Anda di halaman 1dari 15

16/10/2010

Modelos Mentais

A parte invisível da mudança,


paradigmas do conhecimento.
Seria uma espécie de biblioteca
que especifica as perspectivas do
individuo e dos referenciais.

Discentes: Charles Miller A analise foi realizada com os lideres e


Déborah Grazielle
Enver Paiva
formadores de opinião do setor público e
José Joarês privado.
Vânia Maciel

Que crenças influenciam os Referenciais?


Modelos Mentais
O estudo foi realizado na Venezuela, com os mais influentes
indivíduos daquele país do setor público e privado. Onde foram
Que grupos podem ser abordados diversos tópicos como:
Quais são as crenças
descritos segundo seus
Básicas que influenciam os
referenciais – quem está
referenciais?
referenciais A natureza da Abertura ao
lá? Eficácia
geração de aprendizado
organizacional
riqueza organizacional
Questões
relacionadas aos
modelos Mentais. A capacidade
A abertura ao Estratégia ao
competitiva do
livre comércio nível da empresa
país
Quando podemos começar Qual é a relação entre os
a tentar trazer esses referenciais e os “sete
Relação entre
grupos para uma visão padrões de inibidores de O contexto A confiança no
trabalho e
compartilhada?
compartilhada competitividade”? social governo
realização

1
16/10/2010

A Natureza da Geração de Riqueza A Capacidade Competitiva do País


• Os líderes acreditam que um ambiente
empresarial em constante mutação é bem- • A grande maioria dos líderes não
vindo. tem esperança quanto força do
seu país de competir em nível
• concordam que as companhias de sucesso
global.
criam mercados para produtos e serviços,
ao invés de esperar que os mercados
venham até eles. • Metade acredita que as
empresas nacionais não são
capazes de competir sem ajuda
do governo.

• Vêem no PETROLEO a única forma de prosperidade.

O Contexto Social A confiança no Governo


Não existe um consenso Os interesses pessoais e Falta de
Confiança
entre os lideres sobre a organizacionais não são A confiança no governo é
responsabilidade do setor alinhados para que haja imprescindível para um bom
publico e privado no um trabalho no sentido desempenho da economia.
Propina
tocante a questão social. de tentar alcançar uma Um estado totalitário que
. equidade social.
controla a economia com
Com relação ao punho de ferro, não
Corrupção consegue gerir as riquezas e
papel do governo
criar um ambiente propicio
há uma para inovação e crescimento
discordância Intervenção na
economia tecnológico.
gritante

2
16/10/2010

Abertura ao aprendizado organizacional


Abertura ao Livre Comercio e eficácia organizacional
Os lideres se A empresas do
mostraram aptos a setor publico da
receberem influências Venezuela são
do aprendizado
ineficazes segundo
internacional.
os lideres.
.

Estratégia ao nível da Empresa Relação entre trabalho e realização


Existe um consenso de
que a inovação e • Os lideres concordam que os
funcionários bem recursos humanos são fonte de
treinados tornam a inovação para a organização,
empresa competitiva. que haja a partilha dos lucros.
. • Embora ainda exista
pensamentos antiquados quanto
Porém, as organizações
não tomam medidas a forma de recompensas e
originais, sempre passivas quanto a autonomia dos
e baseadas em vantagens subordinados dentro da
comparativas. organização.

3
16/10/2010

QUEM ESTÁ LÁ? QUEM ESTÁ LÁ?

Por fim descobriu-se 5 subgrupos


Diante da grande concordância no que
tange o pensamento dos lideres do setor
público e privado, foi realizado um
pesquisa para identificá-los. Parceiros Frustrados

Eu me garanto Os razoavelmente
Testado sessenta atributos, que depois sozinho satisfeitos
foram agrupado em quatorze fatores.
Que foram baseados em fatores de
resposta dos entrevistados. Eu me garanto Em busca de um
sozinho arbitro

• São denominados dessa forma porque acreditam na • São lideres com pensamentos tradicionais e nada inovadores,
parceria entre o setor publico e privado, porém não que não dão opiniões firmes sobre mudanças a serem tomadas.
confiam que o governo seja capaz de realizar sua parte, • Eles acreditam na forte intervenção do governo na economia.
ajudando o setor privado a potencializar-se. • São rigidamente hierárquicos (mais velho no comando).
Característica:
• É quem mais atribui ao governo o papel de catalisador; Características:
• Não acha que o governo deva intervir na economia; É o menos propenso a acolher a inovação;
• É quem menos confia no governo; É o menos aberto à mudança;
Vê o governo enfaticamente como protetor do
• Não considera que haja bastante cooperação entre as
setor privado;
empresas;
Está contente com o status quo;
• Valoriza muito os relacionamentos; Dá forte apoio à intervenção econômica do
• Está aberto a Mudança; governo ;
Está satisfeito com o nível de cooperação;

4
16/10/2010

“Cabe ao governo o papel principal no tocante ao desempenho da “ Reduza os impostos e deixe-me em paz”
indústria e esperamos tratamento diferenciado para as empresas
venezuelanas”
• Extremo oposto àqueles em busca de um árbitro, pois rejeita
• Os mais parecidos com os “protecionistas” tradicionais a intervenção governamental de quase todo tipo

• A denominação do grupo reflete o fato de estarem em busca • Formam um grupo pessimista


de alguém, isto é, do governo para estabelecer e monitorar as
“regras do jogo” na economia nacional
• Representam 13% dos entrevistados
• São um tanto isolacionistas

• Representam 20% do total de entrevistados

Como podemos juntar esses grupos?


