Anda di halaman 1dari 17

15 livros sobre o futuro que

você não pode deixar de ler


Por Redação

Olhar para o amanhã não é mais um luxo — é uma necessidade de sobrevivência


(Crédito: Shutterstock)

E m uma iniciativa a pedido dos leitores, o Futuro

Exponencial preparou para hoje uma lista com 15 sugestões


de livros para compreender melhor o futuro. A relação reúne
alguns dos melhores títulos para entender as mudanças que
estão ocorrendo no mundo, em ritmo cada vez mais
acelerado.

15 livros sobre o futuro


Os livros indicados conectam diversos temas, sob uma ótica
multidisciplinar. Dentre os assuntos estão: singularidade
tecnológica, transumanismo, futuro do trabalho, futuro das
organizações, futurismo, gamificação, neurociência,
robótica, inteligência artificial, nanotecnologia e blockchain.

A exceção de dois títulos, a maioria têm versões em


português. Ao clicar na imagem dos livros, você poderá
acessar mais informações sobre cada um deles. A lista está
ordenada conforme o ano de lançamento.
1) The Singularity is Near (2005), Ray Kurzweil
[sem edição para o português]

No livro, o inventor e futurista Ray Kurzweil examina o


próximo passo no processo evolutivo da união entre homem
e máquina.

Kurzweil prevê o alvorecer de uma nova civilização, na qual


seremos capazes de transcender as nossas capacidades
biológicas, reverter o envelhecimento (haverá tecnologia
suficiente para prolongar a existência de um indivíduo até os
800 anos de idade) e resolver os problemas da fome e da
pobreza no mundo.

O autor sugere que haverá máquinas mais inteligentes que


os humanos até 2045. Os computadores serão capazes de
realizar diversas atividades ordinárias e extraordinárias,
substituindo boa parte da mão de obra empregada hoje.

Até o final deste século, Para Kurzweil, não haverá distinção


clara entre homem e máquina, entre realidade real e
realidade virtual.
2) O Futuro Como Um Bom Negócio (2011), por
Daniel Burrus e John Mann

Você já parou pra pensar quantos problemas evitaria se você


pudesse prever o futuro? Saltar um obstáculo e ir direto para
a linha de chegada? Este é um livro revolucionário que
oferece insights e estratégias que os líderes necessitam para
lucrar mesmo em períodos de transformação.

Daniel Burrus e John David Mann evidenciam como utilizar


o flash de antevisão (flash foresight), ferramenta que
transforma o impossível em possível e revela oportunidades
ocultas permitindo que a empresa resolva seus maiores
problemas antes que eles ocorram.

Os autores explicam que o flash de antevisão utiliza dados


de cinco sentidos, assim como o sexto sentido intuitivo que
todos nós possuímos e que alguns chamam de
pressentimento ou intuição.

Através de uma abordagem envolvente e esclarecedora, este


livro fornece um modelo de fácil execução para aplicar a
ferramenta em organizações, permitindo que os líderes se
antecipem aos problemas e obtenham resultados lucrativos.
Um dos grandes livros sobre o futuro dos negócios.

3) Abundância (2012), por Peter Diamandis e


Steven Kotler

Desde os primórdios da humanidade, alguns poucos


privilegiados vivem de modo que contrasta com o da maioria
das pessoas. A sabedoria convencional diz que essa
disparidade não pode ser anulada. Mas ela vem sendo
anulada — e rapidamente.

Abundância documenta como o progresso nas áreas de


inteligência artificial, robótica, manufatura digital,
nanomateriais, biologia sintética e muitas outras tecnologias
de crescimento exponencial permitirão que tenhamos, nas
próximas duas décadas, ganhos maiores que os dos dois
últimos séculos. Logo poderemos suprir todas as
necessidades de cada homem, mulher e criança do planeta.
A abundância universal está ao nosso alcance.

Nesse incrível antídoto contra o pessimismo atual, os


autores exploram como quatro forças emergentes —
 tecnologias exponenciais, inovadores que seguem a filosofia
faça-você-mesmo, tecnofilantropos e o bilhão ascendente —
 conspiram para resolver os maiores problemas da
humanidade.

