Anda di halaman 1dari 38

BIOENERGIAS – CONSCIENCIOLOGIA – PROJECIOLOGIA – PROJEÇÃO –

FENÔMENOS PARAPSÍQUICOS - EQM

 O que são as Bioenergias?


Bioenergias, como o próprio nome indica, são todas as formas de energias da
vida. Energia de plantas, animais e todos os seres vivos. Os seres humanos, além
das bioenergias vitais, produzem pensamentos e emoções que qualificam a
bioenergia comum transformando-a em ENERGIA CONSCIENCIAL. Nós
produzimos informações bioenergéticas quando pensamos e sentimos.

 Ela está presente em todos os lugares do Universo?


Tudo indica que sim. A Terra, por exemplo, é um grande reservatório
bioenergético. Todas as formas de vida e a própria massa do planeta, contribuem
para a diversidade energética.

 De onde podemos absorver bioenergias?


Somos sistemas semi-abertos. Recebemos e trocamos energias com o meio onde
vivemos. As fontes mais conhecidas de bioenergias são os alimentos sólidos e
líquidos, as plantas, o sol, o mar e principalmente o ar que respiramos. Essa
espécie de ENERGIA IMANENTE que está em toda a parte de forma difusa é uma
das principais fontes de absorção para todos os seres vivos. Esta energia tem
recebido diferentes nomes em diversas culturas, alguns preferem chamá-la de
energia cósmica, energia primária, energia sutil, energia orgânica, enfim, são
centenas de sinônimos que traduzem o mesmo conceito.

 Qual a relação das bioenergias com o cansaço físico e mental, a


irritabilidade, o mal estar súbito e a agressividade sem causa aparente, os
desconfortos generalizados?
Processos emocionais de desequilíbrio como os aqui citados, costumam ter um
alto custo bioenergético, queremos dizer, o dispêndio bioenergético com a emoção
é muito alto. Não raro, uma pessoa se sente extremamente cansada após uma
discussão acalorada ou quando é portadora de sentimentos negativos, como por
exemplo, mágoa, ciúmes, ressentimento. As pessoas que trabalham horas a fio
com o computador ou com atividades intelectuais prolongadas sem lazer,
conhecem bem a "ressaca" deixada pelo vampirismo energético da tecnologia.
 Nós podemos interagir voluntariamente com as bioenergias? Existem
técnicas específicas para isso?
O nosso sistema bioenergético sobrevive através de mecanismos básicos de
reposição. Mas existem técnicas para se trabalhar com o próprio campo
bioenergético, melhorando a qualidade e até a quantidade de energia absorvida. O
IIPC - Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia, ensina desde
a sua fundação em 1988, técnicas avançadas para o domínio bioenergético que
permitem a qualquer pessoa proceder à própria análise e diagnóstico dos seus
bloqueios eliminando-os progressivamente, com segurança.

 O uso de artifícios, tais como: pêndulo, cristais, pirâmides e outros, têm o


mesmo efeito das técnicas propostas pela Projeciologia?
Todas essas "muletas" substituem, muitas vezes, a falta de confiança que a
maioria das pessoas vivencia quanto às próprias percepções bioenergéticas. É
raro encontrar pessoas que depositem um grau razoável de autoconfiança na sua
discriminação e domínio bioenergético. Daí fica mais fácil transferir o esforço para
o pêndulo, o cristal, etc., que continuarão a ser o atestado da nossa incompetência
nesse aspecto. O mais inteligente é trabalhar com disciplina, técnica e senso
crítico para suprir essa lacuna e poder dispensar o intermediário das nossas
potencialidades.

 Ao doar energia, corremos risco de ficar sem ela?


O que ocorre é que uma pessoa mal alimentada, com pouca massa corporal,
abaixo do seu peso, com atitudes pessimistas, idéias fixas e muito medrosa,
geralmente está mais predisposta a descompensar-se energeticamente. Uma
pessoa lúcida quanto às necessidades básicas do seu organismo, sono,
alimentação, etc., com uma postura pessoal mais positiva e algum altruísmo, pode
ser um energizador de si mesmo, de ambientes e de outras pessoas, sem sofrer
perdas energéticas. A maturidade do uso das bioenergias pode ajudar muito,
empregando o discernimento ao invés das emoções.

 A "vampirização" energética existe? Como pode ser evitada?


A maioria das pessoas desconhece os processos bioenergéticos, ignoram que são
carentes e tornam-se vampiros sociais, conhecidos de todos nós. Nem sempre,
eles são identificados pelas vítimas que podem apresentar cansaço súbito,
desânimo, sonolência, etc. É preciso buscar informação técnica correta, para
sanar essa situação através do esclarecimento e não da superstição. Um bom
domínio das práticas energéticas profiláticas e de autodefesa.

 É perigoso usar as bioenergias?


O grande perigo é a ignorância dos processos energéticos. Com a prática todas as
pessoas tem condição de avaliar as consequências do bom ou do mal uso das
suas bioenergias na vida cotidiana, que passarão a ser um fator natural e
indescartável melhorando a qualidade da nossa vida. O uso diário consciente das
bioenergias é uma atividade prazerosa e acaba sendo uma segunda natureza
nossa.

 Podemos desenvolver a projetabilidade, isto é, a capacidade projetiva


através das bioenergias?
Sim. As bioenergias constituem fator desencadeante natural para a projeção da
consciência. Logo, o domínio do processo bioenergético torna-se a chave da
projetabilidade.

 Existe algum curso específico para a pessoa aprender a usar as


bioenergias?
O Laboratório de Técnicas Energéticas, realizado há anos nos Centros
Educacionais de Autopesquisa no Brasil e outros países da América Latina,
oferece abordagens práticas e técnicas que permitem ao aluno "sentir" suas
próprias bioenergias, bem como as de objetos e de outras pessoas. Essas
técnicas foram organizadas pelo consenso derivado da experiência do corpo
docente do IIPC. O curso tem duração de 4 aulas de 2h e 30 cada uma. Para
matricular-se nele é preciso da base fornecida por um curso teórico anterior
(informar-se sobre pré-requisitos no Centro Educacional mais próximo). Aprender
a usar os recursos bioenergéticos dispersos na natureza só traz benefícios.
Um Novo Paradigma para Pesquisar a Consciência

A Conscienciologia objetiva o estudo da consciência de modo integral, com todos


os corpos, existências e dimensões, tendo como base os princípios da ética
cósmica.

Algumas ferramentas utilizadas para a pesquisa da consciência constituem na


observação e análise dos atributos da personalidade e também na
experimentação e autopesquisa das próprias reações perante as diferentes formas
de energia, sejam provenientes da natureza, dos ambientes ou das consciências.

Estudar a consciência não é uma tarefa simples. Cada microuniverso consciencial


é extremamente complexo para ser pesquisado de maneira convencional.

Os instrumentos, aparelhos ou parâmetros físicos são ainda insuficientes para


analisar a consciência, pois esta se encontra além da própria matéria e da
energia. O microuniverso consciencial não pode ser colocado dentro de um tubo
de ensaio, não pode ser observado por um microscópio ou ser analisado por um
sofisticado computador.

Segundo as premissas da Conscienciologia é necessário estabelecer novos


parâmetros de medida, descobrir novos instrumentos de investigação para
pesquisar a consciência. Este novo modelo denomina-se Paradigma Consciencial.

O Paradigma Consciencial é fundamental para responder a inúmeros


questionamentos e explicar vários fenômenos que vêm sendo ignorados ou
excluídos da ciência convencional há cerca de 2 séculos; e levantar também
outros tantos questionamentos importantes para o desenvolvimento da ciência.

Através deste novo paradigma a consciência irá estudar a si mesma. Isto quer
dizer que a consciência (você e todos nós) torna-se, simultaneamente, o objeto de
estudo, o sujeito e o próprio instrumento de pesquisa. No método da autopesquisa
(pesquisa de si mesmo) o pesquisador é o próprio objeto das suas investigações.
O Paradigma Consciencial propõe a ampliação do pensamento científico,
oferecendo uma visão integral do Universo e da consciência. A partir desse novo
ponto de vista é possível sair da "dermatologia da consciência", ou seja: o estudo
superficial, material, que representa a "pele" da consciência, para adentrar
profundamente na dinâmica do microuniverso consciencial.

