Anda di halaman 1dari 21

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

CST - NÚCLEO COMUM

ALUNO

PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAEM GRUPo

2019
ALUNO

PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO

Trabalho de produção textual em grupo apresentado à


Universidade Pitágoras UNOPAR, como requisito parcial
para a obtenção de média semestral nas disciplina de

Orientador:

Cidade
2019
TENHO ESSE TRABALHO
NOTA GARANTIDA
TRABALHO DE QUALIDADE

• SERVIÇO SOCIAL ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS PARA O ESTÁGIO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE


SERVIÇO SOCIAL ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS PARA O ESTÁGIO EM SERVIÇO SOCIAL

• CURSO DE LETRAS LICENCIATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA E RESPECTIVAS LITERATURAS


MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I ENSINO FUNDAMENTAL II

• PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO Temática Interdisciplinar Novas Tendências


para o Comércio Internacional Brasileiro

• PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO Temática Interdisciplinar Novas Tendências


para o Comércio Internacional Brasileiro

• CURSO BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS Curso: Ciências Contábeis Semestre: 4°/5°


Disciplinas: Contabilidade Comercial, Mercado Financeiro e Capital, Contabilidade de Custos e
Industrial, Teoria da Contabilidade e Noções de Atuária

• CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR Curso Superior de Tecnologia em


Gestão Hospitalar 2º / 3º Semestres Disciplinas integradoras Contabilidade Marketing de
Produtos e Serviços Análise de Custos Capital de Giro e Análise das Demonstrações Financeiras
Planejamento Financeiro e Orçamentário Seminário de Projeto Integrado V

• RODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO Temática Interdisciplinar: Contabilidade na

Gestão Pública Curso Tecnologia em Gestão Pública Semestre: 2/3 Disciplinas integradoras
Administração Pública Auditoria e Controle no Setor Público Contabilidade Pública Finanças
Públicas Gestão de Custos no Setor Público Seminário do Projeto Integrado III

• Curso de Graduação em Serviço Social Disciplinas Fundamentos das Políticas Sociais e Políticas
Sociais; Comunicação na Prática do Assistente Social; Fundamentos Históricos, Teóricos e
Metodológicos do Serviço Social III; Administração e Planejamento em Serviço Social; Ética
Profissional em Serviço Social e Seminário Interdisciplinar V. Professores (as) Amanda Boza,
Patrícia Campos, Maria Angela Santini, Rosane Aparecida Belieiro Malvezzi e Paulo Sérgio
Aragão. Semestre 4º e 5º semestres

• TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Disciplinas Engenharia e Projeto


de Software Projeto Orientado à Objetos Programação para Web II Seminários V 5º Semestre
Professores Anderson Emidio de Macedo Gonçalves Everson Matias de Morais Adriano Sepe
Merris Mozer PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL
• PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL Temática Interdisciplinar Novas
Tendências para o Comércio Internacional Brasileiro Curso Administração Semestre: 6º/7ºsem
Disciplinas integradoras Empreendedorismo Gestão de Projetos Negócios Internacionais
Administração da Produção e Logística Seminário Interdisciplinar: Tópicos Especiais I

• RODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL Temática Interdisciplinar: Atuação do


professor de Língua portuguesa e Literatura, na educação básica. Curso Letras - Licenciatura em
Língua Portuguesa Semestre: 4º e 5º Disciplinas integradoras Morfossintaxe da língua
portuguesa Sociolinguística Literaturas de língua portuguesa I Comunicação e educação
corporativa Metodologias do ensino de língua portuguesa e literatura Práticas pedagógicas em
língua portuguesa: usos e formas da língua oral e escrita nos gêneros textuais Estágio curricular
obrigatório i - ensino fundamental II

• PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL Temática Interdisciplinar Novas


Tendências para o Comércio Internacional Brasileiro Curso Administração Semestre: 6º/7ºsem
Disciplinas integradoras Empreendedorismo Gestão de Projetos Negócios Internacionais
Administração da Produção e Logística Seminário Interdisciplinar: Tópicos Especiais I

• PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL Curso: Curso Superior de Tecnologia em

Segurança Pública Semestre: 3/2º Disciplinas: Expansão da Criminalidade; Planejamento


Estratégico em Segurança; Tópicos em Direito Administrativo; Teoria Geral do Direito
Constitucional; Direitos Humanos e Cidadania; Seminário de Projeto Integrado III

• TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Disciplinas Análise Orientada a


Objetos I Banco de Dados I Organização de Computadores Linguagens de Programação e
Estruturas de Dados 3º Semestre

• PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO Temática Interdisciplinar:


REESTRUTURAÇÃO DA EMPRESA DE IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS COLHEITA Curso
ADMINISTRAÇÃO Semestre: IV/V Disciplinas integradoras Planejamento Estratégico
Macroeconomia Estratégia Empresarial e Negociação. Teorias da Administração Análise de
Investimentos Seminário Interdisciplinar V

• PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL - PTI Temática Interdisciplinar: Curso ACE

Semestre: 2-3º Competência Compreender e aplicar conceitos, por meio do entendimento da


gestão de projetos, sua relação com as análises de investimento e custos, bem como, seus
aspectos humanos que envolvem microeconomia e direito empresarial para a vivência em
sociedade. Habilidades Os alunos deverão ser capazes de identificar a situação problema e, a
partir dela, compreender os desdobramentos possíveis por meio da aplicação teórica e prática dos
conteúdos estudados, elaborando a produção científica seguindo as normas da ABNT. Objetivos de
aprendizagem Conhecer a tríplice restrição aplicados e geridos pelos projetos. Realizar análise de
investimentos e custos associados ao produto do projeto, levando em consideração a
microeconomia e os aspectos humanos, culturais, trabalhistas e legislativos que influenciam a
dinâmica social e empreendedora no âmbito organizacional.
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

Curso Superior de Tecnologia em Gestão 2º / 3º


Hospitalar Semestres
Disciplinas Contabilidade
integradoras Marketing de Produtos e Serviços
Análise de Custos
Capital de Giro e Análise das Demonstrações Financeiras
Planejamento Financeiro e Orçamentário
Seminário de Projeto Integrado V
Professores Prof. Regis Garcia
Prof. Aleksander Roncon
Prof. Valdeci Silva
Prof. Wellington Bueno
Profa. Suzi Bueno de Almeida
Profa. Emília Yoko Okayama.
Competência Esse processo visa capacitar e qualificar o aluno para o
mercado de trabalho, cenário de sua futura atuação
profissional.
Habilidades Promover a aplicação prática dos principais temas estudados
nas disciplinas do semestre.
Objetivos de Trabalhar o conteúdo do eixo temático, incentivar a
aprendizagem interatividade e a regionalidade, bem como:
Implementar a integralidade dos conteúdos
desenvolvidos no semestre em possível cenário de
trabalho do profissional de Gestão Hospitalar.
Desenvolver nos alunos a capacidade de identificar
os aspectos relevantes de cada disciplina na
atuação profissional, ou seja, verificar a
aplicabilidade dos conceitos estudados.

PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO

Prezados(as) alunos(as),

Sejam bem-vindos a este semestre! A proposta da Produção Textual


Interdisciplinar em Grupo (PTG) terá como temática: “Hospital Bom Coração”.
Escolhemos esta temática para possibilitar a aprendizagem interdisciplinar dos
conteúdos desenvolvidos nas disciplinas deste semestre. A seguir,
apresentamos as orientações gerais para elaboração do trabalho.
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

Situação Geradora de Aprendizagem (SGA)