4) A Realidade em Jogo (2012), por Jane McGonigal

Neste estudo sobre jogos de videogame e comportamento


humano, Jane McGonigal defende a teoria de que os games
atraem cada vez mais pessoas porque fazem um trabalho
melhor do que a realidade para atender aos verdadeiros
desejos da humanidade.

Para McGonigal, mais do que formas de entretenimento, os


games são capazes de desencadear transformações sociais
significativas, sendo capazes de contribuir para a solução de
problemas globais no futuro.

Escrito tanto para jogadores quanto para não jogadores, ‘A


realidade em jogo’ revela o potencial de transformação
social incubado nos videogames, demostrando que o uso dos
jogos não precisa ser voltado apenas para o entretenimento
solitário e que o futuro, acima de tudo, pertence àqueles que
conseguem entender, criar e jogar videogames.
5) O Futuro da Mente (2015), por Michio Kaku

O futuro da mente é um dos importantes livros a abordar a


conexão entre tecnologia e neurociência. A obra desvenda o
elemento mais intrigante de todo o universo: o cérebro.
Graças a computadores de ultima geração e a aparelhos
modernos de varredura cerebral, o que era apenas ficção
científica está se tornando realidade.

Tecnologias antes consideradas impossíveis, como gravar


memórias, filmar sonhos e movimentar objetos com o poder
da mente, já podem ser demonstrados em laboratório.

Talvez um dia sejamos capazes de postar emoções e


experiências em uma mentenet, de fazer o download de
idiomas diretamente no cérebro, de encontrar a cura para
doenças como Alzheimer, de chegar ao limiar da
imortalidade e de, inclusive enviar nossa consciência pelo
universo.

De uma forma simples e acessível, Michio Kaku apresenta


pesquisas incríveis da neurociência que estão sendo
conduzidas em laboratórios do mundo. Examina o
funcionamento do cérebro e mostra como tecnologias
inovadoras vão mudar nosso dia a dia.

6) A Segunda Era das Máquinas (2015), por Erik


Brynjolfsson e Andrew McAfee

Em A Segunda Era das Máquinas,Erik Brynjolfsson e


Andrew McAfee revelam as forças que promovem a
reinvenção de nossas vidas e de nossa economia.

Conforme todo o impacto das tecnologias digitais for


sentido, perceberemos uma riqueza imensa na forma de
tecnologias pessoais, infraestrutura avançada e acesso quase
sem fronteiras aos itens culturais que enriquecem nossas
vidas.

Em meio a essa riqueza, também haverá mudanças intensas.


Profissões de todos os tipos — de advogados a
caminhoneiros — serão transformadas para sempre. As
empresas serão forçadas a se adaptar ou morrer.

Os indicadores recentes da economia refletem essa


mudança: menos pessoas estão trabalhando e os salários
estão caindo, mesmo enquanto produtividade e lucros
sobem vertiginosamente.

7) A Quarta Revolução Industrial (2015), por Klaus


Schwab

A Quarta Revolução Industrial é diferente de tudo o que a


humanidade já experimentou. Novas tecnologias estão
fundindo os mundos físico, digital e biológico de forma a
criar grandes promessas e possíveis perigos.

A velocidade, a amplitude e a profundidade desta revolução


estão nos forçando a repensar como os países se
desenvolvem, como as organizações criam valor e o que
significa ser humano.

Como fundador e presidente executivo do Fórum


Econômico Mundial, Klaus Schwab esteve no centro dos
assuntos globais por mais de 40 anos e está convencido de
que estamos no início de um período ainda mais
emocionante e desafiador.

Esta obra descreve as principais características da nova


revolução tecnológica e destaca as oportunidades e os
dilemas que ela representa. E o mais importante, o autor
explica por que a Quarta Revolução Industrial é algo
fabricado por nós mesmos e está sob nosso controle, e como
as novas formas de colaboração e governança,
acompanhadas por uma narrativa positiva e compartilhada,
podem dar forma à nova Revolução Industrial para o
benefício de todos.