O Paradigma Consciencial aborda a consciência a partir dessas premissas


básicas:
1. Holossomática: Admite a existência do holossoma (holo + soma), ou seja, o
conjunto de corpos ou veículos de manifestação da consciência formados pelo
soma ou corpo físico; energossoma,o corpo das energias, também conhecido
como holochacra; psicossoma ou corpo das emoções e mentalsoma, o corpo
do discernimento.

2. Bioenergética: Assume a existência e a aplicação lúcida das bioenergias


através do energossoma (energo + soma: corpo energético formado pelo
conjunto de chacras), levando em consideração as influências das energias
imanentes e conscienciais muito além das percepções cerebrais registradas a
partir dos sentidos físicos.

3. Multidimensionalidade: A consciência se manifesta em múltiplas dimensões e


cada veículo se manifesta em uma dimensão. Portanto, através do domínio
voluntário das projeções conscientes - experiências fora do corpo - projetor tem
a oportunidade de comprovar essa realidade, pois está em contato direto com
inúmeras dimensões e realidades não-físicas.

4. Serialidade: Sustenta o princípio de que a consciência é multiexistencial e


multimilenar, ou seja, a personalidade submete-se à serialidade de existências
ou múltiplas vidas humanas em série, intercalando com períodos chamados
intermissivos, ou seja, entre as vidas humanas.

5. Cosmoética: O paradigma consciencial tem por filosofia moral a cosmoética


ou moral cósmica - um princípio mais amplo que a moral humana - que leva
em consideração as múltiplas vidas, ou seja, as nossas múltiplas relações
interpessoais nem sempre positivas; os diferentes veículos de manifestação,
levando em consideração a qualidade dos nossos pensamentos, sentimentos e
energia e suas repercussões.

6. Universalismo: É o conjunto de idéias derivadas da universalidade das leis


básicas da Natureza e do Universo, que através de todos os campos de
pesquisa envolve o microuniverso das consciências, expandindo a partir dela
para o Universo, onde estão todos imersos. Diante dessa premissa, perde o
sentido do apego aos bairrismos, nacionalismos exacerbados, preconceitos de
todos os tipos, fronteiras entre países.

7. Auto-experimentação: Embasa a pesquisa da consciência a partir da auto-


experimentação. A Projeciologia é considerada a parte prática, experimental,da
Conscienciologia, pois o fenômeno da projeção consciente é a ferramenta mais
importante para o estudo da consciência. A projeção conduz a consciência ao
autoconhecimento integral. Daí surge a necessidade do conscienciólogo
desenvolver sua capacidade de projetar-se para fora do corpo humano com
lucidez. O conhecimento teórico, muitas vezes apoiado em provas
convencionais, crenças ou especulações não é suficiente para realizar a
ciência da consciência. Ao invés disso, o conscienciólogo irá buscar a
experimentação pessoal da projeção consciente - um fenômeno natural que é
autopersuasivo ou se autocomprova.

Todas as descobertas, hipóteses e teorias da Conscienciologia formam um


conjunto de Verdades Relativas de Ponta, ou seja, realidades mais importantes,
novas e prioritárias para serem aprofundadas, discutidas e também refutadas.
A Conscienciologia é a ciência que estuda a consciência – ser, ego, alma, self,
princípio inteligente – e suas diversas formas de manifestação. A consciência é
você, um ser vivo autoconsciente que se manifesta em outras dimensões fora da
vida humana. O termo conscienciologia vem do Latim: conscientia – com
conhecimento e do Grego: logos – estudo.

A Conscienciologia estuda a consciência "inteira", considerando todos os seus


corpos, dimensões e existências, em um enfoque integrado. A consciência é a
nossa realidade maior, mais do que a energia e a matéria, outras de nossas
realidades. Nossa consciência não é o corpo físico nem um subproduto do cérebro
humano. Na realidade, podemos nos manifestar além do corpo humano e,
portanto, do cérebro. Esse fato pode ser verificado através das experiências fora
do corpo.

A consciência pode se manifestar a partir de 4 estados básicos:


1. Estado consciencial intrafísico. Corresponde ao estado de consciência na
dimensão física, imersa na matéria vitalizada do corpo físico.
2. Estado consciencial extrafísico. Corresponde ao estado de consciência na
dimensão extrafísica, após ter desativado o corpo físico (morte biológica), ou
antes, do renascimento.
3. Estado consciencial projetivo. Corresponde ao estado de consciência
projetado para fora do corpo físico, aquele em que o indivíduo se encontra
temporariamente com seus veículos de manifestação em descoincidência.
4. Estado de consciência contínua. Corresponde ao estado de consciência
completamente lúcido, no qual a pessoa percebe todo o processo de
separação dos corpos, a soltura do energossoma, do psicossoma, podendo
chegar à soltura do mentalsoma ou à projeção mental.

Para se manifestar a partir desses 4 estados conscienciais básicos, a consciência


utiliza seu conjunto de corpos, ou seja, o holossoma:
1. Soma: corpo humano.
2. Energossoma: corpo energético.
3. Psicossoma: corpo emocional.
4. Mentalsoma: corpo mental.
Na vigília física, esses veículos estão coincididos. Na vida não-física (extrafísica),
quando estamos projetados ou no estado extrafísico, ocorre a descoincidência
entre esses veículos de manifestação consciencial, levando-nos a nos manifestar
em múltiplas dimensões, além da dimensão física.

A consciência é multiexistencial. A vida humana atual é apenas uma dentre as


várias existências da consciência. Já vivemos muitas vidas no passado e
viveremos muitas outras no futuro. Em Conscienciologia, essa série de existências
da consciência recebe o nome de seriéxis.

A base de manifestação de todas as consciências é constituída por 3


componentes indissociáveis, a que denominados de PENSENE: a idéia ou
pensamento (PEN), a emoção ou sentimento (SEN) e a energia (ENE).

A consciência penseniza o tempo todo, ou seja, elabora pensamentos e emite


energias sadias ou patológicas, conforme seu estado consciencial. Assim, interage
emitindo e recebendo pensenes, em qualquer dimensão (física ou extrafísica) em
que se encontre. Tal fato reforça a importância de conhecer mais a fundo seu
padrão de pensamento, para identificar padrões externos e ser capaz de perceber
quais os seus pensenes e quais os dos outros com os quais está interagindo. Daí
a importância de promover a higienização ou a profilaxia dos próprios pensenes,
para manifestar-se de modo mais sadio e maduro no local ou ambiente onde atua.

A partir dessas abordagens de estudo da consciência, a Conscienciologia


oportuniza a potencialização de várias posturas prioritárias à evolução:
1. Entendimento da indestrutibilidade da consciência.
2. Vivência de emoções e sentimentos racionalizados.
3. Melhoria da capacidade de discernimento.
4. Reconhecimento de si próprio como agente catalisador da evolução de todos.
5. Organização racional das próprias idéias.
6. Ampliação do nível de originalidade do seu trabalho pessoal.
7. Obtenção de um nível máximo de desrepressão.

