Anda di halaman 1dari 2

UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

PLANEJAMENTO URBANO
Profa. Leslie Loreto
3º Ano – Campus Marte
2º Semestre – 2011

OBJETIVO

A disciplina, sendo uma das primeiras da série de Planejamento Urbano do curso de


Arquitetura e Urbanismo, tem como objetivo defrontar o aluno com a compreensão de
uma realidade urbana, através do estudo de caso de uma cidade de pequeno porte
localizada nos arredores da Região Metropolitana de São Paulo. Neste segundo semestre
elaboraremos uma INTERVENÇÃO URBANÍSTICA na cidade, de acordo com o tema e/ou
área escolhidas pelos grupos. Para isso serão estudados projetos que de desenho urbano
e intervenções que dialoguem com a escolha das equipes.

METODOLOGIA DA DISCIPLINA

Neste semestre a metodologia consistirá em:

AULAS EXPOSITIVAS: exemplos de projetos urbanos, tanto em planejamento, quanto em


desenho urbano, serão mostrados em sala de aula e debatidos com a classe. A escolha
dos projetos a serem analisados corresponderá aos temas escolhidos pelos grupos no
semestre anterior. Alguns dos principais projetos realizados ao longo da história do
desenho urbano também serão abordados, como o urbanismo moderno (Carta de
Atenas) o Team X e outros.

RESENHA: será feita o debate de um texto, no meio do semestre, com a respectiva


entrega de uma resenha critica. Essa resenha valerá para a nota final do semestre.

ATENDIMENTO AO TRABALHO PRÁTICO: a 3a . última aula será reservada para o


atendimento das equipes. Num primeiro momento serão atendidas 3 equipes por aula.
Aproximando-se o fim do semestre, todas as equipes serão atendidas nas 3 aulas. O
atendimento será contado como avaliação da equipe, sendo a presença das equipes
obrigatória.

TRABALHO SEMESTRAL
Intervenção urbanística em Várzea Paulista

1. Mantêm-se a formação das equipes anteriores.


2. A partir dos temas escolhidos, que poderão ser reajustados com a orientação da
professora, as equipes aprofundarão a pesquisa realizada anteriormente. Será
cobrado no trabalho final, mais uma visita à área, com registro fotográfico e
desenhos de análise urbana.
3. Coleta de mapas, plantas, curvas de níveis, na escala adequada da intervenção
urbana. A escala de trabalho será definida com cada equipe.
4. Elaboração do projeto apresentado em, no máximo, 5 pranchas A1. Será cobrada
uma maquete física volumétrica, da intervenção proposta.
5. A apresentação em aula, por toda a equipe, contará como parte da nota final na
avaliação da disciplina.

CONTEÚDO

• O urbanismo moderno da Carta de Atenas e a critica a esse modelo. O Team X.


Principais projetos.
• A necessidade da análise urbana através da percepção: Gordon Cullen.
• Intervenções em áreas centrais: Puerto Madero, Barcelona, Curitiba, Londres
• Projetos para áreas verdes: parques, rios, áreas de lazer. Projeto Várzeas do
Tietê, Revitalização do Los Angeles River, Canais em Amsterdam.
• Intervenções em transporte: Berlin, Bogotá
• Habitação como elemento estruturador da cidade: os IAPIs no Brasil, Habitações
operárias na Alemanha, Viena Vermelha na Áustria, As cooperativas de ajuda
mutua no Uruguai
• Saneamento e infraestrutura urbana: o exemplo Salvador.
• A cidade educadora: Jordi Borja – Belo Horizonte, Barcelona

BIBLIOGRAFIA

JACOBS, Jane. Morte e vida de grandes cidades, São Paulo: Martins Fontes, 2000

CULLEN, Gordon. A paisagem urbana, São Paulo: Edições 70,

GOSLING, David. Visions of Urban Design, London: Academy Editions, 1996

SUGRANYES, Ana e MATHIVET, Charlotte. Cidades para todos, Santiago: HIC, 2010
Disponível em:
www.hic-net.org/content/Cidades_para_todosHIC_PORT.pdf