Anda di halaman 1dari 27

CLASSES DE PALAVRAS

Classes de palavras são agrupamentos ADVÉRBIO


de palavras que mantêm características É a palavra que designa alguma
comuns. Na Língua Portuguesa existem 10 circunstância relativa ao verbo. O advérbio,
classes de palavras: excepcionalmente, pode designar a
intensidade do adjetivo e do próprio
1. Adjetivo; 6. Numeral; advérbio. Explicando melhor: o advérbio tem
2. Advérbio; 7. Preposição; como função principal, esclarecer as
3. Artigo; 8. Pronome; circunstâncias que envolvem a conduta
4. Conjunção; 9. Substantivo verbal. Só por exceção – e na forma de
5. Interjeição; 10. Verbo. intensidade – é que o advérbio modifica o
adjetivo ou o próprio advérbio.
Além dessas 10 classes definidas, existem Ex.:
algumas palavras que se aproximam tanto Maria comeu depressa. (advérbio de modo)
do advérbio, mas ainda diferem dele e não Maria ficou bem bonita. (advérbio de
se assemelham a nenhuma outra: são as intensidade)
palavras denotativas. Maria chegou muito cedo. (advérbio de
intensidade)
ADJETIVO O advérbio pode aparecer como
É palavra variável – sofre flexões em advérbio propriamente dito – uma palavra
gênero, número e grau – e que tem por apenas – ou sob a forma de locução –
função caracterizar o substantivo atribuindo- formado por duas ou mais palavras. Ex.:
lhe qualidade, estado, modo de ser ou Pedrita mora aqui. (advérbio)
aspecto. Pedrita mora à beira mar. (locução
Classificam-se os adjetivos conforme adverbial)
o gênero: Circunstâncias que o advérbio pode
a) uniformes – aqueles que possuem a indicar:
mesma forma para o masculino ou feminino: a) afirmação: sim, certamente, deveras,
inteligente, simples, feliz, urgente, capaz, realmente
etc. Locução adverbial: com certeza, por certo,
b) biformes – aqueles que apresentam sem dúvida, de fato, na verdade.
formas diferentes para o masculino e b) dúvida: talvez, acaso, porventura,
feminino: simpático (a), alto (a), estudioso provavelmente, decerto.
(a), belo (a), feio (a), etc. Locução adverbial: por certo, quem sabe,
Quanto ao número e salvo exceções, com certeza.
o adjetivo recebe flexão no plural: homem c) intensidade: bastante, bem, demais,
honesto, homens honestos, sapatos mais, menos, muito, pouco, quase, quanto,
marrom-escuros, blusas azul-marinho. tanto, tão, demasiado, meio, todo,
Para o estudo de análise sintática é completamente, inteiramente,
importante também identificar os adjetivos demasiadamente, excessivamente, apenas.
pátrios e as locuções adjetivas. Locução adverbial: de muito, de pouco, de
Adjetivos Pátrio Locução todo, em demasia, em excesso, por
Adjetiva completo.
acreano do Acre d) lugar: abaixo, acima, adiante, aí, aqui,
afegão do Afeganistão além, ali, aquém, cá, acolá, atrás, através,
capixaba do Espírito Santo dentro, fora, perto, longe, junto, onde,
defronte, detrás, aonde, donde, alhures,
Há ainda outras locuções adjetivas: nenhures, algures.
Adjetivo Locução Adjetiva Locução adverbial: à direita, à esquerda, à
abdominal de abdômen distância, ao lado, de longe, de perto, para
vulturino de abutre dentro, por aqui, em cima, por fora, para
discente de aluno onde, por ali, por dentro, de onde.
plúmbleo de chumbo e) modo: assim, bem, mal, depressa,
materno de mãe devagar, pior, melhor, como, alerta,
pueril de criança.
suavemente, calmamente (e quase todos os d) tempo – quando
derivados de adjetivo terminados em mente). e) valor/intensidade – quanto
Locução adverbial: às cegas, às claras, à f) finalidade – por que, para que
toa, à vontade, às pressas, a pé, ao léu, às
escondidas, em geral, em vão, passo a ARTIGO
passo, de cor, frente a frente, lado a lado. É palavra que precede o substantivo
f) negação: não, absolutamente com o fim de determiná-lo. Os artigos se
Locução adverbial: de forma alguma, de jeito dividem em definidos (o, a, os, as) e
nenhum, de modo algum, de jeito algum. indefinidos (um, uns, uma, umas). Em
g) tempo: hoje, ontem, amanhã, agora, análise sintática exercem a função de
depois, antes, já, anteontem, sempre, nunca, adjunto adnominal.
tarde, jamais, outrora, raramente,
sucessivamente, presentemente. CONJUNÇÃO
Locução adverbial: à noite, à tarde, às É palavra invariável usada (a) para
vezes, de repente, de manhã, de vez em ligar duas orações ou (b) ligar na mesma
quando, de súbito, de quando em quando, oração termos independentes:
em breve, de tempos em tempos, vez por - ligando orações: Ela chorou porque
outra, hoje em dia. perdeu o namorado.
h) assunto: sobre, acerca de. - ligando termos: Quero que você compre
i) causa: de fome, por causa de um livro ou (e) um caderno.
j) companhia: com, na companhia de Quando ligam orações, as conjunções
k) concessão: mesmo que, apesar de, se classificam como coordenativas se
embora unirem orações formando períodos
l) condição: sem, com coordenados. Serão subordinativas quando
m) finalidade: para, com o fim de, unirem orações formando período formado
n) conformidade: de acordo com, conforme por subordinação, conforme veremos no
final deste estudo.
PALAVRAS DENOTATIVAS  Conjunção coordenativa: é aquela
São aquelas que não se encaixam em que liga duas orações num período de
nenhuma outra classe, mas por serem muito coordenação de idéias, podendo ser:
semelhantes aos advérbios são aqui - Aditiva: e, nem, (não só)...mas também,
estudadas. Tais palavras não possuem efeito (não somente)...senão ainda, também, que,
sintático. São observadas apenas no seu tanto...como, assim...como, assim...quanto,
efeito semântico. São elas: assim...que, não só...(como, porém sim, que
a) de inclusão – também, até, mesmo, também, senão que, senão também,
inclusive, ademais, além disso, de mais a também).
mais - Adversativa: mas, porém, todavia,
b) de exclusão – só, somente, salvo, contudo, senão, aliás, no entanto,
exceto, senão, apenas, fora, tirante, sequer entretanto, ainda sim, não obstante.
c) de situação – mas, então, afinal, agora - Alternativa: ou, ou...ou, já...já, seja...seja,
d) de designação – eis ora...ora, quer...quer, agora...agora,
e) de retificação – aliás, isto é, ou melhor, quando...quando.
ou antes, - Conclusivas: logo, pois (após o verbo),
f) de realce – cá, lá, só, é que, ainda, mas, então, portanto, assim, por isso, enfim, por
sobretudo, embora. fim, por conseguinte, donde, por onde, por
g) de valor expletivo – ora, que consequência.
h) de valor explicativo – a saber, por - Explicativa: ou, pois bem, ora, na verdade,
exemplo, isto é, ou seja depois, alem disso, com efeito, outrossim,
i) de afetividade – felizmente demais, ademais, ao demais, de mais a
mais, demais disso, porque, que.
ADVÉRBIOS INTERROGATIVOS  Conjunção Subordinativa: é aquela
São os usados nas interrogativas diretas que liga duas orações num período formado
ou indiretas: por subordinação (onde uma oração exerce
a) modo – como função sintática em outra) podendo ser
b) lugar – onde, aonde, donde classificada em:
c) causa – por que
- Integrantes: ligam orações substantivas às  desagrado – chi!, ora bolas!, que nada!,
suas principais: que, se. francamente!
Observação: as abaixo classificadas  aprovação – muito bem!, boa!, apoiado!,
introduzem orações adverbiais. bravo!, hurra!
- Causais: porque, que, pois que, porquanto,  terror – uh!, credo!, cruzes!, Jesus!, ui!
já que, por isso que, uma vez que, sendo  saudação – salve!, viva!, ora viva!, ave!
que, dado que, desde que, como, visto que.  indignação – fora!, morra!, abaixo!,
- Comparativas: que, do que, como, tal São locuções interjetivas: puxa vida!,
qual, tanto quanto, tão quão, tanto como, não diga!, que horror!, graças a Deus!, ora
menos ... do que, mais .... do que. bolas!, cruz credo!, ai de mim!, quem me
- Concessivas: embora, quando mesmo, dera!, valha-me Deus!, ô de casa!, bem
mesmo que, ainda que, por mais que, por feito!, etc.
menos que, por muito que, por pouco que,
se bem que, posto que, com/sem + infinitivo, NUMERAL
conquanto, suposto que. É palavra usada para determinar uma
- Condicionais: se, salvo se, exceto se, certa quantidade de seres (substantivos) ou
contanto que, com tal que, caso, a não ser colocá-los em determinada ordem ou
que, a menos que, sem que, suposto que. designar suas partes (fração) ou múltiplos.
- Consecutiva: de maneira que, de forma São classificados em:
que, de sorte que, de molde que, de jeito a) cardinal – indica quantidade determinada
que, de modo que. de seres. Ex.: um, dois, três.
- Finais: para que, que, afim de que, porque. b) ordinal – indica a ordem que o ser ocupa
- Temporais: apenas/mal, desde que, logo numa série. Ex.: primeiro, segundo, terceiro.
que, até que, antes que, depois que, assim c) multiplicativo – expressa a idéia de que
que, sempre que, quando, enquanto, senão um número é múltiplo de outro. Ex.: dobro,
quando, ao tempo que, ao passo que. duplo, triplo, quádruplo.
- Proporcionais: quanto (mais, menos, d) fracionário – indica que um número
maior, menor, melhor, pior - subordinada), representa parte (fração) de outro. Ex.: meio,
tanto (mais, menos, maior, menor, melhor, terço, quarto, quinto, inteiro.
pior - principal), à medida que, à proporção
que. Observação: o primeiro elemento PREPOSIÇÃO
“tanto” pode ser omitido. É a palavra invariável que liga dois
-Conformativa: como, conforme, consoante, termos entre si estabelecendo que o
segundo, da mesma maneira que. segundo depende do primeiro. A preposição
pode estabelecer as mais variadas relações
INTERJEIÇÃO não sendo único o sentido em que possa ser
É palavra que representa alguma empregado. Ex:
emoção súbita. Não possui função sintática. Preposição DE:
Podem expressar: - posse: casa de Pedro.
 alegria - ah!, oh!, oba!, eh!, viva! - parte: ponta da mesa
 dor – ai!, ui!, ah!, oh!, ai de mim!, meu - pertença: parafuso da fechadura
Deus! - classificação: piano de cauda
 advertência - cuidado!, atenção!, - finalidade: caixa de jóia
devagar!, olha lá!, calma! - lugar: acontecimento do Brasil
 afugentamento - fora!, rua!, passa!, xô! - tempo: prazo de um ano
 alívio - ufa!, arre! - matéria: copo de vidro
 animação - coragem!, avante!, eia! - conteúdo: copo de leite
 aplauso - bravo!, bis!, mais um! - preço: bolsa de mil reais
 chamamento - alô!, olá!, psit!, ô!, ó! - origem: ele veio de marte
 desejo - oxalá!, tomara! / dor - ai!, ui! Preposição A:
 espanto - puxa!, oh!, chi!, ué!, céus!, - lugar: ir à cidade
quê!, upa! - tempo: ir à noite
 impaciência - hum!, hem!, diabo!, irra! - finalidade: tocar à missa
- contigüidade: estar à janela
 silêncio - silêncio!, psiu!, quieto!, pst!,
- preço: vender à cem reais
bico!
- medida: comida a quilo
Preposição ATÉ: Existem também alguns grupos de
- fim de movimento: caminhar até o mar palavras que exercem função de preposição
- quantidade de tempo: descansar até dez como por exemplo, abaixo de, cerca de,
horas por dia acima de, afim de, em cima de, antes de,
- tempo: ficar até ele chegar através de, ao lado de, ao longo de, a par
Preposição COM: com, à roda de, a respeito de, dentro de,
- companhia – voltar com a esposa dentro em, em favor de, à frente de, junto a,
- modo – trabalhar com capricho até a, detrás de, para com, de conformidade
- oposição – lutar com os inimigos com, na conta de, de acordo com, por meio
Preposição EM: de, diante de, em vez de.
- lugar – estar no escritório
- modo – viver em paz Importante: o que difere uma locução
- preço – avaliar em reais prepositiva de uma locução conjuntiva é que
naquela (prepositiva) o grupo de palavras
- tempo – chegar em duas horas
termina com preposição e nesta, com
