Anda di halaman 1dari 32

PUBLICIDADE

QUI07MAR
Quinta-feira
7 de Março de 2019
Ano 43 • N.º 15558

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

144 DOS 265 MILHÕES DE EUROS FORAM LIQUIDADOS

NESTA EDIÇÃO

MANUEL RUI
Angola já pagou a Portugal
Comunicação Social
e Justiça
OPINIÃO • 7

LUCIANO ROCHA
Maldita a doença
grosso da dívida certificada
O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa confirmou ontem, em “notável” a velocidade com que o processo está a decorrer. O
chamada dinheiro Luanda, que cerca de dois terços da dívida certificada de Angola Presidente João Lourenço garantiu, por sua vez, que Angola “vai
OPINIÃO • 7 a empresas portuguesas está a ser paga, num processo que se honrar todas as dívidas” às empresas portuguesas, desde que
iniciou há sete meses. Marcelo Rebelo de Sousa, que falava numa sejam certificadas. Foram certificados créditos de 265 milhões
MONTALEGRE conferência conjunta com o homólogo João Lourenço, considerou de euros, dos quais foram já pagos 144 milhões. POLÍTICA • 2

FRANCISCO BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO

“ Ordem
Agostinho Neto”
Maria Eugénia Neto
foi homenageada para Marcelo
de Sousa
ÚLTIMA • 32

NIGÉRIA
Comissão Eleitoral
POLÍTICA • 2
denuncia violações
ÁFRICA • 10

ENCONTRO EM LISBOA

“Fake news” são ameaça


global à democracia PRESIDENTE DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE
ESPECIAL • 12 | 13

RESÍDUOS SÓLIDOS
Entrudo deixou muito
lixo na Nova Marginal
Evaristo Carvalho diz ter poderes limitados ÁFRICA • 10
SOCIEDADE • 25

SERVIÇOS SECRETOS PELA TERCEIRA VEZ


Rússia anuncia detenção CARNAVAL EM LUANDA
de centenas de espiões
estrangeiros
MUNDO • 11 Chuva volta a inundar Vitória
GIRABOLA
a pediatria do Sumbe do Kilamba
O Hospital Pediátrico do Sumbe, feira. Os 126 pacientes que se
capital da província do Cuanza-
Sul, voltou a ficar inundada, pela
terceira vez, devido à chuva in-
encontravam ali internados fo-
ram transferidos de emergên-
cia para o Hospital Geral “17 de
contestada
CULTURA • 29
tensa registada na noite de terça- Setembro”. REGIÕES • 23

TERÇA-FEIRA
TERÇA-FEIR
Ç RA ONTEM
1-4 3-1
FC
FC POR
PORTO
RTO ROMA
ROM
MA

Petro de Luanda está


REAL MADRID
R AJAX
AJAX
OIT
OITAVOS
TAVOS
a um ponto do líder
DE FINAL
FI
0-1 1-3
DESPORTO • 31 BORU
BORUSSIA
SSIA TOTTENHAM
TOTTENH
TTENHAM 2 MÃ
2ª MÃO
M O PSG
PS G M.UNITED
M.UNITED
2 POLÍTICA Quinta-feira
7 de Março de 2019

ANGOLA E PORTUGAL ASSINAM 35 ACORDOS EM SETE MESES

Salto qualitativo na parceria estratégica


O Presidente português reconheceu haver avanços significativos da parte de Angola para quitar a dívida às empresas
portuguesas. Ao falar após conversações oficiais, Rebelo de Sousa revelou que dois terço da dívida certificada está a ser paga

João Dias FRANCISCO BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO que reconheceu haver avan-
ços de visita a visita. Revelou
Desde o momento em que que dois terços da dívida cer-
Angola e Portugal ultrapas- tificada está a ser paga.
saram o “irritante” que assom- “Isso só é possível porque
brava as relações, as autorida- há uma vontade política das
des dos dois Estados já assi- duas partes, o que reforça as
naram 35 acordos, o que eleva condições e relações de con-
a parceria estratégica entre fiança que envolvem os tra-
os dois países. balhadores dos dois países. O
Ontem, após as conversa- que se está a fazer não é para
ções oficiais com o homólogo o Presidente João Lourenço
português, Marcelo Rebelo ficar bem na fotografia. É, sim,
de Sousa, no Palácio Presi- para resolver o problema das
dencial da Cidade Alta, João pessoas”, afirmou.
Lourenço destacou o salto
qualitativo que as relações Regresso de angolanos
entre Angola e Portugal deram Sobre o apoio do Estado por-
no quadro da consolidação tuguês a uma possível vaga
das relações de cooperação e de angolanos a fixar residên-
a prová-lo está a assinatura cia em Portugal, o Presidente
dos 35 instrumentos jurídicos, da República portuguesa
em sete meses. disse ser “um consenso na-
Com a visita do Primeiro- cional que coloca Portugal
Ministro português, António entre aqueles países que têm
Costa, a Angola, e do Presi- uma visão aberta, ecuménica,
dente da República, João Lou- inclusiva e aberta em matéria
renço, a Portugal, foram assi- de migração”.
nados 24 acordos de coope- Marcelo Rebelo de Sousa
ração. Com a visita do Presi- considerou que, o caso dos
dente Marcelo Rebelo de Sousa países da CPLP, mais concre-
foram assinados ontem, no tamente, de Angola, não é um
Palácio Presidencial da Cidade ponto de discórdia, já que
Alta, mais 11 acordos, o que Presidentes de Angola e de Portugal falaram ontem à imprensa, após conversações no Palácio da Cidade Alta, em Luanda “acolher faz parte da maneira
totaliza 35 acordos, alargando como somos”. Rebelo de Sousa
as áreas de cooperação. respondeu positivamente a
“Quando tiver de voltar a Augusto Santos Silva. Um Portugal sobre Formação e principalmente em domínios da mesma. “Este é um assunto pergunta sobre a existência
Portugal ou quando o Presi- Protocolo de Cooperação capacitação de funcionários muito sensíveis, quer no rela- do qual se pode falar aber- ou não de apoio do Governo
dente Marcelo voltar, não entre o Ministério do Interior técnicos e diplomáticos. cionamento das empresas tamente”, afirmou. português aos angolanos que
teremos mais instrumentos e o da Administração Interna com o Estado, quer no domí- João Lourenço lembrou pretendam fixar residência
para assinar. Esgotamos todos de Portugal em Matéria de Resolver os problemas do povo nio da segurança social. que uma vez certificada a em Portugal.
os domínios da cooperação, Segurança e Ordem Interna Na visita ao Memorial António “Tudo isso só foi possível dívida, o devedor deve assu- Relativamente à questão,
pois, em sete meses, foram foi assinado pelo ministro do Agostinho Neto, uma frase fazer porque houve uma for- mir o compromisso de pagar, João Lourenço refutou a infor-
assinados 35 protocolos”, Interior, Ângelo Tavares, e escrita numa das paredes da- tíssima vontade política e num processo ainda em curso. mação segundo a qual uma
disse João Lourenço. pelo chefe da diplomacia por- quele monumento chamou a elevar do relacionamento a O Chefe de Estado ango- vaga de angolanos imigra para
Segundo o Chefe de Esta- tuguesa, Augusto Santos Silva. atenção do Chefe de Estado uma parceria estratégica e lano não mencionou o mon- Portugal, mas agradeceu a
do angolano, isso representa Ainda ontem, foi assinada português, Marcelo Rebelo de multilateral porque cobre as tante da dívida, por entender hospitalidade do povo por-
a vontade férrea dos dois paí- uma Declaração de Intenções Sousa: “O mais importante é posições que temos na CPLP, ser um assunto que diz res- tuguês que sempre acolheu
ses para cooperar em prol do relativa à Convenção sobre resolver os problemas do povo”, nas Nações Unidas, no rela- peito aos Ministérios das bem o povo angolano na fase
desenvolvimento dos dois Segurança Social entre Angola uma célebre afirmação do pri- cionamento marítimo no Finanças de Angola e Portugal. mais difícil da sua história.
povos. Para João Lourenço, a e Portugal, assinado em meiro Presidente angolano. Golfo da Guiné, bem como Realçou que o importante é Ao refutar a informação,
partir dessa visita, as relações Luanda em 2003, um Memo- Marcelo Rebelo de Sousa em África”, disse. que "há vontade de Angola o Presidente João Lourenço
de cooperação saem muito rando de Entendimento entre nota que há, em Angola, uma O Presidente Marcelo pagar a dívida e que a moda- lembrou que, de 2002 para
mais consolidadas. o Ministério da Acção Social, vontade política para se resol- Rebelo de Sousa considerou lidade ou forma de pagamento cá, se tem assistido ao regresso
Família e Promoção da Mulher verem os problemas do povo, excelente o actual nível das é proposta ao credor, que, de angolanos ao país. “Com
Mais 11 acordos de Angola e o Ministério do numa altura em que há, igual- relações entre Angola e Por- por sua vez, tem a possibi- o fim do conflito armado,
Entre os 11 acordos assinados Trabalho, Solidariedade e mente, uma notável vontade tugal, afirmando mesmo que lidade de negociar. “Não existe entenderam que era hora de
ontem entre Angola e Portugal, Segurança Social de Portugal, de reforçar os laços entre os as mesmas estão no "topo", nenhum credor que lhe tenha voltar. Exílio nunca é doce e
destaca-se um sobre Activi- um entre os ministérios da dois países, sobretudo, numa já que se trata de uma parceria sido imposta uma forma de a tendência do ser humano
dades Remuneradas de Mem- Educação de Angola e de Por- lógica em que se pretende estratégica, capaz e segura pagamento”, explicou. é sempre voltar à casa, ainda
bros de Família do Pessoal tugal, e um outro entre Angola olhar para o futuro em que o para enfrentar todos os impon- Ainda à propósito da dívida, que seja para morrer”, afir-
Diplomático e Consular entre e Portugal no domínio da Acti- essencial seja resolver o pro- deráveis que possam even- Marcelo de Sousa sublinhou mou. “Talvez fosse bom se
os dois países. vidade Marítima e Portuária. blema das pessoas. tualmente ter. que Angola e Portugal "só estão tivéssemos uma ideia em ter-
Este acordo permite que Angola e Portugal assi- À semelhança do homó- neste processo há sete meses mos de número. A mim pa-
os membros do agregado naram também o Memo- logo angolano, Marcelo Pagamento da dívida e, em sete meses, o importante rece que não corresponde à
familiar de missões diplomá- rando de Entendimento no Rebelo de Sousa congratu- Relativamente à dívida de é a vontade política que existe verdade”, acrescentou João
ticas possam exercer activi- domínio da Simplificação e lou-se com o facto de Angola Angola para com Portugal, para pagar a dívida. “É um Lourenço, referindo-se à su-
dades remuneradas no Estado da Modernização Adminis- e Portugal terem todas as envolvendo principalmente processo em curso e foi defi- posta vaga de imigrantes para
acreditado nas mesmas con- trativa, um outro entre o áreas de cooperação esgota- empresas de construção civil, nida uma metodologia pros- Portugal.
dições que os cidadãos desse Ministério angolano das das, sendo o fundamental o Presidente da República, seguida com afinco pelos Sobre os riscos a nível da
país e de acordo com a legis- Relações Exteriores e dos partir para a implementação João Lourenço, sublinhou governos dos dois países”, protecção recíproca de inves-
lação aplicável. O acordo foi Negócios Estrangeiros de dos acordos e protocolos, “não ser tabu alguém falar” realçou o Presidente português, timentos e principalmente
assinado pelos ministros das com o repatriamento de capi-
Relações Exteriores de Angola, tais, João Lourenço realçou
Manuel Augusto, e dos Negó-
cios Estrangeiros de Portugal,
Augusto Santos Silva.
Presidente Marcelo Rebelo de Sousa foi condecorado que “este perigo não existe
porque a própria União Euro-
peia e Portugal manifestaram
Angola e Portugal assi- O Presidente da República governo e líderes políticos. O Chefe de Estado ango- O país já condecorou com o interesse em nos ajudar a
naram, igualmente, um Pro- Portuguesa foi condecorado, Após a distinção, Marcelo lano, João Lourenço, mani- a Ordem Agostinho Neto Nel- repatriar o capital”. “Eles pró-
tocolo de Cooperação entre ontem, em Luanda, pelo homó- Rebelo de Sousa dedicou-a festou-se honrado por ter a son Mandela em 1990, José prios nos vão ajudar”, afirmou
os Ministérios da Adminis- logo angolano, com a Ordem ao povo português, que oportunidade de atribuir a Eduardo dos Santos em 1991, João Lourenço.
tração do Território e Reforma Agostinho Neto, a mais alta acompanha, dia-a-dia, soli- distinção, que perpetua o Kenneth Kaunda, Omar Bon- Por sua vez, Marcelo Rebelo
do Estado e o da Adminis- distinção do Estado angolano. dária e fraternalmente, todos nome do primeiro Presidente go, Aristides Pereira, Denis de Sousa disse não antever
tração Interna de Portugal. A Ordem Agostinho Neto os momentos da vida do de Angola, além de ser um Sassou-Nguesso, Robert Mu- problemas a nível da União
Pela parte angolana assinou é constituída por um único povo angolano, especial- reconhecimento ao elevado gabe, Quett Masire, Joaquim Europeia no que respeita à
o ministro Adão de Almeida grau e é concedida a nacio- mente os mais de 150 mil valor da personalidade do Chissano, Manuel Pinto da protecção do investimento e
e pela portuguesa o ministro nais e estrangeiros, em par- portugueses que vivem e tra- Presidente Marcelo Rebelo Costa e Fidel Castro, todos que não vê nada de específico
dos Negócios Estrangeiros, ticular chefes de Estado e de balham em Angola. de Sousa. em 1992. nesta questão.
POLÍTICA Quinta-feira
7 de Março de 2019 3
AULA MAGNA SESSÃO SOLENE NO PARLAMENTO
KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO

Presidente de Portugal realça


vivência democrática em Angola
Na sessão solene da Assembleia Nacional, por ocasião da sua visita, o Chefe de
Estado português afirmou que Angola e Portugal estão condenados a ser irmãos e,
por isso, devem retirar todos os proveitos desta irmandade
Marcelo Rebelo de Sousa foi à Faculdade de Direito da UAN
Adelina Inácio SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Portugal vê Angola como


Rebelo de Sousa defende uma potência a emergir,
um caminho na vivência
a humanização do Direito democrática e no combate
pela justiça e transparência,
bem como um peso geoes-
Gabriel Bunga afastam cada vez mais a pro- tratégico regional, conti-
ximidade que deve existir nental e universal.
O Presidente de Portugal, entre os humanos. A criação A afirmação foi feita on-
Marcelo Rebelo de Sousa, e aplicação das normas cons- tem, em Luanda, pelo Pre-
defendeu, ontem, em Luanda, titucionais, disse, devem ter sidente da República Por-
que o Direito e a Justiça devem em conta as mudanças e as tuguesa, Marcelo Rebelo de
estar ao serviço do homem. dinâmicas das sociedades Sousa, durante uma sessão
O também professor cate- no geral e de forma concreta solene do Parlamento ango-
drático jubilado falava a aca- as localidades. lano, por ocasião da sua visita
démicos angolanos, na O Presidente da República de Estado a Angola. O Chefe
Faculdade de Direito da Uni- Portuguesa disse que o prin- de Estado português afirmou
versidade Agostinho Neto, cípio e o fim último de criação ainda que Angola e Portugal
no quadro da visita de Estado de qualquer norma jurídica estão condenados a serem
que efectua a Angola. deve visar a salvaguarda da irmãos e, por isso, devem re-
O Chefe de Estado por- pessoa humana. tirar todos os proveitos desta
tuguês falou de questões uni- Rebelo de Sousa criticou irmandade.
versais e transversais do as instituições mundiais e “Estamos condenados a
Direito Constitucional, tendo nacionais que não se adaptam ser irmãos e mais vale assu-
sublinhado a necessidade às mudanças que ocorrem mirmos que o somos e dessa
de criação de normas cons- nas sociedades, o que prejudica inspiradora inevitabilidade
titucionais que defendem a as necessidades e interesses retirarmos todos os proveitos
dignidade das pessoas huma- das pessoas a quem se dirige para os nossos povos, do que
nas, de acordo com as rea- a sua acção governativa. teimarmos a negar uma rea-
lidades concretas geográficas O decano da Faculdade lidade irremovível. Sim, por-
e temporais dos povos. de Direito da UAN, André que essa fraternidade nunca
O político e académico Victor, considerou a presença desaparecerá”, disse o Chefe
português disse que as rápidas do Presidente Rebelo de Sousa de Estado português.
mudanças tecnológicas que um sinal claro da valorização O Presidente português,
se têm verificado no mundo da cultura e da ciência. que chegou à Assembleia
Nacional ao princípio da tarde
de ontem, acompanhado pelo
REBELO DE SOUSA NO MEMORIAL homólogo angolano, João
Lourenço, disse que a sua Marcelo Rebelo de Sousa discursou ontem numa sessão solene da Assembleia Nacional
presença no Parlamento é o
Angolanos foram exortados sinal de amizade que unem
os dois povos, “que não são guesa, consubstanciadas em congregador e depositário reacendeu a esperança de
a lutar pelos ideais de Neto entidades abstractas, (mas)
têm nomes e rostos, percurso
acções concretas no quadro
dos sucessivos programas
dos ditames que apelam à
amizade e à cooperação dos
uma Angola de liberdades e
unidade. “O país reergueu-
de vida que se cruzam aos de cooperação e da concer- dois países. se com os olhos virados para
O Presidente de Portugal sidente de Angola, com o milhares em Angola, Portugal tação diplomáticas nos fora O presidente da Assem- o futuro, preservando as lições
exortou ontem os angolanos objectivo de perpetuar a e em todo o mundo onde haja internacionais. bleia Nacional espera que, do passado para não repetir
a lutar pelos ideais de Agos- sua memória, como líder uma angolana e uma portu- Fernando da Piedade Dias após a visita de Marcelo Re- os seus erros”, frisou.
tinho Neto que defendem da luta armada de libertação, guesa e um português e um dos Santos afirmou que a belo de Sousa à Assembleia O presidente da Assem-
a liberdade, emancipação Estadista, homem de cultura angolano”. visita do Presidente Português Nacional, Angola e Portugal bleia Nacional afirmou que
e o desenvolvimento. e humanista. Marcelo Rebelo de Sousa ao Parlamento angolano tem estejam, cada vez mais, pró- o país passou para uma era
Marcelo Rebelo de Sousa A estrutura do Memorial, disse que Angola e Portugal uma particular importância ximos, mais emanados e mais das relações políticas, har-
falava à imprensa depois inspirada no poema de defendem um mundo mais para Angola, na medida em cooperantes. moniosas e de sã convivências
de ter visitado o Memorial Agostinho Neto “O caminho justo, pacífico, dialogante, que simboliza o aprofunda- entre os filhos da mesma
onde repousam os restos das estrelas”, tem uma torre respeitador do Direito Inter- mento das relações entre os pátria. “Escolhemos esta via
mortais do primeiro Presi- de 120 metros de altura, nacional e dos Direitos Hu- dois países. “Angola e Portugal por entendermos que é a única
dente de Angola, António mausoléu, sarcófago com manos, e mais atento às alte- O presidente da Assem- defendem um para a afirmação do nosso
Agostinho Neto. os restos mortais de Agos- rações climáticas e à justiça bleia Nacional lembrou as mundo mais justo, Estado, a realização do bem
“Todos os dias (os ango- tinho Neto, museu, galerias entre as gerações. relações históricas entre pacífico, respeitador comum, prosperidade e feli-
lanos), têm de lutar pela das profissões, exposições Angola e Portugal marca- do Direito cidade do nosso povo”, disse.
Sagrada Esperança, que se fotográficas e uma praça Cooperação parlamentar das por momentos altos e Internacional e dos Na prática, segundo Fer-
constrói dia após dia”, decla- para desfiles. O Presidente da Assembleia baixos, num processo dia- Direitos Humanos, e nando da Piedade Dias dos
rou o Estadista. António Agostinho Neto Nacional, Fernando da Pie- léctico compreensível que, mais atento às Santos, a sã convivência entre
No livro de honra, o 20º proclamou, a 11 de Novem- dade Dias dos Santos, propôs felizmente, resultou numa alterações os filhos da mesma pátria
Presidente da República bro de 1975, a Independência a Portugal uma nova era de relação franca, de fraterni- climáticas e à justiça inaugurou o princípio da
Portuguesa escreveu que a de Angola, de Portugal. No amizade, solidariedade e dade, amizade, respeito e entre as gerações” reconciliação nacional e tor-
sua visita ao Memorial Antó- discurso de proclamação cooperação entre os parla- vantagens mútuas. nou-o num dos princípios
nio Agostinho Neto é uma da Independência Nacional, mentos dos dois países. “A convivência de séculos fundantes da nova Angola.
homenagem “à memória Agostinho Neto afirmou que No seu discurso de boas- deixou marcas indeléveis e O presidente da Assem-
do pensador, poeta, peda- Angola trataria com especial vindas ao Presidente português, de influências entre os dois Fernando da Piedade Dias bleia Nacional acredita que
gogo e ao homem que via atenção as relações com Fernando da Piedade Dias dos povos, marcas muito pre- dos Santos afirmou que a é possível viver na diversi-
para além do seu tempo.” Portugal, porque desejava Santos afirmou que o Parla- sentes em Portugal e Angola, Assembleia Nacional é uma dade, respeitando a liberdade
Rebelo de Sousa disse tra- que elas fossem duradoiras, mento angolano deseja for- patentes nas nossas culturas instituição dos tempos novos de expressão e de pensa-
tar-se de um Memorial vivo, estabelecidas numa base talecer um quadro de coope- e que marcam as nossas e de uma nova Angola, res- mento. Fernando da Piedade
virado para o presente e para nova despida de qualquer ração parlamentar com Por- idiossincrasias”, disse. surgida com a Terceira Repú- Dias dos Santos reiterou que
o futuro, que retrata a obra, vestígio colonial. O primeiro tugal e, para tal, conta com o Fernando da Piedade Dias blica, num processo de re- a Assembleia Nacional está
o pensamento e a luta de Presidente de Angola defen- apoio do Presidente Marcelo dos Santos lembrou que Por- conciliação entre irmãos a preparar, para discussão e
Agostinho Neto. dia também que o então Rebelo de Sousa. tugal, embora marcado pela desavindos que acreditaram aprovação, o Pacote Legis-
Localizado na Nova Mar- contencioso com Portugal O líder do Parlamento an- cultura ocidental e Angola que o país só caminha com lativo relativo à institucio-
ginal de Luanda, o monu- fosse tratado com serenidade golano considerou excelen- pela cultura africana, par- a união de todos para um nalização, organização e
mento foi erguido para ho- para que não envenenasse tes as relações com a Assem- tilham a mesma língua, um mesmo objectivo. A paz funcionamento das autar-
menagear o primeiro Pre- as futuras relações. bleia da República Portu- elemento fundamental e alcançada em 2002, disse, quias em Angola.
4 POLÍTICA Quinta-feira
7 de Março de 2019

ORGANIZAÇÕES JUVENIS DE PARTIDOS DA OPOSIÇÃO REPRESENTANTE PERMANENTE


MARIA AUGUSTA | EDIÇÕES NOVEMBRO
Breves Francisco da Cruz
JORNALISMO POLICIAL
SECRETÁRIO DE ESTADO
DEFENDE ESPECIALIZAÇÃO
O secretário de Estado da
Comunicação Social, Celso
acreditado na UA
Malavoloneke, defendeu O novo embaixadorde Angola que esta dependa, cada vez
ontem, em Luanda, a na Etiópia, Francisco da Cruz, menos, de doadores interna-
especialização dos procedeu ontem à entrega cionais. Francisco da Cruz
jornalistas que tratam de das cartas credenciais ao pre- manifestou o desejo de o país
matérias ligadas à sidente da Comissão da União trabalhar nos assuntos urgentes
criminalidade, de formas a Africana (CUA), Moussa Faki da organização continental,
proporcionar uma Mahamat, que o acreditam bem como na prossecução
informação completa para como representante perma- dos objectivos da Agenda’2063.
os cidadãos. nente de Angola junto da União O Presidente da República
Celso Malavoloneke fez Africana (UA). nomeou, em Janeiro, Francisco
estas declarações durante o Uma nota da Embaixada de José da Cruz, para o cargo de
seminário de capacitação Angola na Etiópia indica que, embaixador de Angola na
dirigido a jornalistas de durante a audiência, decorrida República Democrática Fede-
diversos órgãos de na sede da UA, em Addis-Abeba, ral da Etiópia e representante
comunicação social, que o diplomata angolano assegurou permanente junto da União
decorreu na sala de a total cooperação do Governo Africana e Comunidade Eco-
reuniões do Ministério do angolano para o sucesso da mis- nómica para África.
Interior, numa iniciativa são do presidente da CUA, assim Antigo responsável pela
deste departamento do como reafirmou o absoluto Direcção América do Minis-
Executivo. compromisso para com os prin- tério das Relações Exteriores,
O secretário de Estado cípios e objectivos estratégicos Francisco da Cruz disse, aquan-
explicou que a da União Africana. do da tomada de posse, no
especialização em Neste sentido, Francisco dia 24 de Janeiro, que Angola
Jornalismo Policial permite da Cruz destacou como pila- tem muito interesse em par-
que os jornalistas tratem de res principais a paz e segu- ticipar nas discussões para
forma mais profunda rança, assuntos políticos, a criar mecanismos para que
Secretário-geral da UNITA falou em nome dos líderes juvenis da CASA-CE, PRS e FNLA matérias ligadas à Zona de Livre Comércio Con- a União Africana dependa
segurança pública, pelo que tinental e o reforço da voz e cada vez menos de doadores
defendeu mais formações representação de África em internacionais.

Jovens querem participar do género.


André da Costa
questões internacionais.
O embaixador sublinhou
que Angola está seriamente
engajada no apoio às reformas
Angola, disse, prepara-se
para ter maior presença na
UA, organização em que o país
é o 6º maior contribuinte,

no Conselho da República NAVIO DE GUERRA


“ÁLVARO CABRAL”
ATRACA NO LOBITO
O navio da Marinha de
institucionais e financeiras
em curso na UA, com vista a
depois da Argélia, África do
Sul, Egipto, Líbia e Nigéria.
DR

Guerra Portuguesa “Álvaro


Líderes da JURA, JPA, JPRS e FNLA realizaram ontem uma Cabral” atracou ontem na
conferência de imprensa, na qual anunciaram a pretensão cidade do Lobito, no
âmbito da cooperação
existente entre Angola e
Edna Dala Angola é subscritora. “Não jovens da oposição, na voz Portugal no domínio da
queremos políticas em forma de Agostinho Kamuango. Defesa. Segundo a porta-
As organizações juvenis dos de lei. Queremos uma lei para voz do navio, 1ª tenente
partidos da oposição com a salvaguarda dos direitos Dia da juventude Catarina Rolo, “Álvaro
assento no Parlamento defen- efectivos desta juventude Os líderes juvenis da UNITA, Cabral” tem como missão
dem a indicação de um mem- sacrificada e explorada”, de- CASA-CE, PRS e FNLA mani- específica a segurança da
bro do Conselho da República fendeu Agostinho Kamuan- festaram “total insatisfação” navegação. Além da
que represente a juventude, go, para quem não se deve com a data dedicada à juven- guarnição, dispõe de um
por constituir a maioria da confundir a política de Estado tude angolana. Os jovens da destacamento de
população angolana. com a Lei sobre as Políticas oposição reafirmaram que mergulhadores, o que Presidente da Comissão da UA recebeu as cartas credenciais
O desejo dos jovens da de Estado. não se revêem na data de 14 permite dar apoio a nível
oposição foi manifestado “O que o Executivo ango- de Abril, que foi o dia em de acções de mergulho.
ontem, em Luanda, pelo líder lano procura fazer - e de forma que tombou em combate o Em operações militares,
da organização juvenil da deliberada - é a inversão da comandante Hoji-ya-Henda, o navio tem várias GENEBRA
UNITA, Agostinho Kamuango, pirâmide, para ludibriar a patrono da JMPLA. capacidades, tanto em
durante uma conferência de juventude”, acusou o líder “Não é justo que o dia da termos de operações de
imprensa a que participaram
igualmente homólogos da
JPA (braço juvenil da CASA-
da JURA, para quem isso é
“algo inaceitável.”
morte (de Hoji-ya-Henda)
seja considerado o dia da
juventude angolana porque
apoio a sinistros, assim
como em operações de
resgate de pessoas, como
Ministro defende relatório
CE), JPRS e JFNLA.
Agostinho Kamuango, que “O representante da
todas as organizações juvenis
têm o seu patrono”, sustentou
apoiar outros navios.
Durante a visita ao navio da
sobre os direitos políticos
falou em nome dos líderes juventude não deve o líder da JURA, que falou Marinha de Guerra
das organizações juvenis dos ser confundido com em nome de todos os líderes Portuguesa, Catarina Rolo O ministro da Justiça e dos humanos, da aprovação do
partidos da oposição, escla- o mero privilégio juvenis da oposição. fez uma panorâmica geral Direitos Humanos, Francisco novo Código Penal, dos avan-
receu que o membro a indicar partidário, como se Agostinho Kamuango sobre o funcionamento do Queiroz, está desde terça- ços no acesso à Justiça e cida-
como representante dos tem assistido apelou ao bom senso da JESUS SILVA | EDIÇÕES NOVEMBRO feira em Genebra, na Suíça, dania, reforço do diálogo
jovens no Conselho da Repú- reiteradas vezes”, JMPLA e do Conselho Nacio- para participar na 125ª sessão com a sociedade civil, do
blica deve reunir consenso defendem os líderes nal de Juventude (CNJ), ordinária do Comité de Direi- combate à corrupção e ao
do Conselho Nacional de juvenis dos partidos enquanto plataforma que tos Humanos, onde defende, tráfico de seres humanos.
Juventude (CNJ). da oposição congrega várias sensibilidades desde ontem e até amanhã, O procedimento assenta
Numa clara alusão ao fac- juvenis para que se retome o II Relatório Periódico sobre na apresentação de uma inter-
to de o Conselho da Repú- o diálogo e se encontre uma a Implementação do Pacto venção por parte do repre-
blica ter um membro que re- Na ocasião, líderes juvenis data consensual que repre- Internacional dos Direitos sentante do Estado, seguida
presenta a organização juve- dos partidos da oposição exi- sente a todos. Civis e Políticos por Angola. de questões feitas pelos mem-
nil do partido no poder, Ka- giram igualmente a liberdade Para já, os líderes juvenis De acordo com uma nota bros do Comité de Direitos
muango considerou que o incondicional de dezenas de da oposição propõem o 4 de do Ministério da Justiça e Humanos (peritos especia-
representante da juventude jovens que se encontram Outubro, data da fundação dos Direitos Humanos, o lizados na matéria), respostas
não deve ser confundido com detidos por alegadamente do CNJ, como a data mais con- relatório foi elaborado pela do Estado e adopção de um
o mero privilégio partidário, se terem manifestado contra sensual para celebrar o Dia Comissão Intersectorial para relatório final com conside-
como se tem assistido rei- a violação dos seus direitos, Nacional da Juventude. Elaboração de Relatórios rações e recomendações para
teradas vezes. na província de Cabinda. Durante a conferência de mesmo. “Álvaro Cabral” Nacionais de Direitos Huma- serem implementadas.
No encontro, os líderes “Condenamos os actos de imprensa, o líder da JFNLA, tem 115,9 metros de nos (CIERNDH) e remetido A obrigação de os Estados
juvenis da oposição exigiram violação de direitos humanos Kiaku Samuek Kiala, anun- cumprimento, 14,9 de ao Comité de Direitos Huma- submeterem periodicamente
do Executivo a aprovação a que estão submetidos os ciou, para os próximos dias, largura e mobiliza-se a uma nos em Outubro de 2017. relatórios sobre as medidas
de uma Lei sobre Políticas jovens angolanos, com realce a realização de uma mesa velocidade de 32 nós, com O encontro serve, igual- adoptadas para tornar efec-
de Estado para a Juventude, para o caso recente de Cabinda redonda para a abordagem do duas turbinas acopladas, o mente, para a apresentação tivas as disposições do mesmo,
com vista a se cumprir o onde dezenas de jovens estão assunto. Kiaku Kiala garantiu que faz com que o consumo do quadro actual dos direitos assim como sobre os progres-
disposto na Constituição da detidos por se terem mani- que vai ser feito um convite à de combustível seja maior e humanos em Angola e seus sos realizados, consta do artigo
República e na Carta Afri- festado contra a violação dos JMPLA para que também faça a autonomia reduzida. desafios, do reforço do sis- 40º do Pacto Internacional
cana da Juventude, da qual seus direitos”, afirmam os parte da referida mesa redonda. Jesus Silva | Lobito tema de defesa dos direitos dos Direitos Civis e Políticos.
DESTAQUE Quinta-feira
7 de Março de 2019 5
PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO, EM ENTREVISTA À RTP

“É possível existirem
corruptos, mas
não ficarão
impunes”
Na véspera da chegada de Marcelo Rebelo
de Sousa a Angola, o Presidente da República,
João Lourenço, reafirmou, em entrevista à RTP,
a cruzada contra a corrupção. Não garante o fim
do problema, mas dá como certo a punição
dos infractores.

