Anda di halaman 1dari 2

O principio da sabedoria

Provérbios 1: 1-7.

Estudar o livro de Provérbios é matricular-se na escola


da sabedoria. Salomão transcendeu todos os reis de Israel
em conhecimento, sabedoria e riqueza. Tornou-se um
homem erudito, perito em ciência e doutor nas questões
práticas da vida. Tudo isso, porque se voltou para Deus em
quem há o segredo da sabedoria. Portanto, sabedoria é
olhar para a vida com os olhos de Deus. É andar segundo o
conselho de sua vontade e deleitar-se nela. A partir deste
vislumbre, vejamos os elementos que tange a sabedoria.
A sabedoria é o ensino que transforma v3 - Para
obter o ensino do bom proceder, a justiça, o juízo e a
equidade. Esse entendimento passa pela pressuposição de
que o problema básico do ser humano é a ignorância.
Sendo assim, o ser humano precisa não apenas de
informação, mas, sobretudo, de transformação. Você sabia
que uma pessoa abarrotada de conhecimento, mas sem um
generoso procedimento, pode transformar-se num
monstro? A humanidade provocou duas sangrentas
guerras mundiais e mais de 100 milhões de pessoas foram
ceifadas de forma cruel. O fundamento de tudo isso foi um
conhecimento divorciado da bondade, Salomão fala sobre o
ensino do bom proceder que deságua na prática da justiça,
no exercício do juízo e na manifestação da equidade. Onde
reina a injustiça nos relacionamentos e a opressão nos
tribunais, aí fracassa o bom proceder.
Quais São as implicações de tudo isso? Não é
suficiente termos luz na cabeça; precisamos ter amor no
coração. Conhecimento sem bom proceder gera soberba
opressora, e não ação misericordiosa.
A sabedoria é o ensino que transforma, visto ser
a fonte da prudência. Para dar aos simples prudência e
aos jovens, conhecimento e bom siso (Pv 1.4). Prudência é
a percepção lúcida daqueles que compreendem o âmago
das coisas e não se deixam enredar pelas meras
aparências. Prudência é evitar o caminho escorregadio do
erro e colocar os pés na estrada da virtude, mesmo quando
instigado pela pressão da maioria.
Ele dar um exemplo dos jovens, que naturalmente são
afoitos, atirados, e às vezes lhes falta à maturidade
suficiente para enfrentar os embates da vida. Porém, um
jovem que pavimenta seu caminho pela instrução da
Palavra de Deus tem não apenas conhecimento, mas
também bom siso para viver vitoriosamente.
Aplicação: O segredo de uma vida vitoriosa é inclinar
os ouvidos para dar atenção às verdades divinas, pois são
elas que nos faz decolar em direção ao crescimento
espiritual, (Pv 1.5,6).
O crente por ser prudente não pode estacionar no
território do comodismo, evoluir é o seu lema espiritual. O
prudente quer sempre crescer em prudência; o instruído
anseia sempre adquirir mais habilidade.
Nosso alvo é chegar à estatura do varão perfeito, uma
vez que fomos predestinados a ser conformes à imagem de
Cristo.
A sabedoria é o ensino que transforma, visto ser
aliada ao temor a Deus. O temor do Senhor é o princípio
do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino
(Pv 1:7 Temer o Senhor é reconhecê-lo como Senhor
honrando-o por sua Excelsa e gloriosa Santidade. Todos
quantos temem a Deus reconhecem que depende Dele e
andam humildemente em submissão a sua vontade.
O temor a Deus é o maior freio moral que alguém
pode ter na vida. Foi o temor a Deus que livrou José do
adultério e Neemias da corrupção.
Salomão diz que o louco despreza a sabedoria e o
ensino. O louco assenta- se no tribunal e julga Deus, em
vez de humilhar-se sob sua poderosa mão. O sábio é
aquele que tem consciência de que deve viver na presença
de Deus e governado pela verdade.
Conclusão: Pela graça misericordiosa de Deus temos
as instruções sábias e abundantes quanto ao modo de vida
que Deus quer para nós. Neste caso, não há desculpa se
errarmos o alvo. Saber que o ensino nos transforma em
pessoas prudentes e tementes a Deus nos desafiam a
andar de forma reta, justa e piedosa em sua presença não
só agora, mas todos os dias. Em Jesus Cristo, Amém!