Anda di halaman 1dari 8

Degrau Cultural

SIMULADO

al
TRF

tur
CulTécnico Judiciário

Língua Portuguesa - Profª. – Tatiana Rodrigues


Raciocínio-Lógico Matemático – Profº. André Barreto
Sustentabilidade e Acessibilidade – Profº. Antônio Pisset
Direito Administrativo – Profº. Glauco Dantas
rau

Direito Constitucional – Profª. Glauce Bonzoumet


Direito Penal – Profº. Patrick Barreto
Direito Processual Penal – Profº. Patrick de Lima
Direito Processual Civil – Profº. Washington Leite
Direito Tributário – Profº. Latif Neto
Direito Previdenciário – Profº. Vinícius Rodrigues
Deg

www.degraucultural.com.br

Simulado - TRF 1
Degrau Cultural

al
tur
Cul
rau
Deg

2 Simulado - TRF
Degrau Cultural
SIMULADO | TRF - TÉCNICO JUDICIÁRIO
LÍNGUA PORTUGUESA 03. Marque a alternativa em que a retirada da vírgula
acarreta mudança de sentido.
APRENDA A CHAMAR A POLÍCIA a) “Passados menos de três minutos, estavam na
Luís Fernando Veríssimo minha rua...”
b) “...escopeta calibre 12, que tenho guardada em
Eu tenho o sono muito leve, e numa noite des- casa para estas situações.”

al
sas notei que havia alguém andando sorrateira- c) “No meio do tumulto, um tenente se aproximou de
mente no quintal de casa. Levantei em silêncio e mim e disse:”
fiquei acompanhando os leves ruídos que vinham d) “...não fiquei muito preocupado, mas era claro que
lá de fora, até ver uma silhueta passando pela eu não ia deixar um ladrão ali...”
janela do banheiro. Como minha casa era muito

tur
segura, com grades nas janelas e trancas inter- 04. “Como minha casa era muito segura,...”
nas nas portas, não fiquei muito preocupado, mas O conectivo destacado acima confere, ao con-
era claro que eu não ia deixar um ladrão ali, espi- texto, o mesmo valor semântico do da seguinte
ando tranquilamente. alternativa:
Liguei baixinho para a polícia, informei a situ- a) Contanto
ação e o meu endereço. Perguntaram-me se o b) Conquanto
ladrão estava armado ou se já estava no interior c) Portanto
da casa. Esclareci que não e disseram-me que d) Porquanto
não havia nenhuma viatura por perto para ajudar,
mas que iriam mandar alguém assim que fosse
Cul 05. Com base nas informações constantes no ma-
possível. Um minuto depois, liguei de novo e dis- nual de Redação Oficial da Presidência da Repú-
se com a voz calma: blica, marque a alternativa INCORRETA.
— Oi, eu liguei há pouco porque tinha alguém a) A linguagem técnica não é proibida em um docu-
no meu quintal. Não precisa mais ter pressa. Eu mento oficial.
já matei o ladrão com um tiro da escopeta calibre b) Não é permitido o uso do superlativo digníssimo.
12, que tenho guardada em casa para estas situ- c) Aviso e Ofício são documentos muito parecidos.
ações. O tiro fez um estrago danado no cara! Diferem antes pela forma que pela finalidade.
Passados menos de três minutos, estavam na d) O fecho para comunicações destinadas a autori-
minha rua cinco carros da polícia, um helicópte- dades inferiores é “Atenciosamente”, seguido de
ro, uma unidade do resgate , uma equipe de TV e vírgula.
a turma dos direitos humanos, que não perderi-
rau

am isso por nada neste mundo. RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO


Eles prenderam o ladrão em flagrante, que
LÓGICA DE ASSOCIAÇÃO
ficava olhando tudo com cara de assombrado.
Talvez ele estivesse pensando que aquela era a 06. Nos Jogos Pan-americanos de 1971, na cidade
casa do Comandante da Polícia. de Cali, um quadro de resultados parciais apre-
No meio do tumulto, um tenente se aproxi- sentava os três países com maior número de me-
mou de mim e disse: dalhas de ouro (105, 31 e 19), de prata (73, 49 e
— Pensei que tivesse dito que tinha matado o 20) e de bronze (41, 40 25): Canadá, Cuba e EUA.
ladrão. Em relação a esse quadro, sabe-se que
Eu respondi: “os EUA obtiveram 105 medalhas de ouro e 73 de
Deg