Na véspera da chegada a corrupção no país tinha atin- acompanhei tudo o que foi E para mostrar que o país considera que a Comunidade
Angola do homólogo por- gido níveis insustentáveis. feito de bom e de mau pelo está "a mexer", lembrou que dos Países de Língua Por-
tuguês, Marcelo Rebelo de Tinha de se fazer alguma meu partido." o Estado abriu concurso tuguesa devia dar mais aten-
Sousa, o Chefe de Estado an- coisa, sob pena de o inves- para "20 mil professores" ção a "questões de ordem
golano, João Lourenço, con-
“Na política, timento estrangeiro sair". As apostas de Angola e outros na área da Saúde. económica".
cedeu uma entrevista à RTP. além das relações "Este é um combate de Reconhecendo que encon- Decisões tomadas antes do "Temos privilegiado as
Na conversa, mostrou-se con- todos. Embora a iniciativa trou o país numa situação pedido de ajuda ao Fundo questões de ordem histórica,
victo de que o país será capaz
institucionais, tenha sido do MPLA, toda a económica difícil - "mas não Monetário Internacional, cultural e linguística. Angola
de lutar contra a corrupção as pessoais ajudam sociedade está envolvida. E de bancarrota" - devido à cuja intervenção no país deve assumir a presidência
e destacou o que considerou eu, como bom soldado, estou pouca diversidade da eco- será de índole técnica, pois dentro de um ano e esse será
a grande diferença para os
e as relações a fazer o que foi decidido", nomia angolana, que depen- as medidas que estão a ser o objectivo", anunciou.
tempos antes da sua tomada com o Presidente disse ao jornalista da RTP dia quase em exclusivo da implementadas foram apre- Disse ainda ter como refe-
de posse: Vítor Gonçalves. exportação de petróleo - João sentadas pelo Governo e rências Agostinho Neto - "o
"Ninguém pode garantir
Marcelo são boas” O Presidente da República Lourenço salientou ter o Go- não impostas pelo FMI. fundador da Nação, que levou
que daqui para a frente não reconheceu não ter sido sur- verno quatro áreas em que Quanto à relação com os o povo para a independência.
haverá corrupção. A única preendido com os índices aposta: Agricultura, Indústria, empresários portugueses, disse Foi o Moisés de Angola" - e
coisa que posso dizer é que à RTP foi mesmo a corrupção. de corrupção no país lem- Pescas e Turismo. que "gostaria de ver maior Nelson Mandela, pela "sua
é possível existirem corruptos, João Lourenço lembrou: brando: "Não sou alguém "Produzem riqueza, em- presença de empresas portu- capacidade de perdão", lem-
mas que não ficarão impunes. Foi "dos compromissos vindo de outro país, de outro prego e produtos de expor- guesas na área da Cultura, em brando que Israel ainda hoje
A diferença é que anterior- que o meu partido (MPLA) planeta, de outro partido tação, que podem pesar na várias indústrias, sobretudo "persegue os nazis, mais de
mente havia corruptos e im- assumiu perante os ango- político. Eu sou parte do sis- capacidade de gerar divisas", na Transformadora e Turismo". 50 anos depois (da II Guerra
punidade e agora, se houver lanos. Concluiu-se que a tema; cresci dentro do MPLA; explicou. Na área da cooperação, Mundial)".
corruptos, serão punidos.
Não há intocáveis. Esse tempo FRANCISCO BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO
ficou para trás."
O Chefe de Estado ango-
lano também frisou que
recebeu do Primeiro-Minis-
“As relações com Portugal
tro de Portugal, António
Costa, o compromisso de
que o país europeu iria "aju-
estão no pico da montanha”
dar, na medida do possí-
vel", a repatriar verbas que Na entrevista à RTP, João Lourenço as pessoais ajudam e as relações com
o Estado angolano considera fez elogios às relações pessoais com o Presidente Marcelo são boas. Juntámos
terem sido retiradas ilegal- Marcelo Rebelo de Sousa, deixou a cer- o útil ao agradável", sublinhou.
mente do país. teza de que a dívida às empresas por- Questionado se as relações com
Quanto à retirada de Isabel tuguesas é para pagar e que hoje a Portugal estão num bom momento,
dos Santos e de dois dos seus economia angolana está já a sofrer depois do processo judicial que envolveu
irmãos de cargos em empre- transformações para deixar de ser tão o ex-vice-presidente angolano, Manuel
sas controladas pelo Estado dependente do petróleo, que repre- Vicente, por suspeitas de corrupção,
e se essas decisões não repre- sentou 90% das exportações do país. enquanto presidente da petrolífera
sentavam uma perseguição João Lourenço defendeu o trabalho angolana Sonangol, disse:
à família do anterior presi- do Governo e, embora reconheça "Para Angola, essa questão foi rele-
dente de Angola, José Eduar- pobreza no país, frisou que "hoje vante, porque estávamos perante o Chefes de Estado de Portugal e Angola encontraram-se ontem em Luanda
do dos Santos, respondeu não se pode dizer que há fome em incumprimento de um acordo entre
negativamente. Angola". Mas há deficiências ao nível dois Estados e havia necessidade de posse - "A interpretação é vossa quando, adiantou João Lourenço, não se com-
"Essas pessoas têm outros da "habitação, acessos à água potável, uma das partes recordar à outra que se disse que foi intencional, não fiz prometendo no, entanto, com prazos.
irmãos. Por que razão essas energia, educação". existia esse acordo para cumprir. Feliz- referência a muitos países presente" "O montante da dívida varia con-
medidas foram só tomadas O Presidente João Lourenço festejou, mente, o bom senso prevaleceu". E, por -, João Lourenço garantiu que dentro soante o momento. Desde a minha
contra eles? Se se toca em na terça-feira, o 65.º aniversário, o que isso, as relações com Portugal "estão de três anos (deixando quase certa a visita, até agora, temos vindo a reduzi-
ministros, em generais e não coincidiu com a chegada de Marcelo no pico da montanha. De qualquer ideia de que se vai recandidatar em la e, nos próximos dias, faremos mais
se toca em cidadãos, só por- Rebelo de Sousa a Angola. Uma coin- forma, temos o dever de continuar a 2022), "quando houver novas eleições, um pequeno esforço no sentido de a
que são filhos de quem são? cidência que não o foi assim tanto, trabalhar, no sentido, não diria de manter não vou adiantar o que direi sobre Por- reduzir. Se fosse possível pagá-la de
A afirmação da perseguição como reconheceu, lembrando que esse nível, mas de subir ainda mais". tugal, mas será uma boa surpresa". uma vez, fá-lo-íamos. Mas o importante
à família do ex-presidente esteve em Portugal em Novembro, De tal forma estarão, que, depois Pagar a dívida de Angola a empresas é o devedor reconhecer a dívida e
não colhe", ressalvou. altura em que o convite foi feito. "Na de não ter feito uma referência a Por- portuguesas - cujo valor não especificou Angola a reconhece. Estamos a fazer
Um dos temas que mais política, além das relações institucionais, tugal, no seu discurso de tomada de - é um dos objectivos do Governo, um esforço para pagar", acrescentou.
tempo ocupou na entrevista
6 OPINIÃO Quinta-feira
7 de Março de 2019

EDITORIAL IMAGEM DO DIA


O divórcio entre a corrupção Jovem toma a iniciativa de tapar com areia buracos numa estrada do Zango 3
e pede aos automobilistas uma contribuição de 100 Kz
EDUARDO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

e a impunidade
O Presidente da República, João Lourenço, decretou o fim do “casamento
entre a corrupção e a impunidade”, um divórcio que, além de pecar por
tardio, se efectiva com efeitos práticos a cada dia que passa.
Em entrevista ao canal público de televisão portuguesa e quando
questionado sobre a actual batalha contra a corrupção, João Lourenço
deu garantias relativas ao combate à corrupção. Naturalmente, sem dar
garantias de que a corrupção vai cessar por completo, o Presidente da
República disse claramente o que se afigura como o mais expectável:
não vai haver impunidade.
“Ninguém pode garantir que daqui para a frente não haverá corruptos.
Essa garantia ninguém dá. A única garantia que podemos dar é que
poderá haver corruptos, mas não ficarão impunes”, disse o Presidente
João Lourenço numa clara advertência. Como o Chefe de Estado confirmou,
trata-se de um combate de todos os angolanos, que o Titular do Poder
Executivo apenas lidera e que, independentemente das falhas e excessos
que devem ser corrigidos ao longo da sua execução, deve continuar.
A advertência de que não haverá impunidade para quem incorrer
em actos de corrupção, não importa de quem se trate, deve ser acatada
por todos como uma espécie de cartilha pessoal da nova Angola que
todos pretendemos.
Não vale a pena cultivar-se velhos hábitos, por exemplo, relacionados
com o uso indevido do erário, com a recepção imerecida de vantagens fi-
nanceiras e materiais, entre outras práticas ilícitas, para depois quando se
vir a braços com a justiça alegar perseguição. Urge fazer um novo aprendizado
em que o contentamento, decorrente das condições proporcionadas pelo
trabalho ou legalmente conferidas a quem trabalha, gere ou toma decisões
em matéria económica e financeira, esteja em conformidade com as boas
práticas, transparência, legalidade, probidade, etc. E nesta senda, não há
dúvidas de que os bons exemplos têm de vir de cima, independentemente
do princípio da igualdade entre os cidadãos, para que em cascata toda a
sociedade se reveja e se reencontre neste novo paradigma.
Se formos bem sucedidos na promoção do estado de coisas que o Pre-
sidente da República pretende como padrão, nomeadamente a ideia clara
de que não haverá impunidade para nenhum acto de corrupção, acreditamos
que os níveis de corrupção baixam significativamente. Essa, no fundo e
realisticamente falando, é a meta com a qual todos nós podemos estar
comprometidos, atendendo a sua exequibilidade no curto, médio e longo
prazos. Hoje e embora seja ainda cedo para qualquer avaliação, podemos
olhar com maior optimismo quando se trata da responsabilização e acção
judicial contra casos que lesam o Estado. As alegações de perseguição e a
suposta selectividade dos actos judiciais, em que se encontram envolvidas
figuras até então impensáveis, demonstram bem a firmeza e a determinação
do Poder Executivo, Judicial e Legislativo em decretar o fim do casamento
entre as más práticas e a impunidade.

CARTAS DOS LEITORES


CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO PROPRIEDADE
Víctor Silva (presidente) Edições Novembro, E.P.
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS
Caetano Pedro da Conceição Júnior
Médias e pequenas empresas canismos que possam fazer com cos na Nova Marginal, em par-
SEDE:
José Alberto Domingos
Rui André Marques Upalavela Rua Rainha Ginga, 12-26 Sabe-se que muitas centenas de que, por exemplo, o crédito que ticular das músicas. Era bom
Caixa Postal 1312 - Luanda
Luena Kassonde Ross Guinapo
Redacção: 222 020 174 médias e pequenas empresas eventualmente venha a ser con- que os grupos carnavalescos
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS Telefone geral (PBX): 222 333 344
Filomeno Jorge Manaças Fax: 222 336 073 têm ido à falência em todo o cedido ao fomento de pequenas cantassem mais de uma música,
Mateus Francisco João dos Santos Júnior Telegramas: Proangola
país. Há empresários e acadé- e médias empresas chegue a pelo menos duas, quando se exi-
micos que têm estudado este fe- empresários e a patriotas e não bissem perante o júri.
nómeno e que têm ideias sobre a oportunistas e corruptos que Penso também que se devia
o que se deve fazer para se revi- só querem colocar o nosso di- pensar no Carnaval nos dife-
DIRECTOR:
Víctor Silva
Ferraz Neto (sub-editor) e Pereira Dinis talizar o tecido empresarial an- nheiro no estrangeiro, em pre- rentes bairros de Luanda, antes
DIRECTOR-ADJUNTO:
EDIÇÕES ESPECIAIS:
Adalberto Ceita, André dos Anjos, Domingos dos Santos,
golano, para que a economia juízo dos angolanos. Que não do desfile na Nova Marginal.
Caetano Júnior
DIRECTOR EXECUTIVO:
Leonel Kassana e Yara Simão cresça. É preciso que as pessoas se cometa mais o erro de se dar Parte considerável da popula-
Guilhermino Alberto
FOTOGRAFIA: que têm o poder de tomar deci- dinheiro a pseudo- empresários, ção de Luanda vive em bairros
Francisco Bernardo (editor-chefe),
EDITOR EXECUTIVO: Rogério Tuti (editor), sões no nosso país compreendam que andaram a enganar as pes- suburbanos, pelo que faz sen-
Diogo Paixão José Cola, Adérito Cortez, Dombele Bernardo, Domingos Cadência, Eduardo Pedro,
SUB-EDITOR EXECUTIVO:
João Gomes, José Soares, Maria Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, que sem pequenas e médias em- soas e a desrespeitar os cidadãos tido que haja Carnaval nestas
Nuno Flash, Paulo Mulaza, Kindala Manuel, Santos Pedro;
Cândido Bessa presas dificilmente se conseguirá que honestamente trabalham circunscrições.
CORRESPONDENTES PROVINCIAIS:
reduzir o desemprego. Alguma para sustentarem as suas famí- HELENA NARCISO
GRANDE REPÓRTER: Marçal
Luísa Rogério
Adão Diogo (Lunda Sul),
Alberto Coelho (Cabinda),
coisa deve ser feita para que es- lias.
João Mavinga (Zaire),
Vladimir Prata (Namibe),
sas empresas que foram à falên- GERVÁSIO PANZO
EDITORIAS:
POLÍTICA: Esídoro Natalício (Cuanza-Norte),
Luís Pedro (Cuanza-Sul),
cia voltem a funcionar. Samba
Santos Vilola (editor-chefe),
Fonseca Bengui (sub-editor) e Bernardino Manje (sub-editor) Noé Jamba (Bengo),
Francisco Curinhingana (Malanje)
Não podemos mais pensar ape- Apoio aos médicos
Adelina Inácio, João Dias, Edna Dala,
Garrido Fragoso e Gabriel Bunga Fernando Cunha (Huambo),
João Constantino (Bié),
nas em projectos megalómanos. É necessário que se apoie em
OPINIÃO:
Ambrósio Clemente (editor-chefe), Faustino Henrique (sub-ditor)
José Chaves (Andulo),
Jaime Azulay (Benguela),
Temos de pensar, também, em O nosso Carnaval todo o país o trabalho dos mé-
SOCIEDADE: Jesus Silva (Lobito),
Estanislau Costa (Huíla),
projectos que resultem em bem- Em minha opinião, o Carnaval dicos. Há muitas doenças no
Nhuca Júnior (editor),
Alberto Pegado (editor), Joaquim Aguiar (Lunda-Norte),
Silvino Paulo (Uíge),
estar para as famílias em todo na capital esteve este ano muito nosso país e são necessários mui-
José Meireles (editor),
Rodrigues Cambala, André da Costa, Kilssia Ferreira, Manuela Gomes, Lourenço Manuel (Cuando Cubango),
Quinito Kanhamei (Cunene),
o território nacional. Muitos "frio", apesar do calor que se tos médicos. É importante que
Augusto Cuteta, Alexa Sonhi, César André, César Esteves, Edivaldo Cristóvão,
Carla Bumba e Mazarino da Cunha Samuel António (Moxico), empresários não têm dinheiro faz sentir em Luanda. Muitas os médicos ganhem salários dig-
REGIÕES:
Sérgio Chivaca (editor-chefe), PAGINAÇÃO E ARTE: para voltar a colocar os seus pessoas acham que tal se deve nos e que lhes sejam dadas con-
Béu Pombal (sub-editor),
Filipe Eduardo
Salvador Escórcio (Editor), Soares Neto Eugénia Victor, Augusta Lucéu, Tomás Cruz,
Noé Pungue, Evaristo Sacupalica, João Augusto, Josefa Abreu, Maria Messele, Alberto
projectos em marcha. Não po- ao facto de as pessoas estarem dições de trabalho para poderem
ECONOMIA:
Bumba, Inês Quingando, Margarida Zilungo, Maria da Silva, Saldanha Pedro, Henrique
Faztudo, António Quipuna, Raúl Geremias, João Mundaka,
demos passar a vida a descon- a passar por muitas dificuldades assistir convenientemente os
Cristóvão Neto (editor-chefe),
Armando Estrela (sub-editor), CARTOON E ILUSTRAÇÃO:
fiar dos empresários angolanos. financeiras e de não estarem, doentes. Há, infelizmente, médi-
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena José, Natacha Roberto e Victorino Joaquim
MUNDO:
Armando Pululo e Casemiro Pedro Nem todos os angolanos são por isso, motivadas para par- cos que não se sentem motivados
Bernardino Fançony (editor-chefe), António Canepa desonestos. Era uma minoria ticipar em festas. Há quem dis- para o trabalho, porque não lhes
COPY DESK:
DESPORTO:
Amândio Clemente (editor-chefe),
Rui Ramos, Paulo Pinha, Arlindo Soares, Esperança Vieira Dias, João Sá. que no passado se intitulava sesse que ninguém saía de sua dão condições para salvarem vi-
Anaximandro Magalhães (sub-editor), António Cristóvão,
Armindo Pereira, Teresa Luís, Vivaldo Eduardo,
de empreendedores, mas que casa para dançar e cantar de das. Sei que tem havido esforços
António de Brito e Honorato Silva O Jornal de Angola afinal só queria conseguir di- barriga vazia. A miséria é uma para se melhorar a situação, ha-
CULTURA: utiliza os serviços da ANGOP, AFP, Reuters, EFE e Prensa Latina
António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (sub-editor), nheiro junto dos bancos públicos realidade no nosso país, mesmo vendo hoje hospitais mais orga-
Francisco Pedro (sub-editor),
Amilda dos Santos, Manuel Albano, Mário Cohen e Roque Silva PUBLICIDADE: para nada fazer em prol do cres- na capital. Há muita gente que nizados e mais humanizados. Mas
(+244) 937 550 262
GENTE E FIM-DE-SEMANA:
(+244) 949 770 006
cimento da nossa economia. só tem uma refeição por dia, é preciso fazer mais.
António Cruz (editor-chefe),
Isaquiel Cori (editor) e-mail: publicidade@jornaldeangola.com Não é difícil saber quem é quem quando há. Gostei entretanto do AURÉLIO PINTO
Edna Cauxeiro (sub-editora),
no nosso país. Que se criem me- desfile dos grupos carnavales- Terra Nova
OPINIÃO Quinta-feira
7 de Março de 2019 7
O CÁGADO ESTÓRIAS
E AS PALAVRAS DO SILÊNCIOO DE ONTEM E HOJE
Manuel Rui CITAÇÕES Luciano Rocha

“Respeitamos Maldita a doença


Comunicação Social e Justiça a soberania
angolana e,
portanto, o que chamada dinheiro
o poder político
Alguns leitores provavelmente riram-se com o título, dizendo
angolano para consigo próprios tratar-se de doença inevitável, pois
Mais tarde contarei como e porque razão ainda estou até ser resgatado. E apesar dos pesares ainda tem decidir, decide sem dinheiro não se vive, mas se foi isso que pensou esque-
na Melói. Por agora vamos à crónica. Com todo o po- gente que navega à vela e o remo é modalidade olím- no âmbito ceu-se que há formas e formas de o ganhar.
tencial da rádio e da televisão, o jornal continua a pica… e as televisões costumam apresentar as capas naturalmente da O dinheiro, desde que existe, pode ser doença endémica,
ser para mim e muitas pessoas, o meio de receber dos jornais e comentários de um especialista. sua soberania capaz de transtornar pessoas de todos os níveis, por ser
notícias com mais empatia e intimidade. Tem o sor- Hoje, os jornais ganharam o espaço do chamado própria. Não matreira, mais doce do que o mel, atraente como íman. Nascida,
tilégio do papel, essa parte activa de estarmos a ler, jornalismo de investigação que a televisão logo ab- provavelmente desde que ele existe, como comprova a História
participar, ler um pedaço no avião e levar o jornal sorveu com a vantagem de manipular imagens recor- temos de nos Universal. Sem ser necessário recuar muitos séculos, recorde-
para depois ler um texto destacado que, eventual- rendo incluso ao sequencial da telenovela e ao sen- imiscuir nessa se um dos casos mais conhecidos de sempre, a venda de
mente, poderá ser recortado e guardado. O mesmo sacionalismo. Isso faz em Portugal uma televisão que soberania nem Cristo, por Judas, um dos discípulos directos dele, que não
não acontece com a rádio ou televisão em que somos se prende ao crime, tornando pessoas desconhecidas formular juízos resistiu ao encanto de 30 dinheiros. Que, naquele tempo, devia
ouvintes ou espectadores. E há jornais que são refe- em presumíveis criminosos, quase artistas, como a acerca daquilo ser uma “pipa de massa”. Embora não comparável, mesmo
rência mundial pela sua suposta isenção e obediência mulher que terá com o amante assassinado o marido que se passa com a inflação, à do saque das nossas províncias diamantíferas
à verdade. Na rádio e televisão também acontece re- e passa a vida a declarar, mal contado, que foram três ou ao dinheiro angolano posto à socapa em paraísos fiscais.
ferir-se esta ou aquela como verdadeira, foi o caso, angolanos… e isto vende muito como vende no jornal nesse país irmão” Mas, o traidor naquele caso, ao que parece, enforcou-se. Dizem
por exemplo, da BBC, de onde o icónico do grupo os anúncios de sexo exposto Marcelo Rebelo os textos dos cronistas de então, que por arrependimento.
e já falecido jornalista Fernando Peça com fotografias de raparigas, travestis de Sousa Mas, que se saiba, não houve contraditório, nem que ele tenha
Presidente de Portugal
noticiava sobre a 2ª guerra mundial. superdotados, rapazes e outros pro- revelado a alguém o que ia fazer. Podem ter sido outras as
Há pessoas que têm o seu jornal de O jornalismo gramas das páginas de convívio. razões: o kitári ter acabado numa taberna, em qualquer jogo
eleição, é nesse que confiam. Há outras
pessoas que partindo do princípio de
de investigação A investigação jornalística chega
a revelar matérias em segredo de
“Numa de batota ou o vinho chegado ao fim e já não ter o amigo que
acabara de traficar para transformar a água em algo mais sa-
democracia,
que um determinado jornal escreve
deturpações da realidade, optam por
é mais lesto justiça, dando notícias e imagens to-
dos dias, levando o cidadão a acre- há mecanismos
boroso e inebriante para comemorar o negócio, simplesmente
não ter encontrado forma de pôr o dinheiro a salvo noutras
intenção e marca política com a capa e é uma forma ditar na previsão da sentença. Mes- judiciais que
devem funcionar
paragens, ter sido impedido de atravessar a fronteira, apenas
repleta de fotografias de governantes mo os magistrados devem sentir-se roubado. Sabe-se lá se, ao contrário do que se propagou, não
chamados de corruptos e outras de- de vender notícia constrangidos com uma sentença no quadro do foi aí que nasceu a máxima
signações pouco abonatórias. Obser- já dada e que tem a anuência de mi- “ladrão que rouba ladrão, tem
vam esses jornais na intenção de os o que não acontece lhões de pessoas.
direito vigente”
Os anos passaram, cem anos de perdão” e o Bar-
Idem
contrapor aos outros, dá-lhes prazer
ler mentiras. Mas há os menos cultos com o judicial, A generalidade das pessoas sen-
te-se cercada pela televisão. Antiga-
os métodos rabás não está agora a gozar
as delícias do paraíso, ao lado
e informados, economicamente mais lento e despesista mente, depois da 2ª guerra mundial, “É em tempo de de enriquecimento de santas e santos, servidos
fracos que buscam nesses jornais os o importante era a prosperidade, por anjos que não têm sexo!
culpados da sua pobreza. com o jornalismo hoje é a defesa, o terrorismo e o me-
paz que melhor criminosos A verdade é que Jesus Cris-
se preparam as
A internet e as redes sociais alteraram
toda a mundividência comunicacional. a desvendar
do até de ser esfaqueado na rua por
alguém e por vezes tantas nem se- estratégias para alteraram-se, to (JC) que sempre preferiu
pobres a enfatuados, casas
Agora o cidadão detém um pequeno quer é do Islão fundamentalista. a preservação mas a doença modestas, até casebres, a pa-
instrumento como um telefone celular. magistrados Aqui, um juiz profere sentenças me- da soberania peganhenta lácios e palacetes da realeza
dievais contra as mulheres adúlteras.
Com ele uma simples quitandeira pode
avisar ou ser avisada que vão aparecer corruptos e até Vem sendo criticado, ridicularizado
nacional”
do dinheiro
e burguesia servil, que nunca
roubou ninguém a não ser as
os agentes das provas de atletismo para
as quitandeiras. Um só celular pode di-
um que vendia por humoristas dos jornais e televi-
são. Calcule-se que o dito cujo juiz
Francisco José
Comandante da Marinha
de Guerra Angolana
mantém-se, carícias perfumadas de Ma-
dalena, que se ganhou de
rigir de dentro de uma cadeia grandes
operações de tráfico de armas ou drogas.
sentenças constituiu advogado e vai processar
quem o ofendeu…
aumenta até, amores por ele, foi uma das
vítimas da atracção pelo di-
E pelo celular pode-se receber notícias Mas da essência de que falava é “O nosso em todos os nheiro e continua a ser usado
dia-a-dia
rápidas, verdadeiras ou falsas. E ainda
se podem cometer crimes como os que vão aconte-
o cerco que a comunicação social
mais as redes sociais fazem às instituições. Estamos passará a ser Continentes, para outros “Judas” levarem
vida faustosa a fazer peva.
cendo, especialmente no domínio da violação de a falar do poder judicial. O jornalismo de investigação a defesa dos com micróbios Dos primeiros tempos do
menores. Chefes de Estado como Trump, usam o seu é mais lesto e é uma forma de vender notícia o que zimbo, fácil é de imaginar as
sítio para divulgarem suas intenções políticas e um não acontece com o judicial, lento e despesista com
cidadãos nos 14 mais resistentes disputas, traições, roubos, as-
municípios
ex-presidente de um grande clube português, usava
mensagens reproduzidas na televisão contra os jo-
o jornalismo a desvendar magistrados corruptos e
até um que vendia sentenças. da província, a eventuais sassinatos que ele originou
por significar riqueza, poderio.
gadores da equipe principal de futebol e caiu vitimado Se tudo continua neste rumo, com a comunicação mas a cédula tratamentos Mas então, presumo, sem ne-
pela sua própria verborreia. a revelar os segredos de justiça que não lhes caem que receberam cessidade ainda de recorrer
Outro dia, no congresso Correntes D´escritas, vol- do céu (serão vendidos por quem?), se o jornalismo serve para ao JC, nem prometer-lhe o
tou à baila que os jornais de papel têm os dias contados de investigação incomoda os outros poderes, ou se o território quer que fosse “em troca” de atingir objectivos criminosos.
e, mais tarde ou mais cedo vão acabar. É uma maka dá a volta à curva ou os juízes não poderão julgar O que se não pode dizer do comércio de escravos. Abençoado,
parecida com os barcos a vapor a que os barqueiros contra a vontade popular que já assimilou a sentença
nacional, em nome dele. Já nessa época, das mais sangrentas e enlutadas
se opunham. E vieram barcos de todo o tipo e um, dos jornais, das rádios, das televisões e das redes independentemente da nossa História - e houve tantas - e vergonhosas da Huma-
imortalizou-se por se ter afundado, morreu muita sociais. Nessa altura, é melhor acabar com o poder dos escritórios nidade, havia “Judas”. Homens e mulheres, indignos desse
gente e houve quem se salvasse remando em baleeira judicial sobrando a justiça da comunicação social… onde estiverem nome, que procuravam as boas graças do ocupante para ven-
filiados” derem pessoas, encherem porões de navios com elas, rumo
a lugares desconhecidos de onde não mais voltaram. As so-
DR Teotónio Ulonda breviventes. Que muitas, pereciam pelo caminho e eram
Presidente do Conselho
Provincial da Ordem atiradas ao mar.
dos Advogados da Huíla
Esses homens, mulheres, crianças, todos arrancados ao
convívio de famílias e amigos, eram, na hora da partida sem
“Urge enviar-se volta, abençoados em nome de um deus desconhecido para
médicos ao poderem “morrer em Cristo”.
Os anos passaram, os métodos de enriquecimento crimi-
Hospital do nosos alteraram-se, mas a doença peganhenta do dinheiro
Município de mantém-se, aumenta até, em todos os Continentes, com
Mavinga, micróbios mais resistentes a eventuais tratamentos. Angola
sobretudo é dos países mais atingidos. Porque cada vez mais pessoas,
especializados que à inteligência nada devem, acreditaram estar imunes e
em clínica geral e espalharam-na pelos labirintos do nepotismo. Em vez de se
resguardarem, acintosa e desavergonhadamente exibiram
pediatria, para as chagas nojentas como troféus.
lutar contra as O mal é mundial, mas entre nós já houve melhores dias
doenças que para corruptos e afins. Mesmo que se saiba que o apelo ao di-
assolam a nheiro fácil é crescente e incentivado pelo nepotismo, nas
população” mais variadas formas e roupagens, que leva, por exemplo, à
ocupação de cargos para os quais muitos não estão minima-
Manuel José Sambo mente habilitados. O dinheiro pode, mesmo, ser doença
Director do Hospital
Municipal de Mavinga maldita. Mas há de ter cura.
8 Quinta-feira
7 de Março de 2019

PUBLICIDADE

(700.012a)

RECRUTAMENTO
VÁRIAS POSIÇÕES (LUBANGO, MOÇÂMEDES E ONDJIVA)
O projecto FRESAN - Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Os Termos de Referência para cada uma das posições podem ser solicitados
Nutricional em Angola, financiado pela União Europeia e gerido pelo Camões - Ins- através do email: fresan.recrutamentoangola@gmail.com, ou presencialmente
tituto da Cooperação e da Língua, I.P, anuncia o recrutamento para as seguintes na Embaixada de Portugal em Angola, ou nos Governos Provinciais da Huíla, do
posições: Assessor/a de Monitorização e Avaliação, Técnico/a da subvenções, As- Namibe ou Cunene nos Gabinetes de Suas Excelências Senhoras Vice-Gover-
sistente Administrativo/a, Assistente Logístico/a, Motorista, Assistente de Limpeza. nadoras para os Assuntos Sociais.

CONTEXTO CANDIDATURA
O FRESAN « tem por objectivo contribuir para a redução da pobreza e da vulne- As candidaturas devem incluir os seguintes documentos: carta de apresentação,
rabilidade à insegurança alimentar e nutricional nas províncias do Sul do País curriculum vitae, cópia dos certificados de habilitações, cartas de referência de
(Cunene, Huíla e Namibe), sobretudo através do reforço sustentável da agricul-
dois empregadores anteriores.
tura familiar, promoção de melhor nutrição e desenvolvimento de capacidades
nas instituições, especialmente nas tutelas da agricultura, nutrição, ambiente e As candidaturas devem indicar claramente a posição a que dizem respeito e ser
protecção civil. submetidas electronicamente, por email, para os endereços:
fresan.recrutamentoangola@gmail.com com conhecimento de
POSIÇÕES A RECRUTAR
Neste momento, no âmbito da fase de instalação do projecto, são anunciadas as matteo.tonini@camoes.mne.pt ou directamente nos seguintes locais:
vagas para as seguintes funções: - Embaixada de Portugal em Angola – Camões, IP (Ao cuidado de Matteo Tonini)
- Governo Provincial da Huíla (Gabinete de Sua Excelência Senhora
1. Assessor/a de Monitorização e Avaliação (1 posição): Lubango
Vice-Governadora)
2. Técnico/a das subvenções (3 posições): Lubango, Moçâmedes e Ondjiva
3. Assistente Administrativo/a (4 posições): Lubango (2), Moçâmedes e Ondjiva - Governo Provincial do Cunene (Gabinete de Sua Excelência Senhora
4. Assistente Logístico/a (1 posição): Lubango Vice-Governadora)
5. Motorista (4 posições): Lubango (2), Moçâmedes e Ondjiva - Governo Provincial do Namibe (Gabinete de Sua excelência Senhora
6. Assistente de limpeza (3 posições): Lubango, Moçâmedes e Ondjiva Vice-Governadora)
Prazo de candidatura: Sexta-feira, dia 15 de Março de 2019.

