo gosta de desobedecer, é tão natural! Mas se
você aprender com Jesus a obedecer, vou te contar um segredo: você vai ver sua vida andar
nos trilhos. E continuamos vendo que também precisamos AMAR. Sem dúvida a melhor atitude
que alguém pode ter é amar. Isso é tão libertador, tão bom, e tão impactante (Jesus disse que
seria por amar que nos reconheceriam como seus discípulos). E depois de amar, precisamos
LUTAR. Sim, não podemos viver adormecidos diante da batalha espiritual. Precisamos estar
atentos, prestando atenção em como estamos e nas pessoas ao nosso redor. E agora
chegamos ao tema dessa mensagem: ACOLHER.

EU
Sabe, eu fui alguém muito bem acolhido aqui na igreja. Tanto quando comecei a me reunir
quanto quando me mudei para Recife. Assim que eu iniciei a me reunir como cristão na igreja,
não sabia muito bem como me encaixar. Eu era meio “bixo-do-mato”, para falar a verdade, mas
também era tudo muito novo para mim. Basicamente, se ninguém se dispusesse a vir me dar
uma moral, eu ficava isolado. Não me entenda mal, não é que eu não gostasse de me entrosar
com os irmãos. Eu gostava muito; só de ficar numa roda de jovens na igreja, eu já me sentia no
céu. O problema era que eu não conseguia me incluir. Tem gente que consegue tão

www.igrejaaberta.com.br
facilmente... Eu não sou uma delas. Lembro certa vez, essa foi uma das
experiências mais tristes que passei, que fui a uma grande reunião. Todo mundo me
cumprimentou, os irmãos foram muito simpáticos e prestativos comigo, mas a sensação que
tive era que não estava conectado com ninguém; toda a relação que tinha com aquelas
pessoas era superficial, e terminava após o cumprimento. Me senti só, e isso foi angustiante,
porque no meio de uma multidão eu estava só.

A minha sorte, melhor, graças a Deus, o irmão que me evangelizou foi muito diligente em me
acolher na igreja. Ele me chamava para todo canto onde tivesse irmão, quer para o culto quer
para comer pizza. E se visse que eu estava desconectado, já se empenhava para me reintegrar
ao convívio da igreja. Com o tempo, e com o esforço sobre-humano de muitos irmãos, passei a
viver a vida da igreja e hoje, já me sinto em casa. Louvado seja o Senhor!

E aqui estão duas lições que aprendi:

1. Presta atenção ao redor, Marcio. Tem gente que precisa ser acolhida, e só eu consigo ver,
e se eu não a acolher, ela vai ficar largada;

2. Por outro lado, não posso ficar esperando alguém vir a mim. Tenho que me mover, orar ao
Senhor, perder a vergonha e enfrentar o medo, pois eu já sou parte dessa família.

NÓS

Creio que todos nós passamos por uma fase de se isolar, talvez alguns de vocês estejam
passando por isso agora mesmo. Outros são como esse irmão que entra com facilidade em
qualquer grupo. Deus é muito justo e bom, Ele fala a palavra que cada um precisa: a uns Ele
diz que se levante, meta a cara e vá viver com esse povo; para outros ele manda se levantar e
ir buscar os que estão afastados.

Quando vivemos a igreja, nós somos os responsáveis por acolher as pessoas. Essa não é uma
tarefa que possa ser feita por alguns poucos irmãos. E mesmo que haja aqueles com o
ministério de acolhimento, vamos lembrar da parábola do bom samaritano

[Lc 10: 30-34]

Passaram um irmão responsável e um de serviço, mas quem cuido do homem ferido foi o
jovenzinho que ninguém sabem nem o nome! Não vá à igreja como quem está apenas
recebendo um serviço. Você é membro desse corpo. Olha ao redor, quantas pessoas feridas
precisam de você para entrar nas vidas delas.

Agora vou aprofundar mais esse tema. Quando Romanos 14 fala de acolher, começa assim (v.
1) “Acolhei o que é fraco na fé, mas não para julgar suas opiniões”, e depois diz (v. 10) “Tu,
porém, por que julgas teu irmão? E tu, por que desprezas teu irmão? Pois todos
compareceremos perante o tribunal de Deus.” E no cap. 15 diz “Mas nós, que somos fortes,
devemos suportar as fraquezas dos que são fracos e não agradar a nós mesmos”. É muito fácil
acolher quem está apenas com dificuldade de conectar. Aqui a bíblia está nos dizendo para
acolher aquelas pessoas que não concordam com a gente, até mesmo aquelas pessoas
chatas. Não somente aturar, mas ajudar essas pessoas a crescerem na vida de Deus. Nossa
reação natural é excluir essas pessoas. Mas, acolhendo os irmãos, mesmo que tenham
opiniões diferentes, nós estaremos sendo igreja.

www.igrejaaberta.com.br
Vou confessar uma coisa, quem vive a igreja está o tempo todo engolindo sapo.
Se você não tem engolido alguns sapos ultimamente talvez... Você seja o sapo. É agradável?
Claro que não! Tem aquela irmã faaaalsa; aquele irmão playboyzinho; aquela turminha com a
língua afiada. Sem falar naquela ocasião que te deu vontade de nunca mais pisar no local de
reunião. Mas dentro de cada um "de nós há um grito: “Para onde irei? Só Tú, Senhor, tens
palavras de vida eterna” (Jo 6:68).

