Anda di halaman 1dari 1

ALIMENTO DA FÉ

30 DE NOVEMBRO DE 2018

QUE DUREZA!

Leia João 6: 60 – 69.

“Portanto, muitos dos seus discípulos, ao ouvirem isso, disseram: “Dura é essa declaração. Quem
poderá compreendê-la?”. João 6: 60.

Creio que no momento de nossa conversão, algumas coisas mudam rapidamente outras de
forma paulatina ocorre a transformação, mas seja de que forma subjetiva tenha acontecido, existe
algo que é semelhante em nossas experiências.
Depois de um tempo, parece que a teimosia e os preconceitos da velha vida, começam a
reviver, então passamos a sermos mais resistentes em cumprirmos a vontade do Senhor.
Os discípulos já haviam trilhado por um bom tempo o caminho com Cristo, porém agora
entendem que a Palavra do Mestre é dura e ofensiva.
Jesus nunca deu aos seus discípulos uma imagem de uma vida cor-de-rosa e confortável –
uma vida que se encaixasse dentro da lógica da mentalidade humana. Em vez disso, Ele os desafiou
a pensarem de maneira grande, sobrenatural, assim como a nova vida N’Ele exigia, uma mudança
total e radical de paradigmas.
Não precisamos ir muito longe ou procurar muito para encontrar grupos que exijam que a
igreja mude ou reveja seus ensinamentos, para se encaixar a “modernidade” e conceitos deste presente
século. Classificam a Bíblia como Palavra de Deus como sendo "muito rigorosa" ou "muito
antiquada".
Mas o corpo de Cristo deve permanecer fiel na proclamação destemida da verdade, e não em
conformar a verdade para caber dentro do que outros acham. Cristo nos indaga hoje também: Vocês
estão se sentido ofendidos, quando falo de santidade? Querem também me deixar?
O imperativo de Cristo não são sugestões, Ele exige que sejamos obedientes à Sua eterna
Palavra. Que renunciemos humildemente a todos os juízos subjetivos teimosos. Espera que nossa
vida seja um testemunho vivo de fé, mesmo que isso resulte em momentos de constrangimentos e
rejeição por parte de colegas, amigos e até familiares.
Somos desafiados e incentivados a não retornarmos a uma vida pecaminosa, tomar a cruz
diariamente e segui-lo.
"Quem pode então ser salvo?" Lucas 18:26. Jesus nos diz que Deus o Pai preparou o coração
das pessoas para receberem Seu Filho. Deus estabeleceu um tempo e um lugar para todos. Quando e
como ele chama é tão misterioso quanto seu infinito amor por nós.
Aconteça o que acontecer, nossa aceitação do Filho de Deus deve ser consistente, duradoura
e fiel nos bons e mal momentos, na doença ou na saúde. Porém temos o livre arbítrio, podendo aceitar
ou rejeitar este maravilhoso presente.
Cremos que deve ter sido doloroso para Jesus ver, alguns que andaram com Ele e foram
chamados de discípulos o deixarem. Eles achavam que Jesus estava sendo “duro demais”. Será pelo
motivo do Mestre não estar mais fazendo os milagres que fazia antes?
Com isso se fecharam a revelação maior que é o amor. “Agora, pois, permanecem a FÉ, a
ESPERANÇA e o AMOR, estes três; porém o maior destes é o amor” I Coríntios 13: 13.

Oração: Senhor Jesus, nos conceda a graça de a cada momento fazermos a Tua vontade e
perseveramos, mesmo quando a Palavra parecer “dura”. Amém.