(500.244)
Quinta-feira
7 de Março de 2019 9
PUBLICIDADE

(500.173)

(700.020)
10 ÁFRICA Quinta-feira
7 de Março de 2019

CONSTITUIÇÃO DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE ARGÉLIA


DR
Breves Oposição considera
SENEGAL
CONSELHO
CONSTITUCIONAL
CONFIRMA EM DEFINITIVO
Bouteflika “inelegível”
ELEIÇÃO DE MACKY SALL
O Conselho Constitucional Os principais partidos da tentarem ganhar tempo. O
do Senegal confirmou oposição na Argélia pediram Presidente, de 82 anos, foi
ontem, em definitivo, a aplicação do artigo 102 da internado num hospital suíço
a vitória do Presidente Constituição para declarar o no domingo, mas não há
senegalês, Macky Sall, Presidente do país, Abdulaziz informações sobre o seu real
na primeira volta das Bouteflika, “inelegível” para estado de saúde.
presidenciais de 24 de o pleito marcado para 18 de “É uma manobra para
Fevereiro com dois milhões Abril, noticiou ontem a Efe. derrotar o movimento po-
554.605 votos, ou seja 58,27 Em comunicado con- pular e os seus objectivos,
por cento do total junto, os líderes opositores os seus sacrifícios e uma
sufragado, noticiou a criticaram a carta atribuída tentativa de prolongar a vida
Panapress. O seu principal domingo ao Presidente, que deste sistema”, afirmaram
rival, o candidato da está hospitalizado na Suíça. os opositores, que pediram
coligação “Idy” 2019, No texto, Bouteflika promete à sociedade civil para man-
Idrissa Seck, ficou em iniciar um processo para ter as manifestações contra
segundo lugar, com 20,5 escolher o seu sucessor, mas o Presidente.
por cento dos votos, o documento foi visto com Os protestos contra Bou-
Chefe de Estado são-tomense empossou nova equipa de assessores para a Presidência seguido de Ousmane cepticismo pelos críticos, teflika começaram no dia 22
Sonko, da coligação que acreditam que o movi- de Fevereiro e, desde então,
“Sonko Presidente”, que mento afectaria a estabili- foram crescendo de forma

Evaristo Carvalho diz


obteve 15, 67 por cento, dade do país. exponencial. No passado
ou seja 687.065 votos dos “Exigimos a aplicação do fim-de-semana, a capital
sufrágios. Os candidatos artigo 102 da Constituição, da Argélia foi palco da maior
do Partido da Unidade e da que declara a vacatura da manifestação política contra
Coligação (PUR), El Hadji Presidência devido ao estado o Governo da última década.

ter poderes limitados Issa Sall, e da Coligação


“Madické 2019”, Madické
Niang, ficaram na terceira
e quartas posições,
respectivamente, obtendo
de saúde do Presidente e o
adiamento das eleições.
Rejeitamos um quinto man-
dato, que poderia provocar
outros dramas e perigos”,
Apesar disso, no domingo,
o ministro de Transportes,
Abdelghani Zaalane, chefe
da campanha de Bouteflika,
inscreveu o Presidente como
Na cerimónia de tomada de posse dos seus novos assessores, 04,07 por cento e 1,48 dos sublinharam os opositores. candidato nas eleições de
o Presidente Evaristo Carvalho reconheceu que, face à actual votos. A oposição que não Quanto à carta, eles acre- 18 de Abril, tendo agora o
interpôs recursos, como ditam ser uma táctica dos Tribunal Constitucional dez
Constituição de São Tomé e Príncipe, os seus poderes autoriza a lei, facilitou aliados de Bouteflika para dias para a validar.
executivos estão limitados, o que obriga a um maior trabalho as deliberações dos “Sete DR

de equipa por parte de quem o acompanha, isto na altura em Sábios” do Conselho


Constitucional que
que o Primeiro-Ministro entregou no Parlamento uma confirmaram assim os
proposta de Orçamento para este ano no valor de 150 resultados provisórios
proclamados quinta-feira.
milhões de dólares
Victor Carvalho e Urbino Botelho, ex-minis- na expectativa da aprovação QUÉNIA
tro dos Negócios Estrangeiros desses diplomas, a economia GREVE DEIXA
e Comunidades, ambos do está parada”, advertiu o pri- PASSAGEIROS EM
O Presidente de São Tomé Governo anterior, de Patrice meiro-ministro. TERRA NOS PRINCIPAIS
e Príncipe, Evaristo Carvalho, Trovoada (primeiro-ministro Jorge Bom Jesus disse que AEROPORTOS
reconheceu que a Consti- até às eleições de 2018), para se trata de um orçamento de Milhares de passageiros
tuição da República “limita” os cargos de assessor para emergência, tendo sublinha- ficaram ontem em terra
a sua intervenção executiva, as Relações Internacionais do que o seu Executivo quer nos quatro principais
o que obriga a uma “cola- e Económico e Financeiro, ter, em Novembro, “uma exe- aeroportos do Quénia
boração sincera” entre todos respectivamente. cução muito próxima dos devido a uma greve dos Candidatura de Abdelaziz Bouteflika é alvo de contestação
os membros da nova equipa Evaristo Carvalho nomeou 80 por cento, quiçá mais do trabalhadores, revelou
da Presidência. ainda Elísio Teixeira como que isso”. a BBC. De acordo com
“Como sabem, o figurino seu assessor jurídico, Arlindo O OGE prevê um cresci- a estação inglesa NIGÉRIA
actual da nossa Constituição Bragança Gomes, para chefe mento económico até cinco de televisão, o principal
limita muito as intervenções da Casa Civil e Armindo Silva por cento, não contempla o aeroporto afectado
do Presidente da República,
sobretudo na esfera execu-
Rodrigues, para chefe da
Casa Militar do Presidente
aumento salarial na função
pública e tem as infra-estru-
foi o Internacional Jomo
Kenyatta, em Nairobi, onde
Comissão eleitoral
tiva”, disse Evaristo Carva- da República. turas como o sector que bene- só no período da manhã
lho, segundo a agência Lusa,
na terça-feira, na cerimónia Orçamento de 150
ficia da maior fatia, 23 por
cento da verba.
foram cancelados 60 voos.
Os aeroportos de
denuncia violações
da tomada de posse dos milhões de dólares A saúde, educação e a Mombasa, Eldoret e
novos membros do seu gabi- O primeiro-ministro são- agricultura e pescas são áreas Kisumu foram também A comissão eleitoral nigeriana “A conduta de certos mem-
nete, que foram nomeados tomense, Jorge Bom Jesus, que vão beneficiar de “par- fortemente afectados (INEC) disse que algumas das bros das agências de segurança
há uma semana. entregou no Parlamento, ticular atenção” do Execu- pela greve que o Governo suas funcionárias sofreram em alguns locais é um assunto
“O poder do Presidente para discussão e aprovação, tivo, com 16 por cento, 15 já condenou, ameaças e violações durante que preocupa seriamente a
da República está pratica- os projectos do Orçamento por cento e 12 por cento, res- considerando-a “ilegal”, o desempenho do seu traba- comissão”, refere o comuni-
mente reduzido aos actos de Geral do Estado (OGE) e as pectivamente. por surgir num momento lho nas eleições gerais do cado da INEC.
promulgação de diplomas Grandes Opções do Plano Sem referir o tecto atri- em que decorrem passado dia 22 de Fevereiro. O actual Presidente da
pro duzido s tanto p ela (GOP) para 2019, avaliado buído ao sector militar, o conversações com os “Apesar das eleições se Nigéria, Muhammadu Buhari,
Assembleia Nacional como em 150 milhões de dólares, primeiro-ministro afirmou sindicatos para tentar terem celebrado em relativa conseguiu a reeleição à pri-
pelo Governo”, acrescentou com uma forte aposta nas que a “tónica deste orça- resolver o problema. paz, observámos episódios meira volta nas eleições de
o Chefe de Estado. infra-estruturas. mento está colocada preci- Em Nairobi, além da greve de violência em vários esta- sábado passado, à frente do
Na semana passada, em “Nós temos um OGE com samente no crescimento realizou-se também uma dos, assim como ameaças, seu principal rival, Atiku
decreto presidencial, Evaristo um tecto de cerca de 150 económico, numa cruzada manifestação dos assédio, discriminação, agres- Abubakar, que não reconhe-
Carvalho nomeou quatro milhões de dólares e prepa- contra o desemprego, sobre- trabalhadores de terra são e inclusivamente viola- ce a vitória de Buhari e anun-
novos assessores e reconduziu rámo-lo na perspectiva de tudo o desemprego jovem, convocada pela Kenya ções de algumas das nossas ciou que vai recorrer para o
todos os outros que havia um orçamento o mais pró- e injecção de financiamento Aviation Workers Union que funcionárias”, fez saber a Supremo Tribunal dos resul-
demitido ampliando assim a ximo possível da realidade”, para fazer palpitar o coração foi dispersada pela Polícia INEC ontem, em comunicado, tados anunciados na semana
sua equipa, chamando para disse Jorge Bom Jesus aos jor- da economia, criar emprego que usou gás citado pela Reuters. passada pela INEC.
a integrar dois membros do nalistas à saída de um encon- e ver crescer o Produto In- lacrimogéneo. Na base A comissão criticou a vio- Buhari, líder do partido no
anterior Governo e um antigo tro com o presidente do Par- terno bruto (PIB)”. do litígio entre o Governo lência sentida em vários Es- poder, o Congresso dos Pro-
ministro da Agricultura na lamento, a quem entregou O governante lembrou que e os trabalhadores estão tados, ainda que não tenha gressistas (APC), obteve cerca
Primeira República, Arlindo os dois diplomas. a “camisola de força” imposta reivindicações salariais avançado quaisquer deta- de 15,2 milhões de votos (53
Gomes, que tinha sido asses- “Percorri o país de lés- ao país pelo Fundo Monetário e a exigência da diminuição lhes sobre estes actos ou feito por cento dos boletins sufra-
sor do ex-Presidente Miguel a-lés, partilhámos os núme- Internacional (FMI) não agrava do número de horas de referência ao número de gados), enquanto Abubakar,
Trovoada. ros com os partidos com a dívida externa, mas asse- trabalho. O secretário-geral mortos durante o processo cabeça de lista do Partido
Evaristo Carvalho nomeou assento parlamentar, bem gurou que já tem uma garantia da Kenya Aviation Workers eleitoral que, segundo ob- Popular Democrático (PDP),
também Américo Ramos, c o m o c o m o s p a rc e i ro s financeira para a execução Union, Moss Ndiema, foi servadores de instituições conseguiu 11,2 milhões (39
ex-ministro das Finanças, sociais, os sindicatos e os do OGE 2019 de, pelo menos, detido na sequência da civis, ascende a pelo menos por cento), segundo os resul-
Comércio e Economia Azul, empregadores. O país está 76 por cento. referida manifestação. 39 pessoas. tados anunciados pela INEC.
MUNDO Quinta-feira
7 de Março de 2019 11
VENEZUELA
Breves ANÚNCIO DE VLADIMIR PUTIN
NICARÁGUA
GOVERNO E OPOSIÇÃO
DR
Maduro e Guaidó
ACORDAM RETOMADA
DAS NEGOCIAÇÕES
O Governo da Nicarágua e a
convocam marchas
oposição chegaram, na O Presidente da Venezuela, convocou os venezuelanos
terça-feira, a acordo sobre Nicolás Maduro, convocou para marcharem, no sábado,
as regras para o diálogo ontem os seus simpatizantes pela liberdade, insistindo
para resolver a grave crise para uma marcha anti-impe- que tem uma rota definida
sociopolítica no país, que rialista, no sábado, dia em para o país, da qual faz parte
se arrasta há quase um que a oposição também pre- “o fim da usurpação, um
ano. “O roteiro foi tende sair às ruas de Caracas Governo de transição e elei-
aprovado”, afirmou o para pedir “liberdade”. ções livres”.
embaixador do Vaticano “No próximo sábado, 9 No próximo sábado, disse,
em Manágua, Waldemar de Março, faz quatro anos “toda a Venezuela voltará às
Sommertag, que terá o do decreto infame de Barack ruas em busca de liberdade”.
papel de “testemunha Obama que declarou que a O auto-proclamado Pre-
internacional”, nos termos Venezuela era uma ameaça sidente interino da Venezuela,
do acordo alcançado após extraordinária para a segu- Juan Guaidó, chegou na tarde
cinco dias de reuniões. rança dos EUA. Decretei o 9 de segunda-feira ao aeroporto
As negociações vão de Março como dia boliva- internacional de Caracas,
decorrer na presença de riano do anti-imperialismo onde foi recebido por apoi-
representantes da Igreja e vamos às ruas”, disse. antes. Guaidó regressou à
Católica e das Igrejas Chefe de Estado pede maior protecção de dados sobre desenvolvimento do país O Presidente da Venezuela Venezuela após um périplo
Protestantes, entre a falava no Quartel da Mon- de uma semana por vários
próxima segunda-feira e tanha, em Caracas, onde países latino-americanos.
sexta-feira. Desta forma, o repousam os restos do fale- Ao fazer essa viagem, o
acordo marca o regresso da
Conferência Episcopal e do
cardeal de Manágua,
Leopoldo Brenes, à mesa
Rússia detém centenas cido líder socialista Hugo
Chávez (que presidiu o país
entre 1999 e 2013), por oca-
sião do sexto aniversário do
líder do Parlamento contor-
nou a proibição de saída do
país decretada pela justiça
venezuelana por estar em
de negociações. Por outro
lado, o pastor Ulises Rivera
vai representar as igrejas
evangélicas, consideradas
de espiões estrangeiros seu falecimento.
Na segunda-feira, perante
milhares de simpatizantes,
em Caracas, o autoprocla-
curso uma investigação rela-
cionada com a sua auto-pro-
clamação como presidente
interino, arriscando-se a ser
mais próximas do poder. Presidente russo fala em detenção de mais de 500 mado Presidente interino detido quando regressasse
agentes que trabalhavam para governos ocidentais da Venezuela, Juan Guaidó, à Venezuela.
DR

Os serviços especiais russos desmas- “O controlo aqui deve ser o mais


cararam e detiveram, no ano passado, rigoroso e o mais meticuloso”, disse. REINO UNIDO
centenas de espiões que trabalhavam As declarações são feitas num
para países estrangeiros activos na momento em que Washington sus-
Rússia, anunciou ontem o Presidente
Vladimir Putin.
pendeu a sua participação no Tratado
INF, que proíbe mísseis balísticos com
Reunião discute crimes
“Graças a operações especiais bem- alcance de 500 a 5,5 mil quilómetros,
sucedidas, as actividades de 129 qua-
dros e 465 agentes de serviços especiais
acusando a Rússia de violar as dispo-
sições do documento assinado em 1987.
com armas brancas
estrangeiros foram interrompidas” Em resposta, Moscovo fez o mesmo e DR
em 2018, disse Putin num discurso deu a si mesmo dois anos para desen-
para oficiais do Serviço de Segurança volver novos mísseis terrestres.
Russo (FSB, ex-KGB). No final de Fevereiro, durante o
Adiantou que “os serviços de inte- discurso anual no Parlamento, Vladimir
ligência estrangeiros aspiram fortalecer Putin detalhou o progresso dos pro-
a sua actividade no território russo e gramas destinados a criar novas armas
procuram obter por todos os meios russas, que ele acredita serem “inven-
DIREITOS HUMANOS informações relacionadas à política, cíveis”. As características técnicas da
ONU PREOCUPADA economia, ciência e tecnologia”. maioria são classificadas como secretas.
COM MEDIDAS DOS O Presidente russo criticou a inten- Perante a direcção dos serviços secretos
ESTADOS UNIDOS sidade das actividades de espiões russos, o Presidente Putin sublinhou
CONTRA IMIGRAÇÃO estrangeiros, lamentando que, ao ainda a necessidade de aumentar as
A alta comissária das mesmo tempo, a Rússia seja apontada medidas preventivas para evitar ataques
Nações Unidas para os no Ocidente como responsável por terroristas, detectando recrutadores
Direitos Humanos, Michelle vários escândalos de espionagem. e cúmplices de ataques.
Bachelet, expressou ontem Putin referia-se, entre outros, ao Putin disse que, apesar das actuais
preocupação sobre as caso do envenenamento, em Março de instáveis relações internacionais, a
novas medidas dos Estados 2018, de um ex-agente duplo russo, Rússia mantém a disposição de coo- Polícias britânicos confrontados com casos de crimes violentos
Unidos que restringem a Sergei Skripal, e da filha, na Inglaterra, perar com outros países na luta contra
imigração de cidadãos na pelo qual o Governo britânico respon- o terrorismo, enfatizando a importância
América Central. sabilizou Moscovo, apesar dos des- de coordenação de esforços. A Primeira-Ministra bri- adolescentes assassinados
Bachelet disse que o mentidos do Kremlin sobre o seu “A situação no Médio Oriente e tânica, Theresa May, anun- desde o início do ano por
Protocolo de Protecção de envolvimento. Ex-chefe do FSB, Putin noutras regiões permanece compli- ciou ontem uma cimeira esfaqueamento.
Migrantes (MPP) dos pediu a esses serviços que trabalhem cada (...) e isso reflecte-se no nosso para discutir uma estratégia “A morte de qualquer pes-
Estados Unidos, em vigor “efectivamente” diante desse desafio, país”, argumentou Putin, dizendo de combate ao aumento da soa devido um acto de vio-
desde Janeiro, “restringe o inclusive para proteger “dados sobre que, na última década, os ataques criminalidade com armas lência é uma tragédia terrível.
acesso ao asilo e a outras o desenvolvimento, testes e produção terroristas na Rússia foram substan- brancas no Reino Unido, Um número crescente de
formas de protecção de de sistemas de armas russas”. cialmente reduzidos. perante críticas do líder tra- jovens perdeu as vidas num
direitos humanos e obriga balhista, Jeremy Corbyn, ciclo de violência sem sen-
os migrantes a esperarem da falta de financiamento tido”, lamentou May, numa
do outro lado da fronteira e agentes. declaração aos deputados, na
pelos trâmites dos A cimeira, a realizar-se abertura do debate semanal.
processos sem os DONALD TUSK determinado número de nos próximos dias na resi- O líder da oposição, Jeremy
procedimentos e as campanhas eleitorais na dência oficial em Downing Corbyn, questionou a falta de
salvaguardas exigidas.”
Michelle Bachelet, que
apresentou o relatório
Europa teme influências Europa. E o mesmo pode
acontecer nas eleições euro-
peias de Maio”, alertou
Street, vai reunir ministros,
líderes comunitários e outras
entidades, disse May, que
financiamento adicional ne-
cessário para as forças de se-
gurança e para combater as
anual sobre os direitos
humanos, em Genebra, externas nas eleições Donald Tusk. O presidente
do Conselho Europeu, que
prometeu encontrar-se com
vítimas dos crimes “e explorar
origens da criminalidade.
“O problema é que o crime
recordou as frequentes falava em Bruxelas, após o que mais podemos fazer a violento duplicou e o aumento
separações de pais e filhos O presidente do Conselho outras eleições nacionais. receber o Primeiro-Ministro sociedade como um todo para foi impulsionado pela aus-
migrantes detidos nos Europeu denunciou, terça- “Existem forças externas da Arménia, Nikol Pashin- enfrentar este problema”. teridade. A Polícia reconhece
Estados Unidos, feira, a existência de forças anti-europeias que procuram yan, apelou à cooperação O anúncio foi feito após a o vínculo, mesmo que a Pri-
sublinhando que milhares externas “anti-europeias” - abertamente ou secreta- estreita de “todos aqueles morte no fim-de-semana de meira-Ministra não o faça,
de crianças são afectadas que pretendem influenciar mente - influenciar as esco- que se preocupam com a Jodie Chesney, em Londres, os serviços de saúde mental
pelas medidas impostas o resultado das eleições de l h a s d e m o c rá t i c a s d o s Europa” durante e depois e Yousef Makki, em Man- têm poucos recursos e os ser-
pelas autoridades norte- Maio, como já o fizeram na europeus, como aconteceu das eleições, que decorrem chester, ambos de 17 anos, viços para jovens estão em
americanas. campanha do ‘Brexit’ e em com o ‘Brexit’ e com um entre 23 e 26 de Maio. perfazendo 10 o número de crise”, criticou.
12 ESPECIAL Quinta-feira
7 de Março de 2019

ENCONTRO EM LISBOA
GUILHERMIN0 ALBERTO | EDIÇÕES NOVEMBRO

As “fake news”
são uma ameaça global
à democracia
“As fake news não são um problema do jornalismo, são um problema das democracias”,
começou por dizer o presidente do Conselho de Administração da Lusa, Nicolau Santos,
na abertura da conferência, acompanhada pelo Jornal de Angola.

As “fake news”, como são “capacidade de os algoritmos fundamental para que essas detectar os erros, admiti- dizer isso, temos de ser capazes
mundialmente conhecidos determinarem as notícias” eleições possam ser “deci- los e rectificá-los”. de ir contando o que está a
os fenómenos de desinfor- que são lidas pelo utilizador, Para o responsável didas livremente e não mani- acontecer, ao mesmo tempo
mação e difusão de notícias um fenómeno conhecido do jornal da Global puladas através desses con- Agências e rigor temos de ser capazes de não
falsas, estiveram em análise por “filter bubbles”. Media, os jornalistas teúdos falsos”. Para Luísa Meireles, directora embarcar em coisas que não
no dia 21 de Fevereiro, em “Isto muda radicalmente têm de fazer uma O presidente da agência de Informação da Lusa, as estão confirmadas e termos
conferência organizada pelas a forma como a comuni- espécie de ‘back to espanhola Efe, que dedicará agências noticiosas devem a capacidade de trabalhar as
agências de notícias portu- cação social se organiza e basics’ e perceberem igualmente uma conferência ter “especiais cuidados” coisas com tempo”, rematou.
guesa Lusa e espanhola Efe, como consumimos conteú- que têm de ser ao tema ainda este ano, em perante as notícias falseadas, Também Mafalda Anjos,
na Culturgest, em Lisboa, sob dos e temos acesso a notí- absolutamente Madrid, reconheceu que, ao ou manipuladas, pela sua ‘publisher’ da “Trust in News”
o tema “Combate às fake news. cias”, sustentou. Graça Fon- rigorosos naquilo escolherem, “sem resistên- capacidade de difusão, defen- e directora da revista “Visão”,
Uma questão democrática”. seca citou estudos de agên- cias”, o termo “fake news” dendo a literacia para os media considera que apesar de uma
que fazem, que
O Jornal de Angola cons- cias noticiosas segundo os para título da conferência, nas escolas como forma de ameaça, as notícias falseadas
tatou que todos os oradores quais cerca de dois terços o exercício do as agências perderam “a pri- debelar o fenómeno. podem ser “uma oportuni-
deixaram sugestões para a luta das pessoas acedem a notí- contraditório é para meira batalha”, porque “é “Por isso, acho que as agên- dade para os media de refe-
contra este tipo de notícias, cias através de plataformas ser exercido uma contradição dos termos” cias têm que tratar a informa- rência e de qualidade”.
denunciando os seus efeitos agregadoras de conteúdos permanentemente e trata-se apenas de “definir ção de uma forma mais rigo- Isto “porque, na verdade
perversos, a vários níveis, para (redes sociais) e apenas 32 o que é, pura e simplesmente, rosa, ainda mais canónica, é isso que os distingue, os
a democracia e a estabilidade por cento sabem a origem mentira”. para garantir os seus padrões media de referência (...) que
dos Estados. Angola esteve da informação que leu. Fernando Garea apelou de rigor e credibilidade”, su- conseguem garantir os prin-
representada no encontro pelo Para Graça Fonseca, o pri- uma preocupação de gover- aos jornalistas que não se blinhou, citando o caso de cípios básicos do jornalismo,
presidente do Conselho de meiro passo para mudar o nos, empresas, cidadãos, deixem vencer pela “passi- uma editora de ‘fact checking’ o código deontológico, a ética
Administração da Edições panorama da desinformação sublinhou. E também das vidade” e se empenhem, os [verificação de factos] numa jornalística e (...) que con-
Novembro, Víctor Silva. é ter consciência do que se agências de notícias que pres- profissionais e as empresas, grande agência que diz que seguem passar a mensagem
A ministra portuguesa da está a passar: parar, ques- tam um serviço público, em “procurar formas eficazes “não existe receita segura de que o jornalismo com ‘fake
Cultura, Graça Fonseca, que tionar e pensar. “É muito acrescentou o presidente da de fazer o trabalho, impe- para lutar contra as ‘fake news’ news’, com mentiras, com
procedeu à abertura do en- importante que a comuni- Efe, Fernando Garea, falando dindo que essas mentiras se sem ser o voltar ao básico”. desinformação, não entra,
contro, anunciou que a Lusa, cação regulada, que opera na “exigência” que a desin- propaguem, seja qual for a Em outras palavras, “vol- esses têm aqui algum espaço”,
em parceria com outras enti- de acordo com um código formação coloca aos media. origem” - “é a nossa obri- tar às velhas regras do jor- sublinhou Mafalda Anjos.
dades, vai desenvolver um deontológico conhecido, “O que se pratica nas re- gação”, sustentou. nalismo do contraditório, do Já Domingos Andrade,
sistema de “fact-check” para seja uma arma forte, seja des sociais não é jornalismo, O presidente da Efe subli- ‘checkar’ informações”, director do “Jornal de Notí-
combater as “fake news”, capaz de se transformar, de pode ser informação, mas nhou ainda que “o jornalismo apontou Luísa Meireles. cias” (JN), aponta que a maior
dada a importância que o se adaptar e de responder a não é jornalismo”, distinguiu de verificação deveria não Por sua vez, o diretor-geral ameaça aos media assenta
tema tem no futuro das demo- esta concorrência muito Nicolau Santos, recordan- ser só uma forma de jorna- de informação da Impresa, na incompreensão dos públi-
cracias ocidentais e na qua- difícil”, admitiu. do que o jornalismo profis- lismo, mas uma atitude de Ricardo Costa, considera que cos em relação ao seu papel
lidade da democracia. “É disso “As fake news não são sional deve obediência a uma todos os jornalistas, a aplicar os media têm de “ser capa- enquanto mediador e escru-
que estamos aqui a falar hoje”, um problema do jornalismo, série de princípios, verti- a todo o trabalho”. zes” de “não cometer erros” tinador dos demais poderes.
disse Graça Fonseca. são um problema das demo- dos, desde logo, num Código Importa, porém, reco- e, quando estes acontecem, Para o responsável do jor-
“Hoje em dia, a tecnologia cracias”, começou por dizer Deontológico. nhecer que “os jornalistas devem ser assumidos e cor- nal da Global Media, os jor-
permite-nos ter sistemas o presidente do Conselho de Nu m a n o d e e l e i ç õ e s cometem erros” e devem ser rigidos de imediato. “O grande nalistas, que partilham res-
bastante sofisticados de ‘fact- Administração da Lusa, “importantíssimas”, Nicolau os primeiros a admiti-los, desafio do jornalismo hoje é ponsabilidades na propaga-
check’”, disse, referindo a Nicolau Santos, na abertura Santos considerou que o assinalou, frisando que “o conseguir trabalhar em dois ção das chamadas notícias
inteligência artificial como da conferência. combate à desinformação é importante é estabelecer sis- tempos: se há alguma coisa falseadas, têm de fazer “uma
meio de combater a actual A desinformação deve ser “uma questão democrática”, temas de controlo prévios, que aconteceu, nós temos que espécie de ‘back to basics’ e
ESPECIAL Quinta-feira
7 de Março de 2019 13
perceberem que têm de ser abso- a tomar”, e deverá ser entregue à
lutamente rigorosos naquilo que
fazem, que o exercício do contra-
ditório é para ser exercido perma-
Assembleia no início de Abril.
“Certo é que vivemos um tempo
em que a desinformação, sejam
Os euromitos
nentemente, que a mistura entre notícias falsas, deturpadas, impre- Para a directora da Unidade de DR tal” e no “controlo da expressão”.
factos e opinião acarreta perigos cisas ou enganosas, atingiu uma Comunicação Estratégica da Comis- Admitindo que o ciberespaço
enormes, que muitas vezes a emer- gravidade tal que constitui uma ver- são Europeia, um dos exemplos “é extremamente vulnerável ao
gência do instante faz perder o pé dadeira ameaça para a democracia”, graves das consequências de não abuso”, Luís Barreira de Sousa subli-
naquilo que são as fundações no disse Ferro Rodrigues no encerra- dar atenção à desinformação e à nhou que a deslocação da activi-
exercício do jornalismo”. mento da conferência organizada criação do que chamou euromitos, dade maliciosa para as instituições
“Mais verificação, mais calma, pelas agências ibéricas de notícias. terá sido o Brexit. democráticas obriga também a
um esforço maior de perceber o “Durante vários anos, deixámos procurar respostas.
que é verdade e o que não é ver- andar sem uma defesa a sério, e
dade”, considera a directora exe- Antes, “éramos os porteiros depois, quando o Brexit aconteceu, O público
cutiva do Diário de Notícias (DN), da discoteca, dependia de apercebemo-nos de que ao longo A nível de jornalismo, os conferen-
Catarina Carvalho, que defende nós quem entrava e quem de tantos anos o público britânico cistas consideraram que o impacto
uma nova atitude no jornalismo não entrava. Agora, entram tinha ficado com uma visão muito das “fake news” tem-se revelado
para combater a desinformação. por todo lado mesmo diferente daquilo que a União Euro- devastador para a confiança do
“Terem deixado sair a memória coisas que não passam peia (UE) estava realmente a fazer”, público na informação difundida
das redacções e terem fragilizado nas televisões - que ainda afirmou Tina Zournatzi. pelos títulos de grande difusão, que
também a relação entre o traba- são os grandes media Na opinião de Zournatzi, “a desin- sofrem a concorrência das redes
lhador e a empresa, em que há a nível mundial” formação tem um efeito perigoso” sociais.
trabalhadores precários, e a pressão e a Europa tem-se confrontado com Neste caso, a responsabilidade
do tempo... tudo isso leva a que isso diversas vezes, por exemplo do combate à desinformação está
não se faça aquilo que tem de se de cada vez que surge uma nova nas mãos do receptor, apontou,
fazer em jornalismo”, rematou, O líder parlamentar destacou, regulação sobre alimentos ressurge como ideia de reflexão, Walter
por sua vez, Maria Flor Pedroso, ainda, o “total empenho do Par- o euromito de que a UE quer banir Dean, ex-jornalista norte-americano
directora de Informação da RTP. lamento numa reflexão profunda” certos alimentos. e professor universitário convidado
António Costa, ‘publisher’ do sobre o futuro do jornalismo e Tina Zournatzi disse também Directora Tina Zournatzi na Universidade Nova de Lisboa,
jornal económico ‘online’ ECO, mostrou-se confiante de que será que a informação falsa provém igual- que tem estudado o tema das “notí-
Filipe Alves, director de “O Jornal possível “um consenso” entre par- mente da Rússia e, por isso, desde cias falsificadas”.
Económico”, consideram o fenó- tidos para aprovar “medidas e 2015, existe uma equipa na UE (East Um problema de liberdade? “Acho que o principal é que as
meno uma ameaça, mas ambos meios” para “um eficaz combate Stratcom Task Force) que se ocupa O embaixador para a ciberdiploma- pessoas têm de prestar atenção às
também defendem que é uma à desinformação”. especificamente da desinformação cia, Luís Barreira de Sousa, denun- fake news”, disse Dean, sublinhando
oportunidade para o jornalismo Ferro Rodrigues reconheceu pró-Moscovo, que já encontrou cinco ciou os ataques no ciberespaço, a dimensão que as falsas informações
de qualidade. que “a intervenção do Estado em mil exemplos. que comprometem a confiança dos alcançam nas redes sociais.
Por sua vez, o director do matérias que podem contender Um dos métodos utilizados por cidadãos e enfraquecem o Estado O aspecto político é actualmente,
“Observador”, Miguel Pinheiro, com a liberdade de expressão e Moscovo, contou, é espalhar várias de Direito, obrigando o debate a para Walter Dean, o ponto crítico,
admite que o fenómeno ajudou a de imprensa é sempre delicada” versões do que aconteceu para con- centrar-se também sobre a liberdade com os países a transformarem a
alterar hábitos na sua redacção, e admitiu ser “possível encontrar fundir as pessoas, que não sabem de expressão. informação num campo de batalha,
a começar pelo cepticismo. soluções que não firam os prin- em que acreditar. Os ataques dirigidos às institui- uma guerra por ideias, pela cons-
“Hoje em dia todos temos de cípios constitucionais instituídos”. A chefe da Unidade do Porta-voz ções democráticas e partidos polí- ciencialização pública.
estar muito mais desconfiados da Sem adiantar pormenores sobre do Parlamento Europeu (PE), Marjory ticos “podem ser gravíssimos, “Começaram a usar a informação
informação que circula do que o tipo de medidas possíveis de van den Broeke, sublinhou, por seu prejudicar a integridade do voto, em propaganda para alcançar prio-
acontecia no início das redes sociais, adoptar, o presidente da Assem- lado, a necessidade de debater e minar a confiança dos cidadãos e ridades nacionais e se pretendem
em que havia uma presunção de bleia da República de Portugal reagir à desinformação. dos eleitores e enfraquecer o estado criar confusão ou desestabilizar é
veracidade de uma série de coisas. lembrou os relatórios e recomen- A responsável europeia explicou de direito”, sublinhou o embaixador, isso que vão tentar fazer. E isso pode
Hoje em dia, não”, afirma. dações da União Europeia e de que o PE trabalha “activamente para responsável em Portugal pelo sis- mudar a forma como os países fun-
O cepticismo tornou-se maior outras organizações que “atestam desmascarar” informações falsas, tema de alerta rápido de campanhas cionam”, disse. Walter Dean afirmou
em relação à informação que lhe a preocupação mundial por este “ainda que nem sempre façam sentido”. de desinformação que a União Euro- que está a tentar perceber a relação
chega à redacção e acabou com fenómeno” e que têm “medidas “Temos de ser credíveis, não peia está a implementar. entre cidadãos e instituições gover-
a “ilusão do jornalista cidadão”, delineadas” que são “uma base podemos dizer balelas às pessoas. Luís Barreira de Sousa considerou namentais. “Um dos principais desa-
segundo o qual “qualquer pessoa de trabalho” para todos. Só vamos reagir a coisas que estão que o combate à desinformação fios é como reagem a ‘fake news’. Por
podia filmar um vídeo, estava aí Só que o que tem sido feito até incorrectas e nunca vamos dizer “pode pôr em perigo características um lado, têm de proteger a liberdade
a notícia e podia mandar para os agora, a nível da União Europeia, balelas às pessoas. Pela simples do ciberespaço”, nomeadamente no de expressão e, por outro, têm de
jornais”, refere o director do jornal parece ficar aquém do pretendido. razão de que, se o fizermos, elas que respeita à liberdade de expressão. proteger a qualidade da informação
‘online’. não voltam [a confiar nas instituições Este valor, que era considerado que os eleitores usam para tomarem
“Seremos sempre um guardião Código de conduta europeu europeias]”, assegurou. universal, “não é necessariamente boas decisões sobre a governação”,
daquilo que é a verdade interpretada A directora da Unidade de Comu- Marjory van den Broeke referiu comungado por toda a gente”, notou declarou. “A internet torna isso
pelos jornalistas e isso é o nosso nicação Estratégica da Comissão também que o Parlamento Europeu o embaixador, destacando que se mais difícil, porque há ali tanta
exercício secular e eu creio que é Europeia, Tina Zournatzi, não se não pode negligenciar as informações, vive “um período difícil” marcado informação e tão disponível. Qual-
insubstituível mesmo. Está a sofrer mostrou satisfeita com os primeiros apenas porque circulam na Internet. por um confronto entre dois modelos quer um pode agora publicar e edi-
dificuldades nesta fase de transição, relatórios das plataformas que “Podemos ser muito cerebrais e dizer de organização da Internet: um, tar, passando informação a outras
mas não corre perigo de desapa- aderiram ao código de conduta que estamos acima disso, mas não defensor da liberdade de expressão, pessoas. Pode isto ser regulado,
recer”, sublinha Sérgio Figueiredo, contra a desinformação. “Esperava vai ajudar”, considerou. e outro baseado na “soberania digi- deve ser regulado?", questionou.
director de informação da TVI. mais”, afirmou na conferência
Antes, “éramos os porteiros da “Combate às fake news - uma
discoteca, dependia de nós quem questão democrática”.
entrava e quem não entrava. Agora,
entram por todo lado, mesmo coi-
sas que não passam nas televisões
A especialista grega salientou
que o código de conduta, que a
Comissão Europeia pôs em prática
A reinvenção do jornalismo
- que ainda são os grandes media para combater a desinformação, No mesmo painel, dedicado à forma de ser útil”. As redes sociais, alertou, calúnia. O grande problema é a iden-
a nível mundial”, salienta. foi assinado por algumas empresas como o jornalismo e as agências aproximam-se mais de “tascas” do tificação dos autores. Neste “domínio
“Haverá um momento em que de publicidade, bem como pelo noticiosas podem combater o fenó- que o “Speakers Corner”, em Londres, do falso”, afirmou Carlos Cabreiro,
as pessoas normais vão deixar de Facebook, Google, Mozilla e Twitter. meno, o jornalista Paulo Pena, autor onde cada um vai expor livremente “as polícias não estão nada facilita-
querer ser enganadas - porque Este código de conduta pretende de uma série de reportagens no “Diá- as suas opiniões. das”. E “até o conceito de nação é
estamos a falar de um fenómeno, aumentar a detecção, análise e rio de Notícias” sobre “fake news” “Este é o melhor pretexto que colocado em causa”, assim como o
apesar de tudo, muito recente -, exposição da desinformação, mobi- em Portugal, disse que o jornalismo temos para olhar com seriedade tempo da acção.
e aí o papel das marcas e da relação lizar o sector privado para atacar precisa de se reinventar para que para o jornalismo, para encarar as “O lastro de informação” pode ser
de confiança que a gente tem com este fenómeno, uma cooperação “a desinformação não triunfe”. suas falhas, o seu complexo e grave criado hoje, lembrou, mas ter impacto
a Reuters, a Lusa, a TVI” vai marcar e respostas mais fortes contra as “Isso é mais urgente agora do problema económico, mas também “daqui a seis, sete meses, distante
a diferença e “as marcas de infor- fake news, e ainda aumentar a que no passado”, disse. Afirmando a sua utilidade social”, disse. da prática dos factos”, lembrou.
mação tenderão a ser o filtro natu- consciência e a resiliência social. que o panorama em Portugal é dife- O anonimato permitido por um
ral”, conclui o director de informação “Esta é a primeira vez, global- rente do exposto por Walter Dean, “Fake news” não são crime “conjunto vasto de ferramentas” e
da estação de Queluz. mente, que a indústria consente, Paulo Pena considera que em Portugal Para já, contudo, as “fake news” não a criação de falsas identidades são
de forma voluntária, criar estes “mudou a maneira como os cidadãos são crime. Isso mesmo sublinhou outros obstáculos. Existe “um vasto
Debate parlamentar critérios de auto-regulação para validam a informação”, quando “mui- Carlos Cabreiro, director da Unidade conjunto de ferramentas que per-
Estas serão algumas das questões combater a desinformação”, subli- tos acreditam em mentiras, mesmo Nacional de Combate ao Cibercrime mitem a anonimização”, reflectiu o
a debater em Abril próximo pelo nhou a especialista. sabendo que são mentiras, apenas e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T) técnico, acrescentando que “o próprio
Parlamento português, conforme Cada um destes agentes con- porque reforçam as suas convicções”. da Polícia Judiciária portuguesa, mercado possibilita a criação de
anunciou o presidente da Assem- cordou “em relatar o progresso a O mecanismo é simples e levará durante a sua intervenção no encontro falsas identidades”.
bleia da República de Portugal cada mês até às eleições europeias esse cidadão a pensar que se não de Lisboa. “Não temos um crime “Estamos perante uma combi-
na cerimónia de encerramento (que se disputam de 23 a 26 de gosta “do político A”, então acredita ainda que venha a prever esta questão nação perfeita em que, com um sim-
da conferência. Maio), bem como a cada ano nos que “ele roubou ou é corrupto”, des- das “fake news”", sublinhou. ples clique, podemos causar um
O debate terá por base um próximos anos”, revelou Tina creveu. O principal problema deste A PJ, contudo, não está de mãos dano alargado, podemos ter um
estudo da Entidade Reguladora Zournatzi, tendo os primeiros rela- mecanismo é o risco que representa atadas e pode reagir. “Há um conjunto alvo de milhões de pessoas, um ele-
para a Comunicação Social (ERC), tórios sido entregues em Janeiro. para a democracia. vasto de crimes a que as podemos vado número de vítimas, e com uma
sobre a desinformação na comu- “Não ficámos particularmente E se “a liberdade de opinião deixar associar”, sublinhou o director da velocidade inigualável”, sublinhou
nicação digital. O documento entusiasmados com os relatórios”, de se basear em factos, ela deixará UNC3T, dando o exemplo do crime de Carlos Cabreiro.
deverá incluir “medidas legislativas referiu. “Este mês esperamos mais”.
14 Quinta-feira
7 de Março de 2019