— Pensei que tivesse dito que não havia nin- prata;


guém disponível. “Cuba recebeu a menor quantidade de medalhas
de bronze;
01. Após a leitura do texto, depreende-se que: “Canadá recebeu um total de 80 medalhas.
a) A situação relatada aconteceu em data próxima à Nessas condições, esse quadro informava que o
do momento da enunciação. número de medalhas recebidas
b) O texto se caracteriza como predominantemente
a) por Cuba foi 120.
descritivo, já que há cronologia de fatos.
b) por Cuba foi 115.
c) Tanto o tenente quanto o narrador se enganaram
c) pelos EUA foi 220.
sobre seus pré-julgamentos. d) pelos EUA foi 218.
d) A presença de formalidade caracteriza o texto como
uma narração opinativa. LÓGICA SENTENCIAL – RACIOCÍNIO VERBAL
02. O desfecho da história se baseia na presença da 07. Considere p, q e r proposições verdadeiras.
seguinte figura de linguagem:
p: Marcos é estudante;
a) metáfora q: Marcia é trabalhadora;
b) metonímia r: Ellen é atleta.
c) ironia
d) catacrese Analise os itens:

Simulado - TRF 3
Degrau Cultural
I. Marcos não é estudante 10. De acordo com o Programa Nacional de Acessibi-
II. Não é verdade que Marcia não é trabalhadora; lidade, conforme expresso no artigo 68º do De-
III. Não é verdade que Ellen é atleta e Marcia é traba- creto nº 5.296/2004, a Secretaria Especial de Di-
lhadora; reitos Humanos, na condição de coordenadora do
IV. Não é verdade que, se Marcos é estudante, então Programa Nacional de Acessibilidade, desenvol-
Ellen não é atleta; verá, dentre outras, as seguintes ações, EXCETO:
V. Marcos é estudante ou Marcia não é trabalhadora. a) Promoção de concursos nacionais sobre a temá-
tica de acessibilidade.
Marque a alternativa correspondente. b) Estudos e proposição da criação e normatização

al
a) I) p; II) ¬(¬q); III) ¬(r ^ ¬q); IV) ¬(p → ¬r); V) p ^ ¬q. do Selo Nacional de Acessibilidade.
b) I) ¬p; II) ¬(¬q); III) ¬(r ^ q); IV) ¬(p → ¬r); V) p V ¬q. c) Apoio e realização de campanhas informativas e
c) I) ¬p; II) ¬(¬q); III) ¬(r ^ q); IV) ¬(p → r); V) p V ¬q. educativas sobre acessibilidade.
d) I) ¬p; II) ¬q; III) ¬r ^ q; IV) ¬(p → ¬r); V) p ^ ¬q. d) Cadastro Nacional das pessoas portadoras de
deficiência ou com mobilidade reduzida.

tur
ANALISE COMBINATÓRIA (PFC) –
DIREITO ADMINISTRATIVO
RACIOCÍNIO MATEMÁTICO
11. Assinale a alternativa correta:
08. O código de barras, contido na maior parte dos
a) A empresa pública é criada por lei específica;
produtos industrializados, consiste num conjun- b) Existe subordinação da administração indireta em
to de várias barras que podem estar preenchi- relação a administração direta;
das com cor escura ou não. Quando um leitor c) A desconcentração existe na estrutura da admi-
óptico passa sobre essas barras, a leitura de uma nistração direta e indireta;
barra clara é convertida no número 0 e a de uma d) A descentralização gera uma relação de hierarquia.
Cul
barra escura, no número 1. Observe a seguir um
exemplo simplificado de um código em um siste-
ma de código com 20 barras.
12. Quando os pressupostos de fato e de direito que
fundamentam o ato administrativo são inexisten-
tes, ele será inválido por ter lhe faltado o seguin-
te requisito:
a) Competência
b) Finalidade
c) Forma
Se o leitor óptico for passado da esquerda para a
d) Motivo
direita irá ler: 01011010111010110001
Se o leitor óptico for passado da direita para a 13. Constitui uma exceção a auto executoriedade:
esquerda irá ler: 10001101011101011010 a) A aplicação de uma multa pelo descumprimento
rau