- finalidade – pedir em casamento conjunção.
- causa – ser feliz e não morrer
Preposição PARA:
- lugar – ir para o norte PRONOME
- finalidade – trabalhar para vencer É a palavra que substitui um
- tempo – deixar para amanhã substantivo ou o determina, relacionando
Preposição POR: esse substantivo a uma das três pessoas
- lugar – ele anda por aí gramaticais (eu/nós, tu/vós, ele/eles).
- meio – comunicar por gestos Diante dessas duas funções
- troca – comer gato por lebre principais, os pronomes podem ser
- preço – vender por cem reais classificados como:
- em favor de – lutar por você a) pronome substantivo – é aquele que
- duração – ficar rico por muitos anos substitui o substantivo. Ex.:
- ordem – ele veio por último Maria saiu cedo ou Ela saiu cedo.
Preposição SOBRE: Os cães morderam seu tio ou Eles
- posição superior – colocar um livro sobre o morderam seu tio.
outro b) pronome adjetivo – é aquele que
- assunto – falar sobre dinheiro acompanha o substantivo determinando-o,
As preposições acima são chamadas seja indicando a pessoa gramatical ou
de essenciais pois essa é a função diferenciando de outro. Ex.:
originária dessas palavras. Existem ainda as Tua voz é boa.
chamadas acidentais que são palavras Aquela mulher é minha tia.
oriundas de outras classes que funcionam Os pronomes podem ainda ser
como preposição. Ex: Conforme, como, classificados como pessoais, possessivos,
consoante, segundo, mediante, durante, demonstrativos, indefinidos, interrogativos e
exceto, feito, salvo, fora. relativos.
 Pronomes Pessoais – aqueles que
Contração de preposição com outra indicam as três pessoas gramaticais (do
palavra singular e do plural):
As preposições “a”, “de”, “em”, “por”
podem se unir a outras palavras como PESSO RETO OBLÍQUOS
artigos, pronomes ou advérbios. Ex: A S
- Preposição + artigo: ao, aos, à, às, do, 1ª EU me, mim,contig
dos, dum, dumas, no, nos, num, numas, o
pelo, pelas. 2ª TU te ti, contigo
- Preposição + pronomes: àquele, àquelas, 3ª ELE se, lhe, o, si, consigo
àquilo, deste, dessas, daqueles, dos, das, a
doutros, nestes, naquelas, naquilo, nas, no, 1ª NÓS nos conosco
dele, delas. 2ª VÓS vos convosco
- Preposição + advérbio: daqui, daí, dali, 3ª ELE se,lhes,o si, consigo
dalém. S s,as
Locuções Prepositivas
Tais pronomes vão ser sempre relacionarem com substantivos.
pronomes substantivos. Relacionando-se com verbo, advérbio e
Ainda entre os pronomes pessoais adjetivo serão advérbios.
encontram-se os pronomes de tratamento. Há ainda locuções pronominais indefinidas
Há momentos em que não se permite como: cada qual, quem quer que, qualquer
informalidade, intimidade no trato com certas um, cada um, seja quem for, seja qual for,
pessoas, nesse caso, em vez de se dirigir a todo aquele que, tal qual, tal e qual, um ou
alguém se utilizando de tu ou você, deve-se outro.
preferir Vossa Senhoria, Vossa Excelência,
Vossa Majestade etc.  Pronomes Relativos – são aqueles que
representam uma palavra que já apareceu
 Pronomes Possessivos – aqueles que na oração anterior – sempre representa um
indicam aquilo que pertencem a cada uma antecedente. Ex.:
das pessoas gramaticais. Tais pronomes Essa é a mulher que amo.
podem ser pronomes substantivos ou São pronomes relativos: o qual, a
adjetivos, dependendo de sua função. Ex.: qual, os quais, as quais, cujo, cuja, cujos,
A sua mãe não virá  pronome adjetivo. cujas, quanto, quanta, quantos, quantas,
A sua não virá  pronome substantivo. que, quem, onde, aonde, donde.
São pronomes possessivos: meu, minha,
teu, tua, seu, sua, nosso, nossa, vosso,  Pronomes Interrogativos – são o que,
vossa, seus, suas. quem, qual, quanto (que são indefinidos)
quando usados em frases interrogativas
 Pronomes Demonstrativos – são diretas e indiretas.
aqueles que identificam os substantivos em
razão da sua localização no espaço e SUBSTANTIVO
relacionando-os com as pessoas É a classe de palavras que dá nome
gramaticais. aos seres, às coisas, a tudo que existe ou
1ª pessoa (singular ou plural): este, esta, que pensamos que existe.
isto, estes, estas – denotam que o ser está Os substantivos são classificados
próximo do falante. como próprios ou comuns.
2ª pessoa (singular ou plural): essa, essa, - Comuns: são aqueles que dão nomes aos
isso, esses, essas – denotam que o ser está seres da mesma espécie. Ex.: menino,
próximo da pessoa com que se fala. coelho, cidade, mulher, cachorro, país.
3ª pessoa (singular ou plural): aquele, - Próprios: são aqueles que dão nome a um
aquela, aquilo, aqueles, aquelas – denotam ser entre todos os outros de uma mesma
que o ser encontra-se distante tanto do espécie. Ex.: João, Pernalonga,
falante quanto do ouvinte. Guaratinguetá, Maria, Rex, Brasil.
Há também os pronomes demonstrativos de Podem ainda ser classificados como
reforço que são o o, mesmo, próprio, concretos e abstratos.
semelhante, tal e suas variações. São São concretos os que:
também pronomes de tratamento: senhor, a) possuem existência física como parede,
senhora, senhorita, você, vocês. pedra, ar, ondas eletromagnéticas, som, voz,
homem.
 Pronomes Indefinidos – são aqueles b) possuem existência no imaginário das
que sempre se referem à 3ª pessoa do pessoas como Deus, anjo, fantasma.
discurso de modo vago, impreciso, São abstratos os que:
indeterminado. Serão sempre substantivos a) dão nomes aos sentimentos: medo,
(e indefinidos) os pronomes alguém, alegria, tristeza, etc.
ninguém, algo, outrem, quem, tudo, nada. b) dão nomes às ações: corrida, luta,
Os demais poderão ser substantivos ou mergulho, competição, casamento, etc.
adjetivos: algum, nenhum, qualquer, qual, c) dão nomes aos estados: riqueza, pobreza,
um, todo, pouco, outro, demais, tal, que, acidez, esperteza, etc.
quanto, vários, mais, menos, muito, certo, d) dão nomes aos conceitos: verdade,
tanto, cada. mentira, certo, errado, etc.
Obs.: as palavras mais e menos só serão Podem ser coletivos ou compostos:
pronomes indefinidos quando se
- Coletivos: são aqueles que dão nomes a - Ele está aqui. (nesse caso também o verbo
grupos específicos de seres: matilha, estar não é de ligação, pois não une termos
manada, penca, turma, tripulação etc. e também não possui o significado do verbo
- Compostos: são aqueles formados por ser). Note-se que só será de ligação se ligar
dois ou mais elementos morfológicos: um termo (substantivo) a outro que pode ser
salário-família, pé-de-moleque, sofá-cama, adjetivo, substantivo ou particípio. No caso,
etc. aqui é advérbio de lugar.
Outra questão importante é saber que
VERBO o verbo ser pode às vezes se ligar a
É palavra que exprime ação, estado, particípio. Nesse caso não será verbo de
mudança de estado e fenômeno natural, ligação, pois esta união o torna auxiliar da
situando essas ocorrências no tempo. formação de voz passiva. Ex.:
Apenas para viabilizar o estudo de Maria é/foi bonita. (adjetivo-verbo de ligação)
análise sintática, vamos fazer uma Maria é/foi secretária. (substantivo-verbo de
diferenciação entre verbos de significação e ligação)
verbos de ligação. Maria é/foi enganada. (particípio-voz
 Verbos de significação: são todos passiva)
aqueles que trazem em si próprios alguma Tal fato só se dá com o verbo ser, pois com
mensagem, alguma ação, algum fenômeno. os demais (acidentais) isso não acontecerá.
Ex.: Ex.:
- Choveu muito. (indica que um fenômeno Maria está bonita/cansada.
ocorreu) (adjetivo/particípio).
- O Juiz condenou o réu. (ação de condenar Maria continua bonita/enganada. (adjetivo/
alguém) particípio)
- Vanessa chorou pouco pelo marido. (indica
que alguém chorou por outrem) VOZES VERBAIS
- Jesus nasceu. (indica a conduta de
alguém) Dá-se o nome de VOZ à forma assumida
 Verbos de ligação: são aqueles que não pelo verbo para indicar se o sujeito
trazem em si qualquer significado, ou os que gramatical é agente ou paciente da ação.
não indicam qualquer conduta ou fenômeno. São três as vozes verbais:
Tais verbos se prestam apenas para unir um
estado ou qualidade a um outro termo. Esse  Voz ATIVA: quando o sujeito executa
estado ou qualidade pode ser representado a ação indicada pelo verbo–> João
por um adjetivo, substantivo ou particípio. roubou o quadro
Sua função é apenas ligar um termo a outro.  Voz PASSIVA: quando o sujeito sofre
O verbo de ligação, por excelência, é (ou recebe) a ação indicada pelo
o verbo ser. Ex.: verbo
João é homem. (substantivo)  SINTÉTICA: é formada por
João é feio. (adjetivo) verbo TRANSITIVO DIRETO,
Porém, pode haver uma infinidade de pronome “SE” (partícula
verbos que são acidentalmente de ligação apassivadora) e sujeito
como, estar, ficar, permanecer, tornar-se, PACIENTE –> Alugam-se casas
virar, continuar, aparentar, andar, viver.
Tais verbos exigem atenção, pois somente  ANALÍTICA: é formada por
quanto tiverem a função e o sentido do sujeito PACIENTE, verbo auxiliar
verbo ser é que serão de ligação. SER ou ESTAR, verbo principal
Observem: indicador de ação no
- Maria foi à São Paulo com você? PARTICÍPIO – ambos
- Não, ela ficou. (nesse caso o verbo ficar formam locução verbal passiva –
não é de ligação, pois além de não ter o e AGENTE DA PASSIVA–> O
sentido do verbo ser, não liga o termo ela a quadro foi roubado por João
adjetivo, substantivo ou particípio). É verbo
de significação.
Observem ainda:  Voz REFLEXIVA: Há dois tipos de voz
- Onde está João? reflexiva
 REFLEXIVA: será chamada  Voz passiva analítica:
simplesmente de reflexiva, quando objeto direto vira sujeito (paciente), sujeito
o sujeito praticar a ação sobre si vira agente da passiva —> O texto foi escrito
mesmo (o sujeito é agente e por Pedro.
paciente da ação) –> Maria —> Formas verbais compostas
cortou-se com a tesoura
 RECÍPROCA: Será chamada  Pedrinho deveria estar distribuindo os
de reflexiva recíproca, quando convites –> Os convites deveriam
houver dois elementos como estar sendo distribuídos por Pedrinho
sujeito: um pratica a ação sobre o Conclusão: apenas o último componente da
outro, que pratica a ação sobre o forma verbal composta é desdobrado. Os
primeiro–> Os cães morderam-se demais permanecem, com eventuais
na disputa pelo osso adaptações de concordância.
 Os verbos que não são ativos nem
passivos ou reflexivos, são —> Pronomes pessoais
chamados NEUTROS.
 Tu me convidarás –> Eu serei
Por exemplo: convidado por ti
O vinho é bom. Conclusão: os pronomes passam do caso
Aqui chove muito. reto para o caso oblíquo e vice-versa,
sempre que isso for necessário.
 Os verbos CHAMAR-SE, BATIZAR-
SE, OPERAR-SE (no sentido —> Uma oração só pode passar para a voz
cirúrgico) e VACINAR-SE são passiva quando tiver OBJETO DIRETO (ou
considerados PASSIVOS, logo o seja, VERBO TRANSITIVO DIRETO)
sujeito é paciente. Ex. de impossibilidade de transformação:
Por exemplo:
Chamo-me Luís.  Não podemos continuar a agir assim
Batizei-me na Igreja do Carmo.  Nas últimas semanas, a garota
Operou-se de hérnia. parecia preocupada
Vacinaram-se contra a gripe.  Naquela casa, costumam acontecer
coisas estranhas
—> Como transformar voz ativa em passiva?
Colocação pronominal
1) OBJETO DIRETO passa a ser SUJEITO A colocação pronominal é a posição que os
pronomes pessoais oblíquos átonos
ocupam na frase em relação ao
2) O SUJEITO passa à função de AGENTE
verbo.
DA PASSIVA
A colocação pronominal faz referência à
3) O VERBO se desdobra, numa forma posição dos pronomes pessoais oblíquos
composta, formada pelo verbo SER. No átonos em relação ao verbo.
mesmo tempo do verbo da ativa, e o seu Os pronomes pessoais oblíquos átonos são:
próprio PARTICÍPIO. me, te, se, o(s), a(s), lhe(s), nos, vos.

