Anda di halaman 1dari 160

Formação  Internacional    

  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

   

 
                         1  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

SUMÁRIO  

CAPÍTULO  I:  APRESENTAÇÃO  E  COMPROMISSO  .................................................  5  


1  -­‐  SOBRE  PAULO  VIEIRA  E  A  FEBRACIS®  (FEDERAÇÃO  BRASILEIRA  DE  COACHING  
INTEGRAL  SISTÊMICO®)  .........................................................................................................  7  
FORMAÇÃO:  .................................................................................................................  7  
PARCERIA  INTERNACIONAL  ..........................................................................................  8  
2  -­‐  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO  CIS®    (Abordagem  preliminar)  ....................................  9  
3  -­‐  DIFERENCIAIS  DESTE  CURSO  ...........................................................................................  10  
4  -­‐  CERTIFICADO  DE  PARTICIPAÇÃO  E  CERTIFICAÇÃO  INTERNACIONAL  COMO  COACH  .....  11  
5  -­‐  O  QUE  VOCÊ  PODE  ESPERAR  DESTA  FORMAÇÃO  ..........................................................  11  
6  -­‐  O  QUE  A  FEDERAÇÃO  BRASILEIRA  DE  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®  ESPERA  DE  
VOCÊ:  ...................................................................................................................................  12  

Capítulo  II:  INTRODUÇÃO  AO  COACHING  .........................................................  13  


1  –  O  QUE  É  E  NÃO  É  COACHING?  .......................................................................................  14  
2  -­‐  OBJETIVOS  DO  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®  ........................................................  15  
3  -­‐  BENEFÍCIOS  E  RESULTADOS  DO  COACHING  NO  MUNDO  ...............................................  16  
Crescimento  explosivo  dos  Líderes  em  Coaching  ......................................................  16  
Os  benefícios  do  Coaching  .........................................................................................  17  
5-­‐  HISTÓRICO  E  EVOLUÇÃO  DO  COACHING  .........................................................................  18  
6-­‐VANTAGENS  DE  SER  UM  COACH  (PROFISSIONAL  DE  COACHING)  ...................................  19  
7  -­‐  PERFIL  DE  UM  COACH  INTEGRAL  SISTÊMICO®  ...............................................................  20  
8-­‐  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®  X  COACHING  TRADICIONAL:  VISÃO  SIMPLIFICADA  E  
COMPARADA  ........................................................................................................................  21  
9-­‐  OS  DIFERENTES  TIPOS  DE  COACHING  APLICADOS  NO  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®
 .............................................................................................................................................  22  
10  -­‐  CÓDIGO  DE  ÉTICA  E  CONDUTA  DO  COACH  INTEGRAL  SISTÊMICO  (CEC)  .....................  33  
11  -­‐  QUAIS  OS  OBJETIVOS  QUE  LHE  TROUXERAM  PARA  ESTE  CURSO?    O  QUE  ESPERA  DELE  
E  DE  SI  MESMO?  ..................................................................................................................  35  
O  COACHING  COMEÇA  AQUI  –  (E  Se...)  ......................................................................  36  

CAPÍTULO  III  –  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®  .............................................  37  


1.  PERGUNTAS  PODEROSAS  DE  SABEDORIA  (PPS)  ..............................................................  38  
SEGMENTAÇÃO  E  CLASSIFICAÇÃO  DE  PPS  .................................................................  40  
2.  ESTADO  ATUAL:  Identificando,  analisando  e  compreendendo.  ......................................  51  
2.1  -­‐  Mapa  de  Autoavaliação  Sistêmico  (MAAS®)  ......................................................  51  
2.2  –  AAIE  -­‐    Auto  Avaliação  da  Inteligência  Emocional  .............................................  53  

 
                         2  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

3.  ESTADO  DESEJADO:  Identificando,  analisando  e  estabelecendo  as  metas  e  objetivos  


certos  e  de  maneira  correta.  ...............................................................................................  54  
3.1  -­‐  OS  SETE  PRINCÍPIOS  PARA  TRABALHAR  COM  METAS  ........................................  55  
3.2  -­‐LISTA  DE  METAS/OBJETIVOS  ...............................................................................  57  
3.3  -­‐  DREAM  LIST  ........................................................................................................  59  
3.4  -­‐  SOL  –  SKILL  OPEN  LIMITS  ....................................................................................  60  
3.5  -­‐  GANHOS  E  PERDAS  .............................................................................................  61  
3.6  -­‐  VALORES:  OS  PORQUES  DE  AGIR  OU  NÃO  AGIR  ................................................  61  
3.7  -­‐  ORDENAÇÃO  DE  VALORES  ..................................................................................  63  
3.8  -­‐  AVALIAÇÃO  DE  PERFIL  PROFISSIONAL  ...............................................................  64  
3.9  -­‐  GRADE  DE  METAS  ...............................................................................................  65  
3.10  -­‐  PLANO  DE  AÇÃO  ...............................................................................................  66  
4.  ROTEIRO  COMPLETO  DA  SESSÃO  DE  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®  .......................  68  
4.1  -­‐  Descritivo  de  todos  os  passos  da  sessão  ............................................................  68  
4.2  -­‐A  ESTRUTURA  DA  1ª  SESSÃO,  ABORDAGEM    PRÁTICA  .......................................  71  
6.3  -­‐  Fluxo  sequencial  completo  a  partir  da  2ª  sessão  ...............................................  74  
6.4  -­‐  Matriz  final  do  programa  de  coaching  ...............................................................  75  
4.5  -­‐  Registro  básico  de  plano  de  sessão  ....................................................................  76  
4.6  -­‐  AVALIAÇÃO  DO  PROCESSO  DE  COACHING  E  DO  COACH  ...................................  78  
5.  EXERCÍCIOS  DE  SALA  DO  CIS:  REPROGRAMANDO  Q.I.  E  Q.E.  ..........................................  79  
5.1  -­‐  Os  principais  objetivos  dos  exercícios  de  sala:  ..................................................  79  
5.2  -­‐  Relaxamento,  transe  e  hipnose  e  quando  usá-­‐los  nos  exercícios  do  método  
CIS®  .............................................................................................................................  80  
5.3  -­‐  Relação  de  Exercícios  de  Sala  do  Formação  Profissional  em  Coaching  Integral  
Sistêmico:  ...................................................................................................................  80  
6.  EXERCÍCIOS  DE  CASA  –  comunicando,  pensando  e  sentido  o  extraordinário:  crenças.  .  82  
6.1  -­‐  ROTINEIROS  ........................................................................................................  82  
6.2-­‐  VÍDEOS  .................................................................................................................  83  
6.3-­‐  LIVROS  .................................................................................................................  85  
6.4-­‐EXERCÍCIOS  DINÂMICOS  DE  CASA  ........................................................................  86  
7.  EXEMPLO  DE  SESSÃO  NA  PRÁTICA  ..................................................................................  88  

CAPÍTULO  IV  –  MÉTODO  CIS®  ............................................................................  98  


1.  PRESSUPOSTOS  DO  COACHING  .......................................................................................  99  
2.  AUTO  RESPONSABILIDADE®  -­‐  A  chave  para  todas  as  mudanças  ...................................  100  
3.  VAS:  Visão,  Audição  e  Sensações  -­‐  (bits  e  bytes  da  mente)  ..........................................  103  
4.  MATRIZ  DE  FORMAÇÃO  DE  CRENÇAS©  ........................................................................  104  
Linguagem  Externa  ...................................................................................................  105  
Linguagem  interna  ....................................................................................................  106  
5.  RAPPORT:  A  TECNOLOGIA  DA  CONFIANÇA  TOTAL  ........................................................  109  
6.  Metamodelo  de  linguagem  ............................................................................................  110  

 
                         3  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

ANEXOS  .........................................................................................................  113  


I.  DESCRITIVO  DOS  EXERCÍCIOS  DE  SALA  ...........................................................................  114  
1  -­‐  METÁFORA  DA  GAIVOTA©  .................................................................................  114  
2  -­‐  METÁFORA  DA  ALCACHOFRA©  ..........................................................................  116  
3  -­‐  MUDANÇA  DE  COMPORTAMENTO  .....................................................................  117  
4  -­‐  CAMINHO  DE  RECURSOS©  .................................................................................  118  
5  -­‐  ELIMINAÇÃO  DOS  IMPEDIMENTOS©  .................................................................  120  
6.  CRIAÇÃO  da    AUTO-­‐  IMAGEM  POSITIVA©  –    buliminia,  aneroxia...  ....................  122  
7  -­‐  DUAS  OU  TRÊS  POSIÇÕES©  ................................................................................  124  
8  -­‐  LINHA  DO  TEMPO  ................................................................................................  126  
9.  DIAGNÓSTICO  COMPOSTO  ...................................................................................  127  
10.  AS  15  MANEIRAS  DE  RESTAURAR  E  RESGATAR  RELACIONAMENTOS  PESSOAIS129  
11.  GRADE  DE  METAS  ...............................................................................................  130  
12.  GANHOS  E  PERDAS  .............................................................................................  131  
13  -­‐  AUTO-­‐COACHING  IPV®  ......................................................................................  132  
II.  REPORTAGENS  SOBRE  COACHING  .................................................................................  133  
1  -­‐  GESTÃO  VOLTADA  PARA  O  CÉREBRO  ..................................................................  133  
2  -­‐  OS  DOIS  LADOS  DO  CÉREBRO  ..............................................................................  140  
III.  FERRAMENTAS  COMERCIAIS  ........................................................................................  141  
Coaching  Education  ..................................................................................................  141  
100  MANEIRAS  DE  DIVULGAR  E  VENDER  O  SEU  COACHING  PRÁTICO  ....................  142  
LISTA  DE  TRABALHO  COM  O  SEU  COACH  .................................................................  145  
IV.  PROJETO  DE  CERTIFICAÇÃO  INTERNACIONAL  EM    COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®
 ...........................................................................................................................................  157  
 
 

 
                         4  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

CAPÍTULO I: APRESENTAÇÃO E
COMPROMISSO

 
                         5  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

 
 
 
 
 
 
 
SEJA  BEM  VINDO!  
Olá,    
Eu  Paulo  Vieira,  toda  a  equipe  da  Federação  Brasileira  de  Coaching  Integral  Sistêmico®  
e  nosso  parceiro  local  desejamos  a  você  boas  vindas  a  este  treinamento  de  Formação  Profissi-­‐
onal  em  Coaching  Integral  Sistêmico®  com  certificação  internacional.  Eu  e  todas  as  pessoas  da  
Federação  Brasileira  de  Coaching  Integral  Sistêmico®  faremos  tudo  o  que  estiver  ao  nosso  al-­‐
cance  para  produzirmos  experiências  de  conhecimento  e  aprendizado  inesquecíveis,  produtivas  
e  prazerosas  para  você  ser  um  bem  sucedido  Coach  Integral  Sistêmico.    
Serão  88  horas  de  aulas  presenciais  distribuídas  em  8  dias  e  mais  25  horas  de  aulas  não  
presenciais  de  trocas  e  aprendizados  intensos  que  certamente  mudarão  sua  vida  para  sempre  
como  pessoa  e  como  profissional.  
Tenho  certeza  que  duas  coisas  lhe  trouxeram  até  aqui:  a  primeira  foi  a  sua  vontade  de  
se  desenvolver  e  conquistar  novos  patamares  de  vida  e  a  segunda  e  fundamental  foi  um  desejo  
incontido  de  ajudar  ao  próximo  a  trilhar  um  caminho  de  crescimento,  felicidade  e  conquistas.  
Parabéns  por  esta  luz  que  te  faz  buscar  mais  e  mais.  Isto  te  faz  diferente,  te  faz  especial!  
Estou  certo  que  ao  sair  daqui  você  será  como  um  farol  que  guia  os  navios  em  alto  mar,  
seja  pelas  suas  técnicas,  seja  pelo  seu  exemplo  de  vida,  pelo  seu  silêncio  ou  pelas  suas  pergun-­‐
tas  poderosas  de  sabedoria.    
Lembre-­‐se:   Um   verdadeiro   farol   sempre   foi   e   sempre   será   uma   referência.   Seja   você  
uma  referência  onde  estiver!  
Seja  muitíssimo  bem  vindo  e  conte  conosco.  
Paulo  Vieira  
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         6  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

1  -­‐  SOBRE  PAULO  VIEIRA  E  A  FEBRACIS®  (FEDERAÇÃO  BRASILEIRA  DE  CO-­‐


ACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®)  

Paulo  Vieira  é  fundador  e  diretor  do  Instituto  Paulo  Vieira,  como  também  fundador  da  
Federação   Brasileira   de   Coaching   Integral   Sistêmico®   maior   centro   de   Coaching   do   país   nos  
seguintes  contextos:  1)  de  número  de  clientes  já  atendidos  em  sessões  de  coaching,  2)  número  
de  atuais  clientes  em  atendimento,  3)  número  de  coaches  executando  o  processo  em  seu  nú-­‐
cleo  e  4)  com  os  maiores  valores  cobrados  por  sessão  de  coaching  no  Brasil.    
A  FEBRACIS®  (Federação  Brasileira  de  Coaching  Integral  Sistêmico®)  é  um  dos  poucos  
institutos  no  Brasil  que  executa  o  que  ensina,  porque  ao  longo  dos  últimos  13  anos  executou  o  
processo  de  coaching  com  centenas  de  clientes  tanto  pessoas  físicas  quanto  jurídicas.  
Um  piloto  de  avião  é  avaliado  de  duas  maneiras:  o  número  de  voos  e  o  resultado  de  ca-­‐
da  um  desses  voos,  ou  seja,  o  número  de  vezes  que  levou  seus  passageiros  em  segurança  ao  
destino   desejado.   Se   fizermos   um   paralelo   entre   a   profissão   de   coaching   e   o   piloto   de   avião,  
Paulo  Vieira  é  o  profissional  de  coaching  (piloto)  no  Brasil  com  mais  de  8.200  horas  de  sessões  
de  coaching  (horas  de  voo)  e  tendo  resultados  mais  do  que  positivos  e  mensuráveis  em  quase  
100%  dos  clientes,  isto  do  ponto  de  vista  dos  próprios  clientes.    
Paulo  Vieira  é  escritor,  palestrante  e  conferencista  internacional.  No  meio  empresarial  
Paulo  Vieira  é  reconhecido  como  autoridade  nos  temas:  coaching,  liderança,  gestão  de  pessoas  
com  foco  em  resultado,  motivação,  desenvolvimento  humano  e  autor  dos  Livros:  Eu  líder  efi-­‐
caz,  sobre  inteligência  emocional  e  autogestão.  Auto  Responsabilidade  -­‐  a  chave  para  todas  as  
mudanças  e  O  Poder  Verdadeiro  que  aborda  as  técnicas  de  transformação  humana  ensinados  
neste  curso.  Ele  já  palestrou  para  mais  de  100.000  pessoas  e  treinou  mais  de  16.000  pessoas.  
Totalizando  mais  de  116.000  pessoas  impactadas  por  seus  temas  e  conteúdos  profundos.  
 

FORMAÇÃO:    

PhD©  em  Administração  pela  Flórida  Christian  University  (EUA),  Mestrado  em  Coaching,  
MBA   Internacional   em   Marketing,   Especialização   em   Gestão   de   Pessoas,   Master   Practitioner  
em  PNL,  Formação  em  Avaliação  do  Perfil  Profissional  e  Master  Trainer  Internacional  em  Coa-­‐
ching.    
 
 
 
 
 

 
                         7  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

PARCERIA  INTERNACIONAL  

A   Flórida   Christian   University,   universidade   americana,   de   renome   internacional,   reco-­‐


nhecendo  as  técnicas  empregadas,  os  resultados  obtidos,  a  didática  e  competência  da  FEBRA-­‐
CIS®  (Federação  Brasileira  de  Coaching  Integral  Sistêmico®)  e  tendo  atestado  o  conteúdo  pro-­‐
gramático  do  Curso  de  Formação  em  Coaching  Integral  Sistêmico,  o  certifica  internacionalmen-­‐
te   e   aceita   a   carga  horária   do   curso   como   créditos   em   sua  universidade.   E   com   todo   o   apoio  
técnico,  metodológico  e  conceitual  de  Paulo  Vieira.  É  a  primeira  universidade  nos  Estados  Uni-­‐
dos  da  América  a  ter  a  graduação,  mestrado  e  doutorado  em  Coaching  ou  seja,  o  Brasil  e  a  Fe-­‐
deração  Brasileira  de  Coaching  Integral  Sistêmico®  exportando  tecnologia  em  coaching  para  o  
mundo.  
Paulo  Vieira  é  professor,  tanto  no  Brasil  quanto  nos  Estados  Unidos,  da  Flórida  Christian  
University,  universidade  americana,  onde  também  é  PhD©  em  Administração.  
Depoimento  de  Paulo  Vieira  sobre  a  universidade  e  seu  reitor  -­‐  Ter  conhecido  o  Dr.  An-­‐
thony  Portigliatti  foi  um  divisor  de  águas  na  minha  vida  pessoal  e  profissional.  Na  nossa  primei-­‐
ra  reunião  fiquei  impressionado  e  impactado  com  cinco  coisas:  A  primeira  foi  à  visão  de  mundo  
que  o  Dr.  Tonny  me  presenteou,  no  segundo  momento  fiquei  impressionado  com  as  estratégias  
que  ele  criou  para  minha  vida  profissional,  o  terceiro  fato  foi  conhecer  sua  universidade  com  
toda   a   sua   abrangência   e   tecnologia   em  um   prédio   ultramoderno   que  havia   sido   da   NASA.   O  
quarto   impacto   que   ele   me   causou   foi   ver   em   suas   atitudes   e   palavras   uma   tremenda   fé   em  
Deus.  E  a  quinta  e  não  menos  importante,  foi  conhecer  sua  esposa  e  seus  filhos,  uma  família  
(farol)  feliz,  unida  e  espiritualizada,  transbordante  em  carinho  e  amor.  
Tenho  hoje  orgulho  de  me  chamar  de  seu  aprendiz.  Obrigado  Tonny  pelo  aprendizado  e  
oportunidade  de  estar  perto  de  você  e  sua  equipe.    
Com  admiração,  
Paulo  Vieira  
 

Dados  da  Flórida  Christian  University:  


Site:  www.floridachristianuniversity.edu  
Email:  fcu@fcuonline.com  
Telephone:  1-­‐407-­‐896-­‐0101  
International  Headquarters  5950  Lakehurst  Drive  -­‐Suite  101  
Orlando,  Florida.  USA  
Assista  vídeo  da  FCU  

 
                         8  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

2  -­‐  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO  CIS®    (Abordagem  preliminar)  

Hoje   o   Coaching   Integral   Sistêmico®   é   tido   no   meio   acadêmico   e   empresarial   como   a  


evolução   do   coaching   por   três   motivos.   Primeiramente   pelos   resultados   rápidos,   profundos   e  
duradouros.  Em  segundo  lugar  pelo  fato  de  além  de  trabalhar  o  lado  cognitivo  é  capaz  de  refa-­‐
zer  crenças  e  limitações  emocionais.  E  o  terceiro  motivo  é  o  fato  deste  método  ser  completa-­‐
mente  sistêmico,  ou  seja,  trabalha  todas  as  áreas  da  vida  ao  mesmo  tempo.  
O   método  do   Coaching   Integral   Sistêmico®  pode   ser   explicado  preliminarmente   da   se-­‐
guinte  maneira:  
Coaching:  Processo  de  condução  lógica  e  cognitiva  que  identifica  inicialmente  o  Estado  
Atual   através   de   uma   completa,   profunda   e   constante   anamnese,   depois   busca   identificar   os  
objetivos  e  onde  a  pessoa  quer  efetivamente  chegar.  Para  então,  conhecendo  os  fatores  impe-­‐
ditivos  e  facilitadores,  traçar  um  completo  plano  de  ação  para  levar  o  cliente  do  ponto  inicial  ao  
ponto  desejado.  
Integral:  Esta  palavra  significa  a  capacidade  de  mobilizar  o  hemisfério  esquerdo  do  cé-­‐
rebro   (cognitivo,   racional,   lógico   e   intelectual)   em   direção   às   mudanças   e   conquistas   e   usar  
completamente  o  hemisfério  direito  (emocional,  criativo  e  crenças),  na  mesma  direção  e  inten-­‐
sidade.  Integrando  assim,  razão  e  emoção  em  prol  das  metas  e  objetivos  estabelecidos.  
Os  trabalhos  de  desenvolvimento  humano  ao  redor  do  mundo  estão  se  dedicando  qua-­‐
se  que  exclusivamente  ao  lado  cognitivo  analítico  e  racional  (hemisfério  esquerdo)  na  condução  
e  na  abordagem,  desprestigiando  as  emoções,  os  sentimentos  e  fundamentalmente  deixando  
de  lado  o  hemisfério  direito,  que  é  onde  se  localiza  nosso  programa  mental  composto  por  cren-­‐
ças,   emoções,   competências   emocionais   e   sentimentos,   que   combinados,   conduzem   nossas  
vidas,  escolhas,  decisões,  significados  que  damos  a  tudo  que  nos  rodeia  e  fundamentalmente  
os  resultados  que  temos  tido  e  que  teremos  em  todas  as  áreas  da  vida.    
O  Método  CIS®  entende  que  é  impossível  promover  mudanças  duradouras,  profundas  e  
sem  efeitos  colaterais  sem  alterar  ou  substituir  crenças  limitantes  por  crenças  que  fortaleçam  e  
que  criem  uma  nova  realidade  interna.  
Sistêmico:  O  sistêmico  refere-­‐se  ao  fato  de  sermos  um  sistema  composto  por  sistemas  
menores.  O  indivíduo  (ser-­‐humano-­‐sistema)  faz  parte  de  outros  sistemas  maiores.  Desta  forma,  
tudo  influencia  tudo.  A  vida  conjugal  em  situação  ruim  influencia  negativamente  a  vida  profis-­‐
sional  que  por  sua  vez  prejudica  a  vida  financeira,  que  interfere  na  social  e  no  lazer  e  assim  por  
diante.   Da   mesma   maneira,   as   mudanças   (positivas   ou   negativas)   que   você   implementar   em  
você  influenciará  no  ambiente  em  que  está  inserido  e  na  sequência  influenciará  o  mundo.  Re-­‐
sumindo,  o  sistêmico  em  nossa  abordagem,  indica  que  tudo  o  que  lhe  rodeia  influencia  sua  vida  
de  forma  implícita  e  invisível  ou  explicita  e  visível.    
Desta  forma,  o  Coaching  Integral  Sistêmico®  entende  o  ser  humano  como  um  todo  e  fo-­‐
ca  seus  objetivos  específicos,  porém  não  deixa  de  lado  nem  por  um  minuto  outros  pilares  que  
precisem  de  atenção  e  reestruturação.  
Exercício:  Explique  para  cinco  pessoas  o  que  é  Coaching  Integral  Sistêmico.  

 
                         9  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

3  -­‐  DIFERENCIAIS  DESTE  CURSO  

1º   Diferencial:   Este   curso   é   ministrado   pelo   profissional   com   maior   carga   horária   em  
sessões  de  coaching  do  Brasil  (mais  de  8.200  horas);  por  isso  será  uma  abordagem  real,  prática  
e  aplicável  com  respostas  práticas  para  o  dia  a  dia  de  trabalho.  Sendo  o  único  a  poder  mostrar  
tais  horas  de  sessões  registradas  em  cartório.  Paulo  Vieira  é  um  dos  poucos  coaches  do  Brasil  
com   treze   anos   exercendo   a   profissão   de   coach   initerruptamente,   ao   ponto   de   poder   levar  
clientes  de  várias  fases  de  sua  carreira  para  testemunhar  suas  conquistas  e  mudanças.  Pois  um  
instrutor  repleto  de  teoria  sem  prática  produz  grandes  lacunas  no  aprendizado  de  seus  alunos  e  
jamais  teria  uma  leva  de  clientes  com  suas  vidas  pessoais  e  profissionais  transformadas  e  pron-­‐
tas  a  dar  testemunho  de  seus  ganhos.  
2º   Diferencial:   O   coaching   Integral   Sistêmico®  na   pessoa   do   Paulo   Vieira   e   sua   equipe  
estão  entre  os  profissionais  de  coaching  mais  bem  remunerados  do  Brasil  e  do  mundo.    
3º   Diferencial:   Uso   exclusivo   do   Método   CIS®;   que   é   uma   revolução   no   contexto   das  
mudanças  de  crenças  e  da  reestruturação  emocional.  E  ainda  possui  uma  abordagem  emocio-­‐
nal   aos   fatores   emocionais,   diferentemente   da   maioria   dos   processos   de   coaching   que   tenta  
mudar  crenças  unicamente  com  abordagens  cognitivas,  racionais  e  comportamentais.  
4º  Diferencial:  Apesar  de  não  ser  e  nem  pretender  ser  terapia,  o  Coaching  Integral  Sis-­‐
têmico®  é  um  processo  terapêutico  poderoso  e  transformador.  
5º  Diferencial:  É  o  único  curso  de  Coaching  no  Brasil  que  confere  um  Certificado  Inter-­‐
nacional  vindo  da  Flórida  Christian  University,  e  os  alunos  que  quiserem  cursar  a  mesma  uni-­‐
versidade  terão  a  possibilidade  de  aproveitar  a  carga  horária  deste  curso  como  créditos  na  FCU  
e  ainda  poderão  exercer  a  profissão  nos  EUA.  
6º  Diferencial:  Este  curso  pode  lhe  conferir  além  da  certificação  internacional,  mais  dois  
outros  certificados.  Um  como  Lifecoaching  (coaching  de  vida)  e  outro  como  Executive  Coaching  
(coaching  Executivo).  
7º  Diferencial:  Os  alunos  terão  acesso  a  muitas  ferramentas,  estratégias  e  divulgação  
comercial  para  entrar  no  mercado  de  coaching,  inclusive  poderão  pertencer  ao  portal  do  coa-­‐
ching  no  Brasil.  
8º  Diferencial:  Acesso  ao  sistema  informatizado  CIS.   Um  programa  via  web  que  traz  todas  
as   ferramentas   e   conceitos   para   que   o   profissional   aplique   e   registre   as   sessões   de   coaching   passo   a  
passo  com  todo  o  cabedal  de  ferramentas,  vídeos,  áudios,  conceitos  e  acompanhamento  que  sem  ele  
seria  humanamente  impossível  aplicar  tanta  eficiência  ao  trabalho  profissional.  Apenas  os  profissionais  
formados  pela  Federação  Brasileira  de  Coaching  Integral  Sistêmico®  tem  acesso  a  este  sistema.  
9º  Diferencial:  Os  resultados  práticos  e  mensuráveis  e  as  mudanças  atitudinais  e  com-­‐
portamentais  são  extremamente  rápidas.  E  você  as  perceberá  e  registrará,  sessão  a  sessão,  as  
mudanças  e  objetivos  conquistados  dos  seus  clientes.  
10º   Diferencial:   Paulo   Vieira,   juntamente   a   FEBRACIS®   é   o   único   profissional   de   coa-­‐
ching  que  forma  profissionais  de  coaching  nos  Estados  Unidos  e  ainda  executa  a  profissão  de  
coaching  lá,  possuindo  centenas  de  horas  de  sessões  de  coaching  no  exterior.      
11º  Diferencial:  Paulo  Vieira,  juntamente  a  FEBRACIS®  oferecem  a  seus  alunos  consul-­‐
torias,  orientações  e  apoio  técnico  e  comercial  para  sempre.      

 
                         10  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

4   -­‐   CERTIFICADO   DE   PARTICIPAÇÃO   E   CERTIFICAÇÃO   INTERNACIONAL  


COMO  COACH    

Todo   participante   receberá   um   certificado   de   participação   no   Curso   de   Formação   em  


Coaching  Integral  Sistêmico®.  Porém  para  receber  o  certificado  vindo  dos  Estados  Unidos,  es-­‐
pecificamente   da   Florida   Christian   University,   o   aluno   terá   que   apresentar   o   relatório   de   16  
sessões  (30  horas)  de  coaching  com  resultados  positivos  e  dentro  das  especificações  estabele-­‐
cidas  pelo  programa  do  curso  registrado  no  sistema  de  Coaching  Integral  Sistêmico®.  Assim  o  
aluno  aprovado  poderá  receber  até  3  certificados  sendo:  
1º  Certificação  Internacional  de  Universidade  Americana  
2º  Certificado  em  Executive  Coaching  (FEBRACIS)  
3º  Certificado  em  Life  Coaching  (FEBRACIS)  
Na   certificação   feita   pela   FEBRACIS   o   aluno   será   qualificado   pelo   tipo   de   sessão   que  
apresentar,  sendo  que  para  ter  a  dupla  certificação  (Life  e  Executive)  terá  que  apresentar  o  re-­‐
gistro  de  16  sessões  para  cada  um.  
 

5  -­‐  O  QUE  VOCÊ  PODE  ESPERAR  DESTA  FORMAÇÃO  

O  Curso  de  Formação  Profissional  em  Coaching  Integral  Sistêmico®  possui  as  seguintes  
propostas:  
 
1º  Para  quem  quer  seguir  a  carreira  de  Coaching  Integral  Sistêmico®:    
-­‐  Conferir  conhecimentos,  habilidades  e  as  atitudes  necessárias  para  o  aluno  realizar  co-­‐
aching  com  seus  clientes  e  produzir  grandes  resultados  na  vida  de  ambos.  
-­‐  Competências  necessárias  para  construir  uma  vitoriosa  carreira  profissional  como  CO-­‐
ACH  INTEGRAL  SISTÊMICO®  com  possibilidade  de  ganhos  exercendo  a  profissão  de  coach  bem  
acima  da  média  dos  profissionais  liberais  comuns.  
-­‐  Uma  abrangência  mercadológica  no  mínimo  quatro  vezes  maior  do  que  qualquer  outro  
processo  de  coaching  conhecido.  
-­‐  Orientação  técnica  e  comercial  para  promover  o  sucesso  do  aluno.  
 
2º  Para  quem  quer  usar  as  poderosas  técnicas  do  Coaching  na  sua  carreira  e  profissão:  
-­‐  O  coaching  é  tido  como  a  última  fronteira  da  Liderança.  Sendo  assim,  o  participante  es-­‐
tará   mais   do   que   apto   a   liderar   sua   equipe   com   grande   eficácia,   gerando   alta   performance   e  
alta  produtividade.  Com  tais  resultados  a  carreira  terá  nova  dinâmica  e  alcance.  E  ainda  os  em-­‐
presários/executivos/gestores   estarão   promovendo   suas   empresas   através   das   pessoas   com  
foco  total  nos  resultados.  
 

 
                         11  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

-­‐  O  Coach  recém-­‐formado  estará  apto  a  realizar  auto-­‐coaching  consigo  e  promover  uma  
revolução  estratégica  em  sua  empresa  e  na  performance  dos  seus  funcionários  e  na  maneira  de  
trabalharem.  
 
3º  Para  o  indivíduo:  
-­‐  Este  curso  terá  grande  valor  também  para  as  pessoas  que  buscam  grandes  conquistas  
e   mudanças  pessoais,   pois   cada   aluno   receberá   e   ministrará   aproximadamente   20   sessões  de  
coaching  integral  sistêmico®  durante  o  curso  de  formação.  Onde  terão  a  oportunidade  de  rede-­‐
senhar  suas  vidas  e  conquistas,  como  também  poderão  restaurar  suas  emoções  e  crenças.  
-­‐  E  ainda  estará  lhe  impulsionando  consciente  e  inconscientemente  na  direção  de  seus  
objetivos  e  resolução  de  problemas.    

6   -­‐   O   QUE   A   FEDERAÇÃO   BRASILEIRA   DE   COACHING   INTEGRAL   SISTÊMI-­‐


CO®  ESPERA  DE  VOCÊ:  

9 Comprometimento  em  colaborar  com  o  ótimo  andamento  do  curso.  


9 Cumprimento  fiel  dos  horários.  
9 Disposição,   disponibilidade   e   compromisso   para   participar   e   executar   todas   as  
tarefas  dadas  em  sala  e  no  período  entre  módulos.  
9 Autorresponsabilidade   quanto   ao   seu   aprendizado   e   as   ações  por   você  efetiva-­‐
das  para  conquistar  o  know-­‐how  necessário  para  prosperar  no  mercado.  
9 Sigilo  total  a  respeito  das  sessões  de  coaching  que  você  participar.  
9 Ética  e  maturidade  que  se  espera  de  um  profissional  de  coaching.  
 
 
 
 
 
   

 
                         12  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

CAPÍTULO II: INTRODUÇÃO AO


COACHING

 
                         13  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

1  –  O  QUE  É  E  NÃO  É  COACHING?  

O  Coaching  Comportamental  ou  tradicional  é  um  processo  orientado  à  ação  focada  em  
resultados   específicos.   Este   movimento   é   promovido   pelo   relacionamento   de   total   confiança  
entre   o   profissional   treinador   (coach)   e   o   seu   cliente   (coachee).   O   coaching   comportamen-­‐
tal/tradicional  inclui:  avaliações,  exames  de  valores,  motivação,  definição  de  metas  bem  elabo-­‐
radas,  tudo  isso  amparado  por  um  plano  de  ação  muito  bem  construído.  O  Coaching  é  voltado  
para   desenvolver   competências   e   remover   bloqueios   para   que   o   resultado   seja   alcançado   de  
forma  constante,  consistente  e  sustentável  na  vida  pessoal  e  profissional.  
Já   o   Coaching   Integral   Sistêmico®   é   a   ampliação,   a   evolução   do   coaching   tradicional,  
usando  todo  o  escopo  ferramental  e  conceitual  do  coaching  comportamental/tradicional  acres-­‐
cido  de  ferramentas,  conceitos  e  uma  abordagem  “emocional”  para:    
1)  Estabelecer/restaurar/construir  as  crenças  que  possibilitem  a  realização  das  metas  e  
objetivos  estabelecidas  pelo  cliente;  
2)   Reestruturar   as   competências   emocionais   descritas   por   Daniel   Goleman,   que   defi-­‐
nem  se  a  pessoa  possui  ou  não  inteligência  emocional,  que  são:  Competência  Pessoal  e  Compe-­‐
tência  Social  (serão  abordados  mais  a  frente  e  com  mais  profundidade).  
3)   Superação/restauração   de   bloqueios,   traves   emocionais   e   traumas   profundos   que  
impedem  o  cliente  de  conquistar  seus  objetivos  e  a  superação  de  limitações  emocionais.  
 

Os  ramos  da  ciência  que  foram  usadas  para  estruturar  o  Coaching  foram:  
9 Psicologia:  Psique  humana  
9 Sociologia:  Relações  sociais    
9 Antropologia:  manifestações  e  comportamentos  humanos  
9 Teoria  dos  Sistemas:  Tudo  está  ligado  e  interdependente;  
9 Filosofia:  Compreensão  crítica  e  racional  dos  princípios  humanos;  
9 Física  Quântica:  Criação  da  realidade  a  partir  do  observador;  
9 Pedagogia:  Estrutura  do  ensino  e  do  aprendizado;    
9 Administração:  compreensão  dos  princípios  de  liderança  organizacional  
9 Ética:  compreensão  de  valores  na  construção  do  caráter  
 
É  muito  importante  você  saber  que  o  Coaching  é  fundamentado  em  um  método  científi-­‐
co,  com  resultados  válidos  e  mensuráveis.    
A  abrangência  e  total  aceitação  do  coaching  se  deram  
após  a  década  de  1970  com  a  publicação  do  livro  “The  inner  
game  of  tennis”,  escrito  pelo  treinador  profissional  de  tênis,  
Timothy  Gallway  e  trazido  para  o  meio  empresarial  pelo  con-­‐
sultor  Jonh  Withmore.  Apesar  de  o  livro  ter  sido  escrito  para  
treinadores   e   atletas   de   tênis,   a   abordagem   do   tema   foi  
completa  e  usada  em  todas  as  áreas  do  desempenho  e  per-­‐
formance  humana.  

 
                         14  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

 
O  QUE  NÃO  É  COACHING    
Mentoring   –   é   quando   um   colega   sênior,   considerado   uma   pessoa   com   mais   conheci-­‐
mento   e   mais   sabedoria   específicos,  dá   conselhos   e   funciona   como  modelo.   O   mentoring   en-­‐
volve  uma  ampla  gama  de  discussões  que  podem  não  estar  limitadas  apenas  ao  trabalho.  Um  
mentor  é  um  “padrinho”  com  grande  experiência  profissional  no  campo  de  trabalho  do  cliente.  
Tanto   o   mentoring   quanto   o   coaching   estão   relacionados,   principalmente   com   realizações   no  
presente  e  no  futuro.  
Aconselhamento  –  é  trabalhar  com  um  cliente  que  se  sente  desconfortável  ou  insatis-­‐
feito  com  sua  vida.  Ele  está  procurando  direção  e  conselhos.  O  conselheiro  trabalha  de  forma  
remediativa   ao   problema   do   cliente.   O   foco   é   sair   de   um  problema   ou  tirar   uma  dúvida.   Nos  
Estados  Unidos  e  Europa  existem  faculdades  de  aconselhamento.  
Terapia  -­‐  é  trabalhar  com  um  cliente  que  procura  alívio  para  sintomas  de  dor  em  sua  ro-­‐
tina   e   para   problemas   psicológicos.   O   cliente   quer   a   cura   emocional   e   o   alívio   do   sofrimento  
mental.    O  motivo  que  leva  o  cliente  entrar  em  terapia  ou  aconselhamento,  em  geral,  é  livrar-­‐se  
da  dor  e  do  desconforto,  mais  do  que  ir  em  direção  aos  objetivos  desejados.  O  coaching  não  é  
remediativo.  A  terapia  e  o  aconselhamento,  mais  do  que  o  coaching,  tendem  a  se  envolver  com  
a  compreensão  e  a  trabalhar  mais  com  experiências  passadas  focando  as  causas,  consequências  
e  meios  para  lidar  com  elas  de  forma  remediativa.  
Treinamento  -­‐  é  o  processo  de  adquirir  conhecimento  ou  habilidade  através  do  estudo,  
experiência  ou  ensino.  O  treinador  é,  por  definição,  um  expert.  E  o  treinamento,  provavelmen-­‐
te,  tem  por  alvo  habilidades  específicas  e  resultados  imediatos.  O  treinamento,  em  geral,  é  de  
um  para  muitos  em  vez  de  ser  um  a  um.  
Consultoria  –  um  consultor  oferece  conhecimento  e  experiência  e  resolve  problemas  de  
negócios   ou   desenvolve   o   negócio   como   um   todo.   O   consultor   cria   processos   que   devem   ser  
postos   em  prática   pela  empresa   e  não  por   ele.  O   consultor   lida   com   a  organização   inteira  ou  
com   partes   específicas   e   nem   sempre   com   as   pessoas   dentro   da   organização.   Os   consultores  
geralmente  só  afetam  indiretamente  as  pessoas  da  organização.  
Ensino  –  o  ensino  passa  o  conhecimento  do  professor  para  o  aluno.  O  professor  conhece  
algo  que  o  estudante  não  sabe.  O  oposto  é  verdadeiro  no  coaching.  O  professor  é  o  expert  e  ele  
tem  as  respostas,  já  o  coach  possui  perguntas.  

2  -­‐  OBJETIVOS  DO  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®  

9 Construir  no  coach  e  no  cochee  um  ESTILO  DE  VIDA  ABUNDANTE  em  todas  as  áreas  
9 Promover  o  bem  estar  e  a  felicidade  do  indivíduo,  tanto  na  área  pessoal  quanto  na  profis-­‐
sional.    
9 Desenvolver  as  competências  pessoais  e  sociais  definidas  por  Daniel  Goleman  (conforme  
veremos  mais  a  frente  como  ferramenta  de  identificação  do  estado  atual).  
9 Produzir  no  indivíduo  crenças  que  sustentem  e  alavanquem  seus  objetivos  e  metas.    
9 Potencializar  o  indivíduo  para  sua  melhor  performance  e  desempenho.  

 
                         15  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

3  -­‐  BENEFÍCIOS  E  RESULTADOS  DO  COACHING  NO  MUNDO  

Crescimento  explosivo  dos  Líderes  em  Coaching    

9 Em  2009  A  Revista  Harvard  Business  Review,  realizou  uma  pesquisa  com  a  seguinte  ques-­‐
tão:  "As  companhias  e  executivos  obtêm  valor  dos  seus  coaches?"  A  recente  pesquisa  de  
Harvard  na  indústria  encontrou  que  a  popularidade  e  aceitação  do  coaching  como  ferra-­‐
menta  de  liderança  continua  crescendo  mesmo  no  atual  escasso  ambiente  de  negócios.    A  
pesquisa  concluiu  que  clientes  continuam  recorrendo  ao  profissional  coach,  porque  o  co-­‐
aching  funciona.  A  pesquisa  também  constatou  que:  mais  de  48%  das  companhias  agora  
usam  coaching  para  desenvolver  Alta  Performance  em  capacidades  de  liderança.  Foi  de-­‐
tectado  que  a  taxa  média  por  hora  do  coaching  é  de  500  dólares  (de  no  mínimo  200  a  no  
máximo  3.500  dólares)  e  o  típico  trabalho  de  um  coaching  varia  de  7  a  12  meses.  (Har-­‐
vard  Business  Review  Survey  2009)  
9 Dr.  Brian  Underhill  em  um  grande  estudo  e  pesquisa  detectou  que  o  Coaching  agora  está  
presente  nos  maiores  níveis  das  organizações:  43%  dos  "CEOs"  e  71%  do  grupo  de  execu-­‐
tivos   seniores   de   categoria   superior   relataram   que   tiveram   experiência   com   Coaching.  
63%   das  organizações   contatadas   disseram   planejar   desenvolver   o   uso  do   Coaching  nos  
próximos  5  anos.  O  mais  revelador,  é  que  92%  dos  líderes  que  fizeram  coaching  disseram  
que  planejam  fazê-­‐lo  de  novo.  Todos  os  indicadores  fornecem  uma  forte  recomendação  
do  Coaching.  (FastCompany.Com)  
9 Coaching  de  Carreira  aponta  um  ROI  de  100%  e  aumento  considerável  de  retenção.  
9 No  setor  público  há  comprovação  de  aumento  de  produtividade  com  treinamentos  que  
subiu   de   22%   para   88%   quando   com   acompanhamento   de   Coaching   pós-­‐treinamento.  
Melhorias  na  comunicação,  trabalho  em  equipe,  inovação,  serviço  aos  clientes,  produtivi-­‐
dade,   estabelecimento   de   metas   e   efetividade   como   resultados   após   6   meses   de   Coa-­‐
ching.  

9 Coaching   de   negócios,   uma   tendência...   Coaching   de   negócios   é   a   mais   nova   tendência  


que  está  explodindo  sobre  pequenos  negócios  e  empresários  nacionalmente.  É  estimado  
que  mais  de  30%  das  pequenas  empresas  americanas  estão  usando  o  Coaching.  (Chicago  
Business  News)  
9 Coaching  melhora  performance  de  Executivos  -­‐  Executivos  que  passaram  por  “Coaching”  
melhoraram  90%  em  produtividade,  80%  se  mostraram  mais  abertos  para  mudanças  or-­‐
ganizacionais  e  70%  deles  conseguiram  melhorar  o  ambiente  e  relacionamento  no  traba-­‐
lho.  (Fonte  Folha  SP)    
9 Pesquisas   qualitativas   em   várias   indústrias   demonstram   os   seguintes   benefícios:   -­‐   Au-­‐
mento  do  desempenho  individual,  -­‐  Aumento  de  autoconhecimento  e  auto  atualização,  -­‐  
Aumento  da  satisfação  e  nível  de  realização,  -­‐  Aumento  da  abertura  ao  novo  e  ao  proces-­‐
so  de  aprendizagem  e  desenvolvimento,  habilidade  de  usar  talentos  e  o  potencial  de  for-­‐
ma  mais  efetiva,  entre  outros.  
9 Executivos   indicam   melhoria   significativa   com   Coaching   -­‐   Uma   recente   pesquisa   (PUC  
CAMPINAS)  realizada  com  10  executivos  que  passaram  pelo  processo  de  Coaching  aponta  

 
                         16  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

que   100%   aperfeiçoaram   a   capacidade   de   ouvir,   80%   melhoraram   a   flexibilidade,   80%  


aprenderam  a  aceitar  melhor  as  mudanças  e  70%  evoluíram  a  capacidade  de  se  relaciona-­‐
rem.  (Revista  Você  S/A)  
9 Estudos   mostram   que   o   retorno   do   investimento   do   coaching   é   alto   para   as   empresas.  
Executivos  que  passaram  pelo  processo  de  coaching  classificaram  o  retorno  quantitativo  
em  6  vezes  o  valor  do  investimento.  Algumas  melhorias  apontadas  como  resultado  do  co-­‐
aching:   Melhor   relacionamento   de   trabalho   com   subordinados   77%;   Melhor   relaciona-­‐
mento  com  chefe  71%;  Melhor  relacionamento  com  pares  63%;  Aumento  do  nível  de  sa-­‐
tisfação  com  o  trabalho  61%;  Aumento  de  comprometimento  com  a  empresa  44%.  (Re-­‐
vista  Fortune)  
9 Nos   EUA,   segundo  o   jornal   Executive   Channel,  mais   de   40%   dos   executivos   já   passaram  
pelo  processo  de  Coaching.  O  método  é  tão  difundido,  que  muitas  empresas  oferecem  o  
serviço  de  Coach  como  benefício  do  cargo.    
9 Um  estudo  publicado  no  Public  Personnal  Management  Journal  concluiu  que  os  executi-­‐
vos   que   participaram   de   treinamentos   gerenciais   aumentaram   em   22,4%   sua   produtivi-­‐
dade.  E  aqueles  que  tiveram  Coaching,  após  esse  mesmo  treinamento,  aumentaram  sua  
produtividade  em  88%.    
9 Mercado  de  Coaching  cresceu  18%  no  em  2008  e  movimentou  mais  de  2,5  bilhões  de  dó-­‐
lares.     Mais   de   40.000   executivos   possuem   Coaches   nos   Estados   Unidos  (Revista   Fortu-­‐
ne).    
9 A  demanda  nos  USA  é  tão  alta  que  o  Coach  cobra  de  600  a  2.000  dólares  por  sessão.    (Ti-­‐
me  –  Business  News)    
9 88%   das   empresas   do   Reino   Unido   utilizam   ou   já   utilizaram   os   serviços   de   um   Coach   e  
mais  de  70%  das  empresas  Australianas  já  se  beneficiaram  da  metodologia  de  Coaching.  

Os  benefícios  do  Coaching  

Para  uma  pessoa:  


9 -­‐  O  cliente  torna-­‐se  mais  produtivo.  Atinge,  de  forma  consiste,  um  desempenho  mais  alto  
em  tudo  o  que  se  determina  a  fazer.  
9 -­‐  Adquire  autoconfiança.  
9 -­‐   Adquire   clareza   em   relação   as   suas   metas   e   valores,   assim   sendo,   segue   a   direção   ao  
cumprimento  de  suas  metas  e  as  vive  de  acordo  com  seus  valores.  
9 -­‐  Aprende  mais  e  vence  os  bloqueios  para  aprender  melhor.  
9 -­‐  Esclarece  o  que  quer  e  o  que  pode  oferecer  nos  seus  relacionamentos.  Os  seus  relacio-­‐
namentos  tornam-­‐se  melhores.  
9 -­‐  Melhora  sua  qualidade  de  vida.  
9 -­‐  Sua  vida  torna-­‐se  mais  equilibrada  com  crescimento  constante.  
9 -­‐  Adquire  mais  flexibilidade.  
9 -­‐  Recebe  estímulo  intelectual  ao  discutir  ideias  importantes.  

 
                         17  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

9 -­‐  Torna-­‐se  mais  criativo.  


9 -­‐  Transforma-­‐se  mais  na  pessoa  que  quer  ser.  
9 -­‐  Torna-­‐se  um  modelo  para  os  outros.  
O  coaching  propicia  o  potencial  para  o  avanço  no  seu  trabalho  e  melhores  perspectivas  
a  curto,  médio  e  longo  prazo.  
 
Para  a  empresa:  Benefícios  organizacionais  
9 -­‐  O  coaching  é  uma  evidência  do  comprometimento  da  empresa  em  desenvolver  seu  pes-­‐
soal.  
9 -­‐  O  coaching  propicia  uma  performance  de  alto  desempenho  duradouro.  
9 -­‐  O  trabalho  de  equipe  melhora.  
9 -­‐  O  coaching  mantém  os  funcionários-­‐chave  e  evita:  
9 -­‐  O  custo  do  retreinamento    
9 -­‐  A  perda  do  conhecimento  da  empresa  para  os  concorrentes  
9 -­‐  A  queda  na  produtividade  quando  o  pessoal  deixa  a  empresa  
O  coaching  tem  a  melhor  relação  custo-­‐benefício  para  alocar  recurso  no  local  certo  para  
as  pessoas  que  precisem  dele.  

5-­‐  HISTÓRICO  E  EVOLUÇÃO  DO  COACHING  

1350   –   surgiu  na   Inglaterra   /   Ungria  o   uso  da   palavra   “Coach”   para   denominar   aquele  
que  conduz  uma  carruagem  que  transporta  pessoas  e  mercadorias  de  um  lugar  para  outro.  
1580  –  Os  domadores  de  cavalos  selvagens  nos  EUA  são  chamados  de  coaches.  
1750  –  O  termo  coach  passou  a  ser  designado  para  o  mentor  dos  atletas;  
1850  –  a  palavra  “Coach”  era  utilizada  nas  universidades  da  Inglaterra  para  denominar  o  
tutor  de  uma  pessoa,  aquele  que  ajudava  os  estudantes  a  se  prepararem  para  os  exames.  
1950   –   Primeiramente   introduzido   na   literatura   de   negócios   como   uma   habilidade   de  
gerenciamento  de  pessoas.  
1960  –  Programa  educacional  em  Nova  York  introduziu  pela  primeira  vez  habilidades  de  
Coaching  de  Vida.  Este  programa  foi  transportado  para  o  Canadá  e  melhorado  com  a  inclusão  
de  resolução  de  problemas.  
1980  –  Programas  de  liderança  incluíram  o  conceito  de  Coaching  Executivo  e  o  mundo  
dos   negócios   começou   a   dar   importância   a   este   tema.   A   partir   da   década   de   80   o   Coaching  
emerge  como  uma  disciplina  poderosa  nas  organizações.  
-­‐  Atualmente  o  Coaching  utiliza  muitos  princípios,  com  a  prática  proveniente  da  área  es-­‐
portiva.      
-­‐  O  mundo  corporativo  e  educacional  já  reconhece  a  profissão  e  sua  importância.  

