Anda di halaman 1dari 45

ARTICULAÇÕES

GENERALIDADES
PROF: CAIO FIGUEIREDO
SERRA – 2019

FISIOTERAPIA
CONCEITO:

• A articulação é o ponto de contato entre 02 ossos, entre osso e cartilagem


ou entre osso e dente.
• A união entre os ossos para formar o esqueleto é realizada pelas
articulações ou junturas.
• A mobilidade entre as peças que se articulam varia de acordo com o tipo
de articulação.

IMPORTÂNCIA: A maioria dos


movimentos do corpo ocorrem nas
articulações!!!!!!!!
FUNÇÕES:

• Movimentos (membros e coluna vertebral);


• Manutenção da postura do corpo;
• Proteção dos órgãos;
• Crescimento dos ossos e;
• Amortecedor contra choques.
MODO DE UNIÃO ENTRE OS
OSSOS:

LONGOS: LARGOS: CURTOS:


EXTREMIDADES BORDAS FACES
TIPOS DE ARTICULAÇÃO

• Quanto a Duração;

• Quanto a Fixação e;

• Quanto ao tipo de tecido conjuntivo interposto entre os ossos.


QUANTO A DURAÇÃO

PERMANENTE:
TEMPORÁRIA: Durante toda a
tempo de vida limitado existência do
indivíduo
QUANTO A FIXAÇÃO

POR CONTINUIDADE  unidas por tecido fibroso ou


cartilagem. Ex: ossos da cabeça e coluna vertebral.

POR CONTIGUIDADE  apresentam cavidade articular entre


os ossos. Ex: articulações dos MMSS e MMII.
ARTICULAÇÃO QUANTO A FIXAÇÃO
Suturas
Cranianas

Articulação por Continuidade

Articulação do
Joelho

Articulação por Contiguidade


QUANTO AO TIPO DE TECIDO CONJUNTIVO
INTERPOSTO ENTRE OS OSSOS

• Articulações Fibrosas;

• Articulações Cartilagíneas e;

• Articulações Sinoviais.
QUANTO AO TIPO DE TECIDO CONJUNTIVO
INTERPOSTO ENTRE OS OSSOS

• ARTICULAÇÕES FIBROSAS  quase imóveis. Unidos por tecido


conjuntivo fibroso, rico em fibras elásticas, e não existe
cavidade articular.

• SUBDIVISÃO:
• Suturas;
• Sindesmoses e;
• Gonfoses.
QUANTO AO TIPO DE TECIDO CONJUNTIVO
INTERPOSTO ENTRE OS OSSOS

• ARTICULAÇÕES CARTILAGÍNEAS  São semimóveis (movimentos


elásticos). Unem-se por cartilagem (hialina ou fibrosa).

• SUBDIVISÃO:
• Sincondroses e;
• Sínfises.
QUANTO AO TIPO DE TECIDO CONJUNTIVO
INTERPOSTO ENTRE OS OSSOS

• ARTICULAÇÕES SINOVIAIS  livremente móveis. Há


líquido sinovial entre entre as peças ósseas.
• Descontinuidade entre os ossos  presença da cavidade
articular.

• SUBDIVISÃO:
• Planas;
• Gínglimo;
• Trocóideas;
• Elipsóideas;
• Selares e;
• Esferóideas.
ARTICULAÇÕES FIBROSAS
ARTICULAÇÃO FIBROSA

• SUTURA: composta por fina camada de tecido conjuntivo fibroso denso.


Encontradas no crânio.

• Divide-se em:
• Serrátil: superfícies articulares tem a forma de dentes. Ex: articulação entre os parietais.
• Escamosa: superfícies articulares tem a forma de bico de gaita. Ex: articulação entre
temporal e parietal.
• Plana: superfícies articulares são planas. Ex: articulação entre os maxilares.
ARTICULAÇÕES
FIBROSAS

“SUTURAS”

Escamosa
A. temporo-parietal

Plana
A.intermaxilar

Serrátil
A. biparietal
ARTICULAÇÃO FIBROSA
• SUTURA  SINOSTOSE:

• Algumas estruturas, embora presentes durante o


crescimento do crânio, são substituídas por ossos no
adulto.
• Há uma fusão completa do osso através da linha da
sutura.

• Ex: Frontal.
ARTICULAÇÃO FIBROSA

• SINDESMOSE (sindesmo = feixe, ligamento): composta por fina


camada de tecido conjuntivo fibroso denso.

• Há uma distância maior entre os ossos da articulação.

• O tec. conj. fibroso pode estar disposto como um feixe


(ligamento) ou uma lâmina (membrana interóssea).
ARTICULAÇÕES FIBROSAS
“SINDESMOSES”
Tíbia
Fíbula

Rádio Sindesmoses
Membrana Interóssea

Ulna
ARTICULAÇÃO FIBROSA

• GONFOSE: há uma cavilha coniforme que se ajusta a uma


concavidade. .

• Os únicos exemplos são  os dentes e seus alvéolos (maxilar e


manbíbula).
SISTEMA ARTICULAR

Articulações Fibrosas
“Gonfoses”

Articulação do
Dente com seu Alvéolo
ARTICULAÇÕES CARTILAGÍNEAS
ARTICULAÇÃO CARTILAGÍNEA

• SINCONDROSE: composta por cartilagem hialina. É o caso


das articulações temporárias, entre as epífises e a diafíse dos
ossos longos (lâmina epifisial).

