Anda di halaman 1dari 4

A Magia dos Iniciados

A Magia

Para que possamos entrar em maiores detalhes sobre este tema, temos antes que entender como se
processa a Magia e a sua real estrutura energética junto aos elementais e gênios da natureza, que atuam
diretamente sobre diversos aspectos que envolvem a magia como uma forma energética direcionada para um
foco.

Normalmente a pessoa ao desenvolver uma Magia, ela cria um Elemental, ou seja, uma forma pensamento
que ao ser concebida, cria uma realidade nos planos sutis , que normalmente é o plano astral. Esse
Elemental a configuração da vontade do mago, que foi canalizada através de uma magia, que pode ser
enfocada através de cânticos, invocações, rituais de velas, como também através do xamanismo ou mesmo
com a contratação de entidades desencarnadas, o que muitas vezes faz com que dentro de uma magia exista
a presença de eguns manifestando aquilo que foram pagos para fazer, nem sempre se trata de magias
cinzentas ou negras, para fazer o mal, pois podem ser contratados para desenvolver outros tipos de funções e
tarefas.

A duração de uma Magia depende da intensidade do momento no qual foi desenvolvida e de quem ela
envolveu, normalmente os magos apelam para a ajuda de gênios da natureza que são bem ingênuos do
ponto de vista da moralidade, ou seja, eles não definem entre o certo e errado, podendo facilmente serem
enganados. Por isso a responsabilidade recai totalmente sobre o mago ou Bruxo, dependendo das energias
envolvidas e do material empregado.

Com relação ao material empregado, dentro do conceito da Bruxaria, existem rituais e uma infinidade de
testemunhos de animais e plantas que são empregados para desenvolver uma magia, isso por que ao se
utilizar as penas de uma ave, ou qualquer parte de um animal ou mesmo planta, esta se utilizando parte da
energia estrutural do arquétipo desse animal ou planta e com isso se ativa a força do arquétipo Monadico
desse animal ou planta, o que concebe a magia um poder muito grande. Os contra trabalhos para desfazer
uma magia também requerem um grande conhecimento sobre o potencial energético dos seres envolvidos e
da natureza, bem como um conhecimento das hierarquias espirituais que podem atuar nesse reino, onde a
Terra tem uma longa história de milhares de anos.

A força energética dos animais e plantas muitas vezes é fundamental no desenvolvimento de um trabalho
dentro da magia de cura que é uma das linhas mais interessantes, onde a proteção contra forças sinistras é
realmente uma arte interessante. Dentro da nossa linha de atuação da Cura Quântica a magia de cura tem
demonstrado interessantes resultados, dentro de uma Tonica cientifica onde os conceitos de Quântica e
energia física e química são muito aplicadas e relevantes. Mas muitas das magias do passado envolvendo
invocações para o plano espiritual e rezas sagradas, na verdade acabam por atuar na estrutura de cientifica
mais do que se imagina, mas na época eram consideradas atos de alta magia. A simbologia empregada
também é algo importante, isso por que cada símbolos é na verdade um emissor de radiônica, que entra por
efeito de ressonância em outras realidades de fluxo de energia alfa, beta e gama, que por sua vez fazem a
amplificação das ondas cerebrais do oficiante a magia.

Toda vez que um fluxo mental e direcionado para uma erva, cristal ou animal, desperta o elemental monadico
que existe dentro da estrutura desse veiculo empregado. Cada sr da natureza, seja um cristal, animal ou
planta, possui do ponto de vista espiritual, uma alma ou arquétipo estrutural, que por sua vez, esta ligado a
uma consciência Monadico, como se fosse uma alma grupal que faz a conexão com todos os seres dessa
mesma linhagem, isso também serve para os cristais, que são seres vivos. Quando se utiliza uma vela, a
pessoa esta abrindo por efeito de ressonância uma linha de comunicação com um arquétipo, que responde a
esse pedido ou redireciona esse pedido para um plano espiritual onde se produz a precipitação desse pedido.
Isso em relação com a abertura de portais que muitas vezes os antigos Magos faziam com muita facilidade,
pois eles conheciam leis universais que estão perdidas no tempo e na nossa história. Nos reinos do antigo
continente da Atlântida, existiam excelentes Magos e bruxos, que ativara muitos portais dimensionais com seu
conhecimento, o mesmo ocorrendo nos antigos reinos como Egito e Sumérianos.
Portanto para quem direcionar o pedido é importante, pois a força da magia reside justamente no conceito
empregado com o reino que pode precipitar da melhor forma esse pedido. As energias envolvidas podem ser
muito interessantes do ponto de vista vibracional nas escalas medidas entre o já conhecido espectro
radiônico, o que permite a aplicação dos nossos símbolos de Cura Quântica, bem como outros para o
desenvolvimento de mandalas, onde muitas vezes os rituais com velas são bem recomendados.

