Anda di halaman 1dari 22

PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

1. Uma solução foi preparada misturando-se 50 mL de CuSO4 0,01 mol/L com 50


mL de NaOH 0,01 mol/L.
a) haverá precipitação de Cu(OH)2 nestas condições? Justifique sua resposta.
b) quais são as concentrações de Na+, SO42-, Cu2+ e OH- em fase aquosa, após o
equilíbrio ser atingido?
c) se houver precipitação, qual a massa de precipitado formado? Se não houver,
qual a massa de sólido que ainda pode ser adicionada à solução?
d) qual a solubilidade do Cu(OH)2 em água pura?
e) qual a solubilidade do Cu(OH)2 em solução aquosa de pH 12?
f) explique a diferença encontrada em e e f.
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

Cu(OH)2: 63,5 + 2x17 = 97,5


PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
2. Uma solução é preparada pela mistura de 150 mL de nitrato de prata (AgNO3)
0,350 mol/L com 250 mL de cromato de sódio (Na2CrO4) 0,210 mol/L

a)  haverá ou não precipitação de cromato de prata (Ag2CrO4), nestas


condições?
b)  quais as concentrações do íon prata, Ag+, e íons cromato, CrO42-, após o
estabelecimento do equilíbrio?
c)  se houver precipitação, qual a massa de cromato de prata precipitada? Se
não houver, qual a massa de cromato de prata que ainda pode ser adicionada à
solução sem haver precipitação?
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

3. Tem-se uma solução de nitrato de chumbo, Pb(NO3)2, nitrato de bário, Ba(NO3)2


e de nitrato de estrôncio, Sr(NO3)2, de concentrações 8 x 10-8, 5 x 10-2 e 4 x 10-5
mol/L, respectivamente. A essa solução, adiciona-se cromato de sódio sólido,
Na2CrO4, lentamente. Considere que não há variação do volume.
a) qual a concentração de cromato necessária para precipitar cada um dos íons?
b) qual a ordem de precipitação dos cromatos? Justifique.
c) qual a concentração do primeiro íon quando o segundo começar a precipitar? E
quando o terceiro começar a precipitar, quais as concentrações dos dois íons que
já haviam começado a precipitar?
d) o que deve ser feito com o pH da solução para favorecer a precipitação
seletiva? Justifique.
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

[CrO42-] p/ [M2+] no início % restante [M2+] no início da % restante


começar a da pptação do pptação do
pptar PbCrO4 SrCrO4
Ba2+ 2,4 x 10-9 5,33 x 10-4 1,1 % 1,37 x 10-10 2,7 x 10-7 %

Pb2+ 2,25 x 10-7 [ ]o 100 % 2,06 x 10-14 2,6 x 10-5 %

Sr2+ 0,875 [ ]o 100 % [ ]o 100 %


PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

4. Um litro de solução a 25o C contém 0,10 mol/L de NaF e 0,01 mol/L de


Na2SO4. Adiciona-se lentamente BaCl2 sólido. Assumindo que o volume da
solução permanece constante, responda:
a) qual sal precipita primeiro, BaSO4 ou BaF2? Justifique.
b) a partir de que massa de BaCl2 adicionada o primeiro sal começa a
precipitar?
c) a partir de que massa de BaCl2 adicionada o segundo sal começa a
precipitar?
d) quando o segundo sal inicia sua precipitação, qual a concentração do
ânion (SO42- ou F-) do primeiro sal que precipitou que permanece em
equilíbrio na solução?
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

-6

-4
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

5. Soluções de flúor (fluoreto de sódio) ajudam a reduzir a incidência de cárie


dentária. Em uma farmácia de manipulação, na falta de água deionizada, um auxiliar
de laboratório preparou 1 L de uma solução 0,05% (0,0119 mol/L) de NaF com água
mineral contendo 14,63 mg/L de Ca2+, 0,63 mg/L de Mg2+ e 19,09 mg/L de K+. Para a
preparação da solução, o laboratorista adicionou lentamente o sal de NaF na água,
sob agitação.
a) haverá precipitação de CaF2 e/ou de MgF2 nestas condições? Justifique sua
resposta.
b) quais são as concentrações de F-, Ca2+, Mg2+ e K+ em fase aquosa, após o
equilíbrio ser atingido?
c) caso haja precipitação de CaF2, qual a massa de precipitado formado? Caso não
haja precipitação, quanto fluoreto deveria ser adicionado para precipitar CaF2?
d) qual a solubilidade do CaF2 em água pura?
e) qual a solubilidade do CaF2 em solução de Ca(NO3)2 0,01 mol/L?
f) explique a diferença encontrada em d) e e).
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

(3,66x10-4 - x)(0,0119 - 2x)2 = 3,9 . 10-11 è eq. cúbica!!

2 soluções: x’ = 3,66x10-4 ou x’’= 0,00595 (sem significado físico, tornaria [Ca2+] < 0)

[F-] = 0,0119-2x3,66x10-4 = 0,0112 mol/L

[Ca2+] = 3,9x10-11/(0,0112)2 = 3,11 x 10-7 mol/L


PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

0,028 g

3,12 x 10-5
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade

6. Tem-se uma solução de Zn2+ e Pb2+ em que a concentração de cada íon é 0,10
mol/L.
a) qual a concentração mínima de íon sulfeto (S2-) necessária para precipitar cada
um dos cátions?
b) qual dos dois sulfetos precipitará primeiro?
c) se o íon S2- for proveniente da dissociação completa do sulfeto de hidrogênio
(H2S) em água, o que deve ser feito com o pH para precipitar separadamente os
dois cátions?
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
 
  7. Tem-se uma solução contendo Sr2+ 0,014 mol/L e Ba2+ 0,046 mol/L e deseja-se
precipitar seletivamente estes dois íons, na forma de sulfato, adicionando-se
Na2SO4 pouco a pouco.
a) qual dos dois sais precipita primeiro? Com que concentração de Na2SO4?
b) quando o segundo sal começar a precipitar, qual será a concentração do
primeiro íon a precipitar ainda remanescente em solução?
Ignore eventuais variações de volume, bem como hidrólises.

1,5x10-9 3,26x10-8 mol/L

3,26x10-8 mol/L
PAGQuímica – Equilíbrio de Solubilidade
 
8.   A seguir são apresentadas dez afirmações. Classifique-as como verdadeiras ou
falsas. No caso de afirmações falsas, reescreva-as, corrigindo o que for necessário.

a) em uma solução aquosa de cátions cujos carbonatos sejam pouco solúveis, a


adição de carbonato fará sempre com que haja a precipitação daquele com menor
valor de Kps.
b) o CaF2 tem a sua solubilidade em água aumentada pelo aumento do pH.
c) se a uma mistura de cátions é adicionado um ânion que pode precipitar os
respectivos sais, precipitará primeiro aquele com menor valor de Kps.

a) F: ppta aquele cujo Kps for atingido primeiro

b) F: a solubilização libera íon F-, que por hidrólise geram íons OH-. Pelo efeito
do íon comum, o aumento do pH diminui a solubilidade

c) F: = a)