Hospital Bom Coração

O Hospital Bom Coração é reconhecido como um centro regional


de saúde e está passando por um processo de reestruturação incluindo a
mudança de direção.
No processo de diagnóstico da situação do hospital, antes de
assumir, algumas informações foram levantadas pela nova diretoria.
O centro cirúrgico conta com três salas de cirurgia devidamente
equipadas e aparelhadas, com medicamentos e materiais hospitalares
necessários. Entretanto, a sala 1 (um) está interditada devido a um
vazamento de água no teto envolvendo adicionalmente o risco de danos
elétricos e consequente risco de incêndio.
Por esse motivo a equipe de trabalho dessa sala foi remanejada
para outras áreas do hospital. Já a sala 2 (dois) e a sala 3 (três) estão
totalmente operacionais, ou seja, funcionam nos dois turnos.
É justamente na sala interditada que o hospital pretende –
aproveitando a necessidade de reforma – melhorar a estrutura do centro
de excelência em cirurgias de baixa complexidade.
Todavia, tendo em vista a demanda de pacientes para esse tipo de
procedimento, o hospital está estudando concomitantemente a abertura
de uma quarta sala para a qual necessitará investir em equipamentos e
contratação de pessoal.
Sabe-se que cirurgias de baixa complexidade duram em torno de
duas horas e que há a demanda de 35 cirurgias a serem realizadas
diariamente, de segunda a sexta.
Este período de duas horas compreende o tempo necessário para
a preparação do paciente, a realização do procedimento e remoção do
mesmo para uma sala de observação, além da limpeza da sala, após cada
procedimento.
Apesar desse contratempo de interdição em uma das salas de
cirurgia, o hospital Bom Coração mantém o atendimento a pacientes de
planos de saúde e particulares com muita qualidade.
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

Priorizando a excelência nos serviços que presta à população, a


nova direção entendeu que há a necessidade de melhoria em algumas
áreas de atendimento. Essa decisão da nova diretoria se deve ao fato de
se tratar de uma instituição com mais de 80 anos que passou ao longo
dessas oito décadas por várias crises políticas e econômicas com
reflexos negativos para o setor de saúde na região onde o hospital atua.
Nesse sentido, uma das áreas mais afetadas diz respeito ao
atendimento de cirurgias de baixa complexidade. Os novos gestores
consideraram imprescindível que o Hospital seja referência nesse tipo de
atendimento. Para isso deverá ser elaborado um projeto de investimento
envolvendo principalmente as ações listadas a seguir:
Avaliar a situação das imobilizações atuais desse setor/área
determinando o valor contábil dos bens nele alocados.
Desenvolver um plano de comunicação sobre o início da
reestruturação e sobre as novidades em termos de investimentos
em busca da excelência em cirurgias de baixa complexidade.

Definir um plano de custos específicos para o setor/área


contemplando os elementos mínimos necessários para seu
funcionamento.
A partir da demonstração do resultado e do balanço
patrimonial do último período, apresentar uma análise sobre
o capital de giro e sobre a estrutura de endividamento do
hospital a fim de justificar os novos investimentos.
Analisar as formas mais indicadas de financiamento a ser
utilizado para a reestruturação do hospital.

Todas essas ações envolverão o trabalho de profissionais


específicos contratados pela direção do hospital, portanto, em cada uma
delas haverá a aplicação de conteúdos interdisciplinares contemplando
as áreas de contabilidade, marketing, custos, além de análises financeiras
e orçamentárias.
A equipe mínima para a realização de uma cirurgia é comporta pelo
Cirurgião, pelo Anestesista, pelo Instrumentador (geralmente um Profissional
de Enfermagem) e pelo Auxiliar de enfermagem. O cirurgião e o anestesista
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