Os antigos alquimistas empregavam um tipo de magia bem interessante, onde a tecnologia da radiônica e
invocações para o reino espiritual e dos Cristais, ale de reações químicas controladas, permitiam o
desenvolvimento de efeitos reais na realidade dimensional física dos praticantes dessa magia, onde temos as
lendas da Pedra Filosofal e do Elixir da Vida, que transmutava de forma celular o corpo físico configurando
uma vida eterna a quem tomasse dessa porção mágica. Na verdade não se trata de magia e sim da
aplicação de leis universais além da física convencional da constante dimensional conhecida, na verdade um
mago entra nas realidades que permeiam a nossa realidade, por isso o conceito Quântico empregado em
nossos tratamentos e na nossa ciência são muito importantes para trabalhar a magia e compreender o efeito
da mesma e como desfazer uma condição negativa de uma magia contra alguém, o mesmo no que diz
respeito a proteção ambiental do nosso lar.

O que pretendemos neste trabalho e elucidar muitos aspectos obscuros sobre a magia e ajudar em técnicas
de cura e proteção. Cada um dos leitores, possui um histórico e potencial muito maior do que imaginam, o fato
de vocês estarem se interessando no desenvolvimento espiritual e pesquisando sobre estas ciências,
exprime o fato de em outras realidades, vocês já terem passado por iniciações espirituais ou mesmo
holísticas, o que demonstra que a bagagem do passado esta de alguma forma voltando ao vosso consciente.
Isso é a válvula propulsora da Nova Era e do movimento esotérico que o mundo esta vendo eclodir como
nunca, cada um de vocês é um antigo mago ou bruxo que esta voltando a conectar-se com essas realidades .
No entanto o conhecimento sobre essas realidades se perdeu e deve ser resgatado mediante o estudo, por
esse motivo muitos de vocês passam a despertar uma sensibilidade bem interessante, além da própria
mediunidade que aflora a medida que se aprofundam na pesquisa e na leitura, passando a reviver episódios
de outras vidas do passado. Muitos rituais do Ika e de outras ordens, são iniciações interessantes, que podem
ajudar no despertar da consciência, no entanto devido a dualidade existencial de cada um de vocês, muitas
vezes as pessoas se perdem por completo, quando o poder da magia começa a se demonstrar, o que levou
muitos a se perderem e caírem dentro da senda espiritual. A Magia já corrompeu milhares de pessoas desde
o inicio dos tempos, o que novamente faz parte do atual processo de burilamento e teste que cada pessoa
esta passando. Cada um de vocês esta sendo testado para que possa ocorrer a separação do Joio do Trigo,
uma realidade que vocês pode constatar em suas vidas e no desenvolvimento da mesma em vários níveis.
Portanto caberá a vocês decidirem para que caminho querem rumar, o poder pelo poder de dominação que
leva ao ego, ou o caminho do poder do amor.

Aproveitando o filme de Harry Porter, onde se demonstra um universo de Bruxos, observem um mundo de
fantasias, onde a realidade material e astral se unificam, isso é real, assim foi no passado e assim pode ser na
atualidade, quando um mago bem treinado consegue interagir com sua mediunidade e sensibilidade entre
ambas as realidades, assim Merlin atuava, não apenas na realidade material que conhecemos como concreta,
mas também nas realidades suprafísicas, que sã os mundos secretos e iniciaticos para cada grau dentro da
escala espiritual desses reinos invisíveis.

O poder do espírito ou alma dos animais é fundamental nas iniciações do magismo, assim como o
conhecimento sobre plantas , ervas e cristais, pois com isso os principais reinos são empregados no
desenvolvimento da magia e na aplicação das leis universais dos mundos invisíveis sobre a realidade física
do nosso plano existencial. O grau de conhecimento e a egregore do Mago também são vitais no
desenvolvimento da magia, quanto maior o grau de energia do mago, maior o potencial e seu conhecimento,
pois ele pode atingir realidades mais elevadas e com isso atuar em plano além do padrão convencional do
magismo e da bruxaria.