 
                         18  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

-­‐  A  literatura  e  os  nichos  de  atuação  são  crescentes  e  surpreendentes  na  sua  magnitude.  
-­‐  As  principais  áreas  de  atuação  do  Coaching  hoje  são:  Profissional  (Negócios,  Carreira  e  
Executivo)  e  Pessoal  (Vida,  Esportes,  Saúde,  Relacionamento,  Finanças  entre  outros).  
 

6-­‐VANTAGENS  DE  SER  UM  COACH  (PROFISSIONAL  DE  COACHING)  

O  Coaching  é  uma  experiência  muito  pessoal,  mas  todos  nós  dividimos  os  benefícios  que  
o  Coaching  traz  aos  nossos  clientes  e  a  nós  mesmos.  Você  que  decidiu  se  tornar  um  Coach,  
veja  na  lista  abaixo  o  quanto  sua  vida  vai  ser  impactada.  
Ö O  coaching  é  extremamente  realizador  
Ö Você   compartilha   com   pessoas   nas   áreas   que   são   mais   importantes   para   elas   no   mo-­‐
mento.  Você  pode  fazer  uma  diferença  enorme  em  suas  vidas  e  ver  os  resultados  aparecerem  
rapidamente.  Coaching  é  realização.  
Ö O  coaching  te  permite  trabalhar  em  casa  ou  em  qualquer  outro  lugar!  
Ö O  coaching  pode  ser  executado  por  telefone,  por  vídeo  conferência  ou  ao  vivo.  Seja  co-­‐
mo  for  o  coaching  pode  lhe  dar  mobilidade  e  escolhas  de  como  e  onde  trabalhar.  
Ö Define  as  próprias  horas  e  ritmo  de  trabalho.  Por  exemplo,  de  segunda  a  quarta,  das  10  
horas  da  manhã  a  uma  hora  da  tarde.  
Ö Você  decide  quando  executar  o  Coaching,  e  quando  terá  tempo  livre  para  criar  outros  
projetos.  Prefere  fazer  Coaching  à  noite?  Quer  2  horas  para  o  almoço?  A  escolha  é  sua.    
Ö O   Coach   ganha   bem.   O   Coaching   Integral   Sistêmico®   ganha   muito   bem.   Bons   coaches  
ganham  muito  bem,  variando  de  250  reais  a  sessão  até  1600  reais  em  valores  do  Brasil  em  se  
tratando  de  Life  coaching.  No  coaching  com  a  alta  direção  de  empresas  o  valor  da  sessão  chega  
a   R$   3.500,00.   Levando   em   conta  que  o   profissional   execute   4   sessões  por   dia   a   R$  450,00  a  
sessão   e   trabalhe   4   dias   por   semana   com   esse   número   de   atendimento/dia,   ele   ganhará   por  
mês  R$  28.800,00.  E  coaches  de  alta  performance  possuem  bem  mais  do  que  16  clientes.  E  ain-­‐
da  restarão  pelo  menos  mais  3  horas  por  dia  para  exercer  outra  atividade  se  assim  desejar.  
Ö O  Coaching  oferece  a  você  um  negócio  próprio  com  baixo  custo  de  implantação  -­‐  Tocar  
o  próprio  negócio  dá  muita  liberdade  e  espaço  para  criatividade.  E  não  há  muitos  negócios  nos  
quais  você  possa  entrar  apenas  com  o  treinamento  na  área  com  a  possibilidade  de  gerar  tantos  
ganhos.   Você   pode   seguramente   transitar   na   profissão   desenvolvendo   uma   base   de   clientes  
antes  de  abandonar  seu  trabalho  atual.  E  o  Instituto  Paulo  Vieira/FEBRACIS  disponibilizam  aos  
seus  alunos  e  profissionais  formados  em  suas  sedes,  salas  adequadas  para  a  realização  das  ses-­‐
sões  sem  que  o  recém  formado  tenha  que  investir  em  custos  de  implantação  e  manutenção  de  
uma  estrutura  própria.  
Ö O  Coaching  cria  um  crescimento  pessoal  contínuo  -­‐  Ao  elaborar  perguntar  poderosas  e  
fazê-­‐las  a  seus  clientes,  você  notará  que  naturalmente  você  começa  a  se  perguntar  muitas  coi-­‐
sas   também.   Você   pode   ajudar   as   pessoas   e   ainda   expandir,   crescer   e   atingir   resultados   en-­‐
quanto  contribui  com  o  crescimento  deles.  Imagine  conseguir  um  insight  brilhante  durante  uma  
sessão  de  Coaching  e  ainda  ser  muito  bem  pago  por  isso!  

 
                         19  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

Ö O  coaching  te  permite  trabalhar  em  rede  com  outros  coaches  integrais  sistêmicos  bem  
sucedidos.  -­‐  Você  se  torna  parte  de  uma  comunidade  de  ordem  mundial.  Precisa  de  um  contato  
nos  Estados  Unidos,  na  Europa?  Você  fará  parte  de  uma  grande  comunidade  de  coaches  inte-­‐
grais  sistêmicos®  espalhados  pelo  mundo  e  unidos  pelo  Portal  do  Coaching.  
Ö Coaching  =  Criatividade  -­‐   Os  clientes  de  Coaching  geralmente  dão  uma  estrutura  para  a  
criatividade  na  sua  vida.  O  mundo  se  torna  um  enorme  leque  de  possibilidades  onde  o  seu  tra-­‐
balho  é  estimular  seu  cliente  a  ter  ideias  e  estratégias  e  pô-­‐las  em  prática.  É  impossível  não  ter  
ideias  nem  estratégias  para  você  e  para  os  que  te  cercam!    
Ö Coaching  =  Oportunidade  -­‐  Como  uma  profissão,  o  Coaching  está  em  seu  pico.  É  a  mais  
nova  carreira  em  ascensão  nos  últimos  15  anos  nos  EUA.  Se  você  começar  agora,  em  cinco  anos  
poderá  ser  um  líder  em  sua  profissão.  
 
 

7  -­‐  PERFIL  DE  UM  COACH  INTEGRAL  SISTÊMICO®  

Competências  &  habilidades  


Avaliação  0  –  10  (0-­‐5  =  muito  crítico  /  6-­‐8=  crítico  /    9-­‐10=  bom)  

… -­‐   COMUNICAÇÃO   (saber   ouvir,   perguntar,   estabelecer   empatia,   gerar   novas   opções   e   en-­‐
tendimentos).  

… -­‐  MOTIVAÇÃO  (ser  auto  motivado,  autotransformador  e  flexível,  saber  motivar,  apoiar,  en-­‐
tusiasmar,  suportar,  aumentar  o  nível  de  autoconfiança  e  autoestima  dos  outros).  

… -­‐   PLANEJAMENTO   (gerar   foco,   saber   planejar,   segmentar   sonhos   e   objetivos,   saber   lidar  
com  propósitos,  crenças  e  valores).  

… -­‐   TRANSFORMAÇÃO   (entender   do   processo   de   mudança   e   transformação   das   pessoas,  


promover  melhorias  em  si  e  nos  outros).  

… -­‐  VISÃO  SISTÊMICA  (entender  de  processos  e  metodologias,  ter  estrutura  e  seguir  passos,  
etapas  para  gerar  resultados  continuamente).  

… -­‐  ÉTICA  &  CARÁTER  (ter  valores,  crenças,  ética  e  caráter).  


… -­‐  FLEXÍVEL  E  ADAPTÁVEL  (Se  adéqua  as  mais  diferentes  pessoas  e  situações  mesmo  indo  de  
encontro  aos  seus  paradigmas).    

… -­‐  RESILIÊNCIA  (Capacidade  do  indivíduo  de  superar  desafios,  de  sobrepor-­‐se  e  construir-­‐se  
positivamente  frente  às  adversidades).  

… -­‐  PERSUASIVO  E  INFLUENCIADOR  (ser  capaz  de  proativamente  vender  seu  trabalho  de  Coa-­‐
ching)  
 

 
                         20  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

8-­‐   COACHING   INTEGRAL   SISTÊMICO®   X   COACHING   TRADICIONAL:   VISÃO  


SIMPLIFICADA  E  COMPARADA  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
EXERCÍCIO:  Debata  com  seu  colega  depois  escreva  nas  linhas  abaixo  o  que  você  entende  
por  essa  figura  representativa,  comparando  o  coaching  tradicional  com  o  coaching  integral  sis-­‐
têmico®.  
_____________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________  
 
 
 
 

 
                         21  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

9-­‐   OS   DIFERENTES   TIPOS   DE   COACHING  APLICADOS   NO   COACHING   INTE-­‐


GRAL  SISTÊMICO®  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
-­‐  Coaching  de  Vida  ou  LifeCoaching  
No  lifecoaching  o  cliente  conquistará  um  pleno  equilíbrio  em  todas  as  áreas  de  sua  vida.  
Ele  conseguirá  ser  um  melhor  profissional,  mantendo  uma  ótima  saúde,  como  também  terá  sua  
relação  amorosa  e  conjugal  saudável  e  ainda  assim  não  perderá  o  foco  de  sua  vida  financeira  e  
assim  por  diante,  perfazendo  todas  as  áreas  de  sua  vida.  Normalmente  a  demanda  no  life  coa-­‐
ching  vem  de  uma  ou  duas  áreas  na  vida  do  cliente,  porém  sempre  serão  equilibrados  todos  os  
outros  pilares  da  vida  do  cliente  em  questão.  
 
-­‐  Coaching  Executivo  ou  Executive  Coaching  
Coaching   para   a  alta   gerência   ajuda   substancialmente   a   melhorar   as  tomadas   de   deci-­‐
sões  estratégicas  e  a  liderança,  aumentando  o  foco  nos  resultados,  criação  de  ações  pessoais  na  
condução  da  gestão  empresarial.  Uma  completa  auto  percepção  e  auto  avaliação.  Por  isso,  per-­‐
cebe-­‐se  a  melhora  do  clima  organizacional,  aumento  do  comprometimento  e  autorresponsabi-­‐
lidade   dos   indivíduos   que   formam   a   equipe/empresa.   O   resultado   percebido   já   nas   primeiras  
sessões   é   alto-­‐desempenho,   alta-­‐performance,   profundo   equilíbrio   e   construção   nas   outras  
áreas  da  vida.  
 
 

 
                         22  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

-­‐  Coaching  Empresarial  ou  Business  Coaching  


Essa  modalidade  de  coaching  lida  com  questões  relacionadas  com  a  empresa  e  os  resul-­‐
tados  obtidos.  Neste  caso  o  Coach  identificará  os  objetivos  da  empresa,  as  condições  gerais  de  
realização  do  executivo  e  da  própria  empresa  para  que  assim  possam  desenvolver  e  até  mesmo  
reinventar  o  executivo  (crenças,  competências  emocionais  e  competências  intelectuais  neces-­‐
sárias  para  conquistar  os  objetivos  qualitativos  e  quantitativos  de  antemão  estabelecidos).  Ele  
pode  ser  um  gerente  de  linha  ou  um  coach  profissional  contratado  de  fora  da  organização.  Há  
um  reconhecimento  crescente  de  que  coaching  é  muito  importante  para  ser  deixado  para  reu-­‐
niões   informais   com   o   gerente   de   linha.   Certamente   o   processo   de   coaching   será   mais   bem  
executado  por  um  profissional  treinado  e  experiente  do  que  por  alguém  praticando  de  forma  
empírica.   Os   gerentes   têm   muitas   tarefas   e   responsabilidades   e,   desenvolver   o   seu   pessoal   é  
certamente   a   mais   importante.   A   melhor   maneira   que   os   gerentes   podem   desenvolver   o   seu  
pessoal  é  proporcionando  coaching  profissional.  
Por  que  é  difícil  um  coaching  interno  ter  resultados  valorosos:  Primeiro,  é  difícil  para  um  
gerente   ofertar   o   tempo   necessário,   assim   o   coaching   torna-­‐se   esporádico   e   não   sistemático  
entre  as  atividades.  Em  segundo  lugar,  existe  muitas  vezes,  um  conflito  quando  o  gerente  que  
tenta  fazer  coaching  é  ao  mesmo  tempo  responsável  pela  avaliação  das  pessoas  e  pela  garantia  
de  bons  resultados  nos  negócios.  A  pessoa  que  está  recebendo  o  coaching  pode  se  resguardar  e  
é  difícil  para  o  gerente  ganhar  a  sua  inteira  confiança.  O  coaching  de  negócios  funciona  igual-­‐
mente  bem  para  equipes  e  indivíduos.  
 
 
-­‐  Coaching  para  Líderes    
Não  Basta  ser  Líder,  tem  que  ser  Coach.  Qualquer  um  que  visite  uma  Livraria  hoje  ficará  
facilmente  surpreendido  com  a  grande  quantidade  de  Livros  que  se  propõem  a  Desenvolver  ou  
Aperfeiçoar  a  capacidade  de  Liderança.  Tem-­‐se,  por  vezes,  a  impressão  de  se  estar  em  um  ver-­‐
dadeiro  buffet  com  as  mais  diversas  iguarias  à  nossa  disposição.  Dentro  deste  processo  de  bus-­‐
ca  de  formas  mais  eficientes  de  liderar  pessoas,  o  Coaching  tem  se  destacado  como  uma  das  
mais  completas  soluções  para  o  desenvolvimento  da  Liderança  –  senão  a  mais  completa.  
As  razões  para  isto  são  várias,  e  aqui  gostaríamos  de  destacar  algumas  das  que  conside-­‐
ramos  serem  as  principais:  
-­‐  O  Coaching  como  Modelo  de  Liderança  diminui  a  pressão  sobre  os  Liderados.  
-­‐  O  Líder  Coach  tem  como  ponto  de  partida  o  respeito  incondicional  pelo  liderado  en-­‐
quanto   ser   humano.   Isto   é   natural   e   imediatamente   percebido   pelo   liderado   –   seja   de   uma  
forma  consciente  ou  inconscientemente  –  o  que  diminui  o  antagonismo  e  as  barreiras  ao  exer-­‐
cício  da  liderança  por  parte  do  Líder  Coach,  melhorando  e  solidificando,  desta  forma,  a  Relação  
de  Liderança.  Você  simplesmente  não  consegue  mobilizar  talentos  na  base  do  chicote:  isto  só  é  
possível   se   houver   de   fato   uma   Liderança   capaz   de   despertar   o   potencial   para   o   melhor   nas  
pessoas  –  e  o  Coaching  atende  perfeitamente  a  esta  necessidade.  Isto  significa  que  aquele  che-­‐
fe   autoritário   e   carrancudo  que   era   um   verdadeiro   "feitor"   de   Pessoas   –   e  não  um   Gestor   de  
Pessoas  vejam  bem  –  está  hoje  mais  que  nunca,  com  os  seus  dias  contados.  

 
                         23  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

-­‐  O  Coaching  como  Modelo  de  Liderança  diminui  a  pressão  sobre  o  Líder.  Lembra  daque-­‐
le  chefe  autoritário  e  carrancudo  de  que  falamos  acima?  Não  seria  surpresa  para  ninguém  se  
um  belo  dia  ele  enfartasse,  não  é  mesmo?  Na  verdade,  o  que  cada  vez  mais  se  tem  percebido  é  
que  o  antigo  modelo  autocrático  é  tão  ou  mais  prejudicial  para  o  próprio  chefe  quanto  o  é  para  
os  liderados.  Neste  modelo,  o  chefe  muitas  vezes  entendia  que  ele  –  e  nada  além  dele  –  era  a  
única  coisa  que  separava  a  organização  para  a  qual  ele  trabalhava  do  mais  completo  caos:  este  
tipo  de  pressão  psicológica  por  vezes  cobrava  algum  preço,  seja  emocional,  ou  mesmo  em  ter-­‐
mos  de  saúde  física.  
O  modelo  de  Liderança  baseado  no  Coaching,  ao  diminuir  a  pressão  sobre  o  Líder,  não  
só  contribui  para  o  Aumento  de  sua  Qualidade  de  Vida,  como  também  libera  a  atenção  do  Líder  
para  aquilo  que  realmente  é  da  sua  competência:  o  ganho  imediato  é  uma  liderança  mais  foca-­‐
da  em  resultados  e  na  geração  de  valor  para  o  negócio.  
O  Coaching  como  modelo  de  liderança  facilita  a  atuação  do  RH.  Eu  deverei  abordar  este  
tema   em   outra   oportunidade   com   uma   maior  profundidade,   mas,   por   ora,   é   importante   aqui  
destacar  que  o  RH  é,  de  longe,  um  dos  maiores  beneficiados  pela  disseminação  da  cultura  de  
Coaching  dentro  da  empresa.  Isto  porque  o  Coaching  facilita,  em  muito,  o  trabalho  do  gestor  de  
pessoas  –  e  é  muito  fácil  entender  por  que.  
Se   partirmos   do   pressuposto   que,   em   toda   empresa,   em   toda   organização   –   qualquer  
que  seja  a  natureza  da  Organização  –,  existe  sempre  um  grau  de  tensão  entre  os  componentes  
da   Organização,   e   que   o   Coaching,   como   estilo   de   liderança,   contribui   para   uma   diminuição  
significativa  desta  tensão,  fica  fácil  de  entender  por  que  o  trabalho  do  RH  se  torna  imensamen-­‐
te  facilitado.  
Por  estas  e  por  outras  razões,  o  Coaching  tem  se  tornado  cada  vez  mais  o  modelo  de  Li-­‐
derança   que   mais   cresce   no   mundo.   Hoje,   mais   que   nunca,   não   basta   ser   Líder:   tem   que   ser  
Coach!  
 
-­‐  Coaching  Emocional  
Coaching  Emocional  é  um  processo  de  ajuda  centrado  nos  aspectos  emocionais  que  en-­‐
volvem  o  desempenho  na  vida  pessoal  ou  profissional.  Focalizando  seus  planos  pessoais,  vida  
pessoal  ou  profissional.  O  Coaching  Emocional  vai  abordar  questões  como:    
-­‐  Tratamento  dos  bloqueios  e  impedimentos  à  eficácia  das  suas  ações;    
-­‐  Desbloqueio  e  fortalecimento  do  uso  de  seus  recursos  pessoais  como  informações,  ex-­‐
periências,  estados  positivos  e  criatividade;    
-­‐  Desenvolvimento  das  suas  reações  emocionais  positivas;    
-­‐  Alinhamento  interno  para  a  realização  de  seus  sonhos  e  metas;  
Serão  trabalhados:  competências  emocionais,  sistema  de  crenças  e  valores.  
 
 
 
 

 
                         24  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

 
-­‐  Coaching  Financeiro  
Monta  uma  estratégia  a  partir  de  um  projeto  de  vida,  analisando  o  estado  atual  do  cli-­‐
ente  e  aonde  ele  quer  chegar  (metas  e  objetivos).  O  profissional  fornece  inúmeras  possibilida-­‐
des  racionais  e  cognitivas,  como  também  através  da  metodologia  VAS®  promove  uma  completa  
reprogramação   das   crenças   financeiras,   transformando   crenças   de   escassez   em   crenças   de  
abundância  financeira.  O  processo  de  coaching  não  dá  respostas  prontas,  mas  ajuda  a  desen-­‐
volver  uma  base  para  que  as  pessoas  possam  descobrir,  o  que  e  como  fazer  com  o  dinheiro.  
 
-­‐  Coaching  Conjugal  e  Familiar  
Um  Coach  atua  na  identificação  e  exploração  das  qualidades  e  potenciais  do  indivíduo  
para  o  seu  autodesenvolvimento  e  consequente  mudança  comportamental  no  contexto  famili-­‐
ar.  As  limitações  auto  impostas  pelo  sistema  de  crenças  pessoal  e  familiar  também  são  conside-­‐
radas,  e  também  opções  são  exploradas  e  ações  definidas  para  que  as  mudanças  pretendidas  
ocorram.  Posterior  a  isso  há  um  plano  de  ação  que  é  definido  pelo  cliente  de  acordo  com  seus  
objetivos   e  fatores   limitantes.   Através  de   um   conjunto  de  ferramentas   e   estratégias,   o   Coach  
apoiará  o  cliente  na  direção  pretendida  e  da  ação  a  ser  realizada.  
 
-­‐  Coaching  de  Carreira  
O  coach  avalia  os  aspectos  psicológicos  e  profissionais,  tanto  os  positivos  quanto  os  ne-­‐
gativos,  como  também  as  habilidades  e  talentos  do  profissional.  Ele  orienta  seu  currículo  para  
determinada   área,   faz   dinâmica   e   exercícios   para   identificar   e   potencializar   as   competências  
emocionais,  simula  racionalmente  a  performance  pretendida,  tudo  para  diminuir  a  ansiedade  e  
treinar  as  habilidades  necessárias.  Ajuda  ainda  seu  cliente  a  estabelecer  metas  e  objetivos  de  
carreira.  Diminui  os  fatores  limitantes  ao  desenvolvimento  de  seu  cliente  .  
 
-­‐  Coaching  Psicológico  
A  prática  do  Coaching  Psicológico pode  ser  descrita  como  um  processo  facilitador  que  
busca  incrementar  o  desempenho,  o  aprendizado  e  o  crescimento  do  ser  humano  –  como  indi-­‐
víduo  ou  dentro  de  um  grupo.  O  Coaching  Psicológico  visa  aumentar  o  nível  de  satisfação  e  de  
bem-­‐estar,   o   desempenho   na   vida   particular   e   profissional   e   reduzir   o   estresse   no   trabalho,  
levando  à  melhores  resultados  e  ao  sucesso.  Tal  prática  é  sustentada  por  modelos  de  Coaching,  
embasados  nos  processos  de  aprendizagem  de  adultos  e  crianças  e  em  teorias  e  abordagens  já  
consagradas.   É   aplicada  por   Psicólogos-­‐Coaches experientes   e   graduados,   com   especialização  
ou  pós-­‐graduação   e   vivência   na   área,   que  passaram   por   supervisão   da   prática   e   desempenho  
profissional.  O  trabalho  do  Coach-­‐Terapeuta ajuda  a  descobrir  e  trazer  à  tona,  ao  nível  cogniti-­‐
vo,   os   obscuros   processos   psicológicos   inconscientes   dos   mecanismos   de   defesa   que   muitas  
vezes  dificultam  o  alcance  de  metas  propostas,  produzindo  resultados  indesejados.  
De  que  modo  o  Coaching  Psicológico  pode  ajudar?  O  problema  mais  comum  do  homem  
contemporâneo  é  encontrar  a  dose  certa,  a  proporção  ideal  entre  o  trabalho  com  as  responsa-­‐
bilidades   pessoais,   é   a   busca   do   equilíbrio   entre   trabalho   e   vida   pessoal.   Na   ausência   de   tal  

 
                         25  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

equilíbrio  surge  uma  infinidade  de  problemas  tais  como  a  depressão,  a  raiva,  a  insatisfação  pro-­‐
fissional,   a   falta   de   energia,   o   medo,   o   sentimento   de   perda   de   capacidade,   problemas   com  
desempenho  no  serviço,  de  relacionamento,  até  problemas  de  saúde.  
As  causas  desta  luta  desigual  repousam  no  fato  das  exigências  do  trabalho  e  da  vida  par-­‐
ticular  terem  se  tornado  mais  dominantes  em  nossa  sociedade,  levando  muitas  pessoas  a  cria-­‐
rem   expectativas   irrealistas   em   relação   a   si   próprias   e   aos   outros,   levando   a   tumultos   a  nível  
pessoal  e  interpessoal.  
Um  Coach-­‐Psicólogo pode  auxiliar  o  entendimento  das  forças  que  atuam  por  trás  de  nosso  
comportamento  e  munir-­‐nos  de  ferramentas  necessárias  para  aproveitar  melhor  o  tempo,  melho-­‐
rar  a  produtividade,  o  desenvolvimento  de  metas,  a  motivação  e  o  equilíbrio  entre  a  vida  profissio-­‐
nal   e   pessoal.   Quando   tal   equilíbrio   é   atingido,   não   só   experimentamos   uma   sensação   de   bem-­‐
estar,  como  também  conseguimos  vivenciar  o  momento,  aproveitar  a  vida  como  um  todo.    
O  papel  do  Coach-­‐Terapeuta no  processo  de  restauração  do  equilíbrio  envolve:  avaliar  
os  problemas  e  obstáculos  existentes;  identificar  e  modificar  comportamentos  e  pensamentos  
negativos;  oferecer  perspectiva,  discernimento  e  compreensão  do  “eu”  interior;  criar  e  imple-­‐
mentar   um   plano   de   ação;   proporcionar   apoio  e   buscar   alternativas;   comparar   as   metas   pro-­‐
postas  com  os  objetivos  alcançados;  identificar  e  eliminar  travas  e  traumas.  
Principais  benefícios  do  Coaching  Psicológico:    
9 Aprimoramento  de  desempenho,  maior  alcance  de  metas  -­‐  84%;    
9 Maior  abertura  para  o  aprendizado  pessoal  e  desenvolvimento  -­‐  60%;    
9 Auxílio  na  identificação  de  soluções  para  problemas  específicos  relacionados  ao  trabalho  
-­‐  58%;    
9 Maior  domínio  e  responsabilidade  sobre  suas  ações  -­‐  52%;    
9 Desenvolvimento  da  autoconsciência  -­‐  42%;    
9 Aprimoramento  de  habilidades  específicas  ou  comportamento  -­‐  38%;    
9 Maior  clareza  nos  papéis  desempenhados  e  objetivos  -­‐  37%;    
9 Correção  de  dificuldades  de  comportamento  e  desempenho  -­‐  33%.  

Principais  benefícios  do  Coaching  Psicológico  para  a  organização:    


9 Propicia  maior  uso  dos  talentos  e  potencial  do  indivíduo  -­‐  79%;    
9 Demonstra  comprometimento  por  parte  da  empresa  para  com  os  indivíduos  e  seu  de-­‐
senvolvimento  -­‐  69%;    
9 Melhora  o  desempenho  organizacional  e  a  produtividade  -­‐  69%;    
9 Incrementa  a  criatividade,  o  aprendizado  e  o  conhecimento  -­‐  63%;    
9 Motiva  intrinsecamente  os  indivíduos  -­‐  57%;    
9 Facilita  a  adoção  de  uma  nova  cultura  e  gerenciamento  de  estilo  -­‐  39%;    
9 Melhora  o  relacionamento  interpessoal  e  interdepartamental  -­‐  35%;    

Os  valores  percentuais  foram  publicados  em  uma  edição  recente  da  série  de  trabalhos  
da   Work   Foundation   “Managing   Best   Practice”.   A   reportagem   baseava-­‐se   em   uma   pesquisa  
realizada  a  respeito  de  recursos  humanos  e  especialistas  em  pessoal.  
 
 

 
                         26  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

-­‐  Coaching  de  Saúde  

Doenças  Físicas  
O  Coaching  de  Saúde  possui  uma  visão  trina  so-­‐
bre   o   ser   humano,   sendo   ele   composto   por:   1º   corpo   Crenças  debilitadas  
físico;   2º   emoções,   crenças,   intelectualidade   e   razão;  
3º  espírito.  A  metodologia  do  Coaching  de  Saúde  reco-­‐
nhece  que  as  doenças  no  corpo  físico  surgem  antes  no  
campo  emocional  e  nas  crenças,  para  em  seguida  refle-­‐
tir  no  estilo  de  vida,  para  só  depois  produzir  desequilí-­‐ Emoções  em  disfunção  
brios   de   vida   muitas   vezes   imperceptíveis   a   “olhos  
nus”.  E  para  que  a  cura  seja  real  e  permanente,  o  indi-­‐
víduo  deve  ser  visto  e  tratado  como  um  todo,  não  tra-­‐ Estilo  de  vida  
tando  apenas  a  doença,  mas  também  a  causa  delas  que   desequilibrado  /  
desarmonia  
estão  impressas  em  nas  crenças  e  emoções.  
Um   Coach   Integral   Sistêmico   é   um   profissional  
que  munido  de  ferramentas,  métodos  e  processos  neurais  auxilia  seus  clientes  a  conquistarem  
objetivos  desafiadores  em  suas  vidas,  como  também  a  resolverem  demandas  e  problemas  in-­‐
ternos  e  externos.  Muito  mais  do  que  aprender  a  lidar  com  problemas  e  dores  (físicas  e  emoci-­‐
onais),  o  coaching  possibilita  ao  cliente  aprender  com  as  dificuldades  e  desafios  e  atingir  pata-­‐
mares  muito  mais  elevados,  sendo  e  vivendo  absolutamente  tudo  o  que  pode  ser  e  usufruir  da  
vida.  
O   “Coach   de   Saúde”   (Médico   ou   profissional   de   saúde   formado   em   Coaching   Integral  
Sistêmico)  é  um  profissional  treinado  para  ajudá-­‐lo  a  entender  melhor  a  sua  condição  de  saúde.  
Mesmo  sendo  médico  ou  um  profissional  da  área  de  saúde,  o  coach  de  saúde  não  substitui  o  
médico  pessoal  e  de  cada  especialidade.  O  “Coach  de  Saúde”  possui  a  compreensão  precisa  dos  
processos  emocionais  somáticos,  compreendendo  que  95%  das  doenças  derivam  de  desajustes,  
desequilíbrios  emocionais,  falta  de  foco  e  objetivos  de  vida  (falta  de  sentido  na  vida).  Assim  o  
Coach   Integral   Sistêmico   de   Saúde   ajudará   seu  paciente/cliente   a  redirecionar   sua   vida,   cren-­‐
ças,   e   emoções   na   direção   de   uma   saúde   plena.   Certamente   o   coach   de   saúde   ajudará   a   seu  
cliente  a  criar  um  plano  de  ação  lógico,  racional  e  eficaz,  porém  trabalhará  também  suas  emo-­‐
ções  e  crenças  na  mesma  direção.  
O   Coach   de   Saúde   possui   as   informações   médicas   que   darão   um   suporte   adequado   a  
respeito  de  decisões  sobre  o  cuidado  da  saúde  de  seus  clientes,  atuando  em  parceria  com  seu  
médico  especialista.  Usando  toda  a  metodologia  racio-­‐emocional  do  Coaching  Integral  Sistêmi-­‐
co  o  coach  de  saúde  conduz  o  paciente/cliente  a  assumir  um  papel  ativo  nas  decisões,  fazendo-­‐
o  ter  condição  de  fazer  as  melhores  escolhas  em  relação  à  vida  como  um  todo,  gerando  hábitos  
saudáveis  que  serão  conquistados  de  forma  consistente  e  duradoura.  
Coaching  de  Saúde  e  a  Medicina  -­‐  A  prática  do  “Coach  de  Saúde”  é  exercer  uma  meto-­‐
dologia   complementar   ao   modelo   de   medicina   existente,   não   procura   substituir   ou   oferecer  
uma   alternativa.   A   medicina   moderna   é   muito   eficiente   e   está   altamente   avançada   no   trata-­‐
mento   de   infecções,   traumas,   emergências   e   cirurgias,   etc.   Ela   verdadeiramente   salva   muitas  
vidas.   Entretanto   existem   muitas   enfermidades,   tais   como   alergias,   asma,   câncer,   diabetes,  
obesidade,  cardiopatias,  dependências  físicas,  lúpus,  fibromialgia,  e  muito  outras  em  que  a  me-­‐
dicina   não   controla   completamente   os   resultados   e   ainda   tem   muitos   questionamentos   a   se-­‐
rem   respondidos.   Porém   reconhece   que   são   profundamente   influenciados   pelas   emoções,  
crenças  e  estilo  de  vida.  
 
                         27  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

O   médico   coach   de   saúde   será   treinado   a   construir   mudanças   profundas   em   quatro  


quesitos  fundamentais  da  saúde  humana:    
1º  Compreensão  dos  processos  psicossomáticos  e  do  tratamento  não  apenas  da  doença  
e  sim  das  causas  emocionais  geradoras  do  mau;    
2º  Restauração  da  estrutura  emocional  (inteligência  emocional)  e  conexão  saudável  do  
indivíduo  consigo  e  com  o  meio;    
3º  Substituição  de  crenças  limitantes  por  crenças  fortalecedoras  (refazer  a  autoimagem  
e  nível  de  merecimento);    
4º  Construção  da  força  emocional  necessária  para  o  cliente/paciente  mudar  hábitos  no-­‐
civos  (cigarro,  álcool,  bebida,  família,  atividade  física,  sono,  etc.).  
5º  Ajuda  seu  cliente  a  criar  um  estilo  de  vida  completamente  novo,  equilibrado  e  feliz.  
No  processo  de  “Coaching  de  Saúde”  procuramos  observar  e  modelar  o  que  as  pessoas  
saudáveis   fazem   para   se   manterem   assim   no   tocante   a   comportamentos,   atitudes   e   crenças  
emocionais,  ao  invés  de  observar  os  doentes  e  não  fazer  o  que  eles  fazem  para  ficarem  assim.  
Estudamos  o  processo  de  saúde  no  campo  racional  e  também  emocional.  
Não  buscamos  simplesmente  oferecer  um  modelo  “certo”  de  buscar  a  saúde,  procura-­‐
mos  enriquecer  o  modelo  individual  de  cada  pessoa.  O  “Coaching  de  Saúde“  é  uma  metodolo-­‐
gia  para  fazer  a  diferença  na  vida  das  pessoas  absolutamente  em  todas  as  áreas  e  ajudá-­‐las  a  
obter  aquilo  que  elas  desejam.  O  objetivo  é  ser  saudável  em  todos  os  aspectos.  
Quanto  cobra/ganha  um  Coach  de  Saúde  -­‐  O  Coach  Integral  Sistêmico  recém  formado  
cobra  por  sessão  em  média  R$  350,00.  Desta  maneira  acreditamos  que  o  médico  ou  profissio-­‐
nal  da  área  de  saúde  formado  em  CIS  pode  cobrar  acima  desse  valor  chegando  com  a  prática  
dessa  nova  profissão  a  mais  de  R$  800,00  por  sessão.  Levando  em  conta  que  o  coach  de  saúde  
possua  apenas  20  clientes  ativos  e  cobra  de  cada  um  apenas  o  valor  de  R$  400,00  por  sessão  
resultará  em  um  faturamento  mensal  de  R$  26.600,00  trabalhando  apenas  38  horas  semanais  
durante  o  expediente  normal.  Levando  essa  simulação  à  frente,  caso  o  Coaching  de  Saúde  te-­‐
nha  todos  os  horários  de  segunda  a  sexta  ocupados,  ele  chegará  a  ganhar  R$  48.000.00  por  mês  
sem  trabalhar  no  fim  de  semana,  muito  menos  madrugadas  adentro.  
O  Médico  Coach  de  Saúde  executará  a  nova  função  de  coach  fazendo  inicialmente  uma  
sessão  de  coaching  uma  vez  por  semana  totalizando  10  sessões  com  cada  cliente.  Nesse  perío-­‐
do  o  Coach  de  Saúde  buscará  identificar  e  sanar  as  debilidades  emocionais,  crenças,  atitudes,  
comportamentos   e   estilo   de   vida   que   estão   gerando   as   doenças   físicas.   Após   as   10   primeiras  
sessões,  o  coach  de  saúde  fará  cinco  sessões  quinzenais  e  mais  cinco  sessões  mensais,  totali-­‐
zando  mais  uma  vez  dez  sessões.  E  finalmente  o  coach  de  saúde  realizará  dez  sessões  mensais  
de  acompanhamento  e  sedimentação  de  todo  o  processo  de  cura  e  novo  estilo  de  vida  que  po-­‐
de  continuar  por  toda  a  vida.  
A  mensagem  principal  que  o  “Coaching  de  Saúde”  deseja  passar  é  que  “As  pessoas  po-­‐
dem  influenciar  profundamente  a  sua  saúde  física.”  A  saúde  pertence  a  cada  um  de  nós  para  
usufruir  plenamente  das  nossas  vidas.  O  “Coaching  de  Saúde”  mostra  o  caminho  a  seguir,  for-­‐
nece  todo  o  material  e  as  mais  modernas  ferramentas,  no  entanto,  é  você  que  coloca  as  funda-­‐
ções,  ergue  as  paredes  e  cobre  o  telhado,  de  maneira  sólida  e  duradoura.  
 

 
                         28  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

-­‐  Coaching  Esportivo  


O   coaching  nos   esportes   desenvolve   atletas   para   um   alto  desempenho   na   sua   modali-­‐
dade.   Os   atletas   recebem   coaching  de  um  profissional   em   coaching,   mesmo   que   ele   não   seja  
especializado  no  esporte  em  questão.  Ele  conduzirá  o  atleta  a  ter  foco  total  em  seu  treinamen-­‐
to  e  foco  nos  seus  objetivos  micro  e  macros.  Eliminando  as  traves  emocionais  e  o  diálogo  inter-­‐
no  que  imobiliza  o  desempenho  do  atleta  e  também  eliminará  os  mecanismos  sabotadores  in-­‐
ternos  e  externos.  O  coaching  esportivo  ajuda  o  atleta  também  a  lidar  com  o  sucesso  e  equilí-­‐
brio  de  vida  após  o  deslanchar  da  carreira,  fama  e  dinheiro.  
Coaching   esportivo   é   nova   estratégia   para   atletas   alcançarem   resultados.   Atletas   que  
desejam   ter   sucesso   devem   planejar   bem   sua   carreira,   analisando   aonde   quer   chegar   e   que  
competições  querem  conseguir  para  estar  no  pódio.  Para  responder  a  essas  perguntas  e  conse-­‐
guir  montar  um  planejamento  consistente,  muitos  esportistas  e  clubes  estão  procurando  pro-­‐
fissionais  especializados  em  Coaching.  
O  Coaching  fará  com  que  o  esportista  descubra  o  que  ele  realmente  quer  e  como  direci-­‐
onar  seus  esforços  para  conseguir  bater  esse  objetivo.  O  piloto  de  paraglider,  Cristiano  Ricci  foi  
um  que  conseguiu  através  do  coaching  entender  o  que  vitória  significava  para  ele,  e  assim,  en-­‐
tender  que  recursos  possuíam  e  os  pontos  de  melhoria  a  serem  buscados.  O  resultado,  após  11  
meses  de  coaching,  foi  à  conquista  do  Circuito  Sul  Minério  de  Paraglider  com  382  pontos  à  fren-­‐
te  do  segundo  colocado.  Agora,  o  atleta  está  em  busca  do  título  brasileiro  e  dos  campeonatos  
pan-­‐americano  e  mundial.  
A  procura  de  profissionais  de  educação  física,  treinadores  e  esportistas    nessa  área  estão  
em  visível  crescimento,  chegando  a  13,5%  dos  formandos.  Além  disso,  os  esportistas  também  
ocupam   a   terceira   colocação   entre   quem   busca   profissionais   especializados   em   Coaching.   A  
formação  básica  é  feita  em  oito  dias  e  envolve  entender  os  mecanismos  que  o  coach  deve  utili-­‐
zar  para  extrair  o  máximo  de  seus  coaches.  
 
-­‐  Coaching  para  Professores  
Quantos  professores  conseguem  atingir  seu  pleno  potencial  e  a  conquista  se  seus  obje-­‐
tivos  de  vida?  No  Ensino,  o  modo  de  repassar  o  conhecimento  é  de  grande  importância.  Os  pro-­‐
fessores  devem  analisar  como  os  alunos  aprendem,  tendo  em  conta  as  diferenças  individuais.  
Seguindo  os  princípios  do  Coaching  este  trabalho  torna-­‐se  simples  e  eficaz.  
A  Consciência: permite-­‐nos  chegar  onde  realmente  desejamos.    É  promovida  através  da  
auto-­‐observação,  autorreflexão,  autoconhecimento  e  torna  os  alunos  mais  seguros  de  si.  Para  
que   se   possa   aplicar   eficazmente   o   coaching   na   docência,   um   professor   deverá   previamente  
conhecer  o  método  e  atingir  um  grau  considerável  de  autoconhecimento,  autorreflexão  e  auto  
aceitação.  
Autoconfiança: está   relacionada   com   a   autoestima,   a   valorização,   a   confiança   em   si  
própria   e  projeta-­‐se   em  atitudes,   ações   e  pensamentos   positivos.   O   aluno   que  acredita   em   si  
próprio  também  acreditará  nos  professores,  nos  colegas,  nas  instituições  de  ensino  e  na  socie-­‐
dade.   O   método   do   Coaching   gera   um   profundo   senso   de   autoconfiança   tanto   no   professor  
quanto  nos  alunos.  

 
                         29  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

Autorresponsabilidade: a   estrutura   prima   do   Coaching   leva   o   aluno   a   aprender   a   res-­‐


ponsabilizar-­‐se  pelas  suas  ações  e  resultados,  ou  seja,  as  tarefas,  provas,  solicitações  que  o  pro-­‐
fessor   lhe   apresente   e   entre   outras.   Como   também   leva   o   professor   a   aumentar   sua   perfor-­‐
mance  individualmente  com  cada  um  dos  seus  alunos.  
Compatibilidade: existe  uma  total  compatibilidade  entre  a  carreira  docente  de  Coach,  
sendo  as  duas  extremamente  complementares  e  agregadoras.  Podendo  o  profissional  de  Coa-­‐
ching  de  forma  ética  e  acordada  captar  clientes  junto  ao  meio  docente  e  discente  de  forma  a  
alavancar  sua  carreira  e  resultados  financeiros.  
Alta  remuneração: o  Coaching  mais  do  que  uma  profissão,  é  um  negócio  extremamente  
rentável,  tendo  o  valor  da  sessão,  no  Nordeste,  variando  em  torno  de  R$  250,00  a  R$  850,00.  
Com  uma  demanda  crescente  e  emergencial  no  tocante  a  Coaching  de  Vida,  Coaching  Empresa-­‐
rial,  Coaching  de  Carreira  entre  outros.  
 
 
-­‐  Coaching  para  Advogados  
Coaching  é  uma  ferramenta  de  desenvolvimento  profissional,  que  se  baseia  no  aumento  
da   autoconsciência   individual   do   profissional,   por   meio   de   um   processo   contínuo   de   parceria  
entre  a  pessoa  treinada  e  o  coach,  que  resulte  em  um  progresso  constante,  no  sentido  de  al-­‐
cançar  os  objetivos  profissionais  e  pessoais  desejados.  
Você  está  satisfeito  com  a  atividade  que  executa?  E  onde  trabalha?  Entende  que  vai  al-­‐
cançar  seus  objetivos  profissionais  e  pessoais?  Você  crê  que  esteja  preparado  para  encarar  no-­‐
vos  desafios?  Você  quer  mais  tempo  livre,  sem  estresse  ?
O  coaching  (treinamento)  é  amplamente  difundido  nos  Estados  Unidos  e  no  Brasil.  Apa-­‐
receu  como  uma  ferramenta  para  atender  à  necessidade  do  novo  mercado  de  trabalho  jurídico,  
cujos  profissionais  encontraram  no  coach  (treinador),  o  parceira  ideal  para  alavancarem  as  res-­‐
pectivas  carreiras  e  para,  ao  mesmo  tempo,  alcançarem  os  seus  objetivos  profissionais  e  pesso-­‐
ais.
Por  necessidade  do  novo  mercado  de  trabalho  e  dos  profissionais,  surgiram  os  coaches  
voltados  para  o  desenvolvimento  pessoal,  profissional  e  empresarial.
Na   esfera   jurídica,   não   é   diferente,   houve   uma   grande   transformação   no   mercado   de  
trabalho  e  no  perfil  do  advogado  no  Brasil.  Nos  Estados  Unidos,  centenas  de  web  sites  ofere-­‐
cem  os  serviços  de  coaching  for  lawyers.  Entre  eles,  chamo  a  atenção  para  o  de  Daniel  Roberts  
(www.coachingforlawyers.com/)  e  o  de  Phyllis  Sisenwine  (http://www.thelawyerscoach.com/),
Novo  Mercado  de  Trabalho  do  Advogado  
O   novo   mercado   de   trabalho   do   advogado   no   país   é   competitivo   e   escasso.   Inúmeros  
advogados  desistem   da  carreira   por  falta  de   oportunidade   ou   por  estarem   frustrados   com   os  
resultados  que  veem  obtendo  na  carreira.  O  reflexo  disso  é  o  número  de  candidatos  em  qual-­‐
quer  concurso  público  na  área  legal  e  ainda,  o  aumento  de  cursos  preparatórios  para  concur-­‐
sos.   Com   os   escritórios   de   advocacia   não   é   diferente,   quando   precisam   preencher   uma   vaga  
recebem  centenas  de  currículos  e,  na  maioria  das  vezes,  não  encontram  o  profissional  deseja-­‐
do.

 
                         30  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

Todos   os   anos,   as   faculdades   do   país   formam   milhares   de   bacharéis   em   Direito.   Esses  


profissionais  ingressam  no  mercado  de  trabalho  sem  ter  a  mínima  noção  de  seus  objetivos  pro-­‐
fissionais   ou   da   profissão   escolhida,   No   século   passado,   devido   à   escassez   de   advogado,   eles  
eram  valorizados  e  cultivavam  um  formalismo  empolado,  falavam  o  "juridiquês",que  a  maioria  
das  pessoas  não  compreendia.  Mas  o  mercado  de  trabalho  mudou.
Atualmente,  é  fundamental  para  os  profissionais  do  Direito  entender  a  dinâmica  desse  
mercado,  no  qual  houve  uma  grande  transformação,  e,  igualmente,  mudou  o  perfil  do  advoga-­‐
do.  Não  basta  cursar  uma  faculdade  de  renome  para  ingressar  no  mercado  de  trabalho,  é  ne-­‐
cessário  algo  mais.  Ele  deve  estar  em  sintonia  com  as  exigências  do  novo  mercado  de  trabalho.
Muitas  vezes,  a  escolha  do  ramo  de  atividade  jurídico  é  meramente  casuísta,  sem  qual-­‐
quer  espécie  de  programação  ou  de  objetivo.  O  ramo  do  Direito  proporciona  uma  diversidade  
de   disciplinas,   tais   como   tributário,   criminal,   trabalhista,   contratual,   regulatório,   etc.   Escolher  
no  início  de  carreira  uma  disciplina  para  trabalhar,  praticamente  a  vida  inteira,  é  muito  comple-­‐
xo.  É  ainda  mais  difícil,  após  anos  de  atividade,  querer  migrar  para  outra  disciplina.
Perfil  Profissional  
Na  busca  da  realização,  é  relevante  para  o  profissional  do  Direito  saber  escolher  a  área  
de  atividade  que  irá  exercer  no  mercado  jurídico.  Para  isso,  o  profissional  deverá  ter  conheci-­‐
mento  do  seu  perfil.
Na  esfera  jurídica,  existem  diversos  perfis  de  profissionais  que  representam  as  habilida-­‐
des  dos  profissionais,  por  exemplo:
a)  Profissionais  com  habilidade  educacional,  professores  natos,  vivem  em  ambiente  aca-­‐
dêmico;
b)  Profissionais  doutrinadores  vivem  no  mundo  acadêmico,  mas  não  ministram  aulas;
c)  Profissionais  comunicativos  e  acessíveis,  com  extenso  network,  circulam  no  meio  em-­‐
presarial,  como  sócios  ou  associados,  captam  clientes  para  os  escritórios;
d)  Profissionais  que  apresentam  habilidade  em  administrar,  adaptam-­‐se  perfeitamente  
ao  departamento  jurídico  e  ao  ambiente  empresarial,  como  gerentes  ou  diretores;
e)   Profissionais   que   escrevem   muito   bem,   devido   á   criatividade   jurídica   que   possuem,  
são   eruditos   e   sempre   buscam   o   conhecimento   nos   livros   jurídicos,   fazem   seu   trabalho   com  
prazer,  atuam  em  qualquer  ramo  do  Direito,  mas  destacam-­‐se  como  processualistas;
f)   Profissionais   que   detém   conhecimento   generalista,   transitam   superficialmente   em  
quase  todos  os  ramos  do  Direito,  mas  sem  se  especializarem  em  algum  ramo  era  especial;
g)   Profissionais   que   buscam   o   conhecimento   jurídico   pela   internet   (são   conhecidos   no  
mercado  como  os  "ctrl  c,  ctrl  v");
h)  Profissionais  que  possuem  habilidade  em  transitarem  foros  e  tribunais,  órgãos  públi-­‐
cos  entre  outros,  pois  são  conhecedores  do  formalismo  exigido  portais  órgãos;
i)  Expressam-­‐se  muito  bem  em  audiência,  seja  qual  for  à  matéria  a  que  são  submetidos;
f)  Entre  outros.
Para   ter   empregabilidade,   o   advogado   necessita   modernizar-­‐se,   precisa   estar   em   har-­‐
monia  com  as  necessidades  deste  novo  mercado  de  trabalho  da  advocacia  brasileira.

 
                         31  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

Tendo  era  vista  que  o  Direito  proporciona  ao  profissional  um  vasto  elenco  de  matérias  
jurídicas,   o   coach   poderá   auxiliá-­‐lo   a   encontrar   a   disciplina   que   esteja   em   harmonia   com   sua  
personalidade  pessoal  e  profissional.
Poderia  citar  inúmeros  casos  de  advogados  que  não  conseguiram  alcançar  seus  objeti-­‐
vos  profissionais  e  pessoais,  por  trabalharem  em  áreas  conflitantes  com  o  seu  perfil  profissional  
e  outros  que  atingiram  seus  objetivos  ao  acaso.  