de posturas municipais;
No sistema de código de barras, para se organizar o b) A demissão de um servidor público;
processo de leitura óptica de cada código, deve-se le- c) A interdição de um estabelecimento;
var em consideração que alguns códigos podem ter d) A cobrança de dívida ativa da União.
leitura da esquerda para a direita igual à da direita para
a esquerda, como o código 00000000111100000000, 14. Segundo a lei nº 8112 de 1990 a investidura do
no sistema descrito acima. servidor ocorre:
Em um sistema de códigos que utilize apenas cinco a) Com o exercício;
barras, a quantidade de códigos com leitura da esquer- b) Com a nomeação;
da para a direita igual à da direita para a esquerda, c) Com a posse;
Deg

desconsiderando-se todas as barras claras ou todas d) Com a estabilidade.


as escuras, é:
15. A “administração pública sem rosto” está dire-
a) 14. c) 8.
tamente associada ao princípio:
b) 12. d) 6.
a) Legalidade
b) Publicidade
NOÇÕES DE SUSTENTABILIDADE E ACESSIBILIDADE
c) Moralidade
d) Impessoalidade.
09. São objetivos da Política Nacional de Resíduos
Sólidos, expressamente previstos na Lei nº
DIREITO CONSTITUCIONAL
12.305/2010, EXCETO:
a) O desenvolvimento sustentável.
16. A Constituição da República possui em suas dis-
b) Proteção da saúde pública e da qualidade ambi-
posições direitos e deveres fundamentais a to-
ental.
dos. Assinale a afirmativa INCORRETA:
c) Redução do volume e da periculosidade dos resí-
a) É assegurada, nos termos da lei, a prestação de
duos perigosos.
assistência religiosa nas entidades civis e milita-
d) Capacitação técnica continuada na área de resí-
res de internação coletiva.
duos sólidos.

4 Simulado - TRF
Degrau Cultural
b) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, ( ) Partido político é uma pessoa jurídica de direito
em locais abertos ao público, independentemente público.
de autorização, desde que não frustrem outra reu- A sequência correta está em:
nião anteriormente convocada para o mesmo lo-
cal, sendo apenas exigido prévio aviso à autorida- a) V, V, F, F.
de competente. b) V, F, V, V.
c) Constitui crime afiançável e imprescritível a ação c) V, V, V, V.
de grupos armados, civis ou militares, contra a d) F, V, F, F.

al
ordem constitucional e o Estado Democrático.
d) Nenhum brasileiro será extraditado, salvo o natu- 19. De acordo com o que dispõe a Constituição Fede-
ralizado, em caso de crime comum, praticado an- ral, incumbe ao Ministério Público a defesa da
tes da naturalização, ou de comprovado envolvi- ordem jurídica, do regime democrático e dos in-
mento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas teresses sociais e individuais indisponíveis, elu-
cidando o sistema de “ freios e contrapesos”.

tur
afins, na forma da lei.
Assim sendo:
17. No que se refere aos princípios fundamentais ins- a) O Procurador-Geral da República é o chefe do Mi-
culpidos na norma constitucional, relacione as nistério Público da União, sendo também Procu-
colunas, vinculando os princípios fundamentais rador-Geral do Ministério Público do Trabalho .
do Estado brasileiro. b) Ao membro do Ministério Público é dada a garan-
tia de vitaliciedade, após três anos de exercício,
não podendo perder o cargo senão por sentença
judicial transitada em julgado.
Cul c) São funções institucionais do Ministério Público
promover, exclusivamente, a ação penal pública,
na forma da lei e requisitar diligências investigató-
rias e a instauração de inquérito policial, indica-
dos os fundamentos jurídicos de suas manifesta-
ções processuais.
d) É vedado ao membro do Ministério Público, exer-
cer atividade político-partidária.