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 937 550 262 /949 770 006
de Segunda a Sexta-feira, das 8h as 18h, e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
aos Sábados e Domingos, das 8h as 14h IMOBILIÁRIO VIATURAS DIVERSOS

CASA T2, climatizada, quin- NISSAN ARMADA V8 5.6 preço EMPREGADA doméstica que
tal P/ 1 carro, Morro Bento, 6.500.000kz negociáveis e saiba engomar, residente no
próximo à Nice, 11.000.000 Hyundai H1 ao preço de Prenda e Samba. Telef:
Akz. Telefones: 925687640, 918200919. (3.079)
IMOBILIÁRIO 994622253 (3.017) 2.500.000. negociáveis. Telef:
926962601. (3092) PROFISSIONAL de unhas, gel,
APARTAMENTO T3+1, Tres- gelinho e um Cabeleireira/o
passe, no Kilamba. Telefone: CAMIÃO JAC (cavalo) preço CURSO DE LÍNGUAS, Conta- Profissional. Telef: 924314094,
923750785. (3.038) 3.800.000 kz negociáveis, bilidade, Redes, R.H., Electri- 993788131. (3090)
VENDE-SE CASA T3 inacabada no
Hyundai Accent 1.800.000 kz. D&A DESINFESTAÇÃO sem cidade, Decoração, a partir de
Telef: 926962601. (3092a) SERPENTINA, gelado em 5.000Kzs. Telefs.: 996911098,
Zango I, por 1.680.000,00.
Tlfs. 942696767, 994871581. balde, serra-ossos, churras- PERFUMARIA Elizabeth, a
grosso e a retalho, de 5 a
cheiro, anti-alérgica, não
precisa sair de casa ou de-
938090674. (3.104) OFERECE-SE
ESTALEIRO 50x50, 9 quar- (3.081) queira a gás, banho-maria
tos, 5 naves com cobertura, sarrumar, 100 % eficaz. Tele-
para buffet, mesa Inox. Te- 13.000 Akz M7, Accent en- FOTÓGRAFO: faz reporta-
sito R/ da Cinquentinha, CASAS T3, Projectos, Via Ex- fone: 938133343. (2.378)
bairro Jacinto Tchipa. Tele-
fone. 935725940. (2.711)
pressa, 3.500.000,00 Akzs e
5.000.000, Zango 0 e Sequele
lefs.: 922799624, 917747359
(2.867a)
trega. Telefones: 948360117,
993545542. (3.031) PRECISA-SE gem de casamentos, bap-
tismo, Aniversário e outros
eventos. Telefs: 912310531,
ESTALEIRO 10.000m2, com
T3 6.000.000Kzs. Telefones:
991357595, 993500073. DIVERSOS 921380814. (2.873)
residência, armazém e câ- (2940a) SUPERVISORA de Limpeza JOVEM C/formação em área
mara frigorífica. Telefones:
923627546, 912323088(2750) NEGÓCIOS entre 25 e 35 anos de idade.
Tlf: 923586051, 912226539.
de babá, doméstica, procura
emprego. Telefs: 942549407,
VIVENDA T3, Bairro Neves VENDE-SE MAXABA CONSTRUÇÕES:
Construímos, fazemos remo-
(3.068) 997791719. (2.817)
Bendinha, 16.000.000,00,
Akz, negociáveis, S/interme- ARRENDA-SE CO LC H Õ E S K a m a f l ex ,
delações e manutenções em MOTORISTA entre 35 aos 45
FOTOGRÁFO faz reporta-
gem de casamentos, bap-
diário. Telefs: 928554541, Residências e Escritórios. Te- anos de idade. Telefones:
camas, estrados, bases, ber- tismo, aniversário e outros
914667018. (2.820) lefone: 938 700747. 923586051, 912226539. eventos. Telef; 912310531,
LOJA de Esquina, no Se- ços, almofadas, lençóis, ta- MÁQUINA de gelado, picolé, (500.231) (3.068a) 921380814. (3.095)
T2, Cassenda, em frente ao petes. Telefone: 938910826.
Aeroporto, 4.º andar, gara- quele, com área de 65m2. Te- algodão-doce, fritadeira,
lefs: 940246200, 923301712. B. Maianga. (2.918)
gem, Akz: 28.500.000,00. Te- chapa de hambúrguer, fiam-
lefone: 926277744. (2.904) (2.891) breira e tostadeira. Telefo- PUBLICIDADE
nes: 936196882, 917747359.
ARMAZÉM na rua principal APARTAMENTO T3+1, mobi-
(2.867b)
DESINFESTAÇÃO: Controlo PROCURA DE PARADEIRO
do Calemba dois, com 286m. lado, na Centralidade do Ki- de todo o tipo de pragas, em
Telef: 923464888. (3.004a) lamba, Akz: 140.000,00 mês.
Desapareceu de casa de seus familiares, o maior de 64
residências e empresas. Te-
Tlfs.: 991573142/ 931133685 anos de idade, de nome EUGÉNIO JOSÉ CANGUNGA,
lefs: 928648007, 917606962
(2.958) desde o dia 23 /2/19, às 6h00, a caminho do Uíge, com
(3.057)
a sua viatura Mazda, Carrinha BT50, Mat. LD-25-87-GV,
EDIFÍCIO T4, no Cassenda,
na Rua 4. Telefs: 923750785. VENDEMOS geradores Per- CONSTRUÍMOS residências, cinzenta, trajava calças Jeans, e camisa branca às ricas.
(3.038a) kins 13 a 1000 KVA, peças, armazém, piscinas, remode- Pede-se a quem o encontrar o favor de ligar para os ter-
óleo Shell e viaturas. Telefs: lamos casas, planta de casa minais: Telef: 923370597/939103986. (3.055)
923320418, 943499777(2790) 2D e 3D. Telfs: 934999333,
APARTAMENTO T3, Condo- MOINHO de fuba de bombó 998239826. (2.542)
mínio Talatona Plaza, e uma e milho, diesel, C/ ignição e
moradia T3 no Conchas, Akz: manivela, 25 sacos/hora,
125.000.000. Tls: 924816152,
915034504 (3.001)
VIATURAS novo. Telefones: 936196882,
922799624. (2.867c)

VENDE-SE 2 TERRENOS, no Zango (0)


150x90m2, defronte ao
KIA SPORTAGE, modelo novo, Banco BIC e outro em Ma-
CAMPAS granito e mármore, DESINFESTAÇÃO: Sem
0 km, recém-chegado, a bom zozo 2, de 6 hectares, c/ di-
preço. Telefones: 923337502 montagem , gravação, cabe- cheiro, eliminamos ratos, ba-
ceiras, fotos. Casa dos Grani- reito de superfície. Telefs:
/ 946205792. (2.971) ratas e outros insectos. Te-
tos. Telefones: 921662309, 922036001 (3034)
lefs: 927825963, 917825963 Curso de capacitação Boa apresentação pessoal
KIA RIO, Top Line, com alar- 990591646 . (1.672) Ensino médio ou superior concluído
(2.899) Bom ambiente de trabalho
me, DVD, super limpo. Telef: Plano de carreira Espírito de liderança
VIVENDA T4 de luxo, C/ pis- VESTIDOS de noiva, anjos, Viatura própria & carta de condução
932117911 (2.953) Remuneração acima da média
cina e anexo, Cond. Paraíso, gala, baptismo, acessórios
em Talatona, 200.000.000 Os interessados enviem o seu CV para recruta.pge@gmail.com ou
PRADO TXL, com kit 2017, diversos, tudo a bom preço.
Akz. Telefones.: 924816152, Tlfs: 930858785, 922063332 ligar para 222025332, 940542057, 922262875
gasolina, 52 mil Km,
915034504 (3.001a) (2.889)
11.900.000 Akz, negociáveis.
Telefs: 924348222, 922125446 (2.488b)
(3.057a) TERRENO, 708X75 m2, com
casa, garagem, tanque de PADARIA Kit, forno, 3 gave-
NISSAN Patrol, 2015, full op- tas, gás, estufa, amassadeira CURSOS de Maquilhagem,
água, no Morro Bento. Tlfs:
tions, 49 mil Km, 17.000.000 912820101, 923602479. 50L, batedeira 20L, carri- limpeza de rosto, estética fa-
Akz. Telefones: 924348222, (2.893) nho/pão, balança, tabuleiro. cial, estética corporal, mas-
922125446 (3.057b) Te l e fo n e s . : 9 3 6 1 9 6 8 8 2 , sagem e depilação. Telefone:

VIVENDA T4, C/ piscina e


MITSUBISHI Pajero, novo,
matrícula LD-HD, por Akz.
917747359 (2.867c) 931157772. (1.663)
ANÚNCIO N.º 1
anexo, Condomínio Palanca, EXECUTAMOS obras, cana-
17.000.000,00, negociáveis.
Talatona, a 135.000.000,00 lização, tecto-falso, pladur,
Telefs. 924037805, 939821069
Akz. Telefones: 924816152, pintura, alumínio, carpin-
(2.940)
915034504. (3.001b)
LEXUS 570, 2010 para 2019,
taria, mosaico, telefones:
931662142 / 991395309
ADMITE-SE CHEFE DE LINHA
XADREZ: livros; tabuleiros e
Range Rover Sport 2014. Te- (2.976a)
peças (5.000,00kzs); Reló-
lefone: 924490037. (2.858)
gios; Pastas na FTU-Luanda.
Telfs: 948079478, 948073549 TERRENO 50x60, no Benfica PRECISA DE DECORAÇÃO
NISSAN Micra, automático, Partido, em frente ao Artesa- para qualquer tipo de even-
2.600.000 Akz e Hyundai i10,
(2.419)
nato, por Akz. 310.000.000,00 tos. Ligue já: 923 685 920, REQUISITOS:
2.200.000 Akz, negocáveis. Te- Tlfs: 923620901, 912918858. 935 994 810 (2.946)
lefs: 997179915, 931496666
EDIFÍCIO 1.º andar, no Zango (2.984)
(2.998)
CONTABILISTA, Sénior
- Capacidade e Posição de COMANDO,
3, a Akz. 45.000.000,00. Telefo- TERRENO, em Talatona, Ci- presta serviços a empresas:
nes: 923620901, 912918858.
(2.998b)
MITSUBISHI L200, cor azul,
motor de ocasião, 1.700.000
dade Financeira, 12 hectares,
a 100.000 Akz m². Telefones:
Encerramento de Contas,
etc... Telefones: 935372227,
para LIDERAR Linha de Produção Têxtil
Akz. Telefones: 923753990, 923620901, 912918858. 994581111. (2.941)
916114133 (3.005) MÁQUINAS de gelo escama,
liquidificador, 20/40L, CX. de
(2.998a) de 15 pessoas.
ELIMINAMOS infiltração de
TOYOTA Coaster, AC, cor 10 mil palitos/picolé, amassa- 4 TELEVISORES Hitachi, 65 " água da chuva. Telefones:
branca, 30 lugares, LD- EF, deira 130L, divisória 36 furos,
novos. Telefones: 936196882
e três 32 "(polegadas). Telef: 931662142, 991395309 Contacto:
Akz 7.800.000.00. Telefone: 912679101. (3027) (2.976)
924461287. (3.062) 917747359. (2.867a)
FAZENDA C/ 1000 hectares, AULAS de Matemática, Fí-
recrutamentoang.ao@gmail.com
VIVENDA c/ 1.º andar, no HYUNDAY Santa Fé, 0km FAZENDA ao lado do rio, 25
Ginga Shopping Bem Morar, 2018, Full option automático hectares, direito de superfí- tem madeira, café, residên- sica, Química, Português e
por Akz 38.000.000,00. Te- 18.500.000,00kz. Telefones: cie, 60.000.000, negociáveis. cia e acampamento, na Pro- Inglês p/nacionais e estran-
lefs: 923620901, 912918858. 923573182, 949370166. Tls: 990815651, 936197631. víncia do Bengo. Contacto: geiros. Telefone. 923336121.
(2.998c) (3.091) (3.088) 928172600 (500.257) (2.875) (500.246)
Quinta-feira
7 de Março de 2019 15
PUBLICIDADE

SÉTIMA REGIÃO TRIBUTÁRIA


(Lunda Sul, Lunda Norte e Moxico)

AVISO DE APREENSÃO N.º 13

A Sétima Região Tributária avisa aos proprietários das mercadorias abaixo indicadas, que nos termos das alíneas a) e b) do n.º 1 do artigo
509.º conjugado com os artigos 512.º e 481.º todos do Código Aduaneiro, procedeu-se à apreensão da mercadoria demorada abaixo in-
dicada:

Lote N.º do Proc. Nome Especificação do Data de Tipo Qt Descrição da Mercadoria EEstância
meio de transporte apreensão de Mercadoria Aduaneira

1 41/2018/F Fana Uacamba Graça Terrestre 15/02/2018 Motociclo 1 Moto Delegação


Aduaneira do Dundo

1 16/2017/F Tomás Kifuani Terrestre 11/03/2017 Viatura 1 Marca Force de Cor Azul, Delegação
Matrícula: LD-36-14-B Aduaneira do Dundo

1 87/2018/F Celestino Suka Terrestre 04/11/2017 Viatura 1 Marca Mazda Delegação


Aduaneira do Dundo

1 90/2017/F Cristiano Tanga Terrestre 31/10/2017 Telemóveis e seus 70 Telemóveis e seus Delegação
acessórios acessórios Aduaneira do Dundo

1 92/2017/F Júnior Balunga Mário Terrestre 04/11/2017 Motorizada 1 Marca Nanfang Delegação
Cajama Aduaneira do Dundo

1 05/2018F Lgr e companhia Lda. Terrestre 27/12/2017 Material de Construção 01 Marca Carmax Delegação
(máquina betoneira) Aduaneira do Luau

1 56/2018/F Fátima Sófia Angelina Terrestre 17/01/2018 Viatura 1 Marca Ford, Cor Cinzenta, Unidade Fiscal
Matrícula: CEA6566 Policial do Moxico

1 12/2018/F Alfredo Camota Gouveia Aérea 05/02/2018 Pastas 20 Para Senhoras Unidade Fiscal
Policial da Lunda Sul

1 13/2018/F Angélica Luísa Tomás Aérea 05/02/2018 Calçados 18 Para Senhoras e Senhores Unidade Fiscal
Policial da Lunda Sul

1 46/2018/F Faad Bouh Ahmed Aérea 17/04/2018 Relógios 96 Diversas Marcas Unidade Fiscal
Policial da Lunda Sul

1 64/2018/F Maurício Quimba Terrestre 17/07/2018 Perfumes 76 Diversa Marcas Unidade Fiscal
Chinelas 6 Havaianas Policial da Lunda Sul

1 58/2018/F António Jeremias Terrestre 25/05/2018 Bolsas de sangues 200 Origem Chinesa Unidade Fiscal
Policial da Lunda Sul

O prazo para interposição de recurso hierárquico com fundamento na não susceptibilidade do confisco das mercadorias apreendidas, é
de dez (10) dias úteis, contados da data da publicação do presente aviso, conforme preceitua o artigo 514.º do Código Aduaneiro.

As mercadorias apreendidas estão sujeitas a confisco, no caso de não ser interposto, no prazo fixado, o recurso a que se refere o parágrafo
anterior.

Sétima Região Tributária, aos 21 de Fevereiro de 2019.

O DIRECTOR REGIONAL TRIBUTÁRIO


INÁCIO MORÃO
(500.213b)
16 Quinta-feira
7 de Março de 2019

PUBLICIDADE

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD

ANÚNCIO DE VAGAS

O Programa das Nações Unidas em Angola (PNUD) tem as seguin-


tes vagas, no Escritório da Coordenação do Sistema das Nações
Unidas em Angola:

Especialista em Desenvolvimento de Parcerias


https://jobs.partneragencies.net/erecruitjobs.html?JobOpeningId=21
202&hrs_jo_pst_seq=1&hrs_site_id=2

Oficial de Aquições e Aprovisionamento – Projecto Fundo


Global
https://jobs.partneragencies.net/erecruitjobs.html?JobOpeningId=21
200&hrs_jo_pst_seq=1&hrs_site_id=2

Os Termos de Referência, incluindo todas as responsabilidades e


qualificações necessárias estão disponíveis nos links acima. Os
interessados deverão submeter as suas candidaturas até ao dia 12
de Março de 2019, acessando o link da respectiva vaga.

Senhoras são encorajadas a se candidatarem.


(500.230) (500.256)

OPORTUNIDADE DE EMPREGO

A nossa visão é que a BP seja reconhecida como o parceiro ideal, fazendo a diferença para o bem-
estar e progresso do Povo Angolano e da sua economia. Actualmente, procuramos profissionais
com formação adequada e que estejam dispostos a enquadrar-se numa equipa dinâmica e diversi-
ficada. Vagas disponíveis:
1. Engenheiro Sénior de Completação, Intervenção e Integridade de Poços (97026BR)
P Licenciatura em Engenharia.
P Mínimo 10 anos de experiência na indústria de petróleo e gás.
P Experiência comprovada em Engenharia de Produção.
P Experiência sólida em Engenharia de Projectos e Mecânica.
P Experiência em Engenharia Estrutural
P Nacionalidade Angolana

2. Engenheiro de Operações de Projectos, Platina (97131BR)


P Licenciatura em engenharia ou equivalência.
P Experiência operacional no sector de petróleo e gás no segmento upstream.
P Experiência em topsides e sistemas submarinos, e com um histórico comprovado em liderança
de segurança e de desempenho.
P Conhecimento técnico comprovado em topsides e sistemas submarinos e em processos de gestão de
operações, com capacidade comprovada de desenvolver e impulsionar a melhoria contínua.
P Excelentes habilidades interpessoais, incluindo a capacidade de interagir efectivamente com
pessoal interno e externo a todos os níveis, em ambiente de offshore ou/e escritório.
P Boa capacidade de comunicação e organização.
P Nacionalidade Angolana

3. Autoridade de Área (Offshore) (97142BR)


P Qualificação em qualquer disciplina de engenharia ou técnica equivalente
P Mínimo de 10 anos de experiência no uso do Controle de Trabalho - Autoridade de Execução ou
Autoridade de Isolamento
P Mínimo de 3-5 anos de experiência como Autoridade de Área
P Nacionalidade Angolana
A BP Angola oferece um pacote de remuneração competitivo e que varia em função das qualificações
e experiência de cada trabalhador. Entre os nossos benefícios atractivos inclui-se assistência médica
e regime de pensões. Na BP Angola estamos empenhados em oferecer oportunidades de desen-
volvimento e de progressão de carreira. Se as oportunidades de emprego aqui anunciadas não cor-
responderem às suas qualificações, queira por favor registar-se online, no endereço abaixo indicado,
para receber os nossos alertas de futuras oportunidades. Ficamos à espera da sua candidatura.

A BP é um empregador que oferece igualdade de oportunidades.

Oportunidades em Angola
bp.com/carreiras/angola (500.203a) (500.235)
Quinta-feira
7 de Março de 2019 17
PUBLICIDADE

(700.018a)

ANÚNCIO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS


A CLÍNICA GIRASSOL, S.A., subsidiária da Sonangol E.P., vem por este meio anunciar, que tenciona avaliar empresas qualificadas no(s) seguinte(s) serviço(s):
N.º Serviços Requisitos associados à actividade
1 Serviço de Fornecimento de água por Cisternas Luanda Girassol I e II e seus a) Capacidade de fornecimento de até 500m3 de água potável por dia;
Sites - Refª 002/DGI/2019 b) Disponibilidade para fornecimento de água 24/7, incluídos feriados;
c) Apresentar contratos de abastecimento com entidades certificadas para fornecimento de água potável

2 Serviço de Conservação e Reparação dos Edifícios da Clínica Girassol e seus sites a) Mais de 5 anos de experiência no mercado com a actuação no ramo de conservação e reparação de edifícios hospi-
( intervenções de pequeno/médio porte)- Refª 003/DGI/2019 talares; Disponibilidade material para execução imediata de pinturas e reparações de pavimentos e paredes em pladur;
b) Disponibilidade para execução dos serviços 24/7 incluindo feriados, principalmente em períodos nocturnos;

3 Assistência Técnica do Equipamento de cardiologia (Marca Philips) - Refª a) Capacidade técnica comprovada de actuação na área de assistência técnica de equipamentos de cardiologia;
004/DGI/2019 b) Dispor de equipamentos para executar todas as actividades inerentes à assistência técnica dos equipamentos
certificadas;
c) Certificação comprovada e validada pela entidade máxima - Philips

4 Manutenção de 68 ( Sessenta e oito) aparelhos pulverização do ambiente da a) Capacidade de atender as especificações técnicas dos aparelhos;
marca Scento de SCDF - Re.fª 005/DGI/2019 b) Dispor de equipamentos para executar todas as actividades inerentes à manutenção dos aparelhos de pulveri-
zação do ambiente;
c) Capacidade de reposição Trimestral em 68 aparelhos

5 Serviços de Conservação e Reparação de Viaturas de Apoio à Clínica (Fiat, Nis- a) Mais de 5 anos de experiência no mercado;
san, Renault,Toyota) Refª n.º 006/DGI/2019 b) Capacidade de reparar todas as viaturas da frota da Clínica Girassol respeitando a especificações do fabricante
da marca;
c) Disponibilidade para serviços de reboque 24/7 incluindo feriados;
d) Capacidade de recepção, resposta e acabamento das viaturas e Stock mínimo de peças/acessórios;

Apresentação dos Documentos de habilitação da Empresa: electrónico concursoslcp@clinicagirassol.co.ao até ao 5.º (quinto) dia após a 1.ª divul-
1. Estatutos, NIF, Certidão de Registo Comercial e pessoa de contacto (nome, telefone e e-mail) gação neste jornal.
2. Referências de pelo menos 3 entidades a quem prestou o mesmo serviço.
3. Comprovativo da titularidade da habilitação profissional para a prestação em causa Findo o prazo para a manifestação de interesse em participar, as empresas serão contac-
4. Carta de apresentação da empresa tadas via correio electrónico para as instruções adicionais para o efeito, sendo que a pres-
5. Comprovativo da situação regularizada relativamente às contribuições para a Segurança tação deste serviço, deverá satisfazer ou ultrapassar as expectativas e os requisitos da
Social e IRT Clínica Girassol, S.A.
6. Comprovativo do Certificado do CAE
7. Comprovativo da situação tributária e fiscal regularizada Aproveitamos também para reforçar que findo a data (13 de Março de 2019) muito agra-
decemos, que não remetam mais propostas, pois, estarão fora do prazo de aceitação.
Condições oferecidas pela Empresa Contratante:
1. Oportunidade de fazer da Carteira de Fornecedores de uma das maiores Clínicas do País Luanda, aos 6 de Março de 2019.
2. Pagamentos no prazo mínimo de 60 (sessenta) dias.
As empresas interessadas deverão ter em conta os requisitos mínimos acima indicados e A Comissão Executiva
manifestar a sua intenção por ofício (assinado e carimbado) a ser submetido para o correio (500.258)
18 NECROLOGIA Quinta-feira
7 de Março de 2019