 Especialidades
A Conscienciologia, ciência multidisciplinar e multidimensional, exige análise
acurada de suas especialidades e sub-especialidades. O quadro sinóptico a seguir
mostra as interrelações dessas especialidades, considerando como critério de
ordenação, a abrangência espacial em 6 Ordens Lógicas. A elaboração do quadro
sinóptico constitui-se de maneira análoga a um estudo anatômico, através do qual
vamos situando espacialmente cada elemento (especialidade) em relação aos
outros (partes) e ao todo (Conscienciologia).
QUADRO DE ESPECIALIDADES DA CONSCIENCIOLOGIA

1ª Ordem Lógica 2ª Ordem Lógica 3ª Ordem Lógica 4ª Ordem Lógica 5ª Ordem Lógica 6ª Ordem Lógica

Pensenologia Evoluciologia Experimentologia Parabiologia Parabotânica


Parazoologia

Conviviologia Assistenciologia

Projeciografia
Projeciologia
Projeciocrítica
Comunicologia
Cosmo-análise

Parapedagogia Infocomunicologia

Holorresomática Intrafisicologia Ressomática


Proexologia
Invexologia
Recexologia
Dessomática

Extrafisicologia Intermissiologia
Parageografia
Paratecnologia

Parassociologia Conscienciocentrologia

Paracronologia Para-história

Consciencioterapia Paraclínica Paraprofilaxia


Parassemiologia
Paraterapêutica
Projecioterapia

Paracirurgia Paranestesia
Parassepsia
Para-hemostasia
Paracicratrização

Holocarmalogia Egocarmalogia
Grupocarmalogia
Policarmalogia

Holomaturologia Conscienciometria Despertologia


Serenologia

Cosmoética

Holossomática Somática Sexossomática Androssomática


Ginossomática

Macrossomática

Holochacralogia

Psicossomática Paragenética
Paraneurologia

Mentalsomática Mnemossomática

Paranatomia

Parafisiologia Parafenomenologia Parapercepciologia Cosmoconscienciologia

Para-regeneração

Parapatologia
Homeostática

Projeção da Consciência (PC) / Experiência Fora do Corpo (EFC)

 Projeção astral é a mesma coisa que projeção consciente?


O termo científico usado no IIPC é Projeção da Consciência. Dizer simplesmente
projeção astral, além de empobrecer o sentido real da experiência, romantiza
demais o assunto que já deixou de ser tratado como brincadeira ou misticismo em
todo o mundo. Quanto ao interesse que a projeção consciente desperta, temos
notado que ao longo dos anos, as pessoas estão bem mais dispostas a buscar
uma explicação lógica, científica, livre de conotações místicas para um fenômeno
que elas próprias vivenciam, até então, sujeito às mais diversas definições.

 Então, o que vem a ser uma Projeção da Consciência?


É a saída da consciência do corpo físico. Veja bem, entendemos que
CONSCIÊNCIA seja o próprio Ego, a personalidade, a individualidade. Podemos
chamá-la alma, espírito, não importa. O que realmente interessa é que essa
consciência deixa o corpo físico pelo menos uma vez a cada noite e age na
dimensão extrafísica. O objetivo da Projeciologia é oferecer técnicas para se
conseguir projeções lúcidas, conscientes ou seja, que o projetor saiba que está
fora da dimensão física e do estado de onirismo (sonhos) e que pode exercer
atividades e atuar ali.

 O que é Projeciologia?
É uma ciência cujo objeto de estudo é a consciência e sua manifestação em três
estados; físico, extrafísico e projetado, dando maior enfoque ao fenômeno da
projeção consciente como auto-revelação científica. Todas as implicações que
esta saída da consciência tem, são analisadas na teoria e na prática. Além do
estudo da projeção, a Projeciologia se encontra dentro de um âmbito maior de
pesquisa que é a Conscienciologia. Podemos dizer que a primeira é a parte
prática da segunda. Em ambas, a Cosmoética é sempre o aspecto mais
importante.
 O que a projeção da consciência tem a ver com a Cosmoética?
A Cosmoética é um conjunto de leis que rege o universo. Tudo que fazemos e
pensamos está diretamente relacionado com ela. Podemos ter atitudes mais ou
menos cosmoéticas. Quando passamos a dominar a projeção consciente, quando
estamos lúcidos na dimensão extrafísica, temos condições infinitamente maiores
de analisar os nossos próprios atos e pensamentos. O estudo da Projeciologia faz
uma revolução nos valores humanos porque descondiciona, desperta e liberta a
pessoa de suas próprias limitações.

 Não há perigo em sair do corpo?


Aparentemente não, pois todos nós temos esta experiência pelo menos uma vez
durante cada noite de sono. Existe muita especulação em torno do assunto e há
muita gente que faz questão de que isso continue inacessível à maioria. Nosso
compromisso é justamente pesquisar para responder ao maior número de dúvidas
que surgem nesse campo.

 Vocês também dão cursos sobre bioenergias, correto? O que elas têm a
ver com a projeção consciente?
No nosso curso "Bioenergias sem Muros", que é realizado em todo o Brasil, de
preferência em locais arborizados como parques e praças, apresentamos uma
abordagem prática com técnicas que permitem ao aluno "sentir" as suas próprias
energias, além das bioenergias da natureza. Essas técnicas foram organizadas
pelo consenso de toda a equipe de professores do IIPC. É preciso que a pessoa
entenda a bioenergia como um fator natural, presente em qualquer processo
humano e que aprender a utilizá-la só traz benefícios.

 O que você diria a uma pessoa que está passando por esta experiência e
sente medo ou insegurança para controlá-la?
O medo é o fator mais comum nesses casos e somente o entendimento dos
processos bioenergéticos permitirá controlá-lo, além, é claro, do esclarecimento.
Estude bastante e aproveite suas experiências projetivas para visitar outras
dimensões. Com isso perderá o medo da morte e todos os outros medos que
costumam assombrar e frustrar as nossas melhores descobertas. Acima de tudo,
tenha suas próprias experiências, se auto-analise. Procure o endereço do IIPC
mais próximo de você, para conhecer o nosso programa de cursos que
esclarecerão as suas dúvidas.
A Projeciologia é um subcampo ou especialidade da ciência Conscienciologia, que
estuda as projeções da consciência para fora do corpo físico, ou seja, as ações da
consciência (ego, self ou personalidade humana) em dimensões não físicas, livre
do restringimento do corpo biológico. A ciência Projeciologia também investiga
outros fenômenos projeciológicos, tais como: bilocação, clarividência,
experiência de quase-morte (EQM), intuição, precognição, retrocognição,
telepatia, entre outros. O termo projeciologia vem do Latim, projectio, projeção e
do Grego, logos, tratado.

O fenômeno projetivo é relatado desde a Antiguidade nas mais variadas culturas.


Vem desde as chamadas iniciações no período Antigo, o culto ao KHA do antigo
Egito, o homo duplex descrito pelo escritor francês Honoré de Balzac, até a
recente denominação, ainda mística, conhecida por desdobramento ou projeção
astral.

Hoje, denominado de projeção da consciência ou experiência fora do corpo (out


of-the-body experience - OBE), por cientistas e pesquisadores, o fenômeno
passou a ser estudado de modo científico, propiciando a autopercepção de que é
natural e fisiológico, e de que ocorre com todas as pessoas independente de seu
conjunto de valores, credo, raça, sexo, idade, classe social e nível cultural
classificando-se como fenômeno universal.

A ciência Projeciologia foi proposta em 1981, a partir da publicação do livro


Projeções da Consciência, de autoria do médico e pesquisador Waldo Vieira,
projetor consciente desde os 9 anos de idade. Em 1986, Waldo Vieira publica o
tratado Projeciologia - Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo
Humano, hoje (2010), em sua 4ª edição, com 1232 páginas e 2040 referências
bibliográficas, sendo considerado uma referência internacional sobre o estudo da
projeção consciente.

Pesquisas internacionais indicam que a projeção de modo consciente é alcançada


e vivida por milhões de pessoas em todo planeta. Todos nós saímos do corpo,
normalmente quando dormimos. No entanto, para a maioria da humanidade, falta
lucidez durante a experiência extracorpórea e rememoração do fenômeno
projetivo vivenciado. Por essa razão, muitos pensam que a projeção não existe. E
por não trazerem dela uma lembrança clara, confundem-na com sonhos.

"Sair do corpo humano, com lucidez, é a mais preciosa e prática fonte de


esclarecimentos e informações prioritárias acerca dos mais importantes problemas
da vida, elucidando-nos sobre quem somos, de onde viemos e para onde vamos".
(Waldo Vieira, Nossa Evolução, 1997).

 Diferenças entre sonho e projeção


Nos sonhos, assim como no devaneio, imaginação, alucinação, desequilíbrio
mental ou distúrbios psicofisiológicos, não temos controle sobre nossas ações.
Entretanto, na projeção consciente, atuamos por nossa própria vontade e
determinação. Há várias pesquisas evidenciando as diferenças entre a projeção e
esses estados alterados de consciência.