DEUS

Talvez você que esteja apenas vindo para a igreja se pergunte: “E como eu conseguiria
acolher pessoas assim?” A resposta está em Rm 15:5 – “O Deus da perseverança e do
encorajamento vos conceda o mesmo pensar de uns para com os outros segundo Cristo
Jesus”. E também no v. 7 diz “Acolhei-vos uns aos outros, como também Cristo vos acolheu
para a glória de Deus”.

Cada um de nós estava sozinho, vagando pelo mundo, mas Deus nos viu e foi nos buscar. Eu
falo por mim, que a consciência de cada testifique: ninguém aqui era gente boa, agradável de
se conviver, correto e justo; mas Jesus engoliu esse cururu que éramos cada um de nós.

Na parábola do bom samaritano, na verdade, cada um de nós éramos aquele homem ferido no
meio do caminho. O mundo havia nos maltratado, estávamos sem esperança, quase mortos;
aqueles que pensávamos que iriam nos ajudar nos rejeitaram. Mas Jesus parou e cuidou de
nós. E agora ele nos diz “Vai, e faze tu da mesma maneira” (Lc 10:37).

VOCÊ

Pare de ir à igreja e seja igreja. Como?:


Passa a observar, nos ambientes que você entra, na sua sala de aula, quem necessita de seu
suporte. Não se limite a cumprimentar; vai e se aproxima, visita. Talvez haja uma grande
amizade esperando apenas um convite para começar.
Lembra daqueles irmãos que estão frios na fé. Não desista deles, nem fique esperando de
braços cruzados. As vezes uma visita de um irmão é o gatilho para reacender a fé de quem
está afastado.

NÓS

Imagina que impacto teremos se cada um tomar a sua responsabilidade de acolher um ao


outro. Nós, em unanimidade, glorificaremos, a uma só voz, o Deus e Pai de nosso Senhor
Jesus Cristo (Rm 15:6). Mais ainda, se cada um vivermos a vida do Corpo de Cristo,
experimentaremos a gloriosa e o poder do Espírito, e viveremos a vida que Deus quis para nós,
a vida da igreja.

16h sempre aos sábados


Curta, compartilhe, comente e
nos siga. E mude também
PAPO Legal são encontros que exploram a
esta série conforme seu vida cristã em um ambiente casual, engraçado
e amigo. Cada encontro inclui, louvor, palestra

www.igrejaaberta.com.br
ministério e nem precisa nos curta, bate papo em grupos e no final você
pode compartilhar suas ideias para o mundo.
citar, você não estará nos
plagiando. Deus nos Assista https://youtu.be/HlI_NbbCsDM

mandou compartilhar Participe e descubra o que você pensa sobre


a vida.
com você também. Estes
recursos são de nosso Pai. E Todos os sábado 16h-17h30
Rua Tomé Gibson, 456 Pina
são grátis. Pode usar.
……………………………………………………………………………...…..

"(Escrever o versículo base para o (Escrever a chamada que será usada para
divulagar a série nas redes sociais e nas
desenvolvimento da série.)" reuniões da igreja.)

(Ammmm NVI)

Esta série é baseada em: As mensagens serão construídas considerando o


seguinte formato para tornar as mensagens práticas.
(Escrever as referências da construção da série)
EU - como eu vivencio o tema em questão?
NÓS - como nós vivenciamos o tema em questão?
DEUS - o que a Palavra fala sobre o tema em questão?
VOCÊ - o que você fará a partir de agora?
NÓS - o que faremos diante disto?

Responsáveis pelo Papo Legal:


Tema, sinopse e artes ROGÉRIO PAIVA https://goo.gl/byac83
Roteiro do Papo Legal DÉBORA MATOS debkrm@gmail.com

Você pode usar este estudo para você mesmo, no conforto de sua casa, ou como responsável
de um pequeno grupo, ou em um ministério de sua igreja. Você pode usar roteiro do Papo
Legal com o vídeo da mensagem ou ter alguém de sua igreja comunicando presencialmente. A
mensagem e o roteiro do Papo Legal tem promovido transformação na vida dos participantes.
Que o Senhor Jesus lhe abençoe também.

PERGUNTAS & RESPOSTAS SOBRE O Papo Legal Para receber os melhores vídeos de
O QUE É? LINK rogeriopaiva5
O QUE É O ROTEIRO? LINK
POR QUE É TÃO BOM? LINK https://rogeriopaiva5.wixsite.com/news
TESTEMUNHO DE USO LINK

www.igrejaaberta.com.br