Devemos entender que fazer o mal para outra pessoa é fácil, devido a aplicação da Forma Pensamento, o
que ocorre com naturalismo entre as pessoas no envolvimento de energia como inveja e similares, mas a
verdadeira manipulação da magia exige um conhecimento aprimorado, e o grau desse aprimoramento esta
diretamente ligado a hierarquia que esse mago pertence ou trabalha, por isso as distintas iniciações que
existem dentro desse universo místico e oculto, que se confunde com os rituais dos bruxos. Existe uma
diferença bem grande entre os bruxos e os magos, dentro da escala de potencial e conhecimento, o Mago
domina a técnica da manipulação dos elementais pelo poder do conhecimento sobre os reinos, normalmente
envolvido com aplicações benignas dessa energia, já dentro do conceito mundano de bruxaria, onde poções
mágicas e o uso de mecanismos de elementais, são criadas as magias convencionais dentro de uma
dualidade entre o bem e o mal, ou seja, dentro da linhagem dos bruxos que esta abaixo da dos magos, a
facilidade de encontrar um bruxo negro é muito mais fácil do que encontrar um mago negro, embora ambas as
realidades existam.

O Mago atua dentro de Portais dimensionais de uma forma muito mais aprimorada e possui a capacidade de
comunicação de forma direta com outros universos, o Bruxo apenas manipula as energias com sua porções
mágicas nas quais podem utilizar elementos testemunhos de animais , plantas e cristais como mecanismos
ara atingir seus objetivos, muitas vezes apelando para as distintas falanges de eguns desencarnados, onde
encontraremos uma linha muito tênue para a pratica da magia Negra ou Cinzenta, além de rituais que muitas
vezes exigem sangue de animais ou mesmo de seres humanos, em especial de crianças nascidas em
determinadas datas de conjunção lunar e solar. O que tem profunda ligação com rituais iniciaticos de ordens
sagradas que gradualmente tem se perdido no tempo e atualmente são bem secretas.

Na verdade a criação de muitos elementais dentro desse processo é muito comum, pois os bruxos ou mesmo
os Magos, ao realizarem um encanto, acabam efetuando a configuração da estrutura atômica dos 12
elementais da natureza, que dão sustentação a nossa realidade física, com isso uma realidade gerada pela
mente da pessoa é criada e alinhada em planos sutis, onde normalmente se encontra o plano astral, que por
sua vez esta dividido em freqüências. O plano astral que normalmente as pessoas denominam como sendo a
4ª Dimensão, na verdade possui divisões internas de padrões entre o baixo astral e o alto astral. Dentro do
baixo astral, encontraremos as infra dimensões do Umbral que são 7 níveis que por sua vez possuem outros 7
níveis cada um deles, totalizando assim 49 realidades de Umbral, onde encontraremos as criações mais
pesadas e incríveis da mente humana e de outras realidades que incluem civilizações a muito perdidas na
linha do tempo. O acesso a baixo astral tem inicio na infra dimensão entre 4.0 a 4.4, sendo que o ponto mais
estratégico para essas realidades e seus Portais se encontra na freqüência do 4.25 a 4.32. Dentro dessa
faixa estreita, a grande linha de contato com os Tronados e Eguns com um grande conhecimento é bastante
ampla.

A questão da moralidade dessas realidades é um fato bastante amplo a ser questionado e analisado, por
serem realidade onde a diferença entre o bem o mal se destacam, devemos em primeira analise verificar, que
dentro dessas realidades, o que ocorre, e uma evolução muito lenta dentro de um foco muito egoísta por parte
dos seres que dentro deles coexistem, dentro também de diferentes falanges e realidades de percepção
sensorial e moral.

Quando a moral do praticante de magismo não é elevada, ele logicamente acabara por efeito de ressonância
trabalhando com seres em equivalência a seu manipulador, ou seja, quanto maior for o grau de consciência
do mago ou Bruxo, ele tem a capacidade de entrar em contato com esferas mais elevadas e praticar um
magismo mais elevado e concentrado no bem estar do próximo, no entanto muitas vezes devido a questão do
poder e da corrupção que esses reinos infra-dimensionais geram, acabam por interagir com o lado negro do
ser humano, ou seja, com a parte ainda não evoluída, a nossa parte onde a dualidade nos testa dentro do
nosso egoísmo, com isso surgem os magos e bruxos negros, que vulgarmente se diz, que venderam sua
alma ao diabo. Na verdade foi a fraqueza deles que os colocou em sintonia com os orbes mais pesados e
ele sucumbiu a essa realidade mais densa e macabra.

Toda vez que um magista cria um elemental dentro das realidades etéricas ou mesmo físicas, ele fica
responsável por essa criação, pois isso é uma Lei universal, da mesma forma que os pais de uma criança
são responsáveis pelo mesmo, quando um ser humano, seja magista ou não cria algo, ele é criador e tem
que responder por isso. No caso de um Magista, ele tem uma responsabilidade muito maior, pois ele foi
iniciado nas técnicas do magismo em diversos planos, sejam eles na realidade física, através das escolas
secretas e lojas de magismo, ou nos planos sutis dentro dos templos lendários de magismo onde ainda
existem grandes cidades e universidades sobre a arte da magia, onde se ensina a alquimia do universo em
diferentes freqüências.