 Veículos de manifestação
A consciência utiliza vários corpos ou veículos para se manifestar. O corpo
humano ou soma é o veículo mais denso, percebido pelos sentidos físico, quando
estamos acordados, durante a vigília, momento em que todos os veículos de
manifestação encontram-se em coincidência, encaixados uns nos outros.

Durante o sono ou através de relaxamento físico, por exemplo, estes corpos se


desencaixam ou entram em descoincidência, possibilitando à consciência,
projetar-se para fora do corpo físico e atuar a partir de outro corpo, mais sutil ou
menos denso, o corpo emocional ou psicossoma. O corpo físico permanece
dormindo, inanimado, vazio de consciência, sendo mantido apenas pelas funções
autônomas biológicas. Enquanto isso, a sede da nossa consciência que se
encontra no psicossoma, pode atuar livremente, em outras dimensões. Há ainda a
manifestação através do corpo mental ou mentalsoma, sinalizando maior nível de
lucidez e racionalidade e menos emotividade. A manifestação da consciência é
também bioenergética, quando utiliza o corpo energético ou energossoma,
responsável pela saúde e vitalidade. Ao conjunto de todos esses corpos (soma,
psicossoma, mentalsoma e energossoma) denominamos holossoma.

Durante uma projeção consciente, é comum a pessoa sentir-se flutuando acima de


seu corpo físico. Outras vezes, ela é capaz de ver o próprio corpo adormecido no
leito. O projetor também pode sentir vibrações agradáveis em todo corpo, sons ou
ruídos dentro da cabeça, sensação de queda-livre, incapacidade temporária de
mover o corpo físico, sensação de inchar ou inflar como balão e vários outros
sinais correlacionados ao fenômeno projetivo.

 Tipos de projeções
Quase sempre nossas projeções ocorrem de modo involuntário ou espontâneo,
durante o sono natural ou até mesmo durante um simples cochilo. Em outros
casos, a projeção consciente ocorre em situações críticas, como é o caso das
Experiências de Quase-Morte (EQMs), tipo de projeção forçada, compulsória ou
patológica, causada por traumas orgânicos, acidentes físico e comum a pacientes
terminais ou sobreviventes da morte clínica.

A Projeciologia propõe técnicas projetivas para que o interessado obtenha


projeções conscientes voluntárias, sadias e planejadas. Esse tipo de projeção
oferece maiores índices de lucidez e rememoração, auxilia o indivíduo a
desenvolver o autodomínio emocional, a perder o medo da morte, a repensar seus
valores, a dinamizar o autoconhecimento e a entender sua real procedência.
Técnicas Projetivas:
1. Concentração Mental
2. Auto-imagem Projetiva
3. Projeção Consciente Fragmentada
4. Mobilização Básica de Energias

Há várias técnicas para promover a saída lúcida para fora do corpo, dentre as
quais apresentaremos algumas. Para aqueles interessados em conhecer outras,
indicamos o tratado Projeciologia. Na aplicação das técnicas é importante
observar os seguintes fatores básicos:
1. a vontade para se projetar.
2. a intencionalidade.
3. o estado fisiológico e psicológico.
4. a auto-organização.
5. a persistência e a determinação na aplicação da técnica.
6. a preparação do ambiente físico para maior conforto do corpo.
7. o aproveitamento e o registro de toda experiência.
8. o estado energético.
9. a idade, pessoas mais jovens em geral projetam-se mais espontaneamente,
mas as pessoas mais idosas têm mais maturidade para aproveitar as
experiências.
10. autoconfiança nas próprias potencialidades.
11. o espírito investigador, científico, sem misticismo.

 1. Técnica da Concentração Mental


Essa técnica se baseia na concentração fixa em um objeto simples, que leva a
consciência (a pessoa) a se desligar de tudo à sua volta até que o seu
psicossoma, seu outro corpo de manifestação, se desencaixe do corpo físico.
O objeto sugerido é uma vela acesa, pela sua simplicidade e capacidade de fixar a
nossa atenção. As etapas da técnica são:
1. Isole-se em um ambiente fechado onde não será perturbado durante a prática.
2. Coloque uma vela acesa em um prato grande, sobre uma mesa, longe de
cortinas ou outro objetos (a fim de evitar acidentes), em um dos cantos do
ambiente.
3. Feche as janelas para evitar o vento.
4. Sente-se em uma poltrona ou cadeira confortável no outro extremo do
ambiente, há aproximadamente 3 metros da vela.
5. Escureça completamente o ambiente, deixando apenas a luz da vela.
6. Fixe a sua atenção na chama da vela, afastando outros pensamentos até que
chegue ao ponto em que, para si mesmo, só existam você e a vela.
7. Durante a técnica, evite devaneios, pois os mesmos distrairão sua atenção e
prejudicará a sua saída.
8. Ao perceber um estado de leveza, de descoincidência, busque dirigir-se até a
vela com o seu outro corpo, o psicossoma, deixando seu corpo físico na
poltrona.
9. Ao atingir a projeção, busque manter a lucidez e sair para outro ambiente.
10. Após a experiência, registre todas as suas percepções e vivências.
 2. Técnica da Auto-imagem Projetiva
Essa técnica para se projetar para fora do corpo é ideal para aqueles que têm
facilidade para dormir sentado em uma poltrona e se baseia no estudo detalhado
de sua própria imagem refletida em um espelho.
As etapas para aplicação dessa técnica são:
1. Isole-se em um ambiente fechado, onde não será perturbado durante a prática.
2. Sente-se em uma poltrona confortável colocada em frente a um espelho
grande que reflita todo seu corpo quando estiver de pé.
3. A poltrona deve ser colocada perto do interruptor da luz que ilumina o
ambiente.
4. De pé, através do espelho, você vai inspecionar todo o seu corpo,
especialmente o rosto, como se nunca tivesse se visto antes, reparando em
detalhes nunca notados antes.
5. Repare em cada expressão, forma, cor e contorno de sua face, cabelo, testa,
sobrancelhas, olhos, nariz, boca, queixo, orelhas, de uma forma profunda.
6. Depois, fixe em seus olhos e repita seu próprio nome várias vezes de forma
audível e clara.
7. Visualize-se a si mesmo no lugar da imagem no espelho, esqueça o espelho e
todas as circunstâncias físicas, e mantenha intensamente essa visualização,
até ficar com sono.
8. Nesse ponto, desligue a luz e durma na cadeira.
9. Após essa visualização intensa, como se você fosse a imagem no espelho, a
tendência é o seu psicossoma sair do corpo em direção ao espelho, ocorrendo
o seu despertamento fora do corpo e começando a projeção lúcida.
10. Após o retorno, registre todas as suas percepções e vivências.
 3. Técnica da Projeção Consciente Fragmentada
É aquela na qual o individuo exterioriza gradativamente partes do seu psicossoma
(corpo emocional) em áreas específicas. Braços, pernas, tronco, individualmente
ou continuamente, ocorrendo mais raramente a projeção da paracabeça. Esta
projeção faz com que a pessoa tenha a sensação de que há em seu corpo uma
segunda mão, segundo braço, etc.

Para o experimento, deve-se passar por um período de auto-relaxação física e


mental. Cerrando as pálpebras o experimentador deve voltar sua atenção para um
seguimento ou parte específica do seu corpo humano, aplicando através de sua
vontade íntima, o comando para que tal parte manifeste-se para cima, lembrando
que seu corpo humano deve permanecer estático. Após sentir que certo
seguimento esteja deslocado, a atenção deve ser voltada para a parte seguinte a
ser projetada. Sem apressar o processo, o experimentador deve levar o mesmo
comando para todas as partes de seu corpo, querendo que seus segmentos
extrafísicos saiam pouco a pouco de seu estado de coincidência (encaixe) dos
corpos. Ao alcançar sucesso na projeção fragmentada, o experimentador está
preparado para projeção pelo psicossoma inteiro na dimensão extrafísica.
 4. Mobilização básica de energias
A Mobilização básica de energias é a técnica pelo qual a pessoa através de sua
força de vontade passa a perceber e controlar suas energias.
A Mobilização básica de energias consiste em 3 movimentos energéticos:
Circulação Fechada com a instalação do Estado Vibracional, Exteriorização e
Absorção.