O pronome pode estar em três posições


Exemplo:
distintas em relação ao verbo:

 Pedro escreveu o texto Próclise: o pronome surge anterior ao


Pedro: sujeito –> agente verbo.

escreveu: verbo Exemplo: Não me faça perder sua confiança.

A próclise é empregada quando:


o texto: objeto direto –> paciente
poderíamos ter a seguinte construção: “Não
a) Antes do verbo houver palavras de se importar com o que ocorra”.
sentido negativo.
2 – Verbos no particípio e no
Nada me faz voltar atrás. futuro jamais admitem o uso da ênclise.
b) Antes do verbo houver um advérbio.
Ex.: Ninguém deve ter se lembrado desses
Naquela cidade se fala alemão. mecanismos.

c) Antes do verbo houver pronomes Ex.: Tratar-me-ei.


(relativos, indefinidos e demonstrativos)
Lembre-se de que a mesóclise só poderá
Isso me deixou muito feliz. ocorrer com verbos no futuro do
presente ou no futuro do pretérito, desde
d) Antes do verbo houver preposição que não haja um fator de próclise, ou seja,
seguida de gerúndio. uma palavra atrativa. Veja outros exemplos:

Em se tratando de saneamento, o Brasil


Realizar-se-ia uma nova reunião. (sem fator
ainda tem que investir muito na área de
atrativo)
tratamento de esgoto.

Mostrar-lhe-ei outros projetos. (sem fator


Ênclise: o pronome surge posterior ao atrativo)
verbo.
Não te enviarei outra proposta. (com fator
Exemplo: Alistou-se no exército para realizar atrativo)
um sonho.
Depois se buscaria uma solução melhor.
É importante informar que a ênclise não (com fator atrativo)
ocorre no início da frase, na linguagem
formal. Portanto, os pronomes pessoais
oblíquos átonos não iniciam orações. 3 – A expressão “em + verbo no
gerúndio” exige a próclise.
Exemplo: Me falaram que estou muito bem.
(errado) Ex.: Em se tratando desse assunto, Rodrigo
Falaram-me que estou muito bem. (certo) é especialista.

Mesóclise: o pronome surge no meio do 4 – Frases exclamativas, interrogativas e


verbo. optativas (frases que exprimem desejo)
exigem a próclise.
Exemplo: Abraçar-lhe-ia agora, mas estou
molhado.
Ex.: Como te julgaram!
Temos quatro observações importantes
Ex.: Como se chama o presidente do
1 – Verbos no infinitivo sempre admitem Senado Federal?
o uso da ênclise.
Ex.: Bons ventos o tragam, Lucas
Ex.: Não importar-se com o que ocorra. Gonçalves.