20. Os Tribunais Regionais Federais compõem-se de,


no mínimo, sete juízes, recrutados, quando pos-
sível, na respectiva região dentre brasileiros com
rau

mais de trinta e cinco anos e menos de sessenta


e cinco anos, nomeados:
a) Tribunal Regional Federal.
b) Tribunal Superior de Justiça.
c) Presidente da República.
d) Supremo Tribunal Federal.
A sequência está correta em: DIREITO PENAL
a) 5, 2, 3, 1 ,4
b) 5, 2, 1, 3, 4 21. A respeito do lugar do crime, o Código Penal bra-
Deg

c) 5, 4, 3, 2, 1 sileiro estabelece, em seu art. 6º: “Considera-se


d) 4, 3, 1, 5, 4 praticado o crime no lugar em que ocorreu a ação
ou omissão, no todo ou em parte, bem como onde
18. Analise as afirmativas e marque V para as VER- se produziu ou deveria produzir-se o resultado”.
DADEIRAS e F para as FALSAS, de acordo com a Pelo exposto, e a respeito das teorias que bus-
Constituição Federal. cam estabelecer o lugar do crime, assinale a al-
( ) O Estado prestará assistência jurídica integral e ternativa correta.
gratuita aos que comprovarem insuficiência de a) Pela teoria da ubiquidade, levar-se-á em conta tanto
recursos. o momento da ação como o resultado
( ) Assistência gratuita aos filhos e dependentes des- b) Pela teoria da ubiquidade, o lugar do crime será,
de o nascimento até 5 (cinco) anos de idade em tão somente, aquele em que foi praticada a condu-
creches e pré-escolas, é um direito social indivi- ta comissiva ou omissiva.
dual do trabalhador. c) Segundo a doutrina nacional, o Código Penal ado-
( ) A perda na nacionalidade brasileira, só poderá tou, em seu artigo 6.º, a chamada teoria do resul-
ocorrer nas hipóteses previstas na Constituição tado.
Federal, mas a cassação de direitos políticos se d) Pela teoria da atividade ou do resultado, o lugar do
dará pelo cancelamento da naturalização, desde
crime é aquele em que foi praticada a conduta co-
que, tenhamos sentença judicial transitada em jul-
missiva ou omissiva.
gado.

Simulado - TRF 5
Degrau Cultural
22. Qual, dentre as condutas a seguir enumeradas, d) Considera-se prevaricação, retardar ou deixar de
ocorre a incidência de crime diverso daqueles praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo
tipificados como crime de discriminação ou pre- contra disposição expressa de lei, para satisfazer
conceito de raça, cor, etnia, religião ou proce- interesse ou sentimento pessoal.
dência nacional, conforme previsto na Lei n°
7.716, de 1989? DIREITO PROCESSUAL PENAL
a) Impedir o acesso ou recusar hospedagem em
hotel, pensão, estalagem, ou qualquer estabele- 25. De acordo com o Decreto-Lei nº 3.689/1941, Có-
cimento similar, por motivo de preconceito de raça, digo de Processo Penal, julgar-se-á quebrada a

al
cor, etnia, religião ou procedência racional. fiança quando o acusado
b) Recusar ou impedir acesso a estabelecimento
a) resistir justificadamente a ordem judicial.
comercial, negando-se a servir, atender ou rece-
b) cumprir medida cautelar imposta cumulativamen-
ber cliente ou comprador, por motivo de precon-
ceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência te com a fiança.
c) deliberadamente praticar ato de obstrução ao an-