Primeiramente os autores destacaram pontos de vista em comuns que
“Competimos através do investimento das pessoas”
poderiam servir de base para juntar esses grupos como por exemplo:

Grupo mais aberto e mais propenso a acolher a inovação •Todos os cinco segmentos vêem como
• •
prioridade do governo: aperfeiçoar a
• O “livre” caracteriza sua oposição a regulação de preços,
educação primária e secundária, reduzir a
subsídios, proteção tarifária e manipulação das taxas de
corrupção, atrair investimento estrangeiro,
câmbio
melhorar a saúde, diminuir os gastos do
• Apoiam o intercâmbio com o exterior governo e criar um ambiente estável para os
• Grupo mais otimista dos cincos e o que negócios
têm a perspectiva mais progressista sobre • Eles também concordam que não é positivo
geração de riqueza e concorrência para a Venezuela o seu enfoque em petróleo
e que diversificar outros setores da
• Representam 18% do total da liderança
economia é vital para o futuro do país
pesquisada • Acham que o governo detém demasiado
poder e nenhum confia no mesmo

5
16/10/2010

Como podemos juntar esses grupos? Como podemos juntar esses grupos?
Porém quando os autores pensaram em juntar esses grupos, eles
desejavam compreender não só o que é partilhado entre eles
como também aquilo que os dividia. E para isso ordenaram os
quatorze fatores originais de acordo com o “tamanho das
diferenças” onde o comprimento da barra equivale ao “tamanho
das diferenças” entre as respostas dos cinco segmentos sobre
aquele fator.

As Fontes Ocultas do Crescimento As Fontes Ocultas do Crescimento


Perspectiva Sobre Riqueza e Produtividade
Conhecimento
da posição
 A Velha Maneira de Pensar relativa
A riqueza reside nas suas vantagens naturais, despende seus Integração
esforços na exploração das vantagens naturais. para frente

 Exploração da mão-de-obra barata;

 Preferências específicas da clientela;


Atitudes
defensivas
Paternalismo
Cooperação
entre as
empresas

6
16/10/2010

As Fontes Ocultas do Crescimento As Fontes Ocultas do Crescimento


 A Nova Maneira de Pensar
Baseada no conhecimento e na produtividade
produtividade, pode gerar níveis
 Os Sete Padrões de Inibidores
exponenciais de crescimento, em países que realizem aumentos
de produtividade não somente através de maior produtividade da Competitividade
operacional, mas por uma melhor eficiência “alocativa
alocativa””,
formalizada em investimento em conhecimento e em capital A “nova maneira de pensar” pode
humano.
humano transformá-los em valiosos
oportunidades de crescimento.

As Fontes Ocultas do Crescimento As Fontes Ocultas do Crescimento

 Entender e melhorar a posição competitiva relativa - O


conhecimento também é um fator-chave para melhorar a
posição relativa da empresa em relação a seus
concorrentes.
 Estudar as oportunidades de integração para frente –
Saber quando e como se integrar para frente representa
uma das mais importantes oportunidades ocultas de
crescimento.

7
16/10/2010

As Fontes Ocultas do Crescimento As Fontes Ocultas do Crescimento


 Melhorar a cooperação entre empresas – Uma estratégia
para as empresas obterem benefícios coletivos.
 Raciocinar produtivamente – Poucas vantagens anteriores
podem ser desenvolvidas sem o aprendizado e o raciocínio  Evitar o paternalismo - As empresas, ao invés de
produtivo entre proprietários, sócios, membros de aliança gastar tempo tentando influenciar o governo
governo, devem
estratégica, fornecedores, empregados, etc. utilizar esse tempo para saber mais sobre a clientela, os
custos e a concorrência.

Um Modelo Para Ação Um Modelo Para Ação


 Paul Krugman afirma que as “visões amplas,
se não forem expressas em forma de
modelo, são capazes de atrair uma atenção
temporária, e ate angariar seguidores, mas
não perduram a menos que sejam
codificadas em uma forma capaz de ser
reproduzida e ate mesmo ensinada”.

 Segundo Krugman, um “bom modelo”


representa uma visão aperfeiçoada do
motivo pelo qual o sistema real, muitíssimo
mais complexo, se comporta de maneira
como ele se comporta.