Contudo,  para  aquele  que  ainda  não  atingiu  seu  objetivo  profissional,  alguns  ponto  são  
de  suma  importância:
a)  Refletir  sobre  a  vida  profissional;
b)  Buscar  a  respectiva  habilidade;
c)  Ponderar  sobre  os  defeitos  e  as  qualidades  profissionais;
d)  Escolher  os  ramos  do  Direito  que  estejam  em  consenso  com  perfil  profissional  e  pes-­‐
soal;
c)  Estar  em  sintonia  com  as  necessidades  deste  novo  mercado  de  trabalho  jurídico;
f)  Aperfeiçoar  a  competência;
g)  Manter-­‐se  sempre  atualizado:    
h)  Cuidar  muito  bem  do  network,  
i)  Aumentar  a  empregabilidade;
j)  Aprimorar  os  aspectos  de  liderança,  de  criatividade,  de  facilidade  de  comunicação,  de  
energia  empreendedora,  de  habilidade  de  relacionamento,  saber  trabalhar  em  equipe,  
etc.
Coaching  para  Advogados.  O  coaching  é  uma  ferramenta  de  desenvolvimento  profissio-­‐
nal,  que  se  baseia  no  aumento  da  autoconsciência  individual  do  profissional,  por  meio  de  um  
processo  continuo  de  parceria  entre  a  pessoa  treinada  e  o  coach,  que  resulte  em  um  progresso  
constante,  no  sentido  de  alcançar  os  objetivos  profissionais  e  pessoais  desejados.  Ultimamente,  
as  empresas  contratam  coaches  para  seus  executivos,  a  fim  de  melhorar  o  seu  desenvolvimen-­‐
to  profissional  internamente.
A   contratação   de   um   coach   pessoal   está   crescendo   entre   os   executivos   que   querem  
aprimorar-­‐se   em   termos   profissionais   e,   conjuntamente,   atingir   o   equilíbrio   entre   trabalho   e  
vida  pessoal.  O  trabalho  de  coaching  compreende  as  seguintes  atividades:  a  avaliação  do  histó-­‐
rico  da  carreira  profissional,  a  avaliação  e  situação  no  novo  mercado  de  trabalho,  a  identifica-­‐
ção   das   aspirações;   a   identificação   das  metas,  a   elaboração   conjunta   das   estratégias,   o   apoio  
nas  realizações,  entre  outras  atividades.  O  trabalho  de  coaching  pode  ser  focado  em  resultado,  
orientação,  consulta,  etc.  
Como  parceiro  do  advogado,  o  coach  irá  orientá-­‐lo,  no  sentido  de  que  alcance  os  seus  
objetivos  profissionais  e  pessoais.
O   coach   não   é   headhunter   ou   especialista   em   recolocação   profissional,   mas,   sim,   um  
profissional,  com  experiência  na  seara  jurídica,  focado  não  somente  nas  disciplinas  do  Direito,  
mas  também,  aquele  sintonizado  com  as  necessidades  do  contexto  atual  do  novo  mercado  de  
trabalho  jurídico.  A  função  do  coach  é  de  torna-­‐se  um  conselheiro  de  confiança  do  profissional  
do  Direito,  auxiliando-­‐o  a  alcançar  os  objetivos  pessoais  e  profissionais,
 

 
                         32  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

10  -­‐  CÓDIGO  DE  ÉTICA  E  CONDUTA  DO  COACH  INTEGRAL  SISTÊMICO  (CEC)  

 
COLETIVO  
1  –  Eu  irei  buscar  o  bem  comum  e  contribuir  para  o  fortalecimento  da  sociedade  com  
serviços  e  produtos  de  qualidade  e  que  garantam  o  bem  estar  e  o  sucesso  de  meus  semelhan-­‐
tes.  
2  –  Meus  trabalhos  serão  realizados  para  atender  as  necessidades  de  meus  clientes,  po-­‐
rém   quando   os   resultados   estabelecidos   confrontarem   com   a   necessidade   da   sociedade   ou  
bem   estar   coletivo   não   poderei   contribuir   com   meus   conhecimentos   para   a   realização   de   tal  
projeto.  
 

HONESTIDADE  
3  –  Eu  irei  apenas  utilizar  procedimentos  que  despertem  as  realizações  pessoais  e  pro-­‐
fissionais,  que  promovam  a  qualidade  de  vida  humana  e  a  felicidade.  Entendo  que  estarei  sen-­‐
do  desonesto  quando  utilizar  procedimentos  restritos  a  outras  classes  profissionais  como  médi-­‐
cos,  psicólogos,  e  outros.  
4  –  Eu  irei  identificar  casos  onde  meu  cliente  não  está  obtendo  ganhos  nos  trabalhos  de  
Coaching  e  irei  interromper  minhas  atividades  devolvendo  a  parte  cabível  do  pagamento  rece-­‐
bido  antecipadamente,  sempre  respeitando  as  cláusulas  contratuais  estabelecidas.  
5   –   Quando  eu   identificar   que   meu   cliente  pode   obter   maiores   resultados   com   outros  
profissionais  ou  treinamentos  eu  irei  imediatamente  sugerir  novas  abordagens.  
 
SIGILO  
6  –  Eu  irei  respeitar  os  segredos  das  pessoas,  dos  negócios,  das  empresas  e  de  qualquer  
cliente,  entendo  que  toda  informação  é  sigilosa  e  que  para  ser  utilizada  deve  antes  ter  o  con-­‐
sentimento  do  cliente.  
7  –  Eu  nunca  irei  utilizar  as  informações  concedidas  pelo  meu  cliente  para  obter  qual-­‐
quer  tipo  de  ganho  ou  benefício  próprio  sem  a  autorização  por  escrito  dele.  
8  –  Eu  irei  guardar  e  registrar  meus  trabalhos  buscando  sempre  preservar  e  garantir  a  
individualidade  de  meus  clientes.  
 
COMPETÊNCIA  
“A  função  de  um  citarista  é  tocar  cítara,  e  a  de  um  bom  citarista  é  tocá-­‐la  bem”.  (ARIS-­‐
TÓTELES).  
9  –  Eu  sempre  estarei  avaliando  a  qualidade  e  os  resultados  de  meus  produtos  e  servi-­‐
ços.   Entendo   que   o   aperfeiçoamento   contínuo   é   a   excelência   desta   profissão.   Sempre   que  
necessário  buscarei  apoio  de  outros  profissionais  para  evoluir  como  pessoa  e  profissional.  
 
 
                         33  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

PRUDÊNCIA    
10  –  Eu  irei  exercer  minhas  atividades  com  a  maior  prudência  possível.  Analisarei  as  si-­‐
tuações  de  forma  profunda  e  minuciosa  e  sempre  ponderando  as  decisões  a  serem  tomadas  e  
os  resultados  finais.  
11  –  Eu  irei  fazer  com  que  meu  cliente  entenda  logo  na  primeira  reunião  a  natureza  do  
Coaching,  o  sigilo  com  as  informações,  o  investimento  financeiro  e  outros  termos  que  garantam  
o  sucesso  de  meu  trabalho.    
 
VERDADE  E  HUMILDADE  
12  –  Eu  sei  que  não  sou  perfeito  e  que  não  possuo  todas  as  respostas  para  atender  as  
necessidades  de  meus  clientes.  Sempre  atuarei  com  a  verdade  e  a  humildade.  
 
RESPEITO  
13  –  Eu  irei  respeitar  outras  abordagens  que  buscam  promover  a  excelência,  a  felicidade  
e  a  qualidade  de  vida  humana.  
14  –  Eu  sempre  respeito  o  momento  de  meu  cliente  e  atuo  com  a  máxima  excelência  em  
todas  as  minhas  abordagens.    
Eu,________________________________________________________________   Futu-­‐
ro  Coach,  me  comprometo  a  seguir  o  código  de  conduta  e  ética  acima,  na  prática  da  minha  pro-­‐
fissão.  
 
_______________________________________________  
         Assinatura                                                                                                                                        Data:  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         34  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

11   -­‐   QUAIS   OS   OBJETIVOS   QUE   LHE   TROUXERAM   PARA   ESTE   CURSO?     O  


QUE  ESPERA  DELE  E  DE  SI  MESMO?    

 
1)  Ter  uma  carreira  vitoriosa  e  lucrativa  como  coach  integral  sistêmico®  
(            )  
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
2)  Usar  o  C.I.S.®  para  fortalecer  minha  carreira  e  resultados  na  minha  profissão.  
(            )  
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
3)  Usar  o  C.I.S.®  para  alavancar  o  crescimento  da  minha  empresa  
(            )  
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
4)  Usar  o  C.I.S.®  para  restaurar  minhas  emoções  e  crenças.  
(            )  
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
5)  Usar  o  C.I.S.®  para  ..............................................................:  
(            )  
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 

Exercício:  Debata  com  seu  parceiro  quais  são  seus  objetivos  neste  curso.  
 

 
                         35  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

O  COACHING  COMEÇA  AQUI  –  (E  Se...)  

 
E  se...  Suas  desculpas  forem  substituídas  por  suas  ações?    
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
E  se...  Você  decidir  exatamente  onde  quer  chegar?  
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
E  se...  Você  compreender  o  que  de  fato  te  impediu  de  chegar  lá?    
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
E  se...  Você  der  o  melhor  que  puder?    
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________  
 
E  se...  Você  for  capaz  de  enfrentar  seus  desafios  com  coragem?    
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
E  se...  Você  tomar  atitudes  que  realmente  façam  a  diferença?  
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
E  se...  Você  realmente  se  importar  com  os  outros?    
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________  
 
E  se...  Tudo  isso  acontecer.  Como  será  a  sua  vida?    
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________  

 
                         36  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

CAPÍTULO III – COACHING INTEGRAL


SISTÊMICO®

 
                         37  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

1.  PERGUNTAS  PODEROSAS  DE  SABEDORIA  (PPS)  

 
As  respostas  serão  sempre  muito  importantes,  porém  nunca  
superarão  as  perguntas  em  importância  e  poder.  Pois  as  res-­‐
postas  costumam  ser  limitadas  e  temporais,  e  as  perguntas  
são  ilimitadas  e  atemporais.  (Paulo  Vieira)  
 
As  pessoas  buscam  respostas  para  as  questões  da  vida.  E  vemos  outras  frequentemente  
aconselhando,  palpitando,  manipulando  e  persuadindo  através  de  seu  ponto  de  vista,  mapas  de  
mundo,  valores,  crenças  e  suas  verdades.  No  entanto  o  coach  não  tem  as  respostas,  pois  é  o  
cliente   que  tem   as   respostas,   as   melhores   e   mais   acertadas   respostas.  O   que   o   coaching  tem  
são   perguntas   poderosas   de   sabedoria   (PPS)   que   permitem   ao   cliente   (coachee)   obter   de   si  
mesmo  as  mais  profundas  e  fundamentadas  respostas.  Porém,  somente  boas  perguntas  produ-­‐
zirão  boas  respostas.  O  cliente  pode  dar  uma  coerente  e  supostamente  acertada  resposta  à  sua  
demanda,   porém   vamos   verificar   sua   efetividade   fazendo   muitas   outras   perguntas   poderosas  
de  sabedoria.    
9 -­‐  É  de  fato  a  melhor  resposta?    
9 -­‐  E  adequada  ao  contexto  não  revelado  do  cliente?    
9 -­‐  Faz  parte  do  cabedal  de  crenças  e  valores  do  cliente?    
9 -­‐  Ele  é  capaz  de  pô-­‐la  em  prática  (por  melhor  que  seja)?    
9 -­‐  Ele  está  preparado  para  por  tal  ideia  em  prática?    
9 -­‐  Ele  possui  credibilidade  ou  experiência  para  realizar  isto?  

 
OBJETIVIDADE  E  ASSERTIVIDADE    
Assim  como  uma  luz  poderosa,  a  pergunta  (PPS)  ilumina  os  lugares  mais  profundos  e  es-­‐
curos  do  indivíduo,  fazendo-­‐o  ver  o  que  não  via,  fazendo-­‐o  ouvir  o  que  antes  não  ouvia  e  fun-­‐
damentalmente  fazendo-­‐o  responder  o  que  acreditava  não  haver  respostas.  Entretanto  o  tem-­‐
po  será  sempre  um  fator  limitante  para  cliente  e  coach,  por  isto  é  importante  que  se  acostume  
a  conduzir  as  perguntas  de  forma  objetiva  obtendo  assim  respostas  assertivas  e  produtivas  para  
o  cliente  e  seus  objetivos.    
Como   já   sabemos   o   coach   não   responde,   porém   ele   supõe,   pois   normalmente   as   per-­‐
guntas  estão  cobertas  de  suposições  subliminares,  por  isso  muito  cuidado  ao  fazer  perguntas.  
Por  exemplo:  Quão  ruim  está  sua  situação?  Antes  de  fazer  uma  pergunta  como  essa,  primeira-­‐
mente  se  certifique  que  realmente  a  pessoa  passa  por  uma  situação  ruim.  E  depois  esteja  certo  
que  suas  suposições  são  potencializadoras.    
 
 
 
 
                         38  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

 
COMO  PERGUNTAR  e  ESCUTAR    
9 Pergunte  com  respeito  e  empatia.    
9 Ouça  com  respeito  e  empatia.    
9 Use  o  tom  de  voz  e  postura  para  fortificar  a  pergunta.    
9 Seja  pacífico  ao  perguntar.    
9 Seja  desafiador  ao  perguntar  (se  necessário).    
9 Fuja  do  mono  tom  e  varie  o  timbre,  tom  e  entonação  da  voz.    
9 Seja  enérgico  somente  quando  necessário.    
9 Pergunte  olhando  para  o  cliente  (de  preferência  nos  olhos).    
9 Ouça  o  cliente  olhando  para  ele.    
9 Respeite  as  respostas  do  cliente  por  mais  absurda  que  elas  sejam.    
9 Se  necessário  faça  mais  perguntas,  porém  não  critique  as  respostas  do  cliente.    
9 Ao  perguntar,  creia  que  seu  cliente  é  completamente  capaz  e  ilimitado  de  poten-­‐
cial.    
 
CARACTERÍSTICAS  DAS  PERGUNTAS  PODEROSAS  DE  SABEDORIA  (PPS)    
9 Orientadas  principalmente  para  o  Futuro.    
9 Orientadas  principalmente  para  a  ação  e  para  a  reflexão.  
9 Orientadas  para  a  Solução  e  Objetivos.    
9 Orientadas  para  a  autorresponsabilidade.    
 
BOAS  PERGUNTAS    
9 Boas  perguntas  nos  fazem  pensar.    
9 Boas  perguntas  produzem  boas  respostas.    
9 Boas  perguntas  produzem  ação  real.    
9 Boas  perguntas  geram  novas  possibilidades.    
9 Boas  perguntas  criam  espaços  de  flexibilidade.    
9 Perguntas  poderosas  geram  respostas  poderosas.    
9 Perguntas  de  sabedoria  produzem  respostas  sábias.    
 
 
 
 
 
 
 

 
                         39  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

SEGMENTAÇÃO  E  CLASSIFICAÇÃO  DE  PPS  

QUESTÕES  DO  TIPO  “POR  QUE”?  


PORQUE  EVITAR  O  “POR  QUE”  -­‐  Perguntas  que  começam  com  “por  que”  normalmente  
não  são  PPS.  Elas  costumam  gerar  3  respostas  fracas:    
1) Facilita  a  justificativa.    
2) Se  parecem  com  acusação.    
3) A  resposta  foca  o  problema  (passado)  e  não  a  solução  (futuro).      

Ex:   Por   que   você   não   tomou   as   medidas   necessárias   para   evitar   isso?   Busque   sempre  
que  possível  substituir  perguntas  com  “por  que”  por  perguntas  com  “o  que”.    
O  uso  do  POR  QUÊ?  Deve  ser  feito  com  muita  cautela.  Pode  fazer  com  que  o  cliente  es-­‐
tabeleça   justificativas   que   fique   num   estado   passivo   diante   das   situações   difíceis   e   entrar   em  
um  ciclo  de  loop  sem  saída.    
 
-­‐  Por  que  você  fez  isto?     -­‐  O  que  te  levou  a  fazer  isso?  
-­‐  Por  que  você  está  agindo  desta  forma?     -­‐  Que  sentimentos/pensamentos  te  levaram  
a  agir  assim?  
-­‐  Por  que  isto  é  importante  para  você?     -­‐  Em  que  contexto  você  acredita  ser  difícil?  
-­‐  Por  que  isto  acontece?     -­‐  O  que  você  tem  feito  que  faz  com  que  isto  
aconteça?  
-­‐  _____________________________     -­‐  _____________________________  
 
 
QUESTÕES  DO  TIPO  COMO?  
-­‐  Como  você  reage  em  relação  a  isto?     -­‐   Como   você   pode   assumir   o   controle   da  
-­‐   Como   isto   pode   fazer   com   que   você   des-­‐ situação?  
cubra  novas  formas  para...?     -­‐  ___________________________________  
-­‐   Como   você   gostaria   de   ter-­‐se   comporta-­‐ -­‐  ___________________________________  
do/sentido/agido?    
 
QUESTÕES  DO  TIPO  O  QUE?  
-­‐  O  que  aconteceu?     -­‐  O  que  isto  significa  para  você?    
-­‐  O  que  você  pensa  sobre  isto?     -­‐  O  que  você  irá  fazer  da  próxima  vez?    
-­‐   O   que   você   pode   fazer   numa   próxima   -­‐  ___________________________________  
oportunidade?    
-­‐  ___________________________________  
 
 
 
                         40  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Inntegral  Sistêmico  

 
QUESTÕES  DO  TIPO  QUAL?  
-­‐  Qual  a  grande  lição  que  você  pode  extrair   -­‐  Qual  seria  uma  nova  possibilidade?    
deste  acontecimento?     -­‐   Qual   o   resultado   positivo/negativo   desta  
-­‐  Qual  poderia  ser  uma  visão  positiva  sobre   decisão?    
este  assunto?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Qual  o  tempo  que  você  quer  que  isto  du-­‐
re?     -­‐  __________________________________  
 
 
QUESTÕES  DO  TIPO  QUANDO?  
-­‐  Quando  você  vai  iniciar/finalizar?     -­‐  Quando  você  começará  a  mudar?    
-­‐  Quando  você  pode  fazer?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Quando  você  decidiu?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Quando  isto  irá  acontecer?    
 
 
QUESTÕES  DO  TIPO  ONDE?  
-­‐  Onde  vai  ser?     -­‐  Onde  poderá  ser  iniciado?    
-­‐  Onde  começou  a  dar  errado?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Onde  você  se  vê  fazendo  isto?     -­‐  __________________________________  
-­‐  Onde  você  estará  daqui  a  cinco  anos?    
 
 
QUESTÕES  PARA  GERAR  AUTORRESPONSABILIDADE  
-­‐   O   que   realmente   está   acontecendo   que   -­‐  O  que  lhe  impediu  até  o  momento?    
dificulta  a  realização  de  seu  objetivo?     -­‐   Como   você   pode   assumir   o   controle   da  
-­‐   Quanto   de   controle   pessoal   ou   influência   situação?    
você  tem  sobre  o  seu  objetivo?     -­‐   O   que   você   deve   fazer   para   eliminar   as  
-­‐   Como   você   pode   fazer   para   minimizar   as   interferências  externas?    
influências   externas   na   realização   de   seus   -­‐  Como  especificamente  você  pode  dominar  
objetivos?     os  acontecimentos?    
-­‐  O  que  você  pode  fazer  apesar  de  todos  os   -­‐___________________________________  
obstáculos?    
-­‐   O   que   está   acontecendo   agora   que   está   -­‐___________________________________  
fora  das  suas  mãos?     -­‐___________________________________  
-­‐  O  que  está  te  segurando?    
 

 
                         41  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional    
  em  Coaching  Integral  Sistêmico  

 
QUESTÕES  PARA  DEFINIR  SEGMENTAÇÃO  DO  OBJETIVO  
-­‐  Por  onde  você  quer  começar?     -­‐  Como  você  atingirá?    
-­‐   O   que   você   quer   conquistar   com   tudo   is-­‐ -­‐  O  que  você  pode  fazer  agora?    
so?     -­‐   Como   você   considera   que   possa   atingir  
-­‐  O  que  você  pode  fazer  agora  para  iniciar  a   este  objetivo?    
realização  de  seu  objetivo?     -­‐  Como  você  poderia  mudar  imediatamente  
-­‐  Alguém  já  fez  o  que  você  deseja  alcançar?     e  curtir  o  processo?    
-­‐  Quais  foram  seus  primeiros  passos?     -­‐  Como  alguém  que  você  conhece  começou  
-­‐   Quais   serão   suas   metas   de   curto   prazo   a  transformar  seu  sonho  em  realidade?    
para  realizar  este  objetivo?     -­‐   Que   pesquisa   você   poderia   fazer   para   te  
-­‐  Por  onde  deve  iniciar?     dar  mais  ideias?    
-­‐  Como  você  pode  atingir  o  que  quer?     -­‐   O   que   ficará   diferente   quando   você   con-­‐
quistar  isso?    
-­‐   Qual   o   primeiro   passo   para   mudar   esta  
situação?     -­‐  O  que  precisa  acontecer  para...?    
-­‐  Como  você  pode  caminhar  em  direção  do   -­‐  ___________________________________  
seu  objetivo?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Como  você  poderia  começar  a  fazer  a  dife-­‐
rença?     -­‐  ___________________________________
 
 
 
QUESTÕES  PARA  LEVANTAMENTO  DE  RECURSOS  INTERNOS  E  EXTERNOS  
-­‐  O  que  irá  te  habilitar  para  alcançar  isso?     -­‐  Que  tipo  de  pensamento  pode  lhe  fortale-­‐
-­‐   O   que   você   precisa   ter   para   realizar   seu   cer?    
sonho?     -­‐  O  que  pode  lhe  inspirar?    
-­‐  Quais  as  habilidades  que  você  precisa  de-­‐ -­‐  Quais  são  as  habilidades  que  você  gostaria  
senvolver  para  concretizar  seu  objetivo?     de  aprimorar?    
-­‐  Quais  serão  seus  novos  comportamentos?     -­‐  ___________________________________  
-­‐   O   que   você   pode   fazer   para   chegar   mais   -­‐  ___________________________________  
depressa?    
-­‐   Quem   você   precisa   se   tornar   para   atingir   -­‐  ___________________________________  
sua  meta?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Quais  valores  você  deve  começar  a  priori-­‐
zar?    
 
 
 
 

 
                         42  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

QUESTÕES  PARA  MUDANÇA  DE  ESTADO  EMOCIONAL  


-­‐  Qual  é  o  estado  emocional  mais  apropria-­‐ -­‐   Quão   bem   você   realmente   quer   se   sentir  
do  para  você  estar  agora,  enquanto  começa   agora   para   começar   a   pensar   em   suas   pró-­‐
a   pensar   em   uma   ação   para   realizar   seu   ximas  ações?    
objetivo?     -­‐   Você   pode   perceber   todos   os   caminhos  
-­‐  Você  pode  pensar  em  uma  época  quando   nos  quais  você  irá  crescer  e  se  desenvolver  
se  sentiu  completamente  (coloque  o  estado   partindo  desta  atribuição?    
apropriado.   Ex.:   confiante,   persuasivo,   cal-­‐ -­‐   Coloque-­‐se  no   futuro  agora...   E   pense   so-­‐
mo,  etc.  )?       bre   ter   conseguido   alcançar   este   objetivo  
-­‐  Como  você  estaria  sentado,  ou  em  pé  ago-­‐ de   uma   forma   totalmente   bem   sucedida,   e  
ra   se   você   soubesse   que   é   completamente   apenas   permita-­‐se   sentir   e   curtir   este   sen-­‐
capaz  e  confiante?  (ou  qualquer  outro  esta-­‐ timento  de  sucesso  e  conquista.  Agora  volte  
do)   para   o   momento   presente,   trazendo   consi-­‐
-­‐  Ou  mais  sutilmente:  “Vamos  sair  para  dar   go  estes  sentimentos.  De  quais  novas  possi-­‐
uma   volta,   (ou   para   tomar   um   café)   en-­‐ bilidades  você  se  tornou  consciente?    
quanto  conversamos  sobre  isto”.     -­‐  Houve  alguma  época  em  que  você  se  sen-­‐
-­‐   Como   você   se   sente   só   de   imaginar   em   tiu  totalmente  decidido?  Como  foi  isto?    
concretizar  o  que  deseja?     -­‐  Como  será  sua  vida  quando  você  puder...?    
  -­‐  ___________________________________  
-­‐  ___________________________________
 
QUESTÕES  PARA  DESAFIAR  PARADIGMAS  
-­‐   O  problema  está  na  etapa,  ou  na  forma  co-­‐ -­‐   Como  sua  equipe  reage  à  mudança  em  suas  
mo  você  se  sente  em  relação  a  ela?     habilidades  e  como  isto  irá  fazer  você  se  sen-­‐
-­‐   Quais   crenças   você   está   tendo   que   podem   tir?    
ser  questionáveis?       -­‐   O   que   você   está   tomando   como   verdade,  
-­‐   Que   regras   de   vida   que   você   está   usando   que  pode  não  ser?    
que  podem  ser  desafiadas?       -­‐   O  que  você  tentaria  agora  se  tivesse  certeza  
-­‐   Que  recursos  você  não  usou  anteriormente,   de  que  não  iria  falhar?    
que  você  poderia  usar  agora?       -­‐  O  que  há  de  engraçado  nisto  tudo?    
-­‐  Como  você  lidaria  com  isto  se  você  fosse  um   -­‐  O  que  é  ótimo  sobre  isto?    
homem?   (ou   uma   mulher,   ou   um   adulto,   ou   -­‐   O  que  você  faria  agora  se  já  fosse  à  pessoa  
uma  criança,  etc.)     na  qual  você  sabe  que  tem  o  potencial  para  se  
-­‐   O   que   você   pode   aprender   com   este   pro-­‐ tornar?    
blema?       -­‐  Qual  a  intenção  positiva  disto?    
-­‐   O  que  o  (coloque  o  nome  do  ídolo  do  clien-­‐ -­‐   Eu   sei   que   você   não   sabe,   mas   e   se   você  
te)  faria  nesta  situação?     soubesse?    
-­‐   O  que  você  faria  se  o  seu  bônus  dependesse  
-­‐   ____________________________________  
da   resolução   satisfatória   deste   problema?  
-­‐   ____________________________________
(variações:  ou  seu  trabalho,  ou  sua  família!)    
-­‐   O   que   o   melhor   gerente   da   sua   empresa  
faria?    
 
 
                         43  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

QUESTÕES  PARA  ENCONTRAR  LIMITAÇÕES  


-­‐   O   que   está   te   impedindo   de   realizar   seu   -­‐  O  que  te  impede?    
objetivo?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  O  que  pode  ser  melhorado?    
-­‐  __________________________________  
-­‐  Quais  foram  às  dificuldades  encontradas?    
-­‐  Qual  foi  o  maior  desafio?     -­‐  __________________________________  
-­‐  O  que  precisou  ser  superado?    
 
QUESTÕES  PARA  MANTER  A  APRENDIZAGEM  
-­‐  Como  fazer  isso  mais  efetivamente?     tégias   estejam   completamente   disponíveis  
-­‐   Olhando   para   trás   agora,   o   que   você   para  você  quando  você  precisar?    
aprendeu?     -­‐  Como  você  irá  passar  adiante  estas  habili-­‐
-­‐  O  que  você  pode  aprender  com  isto?       dades  /estes    insights,  para  as  outras  pesso-­‐
as  da  sua  equipe?    
-­‐  Qual  é  a  principal  coisa  que  você  teria  fei-­‐
to  diferente  do  que  fez,  com  o  beneficio  de   -­‐   Como   você   irá   praticar   estas   habilidades  
ter  compreendido  agora  o  que  aconteceu?     em  outras  áreas  da  sua  vida?    
-­‐   O   que   te   ajuda   a   lembrar   de   habilidades   -­‐  Posso  pedir  um  feedback?    
que  agora  você  tem  vindas  de  uma  natureza   -­‐  ___________________________________  
secundária-­‐como  você  se  sente?    
-­‐  ___________________________________  
-­‐   Como   você   irá   manter   o   que   aprendeu  
desta  etapa,  para  que  as  habilidades,  estra-­‐ -­‐  ___________________________________  
-­‐  ___________________________________  
 
QUESTÕES  PARA  AVALIAR  O  PROGRESSO  
-­‐  Por  que  valeu  a  pena  estar  aqui  hoje?     -­‐  Qual  foi  sua  evolução  esta  semana?    
-­‐  O  que  está  sendo  mais  positivo  para  você   -­‐  ___________________________________  
nas  sessões  de  coaching?    
-­‐  ___________________________________  
-­‐  Qual  está  sendo  seu  progresso?    
 
QUESTÕES  PARA  OFERECER  APOIO  
-­‐   O   que   eu   posso   fazer   para   apoiar/   te   dar   -­‐   Como   você   se   sente   quando   alguém   tira  
suporte  nisto?     um  tempo  para  te  dar  Coaching?    
-­‐  O  que  eu  estou  fazendo  que  esteja  levan-­‐ -­‐   De   quais   outros   recursos/suportes   você  
do  ao  caminho?     precisa  para  fazer  isto?    
-­‐  O  que  eu  já  estou  fazendo  que  esteja  aju-­‐ -­‐  Qual  é  a  pergunta  que  eu  poderia  te  fazer  
dando?     agora  que  realmente  faria  a  diferença?    
-­‐   Como   eu   poderia   te   apoiar   dez   vezes   -­‐  ___________________________________  
mais?    
-­‐  ___________________________________    
 

 
                         44  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

QUESTÕES  PARA  GERAR  ESCLARECIMENTO  


-­‐  Quando  você  diz...  O  que  você  quer  dizer?     -­‐  O  quanto  isto  lhe  parece  certo?    
-­‐  O  que  significa  para  você?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Eu  estou  entendendo  de  forma  correta?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Isto  lhe  parece  certo?    
 
QUESTÕES  PARA  ELABORAR  PENSAMENTOS  
-­‐   Você   poderia   falar   um   pouco   mais   sobre   -­‐  Outra  pessoa  nesta  mesma  situação  pode-­‐
isto?     ria   ter   novas   compreensões   sobre   este   as-­‐
-­‐  Existe  algo  mais  para  ser  falado  sobre  este   sunto?  Quais  seriam?    
assunto?     -­‐  ___________________________________  
-­‐   __________________________________
 
QUESTÕES  DESAFIADORAS  
-­‐  Qual  a  evidência  de  que  isto  é  verdade?     -­‐   Esta   forma   de   pensar   pode   ser   uma   ma-­‐
-­‐  O  que  faz  você  pensar  isto?     neira  de  estar  se  protegendo?    
-­‐  Você  poderia  se  ver  fazendo  outra  coisa?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Isto  é  justo?  O  quanto  isto  é  justo?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Analise  e  veja  se  isto  é  lógico?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Isto  é  uma  interpretação  ou  um  fato?    
 
QUESTÕES  PARA  EXECUTAR  MELHORIAS  EM  CADA  ÁREA  DA  VIDA  
-­‐   Quais   são   as   melhorias   que   deseja   fazer   em   -­‐  Quais  são  as  melhorias  que  você  deseja   fazer  
sua  vida  familiar  ou  em  casa?       no  seu  interior?  
-­‐   Quais   são   as   melhorias   que   deseja   fazer   em   -­‐  Quais  são  as  melhorias  que  você  deseja   fazer  
sua  situação  financeira?     na  sua  relação  com  Deus?  
-­‐   Quais   são   as  melhorias  que  você  deseja  fazer   -­‐  Quais  são  as  melhorias  que  você  deseja   fazer  
no  seu  trabalho,  carreira  ou  empresa?     nas  suas  emoções?  
-­‐  Quais  são  as  melhorias  que  deseja  fazer  no  seu   -­‐  Quais  são  as  melhorias  que  você  deseja   fazer  
caráter  pessoal?     na  relação  com  seus  filhos?  
-­‐  Quais   são   as  melhorias  que  você  deseja  fazer   -­‐  Quais  são  as  melhorias  que  você  deseja   fazer  
no  seu  negócio?     na  relação  com  seus  pais?  
-­‐   Quais   são   as   melhorias   que   deseja   fazer   em   -­‐  Quais  são  as  melhorias  que  você  deseja   fazer  
suas  habilidades  profissionais?     na  relação  com  irmãos?  
-­‐   Quais   são   as   melhorias   que   deseja   fazer   em   -­‐  Quais  são  as  melhorias  que  você  deseja   fazer  
suas  habilidades  de  comunicação?     na  sua  saúde?    
-­‐   Quais   são   as  melhorias  que  você  deseja  fazer   -­‐  ____________________________________  
na  sua  qualidade  de  vida?    
-­‐  ___________________________________  
-­‐   Quais   são   as   melhorias   que   deseja   fazer   em  
sua  vida  amorosa?     -­‐  ___________________________________  

 
                         45  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

QUESTÕES  FINANCEIRAS  
Quase  todos  os  processos  de  coaching  abordam  o  aspecto  financeiro.  
-­‐  Como  está  sua  situação  financeira?       -­‐  Quanto  você  pode  poupar  a  mais  por  mês  
-­‐   Qual   é   o   seu   fluxo   estável   de   renda   men-­‐ do  que  está  poupando?    
sal?       -­‐  Quais  despesas  podem  ser  dispensáveis?    
-­‐  Você  vive  abaixo,  dentro  ou  acima  de  sua   -­‐   Que   ações   você   poderia   ter   para   dobrar  
renda?       seu  lucro,  salário  ou  retirada?    
-­‐  Você  é  um  poupador  natural  ou  um  gasta-­‐ -­‐  Quais  os  principais  erros  você  que  comete  
dor  habitual?       na  administração  do  seu  dinheiro?    
-­‐  Você  possui  dívidas  no  cartão,  cheque  es-­‐ -­‐  O  que  é  prioridade  para  você:  ganhar,  ter  
pecial,   agiota,   banco,   ou   com   amigos?   ou  usufruir  dinheiro?    
Quais?     -­‐  Quais  são  os  seus  medos  financeiros?    
-­‐   Você   já   parou   para   calcular   o   seu   custo   -­‐  ___________________________________  
mensal?    
-­‐  Quanto  de  dinheiro  exatamente  é  suficien-­‐ -­‐  ___________________________________  
te  para  você?       -­‐  __________________________________    
 
 
QUESTÕES  NO  AMBIENTE  DE  TRABALHO,  CARREIRA  OU  NEGÓCIO  
Ajuda  o  coachee  a  aperfeiçoar  o  seu  trabalho  ou  ambiente  de  negócios.  
-­‐   Quais   as   cinco   coisas   que   você   gasta   a   -­‐  Qual  é  o  aspecto  mais  gratificante  do  seu  
maior  parte  de  seu  tempo  fazendo  durante   trabalho?      
seu  dia  de  trabalho?     -­‐   Qual   é   a   parte   mais   difícil   ou   estressante  
-­‐  Quanto  mais  dinheiro  você  poderia  ganhar   do  seu  trabalho?      
se   focar     e   for   devidamente   inspirado   e   -­‐  Qual  é  o  aspecto  mais  interessante  do  seu  
apoiado?     trabalho?      
-­‐  Em  que  aspecto  e  de  que  forma  seu  traba-­‐ -­‐  Que  forças  ou  habilidades  que  você  possui  
lho  produz  estresse  na  sua  vida?     que  são  importantes  na  manutenção  e  cres-­‐
-­‐   Você   está   trabalhando   com   as   pessoas   cimento  profissional?      
certas?       -­‐  Quais  são  os  recursos  que  você  sente  falta  
-­‐   Qual   a   nota   que   você   se   daria   profissio-­‐ e  são  necessárias  para  o  seu  sucesso?    
nalmente?       -­‐  ___________________________________  
-­‐  Quais  são  os  conflitos  que  você  está  tendo  
hoje  em  seu  trabalho?  Quais  deles  te  amea-­‐ -­‐  ___________________________________  
çam?       -­‐  ___________________________________    
 
 
 
 
 

 
                         46  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

QUESTÕES  DE  POSSIBILIDADES  


Abrir  as  janelas  para  o  coachee.  
-­‐  Se  você  tivesse  todo  o  dinheiro  que  preci-­‐ -­‐  Qual  sonho  ou  objetivo  que  você  desistiu?    
sasse,  onde  e  como  você  viveria?       -­‐  Que  parte  de  você  que  desistiu  de  sonhar  
-­‐   Se   você   tivesse   as   respostas   para   seus   este  sonho?    
problemas,   quanto   tempo   seria   necessário   -­‐   O   quanto   você   gostaria   de  ter   mais  opor-­‐
para  resolvê-­‐los?     tunidades  em  sua  vida?    
-­‐   Você  tem   uma   visão   pessoal   ou  profissio-­‐ -­‐   Se   você   pudesse   mudar   3   comportamen-­‐
nal  sobre  o  futuro?  Qual  é?     tos  em  você,  quais  seriam?      
-­‐   O   que   você   gostaria   de   conquistar,   mas   -­‐   O   quanto   você   se   sente   responsável   pela  
provavelmente   não   é   possível   para   você   vida  que  tem  levado?  (usando  a  escala  de  0  
alcançar  nesta  vida?     a  10)    
-­‐  Em  uma  escala  de  1  a  10,  sendo  10  o  mais   -­‐  ___________________________________  
alto,  como  você  classificaria  a  qualidade  de  
sua  vida  hoje?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Usando  a  mesma  escala,  onde  você  acredi-­‐ -­‐  ___________________________________  
ta  que  pode  chegar  fazendo  coaching?    
 
 
QUESTÕES  DE  PRIORIDADES  
A  maioria  dos  coachees  precisa  de  apoio  para  identificar  e  focar  seus  objetivos  importantes.  
-­‐   Qual   é   o   seu   problema   pessoal   mais   ur-­‐ -­‐  Quais  sentimentos  você  precisaria  ter  para  
gente?       conquistar  todos  os  seus  objetivos?      
-­‐   Qual   é   o   seu   problema   de   negócio   mais   -­‐   Você   está   fazendo   por   onde   conseguir  
urgente?       seus  objetivos  mais  importantes?      
-­‐   Quais   problemas   aparentemente   insolú-­‐ -­‐  Qual  é  o  principal  foco  que  o  seu  coach  vai  
veis  você  vive  agora?       lhe  ajudar  a  manter  que  fará  você  a  atingir  
-­‐   Quais   são   as   três   maiores   mudanças   que   múltiplos  objetivos?      
pretende  fazer  em  sua  vida  nos  próximos  90   -­‐  O  que  é  mais  urgente  hoje  em  sua  mente  
dias?     que  você  está  disposto  a  partilhar  comigo?    
-­‐   Quais   são   as   três   maiores   mudanças   que   -­‐  ___________________________________  
você  fará  em  sua  vida  durante  os  próximos  
três  anos?       -­‐  ___________________________________  
-­‐   Quais   são   as   três   maiores   oportunidades   -­‐  ___________________________________  
que   você   está   tendo   agora   que   não   está  
aproveitando  ao  máximo?      
 
 
 
 

 
                         47  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

QUESTÕES  QUE  EVOCAM  OS  VALORES  DO  CLIENTE.  


-­‐   O   que   é   importante   para   você   a   respeito   -­‐  Que  qualidade  de  experiência  quer  ter  na  
de...?     sua  vida?    
-­‐  O  que  você  ganha  fazendo  isso...?     -­‐   Se   a   vida   é   uma   jornada,   quais   princípios  
-­‐  O  que  é  importante  para  você  aqui...?     são  seus  guias?    
-­‐   De   que   maneira   isso   é   importante   para   -­‐  O  que  de  fato  é  importante  ao  cliente?      
você...?     -­‐  O  que  move  sua  vida  e  suas  ações?      
-­‐  O  que  você  quer  isso...?     -­‐   O   que   o   deixa   “doído”   e   o   que   faz   ficar  
-­‐  O  quanto  você  quer  isso?     com  raiva  e  frustrado?    
-­‐  O  que  é  importante  para  você  em  relação   -­‐  Que  valor  está  sendo  violado?    
a  conseguir  isso...?     -­‐  ___________________________________  
-­‐   Quais   são   as   cinco   coisas   que   você   gosta   -­‐  ___________________________________  
em  relação  a  sua  vida?    
-­‐  Por  que  elas  são  importantes  para  você?     -­‐  ___________________________________  
-­‐  Com  o  que  se  importa?    
 
 
EXEMPLOS  DE  PPS  ONDE  AS  PERGUNTAS  SÃO  AS  RESPOSTAS  
-­‐  O  que  você  quer?     -­‐  Que  coisas  diferentes  eu  posso  me  permi-­‐
-­‐  O  que  essa  meta  conseguirá  para  você?     tir  fazer  hoje?    
-­‐  O  que  está  realmente  querendo  mudar?     -­‐  Quais  são  as  suas  expectativas  aqui?    
-­‐   Em   que   contexto   você   se   parece   com   o   -­‐  O  que  tem  que  acontecer  para  você  sentir  
Carlos?     que  tem  sucesso?    
-­‐  O  que  te  leva  a  agir  assim?  -­‐  Até  onde  você   -­‐  Que  hábitos  o  estão  prendendo?    
quer  chegar?     -­‐  Qual  é  o  custo  disso?    
-­‐  Quanto  você  aprendeu  com  essa  situação?     -­‐   O   que   está   impedindo   você   de   entrar   em  
-­‐   O   que   eu   vai   fazer   diferente   na   próxima   ação?    
vez?   -­‐   Quais   são   os   seus   maiores   recursos  nessa  
-­‐   Onde   você   acredita   estar   incongruente   situação?    
nessa  situação?     -­‐  O  que  faz  você  feliz?    
-­‐  O  que  você  está  fazendo  certo  que  te  leva-­‐ -­‐  O  quanto  você  está  sendo  sincero?    
rá  aos  teus  objetivos?     -­‐  A  que  você  foca  mais  a  sua  atenção?    
-­‐  A  que  você  está  ligado?     -­‐  Em  que  áreas  da  vida  você  não  está  reali-­‐
-­‐  A  que  você  está  resistindo?     zando  ainda?    
-­‐  O  que  mais  precisa  da  sua  atenção  agora?     -­‐  Quem  você  esta  se  tornando?    
-­‐  Como  você  pode  rir  e  sentir  prazer  no  que   -­‐  O  que  te  motiva  mais?    
eu  faz?     -­‐  O  que  você  espera  conseguir  fazendo  isso?    
-­‐  O  que  mais  te  diverte  neste  trabalho?     -­‐  O  que  você  valoriza  aqui?    
-­‐  O  que  você  pode  fazer  para  aumentar  sua   -­‐  O  que  é  importante  sobre  isso?    
vitalidade  e  saúde?     -­‐  Que  outra  escolha  você  tem?    

 
                         48  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

-­‐  O  que  você  pode  fazer  que  faria  diferença?     -­‐   Quem   você   admira   que   poderia   ajudá-­‐lo  
-­‐  Que  pergunta  eu  não  fiz,  que  seria  impor-­‐ aqui?    
tante  você  responder?     -­‐  Como  eu  saberei  que  ouve  mudanças?    
-­‐  O  que  de  pior  pode  acontecer  se  você  fizer   -­‐  Como  você  saberá  que  é  hora  de  agir?    
isso?     -­‐  Com  o  que  e  com  quem  eu  me  comparo?    
-­‐   Do   que   você   está   querendo   desistir   para   -­‐   Eu   estou   seguindo   o   meu   caminho   ou   o  
conseguir  isso?     caminho  de  alguém?    
-­‐   Com   o   que   você   está   realmente   compro-­‐ -­‐  O  quanto  você  se  sente  dependente  emo-­‐
metido?     cional  de  seu  cônjuge?      
 
EXERCÍCIO  1:  
TRANSFORME  AS  PERGUNTAS  FRACAS  EM  PERGUNTAS  PODEROSAS    
-­‐  O  que  devo  fazer?   Î  
-­‐  O  que  eu  quero?  
-­‐  De  quem  é  a  culpa?   Î  
-­‐  Qual  é  a  solução?  
-­‐  Por  que  eles  fizeram  isso?   Î  
-­‐  O  que  pode  tê-­‐los  induzido  a  fazer  isso?  
-­‐  Por  que  isso  está  acontecendo  comigo?   Î  
-­‐   O   que   você   pode   fazer   para   resolver   essa  
situação?  
-­‐  Porque  não  consigo  nunca  isso?   Î   -­‐  ______________________________  
-­‐   Por   que   eles   disseram   isso   para   me   Î   -­‐  ______________________________  
ofender?  
-­‐  O  que  você  precisa  fazer  para  conseguir   Î   -­‐  ______________________________  
isso?  
-­‐  O  que  pode  tê-­‐los  feito  dizer  isso?   Î   -­‐  ______________________________  
-­‐  Por  que  isso  aconteceu  comigo?   Î   -­‐  ______________________________  
-­‐  O  que  eu  posso  aprender  com  isso?   Î   -­‐  ______________________________  
-­‐  _____________________________   Î   -­‐  ______________________________  
-­‐  _____________________________   Î   -­‐  ______________________________  
-­‐  _____________________________   Î   -­‐  ______________________________  
 
 EXERCÍCIO  2:      

CLIENTE     COACH  

Fale  com  7  palavras  seu  problema   Î   Pergunta  com  6  palavras  sobre  o  problema  

Responde  com  5  palavras  a  pergunta  sobre   Î   Pergunta   com   4   palavras   a   sobre   o   pro-­‐
o  problema       blema  

Responde  com  3  palavras   Î   pergunta  com  2  palavras  sobre  a  questão  

Responde  com  1  palavra   Î   ACONTECEU!!!!  

 
 
                         49  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

EXERCÍCIO  3:    
Grupo  se  misturando...  1)  Escolha  um  par  e  façam  PPS  2)  Em  grupo  de  4  pessoas,  1  coa-­‐
chee  e  3  coaches  fazem  PPS  sequenciais  mantendo  o  mesmo  sentido  e  condução  3)  Em  grupo  
de  4  pessoas,  1  coachee  e  3  coaches  fazem  PPS  e  o  coachee  responde  
EXERCÍCIO  4  
Em  duplas,  com  toda  a  seriedade,  e  levando  em  conta  que  haverá  grandes  mudanças  e  
conquistas   entre   os   participantes,   e   certo   de   que   não   é   uma   simulação.   Identifique   com   seu  
cliente/colega  o  pilar  mais  importante  a  ser  trabalhado  usando  20  perguntas  poderosas  (anote  
cada  um  das  perguntas)  e  desvende  o  estado  atual  de  seu  coachee  naquele  pilar  específico.    
 
EXERCÍCIO  DE  CASA:    
Envie  por  e-­‐mail  perguntas  poderosas  para  3  amigos:  5  perguntas  para  identificar  o  es-­‐
tado  atual  5  perguntas  para  identificar  o  estado  desejado  5  perguntas  sobre  algum  dos  temas  
acima.    
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         50  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

2.  ESTADO  ATUAL:  Identificando,  analisando  e  compreendendo.  

Como  você  já  pode  imaginar  as  PPS’s  farão  parte  de  toda  a  sua  vida  e  principalmente  do  
processo   de   coaching.   Neste   momento   as   PPS’s   usadas   em   conjunto   com   as   ferramentas   de  
diagnóstico  trarão  luz  para  o  estado  atual  do  cliente.  E  com  esta  clareza  fica  fácil  para  o  cliente  
ver  de  fato  onde  está  e  assim  ele  pode  decidir  para  onde  quer  ir.  
Exercício  –  Em  duplas  levantem  o  Estado  Atual  do  Coachee  fazendo  unicamente  PPS’s  
 
FERRAMENTAS  PARA  IDENTIFICAÇÃO  DO  ESTADO  ATUAL  
ª -­‐  PPS  
ª -­‐  MAAS  
ª -­‐  SOL  
ª -­‐  MATRIZ  DE  DECISÃO  
ª -­‐  AVALIAÇÃO  MULTI-­‐DIRECIONAL  DE  Q.E  
ª -­‐  AVALIAÇÃO  MULTI-­‐DIRECIONAL  DE  HABILITADES  GERENCIAIS  
ª -­‐  AVALIAÇÃO  MULTI-­‐DIRECIONAL  DE  EFICÁCIA  NO  TRABALHO  
ª -­‐  AVALIAÇÃO  MULTI-­‐DIRECIONAL  DE  VENDAS  
ª -­‐  MAPA  DE  INDICADORES  DE  DESEMPENHO  
ª -­‐  15  MANEIRAS  DE  RESGATAR  RELACIONAMENTOS  
ª -­‐  EVOLUÇÃO  DE  CRENÇAS  POR  FASES  DE  VIDA  
ª -­‐  ORDENAÇÃO  DE  VALORES  VIVIDOS  

2.1  -­‐  Mapa  de  Autoavaliação  Sistêmico  (MAAS®)  

O  MAAS  é  um  ótimo  método  de  avaliação  e  compreensão  do  Estado  Atual,  já  que  ela  dá  
foco  a  todas  as  áreas  da  vida  de  uma  pessoa.  Esta  ferramenta  ajuda  o  cliente  identificar  primei-­‐
ramente  seus  valores  de  vida  pontuando  de  0  a  10  dentro  do  espaço  quadrado.  Em  seguida  ele  
identifica  a  nota  de  como  está  o  referido  pilar  naquele  momento,  também  com  nota  de  0  a  10.  
Porém,  o  cliente  assinalará  com  uma  marca  ou  ponto  a  nota  pertinente  ao  seu  estado  atual  em  
cima   da   linha   do   referido   pilar.   Tendo   dado  o   valor   a   cada  pilar   segundo   a   sua   importância  e  
dado   a   nota   referente   à   qualidade   de   cada   um  dos   pilares   hoje,   você   ajudará   o   seu   cliente   a  
mensurar  a  qualidade  de  vida  geral  e  de  cada  pilar,  bastando  para  isso  subtrair  o  valor  de  im-­‐
portância  que  ele  deu  a  cada  pilar  da  nota  de  avaliação  do  mesmo  pilar.    
Entendamos   que   felicidade   e   plenitude   de   vida   acontecem   quando   vivemos   em   cima  
dos   nossos   valores.   Por   exemplo:   seu   cliente   colocou   em   seu   MAAS   que   o   espiritual   é   muito  
importante  para  ele,  com  nota  10.  Porém  na  sua  avaliação  do  estado  atual  ele  retratou  que  a  
nota  hoje  nesse  pilar  é  6.  Dessa  maneira  ele  está  4  pontos  distantes  do  seu  ideal  de  vida  espiri-­‐
tual,   e   dentro   do   método   CIS,   qualquer   distância   maior   que   2   pontos   merece   atenção   focal.  
Pois  pela  sistematicidade  essa  área  está  sutil  ou  claramente  prejudicando  outros  pilares  da  vi-­‐
da.  Assim  a  equação  da  felicidade  é:  Valor  do  pilar  (    )    menos  a  nota  atual  do  pilar  =  qualidade  
de  vida  nessa  área  (    )  
 

 
                         51  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

O   ideal   é  ter   uma   visão  geral   de  todo   o   MAAS®  e   verificar   quais  os   piores   pilares   e   os  
melhores,  para  que  assim  possamos  dar  atenção,  e  dedicar  o  tempo  e  ação  necessários  ao  que  
precisa  ser  melhorado.  Iniciamos  focando  os  três  pilares  piores  ou  os  que  mesmo  não  sendo  os  
piores   exerçam   influência   sobre   eles.   OBS:   O   MAAS®   deve   ser   montado   a   cada   duas   sessões,  
pois  com  ele  você  e  seu  cliente  podem  mensurar  numericamente  a  evolução  durante  processo  
de  coaching.  
O  significado  de  cada  Pilar:  No  coaching  tradicional  é  o  cliente  que  estabelece  o  que  sig-­‐
nifica  cada  um  dos  pilares.  No  Coaching  Integral  Sistêmico®,  entendemos  que  esses  pilares  são  
universais  e  intrinsecamente  humanísticos  e  universais  não  podendo  ficar  a  sua  definição  a  cri-­‐
tério  da  individualidade  de  cada  cliente.  Assim  cada  pilar  possui  um  significado  e  definição  pró-­‐
pria  que  estão  presentes  no  livro  “Eu,  líder  eficaz”  do  próprio  Paulo  Vieira  e  impresso  pela  edi-­‐
tora  Premius.  (Fundamental  a  Leitura  deste  livro)  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Avaliação:  (usar  cores  diferentes  para  cada  nível  de  avaliação)  
d  5  =  Muito  crítico              3  a  4=  Crítico  /                  1  a  2  =  Bom  /  
Exercício:  
Em   dupla   através   de   PPS’s   monte  o   MAAS  de   seu   colega,   levando  em   conta   que   ele  é  
seu  cliente  e  que  a  ferramenta  é  poderosa  e  transformadora.  
 