Note-se que, devido à presença do verbo no


infinitivo, o pronome poderá permanecer CONCORDÂNCIA VERBAL
após a forma verbal, mesmo que haja fator
atrativo. Sem problemas, também
A regra básica da concordância verbal é o
verbo concordar em número (singular ou 6. Não sou daqueles que recusa / recusam
plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o sujeito as obrigações.
da frase. Nesse caso, o referente do pronome relativo
1. Sujeito simples – o verbo concordará que é daqueles, a regra fundamental de
com ele em número e pessoa. concordância com o sujeito deverá levar o
Ex.: O artista excursionará por várias verbo para a 3ª pessoa do plural.
cidades do interior. Entretanto, também é aceito quando
refletimos em uma concordância com um
2. Sujeito composto – em regra geral, o daqueles que.
verbo vai para o plural.
Ex.: Sua avareza e seu egoísmo fizeram 7. Verbo ser + pronome pessoal + que – o
com que todos o abandonassem. verbo concorda com o pronome pessoal.
Se o sujeito vier depois do verbo, concorda Ex.: Sou eu que executo a obra. Seremos
com o núcleo mais próximo, ou vai para o nós que executaremos a obra.
plural. Verbo ser + pronome pessoal + quem – o
Ex.: “Ainda reinavam (ou reinava) a verbo concorda com o pronome pessoal ou
confusão e a tristeza” (Dinah S. de Queiroz). fica na 3ª pessoa do singular.
Se o sujeito vier composto por pronomes Ex.: Sou eu quem inicio a leitura. Sou eu
pessoais diferentes – o verbo concordará quem inicia a leitura.
conforme a prioridade gramatical das
pessoas. 8. Nomes próprios locativos ou
Ex.: Eu e você somos pessoas intitulativos – se precedidos de artigo
responsáveis. plural, o verbo irá para o plural; não sendo
Atenção! Tu e ela estudais / estudam. A assim, irá para o singular.
segunda forma é mais usada atualmente. Ex.: Os Estados Unidos reforçam as suas
bases.
3. Expressões não só...mas Minas Gerais progride muito.
também, tanto/quanto que relacionam
sujeitos compostos permitem a concordância 9. Pronome relativo antecedido da
do verbo no singular ou no plural. expressão “um dos”, “uma das” – verbo
Ex.: Tanto o rapaz quanto o amigo na 3ª pessoa do singular ou do plural.
obtiveram/obteve nota máxima na redação Ex.: Ela é uma das que mais impressiona
do ENEM. (ou impressionam).
Quando apresenta uma ideia de
4. Sujeito composto ligado por ou: seletividade, fica obrigatoriamente no
- indicando exclusão, ou sinonímia – o verbo singular.
fica no singular. Ex.: Aquela é uma das peças de Nelson
Ex.: Maria ou Joana será representante. Rodrigues que hoje se apresentará neste
- indicando inclusão, ou antonímia – o verbo teatro.
fica no plural.
Ex.: O amor ou o ódio estão presentes. 10. Concordância do verbo ser: a) sujeito
- indicando retificação – o verbo concorda nome de coisa ou um dos pronomes
com o núcleo mais próximo. nada, tudo, isso ou aquilo + verbo ser +
Ex.: O aluno ou os alunos cuidarão da PREDICATIVO no plural: verbo no singular
exposição. ou no plural (mais comum).
Ex.: "A pátria não é ninguém: são todos.”
5. Quando o sujeito é representado por (Rui Barbosa)
expressões como a maioria de, a maior b) NAS ORAÇÕES INTERROGATIVAS
parte de e um nome no plural, o verbo iniciadas pelos pronomes quem, que, o
concorda no singular (realçando o todo) ou que – verbo ser concorda com o nome ou
no plural (destacando a ação dos pronome que vem depois.
indivíduos). Ex.: Quem eram os culpados?
Ex.: A maioria dos jovens quer as reformas. c) 1º TERMO – SUJEITO = substantivo; 2º
(ou) A maioria dos jovens querem as termo = pronome pessoal, o verbo
reformas. concorda com o pronome pessoal.
Ex: Os defensores somos nós. com o mais próximo.
d) Nas expressões é muito, é pouco, é Ex.: Revelava pura alma e espírito.
mais de, é tanto, é bastante + CASOS PARTICULARES
determinação de preço, medida ou
quantidade: verbo no singular. 1. POSSÍVEL
Ex.: Dez reais é quase nada. a) precedido de o mais,o menor, o melhor, o
e) Indicando hora, data ou distância – o pior – singular;
verbo concorda com o predicativo. b) precedido de os mais, os menores, os
Ex.: São três horas. Hoje são 15 de melhores, os piores – plural.
fevereiro. Ex.: Estampas o mais possível claras. /
Estampas as mais claras possíveis.
11. PASSIVO – NA VOZ PASSIVA
SINTÉTICA, com o pronome apassivador 2. ANEXO / INCLUSO – adjetivos,
SE, o verbo concorda com o sujeito concordam com o substantivo a que se
paciente (que é um aparente objeto direto). referem.
Ex.: Escutavam-se vozes. Ex.: Envio-lhe anexos / inclusos os
INDETERMINADO – com o pronome documentos. (em anexo, junto a
indeterminador do sujeito, o verbo fica na 3ª são invariáveis)
pessoa do singular.
Ex.: Precisa-se de operários. 3. LESO (adjetivo = lesado, prejudicado)
concorda com o substantivo com o qual
CONCORDÂNCIA NOMINAL forma uma composição.
Ex.: Cometeu crime de lesa-pátria.
As relações que as palavras estabelecem
com o substantivo que as rege constitui o 4. PREDICATIVO
que em gramática se chama de sintagma a) substantivo com sentido indeterminado
nominal. Essa relação caracteriza os casos (sem artigo) – adjetivo no masculino.
de concordância nominal. Ex.: É proibido entrada;
b) substantivo com sentido determinado
1. Concordância de gênero e número entre o (com artigo) – adjetivo concorda com o
núcleo nominal e os artigos que o precedem, substantivo. Ex.: É necessária muita cautela.
os pronomes indefinidos variáveis, os
demonstrativos, os possessivos, os 5. MEIO – numeral = metade (variável)
numerais cardinais e os adjetivos. Ex.: Falou meias verdades.
Ex.: Um luar claro e belíssimo. Advérbio = parcialmente (variável).
Ex.: Encontrava-se meio fatigada.
2. Concordância do adjetivo com dois ou
mais substantivos 6. MUITO, POUCO, BASTANTE, TANTO –
a) Substantivos do mesmo gênero, o PRONOMES – (variáveis).
adjetivo irá para o plural desse gênero ou Ex.: Li bastantes livros. ADVÉRBIOS
concordará com o mais próximo (invariáveis).
(concordância atrativa). Ex.: Estavam bastante felizes.
Ex.: Bondade e alegria raras ou rara.
b) Substantivos de gêneros diferentes, o 7. SÓ – adjetivo = sozinho (variável).
adjetivo irá para o masculino plural ou Ex.: Eles se sentiam sós. Palavra denotativa
concordará com o mais próximo. de exclusão (invariável).
Ex.: Atitude e caráter apropriados ou Ex.: Só os alunos compareceram à reunião
apropriado. (= somente).
c) Adjetivo anteposto aos substantivos, nos
dois casos acima, a norma geral é que ele 8. PSEUDO, ALERTA, SALVO, EXCETO –
concorde com o substantivo mais próximo. são palavras invariáveis.
Ex.: Mantenha desligadas as lâmpadas e os Ex.: Ela é pseudo-administradora, por isso
eletrodomésticos. fiquemos sempre alerta.
d) Substantivos com sentido equivalente ou
expressam gradação, o adjetivo concorda 9. QUITE = LIVRE – concorda com aquele a
que se refere.
Ex.: Estamos quites com a mensalidade. c) Sucederei na direção da loja ao meu
amigo Heitor.
10. OBRIGADO, MESMO, PRÓPRIO – d) Vou anuir amanhã aos teus pedidos de
concordam com o gênero e número da soltura de presos.
pessoa a que se referem. e) Procede da falta de comunicação
Ex.: Ela disse: entr7flós sua atitude.
- Muito obrigada, eu mesma cuidarei do
assunto. 014)
a) Tens de estimar aos teus colegas de
turma.
REGÊNCIA VERBAL b) Resista com denodo às tentações que
aparecerem.
Alguns verbos podem apresentar c) A pessoa amiga referiu-se ao seu antigo
dificuldade. problema.
d) Sua dúvida apresentada na assembléia
Observe-os: não procede.
e) O autor aludiu a alguma personagem
1º grupo: Não exigem preposição: nesta passagem?
1. prezar, estimar, acatar, respeitar, amar;
2. cumprimentar, felicitar, convidar; 015)
3. almejar, assessorar, usufruir. a) De que livro estás carecendo no
momento?
2° grupo: Exigem a preposição DE os b) Abstenho-me de externar a minha
seguintes verbos: opinião a todos.
1. gostar, desgostar, abster-se; c) Gostaria de usufruir ao máximo de tua
2. carecer, precisar, necessitar, prescindir. companhia.
d) Atenção, vou proceder à chamada dos
candidatos.
e) Já desmoronou a igreja a que me referi
3° grupo: Exigem a preposição A: em meu livro.
1. obedecer, resistir, proceder, suceder;
2. aludir, anuir, referir-se.

Assinale a frase com erro de regência. Estes outros verbos devem apresentar
dificuldade.
011)
a) Cumprimentei o aluno efusivamente. 4° grupo: Exigem um dos seus termos
b) Acatei muito bem as tuas sugestões. regido:
c) Respeitei sempre aquelas colegas.
d) Jamais almejes o impossível. - de preposição A:
e) Não deixes de prescindir o necessário. 1. preferir, aconselhar, ensinar, permitir.
- de preposição A ou DE:
012) 2. avisar, certificar, cientificar, informar,
a) Queremos usufruir tua companhia por incumbir, impedir, proibir.
dois minutos.
b) Convidei este aluno e a todos os seus 5° grupo: Admitem várias regências os
amigos. seguintes verbos:
c) Não deves proceder àquelas provas. - o erro (OD)
d) Abstenham-se das falsas amizades. 1.perdoar - ao aluno (OI)
e) Obedeci às tuas ordens imediatamente. - o erro ao aluno (OD e OI)

013) *OBS: “Perdoou a esposa pelas faltas


a) Prezo deveras as tuas idéias referentes cometidas” (Jota) (VTDI)
a esse vôo. - o meu débito (OD)
b) Todos aludiram as tuas palavras de 2.pagar - ao banco (OI)
respeito ao diretor.
- o meu débito ao banco e) Proibi as louras sair sem biquíni do
(OD e OI) vestiário.

- a verdade (TD) 020)


3.responder - ao telegrama (OI) a) Aconselhei a todos a estudarem com
- não ao telegrama (OD e afinco.
OI) b) Permiti aos alunos saírem da sala
rapidamente.
Assinale o item em que uma das c) Incumbiram os professores de dar o
construções está ERRADA: resultado.
d) Prefiro sair sozinho à noite com céu
016) estrelado.
a) Prefiro estes livros àquelas revistas e) Avisei os meus amigos do dia da festa
usadas. de Rosana.
b) Prefiro mais estes livros que aquelas
revistas.
c) Avisei ao aluno os últimos resultados dos O item que só pode ser completado com
exames. que e não de que ou a que:
d) Avisei as alunas dos últimos resultados
dos exames. 021)
e) Proibi a este menino pular a cerca a) Proíbo os motoristas _____ saiam da
daquele quintal. pista.
b) Informei teus amigos _____ chegarias
017) cedo.
a) Proibi estes meninos de pular a cerca do c) Avisei a todos _____ não haveria outra
pasto. chance.
b) Permiti ao meu filho que chegasse bem d) Aconselhei-os ______ solicitassem
tarde. revisão.
c) Impeço a meu filho que chegue tarde a e) Certificou-me ______ não deveria falar.
casa.
d) Incumbi o diretor de convidar os oradores 022)
da igreja. a) Avisei-lhe ______ não deveria falar
e) Aconselhei às pessoas a que respeitem muito alto.
as faixas. b) Cientifiquei-os _______ me ausentarei
desta sala.
018) c) Cientifica os presentes ______ me
a) Aconselho o povo a obedecer às normas ausentarei.
feitas. d) Proibiram-no ____ falasse sobre aquele
b) Ensinei aos turistas chegar à Bahia de assunto.
carro. e) Aconselharam-me _____ nunca
c) Informei os ouvintes de que saíssem comentasse o caso.
cedo de casa.
d) Impedi o jogador reclamar do juiz no
campo. A frase que só pode ser completada com
e) Cientifico à turma a hora exata da prova ao(s) e não o(s):
final.
023)
019) a) Paguei em dia ____ Curso de Inglês da
a) Certifico os internos de que haverá minha neta.
mais vagas. b) Pagarei em dia ____ meu empréstimo
b) Prefiro as louras àquelas morenas. bancário.
c) Impedi o camelô de vender seus c) Pago sempre _____ meus débitos no
produtos na rua. dia do vencimento.
d) Prefiro às louras aquelas morenas de d) Nunca poderei perdoar _____ seus
biquíni. erros mais grosseiros.
e) Só responderei _____ correto.
- ao jogo (OI) - ver, presenciar
024) - ao aluno (OI) - caber
a) Perdoarei até mesmo — erros mais - no Grajaú * (OI) - viver, morar
grosseiros.
b) Aconselhei — time a que se esforçasse. 4 - visar:
c) Respondo hoje mesmo — teu telegrama.
d) Ensinei — meninos a soltarem pipa. - o/ao alvo (OD / OI) -
e) Prefiro aos livros — filmes antigos. procurar,buscar,mirar/objetivar
- o documento - assinar, pôr o visto em
025) - ao emprego (OI) - desejar, almejar
a) Prefiro — filmes nacionais modernos.
b) Preferia os livros — filmes de longa
metragem.
c) Pagava sempre — débitos atrasados. 5 - aspirar:
d) Gostava de ensinar — meninos a
trabalhar com argila. - o perfume (OD) - respirar
e) Só poderão perdoar — teu procedimento - ao emprego (OI) - desejar, almejar
agora.
7° grupo: Não se devem misturar as
026) construções dos verbos:
O único item em que não se deve usar a
preposição: 1- lembrar / esquecer:

a) Avisou o aluno — que não poderia sair - o teu nome (OD)


cedo de casa. - *algo LEMBRA a alguém
b) Proibiu o aluno sair mais cedo que os
colegas. 2 - lembrar-se / esquecer-se:
c) Permitiu sair mais cedo — aluno mais
antigo. - do teu nome (OI)
d) Aconselhou a turma — que se
esforçasse bem mais. 3 - custar:
e) Informo a todos — que a prova final será
adiada. - *algo CUSTA a alguém