recebem seus honorários diretamente dos planos de saúde, ou quando se


tratar de atendimento particular, o repasse referente aos honorários médicos
é geralmente realizado diretamente a esses profissionais. O instrumentador e
o auxiliar de enfermagem são colaboradores, contratados pela instituição, de
acordo com a legislação trabalhista. O salário base de um auxiliar de
enfermagem no Bom Coração é de 1.450,00 e do Enfermeiro de 2.560,00, os
encargos trabalhistas (1/3 das Férias, 13º, FGTS, Adicional noturno, Adiciona
Insalubridade...) totalizam em média 32% sobre o salário base. O regime de
trabalho é por escala com turnos do tipo 12/36 horas.
Cada sala cirúrgica exige 4 equipes de trabalho para poder
funcionar 24 horas. Entretanto, no Hospital Bom Coração, não são
realizadas cirurgias das 24:00 as 06:00, exceto em caso de emergência.
Neste contexto, cada sala cirúrgica pode atender até 10 cirurgias por dia,
desde que, esteja liberada para utilização.
Para a sala um foi orçado um gasto de 50.000,00 para realizar as obras
necessárias e os procedimentos de higienização e esterilização para que a sala
possa ser novamente utilizada. A equipe de trabalho, que foi realocada para
outras áreas poderá retornar as atividades normais assim que necessário.
Para a sala dois, a formação da equipe noturna depende apenas da
contratação de instrumentadores e auxiliares de enfermagem, uma vez que
cirurgiões e anestesistas estão disponíveis no corpo clínico do hospital.
A sala três está em pleno funcionamento, entretanto, para atender
a demanda será necessário estruturar uma quarta sala de cirurgia, o que
compreende: a reforma e adequação física, orçado em 80.000,00; a
aquisição dos equipamentos cirúrgicos; a contratação de pessoal; e a
aquisição de medicamentos e materiais hospitalares.
Outra situação a ser analisada é a de que, cada sala de cirurgia
consome em média 10.000,00 mensais em medicamentos, materiais
hospitalares e gastos com esterilização, tanto do ambiente, quando dos
materiais e equipamentos.

Bem! Como teremos áreas distintas envolvidas, a direção do


hospital precisará que algumas das ações listadas no projeto de
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

viabilização do novo centro cirúrgico de excelência sejam explicadas


conceitualmente e com exemplos para que os profissionais de uma
determinada área compreendam as ações das demais áreas com as quais
trabalharão no contexto do projeto de investimento.
É nesse sentido que a nova diretoria lhe pede o auxílio na
execução das atividades listadas a seguir:

DESAFIOS PROPOSTOS

Atividade 1- (Planejamento Financeiro e Orçamentário)


O planejamento financeiro e orçamentário deve considerar
todas as funções da organização, o orçamento é um valioso instrumento
de planejamento e controle das operações da empresa.
Com a finalidade de que todos os envolvidos do hospital
possam inteirar-se e compreender o processo de reestruturação e as
novas diretrizes do hospital Bom Coração, pede-se que:
a. Elabore uma breve análise relacionando a importância do planejamento
financeiro e orçamentário na organização e a relação existente entre o
planejamento financeiro e orçamentário com o planejamento estratégico.
b. Com base na tabela de “Equipamentos para nova sala de cirurgia”
defina de quem os produtos devem ser comprados para a
instalação da quarta sala de cirurgia e quais tipos de
financiamentos são mais adequados para essa aquisição. Explique
o financiamento que acredita ser o mais apropriado e porquê.

Equipamentos para instalar na nova sala de cirurgia:


Quantidade Empresa Empresa Empresa Empresa
Descrição A B C D

Mesa Cirúrgica 1 45.000 46.500 48.000 47.200


Foco de luz cirúrgica (Teto) 1 1 12.000 11.800 9.000 10.500
cúpula com 4 Bulbos
Equipamento para anestesia 1 16.800 15.000 17.200 19.500
Mesa auxiliar para 3 2.550 2.720 2.800 2.400
instrumentação
Mesa auxiliar pequena 1 910 820 780 650
Carrinho de medicação / 1 5.200 4.000 4.400 4.650
emergência
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