8) Organizações Exponenciais (2015), Por Salim


Ismail, Michael S. Malone e Yuri Van Geest

Nenhuma empresa poderá acompanhar o ritmo de


crescimento definido pelas organizações exponenciais se não
estiver dispostas a realizar algo radicalmente novo — uma
nova visão da organização que seja tão tecnologicamente
inteligente, adaptável e abrangente quanto o novo mundo
em que vai operar — e, no final de tudo, transformar.

Os autores pesquisaram exaustivamente os padrões das


empresas exponenciais mais importantes do mundo nos
últimos seis anos, tais como Waze, Tesla, Airbnb, Uber,
Xiaomi, Netflix, Valve, Google (Ventures), GitHub, Quirky e
60 outras empresas, incluindo empresas de sucesso, como
GE, Haier, Coca Cola, Amazon, Citibank e ING Bank e
entrevistaram mais de 70 líderes globais e pensadores.
Ao estudar todas estas empresas, os autores conseguiram
trazer uma nova e ampla visão sobre as tendências
organizacionais e tecnológicas essenciais, que podem ser
aplicadas nas startups, empresas de médio porte e nas
grandes organizações. Um dos grandes livros para entender
as indústrias do futuro.

9) As Indústrias do Futuro (2016), por Alec Ross

Este livro analisa as indústrias que serão a força motriz dos


próximos vinte anos de mudanças profundas na economia e
na sociedade.

Os capítulos estão estruturados em torno das indústrias-


chave do futuro — robótica, ciências da vida avançadas,
codificação do dinheiro, cibersegurança e big data — , bem
como dos contextos geopolíticos, culturais e geracionais a
partir dos quais estas indústrias estão a nascer.

Alec Ross selecionou-as não só pela importância que têm em


si, mas também porque simbolizam as tendências globais
mais abrangentes de um mundo que se verá confrontado
com uma necessidade extrema de adaptação, face à
mudança relativa ao modo como trabalhamos e vivemos e ao
impacto disso mesmo, tão grande quanto desigual, nos
nossos meios de subsistência e nas nossas vidas.

As Indústrias do Futuro é um dos grandes livros acerca da


competitividade e daquilo que é preciso para as sociedades,
as famílias e os indivíduos prosperarem a partir do
fortalecimento do seu recurso mais crítico: as pessoas.

10) Homo Deus (2016), por Yuval Noah Harari

Neste Homo Deus: uma breve história do amanhã, Yuval


Noah Harari, autor do estrondoso best-seller Sapiens: uma
breve história da humanidade, volta a combinar ciência,
história e filosofia, desta vez para entender quem somos e
descobrir para onde vamos.

Sempre com um olhar no passado e nas nossas origens,


Harari investiga o futuro da humanidade em busca de uma
resposta tão difícil quanto essencial: depois de séculos de
guerras, fome e pobreza, qual será nosso destino na Terra?

A partir de uma visão absolutamente original de nossa


história, ele combina pesquisas de ponta e os mais recentes
avanços científicos à sua conhecida capacidade de observar
o passado de uma maneira inteiramente nova.

Assim, descobrir os próximos passos da evolução humana


será também redescobrir quem fomos e quais caminhos
tomamos para chegar até aqui. Homo Deus é um dos
excelentes livros sobre o futuro da humanidade.

11) Superprevisões (2016), por Philip E. Tetlock e


Dan Gardner

Todas as nossas decisões envolvem prognósticos sobre o


futuro — agimos com base em previsões implícitas do que
provavelmente vai acontecer. O problema é que costumamos
errar muito mais do que acertar.

Em um estudo que durou vinte anos, o psicólogo e cientista


social Philip Tetlock demonstrou que, ao prever o futuro,
um especialista é apenas um pouco melhor do que um leigo.

No entanto, com base nos resultados de uma pesquisa


inovadora, Tetlock provou que alguns indivíduos têm uma
extraordinária habilidade de previsão 60% mais precisa que
a média.
Superprevisões revela os segredos desse grupo de elite e
oferece conselhos práticos sobre como podemos usá-los em
benefício próprio.

