Anda di halaman 1dari 4

AULA EBD – A DOUTRINA DO CULTO LEVÍTICO – 05 DE

AGOSTO DE 2018

TÍTULO = DOUTRINA DO CULTO LEVÍTICO:


 Várias definições como Karl Marx (fruto do capitalismo), e Freud (instinto
humano)
 Instinto religioso do homem desde a antiguidade por causa da natureza
do homem.
 O homem procura uma religião porque o seu ser carece de um encontro.
Precisa de respostas.
 Diversas formas de cultos: povos antigos faziam sacrifícios humano,
orgias sexuais e bebedeiras.
 Culto prestado a Deus. Mão dupla. Deus fala e o homem o adora.
 Como surgiu o culto cristão: Mesclagem de culto na sinagoga e
cenáculo. Primeiros discípulos de Jesus eram judeus e a forma dos
cultos eram costumes judaicos.
 Culto na sinagoga dividido em etapas: 1) Ouve, recitação de Dt. 6.4.9,
2) Shemonê Esrê, citação de dezoito benção com louvores (de pé e sem
instrumentos), 3) Cântico de Salmos, 4) Orações rituais e silenciosas e
5) leitura do Antigo testamento, 6) uma bênção pronunciada
 Justino, o Martir, no ano 100 à 167 D.C. retrata o culto Cristão: Há a
reunião de pessoas tanto da cidade como no campo, se fazia a leitura
da memória dos Apóstolos ou das Escrituras, após o presidente fazia a
admoestação para a prática daquela palavra, e em seguido se
levantavam e oravam juntos. Terminada a oração, trazia pão e vinho
com água e distribuía aos presentes e destinava aos diáconos para
entregar aos ausentes.
 Século IV e VI. Dois tipos de ofícios: público e privado. Ao público se
fazia a leitura das Escrituras, cânticos, sermão e a oração. Ao privado,
apenas para os batizados, servindo a Ceia do Senhor. Depois, no início
do século V, surgiu os grandes pregadores que pregavam de forma
expositiva. Depois surgiu muitas idolatrias, misticismo como orar nas
tumbas dos mártires, reverenciá-los, etc. A Maria passou a ser adorada,
o Anjo Miguel e outros foram canonizados.
 Forma adotada por Calvino: Um leigo lia trechos da Escritura e os 10
mandamentos, invocação feita pelo pastor, Convite à oração, Cântico,
Oração pelo Pregador, Sermão, Oração de encerramento e benção no
final.
1) 3 (três) princípios aprenderemos na lição: 1) Tudo quanto existe foi criado
por Deus; 2) Sendo Ele o criador, somente Ele deve ser adorado e 3) Tudo
quanto há deve ser consagrado ao Deus único e Verdadeiro.

 É comum vermos os americanos consagrando os instrumentos e objetos


do culto à Deus. Não é muito comum vermos tal prática. Aliás, a partir do
momento que você consagra à Deus, não poderá vende-lo.

2) O livro de Levíticos significa: Ele chamou. Aqui é descrito o sistema de


adoração e conduta levítica. Conjunto de regras do sistema sacerdotal e
outras doutrinas levíticas. Trata-se de um livro utilizado como fonte
meramente informativa como dos costumes nacionais. Após o exílio e
até os tempos de Jesus, os rituais eram observados de acordo com o
livro.
3) Daqui, se extrai 247 dos 613 mandamentos da torá.
4) Primeiro livro ensinado às crianças em idade escolar.

CAPÍTULO I

1) Deus é o criador dos Céus e da Terra e de acordo com o Livro tudo


deverá ser consagrado ao Senhor.

 Gn.1.1-2. No princípio criou Deus os céus e a terra. E a terra era sem


forma e vazia, e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus
se movia sobre a face das águas. Ferreira de Almeida.

Judaica Hebraica: No princípio, Deus criou os céus e a terra. A terra era


informe e vazia, havia trevas sobre a face da profundeza, e o Espírito de
Deus pairou sobre a superfície da água.

 Esse Princípio nos traz 3 interpretações: 1) Começo absoluto de tudo, ou


seja, qualquer coisa fora de Deus, 2) Começo da criação física, 3)
momento que Deus começou a agir sobre o caos primevo, a fim de
produzir dali ordem e beleza.

 William Paley, um clérigo Anglicano compara a criação do mundo com um


relógio e seu relojoeiro. Em algum lugar e tempo o relógio foi criado para
uma finalidade. Mas por trás disso tinha um artífice, que o criou. Assim
também o mundo com suas estações, seu tempo. Toda criação tem um
projetista.

