Anda di halaman 1dari 4

Tendências Pedagógicas no Brasil e Didática

Questionário
1- Que significa dizer que a Didática é uma atividade de cunho
pedagógico?
R: A pedagogia orienta o ser humano através da educação transforma-o
em um ser social. Ela cria formas de organização para as atividades da escola
e a didática faz com que este processo de fato aconteça, pois esta possibilita
de acordo com o texto o Pedagógico da escola, na sua dimensão política-social
e a técnica. Em fim, a Didática estuda o processo de ensino pedagógico.
2- Por que se afirma que a didática é a teoria da instrução e do ensino?
R: A instrução é definida como o desenvolvimento de capacidades
cognitivas através da assimilação de técnicas de conhecimento. O ensino no
planejamento direção e avaliação da atividade didática. A ligação entre
instrução e ensino é definida através das condições reais de sociedade,
somente conhecendo esta realidade é que a didática pode criar técnicas
orientadas de ensino.
3- Qual a relação entre a didática e as metodologias específicas de
ensino?
R: As metodologias específicas de ensino são fontes de investigação
para a didática, por isso se relacionam.
4- Por que é importante para a didática e o estudo da psicologia e da
sociologia?
R: É desta forma que a didática aplica suas técnicas, pesquisando
informações, para depois aplicas as técnicas de ensino, dentre outros temas
da didática.
5- Explicar de que forma a temática de estudo da didática da didática
está vinculada com objetivos políticos-pedagógicos.
R: A didática tem como estudo principal a relação entre o ensino-
aprendizagem entre os alunos sob a mediação do professor. Esta relação
envolve todo um contexto social, pois cada aluno e cada professor é uma
pessoa diferente, é uma pessoa que faz parte da sociedade tem preferências,
participa da comunidade ou não, possuem formas diversas, entre tantas outras
diferenças existentes neste processo. Analisar o conjunto destes objetivos
sócio-políticos pedagógicos faz parte de entender o processo social de ensino,
pois são importantes no momento do compartilhamento do conhecimento.
6- Explicar, com suas próprias palavras, o objeto de estudo da didática.
R: A didática estuda como melhorar o processo de ensino-
aprendizagem, neste processo está envolvido vários
10- Após a leitura do tópico sobre a história da Didática, laboara um
resumo no qual as ideias dos pedagogos se relacionem com as tendências
pedagógicas.
Resumo:
Analisando a Didática de Comênio (1592-1670), a qual fundamenta-se
na teoria de que a educação é adquirida de forma natural. A educação deve ser
aplicada de acordo com as características de idade e capacidade do ser
humano. O conhecimento é adquirido através de observações, utilizando os
órgãos dos sentidos. O método intuitivo consiste assim, na observação direta
pelos órgãos dos sentidos, primeiro as coisas depois as palavras. Deve-se
partir do conhecido para o desconhecido.
Visto estas características, é percebido que estão bastantes presentes
nas teorias da Pedagogia Tradicional, pois esta é baseada na ação dos
agentes externos para a formação do aluno. A aprendizagem é tida ora pela
observação de imagens, ora pela observação sensorial, ora pela palavra.
Baseada em regras e memorização. Vale resaltar que Comênio foi considerado
o criador (Pai) da Didática moderna.
Jean Jacques Rousseau proporcionou uma concepção nova de ensino
baseada nas necessidades e interesses imediatos da criança.
Segundo Rousseau, o futuro da criança deve basear-se no estudo das
coisas que correspondem às suas necessidades e interesses atuais. Antes de
aprender ela deve ser despertada pelo gosto dos estudos.
O contato da criança com o mundo que a rodeia é que desperta a curiosidade e
suas potencialidades naturais.
A educação é um processo natural, ela se fundamenta no desenvolvimento
interno do aluno. As crianças são boas por natureza, elas tem uma tendência
natural para se desenvolverem.
As teorias de Rousseau são interligadas com a Pedagogia Renovada,
pois esta visa a valorização da criança dotada de liberdade, iniciativa e de
interesses próprios. Ela é agente do seu próprio desenvolvimento. As mesmas
teorias também influenciaram outras correntes vindas da Pedagogia
Renovadora, como a escola nova, educação nova e outras.
Henrique Pestalozzi deu grande importância ao ensino como
meio de educação e desenvolvimento das capacidades humanas, como cultivo
do sentimento, da mente e do caráter. Também dava importância ao método
intuitivo, levando os alunos ao desenvolvimento do senso de observação e
capacidade da linguagem. Na sua teoria tinha ênfase a psicologia da criança,
como fonte do desenvolvimento do ensino.
Pode-se perceber a relação com as teorias da Pedagogia Tradicional e
da Pedagogia Renovada. A relação com a tradicional é que eles utilizavam a
observação de imagens e regras, e era baseada no método intuitivo assim
como a teoria de Pestalozzi. Já na Pedagogia Renovada dá-se importância as
vontades da criança. É vista na teoria de Pestalozzi através do destaque da
psicologia da criança.
Johann Friedrich Herbart, foi defensor que o professor deve modelar a
mente dos alunos para o bem, aplicando idéias, fazendo com que sejam
concretas na mente dos alunos, através da instrução. Para assim os alunos
poderem absorver as novas idéias.
Ele estava atrás de um método único de ensino.
Esta teoria relaciona-se com a Pedagogia Tradicional, pois centraliza-se
em regras e tem as bases na memorização, exercícios repetitivos, a base é o
professor que irá “modelar” os alunos.
Ainda esta teoria de Herbart, se relaciona com a corrente Pedagogia
Pragmática ou Progressivista, viam a educação, advogando-a pela ação. A
escola não é uma preparação para a vida, é vida. Através da experiência com o
meio se constrói educação.
A Pedagogia Cultural foi outra corrente que surgiu desvinculando-se
aos escola-novistas, de um lado a concebem como educação do próprio
sujeito, como desenvolvimento espiritual. Do outro consideram que os sujeitos
vivem num mundo sócio-cultural, produto do próprio desenvolvimento histórico
da sociedade. As teorias de Rousseau estão presentes, pois considera a
importância da criança.
As várias teorias se relacionam com as tendências, pois somente foram
acrescentando coisas novas, de uma forma diferente. Nas escolas são
utilizadas até hoje, sendo esperadas mudanças que possam melhorar ainda
mais a educação.