Verbos que apresentam dificuldade Esses verbos não são pronominais:

6° grupo: Mudam de sentido conforme a antipatizar


regência: comungar
confraternizar - com essa
1 - querer: menina (OI)
rivalizar
- este carro (OD) – desejar simpatizar
- a esta menina (OI) - prezar
Cuidado com o verbo pisar:
2 - servir:
- o aluno sem querer (TD)
- os convidados (OD) - atender, prestar - nele (TI)
serviços
- aos jovens (OI) - ser útil, agradar, convir
- sobremesa aos convivas (OD / OI) Nas questões que seguem, assinale a
única construção que exige preposição:
3 - assistir:
027)
- o/ao doente (OD /OI) - acompanhar, a) Lembrou _____ o tempo de infância.
socorrer
b) Lembrou-lhe _____ o tempo de a) Hei de te lembrar ____ este assunto.
infância. b) Hei de lembrar ____ este assunto.
c) Lembro-me _____ o tempo de infância. c) Hei de me lembrar ____ este assunto.
d) Não esqueça _____ os teus amigos d) Hei de esquecer ____ este assunto.
sinceros. e) Hei de lembrar-te ____ este assunto.
e) Nunca esqueci _____ o meu passado
obscuro. 033)
a) Já deixei de visar ____ os meus cheques
028) nominais.
a) Não se esqueça _____ os trabalhos b) Lembrou-lhe ____ a data do seu
domiciliares. nascimento.
b) O médico assistiu bem _____ os c) Sua firma serve muito bem ____ os meus
doentes deste hospital. propósitos.
c) O professor assistiu com prazer _____ d) Lembrei muito ____ o seu nome ainda
esta turma. ontem.
d) Os funcionários almejam e) O atacante visava sempre ____ o gol
_____melhores cargos. adversário.
e) Os funcionários desejam _____
melhores cargos. 034)
a) A enfermeira Daniele assistira com
eficiência ____ o doente.
029) b) Aspiramos ____ o ar puro da manhã.
a) Os funcionários aspiram ____ altas c) Assiste ____ o professor o direito de
remunerações. corrigir ou não o erro.
b) Acabei de visar ____ os cheques deste d) Durante longo tempo, desejava ____ a
banco. glória do mundo.
c) Visar ____ o gol é dever dos atacantes. e) Almejo ____ obter uma boa classificação
d) Aspirei ____ o perfume do florido jardim. nesse concurso.
e) O garçom serviu muito bem ____ os
jovens casais.
035)
030) Assinale a alternativa CORRETA.
a) Devemos sempre assistir ____ os jovens a) Proibimos-lhe de que participasse da
incipientes. novena a Nossa Senhora.
b) Só quero ____ os jovens jogadores no b) Encontrar o criminoso implicava muita
meu time. fé dos policiais.
c) Procurei lembrar ____ tuas c) Investigando o crime, o policial
recomendações na hora do jogo. procedeu uma rigorosa busca no carro do
d) Esta atitude nem sempre serve ____ os suspeito.
jovens educados. d) O jovem acidentado residia à rua
e) Tentamos lembrar-te ____ as Maravilha, n° 44, na baixada fluminense.
recomendações do doutor. e) Custei a encontrar minha fé, pois era
cego.
031)
a) Sempre mirei ____ cargos tão 036) Onde há erro de regência verbal?
importantes.
b) Sempre procurei ____ cargos tão a) Esqueceram-lhe os compromissos
importantes. assumidos.
c) Sempre aspirei ____ cargos tão b) Nós lhe lembramos o compromisso
importantes. assumido.
d) Sempre almejei ____ cargos tão c) Calastes-vos diante das ofensas dos
importantes. vossos inimigos.
e) Sempre desejei ____ cargos tão d) Lembrar-nos-íamos de tais palavras se
importantes. fosse preciso.
e) Simpatizamo-nos com elas
032) imediatamente.
b) E bom lembrá-la que tal conduta é
037) prevista na Consolidação das Leis
“Tenho próprio casal, e nele assisto...” Trabalhistas.
c) Isto poderá acarretar-lhe penalidades
O verbo assinalado está empregado na mais severas, que vão desde a suspensão
acepção de: do contrato de trabalho até a demissão por
a) socorrer. justa causa.
b) ver. d) Todas as medidas visam à reabilitação
c) presenciar. da imagem do nosso prefeito no contexto
d) caber. nacional.
e) residir. e) Deste modo, procederam imediatamente
à leitura dos autos.
038)
Na acepção assinalada na questão 042) Assinale a única alternativa correta
anterior, assistir é um verbo: quanto à regência do verbo:
a) transitivo direto.
b) transitivo indireto. a) Eles chegaram cedo na cidade e
c) de ligação. partiram em seguida,
d) intransitivo. b) Eu custei a entender o trocadilho que
e) bitransitivo. fizeram sobre nós.
c) Nos aniversários, prefiro doces e
039) “Das brancas ovelhinhas tiro o guaraná do que salgados frios.
leite...” d) O atraso do pagamento das contas
implica juros altos.
Sem prejuízo da regência, o poeta poderia e) Quero-a muito, querida filha! - dizia o
trocar “tiro o leite” por: velho pai.
a) procedo à retirada do leite.
b) custo a retirar o leite. 043) Assinale a alternativa sem erro
c) esqueço de retirar o leite. gramatical:
d) assisto a retirada do leite.
e) pago à retirada do leite. a) Não tenham dúvidas que chegarei vivo
ao local marcado.
040) A frase em que a regência do verbo b) O livro que te referes foi o mais vendido
NÃO está de acordo com a norma de toda a Bienal.
gramatical é: c) Quase todos os súditos amam e
obedecem o seu senhor.
a) Advogados costumam assistir às defesas d) Se lhe disserem que não o respeito,
de teses de seus colegas. mentirão vergonhosamente.
b) Informamos-lhes de que o candidato da e) Prefiro mais estudar durante o dia do
oposição renunciara à posse. que trabalhar à noite.
c) Avisamo-lo de que deverão ocorrer
algumas desistências amanhã. QUESTÕES DE CONCURSOS
d) “A prova de conhecimento será realizada ANTERIORES
de acordo com o disposto no inciso III do
artigo 11, obedecido ao seguinte:” (trecho 044) (AFC-ESAF/02) Assinale a opção em
de um regulamento) que o trecho do texto foi transcrito com erro
e) Alguém esqueceu os disquetes gravados de sintaxe.
na mala do carro.
a) Uma conjugação de fatores favoráveis
041) Das frases abaixo, a que contém está na raiz do atual otimismo que domina
ERRO de regência verbal é: a economia brasileira. Sinais internos e
externos apontam na direção de
a) Quem não é disciplinado desobedece ao perspectivas mais animadoras, ainda que
regulamento. não autorizem excesso de entusiasmo.
b) A experiência ensina que não há nada
mais sujeito a mudanças bruscas do que os d) A ECT, entendendo de que a empresa
sistemas econômicos regidos pelas leis de franqueada atrasou e se omitiu no acerto
mercado. Durante os oito anos do governo de contas relativo ao período de 15/04/96
Clinton, por exemplo, os Estados Unidos a 16/05/96, instaurou a tomada de contas
experimentaram taxas elevadas de especial, que consiste no presente feito.
crescimento. Logo a seguir, resvalaram
para a depressão. e) O Acórdão n° 217/97 da 2ª Câmara
julgou irregulares as contas dos
c) A inflação em queda mostra aos recorrentes e imputou-lhes a multa
operadores do mercado que o país se prevista.
mantém no rumo da estabilidade aberto (Ministro-Relator Adhemar Paladini Ghisi,
pelo Plano Real em 1994. Sinaliza, com adaptações)
também, no sentido de que os acordos
celebrados com o Fundo Monetário 046) (AFRF-ESAF/02) Indique a opção em
Internacional (FMI) seguem cumpridos com que o trecho foi transcrito com
fidelidade. transgressões à norma culta da
modalidade escrita da língua
d) Aí se encontra a base de confiança que
necessitam os investidores externos para a) O objetivo maior com a criação do
aplicar recursos no país. Explica, também, FUNDEF esta na busca de soluções para
a manutenção do ritmo dos investimentos um do graves problemas que ocorre no
internacionais. âmbito do ensino fundamental, que é o
baixo padrão salarial dos professores.
e) Outro dado chegado à cena para
exorcizar o clima deprimente que b) Assim, esse fundo Constitui um
ensombreceu as relações econômicas no instrumento para a implementação de uma
ano passado é a ausência de alterações política redistributiva, que objetiva corrigir
perigosas no câmbio. às desigualdades regionais e sociais, pois
(Otimismo e Cautela, Editorial, Correio nem todos os municípios detêm
Braziliense, 1/3/2002) capacidade financeira para investir em
ensino de qualidade
045) (AFCE-TCU-ESAF/02) Na questão,
marque o segmento do texto que contém c) Esse instrumento tem natureza contábil,
erro de estruturação sintática. com conta especial, e os recursos a ele
destinados devem ser utilizados,
a) Adoto como Relatório a minudente especificamente, para manutenção e
instrução da lavra de Elson Rodrigues da desenvolvimento do ensino fundamental e
Silva Junior, endossada pelos Sr. Diretor de valorização do magistério.
Divisão e Sr. Secretário da 10ª SECEX.
d) Tal estratégia vem permitir visibilidade
b) Versa a espécie Recurso de na questão dos recursos e auxiliar na
Reconsideração interposto pelo Sr. Fulano definição de prioridades, facilitando o
de Tal e Sicrano de Tal contra o Acórdão n° controle social e as ações fiscalizatórias
2 17/97 da 2ª Câmara, com vistas a previstas em lei, além de permitir a
modificar aquele decisum, com base nos autonomia na aplicação dos valores.
fatos e fundamentos expostos na peça
recursal de fls.01/08 do volume dos autos. e) Espera-se que a médio prazo surjam
os primeiros resultados com reflexos
c) Os recorrentes são sócios-gerentes da positivos sobre a qualificação profissional
empresa Transporte Ltda. que, por meio do do magistério e a qualidade do ensino
instrumento colacionado às fls. 30/45 do ministrado nas escolas como fruto da
volume principal dos autos, celebraram garantia de alocação de recursos para tal
contrato de franquia empresarial com a fim.
Empresa Brasileira de Correios e
Telégrafos.
(Adaptado do Relatório e Parecer Prévio
sobre as contas do Governo da República. (Adaptado de O Estado de S Paulo,
1997, p207) 26/09/2000)