1. Circulação Fechada de energias é o controle consciente dos movimentos


energéticos dentro de você mesmo percorrendo da cabeça até os pés e mãos e
retornando a cabeça. A circulação fechada de energias tem como objetivos:
Instalar o estado vibracional: condição que predispõe a desintoxicação das
energias e também a decolagem do psicossoma na projeção lúcida; sanar
distúrbios orgânicos, minidoenças e indisposições; ampliar suas autodefesas
energéticas, não permitindo a entrada de energias indesejáveis no seu campo
energético. O estado vibracional estimula a autoconfiança do praticante, pois sua
percepção indica a melhoria nos exercícios energéticos.

Circulação Fechada.
Estado Vibracional - dinamização máxima das energias.
2. Exteriorização de Energias é o movimento em que o indivíduo lança suas
energias por todos os lados e sentidos para fora do seu campo.
A exteriorização de energias tem como objetivos: aumento do campo de energias
individuais; percepção das energias do ambiente e doação de energias de forma
espontânea para assistência.

Exteriorização de Energias.
3. Absorção de Energias é o movimento de captação de energias de ambientes
positivos através da vontade do praticante.
A Absorção de energias tem como objetivos: recuperação de disposição e saúde;
aumento do desempenho projetivo do praticante; recuperação das horas de sono.
Para aplicar a técnica o praticante deve seguir estas etapas:
1. Busque uma posição confortável, deitado(a) ou sentado(a). Pode ser aplicada
de pé também exigindo maior controle motor e de equilíbrio do corpo físico.
2. Comece a concentrar a atenção e a perceber suas energias. Elas podem ser
percebidas como um calor em torno de você ou sensação de eletricidade no
corpo. Cada pessoa pode apresentar um sinal característico para a
manifestação das energias.
3. Leve através da vontade suas energias a se concentrarem no alto de sua
cabeça.
4. Faça suas energias percorrerem seu corpo da cabeça até os pés e mãos e
retorne a cabeça repetindo este movimento várias vezes.
5. Com a aceleração da circulação de energias se instala o estado vibracional. As
sensações podem ser: intenso calor percorrendo o corpo, eletricidade,
formigamento e outras. É bom estar atento para perceber a particularidade da
sua percepção.
6. Pare o estado vibracional e comece o movimento de exteriorizar suas energias
para todos os lados para o ambiente em que você se encontra.
7. Agora inicie o movimento de absorver energias. O praticante pode optar por
absorver energias de ambientes mais tranqüilos como fontes da natureza do
cosmos, do mar,...
8. Após o término da mobilização básica de energias realize uma inspiração
profunda e movimentos leves para voltar a vigília física e à coincidência dos
veículos de manifestação.
Absorção de Energias
Fenômenos Parapsíquicos
1. Clarividência
2. Clarividência viajora
3. Precognição
4. Telepatia
5. Retrocognição
6. Psicografia
7. EQM
8. Poltergeist
9. Projeção consciente ou experiência fora do corpo
10. Autobilocação
11. Psicometria
12. Intuição
13. Déjà vu
14. Catalepsia Projetiva
15. Cosmoconsciência

As Ciências - O estudo teórico e prático dos fenômenos parapsíquicos pelo IIPC -


Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia, visa o desenvolvimento
e a evolução da consciência, que vivencia e comprova, por si mesma, a existência
de outras dimensões.
De acordo com a Projeciologia, todas as pessoas podem vir a desenvolver
capacidades parapsíquicas. Esse desenvolvimento depende da vontade,
determinação, intenção e superação de traços pessoais. O importante é
desenvolver a capacidade de maneira sadia, com objetivos éticos e assistenciais,
em prol da evolução da consciência.
Atualmente a ciência Conscienciologia, que pesquisa a consciência (ego, self,
alma, eu) em uma abordagem mais ampla, traz a proposta de empregar os
fenômenos parapsíquicos ou paranormais como ferramenta de pesquisa no
entendimento de si mesmo e dos outros. Esta abordagem inovadora pressupõe
que o pesquisador esteja aberto a experimentar realmente aquilo que está
pesquisando, ou seja, que produza por si mesmo os fenômenos parapsíquicos a
partir de técnicas que empregam a vontade e tire suas conclusões. Uma das
especialidades desta ciência é a Projeciologia, que se dedica ao estudo das
experiências fora do corpo físico (viagem astral, desdobramento, out-of-body
experience) e outros fenômenos gerados a partir da expansão das energias
pessoais. Visando preservar a fisiologia e a manutenção da lucidez pessoal, não
são empregadas e nem recomendadas pela Conscienciologia e Projeciologia o
uso de substâncias psicoativas na pesquisa dos fenômenos parapsíquicos, mas o
uso da própria vontade.
Vários fenômenos conhecidos são decorrentes da ampliação das percepções
além dos sentidos físicos devido a algum tipo de descoincidência, podendo ser
uma minidescoincidência ou uma descoincidência completa de um ou mais
veículos de manifestação.

Descoincidência parcial do braço.


Entre os fenômenos estudados, estão:
1. CLARIVIDÊNCIA. Percepção visual além do sentido físico da visão, que
permite a apreensão de informações além do mundo material. Através da
clarividência, a pessoa pode ver as energias de outras pessoas (aura) - ou do
ambiente, pode ver pessoas que já passaram pela morte física ou pessoas que
estão projetadas, ou seja, vivenciando a experiência da projeção consciente. É o
mesmo que vidência extrafísica, segunda visão, sexto sentido, paravisão.
Relato de clarividência em sala de aula: "Durante uma atividade parapsíquica em
sala de aula, tive a clara percepção de visualizar uma mulher com aspecto
indiano, cabelos escuros longos, tiara na testa e um colar vermelho. Ela possuía
traços faciais diferentes daquela pessoa através da qual se manifestou, além da
tiara e do colar que a outra não estava usando. Após o exercício, as pessoas
presentes relataram suas percepções sendo que outras duas tiveram a mesma
visão que eu tive." (Margherita Vasconcellos, Estudante de Psicologia)

2. CLARIVIDÊNCIA VIAJORA. Percepção visual à distância, que permite à


pessoa a captação de cenas e imagens de um local físico distante ou de outras
dimensões. O mesmo que visão remota. As informações obtidas através da
clarividência viajora podem ser confirmadas posteriormente. Alguns casos
registrados desse fenômeno foram com os clarividentes Ingo Swan e Harold
Sherman que, pela clarividência, em 1973, exploraram os planetas Júpiter e
Mercúrio antes mesmo das sondas espaciais Voyager e Discovery, as quais
posteriormente confirmaram observações realizadas pelos clarividentes.

Clarividência viajora.
3. PRECOGNIÇÃO. Ato de aquisição de informações relativas a fatos
indeterminados futuros. Muitas precognições ocorrem durante as experiências fora
do corpo que são interpretadas como sonhos. O mesmo que premonição ou
prenúncio.

4. TELEPATIA. Transmissão e recepção de informações entre duas ou mais


pessoas. Pode ocorrer entre pessoas desta dimensão material e também entre
estas e pessoas de outras dimensões.

5. RETROCOGNIÇÃO. Ato de rememoração de fatos, cenas e vivências


pertencentes ao passado que estão além da memória física, cerebral. Assim como
as precognições, as retrocognições também costumam ocorrer durante projeções
da consciência. Quando os fatos rememorados se referem a vidas anteriores,
esse fenômeno é também conhecido como lembrança de vidas passadas.

6. PSICOGRAFIA. Tipo de escrita parapsíquica na qual uma pessoa que está em


outra dimensão comunica-se através de médium psicógrafo. A pessoa que está se
comunicando pode estar projetada ou já ter passado pela morte biológica.