tur
racional.
c) Injuriar alguém, utilizando elementos referentes a damento do processo.
raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de d) praticar nova infração penal culposa.
pessoa idosa ou portadora de deficiência, ofen-
dendo-lhe a dignidade ou o decoro. 26. De acordo com o Decreto-Lei nº 3.689/1941, Có-
d) Recusar, negar ou impedir a inscrição ou ingres- digo de Processo Penal, o inquérito policial:
so de aluno em estabelecimento de ensino públi- a) pode ser iniciado de ofício nos crimes de ação
co ou privado de qualquer grau, por motivo de pre- privada.
conceito de raça, cor, etnia, religião ou procedên- b) pode ser arquivado por ordem da autoridade poli-
cia racional. cial.
Cul
23. Tício, policial civil encarregado de efetuar o trans-
c) deverá terminar no prazo de 10 (dias) se o indicia-
do tiver sido preso em flagrante.
porte de inquéritos policiais da delegacia para o d) não acompanhará a denúncia quando lhe servir
fórum, por descuido, não percebeu quando um de base.
dos procedimentos caiu da pilha que transporta-
va no percurso entre a delegacia e o fórum, moti-
27. “Em uma mesma denúncia, Tício foi acusado de
vando a instauração de um procedimento de po-
ter praticado os crimes de lesão corporal segui-
lícia judiciária para apurar o desaparecimento do
inquérito policial. Uma vez provada todas essas da de morte e de ocultação de cadáver. Tramita-
circunstâncias, Umbelino: do, regularmente, o processo, foi proferida a sen-
tença, na qual o juiz condenou Tício pela prática
a) Incidiu no crime de extravio, sonegação ou inutili-
do crime de lesão corporal seguida de morte e,
rau

zação de livro ou documento previsto no artigo 314


em relação ao crime de ocultação de cadáver,
do Código Penal.
julgou extinta a punibilidade de Tício, em face da
b) não praticou crime.
prescrição da pretensão punitiva. O Ministério
c) incidiu no crime de sonegação de papel ou objeto
Público discordou apenas da extinção da punibi-
de valor probatório previsto no artigo 356 do Códi-
lidade e interpôs recurso, ao passo que o Defen-
go Penal.
sor de Tício concordou com todo o julgamento.”
d) incidiu no crime de subtração ou inutilização de
O recurso interposto pelo Ministério Público foi
livro ou documento previsto no artigo 337 do Códi-
a) a carta testemunhável.
go Penal.
b) a apelação.
c) o recurso em sentido estrito.
Deg

24. Quanto aos crimes contra a Administração Pú-


d) o recurso especial.
blica, segundo o Código Penal Brasileiro, nos
seus arts. 312 ao 327, é INCORRETO afirmar:
28. O juiz poderá substituir a prisão preventiva pela
a) Considera-se peculato, apropriar-se o funcioná- domiciliar quando o agente for
rio público, de dinheiro, valor ou qualquer outro a) gestante a partir do sexto mês de gravidez.
bem móvel, público ou particular, de que tem a b) menor de 70 anos.
posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em provei- c) debilitado por motivo de doença.
to próprio ou alheio. d) imprescindível aos cuidados especiais de pessoa
b) Considera-se extravio, sonegação ou inutiliza- com deficiência.
ção de livro ou documento extraviar livro oficial
ou qualquer documento de que tem a guarda em DIREITO PROCESSUAL CIVIL
razão do cargo; sonegá-lo ou inutilizá-lo, total ou
parcialmente. 29. Quanto ao exercício da função jurisdicional pelo
c) Considera-se corrupção passiva, exigir, para si Estado-Juiz e no que se refere à jurisdição e ação,
ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que é INCORRETO afirmar:
fora da função ou antes de assumi-la, mas em a) Para postular em juízo é necessário ter interesse
razão dela, vantagem indevida. e legitimidade.

6 Simulado - TRF
Degrau Cultural
b) Ninguém poderá pleitear direito alheio em nome 33. Em se tratando de coisa julgada, avalie as se-
próprio, salvo quando autorizado pelo ordenamento guintes afirmações:
jurídico; em havendo substituição processual, o I. É vedado à parte discutir no curso do processo as
substituído será excluído do feito, não lhe caben- questões já decididas a cujo respeito operou-se a
do intervir como assistente litisconsorcial. preclusão.
c) O interesse do autor pode limitar-se à declaração II. A sentença faz coisa julgada às partes entre as
da existência, da inexistência ou do modo de ser quais é dada, não prejudicando terceiros.
de uma relação jurídica, da autenticidade ou da III. A verdade dos fatos, estabelecida como fundamen-