049) (AFR-VUNESP/02) O emprego de


047) (AFRF-ESAF/02) Leia o texto pronomes relativos precedidos de
abaixo e assinale a opção que preposição está correto em:
corresponde a erro gramatical.
a) Recebeu promoção a servidora a cuja
Vale ressaltar que o relacionamento do dedicação tanto deve nosso setor.
Brasil com os organismos financeiros b) Olhem as notícias de cujas vocês vão
multilaterais e agências governamentais saber os detalhes no jornal das cinco.
estrangeiros (1) visa, principalmente, à c) Esse é o tipo de assunto sobre o que
(2) captação de recursos para financiar não temos certeza nenhuma.
projetos de desenvolvimento de infra- d) Já se vislumbra o prejuízo do qual sua
estrutura produtiva e social, a programas atitude acarretaria.
de apoio a (3) ações voltadas para a e) Verificou-se a procedência do recurso
modernização administrativa, fiscal e ao qual os contribuintes pedem revisão
tributária, a reformas setoriais mais dos cálculos.
abrangentes, e, adicionalmente,
beneficiarem-se (4) da assistência 050) (AFR-VUNESP/02) O emprego do
técnica e do assessoramento setorial pronome oblíquo está de acordo com a
especializado oferecidos (5) por essas língua culta escrita em:
entidades.
a) No momento em que a lingüística
(Adaptado do Relatório e Parecer Prévio procurou o status de ciência, que desde
sobre as contas do Governo da Saussure lhe tem acompanhado, passou-
República 1997, p.2 75) se a discutir sua relação com outras
ciências.
a) 1 b) Seu pai, que é libanês e tem uma loja
b) 2 de roupas no Brás, lhe presenteou com o
c) 3 Maverick laranja 74 da família.
d) 4 c) Ele poderá escolher outros dois
e) 5 técnicos para lhe assessorar.
d) Por que um mendigo dormindo
048) (AFRF/02) Assinale a opção em que o incomodou-lhes tanto, a ponto de
trecho foi transcrito com erro gramatical. praticarem um crime tão hediondo?
e) Segundo Brindeiro, ao editar a
a) Os clientes do Banco do Brasil já resolução, o STJ “negou às medidas
começaram a receber o Declarafácil, CD- provisórias a força de lei que lhes é
ROM produzido pelo banco em parceria inerente e usurpou atribuição ao
com a Receita Federal. Congresso”.
b) Além de contribuir na campanha de
revitalização da arrecadação de tributos e 051) (AFR-VUNESP/02) Assinale a
contribuições federais, o programa facilita alternativa em que a regência verbal está
os contribuintes o cumprimento de suas correta.
obrigações. a) Ele é um homem de cujo olhar triste
c) Com o CD-ROM, o cliente poderá não me esqueço.
atualizar seus impostos e declarações de b) Não discordou com a esposa, pois ela
1995 até hoje. tinha razão.
d) A liquidação das guias também poderá c) Trata-se de um político a cujo nome não
ser feita sem burocracia, via computador. me recordo.
e) Nele estão os programas geradores de d) Ele se referiu sobre o filme de forma
declarações para o governo federal, como indelicada.
Imposto de Renda, carnê-leão e outros e) Esse direito não assiste em
aplicativos úteis à atividade das empresas. trabalhadores rurais.
e) Não me esqueci teu nome.
052) (AFTN-ESAF) Segundo a norma
padrão, há erro de regência verbal no 056) (AUX.CONT.EXT.) No trecho “Nós nos
exemplo: entendíamos e amávamos mudamente
(...)“o complemento serve a dois verbos da
a) O fiscal mandou proceder ao mesma regência.
recolhimento das faturas.
b) Muitos ainda lhe querem, amigo. Das frases abaixo, aquela em que o
c) Em pouco tempo, renunciou ao cargo. complemento serve a verbos de regências
d) Ajudei-lhe a dormir um pouco. diferentes é:
a) Poucos nos reconheceram e
cumprimentaram.
053) (AFTN-ESAF) Assinale a opção em b) O indivíduo nos perseguia e ameaçava.
que o verbo informar não está c) Não nos admirava ou obedecia.
corretamente empregado: d) Ele nos avistara e evitara.

a) Vimos por esta informá-lo de que 057) (AUX.CART.) “E eu vou ao encontro


b) Vimos por esta informar-lhe que do que me espera.”
c) Vimos por esta informá-lo sobre
d) Vimos por esta informar-lhe de que Das alterações processadas na frase
acima, aquela em que a regência está em
054) (AFTN-ESAF) Indique a letra que desacordo com a norma culta é:
completa com correção gramatical e com a) E eu vou ao encontro daquilo em que
coerência as lacunas do trecho abaixo, pela mais me acostumei a acreditar.
ordem de aparecimento. b) E eu vou ao encontro daquilo de que
mais gosto de me identificar.
Diante do aumento da população de c) E eu vou ao encontro daquilo com que
idosos, a sociedade brasileira começa a mais tenho afinidade.
tomar consciência de que a questão exige d) E eu vou ao encontro daquilo a que
uma política social imediata e enérgica, que mais penso fazer jus.
permita não só _______ e _______ e) E eu vou ao encontro daquilo por que
condições de sobrevivência, mas mais venho lutando.
_________ à comunidade e à força
produtiva, a completa dimensão de 058) (BANESPA) A alternativa em que a
cidadania. frase apresenta um erro de regência
(nominal ou verbal) é:
a) sustentá-los, fornecer-lhes, inserir-lhes,
restituindo-lhes a) aspiro ao cargo de assistente da firma.
b) ampará-los, dar-lhes, reintegrá-los, b) tenho aversão a Diretora daquela
devolvendo-lhes escola.
c) asilá-los, garantir-lhes, recolhê-los, c) a vacina deixou-a imune a várias
subtraindo-lhes doenças.
d) acolher-lhes, garantir-lhes, introduzi-los, d) o cliente pagou-lhe o que devia.
recambiando-lhes e) assisti somente ao início do filme.
e) assisti-los, prover-lhes, readmiti-los,
alijando-lhes 059) (BANESPA) O verbo proceder pode
ser utilizado em vários sentidos.
Dependendo do sentido, sua construção
055) (ALERJ/95) A regência dos verbos foi varia em termos de regência. Tendo em
mantida corretamente na seguinte vista essas considerações, assinale a
alternativa: alternativa em que tal verbo está usado
com correção:
a) Perdoei ao erro.
b) Assistimos ao jogo. a) Aberto o livro, procedeu-se o inventário
c) Ateve-se aquele caso. dos objetos.
d) O atirador visou ao alvo.
b) O argumento daquele deputado não
procede. 063) (CBMIRJ/02)
c) Os brasileiros procedem os negros, os
índios e os portugueses. “Fui muito criterioso quando escolhi meu
d) O inquérito que se procedeu, nada companheiro de viagem por essa razão,
apurou. preferi José ____ Raul,_____ quem sinto
e) O secretário procedeu a leitura da ata. _____ confiança.”

060) (BB) Opção que completa Marque a opção que completa


corretamente os espaços: corretamente a frase.