RECORDAÇÃO FALECEU FALECEU FALECEU

MADALENA JOSÉ CORDEIRO DA MATA ARAGÃO

Francisco da Mata, Ana da Mata, Lourenço da Mata, Eduardo da


Mata, Adérito da Mata, Teodora da Mata, Augusta da Mata, Joaquim
da Mata, Jaime da Mata, Ana da Mata Kituta, Gilberto da Mata e
Joaquim da Mata (ausente) comunicam que o funeral da sua
querida MADALENA JOSÉ CORDEIRO DA MATA ARAGÃO, (Nga-
BRANCA J. MANUEL DA SILVA MADALENA JOSÉ CORDEIRO MARIA DA CONCEIÇÃO manda), se realiza hoje, dia 7/3/2019, saindo do Velório do
Completa-se hoje, quinta-feira, dia 7/3/2019, DA MATA ARAGÃO AZEVEDO Governo Provincial de Sant´Ana para o cemitério com o mesmo
1 (um) ano desde o teu passamento físico. Ana Cristina Bernardo, Gelson Bernardo, nome, pelas 11h00. (3.086)
Lembram-te os teus filhos, noras, netos e As famílias Ramos da Cruz, Coelho da Cruz, Osvaldo Bernardo, Celeste Bernardo,
bisnetos, rogando ao Senhor que te conceda Cordeiro da Mata, Costa Aragão, Molares Ludmila Bernardo, António Azevedo (filhos),
o eterno descanso, pois, para nós, estás ausente de Abril, Cruz Inglês, Inglês, Barreto da irmãos, sobrinhos, netos e demais familiares
fisicamente, mas presente espiritualmente. Cruz, Ramos Baptista, Torres e Pontes comunicam o falecimento de MARIA DA
A tua presença foi a melhor que tivemos. comunicam que, o funeral da sua querida CONCEIÇÃO AZEVEDO, ocorrido no dia
FALECEU
Que a tua alma descanse em paz. (3.089)
MADALENA JOSÉ CORDEIRO DA MATA 4/3/2019, em Luanda, por doença. O funeral
ARAGÃO (Ngamanda), se realiza hoje, dia realiza-se hoje, dia 7/3/2019, no cemitério MADALENA JOSÉ CORDEIRO DA MATA ARAGÃO
FALECEU 7/3/2019, saindo do Velório do Governo de Sant’Ana, às 11h00. (3.099)
Provincial de Sant´Ana para o cemitério Manuel Miguel da Costa Aragão, João Arão da Costa Aragão, José
com o mesmo nome, pelas 11h00. (3.058a) de Olim da Costa Aragão, Aniceto Miguel da Costa Aragão (filhos),
FALECEU Fátima Bernardo Sobrinho da Cruz , Esperança Maria da Silva
da Costa Aragão, Filomena Maria Correia Aragão, Maria Inês
FALECEU António Gomes Aragão e Josefa Graciano Lamberga da Costa
Aragão (noras) comunicam que, o funeral da sua querida
MADALENA JOSÉ CORDEIRO DA MATA ARAGÃO (Ngamanda),
se realiza hoje, dia 7/3/2019, saindo do Velório do Governo
Provincial de Sant´Ana para o cemitério com o mesmo nome,
FRANCISCO JOÃO DIOGO pelas 11h00. (3.058)
António Santana, Pedro Futa (tios), Teresinha, Juliana,
Quintino, Rosita, Edna, Silvana, Julinha, Lorena,
Deny, Nelson, Sténia, Ludgério, Tacy, Laércio, Arildes AMÍLCAR PAULO LUTUCUTA
(irmãos), Geny, Manucho (filhos), sobrinhos e netos CONDOLÊNCIAS
comunicam o falecimento de FRANCISCO JOÃO A família Lutucuta cumpre o doloroso
RUFINA DOS SANTOS CRAVID
DIOGO. O funeral realiza-se hoje, dia 7/3/2019, dever de comunicar o passamento físico AMÍLCAR PAULO LUTUCUTA
partindo o préstito fúnebre do S. Paulo para o do ancião AMÍLCAR PAULO LUTUCUTA,
cemitério do Benfica, às 10h00. (3.093) ocorrido dia 1/3/2019, em Portugal
Guilherme Lima (esposo), Gabriela Cruz,
(Lisboa). O funeral realizar-se-á em data
Maria Isabel, Ricardina Lima, Felizardo Foi com profunda dor e consternação, que o colectivo de
FALECEU Lima, Edgar Lima (filhos), Adalzisa Neto,
a anunciar oportunamente. (2.975b)
trabalhadores do MINSA tomou conhecimento do passamento
Nilza Maria, Zenilda Carvalho, Sindermane físico do Sr. AMÍLCAR PAULO LUTUCUTA, tio da Exma. Sra.
Rita, Luís Carvalho, Sandra Lisboa (netos) CONDOLÊNCIAS Ministra da Saúde. Nesta hora de tristeza e luto, os trabalhadores
e bisnetos comunicam o falecimento de do MINSA inclinam-se perante a memória do malogrado e
RUFINA DOS SANTOS CRAVID, ocorrido endereçam à família enlutada, os mais profundos sentimentos
no dia 3/3/2019, por doença. O funeral rea- de pesar. (3.063)
liza-se amanhã, dia 8/3/2019, pelas 11h00,
no cemitério do Benfica. (3.110)

MARIA ZINO FALECEU CONDOLÊNCIAS


Miguel Lukau Lupini (esposo), António, Beatriz,
Simão, Lúcio, Nelson, Romão, Makaya, Fló, Natália, AMÍLCAR PAULO LUTUCUTA SUZANA GOMES
Bendita (filhos), netos, bisnetos, genros, noras,
afilhadosedemaisfamiliarescomunicamofalecimento
de MARIA ZINO, ocorrido em Berlim-Alemanhã, A família Armindo Barbosa Magalhães vem,
por doença. O óbito decorre em sua residência, sita por este meio, expressar o seus mais profundos Foi com profunda dor e consternação, que sua Excelência
no KK5000, Bloco F13A, e o funeral realizar-se-á sentimentos de pesar pelo passamento físico Presidente da Comissão Nacional Eleitoral, Comissários e o
em data a anunciar oportunamente. (2.992) de AMÍLCAR PAULO LUTUCUTA. Que a colectivo de funcionários desta Instituição tomaram conhecimento
família enlutada tenha força e coragem, neste do passamento físico da Srª. SUZANA GOMES, mãe da funcionária
momento de dor e tristeza. (3.064) Paula Lopes da Silva da Piedade. Neste momento de dor,
FALECEU
ROSINDA MARIA FERREIRA apresentam à família enlutada os mais profundos sentimentos
DE BRITO de pesar. (3.097)
CONDOLÊNCIAS
Mateus Morais de Brito Júnior, Lídia
Morais de Brito Neto, Inês Morais de
Brito e Aníbal Morais de Brito (tios)
comunicam a toda família, em Angola MISSA
e no Estrangeiro, o prematuro desapa-
recimento físico da saudosa sobrinha
Dr.ª ROSINDA MARIA FERREIRA DE
JOAQUINA DESEJO
HERMENEGILDO SANTIAGO BRITO. Desde já, agradecemos a todos
Esposa, pais, filhos, irmãos, sobrinhos e demais quantos puderam a acompanhar-nos
familiarescumpremodolorosodeverdecomunicar nestes tristes momentos. (3.107) AMÍLCAR PAULO LUTUCUTA Baptista Sumbe, Maria Xirica, Maria Luísa, Maria Pedro, Fátima
ofalecimentodeseuentequerido HERMENEGILDO O colectivo de trabalhadores da empresa Muhongo, Rosa Silveira e Alberto Silveira (filhos) e demais
SANTIAGO, ocorrido dia 5/3/2019. O óbito ARMAG vem, por este meio, expressar familiares comunicam que será rezada a Missa do 7.º Dia, em
decorre em sua residência, sita no Bairro da MISSA memória de sua querida mãe JOAQUINA DESEJO, hoje, quinta-
o seu profundo sentimento de pesar pelo
Coreia. O funeral realiza-se dia 8/3/2019, às feira, dia 7 de Março de 2019, na Igreja do São Paulo, às 18h30.
11h00, no cemitério do Alto das Cruzes. (3.111) passamento físico do irmão do seu gerente
Daniel Cassoma Lutucuta. Deseja força (3.049)
e coragem. (3.065)
MISSA
FALECEU

MISSA

ESTÊVÃO NHIME JOAQUINA DESEJO

Raimundo Maria Ernesto, Luís Simão Ernesto, Os sobrinhos, netos, bisnetos e demais familiares comunicam
José Adelino Nhime, Maria de Fátima Nhime, que será rezada a Missa do 7.º Dia, em memória de sua querida
MARIA ANTÓNIO CARDOSO Maria de Lurdes Nhime, Domingos Eusébio tia, avó e bisavó JOAQUINA DESEJO, hoje, quinta-feira, dia 7
Isabel Marques, Catarina Pereira, Maria Ananias, Marcelino Canganjo, Anabela de MARIA ZINO de Março de 2019, na Igreja do São Paulo, às 18h30. (3.049a)
Sebastião, José Marques (filhos), genros, noras Jesus Magalhães, Gabriel Armindo Nhime
e netos comunicam que é rezada a Missa do As clãs Nabokolo, Nkossi Mabudi e Zinza
(filhos), netos, bisnetos e demais familiares, comunicam o falecimento de MARIA ZINO,
1º Ano, em memória da sua querida MARIA
ANTÓNIO CARDOSO, hoje, quinta-feira, 7 comunicam que será rezada a Missa do 1º ocorrido em Berlim-Alemanhã, por doença.
de Março de 2019, pelas 18h00, na Paróquia Aniversário em memória deESTÊVÃONHIME, O óbito decorre em sua residência, sita no
São Carlos Lwanga, Urbanização Nova Vida. no dia 9/3/2019, às 6h30, na Sé Catedral de KK5000, Bloco F13A, e o funeral realizar-se-
Que a sua alma descanse em paz. (3.100) Viana. Paz à sua alma. (3.106) á em data a anunciar oportunamente. (2.992a)
SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 8H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 9H ÀS 14H
Quinta-feira
7 de Março de 2019 19
PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DE RECURSOS MINERAIS E PETRÓLEOS
GOVERNO PROVINCIAL DE LUANDA DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS
ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE TALATONA
EDITAL N.º 22/DNRM/2019
EDITAL N.º 04/2019 2.º AVISO
Corre os seus trâmites legais na Administração Municipal de Talatona, o processo de litígio de uma parcela de terreno
localizada neste Município, Distrito Urbano do Benfica, Bairro Quifica, com a área de 1.000,00 m2 (mil metros qua- Em conformidade com o estipulado no artigo 104.º do Código Mineiro e tendo em conta que a Empresa
drados), subscrito pelo senhor Manuel Joaquim Jacinto, contra o senhor Agostinho Domingos Nunes Nato, com as TRANSANGOLA GROUP, LDA requereu os direitos mineiros para a prospecção de Granito, numa
seguintes coordenadas geográficas: P1 S 8° 57' 29,99” E 13° 10'52,39”; P2= S 8° 57' 30,41” E 13° 10'53, 13”; P3 S superfície de 50 hectares, situada no Morro da Mulala/Tchiquatite, Comuna da Capunda Cavilongo,
8° 57'29,24”; E 13° 10'53,62”; P4 S 8° 57'28,91” E 13° 10'52,97”. Município da Chibia, Província da Huíla, com as coordenadas geográficas a seguir discriminadas, são
notificadas todas as pessoas singulares ou colectivas, para junto à Direcção Nacional de Recursos
Com vista a poder dar seguimento ao processo, requer-se a presença nesta Administração do senhor Agostinho Do- Minerais fazerem valer os seus direitos, sob pena de preclusão do direito à reclamação, no prazo de
mingos Nunes Nato e de qualquer interessado que se arrogue como titular da referida parcela de terreno, para no 15 (Quinze) dias, a contar da data da publicação deste Edital.
prazo de 8 dias, com dilação até 30 dias (a contar da data da sua publicação), fazer-se acompanhar de toda a do-
cumentação que tem em sua posse sobre o terreno em causa. Vértice Latitude Longitude
A 15º 07´ 59´´S 14º 04´05´´E
Informa-se que, findo o prazo acima estabelecido, a Administração Municipal de Talatona analisará os documentos
apresentados pelo subscritor e decidirá em conformidade com a lei. B 15º 07´ 53´´S 14º 03´38´´E
C 15º 07´ 33´´S 14º 03´42´´E
Para constar, emitiu-se o presente edital e mais dois de igual teor, que serão afixados nos lugares que a lei designa
D 15º 07´ 40´´S 14º 04´09´´E
para o efeito.

GABINETE DA ADMINISTRADORA MUNICIPAL DE TALATONA, em Luanda, aos 14 de Fevereiro de 2019. DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS, em Luanda, aos 19 de Fevereiro de 2019.

A ADMINISTRADORA O DIRECTOR NACIONAL


Njiila Liberte Pires da Conceição de Carvalho André Francisco Buta Neto
(3.101) (2.698)

ASSEMBLEIA GERAL DA OEA

CONVOCATÓRIA
Concurso Público
A ORDEM DOS ENGENHEIROS DE ANGOLA, nos termos do seu Estatuto, convoca todos os seus
Membros, em pleno gozo dos seus direitos, a participar na Assembleia Geral, que se realizará no dia
25 de Maio de 2019, pelas 9.00H, no auditório do Hotel Diamante em Luanda, sito na Rua das Kipa-
A BP, empresa de energia a operar em Angola, na área de exploração e produção kas n.º S/n. – Ingombota (Porto de Luanda), com a seguinte ordem de trabalhos:
de petróleo e gás, vem, por este meio, anunciar a realização de um concurso
PONTOS DE CARÁCTER DELIBERATIVO:
público com o objectivo de seleccionar uma empresa para prestação de serviços
de segurança nas instalações da BP Angola. 1. Apreciação e Aprovação do relatório de Gestão e Contas do Exercício 2018, bem como o parecer
do auditor e do Conselho Fiscal.
2. Apreciação e Aprovação do Relatório das actividades referente ao ano de 2018.
Requisito e perfil para concorrer ao concurso: 3. Apreciação e Aprovação do Orçamento e Programa de Actividades para 2019;
4. Apreciação e Aprovação da Proposta de actualização dos valores de quotas, jóias e emolumentos;
a) experiência profissional comprovada na área de prestação de serviços de 5. Apreciação e Aprovação de Regulamentos Internos.
segurança,
b) elevados padrões de saúde e segurança, de acordo com os princípios in- PONTOS DE CARÁCTER INFORMATIVO:
ternacionais que conformam padrões e parâmetros exigidos pela BP Angola. 1. III Congresso da OEA, em Outubro de 2019;
2. IV Congresso de Segurança e Saúde Ocupacional e Ambiente (SSOA) 2019
3. Seminário Internacional “Novembro 2019”;
As empresas interessadas deverão enviar um email com a referência 4. Gala do Engenheiro 2019;
PSCM Security/2019, para o endereço de correio electrónico: 5. Cadastro dos Engenheiros em Angola (ponto de situação);
6. Exames de admissão à Ordem;
angolapscmitt@bp.com até ao dia 15 de Março de 2019 e, forneçer os seguin- 7. Conselho de Gestores das Faculdades de Engenharia (CONGEFE).
tes dados: Nome da companhia, endereço, n.º de telefone, nome e endereço de
Luanda, aos 25 de Fevereiro de 2019.-
correio electrónico da pessoa de contacto.

Este anúncio também pode ser visto no site da BP: www.bp.com/angola


João Bento da Silva Neto
(500.218) (3.108)

REPÚBLICA DE ANGOLA ANÚNCIO DE VAGA ASSEMBLEIA – GERAL ORDINÁRIA


MINISTÉRIO DA SAÚDE
GOVERNO PROVINCIAL DE LUANDA
HOSPITAL GERAL ESPECIALIZADO AUGUSTO N´GANGULA O PAM tem a seguinte vaga: CONVOCATÓRIA
GABINETE DO UTENTE
Nos termos e ao abrigo do disposto n.º 1, do Art.º
1) Assistente da cadeia de suprimentos
24º do Estatutos do Clube Ferroviário de Angola,
PEDIDO DE COMPARÊNCIA https://career5.successfactors.eu/sfcareer/jo- convoca-se todos os Associados, para participarem
na Assembleia-Geral Ordinária que terá lugar no
breqcareer?jobId=86543&company=C0000168
A Direcção do Hospital Geral Especializado Salão Nobre do Clube, no dia 9 de Março de 2019,
410P&username= às 9 horas, com a seguinte Agenda;
Augusto Ngangula pede, com a máxima ur-
gência, a comparência do senhor NELSON As senhoras são encorajadas a candidata-
1. Apresentação e Aprovação do Programa de Acti-
VASCONCELOS, que doou sangue, no rem-se.
vidades e Orçamento para o ano de 2019.
mês de Setembro de 2018, para tratar de Os Termos de Referência, incluindo todas as
assuntos administrativos e do seu interesse. responsabilidades e qualificações necessárias, Dada a importância da mesma, a presença de todos
estão disponíveis nos links acima. Associados é indispensável.
LUANDA, aos 6 Março de 2019.
Os interessados deverão submeter as suas Luanda, aos 8 de Fevereiro de 2019.
O SIGNATÁRIO candidaturas acessando o site acima até ao dia
O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral
RAIMUNDO ALMADO 14 de Março de 2019.
Celso Rodrigues de Lemos Rosas
(3083) (500.247) (2.082)
20 Quinta-feira
7 de Março de 2019

PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA JUDICIAL

RESOLUÇÃO
de 25 de Fevereiro

Considerando a necessidade de aprovação de um regulamento para os concursos de provimento dos cargos de Presidente da Comissão Nacional Eleitoral e de Pre-
sidente das Comissões Municipais Eleitorais.

Competindo ao Conselho Superior da Magistratura Judicial organizar o concurso de provimento dos supra mencionados cargos;
O Plenário do Conselho Superior da Magistratura Judicial, nos termos do previsto nos artigos 143.º e 149.º da Lei n.º 36/11, de 21 de Dezembro - Lei Orgânica sobre
as Eleições Gerais e na alínea j) do artigo 23.º da Lei n.º 14/11, de 18 de Março - Lei do Conselho Superior da Magistratura Judicial, aprova a seguinte Resolução:

1.º É aprovado o Regulamento do concurso de provimento do cargo de Presidente da Comissão Nacional Eleitoral e de Presidente das Comissões Municipais Elei-
torais, anexo à presente Resolução.
2.º As dúvidas e omissões são resolvidas pelo Conselho Superior da Magistratura Judicial.

3.º A presente Resolução entra imediatamente em vigor.

REGULAMENTO DO CONCURSO CURRICULAR PARA O PROVIMENTO DOS LUGARES DE PRESIDENTE


DA COMISSÃO NACIONAL ELEITORAL E DE PRESIDENTE DAS COMISSÕES MUNICIPAIS ELEITORAIS

Artigo 1.º são Nacional Eleitoral e de nove (9) vagas de Presidentes das Comissões Municipais Elei-
Objecto torais Alto Zambeze, Amboim, Catchiungo, Chongorói, Lubango, Kundi-dia-Base e Kiwaba-
O presente regulamento estabelece a tramitação dos concursos curriculares para a desig- Nzoji, Cuimba e Soyo.
nação dos Presidentes da Comissão Nacional Eleitoral e das Comissões Municipais Elei-
torais, nos termos previstos nos artigos 143.º e 149.º, da Lei n.º 36/11, de 21 de Dezembro. Artigo 9.º
Artigo 2.º Júri
Âmbito de aplicação 1. O júri dos presentes concursos tem a seguinte composição:
O presente regulamento aplica-se aos concursos destinados ao recrutamento e selecção 1. Juiz Conselheiro Joel Leonardo – Presidente.
de cidadãos nacionais, a serem designados aos cargos de Presidente da Comissão Na- 2. Vogal - Inácio Paixão.
cional Eleitoral e de Presidente das Comissões Municipais Eleitorais do Alto Zambeze (Mo- 3. Vogal - Fernanda Octávio
xico), Amboim (K. Sul), Catchiungo (Huambo), Chongorói (Benguela), Lubango (Huíla), 4. Vogal - Bebiana Nascimento.
Kundi-dia-Base e Kiwaba-Nzoji (Malanje), Cuimba e Soyo (Zaire). 5. Vogal - Baptista Guenjo.

Artigo 3.º 2. O júri terá um grupo de apoio técnico de quatro funcionários do secretariado do Conselho
Natureza Superior da Magistratura Judicial
O presente concurso é de avaliação curricular.
Artigo 10.º
Artigo 4.º Apresentação da candidatura
Abertura do concurso 1. A apresentação da candidatura é feita mediante requerimento dirigido ao Presi-
dente do Conselho Superior da Magistratura Judicial, no prazo de até 20 dias úteis, con-
O concurso é aberto por deliberação do Conselho Superior da Magistratura Judicial, que tados a partir da segunda publicação do anúncio no Jornal de Angola;
será publicado durante duas edições no Jornal de Angola, sem prejuízo de publicação no 2. O requerimento da candidatura a Presidente da Comissão Nacional Eleitoral deve
Diário da República. ser acompanhado dos seguintes documentos:
a) Cópia do Bilhete de Identidade;
Artigo 5.º b) Cópia do termo de posse;
Requisitos de candidatura para Presidente da Comissão Nacional Eleitoral c) Certificado de habilitações literárias;
d) Curriculum vitae;
Os candidatos a admitir no concurso devem possuir os seguintes requisitos: e) Documento comprovativo de avaliações como Magistrado, nos três últimos anos;
a) Ser cidadão angolano, com idade mínima de 35 anos; f) Endereço electrónico e número de telefone para contacto.
b) Ser Magistrado Judicial, oriundo de qualquer órgão;
c) Estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos; 3. O requerimento da candidatura a Presidente das Comissões Municipais Eleitorais deve
d) Não ter sido condenado por crime doloso, punível com pena de prisão maior. ser acompanhado dos seguintes documentos:
a) Cópia do Bilhete de Identidade;
Artigo 6.º b) Certificado de habilitações literárias;
Requisitos de candidatura para Presidente das Comissões Municipais Eleitorais c) Curriculum vitae;
d) Atestado de residência;
Os candidatos a admitir no concurso devem possuir os seguintes requisitos: e) Atestado médico
a) Ser Magistrado Judicial, oriundo de qualquer órgão ou qualquer cidadão nacional, f) Certificado de registo criminal;
residente no respectivo município, com o reconhecido mérito técnico e idoneidade moral; g) Endereço electrónico e número de telefone para contacto.
b) Possuir idade mínima de 35 anos;
c) Estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos; 4. A candidatura a Presidente da Comissão Municipal Eleitoral pode ser apresentada no
d) Não ter sido condenado por crime doloso, punível com pena de prisão maior. Tribunal Provincial da respectiva Província.

Artigo 7.º Artigo 11.º


Lei supletiva Admissão da candidatura
Supletivamente e com as necessárias adaptações aplicam-se ao presente concurso as 1. No prazo de até 10 dias após a fase de apresentação das candidaturas, o júri do con-
normas do Decreto-Presidencial n.º 102/11, de 23 de Maio, que estabelece os princípios curso notificará os candidatos e fará publicar no Jornal de Angola a lista por ordem alfabé-
gerais sobre o recrutamento e selecção de candidatos na Administração Pública e demais tica, das candidaturas admitidas e das excluídas, por falta de requisitos ou dos documentos
legislação em vigor. supramencionados, indicando as respectivas razões.
2. Os candidatos excluídos, podem, no prazo de cinco (5) dias após a publicação referida
Artigo 8.º no número anterior, apresentar reclamações perante o júri, a decidir em igual período.
Vagas a prover 3. Em caso de indeferimento da reclamação pelo júri o interessado pode, no prazo de três
(3) dias após a notificação, interpor recurso ao Plenário do Conselho Superior da Magis-
O presente concurso destina-se ao provimento de uma (1) vaga de Presidente da Comis- tratura Judicial, a decidir no prazo de até dez (10) dias.
(Continuação na Pg. 21)
Quinta-feira
7 de Março de 2019 21
PUBLICIDADE

Artigo 12.º b) Cópia do termo de posse;


Critérios de avaliação dos candidatos c) Curriculum vitae;
1. Os candidatos são individualmente avaliados e graduados com base nos seguintes cri- d) Documento comprovativo das avaliações como Magistrado nos 3 (três) últimos anos;
térios: e) Atestado médico;
a) Tempo de Magistratura; f) Registo Criminal.
b) Experiência na condução de processos eleitorais;
c) Formação académica; 5º O processo de candidatura deverá ser entregue no Secretariado do Conselho Superior
d) Mérito profissional; da Magistratura Judicial, em Luanda.
e) Outras actividades/experiências.
6º Em conformidade com o artigo 14.º do Decreto Presidencial n.º 102/11, de 23 de Maio,
2. Em caso de empate na classificação dos concorrentes, o critério de desempate é o da o Júri do concurso tem a seguinte composição:
maior formação e experiência no exercício da actividade eleitoral. 1. Juiz Conselheiro Joel Leonardo - Presidente.
2. Vogal - Inácio Paixão.
Artigo 13.º 3. Vogal - Fernanda Octávio.
Período de avaliação 4. Vogal - Bebiana do Nascimento.
5. Vogal - Baptista Guenjo.
O Júri deve avaliar os candidatos num período de até vinte (20) dias, contados da data da
publicação referida no n.º 1, do artigo 10.º, do presente regulamento. Vista e aprovada pelo Plenário do Conselho Superior da Magistratura Judicial, em Luanda,
na sua sessão de 25 de Fevereiro de 2019.
Artigo 14.º
Homologação da avaliação O JUIZ CONSELHEIRO PRESIDENTE

A avaliação referida nos números anteriores é apresentada pelo júri, em relatório detalhado RUI FERREIRA
e fundamentado, ao Plenário do Conselho Superior da Magistratura

Judicial, que em caso de aprovação, o homologará e publicará no Jornal de Angola. RESOLUÇÃO


Artigo 15.º DE 25 DE FEVEREIRO
Impugnação da avaliação
ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO CURRICULAR PARA O PROVIMENTO DE LU-
1. Os candidatos podem apresentar reclamação ao Conselho Superior da Magistratura Ju- GARES DE PRESIDENTES DE COMISSÕES MUNICIPAIS ELEITORAIS
dicial, no prazo de até cinco (5) dias, depois da publicação da classificação final, que a
decidirá em igual período.
2. O candidato inconformado poderá ainda interpor recurso contencioso, no prazo Considerando que a Lei Orgânica Sobre as Eleições Gerais estabelece a composição da
de oito (8) dias, após a notificação da decisão da reclamação. Comissão Municipal Eleitoral, determinando que esta deve ser presidida por um Magistrado
3. Os termos do recurso contencioso e respectivos efeitos são os que estão previs- Judicial ou outro cidadão nacional residente no referido município, com reconhecido mérito
tos na legislação reguladora da impugnação do actos administrativos em vigor no país. técnico e idoneidade moral, escolhido na base de concurso curricular realizado pelo Con-
Artigo 16.º selho Superior da Magistratura Judicial;
Comunicação
Por forma a acautelar a continuidade dos mandatos, em obediência ao preceituado na Lei
Decididas as reclamações pelo Plenário, o Presidente do Conselho Superior da Magistra- n.º 36/11, de 21 de Dezembro e nos termos do Decreto Presidencial n.º 102/11, de 23 de
tura Judicial, comunica ao Senhor Presidente da Assembleia Nacional a lista dos candida- Maio, o Conselho Superior da Magistratura Judicial torna público o seguinte:
tos apurados e fará igual comunicação à Comissão Nacional Eleitoral.
1º Está aberto, um concurso público curricular para o provimento dos lugares de Presi-
Artigo 17.º dentes das Comissões Municipais Eleitorais do Alto Zambeze (Moxico), Amboim (K. Sul),
Dúvidas e Omissões Catchiungo (Huambo), Chongoroi (Benguela), Lubango (Huíla), Kundi-dia-Base e Kiwaba
-Nzoji (Malanje), Cuimba e Soyo (Zaire), conforme disposto no artigo 149.º, da Lei Orgânica
As dúvidas e omissões resultantes da interpretação e aplicação do presente Regulamento sobre as Eleições Gerais.
serão resolvidas pelo Plenário do Conselho Superior da Magistratura Judicial.
Artigo 18.º 2º As candidaturas devem ser apresentadas no prazo de 20 (vinte) dias úteis, contados a
Entrada em vigor partir da segunda publicação no Jornal de Angola desta Resolução e sem prejuízo da sua
publicação no Diário da República.
O presente Regulamento entra imediatamente em vigor.
3º Os candidatos devem ter os seguintes requisitos:
Aprovado pelo Plenário do Conselho Superior da Magistratura Judicial, em Luanda aos 25
de Fevereiro de 2019. a) Ser Magistrado Judicial, oriundo de qualquer órgão ou qualquer cidadão nacional,
residente no respectivo município, com reconhecido mérito técnico e idoneidade moral;
RESOLUÇÃO b) Possuir idade mínima de 35 anos;
DE 25 DE FEVEREIRO c) Estar no pleno gozo dos direitos civis e políticos;
d) Não ter sido condenado por crime doloso, punível com pena de prisão maior.
ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO CURRICULAR PARA O PROVIMENTO
DO CARGO DE PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL ELEITORAL 4º A admissão ao concurso é solicitada ao Conselho Superior da Magistratura Judicial,
mediante requerimento com assinatura reconhecida e instruída com os seguintes docu-
Considerando que a Lei Orgânica Sobre as Eleições Gerais estabelece a composição da mentos:
Comissão Nacional Eleitoral e determina que esta deve ser presidida por um Magistrado
Judicial oriundo de qualquer órgão, escolhido na base de concurso curricular realizado a) Cópia do Bilhete de Identidade;
pelo Conselho Superior da Magistratura Judicial; b) Certificado de habilitações literárias;
Tendo o actual Presidente da CNE por razões pessoais e de saúde apresentado a sua re- c) Curriculum vitae;
núncia; d) Atestado de Residência;
Competindo ao CSMJ realizar o concurso público de provimento do cargo de Presidente e) Atestado Médico;
da CNE, conforme estabelecido na alínea a) do n.º 1 do art.º 143.º da Lei Orgânica sobre f) Registo Criminal.
as Eleições Gerais;
O Conselho Superior da Magistratura Judicial, torna público o seguinte: 5º O processo de candidatura deverá ser entregue no Secretariado do Conselho Superior
1º Está aberto o concurso público curricular para o provimento do cargo de Presidente da da Magistratura Judicial em Luanda ou no Tribunal Provincial, da respectiva Província.
Comissão Nacional Eleitoral, conforme o disposto na alínea a) do n.º 1 do artigo 143.º,
da Lei Orgânica Sobre as Eleições Gerais; 6º Em conformidade com o artigo 14.º do Decreto Presidencial n.º 102/11, de 23 de Maio,
2º As candidaturas devem ser apresentadas no prazo de 20 (vinte) dias úteis contados a o Júri do concurso tem a seguinte composição:
partir da segunda publicação no Jornal de Angola da presente Resolução, sem prejuízo 1. Juiz Conselheiro Joel Leonardo - Presidente
da sua publicação no Diário da República; 2. Vogal - Inácio Paixão.
3º Os candidatos devem possuir os seguintes requisitos: 3. Vogal - Fernanda Octávio.
a) Ser Magistrado Judicial, oriundo de qualquer órgão; 4. Vogal - Bebiana Nascimento.
b) Possuir idade mínima de 35 anos; 5. Vogal - Baptista Guenjo.
c) Estar no pleno gozo dos direitos civis e políticos;
d) Não ter sido condenado por crime doloso, punível com pena de prisão maior. Vista e aprovada pelo Plenário do Conselho Superior da Magistratura Judicial, em Luanda,
4º A admissão ao concurso é solicitada ao Conselho Superior da Magistratura Judicial, na sua sessão de 25 de Fevereiro de 2019.
mediante requerimento com assinatura reconhecida e instruída com os seguintes docu-
mentos: O JUIZ CONSELHEIRO PRESIDENTE
a) Cópia do Bilhete de Identidade; RUI FERREIRA
(500.245)
22 Quinta-feira
7 de Março de 2019

PUBLICIDADE

(2747)

A CABINDA SHIPPING SERVICES, LIMITADA - empresa de prestação de serviço no sector de Pe-


tróleo & Gás, procura, para integrar o seu quadro de pessoal, um Coordenador do Sistema de Gestão
de Qualidade (ISO 9001:2015 e ISO 45001:2018), com os seguintes requisitos e qualificações:

DESCRIÇÃO DE CARGO, RESPONSABILIDADE E COMPETÊNCIA


ASSEMBLEIA GERAL DE ACCIONISTAS
CONVOCATÓRIA

(500.255)

(500.254)
REGIÕES Quinta-feira
7 de Março de 2019 23
CUANDO CUBANGO EFEITOS DA CHUVA NO SUMBE
Namibe FERNANDO CAMILO | EDIÇÕES NOVEMBRO | SUMBE