al
falsidade de documento. to da sentença, faz coisa julgada.
d) É admissível a ação meramente declaratória, ain- IV. Transitada em julgado a decisão de mérito, consi-
da que tenha ocorrido a violação do direito. derar-se-ão deduzidas e repelidas todas as ale-
gações e as defesas que a parte poderia opor tan-
30. Quanto aos poderes, deveres e responsabilida- to ao acolhimento quanto à rejeição do pedido.
de do juiz, é INCORRETO afirmar: Está correto somente o que se afirma em:

tur
a) O juiz não se exime de decidir sob a alegação de a) I e II
lacuna ou obscuridade do ordenamento jurídico e b) III e IV
só decidirá por equidade nos casos previstos em c) I, II e III
lei. d) I, II e IV
b) O juiz decidirá o mérito nos limites propostos pe-
las partes, sendo-lhe vedado conhecer de ques- DIREITO TRIBUTÁRIO
tões não suscitadas a cujo respeito a lei exige ini-
ciativa da parte. 34. Acerca das limitações ao poder de tributar, ava-
c) Convencendo-se, pelas circunstâncias, de que
Cul lie as afirmativas a seguir:
autor e réu se serviram do processo para praticar I. A alteração das alíquotas do II, IE, IPI e IOF através
ato simulado ou conseguir fim vedado por lei, o de ato do Poder Executivo, fere o princípio da lega-
juiz proferirá decisão que impeça os objetivos das lidade tributária;
partes, aplicando, de ofício, as penalidades da liti- II. A seletividade é obrigatória para o IPI e facultativa
gância de má-fé. para o ICMS;
d) O juiz responderá, civil e regressivamente, por per- III. A Empresa de Correios e Telégrafos pode ser be-
das e danos quando recusar, omitir ou retardar, sem neficiada pela imunidade tributária;
justo motivo, providência que deva ordenar de ofício IV. A imunidade tributária dispensa o sujeito passivo
ou a requerimento da parte. Tais hipóteses somente de pagar tributos, mas não de emitir notas fiscais.
serão verificadas depois que a parte requerer ao juiz
É correto apenas o que se afirma em:
que determine a providência e o requerimento não
for apreciado no prazo de vinte dias. a) I, II e III;
rau

b) I, II e IV;
c) II, III e IV;
31. A conciliação e a mediação, formas de resolu-
d) I, III e IV.
ção de conflito, são informadas pelos seguintes
princípios, expressamente adotados pelo Novo 35. A União visando o equilíbrio econômico do País,
Código de Processo Civil, EXCETO: resolve instituir lei isentando os comerciantes
a) Independência e confidencialidade. dos Municípios localizados em território nacio-
b) Simplicidade e economia processual. nal, por período determinado, do pagamento do
c) Autonomia de vontade e informalidade. Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza
d) Imparcialidade, decisão informada e oralidade. (ISSQN). Diante de tal situação hipotética, mar-
que a alternativa correta:
Deg

32. Quanto à tutela provisória, é correto afirmar, EX- a) a lei instituída pela União é constitucional, uma
vez que é de sua competência o equilíbrio econô-
CETO:
mico nacional.
a) A tutela provisória de urgência, cautelar ou anteci- b) a lei instituída pela União é inconstitucional, por
pada, será concedida em caráter antecedente ou tratar-se de isenção heterônoma.
incidental. c) a lei instituída pela União poderá ser constitucio-
b) A tutela provisória requerida em caráter incidental nal, caso não haja lei municipal versando sobre o
independe do pagamento de custas. assunto.
c) A tutela provisória conserva sua eficácia na pen- d) a lei instituída pela União é inconstitucional, pois
dência do processo, mas pode, a qualquer tempo, trata-se de competência dos Estados a instituição
ser revogada ou modificada; todavia, salvo deci- do ISSQN.
são judicial em contrário, a tutela provisória con-
servará a eficácia durante o período de suspen- 36. Suponha que Miguel, menor de idade, receba de
são do processo. seu pai a propriedade de um imóvel localizado
d) O juiz poderá determinar as medidas que consi- em área urbana. Nesse caso, marque a alternati-
derar adequadas para efetivação da tutela provi- va INCORRETA:
sória, devendo observar as normas referentes a) de acordo com o CTN, Miguel é devedor do IPTU
ao cumprimento provisório da sentença, no que referente ao imóvel, uma vez que a capacidade tri-
couber. butária passiva independe da capacidade civil.