• Quando o alongamento do osso cessa, o osso substitui a


cartilagem hialina

SINCONDROSE

SINOSTOSE
ARTICULAÇÃO CARTILAGÍNEA

V1
V2
V3
V4
V5
V6
Fl1 V7
Fl2 F1
F2
LÂMINA F3
EPIFISIAL
ARTICULAÇÃO CARTILAGÍNEA

S. ESFENO-PETROSA

S. PÉTREO-OCCIPITAL
S. ESFENO-OCCIPITAL
ARTICULAÇÃO CARTILAGÍNEA

• SÍNFISE (= crescendo junto): extremidades osséas


recobertas por cartilagem hialina  ossos unidos por
um disco largo e plano de fibrocartilagem.

• Ocorrem na linha mediana do corpo.

• Exs: Sínfise púbica, e entre o manúbrio, corpo e


processo xifóide do osso esterno.
ARTICULAÇÃO CARTILAGÍNEA

“Sínfise”
(Fibrocartilagem)

Sínfise Púbica
ARTICULAÇÃO CARTILAGÍNEA

V1

V2
V3
V4

V5
V6
Fl1 V7
Fl2 F1
F2
F3
ARTICULAÇÕES
SINOVIAIS
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• livremente móveis;
• Líquido sinovial  substância situada entre as peças
ósseas;
• Descontinuidade das peças ósseas  presença da
cavidade articular;

permitem movimentos amplos de articulação.


COMPONENTES: ART. SINOVIAL
1
3

1. Superfícies Articulares
2 2. Cartilagem Articular
7 3. Cápsula Articular
4
4. Ligamentos
5 5. Membrana Sinovial
6. Cavidade Articular
6
7. Líquido Sinovial
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Superfície articular: partes do esqueleto que se


articulam;

• Cartilagem articular: revestem as superfícies


articulares (hialino);

• Cápsula articular: dispositivo que envolve a articulação e se


estende de um osso ao outro, continuando com o periósteo fibroso de
cada um deles;
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Ligamentos: cordões de fibras paralelas que se


estendem de um osso a outro e reforçam a cápsula no
ponto onde ela sofre maiores trações.

• Membrana sinovial: reveste a superfície interna da


cápsula articular (produção e absorção líq. sinovial);

• Líquido sinovial: Incolor, transparente e de consistência


viscosa, tem por finalidade nutrir a cartilagem articular e
lubrificar as superfícies articulares.
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Cavidade articular: cavidade


delimitada pelas superfícies
articulares e cápsula articular.

• Contém líquido sinovial, podendo estar total ou


parcialmente dividida por disco, menisco ou orla.
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Disco, menisco ou orla  formações fibrocartilagíneas existentes em


algumas articulações.
• Orla  aumenta o contato das superfícies articulares. Ex: ombro e quadril apenas.

• O disco e o menisco  facilita o deslizamento das superfícies articulares. Ex: Meniscos


da articulação do joelho, disco intervertebral e disco das ATM’s.
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

DISCO

ORLA

MENISCO
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• As articulações sinoviais dividide-se em:

• Quanto ao número de superfícies articulares;

• Quanto ao número de eixos de movimento;

• Quanto a forma geométrica das superfícies articulares.


ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Quanto ao número de superfícies articulares:

• Simples  apenas 2 ossos;

• Compostas  mais de 2 ossos;

• Complexas  presença de orla, menisco ou disco.


ARTICULAÇÃO SINOVIAL

“QUANTO AO NÚMERO DE COMPOSTA


SUPERFÍCIES ARTICULARES”

COMPLEXA

SIMPLES
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Quanto ao número de eixos de movimento:

• Anaxial ou não axial  não há movimentos (exs: acrômio-clavicular, intercárpica);

• Uniaxial  um movimento (ex: interfalângica);

• Biaxial  02 movimentos (exs: metacarpo-falângicas; radiocárpica).

• Triaxial ou multiaxial  03 ou mais eixos (exs: escápulo-umeral; coxo-femural).


ARTICULAÇÃO SINOVIAL

“QUANTO AO NÚMERO DE
EIXOS DE MOVIMENTO”

Anaxial
Art. Intercárpica

Triaxial
Uniaxial Biaxial “Multiaxial”
Art. Interfalângica Art. Radiocárpica Art. Coxo-femural
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Quanto a forma geométrica das superfícies articulares:


• Plana (anaxial): Ex: Entre ossos do carpo, do tarso, a dos metacarpos
e dos metatarsos.

• Gínglimo (uniaxial): eixo transverso; Ex: entre as falanges, entre o úmero


e a ulna.

• Condilar (biaxial): eixo transverso e longitudinal; Ex: joelho, ATM e atlanto-


occipital.
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Quanto a forma geométrica das superfícies articulares:


• Trocóide (uniaxial): eixo longitudinal Ex: entre a ulna e o rádio, entre a
C1 e C2.

• Elipsóide (biaxial): eixo transverso e sagital Ex: entre o rádio e os ossos


do carpo.
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Quanto a forma geométrica das superfícies articulares:

• Selar (biaxial): eixo transverso e sagital Ex: entre o trapézio e o metacarpo


do polegar

• Esférica (triaxial ou multiaxial): eixo transverso, longitudinal e sagital Ex:


escápulo-umeral e coxo-femural.
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Movimentos existentes:

• Eixo Sagital - Eixo sentido ventro-dorsal (esterno para a coluna


vertebral).

• Transverso - Eixo sentido látero-lateral (ombro para o outro).

• Longitudinal - Eixo sentido crânio-podálico (cabeça para os


pés).
ARTICULAÇÃO SINOVIAL

• Deslizamento - Ocorre nas articulações sinoviais planas.


• Flexão e Extensão - Movimentos em torno do eixo
transverso.
• Abdução e Adução - Movimentos em torno do eixo
sagital, havendo afastamento ou aproximação do plano
mediano do corpo.
• Rotação - Movimento em torno do eixo longitudinal do
segmento que gira.
• Circundução - É o movimento misto de flexão, extensão,
adução, abdução e rotação.