Sector da Educação carece FESTAS DO MAR


TIVERAM INÍCIO
O recinto das Festas do Mar

de escolas e docentes 2019 já foi aberto, tendo o


corte da fita sido feito pela
governadora em exercício
da província do Namibe,
Muitas crianças e até mesmo adultos que vivem em áreas Rebeca Cangombe.
recônditas nunca tiveram acesso ao sistema de ensino No acto inaugural, a vice-
governadora para o sector
Carlos Paulino | Menongue vincial da Educação, Ciência Político, Económico e
e Tecnologia aproveitou a oca- Social, Rebeca Cangombe,
O sector da Educação na pro- sião para pedir maior respon- disse que o Governo vai
víncia do Cuando Cubango sabilidade aos profissionais continuar a dar apoio
necessita de 174 novas esco- PROVÍNCIA do sector, visto que no ano institucional e manter a
las, correspondentes a mais DO CUANDO CUBANBO lectivo 2019 serão realizadas conservação do referido Os doentes tiveram que ser evacuados de emergência
de 1.700 salas de aula, bem necessita de 174 novas as provas nacionais no sistema espaço, para que a classe
como de três mil professores, esolas e três mil de educação, para as classes empresarial possa, nesta
para inserir as cerca de 30
mil crianças que se encontram
fora do sistema de ensino e
professores

30.000
da 6ª, 9ª,12ª e 13ª.
Exortou ainda aos docentes
a cumprirem com as suas res-
tradicional festa, aberta
sábado, desenvolver
parcerias de negócios e
Hospital Pediátrico
aprendizagem.
A informação foi avançada
ao Jornal de Angola, na terça-
crianças estão fora
do sistema de ensino
ponsabilidades de forma a
garantir um ensino de qua-
lidade, não deixando que as
mostrar aquilo que o
Namibe possui em termos
económicos. A governante,
inunda pela 3ª vez
feira, na cidade de Menongue, 200.000 dificuldades que actualmente segundo a Angop, pediu
pelo director do Gabinete Pro- alunos matriculados o sector enfrenta possam des- aos turistas para visitarem Casimiro José | Sumbe rápida melhoria dos doentes.
vincial da Educação, Ciência no presente ano lectivo viar daquilo que é o real papel a província, pois esta Acrescentou que, além dos
e Tecnologia, Miguel Kanhime, do professor na sociedade. oferece inúmeros doentes internados por pato-
que disse que a construção 5.040 O governador do Cuando atractivos, como as praias, O Hospital Pediátrico do logias como malária, doenças
das 1.700 salas de aula vai per- trabalhadores do sector Cubango, Pedro Mutindi, o deserto, as lagoas e as Sumbe, na província do Cu- diarreicas, respiratórias e ane-
mitir também acomodar mi- garantiu, na abertura do ano águas térmicas da Montipa, anza-Sul, voltou a inundar, mia, a transferência inclui
lhares de alunos, que actual- actualmente o sector da Edu- lectivo, que o Governo tem entre outros pontos de pela terceira vez, devido à chu- também os meios de apoio,
mente estudam debaixo de cação na província do Cuando como principal aposta, até interesse. Rebeca va intensa registada na noite como camas, aparelhos de
árvores e em capelas. Cubango conta com 5.040 2020, construir mais escolas Cangombe pediu aos de terça-feira. RX, microscópios, secretárias,
Miguel Kanhime disse que funcionários, com realce para em todos os municípios, para habitantes e visitantes Os cento e vinte e seis pa- cadeiras e outros.
por carência de escolas e de mais de quatro mil professores. a inserção das mais de 30 mil que cultivem o espírito cientes que se encontravam O Hospital Pediátrico do
professores muitas crianças “Apesar de a província crianças que se encontram de unidade nacional internados na referida unidade Sumbe, construído em 2005,
em idade escolar e até adul- receber novos professores, fora do sistema normal de e fraternidade, para que hospitalar foram transferidos com a categoria de Hospital
tos, sobretudo nas áreas mais ainda continuamos a registar ensino e aprendizagem. no final das festas o balanço de emergência para o Hospital Municipal do Sumbe, fun-
recônditas da província, um grande défice, tendo em Pedro Mutindi garantiu seja positivo. O mais Geral “17 de Setembro”. ciona com 11 médicos e 91
nunca tiveram acesso ao pro- conta que o sector da Educação também que o governo da importante, destacou, A directora da referida uni- enfermeiros.
cesso de ensino e aprendi- no Cuando Cubango necessita província vai continuar a envi- é que todos saibam dade hospitalar, Andresa O vice-governador para
zage m , ra zã o p e l a q u a l de mais três mil docentes e dar esforços no sentido de a verdadeira essência das Diogo Sachionga, considerou os serviços Técnicos e Infra-
muitos adolescentes envol- 174 escolas, para acabarmos potenciar o sector da Educação tradicionais Festas do Mar ontem a situação de preocu- estruturas, Demétrio Sel-
vem-se no mundo do álcool com crianças fora do sistema com meios indispensáveis, e desfrutem das várias pante, uma vez que as áreas púveda, fala em má projec-
e da delinquência. de ensino e alunos que estu- para que se cumpra os objec- exposições e outros do bloco operatório, salas de ção do local para a constru-
“Urge a necessidade de dam em condições deplorá- tivos preconizados: "um atractivos expostos no radiologia, hemoterapia e de ção de uma infra-estrutura
invertermos esta situação veis, nos nove municípios”, ensino de qualidade a nível recinto, durante trinta dias. tac estão inundadas, com da dimensão de unidade
preocupante, tendo em vista disse Miguel Kanhime. de toda a extensão da região." O certame conta com 41 consequências graves para hospitalar.
que vivemos num mundo glo- A par da falta de professores O governador do Cuando expositores de empresas os equipamentos instalados. “Estamos perante uma
balizado e que todos os cida- e de escolas, Miguel Kanhime Cubango apontou ainda sedeadas na província, “Estamos a viver uma situação que denota má pro-
dãos devem ter direito à informou que o Gabinete Pro- como outra pretensão a cons- feirantes e artistas situação preocupante, que jecção do local para a cons-
educação, para que possam vincial da Educação, Ciência trução de residências para (artesãose estilistas, entre ultrapassa as nossas capa- trução de hospital”, disse,
contribuir para o desenvol- e Tecnologia enfrenta enormes os professores e a expansão outros) provenientes das cidades de actuação, uma salientando que “o que se
vimento socioeconómico da dificuldades no que diz res- do ensino especial e do II províncias de Benguela, vez que os doentes foram pode fazer é construir uma
sua região”, defendeu. peito à carência de pessoal ciclo a todos os municípios Huíla, Luanda, Huambo, transferidos, mas os equi- outra unidade de referência,
Salientou que, no presente administrativo, espaços para da província. Cuanza-Sul e Namibe. A pamentos podem-se dete- para o atendimento condigno
ano lectivo, cerca de 200 mil a prática de educação física e “Não vamos poupar esfor- feira dispõe de atracções riorar, por causa da água”, das crianças.”
alunos foram matriculados desporto escolar, na maior ços para minimizar as cres- para crianças e jovens. disse, para quem a colocação A chuva de terça-feira
nos diferentes subsistemas parte das escolas, bem como centes carências sociais e A cerimónia inaugural foi das crianças transferidas nas afectou também o Serviço de
de ensino, em 278 escolas, de residências para os docentes materiais que ainda se fazem antecedida de uma missa salas improvisadas constitui Bombeiros e o Instituto Médio
que perfazem um total de que leccionam nas zonas mais sentir no sector da Educação”, de acção de graças. outro risco, que interfere na Politécnico do Sumbe.
1.608 salas de aula. recônditas da província. disse, acrescentando que é
Recordou que, no concurso Miguel Canhime disse que necessário prestar um maior
público realizado no ano pas- outra preocupação se prende apoio aos programas de acom- ALERTA DA PROMOÇÃO DA MULHER NO BIÉ
sado, a província foi contem- com a falta de internatos, prin- panhamento e supervisão das
plada com 1.140 vagas, das cipalmente para o ensino escolas, à aplicação do modelo
1.203 previstas, tendo em vista
que muitos processos de can-
secundário, instalações para
o funcionamento do Gabinete
de actuação da inspecção da
educação e ao ingresso de
Casos de gravidez precoce crescem
didatos se encontram pen- Provincial da Educação, Ciên- novos profissionais, bem como
dentes no Tribunal de Contas, cia e Tecnologia e segurança à gestão das carreiras, de forma Delfina Victorino | Cuito casos surgem diariamente mulheres são abandonadas
por diversas irregularidades. na maior parte das escolas. a alcançar-se níveis aceitáveis e com mais frequência na pelos homens quando exce-
Miguel Kanhime fez saber que O director do Gabinete Pro- de escolarização. O elevado número de casos zona periférica”, detalhou dem o número de filhos e
de gravidez na adolescência Eunice Martins. infelizmente as crianças per-
EDIÇÕES NOVEMBRO
na província do Bié está a A saúde reprodutiva e a dem o acesso ao ensino e
preocupar as autoridades da fuga à paternidade são situa- assistência de saúde.”
região, facto que leva à rea- ções que nos últimos anos Eunice Martins declarou
lização de várias palestras de têm merecido atenção especial que a saúde reprodutiva é um
sensibilização, afirmou a chefe das autoridades locais, aclarou dos temas que vai ser inten-
do departamento do Gabinete a chefe de departamento do sificado este ano durante as
Provincial da Família, Pro- Gabinete Provincial da Famí- palestras, para alertar, prevenir
moção e Igualdade do Género, lia, Promoção e Igualdade do e planificar a gestação de filhos
Eunice Martins. Género. Eunice Martins expli- por parte das mulheres.
De Janeiro a Fevereiro, cou que, com a redução de A interlocutora afirmou
acrescentou, foram registados casos de gravidez precoce, que o sector conta com a cola-
62 casos de violência domés- será possível baixar o número boração de algumas associa-
tica, pelo departamento pro- de casos de fuga à paternidade, ções que ajudam na formação
vincial da Família, Promoção que atingiram níveis alar- periódica sobre empreende-
e Igualdade do Género. mantes na região. dorismo. “A violência psi-
Eunice Martins afirmou “Existem muitas mulheres, cológica e física é resultante
que “os casos registados de menores de trinta anos, com da fuga à paternidade”, afir-
violência doméstica surgem dez filhos, vivendo em con- mou Eunice Martins, que
como resultados da fuga à pa- dições sociais precárias e sem afirma ser necessário colocar
ternidade, quando as jovens, ajuda do esposo, facto que as mulheres em vários ramos
com gravidez precoce, exigem tem preocupado as autori- de negócios, com o objectivo
os direitos de alimentação e dades locais”, acentuou, de eliminar-se a dependên-
Estão a ser criadas as condições para que todas as crianças sejam inseridas no sistema de ensino vestuário ao progenitor. Estes acrescentando que “muitas cia financeira.
24 SOCIEDADE Quinta-feira
7 de Março de 2019

MUNICÍPIO DE CACUACO FIM-DE-SEMANA ENSINO SUPERIOR


EDUARDO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Cidadãos ficam Maioria dos candidatos


sem dinheiro
em assaltos decidiu estudar no ISPA
Três desconhecidos rouba- Helma Reis localidade do município de
ram, há dias, dois milhões e Icolo e Bengo e à existência
500 mil kwanzas a Lauren- de interesse de mais jovens
tino Candeia, 30 anos, quan- A maioria dos candidatos às em estudar naquele esta-
do este seguia numa viatura, vagas abertas neste ano lectivo belecimento académico.
no Cassenda, em Luanda, pelo Instituto Superior Poli- “Muitos estudantes da
após ter levantado o dinheiro técnico Atlântida (ISPA) deci- nossa instituição são oriundos
numa agência do Banco de diu estudar na instituição de várias zonas da província
Fomento Angola. académica privada mesmo de Luanda, razão pela qual
Os marginais surpreen- depois de o Ministério do não poupamos esforços no
deram a vítima e, sob forte Ensino Superior, Ciência, Tec- sentido de encurtar a dis-
ameaça com arma de fogo, nologia e Inovação ter decla- tância de muitos, alguns dos
levaram os valores, contou rado ilegal o pólo de Mazozo. quais residentes, por exem-
ao Jornal de Angola fonte poli- A informação foi avançada plo, nos municípios de Icolo
cial. Segundo a mesma fonte, ao Jornal de Angola pelo e Bengo e Viana”, acentuou
dois outros marginais armados director do Gabinete de Co- o alto funcionário do ISPA,
roubaram 243 mil kwanzas operação e Intercâmbio, legalizado há sete anos.
a Pedro Alberto, 23 anos, na Manuel Delgado Gouveia, O ISPA, segundo Manuel
moradia da vítima, em Viana, que disse terem desistido Delgado Gouveia, foi criado
durante a madrugada. apenas cinco dos 126 can- para dar oportunidades aos
No Curtume, no Cazenga, didatos que se inscreveram jovens de continuarem a for-
O município de Cacuaco é actualmente a área com maior densidade populacional em Luanda cinco meliantes assaltaram para estudar no pólo do ISPA mação académica, sobretudo
a casa de Carlos Matos, 53 em Mazozo e que este ano oriundos de famílias com
anos, e roubaram 130 mil não abre as portas por não necessidades materiais. Por

Moradores estão a recusar kwanzas e um telemóvel.


A um idoso de 66 anos foi
retirado à força por um meliante
uma pasta com quatro tele-
estar ainda legalizado junto
do Ministério do Ensino
Superior, Ciência, Tecnologia
e Inovação.
esta razão, adiantou o res-
ponsável, o Instituto Superior
Politécnico Atlântida man-
tém, desde a sua abertura,

transferência para o Fortim móveis e documentos, no Ma-


culusso, na Ingombota.
André da Costa
Enquanto os cinco que
desistiram já receberam o
dinheiro das inscrições, a
maioria dos candidatos deci-
a propina de 16 mil kwanzas
para os cursos.
Quando for aberto, o pólo
de Mazozo vai cobrar 15 mil
LUANDA diu estudar na sede da ins- kwanzas mensalmente, uma
Chaminé de uma antiga cerâmica coloca em risco a vida de tituição privada, localizada estratégia que visa dar opor-
populares, razão pela qual a Administração Municipal de Cacuaco no Benfica, informou Manuel tunidade a que mais jovens
decidiu transferir algumas famílias do bairro Garcia para o Fortim Habitantes Delgado Gouveia, que disse
ter o estabelecimento aca-
do Icolo e Bengo entrem para
o ensino superior, sublinhou
abandonam démico chegado a um enten-
dimento com 121 candidatos.
Manuel Delgado Gouveia.
“Depois de lhes ter sido
Augusto Panzo viver em tendas, sem quais-
quer condições de saúde,
disse que compreende a posi-
ção dos munícipes daquela
casas devido O responsável explicou
que o ISPA chegou a enviar
negada a abertura do ano
académico 2019, a direcção
Os moradores do bairro Gar-
cia, junto à chaminé da antiga
saneamento e de segurança.
“Isso não é possível por-
zona, mas refere que a sua
administração não tem capa-
à delinquência por escrito uma informação
ao Ministério do Ensino Supe-
do instituto garante tudo
fazer para estar mais pró-
cerâmica, na zona industrial que temos acompanhado a cidade de dar casas neste pro- Moradores dos bairros Ema- rior, Ciência, Tecnologia e Ino- xima da população estudantil
da Vidrul, em Cacuaco, recu- situação de muitos outros cesso de reassentamento, nuel e Pescadores 1 e 2, no vação sobre a abertura de um que percorre quilómetros
sam a transferência para o que são desalojados e que nem poder financeiro para município de Cacuaco, em pólo na localidade de Mazozo, de distância em busca do
Fortim, arredores da Caop acabam por viver em tendas. alugar máquinas que possam Luanda, estão a abandonar mas, como não houve auto- conhecimento”, prometeu
Velha, uma medida das auto- Como ocorreu com os popu- demolir aquela estrutura que as casas devido à delinquência rização, “as portas vão con- o responsável.
ridades municipais, devido lares que tinham sido reti- está a pôr em risco a segurança e os que ficam fazem vigílias tinuar fechadas”. O director do Gabinete de
à iminência de desabamento rados da Boavista e da Samba, dos moradores. com paus, pedras e catanas, Manuel Delgado Gouveia Cooperação e Intercâmbio
da torre da antiga fábrica, ali na Praia de Bispo. A ser Augusto José disse que ape- para se defenderem de assal- adiantou que o ISPA vai ins- revelou ser pretensão do ISPA
erguida no tempo colonial nestes moldes não adianta, sar da recusa, os moradores tos e agressões efectuados truir, ainda este ano, um transformar o pólo de Mazozo
e que neste momento apre- porque não vamos deixar as terão de sair do local, referin- por adolescentes e jovens dos novo processo de legalização em campus universitário,
senta fissuras. nossas casas, para ir viver ao do que o organismo sob sua 12 aos 17 anos. do pólo de Mazozo, que tem onde vão ser construídos labo-
O coordenador do Sector ar livre”, esclareceu. tutela não descarta para já a Moniz António por pouco oito salas de aula, devendo ratórios, campos desportivos
3, afecto àquele bairro, con- transferência coerciva dos perdia o filho, Nilson Moniz, o número crescer por haver e serviços que garantam uma
firmou ao Jornal de Angola mesmos para a zona do For- 19 anos, no dia 24 de Janeiro, obras de ampliação da infra- boa aprendizagem.
que as 60 famílias residentes Um dos moradores tim, para que as suas vidas ferido no abdómen com uma estrutura. O ISPA tem 17 cursos lega-
no local foram notificadas disse que na zona sejam preservadas. faca por delinquentes. O director do Gabinete lizados, mas apenas 11 são
pela Administração Muni- escolhida “Entre a falta de energia O jovem recebeu os pri- de Cooperação e Intercâmbio ministrados. O estabeleci-
cipal de Cacuaco, ainda na pela Administração eléctrica, escola, água ou hos- meiros socorros do pai, enfer- explicou que a abertura de mento académico tem, actual-
vigência de Carlos Cavuquila, Municipal pital e a vida humana, tem de meiro há 20 anos, e mais tarde um pólo em Mazozo deve- mente, uma população estu-
então administrador. de Cacuaco para haver uma escolha. E a nossa foi encaminhado para o Hos- se ao facto de o ISPA ter estu- dantil estimada em cerca de
“Fomos de facto notifi- o realojamento posição é olhar para o bem pital Américo Boavida onde dantes que vivem naquela quatro mil alunos.
cados para a nossa retirada não há escolas maior, que é a vida humana”, recebeu tratamento especia- EDUARDO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO
desta área para o Fortim, na e os hospitais acentuou o administrador lizado durante duas semanas.
Caop Velha, comuna da ficam muito municipal. A família não apresentou
Funda, por causa do perigo distantes O administrador reconhece queixa à Polícia, por medo de
que representa essa chaminé, o sofrimento que caracteriza retaliação dos marginais que
mas os moradores não que- o processo de reassentamento são conhecidos no bairro.
rem sair daqui, porque sabem Genivaldo Ambriz, jovem para qualquer ser humano, “São jovens que não estu-
que lá não terão condições estudante e morador na área, mas diz que os moradores do dam, fumam liamba, inalam
de habitabilidade”, disse disse que dar chapas para os bairro Garcia, a serem trans- gasolina, roubam e muitas
Mariano João. moradores construírem não feridos para o Fortim, na vezes matam e os seus pais
Mariano João disse que na é a solução para o problema. Funda, vão ter um enorme sabem disso”, disse Moniz
zona escolhida pela Admi- “Não aceito sair daqui para benefício, uma vez que a António. Evaristo Donga, resi-
nistração Municipal de Ca- ir no Fortim. Eu estudo, lá não administração vai atribuir, a dente no bairro Emanuel,
cuaco para o realojamento dos tem escolas, nem vias boas cada um deles terreno com disse que a criminalidade
moradores do Bairro Garcia “ para facilitar o transporte das título de ocupação. está a crescer e os moradores
não há escolas e os hospitais pessoas. Como é que vamos Augusto José tranquiliza “estão proibidos de adorme-
ficam muito distantes”, jun- ficar lá, se nem casas nos vão os habitantes que questionam cer”, para estarem sempre
tando o facto de terem recebido dar? Não vou sem que dêem para quem vai ficar o espaço em estado de alerta.
garantias de cada família rece- casa. Nós não estamos a negar depois da sua retirada, ao A moradia do portador de
ber chapas para construir a sair daqui. Mas também não explicar não ser intenção da deficiência e a pequena far-
sua própria casa. podemos sair de um sítio de administração ocupar para mácia que possui têm sido
A proposta não agradou risco, para outro de alto risco. si o terreno a ser abandonado muitas vezes assaltadas, o que
os moradores do Bairro Gar- Essas coisas de dar chapas pelos moradores, mas apenas o levou a solicitar ajuda de
cia, referindo haver expe- para construir já não fazem libertar o local numa distância familiares para passarem as
riência de pessoas de outras parte de soluções. Isso é uto- fora do raio de acção de uma noites com ele, munidos de
zonas de Luanda que depois pia”, justificou. eventual queda da estrutura paus, pedras e catanas para
de transferidos das suas zonas O administrador municipal da chaminé da antiga cerâ- se defenderem dos meliantes.
de origem, acabaram por de Cacuaco, Augusto José, mica da Vidrul. Alexa Sonhi Um ângulo do pólo do ISPA instalado na comuna de Mazozo
SOCIEDADE Quinta-feira
7 de Março de 2019 25
CIDADE DO KILAMBA ENSINO SUPERIOR REDE PÚBLICA DE SAÚDE

Detido
por furto
Angola sem legislação Governador está atento
para pesquisa científica
de acessórios
de viaturas Rodrigues Cambala de vectores patogénicos,
aos serviços hospitalares
Um cidadão foi detido na nomeadamente malária, vírus Sérgio Luther Rescova declarou ontem que o sector da Saúde
madrugada de segunda- Mateus Webba da Silva, pro- de ébola e marburg, Mateus está nas principais prioridades estabelecidas pelo Executivo
feira, em flagrante delito, fessor angolano da Univer- Webba da Silva afirmou que,
quando furtava uma placa sidade Ulster, na Irlanda do por falta de legislação, Angola PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO
electrónica e bateria no inte- Norte (Reino Unido), afir- não tem concorrido, para que
rior de uma viatura esta- mou, ontem, em Luanda, determinados estudos sejam
cionada na Centralidade do que Angola está desprovida feitos no país. “Estes estudos
Kilamba, em Luanda. de uma legislação que per- são feitos nas pessoas. Não é
O i nte n d e nte Mate u s mita a recepção de financia- que se vá intoxicar as pessoas,
Rodrigues explicou que o mento estrangeiro para a porque há formas para não
cidadão que conduzia uma investigação científica. afectar a população negati-
viatura de marca Suzuki, Doutorado em Química, vamente”, disse Mateus da
modelo Celeiro, foi interpelado Mateus Webba da Silva disse Silva, professor há 14 anos,
pela Polícia, nas imediações à imprensa, no final de um no Reino Unido. Mateu s
do quarteirão W1, onde exis- encontro que manteve com Webba da Silva realçou que
tem relatos de furtos de aces- a ministra do Ensino Supe- Angola não está preparada
sórios de viaturas, devido à rior, Tecnologia e Inovação, para realizar estudos que
fraca iluminação. que a falta de um instru- visam desenvolver produtos
Os efectivos da Polícia mento legal faz com que as terapêuticos e identificar a
Nacional revistaram a viatura instituições internacionais proveniência das doenças.
do suspeito e encontraram não realizem estudos de diag- “Precisamos de coisas bási-
três placas electrónicas e qua- nóstico em Angola. cas, como o instrumento jurí-
tro baterias de viaturas reti- “Nenhum país se desen- dico, para a recepção de estu-
radas de outras viaturas volve sozinho”, explicou, para dos”, disse, sublinhando que
estacionadas naquela cen- salientar que as instituições alguma coisa está a ser feita
tralidade. O oficial explicou internacionais de investigação no sentido de reforçar-se a
que as baterias e placas elec- científica apenas financiam investigação científica.
trónicas seriam comerciali- os países com um instrumento “Os estudos realizados,
zado s p e l o su sp e ito e m jurídico para o efeito. em Angola, demonstram
clientes previamente iden- Ao revelar que Angola pode alguma falta de capacidade Governador de Luanda quando discursava na tomada de posse de responsáveis provinciais
tificados a preços irreais. ter acesso a dois milhões de técnica”, admitiu o professor
O porta-voz da Polícia euros destinados à pesquisa universitário.
Nacional em Luanda disse Manuela Gomes perspectiva que visa a que os Sérgio Luther Rescova
que nos últimos tempos, hospitais tenham cada vez pediu às unidades hospita-
vários cidadãos residentes na mais um melhor atendimento. lares orçamentadas para
Centralidade do Kilamba têm BAIXA DE LUANDA O governador da província d a re m m a i o r ate n ç ã o à
apresentado queixas às auto- AGOSTINHO NARCISO | EDIÇÕES NOVEMBRO
de Luanda disse ser funda- Maior prevenção higiene hospitalar e criarem
ridades policiais reportando mental, mais do que criar Sérgio Luther Rescova real- condições que concorrem
assaltos a viaturas, onde são novas unidades hospitalares, çou a necessidade de se tra- para a melhoria do atendi-
retirados baterias, placas elec- a melhoria da oferta dos ser- balhar cada vez mais na mento à população.
trónicas e outros acessórios. viços de saúde e do desem- p reve n ç ã o , p o r s e r u m
Para travar a criminalidade, penho da rede hospitalar. aspecto fundamental, que Jornada de trabalho
os agentes da Polícia colo- Sérgio Luther Rescova, não pode ser deixado de Sobre os cuidados primários
cados na Cidade do Kilamba que falava numa cerimónia parte. No seu entender, as de saúde, o governador da
redobraram a vigilância com de tomada de posse do novo políticas de prevenção de província de Luanda defen-
a realização de forma cons- director do Gabinete Pro- saúde, no âmbito da saúde deu a revisão do período de
tante de patrulhamentos, vincial da Saúde de Luanda pública, devem ser genera- atendimento dos centros
apeado e auto, fundamen- e de responsáveis do seu lizadas, massificadas e contar médicos, por “muitos encer-
gabinete de trabalho, deu com o envolvimento das pró- rarem as portas muito cedo”.
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO
ênfase também à necessi- prias comunidades. Sérgio Luther Rescova
O trabalho de limpeza da Nova Marginal demorou várias horas dade de melhoria das con- Sérgio Luther Rescova afirmou que “a saúde é algo
dições de trabalho. pediu aos responsáveis das permanente e as doenças
O governador da província administrações municipais não têm horário”, razão pela
de Luanda afirmou que o sec- para que estejam sempre qual, acentuou o responsável,
Carnaval deixou muito tor da Saúde é uma área fun-
damental e está enquadrado
informados sobre o que se
passa no dia-a-dia das uni-
“quanto mais cedo o paciente
for atendido, mais fácil é
nas principais prioridades dades sanitárias. garantido o seu tratamento”.
lixo na Nova Marginal estabelecidas pelo Executivo.
Ao novo director do Gabi-
“Os responsáveis dos sec-
tores sociais não podem dor-
Sérgio Luther Rescova
disse acreditar que, com o
nete de Saúde de Luanda, o mir descansados sem saber melhoramento dos serviços
Carla Bumba Ontem, mais de 10 fun- governador Sérgio Luther como está o atendimento e nos centros e postos médicos,
cionários da Elisal estavam Rescova pediu que dê con- fornecimento de medica- “as grandes enchentes veri-
Lixo acumulado fora dos a recolher o lixo resultante tinuidade às acções e avanços mentos aos hospitais, mas ficadas nos hospitais prin-
contentores era o cenário do desfile central do Carna- positivos registados no sector sem negligenciar outros sec- cipais podem diminuir”.
até ontem de manhã da Nova val, cujo vencedor é o União da Saúde na província. tores, como os da Educação O governador anunciou
Marginal de Luanda, palco Recreativo Kilamba do Dis- “Este vai ser o ponto de e Energia e Águas”. que está a ser feito um tra-
Porta-voz do Ministério da realização do Carnaval trito Urbano do Rangel. partida, que é manter tudo o O governador recomen- balho com o objectivo de
do Interior em Luanda de Luanda, cujo desfile cen- Luciano Baptista, da em- quanto de bom foi feito e, dou aos responsáveis das diminuir o número de fami-
tral decorreu terça-feira. presa Queiroz Galvão, afir- acima de tudo, melhorar o áreas sociais dos municípios liares de doentes que, dia-
talmente à noite. Quatro ele- Trabalhadores da Empre- mou que a quantidade do desempenho daquilo que para que “abandonem os riamente, ficam em frente
mentos, que se encontram sa de Limpeza e Saneamento lixo encontrado deve-se ao foram as realizações concre- seus gabinetes e participem dos hospitais. O governador
em fuga, roubaram, há dias, de Luanda (Elisal) e da Quei- grande número de pessoas tas”, adiantou Sérgio Luther no dia-a-dia da gestão hos- não mencionou o que está
no bairro da Sapú, no Kilamba roz Galvão encontraram a que acorreram à Nova Mar- Rescova, para quem “uma pitalar”, uma atitude que a ser efectivamente feito,
Kiaxi, uma viatura Toyota Nova Marginal de Luanda ginal de Luanda. maior dinamização nas ac- visa transmitir confiança tendo apenas dito que tam-
Starlet, cor cinzenta, matrícula num estado lastimável, carac- “Estamos aqui há três ções, em torno da melhoria aos profissionais e fiscalizar bém está em estudo a pos-
LD-24-65-CR, pertença de terizado pela presença de horas e, até agora, ainda não das condições de vida das as actividades das unidades sibilidade de acomodação
Vicente João, que na altura garrafas, latas e sacos no pas- estamos ao meio do traba- populações de Luanda, deve sanitárias públicas, que, na “daqueles que, por razoes
efectuava serviço de táxi. Os seio e canteiros. lho”, explicou o funcionário primar pela assistência dos sua opinião, devem ser cada diversas, precisam de acom-
ladrões, segundo a Polícia, José Paulino, trabalhador Luciano Baptista. cuidados primários de saúde”. vez mais humanizadas. panhar parentes que se en-
fizeram-se passar por pas- da Elisal, lamentou o facto O funcionário da Queiroz O governador da província “Havendo um trabalho contram internados”.
sageiros e, depois de a viatura de ter havido pouca utilização Galvão reconheceu que não de Luanda disse esperar que conjunto entre os adminis- Ontem, foram empossa-
estar em andamento, anun- dos contentores postos à dis- estava fácil limpar a Margi- haja uma “dinâmica envol- tradores municipais adjuntos dos Miguel Gaspar, no cargo
ciaram o assalto, tendo expul- posição dos foliões no desfile nal por ter sido encontrada vente e acutilante”, no que para a Área Social e os res- de director do Gabinete Pro-
sado o proprietário e levado central do Carnaval. “muita sujeira, espalhada por diz respeito à assistência ponsáveis das unidades hos- vincial de Luanda da Saúde,
o veículo para local incerto. Ao contrário da edição pas- todos os cantos.” Os traba- médica e medicamentosa e pitalares, certamente que Bruno Osvaldo Bastos Canga,
Em Viana, três cidadãos sada, este ano, foram colo- lhadores dividiram-se em à valorização e organização vamos encontrar as melhores no de director do gabinete
roubaram uma viatura, de cados mais contentores, “mas, grupos, uma estratégia criada dos recursos humanos do soluções para atendermos do governador provincial, e
marca Suzuki, por volta da infelizmente, a população no terreno para que, até 12 sector da Saúde. melhor à população”, acen- Zinha Pereira Tomás da Silva
20H51, junto ao cemitério. preferiu colocar coisas no horas de ontem, o local ficasse Os té cnico s de saúde tuou o governador da pro- Salvador, no cargo de direc-
André da Costa chão”, lamentou José Paulino. totalmente limpo. devem ser orientados numa víncia de Luanda. tora-adjunta.
26 Quinta-feira
7 de Março de 2019

PUBLICIDADE

CONVOCATÓRIA
ASSEMBLEIA-GERAL ANUAL DE ACCIONISTAS Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD

A Vice-Presidente da Mesa da Assembleia-Geral da Sociedade Anónima FINIBANCO ANGOLA ANÚNCIO DE VAGAS