Simulado - TRF 7
Degrau Cultural
b) Caso Miguel alugue o seu imóvel, deixará de ser 40. No que diz respeito à organização do sistema de
devedor do IPTU ao Município correspondente, pois seguridade social:
será substituído temporariamente pelo inquilino. a) o sistema de seguridade social pátrio compreen-
c) Haverá a incidência do ITBI no caso de alienação de a proteção de direitos relativos à saúde, à pre-
do imóvel, ainda que Miguel seja absolutamente vidência e à educação.
incapaz. b) as ações e serviços públicos de saúde são de
d) Além de ser sujeito passivo do IPTU, Miguel tam- acesso universal, com participação da sociedade
bém será devedor da contribuição para o custeio e permitindo o atendimento não integral.
do serviço de iluminação pública. c) as ações e serviços públicos de saúde estrutu-

al
ram-se por meio de um sistema único, com rede
37. No tocante aos créditos tributários, NÃO é corre- regionalizada e hierarquizada, além da descentra-
to afirmar: lização e participação da sociedade.
a) a dação em pagamento, a moratória e a prescri- d) a sistematização constitucional da previdência pri-
ção suspendem o crédito tributário. vada se caracteriza, dentre outros elementos, pela

tur
b) anistia e isenção excluem o crédito tributário. proteção do trabalhador contra os riscos sociais e
c) pagamento, decadência e a consignação em pa- filiação prévia e compulsória dos segurados.
gamento extinguem o crédito tributário.
d) parcelamento, depósito do montante integral e a
concessão de liminar em mandado de segurança
suspendem o crédito tributário.

DIREITO PREVIDENCÍARIO
Cul
38. No Brasil, após a Constituição de 1988, houve uma
profunda mudança na forma de disciplinar a se-
guridade social, um panorama normativo que
compreende a:
a) previdência que contará apenas com a contribui-
ção dos a ela vinculados, a saúde que contará com
o esforço da sociedade e a assistência social que
é fruto do esforço do terceiro setor.
b) aposentadoria a todos que atingirem 60 anos de
idade, se homens e 50 anos de idade, se mulhe-
res, a saúde aos vinculados ao INSS e a assistên-
cia aos hipossuficientes.
rau

c) previdência aos contribuintes, a saúde para todos


e a assistência social a quem dela necessitar
d) saúde de todos, apenas no que se restringe ao
atendimento básico, a previdência paga a todos
que não tiverem emprego e a assistência social,
que é um atendimento multidisciplinar, desde que
não importe no pagamento de qualquer valor em
moeda.

39. Segundo a Lei n° 8.212/91, é considerado contri-


buinte individual:
Deg

a) aquele que presta serviço de natureza rural à em-


presa, em caráter não eventual, sob sua subordi-
nação e mediante remuneração, inclusive como
diretor empregado.
b) aquele que presta serviço de natureza rural à em-
presa, em caráter eventual, sob sua subordinação
e sem remuneração, inclusive como diretor em-
pregado.
c) o brasileiro ou estrangeiro domiciliado e contrata-
do no Brasil para trabalhar como empregado em
empresa domiciliada no exterior, cuja maioria do
capital votante pertença a empresa brasileira de
capital nacional.
d) o brasileiro civil que trabalha no exterior para orga-
nismo oficial internacional do qual o Brasil é mem-
bro efetivo, ainda que lá domiciliado e contratado, Simulado - TRF / Técnico Judiciário
salvo quando coberto por regime próprio de pre-
12/2016
vidência oficial.

8 Simulado - TRF