 
                         52  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

2.2  –  AAIE  -­‐    Auto  Avaliação  da  Inteligência  Emocional  

Esta  ferramenta  é  de  grande  importância  em  programas  mais  longos  do  CIS.  Pois  focar  em  obje-­‐
tivos   palpáveis   e   ainda   promover   a   construção   de   competências   emocionais   demanda   mais   tempo   e  
muitos  exercícios.  Esta  ferramenta  também  pode  ser  feita  de  forma  multidirecional,  tendo  as  pessoas  de  
convívio  como  analistas  da  Inteligência  Emoci-­‐
onal  do  cliente.  
 
Competências  Pessoais:                                            soma  total  =___________  

‰  Autoconsciência   emocional:   Identifica  


sempenho  a  fim  de  satisfazer  padrões  inte-­‐
riores  de  excelência.  
nossas   próprias   emoções   e   reconhece   seu  
impacto;  usa  a  intuição  como  aliado.   ‰  Iniciativa:   Prontidão  para  agir  e  aproveitar  
‰  Auto   avaliação   precisa:   conhece   nossos   oportunidades.  
próprios  limites  e  possibilidades   ‰  Transparência:   Ser   honesto   e   íntegro;   dig-­‐
‰  Autoconfiança:   Um   sólido   senso   de   nosso   no  de  confiança.  
próprio  valor  e  capacidade.   ‰  Adaptabilidade:  Flexibilidade  na  adaptação  
‰  Autocontrole  emocional:  Manter  emoções   a   situações   voláteis   ou   na   superação   de  
obstáculos.  
e  impulsos  destrutivos  sob  controle.  
‰  Superação:   Ímpeto   para   melhorar   o   de-­‐ ‰  Otimismo:   Ver   o   lado   bom   dos   aconteci-­‐
mentos  
Quais  as  Competências  Pessoais  que  precisam  ser  aprimoradas?        
_____________________________________________________________________________________  
 
Competências  Sociais:                                  soma  total  =_________  

‰  Empatia:  Perceber  as  emoções  alheias,   ‰  Desenvolvimento   dos   demais:   Cultivar  


compreender  seus  pontos  de  vista  e  interes-­‐ as  capacidades  alheias  por  meio  de  feedback  
sar-­‐se  ativamente  por  suas  preocupações.   e  orientação.  

‰  Consciência   organizacional:   Identifica   ‰  Catalisação   de   mudanças:   Iniciar,   ge-­‐


as   tendências,   redes   de   decisão   e   a   política   renciar  e  liderar  em  uma  nova  direção.  
em  nível  organizacional  
‰  Gerenciamento   de   conflitos:   Solucio-­‐
‰  Serviço:   Reconhecer   e   satisfazer   às   nar  divergências.    
necessidades  dos  subordinados  e  clientes.  
‰  Trabalho   em   equipe:   Conquistar   a   co-­‐
‰  Liderança   inspiradora:   Orienta   e   moti-­‐ laboração  e  o  trabalho  em  equipes  com   alto  
va  com  uma  visão  instigante   desempenho.  

‰  Influência:  Dispor  de  uma  variedade  de  


táticas  para  persuasão.  
Quais  as  Competências  Sociais  que  precisam  ser  aprimoradas?        
_____________________________________________________________________________________  
Exercício  de  Casa:  Monte  o  MAAS  e  a  AAIE  com  algum  parente  ou  amigo.  

 
                         53  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

3.  ESTADO  DESEJADO:  Identificando,  analisando  e  estabelecendo  as  metas  


e  objetivos  certos  e  de  maneira  correta.  

O  objetivo  desta  etapa  é  o  fundamento  do  coaching,  visão,  ação  e  resultado.    


Aqui  através  de  perguntas  poderosas  de  sabedoria  (PPS)  o  coach  vai  identificar  os  obje-­‐
tivos  e  metas  do  coachee,  podendo  ser  objetivos  gerais  e/ou  específicos;  objetivos  materiais  ou  
emocionais  separados  por  pilar.  E  ainda  objetivos  de  curtíssimo,  curto,  médio  e  longo  prazo.  
O  oposto  de  estabelecer  meta  é  pensar  e  focar  no  passado  e  no  problema.  Neurologi-­‐
camente  existem  maneiras  e  critérios  para  se  estabelecer  uma  meta.  Elas  precisam  ser  claras  e  
específicas,  atingível  e  desafiadora,  motivadora  e  valorosa.  
Quando  a  meta  é  bem  estabelecida,  ela  produz  mudança  de  comportamento  e  atitude,  
fazendo  com  que  a  pessoa  passe  a  direcionar  sua  vida  consciente  e  inconscientemente  na  dire-­‐
ção  dela.  
Quando  metas  são  realmente  bem  estabelecidas,  o  passado  serve  somente  de  aprendi-­‐
zado,  e  todo  o  ser  é  projetado  para  o  futuro  e  para  solução.    Uma  das  grandes  armadilhas  no  
processo  de  coaching  é  quando  o  coach  perde  o  controle  do  processo  e  não  consegue  direcio-­‐
nar  seu  cliente  através  das  perguntas  poderosas  de  sabedoria  na  direção  de  uma  visão  positiva  
sobre  o  futuro.  E  deixa  o  cliente  preso  ao  passado  em  falas  de  lamentação,  lamuria,  explicação  
dos  porquês  ou  justificação.  
O  coach  inspira  e  apoia  seus  clientes  para  que  atinjam  suas  metas,  mas,  primeiro,  eles  
tem  que  estabelecê-­‐las.  As  metas  precisam  ser  claras,  motivantes  e  atingíveis.    
O   coach   ajuda   o   cliente   a   estabelecer   metas   individuais,   mas   ajuda-­‐o,   também,   a   ter  
uma  orientação  para  a  meta.  Uma  orientação  para  a  meta  é  a  habilidade  de  comunicar,  pensar  
e   sentir   consistentemente   na   realização   de   suas   metas   e   assim,   ter   uma   direção   geral   e   um  
propósito  na  vida.  
Uma  meta  não  é  a  mesma  coisa  que  uma  tarefa.  A  meta  é  o  que  você  quer.  A  tarefa  é  o  
que  você  tem  que  fazer  para  consegui-­‐la.  
Como  já  falamos  anteriormente  oposto  de  estabelecer  uma  meta  é  pensar  no  problema.  
Isto   foca   no   que   está   errado.   Muitas   pessoas   se   perdem   num   labirinto   de   problemas,   desco-­‐
brindo  a  história,  a  dor,  as  consequências  bem  como  de  quem  é  a  culpa.  
Estabelecer  metas  muda  a  pergunta  de  “O  que  está  errado?”  para  “O  que  eu  quero?”  
ou  “O  que  vou  fazer?”  Uma  vez  que  você  definiu  o  problema,  focalizar  na  meta  o  leva  em  dire-­‐
ção  a  solução  de  uma  maneira  estruturada,  rápida  e  efetiva.  
Lembre-­‐se  que  estabelecer  intelectualmente  metas  bem  elaboradas  ampliam  as  crenças  
e   o   sentimento   de  possibilidade   e   merecimento  do   seu   cliente,   e   entronizar   tal   meta   em   sua  
mente   subconsciente   o   fará   se   comportar,   pensar   e   sentir   focadamente   na   direção   de   seus  
objetivos.  
 

 
                         54  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

ESTABELECER  META  =  “O  QUE  EU  QUERO?”  

 
PENSAR  NO  PROBLEMA  =  “O  QUE  ESTÁ  ERRADO?”  

 
Estabelecer  metas  leva  você  de  um  estado  de  vitimação  para  a  ação  e  controle  de  sua  
vida.  
Existem  dois  tipos  principais  de  metas:  
1)  Metas  de  Vida/gerais  –  Conquistas  como  carro,  casa,  restauração  de  relacionamen-­‐
tos,  promoções,  viagens,  etc.  
2)  Metas  Emocionais  –  Equilibrar  positivamente  as  emoções  (curar  a  depressão)  dormir  
a  noite  toda  (curar  a  insônia),  ser  mais  paciente,  saber  dizer  não,  me  amar,  etc.    
 

3.1  -­‐  OS  SETE  PRINCÍPIOS  PARA  TRABALHAR  COM  METAS  

Existem  sete  princípios  para  se  ter  em  mente,  pois  tornam  suas  metas  realistas,  atingí-­‐
veis  e  motivantes.  Eles  se  aplicam  a  todas  as  metas,  metas  individuais  e  metas  da  equipe,  metas  
de  resultado  e  de  processo.  Ensine-­‐os  a  seus  clientes  e  aplique-­‐os  a  você  mesmo.  

1)  –  Estabelecida  de  forma  positiva  

Diga  o  que  você  quer  não  o  que  você  deve  evitar.  A  meta  é  seu  destino  e  dá  a  direção  
para   onde   se   mover.   Metas   positivas   são   energizantes   e   motivantes.   Uma   das   razões   pelas  
quais  parar  de  fumar  é  tão  difícil  é  porque  a  meta,  frequentemente,  é  expressa  no  negativo  –  
como  parar  de  em  vez  de  atingir  algo  positivo,  como  ter  boa  saúde  ou  ter  mais  dinheiro  dispo-­‐
nível.    
Perguntas  –  chave:    “O  que  eu  quero  ao  invés  disso?”  Exemplo:  Não  quero  casar  com  um  
homem  que  beba!  Resposta:    Quero  casar  com  uma  homem  equilibrado  e  sóbrio.  

2)  –  Metas  desafiantes  e  realistas  

Só  você,  Deus  e  o  tempo  poderão  limitar  a  sua  meta.  Faça  suas  metas  atingíveis,  mas  não  
muito  fáceis.  Metas  muito  fáceis  ou  muitos  difíceis  não  são  motivantes.  As  metas  mais  difíceis  vão  
ensiná-­‐lo  mais,  assim,  se  você  estiver  incerto,  erre  para  o  lado  do  desafio  porque  ninguém  sabe  do  
que   é   realmente   capaz.   Mude   as   metas   sempre   que   necessário.   Quando   a   meta   for   muito   difícil,  
coloque-­‐a  a  longo  prazo  e  estabeleça  outras  metas  intermediárias  de  curto  e  médio  prazo  que  ala-­‐
vanquem  a  meta  mais  longa  e  desafiadora.  O  objetivo  é  ter  sucesso  com  uma  meta  que  valha  a  pe-­‐
na,  e  não  falhar  majestosamente.  Quando  você  atingir   uma  meta  seja  ela  de  curtíssimo  ou  longo  
prazo,  congratule-­‐se  e  estabeleça  a  próxima  e  mais  alta  meta.  
Perguntas-­‐chave:    “Essa  meta  é  atingível?”    “Essa  meta  é  desafiante?”  “Que  outras  metas  in-­‐
termediárias  você  pode  estabelecer  que  te  ajudarão  a  conquistar  esta  outra?”  

 
                         55  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

3)  –  Meta  que  esteja  no  seu  controle  -­‐  Influenciada  diretamente  por  você  

A  meta  deve  estar  sob  seu  controle  direto  ou  indireto.  Você  deve  praticar  a  ação  e  não  
outra  pessoa.  Assim,  quando  planejar  o  que  fazer,  todos  os  planos  devem  começar  a  frase  “Eu  
irei...”  seguida  pela  ação  que  você  vai  fazer.  Os  outros,  certamente,  irão  ajudá-­‐lo,  mas  você  terá  
que  pedir  isso  a  eles.  
Perguntas   –   chave:   “Esta   meta   está   sob   meu   controle?”   “O   que   estarei   fazendo   para  
atingir  essa  meta?”  “O  que  farei  de  diferente  para  atingir  minha  meta?”  “Que  pessoas  me  aju-­‐
darão  nesta  ação  para  que  eu  atinja  a  minha  meta?”  

4)  –  Mensurável  ao  longo  do  processo  

Como  você  medirá  seu  progresso?    


Em  primeiro  lugar,  as  metas  devem  ter  um  prazo;  você  deve  dar  a  si  mesmo  uma  data  
limite.  Estabeleça  uma  data  definida  ou  de  um  certo  prazo  para  atingir  o  que  você  quer.  
Em  segundo  lugar,  deve  decidir  como  medir  o  seu  progresso  e  como  o  monitorar  conti-­‐
nuamente,  para  ter  certeza  que  você  está  no  caminho  certo  e  no  ritmo  certo.  
Você   pode   medir   seu   progresso   de   duas   maneiras:   Primeiramente   em   relação   a   você  
mesmo.  Tome  uma  área  na  qual  você  quer  progredir,  meça  a  sua  habilidade  presente,  estabe-­‐
leça  uma  meta  determinada  para  melhorá-­‐la  e  acompanhe  a  evolução  no  MAAS  ou  na  checa-­‐
gem  sistemática  das  metas  durante  o  processo  de  coaching.  Segundo  em  relação  a  outra  pes-­‐
soa.  
Perguntas  chave:    “Quando  vou  atingir  esta  meta?”  “Como  vou  medir  esta  meta?”  “Co-­‐
mo  vou  saber  que  estou  atingindo  /  que  eu  atingi  esta  meta?”  

5)  –  Cheque  seus  recursos  

Que  recursos  você  tem  para  atingir  sua  meta?  É  sempre  mais  motivante  saber  que  você  
tem  recursos.  Faça  uma  lista  dos  recursos  que  você  tem  para  atingir  suas  metas.  Recursos  po-­‐
dem  ser  pessoas,  coisas,  modelos  ou  qualidades  pessoais,  dinheiro,  conhecimento,  habilidades,  
etc.  
Perguntas   chave:   “Que   recursos   eu   tenho?”   “Como   eu   posso   conseguir   mais   ajuda?”  
“Quais  recursos  você  necessita  para  atingir  sua  meta?”  

6)  –  Meta  ecológica.  

Avalie  o  custo/ecologia  (vale  a  pena).  Qual  é  o  custo  das  suas  metas?  Você  está  queren-­‐
do  e  é  capaz  de  pagar  por  elas?  O  custo  não  é  simplesmente  financeiro,  mas  também  em  ter-­‐
mos  de  tempo  e  outras  coisas  que  você  poderia  estar  fazendo  se  não  alcançasse  a  meta.  Todo  
ganho  envolve  alguma  perda.  Pense  a  respeito  de  pessoas  importantes  na  sua  vida  e  como  elas  
serão  afetadas  por  estas  metas.  Certifique-­‐se  de  manter  o  que  é  positivo  e  bom  em  relação  ao  
estado  presente.  
 

 
                         56  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

7)  –  Meta  possui  plano  de  ação.  

O  aprender  está  no  fazer.  Este  é  o  momento  em  que  você  divide  as  metas  em  ações,  pa-­‐
ra  realizá-­‐las  e  as  acompanha  ao  longo  do  tempo.  O  plano  de  ação  funciona  como  uma  ferra-­‐
menta  de  ação  lógica  e  cronológica  dentro  do  contexto  dos  seus  objetivos.  Não  existe  coaching  
sem  tomada  de  decisão,  ação  e  um  plano  para  realizar  as  metas  de  seus  clientes.  (veremos  mais  
adiante  a  ferramenta  de  plano  de  ação)  
 

CHAVES  PARA  BOA  FORMULAÇÃO   VERIFICAÇÃO  


CRIE-­‐PE   SMART  

CONTEXTUALIZADO     SPECIFIC  (ESPECÍFICO)    


RECURSOS  NECESSÁRIOS     MEASURABLE  (MENSURÁVEL)  
INICIADO  E  MANTIDO  PELO  INDIVÍDUO   ACHIEVABLE  (ALCANÇÁVEL)  
ECOLÓGICO   RELEVANT  (RELEVANTE)  
POSITIVO     TIME  (PRAZO)  
EVIDÊNCIA  

3.2  -­‐LISTA  DE  METAS/OBJETIVOS  

Coloque  nota  de  0  a  10  para  cada  meta,  sendo  que  zero  para  algo  que  você  absoluta-­‐
mente  não  precisa  e  10  para  algo  que  você  precisa  urgentemente.  
 
 
EQUILÍBRIO  DE  SAÚDE  E  EMOCIONAIS  

‰ Reduzir  o  stress   ‰ Pesar  x  quilos  


‰ Reduzir  a  ingestão  de  açúcar  ou  gordura   ‰ Assumir  a  responsabilidade  
‰ Reduzir  a  ingestão  de  álcool  /  nicotina   ‰ Conseguir  mais  vitalidade  e  vigor  físico  
‰ Dormir  melhor   ‰ Curar  a  depressão/melancolia/fobia  
‰ Fazer  exercícios  físicos   ‰ Acreditar  mais  em  mim  e  no  meu  potencia
‰ Ser  melhor  no  que  faço  
 
 
 
 

 
                         57  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

FINANCEIRO  

‰ Resolver  os  problemas  de  dinheiro   ‰ Ser  um  mestre  em  finanças  e  dinheiro  
‰ Começar  a  poupar   ‰ Pagar  dívidas  /  cartões  de  crédito  
‰ Comprar  uma  casa   ‰ Criar  um  plano/projeto  de  vida  financeira  
‰ Sair  da  falência   ‰ Ser  o  provedor  do  meu  lar  
‰ Começar  a  investir  para  o  futuro   ‰ Ganhar  (________)  mil  reais  ao  mês  
‰ Construir  reserva  financeira   ‰ Construir     um   plano   de   independência   fi-­‐
‰ Montar  e  obedecer  um  orçamento  familiar   nanceira  

‰ Parar  de  gastar  com  supérfluos   ‰ Montar   um   plano   para   a   aposentadoria


 

CARREIRA  

‰ Me  atualizar  profissionalmente  e  conquistar   ‰ Ser  mais  produtivo  


empregabilidade  
‰ Reduzir  o  estresse  no  trabalho  
‰ Conquistar   aumento   salarial   ou   retirada   de   ‰ Ter  uma  formação  acadêmica    
pró-­‐  labore  
‰ Estruturar  um  plano  de  carreira  profissional  
‰ Começar  o  próprio  negócio    
‰ Fazer   um   trabalho   melhor   e   ser   reconheci-­‐
‰ Encontrar  uma  nova  carreira   do  por  isso  
‰ Conseguir  um  emprego  /  trabalho  melhor  
 
RELACIONAMENTOS  

‰ Encontrar  a  pessoa  certa   ‰ Me  socializar  mais  


‰ Me  curar  de  experiências  negativas  do  pas-­‐ ‰ Aproximar  da  minha  família  
sado  
‰ Aproximar  do  cônjuge  
‰ Atrair  mais  pessoas  e  pessoas  certas   ‰ Sentir-­‐se  mais  amado  
 
 
TRANSIÇÃO  

‰ Recuperação  do  divórcio   ‰ Perda  de  ente  querido  


‰ Me  aposentar  e  reconstruir  a  vida  profissio-­‐ ‰ Emprego  Novo  
nal  e  pessoal  
‰ Aprender  a  lidar  com  a  fama  
‰ Um  plano  de  vida  para  cinco  anos   ‰ Aprender  a  lidar  com  muito  dinheiro  
‰ Recuperação  de  trauma   ‰ Aprender  a  ser  magro  (redução  do  estoma-­‐
  go

 
                         58  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

ESPECIAL  

‰ Obter  mais  esperança  e  certeza  sobre  a  vida   ‰ Limpar  as  manchas  do  meu  passado  
e  o  futuro  
‰ Lidar   com   todas   as   necessidades   da   mi-­‐
‰ Ser  mais  paciente   nha/meu  e  não  quero/posso  resolver  
‰ Fazer  uma  travessia  pelas  montanhas  maias   ‰ Descubra  os  valores  fundamentais  que  mo-­‐
e  incas     vem  a  minha  vida  e  me  fazem  feliz  
‰ Ter  um  desempenho  sexual  inimaginável   ‰ Começar  um  novo  caminho  espiritual  
‰ Construir  uma  visão  extraordinária  de  vida   ‰ Recuperar  tudo  o  que  perdi  
‰ Descobrir  minha  missão  e  propósito  de  vida   ‰ Fazer  uma  grande  mudança  em  minha  vida  
‰ Ser   completamente   autorresponsável   e   ‰ Saber  ouvir  plenamente  
revolucionar  a  minha  vida  
 
Obs.   Esta   ferramenta   pode   e   deve   ser   usada   na   primeira   sessão   para   direcionar   as   metas   do  
cliente,  ou  ainda  no  coaching  education  como  argumento  de  venda.  
Exercício:  Trazer  todas  as  metas  smartirizadas  
 

3.3  -­‐  DREAM  LIST    

 O  primeiro  passo  para  um  bom  planejamento  é  sonhar    


Prazos:   CPM:   menos   de   8   meses   CP:   Curto   Prazo   (1-­‐2   anos),   MP:   Médio   Prazo:   (2-­‐3  
anos),    LP:  Longo  Prazo  (4-­‐6  anos);  Longuíssimo  Prazo  (7  a  20  anos)  

DREAM  LIST  

Lista  de  Sonhos  /  Desejos  /  Metas  /  Objetivos     Pilar   Prazo     Data  

       

       

       

       

       

       

       

       

 
                         59  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

EXERCÍCIO  4:    
De   forma   detalhada   monte   o   dream   list   do   seu   cliente   e   o   ajude   a   estabelecer   metas  
smarts  e  bem  estabelecidas  nos  5  quadrantes  de  tempo.  
 

3.4  -­‐  SOL  –  SKILL  OPEN  LIMITS  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         60  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

3.5  -­‐  GANHOS  E  PERDAS    

Quando  as  metas  estão  alinhadas  aos  valores  pessoais,  a  jornada  é  tão  
prazerosa  quanto  à  chegada.  E  nenhum  sacrifício  será  tão  doído,  nenhu-­‐
ma  perda  será  paralisante.  E  no  final,  terá  valido  a  pena.  (Paulo  Vieira)  
Quais  são  os  seus  propósitos  (motivadores  e  sabotadores;  ganhos  e  perdas)?  
Objetivo  Smartirizado:    Ser  promovido  ao  cargo  de  gerente  comercial  com  salário  de  R$  
12.000,00  por  mês  em  junho  de  2011.                                  

O  que  você  ganha  se  obtiver  isto?   O  que  você  perde  se  obtiver  isto?  
(busca  do  prazer)   (perda  de  valores)  

Salário,  reconhecimento,   Trabalhar  mais  


Status,  Bens.   Qualidade  de  vida  
  Saúde  
  Academia  
   

O  que  você  ganha  se  não  obtiver  isto?   O  que  você  perde  se  não  obtiver  isto?  
(Sabotadores)   (motivadores  –  dor)  

Menos  estresse   Salário  alto,  bens  


Mais  tempo  com  a  família    

Menos  responsabilidade    
 
 

Exercício:    
Em  dupla  elabore  seus  ganhos  e  perdas  tendo  como  base  o  seu  SOL.  
 

3.6  -­‐  VALORES:  OS  PORQUES  DE  AGIR  OU  NÃO  AGIR  

Valores   são   coisas   e   estados   mentais   importantes   para   nós.   Estão   no   centro   de   quem  
somos.  Comumente  são  expressos  em  termos  abstratos,  por  exemplo:  honestidade,  amor,  ami-­‐
zade,  lealdade,  diversão,  saúde,  integridade,  intimidade  e  liberdade.  
Valores  são  a  energia  por  detrás  de  nossas  metas.  Se  as  metas  são  os  destinos,  então  
os  valores  são  o  que  nos  impelem  em  direção  a  elas.  Valores  ajudam  a  nos  comprometermos.  
Quando  você  empenha  tempo,  dinheiro  e  energia  em  algo  que  não  faz  parte  dos  seus  valores  
essenciais  sentir-­‐se-­‐á  irritado  e  frustrado.  

 
                         61  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Como  coach  de  negócios  você  precisa  encontrar  os  valores  da  organização  –  esses  valo-­‐
res  são  transmitidos  por  toda  organização  e  definem  como  a  organização  trata  seus  emprega-­‐
dos   e   clientes.     Valores   organizacionais   são   difíceis   de   se   encontrar   diretamente.   Eles   podem  
ser  deduzidos  da  maneira  como  a  organização  se  comporta  
 
Evocando  os  valores  do  cliente:  (Faça  PPS)    
-­‐   O   que   é   importante   para   você   a   respeito   -­‐  Por  que  elas  são  importantes  para  você?  
de...?   -­‐  Com  o  que  se  importa?  
-­‐  O  que  você  ganha  fazendo  isso...?   -­‐  Que  qualidade  de  experiência  quer  ter  na  
-­‐  O  que  é  importante  para  você  aqui...?   sua  vida?  
-­‐   De   que   maneira   isso   é   importante   para   -­‐   Se   a   vida   é   uma   jornada,   quais   princípios  
você...?   são  seus  guias?  
-­‐  Por  que  você  quer  isso...?   -­‐  O  que  de  fato  é  importante  ao  cliente?    
-­‐  O  quanto  você  quer  isso?   -­‐  O  que  move  sua  vida  e  suas  ações?    
-­‐  O  que  é  importante  para  você  em  relação   -­‐   O   que   o   deixa   “doído”   e   o   que   faz   ficar  
a  conseguir  isso...?   com  raiva  e  frustrado?    
-­‐   Quais   são   as   cinco   coisas   que   você   gosta   -­‐  Que  valor  está  sendo  violado?  
em  relação  a  sua  vida?  
O  Executive  Coaching  faz  perguntas  como:  
-­‐  Essa  organização  é  como...?  
-­‐  Trabalhar  nessa  organização  é  como...?  
-­‐  Ser  promovido  nessa  organização  é  como...?  
-­‐  Nossa  área  de  negócio  é  como...?  
Exercício:    
Como  coach  identifique  os  valores  que  movem  a  vida  de  seu  coachee.  
 

Valores  x  Metas    
Todas  as  nossas  metas  são  potencializadas  por  nossos  valores.  
Às  vezes,  as  pessoas  estabelecem  metas,  mas  tentam  conquistá-­‐las  sem  satisfazer  os  va-­‐
lores  que  as  fizeram  tão  atrativas  de  antemão.  Por  exemplo,  um  homem  quer  oferecer  muitas  
coisas  boas  para  a  sua  família.  Valoriza  o  amor  e  a  vida  familiar.  Trabalha  duro  para  ganhar  mui-­‐
to  dinheiro.  No  entanto  o  processo  negligencia  sua  família  que  fica  infeliz.  Ele  também  fica  infe-­‐
liz.  Ele  pode  conquistar  a  sua  meta  de  ganhar  muito  dinheiro,  mas  será  infeliz  no  processo  por-­‐
que  conseguiu  isso  violando  o  valor  que  estava  por  trás  da  meta.  
Quando  estabelecer  suas  metas,  sempre  encontre  o  valor  por  trás  delas  perguntando:  
“O  quE  a  conquista  dessa  meta  fará  por  mim?”  Se  você  obtiver  uma  resposta  que  é  uma  outra  
meta,  faça  a  pergunta  de  novo  em  relação  a  essa  nova  meta  e  continue  perguntando  até  que  
você  chegue  a  um  dos  seus  valores  essenciais.  Uma  vez  que  você  sabe  os  valores  por  detrás  da  
meta  –  viva-­‐os  enquanto  você  atinge  a  meta.  

 
                         62  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Subindo  a  montanha  Certa  (congruência  meta/valor)    


Desvendar  os  valores  do  cliente,  checá-­‐los  e  questioná-­‐los  são  muito  importantes  para  
que  não  subamos  a  montanha  errada.  Imagine  uma  pessoa  que  dedica  todo  seu  esforço,  tempo  
e  energia  para  crescer  na  empresa,  deixando  de  lado  seus  reais  e  maiores  tesouros-­‐  a  família.  E  
quando  ganha  a  promoção  e  o  aumento  salarial  descobre  que  seus  filhos  cresceram  e  ela  não  
estava  por  perto  para  acompanhar  e  seu  cônjuge  já  não  lhe  ama  mais  e  a  ignora.  De  que  valeu  
tanto  esforço  por  algo  que  não  era  o  mais  importante?    
Se  tal  pessoa  estivesse  ciente  do  que  de  fato  importava  na  sua  vida  (ordenação  de  valo-­‐
res)  e  ainda  pudesse  avaliar  a  situação  de  cada  pilar  (MAAS)  e  comparar  os  dois  com  seus  obje-­‐
tivos  de  curto  e  longo  prazo  (SOL)  ela  não  teria  perdido  sua  família.  
Segue  abaixo  uma  planilha  simples  para  que  o  seu  coachee  estabeleça  as  “coisas”  mais  
importantes  de  sua  vida.  Ao  pedir  ao  cliente  para  fazê-­‐la  peça  que  não  ponha  em  ordem  e  de-­‐
pois  enumero  o  que  é  mais  importante.  

3.7  -­‐  ORDENAÇÃO  DE  VALORES  

Cliente:                                                                                                                                          Coach:  
Sessão:                                                                                                                                                                            Data:  ___/___/____  

Valor   Ordem   Observação  

     

     

     

     

     

     

     

     

     

Exercício:  
Levando  em  conta  que  você  está  a  caminho  de  ser  um  Coach  Integral  Sistêmico®,  monte  
um  novo  MAAS  de  outro  colega  usando  as  PPS´s.  Assim,  identifique  os  principais  pilares  a  se-­‐
rem  trabalhados,  os  objetivos  e  metas  e  depois  descubra  os  valores  por  traz  de  seus  objetivos  e  
verifique  no  MAAS  se  há  congruência  meta/valores.  

 
                         63  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

3.8  -­‐  AVALIAÇÃO  DE  PERFIL  PROFISSIONAL  

Esta  ferramenta  é  de  grande  importância  quando  o  pilar  em  foco  é  o  profissional  ou  di-­‐
recionamento  de  carreira.  É  um  assessment  de  precisão  inacreditável  e  que  traça  o  perfil  profis-­‐
sional  completo,  ajudando  a  entender  o  momento  atual  e  projetar  objetivos  e  ações  futuras.  
 
Áreas  de  atuação  da  Avaliação  do  perfil  Profissional:  Assessment  
 

Seleção   Treinamento  
 
 
Definição  dos  caminhos  a  serem  seguidos  em  
A  Avaliação  de  Perfil  Profissional  possibilita  
termos  de  desenvolvimento  técnico  e  compor-­‐
agilidade  e  rapidez  na  compreensão  do  esti-­‐
tamental  das  equipes.  Comunicação  adequada  
lo  comportamental  dos  candidatos,  permi-­‐
ao  estilo  dos  participantes  para  obter  os  me-­‐
tindo  as  melhores  escolhas  com  grande  
lhores  resultados  em  treinamento.  
acuidade.  Identificando  as  Vocações  Profis-­‐
sionais.  
 
Desenvolvimento  de  Pessoas   Clima  Organizacional  

 
 
Com  a  objetividade  e  grande  precisão  a  solução  
Análise  rápida  e  precisa  das  principais  ne-­‐
Quantum  oferece  marcadores  fundamentais  
cessidades  de  cada  indivíduo.  Ótimo  ins-­‐
para  análise  do  momento  atual  de  uma  equipe  
trumento  para  acompanhar  e  iniciar  proces-­‐
frente  aos  seus  desafios  e  a  cultura  organizaci-­‐
sos  de  coaching,  orientação  técnica  ou  es-­‐
onal.  
tratégica.  
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         64  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

3.9  -­‐  GRADE  DE  METAS  

 
Meta:  Pesar  82  Kg  com  18%  de  gordura  e  ser  capaz  de  correr  21  km  com  facilidade.  
 

  O  QUE  VOCÊ  QUER   O  QUE  VOCÊ  NÃO  QUER  

O  que  você  quer  preservar?   O  que  você  quer  eliminar?  

-­‐  Tempo  de  qualidade  com  a  família   -­‐  Dores  cervicais  


O  que  você  tem  

-­‐  Qualidade  e  tempo  de  trabalho   -­‐  Contratura  nas  costas  


-­‐  Saúde  atual   -­‐  Gordura  
-­‐  Tempo    de  qualidade  para  Deus   -­‐  8  kg  de  gordura  

Que  você  quer  conseguir?   Que  você  quer  evitar?  


O  que  você  não  tem  

-­‐  Mais  4  Kg  de  músculo   -­‐  Contraturas  de  corrida  


-­‐  Saúde  de  altíssima  qualidade   -­‐  Desentendimento  familiar  
-­‐  Certeza  de  envelhecimento  sadio   -­‐  Distância  dos  meus  filhos  
-­‐  Disposição  física  total  
 
 
 

 
Exercício:  
Usando  a  meta  smart  do  exercício  anterior,  ajude  seu  cliente  a  estabelecer  um  plano  de  
ação  efetivo  e  exequível.  
Lembre-­‐se   que   um   CAP   produz   resultados   profundos   nos   seus   clientes.   Assim,   cheque  
com  seu  cliente  o  aprendizado  e  fichas  que  caíram  com  esse  exercício.  
 
 
 
 
 

 
                         65  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

3.10  -­‐  PLANO  DE  AÇÃO  

O  que  é  o  5W2H?  

O  5W2H,  basicamente,  é  um  checklist  de  determinadas  atividades  que  precisam  ser  de-­‐
senvolvidas   com   o   máximo   de   clareza   possível   por   parte   dos   colaboradores     da   empresa.   Ele  
funciona   como   um   mapeamento  destas   atividades,   onde  ficará   estabelecido   o  que   será  feito,  
quem  fará  o  quê,  em  qual  período  de  tempo,  em  qual  área  da  empresa  e  todos  os  motivos  pe-­‐
los  quais  esta  atividade  deve  ser  feita.  Em  um  segundo  momento,  deverá  figurar  nesta  tabela  
(sim,  você  fará  isto  em  uma  tabela)  como  será  feita  esta  atividade  e  quanto  custará  aos  cofres  
da  empresa  tal  processo.  
Esta  ferramenta  é  extremamente  útil  para  as  empresas,  uma  vez  que  elimina  por  com-­‐
pleto  qualquer  dúvida  que  possa  surgir  sobre  um  processo  ou  sua  atividade.  Em  um  meio  ágil  e  
competitivo  como  é  o  ambiente  corporativo,  a  ausência  de  dúvidas  agiliza  e  muito  as  atividades  
a   serem   desenvolvidas   por   colaboradores   de   setores   ou   áreas   diferentes.   afinal,   um   erro   na  
transmissão  de  informações  pode  acarretar  diversos  prejuízos  à  sua  empresa,  por  isso  é  preciso  
ficar  atento  à  essas  questões  decisivas,  e  o  5W2H  é  excelente  neste  quesito!  
 
Por  que  5W2H?  
O  nome  desta  ferramenta  foi  assim  estabelecido  por  juntar  as  primeiras  letras  dos  no-­‐
mes  (em  inglês)  das  diretrizes  utilizadas  neste  processo.  Abaixo  você  pode  ver  cada  uma  delas  e  
o  que  elas  representam:  

What  –  O  que  será  feito  (etapas)  


Why  –  Por  que  será  feito  (justificativa)  
Where  –  Onde  será  feito  (local)  
When  –  Quando  será  feito  (tempo)  
Who  –  Por  quem  será  feito  (responsabilidade)  
How  –  Como  será  feito  (método)  
How  much  –  Quanto  custará  fazer  (custo)  

Há  ainda  outros  2  tipos  de  nomenclatura  para  esta  ferramenta,  o  5W1H  (onde  exclui-­‐se  
o   “H”   referente   ao   “How   much”)   e   o   mais   recente   5W3H   (onde   inclui-­‐se   o   “H”   referente   ao  
“How  many”,  ou  Quantos).  Todas  elas  podem  ser  utilizadas  perfeitamente  dependendo  da  ne-­‐
cessidade  do  gestor,  respeitando  sempre  as  características  individuais.  
 
Como  utilizar?  
Antes   de   utilizar   o   5W2H   é   preciso   que   você   estabeleça   uma   estratégia   de   ação   para  
identificação  e  proposição  de  soluções  de  determinados  problemas  que  queira  sanar.  Para  isso  
pode-­‐se   utilizar   de   brainstorm   para   se   chegar   a   um   ponto   comum.   É   preciso   também   ter   em  
conta  os  seguintes  pontos:  

 
                         66  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

9 Tenha   certeza   de   estar   implementando   ações   sobre   as   causas   do   problema,   e   não  


sobre  seus  efeitos;  
9 Tenha  certeza  que  suas  ações  não  tenham  qualquer  efeito  colateral,  caso  contrário  
deverá  tomar  outras  ações  para  eliminá-­‐los;    
9 É   preciso   propor   diferentes   soluções   para   os   problemas   analisados,   certificando-­‐se  
dos  custos  aplicados  e  da  real  eficácia  de  tais  soluções.  

PLANO  DE  AÇÃO  


Meta:  
 
MEDIDA  OU  
  QUANDO   ONDE   QUEM   RAZÃO,  POR-­‐ COMO   QUANTO   POSIÇÃO  
AÇÕES   QUE,   (PROCEDIMENTO)   (R$)   ___/___/__  
(O  QUÊ)    POR  QUEM  
             
1  
 
             
2  
 
             
3  
 
             
4  
 
             
5  
 
             
6  
 
             
7  
 
             
8  
 
             
9  
 
             
10  
 
EM   ANDAMENTO       -­‐   REALIZADO   -­‐   A  SER  FEITO  
                                         

 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         67  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

4.  ROTEIRO  COMPLETO  DA  SESSÃO  DE  COACHING  INTEGRAL  SISTÊMICO®  

 
A  sessão  do  CIS®  possui  uma  métrica  padrão  de  conduzir  as  sessões.  A  princípio  veremos  
todas  as  etapas  e  seus  objetivos.  

4.1  -­‐  Descritivo  de  todos  os  passos  da  sessão  

1)  Estado  Atual    

Esta  etapa  visa  identificar  como  está  a  realidade  atual  do  cliente  ao  começar  o  processo  do  coa-­‐
ching.  O  coach  está  sempre  atento  ao  estado  que  o  cliente  começou  o  coaching  e  sua  evolução  ao  longo  
do  processo.  E  quando  necessário,  vai  completando  e  atualizando  o  estado  atual  com  fatos  importantes  
em  cada  uma    das  sessões  seguintes.  

2)  Estado  Desejado/  Objetivos/Metas  

Nesta  etapa  o  coach  ajudará  seu  cliente  a  estabelecer  seus  objetivos  e  metas  smart  para  cada  
área  da  vida  baseadas  na  avaliação  do  MAAS  e  seus  sonhos.  Porém  primeiramente  fará  o  dream  list  ou  
lista  dos  sonhos  que  trouxeram  a  pessoa  até  você.  E  sempre  estará  atento  aos  valores  por  traz  das  me-­‐
tas.  Você  não  precisa  buscar  o  valor  de  cada  objetivo,  porém  quando  sentir  ou  perceber  incongruência  
você  checará.  Não  existe  limite  para  o  número  de  sonhos/objetivos  que  o  cliente  trará.  Seu  compromis-­‐
so  não  é  necessariamente  fazer  com  que  o  cliente  realize  todos  seus  objetivos,  porém  ajudá-­‐lo  em  todos  
os  aspectos  a  no  mínimo  estar  tendo  ganhos  sistemáticos  e  estar  visivelmente  caminhando  na  direção  
certa.  

3)  Estado  Anterior  (etapa  não  obrigatória)  

Esta  etapa  é  muito  usada  quando  a  restauração  emocional  se  faz  necessário  para  desbloquear,  
ou  capacitar  emocionalmente  o  cliente  a  atingir  as  suas  metas.  Assim,  com  PPS’s  o  Coach  vai  perguntar  
de  forma  direcionada  as  circunstâncias,  acontecimentos  do  passado  lincando-­‐os  com  os  comportamen-­‐
tos,  pensamentos  e  sentimentos  e  crenças  limitantes  do  presente.  
O  importante  nesta  etapa  é  não  deixar  o  cliente  entrar  em  um  estado  de  vitimação,  direcionan-­‐
do  suas  respostas  o  mais  objetivamente  possível,  e  passando  o  menor  tempo  possível  no  passado.  De  
posse  dos  acontecimentos  do  passado  e  seus  resultados  negativos,  o  coach  terá  ferramentas  VAS®  do  
Método  CIS®  para  trabalhar  e  restaurar    as  emoções  do  seus  cliente.    
Lembre-­‐se  coaching  integral  sistêmico  não  é  terapia,  assim  fique  atento  a  dois  fatores:  
1) O  retorno  ao  passado  é  pontual  e  rápido.  Afinal  coaching  é  uma  ponte  para  o  fu-­‐
turo.  
2) O  coach  não  deixa  seu  cliente  falar  livremente  do  seu  passado  de  dor,  afinal  as  
imagens,  sons  e  sensações  do  passado  debilitam  as  pessoas  que    permanecem  lá  
ou  para  lá  voltam  sistematicamente.  

Esteja  atento  ao  estado  de  recursos  do  seu  cliente  para  que  ele  não  fique  num  estado  
de  vitimação  e  falta  de  autorresponsabilidade  ao  falar  do  seu  passado  de  dor.    

 
                         68  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

4)  Ganhos    

A  partir  da  segunda  sessão  o  coach  iniciará  cada  sessão  perguntando  quais  foram  os  ga-­‐
nhos  que  o  cliente  teve  durante  a  semana  que  se  passou  ou  os  ganhos  desde  a  sessão  anterior.  
Lembre-­‐se  que  cada  pequeno  ou  grande  ganho  corresponde  às  pequenas  ou  grandes  brechas  
que  o  escalador  encontra  nas  pedras  para  encaixar  pés,  mãos  e  suas  ferramentas  de  alpinismo  
para  que  possa  continuar  a  subir.  Não  perceber  ganhos  pressupõe  que  o  Coaching  Integral  Sis-­‐
têmico®  não  está  sendo  bem  conduzido.  A  cada  três  sessões  é  muito  válido  pedir  como  exercí-­‐
cio  pontual  que  o  cliente  relacione  todos  os  ganhos  acumulados  que  teve  durante  o  processo  
de  coaching.  

5)  Montagem  e  acompanhamento  do  MAAS    

O  MAAS  deve  ser  montado  logo  na  primeira  sessão  e  ter  sua  evolução  acompanhada  a  
cada   duas   sessões.   Assim,   coach   e   coachee   poderão   dar   foco   no   que   é   necessário,   saberão  
quais   exercícios   de   sala   e   de   casa   funcionam   e   estarão   mensurando   sistematicamente   os   ga-­‐
nhos  nesta  ferramenta.  

6)  Exercício  de  Sala    

Em  todas  as  sessões  o  coach  fará  um  exercício  em  sala  de  aula  para  direcionar  o  cliente  
racionalmente   ou   emocionalmente   aos   seus   objetivos   e   metas.   Normalmente   são   exercícios  
que  usam  o  conceito  VAS®  de  produção  de  novas  crenças  e  restauração  emocional.    
É  muito  cômodo  física  e  emocionalmente  o  coach  ficar  sentado  durante  toda  a  sessão  
conduzindo   o   processo   unicamente   com   uma   abordagem   intelectual   e   cognitiva.   Você   terá  
acesso  e  treino  aos  principais  exercícios  usados  pelo  método  CIS.  Use-­‐os,  pois,  a  metodologia  
CIS®  e  o  VAS®  colocam  o  Coaching  Integral  Sistêmico®  muito  a  frente  de  qualquer  outro  pro-­‐
grama  de  coaching.  Lembre-­‐se  que  os  exercícios  de  sala  e  os  exercícios  de  casa  são  um  enorme  
diferencial  desta  metodologia.  

7)  Aprendizado  

Esta  etapa  ocorre  imediatamente  após  o  exercício  de  sala  ou  quando  se  aproxima  o  fim  
da  sessão  e  tem  como  objetivo  a  verbalização  e  ancoragem  do  aprendizado  e  fichas  que  caíram  
durante   o   exercício   ou   no   decorrer   da   sessão.   Pode   ser   uma   descoberta,   uma   percepção   ou  
uma   ideia   valorosa   uma   reflexão   importante.   É   interessante   no   término   de   sessão,   imprimir  
todos   os   aprendizados   das   sessões   anteriores   para   que   o   cliente   não   perca   de   vista   o   que   já  
aprendeu.  

8)  Decisões    

O  coach  sempre  estimulará  seu  cliente  para  a  ação.  E  uma  ótima  maneira  de  fazer  isso  é  estimu-­‐
lar  o  coachee  a  tomar  decisões  durante  os  diálogos  ou  imediatamente  após  os  exercícios  em  sala.    As-­‐
sim,  sempre  depois  de  um  exercício  de  sala,  pergunte  ao  seu  cliente:  “Qual  é  a  decisão  que  você  tomará  
agora   que   mudará   esta   questão   profundamente   e   o   levará   na   direção   de   suas   metas?”   Essas   decisão  
serão    registradas  pelo  coach  que  imprimirá  para  o  cliente,  para  que  na  sessão  seguinte  este  seja  cobra-­‐
do  se  colocou  as  decisões  em  prática.  

 
                         69  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

9)  Exercícios  de  Casa  

Invariavelmente   os   exercícios   de   casa   precisam   ser   passados   sessão   após   sessão   e   co-­‐
brados  com  sabedoria  e  entusiasmo.  Os  principais  objetivos  deste  conjunto  de  exercícios  são:  
9 -­‐  Produção  de  crenças  novas  e  fortalecedoras.  
9 -­‐  Ativação  do  estado  de  recursos  adequado.  
9 -­‐  Eliminação  de  vícios  Emocionais  e  Químicos.  
9 -­‐  Criação  de  novos  comportamentos.  
9 -­‐  Restauração  de  vínculos  de  relacionamentos.  
9 -­‐  Mudança  de  hábito.  
9 -­‐  Mudança  de  atitude.  
9 -­‐Restauração  de  relacionamentos.  
9 -­‐Ativação  de  competências  emocionais.  
9 -­‐etc.  

Os  exercícios  de  casa  são  divididos  em:    


9 -­‐  Vídeos  que  você  receberá  a  relação  e  objetivos  principais.  
9 -­‐  Livros  durante  e  depois  do  processo.  
9 -­‐  Rotineiros  que  são  exercícios  poderosos  e  exclusivos  de  alto  impacto.  
9 -­‐  Pontuais  são  exercícios  de  preparação  ou  desafio/superação  de  limites.  

Obs:  Você  receberá  a  relação  de  todos  os  tipos  de  exercícios  de  casa  citados  abaixo,  com  
passo  a  passo  e  objetivos  de  cada  um  deles.  

10)  Alucinações  a  serem  trabalhadas  

É  possível  que  ao  longo  das  sessões  você  perceba  que  existem  fatores  críticos  para  o  de-­‐
senvolvimento   do   seu   cliente   que   ele   não   citou.   Como   por   exemplo:   dificuldade   de   trabalhar  
em   grupo,   insegurança,   medos,   desmotivação,   autovitimação,   falta   de   autorresponsabilidade,  
crenças   limitantes   e   assim   por   diante.   Quando   o   coach   percebe   que   pode   haver   tais   tra-­‐
ves/impedimentos  ele   as   relaciona  em   um   tópico   Alucinações   e   ao   longo   das   sessões  através  
das  PPS´s  ele  vai  checando  e  quando  se  confirmar  ele  as  resolve/trabalha  usando  as  ferramen-­‐
tas   adequadas.   Cuidado  para   você   não   pressupor   que   sua   alucinação   é   verdadeira   sem   antes  
checar  de  forma  direta  e  indireta.  

11)  Relatório  da  Sessão  

Ao  finalizar  a  sessão,  seu  cliente  e  você  deverão  ter  uma  cópia  do  relatório  dos  aconte-­‐
cimentos  principais  daquela  sessão  como  por  exemplo:  ganhos,  aprendizado,  exercícios  passa-­‐
dos   e   decisões   a   serem  postas   em   prática.   Caso   você   adquira   o   direito  de   uso   do   sistema   do  
método  CIS,  esse  relatório  poderá  ser  impresso  automaticamente  ao  fim  da  sessão.  

