Anda di halaman 1dari 1

CWB Trance Bus

Contrato
Eu, , portador do documento de identidade nº , inscrito no CPF sob o nº , residente e domiciliado na , nº , Bairro, na cidade de

Curitiba - PR, Tel: , ora em diante denominado cedente, na qualidade de responsável pelo pagamento das despesas referentes ao

translado para o festival Universo Paralello, que acontecerá na data de 26/12/05 à 06/01/06 assumo o compromisso de quitar o

pagamento do evento supra citado. Valor este que será pago à Jeferson Miranda da Costa, portador do documento de identidade

nº 6.336.601-3, inscrito no CPF sob o nº 007.261.189-82, residente e domiciliado na Rua Desembargador Ernani Almeida de Abreu,

nº 495, na cidade de São José dos Pinhais – PR, Tel: 41 3282-3260 / 9656-9545 e Marcelino Teixeira, portador do documento de

identidade nº 6.784.704-0, inscrito no CPF sob o nº 026.342.519-39, residente e domiciliado na Rua Maria Bonatto Marenda, nº

628, na cidade de São José dos Pinhais - PR, ora em diante denominados cessionários.

Assim sendo, cedo e transfiro, em caráter irrevogável a quantia de R$ 180,00, ficando ainda pendentes 3 parcelas que serão

pagas em datas pré-definidas, datas estas que constam no verso deste contrato, na quantia de R$ 160,00 cada uma, totalizando

R$ 480,00, referente à mesma obrigação, a qual comprometo-me a quitar até a data de 15/12/2005. O não pagamento em dia, das

parcelas à vencer, implicam na exclusão do cedente, não havendo o ressarcimento do mesmo. Havendo rescisão do presente

instrumento, que não seja decorrente de culpa dos cessionários, não configurará a restituição do valor pago até então, as quais

serão devidas.

Fica proibido o consumo de cigarros, ou qualquer outro produto que produza fumaça, dentro do ônibus, inclusive dentro do

banheiro que também faz parte do mesmo, perante a lei N° 9.294 de autoria do ex-Dep. Federal Elias Murad, sancionada em

Julho/96, que entrou em vigor em Outubro do mesmo ano, ficando o cedente sabendo que se o mesmo não cooperar estamos

apoiados pela lei a pedir auxilio policial para a retirada do mesmo do veiculo. O cedente deverá seguir à risca as normas de

conduta que lhe foram entregues no momento da assinatura do contato, sendo responsável pelos seus atos e sujeito às

conseqüências, perante tais normas.

Os cessionários não se responsabilizarão por quaisquer atos praticados pelo cedente, que estejam em desacordo com

a moral, legalidade e uma conduta ilibada. Sendo assim, eximem-se de responder por qualquer que seja o infortuito, bem como

pelas conseqüências oriundas desses mesmos atos.

As partes elegem o foro de São José dos Pinhais para dirimir eventuais conflitos oriundos desse contrato. Estando

ambos de acordo, nos termos acima, assinam e dão fé ao presente instrumento.

São José dos Pinhais, 06 de Outubro de 2005.

_________________________________________ ___________________________________________

Jeferson Miranda da Costa Marcelino Teixeira

Assinatura do cedente Assinatura dos cessionários

1ª Via – Cessionário