Monitor cardíaco 1 25.000 28.200 28.650 31.290


multiparametrico
Desfibrilador 1 15.200 13.000 14.100 13.850
Bomba de infusão 1 5.000 5.500 5.890 6.630
Eletrocauterio (Bisturi 1 30.240 28.870 26.000 27.300
Elétrico)
Aspirador de secreções 1 4.000 4.890 5.600 6.790
Arco Cirúrgico 1 79.230 82.660 60.100 65.800

Orçamento para equipamentos


Descrição Quantidade Empresa Preço Valor
Mesa Cirúrgica
Foco de luz cirúrgica (Teto) 1 cúpula
com 4 Bulbos
Equipamento para anestesia
Mesa auxiliar para instrumentação
Mesa auxiliar pequena
Carrinho de medicação /
emergência
Monitor cardíaco multiparametrico
Desfibrilador
Bomba de infusão
Eletrocauterio (Bisturi Elétrico)
Aspirador de secreções
Arco Cirúrgico
Valor Total

Atividade 2- (Marketing de Produtos e Serviços)

Trabalhar com marketing envolve a predisposição das pessoas em aceitar


e praticar de fato, o princípio maior de satisfazer as necessidades,
anseios e expectativas dos clientes. É saber proporcionar um diferencial
no trabalho oferecido, de uma forma ágil, e eficiente.

O marketing tem definições amplas, que se aplicam a diferentes


organizações, pois umas vendem produtos e outras vendem serviços.

Um produto é algo que pode ser oferecido a um mercado para criar


atenção, ser adquirido, usado ou consumido, satisfazendo um desejo ou
uma necessidade (KOTLER; KELLER, 2012).

Os conceitos utilizados para definir produtos giram em torno do bem físico, ou


não, mas um bem tangível. No caso do marketing de serviços é uma série de
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

atividades de natureza intangível. Mas vale ressaltar que em todas as


empresas, pequenas ou grandes prestam algum serviço.

Serviço é toda atividade ou benefício, essencialmente intangível, que uma


parte pode oferecer a outra e que não resulte na posse de algum bem
(KOTLER; KELLER, 2012).

A contextualizando apresentada na Situação Geradora de Aprendizagem


(SGA) demonstra uma série de problemas de gestão que se espalham pelas
três salas cirúrgicas do hospital e precisam ser analisados para que o Bom
Coração possa atender sua demanda de cirurgias. Um dos caminhos que o
marketing utiliza para isso é uma ferramenta chamada 7Ps, divididos em Mix
de Marketing ou 4Ps e 3Ps de serviços apresentados a seguir:

1. P de Praça: Onde o produto/serviço será comercializado. A escolha


deve ser pautada em estudos que viabilizem o negócio, incluindo o layout
do local. Canais de distribuição, logística e relacionamento com o
mercado determinam sua disponibilidade pensando sempre no estoque,
armazenagem e transporte até o cliente.

2. P de Preço: Quanto o produto/serviço vai custar no mercado. Este é o “P”


crucial, pois dele depende toda a estratégia de vendas e afeta diretamente a
receita e os lucros. Pode ter descontos de acordo com o canal de distribuição e
deve ser feito após análises comparativas de concorrência e viabilidade.

3. P de Promoção: De que forma você vai estimular a venda de seu produto


ou serviço, incluindo a divulgação. A comunicação é a responsável por fazer
chegar a seu cliente todas as informações sobre seu produto, quais são as
condições de pagamento e outros benefícios para captação de clientes,
gerando o lucro para a empresa. Avaliar qual o público-alvo é necessário
para saber como atingir este público e torná-lo fiel ao seu produto.

4. P de Produto: Alvo de todas as suas ações. O produto é um bem disponível


em um mercado e pode ser classificado como tangível (material) ou intangível
(não material), durável ou não durável. Pode soar estranho, mas até mesmo
pessoas podem ser consideradas produtos, como é o caso de atletas, políticos e
artistas que vivem do trabalho de suas próprias imagens. Dentro disso, outros
conceitos devem ser considerados na apresentação do produto: como você
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

pretende apresentar sua história ao mercado, qual o ciclo de vida e


qualidade do seu produto, os benefícios que ele traz ao cliente, como é a
sua marca e quais serviços podem ser associados a esse produto. Um
carro, por exemplo, pode ser associado à sua garantia ou a um seguro.