12) The Signals Are Talking (2016), por Amy Webb


[sem edição para o português]

Um dos grandes livros sobre o futurismo. Amy Webb é um


notável futurista que combina curiosidade, ceticismo,
histórias coloridas e profundamente relatado, análise do
mundo real neste livro essencial para a compreensão do
futuro.

Signals Are Talking revela uma maneira sistêmica de


avaliar novas ideias que se espalha no horizonte —
 distinguindo o que é uma tendência real daquilo que é
considerado meramente moda.

Este livro nos ajuda a ouvir quais sinais estão falando com
sentido e que são simplesmente absurdos, para que
possamos saber hoje quais os impactos destes
desenvolvimentos para o futuro.
Com a metodologia desenvolvida em The Signals Are
Talking, aprendemos a pensar como um futurista e
respondemos questões de importância vital: como a
tecnologia, como a inteligência artificial, a aprendizagem
mecânica, os carros autônomos, a biotecnologia e a Internet
das coisas nos afetará pessoalmente? Como acabará por
mudar a forma como vivemos, trabalhamos, jogamos e
pensamos — e como devemos nos preparar para isso agora?

13) Inevitável (2017), por Kevin Kelly

Muito do que vai acontecer nos próximos 30 anos é


inevitável, definido por tendências tecnológicas que hoje já
estão em movimento.

Neste novo livro, Kevin Kelly oferece um roteiro para esse


futuro, mostrando como as próximas transformações
afetarão nossas vidas — desde a realidade virtual em casa até
a inteligência artificial presente em tudo o que fabricarmos.

Não adianta resistir: as maneiras como compramos,


trabalhamos, aprendemos e nos comunicamos uns com os
outros serão completamente (ainda mais!) revolucionadas.
O que podemos fazer é compreendê-las e abraçá-las, para
assim aumentarmos a probabilidade de nos beneficiarmos
delas — é aí que este livro se mostra indispensável.

Daqui para frente, o que você deve inventar? Onde é melhor


trabalhar? É sábio investir em quê? Como atingir melhor os
clientes? Como começar a se posicionar nesta realidade
emergente? São essas as perguntas a que Inevitável vem
responder.

14) Os Robôs Vão Roubar Seu Trabalho, Mas Tudo


Bem (2017), por Frederico Pistono

Você está prestes a se tornar obsoleto. Você acha que é


especial, único, e que é impossível substituí-lo naquilo que
está fazendo. Você está errado.

Enquanto falamos, milhões de algoritmos criados por


cientistas da computação estão funcionando freneticamente
em servidores de todo o mundo com um único propósito:
fazer o que os humanos podem fazer, mas melhor.

Este é o argumento para um fenômeno chamado


“desemprego tecnológico” que assombra a sociedade
moderna. Mas seria essa uma ameaça real ou apenas uma
fantasia futurística? O que acontecerá conosco nos próximos
anos e o que podemos fazer para evitar uma crise
catastrófica nas relações de trabalho?

A obra de Federico Pistono é um dos grandes livros que


devem ser lidos, pois explora o impacto dos avanços
tecnológicos em nossa vida, o que significa ser feliz e dá
sugestões de como evitar um possível colapso total do
sistema.

15) Blockchain Revolution (2017), por Don Tapscott


e Alex Tapscott

A tecnologia que, provavelmente, terá o maior impacto


sobre o futuro da economia mundial chegou, e não são
carros autodirigidos, energia solar ou inteligência artificial.
Essa tecnologia é conhecida por Blockchain.

A primeira geração da revolução digital nos trouxe a internet


da informação.

A segunda geração — impulsionada pela tecnologia do


Blockchain — está nos trazendo a internet do valor: uma
nova plataforma distribuída que pode nos ajudar a
remodelar o mundo dos negócios e a transformar a velha
ordem dos assuntos humanos para melhor.

Tapscott, escrevendo com seu filho Alex, um analista


financeiro e tecnólogo, argumenta que a blockchain irá
moldar a próxima era de prosperidade — em finanças,
negócios, saúde, educação, governança, e muito mais.

Gostou das nossas sugestões de livros?