Os Elementais são criados através da energia primordial do fluxo do pensamento dirigido, seja dentro de uma
porção mágica, como de um encantamento com seus respectivos mantras de ativação. Esses
encantamentos são na verdade o poder do verbo e mente dando potencialidade e ligação química e
atomística para que os 12 Elementais do universo criem essa realidade que foi ordenada pelo filho do criador,
que no caso somos nós seres humanos, pois possuímos uma alma e a capacidade de pensar e criar com
nossos pensamentos. Portanto somos parte do criador em pequena escala, mas com um potencial mental e
psíquico muito maior do que se imagina.

Cada um desses Elementais gerados possui patê da nossa freqüência cerebral impressa neles, o que os
torna pare da nossa jornada rumo a evolução espiritual, e dependendo da tônica com que foram criados, eles
podem impedir ou ajudar em nossa evolução, pois são obstáculos que teremos que ajudar a evoluir ate que
possam se tornar livres para continuarem a sua jornada sozinhos para o retorno a fonte suprema, o que leva
alguns milhões de anos conforme a realidade em que foram gerados. Isso explica muitos aspectos das
maldições que perduram por eras a fio, e enquanto seu criador não as remasterizar dentro de outra tônica
mais saudável, seu criador ficara preso com essa etapa paralela dentro de sua realidade psíquica. Toda
energia gerada com amor e sintonizada com as egregoras harmônicas, tem a capacidade de evoluir dentro
de uma oitava de luz muito mais rápida e ligada aos planos superiores, que um elemental gerado dentro de
um padrão destoante e sem ressonância com o amor puro e verdadeiro. Por isso as realidades do Umbral são
tão densas e revoltosas, pois eles mesmos dentro dessas realidades, ficam presas a situações negativas pelo
efeito de ressonância e o medo de saírem dessas realidades é muito grande, devido ao sentimento de culpa
que normalmente se faz presente dentro dessas realidades.

Dessa forma o praticante do magismo fica preso dentro dessas realidades e passa a compartilhar dessas
realidades com outras parcelas de seu psiquismo, muitas dessas realidades ele não toma conhecimento no
plano material físico, mas em seu inconsciente fica registrado uma atividade espiritual perturbadora, que
muitas vezes se intensifica com um sono pesado e atormentado.

Verificamos que o universo do magismo sempre fascinou a milhões de seres humanos e ouras civilizações
fora da realidade terrestre, isso por que a capacidade de brincar com a criação é algo intrínseco de todos os
seres vivos do universo, a capacidade de criar é se assemelhar ao TODO PODEROSO ou FONTE, com isso
se explica como o magismo esteve presente em todas as civilizações terrestres desde o inicio dos tempos e
também em outros planetas com civilizações que trouxeram para a Terra essa ciência de manipular outras
realidades, seja através do poder mental, da alquimia ou da tecnologia cientifica e cibernética, que também
pode interagir dentro de uma linha de magismo bem interessante.

Cada um de nós é um alquimista em potencial, que desenvolve em outras realidades a sua evolução dentro
de um propósito sensorial e espiritual, muitas vezes fora do alcance da nossa percepção, ainda mais no
momento atual. A busca que temos pela frente, para muitas pessoas passa pelo reaprendizado dentro das
distintas freqüências do magismo, onde voltamos a buscar momentos marcantes da nossa jornada, onde
muitos de nós já fomos praticantes de magia em outras encarnações. Portanto o que estamos buscando e na
verdade a continuação da nossa busca e a compreensão do processo de burilamento interno, mas a grande
chance de que muitos caiam dentro dessa busca também é muito grande, devido aos vícios e a corrupção
que o mundo astral pode inserir dentro da nossa fragilidade emocional e do ego carnal que carregamos em
cada ciclo encarnacional.

A Magia do amor é uma das mais importantes e interessantes dentro da busca alquímica, assim como a de
controlar a distancia outras pessoas e situações, onde existe um grande intercambio com realidades do astral,
vamos procura estudar algumas realidades do magismo e abordar de forma sutil e esclarecedora o
funcionamento dos processos de magismo dentro de muitas linhas de estudo milenares que muitos de vocês
já passaram em outras vidas.

Rodrigo Romo, canalização recebida do Conselho de THOT HAM e de MERLIN, em fevereiro de 2002,
totalizando o livro a magia dos Iniciados. Autor:Rodrigo Romo