 
                         70  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

4.2  -­‐A  ESTRUTURA  DA  1ª  SESSÃO,  ABORDAGEM    PRÁTICA  

A  primeira  sessão  é  o  momento  mais  delicado  de  todo  o  processo,  pois  é  nela  que  se  es-­‐
tabelece  “o  campo”  onde  os  jogadores  estarão  compartilhando  suas  vidas.  É  um  momento  de  
adaptação  e  conquista  da  confiança  mútua.  
Estabeleceremos  dois  roteiros,  um  antes  de  iniciar  a  sessão  propriamente  dita  e  o  traba-­‐
lho  de  coaching  e  outro  roteiro  para  o  primeiro  dia  de  coaching.  Ambos  podem  e  devem  acon-­‐
tecer  no  primeiro  dia.  
 

Roteiro  pré-­‐sessão  
‰ Use  rapport  total  com  seu  cliente  e  inicie  as  PPS’s.  
‰ Pergunte   se   tem   algo   que   ele   queira   perguntar   antes   de   você   explanar   o   que   é  
coaching  e  o  que  vocês  estarão  fazendo  durante  todas  as  sessões.  
‰ Fale  do  que  é  coaching,  seus  benefícios  e  objetivos.  
‰ Fale  da  diferença  entre  terapia  e  coaching  e  que  no  coaching  ele  não  pode  falar  
livremente,  pois  o  sucesso  do  cliente  se  baseia  no  cumprimento  de  todas  as  eta-­‐
pas  da  sessão.  
‰ Explique  a  importância  dos  6  pontos  do  sucesso  do  método  CIS:  diálogo  em  sala;  
exercício  em  sala;  rotineiros,  livros  e  vídeos  e  exercícios  pontuais.  
‰ Falar  da  importância  dos  exercícios  em  sala.  
‰ E  falar  da  fundamental  importância  da  execução  dos  exercícios  de  casa.  
‰ Frequência  semanal  e  carga  horária  de  cada  sessão.  
‰ Foco  na  solução  sem  desperdiçar  tempo  precioso  com  o  passado  e  os  problemas.  
‰ Explicar   e   fornecer   as   regras   de   convivência   e   produtividade   mútua   no   final   da  
apostila.  
 
Esta   etapa   contempla   todas   as   etapas   e   sua   demonstração   prática   em   sala   servirá   de  
prova   de   competência   para   a   certificação   internacional.   Monte   o   registro   e   plano   de   sessão  
para  conduzir  sua  sessão.  
 

 
                         71  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

LEMBRANDO  TODAS  AS  ETAPAS:  


1) Identificação  de  Estado  Atual  e  atualização  sessão  a  sessão.  
2) Ganhos  na  semana  anterior.  
3) Atualização  do  MAAS.  
4) Identificação  do  estado  Desejado  (Metas/Objetivos).  
5) Exercício  de  sala.  
6) Aprendizado  da  sessão.  
7) Decisões.  
8) Exercícios  de  casa.  (Rotineiros  e  pontuais)  
9) Relatório  da  sessão.  

Exercício  11:  
Em  duplas  o  coach  conduzirá  as  etapas  básicas  da  pré-­‐sessão  com  seu  coachee.  Depois  
inverta  os  papeis.  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         72  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Fluxo  sequencial  1ª  sessão  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         73  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

6.3  -­‐  Fluxo  sequencial  completo  a  partir  da  2ª  sessão  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         74  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

6.4  -­‐  Matriz  final  do  programa  de  coaching  

A  matriz  apresentada  abaixo  retrata  o  programa  completo  do  Coaching  Integral  Sistêmi-­‐
co®.    E  ter  completado  todas  as  etapas  da  matriz  é  a  certeza  de  ter  tido  êxito  no  seu  trabalho  de  
coaching.  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
                         75  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

4.5  -­‐  Registro  básico  de  plano  de  sessão  

Obs:  O  Programa  “Registro  de  Sessão  Febracis”  é  informatizado  e  contém  todos  os  pas-­‐
sos  para  o  registro  adequado  da  sessão.  
COACHING....................... (...... anos) Coach_________________________

Agenda  
Sessão   Data   Hora   Status  
1ª        
2ª        
3ª        
4ª        
5ª        
6ª        
7ª        
8ª        
9ª        
10ª        
11ª        
12ª        
 
Estado  atual  (Inicial)  
   

Ganhos  
   
   
   
   
 
MAAS  
MAAS   Des                
Espiritual                    
Parentes                  
Filhos                  
Conjugal                  
Profissional                  
Financeiro                  
Saúde                  
Social                  
Emocional                  
Pilares  a  serem  trabalhados:    1)        2)            3)  
 

 
                         76  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

OBJETIVOS/METAS  
    S   M   A   R   T  
             
             
             
             
             
 
 
EXERCÍCIOS  DE  SALA  
DATA   EXERCÍCIO   APRENDIZADO   DECISÃO  
       
       
       
       
       
 
 
 
EXERCÍCIOS  PARA  CASA  
-­‐ROTINEIROS  
     
     
     
 
-­‐  PONTUAIS  
  Vídeos   Livros   Exercícios   Status  
         
         
         
         
         
 
 
 
OBSERVAÇÕES  /  ALUCINAÇÕES  
   
 

 
                         77  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

4.6  -­‐  AVALIAÇÃO  DO  PROCESSO  DE  COACHING  E  DO  COACH  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         78  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

5.  EXERCÍCIOS  DE  SALA  DO  CIS:  REPROGRAMANDO  Q.I.  E  Q.E.  

Na  formação  em  coaching  Integral  Sistêmico®  o  aluno  aprenderá  tudo  que  é  necessário  
para   conduzir   sessões   transformadoras   em   Life  Coaching   e   Executive   Coaching.   Terá   acesso  a  
inúmeras  ferramentas  para  ambos  os  casos.    No  entanto,  será  apenas  no  Master  Coaching  Inte-­‐
gral  Sistêmico®  que  o  coach  terá  a  profundidade  e  maestria  nas  ferramentas  do  Método  CIS  e  
das  ferramentas  VAS®.  

5.1  -­‐  Os  principais  objetivos  dos  exercícios  de  sala:  

9 Conferir  poder  pessoal,  ou  ainda,  ser  o  combustível  emocional  do  coachee  na  di-­‐
reção  de  seus  objetivos    e  coragem  para  enfrentar  desafios.  
9 Alterar  a  autoimagem  do  coachee;  
9 Tirar  o  coachee  da  zona  de  conforto;  
9 Eliminação/diminuição  de  Vícios  Emocionais  e  Repetição  de  Padrão.  
9 Eliminação/diminuição  de  traves  e  traumas  emocionais  do  passado.  
9 Eliminação/diminuição  de  fobia  e  pânico.  
9 Implantar  novas  crenças  e  substituir  crenças  antigas  e  limitantes.  
9 Mudar  e  melhorar  o  Estado  de  Recurso  do  coachee.  
9 Fazer  com  que  o  coachee  tenha  a  motivação  necessária  para  execução  dos  exer-­‐
cícios  de  casa.  
9 Produzir  aprendizado  e  fazer  com  que  “  fichas  caiam”.  
9 Levar  o  coachee  a  tomada  de  decisões  com  sabedoria  e  resultado;  

Você  terá  muitos  clientes  sem  força  emocional  para  decidir  suas  vidas,  fazer  escolhas  e  
muito   menos   serem   capazes   de   agir.   Nestes   casos,   o   coaching   tradicional   pararia   e   o   cliente  
seria  mandado  para  um  processo  terapêutico.  Com  o  CIS®,  o  “jogo”  está  apenas  começando,  e  
você  deixará  a  argumentação  lógica  praticamente  de  lado  e  focará  nos  exercícios  de  sala.  
Porém,  certamente  aparecerão  casos  patológicos  graves  como  esquizofrenia,  psicoses  e  
outras   que   certamente   deverão   ser   encaminhados   aos   profissionais   competentes   logo   que  
identificado   comportamentos   anormais.   Além   disso,   os   exercícios   de   sala   dão   ao   cliente   uma  
profunda  reflexão  sobre  a  sua  vida  e  seu  contexto,  dando  a  ele  os  ingredientes  necessários  para  
o  aprendizado  (última  etapa  da  sessão  do  CIS®).    
 
 
 
 
 
 

 
                         79  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

5.2  -­‐  Relaxamento,  transe  e  hipnose  e  quando  usá-­‐los  nos  exercícios  do  método  CIS®  

Relaxamento  pode  ser  entendido  de  duas  maneiras  diferentes:  estado  de  baixa  ativida-­‐
de  ou  processo  de  baixar  a  atividade,  essas  atividades  podem  ser  tanto  psíquicas  quanto  orgâ-­‐
nicas.  Especialistas  em  relaxamento,  como  alguns  budistas,  podem  nivelar  o  seu  metabolismo  
de  tal  forma  que  entra  em  grau  de  hibernação  (Benson,  William  2001,  congresso  "Evolution  of  
Psychotherapy"  em  Anaheim/  CA  nos  EUA).    
O  relaxamento  é  provocado  em  situações  de  atividades  que  exijam  pouca  atividade  psí-­‐
quica   como   mantras,   orações,   hiperventilação   e   meditação   (quando   compreendida   enquanto  
pensar  em  nada).  Num  momento  de  baixa  atividade  psíquica,  há  baixo  impacto  do  pensar  sobre  
o  corpo,  deixando-­‐o  funcionar  sem  a  intervenção  do  pensar  e  preocupações  do  dia  a  dia,  po-­‐
dendo  ser  compreendido  assim,  como  um  estabilizador  do  humor  natural.  
O  transe  é  definido,  segundo  a  Hipnoterapia  Educativa,  como  um  pensar  intenso  e  coe-­‐
rente  (harmônico),  o  qual  aumenta  o  impacto  do  pensar  sobre  o  corpo,  criando  e/ou  fortale-­‐
cendo  redes  neurais.  
O   trauma   pode   ser   compreendido   como   um   pensar   intenso   onde   ocorrem   aprendiza-­‐
gens  dolorosas  intensas,  dessa  forma  posto,  entenda-­‐se  o  trauma  como  um  transe  com  conte-­‐
údos  negativos,  os  quais  tendem  a  provocar  aprendizagens  dolorosas  e  intensas  para  o  indiví-­‐
duo  em  questão.    
A   utilização   de   transe   em   psicoterapia   serve   para   provocar   aprendizagens   tidas   como  
saudáveis,  alterando  e/ou  criando  redes  neurais  de  maneira  a  possibilitar  um  viver  melhor.  Por-­‐
tanto,  utilizar  transe  em  psicoterapia  é  utilizar  os  mesmos  processos  psíquicos  ocorridos  du-­‐
rante  um  trauma,  mas  com  conteúdos  saudáveis.    
Transe   pode   ser   diferenciado   de   hipnose   nos   seguintes   termos:   enquanto   o   primeiro  
pode  ser  considerado  como  pensar  de  maneira  intensa  e  concentrada,  o  segundo  é  mais  o  que  
pensar  (se  sobre  o  passado,  dormência,  ver  o  que  não  existe  e  afinas)  durante  esse  momento,  
provocando  os  fenômenos  chamados  de  hipnose,  como  pensar  de  maneira  intensa  sobre  o  pas-­‐
sado  traz  lembranças  nítidas,  sendo  esse  o  fenômeno  chamado  de  hipermnésia.  (Bayard Galvão)  

5.3  -­‐  Relação  de  Exercícios  de  Sala  do  Formação  Profissional  em  Coaching  Integral  Sis-­‐
têmico:  

A  sequência  dos  exercícios  abaixo  relacionados  serve  em  vários  casos  para  a  maioria  dos  
clientes,  porém  a  sequência  certa  será  identificada  caso  a  caso  pelo  coach.  Por  isso,  é  de  fun-­‐
damental   importância   que   o   coach   tenha   vivenciado   consigo   e   com   seus   clientes   pró-­‐bônus  
todos  os  exercícios  apresentados.    
 
1) Metáfora  da  Gaivota.  Î  Objetivo:    Gerar  esperança,  otimismo,  decisão  e    ação.  
2) Metáfora  da  Alcachofra.  Î  Objetivo:  Restauração  de  relacionamentos  (principalmente  
amorosos)  e  dar  atenção  e  gerar  compromisso  no  que  é  importante  e  estava  sendo  dei-­‐
xado  de  lado.  
3) Caminho   dos   Recursos.  Î   Objetivo:   Instalar   crenças,   competências   Emocionais,   com-­‐
portamentos  e  atitudes  necessárias  para  a  realização  de  seus  objetivos.  

 
                         80  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

4) MAAS  aberto  (indicadores)  Î  Objetivo:  Esta  ferramenta  é  indicada  para  o  elenco,  ob-­‐
jetivação  e  acompanhamento  de  indicadores  de  desempenho  na  organização  e  empre-­‐
sa.  Ela  pode  ser  usada  para  indivíduos,  equipes  ou  setores.    
5) SOL®   (Skill   Open   Limits®)   Î     Objetivo:   Após   se   identificar   um   objetivo   específico   ou  
uma  área  específica,  esta  ferramenta  conduzirá  o  cliente  de  forma  profunda  através  de  
todas  as  etapas  neurológicas  até  o  Plano  de  Ação  concreto  e  fundamentado.    
6) Criação  da  autoimagem  positiva  composta.  Î  Objetivo:  Refazer  a  crença  de  identida-­‐
de  através  da  modalidade  visual  e  auditiva.  
7) Construção   do   dia   perfeito.   Após   elaboração   da   agenda   extraordinária/funcional.  Î  
Objetivo:  Estabelecer  a  crença  através  de  rotinas  produtivas  e  de  novos  hábitos  sejam  
eles  da  pessoa  física  ou  jurídica.  
8) Grade  de  Metas  Î    Objetivo:  Esta  ferramenta  busca  identificar  e  clarificar  estado  atual  
do  objetivo,  clarificar  o  estado  desejado,  como  também  fatores  impeditivos  como  fato-­‐
res   facilitadores.   O   passo   seguinte   após   esta   ferramenta   é   a   construção   do   plano   de  
ação.  
9) Linha  do  Tempo  Î    Objetivo:  Construir  um  caminho  neurológico  em  cima  de  uma  linha  
temporal  levando  o  cliente  desde  a  realização  de  seu  objetivo  (futuro)  e  voltando  todas  
as  etapas  necessárias  até  o  presente.  
10) Mudança  de  Comportamento  (Jogando  no  Lixo)    Î  Objetivo:  Criar  um  caminho  neural  
forte  o  suficiente  para  que  promova  mudança  de  comportamento  e  atitude,  deixando  o  
cliente  certo  racional  e  intelectualmente  dos  novos  comportamentos  aprendidos.  
11) Diagnóstico  Composto  da  Matriz  de  Formação  de  Crenças  (ativa  e  passiva)  Î  Objeti-­‐
vo:  Identificar  as  fragilidades/ineficácias  em  cada  um  dos  canais  neurológicos  da  matriz  
de  formação  de  crenças  com  o  direcionamentos/alterações  necessários.  
12) Duas   ou   três   posições...   Objetivo:   Associar   visão,  audição   e   sinestesia   a   estado   de   resursos  
fortes,  fazendo  mudar  percepções  e  decisões  sobre  os  estilos  de  vida  em  cada  uma  das  fases  e  
dos  resultados.  
13) Eliminação  de  impedimentos  -­‐   Objetivo:  Eliminar  impedimentos  comportamentais  e  emoci-­‐
onais.  
 
 
 
 
 
 

 
                         81  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

6.  EXERCÍCIOS  DE  CASA  –  comunicando,  pensando  e  sentido  o  extraordi-­‐


nário:  crenças.  

Os  exercícios  de  casa  é  uma  parte  essencial  no  programa  de  formação  de  crenças  do  cli-­‐
ente    e  são  dividos    em:  Rotineiros  -­‐  Vídeos  -­‐  Livros  -­‐  Exercícios  Dinâmicos  

6.1  -­‐  ROTINEIROS  

Os   rotineiros   como   o   próprio   nome   já   diz,   são   exercícios   que   devem   ser   feitos   diaria-­‐
mente,  como  quem  toma  um  remédio.  Eles  foram  preparados  para  livrar  o  cliente  de  seus  ví-­‐
cios   emocionais   e   químicos,   como   também   fortalecê-­‐lo   emocionalmente   para   que   ele   possa  
agir   em   direção   as   mudanças.   Entre   outras   coisas   esses   exercícios   conferem   ao   coachee   é   a  
alegria  de  viver  e  agir.  São  fundamentais  para  trabalhar  depressão,  melancolia,  pânico,  fobias  e  
doenças  físicas  e  inação.  
O   coach   precisa   estimular,   motivar   e   cobrar   a   execução   perfeita   desta   modalidade   de  
exercícios,  inclusive  verificando  sensorialmente  a  qualidade  da  execução  dos  mesmos  durante  a  
sessão.    
1) Ritual  do  acordar    
2) Validação  5/5  
3) Abraço  de  40  segundos  
4) Ler  provérbio  do  dia  sublinhando  
5) Visualização  da  vida  extraordinária  por  7  minutos  
6) Verbalizar  30  características.  Eu  sou...  
7) Profetizar  na  vida  dos  próximos  
8) Profetizar  nos  pilares  de  sua  vida  
9) Ativação  do  Estado  de  Recursos  3x  ao  dia    
10) Ritual  do  dormir  
11) Ler  todos  os  ganhos  acumulados  diariamente  
12) Execução  dos  exercícios  VAS  de  sala  durante  a  semana  entre  sessões  
13) 40  motivos  de  gratidão.  Eu  sou  grato...  
 
 
 
 
 

 
                         82  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

6.2-­‐  VÍDEOS    

Dentro  da  perspectiva  da  matriz  de  geração  de  crenças,  esta  modalidade  de    exercício  
de  casa  visa  produzir  novos  sentimentos  e  levar  a  pessoa  a  profundas  reflexões.  Sabendo  que  
são  os  sentimentos  que  produzem  as  crenças,  eles  serão  coadjuvantes  tremendos  no  processo  
de  transformação  do  seu  cliente,  promovendo  mudanças  comportamentais  quando  usado  em  
conjunto  com  o  processo  completo  do  CIS®.  
Os  vídeos  devem  ser  todos  indicados  durante  o  processo,  a  sequência  abaixo  é  apenas  
uma  indicação  sequencial  da  ordem  de  propor  os  vídeos  para  seus  clientes.    O  método  do  coa-­‐
ching   integral   sistêmico®   não   indica   nenhum   outro   vídeo,   porém   aceita   sugestões   que   serão  
avaliadas.  É  muito  importante  também  que  o  coach  assista  a  todos  os  vídeos  para  que  possa  
indicá-­‐los  no  momento  mais  apropriado  a  cada  cliente.  É  provável  que  seu  cliente  e  você  mes-­‐
mo  já  tenha  visto  alguns  desses  filmes,  porém  quando  ele  e  você  virem  novamente  durante  o  
processo,   o   mesmo   filme   proporcionará   novas   percepções,   aprendizados   e   sentimentos.   Por  
isso,  mesmo  que  já  os  tenha  visto;  ASSISTA  NOVAMENTE!  E  repito,  não  indique  filmes  que  não  
estejam  nesta  lista,  ele  pode  funcionar  com  algumas  pessoas  e  atrapalhar  outras.  Todos  esses  
vídeos  relacionados  são  considerados  seguros  e  eficazes.  Não  se  arrisque!  

Relação  de  Vídeos  Indicados  

1) Desafiando   Gigantes   Î   Objetivo:   Esperança,   determinação,   motivação,   autorrespon-­‐


sabilidade,  reconstrução  e  fé.  
2) Poder   além   da   Vida   Î   Objetivo:   Mensagens   filosóficas   profundas,   em   um   processo  
muito  forte  de  coaching  e  mentoring  na  reconstrução  emocional  e  de  valores  morais.  
3) O  presente  Î  Objetivo:  Missão  e  propósito  de  vida  unidas  ao  servir,  produzir  e  dar  va-­‐
lor  a  sua  própria  vida,  deixando  os  prazeres  pessoais  e  egoístas  por  uma  visão  moral  de  
vida  muito  mais  elevada.  
4) Duas   vidas   Î  Objetivo:   Construção  da   autoestima,   muito   utilizado   para   reconstrução  
da  criança  interior  através  do  perdão  aos  pais.  
5) Click  controle  remoto  Universal  Î  Objetivo:  Leva  o  coachee  a  rever  seus  valores  e  suas  
prioridades,  promovendo  escolhas  que  promovem  o  equilíbrio  de  vida  no  MAAS®.  
6) A  virada  Î  Objetivo:    Transformação  total  de  vida  baseada  em  uma  forte  conduta  ética  
e  de  fé  focada  em  valores  morais.  
7) A   procura   da   felicidade   Î   Objetivo:   Gerar   esperança   e   um   comportamento   com   de-­‐
terminação  e  ação  focada  sem  perder  os  princípios  e  os  valores.  
8) O  todo  poderoso  Î  Objetivo:  Produz  Autorresponsabilidade  no  coachee.  
9) Minha   vida   Î   Objetivo:   Mostra   como   mágoas   não   perdoadas   de   pai   e   mãe   causam  
câncer  e  prejudicam  a  comunicação  e  os  relacionamentos.  
10) De  porta  em  porta  Î  Objetivo:  Motivação,  determinação  e  superação  através  de  cren-­‐
ças  fortalecedoras  passadas  pela  mãe  a  uma  criança  deficiente.  
11) O  fazendeiro  e  Deus  Î  Objetivo:  Fé  e  esperança  e  trabalho    por  dias  melhores  basea-­‐
dos  na  relação  sobrenatural  com  Deus.  

 
                         83  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

12) Tempo   de   recomeçar  Î  Objetivo:  Mostra   o  mal   que   mágoas   guardadas   podem  fazer  
em  todas  as  áreas  da  vida  e  em  várias  gerações,  
13) O  feitiço  do  tempo  Î  Objetivo:  Ser  relevante  implica  em  servir  ao  próximo  e  isso  é  fer-­‐
ramenta  de  mudança  pessoal.  
14) Coach  Carter  Î  Objetivo:  Liderança;    Mostra  a  importância  forte,  disciplinadora  e  ba-­‐
seada  em  valores  e  unidade.  
15) A  última  fortaleza  Î  Objetivo:  Liderança;  mostra  o  quão  importante  é  uma  liderança  
forte,  baseada  no  exemplo  com  uma  visão  inspiradora.  
16) A  prova  de  fogo  Î  Objetivo:  Reconstrução  do  relacionamento  amoroso  através  de  uma  
nova  e  determinada  comunicação  conforme  a  matriz  de  geração  de  crenças.  
17) Duelo  de  Titãs  Î  Objetivo:  Liderança;  mostra  dois  líderes,  um  com  estilo  democrático  e  
outro  autocrático  e  quão  bom  é  o  equilíbrio.  
18) Path   Adams   Î   Objetivo:   Amor   e   comunicação   amorosa   e   suas   consequências   trans-­‐
formadoras  na  vida  e  no  meio.  
19) Ponto  de  decisão  Î  Objetivo:  Reconstrução  conjuga  depois  da  inversão  dos  papeis  do  
casal.  
20) A  corrente  do  bem  Î  Objetivo:  O  poder  de  mudança  da  comunicação  do  amor.;  
21) Corajosos  Î  Objetivo:  Construção  de  caráter  -­‐    Pilares:  Familiar  –  Conjugal  -­‐  Filhos  
22) Mãos  Talentosas  Î  Objetivo:  Cura  do  peso  e  dos  traumas  do  passado  e  a  dedicação  e  
programação  positiva  e  deliberada  da  mãe  e  decisão  pessoal  ambas  com    foco  no  futuro  
positivo.  
23) Para   sempre   vencedor   Î   Objetivo:   Determinação,   ativação   do   Estado   de   Recursos   e  
foco  no  resultado.  
24) Diário  de  uma  Babá  Î  Objetivo:  Valores;    Mostra  um  casal    com  valores  invertidos  e  
um  filho  no  meio  deles  abandonado.  
25) Você   pode  curar   a   sua  vida  Î  Objetivo:   Um    misto  de  poder  das  palavras   e  de  física  
quântica  com  foco  na  cura  física  e  saúde.  
26) O  Poder  da  Graça    Î  Objetivo:  cura  pelo  perdão,  missão  de  vida,  ajudar  aos  outros  -­‐  Pi-­‐
lares:  Emocional    -­‐  Espiritual  -­‐  Familiar  
27) O  poder  da  água  Î  Objetivo:  Um  trabalho  científico  que  mostra  na  saúde  e  na  vida  o  
poder  das  palavras  e  das  emoções.  
28) Um  sonho  possível  Î  Objetivo:    Acreditar  em  alguém  quando  ninguém  crê  e  assim  res-­‐
gatar  toda  a  potencialidade  humana.  
29) Delírios  de  consumo  de  Beck  Bloom  Î  Objetivo:    Mostra  a  psicologia  do  consumismo,  
como  forma  de  aplacar  a  carência  e  a  baixa  estima.  
30) Estão  Todos  Bem  Î  Objetivo:  convívio  familiar  –  a  importância  de  ouvir,  escutar,  parti-­‐
cipar.  
31) Cartas  p/  DeusÎ  Objetivo:  Superação  de  limitações,  ajudar  aos  outros.  –  Pilares:  Social  
–  Familiar  -­‐  Espiritual  

 
                         84  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

32) Soul  SurferÎ  Objetivo:  Superação  de  limitações  


33) Agentes  do  DestinoÎ  Objetivo:  Focar  e  alcançar  meta,  livre  arbítrio,  autorresponsabili-­‐
dade  –  Pilares:  Conjugal  –  Emocional  -­‐  Social  
 

6.3-­‐  LIVROS  

Os   livros   são   uma   coletânea   de   temas   profundo   que   provocam   grandes   mudanças   em  
toda  a  matriz  das  crenças.  A  maioria  são  livros  pequenos,  metafóricos,  porém  fortes  no  conteú-­‐
do  e  estímulo  às  mudanças.  O  ideal  é  que  você  passe  um  livro  por  sessão  e  acompanhe,  estimu-­‐
le  e  cobre  a  execução  da  leitura.  Os  livros  alteram  em  toda  a  matriz  de  mudanças  de  crenças,  
porém  com  atuação  maior  na  mudança  na  forma  de  pensar  e  refletir  sobra  a  vida  e  a  si  mesmo.  
 
 
RELAÇÃO  DE  LIVROS:  
LIVROS  OBRIGATÓRIOS  PARA  O  COACHEE:    Devem  ser  passados  para  o  coachee  duran-­‐
te  as  sessões  do  lifecoaching  NA  SEQÜÊNCIA  INDICADA  
1) Autorresponsabilidade:  autorresponsabilidade.  –  Paulo  Vieira  
2) Eu;  líder  eficaz:  auto-­‐gestão  emocional.  –  Paulo  Vieira  
3) A  Boa  Sorte  
4) O  cavaleiro  Preso  na  armadura:  autoconsciência.  –  Robert  Fisher  
5) O  motorista  e  o  milionário:  foco  e  automotivação  e  pagar  o  preço.  –  Joachim  de  Po-­‐
sada  e  Ellen  Singer  
6) Picos  e  Vales:  como  passar  por  problemas  e  crescer  com  eles.-­‐  Spencer  Johnson  
7) O  Poder  Verdadeiro:  Método  CIS  completo.  –  Paulo  Vieira  
8) Livro  de  provérbios:  sabedoria,  mudanças,  valores.  -­‐  Bíblia  
9) O  poder  da  Língua:  sabedoria,  linguagem,  mudanças.  –  Gary  Haynes  
10) Salomão,   o   homem   mais   rico  que   existiu:   sabedoria  –   Fabiano   Morais  e   Steven   K.  
Scott  
11) Fernão  Capelo  Gaivota  –  buscar  valores  para  vida  –  Bach,  Richard  

 
LIVROS  UP  GRADE  PARA  O  COACHEE  
1) Sem  medo  de  viver:  Para  pessoas  acometidas  de  medos  e  fobias  –  Max  Lucado  
2) Em  busca  de  Sentido:  Visão  positiva  do  futuro.  Viktor  Frankl  
3) O  poder  do  agora  ou  Praticando  o  poder  do  agora:  V0    Eckhart  Tolle  
4) Quem  mexeu  no  meu  queijo:  autorresponsabilidade  -­‐  Spencer  Johnson  
5) Eu  e  minha  boca  grande:  palavras  e  espiritualidade  –  Joyce  Meyer  

 
 
 
                         85  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
LIVROS  UP  GRADE  PARA  O  COACH  
1) O   jogo   interno   do   Tênis:   os   princípios   que   moldaram   o   método   do   coaching   -­‐   Ti-­‐
mothy  Gallwey  
2) Os   7   hábitos   das   pessoas   altamente   eficazes:   princípios   de   alta   performance   –  
Stephen  R.  Covey  
3) Fazendo   amigos   e   influenciando  pessoas:   relacionamento   e   persuasão  –   Dale   Car-­‐
negie  
4) Poder  sem  limites:  programação  neurolinguística  –  Anthony  Robbins  
5) Contatos  para  a  vida  inteira  –  relacionamento  e  rede  para  vendas-­‐  Tim  Templeton  
 
LIVROS  SOBRE  RELACIONAMENTOS  FAMILIARES  
1) Quem  ama  educa  –  Içami  Tiba  
2) A  auto  estima  de  seu  filho  –  Doroty  Briggs  
3) Limites  sem  trauma  –  Tânia  Zagury  
4) As  5  linguagens  do  amor  –  Gary  Chapman  
5) O  desafio  de  amar  –  Kendrick,  Stephen,  Hendrick,  Alex  

 
LIVROS  SOBRE  CONQUISTAS  FINANCEIRAS  
1) Os  segredos  da  mente  milionária:  finanças  e  prosperidade  –  T.  Harv  Eker  
2) Pai  rico  e  Pai  pobre:  foco  em  investir  financeiramente  –  Robert  T.  Kiyosaki  
3) Casais  Inteligentes  enriquecem  juntos:  acordo  financeiro  no  lar  –  Gustavo  Cerbasi  
4) A  Ciência  de  Ficar  Rico  –  finanças  –  Wallace  D.  Watles  
5) Eu  vou  te  enriquecer  –  Paul  Mackenna  
 
 
 

6.4-­‐EXERCÍCIOS  DINÂMICOS  DE  CASA  

São  exercícios  poderosos  que  prepararão  e  conduzirão  o  cliente  para  as  mudanças,  le-­‐
vando-­‐o   a   uma   profunda   consciência   de   si   e   do   meio,   como   também   romperá   seus   limites   e  
amarras.  Com  um  novo  estado  de  recursos  e  relacionamentos  muito  mais  harmônicos.  Os  re-­‐
sultados  desses  exercícios  é  a  ação  focada  nos  objetivos.  Estes  exercícios  trabalham  igualmente  
os   dois   hemisférios   cerebrais,   alterando   o   quociente   intelectual,   decisório   e   racional   como  
também   interfere   no   quociente   emocional   promovendo   uma   forte   restauração   de   crenças   e  
emoções  e  competências  emocionais.  
1) Lista  de  trabalho  com  o  Coach  
2) Mural  da  vida  extraordinária  
3) 15  maneiras  de  restaurar  relacionamentos  pessoais  

 
                         86  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

4) Relação  de  40  características  pessoais/profissionais  positivas:  Eu  sou...  


5) Relação  de  50  gratidões.  Eu  sou  grato  por...  
6) 300  perguntas  terapêuticas    
7) Agenda  da  vida  extraordinária  
8) Agenda  funcional  extraordinária  
9) Avaliação  Multidirecional  da  Inteligência  Emocional  
10) Avaliação  Multidirecional  das  Habilidades  Gerenciais  
11) Avaliação  Multidirecional  Eficácia  no  trabalho  
12) Avaliação  Multidirecional  em  Vendas    
13) Autobiografia  completa  
14) Autobiografia  de  dores  de  0  a  12  anos  
15) SOL  -­‐Skill  Open  Limits    
16) Dream  List  -­‐  Smart  
17) Ganhos  e  Perdas  
18) Grade  de  Metas  
19) Construção  de  um  plano  de  ação  focal  –  5w2h  
20) Autocoaching  com  35  perguntas  e  respostas  (executive  e  life)  
21) Balanço  Patrimonial  
22) Caderno  de  Críticas  Externas  
23) Carta  de  orientação  pessoal  
24) Escrever  a  missão  de  vida  
25) Escrever  profecias  para  pessoas  íntimas    
26) Escrever  uma  profecia  para  cada  pilar;  
27) Evolução  de  crenças  para  as  fases  da  vida  -­‐  em  relação  ao  tempo  
28) Matriz  de  decisão  
29) Orçamento  Familiar  
30) Ordenação  de  Valores  
31) Pedir  perdão  a  pessoas  relevantes  
32) Perdoar  pessoas  relevantes  
33) Perguntas  de  auto  conhecimento  primal  
34) Processo  decisório  com  média  ponderada  
35) Relação  de  pontos  fracos  pessoais/profissionais  que  o  cliente  reconhece  
36) Relação  de  todos  os  ganhos  
37) Relação  de  repetições  de  padrões  negativos  de  Pai  e  Mãe  
38) Surpresas  de  amor  
39) Visita  a  instituição  de  assistência  de  caridade  e  assistência  (mínimo  04  horas)  
 
 
 

 
                         87  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

7.  EXEMPLO  DE  SESSÃO  NA  PRÁTICA  

Os  registros  que  se  seguem  abaixo  é  real,  uma  transcrição  literal  de  sessões  de  clientes.  
Neles   foram   apenas   omitidos   ou   modificados   os   dados   e   informações   que   possibilitavam   a  
identificação  do  cliente.  Eventuais  erros  de  português  podem  aparecer  devido  a  dinâmica  entre  
prestar  atenção  em  V0  ao  cliente  e  anotar  tudo  o  que  é  relevante.  
 

COACHING    FULANO  DE  TAL  45  ANOS    


Coach:  Paulo  Vieira  
Agenda  
Sessão   Data   Hora   Status  
1ª   15/10   16:00-­‐17:30   Ok  
2ª   28/10   15:40-­‐17:10   Ok  
 
 
Estado  atual  
15/10   -­‐   Sou   bloqueado   e   polarizado:   ou   estou   trancado   e   racional   ou   completamente  
emocional  e  choroso;  VIVO  NOS  EXTREMOS.    
 
OBSERVAÇÕES  /  ALUCINAÇÕES  (percepção  do  Coach)  
15/10   1) Eliminar  a  auto-­‐exigência  auto-­‐cobrança.  
2) Perdoar  pai  e  mãe.  
3) Amparar  a  criança  interior.  
4) Se  sente  muito  cobrado  sempre.  
5) Trazê-­‐lo  para  o  aqui  e  agora.  
6) Produzir  estado  de  recurso  de  paz  e  serenidade.    
7) Ele  viola   os  valores  das  pessoas  com  abordagens  muito  duras  e  vai  afastando  todos  
de  si;  
28/10   8) Ajudá-­‐lo  a  não  tentar  abafar  as  críticas  e  pensamentos  racionalmente.    
9) Violar  os  valores  das  pessoas  com  abordagens  muito  duras  tem  destruído  seus  relacio-­‐
namentos  
  10)  
 
 
 
Ganhos  
28/10   1) Uma  conversa  muito  boa  com  a  gerente  e  a  com  a  sócia/esposa,  como  nunca  tive  an-­‐
tes,  falei  o  que  queria  o  que  esperava  sem  guerrear  e  sem  agredir;  
2) Acordei  mais  leve  e  curti  uma  manhã  de  forma  leve  como  há  muito  tempo  eu  não  ti-­‐
nha;  não  tive  o  excesso  de  pensamento  e  pude  viver  um  dia  de  liberdade  e  paz.  
   
 
 
 
                         88  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

MAAS  
MAAS   Des   15/10              
Espiritual     10   4              
Parentes   8   5              
Filhos   10   7              
Conjugal   10   5              
Profissional   10   8              
Financeiro   8   8              
Saúde   10   6              
Social   9   7              
Emocional   10   4              
Pilares  a  serem  trabalhados:    1)  Espiritual      2)  Conjugal  3)Emocional  
 
OBJETIVOS/METAS  
15/10   EQUILÍBRIO  DE  VIDA    
1) Estar  bem  com  a  minha  família:  com  o  ambiente  leve  cada  um  fa-­‐
lando  de  si  e  feliz,  diferente  quando  querem  ir  embora.  
2) Buscar  equilíbrio  em  todas  as  áreas.  
3) Fugir  das  competições.  
4) Relacionamento  com  filhos:  conquistar  cada  dia  mais  espaço  com  os  
filhos  se  sentindo  bem  com  os  agregados.  
5) Preciso   aprender   a   me   relacionar   com   as   pessoas;   principalmente  
com  minha  esposa.  
6) Preciso  aprender  respeitar  as  verdades  dos  outros.  
7) Conseguir  me  sentir  bem  em  relação  ao  fulano.  
8) Eliminar  o  lado  crítico.  
     
 
EXERCÍCIOS  DE  SALA  
DATA   EXERCÍCIO   APRENDIZADO   DECISÃO  
15/10   Metáfora  da  Gaivota   Eu  percebo  que  eu  posso  mu-­‐ Pedir   perdão   aos   meus  
dar  e  quero  mudar   filhos  pelos  conflitos  e  por  
não   deixá-­‐los   serem   quem  
de  fato  são.  
28/10   Três   posições   e   três   1.  -­‐Posso  sair  do  campo  de  bata-­‐ 1.   Ouvir   as   pessoas   até   o  
decisões   e   construção   lha  e  estar  desarmado  e  pacífico.   final.  
da   autoimagem   ex-­‐ 2.  -­‐Não  ter  a  ansiedade  de  im-­‐ 2.   Respeitar   e   validar   as  
traordinária   por  minhas  ideias  e  opiniões.   pessoas   como   elas   são:  
3.   -­‐Vou   dar   espaço   para   as   suas   fraquezas   e   angusti-­‐
pessoas  serem  o  que  elas  são.   as...  
4.  -­‐  Para  que  eu  coloque  o  meu   3.  Colocar  o  meu  ponto  de  
ponto   de   vista   não   preciso   de   vista   sem   agressividade  
armas.   sem   ironia,   sem   menos  
5.  -­‐Tudo  é  uma  caminhada.   prezo.  
       

 
                         89  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
EXERCÍCIOS  PARA  CASA  
-­‐ROTINEIROS  
15/10   1) Ritual  do  acordar.    
2) Abraço  de  40  segundos.  
3) Ativação  do  Estado  de  Recursos  5  x  dia.  
4) Validação  5/5  em  V0.  
5) Profetizar  com  poder  na  vida  da  esposa,  filha,  empresa.  
6) Provérbios  sublinhando.  
     
 
-­‐  PONTUAIS  
  Vídeos   Livros   Exercícios   Status  
15/10   Poder  além  da  vida.   Autorresponsabili-­‐ Escrever   40   motivos   28/10  –  Ok  
Desafiando   Gigan-­‐ dade   de   gratidão.   Eu   sou  
tes   grato  por...  
Escrever   40   motivos  
de  gratidão.  Eu  sou...  
28/10   Click  controle  remo-­‐ O  poder  do  agora  .   1) SOL  (_).    
to.   2) Escrever  40  motivos  
A  virada   de   gratidão.   Eu   sou  
grato  por...    
3) Agenda   da   vida  
extraordinária.  
4) Visualização   5   dias    
da  Imagem  da  pleni-­‐
tude:   empresa,   fa-­‐
mília  e  esposa.  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         90  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

COACHING  FULANA  DE  TAL    (30  anos)    


Coach:  Paulo  Vieira  
Agenda  
Sessão   Data   Hora   Status  
1ª     22/10   9:10-­‐10:40   Ok  
2ª     29/10   11:10-­‐12:40   Ok  
3ª     12/11   11:20-­‐12:50   Ok  
4ª     16/11   11:20-­‐12:50   Ok  
5ª     9/12   11:20-­‐12:50   Ok  
6ª     5/01   14:30-­‐16:00   Ok  
7ª     27/01   11:30-­‐13:00   Ok  
8ª     03/02   11:30-­‐13:00   OK  
9ª     10/02   12:00-­‐13:30   OK  
10ª     17/02   12:00-­‐13:30   Ok  
 
 
Estado  atual  (Inicial)  
22/10   -­‐  Estou  depressiva  e  agressiva;  
-­‐  Minha  gravidez  foi  terrível,  muita  raiva  e  muita  mágoa  do  marido;  
-­‐  Eu  não  vivi  a  minha  vida;  eu  não  me  diverti;  
-­‐  Poucos  amigos;  
-­‐  Passei  a  viver  o  mundo  do  meu  marido;  
 

Ganhos  
29/10   -­‐  Saí  bem  leve  e  confiante  da  última  sessão;  
-­‐  Estou  poderosa  e  acreditando  
12/11   -­‐  Estou  otimista  
-­‐  Estou  planejando  melhor  e  organizando  mais  
-­‐   O   relacionamento   com   meu   filho   está   melhor   e   estou   colocando   na   cabeça   dele  
que  ele  merece  ser  um  vencedor  
-­‐  Estou  amando  mais  ainda  meus  parentes;  pais,  irmã...  
-­‐  Antes  eu  reagiria  com  muito  briga  c/  o  marido;  e  hoje  eu  respiro  fundo  e  faço  algo  
de  valor  comigo  e  meu  filho;  
-­‐  Estou  vivendo  mais  cada  detalhe;    
-­‐  Estou  buscando  mais  os  amigos  de  faculdade;  
-­‐  Não  mexo  mais  no  celular  dele:  o  ciúme  está  acabando;  
-­‐  Dei  alguns  passos  e  me  tornando  mais  independente  da  minha  mãe;  
-­‐  Saí  bem  leve  e  confiante  da  última  sessão;  
-­‐  Estou  poderosa  e  acreditando;  
 

 
                         91  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

16/11   -­‐  Estou  transformada  estou  incrível;  


-­‐  Motivação  total  na  empresa,  fazendo  reuniões  e  perto  da  equipe,  elogiando  e  ven-­‐
do  o  poder  do  elogio;  
-­‐  Descobri  como  me  faz  bem  elogiara  as  pessoas  e  hoje  estou  vendo  o  que  as  pessoas  
tem  de  bom;  
-­‐  Estou  conseguindo  abraçar  as  pessoas;  
-­‐  O  meu  autocontrole  está  fantástico;  
-­‐  Desde  que  estou  fazendo  o  ritual  do  acordar  o  meu  dia  é  outro,  saiu  o  peso  de  den-­‐
tro  de  mim,  e  vem  uma  energia  incrível;  
-­‐  Meu  filho  está  diferente;  
-­‐  Estou  equilibrada,  paciente  e  buscando  conquistá-­‐lo;  
-­‐  Estou  sentindo  o  agir  de  Deus  lendo  provérbios,  orando  direto  com  Ele;  
-­‐  Estou  quase  completamente  independente  da  minha  mãe  e  do  Marido;  
-­‐  O  exercício  da  gratidão  tem  me  feito  enxergar  que  sou  muito  abençoada  por  Deus  e  
conseguia  enxergar  as  pequenas  coisas,  
-­‐  Estou  mais  consciente  do  meu  financeiro  e  certa  que  vou  planejar  o  meu  futuro;  
 
9/12   -­‐  Meu  autocontrole  está  total  e  completo;  com  paciência;  
-­‐  Estou  com  projetos  e  sonhos  para  a  minha  EMPRESA;  
-­‐  Com  o  FILHO  está  ótimo  ele  está  bem  mais  seguro;  
-­‐  Apesar  de  me  sentir  carente,  estou  lidando  bem  com  isso;  
-­‐  Não  me  permito  mais  ficar  triste;    
-­‐  Dei  um  show  na  TPM  e  ele  não  percebeu  nada;  
-­‐  Não  existe  mais  briga  mesmo  o  marido  só  fazendo  o  que  quer;  
-­‐  Estou  lendo  muito  a  bíblia  e  estou  fortalecida;  
-­‐  Aprendi  a  fazer  arroz  e  salada;  
-­‐  Estou  fazendo  mais  amizades  e  conhecendo  mais  pessoas;  
 
05/01   -­‐  Sessão  não  foi  transcrito  para  preservar  privacidade  do  cilente  
 
27/01   -­‐  Curti  meu  filho  intensamente  e  maravilhosamente  em  V0  só  nos  dois;  
-­‐  Na  minha  empresa  estou  motivando  mais  meus  funcionários;    
-­‐  O  Delivery  está  crescendo  está  vendendo  em  média  2000  por  dia;  
-­‐  O  Marido    mudou  completamente,  e  será  definitivo;  
-­‐  Estou  estabelecendo  independência  emocional  da  minha  mãe;  
-­‐  Estou  me  relacionando  melhor  com  todas  as  pessoas  transmitindo  alegria;  
-­‐  Estou  livre  sexualmente  fogosa  e  sem  bloqueio;  
-­‐  Não  me  deixo  mais  contaminar  por  pessoas  ou  situações  negativas;  
-­‐  Estou  feliz  e  liberta  e  solta,  
-­‐  O  Marido  fez  planejamento  de  vida  comigo  das  viagens;  (1ª  vez  na  vida  que  ele  fala  
sobre  isso)  
-­‐  O  marido  desistiu  da  casa  de  praia;  (graças  a  Deus)  
-­‐  Nós  três  jogamos  monopólio  e  foi  ótimo  e  o  filho  não  ficou  me  defendendo;  foi  ma-­‐
ravilhoso  
 
03/02   -­‐  Sessão  não  foi  transcrita  para  preservar  privacidade  do  cliente  
 

 
                         92  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

10/02   -­‐  A  minha  Empresa  aumentou    bastante  o  faturamento;  


-­‐  Marido  me  chamou  para  eu  cuidar  do  financeiro  de  toda  a  empresa;  
-­‐  Estou  malhando  todos  os  dias;  
-­‐  Do  Método  CIS  para  cá  minha  saúde  melhorou  muito;  
-­‐   O   Marido   (por   incrível   que   pareça)   passou   o   dia   com   a   gente   e   chegou   cedo   em  
casa;  
-­‐  Treino  meus  gerentes  30  min.  Por  dia  
-­‐  Aprendia  a  dizer  não  
 
17/02   -­‐  Almoço  de  comemoração  pelos  resultados  obtidos  com  o  coaching  
 
 

MAAS  
MAAS   Des   22/10   12/11   9/12   27/01   10/02  
Espiritual     10   3   7   9   8   8  
Parentes   10   5   8   8   8   9  
Filhos   10   5   9   9   9   8  
Conjugal   10   2   3   8   8   8  
Profissional   10   5   7   8   9   9  
Financeiro   10   7   7   8   9   9  
Saúde   10   7   8   9   9   10  
Social   10   3   5   7   8   8  
Emocional   10   3   7   8   8   9  
Pilares  a  serem  trabalhados    
1)  Conjugal  
2)  Espiritual  
3)  Emocional  
 

OBJETIVOS/METAS  
22/10   EMOCIONAIS  GERAIS:  EQUILÍBRIO  DE  VIDA      
-­‐  Sentir-­‐me  sentir  mais  protegida  e  defendida  pelo  meu  marido;  
-­‐  Sinto-­‐me  mais  motivada  e  feliz  e  poderosa;  
-­‐  Ser  amada  plenamente;  
-­‐  Aprender  a  cozinhar  arroz,  feijão,  carne;  
-­‐  Montar  uma  clínica  de  Beleza;  
-­‐  Perseverar  na  minha  atividade  física;  
-­‐   Equipe   100%   motivada,   brilhante   ágil   e   bem   resolvida,   e   auto-­‐
responsável;  
-­‐   Fazer   minha   empresa   ter   resultados   concretos:   faturar   o   que   o  
sistema  indica;  
-­‐  Ter  todos  os  setores  funcionando  muito  bem;  

 
                         93  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

-­‐  Organizar  minhas  finanças  pessoais;  


-­‐  Estar  verdadeiramente  perto  do  meu  filho  e  participar  das  diver-­‐
sões  dele  
-­‐  Viajar  para  Europa  em  2010;  
-­‐  Conhecer  as  serras  Gaúchas  2011;  
-­‐  Conhecer  a  Argentina  2010;  
-­‐  Conhecer  a  Austrália;    
-­‐  Liberar  em  março  ou  abril  e  ter  mais  um  filho  em  jan.  de  2011;  
-­‐  Comprar  uma  maquina  de  fotografar  e  filmar;  
-­‐  Transformar  meu  filho  em  um  vitorioso;  
-­‐  Engajar-­‐me  ou  desenvolver  em  um  projeto  social;  
-­‐  Ir  para  Disney  com  o  meu  filho  
 
12/11   CONJUGAIS:    
-­‐  Quero  meu  marido  carinhoso  
-­‐  Quero  ele  protetor  
-­‐  Atencioso  e  Interessado  por  mim  
-­‐  Um  bom  pai  
-­‐  Mais  animado  sexualmente  
-­‐  Motivado  a  sair  comigo  e  que  goste  de  estar  do  meu  lado  
 
 

EXERCÍCIOS  DE  SALA  


DATA   EXERCÍCIO   APRENDIZADO   DECISÃO  
-­‐  Metáfora  da  Gaivo-­‐ -­‐   Eu   percebo   que   eu   posso   -­‐  Pedir  perdão  ao  meu  filho,  
22/10  
ta   mudar  e  quero  mudar   pela   raiva,   impaciência   e  
distância  
-­‐   Construção   da   Au-­‐ -­‐   As   mudanças   estão   aconte-­‐ -­‐   Planejar   na   noite   anterior  
29/10  
to-­‐imagem   cendo  depois  que  eu  mudei;  é   tudo   o   que   vai   fazer   no   dia  
só   continuar   mudando   eu   e   seguinte  rotinas  diária  
não  meu  marido   -­‐   Arrumar-­‐me   melhor   pra  
trabalhar;  
-­‐  Dizer  não  na  empresa;  
-­‐  Cumprir  o  planejamento;  
-­‐   Planejar   viagens   e   pas-­‐
seios;  
-­‐   Sair   à  noite   com   o  Marido  
na  sexta;  
-­‐  Conversar  mais  em  casa  na  
sala  sobre  os  três;  

 
                         94  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

-­‐  Efeito  Borboleta   -­‐   Não   transcrito   por   privacida-­‐ -­‐   Não   transcrito   por   privaci-­‐
12/11  
de  do  cliente   dade  do  cliente  
-­‐   Caminho   dos   Re-­‐ -­‐   Eu   posso   mudar   muito   a   mi-­‐ -­‐   Não   transcrito   por   privaci-­‐
16/11  
cursos   nha  vida,  e  no  meu  casamento   dade  do  cliente  
serei   digna   e   correta   sempre,    
até   que   eu   veja   que   não   vale  
mais   apenas   viver   assim,   seja  
como   for   estarei   feliz   como  
estou  hoje.  
-­‐  Montagem  do  MA-­‐ -­‐   Não   transcrito   por   privacida-­‐ -­‐   Não   transcrito   por   privaci-­‐
9/12  
AS  de  meta  e  valores   de  do  cliente   dade  do  cliente  
-­‐   Mudanças   das   -­‐   Não   transcrito   por   privacida-­‐ -­‐   Treinar   minha   equipe   ge-­‐
05/01  
imagens   com   foto-­‐ de  do  cliente   rencial   todos   os   dias   por  
grafia   30min.   E   reformar   a   pada-­‐
 
ria;  
-­‐   Divertir-­‐me   com   o   marido  
e   com   meu   filho;   sair   pelo  
menos   dois   dias   da   semana  
e  pelo  menos  um  no  fim  de  
semana;  
-­‐  Fazer  a  Inteligência  Emoci-­‐
onal;  
-­‐  Cuidar  da  saúde:  check  up,  
nutricionista,   academia,  
corrida,  botar  silicone  e  tirar  
gordurinhas;  Yoga;  
-­‐   Ir   a   missa   todo   domingo;  
treinamento  de  casais;  
 

EXERCÍCIOS  PARA  CASA  


-­‐ROTINEIROS  
22/10   -­‐  Ritual  do  acordar   29/10–  (não)  
-­‐  Abraço  de  40s    
29/10   -­‐  Profetizar  com  poder  na  vida  do  esposo,  filho,  empresa    
-­‐  Provérbios  sublinhando  
12/11   -­‐  Elogiar  4/5    
16/11   -­‐  Visualizar  a  V.E.   9/12  -­‐  não  
-­‐  Caminho  dos  recursos      
27/01   -­‐  Ritual  de  dormir    

 
                         95  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

-­‐  PONTUAIS  

  Vídeos   Livros   Exercícios   Status  

22/10   -­‐  De  porta  em  porta   -­‐  Eu  líder  eficaz     -­‐  Escrever  20  Eu  sou...   29/10  -­‐  ok  
-­‐   Desafiando   Gigan-­‐ -­‐  Picos  e  Vales;  (ler   -­‐    Escrever  50  motivos  de  
tes   apenas   esse   nessa   gratidão:  Eu  sou  grata...  
semana    
-­‐   O   motorista   e   o  
milionário,   O   cava-­‐
leiro   preso   na   ar-­‐
madura  (comprar)  

29/10   -­‐  Ponto  de  decisão   -­‐   Acabar   eu   líder   -­‐   Mais   20   características    
-­‐   Tempo   de   reco-­‐ eficaz   positivas  
meçar   -­‐   O   Motorista   e   o   -­‐  Mais  20  gratidões  
Milionário   -­‐   Mural   da   Vida   Extraor-­‐
dinária  

12/11   -­‐  Minha  vida   -­‐  o  desafio  de  amar   -­‐  Relacionar  os  20  pontos    
-­‐  A  última  fortaleza   -­‐  Acabar  o  motoris-­‐ do  marido  fortes  
ta  e  o  milionário   -­‐  Montar  e  trazer  o  mural  
-­‐   Ler   o   Cavaleiro   da  vida  extraordinária  
preso  na  armadura   -­‐   100   motivos   de   grati-­‐
dão;  Eu  sou  grata...  
-­‐  Efeito  borboleta  5  dias  
 

16/11   -­‐  O  Presente   -­‐  Ler  o  Cavaleiro   -­‐   Aplicar   o   desafio   de    


-­‐  Duas  Vidas   amar;  
-­‐   Relacionar   outros   20  
pontos  fortes;  
 -­‐   Montar   o   mural   da  
vida  extraordinária;  
-­‐   Mais   100   motivos   de  
gratidão  
-­‐   A   Procura   da   Feli-­‐ -­‐  Picos  e  Vales   -­‐   Auto-­‐Coaching:   25   per-­‐  
9/12  
cidade   guntas   O   que   mudarei  
-­‐  O  todo  poderoso   em  mim    e  na  minha  vida  
profissional   para   ser   fe-­‐
liz,  plena  e  realizada?  
-­‐   Mural   da   vida   extraor-­‐
dinária;  

2 -­‐   Diário   de   uma   ba-­‐ -­‐  Ler  Mateus;     -­‐   Ordenar   o   auto-­‐  
bá   -­‐   Sem   medo   de   coaching;  
7/01  
viver  

 
                         96  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

OBSERVAÇÕES  /  ALUCINAÇÕES  
-­‐  Trabalhar  o  autocontrole;  
22/10  
-­‐  Construir  uma  vida  pessoal  de  valor;  
-­‐  Construir  merecimento;  
-­‐  Construir  a  autoimagem;    
-­‐  A  importância  do  que  os  outros  pensam  e  falam  é  importante;  
-­‐  Curar  a  dependência  da  mãe  e  do  Iran,  ansiedade;  
-­‐  Criar  Objetivos  de  vida;  
-­‐  Curar  a  ansiedade;  
-­‐  Curar  a  falta  de  entusiasmo;  
-­‐  Amparar  a  criança  interior  
-­‐  Tudo  muito  claro  
-­‐  Gosta  de  confusão  e  de  brigar  
12/11  

 
 
 
EXERCÍCIO:  
Conduza  na  prática  uma  sessão  de  coaching  completa,  cobrindo  todas  as  etapas  e  sem-­‐
pre  registrando  cada  etapa  de  sua  sessão  em  uma  ficha/folha/sistema  de  registro  de  sessão.  
 
