Anda di halaman 1dari 4

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

FESPSP

PLANO DE ENSINO

I. IDENTIFICAÇÃO

Sociologia III: Introdução ao Estudo da


DISCIPLINA CARGA HORÁRIA 72h
Sociologia Contemporânea
CURSO Sociologia e Política SEMESTRE 3º / 2019

PROFESSOR Carla Diéguez TITULAÇÃO Doutora

II. OBJETIVOS

A – Geral do semestre

Fornecer subsídios teóricos e metodológicos, a partir da análise de alguns dos principais autores das
ciências sociais, para uma interpretação da sociedade contemporânea.

B – Geral da disciplina

O curso tem por objetivo geral propiciar ao estudante subsídios para a análise da produção sociológica
contemporânea.

C – Específicos

 Habilitar o alunado a identificar conceitos e a elaborar mapas conceituais;


 Proporcionar aos alunos o conhecimento da produção sociológica das décadas de 1930 a 1970,
com ênfase na crítica a modernidade;
 Qualificar o alunado para a reflexão sociológica sobre os desdobramentos do capitalismo e suas
conseqüências para a organização social.

III. EMENTA

A sociedade da cultura de massa: racionalidade e modernidade nos autores clássicos da Sociologia. O


processo de produção de cultura e suas implicações para a sociedade capitalista. Sociedade disciplinar e
sociedade de controle.

IV. CONTEÚDO SELECIONADO

I. Sociologia e Modernidade
II. A Escola de Frankfurt e a crítica à modernidade
III. Os desdobramentos da análise frankfurtiana na crítica à modernidade
IV. Michel Foucautl e a sociedade disciplinar
V. Os críticos da sociedade disciplinar: Gilles Deleuze e Achille Mbebe

V. METODOLOGIA

Método:
Aulas expositivas e dialogadas realizadas a partir de leituras de textos bases. Aulas para discussão dos
conceitos e resumos das aulas anteriores. Elaboração de mapas conceituais e exercícios de
transmidiação.

Recursos:
Lousa, computador, data-show, Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).
VI. AVALIAÇÃO

Avaliação 1: Elaboração e apresentação do mapa conceitual sobre a Escola de Frankfurt e a crítica à


modernidade. O mapa conceitual consiste na identificação dos principais conceitos dos teóricos da Escola
de Frankfurt e a crítica a modernidade, sua relação e suas definições. A atividade será realizada em
duplas. Cada dupla apresentará o seu mapa conceitual em sala de aula e deverá entregar a versão
escrita no AVA. Valor 4,0 (quatro) pontos.
Avaliação 2: Trabalho de transmidiação sobre a sociedade disciplinar: elaboração de um ensaio
fotográfico com a mobilização dos conceitos de Michel Foucault sobre a sociedade disciplinar e suas
repercussões na cidade de São Paulo. O trabalho deverá ser feito em dupla e conter de 5 (mínimo) a 10
(máximo) fotografias da cidade de São Paulo representativas da sociedade disciplinas. Cada foto deve ser
seguida de breve análise, até 2 parágrafos cada, relacionada a discussão presente nos textos de Michel
Foucault. Cada dupla apresentará o seu ensaio em sala de aula e deverá entregar a versão escrita no
AVA. Valor 4,0 (quatro) pontos.
Avaliação 3: Trabalho temático – projeto de pesquisa científico. Valor 2,0 (dois) pontos.
Para aqueles que não realizarem o trabalho temático na disciplina de Sociologia, será atribuído mais dois
pontos ao trabalho de transmidiação, valendo 6,0 (seis) pontos.
Cálculo da média

Avaliação 1 + Avaliação 2 + Avaliação 3 = média final

A detecção de plágio em qualquer dos exercícios implica a atribuição de nota 0,0 (zero) para a
dupla.

Não serão abonadas faltas. Os alunos têm direito a 25% de faltas, o que corresponde a 4 aulas e
meia (18 faltas). Em caso de doenças infectocontagiosas ou ausência de mobilidade, a solicitação
para abono de faltas deve ser feita diretamente a secretaria e em período hábil, conforme
estabelecido no Manual do Aluno 2019.

VII. BIBLIOGRAFIA

Básica:

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1985.
(várias edições)
BENJAMIN, Walter; HORKHEIMER, Max; ADORNO, Theodor; HABERMAS, Jürgen. Textos escolhidos
(col. Os Pensadores, Vol. XLVIII). São Paulo, Abril Cultural, 1983.
DELEUZE, Gilles. Conversações 1972-1990. São Paulo: Editora 34, 1992.