 Filósofos e grande cientistas acreditam na criação do universo pelo


um Ser Criador. Teoria do Criacionismo. São eles: Platão, Aristóteles,
Galileu Galilei, Isaac Newton. Diferente da teoria Naturalista. Até o
século XVIII predominava a teoria do criacionismo.

 O tempo em que foi criada? 7 dias. A palavra dia é da palavra hebraica


é yom. A terra teria aproximadamente uns 6 mil anos.

 E a mulher de Caim? Grande debate que muitos usam essa passagem


para negar a veracidade do Livro de Gênesis.

Gn. 2.20. Adão colocando os nomes, viu que não tinha uma adjutora. A
mulher de Caim veio de Adão e Eva.
Gn.5.4 – Gerou filhos e filhas. Segundo Flávio Josefo, de acordo com
a tradição, Adão teve 33 filhos e 23 filhas.

 E os Dinossauros? Textos: Gn.1.24-25, Jó. 40.15-24 (cauda), SL. 74-13,


Is. 30.6 (serpente voadora). Pq não expressa na bíblia? Pq a palavra
dinossauro (réptil terrível) foi criada apenas em 1841.

 Teoria do Intervalo/Ruína-reconstrução/restituição. Vs. 1 terra repleta de


plantas e animais e alguns defensores sugerem também a existência de
homens pré-adamicos. Entre o vs. 1 e 2, defendem que ocorreu a revolta
de Satanás, onde foi lançado sobre a terra, com consequente
destruição/dilúvio o que extinguiu a vida existente nela. Desse julgamento
proveio a cena que é retratada no vs. 2 (sem forma e vazia). Ver Is. 45.18.
Os fósseis que são encontrados hoje são provenientes desse julgamento
da criação original. Os seis dias da criação referem-se, portanto, da
reacriação e não da criação original.

2) Deus é o libertador de Israel. A adoração das ofertas


 Ex.23.15 – ninguém apareça vazio perante mim. Aqui se refere as 3 festas
do ano que Deus determinou. Não necessariamente a obrigatoriedade de
todos os cultos ofertarem a Deus. Contribua, segundo propôs em seu
coração e com alegria, 2 Co. 9.7.

 Dinheiro – Dt. 6.5 – Amarás a Deus de todo o seu coração, ainda que lhe
custe suas riquezas. Eles colocam Deus acima dos bens materiais.

 Os judeus gastam 20% de suas rendas com propósitos religiosos. De


qualquer modo, no mínimo 10% eles tem que contribuir com o tzedaká
(caridade). Fonte: Gn. 28.22, Dt. 15.7-8.

 Quem der menos de 10% é considerado avarento.

 Compras para o templo: Comprar o mais caro e o melhor.


 Dizem da preocupação de Deus com os nossos bens. Ex. Deus
prometeu terra e os bens para seu povo e Lv. 14.36, Dt. 20.19.

 Deus é contra o desperdício, Is. 65.8.

 Cuidado com os negócios com seu irmão, Lv. 25.14.

3) Israel é templo do Senhor


 Separados para serem santos. Lv. 20.26. Tt. 2.14-15, 1 Pe. 1.15-16.
 Um povo especial, escolhido é a mesma palavra uilziada em Dt.14.2,
26.18, Sl.135.4.

CAPÍTULO II

1) No Egito os animais eram deuses. Rm.1.25. Honraram e serviram


mais a criatura do que o Criador.
 Mostrar no quadro: Pessoas que resistem à verdade. Deus os entrega
para sua própria perdição, Rm. 1.24 e 26 e 2 ts.2.11. At. 7.42, Sl.81.12.
Como isso ocorre? São 4 estágios
1) Deus permite os homens praticarem os atos malignos, sem
interferência
2) Os homens se envolvem nas paixões mais vis
3) O ateísmo já começa a dominar a natureza da pessoa.
4) Morte física.

CAPÍTULO III

1) O ser humano é a imagem de Deus.


 Cuidando internamente e externamente do corpo. Lv. 20.7 e Lv. 19.28. 1
Co. 3.16-17.
 Explicar vs. 1 Co. 3.16-17. Templo de Deus. Era comum, os judeus
adorarem a Deus em Jerusalém, por causa do templo, onde Deus,
segundo a tradição, habitava (Sl.132.13-14). Mas quando Jesus disse
que haveria um tempo em que os verdadeiros adoradores adorariam o
pai em Espírito e em verdade, se refere ao templo do Espirito Santo, que
é o nosso corpo.