5. P de Pessoas: Atender os hábitos existentes ou de desejo dos


consumidores deve ser a premissa de seu negócio e parte primordial de seu
plano de ação. É importante lembrar também que em algum momento do
processo, o cliente terá contato, seja pessoalmente ou por telefone. Sem os
seus colaboradores, o processo não fica completo, são eles os responsáveis
pela interação com os clientes. Por isso, é preciso considerar e investir em
treinamento de seus funcionários. O bom atendimento é a premissa básica
para lidar com eles, pois essa equipe transmite a imagem da empresa e pode
ser um diferencial competitivo no mercado.

6. P de Processos: Diz respeito às ações a serem tomadas para satisfazer


seus clientes. Do início ao pós-venda, o processo descreve todo o fluxo
de atividades. Neste ciclo, o cliente deve se sentir próximo da empresa,
que por sua vez, deve aproximá-lo dos fluxos. Todos os mecanismos e
ações de execução de um serviço pode ser considerado um processo.
Quando mal realizados, eles afetam o cumprimento dos serviços, a
produtividade e, consequentemente, a satisfação dos clientes.

7. P de Percepção (Ambiente Palpável): Perceber o que os consumidores


pensam ou esperam de você são orientações a serem consideradas na
elaboração de estratégias de fidelização. Para isso, as evidências tangíveis
são fonte de avaliações para os clientes para que verifiquem a qualidade de
tudo aquilo que está ligado ao produto ou serviço, como o design do local
onde é comercializado, as facilidades oferecidas (como estacionamento),
equipamentos usados para atende-lo, etc. Muitos preferem chamar esse P de
“Evidências Físicas”, tradução do Inglês Physical Evidences.

Os 7Ps de serviços são considerados como variáveis de decisões importantes


em um plano de Marketing e são ferramentas muito úteis para influenciar os
clientes. Desse modo, preencha as lacunas das figuras a seguir considerando
cada característica dos problemas (tanto para produtos como para serviços)
descritos na contextualização do Hospital Bom Coração:
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

Fonte: Desenvolvido pelo professor.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

KOTLER, P.; KELLER, K. L. Administração de marketing. São Paulo:


Pearson, 2012.
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

PORTER, M. E. Estratégia competitiva: técnicas para análise de indústrias


e da concorrência. Campus, 1986.

TORRES, C. A bíblia do marketing digital: tudo o que você queria saber


sobre marketing e publicidade na internet e não tinha a quem perguntar.
São Paulo: Novatec, 2009, 15-83.

Atividade 3- (Contabilidade)

Como se observou na descrição de nossa Situação Geradora de


Aprendizagem (SGA), o Hospital Bom Coração está precisando do seu
auxílio em uma ação voltada para avaliar a situação das imobilizações atuais
desse setor/área determinando o valor contábil dos bens nele alocados.

Para que os demais profissionais não relacionados à área


responsável pelos bens do ativo imobilizado possam entender essa ação,
pedimos que você execute as seguintes tarefas:

a) Busque em materiais como no pronunciamento técnico disponível


em: < http://static.cpc.aatb.com.br/Documentos/316_CPC_27_rev%2013.pdf>
os conceitos envolvendo: i) ATIVO IMOBILIZADO; e ii) DEPRECIAÇÃO.

