Anda di halaman 1dari 1

O SENHOR QUER ENCONTRAR FRUTOS.

Leia Lucas 13: 1 – 9.

“8 E, respondendo ele, disse-lhe: Senhor, deixa-a este ano, até que eu a escave e a esterque; 9 E,
se der fruto, ficará e, se não, depois a mandarás cortar”. Lucas 13:8 – 9.

Deus colocou em nossos corações a semente da eternidade: “Deus colocou a eternidade no


coração do homem, mas assim... “. Eclesiastes 3: 11. Com certeza é uma boa semente que da qual
se espera que produza muitos furtos. Estes furtos podem sustentar a vida e fazer-nos fortes para não
cairmos em tentação.
Precisamos nos arrepender de não termos amado o Senhor de forma adequada e por não
divulgarmos as boas novas, para as pessoas que andam perdidas neste mundo tenebroso.
Indulgência sobre o mal. Pode acontecer de as pessoas serem levadas a duvidarem de Deus
por causa do mal e do sofrimento que veem no mundo ao seu redor. Cristo nos mostra que essa atitude
é falsa, porque Deus diz: “Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que não tenho prazer na morte
do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos
vossos maus caminhos; pois, por que razão morrereis, ó casa de Israel?” Ezequiel 33:11
Deus não faz mal. Nós, suas criaturas, somos os que fazemos o mal, a nós mesmos e aos
outros; Deus carrega as consequências do mal duplamente: Ele sofre quando o rejeitamos através de
nossos pecados, e sofreu na cruz, levando nossos pecados para trazer libertação. Se existe alguém que
tem o direito de reclamar do mal no mundo, então é Deus. Mas o mal é vencido através do amor que
traz o perdão.
Ira de Deus ou ira do homem? "Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único
Filho, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna". João 3:16.
Temos os olhos abertos através do poder do amor, ou somos cristãos cegos que julgam e
condenam todas as coisas? Deus nos pediu para que trouxemos as Boas Novas de Salvação, e não
más notícias de julgamento e preconceito.
Muitas pessoas se arrastam por este mundo e são esmagadas por conceitos e ideológicas que
não são condizentes com as Boas Novas. Como fica o nosso coração? Será que a nossa forma de falar
além de torna-las ainda mais surdas para com a Palavra de Deus, atrapalha a nossa comunhão com o
Pai Celestial? Será que não nos tornamos “interpretes da lei” e com isto fugimos da essência e da
simplicidade que é Cristo? O quanto estamos dispostos a deixar que Cristo fale através de nós, se
revelando a este mundo sem amor?
O Senhor quer encontrar figos. "Não há amor maior do que aquele que dá a vida pelos seus
amigos". João 15: 13. Como lemos neste trecho do Evangelho, depois de três anos de aparição
pública, Jesus está pronto para arriscar sua vida por todos nós – mas o Filho do Homem encontra fé
ou amor nos corações? "Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o
mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele”. João 3:17
Se Cristo retornasse hoje será que ele encontrará nossa “árvore infrutífera” e dará esta última
graça de “mais um ano”? Ou ele encontrará em nós uma “árvore florescendo” com muitos frutos
perfumados das boas obras que fizemos por amor a Ele?
Que sejamos uma figueira frutífera para a glória do Senhor, demonstrando a todas as pessoas
que se encontram sem rumo que Ele é o Caminho a Verdade e a Vida.

Oração: Senhor, obrigado por estarmos vivendo o tempo da graça no qual podemos frutificar para
Tua glória. Amém.