“Obedeceu ___ instruções ____ tratam as a) a por — menos


normas.” b) do que — por — menos
c) a — para menas
a) a - que d) do que — com — menas
b) às - que e) do que — para — menos
c) as - de que
d) à - de que 064) (CBM/RJ/02) Marque a opção cuja
e) às - de que forma verbal destacada está empregada
corretamente.
061) (BB) Implicar prejuízo significa:
a) Haviam muitas pessoas interessadas na
a) avaliar danos. vaga.
b) contabilizar déficit. b) Existia muitas pessoas interessadas na
c) acarretar perda vaga.
d) prevenir a perda. c) Deviam haver casos sem solução.
e) impedir gastos. d) Devia existir casos sem solução.
e) Faz cinco minutos que eles saíram.
062) (BC-VUNESP/01) Assinale a
alternativa em que o pronome oblíquo está 065) (CEF-CESPE-UnB/98)
de acordo com o padrão culto da língua.
Do século XVII ao XX, circulou na
a) O pai ou responsável adquire o plano Europa, com bastante intensidade, o mito
e coloca a criança como sua beneficiária. de uma arcádia campestre.
Quando o jovem completar vinte e um Muitos escritores ingleses sustentaram
anos, transfere-o o plano. também esse mito durante séculos; os
textos desses autores ingleses são até
b) O Presidente definiu a sua próxima hoje bastante populares.
viagem ao exterior e os especialistas que
lhe assessoram já preparam a agenda de Reescrevendo-se o segundo período e
entrevistas. substituindo-se os termos grifados acima
por pronomes correspondentes, obtém-se
c) Talvez a grande meta da educação no corretamente:
próximo milênio venha a ser a formação de
profissionais que, ao lado da profundidade a) Muitos escritores ingleses, os quais
de seus conhecimentos específicos, textos são até hoje bastante populares, o
desenvolvam idéias que os garantam uma sustentaram também durante séculos.
visão generalista do mundo. b) Muitos escritores ingleses, cujos textos
são até hoje bastante populares,
d) Espera-se que os franceses, com toda a sustentaram também durante séculos.
diplomacia que lhes é inerente, recebam c) Muitos escritores ingleses, cujos os
bem os estrangeiros que assistirão à copa. textos são até hoje bastante populares,
sustentaram também durante séculos.
e) Ao longo dos últimos anos, o Brasil d) Muitos escritores ingleses, cujos textos
superou problemas e equívocos que lhe são até hoje bastante populares,
colocavam à margem da modernidade. sustentaram-no também durante séculos.
e) Muitos escritores ingleses, que os d) de que — a.
textos deles são até hoje bastante e) de que — do que.
populares, sustentaram-lhe também
durante séculos. 070) (CESCEM) Imbuído _____
preconceitos, com tendência _____
066) (CEF-CESPE-UnBI98) Assinale a intolerância, era impermeável ______
alternativa em que há regência qualquer influência.
INCORRETA.
a) com — pela — contra.
a) O empenho com que G.M.Trevelyan b) por — à — a.
dedicou-se a sua causa foi reconhecido c) de — à — a.
por outros, principalmente pelo autor do d) com — para — à.
texto. e) de — pela — ante.
b) A crise em que passa a civilização
contemporânea é visível em muitos 071) (CESGRANRIO) Assinale o item em
aspectos, inclusive na relação de homem que a regência do verbo proceder contraria
com a natureza selvagem. a norma culta da língua:
c) O homem sempre esteve disposto a
dialogar com a natureza, mas esse a) O juiz procedeu ao julgamento.
diálogo nem sempre se deu segundo os b) Não procede este argumento.
mesmos interesses ao longo dos séculos. c) Procedo um inquérito.
d) Muitos consideram ofensivo à natureza d) Procedia de uma boa família.
considerá-la como algo à disposição das e) Procede-se cautelosamente em tais
necessidades humanas. situações.
e) Acompanhar a relação do ser humano
com o campo através dos séculos propicia 072) (CESGRANRIO) Indique a regência
ao estudioso observar situações de que o que está de acordo com a norma culta:
homem nem sempre pode orgulhar-se.
a) Visei a um passaporte e fui viajar.
067) (CESCEA) As palavras ansioso, b) Aspirei ao perfume e achei-o delicioso.
contemporâneo e misericordioso c) Perdôo aos teus erros, pois acho-os bem
regem, respectivamente, as preposições: humanos.
d) Ensino a você as regras do bem viver.
a) em — de — para. e) Eu lhe vi e você não me viu.
b) de — a — de.
c) por — de — com. 073) (CESGRANRIO) Assinale a opção em
d) de — com — para com. que a preposição entre parênteses
e) com — a — a. completa com ERRO a lacuna da frase:

068) (CESCEM) Embora pobre e falho a) O livro didático é o único material


_____ recursos, foi fiel ______ ela, que escrito ... que os alunos recorrem. (a)
_____ queria bem com igual constância. b) O livro didático é o único material
escrito ... que os alunos trabalham. (com)
a) em — a — o. c) O livro didático é o único material
b) em — para — o. escrito ... que os alunos se orientam. (por)
c) de — para — o. d) O livro didático é o único material
d) de — a — lhe. escrito ... que os alunos se debruçam.
e) de — para — lhe. (sobre)
e) O livro didático é o único material
069) (CESCEM) Sendo o carnaval uma das escrito ... que os alunos folheiam. (de)
festas _____ mais gosto, achei preferível ir
ao baile ____ viajar para a fazenda. 074) (CESGRANRIO) Assinale a opção
em que a substituição da preposição
a) que — à. destacada pela que se encontra após a
b) que — do que. barra constitui erro de regência, segundo
c) das quais — que. a língua culta:
078) (EAOf./98) Todas as alternativas
a) “verdades incômodas relacionadas abaixo obedecem ao padrão culto e a
com a situação da leitura” / à situação da correta ortografia EXCETO.
leitura;
b) “embora não tenha para apoiar-me a) Eu me proponho combater o vício, sendo
estatísticas oficiais” / a apoiar-me; um homem justo e perfeito.
c) “contribuição decisiva à solução do b) É difícil saber aonde nos levaria esta
problema” / para a solução do problema; carência de religiosidade e temor a Deus.
d) “oriundo de causas gerais” / em causas c) Cultuo Deus, o grande arquiteto do
gerais; universo, haja vista minha convicção
e) “fugir a novas oportunidades” / de filosófica.
novas oportunidades; d) Muitos homens se dão ao luxo de se
materializarem cultivando o apego ao
075) (CESGRANRIO) Com relação ao dinheiro e aos vícios.
fragmento “diante da destruição a que
assistimos”, pode-se dizer que a 079) (EAOf./98) Assinale a alternativa
preposição sublinhada: correta:

a) introduz o objeto direto preposicionado. a) Custo a crer que a força das armas
b) introduz o objeto indireto. convence.
c) tem valor expletivo. b) Cumpre às forças Armadas obediência
d) assinala a anteposição do sujeito. cega as leis.
e) esta sendo usada para evitar c) Já que estudei, é justo aspirar o oficialato
ambigüidade. na FAB.
d) Honra, dever e lealdade ensina a FAB
076) (EAOf./97) Assinale a alternativa aos seus membros.
correta.
080) (EAOf./98) Assinale a alternativa que
a) Custei a crer em Deus, pois estava contraria a norma culta.
perdido nas trevas do pecado, era cego na
fé. a) Mande-me as fotos que lhe pedi na
b) Sabendo que implicava dúvida minha fé última carta.
em Deus, tratei logo de orar e ler a Bíblia. b) Se vires o teu amigo, não lhe digas que
c) Suspeitando de crime, o policial o procuro.
procedeu uma rigorosa busca no carro do c) Prefiro viajar de avião a sofrer em
suspeito. nossas estradas.
d) O incrédulo jovem residia à rua d) É dado meio-dia e meio, e não sai o
Saldanha Marinho 44, na cidade de Ilhéus, resultado da prova.
na Bahia.
081) (EAOf./99) Assinale a alternativa que
077) (EAOf./98) Assinale a alternativa que NÃO apresenta erro quanto à sintaxe de
apresenta DESVIO em relação à norma regência nominal.
gramatical.
a) Sentia-se apto em conduzir o veículo.
a) É proibido pisar na grama do jardim do b) Sentei-me na sala contígua do
General. laboratório.
b) Os filhos devem obedecer c) Imbuído com coragem, saiu à caça dos
sistematicamente aos pais. arruaceiros.
c) Notificamos-lhes o resultado dos d) Ninguém está imune das explosões de
exames oncológicos. temperamento.
d) Fixou residência na rua XV de
Novembro, em Barbacena, Minas. 082) (EAOf./99) Na frase: “Perdôo os meus
pais pelas minhas insuficiências “, a
regência verbal está
a) correta, porque o complemento os meus
pais dispensa a preposição a. III -O padre perdoou _______ pecador.
b) adequada às regras da língua culta,
porque o verbo, na frase, é transitivo direto. IV- Meus pais são residentes _______ rua
c) de acordo com a norma padrão, porque Santos Dumont.
o verbo tem como complemento um objeto
direto. V - O governador chegou _______ Belo
d) em desacordo com a norma padrão, Horizonte.
porque o verbo tem como complemento um
objeto indireto. a) os - a - ao - na - a
b) aos - que - ao - em - à
c) a - a - o - na - em
083) (EAOf/00) Identifique as frases que d) os - do que - o - à - em
apresentam regência verbal correta:
086) (EPCAr/MG) Assinale o item
I - Preferia aspirar a uma posição correspondente às frases corretas quanto à
honesta a ficar aqui. regência verbal:
II - O promotor procedeu à leitura da
acusação. 1. Desde quando você assiste em
III - Custou-me muito entender as tuas Brasília?
evasivas. 2. Aqui ninguém perdoa aos infratores da
IV- Sempre visamos ao alvo para vencer lei.
as competições. 3. Prefiro comer pedra do que dar o
V - O fato de você não ir implica outras braço a torcer.
conseqüências. 4. Aliás, é o automóvel que aspiro
comprar o ano que vem.
A seqüência que contém, somente, frases 5. Beatriz se foi, mas será mulher de
corretas é: quem sempre me lembrarei com
saudade.
a) I, II e V.
b) II, III e IV. a) 1 - 2 - 3
c) III, IV e V. b) 1 - 2 - 5
d) I, II, III, IV, e V. c) 2 - 3 - 4
d) 2 - 4 - 5
084) (EAOf/01) Leia a frase abaixo: e) 3 - 4 - 5

“Não cabem no poema o gás, a luz, o 087) (EPCAr/MG) Quanto ao emprego do


telefone, a sonegação do leite.” relativo, assinale a alternativa incorreta:

Quanto à transitividade verbal, o verbo em a) Aquele é o filme cujo enredo não me


destaque classifica-se como: lembro mais.
b) Aquele é o filme que jamais esquecerei.
a) transitivo direto. c) Aquele é o filme cujo diretor é brasileiro.
b) transitivo indireto. d) Aquele é o filme de que mais gostei.
c) intransitivo. e) Aquele é o filme a que me referi.
d) transitivo direto e indireto.
088) (FATEC/SP) Indique a alternativa em
085) (EAOf/01) Assinale a alternativa que que há erro quanto à regência.
preenche, pela ordem, as lacunas das a) Eu o agradei, Antônio?
frases abaixo. b) Eu não lhe agradei, Antônio?
c) Muito lhe amo, saiba disto.
I - O médico assiste incansavelmente d) Você não é uma pessoa de quem eu
_______ seus doentes. goste.
e) Sua explanação, contra cuja
II - Maurício preferiu ler o livro _______ oportunidade me volto, é bem agradável,
jogar bola com seus amigos. mas falha.
d) apresenta regência e sentidos
089) (FCC) A difícil situação ____ naquele diferentes nas duas orações.
momento se encontravam era análoga e) embora tenha o mesmo sentido nas
_____ crise de anos atrás. duas orações, ele apresenta regência
diferente em cada uma delas.
a) que — da.
b) onde — na. 094) (FPN/01) De acordo com a norma
c) a que — a. culta contemporânea, a alteração da
d) sob que — com a. regência dos verbos nas frases abaixo só
e) em que — à. é indevida na seguinte alternativa:

090) (FEB) Assinale a alternativa que a) “O guarda-noturno olha para as casas” /


contenha erro de regência verbal. O guarda-noturno olha as casas.
a) “Enquanto (Sansão) conservou os b) “Às dez e meia, o guarda-noturno entra
cabelos, assistiu-o Deus.” de serviço”. / As dez e meia, o guarda-
b) “Não simpatizei com ele nem com suas noturno entra em serviço.
idéias.” c) “Passo a passo, o guarda-noturno vai
c) “Felipe dos Santos ficou imobilizado por subindo a rua.” / Passo a passo, o guarda-
dezenas de bacamartes que visavam o seu noturno vai subindo pela rua.
peito.” d) “O guarda-noturno caminha com
d) “Deve-se perdoar algumas coisas ao delicadeza, para não acordar ninguém”. /
poeta...” O guarda-noturno caminha com
e) “Despede-se o filho que muito a quer.” delicadeza, para não acordar a ninguém.
e) “E as pessoas adormecidas sentem,
dentro de seus sonhos, que o guarda-
091) (FESP) Observe a regência verbal e noturno está tomando conta da rua...” / E
assinale a opção falsa: as pessoas adormecidas sentem, dentro
a) Avisaram-no que chegaríamos logo. de seus sonhos, de que o guarda-noturno
b) Informei-lhe a nota obtida. está tomando conta da rua.
c) Os motoristas irresponsáveis, em geral,
não obedecem aos sinais de trânsito. 095) (FUVEST/SP) Assinale a alternativa
d) Há bastante tempo que assistimos em incorreta:
São Paulo.
e) Muita gordura não implica saúde. a) Quero a essa criança como se fosse
minha.
092) (FISC.TRIB/98) Assinale a alternativa b) Perdoei-lhe as palavras, porque falou
que não contraria a norma culta quanto à intempestivamente.
regência verbal. c) Os pais quase sempre procuram
a) Esquecemo-nos dos grandes feitos de satisfazer os filhos.
Cabra!. d) Prefiro cerveja do que refrigerante.
b) Esse foi o grande feito que todos se e) Não é tarefa fácil a ser feita.
esqueceram.
c) Será que vocês poderão esquecer-lhe? 096) (FUVEST/SP) Assinale a alternativa
d) O povo brasileiro jamais esquecerá de que preencha corretamente os espaços.
Cabra!. “Posso informar _____ senhores _____
ninguém, na reunião, ousou aludir _____
093) (FMU) Observe o verbo que se tão delicado assunto.”
repete: “aspirou o ar” e “aspirou à
glória”. Tal verbo: a) aos / de que / o
a) apresenta a mesma regência e o b) aos / de que / ao
mesmo sentido nas duas orações. c) aos / que / à
b) embora apresente regências diferentes, d) os / que / à
ele tem sentido equivalente orações. e) os / de que / a
c) poderia vir regido de preposição
também na primeira oração sem que 097) (FUVEST/SP) Assinale a frase correta.
casse o sentido dela.
a) Por que motivo você preferiu vir aqui, do
que me esperar na rua? Gabarito:
b) Por que você preferiu vir aqui, do que me
1 E 21 C 41 B 61 C 81 D
esperar na rua?
2 C 22 A 42 D 62 D 82 C
c) Porque você preferiu mais vir aqui que 3 B 23 A 43 D 63 A 83 D
me esperar na rua? 4 E 24 C 44 D 64 E 84 C
d) Porque motivo você preferiu vir aqui, 5 A 25 B 45 D 65 D 85 A
6 A 26 E 46 B 66 B 86 B
antes que me esperar na rua? 7 B 27 C 47 D 67 C 87 A
e) Por que motivo você preferiu vir aqui a 8 A 28 A 48 B 68 D 88 C
me esperar na rua? 9 B 29 A 49 A 69 D 89 E
10 E 30 D 50 E 70 C 90 D
11 E 31 C 51 A 71 C 91 A
098) (FUVEST/SP) Indique a alternativa 12 B 32 C 52 D 72 D 92 A
correta: 13 B 33 C 53 D 73 E 93 D
14 A 34 C 54 B 74 D 94 E
15 C 35 B 55 B 75 B 95 D
a) Preferia brincar do que trabalhar.
16 B 36 E 56 C 76 B 96 E
b) Preferia mais brincar a trabalhar. 17 E 37 E 57 B 77 A 97 E
c) Preferia brincar a trabalhar. 18 D 38 B 58 B 78 A 98 C
d) Preferia brincar à trabalhar. 19 E 39 A 59 B 79 D 99 D
20 A 40 B 60 E 80 D
e) Preferia mais brincar que trabalhar.

099) (ICMS/SP/97) O único texto que


obedece rigorosamente aos princípios de Significação das palavras
regência da língua culta escrita é:
Sinônimos
a) Repete que puni e premiei professores
que discordavam ou concordavam com São palavras que possuem significados
minhas idéias. iguais ou semelhantes.
b) Conquista é quando você pula da cama
de manhã e vai dormir à noite. E entre uni Exemplo:
coisa e outra, só faz o que gosta.
c) ... eis que o nosso Banco Central, que O faturista retificou o erro da nota fiscal.
mal e porcamente cuida da nossa vida
bancária cheia de abrolhos e escândalos, O faturista corrigiu o erro da nota fiscal.
investiu-se de um poder que as nações
soberanas, ou quase isso, não abrem mão. A criança ficou contente com o presente.
d) ... os deuses mantêm seus protetores
nas casas onde residem, o que implica Eles ficaram alegres com a notícia.
que os soberanos dos céus e da terra
tributam por sua vez um culto a seus
pequenos deuses domésticos.
e) Temos por princípio, não representar e Antônimos
nem formular queixa perante o Tribunal de
Ética da O.A.B., porém reservamo-nos no São palavras que apresentam significados
direito de aconselhá-lo a leitura do Código opostos, contrários.
de Ética, do Estatuto da Ordem dos
Advogados do Brasil. Exemplo:

Precisamos colocar ordem nessa baderna,


pois já está virando anarquia.

Cinco jurados condenaram e apenas dois


absolveram o réu.
Homônimos Conserto – ato ou efeito de consertar

São palavras que apresentam a mesma


pronúncia ou grafia, mas significados
diferentes. Homônimos perfeitos

Exemplo: São palavras que possuem a mesma


pronúncia e mesma grafia.
Eles foram caçar, mas ainda não
retornaram. (caçar – prender, matar) Exemplos:

Vão cassar o mandato daquele deputado. Cedo – verbo


(cassar – ato ou efeito de anular)
Cedo – advérbio de tempo
Os homônimos podem ser:
Sela – verbo selar
Homônimos homógrafos;
Sela – arreio
Homônimos homófonos;
Leve – verbo levar
Homônimos perfeitos.
Leve – pouco peso

Homônimos homógrafos
Parônimos
São palavras iguais na grafia e diferentes
na pronúncia. São palavras que possuem significados
diferentes e apresentam pronúncia e escrita
Exemplos: parecidas.

Almoço (ô) – substantivo Exemplos:

Almoço (ó) – verbo Emergir – vir à tona

Jogo (ô) – substantivo Imergir – afundar

Infringir – desobedecer

Homônimos homófonos Infligir – aplicar

São palavras que possuem o mesmo som e


grafia diferente.
Relação de alguns homônimos
Exemplos:
Acender – pôr fogo
Cela – quarto de prisão
Ascender – subir
Sela – arreio
Acento – sinal gráfico
Coser – costurar
Assento – tampo de cadeira, banco
Cozer – cozinhar
Aço – metal
Concerto – espetáculo musical
Asso – verbo (1ª pessoa do singular, Relação de parônimos
presente do indicativo)
Absolver – perdoar
Banco – assento com encosto
Absorver – sorver
Banco – estabelecimento que realiza
transações financeiras. Acostumar – habituar-se

Cerrar – fechar Costumar – ter por costume

Serrar – cortar Acurado – feito com cuidado

Cessão – ato de ceder Apurado – refinado

Sessão – reunião Afear – tornar feio

Secção/seção - divisão Afiar – amolar

Cesto - cesta pequena Amoral – indiferente à moral

Sexto – numeral ordinal Imoral – contra a moral, devasso

Cheque – ordem de pagamento Cavaleiro – que anda a cavalo

Xeque – lance no jogo de xadrez Cavalheiro – homem educado

Xeque – entre os árabes, chefe de tribo ou Comprimento – extensão


soberano
Cumprimento – saudação
Concerto – sessão musical
Deferir – atender
Conserto – reparo, ato ou efeito de consertar
Diferir – adiar, retardar
Coser – costurar
Delatar – denunciar
Cozer – cozinhar
Dilatar – estender, ampliar
Expiar – sofrer, padecer
Eminente – alto, elevado, excelente
Espiar – espionar, observar
Iminente – que ameaça acontecer
Estático – imóvel
Emergir – sair de onde estava mergulhado
Extático – posto em êxtase, enlevado
Imergir – mergulhar
Estrato – tipo de nuvem
Emigrar – deixar um país
Extrato – trecho, fragmento, resumo
Imigrar – entrar num país
Incerto – indeterminado, impreciso
Estádio – praça de esporte
Inserto – introduzido, inserido
Estágio – aprendizado
Chácara – pequena propriedade campestre
Flagrante – evidente
Xácara – narrativa popular
Fragrante – perfumado DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO

Incidente – circunstância acidental As palavras podem ser usadas no sentido


próprio ou figurado.
Acidente – desastre
Exemplo:
Inflação – aumento geral de preços, perda
do poder aquisitivo Janine tem um coração de gelo. (sentido
figurado)
Infração – violação
Sempre tomo uísque com gelo. (sentido
Ótico – relativo ao ouvido próprio)

Óptico – relativo à visão

Peão – homem que anda a pé DENOTAÇÃO

Pião – brinquedo É uso da palavra com seu sentido original,


usual.
Plaga – região, país
Exemplo:
Praga – maldição
A torneira estava pingando muito.
Pleito – disputa eleitoral
O sol brilhava intensamente hoje.
Preito – homenagem

CONOTAÇÃO
POLISSEMIA
É o uso da palavra diferente do seu sentido
É o fato de uma palavra ter mais de uma original.
significação.
Exemplo:
Exemplo:
Ele tem um coração de manteiga.
Estou com uma dor terrível na minha
cabeça. (parte do corpo) É um verdadeiro mar de emoções essa
música.
Ele é o cabeça do projeto. (chefe)

Graves razões fizeram-me contratar esse


advogado. (importante)

O piloto sofreu um grave acidente (trágico)

Ele comprou uma nova linha telefônica.


(contato ou conexão telefônica)

Nós conseguimos traçar a linha


corretamente. (traço contínuo duma só
dimensão)