Anda di halaman 1dari 2

As normas técnicas que regulam o desenho técnico são editadas pela ABNT, registradas pelo

INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) como normas


brasileiras -NBR e estão em consonância com as normas internacionais aprovadas pela ISO.
Normas da ABNT

6 NORMAS TÉCNICAS ABNT NBR 10647 – DESENHO TÉCNICO – NORMA GERAL NBR 10068 –
FOLHA DE DESENHO LAYOUT E DIMENSÕES NBR 10582 – APRESENTAÇÃO DA FOLHA PARA
DESENHO TÉCNICO NBR 13142 – DESENHO TÉCNICO – DOBRAMENTO DE CÓPIAS NBR 8402 –
EXECUÇÃO DE CARACTERES PARA ESCRITA EM DESENHOS TÉCNICOS NBR 8403 – APLICAÇÃO
DE LINHAS EM DESENHOS – TIPOS DE LINHAS – LARGURAS DAS LINHAS

7 NORMAS TÉCNICAS ABNT NBR10067 – PRINCÍPIOS GERAIS DE REPRESENTAÇÃO EM


DESENHO TÉCNICO NBR 8196 – DESENHO TÉCNICO – EMPREGO DE ESCALAS NBR 12298 –
REPRESENTAÇÃO DE ÁREA DE CORTE POR MEIO DE HACHURAS EM DESENHO TÉCNICO
NBR10126 – COTAGEM EM DESENHO TÉCNICO

8 NORMAS TÉCNICAS ABNT NBR8404 – INDICAÇÃO DO ESTADO DE SUPERFÍCIE EM


DESENHOS TÉCNICOS NBR 6158 – SISTEMA DE TOLERÂNCIAS E AJUSTES NBR 8993 –
REPRESENTAÇÃO CONVENCIONAL DE PARTES ROSCADAS EM DESENHO TÉCNICO

9 NBR 10647 DESENHO TÉCNICO NORMA GERAL: define os tipos de desenho aspectos
geométricos; grau de elaboração; grau de pormenorização; técnica de execução.

10 Classificação: Quanto ao aspecto geométrico: Projetivo – resultante da projeção do objeto


Desenho Mecânico Desenho de Máquinas Desenho de Estruturas Desenho Arquitetônico
Desenho Elétrico/Eletrônico Desenho de Tubulações

11 Grau de elaboração Esboço – desenho técnico a mão livre; Desenho preliminar – fase
intermediária, antecede o projeto final, pode sofrer alterações; Desenho técnico definitivo ou de
execução – deve atender as normas técnicas.

12 Grau de Pormenorização (Desenho de Detalhes e Conjuntos)

13 Técnica de execução À mão livre O antebraço deve estar totalmente apoiado sobre a
prancheta. Os traços verticais, inclinados ou não, são geralmente desenhados de cima para
baixo; Os traços horizontais são feitos da esquerda para a direita. Computador Basta obedecer
as regras do desenho Técnico e as ferramentas do programa.

14 NBR 10068 FOLHA DE DESENHO LAY-OUT E DIMENSÕES Padroniza as dimensões das


folhas utilizadas na execução de desenhos técnicos e defini seu lay-out com suas respectivas
margens e legenda.

16 Legenda Tipo de projeto; Autor do projeto; Endereço; Escala; Área do lote; Área da
construção; Número da prancha; Números de prancha; Espaço reservado para aprovação do
CREA.

18 NBR 8402 EXECUÇÃO DE CARACTERES PARA ESCRITA EM DESENHOS TÉCNICOS Visa à


uniformidade e à legibilidade para evitar prejuízos na clareza do desenho e evitar a
possibilidade de interpretações erradas; Execução de caracteres para escrita em desenho
técnico

19 NBR 8403 Tipos de linha Especifica linhas e contornos, dimensionamento e larguras do


Desenho Técnico

22 Tipos de linha
24 Projeção fora do plano de corte

25 Planta baixa Fonte: Apostila de Desenho de Projeto de Edificações – UFRGS, Rezende e


Gransotto, 2007

26 Escala (NBR 8196) O objetivo da norma NBR 8196 é fixar as condições exigíveis para o
emprego de escalas e suas designações em desenhos técnicos.

27 ESCALA 1:1 para escala natural; ESCALA X:1 para escala de ampliação (X > 1); ESCALA 1:X
para escala de redução (X > 1).

28 NBR 10582 APRESENTAÇÃO DA FOLHA PARA DESENHO TÉCNICO Normaliza a distribuição


do espaço da folha de desenho; Define a área para texto, o espaço para desenho etc.. Distribuir
os desenhos na folha, de modo a ocupar toda a área; Organizar os textos acima da legenda
junto à margem direita, ou à esquerda da legenda logo acima da margem inferior.

29 NBR 13142 DESENHO TÉCNICO DOBRAMENTO DE CÓPIAS Fixa a forma de dobramento de


todos os formatos de folhas de desenho Para facilitar a fixação em pastas, elessão dobrados até
as dimensões do formato A4.

32 NBR 10126 Linhas de Cota Representação gráfica das dimensões do desenho técnico de um
elemento

33 NBR 10126 – Linhas de Cota Linha auxiliar Linha de cota

34 NBR 10126 – Linhas de Cota Cotagem de raios – linha de cota parte do centro e estende até
contorno do arco; Representar letra R na frente do valor da cota

35 Simbologia Tolerâncias dimensionais Estado de superfície Tolerâncias geométricas

36 Tolerâncias dimensionais As tolerâncias vêm indicadas, nos desenhos técnicos, por valores e
símbolos apropriados e de diversas maneiras. Abaixo temos alguns exemplos.

40 Acabamento Superficial Essa simbologia de estado de superfície ilustrada abaixo está em


desuso, porém ainda pode ser encontrada em alguns projetos.