7. EQM - EXPERIÊNCIA DE QUASE-MORTE. Projeção involuntária, forçada, que


ocorre em casos de morte clínica, doenças terminais ou acidentes, em que o
paciente ou acidentado se vê fora do corpo, acessa outras dimensões e, depois,
retorna ao corpo. Em inglês, é conhecido por near-death experience (NDE). Pode
significar um sinal para a retomada de tarefas importantes e também desencadear
uma série de reciclagens dos pensamentos, sentimentos e energias.

8. POLTERGEIST. Conjunto de ocorrências e perturbações diversas, tais como,


ruídos e movimentos de objetos, aparentemente inexplicáveis por razões físicas.
O poltergeist é associado a manifestações de consciências de outras dimensões.
Sinônimo de assombração.

9. PROJEÇÃO CONSCIENTE OU EXPERIÊNCIA FORA DO CORPO. A projeção


consciente humana é conhecida também como experiência fora do corpo, viagem
astral ou desdobramento. É uma experiência individual de percepção do ambiente
e de outras consciências, seja espontânea ou induzida, na qual a pessoa se
percebe fora do seu corpo físico, podendo inclusive observá-lo de maneira lúcida e
comprovar para si mesma que ela não é só o seu corpo físico (autobilocação). A
maioria das projeções envolve o veículo chamado psicossoma (corpo emocional),
o qual ao deixar o soma (corpo físico) carrega consigo parte do corpo energético
(energossoma), formando o cordão de prata, que é a conexão energética entre o
soma e o psicossoma, presente durante a projeção consciente.
Segundo pesquisas da Antropologia, a projeção da consciência para fora do corpo
humano é relatada por todos os povos e raças na história e acontece
independente de sexo, idade, raça, religião e educação.
Pelas pesquisas da Projeciologia, todos os seres humanos produzem a projeção
da consciência, pelo menos à noite ao dormirem. No entanto, a maioria não
vivencia o fenômeno com lucidez ou não traz a recordação completa quando
desperta. Uma das vivências que a pessoa motivada pode experimentar, ao se
projetar para fora do corpo com lucidez, é encontrar pessoas conhecidas também
projetadas ou que já passaram pela morte biológica. Ao despertar, a pessoa pode
buscar a confirmação da experiência perguntando a quem ela encontrou
projetado, se também lembra do ocorrido. Algumas vezes obtém-se esta
confirmação, ou seja, a outra pessoa lembra exatamente da experiência. Outras
vezes, a confirmação não ocorre porque a pessoa encontrada fora do corpo não
estava lúcida ou não lembrou da experiência ao retornar ao corpo físico. Seja
como for, a vivência de se perceber lúcido, pensando, sentindo e agindo
conscientemente fora do corpo é autocomprobatória, fala por si só e não deixa
dúvidas a quem experimentou o fenômeno pelo menos uma vez com lucidez
plena.

10. AUTOBILOCAÇÃO. É o estado em que a consciência, a pessoa, estando fora


do corpo físico, manifestando-se através de outro corpo, o psicossoma, observa o
próprio corpo físico. Esse fenômeno, comum durante as experiências de quase-
morte (EQM), constitui importante fenômeno subjetivo que prova, para a própria
pessoa, a realidade de outro veículo de manifestação além do corpo físico, e
também, que a consciência sobrevive à morte biológica.

Fenômeno de Bilocação
11. PSICOMETRIA. É a capacidade de captar informações precisas acerca de
pessoa, local ou objeto, apenas pelo contato com as energias dos mesmos. Por
exemplo, uma pessoa com esta modalidade de fenômeno bem desenvolvido pode
tocar a caneta de alguém e descrever detalhes minuciosos da personalidade desta
pessoa, ou ainda, adentrar num ambiente e descrever fatos passados que ali
ocorreram, mesmo que o ambiente tenha mudado muito.

12. INTUIÇÃO. Fenômeno de percepção instantânea e de claro conhecimento


íntimo através da apreensão, captação súbita de pensamento ou idéia, pela
pessoa, sem a intervenção de qualquer processo racional. Quando ocorre durante
uma projeção consciente é a intuição extrafísica e proporciona a aquisição de
idéias extrafísicas originais.

13. DÉJÀ VU. É o conhecimento inconsciente, prévio ou a impressão de já ter


visto ou encontrado uma pessoa, já ter visitado determinado lugar ou vivido
determinada situação, os quais, de fato a pessoa jamais vira, estivera antes ou
vivera fisicamente. A expressão francesa mais utilizada para este fenômeno é o
déjà-vú. Um tipo específico é o dejaísmo projetivo, no qual a pessoa visita um
local projetada para fora do corpo e eventualmente vai até este local depois que
desperta fisicamente, tendo então a nítida sensação de já ter estado lá.

14. CATALEPSIA PROJETIVA. Estado psicofisiológico caracterizado pelo


enrijecimento dos membros e impossibilidade passageira de mover o corpo
humano, estando a pessoa lúcida e dentro do corpo. A catalepsia projetiva,
passageira e inofensiva, não deve ser confundida com a catalepsia física. Esse
fenômeno ocorre devido à coincidência incompleta entre o corpo físico e o
psicossoma, no momento da saída do corpo (decolagem) ou no momento do
retorno ao corpo físico após uma experiência fora do corpo. Recomenda-se à
pessoa, ao se perceber em estado de catalepsia projetiva, manter a tranqüilidade
e buscar mover uma mínima parte do corpo, como um dedo, a língua ou respirar
mais profundamente. A pessoa pode, também, aproveitar o estado de
minidescoincidência e buscar se projetar com lucidez.

15. COSMOCONSCIÊNCIA. Condição de expansão máxima de lucidez e


percepção, vivida pela consciência que, nesse estado, se sente una com o
Universo e se torna capaz de, no período da experiência, alcançar uma existência
inteira de entendimento, revelação, iluminação e autotranscendência. É uma
experiência de difícil tradução em palavras e muitas vezes quem a vivencia não
consegue trazer para o cérebro físico tudo aquilo que percebeu e vivenciou.
Também conhecida por consciência cósmica, mente cósmica, nirvana, samádi,
satori, tao absoluto.

Fenômenos Parapsíquicos e Evolução


A Conscienciologia convida os interessados nestes temas a aprofundarem sua
compreensão teórica e prática. Muitos se assustam ao vivenciarem tais
fenômenos por desconhecerem seu caráter natural e fisiológico, e também por
não saberem o que fazer de útil com isto. Tais fenômenos podem ser empregados
como ferramenta de desenvolvimento pessoal, ampliando a compreensão de si
mesmo, dos outros e da vida. A vivência da saída lúcida do corpo, por exemplo,
diminui as ansiedades e inseguranças sobre a morte, na medida em que a pessoa
percebe que sua individualidade é independente do corpo e vivencia maior noção
de interdependência e cooperação com a humanidade, ampliando o
universalismo.
Experiência de Quase-Morte (EQM) / Near-death Experience (NDE)

 O que é Experiência de Quase-Morte (EQM)?


A experiência de quase-morte (EQM) ou near-death experience (NDE) é um tipo
de projeção da consciência, forçada, compulsória, patológica, que decorre,
geralmente, de traumas orgânicos causados por agentes físicos, químicos ou
psicológicos. É comum a pacientes quase terminais, sobreviventes da morte
clínica. Ocorrem em situações de perigo extremo, tais como: acidentes,
intoxicação, traumatismo, choques durante anestesia, afogamento e outros casos
médicos. Este fenômeno aparece em várias culturas ao longo da história da
humanidade. A partir do Século XX recursos financeiros e tempo de pesquisa
científica mundial vêm sendo empregados para explicá-lo.

 Que tipos de relatos são feitos por quem experimenta a EQM / NDE?
Nos relatos parece haver uma sequência das seguintes etapas: impressão de
flutuar acima do próprio corpo percebendo as pessoas ao seu redor, sensação de
paz, visão panorâmica retrospectiva da própria vida, intensidade vívida de certas
emoções e percepções. Pode surgir a impressão de entrar por um túnel (efeito-
túnel) em cujo final surge um "ser de luz", referência variável que depende dos
arquétipos religiosos, culturais ou filosóficos da pessoa. A fronteira entre as duas
dimensões ? física e extrafísica ? é marcada como se fôsse o limiar entre a vida e
a morte. Estas são as descrições mais características das experiências de quase-
morte / EQM.