8
16/10/2010

Resultados, Estratégias e Mecanismo de Resultados, Estratégias e Mecanismo de


Direção: A Parte Visível da Competitividade Direção: A Parte Visível da Competitividade
 Resultados:
 A nações da América Latina vêm se
afastando da comunidade global nos
últimos 25 anos, cada vez mais
conseguindo menor parcela de
mercado nos segmentos em que
concorrem. Isso não é
necessariamente porque estejam
 Resultados: exportando menor volume, mas
porque os países estão obtendo
 Para haver mudança, precisa haver consenso sobre o que tem menores receitas a despeito do
que ser mudado. Os efeitos da tentativa de mudar são maior volume de suas exportações.
identificados como resultados – positivos ou negativos

Resultados, Estratégias e Mecanismo de


Direção: A Parte Visível da Competitividade
 Ações Estratégicas:

• Os capítulos oito e nove foram dedicados as proposições


de que os sete padrões ocorrem, em parte, porque as
empresas não estão fazendo as opções estratégicas
corretas. Quando se escolhe competir em um segmento
sem atratividade, os resultados provavelmente serão
ruins.

9
16/10/2010

Resultados, Estratégias e Mecanismo de


Direção: A Parte Visível da Competitividade

 Ações Estratégicas:

• Essa situação agrava-se quando o próprio setor


também não é atraente e os recursos necessários para
competir não podem ser mobilizados.

Resultados, Estratégias e Mecanismo de Resultados, Estratégias e Mecanismo de


Direção: A Parte Visível da Competitividade Direção: A Parte Visível da Competitividade
 Mecanismos de Direção:
 Mecanismos de Direção:

 Quando as estratégias ou ações


• Podem ter um papel vital no sentido de assegurar o
realizadas por uma organização
sucesso de uma organização especifica em
auferem resultados positivos,
determinado momento. O risco, entretanto, é que
desenvolve um instinto de
esses mecanismos podem, na verdade, distorcer os
solidificar essas ações específicas
sinais vindos do mercado e inibir a capacidade das
em formulas de sucesso.
organizações de se adaptarem a realidades
competitivas em constante mutação.

10
16/10/2010

Modelos Mentais: A Parte Invisível da


Competitividade
• A maneira das pessoas pensarem – seus
modelos mentais – constituem a parte
invisível da competitividade – e é ai que
esta o ponto de alavancagem para gerar
uma mudança duradoura.

• Acreditamos que os resultados tendem a


estar em função de como as pessoas
pensam que o mundo funciona, que é
nisso que baseiam seu modo de conceber
problemas e relacionamentos , o que por
sua vez afeta sua maneira de agir.

Modelos Mentais: A Parte Invisível da Modelos Mentais: A Parte Invisível da


Competitividade Competitividade
• Todo líder tem paradigmas e
referenciais que influenciam
profundamente no seu
desempenho seja ele empresarial
ou governamental.

11
16/10/2010

Paradigmas

Vemos os paradigmas
como maneiras
sistemáticas pelas quais
os indivíduos ou as
instituições pensam a
respeito do mundo –
teorias econômicas,
teorias políticas, crenças
sobre justiça ou
equidade.

 Com a globalização surge o imperativo de que as empresas e O Modelo Para Ação Como um Todo
os governos desenvolvam uma imaginação sem fronteiras.
Integrado

Os componentes
do modelo para
ação trabalham
em Conjunto.
Os paradigmas e
os referenciais ,
juntos, são
denominados
modelos mentais.

12
16/10/2010


Reagir, Replanejar e Reorientar
Os modelos mentais servem de base para o desenvolvimento
e a implementação das estratégias e de direção.

Os Líderes que reagem compreendem as ações estratégicas


necessárias para melhorar os resultados. O replanejamento faz
brotar o desejo de melhorar a eficiência. Enquanto a reorientação
significa uma mudança completa nos modelos mentais.

Precondições Para a Mudança


O modelo de
ação é de
natureza
integrativa e
sistêmica. E
inicia-se a
partir de
Observações.
 Uma coisa é identificar o que precisa ser mudado; Outra coisa bem
diferente é de fato efetuar a mudança.

13
16/10/2010

Antes de se envolver em qualquer esforço de mudança é A Figura do Líder


imprescindível refletir sobre a sua real possibilidade. Para tal
desenvolveram 5 perguntas:
Há tensão suficiente para motivar as
pessoas a mudarem?

As pessoas estão receptivas a novas


maneiras de fazer as coisas?

O conhecimento necessário à
mudança encontra-se disponível?

A liderança tem propósito moral A reorientação e a mudança dos propósitos morais em uma
nítido a premente? sociedade ocorrem de cima para baixo, e não haverá consenso
social sem uma liderança ampla, explícita e voltada para a AÇÃO
AÇÃO!
A liderança tem capacidade de
facilitar a mudança?

O líder deve ter sabedoria


para esclarecer o eleitorado
sobre o novo propósito
moral de uma economia
em aprimoramento,
baseada na inovação
inovação.
Afinal, é ele que vai facilitar
o desenvolvimento e o uso
de tecnologias
tecnologias.

14
16/10/2010

Conclusões

Oportunidades
Todas as pré-condições para a mudança agora existem.
Resta a cada um de nós, interessados em gerar prosperidade para
o cidadão médio, nutrir as fontes ocultas do crescimento.
Cooperação

Inovação

OBRIGADO (A) PELA ATENÇÃO!

15