Anda di halaman 1dari 4

EMEF PINHEIRO MACHADO

Reflexões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente

Vídeos

No primeiro vídeo vemos a desigualdade entre as pessoas às


vezes quando reclamamos podemos ver se a nossa situação é tão
ruim quanto à das outras pessoas; porque podemos estar vivendo
muito bem e “reclamar de barriga cheia” por este lado pode ver a
desigualdade.
O segundo vídeo mostra a realidade que algumas crianças e
adolescentes vivem. O maior problema que eu acho é o sofrimento
pela falta de alimentação; ao ver aqueles meninos e meninas que
nem tem carne, são de ossos e vermes me deixaram muito abalada
em não poder ajudar.
As crianças e adolescentes sofrem outros problemas como
violência de várias formas: verbal, física e psicológica, mas, deveriam
ter direitos a muitas coisas como: cultura, educação e respeito
porque se houvesse isto, a convivência seria bem melhor entre
crianças e adultos.

Autora: Eduarda
Aluna do 7° Ano Turma: 72
------------------------------------------------------------------------------
----------

EMEF PINHEIRO MACHADO


Reflexões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente

CIDADANIA E ECA

Eu senti muita tristeza ao ver nos vídeos a pobreza, a violência,


o abandono, a fome, o desemprego e a crueldade do homem. Isto
não pode acontecer porque podemos fazer um mundo melhor sem
violência e tristeza.
Eu também senti alegria ao ver crianças e adolescentes bem
cuidados, com uma casa para morar, com pais para amar, com saúde
e comida para se alimentar. As crianças da África também necessitam
de amor e carinho, pois todos eles são gente como a gente.
ECA:

Autora: Tamires Cattani


Aluna do 7° Ano 73

------------------------------------------------------------------------------
----------
EMEF PINHEIRO MACHADO
Reflexões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente

Direitos e deveres

Vemos crianças dormindo no chão nas ruas, dominadas pelas


drogas.
Crianças e Adolescentes têm direito de brincar, estudar, terem
boas roupas, uma boa alimentação, um bom lar, uma boa educação,
a serem felizes, respeitados, terem atenção e carinho, uma cultura, a
terem lazer, e não sofrerem violência.
A cada direito corresponde a um dever que são: respeitar os
outros, ir à escola regularmente, chegar no horário na escola,
obedecer aos pais e professores, e de não usar drogas.
Abra os olhos, pois o mundo está em nossas mãos.

Autores: Willian Rolim e Leandro Silva Mello


Alunos do 7° ano 73
------------------------------------------------------------------------------
----------
EMEF PINHEIRO MACHADO
Reflexões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente

Estatuto da Criança e do Adolescente

O Eca é uma lei que trata dos direitos e deveres das crianças e
dos adolescentes. Direitos que nem sempre são cumpridos, tem
muita criança sem comida, sem escola até mesmo sem lar, nem
abrigo. Às vezes, os direitos são cumpridos, mas eu entendo que o
Prefeito deveria ajudar melhor essas crianças; com os impostos
arrecadados, todas as crianças precisam de alimentos, lar. Escolas,
etc.
Precisamos cumprir os direitos, devemos tratar elas assim como
gostaríamos de sermos tratados. Temos que obedecer a normas,
cuidar dos materiais, porém os adultos devem conhecer sobre o ECA.
Vamos ajudar as crianças e os adolescentes, podemos fazer a nossa
parte e ajudar também o nosso Planeta. É para isto basta cada um
fazer a sua parte.
Nós crianças e adolescentes precisamos de lar, família,
alimentação, do conjunto da comunidade. Os adultos não valorizam o
que possuem. Esta na hora de mudar esta história e fazer cumprir os
direitos das crianças e dos adolescentes. Vamos fazer acontecer o
Estatuto da Criança e do Adolescente e ajudar o nosso Planeta com
ações concretas na nossa comunidade.

Autores: Ester

7 ° Ano Turma: 71

------------------------------------------------------------------------------
----------
EMEF PINHEIRO MACHADO
Reflexões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente

Cidadania, Diretos e Deveres

“O futuro está em nossas mãos, depende de nós...” fazermos


justiça e fazer a nossa parte para melhorar o mundo. Não adianta nos
iludirmos por uma coisa, se a realidade é outra totalmente diferente.
Alguns pensam:
- Ah! Vou ajudar quando eles realmente precisarem. Agora
pergunto... O que é isso??? A realidade é que a todo o momento,
toda hora, todo minuto, as pessoas são mortas assaltadas,
seqüestradas ou perdem sua moradia por causa de enchentes,
tornados, terremotos e até mesmo por não terem dinheiro para se
reerguer. Os familiares dessas pessoas precisam de ajuda, e, muitos
de nós viramos as costas pra eles.
Pense e ajude... Pois, Vida

Autora: Karine
Aluna do 8° Ano Turma 81