 Quais as consequências psicológicas sobre o comportamento de quem


experimenta o fenômeno da projeção de quase-morte?
Profundas alterações comportamentais ocorrem com os indivíduos que
vivenciaram a EQM: mais de 90% das pessoas que rememoram a experiência
mudam para melhor, perdem o medo da morte (tanatofobia), passam a dar mais
valor à própria vida com respeito à dos demais e fazem uma reperspectivação da
atual existência física (reciclagem existencial). Enfim, há um grande
despertamento e amadurecimento consciencial.

 Como a Medicina explica a EQM e qual o papel da Projeciologia nesta


discussão?
Embora a EQM ocorra durante situações traumáticas, o fenômeno natural benigno
deveria ser pesquisado pela Medicina sem qualquer tipo de "pré-conceito". Desde
que pesquisadores de diversos países passaram a analisar e discutir as EQMs de
modo mais abrangente, a própria Medicina e as neurociências tem sido forçadas a
repensar a morte e a possibilidade de sobrevivência extrafísica da consciência. No
entanto, ainda hoje, há cientistas que adotam abordagens superficiais tais como a
memória genética, a diminuição da oxigenação cerebral (hipóxia cortical) ou
associam a experiência à imaginação e a recordações do nascimento biológico,
hipóteses que não fornecem uma explicação satisfatória para o fenômeno. A
Projeciologia estuda todas as formas de projeção da consciência para outras
dimensões. A EQM / NDE é apenas uma delas. No Instituto Internacional de
Projeciologia e Conscienciologia (IIPC) há cursos sobre o tema sob a ótica
universalista das neociências.

 Qual seria a literatura ideal para o grande público compreender e adquirir


mais informações objetivas sobre a EQM / NDE?
Nos EUA, o médico psiquiatra Dr. Raymond Moody Jr. escreveu alguns clássicos
da literatura projeciológica que se tornaram best-sellers em todo mundo. Nos EUA
existe uma revista científica sobre o fenômeno chamada "NEAR-DEATH Studies"
cujos artigos são escritos por pesquisadores do tema. Há também um pediatra
americano, Dr. Melvin Morse, que participou do IV Congresso Internacional de
Projeciologia (IV CIPRO) realizado no Brasil em 2008 pelo IIPC que vem
pesquisando de modo pioneiro as EQMs em crianças. O diário projetivo publicado
pelo médico brasileiro Waldo Vieira (1932) Projeções da Consciência (1981) é a
obra pioneira no Brasil. Para os estudiosos, o tratado proposto por Vieira (1986)
Projeciologia - Panorama das Experiências da Consciência fora do corpo Humano
é a referência bibliográfica mundial mais completa sobre o tema, até o momento.

 Qual a contribuição da Projeciologia para o estudo deste fenômeno?


A Projeciologia, nascida no Brasil a partir do trabalho de Vieira, projetor experiente
e pesquisador da consciência, têm sido a mais expressiva contribuição no estudo
dos fenômenos projetivos. Além do pioneirismo de uma proposta brasileira para
esse campo instigante, a pesquisa historiográfica e a organização da metodologia
científica para o estudo das projeções da consciência espontâneas e voluntárias
sadias, vieram preencher uma lacuna existente nessa área de pesquisa, no Brasil
e Exterior.
Abertas a todos os interessados, sem pré-requisitos, as palestras gratuitas
informativas oferecem uma introdução às ciências Conscienciologia e
Projeciologia, apresentando o paradigma consciencial. Dentre os diversos temas
abordados nas palestras temáticas, destacam-se:

1. Você já teve a Sensação de Estar Fora do Corpo?


Tópicos: Experiência fora do corpo: um fenômeno universal; Projeção consciente
como ferramenta evolutiva; Diferenças entre sonho e projeção consciente.

2. Interações Energéticas com Pessoas e Ambientes


Tópicos: Por que há locais com energias agradáveis e outros não? É possível
modificar o padrão de energias de uma pessoa ou local? O que posso fazer para
manter um padrão energético saudável?

3. Aplicações Cotidianas do Parapsiquismo


Tópicos: A percepção além dos cinco sentidos físicos; O benefício do
parapsiquismo na tomada de decisões; Utilizações da intuição, telepatia,
clarividência e outras habilidades para expansão da lucidez; O uso do
parapsiquismo na assistência.

4. Premonições: É possível Antecipar o Futuro?


Tópicos: Como é possível prever acontecimentos antes que eles ocorram? Todos
nós podemos desenvolver esta habilidade? Quais os efeitos deste fenômeno na
vida humana?

5. Retrocognições: Relembrando o Passado


Tópicos: A retrocognição sadia e autoprovocada como instrumento de evolução
pessoal; A importância e o benefício deste fenômeno na autopesquisa; A
maturidade pessoal como pré-requisito à retrocognição sadia.

6. Razão e Intuição
Tópicos: A razão e a intuição dependem de gêneros masculino e feminino? A
relação entre intuição, criatividade e captação de idéias originais; captação de
idéias nas grandes descobertas científicas e na autopesquisa da consciência;
Captação de idéias do curso intermissivo.
7. Experiência da Quase-Morte: Uma Abordagem Conscienciológica
Tópicos: Qual o sentido dessas experiências? Qual a relação entre EQM e a
experiência fora do corpo? O que a ciência tem a dizer sobre o assunto? EQM e
aproveitamento para a renovação pessoal.

8. Bioenergias e Desempenho da Consciência


Tópicos: A intencionalidade sadia no uso das bioenergias pessoais; A relação
entre pensamentos, sentimentos e energias; Qualificação das bioenergias para a
automotivação contínua e expansão das percepções; Assistência bioenergética.

9. Pensamentos, Sentimentos e Energias


Tópicos: Você é o produto dos seus pensamentos, sentimentos e energias
(PENSENE); A abrangência dos pensamentos, sentimentos e energias na saúde
integral; Como melhorar a qualidade da nossa manifestação através estes três
elementos?

10. Projeção Consciente e Reeducação da Consciência


Tópicos: Como nos conhecer melhor através das projeções conscientes;
Benefícios pessoais da projeção lúcida; Amplie o entendimento sobre si mesmo
conhecendo sua biografia de múltiplas vidas; Projeção lúcida e assistência
extrafísica.

11. Telepatia: Uma Realidade ao Seu Alcance


Tópicos: Como é possível emitir e captar pensamentos? A telepatia como
indicador de entrosamento e afinidade interpessoal; As energias como meio de
transporte das informações à distância.

12. Autodefesa Energética


Tópicos: Vantagens e desvantagens da autodefesa energética; Efeitos desta
manobra na qualidade de vida humana; Relação entre autodefesa e profilaxia de
acidentes diversos.

13. Você já identifica Seus Talentos Evolutivos?


Tópicos: Você já identificou o que tem de melhor? Como superar dificuldades e
inabilidades usando a força dos seus talentos? A relação do talento assumido com
a responsabilidade pessoal manifesta; Talentos evolutivos e programação de vida;
Talentos evolutivos e evolução da consciência.

14. Ética e Cosmoética


Tópicos: A ética sob o ponto de vista do paradigma consciencial; Você se sente
cosmoeticamente responsável por seus atos e pensamentos? Cosmoética vivida:
patrimônio pessoal evolutivo.

15. Tarefas Assistenciais: Esclarecer ou Consolar?


Tópicos: Diferenças básicas entre tarefa da consolação e tarefa do
esclarecimento; Aplicação das energias conscienciais e do parapsiquismo no
exercício da tarefa do esclarecimento; Impactos da tarefa do esclarecimento na
evolução humana.

16. Influência das Emoções no Cotidiano


Tópicos: Psicossoma: o veículo das emoções; Transformação das emoções
desequilibradas em sentimentos maduros; Relação entre emoções e energias; A
manipulação social através do apelo emocional; Bases da maturidade emocional;
Apego e desapego sadios; A afetividade sadia.