S.A., com sede em Luanda, na Travessa Engrácia Fragoso, n.º 24, R/C, Ingombota, registada na
Conservatória do Registo Comercial de Luanda, sob o n.º 1235/2007, com o Número de Identificação “Você é apaixonado por reduzir o desperdício em Angola? Você pode ajudar a encontrar
Fiscal 5403105131 e capital social de AOA 7.516.296.830,00 (sete mil, quinhentos e dezasseis mi- novas soluções para gestão de resíduos, reciclagem e transformar ideias em realidade?
lhões duzentos e noventa e seis mil oitocentos e trinta Kwanzas), convoca a Assembleia-Geral Anual O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) tem a honra de im-
de Accionistas, nos termos do artigo 396.º e seguintes da Lei das Sociedades Comerciais e do artigo plementar o primeiro Laboratório Acelerador através de uma iniciativa global com um alto
20.º dos respectivos Estatutos, a realizar-se no dia 09 de Abril de 2019, às 15:30 horas, no Hotel nível de ambição, impulsionada por uma abordagem inovadora, que nos levará ao mundo
Epic Sana, sito em Luanda, com a seguinte ordem de trabalhos: que queremos em 2030, trabalhando na criação de novas maneiras de reimaginar e de-
senvolver o Século XXI”.
1. Apreciar e deliberar sobre o Relatório de Gestão, o Balanço e as Contas, relativas ao exercício
de 2018;
Em 60 países o PNUD está a construir a maior e mais rápida rede de aprendizagem, para
2. Apreciar e deliberar sobre a aplicação de resultados do exercício de 2018; os desafios sociais e ambientais da actualidade. Para mais informações sobre a iniciativa,
3. Proceder à apreciação geral dos relatórios sobre: poderá consultar o site: https://acceleratorlabs.undp.org/
a) Administração e Fiscalização da Sociedade;
b) Conselho Geral; Em Angola, a iniciativa tem a designação: Luanda mais Verde: Reciclagem de Resíduos
c) Comissão de Remunerações. para Acelerar o Desenvolvimento Sustentável. Venha fazer parte da nossa equipa, candi-
4. Proceder à eleição dos Órgãos e Corpos Sociais para o triénio 2019/2021; datando-se através das seguintes vagas:

5. Apreciar e deliberar sobre as condições remuneratórias dos elementos integrantes dos Órgãos
• Chefe de Experimentação - https://jobs.partneragencies.net/erecruitjobs.html?Jo-
Sociais;
bOpeningId=21211&hrs_jo_pst_seq=1&hrs_site_id=2
Nos termos do artigo 15.º dos Estatutos, a Assembleia-Geral é constituída por todos os Accionistas
com direito a voto, podendo os Accionistas fazer-se representar, por quem, para o efeito, da Lei e dos
• Chefe de Exploração - https://jobs.partneragencies.net/erecruitjobs.html?JobOpe-
Estatutos, designarem, bastando para tal, uma carta, com assinatura reconhecida notarialmente e au-
ningId=21212&hrs_jo_pst_seq=1&hrs_site_id=2
tenticada pela Sociedade, dirigida à Vice-Presidente da Mesa da Assembleia-Geral e entregue na sede
social pelo menos cinco dias úteis antes da data designada para a reunião da Assembleia-Geral.
• Chefe de Mapeamento de Soluções - https://jobs.partneragencies.net/erecruitjobs.html?Jo-
Para efeitos do artigo 16.º dos Estatutos, tem direito a voto o Accionista titular de acção ou acções re- bOpeningId=21213&hrs_jo_pst_seq=1&hrs_site_id=2
gistadas em conta aberta em seu nome ou tratando-se de acções tituladas, em seu nome averbadas,
pelo menos desde o décimo dia útil anterior à data designada para a realização da Assembleia-Geral.
Os Termos de Referência, incluindo todas as responsabilidades e qualificações necessá-
Luanda, 1 de Março de 2019. rias estão disponíveis nos links acima. Os interessados deverão submeter as suas candi-
daturas até ao dia 11 de Março de 2019, acessando o link da respectiva vaga.
A VICE-PRESIDENTE DA MESA DA ASSEMBLEIA-GERAL
ANA LÚCIA LOURO PALHARES Senhoras são encorajadas a se candidatarem.
(2.952) (500.187)

VAGA PARA SECRETÁRIA


Requisitos:
• Nacionalidade Angolana
• Licenciatura ou formação em secretariado Somos uma empresa do direito angolano, vocacionada à prestação de serviços,
• Português e Inglês (fluência verbal e escrita). O domínio da Língua Inglesa é uma no sector imobiliário e prestação de serviços.
condição necessária.
• Excelente domínio de computador (Programas do Microsoft Office: Access, Excel, Word Temos à vossa disposição, os seguintes prédios rústicos (Terrenos) à venda :
PowerPoint e Outlook).
• Forte capacidade de organização, dinamismo e trabalho sob stress.
• Disponibilidade para trabalhar no estrangeiro, a partir de Maio de 2019.
• 7.5 Ha atrás do Centro de Produção da TPA Camama, 20mil kz /m2.
• Máxima disponibilidade em viajar. • 3.000 m2, na via principal do Benfica, junto ao Mercado do Artesanato, Kzs. 450
• Capacidade de trabalho em equipas nacionais e estrangeiras. milhões.
• Capacidade de manter boas relações com instituições internacionais, autoridades
• 2.400 m2 na rua principal do Benfica, Kzs. 180 milhões.
governamentais e parceiros privados.
• Habilidade, conhecimento e atitude. • 2.300 m2 na rua principal do Lar Patriota, Kzs. 180 milhões.
• Sobriedade, discrição e lealdade. • 120 Ha, no Condomínio Jardim de Rosas,
Experiência exigida: • 17 Ha, na Via Expressa, junto à Refriango, Kzs.15 mil/m2.
• Flexível, mas uma experiência anterior na área de secretariado é desejável. • 6 Ha, na Zona Económica de Viana, depois do Kero, com direito de
superfície Kzs 500 milhões
Descrição da função:
• Elaborar e gerir a agenda e os compromissos do responsável máximo. • 8.5 Ha, em Viana, junto à Universidade Utanga,na Zona do Kilombe
• Protocolar documentos e expedir correspondências. • 5 Ha, junto ao ex-Mercado do Artesanato, na estrada principal
• Receber, conferir, seleccionar, ordenar, encaminhar e arquivar documentos. • 2 Ha, no Bairro Jacinto Tchipa
• Criar e gerir a base de dados.
• Assegurar uma gestão eficiente e eficaz do gabinete do responsável máximo.
• 7 Ha, na Via Expressa, junto ao hotel Victória Garden
• Gerir os telefonemas, filtrando as ligações para o Chefe e facilitar as chamadas do Chefe • 1 Ha, na Via Expressa, junto ao Estádio 11 de Novembro
de e para o exterior. • 2 Ha, 700m, junto ao Viaduto do Zango sentido Cacuaco-Benfica
• Organizar, preparar, acompanhar eventos, reuniões de trabalho, viagens nacionais e
• Fazenda no Bengo com 30 hectares, equipada com várias infra-
internacionais do responsável máximo.
• Acompanhar o cumprimento das decisões tomadas pelo responsável máximo. estruturas, entre casas, máquinas, animais e outros meios
• Redigir actas. • 60 Ha, na Barra do Cuanza, na margem do rio 30kzs /m2
• Receber as visitas programadas ou imprevistas do responsável máximo.
• Realizar as tarefas executivas, por delegação, na ausência do responsável máximo.
Obs: Todos os terrenos têm a situação jurídica legal
• Organizar pequenos-almoços, almoços e jantares de trabalho do responsável máximo.
• Administrar a agenda de férias dos colegas de trabalho. Apoio ao cliente: 222 71 58 80 /995 71 06 09/
(whatsapp) 937 71 49 37
Obs: Enviar o CV, com cópia das qualificações para o seguinte e-mail:
Email:abc.imobiliaria@hotmail.com
recrutamento.sec.2019@hotmail.com (3024) (2947)
Quinta-feira
7 de Março de 2019 27
PUBLICIDADE

A LSG Sky Chefs (Lufthansa Service Holding AG) é a maior fornecedora mundial de serviços a bordo. Estes in-
cluem catering, equipamento e logística em voo, retalho a bordo, bem como a gestão de serviços a bordo e rela-
cionados com o aeroporto. A LSG Sky Chefs é parceira de mais de 300 companhias aéreas em todo o mundo e
opera cerca de 211 centros de serviços ao cliente em 52 países, produzindo cerca de 527 milhões de refeições LSG SKY CHEFS TAAG ANGOLA CATERING S.A, O Grupo LSG é líder mundial no fornecimento de produ-
aéreas por ano. Em 2012, as empresas pertencentes ao LSG Sky Chefs Group alcançaram receitas consolidadas tos a bordo e ao longo de toda a cadeia de serviços integrados.
de € 2,5 bilhões.
Neste conjunto de encargos estão incluídos, catering, vendas e programas de entretenimento durante o voo, con-
Para a nossa unidade de catering em Luanda, Angola estamos actualmente a recrutar para seguinte posição:
cepção e fornecimento de equipamentos, logística, bem como serviços de consultoria e operação em lounges.
Director Financeiro & IT (m/f)
O empenho e dedicação da empresa à culinária, com padrões de excelência, e a larga experiência logística,
Nessa função, incluir criar um planeamento financeiro eficiente e eficaz, controle, relatórios, contabilidade proporcionaram uma ramificação directa e bem-sucedida pelos mercados adjacentes nomeadamente, no sec-
(incluindo facturamento / facturamento), impostos, gerenciamento de riscos, tesouraria e sistemas de TI tor ferroviário e no retalho de conveniência.
Suas responsabilidades:
Relativamente às actividades de catering, as mesmas são comercializadas sob a marca "LSG Sky Chefs",
- Garantir o cumprimento dos requisitos estatutários, as directrizes e políticas corporativas e regionais; identificar distribuindo anualmente 628 milhões de refeições e está presente em 209 aeroportos espalhados pelo mundo.
potenciais riscos do negócio e assegurar que acções correctivas sejam tomadas
- Preparar o plano de negócios / orçamento anual, o relatório financeiro periódico e as contas estatutárias do YE Para nossa unidade de Catering em Luanda, Angola estamos actualmente à procura de um
para os acionistas, de acordo com os processos definidos. Iniciar acções correctivas, se necessário
- Garantir que todas as actividades fiscais e alfandegárias sejam realizadas e que as obrigações fiscais sejam oti- Especialista em EXCEL área de Vendas (m/f)
mizadas
- Assegurar uma gestão eficiente e eficaz de numerário e tesouraria Responsabilidades:
- Garantir a qualidade e integridade dos dados no Sistema de Informações Gerenciais / sistema de relatórios fi- • Actuar no departamento de vendas, no tratamento de dados para preparação de Orçamentos para os clientes.
nanceiros; supervisionar e liderar o estabelecimento de sistemas de TI • Realizar verificação de facturas, ajuste de preços, actualização das listas de preços e inserção de preços ERP.
- Implementar processos efectivos de controle interno na unidade de catering; garantir o cumprimento destes pro- • Desenvolver planilhas em Excel e para e fazer a manutenção de dados utilizando programa em vigor na
cessos na área de responsabilidade empresa para análise e correcção da informação.
- Preparar e entregar estudos financeiros, projecções, análises e estudos de viabilidade, a fim de permitir que a • Desenvolver tabelas em Excel para controlo das receitas mensais da empresa.
administração tome decisões de negócios, inclusive despesas de capital • Interpretar informações advindas de outros sistemas, integrá-las no Excel e transformar os números em grá-
- Orientar, motivar e desenvolver os subordinados ficos e planilhas altamente confiáveis em Excel.
- Planejar, implementar e controlar o orçamento de custo na área de responsabilidade, iniciar e orientar acções • Unir diversas informações de vendas que estão em arquivos separados no Excel em uma única planilha
correctivas em caso de desvios
- Iniciar e liderar projectos dentro da unidade de catering; participar ou contribuir em projectos de âmbito regional Requisitos exigidos:
e de grupo
• Nacionalidade Angolana
• Conhecimento AVANÇADO em Excel (PROCV, SE e SOMASE, PIVOTABLES).
Nossas expectativas
• Conhecimentos sobre estruturas de formação de custos, orçamentos.
- Nível de pós-graduação com foco económico ou experiência equivalente
• Conhecimentos sobre vendas e facturação.
- Mínimo de 5 anos de experiência em finanças e controle, idealmente em uma empresa internacional.
• Fortes conhecimentos sobre Matemática Financeira.
- Experiência de liderança
• Domínio do Excel e suas funcionalidades.
- Conhecimento de IAS e princípios e regulamentos contábeis locais
• Conhecimento em Contabilidade, Marketing, Finanças, entre outras áreas, é uma mais-valia.
- Saber como controlar e gerenciar sistemas de informação
• Domínio de Língua Inglesa.
- Bom entendimento da organização, produtos, ambiente tecnológico e competitivo
• Licenciatura em Economia, Marketing e Gestão de Empresa.
- Habilidades analíticas, habilidades de apresentação e comunicação
- Fluência em Português e Inglês
Oferecemos integração numa equipa jovem e dinâmica numa empresa sólida, com crescimento forte contínuo.
Por favor, envie seu CV, com cópia de todas qualificações até ao dia 15 de Março para: Os candidatos cujo perfil corresponde ao descrito, são convidados a enviar as suas candidaturas com foto re-
cente, documentação e indicação da pretensão salarial para: rh.angola@lsgskychefs.com até 30 de Março
LSG Sky Chefs TAAG Angola Catering de 2019.
ATT: Eunice Gomes
rh.angola@lsgskychefs.com
www.lsgskychefs.com
(2.768) (2.769)

DIRECÇÃO DOS GRANDES CONTRIBUINTES


REPARTIÇÃO FISCAL DOS GRANDES CONTRIBUINTES

Notificação Edital
A Direcção dos Grandes Contribuintes, no estrito cumprimento do disposto no n.º 5 do artigo 93.º do Código Geral Tributário conjugado
com a alínea d) do n.º 1 do artigo 42.º das Normas do Procedimento e da Actividade Administrativa aprovadas pelo Decreto-Lei n.º 16-
A/95, de 15 de Dezembro, notifica o contribuinte PREBUILD ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, LDA., titular do NIF 5417013722, com
efeito imediato à presente publicação, da decisão de indeferimento que recaiu sobre as Reclamações Administrativas que correm termos
nesta Direcção, relativos aos Imposto Industrial, Imposto de Selo e Imposto Industrial – Lei 7/97, todos referentes ao exercício económico
de 2013.
Deve a Reclamante, no prazo de 15 dias, contados a partir do dia seguinte à data da notificação, proceder ao pagamento da quantia
devida ou, querendo, no mesmo prazo, mediante prestação de garantia, nos termos do art.º 43.º do Código das Execuções Fiscais, solicitar
o pagamento a prestações regulado no art.º 136.º do Código Geral Tributário.

A Reclamante pode ainda, no prazo de 60 dias corridos, após a notificação, havendo fundamentos para tal, mediante prestação de garantia
idónea, impugnar judicialmente, nos termos dos artigos 59.º, 60.º e 62.º; todos do Código do Processo Tributário, aprovado pela Lei n.º
22/14, de 5 de Dezembro.

Para o efeito, deve o contribuinte comparecer junto do Departamento Técnico da Direcção dos Grandes Contribuintes, para recepção da
decisão, onde constam o valor da dívida e da garantia idónea a prestar, caso opte pela impugnação da decisão com efeito suspensivo.

Direcção dos Grandes Contribuintes, Luanda, aos 25 de Fevereiro de 2019

A Chefe da Repartição
Nanikunzailamo Silvine Kiamvu
(500.213c)
28 Quinta-feira
7 de Março de 2019

PUBLICIDADE

Radical Investiments (pty) Ltd. t/a

REPÚBLICA DE ANGOLA Flui melhor Connosco Um ISO 9001:2015 empresa certificada


MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Um inovativo e confiável parceiro em reticulação de águas de esgoto e soluções de armazenamento
1.ª CONSERVATÓRIA DO REGISTO CIVIL DE LUANDA

EDITAL
ESTER DA SILVA SEBASTIÃO DOS SANTOS, Conservadora da Primeira Conservatória do Registo
Civil de Luanda.

Certifica que, corre seus termos nesta Conservatória do Registo Civil de Luanda, um processo de
Aquisição de Nacionalidade Angolana por Naturalização, em que é requerente o senhor DANIEL
HASSUNI NEVES SEBAITI, solteiro de 36 anos de idade, nascido no dia vinte e quatro de Dezembro
de mil novecentos e oitenta e dois, natural de Kinshasa, República do Zaire, de nacionalidade Por-
tuguesa, filho de Fares Sebaiti e de Maria Helena Rodrigues Neves, portador do Passaporte n.º
CA297838, emitido pelo Serviço de Estrangeiro e Fronteiras em 17 de Novembro de 2018 e do Cartão
de Estrangeiro Residente n.º 0001985A02, emitido pelo Serviço de Migração e Estrangeiro da Re-
pública de Angola, em 24 de Agosto de 2013, residente em Luanda, na Rua Doutor António Saldanha
n.º 31, 1º andar, apartamento Esquerdo, Distrito Urbano da Ingombota.

Nos termos do disposto na Lei n.º 02/16, de 15 de Abril e por força do regulamento da Lei da Nacio- Fabricante de qualidade polietileno, PVC, PPR, tubos de Polietileno disponíveis de 20 mm até 630 mm de pressão
nalidade, são convidados todas as pessoas incertas a deduzirem a oposição que julgarem existir PNG até PN25 PVC, tubos de esgoto disponíveis de 32 mm até 160 mm e tubos de pressão de 20 mm até 400, com
contra a requerente no prazo de quinze dias a começar da data da fixação do presente Edital. classe 10/06/16, tubos PPR disponíveis de 20 mm até 110 mm, com classe PN20 SDR7.4, acessórios para
PEAD/PVC/PPR estão disponíveis, nós fornecemos tubos corrugados para esgoto/eléctrica/ telecomunicações, etc.
E para constar, lavrou-se o presente Edital que será fixado nos lugares designados por Lei. LUANDA LOBITO
FLO-TEK Tubos e Irrigações FLO-TEK Tubos e Irrigações

(500098b)
1ª CONSERVATÓRIA DO REGISTO CIVIL DE LUANDA, 22 de Janeiro de 2019. Estrada de Catete, Km 22,PIV Viana ANGOLA Zona Industrial do PDIC, Phasse-I
Luanda, Angola Estrada Lobito-Catumbela
Lobito, Angola
A CONSERVADORA Cell: +244 946 387 960/61 Cell: +244 946 387 963/64
ESTER DA SILVA SEBASTIÃO DOS SANTOS E-mail: vendas@flotekafrica.com Website:www.flotekafrica.com E-mail: vendaslobito@flotekafrica.com
(2857)

Fundo das Nações Unidas para a População


MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E DOS DIREITOS HUMANOS
LOJA DOS REGISTOS DO CAMAMA
REGISTO CIVIL
O UNFPA, Fundo das Nações Unidas para a População,
é a agência líder das Nações Unidas que busca edificar
EDITAL um mundo onde cada gravidez é desejada, cada parto é
seguro e o potencial de cada jovem é realizado. O UNFPA
MANUEL MACUMBUNDO VELOSO TUTI, 1º Ajudante de Con-
servador, em exercício nesta Loja dos Registos do Camama. pretende preencher a seguinte vaga:
Faço saber que por esta Loja, correm seus termos, um processo
de Aquisição de Nacionalidade Angolana por casamento, em que Título do Posto: Representante Assistente
é requerente Nadine Tabu Kamakangi, casada, de trinta e qua- (Assistant Representative )
tro anos de idade, natural de Mbanza Ngungu, República Demo-
crática do Congo, de nacionalidade Congolesa, filha de
Nivel do Posto: NOC
Kamakangi Kenyama Kristante e de Mata Tsumbu, residente em
Luanda, Município de Talatona, Condomínio Vereda das Flores, Duração inicial do contrato: Um (1) ano com possibili-
Quadra 27, Lote 22.
dade de extensão
Nos termos do disposto na Lei nº 2/16 de 15 de Abril são, por Localização do posto: Luanda, Angola
este meio, convidadas todas as pessoas certas e incertas para
virem no prazo de quinze dias fazerem a oposição que julgarem Tipo de contrato: Fixed - Term
existir, perante esta Loja a contar da data da afixação deste Edi- Data limite para aplicação: Quinze (15) de Março 2019
tal. Eligibilidade: Nacionalidade Angolana
E para constar, mandei passar o presente Edital que será afixado
por quinze dias no lugares designados por lei. Link para aceder a informação sobre o posto e para can-
LOJA DOS REGISTOS DO CAMAMA, 15 DE OUTUBRO DE didatura:
2018. https://jobs.partneragencies.net/erecruitjobs.html?
O 1º AJUDANTE DE CONSERVADOR EM EXERCÍCIO JobOpeningId=21545&hrs_jo_pst_seq=1&hrs_site_id=2
MANUEL MACUMBUNDO VELOSO TUTI (500.249)
(3061) (500.248)

ADMITIMOS
UNIÃO NACIONAL DOS ARTISTAS E COMPOSITORES -
SOCIEDADE DE AUTORES
Instituição de Utilidade Pública RESPONSÁVEL LOJA C/
(Resolução n.º 5/04 de 8 de Abril)

ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA
FORMAÇÃO E CERTIFICADO
EM
CONVOCATÓRIA
Em conformidade com o disposto no n.º 1 do artigo 23.º do Estatuto da
MARKETING
UNAC – SA convoco a ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA, a ter
lugar no dia 22 de Março do ano em curso, a partir das 9h00 às 14h30, OBRIGATÓRIO APRESENTAÇÃO:
no Anfiteatro da Escola Njinga Mbandi, com a seguinte ORDEM DE
TRABALHOS:
*CURRICULUM
1 – Informação da Comissão Eleitoral Nacional sobre o Processo Eleitoral
interrompido.
*COMPROVATIVOS DE EXPERIÊNCIA
a) – Apresentação de documentos comprovativos das irregularidades iden- DAS EMPRESAS ONDE TRABALHOU
tificadas pela C.E.N.
b) – Responsabilização disciplinar dos factos apurados. *ENSINO MÉDIO (CERTIFICADO DE
2 – Conclusões. HABILITAÇÕES)
“PELA CLASSE, UNIDADE, TRANSPARÊNCIA, CREDIBILI-
DADE E RESPONSABILIDADE”. ENTREGA DE CANDIDATURA:
Luanda, 6 de Março de 2019.
CAPI38
KM9-COELHO (junto ao Finibanco)-VIANA
(3.096)

O PRESIDENTE DA MESA DA ASSEMBLEIA-GERAL


PAIXÃO JÚNIOR e-mail:recruta2017@gmail.com (2960)
(3098)
CULTURA Quinta-feira
7 de Março de 2019 29
CARNAVAL DE LUANDA ENTRUDO PELO PAÍS
GARCIA MAYATOKO |EDIÇÕES NOVEMBRO|MBANZA KONGO

Recreativo Kilamba revalida título


muito contestado pelos adversários
Vários foliões contestaram ontem, em Luanda, os resultados da classificação geral do
Carnaval que ditou a vitória pela segunda vez consecutiva do Recreativo Kilamba
KINDALA MANUEL| EDIÇÕES NOVEMBRO Entretanto, Manuel Sebas-
tião reconhece que o 10 de
Dezembro foi prejudicado na
gravação do tema apresentado Os Jovens Unidos do Património, Zaire, tiveram boa exibição
na Marginal, que ao invés de
ter a duração de 25 minutos
tinha apenas três minutos, o
que obrigou os técnicos de
som a repetirem várias vezes
Unidos do Património
a música para completar o
tempo de exibição.
Na classe B (adultos), cujo
vence desfile no Zaire
desfile realizou-se domingo Víctor Mayala | Mbanza Kongo O primeiro classificado na
na Marginal com a partici- João Upale | Moçâmedes classe de adultos tem direito
pação de dez grupos, o ven- José Rufino | Luena a 725 mil kwanzas e 625 mil
cedor foi o União 17 de Setem- K. Júlia e João Salvo | Saurimo kwanzas são para o segundo
bro, do município do Kilam- classificado. Nos infantis os
ba-Kiaxi, com 827 pontos, O grupo Jovens Unidos do prémios estão fixados em 475
seguido pelo União Domant, Património venceu, na terça- mil kwanzas para o primeiro
do município de Cacuaco, feira, a edição 2019 do Carnaval classificado, 375 mil kwanzas
com 707 pontos. na província do Zaire, na classe para o segundo e 275 mil kw-
O União Café de Angola, de adultos, ao totalizar 1.100 anzas para o terceiro.
do Kilamba Kiaxi, ocupou o pontos, revalidando o título A folia do Entrudo foi a
terceiro lugar, com 664 pon- conquistado na edição passada possível, a julgar pela desis-
tos, seguido pelo Amazona e recebeu como prémio 500 tência da maior parte dos
Grupo liderado pelo comandante Poly levou ao Entrudo luandense o tema “escravatura” do Prenda, com 654, e Kazu- mil kwanzas. grupos inscritos devido ao
kuta do Sambizanga, que No segundo e terceiro momento conjuntural que
totalizou 647 pontos, na lugares ficaram os grupos o país vive. No palco adja-
Mário Cohen gel, levou igualmente para a estava a comandante do quarta e quinta posições, res- Associação das 15 Casas e cente à Praia das Miragens,
galeria do grupo o prémio União Kiela que defende pectivamente. Na edição 2020 Menina do Rio Profundo, do local onde decorrem as Festas
da Canção da classe A (adul- uma melhor escolha dos do Carnaval de Luanda estes município do Nóqui, que do Mar desde o passado sába-
Sob forte contestação dos tos), pelo tema “Muangola membros do júri, nas pró- cinco grupos ascendem ao receberam 350 mil e 250 mil do, os foliões cantaram, dan-
resultados gerais por parte de (Angola ancestral)”, inter- ximas edições do Entrudo. escalão principal (classe A). kwanzas, respectivamente. çaram e vibraram, exibindo
vários comandantes de grupos pretada por Dom Caetano. Maravilha Dias dos Santos O prémio da canção da Os Jovens Unidos do Patri- cartazes e dísticos com dize-
carnavalescos luandenses, o Em segundo lugar ficou o contestou dizendo que a clas- categoria B (adultos) foi atri- mónio levaram ao delírio o res que vão de encontro à
Recreativo Kilamba foi anun- grupo mais titulado da história sificação da edição 2018 “é buído ao União Kazukuta do público presente no Largo Dr. realidade da nova Angola.
ciado ontem, na Liga Africana, do Carnaval de Luanda, o uma autêntica cópia da edição Sambizanga, pelo tema “João António Agostinho Neto, pela
na capital, pelo segundo ano União Mundo da Ilha, com passada”, com uma ligeira Lourenço”, interpretado por maneira desinibida como exe- DB.NC do Moxico
consecutivo, o vencedor do 846 pontos, enquanto o União alteração na quinta posição Sebastião Paixão. cutaram a coreografia, cujo O desfile provincial central
Carnaval de Luanda, com 912 Njinga Mbande, do município que fora ocupada pelo Kabo- No escalão infantil, a clas- entrosamento dos integrantes do Carnaval, edição 2019,
pontos, pelo desempenho no de Viana, contentou-se com comeu e nesta edição é o 10 sificação geral ditou como na exploração do recinto na província do Moxico foi
desfile central de terça-feira, o terceiro, com 834 pontos. de Dezembro. vencedor os Cassules Viveiros durante 20 minutos de exibição ganho, na terça-feira, pelo
na Marginal da Praia do Bispo. No quarto e quinto lugares Responsáveis carnavalescos do Njinga Mbande, com 747 convenceu o júri e superou as grupo carnavalesco DB.NC,
O grupo que, este ano, ino- ficaram o União Kiela, do dis- do 10 de Dezembro, Mundo pontos. Os Cassules Jovens expectativas dos presentes. fundado em 2008, na classe
vou na indumentária da corte, trito urbano do Sambizanga, da Ilha, Jovens da Cacimba e da Cacimba, com 722, Cas- No total foram 24 grupos, de adultos.
preenchida de efeitos espe- com 828 pontos, e o União Sagrada Esperança também sules Sagrada Esperança (721), dez infantis e 14 de adultos, O DB.NC totalizou 280
lhados e colares cujo colorido 10 de Dezembro, do distrito saíram da Liga insatisfeitos Cassules do 10 de Dezembro, que desfilaram na terça-feira, pontos e foi seguido pelos
difere das cores habituais do da Maianga, com 777 pontos. com os resultados. (717) e Cassules Mundo da no Largo Dr. António Agos- grupos Eterno Saimbuanda,
Entrudo, levou à Marginal o Após a divulgação dos Manuel Sebastião, coor- Ilha, (676) completam a tinho Neto, numa cerimónia com 220 pontos, e 30 de
tema “escravatura” eviden- resultados, pelo presidente denador do Carnaval de tabela de classificação. testemunhada pelo governa- Novembro, com 210 pontos.
ciado pelo carro alegórico - do júri, Sebastião Lino, ins- Luanda, disse que os grupos A organização do Carnaval dor provincial, Pedro Makita, Na classe infantil, pelo
um navio à vela - que ilustra talou-se na Liga Africana, contestatários têm 24 horas de Luanda atribuiu o prémio e membros do Governo local. segundo ano consecutivo, o
o tráfico negreiro, e no qual uma onda de protestos por para apresentarem à Comissão de melhor canção infantil Na classe infantil, o pri- grupo carnavalesco Bafos
se destacam, também, ima- parte de foliões e coman- Preparatória as reivindicações, a o s C a s s u l e s J ove n s d a meiro lugar foi ocupado pelo Produções venceu o Carna-
gens de Kimpa Vita, Mandume dantes de grupos carnava- a fim de serem autorizados a Cacimba, do distrito urbano grupo Sagrada Esperança, val, ao somar 263 pontos,
e Nzinga Mbande. lescos que esperavam ansio- realizarem uma recontagem da Maianga, pelo tema “Fuga com 985 pontos, que encaixou seguido pelos grupos Nan-
O União Recreativo Kilam- samente pelo desfecho. dos votos, na companhia de à Paternidade”, cantada por 300 mil kwanzas. As posições guelengue e Estrelinhas do
ba, do distrito urbano do Ran- Entre os descontentes membros do júri. Esperança dos Santos. imediatas foram ocupadas Catambor, com 247 e 214 pon-
pelos grupos Associação das tos, respectivamente.
15 Casas e União da Man- Na presente edição, o pri-

Ovinjenje convence júri na província do Huambo gueira, que recebem 200 mil
e 150 mil kwanzas, respec-
tivamente. Os restantes grupos
meiro classificado na classe
de adultos tem direito a 700
mil kwanzas, o segundo recebe
Estácio Camassete | Huambo medida do possível", disponibilizou Na categoria infantil, o grupo car- nas duas classes (adultos e 500 mil kwanzas, enquanto
os meios necessários para uma apre- navalesco Rainha do Milho, do muni- infantis) recebem 50 mil e 40 o terceiro classificado recebe
O grupo Ovinjenje, do município do sentação condigna nesta edição do cípio da Caála, sagrou-se vencedor, mil kwanzas como subsídio 400 mil kwanzas. Na classe
Tchindjendje, que apresentou uma Carnaval, prometendo melhorar a no domingo, do Carnaval 2019, no de participação. infantil, o primeiro classificado
mistura de dança kazucuta e olun- “performance” na próxima edição. Huambo, obtendo 1.044 pontos, arre- recebe 400 mil kwanzas, o
dongo, conquistou a edição de 2019 Em segundo lugar, com 333 pontos, batando o prémio de 700 mil kwanzas, Forte Santa Rita segundo 300 mil kwanzas e
do Carnaval no Huambo, na classe ficou o grupo Eco da Gruta, do muni- e cujo desfile decorreu, pela primeira O grupo do Bairro Forte Santa o terceiro 200 mil kwanzas.
A, obtendo um total de 364 pontos. cípio do Cachiungo, que leva 800 mil vez, na avenida Alioune Blondin Rita, município de Moçâme-
A melodia da canção e a forma kwanzas, enquanto o grupo Velha Beye, no bairro Académico, junto da des, no Namibe, sagrou-se, Lunda-Sul
cadenciada como o grupo se apresentou, Guarda, do município do Huambo, escola Comandante Bula. na terça-feira, vencedor da Com 432 pontos atribuídos
na Avenida Alioune Blondin Beye, no bairro das Cacilhas, ficou em terceiro Na segunda posição ficou, com edição 2019 do Carnaval, com pelo júri, o grupo Komo-
bairro Académico, em acto presenciado lugar com 311 pontos, recebendo o 986 pontos, o grupo Rainha Njinga 155 pontos, seguido pelo grupo ke n o , d o m u n i c í p i o d e
pela governadora do Huambo, Joana prémio de 700 mil kwanzas. Mbande, do bairro Bom Pastor, muni- Saco-Mar, com 141 pontos, Muconda, venceu, na terça-
Lina, conseguiu convencer o júri, que O grupo Ongondjo, do município cípio do Huambo, contemplado com os únicos concorrentes na feira, em Saurimo, na classe
não teve dúvidas em consagrá-lo, pela do Longonjo, com 468 pontos, foi o um prémio de 600 mil kwanzas, e classe de adultos. de adultos, a edição 2019
primeira vez, como merecedor do pré- vencedor na classe tradicional, tendo teve ainda a melhor rainha da edição. Na classe infantil, os Mirins do Entrudo na Lunda-Sul,
mio de 900 mil kwanzas. O prémio de ainda sido premiado com 50 mil kwan- O grupo Fogo da Paz, do município da Torre do Tombo venceram com direito ao prémio de
melhor rainha e comandante também zas pela melhor canção. O grupo Kat- de Chicala Cholohanga, vencedor da a competição com 148 pontos, 800 mil kwanzas.
foi para a galeria do mesmo grupo. yavala, do município do Bailundo, com edição de 2018, com 830 pontos, ficou enquanto a Escola Pioneiro No segundo e terceiro luga-
Pascoal Pedro Nhãnga, responsável 443 pontos, classificou-se em segundo na terceira posição, levando o prémio Ze ca , com 1 4 7 , ficou na res ficaram os grupos Cus-
do grupo vencedor, manifestou apreço lugar, enquanto em terceiro ficou o de 500 mil kwanzas. Participaram segunda posição, seguido da socoloca txa Ndala, do mu-
e gratidão pelo apoio da administração grupo Tuyula, do município da Caála, nesta edição 13 grupos, provenientes Escola Augusto Ngangula, nicípio do Dala, e Massepa,
municipal do Tchindjendje, que, "na com 433 pontos. dos 11 municípios da província. com 128 pontos. de Saurimo.
30 DESPORTO Quinta-feira
7 de Março de 2019

ELEITOS PELO SELECCIONADOR DE HÓQUEI EM PATINS ANTIGO CAPITÃO DA SELECÇÃO


SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO
Breves Kirro preferia disputa
FARAÓS DESEMBARCAM
HOJE NO 4 DE FEVEREIRO
O combinado egípcio de
hóquei em patins
na Cidadela ao Kilamba
desembarca hoje à tarde
em Luanda, onde disputa Teresa Luís pela televisão, menos pes-
de amanhã até domingo, soas vão ao pavilhão. Quem
a I edição do Campeonato O antigo internacional ango- vive no Rangel, Vila Alice
Africano sénior masculino lano, Anacleto Silva “Kirro” ou Mutamba facilmente
da modalidade, disse que o Pavilhão Principal desloca-se à Cidadela. Ali
qualificativo para o da Cidadela seria a melhor há garantias da presença
Mundial de Barcelona, a opção para a discussão do dos espectadores.
decorrer em Julho. primeiro título africano de Os adeptos precisam de
Reduzido a três selecções, hóquei em patins, cuja dis- voltar aos campos. Eles con-
Angola e Moçambique são, p uta a r ra n ca a m a n h ã e tribuem para o desenvolvi-
em princípio, candidatas encerra domingo, no Mul- mento do hóquei. Assistem
a confirmarem o tiusos do Kilamba. e gostam”, explicou.
apuramento. Todavia, os Em declarações à Rádio Por sua vez, o presidente
faraós perseguem o mesmo Cinco, o antigo hoquista do da federação, Hirondino Gar-
objectivo, embora Liceu de la Coruña realçou cia, reconhece haver exis-
reconheçam a a necessidade de colocar- tência de discussões em
superioridade do conjunto se a modalidade em primeiro relação ao local da prova,
angolano e do Índico. Hoje, lugar, visando o crescimento mas argumentou: “actual-
os egípcios podem da mesma. mente, a melhor quadra de
reconhecer a quadra do “Já está decidido. É no Angola está no Kilamba. É
Pavilhão Multiusos do Kilamba, lamentavelmente. um africano, por isso deve
Kilamba. Os jogos de basquetebol ser jogado naquele recinto.
Dezasseis pessoas integram naquele recinto passaram Lamentamos se não tivermos
Jogadores mereceram a confiança do técnico de nacionalidade portuguesa Fernando Fallé a lista, entre os quais a registar uma média muito boa casa. Vamos apelar à
atletas, treinadores, oficial, reduzida de assistência. presença do público e dos
médico e fisioterapeuta, Por outro lado, quando os amantes da modalidade e
nomeadamente Ayman desafios são transmitidos esperar que tudo corra bem.”

