Anda di halaman 1dari 2

Igreja Metodista em Sumidouro

8 mães que fizeram diferença em sua geração.

Introdução: Ser mãe é uma dádiva, e sem dúvida é concedida àquelas que pretendem exercer
da melhor forma possível esse papel. O próprio Jesus precisou ter uma mãe para entrar nesse
mundo, incluindo no processo de salvação da humanidade o valor de um a mãe. Veremos a
seguir 8 mães e suas qualidades e o quanto pré usamos aprender com cada uma delas.

 1. A coragem de Eva
 Ela foi a primeira mãe da humanidade. Sendo assim, não tinha com quem
conversar a respeito deste assunto. A Bíblia faz referência a pelo menos três
de seus filhos, Caim, Abel e Sete. Apesar de todo o sofrimento que as mães
sentem por causa das escolhas erradas dos filhos, Eva alegrou-se ao
nascimento de Sete, "Deus me deu outro filho em lugar de Abel, portanto Caim
o matou" (Gênesis 4:25) demonstrando assim profundo respeito em obedecer a
Deus na tarefa de trazer ao mundo seus filhos.

 2. A lealdade de Sara
 Como esposa de Abraão, ela recebeu a promessa de que seria mãe de muitas
nações. Porém antes precisou exercer sua grande fé, pois era estéril, e gerou
um único filho em sua idade avançada (Gênesis 21:2). Soube esperar o tempo
do Senhor sendo leal a seu marido e ao Senhor e criou seu filho com amor e
retidão, evidenciados pelo caráter de Isaque.

 3. A determinação de Rebeca
 Rebeca foi a resposta às orações dos pais de Isaque, porém não podia ter
filhos. Através do poder da oração ela gerou gêmeos. Buscando sempre
obedecer a Deus, tomou decisões e mudou rumos, sendo assertiva em sua
determinação, desafiando até mesmo os costumes da época em que viveu.
(Gênesis 27:30)

 4. O destemor de Joquebede
 Mãe de Moisés, seu filho estava ameaçado de morte tão logo nasceu. Ela o
escondeu por um tempo e elaborou um plano, colocando-o em um cesto para
ser encontrado e criado por alguém que não fosse do seu povo. Moisés foi
encontrado pela filha do faraó e ela escolheu Joquebede para o amamentar e
criar. Moiséscresceu, foi levado ao palácio do Faraó e posteriormente tornou-se
o salvador do povo hebreu.

 5. A constância de Ana
 Uma das histórias mais tocantes da Bíblia. Ananão podia ter filhos, porém
orava e sabia que um dia teria. Prometeu a Deus que se Ele lhe concedesse o
privilégio de ser mãe, ela lhe entregaria. Foi abençoada e o tempo chegou,
dando ela à luz um menino, o qual entregou a Deus, levando-o à Sua Casa
assim que estivesse desmamado, cantando louvores a Deus por isso.

 6. A humildade de Bate-Seba
 Sua vida foi marcada por um erro. Mas isso não foi motivo para desânimo. Ela
foi forte, valente e fiel a seu marido e deu à luz a um dos homens mais sábios
que o mundo já conheceu, o rei Salomão. Ela é citada na genealogia do próprio
Jesus Cristo, descendente do Rei Davi (Mateus 1:6). Obediente a Deus, ajudou
seu marido e filhos a manterem o reino a salvo. (2 Samuel 12:24)

 7. A obediência de Isabel
 Esta mulher fervorosa, que também não podia ter filhos, era fiel e obediente e
passava seus dias servindo a Deus. Na sua velhice um anjo apareceu e disse
que ela teria um filho. Mesmo com a idade avançada ela o gerou e o criou para
ser aquele que prepararia o caminho para o Messias. Ela sabia da sua
importância no Plano de Deus e cumpriu muito bem seu papel. (Lucas 1:41-45)

 8. A submissão de Maria
 Escolhida entre todas as outras mulheres que nasceram no mundo, Maria era
especial, conhecedora das escrituras e forte. Ao receber a visita do anjo
informando que ela geraria um filho, o Salvador do mundo, ela simplesmente
respondeu: Eis aqui a serva do Senhor. Ela sabia dos riscos de morte que a
acompanhariam, porém escolheu ser obediente e fiel, sujeitando-se à vontade
de Deus.

 Essas mães viveram em épocas difíceis como são os dias de hoje. A


inspiração e exemplo delas fortalecem as mães de hoje e sempre