 

 
                         97  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

CAPÍTULO IV – MÉTODO CIS®

 
                         98  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
 
 
 
 
 

1.  PRESSUPOSTOS  DO  COACHING  

1-­‐  Mapa  não  é  o  território.    


a)  chegar  perto  e  observar...    
b)  distanciar  para  ver  o  todo...    
c)  crédito  –  quem  fez  o  mapa/corrigir...    
d)  ser  verdadeiro...  
2-­‐A  Responsabilidade  da  comunicação  é  do  comunicador.    
a)  Gerenciar  o  que  o  outro  percebe  e  como  entende  sua  fala.  
b)  O  Significado  da  comunicação  é  a  resposta  que  ela  passa  independentemente  de  sua  
intenção.    
c)  A  resistência  é  um  comentário  sobre  a  inflexibilidade  do  comunicador.  
d)  Todo  comportamento  é  comunicação.  
3-­‐A  mente  e  o  corpo  são  aspectos  do  mesmo  sistema  cibernético.  
4-­‐  Não  existem  erros,  apenas  resultados.  
a)  As  pessoas  fazem  a  melhor  escolha  a  partir  das  opções  disponíveis  do  ponto  de  vista  
em  questão.  
b)  Todo  comportamento  tem  uma  intenção  positiva.  
c)  Todo  comportamento  é  útil  em  algum  contexto.  
5  -­‐  Todos  temos  os  recursos  que  necessitamos.  
a)  É  melhor  ter  escolhas/possibilidades  do  que  não  tê-­‐las.  
b)  Se  continuar  fazendo  o  que  sempre  fez,  vai  continuar  obtendo  o  que  sempre  obteve.  
c)  Pessoas  com  maior  flexibilidade  têm  maior  probabilidade  de  sucesso.  
d)  Não  existe  fracasso  apenas  feedback  e  resultados.  
 

 
                         99  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

2.  AUTO  RESPONSABILIDADE®  -­‐  A  chave  para  todas  as  mudanças    

Autorresponsabilidade  é  tomar  o  leme  do  barco  de  sua  vida  em  suas  mãos  e  decidir  o  
rumo.    E  quando  chegar  a  um  local  desagradável,  basta  entender  que  é  você  que  está  no  con-­‐
trole,  sendo  assim  basta  zarpar  e  ir  em  outra  direção.  Deus  está  no  controle,  mas  é  você  quem  
está  no  comando  da  sua  vida.    
A  pessoa  autorresponsável  sabe  que  para  mudar  sua  vida  ela  precisa  antes  mudar  a  si  
mesmo.  E  isto  está  diretamente  ligado  ao  coaching  integral  sistêmico,  para  que  ele  tenha  a  cre-­‐
dibilidade  e  experiência  de  um  CAP,  ele  precisa  promover  mudanças  sistemáticas  em  sua  pró-­‐
pria  vida.  
Quem  você  tenta  tanto  mudar  cônjuge,  filhos,  funcionários,  pais  o  mundo,  você  na  ver-­‐
dade  esta  enterrando  seus  relacionamentos  e  resultados.  Lembre-­‐se  que  o  coaching  apesar  de  
ser   um   agente   de   mudança,   não   é   o   vetor   de   mudança,   ele   apenas  fornece   meios   poderosos  
para  que  o  coachee  mude  a  sua  própria  vida.    
 
Pressupostos  da  Autorresponsabilidade:  
1) É  a  certeza  absoluta  (crença)  que  você  é  o  único  responsável  pela  vida  que  tem  levado  
2) É  a  capacidade  racio-­‐emocional  de  se  responsabilizar  pelos  resultados  que  tem  colhido  
na  vida.  
3) É  a  certeza  que  nada  na  vida  muda  até  que  mudemos  a  nós  mesmos.  
4) Não  existe  coincidência!  Você  está  colhendo  o  que  plantou  

 
É  muito  fácil  tirar  de  si  a  responsabilidade  de  seu  sucesso,  felicidade  e  colocar  nas  mãos:    
Da  empresa...   Do  chefe...   Do  Noivo  (a)...  
Da  crise  econômica...   Do  sócio...   Dos  outros...  
Do  Governo...   Do  cônjuge...  
 
 
OS  OUTROS  
(texto  de  Luciano  Lira)  
...  Veríssimo  que  me  desculpe,  mas  atribuir  tudo  de  ruim  só  ao  povo  é  incorreto  e  incom-­‐
pleto:  o  povo  é  aquilo  mesmo,  talvez  até  mais,  porém  não  é  o  único  responsável  por  tudo  estar  
errado.  Tem  os  outros  que  não  prestam.  
Vamos  às  eleições  de  1989:  todos  queriam  Lula,  mas  na  hora  da  verdade,  vêm  os  outros  
e  votam  em  Collor.  A  anarquia  que  reina  no  congresso  nada  tem  com  o  povo,  que  não  vota  leis.  
São  os  outros  que  votam.    
Os  outros  fumam  nos  ônibus  e  elevadores  e  nem  se  preocupam  com  as  boas  maneiras  
ou  proibições.  (Os  outros  que  obedeçam),  dizem  cinicamente.  

 
                         100  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Quem  é  que  não  sabe  votar?  Quem  votou  neste  político  que  além  de  corrupto  ficou  im-­‐
pune?  Quem  fura  as  filas?  Quem  dirige  sem  cuidado,  achando-­‐se  dono  das  ruas  só  porque  tem  
carro?  Quem  entra  na  contra  mão?  Quem  buzina  assim  que  abre  o  sinal  verde?  Os  outros  e  nin-­‐
guém  mais.    
Alguém  já  teve  notícias  de  acidentes  que  não  sejam  provocados  pelos  outros?  
Nunca!   Eu   quando   viajo,   nem   me   preocupo   comigo,   mas   com   os   outros   que   são   irres-­‐
ponsáveis,  ultrapassam  nas  curvas,  guiam  com  excesso  de  velocidade.  
Os  outros,  sempre  os  outros.  Os  outros  são  nossa  desgraça!  Mas  quem  afinal  são  os  ou-­‐
tros?  Devem  ser  entes  sobre  naturais,  pois  nunca,  os  outros  se  identificam.  Todos  criticamos  ou  
nos  escondemos  por  trás  dos  outros,  todos  projetamos  nos  outros  os  traços  ruins  de  personali-­‐
dade,   todos   esperamos   que   os   outros   cumpram   com   o   dever,   mas   ninguém   diz   quem   são   os  
outros...  
Exemplo:    
COMO  VENDER  DESSE  JEITO?    POR  QUE  MUDAR  SE  SÃO  OS  OUTROS  QUE  ESTÃO  ERRA-­‐
DOS?  
 

AS  6  LEIS  PARA  CONQUISTA  DA  AUTORRESPONSABILIDADE  

1.  Se  é  para  criticar  (os  outros)  -­‐-­‐-­‐-­‐  Se  cale  

2.  Se  é  para  reclamar  -­‐-­‐-­‐-­‐  Dê  sugestão  

3.  Se  é  para  buscar  culpado  -­‐-­‐-­‐-­‐  Busque  solução  


 
4.  Se  é  para  se  fazer  de  vítima  -­‐-­‐-­‐-­‐  Faça-­‐se  de  vencendor    

5.  Se  é  para  justificar  meus  erros  -­‐-­‐-­‐-­‐  Aprendo  com  eles  

6.  Se  é  para  julgar  pessoas  -­‐-­‐-­‐-­‐  Julgue  atitudes  


 
 
CASO  DA  VIDA  REAL  I:  
Um   gerente   relatou:   “   Para   eu   ser   um   grande   líder,   eu   teria   que   ser   mais   firme.   Teria  
que  deixar  de  me  sentir  incompreendido  e  injustiçado  pelo  diretor.  Deveria  deixar  de  ser  o  bom  
samaritano  da  empresa,  aquela  pessoa  que  sempre  resolve  os  problemas  de  todos  e  esquece  
os  objetivos  da  própria  empresa.  Seria  mais  assertivo  na  comunicação  com  minha  equipe,  dei-­‐
xando  claro  o  que  espero  dela  e  cobrando  os  resultados  na  hora  certa.  Não  poderia  mais  ficar  
reclamando  da  ineficiência  deles  e  esperando  a  distância  que  cada  um  fizesse  a  sua  parte.  Eu  
teria  que  ser  firme  e  forte,  eu  deixaria  de  sentir  pena  de  mim  mesmo.”  

 
                         101  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

CASO  DA  VIDA  REAL  II:  


“Se  eu  parasse  de  culpar  meu  marido  por  toda  a  minha  infelicidade”,  disse  uma  mulher  
de  50  anos,  “eu  teria  de  assumir  a  responsabilidade  por  meus  atos;  teria    que  encarar  o  fato  de  
que  sempre  senti  pena  de  mim  mesma  e  que  gosto  disso;  teria  de    reconhecer  que  ainda  sonho  
em  ser  salva  pelo  meu  pai;  pararia  de  reclamar  dos  meus  filhos,  e  me  fazer  de  vítima.  Teria  de  
admitir  que  me  faço  de  vítima  sim  ;  teria  de  agir  de  outra  maneira;  teria  que  trabalhar  e  ganhar  
dinheiro;  ter  coragem  para  enfrentar  a  vida;  teria  que  parar  de  culpar  até  mesmo  a  Deus.  Teria  
que  mudar  a  mim  mesmo  e  parar  de  criticar  e  me  fazer  de  vítima.  
 
Afinal,  quem  é  o  único  responsável  pela  sua  felicidade  e  sucesso?  
Pessoas  que  não  são  Autorresponsáveis,  se  acham  vítimas  da  falta  de  oportunidades.  E  
possuem  falas  mais  ou  menos  assim:  
-­‐  Se  meu  chefe  me  desse  oportunidade,  eu…  
-­‐  Se  eu  tivesse  dinheiro,  eu…  
-­‐  Se  não  fosse  a  crise,  eu…  
-­‐  Se  meu  marido  não  me  colocasse  p/  baixo,  eu…  
-­‐  Se  minha  família  fosse  mais  fácil,  eu…  
-­‐  Se  eu  tivesse  feito  faculdade,  eu…  
-­‐  Se  eu  fosse  homem,  eu…  
 
Os  autorresponsáveis  constroem,  procuram,  cavam  suas  oportunidades.  
METÁFORA:  Como  mudar  o  mundo?  
Reflexão  dos  Atos,    Falas  e  Pensamentos    
-­‐  Quando  critico  meu  trabalho...  
-­‐  Quando  reclamo  dos  meus  filhos...  
-­‐  Quando  reclamo  da  minha  esposa...  
-­‐  Quando  reclamo  da  crise...  
-­‐  Quando  critico  os  políticos...  
-­‐  Quando  critico  a  desigualdade  e  violência...    
-­‐  Quando  me  faço  de  vítima  falando...  
-­‐  Quando  espero  que  meus  pais...  
-­‐  Se  Fulano  me  faz  sentir  triste...  
Não  importa  o  que  fizeram  com  você  até  hoje!  O  que  importa  é  o  que  você  fará  com  sua  
vida  doravante!          Isso  é  Autorresponsabilidade  
 
 
 
 
 

 
                         102  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Exercício  -­‐  Testando  o  aprendizado:  

1)  Para  mim  autorresponsabilidade  significa.............................  


2)  Ser  responsável  pelo  meu  sucesso  profissional  significa  mudar  as  seguintes    caracterís-­‐
ticas  em  você:......................  
3)  O  maior  fator  limitante  em  mim  é...........  
4)  Não  é  fácil  para  eu  admitir  que..........................................  
5)  Como  sou  o  único  que  pode  mudar  a  minha  própria  vida,  então....  
6)  A  principal  característica    a  mudar  em  mim  é?...........  
7)  Estou  me    conscientizando  de  que...........................  
 

3.  VAS:  Visão,  Audição  e  Sensações  -­‐  (bits  e  bytes  da  mente)  

O  Método  CIS®  e  o  Coaching  Integral  Sistêmico®  são  calcados  na  substituição  de  crenças  
limitantes  e  na  formação  de  novas  crenças  possibilitadoras,  usando  para  isso  uma  abordagem  
emocional   e   inconsciente  
na   maioria   das   vezes.   Par-­‐
timos   da   premissa   de   que  
tudo  que  vimos,  ouvimos  e  
as   sensações   sinestésicas  
vividas   na   infância   modela-­‐
ram  as  crenças  que  habitam  
em  nossa  mente  e  que  dire-­‐
cionaram   nossas   vidas   des-­‐
de   então.   O   método   CIS®  
propõe   uma   abordagem  
profunda  e  transformadora  neste  contexto,  usando  a  visão  (real  e  imaginada)  a  audição  (real  e  
imaginada)   e   as   sensações   (reais   e   imaginadas)   com   a   estrutura   básica   de   programação   de  
crenças.    
O  que  vem  a  seguir  é  baseado  no  VAS®  como  fonte  de  reprogramação  de  crenças  com  
uma  abordagem  emocional  na  idade  adulta,  porém  “viajando  no  tempo”  indo  do  nascimento  
até  o  futuro  distante  reimprimindo  ou  imprimindo  novas  crenças.    
 
LINGUAGEM  /  COMUNICAÇÃO  
Desta  forma  o  Coaching  Integral  Sistêmico  fará  a  reprogramação  das  crenças  e  da  pró-­‐
pria  vida  através  da  alteração  da  linguagem/comunicação.    
Podemos  mensurar  e  até  supor  a  qualidade  da  vida  e  resultados  de  um  cliente  pela  sua  
comunicação  interna  (pensamentos,  diálogos,  internos  )  e  pela  sua  comunicação  externa  (voz,  
postura,   expressões   faciais,   gestos,   etc.).   Assim   uma   das   funções   primordiais   e   foco   do   CIS   é  
mudar  a  comunicação  de  seu  cliente.  

 
                         103  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Conquiste   acuidade   sensorial   e   seja  um   mestre  na   arte  de  observar   o  quê   e   como   ele  
comunica,  levando  em  conta  que  a  boca  e  corpo  falam  do  que  a  mente  está  cheia.  
Qualidade  da  comunicação  determina  a  qualidade  dos  resultados.  

Rico   Pobre  

ͻAlegria   ͻTristeza  
ͻSegurança   ͻInsegurança  
ͻSucesso   ͻFracasso  
ͻCapacidade   ͻIncapacidade  
ͻMansidão   ͻRaiva  
ͻCoragem   ͻMedo  

 
Para  cada  pilar  de  nossas  vidas  temos  uma  comunicação  diferente  (pilar  maximizado,  
linguagem  efetiva)    
 
Assim   é   muito   importante   descobrir   qual  
área   (pilar/circunstância)   da   vida   que   seu   cliente  
tem  muito  sucesso,  pois  bastará  reproduzir  a  forma  
dele   se   comunicar   interna   e   externamente   nesta  
área   que   ele   também   experimentará   os   mesmos  
resultados  em  outra  área.  Mas  atenção,  a  condução  
dos  exercícios  VAS®  pelo  profissional  Coaching  deve  
obedecer  aos  fundamentos  programacionais.  
 
 
 
 
 
 

4.  MATRIZ  DE  FORMAÇÃO  DE  CRENÇAS©  

Crenças   são   os   programas   inculcados   em   nossa   mente   desde   a   infância   e   que   regem  
nossa  maneira  de  viver,  agir  e  reagir  diante  o  mundo.  As  crenças  mais  determinantes  são  as  
crenças   mais   inconscientes.   Toda   crença   é   inculcada   em   nossa   mente   pelas   imagens   que   vi-­‐
mos,   sons   e   falas   que   ouvimos   e   pelas   sensações   que   sentimos   repetidamente   ou   por   forte  
emoções.  Porém  quando  éramos  criança,  por  sermos  desprovidos  de  intelectualidade  e  discer-­‐
nimentos,   tudo   o   que   víamos,   ouvíamos   e   sentíamos,   entravam   automaticamente   sem   filtro  
nem  defesas  em  nossas  mentes  como  verdades  absolutas,  ou  seja,  como  crenças.  Porém,  nem  
sempre  a  crença  que  nos  fora  útil  na  infância  serão  úteis  na  fase  adulta,  resta-­‐nos  então,  repro-­‐
gramar  nossa  mente.  E  isso  é  algo  que  o  Coaching  Integral  Sistêmico  faz  com  eficácia.  

 
                         104  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Levando   em   conta   que   nossas  


crenças   são   como   programas   mentais  
autorrealizáveis,   nenhuma   mudança  
duradoura   e/ou   profunda   acontecerá  
sem   que   as   crenças   relacionadas   a   tal  
aspecto  sejam  mudadas.  Sendo  assim,  o  
desafio  de  todo  coach  integral  sistêmico  
é   promover   a   restauração,   correção   e  
eliminação  de  crenças  limitantes,  como  
também   a   criação   e   construção   de   no-­‐
vas   crenças   fortalecedoras   e   possibili-­‐
tadoras.  
Para   tanto   a   FEBRACIS®   e   o   IPV  
desenvolveram   a   Matriz   de   Formação   de   Crenças,   uma   ferramenta-­‐conceito   que   lhe   auxiliará  
como  um  roteiro  a  conduzir  as  sinapses  neurais  necessárias  para  mudanças  duradouras  e  pro-­‐
fundas.  
Vejamos  de  forma  mais  clara  como  funciona  a  matriz  ativa  de  formação  de  crenças:  uma  
COMUNICAÇÃO  vitoriosa  e  vencedora,  produz  imediata  e  automaticamente  um  estado  interno  
que   gera   PENSAMENTOS   tam-­‐
bém   vitoriosos,   que   sua   vez,  
dão  sequência  ao  ciclo  neurofi-­‐
siológico,   produzindo   SENTI-­‐
MENTOS   de   vitória.   Acompa-­‐
nhando   a   matriz   percebemos    
que  todo  sentimento  de  vitória  
perpetuado   produz   CRENÇAS  
de   vitória   e   realização.   E   toda  
crença   é   AUTORREALIZÁVEL.    
Sendo   toda   crença   autorreali-­‐
zável,   resultados   e   circunstân-­‐
cias,   muitas   vezes,   inexplicá-­‐
veis,   acontecerão   para   confir-­‐
mar   e   evidenciar   a   crença   que  
acabou  de  ser  inculcada.  

Linguagem  Externa  

A  linguagem  externa  é  composta  por  postura,  gestos,  voz,  palavras,  expressões  faciais,  e  
tudo  o  mais  que  outra  pessoa  pode  ver,  ouvir  e  sentir  (sensação).    E  levando  em  conta  o  pres-­‐
suposto  que  diz  que  mente  e  corpo  fazem  parte  do  mesmo  sistema  cibernético,  quando  alte-­‐
ramos  a  comunicação  do  corpo,  alteramos  também  a  mente  e  vice-­‐versa.  

 
                         105  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Quando   você   for   capaz   de   controlar   sua   fisio-­‐


logia   (comunicação   externa),   será   capaz   de   modificar  
seus   pensamentos   e   sentimentos.   E   quem   controla  
pensamentos  e  sentimentos,  controla  a  própria  vida.  

Exercício:  Dinâmica  das  3  fisiologias  e  dos  três  


pensamentos    

Linguagem  interna  

A   linguagem   Interna   é   composta   pelos   pensa-­‐


mentos,   diálogos   internos,   imaginação,   que   por   sua  
vez  determinam  nossos  sentimentos  e  resultados.  No  
CIS   temos   ferramentas   para   alterar   tanto   a   CE   como  
também   a   CI   Nos   exercícios   de   sala   e   de   casa   você  
terá   as   mais   poderosas   ferramentas   de   transforma-­‐
ção.    
“Tudo   o   que   somos   é   resultado   do   que   pen-­‐
samos.  a  mente  é  tudo.  nós  nos  tornamos  aquilo  que  
pensamos”.  (Buda)  
“...tudo  o  que  é  verdadeiro,  tudo  o  que  é  res-­‐
peitável,  tudo  o  que  é  justo,  tudo  o  que  é  puro  tudo  o  
que   é   amável,   tudo   o   que   é   de   boa   fama,   se   alguma  
virtude   há   e   se   algum   louvor   existe,   seja   isso   o   que  
ocupe  o  vosso  pensamento.”  (Filipenses  4:8)  
Quem  decide  sobre  a  qualidade  de  sua  comu-­‐
nicação  INTERNA  ,  decide  também  a  qualidade  de  sua  
vida.  
Exercício:   dinâmica   imagens   mentais   em   3   ní-­‐
veis    
-­‐  FOMOS  CRIADOS  EM  AMOR  PARA  AMAR.  Amor  x  Amar:  a  
perfeita  linguagem  de  Deus  
-­‐   PARA  SENTIR  O  AMOR,  DEVEMOS  ANTES,  COMUNICAR  O  
-­‐  AMOR  EM  ATOS,  PALAVRAS  E  AÇÕES.  
-­‐   PARA   COMUNICAR   O   AMOR   DEVEMOS   ANTES   DESOBS-­‐
TRUIR  OS  CANAIS.  

Aí  está  um  dos  grandes  diferenciais  do  método  


CIS,   que   é   chegar   na   base   de   suas   crenças,   que   é   a  
própria  identidade  e  desbloqueá-­‐la  através  do  exercí-­‐
cio   de   novos   fundamentos   linguísticos,   que   com   a  
aplicação   intensa   se   tornarão   hábitos   e   assim,   parte  
integrante  da  pessoa.  Tais  hábitos  produzirão  um  no-­‐
vo   estado   de   recurso   no   cliente   e   desta   maneira   ele  

 
                         106  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

será  capaz  de  acessar  seus  melhores  recursos,  afinal  possuímos  todos  os  recursos  para  sermos  
felizes  e  realizados.  
Um   exemplo   para   melhor   compreensão   da   matriz   nos   resultados   de   vida   e   no   conse-­‐
quente  diagnóstico.  Caso  de  uma  Advogada  que  apesar  das  competências  técnicas  e  intelectu-­‐
ais   estava   tendo   resultados   muito   negativos   em   seus   escritórios.     Faça   o   caminho   inverso   da  
matriz:  
Quais  tem  sido  seus  resultados  negativos?  
O  que  você  vem  sentindo  quando  está  trabalhando?  
Quais  são  os  pensamentos  que  te  invadem  involuntariamente  quando  está  trabalhando  
ou  refletindo  sobre  seu  trabalho?    
Quais  são  as  imagens  negativas  que  você  se  percebe  vendo  na  sua  tela  mental  quando  
trabalha  ou  reflete  obre  isso?  
Como  você  age  e  se  comporta  em  relação  ao  seu  trato,  clientes  e  funcionários  que  pode  
estar  produzindo  estes  resultados?  
Com  estas  pergunta  baseadas  na  matriz  de  geração  crenças  a  cliente  identificou  que  se  
sentia  realmente  desmotivada  e  sobrecarregada  com  seu  trabalho,  mesmo  que  sem  demando  
de   serviços.   Os   pensamentos   que   a   invadiam   eram   a   imagem   de   fracasso   com   seu   escritório  
deserto  e  muitas  contas  a  pagar  e  o  diálogo  interno  era  uma  voz  que  dizia  que  ela  merecia  se  
poupar,  se  trancar  e  tirar  o  tempo  que  fosse  necessário  para  si,  mesmo  que  fosse  desmarcando  
reuniões,  não  atendendo  ligações  de  seus  clientes  ou  não  preparando  os  processos  no  tempo  
necessário.  E  os  comportamentos  e  resultados  eram  exatamente  esses.      
Quando   ela   entendeu  que   seus   comportamentos   e   resultados  derivavam   da   matriz  de  
formação  de  crenças,  foi  muito  fácil  mudar.  E  o  aprendizado  dessa  sessão  foi:  “Se  eu  não  fizer  
por  mim,  ninguém  mais  fará  e  que  venho  sendo  muito  exigente  e  dura  com  as  pessoas  a  minha  
volta”  e  a  decisão  da  sessão  foram  várias:  Não  me  permitirei  mais  fraquejar.  Vou  tratar  as  pes-­‐
soas  com  mais  atenção  e  carinho.  Ligarei  para  meus  clientes  semanalmente  dando  feedback  de  
como  estão  seus  processos.  Atenderei  todas  as  ligações  dos  meus  clientes.  
O  fato  é  que  precisamos  de  duas  semanas  para  ver  e  contemplar  grandes  resultados  em  
todas  as  áreas  dessa  profissional  
 
Exercício  
Utilizando  a  Matriz  de  Geração  de  Crenças,  identifique  as  rupturas  neurais  que  estão  le-­‐
vando  o  cliente  a  ter  resultados  negativos  na  questão  específica  e  pré-­‐identificada.  
 
 
 
 
 
 

 
                         107  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Exercício:  
Assinale  abaixo  as  crenças  limitantes  que  você  acredita  possuir  e  acrescente  outras  C.L.  
que  você  tenha.  

‰ Tenho  que  trabalhar  duro  para  ter  dinheiro   ‰ Não  posso  vencer  se  outro  não  perder.  
suficiente  para  viver.  
‰ Nunca  obtenho  o  que  quero.  
‰ Sem  sofrimento  não  há  ganho.   ‰ Os  outros  são  melhores  do  que  eu.  
‰ Tenho  que  ser  rico  para  ser  feliz.   ‰ Coaching  é  difícil.  
‰ Leva-­‐se  tempo  para  ter  sucesso.   ‰ Não  sou  uma  pessoa  flexível.  
‰ A  maioria  das  pessoas  é  melhor  do  que  eu.   ‰ Não  mereço  ter  sucesso.  
‰ Não  posso  confiar  em  ninguém.   ‰ Não  consigo  obter  o  que  quero.  
‰ A   maioria   das   pessoas   é   mais   feliz   do   que   ‰ O  sucesso  só  vem  devagar.  
eu.  
‰ ____________________________________  
‰ Não   se   pode   superar   um   mau   começo   na  
vida.   ‰ ____________________________________  
‰ Não  consigo  trabalhar  com  computador.   ‰ ____________________________________  
‰ Não  consigo  viver  sem  esse  trabalho.  
 
Pense  em  uma  situação  ou  contexto  particular  em  que  você  não  está  conseguindo  o  que  
quer.  Escreva  em  uma  frase  a  meta  que  gostaria  de  conseguir.  
Minha  meta  é  ____________________________________________________  
Pense   sobre   a   sua   meta.   Quão   bem   cada   uma   das   seguintes   frases   se   aplica?   Avalie   a  
sua  crença  em  cada  uma  das  afirmações,  em  uma  escala  de  1  a  10.  Um  correspondente  a  dúvi-­‐
da  completa  e  10  à  crença  congruente.  

 
‰ 1  –  Eu  mereço  atingir  a  minha  meta  de......................................  
‰ 2  –  Eu  tenho  as  habilidades  e  capacidades  necessárias  para  atingir  minha  meta  de...  
‰ 3  –  É  possível  alcançar  a  minha  meta  de.......................  
‰ 4  –  Minha  meta  de....................................  é  clara.  
‰ 5  –  Minha  meta  de...................................  é  desejável.  
‰ 6  –  Minha  meta  de....................................  vale  realmente  a  pena.  
‰ 7  –  Minha  meta  de.....................................  é  ecológica.  
 

 
                         108  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

5.  RAPPORT:  A  TECNOLOGIA  DA  CONFIANÇA  TOTAL  

RAPPORT  E  CONFIANÇA  
Rapport  é  a  qualidade  de  um  relacionamento  de  influência  e  respeito  mútuo  entre  pes-­‐
soas,  baseado  na  confiança.  Uma  pessoa  não  tem  rapport,  mas  se  ela  constrói  um  bom  relacio-­‐
namento   com   outra,   ambas   tem   rapport.   O   rapport   não   é   uma   qualidade   tudo   ou   nada,   que  
você  tem  ou  não.  Há  graus  de  rapport.  Para  exercer  influência  como  coach  você  tem  que  acei-­‐
tar  o  fato  de  ser  influenciado,  assim,  quando  você  constrói  rapport  com  outra  pessoa,  também  
aceita  ser  influenciado  por  ela.  O  rapport  é  natural.  Não  precisamos  criar  rapport,  mas  parar  de  
fazer  o  que  atrapalha.  Dizemos  que  “temos”  rapport,  mas  ele  realmente  descreve  um  relacio-­‐
namento.  
O  rapport  vem  de  uma  tentativa  honesta  para  compreender  o  outro  sem  julgamento.  É  
uma  tentativa  de  calçar  os  sapatos  do  outro.  O  coach  precisa  querer  entender  a  outra  pessoa  
do  ponto  de  vista  dela.  Rapport  não  é  o  mesmo  que  amizade.  Você  pode  estar  em  rapport  e  
não  gostar  de  alguém.  Estar  em  rapport,  geralmente  é  agradável,  mas  você  pode  ter  rapport  e  
respeito  mútuo  e  não  se  envolver  pessoalmente.  Rapport  pode  ser  construído  rapidamente  e  
pode   ser   perdido   também   rapidamente.   Quanto   mais   rápido   o   rapport   puder   ser   construído,  
mais   rápido   ele   pode   ser   perdido.   Rapport   não   é   concordância.   É   possível   concordar   com   al-­‐
guém  e  não  ter  rapport  ou  discordar  com  ele  e  sentir-­‐se  em  rapport.  Antes  de  uma  pessoa  con-­‐
fiar  em  outra  ela  precisa  sentir-­‐se  segura.  
 
CONFIANÇA  
A  palavra  “Confiança”  é  uma  abstração  e  novamente  ela  descreve  um  relacionamento.  
No  entanto,  é  possível  você  confiar  em  alguém  sem  que  ele  confie  em  você.  Como  rapport,  con-­‐
fiança  não  é  uma  coisa  que  você  tem  ou  não  tem.  Há  graus.  É  como  um  presente  que  você  dá  
para   alguém.   Confiança   vem   de   uma   antiga   palavra   nórdica   “traustr”   significando   “forte”   –  
mesma  raiz  que  dá  a  palavra  “true”  em  inglês.  Confiamos  quando  acreditamos  que  alguém  será  
forte,  isto  é,  não  vai  nos  decepcionar.  Podemos  “confiar  nele”.  Confiamos  no  que  acreditamos  
ser  verdadeiro.    
 
Construindo  Confiança  
Seja  verdadeiro.  Não  finja  ser  algo  que  você  não  é.  Você  não  é  perfeito,  é  humano  como  
o  seu  cliente.  
Seja  honesto.  Fale  a  verdade  como  você  a  vê,  não  perca  o  tempo  do  cliente  e  o  seu.  Por-­‐
tanto,  sempre  fale  a  verdade  de  maneira  respeitosa.  Admita  quando  você  não  compreender  e  
quando  você  não  souber  a  resposta.  Não  arrisque  parecer  muito  inteligente  ou  bom.  Parado-­‐
xalmente,  isso  torna  você  mais  confiável.  
Seja  congruente.  Quando  você  não  está  em  rapport  consigo  mesmo,  fica  complicado  pa-­‐
ra  o  cliente  também.  Quanto  mais  você  estiver  em  conflito  com  você  mesmo,  menos  disponível  
estará  para  o  cliente.    

 
                         109  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Ficará  difícil  dar  ao  cliente  toda  atenção  e  fazer  perguntas  claras  se  ele  estiver  descre-­‐
vendo  um  conflito  que  você  também  tenha.  Às  vezes,  você  precisa  ser  claro  com  o  cliente  que  
você   não   vai   discutir   o   problema   dele   porque   este   também   é   um   problema   seu.   Às   vezes,   o  
problema  do  cliente  pode  suscitar  emoções  desconfortáveis  em  você  e  é  necessário  reconhecer  
isso.  Ter  um  coach  para  si  mesmo  ajuda  muito  em  tais  situações.  
Esteja  lá!  Seja  pontual.  Esteja  presente  de  corpo  e  mente,  dê  atenção  total  ao  cliente.  
Não  seja  sério  demais.  Uma  risada  no  lugar  certo  pode  aliviar  a  carga  e  dar  uma  nova  
perspectiva.  Coaching  não  é  tão  sério  que  não  possa  ser  divertido  também.  
Mantenha   a   sua   palavra.   Se   você   disser   que   vai   fazer   algo,   faça-­‐o.   Se   você   não   fizer  
apresente  uma  boa  razão.  

6.  Metamodelo  de  linguagem    

A  linguagem  mostra  o  pensamento  e  padrões  de  pensamento.  Os  padrões  de  linguagem  
podem  ser  limitantes  e  pensamentos  limitantes  restringem  as  ações  e  a  vida  do  cliente.  
O   coach   necessita   identificar   padrões   de   linguagem   que   evidenciem   esses   padrões   de  
pensamentos   limitantes.   Quando   você   estiver  presente   e   o   cliente  usar   esses   padrões,   esteja  
alerta  e  considere  a  possibilidade  de  desafiá-­‐lo  na  sessão  (embora  talvez  não  imediatamente).  
Julgamentos  
Julgamentos   são   afirmações   de   opiniões   ditas   como   se  fossem  fatos.   Os  clientes  farão  
julgamentos   sobre   eles   próprios   e   sobre   os   outros.   Os   julgamentos   são   baseados   em   crenças  
que  podem  estar  erradas.  Frequentemente,  os  clientes  julgarão  a  si  mesmos  e  aos  outros,  não  
por   seus   próprios   valores,   mas   pelos   dos   outros.   Muitas   vezes,   pelos   valores   dos   pais   ou   das  
pessoas  significativas.  Advérbios  como  “obviamente”,  “claramente”  e  “definitivamente”,  sem-­‐
pre  mostram  julgamentos.  Para  quem  isto  está  claro  ou  óbvio?  Certifique-­‐se  que  o  cliente  as-­‐
suma  como  seus,  os  julgamentos  que  ele  faz.  
Generalizações  exageradas  
Todos  nós  generalizamos,  isto  é,  citamos  e  usamos  exemplos  específicos  para  entender  
assuntos  mais  amplos.  No  entanto,  ouça  cuidadosamente  quando  o  cliente  usa  palavras  como  
“sempre”,  “nunca”,  “todo  mundo”,  “ninguém”,  que  significam  que  não  há  exceções.  Esses  tipos  
de  palavras  são  limitantes  e  fecham  a  mente  do  cliente  para  perceber,  verdadeiramente,  o  que  
está  acontecendo  no  momento.  
Suposições  injustificadas  
Aqui  o  cliente  assumirá  algo  que  vem  de  suas  próprias  ideias,  que  não  tem  base  na  ex-­‐
periência.  Ele  colocará  numa  linguagem  tal,  que  pode  escapara  do  seu  entendimento  e  você  o  
aceita  para  lidar  com  o  problema  dele.  No  entanto,  frequentemente,  a  suposição  é  o  problema.  
 
 
 
 

 
                         110  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Exemplo  (A  suposição  está  entre  parênteses):  


“Quantas   vezes   eu   preciso   falar   para   eles   antes   que   parem?”   (eu   terei   que   falar   para  
eles  um  número  de  vezes  antes  que  eles  parem.)  
“Quando  eles  irão  agir  com  responsabilidade?”  (eles  não  estão  agindo  com  responsabi-­‐
lidade  agora.)  
“Quão  ruim  pode  ser  isso?”  (isso  está  ruim  agora.)  
“Não  estou  certo  se  posso  melhorar  minhas  maneiras”  (minhas  maneiras  estão  erradas.)  
“Quão  intensamente  ele  quer  me  ferir?”  (ele  quer  me  ferir.)  
Pressuposições  muitas  vezes  estão  sutilmente  disfarçadas  como  perguntas  “por  que”.  
“Por  que  ele  é  tão  insensível?”  (ele  é  insensível.)  
“Por  que  ela  não  consegue  fazer  nada  certo?”  (ela  não  faz  nada  certo.)  
“Por  que  eu  sou  tão  insensível?”  (eu  sou  insensível.)  
 
Elas  estão,  muitas  vezes,  escondidas  em  outras  frases  que  tem  palavras  como  “quando”,  
“desde”,  “e”  e  “se”.  
“Quando  ele  vai  perceber  que  eu  não  gosto  disso?”  (eu  não  gosto  disso  e  ele  não  perce-­‐
beu  ainda).    
Quando  ouvir  suposições  do  cliente  você  tem  uma  escolha.  Pode  desafiá-­‐las  diretamen-­‐
te  ou  comentar  suas  suposições  e  perguntar  se  ele  acredita  nelas.  
 
Palavras  pressionadoras  
“Devo”  e  “não  devo”,  “tenho  que”  e  “não  tenho  que”,  “deveria”  e  “preciso”  são  exem-­‐
plos   de   palavras   que   pressionam.   Elas   criam   pressão   para   fazer   ou   não   fazer   algo   e   mostram  
que  o  cliente  não  está  escolhendo  livremente.  
 
Como  transformar  pressão  em  propósito  
Como  coach  perceba  cada  uma  das  palavras  de  pressão  que  você  ouve.  Peça  ao  cliente  
para  transformar  seus  “devo,  deveria,  preciso,  tenho  que”  em  “eu  quero...”  Pergunte  a  ele  co-­‐
mo  se  sente  quando  faz  isso.  Esse  padrão  coloca  o  cliente  como  causa  de  sua  ação  e  ele  pode  
tomar  consciência  de  que  tem  uma  escolha.  Também  liga  ação  com  suas  metas.  Se  ele  não  qui-­‐
ser  a  ação  descubra  porque  e  se  há  uma  boa  razão  que  esteja  de  acordo  com  os  seus  valores.  
Transforme  “não  devo”  e  “não  deveria”  em  “eu  não  quero...”  e  note  o  efeito.  
Quando  o  cliente  diz  “eu  não  posso”  fazer  alguma  coisa,  você  pode  explorar  isso  como  
uma  crença.  Ele  pode  não  ser  capaz  de  fazer,  mas,  simplesmente,  acredita  que  não  e  a  única  
maneira   de   testar   é   experimentar   fazer   a   tarefa.   Quando   um   cliente   diz   que   não   pode   fazer  
algo,  uma  boa  resposta  é  “O  que  impede  você?”  
 
 

 
                         111  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

Tentar  
A  palavra  “tentar”  implica  dificuldade  e  mesmo  impossibilidade.  Quando  ele  diz  que  vai  
tentar,   peça-­‐lhe   para   se   comprometer   com   um   “sim”,   um   “não”   ou   “depende”.   Então,   você  
pode  negociar.  E  fique  atento  quando  o  cliente  diz  que  vai  “tentar”  realizar  a  tarefa.  Isso,  nor-­‐
malmente,  significa  que  ele  não  vai  fazer  ou  que  assume  que  é  difícil.  
 
Mas  
Ouça  a  palavra  “mas”  na  linguagem  do  cliente.  “Mas”  é  uma  palavra  que,  imediatamen-­‐
te,  qualifica  ou  mesmo  nega  o  que  veio  antes.  Pedir  para  ele  trocar  “mas”  por  “e”  pode  ser  útil.  
“Eu  concordo  com  você  e  penso  que  você  deveria  considerar  também  esse  ponto.”  Isso  liga  os  
dois  juntos  e  tem  mais  probabilidade  de  ser  recebido  com  a  mente  aberta.  
 
Obs.:  Os  itens  abaixo,  são  explicados,  abordados  e  vivenciados  no  Curso  Método  CIS  –  
Inteligência  Emocional.  
9 O  poder  das  palavras  proferidas    
9 Física  quântica,  a  grande  lei  universal  
9 Crença  de  identidade  e  a  criança  interior    
9 Repetição  de  padrão  e  vícios  emocionais  e  químicos    
9 Explicações  básicas  de  neurociência  aplicada  do  coaching  integral  sistêmico  

 
   

 
                         112  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

ANEXOS

 
                         113  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

I.  DESCRITIVO  DOS  EXERCÍCIOS  DE  SALA  

1  -­‐  METÁFORA  DA  GAIVOTA©  

Coach:  “Fique  bem  atento/a  a  minha  voz,  concentrando-­‐se  no  timbre,  na  maneira  de  fa-­‐
lar.  Agora,  você  percebe  no  olho  esquerdo  a  palavra  paz  (repete)  e  no  olho  direito  a  palavra  
liberdade.  E  agora,  você  consegue  ver  as  duas  palavras  ao  mesmo  tempo  e  as  duas  vão  se  fun-­‐
dindo  e  após  se  fundirem  elas  viram  uma  gaivota,  uma  linda  e  bela  gaivota  que  voa,  voa...  (re-­‐
pete)  E  você  está  focado/a  nessa  imagem  e  a  gaivota  vai  voando  ...”.  
 
CENÁRIO  1  –  ESTADO  ATUAL  
Ilha  pedregosa  com  chuva,  nuvens,  vento,  tempestade  e  raios.  
Insira  a  gaivota  que  voa  com  dificuldade  no  seu  dia-­‐a-­‐dia.  Jogada  contra  os  penhascos  
contra  o  vento  (obstáculos  do  dia-­‐a-­‐dia);  jogada  contra  outras  gaivotas  (problemas  de  relacio-­‐
namento);  vento  e  ondas  revoltas  tentam  engolir  a  gaivota  quando  ela  está  pescando  (buscan-­‐
do  provisão);  o  mar  por  ser  revolto  não  é  claro,  por  isso  ela  precisa  mergulhar  muitas  vezes  pa-­‐
ra  pegar  um  pequeno  peixe  (provisão  limitada).    
OBS.:  quando  o/a  coachee  é  uma  pessoa  assalariada,  insatisfeita  com  sua  remuneração,  
agrega-­‐se  o  seguinte  cenário:  piscina  de  pedra  onde  a  gaivota  come  moluscos  salgados  e  ruins.  
Mora  numa  toca,  num  ambiente  frio  e  suas  penas  estão  molhadas  e  úmidas  (sofrimento,  ina-­‐
dequação,  despreparo  e  condições  adversas).  
ESTADO  EMOCIONAL  
Tristeza,  solidão,  medo,  insegurança,  despreparo,  raiva,  mágoa,  preguiça.  
OBS.:  Cuidado  para  não  ser  detalhista  demais  ao  ponto  de  a  pessoa  não  se  ver  como  a  
gaivota.  O/A  coachee  preenche  o  que  está  faltando.  
 
CENÁRIO  2  –  METAS  E  OBJETIVOS  
A  gaivota  pede  a  Deus  mudança,  chorando  e  implorando.  Ela  ouve  a  voz  de  Deus  dizen-­‐
do:  “vem,  vem  para  o  alto  que  Eu  vou  te  mostrar.”  (repete  várias  vezes).    
A   gaivota   dorme   chorando,   enquanto   pede   a   Deus   uma   mudança.   Acorda   no   meio   da  
noite  e  pensa  em  sair  da  toca,  mas  quando  vai  sair,  o  medo  impede  que  ela  vá.  E  porque  ela  
não  foi  ela  volta  para  a  situação  do  passado.  
Depois  de  alguns  dias,  ela  pede  novamente  mudança  a  Deus,  pois  ela  não  quer  aquela  
vida,  e  dorme  chorando.  Acorda  mais  uma  vez  no  meio  da  noite,  mas  dessa  vez  ela  sai  sem  pen-­‐
sar  e  vai  feliz  voando  e  não  se  importa  com  os  desafios  porque  ela  sabe  qual  é  a  sua  missão,  e  
voa  horas  e  horas    (ela  está  pagando  o  preço  da  mudança),  fazendo  o  que  nenhuma  outra  gai-­‐
vota  fez  até  então,  voando  1,  2,  3,  4,  5,  6  horas.  Até  que  chega  a  7ª  hora  e  uma  fresta  se  abre  
no  céu  e  ela  vê  o  azul  do  céu  e  o  céu  vai  se  tornando  todo  azul.  Nunca  perde  a  perspectiva  da  
voz,  até  que  ela  vê  um  brilho  intenso  e  ofuscante,  e  ela  sabe  que  é  Deus.  O  brilho  vai  aumen-­‐
tando,  aumentando...  e  quando  o  brilho  desaparece  ela  vê  uma  linda  e  grande  águia  prateada,  
que  é  o  Deus  das  aves.    