Para melhor compreensão sobre esses dois temas, sugerimos que


busquem em outros materiais como livros e artigos não apenas o
conceito (citar pelo menos duas fontes pesquisadas), mas também as
características e a finalidade dos ativos imobilizados e da depreciação.

b) Em sua pesquisa você perceberá que a depreciação envolve a


aplicação de técnicas e percentuais específicos, portanto, pede-se que
você consulte materiais e resuma o que vem a ser: i) método linear de
depreciação; e ii) método das unidades produzidas. Não se esqueça que
na sua pesquisa você deverá explicar a forma como o método é aplicado
utilizando-se de um exemplo de aplicação.

c) Por último, pesquisa e indique qual o percentual de depreciação


das seguintes imobilizações: i) Veículos; ii) Edificações; e iii) Máquinas e
Equipamentos utilizando como fonte o Regulamento do Imposto de Renda,
como o disponível em: <
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

http://normas.receita.fazenda.gov.br/sijut2consulta/anexoOutros.action?idArqui
voBinario=36085>.

Atividade 4- (Análise de Custos)

Considere os seguintes aspectos (apenas para a quarta sala):

Salário e encargos trabalhistas mensais dos instrumentadores


e dos auxiliares de enfermagem.

Gastos mensais com medicamentos, materiais hospitalares e


esterilização.

Gastos mensais com energia elétrica, água, materiais de


limpeza, lavanderia (lavagem das roupas dos profissionais, dos
pacientes...) estão orçados em R$ 5.300,00.

Para o cálculo do procedimento de cirurgia a gestão de custos é uma


ferramenta imprescindível.

A partir das informações apresentadas determine o custo de cada


cirurgia na quarta sala, levando em consideração que ela estará
disponível para os procedimentos durante 22 dias do mês e com sua nova
estrutura poderá atender 10 cirurgias de baixa complexidade.

Atividade 5- (Capital de Giro e Análise das Demonstrações Financeiras)

Na Atividade 1 foi identificado o valor do investimento (recursos de


longo prazo) necessário para viabilizar a reestruturação do centro cirúrgico do
Hospital Bom Coração. Entretanto, para viabilizar as operações é necessário que
a instituição aumente seu capital de giro (recurso de curto prazo).

Uma estratégia que pode ser adotada é adição do aumento no


capital de giro no financiamento de longo prazo a ser realizado para a
reestruturação do centro cirúrgico, desta maneira, calcule o aumento
necessário ao capital de giro, para que a instituição tenha condições de
tornar a nova sala de cirurgia operacional.

A diretoria do Bom Coração definiu que o capital de giro inicial deve ser
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

o suficiente para suportar seis meses de operação. Desta forma, verifique:

Qual é o valor do capital de giro necessário para que a nova sala de


cirurgia esteja operacional?

Qual será o investimento total necessário para a reestruturação do


centro cirúrgico?

ORIENTAÇÕES PARA A EXECUÇÃO DO TRABALHO

A atividade deverá ser desenvolvida em equipes de dois a sete


integrantes.

A formação dos grupos é de responsabilidade dos alunos; no


entanto, solicitamos que sigam as orientações passadas pelo tutor
presencial sobre a melhor maneira para a formação dos mesmos.
Para o desenvolvimento do trabalho, a equipe deverá consultar e se
fundamentar nas teleaulas, web aulas e no livro texto disponível na
Biblioteca Digital bem como contar com a orientação dos tutores a
distância.
O trabalho deve ser realizado de acordo com as normas da ABNT.
Para conhecê-las acesse o livro didático:
BOTELHO, Joacyr Machado; CRUZ, Vilma Aparecida Gimenes
da. Metodologia Científica. São Paulo: Pearson Education do
Brasil, 2013.142 p. Disponível na Biblioteca Digital.
O trabalho deve ser postado na pasta específica portfólio.
Lembrem-se que seu tutor a distância postará informações importantes
na sala do tutor, para ajudá-los na estruturação e no desenvolvimento.
Em dias a serem definidos pelo polo, no horário da aula-atividade
do Seminário, os alunos matriculados no regime regular deverão
apresentar os trabalhos para o restante da turma.
Fazer a Produção Textual com antecedência é fundamental; assim,
vocês terão tempo de revisá-la várias vezes, e isto é importante
para o sucesso do trabalho acadêmico.
O trabalho deve conter no mínimo 7 e no máximo 15 laudas.
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