Complementar:

FOUCAULT, M. Em defesa da sociedade. São Paulo, Martins Fontes, 2005. (várias edições)
FOUCAULT, M. História da sexualidade 1- a vontade de saber. Rio de Janeiro, Graal, 2001. (várias
edições)
FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro, Graal, 1999. (várias edições)
IANNI, Octavio. A Sociologia e o Mundo Moderno. Tempo Social, São Paulo, v.1, n.1, p.7-27,Junho 1989.
Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-
20701989000100002&lng=en&nrm=iso
MBEMBE, Achille. Necropolítica. Arte & Ensaios, [S.l.], n. 32, mar. 2017. Disponível em:
https://revistas.ufrj.br/index.php/ae/article/view/8993

Referência:

DELACAMPAGNE, C. História da filosofia do século XX. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1997.
FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir. Petrópolis: Vozes, 1977. (várias edições)
HONNETH, Axel. Teoria crítica. In: GIDDENS, Anthony; TURNER, Jonathan. Teoria Social Hoje. São
Paulo: Editora Unesp, 1999.
KREMER-MARIETTI, A. Introdução ao pensamento de Michel Foucault. Rio de Janeiro, Zahar, 1977.
MATTOS, O. C. F. A escola de Frankfurt – luzes e sombras do iluminismo. São Paulo, Moderna, 1993.

VIII. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

Data Atividade
Aula 1
Apresentação do curso
08/02
Sociologia e modernidade
Texto base: IANNI, Octavio. A Sociologia e o Mundo Moderno. Tempo Social, São
Paulo, v.1, n.1, p.7-27,Junho 1989. Disponível em:
Aula 2
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-
15/02
20701989000100002&lng=en&nrm=iso
Texto de referência: DELACAMPAGNE, C. História da filosofia do século XX. Rio de
Janeiro, Jorge Zahar, 1997.
A escola de Frankfurt e a crítica da modernidade
Texto base: HORKHEIMER. Max. Teoria tradicional e teoria crítica. In: Textos
escolhidos (col. Os Pensadores, Vol. XLVIII). São Paulo, Abril Cultural, 1983. p. 117-
Aula 3
161.
22/02
Texto de referência: MATOS, Olgária. O que é a Escola de Frankfurt; A Teoria Crítica
ontem e hoje. In: A escola de Frankfurt – luzes e sombras do iluminismo. São Paulo,
Moderna, 1993. p. 10-40.
A escola de Frankfurt e a crítica da modernidade
Aula 4 Atividade externa: Leitura do texto “O conceito de esclarecimento” e inicio da elaboração
01/03 de mapa conceitual sobre os conceitos da Escola de Frankfurt. Orientações estarão
disponíveis no AVA.
A escola de Frankfurt e a crítica da modernidade
Aula 5
Texto base: ADORNO, Theodor; HORKHEIMER. Max. O conceito de esclarecimento. In
08/03
Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1985. p. 19-52
A escola de Frankfurt e a crítica da modernidade
Aula 6
Texto base: ADORNO, Theodor; HORKHEIMER. Max. A indústria cultural. In: In
15/03
Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1985. p. 113-156
Aula 7
Discussão e resumo sobre a Escola de Frankfurt e seus principais conceitos
22/03
Aula 8
Apresentação do mapa conceitual da Escola de Frankfurt e entrega no AVA
29/03
Os desdobramentos da análise frankfurtiana na crítica à modernidade
Aula 9 Texto base: HABERMAS, Jürgen. Técnica e Ciência como “ideologia”. In: Textos
05/04 escolhidos (col. Os Pensadores, Vol. XLVIII). São Paulo, Abril Cultural, 1983. P. 302-
333
Aula 10
Semana de Orientação à Pesquisa
12/04
Michel Foucault e a sociedade disciplinar
Textos base: MACHADO, Roberto. Por uma genealogia do poder. In: FOUCAULT,
Aula 11
Michel. Microfísica do poder, pp. VII-XXIII
26/04
FOUCAULT, Michel. Genealogia e Poder. In: FOUCAULT. Microfísica do poder. 167-
177.
Michel Foucault e a sociedade disciplinar
Aula 12
Texto base: FOUCAULT. Michel. Aula de 17 de março de 1976. In: Em defesa da
03/05
sociedade. São Paulo, Martins Fontes, 2005, p. 285- 315.
Michel Foucault e a sociedade disciplinar
Aula 13
Texto base: FOUCAULT, Michel. O dispositivo de sexualidade. In: História da
10/05
Sexualidade. Volume 1- a vontade de saber . Rio de Janeiro, Graal, 2001. P. 73-108.
Os críticos da sociedade disciplinar: Gilles Deleuze
Aula 14
Texto base: DELEUZE, Gilles. Controle e Devir; Post-Scriptum sobre as sociedades de
17/5
controle. In: Conversações 1972-1990. São Paulo: Editora 34, 1992. p. 209-226
Aula 15 Os críticos da sociedade disciplinar: Achille Mbembe
24/05 MBEMBE, Achille. Necropolítica. Arte & Ensaios, [S.l.], n. 32, mar. 2017. Disponível em:
https://revistas.ufrj.br/index.php/ae/article/view/8993
Aula 16
Discussão e resumo sobre a sociedade disciplinar e os seus críticos
31/05
Aula 17 Apresentação e entrega do ensaio de transmidiação sobre a sociedade disciplinar
07/06 Entrega no AVA
Aula 18
Avaliação substitutiva
14/06
Aula 19
Exame
28/06