 
                         114  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

A  águia,  o  Deus  das  aves  diz:  “você  veio  para  o  alto  com  coragem  e  bravura,  você  pagou  
o  preço  e  agora  eu  vou  te  mostrar  o  caminho.”  (repete  várias  vezes)  (quem  trilha  o  caminho  é  a  
pessoa  –  autorresponsabilidade).    A  águia  mostra  a  ilha  e  diz:  “olha,  olha  bem!  Olha  com  teu  
coração,  olha  com  a  tua  alma,  olha  bem!”  
A  gaivota  diz:  “mas  eu  vim  daí...”.  Então,  ela  vê  a  ilha  separada  por  uma  cordilheira  –  de  
um  lado  o  ambiente  revolto,  do  outro  lado  o  paraíso,  céu  azul,  brisa  suave,  mar  transparente  e  
repleto  de  peixes,  areia  branca,  rios  de  água  doce.  
A  águia  diz:  “vai  é  a  tua  promessa,  vai  é  a  tua  promessa!.”  
A  gaivota  vai  como  um  foguete/uma  bala  de  canhão,  foca,  não  pensa,  está  determinada,  
segue  destemida  e  corajosa,  com  bravura  e  fortaleza!  E  mesmo  tendo  que  enfrentar  a  tempes-­‐
tade  para  chegar  do  outro  lado  da  ilha,  ela  não  liga  e  segue  vencendo  todo  desafio.    
 
CENÁRIO  3  –  ESTADO  DESEJADO  
E  quando  chega,  abre  as  asas  e  voa  suavemente;  o  sol  aquece  e  seca  suas  asas;  ela  olha  
para  o  mar  e  vê  o  mar  azul,  repleto  de  peixes;  ela  voa  lado  a  lado  com  outras  gaivotas  sem  se  
bater,  apenas  encostando  as  asas  suavemente.  E  ela  usufrui  daquele  momento;  ela  mergulha  
no  mar  e  traz  com  ela  três  peixes  –  o  primeiro  ela  dá,  com  o  segundo  ela  se  alimenta  e  o  tercei-­‐
ro  ela  guarda  para  o  futuro.  E  ali,  ela  é  a  gaivota  mais  feliz  do  mundo...!    
Então  segue  para  o  outro  lado  da  ilha  para  buscar  o  seu  clã  (família)  ou  parte  dele.  E  lá  
chegando,  diz  o  que  viu  do  lado  paradisíaco  da  ilha  e  convida  o  seu  clã  (família)  a  ir  com  ela,  
mas  entende  e  respeita  os  que  não  querem  ir.  Mas  os  que  foram  com  ela,  esses  viram  o  paraíso  
e  ficaram  gratos  pelo  convite.  
Ela  constrói  o  mais  lindo  ninho  de  todos  (que  pode  ser  construído  sozinho  ou  com  ou-­‐
tras  gaivotas).  Ali  elas  se  multiplicaram/procriaram  e  viveram  a  liberdade  e  a  prosperidade,  feli-­‐
zes  para  sempre.  (Repete  várias  vezes  de  forma  bem  suave).  
 
COMANDO  DO  COACH  PARA  A  FINALIZAÇÃO  DO  EXERCÍCIO:  
“Respire  fundo,  mexa  as  mãos  suavemente,  mexe  suavemente  a  cabeça,  os  ombros,  os  
pés,  respira  profundamente,  respira  novamente  e  vai  voltando  para  o  aqui  e  agora  (voz  forte).  E  
quando  eu  contar  até  5  você  volta.  1-­‐  _____,  2-­‐______,  3  -­‐  ______,  4-­‐  ______,  5  –  fulano  (coa-­‐
chee).  (Cura,  sucesso,  liberdade,  foco,  paz,  vitória,  coragem,  segurança,  provisão,  prosperidade,  
etc.).      
 
   

 
                         115  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

2  -­‐  METÁFORA  DA  ALCACHOFRA©  

Sente-­‐se  bem  confortável,  respire  fundo...  


Havia  um  fazendeiro  que  perdeu  toda  sua  propriedade;  ela  foi  arrastada,  devastada,  pe-­‐
lo  poder  real.    De  repente  se  viu  sem  nada  tendo  que  carregar  consigo  seus  2  colonos  de  sua  
fazenda  sem  saber  para  onde  ir.    
Eles  caminharam,  caminharam,  ...  até  que  chegaram  a  cidade  que  por  incrível  que  pare-­‐
ça   descobriu   que   tinha   uma   herança;   uma   grande   fazenda   de   alcachofras.   O   fazendeiro   ficou  
muito  feliz  porque  não  tinha  nada  e  prontamente  ganhou  uma  fazenda.  Uma  nova  proprieda-­‐
de,  produtiva,  produzindo  alcachofra.    
Aquele  fazendeiro  trabalhava  dia  após  dia  sem  ver  a  alcachofra  crescer.  Ele  olhava  pra  
aquela  imensidão  de  alcachofra  e  pensava  porque  não  se  determinava  e  plantava  flores  cheiro-­‐
sas   ou  frutas   suculentas.   Ele   não   valorizava   a  produção   de   alcachofra,   sempre  olhava   para   as  
frutas  e  flores  de  fazendeiros  vizinhos.  O  fazendeiro  foi  perdendo  o  gosto,  a  grama  foi  crescen-­‐
do  e  a  plantação  de  alcachofra  foi  ficando  abandonada.    
Um  dia  ele  voltando  para  sua  fazenda  e  olhando  para  a  plantação  de  alcachofra,  cortou  
o  talo  de  uma  delas  e  levou  para  casa  e  começou  a  analisá-­‐la,  descobriu  que  seu  centro  era  um  
coração  branco,  cheiroso,  terapêutico.  Soube  quantas  propriedades  tinha  aquela  alcachofra  e  
percebeu  o  quanto  tinha  largado  e  abandonado.  E  se  perguntava  por  que  abandonou  algo  dado  
por  Deus  mesmo  sem  ter  pedido.  Então  ele  se  arrependeu,  abriu  a  janela  de  sua  casa  e  perce-­‐
beu  como  aquela  grande  plantação  se  mantivera  fiel  mesmo  aos  maus  tratos  recebidos.  Então  
o  fazendeiro  chamou  seus  colonos  e  juntos  começaram  a  limpar,  tratar  e  cuidar  daquela  plan-­‐
tação  de  alcachofra.    
Arrependido  e  mudado,  percebeu  o  que  de  fato  tinha  valor  na  vida  dele.  Resgatou  cada  
pedaço  da  fazenda  e  de  repente  viu  sua  plantação  crescer,  frutificar  e  que  tinha  de  volta  sua  
plantação.  Fez  a  colheita,  encheu  3  caminhões  e  viu  que  a  alcachofra  era  capaz  de  provê-­‐lo.  O  
fazendeiro  reconheceu  todo  amor,  respeito,  que  aquela  alcachofra  havia  ensinado.  E  de  esta-­‐
ção  em  estação  produzindo,  o  fazendeiro  se  sentia  cada  vez  mais  seguro.  O  fazendeiro  era  tão  
respeitado   era   tão   respeitado   que   outros   fazendeiros   vinham   conhecer   sua   plantação.   Vidas  
sendo  salvas,  e  a  fazenda  prosperando.  E  para  isso  bastou  uma  decisão  para  fazer  toda  a  dife-­‐
rença  na  sua  vida  e  na  vida  dos  colonos.  E  aquele  fazendeiro  viveu  feliz  para  sempre.  
Vai  voltando  para  o  aqui  e  agora,  lentamente  abrindo  os  olhos.  
Que  fichas  caíram?  Qual  decisão  vai  tomar?  
Quando?  E  como  você  vê  seu  futuro?  
 
   

 
                         116  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

3  -­‐  MUDANÇA  DE  COMPORTAMENTO  

1-­‐  Enumere  os  comportamentos  que  te  fazem  mal.  


2-­‐  Detalhe  esses  comportamentos:  
-­‐  Quando  ocorre?  
-­‐  Como  você  se  sente  quando  age  assim?  
-­‐  Por  que  ocorre?  
-­‐  O  que  as  pessoas  dizem  quando  você  age  assim?  
-­‐  Por  que  você  os  faz?  
-­‐O  que  você  diz  para  si  mesmo  quando  age  assim?  
-­‐  Quais  crenças  estão  por  traz  deles?  
-­‐  O  que  você  ganha  quando  faz?  
-­‐  O  que  ocorreu  na  infância  para  fazer  você  ter  esses  comportamentos?  
-­‐  Quais  circunstâncias  os  fazem  acontecerem?  
-­‐  O  que  você  sente  quando  os  faz?    
-­‐  Com  quem  os  faz?      
-­‐O  que  faria  você  para  de  agir  assim?  E  se  existisse,  o  que  seria?  
 
3-­‐O  que  você  perde  com  cada  um  deles?  
 
4-­‐  E  como  será  a  sua  vida  se  continuar  a  mantê-­‐los?  (1,2  e  5  anos)  
 
5-­‐  Escreva,  “eu  me  arrependo  do  comportamento  XXX”.  Depois  fale  isso  em  voz  alta  em  
frente  ao  espelho.  
 
6-­‐  Peça  perdão  a  você  e  as  pessoas  a  quem  você  tem  causado  dor  com  esse  comporta-­‐
mento  em  voz  alta.  
 
7-­‐  Substitua  (escrevendo)  os  comportamentos  ruins  pelos  novos  comportamentos  des-­‐
cobertos.  
 
8-­‐  Quais  decisões  e  ações  para  vivê-­‐los.  
 
   

 
                         117  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

4  -­‐  CAMINHO  DE  RECURSOS©   Pagina 118


Folha  de  papel  dobrada  em  quatro  partes  –  desenhar  quatro  metas-­‐objetivos  extraordi-­‐
nárias  ...  colocar  de  dois  a  quatro  recursos  internos  necessários  para  que  eles  se  realizem  
1) Perguntar  ao/a  coachee  qual  é  um  objetivo  futuro  que  deseja  alcançar  e  pedir  para  que  
ele/a  o  desenhe,  escrevendo  ao  lado  a  data  de  realização  (dia,  mês  e  ano);  
2) Pedir-­‐lhe   que   relacione   oito   competências/recursos   internos   que   ele/a   precisa   para  
caminhar  do  estado  atual  para  o  estado  desejado  (conquistar  o  objetivo  futuro  extraor-­‐
dinário),  preferencialmente  em  uma  palavra;    
3) Solicitar  que  escolha  cinco  das  oito  competências/recursos  internos;  Pedir  que  escreva  
as  cinco  competências/recursos  internos,  com  letras  grandes,  uma  em  cada  pedaço  de  
papel  (10cm/10cm)  que  é  fornecido  pelo/a  coach;  
4) Levar  o/a  coachee  para  a  data  atual  na  linha  do  tempo  (reforçando  a  data  em  dia,  mês  e  
ano);  
5) Organizar  nas  mãos  os  papéis  com  as  competências/recursos  internos  em  ordem  lógica  
e  de  ação;  e  colocar  os  papéis  com  as  competências/recursos  internos  no  chão,  de  mo-­‐
do  equidistante  (distância  de  um  passo),  formando  um  caminho;  
6) Voltar  para  a  data  inicial,  na  posição  do  estado  atual;  e  pedir  para  o/a  coachee  olhar  pa-­‐
ra  o  desenho  do  objetivo  e  descrevê-­‐lo  com  detalhes.  Logo  em  seguida  o/a  coach  refor-­‐
ça  o  objetivo,  descrevendo-­‐a  com  entusiasmo  e  com  riqueza  de  estímulos  “VAS”;  
7) O/A  coachee  dá  um  passo  a  frente  e  o/a  coach  convida-­‐o  a  descer  e  pegar  a  primeira  
competência/recurso  interno;  e  ainda  agachados,  o/a  coach  questiona  em  qual  contexto  
aquela  competência/recurso  interno  é  importante  para  conquistar  o  objetivo;  o/a  coa-­‐
chee  levanta  trazendo  aquela  competência/recurso  interno  com  ele/a;  
8) O/A   coach   pede   a/ao   coachee   que   coloque   aquela   competência/recurso   interno   junto  
ao  peito,  pressionando  o  papel  firmemente;  e  o/a  coach  pergunta:    
a. “Em  que  momento  importante  da  sua  vida  você  usou  essa  competência  /recurso  
interno?  Visualize  a  cena  em  que  você  usou  essa  competência?    Você  pode  des-­‐
crever  a  cena?      
b. Veja  (exageradamente)  a  cena  e,  enquanto  vê,  o  que  você  diz  para  si  como  elo-­‐
gio   por   ter   realizado?   O   que   Deus/as  pessoas   que   o/a   amam/o   seu   chefe...   diz  
para  você?    
c. Veja   e   ouça   a   cena...   (passa   a   mão   várias   vezes   na   frente   dos   olhos   do/a   coa-­‐
chee).  O  que  você  sente?  Que  cor  tem  esse  sentimento?  Então,  com  força,  colo-­‐
ca  no  coração  essa  cor.”  OBS.:  Trabalhar  insistentemente  os  estímulos  “VAS”.  Se  
não  houver  emoção  suficiente,  leva  o/a  coachee  para  o  alto  do  Everest  e  pergun-­‐
ta:  “o  que  você  diz  para  si  do  alto  do  Everest  depois  de  tê-­‐lo  conquistado?”  
d. Quais  as  fichas  que  caíram,  quais  a  decisões  
9) Após  conquistar  e  fortificar  a  primeira  competência,  trazer  o/a  coachee  de  volta,  respira  
junto  com  ele/a  várias  vezes,  pede  para  abrir  os  olhos  e  mostra  o  objetivo,  dizendo  que  
ele/a  está  se  aproximando;  peça  para  o/a  coachee  colocar  o  papel  junto  ao  corpo,  como  
se  fosse  um  chip  biológico/papel  biológico,  pode  ser  no  bolso,  dentro  da  roupa.  
 
                         118  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

10) Repita  a  sequencia  para  cada  uma  das  competências/recursos  internos;  


11) Ao  finalizar  a  última  competência  diga:  “visualize  a  imagem,  dê  um  passo  a  frente  e  as-­‐
socia-­‐se  como  se  estivesse  entrando  nela.”;  
12) Respira  com  o/a  coachee,  peça  para  relaxar  e  voltar  para  o  aqui  e  agora  (sem  tirá-­‐la  to-­‐
talmente  do  transe).    
13) O/A   coach   pergunta:   “Nesse   momento   de   entusiasmo,   conquistas,   vitória...   que   deci-­‐
sões  você  toma?  (Detalhe  a  decisão).  
14) O/A  coach  diz:  “Eu  vou  contar  de  um  a  cinco  e  ao  final  você  abre  os  olhos  rapidamente.  
(Ao  dizer  cada  número  relacionar  às  competências  escolhidas  na  ordem  trabalhada.)  
 
 

   

 
                         119  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

5  -­‐  ELIMINAÇÃO  DOS  IMPEDIMENTOS©    

1) Pedir   ao/a   coachee   para   imaginar   uma   visão   extraordinária   de   futuro/objetivo   atual  
que  não  consegue  alcançar  e  pedir  para  que  ele(a)  a  desenhe.  Afixe  a  figura  à  frente  de-­‐
le/a,  a  uma  certa  distância;  
2) Perguntar  ao/a  coachee  “o  que  o/a  impede  de  alcançá-­‐la?”,  esperando  que  ele/a  iden-­‐
tifique;  
3) O/A  coach  pergunta:  “o  que  aconteceria  se  você  não  tivesse  esse  impedimento?  O  que  
você  faria  de  diferente?”;  
4) O/A  coach  diz:  Fique  bem  atento/a  a  minha  voz,  concentrando-­‐se  no  timbre,  na  maneira  
de  falar...    Agora,  você  percebe  no  olho  esquerdo  a  palavra  CORAGEM    e  no  olho  direito  
a  palavra  VITÓRIA  (use  os  recursos  de  submodalidades  –  cor,  espessura,  brilho,  intensi-­‐
dade,  etc.).  Agora  você  consegue  ver  as  duas  ao  mesmo  tempo,  primeiro  uma  em  cada  
olho  e  depois  as  duas  vão  se  fundindo.  Agora  veja  a  sua  visão  extraordinária  do  futuro.  
(Podem  ser  usadas  outras  palavras  correlatas  que  sejam  significativas  no  processo).  
5) O/A  coach  dá  um  comando  para  que  a  pessoa  caminhe  rumo  à  visão,  então  o/a  coach  
segura  a  pessoa  por  trás  pela  roupa  e  pergunta:  “o  que  o/a  segura?  Como  isso  que  o/a  
segura  é  representado  fisicamente?  Em  que  parte  do  corpo  isso  o/a  segura?  Descreva,  
detalhe.”  
6) O/A  coach  diz:  “Receba  do  Alto/  dos  Céus/  de  Deus  uma  ferramenta  superpotente,  ca-­‐
paz  de  destruir  qualquer  coisa  que  o/a  segure  ou  prenda.  O  que  você  recebeu?  Detalhe  
(material,  cor,  espessura,  tamanho,  etc.).”  
7) O/A   coach   pede   para   o/a   coachee   lembrar   o   que   o/a   segura/prende   e   rejeitar   aquilo  
com  todas  as  suas  forças  (lembrando,  se  necessário,  que  não  é  rejeitar  pessoas,  mas  a  
situação)  e  usar  a  ferramenta  que  ele/a  tem  nas  mãos  para  cortar  aquilo  que  o/a  segu-­‐
ra/prende.    
8) Depois  de  cortado  o  objeto,  o/a  coachee  dá  um  passo  rumo  à  visão/objetivo;  
9) O/A   coach   dá   novamente   um   comando   para   que   a   pessoa   caminhe   rumo   à   vi-­‐
são/objetivo,  então  o/a  coach  segura  à  pessoa  por  trás,  mais  uma  vez,  pela  roupa  e  per-­‐
gunta:  “  E    agora/o  que  ainda  o/a  segura?  Como  isso  que  o/a  segura  é  representado  fisi-­‐
camente?  Em  que  parte  do  corpo  isso  o/a  segura?  Descreva,  detalhe.”  
10) O/A  coach  diz:  “Receba  novamente  do  Alto/  dos  Céus/  de  Deus  uma  ferramenta  super-­‐
potente,  capaz  de  destruir  qualquer  coisa  que  o/a  segure  ou  prenda.  O  que  você  rece-­‐
beu?  Detalhe  (material,  cor,  espessura,  tamanho,  etc.).”  
11) O/A   coach   pede  para   o/a   coachee   lembrar   o   que   o/a   segura/prende   e   rejeitar     aquilo  
com  todas  as  suas  forças  (lembrando,  se  necessário,  que  não  é  rejeitar  pessoas,  mas  a  
situação)  e  usar  a  ferramenta  que  ele/a  tem  nas  mãos  para  cortar  aquilo  que  o/a  segu-­‐
ra/prende.  
12) Depois  de  cortado  o  objeto,  o/a  coachee  dá  um  passo  rumo  à  visão/objetivo;  
13) O/A  coach  dá  novamente  um  comando  para  que  a  pessoa  caminhe  rumo  à  visão/  obje-­‐
tivo,  repetindo  o  processo  até  trabalhar  com  o/a  coachee  as  coisas  que  ele/a  disse  ser  
impedimento  para  alcançar  o  seu  objetivo;  

 
                         120  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

14) Ao   chegar   próximo   à   figura   representativa   da   visão   extraordinária/objetivo   pede   ao/a  


coachee  para  respirar  fundo  e  abraçar  a  figura;  
15) O/A  coach  pergunta  ao/a  coachee  o  que  ele/a  está  vendo,  ouvindo  e  sentindo.  Pede  pa-­‐
ra  o/a  coachee  colocar  a  figura  junto  ao  seu  coração  e  andar  com  ela  sentindo  uma  sen-­‐
sação  de  liberdade.  O/A  coach  celebra  com  o/a  coachee  a  vitória  e  a  conquista  da  liber-­‐
dade  e  do  objetivo;      
16) Pede  para  o/a  coachee  colocar  o  papel  junto  ao  corpo,  como  se  fosse  um  chip  biológi-­‐
co/papel  biológico;  
17) O/A   coach   pergunta:   “Nesse   momento   de   entusiasmo,   conquistas,   vitória...   que   deci-­‐
sões  você  toma?  (Detalhe  a  decisão).  
18) O/A  coach  diz:  “Eu  vou  contar  de  um  a  cinco  e  ao  final  você  abre  os  olhos  rapidamente.”  
(Dizer  cada  número  relacionando  com  as  libertações  realizadas  e  palavras  de  vitória.)  
 
 

 
   

 
                         121  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

6.  CRIAÇÃO  da    AUTO-­‐  IMAGEM  POSITIVA©  –    buliminia,  aneroxia...  

Objetivo:  Criar  uma  realidade  interna  Criar...  


 
1. Solicitar  ao  cliente  que  desenhe  quatro  imagens  da  vida  extraordinária  com  detalhes;  a  
seguir  peça  que  escolha  uma  que  seja  a  mais  importante.  
2. Solicitar  ao  cliente  que  feche  os  olhos  e  imagine  as  cenas.  Adequar  a  imagem  na  mente  
do  cliente  (foto  ou  filme).  
3. Trabalhar  as  submodalidades  visuais:  cor,  tonalidade,  brilho,  nitidez,  foco,  distância,  ta-­‐
manho,  posição.  Perguntar  ao  cliente  se  ele  quer  modificar  algo  na  imagem  para  que  fi-­‐
que  mais  confortável  para  ele  
4.  Perguntar  se  ele  é  canhoto  ou  destro.  Se  for  destro  colocar  a  imagem  no  lado  esquerdo,  
caso  contrário  colocar  do  lado  direito.  Pedir  ao  cliente  que  brinque  com  as  imagens.  Fi-­‐
car  calibrando  o  cliente,  as  emoções.  
5. Perguntar  ao  cliente  qual  é  a  imagem  mais  importante  para  ele  e  tirar  3  fotos  de  papel  
(para  colocar  onde  quiser)  e  2  biológicas  (cérebro  e  coração)  
6. Fichas  que  caíram  
7. Decisões  
 
Exemplo:  
1.  Coach-­‐  Pede  para  o  cliente  desenhar  e  descrever  detalhadamente  cada  uma  das  4  ce-­‐
nas  sendo  o  coachee  o  personagem  principal  sempre  dando  foco  na  autoimagem.  
2.  Peça  ao  coachee    que  Respire  fundo    e  se  veja  na  cena  mais  importante,  (somente  ele  
no  campo  de  visão  mental)  –  descrevendo  como  ele  esta...  vestido...  o   que  escuta...  como  se  
sente...    veja  a  cena  ....  transforme  essa  cena  em  uma  foto...  
3.  Onde  esta  essa  imagem?  –  Qual  o  lado  no  campo  de  visão  mental?  
4.  Coach  diz  -­‐  Faca  um  movimento  com  as  mãos  para  pegar  essa  imagem  e  leve  para  o  
canto  esquerdo  no  alto  (SE  FOR  DESTRO),  ao  estalar  dos  meus  dedos...  pronto.  Onde  ela  esta?  –  
no  canto  ESQUERDO....  –  coloque  mais  cor  nessa  imagem  ....  aumente  essa  imagem  OU  a  dimi-­‐
nua,  cabe  mais  brilho  ou  menos....  de  que  tamanho  esta?    -­‐  grande,  pequeno.    
5.  TIRE  5  fotos  dessa  imagem  agora,  click,   click,   click...  Vamos  agora  definir  onde  você    
quer  colocar  cada  uma  delas....  faça  um  movimento  com  as  mãos  e  coloque  lá  -­‐  Qual  sentimen-­‐
to?  Capacidade...  Aonde  vai  colocar  a  outra  foto?  –  ...  pregue  lá.  Qual  o  sentimento?.  E  a  tercei-­‐
ra  foto  onde  você  coloca?  –  ...  pregue  lá...  Veja  a  foto  e  sinta  sensação,  realização.  
6.  Tem  mais  duas  fotos  –  de  papel  biológico  –  click,  click...-­‐  coloque  essa  foto  fortemente  
no  seu  coração  essa  foto  no  seu  coração...  qual  o  sentimento?      E  cada  célula  com  pontos  bran-­‐
cos,  entrando  em  você...  é  real,  aconteceu...    
7.   A   outra   foto   biológica,   você   envolve   seu   cérebro   –   sinta   essa   imagem   entrando   em  
sua  cabeça  –  todo  pensamento  racional  e  sentimento  são  envolvidos  por  essa  imagem...  toda  
escolha   te   direciona   a   essa   nova   pessoa...   inspire...   respire   fundo...     essa   imagem   se   funde   a  

 
                         122  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

você,  vocês  são  a  mesma  pessoa...    a  imagem  continua  em  você  e  você  sente  em  todo  seu  cor-­‐
po...    
8.    A  imagem  positiva  se  associa  e  vira  um  filme  e  vai  vivenciar  cada  uma  das  outras  3  
cenas  de  forma  forte  e  emocional      
9.  O  coach  diz:    
-­‐  O  que  e  que  as  pessoas  que  te  amam  dizem  como  elogio  a  respeito  da  realização  des-­‐
tas  imagens,  ouça  e  viva  cada  elogio.  
-­‐  O  que  você  diz  para  em  forma  de  elogio  a  você  mesmo:  
10.  Coach  diz:  Inspira  esse  sentimento  de  capacidade,  certeza,  capacidade...    
Em  seu  corpo  onde  você  colocaria?  Coloca  com  coragem  algum  lugar  do  corpo...  
11.  Coach  diz:  Respire  fundo,  veja  como  bem  instalado  esta  esse  sentimento  de  capaci-­‐
dade  amarelo,  pulsante,  vibrante....  como  você  se  sente?  
Coach-­‐  nessa  paz,  nessa  certeza,  nessa  capacitação....  qual  e  a  certeza  que  te  invade?    
Coach  DECISÃO  -­‐  qual  a  primeira  coisa  que  ira  fazer  para  isso  realizar?  –  
Detalhe  essa  decisão  
Coach:   respira   fundo.....respira   fundo....   voltando....   vou   contar   ate   5   e   você   abre   os  
olhos...  1  certeza,  2  capacidade,3  realização,  4  vitória,  5  DEUS,  snap...  
Que  ficha  caiu?  –  Sou  muito  responsável  pelos  meus  pais  -­‐-­‐-­‐pelos  irmãos  -­‐-­‐-­‐   pelo  relaci-­‐
onamento...  
 
 
 
   

 
                         123  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

7  -­‐  DUAS  OU  TRÊS  POSIÇÕES©  

 
DUAS  POSIÇÕES  –  se  não  houve  mudança.  
Primeiro  desenho  –  rebelar-­‐se  contra  o  estado  passado.  (-­‐)    Título  bucólico.  
Segundo  desenho  –  agir  em  direção  ao  estado  futuro  –  projeção  da  vida  extraordinária.  
(++)  
 
TRÊS  POSIÇÕES  –  se  houve  mudança  
Primeiro  desenho  –  rebelar-­‐se  contra  o  estado  passado.  (-­‐)  Título  bucólico.  
Segundo  desenho  –  validar  o  estado  atual.  (+)  
Terceiro  desenho  –  agir  em  direção  ao  estado  futuro  –  projeção  da  vida  extraordinária.  
(++)  
Modelo da folha

Título da vida no contexto da Imagem

Características da vida Sentimentos


e resultados reinantes
________________ Desenho que sim- ________________
________________ bolize a situação ________________
________________ ________________
________________ ________________
________________ ________________

DUAS  POSIÇÕES  
1.  Feito  o  desenho,  posiciona  os  papéis  numa  sequência  lógica  -­‐  passado,  presente  e  fu-­‐
turo  (o/a  coach  pode  ajudar  o/a  coachee  a  posicionar  os  papéis);  
2.  O/A  coachee  é  posicionado/a  na  meta  posição  ou  posição  neutra,  ficando  de  frente  
para  os  papéis;  
3.  O/A  coach  respira  fundo,  juntamente  com  o/a  coachee;  
4.  O/A  coach  pede  para  o/a  coachee  olhar  para  a  posição  1  e  descrevê-­‐la;  

 
                         124  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

5.  O/A  coach  dá  comandos  e  pergunta:  “E  agora,  sabendo  que  o  estado  passado  (-­‐)  é  es-­‐
se,  entre  nele  (associado).  Que  sua  fisiologia  fique  igual  a  essa  que  você  vê.  Agora  veja  como  
era  a  sua  vida,  o  que  você  ouvia  e  o  que  sentia.    
6.  Que  resultados  você  tinha?  Que  sentimentos  reinavam?  Quais  as  crenças  que  você  ti-­‐
nha  sobre  você  mesmo/a?  Você  quer  isso  pra  você?”  (Associado)  
7.  O/A  coach  pede  ao/a  coachee  que  dê  um  passo  atrás  e  sai  daquele  estado  (respirar  e  
quebrar  o  estado);  
8.  O/A  coachee  é  posicionado/a  na  meta  posição  ou  posição  neutra,  ficando  de  frente  
novamente  para  os  papéis;  
9.  O/A  coach  pede  ao/a  coachee  para  se  posicionar,  olhar  para  a  segunda  posição  e  des-­‐
crever  o  que  vê;  
10.  O/A  coachee  dá  um  passo  à  frente  e  pisa  sobre  o  papel;  
11.  O/A  coach  dá  comandos  e  pergunta:  “  E  agora,  se  coloca  na  postura  que  você  está  
nessa  nova  vida.  Qual  a  imagem?  Agora  veja  como  é  essa  sua  nova  vida,  o  que  você  ouve  e  o  
que  sente?  Como  você  vê  o  seu  olhar,  o  seu  caminhar,  a  sua  relação  com  as  pessoas?    Que  re-­‐
sultados  você  tem?  Que  sentimentos  reinam?  Quais  as  crenças  que  você  tem  sobre  você  mes-­‐
mo/a?  Sorria  e  se  apodere  das  conquistas.  Você  quer  essa  vida  pra  você?  Então,  respire  a  ima-­‐
gem  e  se  apodere  dela.”    
12.  O/A  coach  pede  ao/a  coachee  que  dê  um  passo  atrás,  trazendo  toda  essa  vida  consi-­‐
go.  (  Não  quebrar  o  estado  );  
13.  O/A  coach  dá  comandos  e  faz  perguntas:  “Onde  está  o  sorriso  de  quem  conquistou  a  
vida  extraordinária?  Olhe  para  a  sua  família,  para  o  que  você  conquistou.  Encha  o  peito  de  ar,  
respire  o  que  você  conquistou.  Sinta  a  grande  luz  de  Deus  vindo  sobre  você  e  sedimentando  o  
que  você  conquistou.  Encha  o  peito  e  respire  o  que  você  conquistou.  Veja  essa  imagem  vitorio-­‐
sa  vibrando  dentro  de  você.  A  certeza  da  vitória  toma  conta  de  você.  As  pessoas  olham  pra  vo-­‐
cê  como  quem  conquista,  como  uma  vitoriosa.  Sinta  a  sensação  de  vitória  e  de  paz.  Eu  quero  
ver  o  sorriso  no  seu  rosto,  eu  quero  a  sua  certeza,  a  sua  alegria,  o  seu  entusiasmo.  Respire  fun-­‐
do  e  inspire  todas  as  conquistas  porque  elas  são  reais  e  já  são  suas.”  (O/A  coach  repete  várias  
vezes  o  recurso  de  vitória-­‐YES).    
14.  O/A  coach  conduz  o/a  coachee  para  a  meta  posição  e  pede  para  que  ele  olhe  para  
toda   a   sua   trajetória   e  diz:   “olhe   com   compaixão   e   amor   para   você,   mas   olhe   com   ódio   para  
aquela  vida  do  passado.”.  
15.  O/A  coach  pergunta:  “o  que  você  quer  fazer  com  a  posição  1  e  a  posição  2?”    
16.  O/A  coach  diz:  “Sorria  para  a  sua  vida  extraordinária,  para  os  sentimentos,  para  as  
características  e  resultados  dessa  vida.  Respire  fundo  e  inspire  a  imagem,  as  características  e  os  
sentimentos  com  toda  a  força  de  seu  ser  e  repleto  de  alegria.  Vibre  com  a  conquista,  comemo-­‐
re...”.  
17.  O/A  coach  diz:  “1.Você  é  feliz;  2.  Você  venceu;  3.  Você  se  ama;  4.  É  tudo  seu;  e  5.  
Grite  o  seu  nome.”  
 
 
 
                         125  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

8  -­‐  LINHA  DO  TEMPO  

ª 1.  Pegar  uma  folha  de  papel  -­‐  em  um  canto  o  estado  atual  e  no  outro  o  estado  desejado  
(desenhando  a  linha  do  tempo)  dividindo  o  a  linha  em  períodos  
ª 2.  Ir  para  a  data  (futuro)  do  estado  desejado  –  colocar  o  objetivo  deste  estado  desejado  
–  olhe  para  o  futuro  –  qual  o  desafio  a  ser  realizado?  Quando  foi  a  sua  última  conquista?  
–  coach  com  papel  registrando  todas  as  ações  elencadas  pelo  coachee  –  
ª 3.  Voltar  para  o  inicio  da  linha  o  tempo  e  caminhe  até  o  final  da  linha...  Qual  foi  ação  
que  antes  de  atingir  o  seu  objetivo?  Quando  foi  isto?  E  volta  para  o  momento...  em  que    
estava  realizando  esta  ação...  O  que  vc  fez  anterior  a  isto  para  que  atingisse  este  esta-­‐
do?    (veja  o  estado  desejado)  O  que  vc  fez  a  partir  daqui  para  que  chegasse  ao  seu  obje-­‐
tivo?  Va  para  o  estado  desejado  no  futuro  e  veja  o  momento...  o  que  você  fez  para  que  
chegasse  até  aqui...  quando  foi  isto?  Volte  novamente  a  data  em  que  fez  a  ação  que  a  
levou  neste  estado...  vivencie  a  ação...  O  que  fez  para  que  esta  ação  fosse  efetivada...    
ª 4.  Sempre  vivenciando  cada  passo  que  foi  estabelecido  pelo  coachee  e  chegando  ao  ob-­‐
jetivo  final  estabelecido  
ª 5.  O  que  eu  tenho  que  fazer  para  alcançar  isto  –  quando  foi  que  vc  conseguiu  fazer  uma  
coisa  semelhante....  registre  na  linha  do  tempo  o  ganho  realizado....  o  que  fez  para  con-­‐
seguir  isto...  faça  ensaio  mental  do  momento  em  que  estava  potencializado  para  isto....  
explore  todos  os  detalhes...  refazendo  todos  os  passos  para  conquistar  o  alvo  estabele-­‐
cido...  
ª 6.  Fazer  um  plano  de  ação  e  conquista....  
ª 7.  Ir  para  o  final  e  viver  em  ensaio  mental  todas  as  conquistas  e  processos  passo  a  passo  
ª 8.  Quais  as  fichas  caíram...  que  decisões      

 
 
   

 
                         126  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

9.  DIAGNÓSTICO  COMPOSTO  

Nome:_____________________________data:___________  
 
1º  ciclo  de  PPS’s:  RESULTADOS  
Quais  são  os  resultados  que  você  tem  obtido...  
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
Respostas:  
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
 
2º  ciclo  de  PPS’s:  CRENÇAS  
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
Respostas:  
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
 
3º  ciclo  de  PPS’s:  SENTIMENTOS  
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
Respostas:  
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
 
 
                         127  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

4º  ciclo  de  PPS’s:  PENSAMENTOS    (diálogo  interno  e  imagens  mentais)  


_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
Respostas:  
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
 
5º  ciclo  de  PPS’s:  COMUNICAÇÃO  E  COMPORTAMENTOS    
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
Respostas:  
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________  
 
 
Alucinações  a  serem  checadas/objetivadas/trabalhadas  
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
________________________________________________________________________  
 
   

 
                         128  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

10.  AS  15  MANEIRAS  DE  RESTAURAR  E  RESGATAR  RELACIONAMENTOS  PESSOAIS  

AS  15  MANEIRAS  DE  RESTAURAR  E  RESGATAR  


RELACIONAMENTOS  PESSOAIS:  
Pessoa(s)  em  questão                                                                                                                                                                                                      Data        /        /          

ATUAL  
SEM  1  
SEM  2  
SEM  3  
MANEIRAS  

1.  Afeto:  Beijo,  toque,  abraço          


2.  V0:  em  todas  as  situações          
3.  Diálogo:  falar  com  respeito  e  ouvir  com  atenção          
4.  Elogiá-­‐lo:  nas  virtudes  e  acertos          
5.  Profetizar:  nos  sonhos  e  necessidades  da  pessoa          
6.  Cuidar:  das  necessidades  emocionais  e  físicas  (dia  a  dia)          
7.  Socorrer:  Atender  as  necessidades  físicas  e  emocionais  (emergenciais)          
8.  Participar:  da  vida  e  interesses          
9.  Limite:  com  respeito  e  saber  dizer  não          
10.  Paciência:  sob  estresse          
11.  Respeito:  como  indivíduo  e  suas  diferenças  e  estilos          
12.  Amar  a  si  mesma          
13.  Surpreender:  sem  cobrar  o  retorno          
14.  Ver  o  amor/harmonia:  manifestar  harmonia  e  amor  pelos  outros  mem-­‐        
bros  
15.  Perdoar:  não  se/os  contaminar  com  o  passado          
Resultados  semana1:    
 
 
 

Resultados  semana2:    
 
 
 

Resultados  semana3:    
 
 
 

   
 
                         129  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

11.  GRADE  DE  METAS  

                 Meta:_____________________________________      

GRADE  DE  METAS  


 

O  QUE  VOCÊ  QUER   O  QUE  VOCÊ  NÃO  QUER  

  O  que  você  quer  preservar?   O  que  você  quer  eliminar?  

   
 
O  que  você  tem  

Que  você  quer  conseguir?   Que  você  quer  evitar?  

   
O  que  você  não  tem  

 
                         130  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

12.  GANHOS  E  PERDAS    

Quando  as  metas  estão  alinhadas  aos  valores  pessoais,  a  jornada  é  tão  prazerosa  quanto  
à  chegada.  E  nenhum  sacrifício  será  tão  doído,  nenhuma  perda  será  paralisante.  E  no  final,  terá  
valido  a  pena.  (Paulo  Vieira)  
Quais  são  os  seus  propósitos  (motivadores  e  sabotadores;  ganhos  e  perdas)?  
Objetivo  Smartirizado:  
___________________________________________________________    

O  que  você  ganha  se  obtiver  isto?   O  que  você  perde  se  obtiver  isto?  
(busca  do  prazer)   (perda  de  valores)  

   
   
   
 
 
 
 
 
 
 
 

O  que  você  ganha  se  não  obtiver  isto?   O  que  você  perde  se  não  obtiver  isto?  
(Sabotadores)   (motivadores  –  dor)  

   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         131  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

13  -­‐  AUTO-­‐COACHING  IPV®  

É   um   processo   profundo   que   usa   como   base   as   perguntas   poderosas   de   sabedoria  


(PPS’s)  focadas  em  um  objetivo  específico,  visualizável,  temporal  e  desafiador.  O  objetivo  desse  
exercício  é  promover  a  auto-­‐responsabilidade,    clareza  de  propósitos  e  um  pacote  de  ações  e  
decisões  consistentes  na  direção  do  objetivo.    Ele  pode  ser  feito  com  o  cliente  de  coaching  co-­‐
mo   também   pode   ser   feito   consigo   mesmo,   na   busca   de   metas   desafiadoras   e   resolução   de  
problemas.   O   auto-­‐coaching   pode   ir   desde   um   objetivo   super   específico   até   objetivos   super  
genéricos,  ou  seja,  desde  como  aumentar  seu  salário  até  como  ser  feliz  pleno  e  realizado  em  
sua  vida.  Em  ambos  os  casos  o  importante  é  que  o  objetivo  seja  visualizável.  
 
Etapas  do  Auto-­‐Coaching:    
1) Certificação  de  que  os  objetivos  foram  estabelecidos  de  maneira  correta.  
2) Criar  a  pergunta  base.  Por  exemplo:  O  que  mudarei  em  mim  e  na  minha  vida  profissio-­‐
nal  para  conquistar  uma  retirada  mensal  de  R$15.000,00?  
3) Elaborar  35  perguntas  que  foquem  a  conquista  do  objetivo  e  sempre  repetindo  a  parte  
sublinhada  que  é  na  verdade  o  próprio  objetivo.  Exemplo:    
a. O  que  mudarei  no  meu  comportamento  dentro  da  empresa  para  conquistar  um  
salário  de  R$  15.000,00  por  mês?      
b. O  que  estudarei  para    conquistar  um  salário  de  R$  15.000,00  por  mês?    
c. De  quem  me  aproximarei  dentro  e  fora  da  empresa  para  conquistar  um  salário  
de  R$  15.000,00  por  mês?    
d. Como  me  vestirei  para  conquistar  um  salário  de  R$  15.000,00  por  mês?  
4) Após  elaborar  as  35  perguntas  focais,  feche  o  caderno  e  passe  dois  a  três  dias  sem  pen-­‐
sar  mais  sobre  as  perguntas  ou  sobre  o  objetivo  pretendido.    
5) Após  os  2  dias  responda  as  35  perguntas  com  riqueza  de  detalhes  e  comprometimento.  
6) Colocar  as  respostas  em  ordem  de  prioridade  e  execução  
7) Depois   de   responder   as   perguntas   é   importante   que   você   as   organize,   desprezando   o  
que  é  irrelevante  e  imprimindo  as  respostas  relevantes  transformando-­‐as  em  um  plano  
de   ação   tendo   especificado:     quando,   como,   com   que   recursos,   conforme   modelo   do  
plano  de  ação.  
8) Leia  todos  os  dias  suas  respostas/plano  de  ação  que  certamente  o  foco  consciente  e  in-­‐
consciente  farão  verdadeiros  milagres  por  você,  levando-­‐o  rapidamente  em  direção  aos  
seus  sonhos  e  objetivos.  
 
 
 

 
                         132  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

II.  REPORTAGENS  SOBRE  COACHING  

1  -­‐  GESTÃO  VOLTADA  PARA  O  CÉREBRO  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         133  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         134  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         135  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         136  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         137  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         138  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         139  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

2  -­‐  OS  DOIS  LADOS  DO  CÉREBRO  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FONTE:  VOCE  S/A  

 
                         140  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

III.  FERRAMENTAS  COMERCIAIS  

Coaching  Education  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
                         141  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

100  MANEIRAS  DE  DIVULGAR  E  VENDER  O  SEU  COACHING  PRÁTICO  

Essa   lista   contém  os   passos   e   sugestões   para   ajudar   a   divulgar   e   vender   o   seu   coa-­‐
ching.  Algumas  das  sugestões  que  o  ajudarão  a  se  tornar  um  melhor  profissional  de  marke-­‐
ting,  outros  vão  ajudá-­‐lo  criar  uma  rede  de  contato  e  influência,  outros  darão  o  posiciona-­‐
mento  e  as  estratégias  de  aumento  de  receita  e  número  de  cliente.  E  alguns  são  de  qualida-­‐
de  de  vida,  sugestões  de  melhoria,  que  irá  ajudá-­‐lo  a  se  tornar  mais  atraente  para  si  mesmo  
e,  portanto,  para  os  outros.  
 
 
1  –  RELAÇÕES  PÚBLICAS  
TORNAR-­‐SE  CONHECIDO  NACIONALMENTE  OU  LOCALMENTE  
‰  Contrate  uma  empresa  de  RP  ou  assesso-­‐ ‰ Envie  press  releases;  
ria  de  imprensa;   ‰ Faça  algo  grandioso  e  de  grande  visibilida-­‐
‰ Escreva  uma  coluna  para  um  jornal  local;   de;  
‰  Dê  entrevista  em  redes  de  TV;   ‰ Oferecer  coaching  gratuito    para  coachees  
‰ Fale  em  programas  de  rádio;   de  alto  nível  e  visibilidade;  
‰ Tenha  sempre  a  mão  depoimentos  que  lhe   ‰ Desenvolver  um  kit  de  imprensa;  
colocam  como  perito;  
 
 
2  -­‐  MARKETING  ELETRÔNICO  
‰ Torne-­‐se  rei  do  marketing  na  Internet;     ‰ Link  para  o  site  ou  de  sites  de  outros  trei-­‐
‰ Desenvolver  um  web  site  profissional;   nadores  
‰ Desenvolva  outros  sites  profissionais;   ‰ Adicione-­‐se  a  findacoach.com  
‰ Adicionar  conteúdo  útil  e  requisitado  para   ‰ Criar  ou  transmitir  dicas    e  novos  conheci-­‐
o  seu  site;   mentos  
‰ Adicionar    meta  para  os  sites  de  busca;   ‰ Peça  para  a  entrada  dos  assinantes  
‰ Link  para  o  site  Google  ou  outros  sites    de  
busca;  
 
 
3  -­‐  MARKETING  PESSOAL  
Desenvolver  uma  rede  extensa  
‰ Faça  uma  pesquisa  e  divulgue   vanca  
‰ Conheça  os  melhores  coaches   ‰ Melhore  a  sua  imagem  
‰ Distribua  uma  newsletter  uma  vez  por  mês   ‰ Torne-­‐se  alguém  que  vale  a  pena  conhecer  
‰ Junte-­‐se   ou   forme   uma   aliança   com   coa-­‐ ‰ Ajude  as  pessoas  como  um  hábito  
ches  de  valor   ‰ Leia  temas  correlatos  
‰ Desenvolva   uma   rede   de   100   pessoas   ala-­‐
 
 
 
 
 

 
                         142  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
4  -­‐  REPUTAÇÃO  /  CREDIBILIDADE  
Torna-­‐se  respeitado  como  um  coach  de  
‰ Desenvolver  diversas  especialidades   ‰ Melhore  sua  reputação  
‰ Torne-­‐se   um   coach   certificado   internacio-­‐ ‰ Junte-­‐se   à   Federação   Brasileira   de   Coa-­‐
nalmente  por  universidades   ching  Integral  Sistêmico  
‰ Ofereça-­‐se  para  ensinar  a  outros  coaches   ‰ Escrever  um  livro  
‰ Faça  uma  pesquisa  ou  publique  um  relató-­‐ ‰ Escreve  artigos  para  revistas    
rio  técnico  
 
 
5  -­‐  DESENVOLVIMENTO  PROFISSIONAL  
Torne-­‐se  um  especialista  no  que  faz  
‰ Desenvolver  habilidades  de  escuta   ‰ Faça  o  Master  Coaching  Integral  Sistêmico    
‰ Desenvolver   competências   de   diagnóstico   ‰ Busque  a  opinião  de  veteranos  com  suces-­‐
humano   so  
‰ Fale  de  forma  simples  e  sem  jargões  técni-­‐ ‰ Faça  cursos  de  especialização  em  coaching:  
cos   coaching  esportivo,  coaching  de  saúde,  etc  
‰ Faça  coaching  com  o  melhor  e  modele-­‐o   ‰ Assista    conferências  de  coaching  
‰ Leia  revistas  importantes  
 
 
6  -­‐  VENDAS  COMPETÊNCIAS  
Saiba  como  vender  muito,  muito  bem  
‰ Assista  ao  DVD  de  vendas  do  Paulo  Vieira   ‰ Faça  perguntas  abertas  
‰ Crie  uma  frase  auto  apresentação   ‰ Faça  parcerias  com  organizações  de  classe  
‰ Desenvolver  linhas  de  vendas   ‰ Fique  a  conhecer  a  pessoa  ou  o  comprador  
‰ Saiba  o  que  você  está  vendendo   ‰ Encontre   uma   maneira   de   servir   de   forma  
‰ Ser  destemido,  para  pedir  oferecer  mais   impactante  
‰ Discernir  o  que  querem  ou  precisam   ‰ Conquiste  uma  relação  de  prospects  
 
 
7  -­‐  TORNAR-­‐SE  ALTAMENTE  “INDICÁVEL”  
‰ Conheça   e   divulgue   os   seus   pontos   fortes   ‰ Ajude  seus  coachees  a  terem  realmente  ter  
em  coaching   sucesso  
‰ Saiba  onde  você  precisa  melhorar   ‰ Identifique  os  melhores  clientes    
‰ Peça  indicação  dos  seus  coachees     ‰ Especialize-­‐se,   Especialize-­‐se,   Especialize-­‐
‰ Pergunte  coachees  para  referências   se,  
‰ Oferecer   serviços   gratuitos   de   introdução  
ao  coaching  
 

 
                         143  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

8  -­‐  PRODUTOS  /  SERVIÇOS  


‰ Oferta  livre  de  fitas  de  áudio   ‰ Oferecer   treinamento   para   setores   especí-­‐
‰ Desenvolva  e  venda  uma  série  de  CD´s   ficos  
‰ Conduzir  workshops  local   ‰ Oferta  de  grupo  de  coaching  nas  empresas  
‰ Oferecer   treinamento   para   os   resultados   ‰ Desenvolva   palestras   sobre   coaching   no  
específicos   youtube  
‰ Lance  uma  universidade  virtual  
 
9  -­‐  APERFEIÇOAMENTO  DE  PESSOAL  
Aperfeiçoe  a  si  mesmo  e  sua  vida  usando  a  metodologia  do  CIS  
‰ Chegar  a  90  +  em  Clean  Sweep   ‰ Elimine  os  problemas  em  sua  vida  
‰ Fundação  pessoal  completo   ‰ Desenvolver  a  reserva  de  espaço  ou  dinhei-­‐
‰ 28  Master  princípios  atração   ro  
‰ Escusado  programa  completo   ‰ Eliminar  os  maus  hábitos  
‰ Complete  Tru  programa  Valores   ‰ Eliminar  tolerações  em  sua  vida  
‰ Complete  100  programa  Smiles  
 
10  -­‐  FERRAMENTAS  DE  MARKETING  
Dar  às  pessoas  uma  oportunidade  para  experimentar  você  
‰ Oferta  TeleClasses  livre   ‰ Oferecer  coaching  gratuito  
‰ Oferecer  gratuitamente  oficina  local   ‰ Oferta  livre  chamada  em  dias  
‰ Distribuir  um  folheto  impresso   ‰ Desenvolver  ou  distribuir  um  questionário  
‰ Dê  listas  distância  de  100  pontos   ‰ Host  discussões  semanais  tele  
‰ Dar  afastado  livre  audiotapes  
 
 
   

 
                         144  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

LISTA  DE  TRABALHO  COM  O  SEU  COACH  

OBJETIVOS  PARA  MUDAR  E  /  OU  CONQUISTAR  NA  MINHA  VIDA  


NOME    __________________________________________    
DATA  _____/_____/_________  
COACH  __________________________________________________  
Para  cada  item  dê  uma  nota  de  nível  de  prioridade  considerando  0  para  baixa  prioridade  
e  10  para  alta  prioridade  em  seguida    selecione  20  a  30  itens  a  serem  trabalhadas  com  o  seu  
coach  
 
EMOCIONAL  
‰ Acabar  a  procrastinação  em  minha  vida     ‰ Gostaria   de   ser   mais   entusiasmado   com   a  
‰ Aprender  a  me  perdoar.       minha  vida;  

‰ Aprender  a  perdoar  quem  me  fez  mal.   ‰ Gostaria   de   ser   mais   entusiasmado   com   o  
meu  trabalho;  
‰ Aumentar  a  minha  autoestima.    
‰ Gostaria   de   ser  muito   mais   feliz   do   que   eu  
‰ Aumentar   a  minha   capacidade   de   querer   e   sou  agora;  
desejar    
‰ Identificar   todas   as   fontes   de   estresse   na  
‰ Descobrir   o   que   está   causando   a   dissonân-­‐ minha  vida  e  reduzir  ou  eliminá-­‐las.    
cia/tristeza/falta  de  sentido  na  minha  vida.    
‰ Levantar  pela  manhã  com  energia  e  motiva-­‐
‰ Diminuir   o   nível   de   estresse   em   20   pontos   ção.  
em  90  dias    
‰ Melhorar  minha  autoestima    
‰ Eliminar  o  medo  em  minha  vida.  
‰ Parar   de   lamuriar   e   de   reclamar   completa-­‐
‰ Eliminar   ou   reduzir   a   estresse   em   minha   mente  dentro  de  14  dias.    
vida.  
‰ Reconstruir  a  minha  vida  após  uma  perda.    
‰ Encontrar  a  melhor  maneira  de  me  motivar.    
‰ Reduzir   a   quantidade   de   conflito   na   minha  
‰ Eu   me   encontro   travado   ou   com  medo,   ou   vida  para  que  eu  possa  relaxar.    
ambos,  e  eu  estou  pronto  para  trabalhar  is-­‐
so  
‰ Resolver  qualquer  dano  na  infância  está  me  
causando  dor  hoje    
‰ Eu   seria   mais   eficaz   e   bem   sucedido   se   eu  
tivesse  mais  autoconfiança  
‰ Ser  capaz  de  encontrar  homens/  mulheres  e  
não  ficar  ansioso.    
‰ Eu  sinto  a  necessidade  de  estar  mais  em  paz  
comigo  mesmo,  a  vida,  e  /  ou  outros;  
‰ Ser  sustentável  e  motivado  ao  invés  de  ope-­‐
rar  aos  trancos  e  barrancos    
‰ Explorar   ou   compreender   os   meus   senti-­‐
mentos  e  crenças    
‰ Superar  o  medo  de  rejeição    
‰ Falar  sem  "peso"  em    minha  voz.     ‰ Ter   confiança   suficiente   em   praticamente  
todas  as  situações.  