ATENÇÃO: atentem-se para o prazo de envio da atividade.

a) Ao formar o grupo, um aluno (líder) deverá ficar responsável


para cadastrar o grupo no portfólio, ou seja, deverá indicar os
nomes dos demais.
b) Somente após cadastrar o grupo, o trabalho deverá ser enviado.
c) Apenas o líder cadastra o grupo e envia o trabalho realizado
pelos membros do grupo.
d) A capa do trabalho deverá conter os nomes de todos os alunos
do grupo.
e) Lembrem-se: é responsabilidade de todos os alunos que
compõem o grupo o acompanhamento e a criação do mesmo no
ambiente virtual de aprendizagem, bem como, a inserção da
atividade dentro do prazo estabelecido na área restrita.
f) No caso de dúvidas, solicite a orientação do seu tutor presencial.

Observações:
a) Após coletar todas as informações necessárias vocês devem desenvolver
uma Produção Textual em Grupo, abordando as informações solicitadas a
partir da Situação Geradora de Aprendizagem.
b) Acessem a Biblioteca Digital para conhecer as normas de
padronização e formatação do trabalho.
c) Lembrem-se: os membros do grupo deverão realizar uma
apresentação onde todos os integrantes devem participar. Essa
apresentação acontecerá no final do semestre em dia e horário
agendado pelo tutor presencial.

ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO

A produção textual deverá ser desenvolvida de acordo com as Normas


ABNT (Capa, Folha de Rosto, Sumário etc.).

Na Introdução, os alunos deverão citar o que será desenvolvido, o


objetivo geral e objetivos específicos do trabalho.
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

No desenvolvimento os alunos deverão colocar todo o conteúdo do


trabalho, seguindo os itens relatados anteriormente.

Na conclusão deve ser destacado de que forma os objetivos descritos


na introdução foram atingidos e qual foi a contribuição que o trabalho
proporcionou para o crescimento dos alunos.

Por fim, os alunos devem relacionar todas as referências bibliográficas


utilizadas e devidamente citadas durante a realização do trabalho.

ORIENTAÇÕES PARA A APRESENTAÇÃO DO TRABALHO NO POLO


1. Regras Gerais
As apresentações acontecerão no período das aulas atividades do
Seminário conforme data especificada na área restrita.
Os tutores presenciais são responsáveis por organizar os grupos e
inserir as avaliações nas fichas de apresentação no sistema.
Tempo de apresentação: cada grupo terá no mínimo 20 e no
máximo 25 minutos para apresentar o seu trabalho.
Todos os alunos deverão participar da apresentação dos trabalhos
e serão avaliados individualmente pelo tutor presencial.

2. Estrutura da Apresentação
A estrutura da apresentação deverá seguir as instruções abaixo:

Apresentação
Slide 1 - Nome do Curso / Semestre / Nome dos integrantes da
equipe / Polo - Ano/Semestre (ex: Londrina - 2018/1)
Slide 2 - Tema do Trabalho

Introdução - 1 a 2 Slides

Caracterização do objeto de estudo.

Desenvolvimento - 3 a 6 Slides

Conclusão - 1 a 2 Slides

Considerações Finais
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO HOSPITALAR

Informações Complementares - 1 Slide

Apresentação das referências bibliográficas

3. Orientações Gerais

Os slides deverão ser elaborados com fonte ARIAL com tamanho


no mínimo 20.
Cuidado para não sobrecarregar os slides com informações. Prefira
indicar os pontos a serem desenvolvidos por cada integrante da
equipe. Lembrem-se: domínio do conteúdo é essencial para uma
boa apresentação.

Observação

Lembre-se que seu tutor a distância também estará à disposição


para orientações.

Bom trabalho a todos!


Equipe de professores.