17. Maturidade desde a Juventude


Tópicos: A recuperação da lucidez desde cedo; Curso intermissivo e programação
existencial; Autodidatismo, afetividade e assistência; Inversão existencial.

18. O Humor Sadio como Ferramenta Evolutiva


Tópicos: Binômio seriedade-bom humor; A força assistencial do bom humor; O
emprego do bom humor para o bem estar íntimo e grupal; Relação entre
bioenergias e humor.

19. Convivência Sadia


Tópicos: Qual o propósito da convivialidade? A convivência sadia começa consigo
mesmo; Bases do convívio maduro: relações cármicas e interdependência;
Convivência entre consciências intrafísicas e extrafísicas.

20. Autoconhecimento e Evolução


Tópicos: Você é único e especial: identifique o valor de conhecer a si mesmo;
Descubra a complexidade e a sofisticação da sua estrutura íntima; Amplie a
percepção de si mesmo a partir do paradigma consciencial.

21. Renovação Pessoal


Tópicos: Recuperação de valores evolutivos do curso intermissivo; Fatores
dificultadores da renovação; Mudar para si mesmo ou para o outro? Superando a
acomodação evolutiva para dinamizar a evolução; Repercussões da mudança
íntima de valores no grupo; Renovação dos valores pessoais.

22. Auto-organização Evolutiva


Tópicos: Auto-organização intelectual, emocional e energética; Como se manter
hígido diante do caos; Como empregar melhor seu tempo livre? Priorização
evolutiva.

23. Amparadores: Consciências Extrafísicas Assistenciais


Tópicos: Consciências extrafísicas; Contato com os amparadores através da
projeção da consciência; Assistência extrafísica; Todos temos amparadores?
Podemos ser amparadores de alguém?

24. Como Conciliar Motivação, Trabalho e Lazer


Tópicos: Como conciliar atuação profissional, relacionamentos afetivos e objetivos
de vida. Como aproveitar o tempo para as realizações pessoais. O trabalho como
realização pessoal. Relação entre trabalho e projeto de vida. O lazer sadio e
motivador. Como manter a motivação. Sustentação energética e motivação.

25. Dupla Evolutiva e Casamento Convencional


Tópicos: Diferenças entre dupla evolutiva e casamento convencional; Dupla
evolutiva ou alma gêmea? Exigências e concessões sadias na dupla evolutiva;
Afetividade sadia e programação existencial; Relação entre sexualidade e
energias; Interferências multiexistenciais e extrafísicas nos relacionamentos.

26. Afetividade Madura


Tópicos: A auto-estima como base da afetividade madura; Vivência do binômio
admiração-discordância na qualificação afetiva; O papel da afetividade na
renovação íntima; Afinidade e programação existencial conjunta.

27. Saúde Através das Bioenergias


Tópicos: Como o equilíbrio energético afeta a saúde do nosso corpo? O equilíbrio
energético está ao alcance de todos? Saúde integral: corpo, pensamentos,
emoções, energias.

28. A conscienciologia e o Autodidatismo


Tópicos: O investimento na cultura e intelectualidade para a expansão da lucidez;
Descoberta e emprego de métodos pessoais eficazes de estudo; Quantidade x
qualidade de informações; Recuperação de idéias do curso intermissivo; Captação
de idéias extrafísicas; Relação entre energias e desenvolvimento da
intelectualidade.

29. Inteligência Evolutiva


Tópicos: A inteligência como atributo inato de todo indivíduo; A reeducação dos
pensamentos e sentimentos na obtenção da inteligência evolutiva; Aplicação do
discernimento nas prioridades evolutivas.

30. Auto-educação da Consciência


Tópicos: Toda educação começa pela auto-educação da consciência; O
exemplarismo como ferramenta didática. Você já coloca em prática aquilo que
aprende? A auto-educação como ferramenta evolutiva.

31. Superdotação da Consciência


Tópicos: O emprego conjunto da intelectualidade, da comunicabilidade e do
parapsiquismo na manifestação pessoal. O desenvolvimento de múltiplos modos
de inteligência pela consciência neofílica. A conquista da superdotação através do
esforço evolutivo, vida após vida.

32. Morrer é Mudar de Dimensão


Tópicos: A eliminação do medo da morte a partir do paradigma consciencial;
Entenda porque a consciência não deixa de existir com a desativação do corpo
biológico; A consciência não amadurece instantaneamente só porque perdeu o
corpo físico; A projeção consciente e o contato com pessoas que já morreram; O
projetor consciente e a assistência aos recém falecidos.

33. Qual é seu Projeto de Vida?


Tópicos: A compreensão do sentido da vida sob a ótica do paradigma
consciencial; Determinismo e livre-arbítrio na execução lúcida da programação
existencial; Profissão, relacionamentos e autodesenvolvimento na programação de
vida; Fatores que dificultam e que facilitam a execução da programação
existencial.

34. Crianças: Consciências Multimilenares


Tópicos: O que acontece entre a morte e o renascimento? A precocidade e a
maturidade infantil; Amigos invisíveis e imaginação: realidade ou fantasia?

IIPC SALVADOR
Cidade: SALVADOR BA
Endereço: Centro Empresarial Iguatemi, Bloco B, sl 234 – Caminho das Árvores –
CEP 41820-000
Horário de atendimento: segunda a quinta das 19h às 21h e quinta das 9h às 12h
Palestras gratuitas: quinzenais, quartas-feira das 19h30 às 21h30
Telefone: (71) 3450.0628 - (71) 9951.5618 - Fax: (71) 3450.0628
Núcleo de Extensão: Itabuna (BA) e Aracaju (SE).

Cód. Data Início Evento Complemento Período Horários Local


29922 20/10/2010 PALESTRA PUBLICA EQM - Uma Abordagem quarta-feira 19:30h - 21:30h Centro Empresarial
GRATUITA Conscienciologica Iguatemi - Bloco B,
sala 234

29791 26/10/2010 AT4 - ORGANIZACAO PARA Pesquisa Conscienciolgica 26 e 28 de outubro 19h30min - 22h Centro Empresarial
A AUTOPESQUISA Iguatemi - Bloco B
sala 234

29921 27/10/2010 PALESTRA PUBLICA Você Já Tevea Sensacao quarta-feira 19:30h - 21:30h Centro Empresarial
GRATUITA de Estar Fora do Corpo Iguatemi - Bloco B,
sala 234

29918 30/10/2010 PALESTRA PUBLICA Programacao Existencial sábado 10h - 12h Centro Empresarial
GRATUITA Iguatemi, bloco - B
sala 234

29676 06/11/2010 CIP - CURSO INTEGRADO n/a 6,7,13,14,20,21/ Novembro Sabado e Centro Empresarial
DE PROJECIOLOGIA e 4,5, 11,12/Dezembro domingo 08h as Iguatemi, bloco - B ,
13:30h sala 234

29792 09/11/2010 AT1(i) - ESTADO n/a 09 e 11 de novembro 19h30min- 22h Centro Empresarial
VIBRACIONAL Iguatemi - bloco - sala
234

29789 23/11/2010 LABORATORIO DE n/a 23 e 25 de novembro de 19h30min - 22h Centro Empresarial


TECNICAS ENERGETICAS - 2010 Iguatemi - bloco B -
AVULSO sala 234

29790 28/11/2010 VIDEO PROJECAO Temas da Conscienciologia n/a 16h - 18h30min Centro Empresarial
Iguatemi - bloco B -
sala 234

28519 05/12/2010 SEMINARIO DE PESQUISASIncricoes para trabalhos n/a 16h - 19h Centro Empresarial
abertas Iguatemi, sala 234,
bloco B

29955 14/12/2010 CL - SINDROME DE n/a 14 e 15 dedezembro de 19h as 22h A definir


BOURNOUT - PROF 2010
LEUZENE SALGUES

28516 17/12/2010 ECP1 - Extensao em Professores a serem 17,18 e 19 de Curso de Imersao A ser definido
Conscienciologia e definidos Dezembro/2010. obs: pre- em Hotel
Projeciologia 1 requisito CIP ou CPC