 
                         145  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Descobrir   a   paz   interior   que   eu   sei   que   é   ‰ Tornar-­‐me   uma   pessoa   que   sorri   quase   o  
possível     tempo  todo.    
‰ Ter   mais   paciência,   principalmente   no   tra-­‐ ‰ Trazer  equilíbrio  para  o  trabalho  e  casa.    
balho/em  casa.    
‰ Ver   as   oportunidades   escondidas   nos   pro-­‐
‰ Tirar  um  dia  por  semana  para  cuidar  exclu-­‐ blemas  sem  precisar  de  óculos  cor  de  rosa.    
sivamente  de  mim.    
 
ESPIRITUAL  
‰ Aprofundar  meu  relacionamento  com  Deus.     ‰ Eu   sinto   a   necessidade   de   um   desenvolvi-­‐
‰ Aprofundar  meu  relacionamento  com  Jesus.     mento   espiritual   significativo   e   /   ou   a   em-­‐
barcar   em   um   caminho   espiritual   que   me  
‰ Eu  sinto  a  necessidade  de  melhorar  a  quali-­‐ preencha;  
dade  da  minha  relação  com  Deus;  
‰ Fazer  parte  de  uma  comunidade  religiosa.    
‰ Tratar  meu  corpo  como  o  templo  de  Deus.    
 
FAMILIAR  
‰ Estruturar   um   plano   de   desenvolvimento   ‰ Ligar  para  um  membro  da  minha  família  por  
pessoal  para  os  meus  filhos.     semana,  só  para  dizer  oi.    
‰ Aprender   a   comunicar   efetivamente   meus   ‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
sentimentos  para  o  meu  esposo     meu  esposo.    
‰ Atrair  o  companheiro  dos  meus  sonhos.     ‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
‰ Casar-­‐me  dentro  de  _____  anos,     meus  filhos.    

‰ Comunicar  o  amor  para  meus  filhos  de  for-­‐ ‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
meus  pais  .  
ma  que  seja  impactante  para  eles.    
‰ Comunicar-­‐me  melhor  com  meus  filhos.     ‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
os  meus  irmãos.    
‰ Comunicar-­‐me  melhor  com  minha  esposa.    
‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
‰ Definir   limites  e   padrões  em   torno   da   rela-­‐ os  meus  sogros  .  
ção  que  tenho  com  meus  pais    
‰ Por  a  minha  família  em  primeiro  lugar,  sem  
‰ Definir   o   top   10   qualidades   que   eu   estou   me  colocar  em  segundo.    
procurando  em  um  companheiro.  
‰ Quero   melhorar   a   comunicação,   coopera-­‐
‰ Estabelecer   e   impor   limites   dentro   do   meu   ção  e  amor  dentro  da  minha  família;  
relacionamento  amoroso.  
‰ Sentir-­‐me  muito  melhor  sobre  mim  e  minha  
‰ Estar  com  meus  filhos  todos  os  dias,  em  vez   família.    
de  apenas  quando  tenho  tempo.    
‰ Voltar   a   ter   romance   em   meu   casamento  
‰ Incorporar  dois  atos  de  amor  por  dia  com  o   em  90  dias,  como  quando  namorávamos.    
meu  marido.  

 
                         146  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
FINANÇAS  
‰ Aumentar  a  quantidade  de  dinheiro  que  eu   ‰ Pagar  o  dinheiro  devido  aos  amigos  dentro  
tenho  na  poupança.     de  seis  meses.    
‰ Comprar   um   carro   novo   no   prazo   de   seis   ‰ Poupar  no  próximo  ano  100.000  reais.    
meses.    
‰ Reduzir  a  minha  dívida  de  cartão  de  crédito  
‰ Comprar  uma  casa  dentro  de  um  ano  .   mais  rápido.  
‰ Estabelecer   um   centro   de   planejamento   ‰ Reduzir   o   número   de   cartões   de   crédito  
familiar  em  minha  casa.     para  2  em  uma  semana.    
‰ Eu   não   me   sinto   financeiramente   seguro   ‰ Reorganizar   meus   investimentos   para   que  
como  gostaria,  e  eu  estou  pronto  para  fazer   eu  não  perca  o  sono  por  causa  deles.    
algo  sobre  isso  
‰ Reorganizar  orçamento  e  padrões  de  gastos  
‰ Ganhar   e   poupar   um   milhão   de   reais   no   da   família   para   pouparmos   e   sairmos   das  
próximo  ano.     dívidas.    
‰ Iniciar  um  plano  de  independência  financei-­‐ ‰ Saldar  o  empréstimo  do  carro  um  ano  mais  
ra     cedo.    
‰ Ir  às  compras  sem  culpa  e  sem  exagero.   ‰ Desenvolver   um   plano   financeiro   para   me  
‰ Manter  o  tanque  de  gasolina  no  meu  veícu-­‐ tornar   financeiramente   independente   na  
idade  de____    
lo,   pelo   menos,   metade   em   todos   os   mo-­‐
mentos.     ‰ Eu  quero  começar  a  economizar  ou  aumen-­‐
‰ Mudar   para   um   apartamento   maior   em   tar  o  valor  que  eu  estou  guardando  a   cada  
ano  para...  
nove  meses.    
‰ Obter  o  controle  sobre  meus  gastos.     ‰ Tornar-­‐me   um   poupador   e   começar   a   eco-­‐
nomizar  para  os  meus  sonhos.    
‰ Pagar  minhas  contas  sempre  em  dia.    
 
MELHORIA  DE  VIDA  
‰ Aprenda  a  colaborar  com  as  pessoas  em  vez   ‰ Compreender  os  meus   interesses   básicos   e  
de  debater  ou  discutir.     como  eles  afetam  as  minhas  escolhas    
‰ Aprenda  a  dar  conselhos  sem  ser  chato.     ‰ Dar   aos   outros   a   experiência   de   serem   ou-­‐
‰ Aprenda   a   dizer   não   sem   virar   as   costas   vidas,  ao  invés  de  apenas  ser  escutados.    
para  as  pessoas.     ‰ Dar  às  pessoas  o  que  elas  querem,  sem  que  
‰ Arriscar  mais.     me  custe  tanto.    

‰ Chegar  cedo  e  nunca  me  sentir  apressado  e   ‰ Deixar  claro  as  pessoas    a  minha  expectativa  
sobre  elas.  
atrasado.  
‰ Começar   a   tomar   o   caminho   de   menor   re-­‐ ‰ Deixar   de   lado   as   pessoas   em   minha   vida  
que  drenam  a  minha  energia.    
sistência  ao  invés  de  remar  contra  a  maré.    

 
                         147  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Desenvolver  a  capacidade  de  dizer  não     ‰ Eu  preciso  aumentar  o  nível  de  paz  e  equilí-­‐
‰ Desenvolver  a  compaixão  pelas  pessoas  que   brio  em  minha  vida,  eu  me  sinto  atualmen-­‐
te   fora   de   controle,   pelo   menos   em   uma  
me  criticam  hoje.    
área  da  minha  vida  
‰ Desenvolver  graça  e  merecimento.  
‰ Eu   preciso   estabelecer   limites   muito   mais  
‰ Desenvolver  um  senso  de  prioridade.     fortes   para   que   eu   não   seja   ou   me   sinta  
‰ Desenvolver  uma  vida  fora  do  trabalho  gra-­‐ usado  ou  desrespeitado  pelos  outro  
tificante.   ‰ Eu   preciso   gerir   melhor  o  meu   tempo   para  
‰ Determinar   as   causas   da   procrastinação   e   tirar   o   máximo   proveito   de   cada   dia,   ainda  
desenvolver  novas  competências.     ter  tempo  suficiente  para  mim  

‰ Dizer    a  verdade  ao  invés  do  que  as  pessoas   ‰ Eu   preciso   me   tornar   uma   pessoa   muito  
querem  ouvir.     mais  compassiva  e  paciente  com  os  outros  

‰ Dizer  não  cinco  vezes  esta  semana.     ‰ Eu  quero  aprender  a  lidar  com  pessoas  difí-­‐
‰ Eliminar   todos   os   impedimentos   no   meu   ceis   de   um   jeito   mais   construtivo,   mas   po-­‐
deroso  e  produtivo  para  mim  mesmo  
caminho  para  o  sucesso.    
‰ Eliminar  tudo  aquilo  que  me  distrai  e  tira  o   ‰ Eu   sinto   a   necessidade   de   simplificar   a   mi-­‐
nha  vida,  de  forma  dramática  e  rápida  
meu  foco  durante  o  meu  dia.    
‰ Equilibrar   minha   vida   pessoal,   familiar   e   ‰ Eu   vejo   a   necessidade   de   me   tornar   uma  
pessoa  melhor,  mais  magnânima,  que  serve  
vida  empresarial.    
e  doa    e  eu  estou  pronto  para  mudar  
‰ Estender  os  meus  limites,  sem  a  criação  de   ‰ Evoluir  de  paz  para  uma  vida  de  harmonia    
paredes.    
‰ Estou   pronto   para   elevar   meus   padrões   de   ‰ Exercer  a  responsabilidade,  em  vez  de   ten-­‐
tar  evitá-­‐la.  
comportamento,   expectativas,   qualidade  
dos  relacionamentos  e  estilo  de  vida   ‰ Facilmente   pedir   o   que   eu   quero   sem   ver-­‐
‰ Estou   pronto   para   tomar   decisões   muito   gonha.  

importantes  em  certas  partes  da  minha  vida   ‰ Gerenciar  o  tempo  de  forma  mais  eficaz    
pessoal  e  empresarial   ‰ Gostaria   de   me   tornar   a   pessoa   que   res-­‐
‰ Estou   tolerando   mais   do   que   eu   sei   que   é   ponde   de   forma   rápida   e   plenamente   as  
bom   para   mim,   e   eu   gostaria   de   trabalhar   oportunidades  e  os  problemas  quando  eles  
sobre  isso  e  me  fazer  respeitar   ocorrem  

‰ Eu   acredito   que   posso   chegar   muito   mais   ‰ Gostaria   de   priorizar   melhor   meus   objeti-­‐
com   muito  menos   esforço.   Eu   quero   que   a   vos,   responsabilidades,   funções   e   projetos  
vida  seja  fácil,  sei  que  é  possível  para  outras   para  que  eu  não  me  frustre  futuramente  
pessoas  e  porque  não  para  mim?   ‰ Gostaria  de  ser  mais  grato  para  com  o   que  
‰ Eu   me   sinto   oprimido   ou   estou   em   um   re-­‐ eu  tenho,  em  vez  de  estar  sempre  precisan-­‐
demoinho,  e  eu  sinto  a  necessidade  de  vol-­‐ do  de  mais  
tar   a  um  nível  em  que  tenha  mais  controle   ‰ Jogar   fora   o   meu   aparelho   de   televisão   e  
da  minha  própria  vida   começar  a  viver  a  vida.  

 
                         148  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Jogar  fora  todas  as  roupas  que  não  uso  fre-­‐ ‰ Reconheço   a   necessidade   de   tornar-­‐me  
quentemente.  (desapego)     alguém  que  aceita  as  coisas  mais  facilmente  
‰ Libertar  a  mente  da  desordem.   e  com  menos  resistência  

‰ Livrar-­‐me  de  minhas  convicções  ultrapassa-­‐ ‰ Recuperar  o  tempo  perdido.  


das.   ‰ Redesenhar   minha   vida   de   modo   que   seja  
‰ Me   afastar   de   pessoas   afetam   profunda-­‐ orientada   para   qualidade   de   vida   e   não  
apenas  trabalho.    
mente.    
‰ Melhorar   minha   atitude   e   estar   sempre   ‰ Reduzir  o  atrito  na  minha  vida  encontrando  
o  lubrificante  certo    
positivo.    
‰ Melhorar   o   meu   juízo   de   valor   em   relação   ‰ Reforçar  a  minha  vida  espiritual    
às  pessoas.   ‰ Reorientar   a   vida   pessoal   e   profissional  
‰ Meu  estilo  de  vida  custa  para  o  meu  corpo,   completamente  em  torno  os  valores.  
coração  e  /  ou  espírito,  e  eu  preciso  reduzir   ‰ Retornar   à   escola   para   cursar   pós-­‐
os  stress  e  ganhar  qualidade  de  vida   graduação.    
‰ Mudar   o  meu  pensamento  de  perde-­‐ganha   ‰ Romper   com   qualquer   padrão   de   sabota-­‐
para  ganha-­‐ganha.     gem  que  eu  tive  no  passado.    
‰ Nunca   me   forçar   a   fazer   nada   que   eu   não   ‰ Ser  capaz  de  pensar  abstratamente,  em  vez  
quero  ou  que  não  seja  bom  para  a  coletivi-­‐ de  apenas  logicamente.  
dade.  
‰ Ser  claro  sobre  meus  valores  e  alinhar  meus  
‰ Obter  foco  e  direção  nos  meus  objetivos.   objetivos  a  eles.    
‰ Parar   de   fazer   promessas,   mesmo   que   eu   ‰ Ser  mais  prudente  e  menos  impulsivo.    
sinto  que  eu  deveria.    
‰ Ser  o  único  responsável  pelos  meus  resulta-­‐
‰ Parar  de  fofocar.     dos  (ser  auto-­‐responsável)  
‰ Por  a  minha  vida  pessoal  em  ordem     ‰ Simplificar   tudo   que   eu   faço   e   continuar  
‰ Preciso   muita   integrar   e   equilibrar   plena-­‐ fazendo  bem  feito.    
mente   os   vários   elementos   da   minha   vida   ‰ Tenho  notado  que  outras  pessoas  são  mais  
pessoal  com  o  trabalho   graciosas   na  maneira  como   elas   lidam   com  
‰ Priorizar  o  meu  tempo  para  que  eu  não  me   a  vida  e  eu  quero  ser  assim  também  
sinta  estressado  e  exausto.     ‰ Tenho   projetos   importantes,   situações   ou  
‰ Quero   assimilar   rapidamente   o   que   eu   ob-­‐ problemas  ainda  não  resolvidos  que  eu  não  
terminei,   mas   preciso   resolvê-­‐los   imediata-­‐
servo   de   bom   das   experiências   e   aprender  
mente  
com   elas,   e   aplicá-­‐las   imediatamente   em  
minha  vida   ‰ Ter   uma   casa   que   está   sempre   limpa   e   or-­‐
‰ Reagir  menos  e  ser  mais  pró-­‐ativo.     ganizada  e  que  me  dê  prazer.    

‰ Recomeçar   ‰ Tornar-­‐me     mais   respeitoso   para   as   outras  


pessoas.    
‰ Tornar-­‐me     mais   sensível   com   as   pessoas  
que  precisam  de  mim.    

 
                         149  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Tornar-­‐me   mais   aberto   e   disponível   para   ‰ Tornar-­‐me  um  adulto  em  todos  os  sentidos  
tudo  o  que  já  está  em  torno  de  mim.     da  palavra.    
‰ Tornar-­‐me   mais   sensível   para   que   eu   sinta   ‰ Torna-­‐me  incrivelmente  menos  egoísta.    
as   coisas   quando   elas   ocorrem,   em   vez   de  
‰ Transformar  os  sonhos  em  metas.    
mais  tarde.  
 
QUEM  SOU  EU  
‰ Acabar   minhas   crenças   de   auto-­‐sabotagem   ‰ Desprogramar-­‐me   das   expectativas   de   ou-­‐
dentro  de  60  dias.     tras  pessoas.  
‰ Aprenda   a   lidar   melhor   com   os   aconteci-­‐ ‰ É   hora   de   mudar   alguns   dos   pressupostos  
mentos  em  vez  de  ser  tão  rígida.     que  eu  fiz  sobre  mim  mesmo  e  atualizar  os  
‰ Aprender  a  cozinhar.     meus   paradigmas   de   como   me   relaciono  
com  tudo  e  todos;  
‰ Aprender  a  dançar.  Aprender  a  tocar  piano.  
‰ Entender   por   que   eu   me   relaciono   com   as  
‰ Colocar   as   pessoas   e   as   relações   antes   dos   pessoas  da  maneira  que  eu  faço    
resultados    
‰ Estabelecer   três   coisas   que   eu   sou   apaixo-­‐
‰ Cuidar  melhor  de  mim  mesmo:  corpo,  men-­‐ nada   como   prioridades   na   minha  vida   den-­‐
te  e  espírito;   tro  de  seis  meses.  
‰ Definir  o  legado  que  desejo  deixar.     ‰ Estabelecer   um   hábito   prazeroso   e   fazê-­‐lo  
‰ Deixar   de   lado   as   pessoas   que   estão   me   todos  os  dias.    
prendendo     ‰ Estou  decidido  a  de  tornar-­‐me  alguém    livre  
‰ Descobrir  o  meu  propósito/missão  de  vida  e   de  problemas  e  traves;  
começar   a   estabelecer   metas   para   vivê-­‐la   ‰ Estou   interessado   em   identificar   e   concen-­‐
dentro  de  90  dias.     trar-­‐me   e   focar-­‐me   em   realizações   concre-­‐
‰ Descobrir  o  que  me  faz  vibrar  e  dá  sentido  a   tas;  
minha  vida.   ‰ Eu   estou   pronto   para   gozar   a   minha   vida  
‰ Descobrir  o  meu  perfil  DISC     com  muito  mais  experiência  e  mais  prazer;  

‰ Desenvolver  mais  confiança  em  mim     ‰ Eu  quero  conhecer  e  me  entender  melhor  e  
‰ Desenvolver  ou  melhorar  a  minha  persona-­‐ saber  o  que  me  faz  vibrar  e  me  motiva;  

lidade,  minha  atitude,  e  como  eu  vejo  e  tra-­‐ ‰ Eu  quero  me  tornar  muito  mais  receptivo  a  
to  os  outros;   novas  ideias,  abordagens  e  pontos  de  vista,  

‰ Desenvolver  um  plano  de  vida  e  começar  a   quero   ser   mais   flexível   a   novos   pontos   de  
vista;  
vivê-­‐la.    
‰ Desenvolver  uma  reserva  de  tempo  durante   ‰ Eu  quero  ter  mais  um  efeito  positivo   sobre  
os  outros,  sem  tentar  controlá-­‐los  ou  mani-­‐
o  meu  dia  para  fazer  o  que  me  interessa.  
pulá-­‐los;  
‰ Desenvolver   uma   rotina   matinal   que   eu  
desfrute  totalmente    

 
                         150  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Eu   sinto   que   tenho   um   dom   especial,   mas   ‰ Gostaria   de   reforçar   ou   aperfeiçoar   meu  
gostaria   de   melhor   identificar   e   orientar   a   caráter;  
minha  vida  para  o  uso  do  meu  dom;  
‰ Identificar  as  101  coisas  que  eu  amo  fazer,  e  
‰ Eu   vejo   a   importância   na   construção   de   fazer  uma  a  cada  dia.    
reservas  significativas  em  todas  as  áreas  da  
‰ Identificar   melhor   as   pessoas   que   são   real-­‐
minha  vida:  tempo,  dinheiro,  amor;  
mente   boas   para   mim   e   aquelas   que   não  
‰ Fazer  as  alterações  pessoais  que  tenho  sido   são.  
incapaz  de  fazer  por  conta  própria    
‰ Identificar  o  que  retarda  os  meus  sonhos.    
‰ Fazer  uma  decisão  pessoal  significativa.     ‰ Melhorar   minha   reputação   entre   os   cole-­‐
‰ Fortalecer  o  meu  caráter,  e  ficar  realmente   gas.    
orgulhoso  de  quem  eu  sou.    
‰ Melhorar  o  que  eu  vejo  no  espelho.    
‰ Genuinamente   agradecer   às   pessoas   que   ‰ Meu  objetivo  é  ter  objetivos.    
me  ajudam,  diariamente.  
‰ Parar  de  justificar  minhas  ações    
‰ Gostaria   de   aprender   habilidades   para   que  
eu  possa  ser  mais  eficaz  no  relacionamento   ‰ Parar  de  me  explicar    
com  os  outros   ‰ Parar  de  tentar  controlar  tudo  e  todos    
‰ Gostaria   de   conhecer   todas   as   partes   de   ‰ Pedir   desculpas   a   alguém,   mesmo   que   seja  
mim  mesmo  e  assim  tomar  decisões  melho-­‐ difícil.    
res  e  mais  felizes  
‰ Preciso   ter   mais   confiança   em   como   me  
‰ Gostaria   de   desenvolver   minha   mente   e   apresentar  em  locais  públicos  ou  para  várias  
intelecto  mais  do  que  tenho  feito   pessoas,   eu   estou   pronto  para   desenvolver  
‰ Gostaria   de   desenvolver   uma   escolarização   esta  parte  de  mim  
formal   /   plano   de   educação  ou   de   uma  es-­‐ ‰ Quero  desenvolver  um  estilo  pessoal  forte  e  
tratégia  para  a  minha  vida  e  carreira   capaz   de   expressar-­‐me   fortemente   e   com  
‰ Gostaria   de   identificar   com   precisão   o   que   paz  e  harmonia  
me   move   e   uma   vez   por   todas   satisfazer   ‰ Sair  da  rotina    
minhas  necessidades  pessoais;  
‰ Ter   novamente   o   controle   da   minha   vida  
‰ Gostaria  de  melhorar  minha  aparência  física   nas  minhas  mãos;  
e   apresentação   pessoal,   para   que   me   sinta  
muito  bem  comigo  e  com  o  mundo;  
‰ Ver   televisão   até   45   minutos   por   dia   ou  
menos.    
 
SAÚDE  
‰ Aumentar  o  meu  nível  de  energia     ‰ Desenvolver   um   plano   motivacional   para  
‰ Começar  a  correr  todas  as  manhãs.     perder   20   quilos   em   três   meses,   de   forma  
segura.    
‰ Criar  um  plano  de  saúde  pessoal,  que  inclui  
o  exercício,  alimentação  e  descanso.    
‰ Diminuir   3   números   de   roupa   em   seis   me-­‐
ses.    

 
                         151  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Diminuir  a  gordura  corporal  em  10  por  cen-­‐ ‰ Parar   de   fumar   completamente   dentro   de  
to  em  seis  meses.     três  meses.    
‰ Eu  quero  fazer  mudanças  significativas  para   ‰ Parar  de  usar  açúcar  em  até  30  dias    
o  meu  corpo  em  termos  de  peso  e  disposi-­‐
‰ Parar  de  usar  cafeína  prazo  de  30  dias    
ção  física;  
‰ Reduzir  o  quanto  eu  estou  bebendo    
‰ Eu  sinto  a  necessidade  de  melhorar  a  quali-­‐
dade  do  meu  físico;   ‰ Voltar  para  atividade  física.    
‰ Parar  de  fumar    
 
SOCIAL  
‰ Aprofundar   o   meu   relacionamento   com   ‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
meus  amigos.     o  meu  pastor.    
‰ Cultivar   um   círculo   de   cinco   amigos   próxi-­‐ ‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
mos.     os  meus  colegas.    
‰ Fazer  uma  viagem  para  a  Europa  com  minha   ‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
esposa.   os  meus  vizinhos.    
‰ Gastar  mais  tempo  comigo.     ‰ Permitir-­‐me   a   mais   maravilhosa     férias   da  
‰ Gastar  mais  tempo  na  praia.     minha  vida.    

‰ Gastar  mais  tempo  no  jardim.     ‰ Reservar     um   dia   de   cada   mês   para   fazer  
algo  que  eu  realmente  quero  fazer.    
‰ Restabelecer  um  relacionamento  perdido.    
 
SUCESSO  NO  NEGÓCIO  OU  NA  CARREIRA  
‰ Agregar  valor  aos  meus  clientes  sem  pensar   ‰ Aumentar  a  retenção  de  clientes  em  25  por  
em  mim  e  nos  meus  interesses.     cento.    
‰ Aprender   a   ganhar     mais   dinheiro   na   nova   ‰ Aumentar  os  negócios  em  20%,  sem  gastar  
economia.     mais  em  publicidade.  
‰ Aprender  como  atrair  empresas,  em  vez  de   ‰ Bater  minhas  metas  de  vendas  antes  do  dia  
constantemente  correr  atrás  delas.     20  para  não  viver  a  pressão  e  estresse  do  fi-­‐
‰ Aproveitar  as  mudanças  em  vez  de  resistir  a   nal  do  mês.    
elas.     ‰ Compreender   os   princípios   de   funciona-­‐
‰ Assumir  maiores  desafios  no  trabalho     mento  de  um  negócio  de  sucesso.    

‰ Aumentar  a  minha  capacidade  de  processar   ‰ Concluir  um  projeto  com  menos  estresse.  
mais   informações,   sem   ficar   sobrecarrega-­‐ ‰ Concluir   um   projeto   difícil   no   prazo   combi-­‐
do.   nado.    
‰ Aumentar   a   minha   satisfação   com   o   traba-­‐ ‰ Conquistar  cinco  novos  clientes  por  mês.  
lho  de  modo  que  eu  queira    ir  ao  trabalho    
 
                         152  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Construir  minha  marca  pessoal.   ‰ Enfrentar  uma  difícil  questão  jurídica,  finan-­‐
‰ Criar  um  programa  de  vendas  para  um  novo   ceira  ou  fiscal.    
nicho.     ‰ Esclarecer   os   meus   compromissos   profissi-­‐
‰ Delegar  de  forma  mais  eficaz  de  modo  que   onais  e  executá-­‐los.  
eu  tenha  mais  tempo  para  trabalhar  no  que   ‰ Estou   pronto   para   dominar   totalmente   o  
é  mais  importante.     que  eu  faço  profissionalmente.  Eu  quero  ser  
‰ Delegar   quase   todos   os   aspectos   das   mi-­‐ o  melhor  no  que  faço  e  ser  reconhecido  por  
isso  
nhas  tarefas  pessoais  transferíveis.    
‰ Descobrir   uma   carreira   significativa   e   grati-­‐ ‰ Eu  definitivamente  preciso  de  agir,  pensar  e  
sentir  como  um  líder  mais  forte  e  efetivo  do  
ficante.    
que  eu  sou  agora  
‰ Desenvolver  duas  novas  fontes  de  lucro  em  
meu  negócio  dentro  de  um  mês.    
‰ Eu   definitivamente   quero   aumentar   os   lu-­‐
cros  da  minha  empresa  
‰ Desenvolver   uma   estratégia   de   marketing  
para  o  meu  negócio.    
‰ Eu  poderia  aproveitar  melhor  os  meus  bens,  
recursos,  conexões  e  talentos  
‰ Desenvolver  uma  reputação  nacional  para  o  
que  eu  faço  bem.    
‰ Eu   preciso   aprender   e   dominar   realmente  
as  habilidades  de  vendas    para  que  eu  possa  
‰ Desligar-­‐me   das   organizações   que   não   aumentar  a  receita  imediatamente  
agregam  valor  ao  meu  negócio  ou  vida  pes-­‐
soal  dentro  de  um  mês.    
‰ Eu   preciso   aumentar   o   tamanho,   escopo   e  
profundidade   da   minha   rede   de   relaciona-­‐
‰ Determinar  prioridades     mentos    profissionais  e  tirar  proveito  disso  
‰ Diminuir  a  tensão  que  eu  coloquei  nas  pes-­‐ ‰ Eu  preciso  desenvolver  um  plano  de  marke-­‐
soas     ting  ou  criar  formas  únicas  de  comercializar  
‰ Dobrar  o  número  de  indicações  que  recebo.     e  divulgar  o  meu  produto  ou  serviço  

‰ É   importante   aprender   a   melhor   forma   de   ‰ Eu   preciso   fazer   uma   mudança   ou   avanço  


preparar   a   minha   equipe,   clientes,   colegas   na  minha  carreira  ou  profissão  
para  as  mudanças   ‰ Eu   preciso   instalar   sistemas   de   gestão   ad-­‐
‰ É   importante   para   mim   construir   e   deixar   ministrativos,  vendas  na  minha  empresa  ou  
um  legado  nesta  vida   trabalho  

‰ Elevar  meus  padrões  de  merecimento.   ‰ Eu  preciso  montar  um  orçamento,  plano  de  
‰ Encantar   os   meus   clientes,   e   não   apenas   negócio   ou   plano   estratégico   para   o   meu  
projeto  de  negócio  correr  menos  riscos  
agradá-­‐los.    
‰ Encontrar   a   minha   área   de   especialização   ‰ Eu   preciso   para   me   tornar   mais   eficaz   e  
eficiente  no  meu  trabalho  ou  negócio  
profissional    
‰ Encontrar   uma   forma   de   delegar   minhas   ‰ Eu   quero   aprender   habilidades   eficazes   de  
formação   de   equipe   e   técnicas   de   gestão  
fraquezas   para   que   eu   possa   focar   meus  
para  trazer  o  melhor  do  meu  grupo  
pontos  fortes  
‰ Eu   quero   influenciar   minha   equipe,   forne-­‐
cedores  e  colaboradores  poderosamente  

 
                         153  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Eu   quero   me   sentir   como   um   verdadeiro   ‰ Melhorar   a   qualidade   dos   meus   produtos  


profissional  e  ser  considerado  como  tal  pe-­‐ ou  serviços  
los  meus  clientes  e  colegas  
‰ Melhorar   dramaticamente   a   rentabilidade  
‰ Eu   sinto   a   necessidade   de   investir   mais   da  minha  empresa.    
tempo  e  dinheiro  na  minha  empresa  ou  no  
‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
conjunto   de   habilidades   profissionais   que  
meu  chefe.    
necessito  
‰ Melhorar  o  relacionamento  que  tenho  com  
‰ Eu  tenho  ótimas  ideias,  mas  eu  preciso  pô-­‐ meus  clientes.    
las   em   prática  em  algo  que  seja  financeira-­‐
mente  viável  e  interessante   ‰ Negociar  um  aumento  de  50%.    
‰ Eu   vejo   a   importância   de   dar   ainda   mais   ‰ Obter  uma  posição    sênior  na  minha  organi-­‐
valor  aos  meus  clientes     zação  em  menos  de  seis  meses    

‰ Eu   vejo   a   necessidade   de   aprender   mais   ‰ Posicionar   meus   serviços   ou   produtos   no  


rapidamente     para   receber   e   processar   os   mercado.    
lotes  de  informação   ‰ Preparar   o   meu   negócio   para   vender   3   ve-­‐
‰ Eu   vejo   a   necessidade   de   aumentar   minha   zes  mais.  
produtividade   pessoal   ou   da   empresa   de   ‰ Quero   aprender   as   habilidades   fundamen-­‐
forma  significativa   tais   de   negociação   que   vão   me   ajudar   a  
‰ Eu  vejo  a  necessidade  de  entregar  trabalhos   conseguir  o  que  quero  e  criar  situações    ga-­‐
ou  serviços  a  um  nível  superior  de  excelên-­‐ nha-­‐ganha  
cia  e  padrões  buscando    a  perfeição   ‰ Quero   melhorar   meu   tempo,   sinergia,   per-­‐
‰ Eu   vejo   a   necessidade   de   me   tornar     um   cepção  e  sincronicidade  para  que  eu  perce-­‐
gestor   de   pessoas,   ter   projetos   mais   efica-­‐ ba  e  aproveite  todas  as  boas  oportunidades  
zes  e  com  resultados  bem  maiores   ‰ Reduzir   atividades   voluntárias   que   estão  
‰ Expandir   minha   rede   de   modo   a   incluir   os   entrando  no  meu  caminho.    
melhores  profissionais  em  100  campos  dife-­‐ ‰ Reorganizar  o  meu  escritório  e  ambiente  de  
rentes.   trabalho  e  agregar  valor  a  mim.    
‰ Expandir   negócios   para   vender   produtos   ‰ Sair     do   meu   trabalho   para   trabalhar   em  
através  da  Internet.     casa  dentro  de  dois  anos.    
‰ Fechar   10   novos   clientes   nos   próximos   90   ‰ Separar  R$  500,00/mês  para  o  meu  próprio  
dias.   auto-­‐aperfeiçoamento.    
‰ Formar   uma   equipe   com   os   gestores   da   ‰ Ser  Mestre  no  meu  ofício,  e  não  apenas  ser  
minha  área.     um  especialista.  
‰ Identificar  as  características  e  os  benefícios   ‰ Ser  muito  mais  criativo  do  que  eu  já  sou.    
que  eu  ofereço  a  meus  clientes  ou  clientes.    
‰ Ser  promovido  duas  vezes  esse  ano.  
‰ Iniciar   um   novo   negócio   com   muito   mais   ‰ Ser  um  escritor  melhor.  
chance  de  sucesso.    
‰ Jornada   de   trabalho   de   25   por   cento   reali-­‐ ‰ Ser  um  gerente  melhor.    
zando  o  mesmo  tanto  de  antes.     ‰ Ser  um  líder,  não  apenas  um  gestor.    
 
                         154  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Tornar-­‐me   mais   eficiente,   sem   me   tornar     ‰ Tornar-­‐me  uma  pessoa  pró-­‐ativa  que  nunca  
uma  máquina.     espera  pelos  outros.    
‰ Tornar-­‐me   um   intra-­‐empreendedor   na   mi-­‐ ‰ Transformar    as  minhas  ideias  em  fonte   de  
nha  organização.     receitas.    
‰ Tornar-­‐me   um   líder   melhor   para   que   os   ‰ Transição   suave   para   um   novo   campo   pro-­‐
meus  funcionários  amem  seus  empregos.     fissional.  
‰ Tornar-­‐me  um  orador  público  eficaz.    
 
SUCESSO  PESSOAL  
‰ Acelerar   a   minha   evolução   e   desenvolvi-­‐ ‰ Eu  gostaria  de  tornar-­‐me  muito  mais  criati-­‐
mento  pessoal.   vo   na   minha   vida   e   desbloquear   o   que   im-­‐
‰ Aprender   a   fazer   as   perguntas   certas   em   pede  a    minha  criatividade  
qualquer  situação  de  vida.   ‰ Eu   preciso   aumentar   meu   vocabulário   e  
‰ Aumentar  a  minha  consciência.     aprender  a  me  comunicar  melhor  as  minhas  
idéias  e  pensamentos  
‰ Comunicar-­‐me   tão   bem   que   as   pessoas  
respondem   positivamente     de   imediato   a  
‰ Eu  preciso  causar  deliberadamente,  ou  seja,  
criar    minha  vida  e  sucesso,  em  vez  de  espe-­‐
mim.    
rar  que  isso  aconteça  
‰ Criar   e   executar   um   estilo   de   vida   que   me  
faça  incrivelmente  feliz.    
‰ Eu   preciso   desenvolver   a   minha   intuição   e  
com   pleno   respeito   e   responder   imediata-­‐
‰ Criar  um  caminho  de  desenvolvimento  pes-­‐ mente  a  ela  
soal.    
‰ Eu   preciso   transformar   rapidamente   uma  
‰ Criar  um  projeto  inspirador  através  do  qual   parte  muito  importante  da  minha  vida  
eu   vou   impactar   pelo   menos,   100   pessoas  
por  mês.    
‰ Eu   quero   aprender   a   ser   sinergético   com  
todos,   o   que   significa   trabalhar   em   uma  
‰ Escrever  um  livro  que  faça  diferença  na  vida   parceria  de  colaboração  sem  igual  
das  pessoas.  
‰ Eu   sei   que   eu   preciso   tomar   consciência  
‰ Estou   pronto   para   me   tornar   um   ouvinte   mais  rapidamente  do  que  está  ocorrendo  e  
muito   melhor,   eu   quero   realmente   ouvir   o   em  torno  de  mim  para  poder  agir  com  mais  
que   os   outros   estão   dizendo   ou   tentando   rapidez  
dizer  
‰ Gastar   menos   tempo   com   o   futuro   e   mais  
‰ Eu   gostaria   de   contribuir   mais   para   os   ou-­‐ tempo  desfrutando  o  presente.  Desenvolver  
tros,  sem  sentimento  que  eu  estou  perden-­‐ uma  estratégia  de  sucesso  pessoal  e  efetiva.    
do  meu  tempo  ou  recursos  
‰ Gostaria  de  aprender  a  atrair  o  sucesso  para  
‰ Eu   gostaria   de   criar   uma   abordagem   coor-­‐ mim  em  vez  de  me  jogar  com  tanto  sacrifí-­‐
denada  e  abrangente  de  plano  de  vida  para   cio  na  direção  dele  
os  próximos  cinco  anos  
‰ Implementar   dois   novos   hábitos   pessoais   a  
cada  mês.    

 
                         155  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

‰ Me   tornar     um   participante   na   vida,   não   ‰ Quero  sentir  a  alegria  de  viver  de  uma  ma-­‐
apenas  um  observador     neira  que  nunca  senti  
‰ Paz     para  apreciar  o  tempo  e  contemplar  a   ‰ Reconheço  a  necessidade  de  ser  muito  mais  
maravilha  da  vida  cotidiana.     receptivo  e  flexíveis  para  entrada  de  pesso-­‐
‰ Preciso  de  ajuda  para  me  tornar  muito  mais   as  que  agreguem  na  minha  vida  e  sucesso  
organizado  com  as  burocracias  da  minha  vi-­‐ ‰ Reforçar   a   minha   missão   pessoal   de   modo  
da   que   os   fundamentos   da   minha   vida   sejam  
‰ Preciso  de  ajuda  para  resolver  um  problema   rocha  sólida  e  confiável.  
de  relacionamento  ou  melhorar  um  relacio-­‐ ‰ Sei   que   posso  construir   a   família   dos   meus  
namento  muito  importante   sonhos  e  não  sei  por  onde  começar  
‰ Preciso   melhorar   minha   comunicação   e   ‰ Ser  um  comunicador  muito  direto  e  confiá-­‐
habilidade  de  persuadir,  para  assim  ser  en-­‐ vel.    
tendido  
‰ Tenho   vários   objetivos   importantes   que,  
‰ Quero   aprender   mais   sobre   o   que   é   amor,   provavelmente   chegarei   mais   cedo,   se   eu  
como   funciona   e   como   me   tornar   mais   tiver  apoio  e  conselhos  de  um  coach  de  alta  
amoroso  para  todos   performance  
‰ Quero  construir  a  vidas  dos  meus  sonhos  e   ‰ Tornar-­‐me  auto-­‐realizado  .  
não  sei  por  onde  começo  
‰ Tornar-­‐me   incondicionalmente   edificante    
‰ Quero  desenvolver  um  programa  de  leitura   em  tudo  que  eu  digo.  
pessoal  personalizado  para  melhor  me  edu-­‐
car  e  ampliar  os  meus  pensamentos  e  ideias  
 
   

 
                         156  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

IV.  PROJETO  DE  CERTIFICAÇÃO  INTERNACIONAL  EM    COACHING  INTEGRAL  


SISTÊMICO®  

Data  da  Entrega:___________  


 

Eu,   ______________________________________________________   me   comprometo  


a   produzir   individualmente   o   relatório   abaixo   discriminado,   assumindo   a   responsabilidade   de  
que  o  mesmo  é  de  minha  autoria,  pois  entendo  que  isto  fará  parte  do  meu  projeto  de  certifica-­‐
ção   no   curso   de   Formação   em   Coaching   Integral   Sistêmico®,   como   também   a   capacidade   de  
exercer  a  profissão.  
 
Observações  
-­‐  Aprendizados  de  no  mínimo  05  linhas  para  livros  e  vídeos  
-­‐  Relatar  o  aprendizado  dos  exercícios  rotineiros  e  dinâmicos  com  no  mínimo  05  linhas  
-­‐  Auto-­‐coaching  completo  (perguntas  e  respostas)  
 
 

RELATÓRIO  
 
ͻSESSÃO  01  –  LITERATURA  OBRIGATÓRIA  
Aprendizado  de  no  mínimo  05  linhas  para  cada  livro.  
1) 01  -­‐  Auto-­‐Responsabilidade  
2) 02  -­‐  Eu,  Líder  Eficaz    
3) 03  -­‐  O  Poder  Verdadeiro  
4) 04  -­‐  O  Cavaleiro  Preso  na  Armadura    
5) 05  -­‐  O  Motorista  e  o  Milionário  
6) 06  -­‐  Picos  e  Vales  

 
ͻSESSÃO  02  -­‐  VÍDEOS  OBRIGATÓRIOS  
Resenha  de  no  mínimo  05  linhas  para  cada  vídeo.  
 
1) Desafiando  Gigantes  
2) Poder  Além  da  Vida  
3) O  Presente    
4) Duas  Vidas  
5) Click  –  Controle  Remoto  Universal  
6) A  Procura  da  Felicidade    

 
                         157  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

7) O  Fazendeiro  E  Deus    
8) O  Todo-­‐Poderoso    
9) O  Segredo  –  Documentário    
10) A  Prova  De  Fogo    
11) De  Porta  em  Porta    
12) Coach  Carter    
13) A  Última  Fortaleza    
14) Duelo  de  Titãs    
15) Ponto  de  Decisão    
16) Mãos  Talentosas    
17) Para  sempre  Vencedor    
18) Diário  de  uma  Babá    
19) Delírios  de  consumo  de  Becky  Bloom  

 
ͻSESSÃO  03  -­‐  ATENDIMENTO  COM  QUATRO  CLIENTES  COM  NO  MÍNIMO  QUATRO  SES-­‐
SÕES  CADA  UM.  ENVIAR  REGISTRO  BÁSICO  DE  CADA  UMA  DAS  SESSÕES  
 
ͻSESSÃO  04  -­‐  AVALIAÇÕES  EM  SALA  DE  AULA  
 
ͻSESSÃO  05  -­‐  EXERCÍCIOS  ROTINEIROS  
Relatar  aprendizado  com  no  mínimo  05  linhas  de  cada  exercício  abaixo.  (o  ideal  é  que  
acumule  ganhos/experiência  em  uma  semana  de  rotineiros)  
1. –  Ritual  Do  Acordar  
2. –  Validação  5/5  
3. –  Abraço  de  40  Segundos  
4. –  Ler  provérbio  do  dia  sublinhado  
5. –  Visualização  da  Vida  Extraordinária  por  7  minutos  
6. –  Verbalizar  30  Características  Positivas  -­‐  Eu  Sou...  
7. –  Profetizar  na  Vida  dos  Próximos  
8. –  Ativação  do  Estado  de  Recursos  (5x  ao  dia)  
9. –  Ritual  do  Dormir  
10. –  Profetizar  nos  Pilares  de  sua  Vida  
11. -­‐  Relacionar  e  Ler  todos  os  ganhos  diariamente  

 
ͻSESSÃO  06  -­‐  AGENDA  EXTRAORDINÁRIA  –  MONTAR,  RELATAR  APRENDIZADO  E  ANEXAR  
NO  RELATÓRIO  
                 
ͻSESSÃO  07  –  AGENDA  EXTRAORDINÁRIA  FUNCIONAL  -­‐  MONTAGEM,  RELATAR  APREN-­‐
DIZADO  E  ANEXAR  NO  RELATÓRIO  

 
                         158  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

 
ͻSESSÃO  08  -­‐  EXERCÍCIOS  DINÂMICOS    DE  CASA  
Relatar  aprendizado  de  todos  os  exercícios  assinalados  abaixo  com  no  mínimo  05  linhas  
e  anexar  no  relatório  (você  pode  aproveitar  a  experiência  dos  exercícios  feitos  em  sala  ou  no  
próprio  método  CIS)  
1. 04  Decisões  que  mudarão  a  sua  vida.  
2. 300  perguntas  terapêuticas    
3. Autobiografia  completa  
4. Autobiografia  de  dores  de  0  a  12  anos  
5. Avaliação  Multidirecional  da  Inteligência  Emocional  
6. Avaliação  Multidirecional  das  Habilidades  Gerenciais  
7. Avaliação  Multidirecional  Efetividade  funcional  
8. Avaliação  Multidirecional  em  Desenvolvimento  em  Vendas  
9. Caderno  das  críticas  externas  
10. Carta  de  orientação  pessoal  
11. Construção  de  um  plano  de  ação  focal  
12. Escrever  a  missão  de  vida  em  forma  de  Profecia  
13. Escrever  profecias  para  familiares/  pessoas  íntimas  
14. Escrever  uma  profecia  para  cada  pilar  da  vida  
15. Jogando  no  lixo/  Mudança  de  comportamento  
16. Mural  da  vida  extraordinária    
17. MAAS  –  Mapa  de  Auto  Avaliação  Sistêmica  
18. Pedir  perdão  a  pessoas  relevantes  
19. Perdoar  pessoas  relevantes  
20. Perguntas  de  autoconhecimento  primal  
21. Processo  decisório  com  média  ponderada  
22. Relação  de  200  gratidões.  Eu  sou  grato  por...  
23. Relação  de  40  características  positivas:  Eu  sou...  
24. Relação  de  pontos  fracos  
25. Relação  de  repetições  de  padrões  negativos  de  Pai  e  Mãe  
26. Relação  de  todos  os  ganhos  
27. Skill  Open  Limits  
28. Surpresas  de  amor  
29. Visita  a  instituição  de  assistência  de  caridade  e  assistência  (mínimo  04  horas)  

ͻSESSÃO  09    Missão  Coaching  Integral  Sistêmico  


TOMANDO  CONSCIÊNCIA  DA  MINHA  MISSÃO  COMO  COACH  INTEGRAL  SISTÊMICO  
 
Responda  as  perguntas  abaixo  com  a  1ª  ideia  que  vier  a  sua  mente.  Comece  a  se  ques-­‐
tionar  
1. Como  a  missão  de  Coach  Integral  Sistêmico  está  relacionada  com  minhas  responsabilidades  
no  meu  atual  emprego?  
2. Como  a  missão  de  Coach  Integral  Sistêmico  está  relacionada  com  a  minha  família?  

 
                         159  
www.febracis.com.br  
Formação  Internacional  
n   Em  Coaching  Integral  Sistêmicos  

3. Como  esta  missão  de  Coach  Integral  Sistêmico  está  relacionada  comigo  e  com  todas  as  outras  
atividades  que  exerço?  
4. Como  esta  missão  de  Coach  Integral  Sistêmico  se  relaciona  com  a  minha  comunidade,  cidade,  
país  e  planeta?  
5. De  que  forma  esta  missão  vai  me  permitir  viver  uma  vida  extraordinária?  
6. Essa  missão  representa  o  que  sou?  O  que  faz  sentido  para  mim?  
7. Coloque  a  sua  atenção  agora  para  as  sensações  fisiológicas  que  essa  missa  te  traz...  Faça  uma  
breve  descrição  do  que  você  sente.  
8. Existe  uma  afirmação  da  missão  como  Coach  Integral  Sistêmico,  nas  suas  sensações  internas?  
9. Imagine  que  você  está  se  vendo  numa  tela  distante  e  começa  a  passar  um  filme  da  sua  vida  
como  Coach  Integral  Sistêmico.  Ele  fala  da  sua  missão  -­‐    o  quanto  ela  foi  significativa  para  os  
seres   humanos?   Qual   marca   que   você   deixou   como   Coach   Integral   Sistêmico.   Descreva   o  
que  você  ouve,  ver  e  sente  ao  observar  essas  cenas.  
10. Escreva  a  sua  missão  como  Coach  Integral  Sistêmico.  
11. Crie  uma  metáfora  para  representar  a  sua  missão.  

Nome  Completo:________________________________________  
Assinatura:_______________________________________________  
 

 
                         160  
www.febracis.com.br