Dorivaldo e Chipico podem Abdel, Hatem Emam,


Hesham Kamal, Amir
Mohamed, Mohanad Salah,
SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Ahmed Salaheldn, Ahmed

estrear-se na prova africana Hassan, Ahmed Ahmed,


Khaled Mohamed, Karim
Elsayed, Abdel Samir,
Partida de estreia está agendada para amanhã diante Hesham Mohamed,
Mahmou Abdel, Walid
do Egipto, no Pavilhão Multiusos do Kilamba, em Luanda Osman, Ibrahim Ahmed
e Ahmed Ezzeldine.

Anaximandro Magalhães Kilamba, a equipa sob prova. O vencedor do Afri-


comando de Fernando Fallé cano garante uma vaga para TORNEIO DE FUTSAL
volta a exercitar transições o Mundial de patinagem, a CAMPEÃO EM TÍTULO
Dorivaldo Francisco “Dori”, defesa ataque e finalização. decorrer de 4 a 14 de Julho, DEFRONTA PALANCA TV
guarda-redes, e Francisco Angola e Moçambique, em Barcelona, Espanha. Campeã da edição passada,
Duarte “Chipico”, defesa sem desprimor para o Egipto, Para o Mundial estão apu- a equipa de futsal da Rádio
médio, ambos de 21 anos, são as principais candidatas radas as selecções da Espa- Nacional de Angola (RNA)
são as novidades da lista dos ao apuramento à outra fase. nha, Portugal, Itália, França defronta a Palanca TV, Jogador passou pelo Petro de Luanda e La Coruña de Espanha
11 jogadores eleitos pelo selec- Por razões financeiras, a (Europa), Argentina, Chile sábado às 9h00, no campo
cionador nacional sénior África do Sul desistiu da e Colômbia (América). do Complexo Manuel
masculino de hóquei em Berenguel, em partida
patins, Fernando Fallé, tendo pontuável para a primeira BOGUT REGRESSA AOS WARRIORS
em vista a disputa em Luanda, jornada do Grupo B, da II
de amanhã até domingo, da
I edição do Campeonato Afri-
cano das Nações.
Duke enaltece empenho edição do Torneio da
Comunicação Social.
Uma hora mais tarde, para
Carmelo Anthony
Os dois atletas podem, Eduardo Victor “Duke”, antigo capitão da selecção nacional, a mesma série, a Rádio
caso Fallé assim decida,
estrear-se com as cores na-
capitão da selecção nacional,
que exerce as funções de trei-
que aproveitou a ocasião para
chamar os colegas à humil-
Despertar joga diante do
jornal O País. Dia 15, a TPA
é aposta dos Lakers
cionais ao peito. A dúvida nador adjunto de Fernando dade e ao trabalho. recebe a Rádio Ecclesia, às
prende-se ao facto de os regu- Fallé considera que o grupo “Estamos com vontade, 19h00, no campo do António Ferreira 30 derrotas e 33 vitórias.
lamentos permitirem ins- de atletas que trabalha para há muita motivação, aliás, Instituto Superior Recorde-se que Anthony,
crever somente 10 jogadores, amanhã entrar na disputa do temos que encarar esta com- Politécnico de Tecnologias Os Los Angeles Lakers con- de 34 anos, chegou à NBA
sendo oito de campo e dois primeiro campeonato africano petição de forma séria. Apesar e Ciências (Ispetc). A seguir, tinuam no mercado à procura em 2003, altura em que
guarda-redes. Daí pairar o da modalidade tem um entro- de jogarmos em casa, temos a ZAP mede forças com a de reforços sem vínculo, para representou os Denver Nug-
cepticismo em torno da samento satisfatório, após a que ser humildes e trabalhar Rádio Mais, para o grupo C. o último terço da “Regular gets, tendo igualmente jogado
estreia de ambos. integração do grosso de atletas muito, se quisermos sair vito- A ronda fica concluída a 16 Season” da Liga Profissional pelos New York Knicks,
Em declarações ao Jornal que evolui na Europa. riosos”, alertou. Humberto do corrente, com partidas Norte-Americana de Bas- Oklahoma City Thunder e
de Angola, questionado sobre O treinador falava à margem Mendes “Big”, jogador que agendadas a partir das quetebol (NBA). As opções Houston Rockets, clube que
os critérios utilizados para da primeira sessão de treinos actua no Noia de Espanha, 9h00, no complexo Manuel são escassas e a má prestação actuou em apenas 10 parti-
a escolha definitiva, o técnico da equipa no pavilhão multiusos disse que a disposição é má- Berenguel, envolvendo n a p re s e nte te mp o rad a das, tendo sido trocado a 22
sem rodeios respondeu: do Kilamba, palco da prova. xima. “Vim assim que pude. equipas do grupo D. Eis o parece afastar os jogadores de Janeiro para o Chicago
“qualidade, prestação e dedi- “O pessoal está a encarar É sempre uma honra repre- emparceiramento: Edições disponíveis, como é caso de Bulls e, em 1 de Fevereiro,
cação nos treinos. E, a pos- esta prova da melhor maneira sentar o nosso país. Temos Novembro-Rádio Kairóz e Carmelo Anthony, ou de foi dispensado.
teriori, tivemos em conta as possível, ciente de que temos que dar o máximo de nós e Claque Magazine-Cefojor. DeAndre Jordan (New York Os Golden State Warriors
opções tácticas. Temos de um jogo decisivo, diante de estamos aqui para isso. Co- Na partida inaugural do Knicks) e Trevor Ariza (Was- que perderam ontem diante
ter jogadores com determi- Moçambique, mas, de forma nhecemo-nos todos e creio torneio, para a série A, hington Wizards), que nas dos Boston Celtics, por 95-
nadas características para geral estamos a cumprir a pre- que temos tudo para cumprir a formação da TV Zimbo últimas semanas estavam 128, também estão no mercado
defrontar Moçambique.” paração, visando a prova e o objectivo”, comentou. garantiu os três pontos em “pé de guerra” com os e nas próximas horas anun-
Aos recém promovidos todos os adversários. Estamos Os atletas que evoluem ao vencer por 6-4, a Rádio seus actuais emblemas. ciarão a contratação do pivot
ao grupo, juntam-se os cientes de que temos que ven- na Europa, Martin Payero, Tocoísta. A Nova Vaga Carmelo Anthony e os australiano, Andrew Bogut.
habitués Pedro Watanga e cer Moçambique. Estamos a Francisco Veludo, André Cen- venceu por falta de Lakers que estavam perto Bogut, note-se, já repre-
Francisco Veludo (guarda- trabalhar bem, com o grupo teno, João Pinto e Humberto comparência a Banda TV. de fechar um acordo, inter- sentou os Warriors entre
re d e s ) ; A n d e rs o n S i lva completo, os atletas demons- Mendes “Big”, começaram a Dezasseis equipas jogam romperam as negociações 2012 e 2016. Na temporada
“Nery”, Argentino Agosti- tram um entrosamento acei- trabalhar com os demais co- a prova. Trata-se da TV devido à má prestação na 2014-2015, Bogut foi cam-
nho “Tino Boy”, Estêvão tável e estamos satisfeitos. legas na sessão de segunda- Zimbo, Edições Novembro, temporada regular em que peão com os Warriors e, na
Dala, André Centeno, João Duke disse que os jogado- feira. Big, Payero e João Pinto as rádios RNA, Tocoísta, perderam quatro dos últimos seguinte, vice-campeão. É
Pinto, Humberto Mendes “ res chegados da Europa estão trabalharam na segunda- Despertar, Ecclesia, Kairóz cinco prélios. As duas partes caso para dizer que “os bons
Big” e Martin Payero, joga- a demonstrar um bom nível feira, enquanto Centeno e e a Mais. BandaTV, só regressam à mesa de nego- filhos sempre regressam a
dores com missões defen- competitivo. O clima de tra- Veludo integraram o grupo Televisão Pública de Angola ciações caso os Los Angeles casa”. O novo reforço dos
siva e ofensiva. balho satisfatório foi também na terça-feira. (TPA), Palanca TV, Jornal Lakers se aproximem da luta GSW foi a primeira escolha
Hoje, das 16h00 às 19h00, certificado por André Centeno, Silva Cacuti o País, ZAP, Cefojor, Nova pelos “play-offs”. Na clas- do Milwaukee Bucks no
no Pavilhão Multiusos do Vaga e Claque Magazine. sificação, os Lakers somam draft de 2005.
DESPORTO Quinta-feira
7 de Março de 2019 31
POR SUSPEIÇÃO CONCLUSÃO DA 17ª JORNADA
AQUI & AGORA
Desportivo abre
inquérito a atletas Petro de Luanda está José Mátis

e equipa técnica Leitura ao inverso


A direcção do Desportivo
da Huíla, na voz do seu di-
a um ponto do líder No meu país, onde o título impresso de maior tradição,
rector-geral, Carlos Manuel, Uma vitória sobre o Libolo com quem tem uma partida em de maior tiragem, e, por esta ordem, de maior circulação
assegurou estar a decorrer é o Jornal de Angola - longe de qualquer presunção
um inquérito para apurar atraso pode deixar os tricolores isolados na tabela classificativa - os membros da tribo desportiva têm, enquanto
os motivos do empate a três KINDALA MANUEL| EDIÇÕES NOVEMBRO leitores, um defeito comum. Este defeito acompanha-
golos diante do 1º de Agosto, me desde a adolescência. Aliás, em casa diziam que
numa altura em que a for- eu lia mal o jornal. Tão só porque o fazia ao inverso.
mação vencia por 3-1, a 81 Ou seja, era meu costume começar a leitura pelas
minutos da partida, dispu- últimas páginas.
tada no Estádio do Ferrovia, É que a mim o que interessava, em primeira instância,
para a 17ª jornada do Cam- era a crónica desportiva, só depois o resto. Vezes sem
peonato Nacional de Fute- conta fui vítima de zombaria, chegando mesmo a ser
bol da I Divisão, Girabola taxado como alguém não muito distante daquele que,
2018-2019. num jornal enxerga apenas as imagens, insultos a que
Em conferência de im- sempre tratei de ignorar, mais a mais porque academi-
prensa, o dirigente disse ter camente já andava avançado.
sido criada uma comissão Às pessoas, custou entenderem esta minha imperfeição.
integrada por juízes e pro- Entretanto, pensava que era o único. Mas, com o
curadores, para inquirir, tempo, vim a perceber que éramos muitos com a
além dos jogadores, a equi- mania de começar a leitura do jornal pelas páginas
pa técnica liderada por Má- consagradas ao Desporto. As minhas obrigações jor-
rio Soares. nalísticas permitiram estabelecer uma vasta rede de
“ Sentimo-nos constran- amizade com gente que, no seu dia-a-dia, vive e lida
gidos ao ouvir a entrevista do com o desporto e na convivência notei que, como eu,
treinador principal a solicitar havia outros que liam o jornal de trás para frente.
um inquérito”, disse, para Qual praga!
acrescentar: “Sendo ele a pes- Acredito que os economistas fariam o mesmo se, nos
soa que dirige o plantel, ao Avançado brasileiro Toni marcou o único golo da vitória sobre o Cuando Cubango FC jornais, as últimas páginas falassem de conteúdos de
pedir o interrogatório é porque natureza económica. Portanto, não estaremos perante
presumivelmente perdeu a uma questão de desnorte como me diziam, mas sim
ARÃO MARTINS | EDIÇÕES NOVEMBRO António Cristóvão A primeira parte do desafio A ronda, aberta a 2 do cor- perante uma questão influenciada por algo que se
foi marcada pelo equilíbrio, rente registou os seguintes gosta, que domina o nosso íntimo, que, por via de
mas o Cuando Cubango a jogar resultados: Recreativo do regra, vivemos como uma paixão indisfarçável.
Um golo solitário do avan- em casa "arrendada" foi a Libolo-Saurimo FC, 2-1, ASA- Portanto, em termos gerais, a esmagadora maioria
çado brasileiro Toni, aos 52 primeira equipa a chegar com FC Bravos do Maquis (2-1), daqueles que se acham no mundo desportivo quando
minutos, permitiu ao Petro bastante perigo à baliza con- Interclube-Kabuscorp do pega num jornal generalista folheia-o ao inverso. A
de Luanda, conquistar três trária. Na sequência de um Palanca(1-0), Santa Rita de excepção encontramos nos títulos de especialidade.
pontos importantes diante cruzamento e com o guarda- Cássia-Sagrada Esperança (1- Convido dirigentes, técnicos, gestores, atletas e
do Cuando Cubango FC, no redes Élber já batido, Tó Car- 2), Desportivo da Huíla-1º de amantes do desporto ao debate. Estou certo ou errado?
Estádio Municipal dos Euca- neiro na linha da baliza evitou, Agosto (3-3), Académica do Agora por que razão as notícias desportivas aparecem
liptos, na cidade do Cuito, aos 12 minutos, os festejos da Lobito-Recreativo da Caála nas derradeiras páginas de jornais, são outros qui-
província do Bié, em partida formação do Cuando Cuando (0-0) e Progresso Sambizanga- nhentos, que precisamos investigar. Talvez até seja
de conclusão da 17ª jornada FC que se mostrou determi- Sporting de Cabinda (1-1). por uma questão de importância.
do Campeonato Nacional de nada em contrariar o favori-
Futebol da I Divisão, Gira- tismo dos tricolores. Taça Nelson Mandela
confiança nos seus interesses. bola'2018/2019. Depois de uma primeira O Petro começa a preparar
Isso intrigou-nos”. O brasileiro concluiu uma parte equilibrada, na etapa hoje, às 9h00, o desafio com ÁRBITRO ANGOLANO INDICADO PELA CAF
A direcção, referiu, “assu- assistência do médio ofensivo complementar o Petro entrou a Nasr Hussein Dey da Argé-
me a responsabilidade, pe- Job, depois de uma desaten- com outra postura diferente lia, domingo à tarde, no Está-
rante os adeptos e amantes
do futebol, e pede desculpas,
pelas expectativas que o con-
ção do sector defensivo da
equipa da cidade de Menon-
gue, após um afastamento
muito por conta das substi-
tuições efectuadas pelo trei-
nador Roberto Bianchi.
dio 11 de Novembro, desafio
a contar para a quinta e
penúltima jornada do Grupo
Hélder Martins apita
junto tem criado de ser uma
“pedra no sapato”, sobretudo
quando joga com os candi-
de bola mal sucedido do
adversário.
Com o tento, Toni encos-
Manguxi entrou para o
lugar de Além e Mateus lesio-
nado foi substituído por Job.
D da 16ª edição da Taça Nel-
son Mandela.
Nesta sessão de treino,
na cidade de Tunis
datos ao título”. tou-se a Etekiama Taddy, do Ambos acrescentaram outra o técnico Roberto Bianchi
Em relação às especula- Kabuscorp do Palanca, Mabu- atitude ao conjunto tricolor. recupera a condição física António Cristóvão sendo três da Liga dos Clubes
ções que dão conta da exis- lulu (1º de Agosto) e ao seu Com a vitória, o Petro, que dos jogadores com realce, Campeões e um para a Taça
tência de convénios entre companheiro e compatriota está na segunda posição da para os atletas que jogaram O árbitro Hélder Martins Nelson Mandela.
aquele clube e o militar, Car- Tiago AzulãoTiago, todos com tabela classificativa do Gira- mais tempo no desafio de apita amanhã o Esperance Hélder Martins ajuizou o
los Manuel foi peremptório seis golos, na segunda posição bola, com 34 pontos, e menos ontem. Ao passo que os res- (Tunísia) - Horoya AC (Gui- primeiro encontro a 19 de
em dizer que não existe e da lista dos melhores mar- um jogo, encostou-se ao 1º tantes trabalham os aspec- né Conakry), partida agen- Janeiro, entre Mamelodi Sun-
nunca existiu. cadores da prova. de Agosto no topo com 35. tos tácticos. dada para as 20h00, no Es- downs e Wydad Club de Mar-
“Em nenhum momento tádio Olímpico 7 de Novem- rocos, no Estádio Lucas “Mas-
nos sentámos com a direcção bro, na cidade de Tunis, terpieces “Moripe”, na cidade
do 1º de Agosto para abordar referente à quinta jornada de Pretória, referente à ronda
esta situação. temos con- SEGUNDO O ADMINISTRADOR DO CLUBE do Grupo B da Liga dos Clu- inicial da Liga dos Clubes
vénio com o campeão nacio- bes Campeões Africanos de Campeões.
nal assim como com outras Futebol O Esperance de Tunis e
agremiações relativamente
à troca de atletas e à utili-
zação destes”.
Benfica pode chegar este ano Indicado pela Confede-
ração Africana de Futebol
(CAF), Hélder Martins, que
o Horoya AC jogam para a
definição da liderança do
grupo. Os tunisinos ocupam
Carlos Manuel explicou
que no quadro da raciona-
lização de meios, o uso de
aos 300 milhões de euros está desde ontem na capital
tunisina, é coadjuvado pelos
árbitros assistentes angola-
a primeira posição da tabela
classificativa, com oito pon-
tos, enquanto os guineenses
alguns meios nas suas des- Domingos Soares de Oli- esperamos uma verba a ron- a tendência de crescimento, nos, Jerson Emiliano dos San- estão na segunda com sete.
locações não implica sub- veira, CEO do Sport Lisboa dar os 300. Estamos orgu- Domingos Soares de Oliveira tos e Ivanildo Meirelles Lopes. Na primeira volta, as equi-
serviência. “Não nos subme- e Benfica, afirmou que os lhosos destes números, mas considera que o maior desa- João Amado Goma é o pas empataram a uma bola
temos ao 1º de Agosto e nun- lucros da equipa encarna- aumentar as receitas repre- fio é sustentar o Benfica, quarto juiz da partida indi- no Estádio 28 de Setembro,
ca fomos a equipa satélite. da podem chegar aos 300 senta apenas uma pequena com fortes desempenhos a cado pela CAF, enquanto na cidade de Conakry, em
Tão-pouco sócio ou equipa milhões de euros em 2019. parte das nossas maiores nível europeu. Sebalet Hilaire (República jogo a contar para a primeira
B, como muitos tentam fazer Em entrevista concedida à conquistas neste período “ Te m o s d e m a n t e r a Centro-Africana) é o comis- jornada da prova.
passar. Somos uma agre- SoccerEx, entre muitos outros “, disse Domingos Soares nossa estratégia de desen- sário ao jogo. Noutro desafio da ronda
miação independente e me- assuntos, o dirigente des- de Oliveira. volvimento da formação. O organismo reitor do e do grupo, também ama-
recemos respeito como tal”, portivo abordou o sucesso Nos últimos seis anos, Ser capazes de gerar receitas futebol africano nomeou o nhã, mas às 21h00, o Or-
aclarou e garantiu que apu- financeiro e falou sobre o segundo o CEO, têm gerado suficientes para segurar os equato-guineense Amadeo lando Pirates, terceiro clas-
radas as causas, se forem que mudou desde a sua che- bons lucros, e ao mesmo nossos melhores talentos. Nguema Ondo Bindang para sificado com cinco pontos,
encontrados os culpados gada em 2004. tempo, investido em infra- Todos os anos queremos coordenador-geral do jogo. recebe o FC Platinum do Zim-
serão punidos de acordo com “Em 2004, as nossas recei- estruturas, tecnologia, ino- estar na elite dos clubes que Esta época, este é o quarto babwe, quarto e último com
os regulamentos. tas estavam perto dos 50 mi- vação e desenvolvimento disputam a Liga dos Cam- desafio que o árbitro apita um, no Estádio de Orlando,
Arão Martins | Lubango lhões de euros. Neste ano, internacional. Para assegurar peões”, disse. nas competições africanas, na cidade de Joanesburgo.
PUBLICIDADE

QUI07MAR

caso Burla tailandesa homenagem em portugal

ALTO
Audição de seis declarantes Montalegre distingue
Maria Eugénia Neto
domina sessão de julgamento O município de Montale- com os serviços consulares e
Turismo gre, Trás-os-Montes, Norte de com a Embaixada”, sublinhou
Adaptar os portos Garrido Fragoso EDIÇÕES NOVEMBRO Portugal, homenageou a bar- Orlando Alves.
Fazendo fé à velha máxima de rosã Maria Eugénia Neto, viúva Para Eugénia Neto, a sua
que “Mais vale tarde do que nun- do primeiro Presidente de An- passagem por Montalegre “foi
ca”, responsáveis do Turismo O Tr i b u n a l S up re m o gola, António Agostinho Neto, um momento de muita feli-
anunciaram a intenção de adap- ouviu ontem, em Luanda, e defensora acérrima da cul- cidade”. “Estivemos em con-
tar os portos nacionais para re- seis declarantes no pros- tura e literatura. tacto com os barrosões. Revi
ceber navios cruzeiros. Nada seguimento do julgamento A homenagem ocorreu no a minha terra e muitos amigos
mais estratégico para um país do caso "burla tailandesa", dia 28 de Fevereiro, no Salão e vizinhos da minha infância.
que pretende diversificar as fon- que envolve o ex-secretário Nobre dos Paços do Concelho, Estou muito contente pelo
tes de receitas e deixar de de-
para a Informação do MPLA, que contou com casa cheia, acolhimento que tivemos.
pender só do petróleo. O turismo
tem sido, para países que sabem Norberto Garcia, e mais de entre familiares, amigos e Esta terra tem uma paisagem
aproveitar, uma grande fonte uma dezena de cidadãos vários conhecidos. muito bonita e onde é visível
de riqueza e os valores arreca- nacionais e estrangeiros, Durante a homenagem, o muito desenvolvimento. Pro-
dados ultrapassam as vendas acusados de tentar burlar o presidente da autarquia, pus uma geminação com a
com petróleo. Agora, é preciso Estado em 50 mil milhões Orlando Alves, falou de Maria terra onde o meu marido nas-
cuidar também das pequenas de dólares. Eugénio Neto como a “Mãe de ceu. Acredito que será muito
coisas que fazem o turista voltar, Flávia Gomes (consultora Angola” e anunciou a possível interessante”, disse.
além de sol e praia. Não é pos- interna), Hélio Alves (técnico geminação entre Montalegre Irene Neto, filha da home-
sível que a Marginal tenha tão da área de mercados), Jorge e a aldeia de Kaxicane, no nageada, falou do sentimento
poucos restaurantes ou banhei-
Pinto (consultor interno), município de Icolo e Bengo, e da “grande alegria” de poder
ros públicos . E pior: nem espaços
para venda de lembranças. Gunter Costa (consultor província de Luanda, terra acompanhar a mãe e teste-
interno), Alice Fernandes natal do falecido marido e fun- munhar o que ela contava
Julgamento prossegue hoje com mais três declarantes
(técnica do gabinete jurí- dador da Nação Angolana. sobre as suas vivências. “As
dico), e Ângela Bessa (con- Maria Eugénia Neto nasceu suas memórias, as suas aflições
sultora interna), todos fun- que. Mas a UIF nunca respon- aos projectos apresentados em Montalegre e anos mais e a falta que sentia da família”,
cionários da extinta Unida- deu à nossa preocupação", pelos tailandeses. “Apenas tarde foi viver para Lisboa. “O disse à imprensa.
BAIXO de Técnica para Investimen- lembrou Flávia Gomes. A mes- agimos dentro daquilo que exemplo da mulher barrosã Para a presidente da Aca-
to Privado (UTIP), foram ou- ma declarante referiu ainda está previsto no Decreto Pre- que sai daqui, que se fez por demia de Letras de Trás-os-
vidos na presença do ex- que as principais decisões da sidencial que cria a UTIP, con- si própria e que ajudou a cons- Montes, Assunção Anes, foi
director da instituição, Nor- UTIP cabiam ao seu director, substanciado na promoção e truir uma grande nação, foi um momento importante por-
berto Garcia, e mais nove Norberto Garcia, acrescentando captação de investimentos um pretexto para lhe tribu- que a escritora regressou à terra
cidadãos nacionais e estran- que, em sede de reuniões téc- privados”, afirmou Jorge Pinto, tarmos esta singela homena- natal. “Tivemos dois mentores
Fiscalização geiros acusados pelo Minis- nicas, alguns colegas apre- que disse desconhecer as reais gem e que parece poder vir a associados da Academia de
Construções anárquicas tério Público (MP) de terem sentavam posicionamentos causas que levaram a ré Celeste desembocar numa geminação, Letras, os barrosões António
Pior do que a ausência de fisca- praticado crimes de falsifi- contrários aos manifestados de Brito a abdicar da parceria que acabou de ser proposta. Chaves e Barroso da Fonte, que
lização é o “faz de conta” com cação de documentos, burla pelos investidores. com os tailandeses. É um desafio que aceitamos propuseram o nome de Eugénia
que agentes da área desenvol- por defraudação, associação “Alguns questionavam a Alice Fernandes, do depar- com todo o gosto. Vamos Neto como sócia honorária da
vem o seu “trabalho”. Rápidos a de malfeitores e branquea- seriedade dos tailandeses, tamento jurídico, disse que o implementá-lo em articulação nossa instituição”.
rebocar carros, os fiscais prefe- mento de capitais. enquanto outros abraçavam director da UTIP foi várias FAAN
rem ignorar casos gravíssimos A consultora interna Flávia a causa com optimismo”, vezes alertado sobre o risco
de desordenamento territorial. Gomes disse, a propósito, referiu a consultora. do investimento de 50 mil
O que se passa no Nova Vida ul- que a UTIP, para confirmar Jorge Pinto, consultor do milhões de dólares dos tai-
trapassa o entendimento de
qualquer humano. Uma obra a autenticidade do cheque gabinete de Análise e Ava- landeses. "Antes da Unidade
que está a ser erguida no curso de 50 mil milhões de dólares liação de Projectos da UTIP, Técnica de Investimento Pri-
de água, bem ao lado da Admi- dos tailandeses, recorreu, disse que caso fosse imple- vado tomar decisões sobre o
nistração e que já foi embargada sobretudo, ao BNA, à Unidade mentado, o projecto seria viá- caso, devia, junto de outras
há dois meses pelos fiscais, con- de Informação Financeira vel para o país. Declarou que, instituições, aferir sobre a
tinua a crescer a todo o vapor. (UIF), e demais instituições, no acto de apresentação do veracidade do cheque", afir-
Não se vislumbra qualquer sinal salientando que todas elas projecto de investimento pelos mou a declarante, indicando
para impedir a evolução de uma nunca se pronunciaram de tailandeses , a empresária e que a prova mais evidente de
construção que, além de não forma negativa sobre a ido- co-ré Celeste de Brito exibiu que os procedimentos não
respeitar as regras administrati-
vas, pode pôr em perigo vidas neidade do grupo ou vera- alguns documentos físicos foram cumpridos, é o julga-
humanas, já que está mesmo cidade do cheque. da empresa tailandesa, salien- mento em curso.
"O BNA remeteu-nos ao tando que não notou nenhum A sessão prossegue hoje maria eugénia neto logo após a homenagem em montalegre
em cima do curso de água. Va-
mos aguardar pela conclusão, BNI, e este, por sua vez, assu- procedimento incorrecto do com a audição de mais três
para depois derrubar? miu a autenticidade do che- director da UTIP em relação declarantes de um total de 32.
ganham menos do que as mulheres
DR
Fundador da amaZon Google compensa os homens
Jeff Bezos é o mais rico com os salários mais baixos
Jeff Bezos, fundador da Ama- mulher. Se dividir a riqueza a Um inquérito interno divul- categoria profissional "parti-
zon, continua a ser o homem meio com a ex-mulher, o homem gado segunda-feira pela Google cularmente grande", a dos
mais rico do mundo, com uma mais rico do mundo passa a ser identificou em 2018 trabalha- engenheiros de software de
fortuna avaliada em 131 mil Bill Gates um dos fundadores da dores do sexo masculino a nível 4, em que os homens
milhões de dólares, proveniente Microsoft, que é, desde 2017, o receberem salários inferiores estavam a receber menos do
quase na totalidade das acções número dois, mas faria Mac- aos das colegas com as mesmas que as mulheres. “A remu-
que tem na Amazon. kenzie a mulher mais rica do tarefas, tendo a empresa reser- neração deve estar baseada
O título de mais rico está, no mundo – com uma fortuna de vado já milhões de dólares no que fazes e não em quem
entanto, em risco. O divórcio cerca de 62 mil milhões de dóla- para compensações. és”, afirmou a responsável.
com MacKenzie Bezos, anunciado res. Actualmente a fortuna de No blogue da empresa, a A Google distribuiu 9,7
em Janeiro, pode acabar numa Bill Gates está avaliada em 96,5 responsável para a igualdade milhões de dólares por 10.677
Jeff Bezos divisão de bens com a futura ex- mil milhões de dólares. salarial, Lauren Barbato, indi- funcionários para compensar
cou que encontraram uma os que receberam menos.